Вы находитесь на странице: 1из 29

Segredos Femininos da Arte de Seduzir

O amor e seus aspectos psicológicos

As mulheres de hoje conhecem o amor de forma confusa. Para se tornar uma mulher
consciente do seu poder de sedução é importante descobrir se seus sentimentos são reais ou
imaturos como os de uma adolescente.
Através da psicologia, a maioria dos sentimentos como amor e paixão que nutrimos por outra
pessoa, acontecem pelo processo de identificação, amamos aqueles que refletem alguma
característica nossa.
Apaixonar-se por projeção é desenvolver uma atitude imatura em relação ao outro. O amor
maduro respeita e admira o diferente e se permite transformar por este sentimento.
O homem imaturo, vê a mulher como um ser objeto que serve especificamente para realizar
seus desejos, principalmente, os sexuais; já o homem amadurecido compreende o feminino em
sua totalidade experimenta com a amada o êxtase do amor e da alma.

Examine seus sentimentos e o amor

Se você precisa de alguém para ser feliz, para se realizar, isso não é amor, é carência.
Se você tem ciúme, insegurança, e faz qualquer coisa para conservar alguém do seu lado,
mesmo sabendo que não é amada, e diz que confia nessa pessoa, mas não nos outros, que
lhe parecem todos rivais, isso não é amor, é falta de amor próprio.
Se você acredita que "ruim com ele (a), pior sem ele (a)", e sua vida fica vazia sem essa
pessoa, não consegue se imaginar sozinho e mantém um relacionamento que já acabou só
porque não tem vida própria - existe em função do outro, isso não é amor, é dependência.
Se você acha que o ser amado lhe pertence, sente-se dono (a) e senhor (a) de sua vida e do
seu corpo, não lhe dá direito de se auto-expressar, de ter escolhas, só para afirmar seu
domínio, isso não é amor, é egoísmo.
Se você não sente desejo, não se realiza sexualmente, prefere nem ter relações sexuais com
esta pessoa, porém sente algum prazer em estar ao lado dela, isso não é amor, é amizade.
Se vocês discutem por qualquer motivo, morrem de ciúme um do outro, e brigam por qualquer
coisa, nunca fazem os mesmos planos, não combinam em nada, não têm os mesmos amigos,
nem gostam de fazer as mesmas coisas, ou ir aos mesmos lugares, mas sexualmente
combinam perfeitamente, isso não é amor, é desejo.
Se seu coração palpita mais forte, o suor torna-se intenso, sua temperatura sobe e desce
vertiginosamente apenas em pensar na outra pessoa, isso não é amor, isso é paixão.
Agora sabendo o que não é amor, fica mais fácil analisar e verificar o que está acontecendo e
procurar resolver a situação, ou se programar para atrair alguém por quem sinta carinho e
desejo, e sinta o mesmo por você, para que possam construir um relacionamento equilibrado
onde haja o verdadeiro amor.

Os ensinamentos da Nefer

As nefers eram umas classes de sacerdotisas egípcias que preparavam as mulheres no que se
referia a sexualidade, as artes da sedução e ao parto.
As mulheres orientais em geral conheciam as artes da sedução e eram treinadas mesmo
enquanto eram virgens para cumpri-las no casamento.
No mundo oriental a arte do amor é um Dom Feminino, talvez por isso tenha se tornado
tradição as mulheres conduzirem o amor.
Nas sociedades de influência Árabe as mulheres socialmente tão reprimidas, conversam
livremente entre si sobre sexualidade, são tão especializadas nas artes da sedução que
deixariam uma ocidental (que se acha muito experiente ou liberada) com vergonha ou morta de
inveja. Mas vive toda esta sabedoria, somente para seus maridos.

