Вы находитесь на странице: 1из 5

ANE MARGARIDA SOERGER ZARO

RESUMO DA TRAMITAÇÃO DO PROCESSO LEGISLATIVO

TRAMITAÇÃO EMENDA A CONSTITUIÇÃO LEI ORDINÁRIO OU COMPLEMENTAR MEDIDA PROVISÓRIA

Exclusiva do Presidente da República (art. 62,


a) Presidente da República (art. 61, caput, da CF), sendo algumas matérias
a) Presidente da República (art. 60, II, da CF). caput, e 84, XXVI, da CF) e se destina aos
privativas (art. 61, § 1º, da CF).
casos de relevância e urgência.

b) qualquer membro ou comissão das Assembléias Legislativas, da Câmara dos


b) 1/3, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados (art. 60, I, da CF). -
Deputados, do Senado Federal ou do Congresso Nacional.

Compete
apresentar a c) 1/3, no mínimo, dos membros do Senado Federal (art. 60, I, da CF). c) Supremo Tribunal Federal e aos Tribunais Superiores (art. 61, caput, CF). -
proposta d) Mais da metade das Assembléias Legislativas das unidades da Federação,
manifestando-se, cada uma delas, pela maioria relativa de seus membros. (art. d) Procurador-Geral da República (art. 61, caput, CF). -
INICIATIVA é 60, III, da CF).
a faculdade de
propor projetos e) Cidadão por meio da iniciativa popular exercida pela apresentação à Câmara
de lei ou de Deputados de projeto de lei "subscrito por, no mínimo, um por cento de
emendas à - -
eleitorado nacional, distribuído pelo menos por cinco Estados, com não menos
constituição, de três décimos por cento dos eleitores de cada um deles."
atribuída a
pessoas ou
órgãos. Se a iniciativa for de um dos Deputados, do Presidente da República, do
As medidas provisórias terão força de lei e
Se a iniciativa for de um terço, no mínimo, dos Deputados, a proposta deverá Supremo Tribunal federal, dos Tribunais Superiores e dos cidadãos a proposta
serão submetidas de imediato ao Congresso
ser apresentada perante a Câmara dos Deputados. deverá ser apresentada, obrigatoriamente, perante a Câmara dos Deputado
Nacional.
(art. 61, § 2º e 64, caput, CF).

Órgão que deve Se a iniciativa for de um terço, no mínimo, dos Senadores, a proposta far-se-á Se a iniciativa for de um dos Senadores, a proposta far-se-á perante o Senado
ser encaminhado perante o Senado Federal. -
Federal.

Se a iniciativa for presidencial ou dos membros das Assembléias Legislativas Nos demais casos, a proposta podem ser apresentados a qualquer das casas
estaduais, a proposta pode ser apresentada à Câmara dos Deputados ou ao Legislativas do Congresso Nacional (Câmara dos deputados ou Senado -
Senado Federal (não há dispositivo constitucional). Federal).

A proposta é enviada pela presidência da Casa à comissão de Constituição e A proposta é enviada pela presidência da Casa à comissão de Constituição e
Justiça que pronunciará sobre a sua admissibilidade (se a lei é constitucional ou Justiça que pronunciará sobre a sua admissibilidade (se a lei é constitucional ou -
inconstitucional). inconstitucional).

A proposta em conformidade com a Constituição é admitida; do contrário, será A proposta em conformidade com a Constituição é admitida; do contrário, será
-
rejeitada e arquivada. rejeitada e arquivada.
DISCUSSÃO
Admitida a proposta, o Presidente da Casa Legislativa constituirá Comissão Posteriormente, são direcionados às comissões temáticas, de acordo com o seu
-
Especial para emitir um parecer sobre o seu mérito. objeto, para análise de seu mérito.

É nesta fase que devem ser apresentadas emendas às propostas de emendas


Nesta fase que devem ser apresentadas emendas às propostas de lei. -
à Constituição, também limitadas às disposições contidas no artigo 60 da CF.

Dá-se a publicação do parecer da Comissão Especial e, após duas sessões


legislativas, a proposta é submetida a dois turnos de discussão e votação Após a aprovação pelas comissões, a proposta é submetida a votação. -
(art. 60, § 2º, da CF).