1. Os árabes dizem: O desejo tem dez partes e nove estão com a mulher e uma com o
homem .
2. Faça sexo como uma mulher adulta, é explorando seu corpo que você pode guiar o seu
parceiro até o seu prazer e ao prazer dele.
3. Descanse por meia hora para que sua pele esteja sedosa quando seu amado chegar.
4. Ame , seduza, e viva intensamente a sua sexualidade .
5. Nenhuma mulher é verdadeiramente submissa ou frágil, assim como os o homens as
mulheres estão despertas para o amor físico.
6. A demora é necessária .
7. Nada que se ganha muito fácil é valorizado.
8. Se seu interesse é guiar a noite de amor, fique por cima e deixe seu amado a sua disposição
(domina melhor o ambiente quem mantém a cabeça mais alta).
9. Comece sua sedução pelo seu andar, vá até seu amado fixando seus olhos somente nos
olhos dele, ande suave e sensualmente com ansiedade no olhar e calma nos passos.
10. Dizer as palavras certas, enquanto acaricia as partes mais sensíveis do corpo da pessoa
amada, pode, despertar seus mais loucos desejos.
11. Quer ter um grande homem ao seu lado? Então nunca o critique em público ou use o tom
de critica na intimidade. Este é o conselho do Kama Sutra para as concubinas ou mulheres que
quisessem manter a devoção do seu amado. (Não é um conselho incentivando a submissão,
mas sim uma atitude de classe e educação, problemas íntimos do casal devem ser resolvidos
entre eles na intimidade, com calma e sem recriminações desnecessárias).
12. Lembre-se, depois que a roda do amor é acionada , não existem mais regras nem controle.
13. Viagra da mulher é um simples bombom (que aumenta a produção de serotonina,
substância que aumenta o prazer e dá sensação de bem estar) junte isto a um cálice de
conhaque que solta as amarras.

Essas são algumas receitas que podem tornar os encontros com o seu amado ainda mais
ardentes.

O Prazer como alavanca para a evolução espiritual

A ritualização do amor não impede a espontaneidade e sim eleva e transcende o ato sexual tão
banalizado nos nossos dias.
O casal consciente das potências cósmicas que representam, interage tanto a força erótica
quanto a espiritual, elevando assim seu amor ao estágio sagrado.

A história do Amor Sagrado

Técnicas de sedução do kama sutra

O Kama Sutra é hoje o mais conhecido livro do amor.


Embora seja um livro sobre sexo, é preciso considerar que o livro enfatiza a arte e os modos
que uma pessoa deve praticar o sexo, envolvendo todos os cinco sentidos: audição, tato, visão,
paladar e olfato, além da mente e da alma.
O seu nome provém da divindade masculina hindu Kama, que simboliza o desejo e o amor
carnal, e Sutra, que significa conjunto de ensinamentos, no antigo sânscrito. Este manual
indiano foi escrito no século IV pelo sábio e nobre Vatsyayana, para a nobreza da Índia, e
especificamente para os homens, embora as necessidades femininas não tenham sido
ignoradas em suas páginas. Muito pelo contrário. O autor relata detalhadamente as instruções
corretas para a excitação da mulher pelo parceiro, incluindo a importância do homem fazer a
mulher atingir o orgasmo, seja pela ato sexual em sí ou através de carícias.
O Kama Sutra traz um conjunto de regras sobre a prática do amor, segundo os princípios da
filosofia indiana, que eleva o sexo a uma experiência sexual magnífica. As exigências físicas
para realização das posições do Kama Sutra o tornaram famoso, pois algumas parecem
perfeitas acrobacias e outras, lembram as posições usadas na yoga.
O livro não é apenas um manual de posições. Além de descrever, detalhadamente, 64 formas
de amar, consideradas essenciais, pretende também ser um guia para desenvolver o erotismo
e sensualidade de ambientes, situações e pessoas. Velas e óleos aromáticos, comidas
afrodisíacas, perfumes e músicas, fazem parte de todo o ritual. Nos próprios desenhos que
ilustram o manual, é fácil perceber como estavam sempre enfeitados com tecidos leves,
coloridos e sensuais e cheios de adornos como colares e brincos.

Fonte: Anne Hooper Kama Sutra

Tantrismo

A palavra "Tantra" tem muitas definições mas alguns estudiosos dizem que vem do sânscrito,
ou dapalavra Hindi para tecido ou tapeçaria, significando que se enreda na vida. Outros dizem
que surgiu deduas palavras do sânscrito que são: o Tanoti (Expansão da consciência) e o
Trayati (Libertação da consciência).
Tantra expande e liberta a consciência tornando-a no tecido da existência.
Kama é o nome da Deusa Hindu do amor. Amor é o que o Tantra quer atingir, o amor
incondicional e total, incluindo a mente, o espírito e o corpo.
O Tantra é o único caminho espiritual que considera o sexo sagrado, e não um pecado, ou algo
cometido contra Deus, seja realizado no casamento ou fora deste.
A essência do Tantra é a expressão completa do ser. È o Ioga por excelência que significa em
sânscrito união.
Tantra é algo de ligação entre a terceira dimensão e outros planos de existência. È a primeira
ciência prática da super sexualidade que remonta a muitos anos não só na Índia e no Tibete
como também na Polinésia e nas culturas Indígenas em todas as partes do mundo incluindo os
nativos Cherokee do norte da América. È usada como um veiculo para alcançar a consciência
cósmica e uma união com a divindade.
Tantra vê a energia sexual como um grande amigo não algo para ser falado discretamente ou
secretamente.
Os Tantristas explicam em grande detalhe a origem do espírito e da matéria, eles discutem a
natureza do princípio e a causa do impulso de criação inicial.
As mulheres não são inerentemente menos orgásticas do que os homens. Na verdade, elas
são fisicamente capazes de ter múltiplos orgasmos, e a maioria das mulheres que se masturba
sempre alcança o orgasmo.

Pompoarismo

O pompoarismo é uma arte de sedução praticada a milênios pelas mulheres de culturas


orientais. A palavra pompoar é originária do Tamis (ou Tâmul), idioma do Sri Lanka e sul da
Índia. Acredita-se que o pompoarismo tenha sua origem no Tantrismo, uma vertente da Yoga,
onde casais praticam rituais em que representam as divindades supremas femininas e
masculinas sublimando o nível de sua energia Kundalini. Entram em êxtase, sem que haja a
ejaculação masculina mantendo prolongadas relações sexuais. Nessas relações os corpos
quase não se movimentam, portanto para que o homem consiga manter a ereção, a mulher
precisa movimentar a sua vagina de forma a excitá-lo continuamente.
A arte do pompoar era passada de mãe para filha ou por mulheres especializadas que tinham
por função social preparar as mulheres para o parto e a vida sexual.
Quase nada se sabe de concreto ou se escreve sobre o assunto, algumas obras literárias e
filmes fazem referências às habilidades das pompoaristas. Na internet encontramos alguns
exemplos curiosos, como: lançar bananas e dardos à distância, levantar objetos pesados, abrir
garrafas, fumar e etc., somente com a musculatura da vagina, que nas pompoaristas é bem
desenvolvida.
Embora a arte do pompoar seja vista com curiosidade banal, na verdade é uma arte feminina
sublime, que potencializa a sensualidade e a sexualidade, melhorara muito as relações
amorosas aumentando o prazer sexual .
Esta técnica milenar, ensina a comandar mentalmente o pubococcígeno, os músculos
circunvaginais e os grandes lábios, ordenhando, sugando, expelindo, torcendo e apertando,
usando força e velocidade nos lugares certos, com a finalidade de aumentar o prazer sexual, a
sua performance, sua sensibilidade sexual e uma saúde vaginal privilegiada.
A musculatura da vagina, é formada por três anéis que vão desde a sua entrada até o seu
interior, a arte do pompoar treina estes anéis que podem ser movimentados em conjunto ou
separadamente. Para se
atingir um bom resultado deve-se treinar pelo menos seis meses até atingir o controle mental
da sua musculatura que pode ser conseguido, por qualquer mulher, com os exercícios
apresentados neste livro.
Sendo os órgãos sexuais masculinos e femininos tão diferentes entre si, tornam-se de alguma
forma misteriosos para o sexo oposto. Embora na mulher possa o que alguns psicólogos
chamam de inveja do pênis, nada se compara ao medo que os homens sentem da vagina. É
um perigo ameaçador porque não é visível e porque suas propriedades são estranhas e
acabam gerando mitos.
Os piratas definiam a Tailândia como a terra das mulheres de vagina dentada. Diziam que elas
tinham uma força insaciável e devoradora, que suas vulvas pareciam uma caverna com dentes
que poderiam cortar o pênis de um homem ou fazerem coisas inesperadas.
Uma pompoarista tem vários orgasmos intensos e leva seu parceiro, por meio da massagem
que sua vagina faz no pênis, a obter sensações de prazer indescritíveis
Ela contrai voluntariamente os músculos circunvaginais, a fim de induzir sensações eróticas no
pênis, durante o ato sexual. A musculatura vaginal bem desenvolvida, possibilita ao homem
ereções mais longas e maior controle da ejaculação. Na mulher, o prazer aumenta com a
penetração causando maior sensibilidade aos estímulos físicos.
Todo o exagero é perigoso, o treinamento demasiado do pompoar pode causar um efeito
semelhante a uma disfunção conhecida como vaginismo.
As duas paredes vaginais se unem e endurecem impedindo a passagem do pênis ou tornando
a penetração extremamente difícil e dolorosa. Na maioria dos casos este problema acontece
em momentos de extrema tensão, como na primeira vez de muitas mulheres, ou
principalmente, em estupros e momentos de grandes angústias e traumas.