VOTAÇÃO NA CASA
INICIADORA
A proposta só é considerada aceita se obtiver aprovação, pelo quorum de
A proposta só é considerada aceita se obtiver aprovação em ambos os
maioria simples (metade + 1 dos membros presentes na Casa Legislativa) se
turnos, pelo quorum de três quintos (maioria qualificada) dos membros -
lei ordinária , e de maioria absoluta (metade + 1 de todos os integrantes da
da Casa (art. 60, § 2º, da CF).
Casa Legislativa) se lei complementar.

Página 1 de 5
ANE MARGARIDA SOERGER ZARO
RESUMO DA TRAMITAÇÃO DO PROCESSO LEGISLATIVO

TRAMITAÇÃO EMENDA A CONSTITUIÇÃO LEI ORDINÁRIO OU COMPLEMENTAR MEDIDA PROVISÓRIA

Aprovada na Casa iniciadora, a proposta é submetida à revisão pela outra Casa Aprovada na Casa iniciadora, a proposta é submetida à revisão pela outra Casa
-
Legislativa - Casa revisora, onde deverá ter a mesma tramitação. Legislativa - Casa revisora, onde deverá ter a mesma tramitação.

Se aprovado, seguirá para sanção do Presidente da República;

Se rejeitado, será arquivado, somente podendo constituir objeto de novo


REVISÃO projeto em outra sessão legislativa, ou mediante proposta da maioria absoluta
Sendo rejeitada na Casa revisora, em qualquer dos dois turnos, será arquivada, dos membros de qualquer das Casas do Congresso Nacional, caso em que
ressaltando-se a limitação imposta pelo §5º do art. 60 da CF: A matéria poderá ocorrer na mesma sessão legislativa (art. 67 da Constituição Federal).
-
constante de proposta de emenda rejeitada ou havida por prejudicada não
pode ser objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa. Se emendado, o projeto retornará à Casa de origem para aceitar ou não as
alterações. As emendas da Casa revisora não são suscetíveis de modificações
por meio de subemendas.

Inadmitida a emenda, arquiva-se também o projeto.

Uma vez aprovado o projeto, com ou sem emendas, considera-se terminada a


fase de sua elaboração, devendo ser remetido ao Presidente da República e -
analisado por ele, que poderá vetá-lo ou sancioná-lo.
A SANÇÃO pode ser expressa (presidente se manifesta no prazo de 15 dias
-
úteis) ou tácita, bem como total ou parcial.

O VETO é irretratável, uma vez expostas ao Parlamento as razões do


Presidente da República para vetar o projeto de lei, não há como retroceder,
alterando sua opinião e será sempre expressa (no prazo de 15 dias úteis).

SANÇÃO/VETO - Deverá ser motivado e formal, posto que será encaminhado, por escrito, ao
Poder Legislativo para reexame das razões que determinaram o veto.

Pode ser, também, superável, já que as duas Casas reunidas do Congresso


-
Nacional dispõem de trinta dias para apreciar as razões do veto, podendo
rejeitá-lo, em escrutínio secreto, com o voto da maioria absoluta dos
deputados e senadores.

Se o Veto fo superado a lei é, novamente, remetida ao Presidente da República


para promulgação.

Se for mantido é arquivado definitivamente.

Aprovada pela Casa revisora, em dois turnos e por três quintos dos votos dos
Aprovada pela Casa revisora, a proposta será promulgada. -
respectivos membros, a emenda será promulgada.
PROMULGAÇÃO
A promulgação será realizada por ambas as Mesas da Câmara dos Deputados e A promulgação será realizada pelo Presidente da República, mesmo nos casos
-
do Senado Federal, em conjunto. em que seu veto tenha sido derrubado pelo Congresso Nacional.

Página 2 de 5
ANE MARGARIDA SOERGER ZARO
RESUMO DA TRAMITAÇÃO DO PROCESSO LEGISLATIVO

TRAMITAÇÃO EMENDA A CONSTITUIÇÃO LEI ORDINÁRIO OU COMPLEMENTAR MEDIDA PROVISÓRIA

Para que tenha eficácia, é necessário que a lei seja publicada, que sua As MP´s nascem da manifestação de vontade
Sendo promulgada pelas duas Casas em conjunto a emenda é publicada no
PUBLICAÇÃO existência seja levada a conhecimento público, através de sua inserção no exclusiva do Chefe do Executivo, que publica
Diário Oficial da União.
Diário Oficial da União. Compete ao Presidente da República a publicação de lei no Diário Oficial da União.