Objetos que podem auxiliar na arte do pompoar

Esse aprendizado, proporcionará além de maior saúde, momentos de descobertas


maravilhosas, em seu corpo.
Antigamente as mulheres usavam verduras como pepinos e bastões de madeira especialmente
confeccionados para este objetivo; após algum tempo as mulheres aprendiam, a sugá-los com
a vagina e depois arremessá-los à distância num único movimento Outro exercício consistia em
ficar de pé, com as pernas abertas, e fazer o pepino sair e entrar novamente, várias vezes
seguidas, apenas utilizando esses músculos.
Um pequeno vibrador liso de no máximo 15 cm é um ótimo auxiliar no treinamento do pompoar.
Os vibradores servem para aumentar o poder de pressão e intensifica as contrações vaginais.
Introduza o vibrador na vulva e contraia a musculatura pelo menos dez vezes. Depois com o
auxilio do vibrador Aprenda a reconhecer a pressão de cada anel vaginal. Primeiro introduza o
vibrador na entrada da vagina e aperte-o com o primeiro anel vagina, depois introduza-o um
pouco mais fundo e pressione o meio da vagina. Depois introduza até o fundo e contraia o
canal todo.
Retire o vibrador e coloque a ponta novamente na entrada da vagina e tente sugá-lo para
dentro.
O treinamento de uma pompoarista é feito através do ben wa (conhecido com bolinhas
tailandesas, usadas para treinar os músculos vaginais). Bolinhas Bem Wa são muito usadas
para treinar os movimentos de sucção e expulsão. As tailandesas treinavam suas vaginas com
as contas de seus colares que são os precursores das atuais Ben Wa. Coloque as esferas de
ben wa na entrada da vulva e tente andar sem deixá-las cair. Um segundo exercício depois que
estiver mais treinada é introduzir a 1ª bolinha e depois puxando ela para o fundo da vagina
tente puxar a outra também para dentro. Depois expulse-as.
Obs.: Géis lubrificantes à base de água são anti- bactericidas e devem ser usados nas bolas de
bem wa e no vibrador para facilitar a penetração. São vendidos em farmácias e sexy shops
como o KY.
As bolinhas de ben wa e o vibrador devem ser sempre lavadas com sabão neutro.

Movimentos básicos

Existem oito movimentos básicos que o pompoarista pode realizar durante o ato sexual:

Expelir: forçar a expulsão do pênis até que só a glande continue introduzida.


Estrangular: apertar o pescoço da glande com o anel que estiver melhor posicionado. O
movimento de estrangulamento, pode ser empregado para auxiliar a retardar a
ejaculação e deve ser utilizado por mulheres que têm parceiros com ejaculação precoce.
Revirginar: consiste em fechar os lábios e o primeiro anel vaginal dificultando a entrada.
Chupitar: sugar o pênis, movimentando a vagina como se fosse a boca de uma criança
chupando uma chupeta.
Ordenhar: massagear o pênis do parceiro, apertando do primeiro até o último anel, de
forma cadenciada, e depois soltando o pênis. Este movimento simula uma vagina
virgem.
Sugar: o parceiro deve introduzir somente a glande do pênis na vagina, a mulher deve
fazer um movimento de sucção forçando a entrada, por completo, do pênis.
Torcer: movimentar o pênis do parceiro, apertando todos os anéis e girando, em
movimento de rotação, ora para a direita e ora para a esquerda.
Travar: contrair fortemente a vagina, impedindo a saída do pênis.

Os movimentos acima apresentados são básicos, mas cada mulher pode criar variações, ou
movimentos novos, conforme o desenvolvimento de suas habilidades você poderá proporcionar
muito mais prazer a você e ao seu amado, levando-o a orgasmos intensos e prolongados,
chegando até a orgasmos múltiplos, para ambos .

Para saber se você realmente se tornou uma pompoarista, existem três testes:
1. Fique em pé, introduza a ponta do vibrador na vagina, sugue-o e depois faça-o sair
segurando-o pela ponta, sem deixar cair no chão.
2. Mantenha uma relação sexual movimentando somente a musculatura vaginal, até que
ambos cheguem ao orgasmo. Os corpos não podem se movimentar e se a mulher
estiver por cima fica mais fácil.
3. Caminhe com a duas bolinhas de bem wa sem deixar cair.

Quando conseguir executar esses três testes, você verá que já é uma pompoarista

Anatomia da Vagina

A vagina é um orifício elástico, com profundidade de 8 a 15cm, que se abre quando a mulher
se excita, possibilitando a penetração do pênis.
Na grande maioria das mulheres adultas da nossa sociedade ocidental, a musculatura pélvica
encontra-se atrofiada pela falta de utilização. Nossos esportes não fazem exercícios
específicos para melhorar e fortalecer a nossa pelve.
Quantas mulheres, principalmente após os quarenta anos, tem que operar o assoalho pélvico
(períneo e pubococcígeno) que sustenta os órgãos internos, como útero, bexiga, intestinos,
devido a flacidez.
Uma Ginástica semelhante ao pompoarismo, foi desenvolvida pelo médico americano Arnold
Kegel, em 1950, ele ensinava a contrair os músculos vaginais, em movimentos repetitivos.
Hoje, muitos ginecologistas recomendam a ensinam às suas pacientes, mais idosas, como se
proteger contra a incontinência urinária, melhorando as condições musculares de suas vaginas
com o uso de pequenos vibradores evitando assim a necessidade de uma cirurgia.
O músculo pubococcígeno é na verdade um conjunto de músculos que se estendem desde o
osso púbico até o cóccix. No homem ele se contrai impedindo a ejaculação. Portanto, o
orgasmo múltiplo masculino depende do fortalecimento desse músculo. Na mulher ele induz às
reações rítmicas, que estão associadas ao orgasmo.
Os movimentos esportivos em sua maioria, se baseiam na mecânica do corpo masculino,
poucasmodalidades assim como nado sincronizado e ginástica rítmica, são próprias para o
corpo feminino. Como acontece com a maioria dos músculos que não são bem usados, a
tendência é se tornarem flácidos, fracos.
Agora importamos a dança Oriental ou a Dança do Ventre (especializadíssima milenarmente
no corpo feminino) e principalmente a mais democrática de todas no que se refere a corpo e
idade que ensina como nenhuma, o domínio da pelve.
Massagem Afrodisíaca

Dicas de Massagem Erótica

Comece relaxando os pés do parceiro com as suas mãos.


Depois de relaxados excite-o usando os seios. Vá subindo pelo corpo de seu parceiro,
intercalando movimentos de relaxar com movimentos excitantes. Use a sua imaginação e
capriche nos lugares mais sensíveis e erógenos do homem, como a parte interna da coxa, o
bumbum, o pescoço. A parte mais erógena do homem é entre o ânus e o escroto.
Pode-se aplicar massagem no parceiro com as mãos secas, mas se untar óleo de massagem
ou loção seus movimentos serão mais suaves e eficazes, especialmente se é inexperiente.
Existe ampla variedade de óleos adequados, muitos derivados de nozes (principalmente coco)
ou vegetais.
Óleos naturais como amêndoas, oliveira, semente de uva e girassol podem ser usados como
óleo base.
Perfumados com acréscimo de óleos essenciais, entre os mais adequados estão: rosa,
ilangue-ilangue, jasmim, sândalo,patchuli, alecrim.
Todo óleo funciona melhor quando pré-aquecido (esfregando as mãos por alguns segundos).
Unte cada área da pele do parceiro um pouco antes de massageá-lo em vez de untá-lo no
corpo inteiro. Aplique uma pequena quantidade à parte que pretende massagear e esfregue- a
com toques suaves mas firmes.
Após a massagem, você pode deixar o óleo penetrar na pele do parceiro ou removê-lo
suavemente com uma toalha.
As fórmulas que seguem são todas para diluição em 30 ml de óleo básico:

Ativar a Sensualidade

7 gotas de sândalo
5 gotas de ilangue-ilangue
5 gotas de jasmim
3 gotas de rosa

Energizar e Estimular

12 gotas de alecrim
6 gotas de bergamota
4 gotas de sândalo
4 gotas de patchuli
Fórmula Afrodisíaca

10 gotas de ilangue-ilangue
5 gotas de sândalo
5 gotas de patchuli
3 gotas de rosa
3 gotas de jasmim

Combater Impotência e Frigidez

10 gotas de zimbro
7 gotas de bergamota
5 gotas de sândalo
5 gotas de pimenta

A massagem deve ser sempre um prazer para ambos.


Sempre use movimentos simétricos e completos. É apropriado o uso de um óleo, também é
importante consultar o parceiro a respeito da pressão apropriada dos movimentos utilizados.
Costas e Coluna: usando uma pressão gentil e erótica, trabalhe movimentos para cima a partir
das nádegas. Mantenha as mãos abertas e niveladas uma com a outra e com seus polegares
avançando sempre a partir da espinha. Trabalhe até a base da nuca e daí para os ombros e
depois desça lateralmente até as nádegas e repita os movimentos.
Alto das Costas: na parte superior das costas, trabalhe primeiro nos músculos entre as
omoplatas e a base do pescoço, depois desça as mãos e massageie o parceiro dos lados com
as pontas dos dedos. Finalmente pressione os ombros e reduzindo a pressão na nuca.
Nádegas: pressione firmemente e mova as mãos num rígido movimento circular sobre as
nádegas, a maioria das pessoas gosta que esse local seja pressionado. Depois pressione leve
e crescentemente até suas mãos estarem simplesmente escovando a pele. Termine
amassando e pressionando uma nádega de cada vez.
Pés e Pernas: comece massageando os dedos dos pés e as áreas entre eles. Em seguida
passe as palmas das mãos firmemente nas solas e nos peitos dos pés. Depois erga uma perna
de cada vez e gire suavemente cada pé durante alguns minutos até relaxá-lo, finalmente
trabalhe nos tornozelos, nas panturrilhas e na parte posterior das coxas.
Ombros e Cabeça: massageie a frente dos ombros, os lados do pescoço, as bochechas e o
maxilar, a têmporas e a testa. Depois passe levemente os dedos sobre o queixo, os lábios, os
olhos e o nariz.
Braços e Peito: trabalhe para baixo a partir da frente dos ombros para o peito e o abdome, e
massageie levemente as mamas e os mamilos. Então massageie suavemente os braços
trabalhando novamente para baixo. Depois suba pelas coxas fazendo movimentos circulares
com as mãos (a mão direita no sentido horário e a esquerda anti-horária). Massageie as coxas
e virilhas, incluindo uma suave pressão na área pubiana e umbigo. Suba para os quadris e
depois passe as pontas dos dedos sobre os seios ou peitoral massageando-os suavemente.

Toques Básicos de Massagem

Effleurage: deslize as palmas das mãos pela pele do parceiro, pondo o peso do seu corpo por
trás do movimento. Esse ato deveria ser usado no início e no final da massagem em cada área.
Amassadura: curve as mãos gentilmente e amasse a carne com um movimento suave e
regular.
Pétrissage: mova em círculos os nós dos dedos e polegares ao longo da espinha para suavizar
a tensão muscular. Mas não massageie a espinha em si.
Entalhadura: mantendo os dedos relaxados dê uma série de golpes energéticos com a quina
da mão como no Karatê, só que mais suavemente, mantenha os dedos relaxados, não rígidos.
Percussão e Mãos em Concha: a percussão envolve batidas leves e rítmicas, enquanto as
mãos em concha envolvem batidas no corpo alternando as mãos que estão em concha com os
dedos juntos e os polegares dobrados para dentro.

Banhos Aromáticos
O banho com óleos aromáticos é uma terapia muito efetiva, pois através da associação água-
óleo, estes penetram na pele e são transportados mais facilmente através do organismo.
Além disso, os óleos atuam também a nível olfativo e psicológico, estimulando diversos órgãos.