A MP será submetida a uma comissão mista


de Deputados e Senadores que examinará e
sobre ela emitirá um parecer, apreciando os
seus aspectos constitucionais e de mérito,
bem como a sua adequação financeira e
PARECER - - orçamentária. Posteriormente, passará à
apreciação pelo plenário de cada uma das
Casas, tendo início pela Câmara dos
Deputados. O Congresso pode Aprovar sem
ou com alteração, não apreciar e rejeitar. E se
não for apreciada esta será arquivada.

Página 3 de 5
ANE MARGARIDA SOERGER ZARO

FLUXOGRAMA: TRAMITAÇÃO PROCESSO LEGISLATIVO DE LEI ORDINÁRIA E COMPLEMENTAR

Mantido/
ARQUIVO

Inconstitucional Rejeitada Rejeitada


-ARQUIVO -ARQUIVO -ARQUIVO
Aprovada: Lei
Rejeitada pelas Ordinária por maioria CONGRESSO
Comissões ou na simples. VETO EXPRESSO
NACIONAL
votação. Lei Complementar
CASA CRIADORA CASA CRIADORA maioria absoluta.
Aprovada Rejeitar: em escrutínio
- - CASA CRIADORA Aprovada - CASA REVISORA
Iniciativa -PRESIDENTE DA secreto, com o voto da
Comissão de Comissão - VOTAÇÃO CASA REVISORA - REVISÃO
REPÚBLICA maioria absoluta
Const. e Justiça temáticas
SANÇÃO TÁCITA Rejeitado/
(15 dias úteis) PRESIDENTE DA PROMULGAÇÃO PUBLICAÇÃO
OU EXPRESSA REPÚBLICA
Vai para casa criadora analisar apenas
as emendas EMENDAS

Aprovadas as emendas

FLUXOGRAMA: TRAMITAÇÃO PROCESSO LEGISLATIVO DE EMENDA A CONSTITUIÇÃO FEDERAL

Inconstitucional Rejeitada Rejeitada


-ARQUIVO -ARQUIVO -ARQUIVO

Rejeitada pelas
Comissões ou na Aprovada em ambos os
votação. turnos pelo quorum de
CASA CRIADORA CASA CRIADORA 3/5.
CASA CRIADORA Aprovada - MESA
- - Aprovada - CASA REVISORA
Iniciativa - DOIS TURNOS DE AMBAS AS PROMULGAÇÃO PUBLICAÇÃO
Comissão de Comissão CASA REVISORA - REVISÃO
DE VOTAÇÃO CASAS
Const. e Justiça Especial

Vai para casa criadora analisar apenas


as emendas EMENDAS
Aprovadas as emendas

FLUXOGRAMA: TRAMITAÇÃO PROCESSO LEGISLATIVO DE CONVERSÃO DE MEDIDA PROVISÓRIA EM LEI

Rejeitada/Decurs Rejeitada/Decurs
Rejeitada -
o de prazo - o de prazo -
ARQUIVO
ARQUIVO ARQUIVO
Aprovada -
Exclusiva do Presidente Aprovada SEM Presidente da PRESIDENTE DA
e se destina aos casos de PROMULGAÇÃO PUBLICAÇÃO
ALTERAÇÕES mesa do REPÚBLICA
relevância e urgência . Congreso
CONGRESSO
PUBLICAÇÃO - CÂMARA DOS Aprovada -
INICIATIVA NACIONAL -
Tem força de lei DEPUTADOS SENADO
Comissão Mista

Duração de 60 dias Aprovada SANÇÃO TÁCITA Rejeitado/


Aprovada COM
prorrogáveis por -PRESIDENTE DA (15 dias úteis) PRESIDENTE DA PROMULGAÇÃO PUBLICAÇÃO
ALTERAÇÕES
mais 60. REPÚBLICA OU EXPRESSA REPÚBLICA

EMENDAS

CONGRESSO
VETO EXPRESSO
NACIONAL

Página 4 de 5
ANE MARGARIDA SOERGER ZARO

Mantido/
ARQUIVO

Página 5 de 5

Оценить