Banhos de Imersão
Aí vão algumas dicas para um banho saudável:
Aqueça a água da banheira; a água morna é relaxante e sedativa e a quente, tonificante.
Como o óleo aromático puro não se emulsiona na água, dissolva 6 a 10 gotas de óleo
aromático (utilize de 3 a 5 gotas no início do tratamento) em óleo vegetal ou mel. Adicione este
conteúdo na água da banheira cheia.
Mexa delicadamente a água espalhando o óleo na mesma durante todo o banho.
Coloque uma música relaxante, RELAXE e APROVEITE!
Ao sair do banho, você estará com uma fina película de óleo perfumado sobre o corpo, caso
você queira, pode retirá-la com um sabonete líquido neutro.

Escalda-pés
Os escalda-pés são muito úteis no tratamento de dores de cabeça, enxaquecas, dores nas
pernas, resfriados e cansaço.

Borrifos d'água
Óleos essenciais como alecrim podem ser acrescentados a borrifos d'água e aplicados ao
longo da coluna, sob a forma de jatos. Neste caso, intensificarão o efeito estimulante.

UNGUENTOS

Ingredientes:
1 parte de cera de abelha
4 partes de óleo essencial
Esquente o óleo e a cera juntos em banho-maria até derreter a cera.
Assim que a mistura esfriar um pouco, de modo que esta comece a se solidificar na beira da
vasilha, junte as essências e mexa.
Ponha o recipiente em uma bacia d'água fria para acelerar o resfriamento.
Se incluir óleo de germe de trigo, seus ungüentos durarão 1 ano.

Afrodisíacos e anafrodisíacos

Uma pessoa bem alimentada será capaz de exercer suas atividades de forma mais satisfatória.
Segundo essa visão, a escolha dos alimentos é fundamental para o bom desempenho sexual.
Deve-se dar preferência a uma dieta que contenha frutos do mar, rica em fósforo, sal e muitos
micro elementos necessários ao nosso corpo.
A vitamina E, chamada de vitamina da fertilidade, é encontrada no gérmen de trigo e nos
alimentos elaborados com farinha integral. A carência dessa vitamina leva à esterilidade, à
impotência e a outros problemas sexuais.
O álcool, quando usado moderadamente, elimina as inibições e aumenta o fluxo sangüíneo nos
vasos periféricos, como os do pênis. Em doses maiores, porém, tem o efeito oposto, reduzindo
a velocidade das reações nervosas e produzindo incapacidade sexual temporária.
Mas não é só através de comidas e bebidas que somos sexualmente estimulados. Entre os
humanos, a atração começa pela visão e pelo olfato, que exercem um papel muito importante
na arte do amor. Na entrada das narinas, por exemplo, tem um sensor que percebe os
feromônios exalados pela pele, despertando o desejo sexual. O odor dos genitais e das axilas,
por sua vez, viaja diretamente para o cérebro, fornecendo ao parceiro todas as mensagens de
interesse amoroso.
Os ingredientes afrodisíacos, entretanto, não têm capacidade de curar impotência ou frigidez,
sendo destinados apenas a pessoas que querem prolongar o prazer sexual. A ajuda de um
especialista, nestes casos, é ainda a melhor solução.
São consideradas afrodisíacas as substâncias ou alimentos que simbolizam a fertilidade,
fortificam o corpo, aumentam a função sexual e estimulam o desejo, melhorando a relação
amorosa.
Há quem duvide da existência ou da eficácia dos afrodisíacos. No entanto, está comprovado
que existem substâncias que agem de alguma forma nos sentidos, proporcionando uma
agradável sensação de bem estar.
Muitas dessas substâncias são tidas como afrodisíacas por associação. É o que acontece com
as ostras, em forma de vulva, e com o aspargo, que nos lembra o falo; outras, graças ao
artifício da sugestão, como a ingestão de órgãos sexuais ou vitais, a que se credita o aumento
da força e da vitalidade. Em princípio, tudo o que excita a mucosa da boca excita a mucosa do
sexo. Uma alimentação bem condimentada, portanto, contribui para uma melhor sexualidade.
Assim, há alimentos, temperos, ervas e raízes, conhecidos por sua capacidade de intensificar a
vitalidade sexual. E nós, pobres mortais que continuamos a buscar os prazeres da vida,
podemos recorrer a esses ingredientes, que são encontrados facilmente no comércio em geral.
Por outro lado, há substâncias anafrodisíacas. Uma das principais é a cânfora, cujo perfume
deve ser evitado pelos tântricos. A cânfora é também o antídoto universal da homeopatia, pois
anula o efeito de todos os medicamentos. Logo, os que estiverem sob tratamento homeopático
devem evitá-la.
São consideradas afrodisíacas as substâncias ou alimentos que simbolizam a fertilidade,
fortificam o corpo, aumentam a função sexual e estimulam o desejo, melhorando a relação
amorosa.

Alimentos afrodisíacos

Em seu livro Afrodite, a autora Isabel Allende afirma que a gula é um dos caminhos mais
diretos para a luxúria, e se avançarmos um pouquinho mais, para a perdição da alma.
No inverno, com seus dias frios e escuros, o uso de condimentos é mais indicado, enquanto
que as ervas frescas devem ser utilizadas durante o verão.
A seguir, uma lista de alimentos, ervas aromáticas e condimentos que perfumam nossas
iguarias e nossa alma.

Condimentos

Açafrão: Especiaria vermelha-alaranjada, perfeita no uso com mariscos. Tradicionalmente


utilizada na Espanha em pratos com frutos do mar, como a Paella, por exemplo. No Oriente é
muito utilizado como estimulante.
Açafrão-da-Índia: Possui um gosto um pouco amargo.Deve ser usado moderadamente, porque
pode encobrir os outros sabores.
Alcaparra: Frutos redondos e pequenos, de sabor muito forte, que acompanha peixes.
Anis: É uma planta de flores brancas e sementes pequenas e aromáticas. Confeitos, xaropes,
essências, temperos e licores podem ser feitos com esse ingrediente.
Baunilha: Tempero indispensável para doces, bolos, sorvetes, cremes, café, chocolate etc.
Vem em estojos (ou cápsulas), extrato ou essência. Se puder escolher, evite a baunilha
sintética, de sabor grosseiro e às vezes tóxica.
Borragem: Usa-se para cozinhar carnes e peixes, assim como em saladas..
Canela: Extraída da casca da árvore da canela. É usada em lascas e em pó. Coloca-se em
doces, mas também em carnes e diferentes tipos de curry, na Ásia e no Oriente Médio.
Cardamomo: Pode ser vendido em sementes, que são moídas para cozinhar, ou em pó, que
perde o aroma rapidamente. Nos países árabes, é colocado no café para enriquecer o sabor e
estimular a benevolência entre os amigos. As sementes são mastigadas para refrescar a boca,
Cominho: Seu óleo é utilizado em loções balsâmicas e filtros de amor. Na culinária é
empregado no tempero de lentilhas e feijões.
Cravo: Usado nas sobremesas, carnes e presunto, para dar um toque especial.
Curry: Não é uma especiaria, mas uma mistura de várias delas: coentro, cardamomo, pimenta
caiena, pimenta, gengibre, canela, sementes de mostarda, açafrão-da- india etc.
Endro: As folhas e sementes são usadas sobretudo em peixes. As sementes, colocadas em
uma garrafa de óleo ou vinagre , aromatizam delicadamente.
Erva-cidreira: Serve para maionese, receitas com queijo fresco e creme, molhos, saladas e
algumas sobremesas de frutas.
Estragão: Utilizado em carnes. É melhor fresco.
Gengibre: Pode ser adquirido em pó, xarope e como raiz fresca.. Seu sabor característico é um
pouco picante. Muito utilizado na cozinha japonesa, mas também em comidas exóticas e no
preparo de sobremesas.
Hortelã: Seu sabor fresco é popular em doces e bebidas. Também é usado em muitos pratos
de diferente origem. Na Inglaterra acompanha o cordeiro, entre os árabes, as carnes variadas.
Lavanda: As sementes aromatizam perfumes e sabonetes. Realçam a sopa, que deve ser
coada antes de servida.
Louro. Na comida o louro é usado em pouca quantidade, só uma folha pequena ou média,
porque tem um sabor muito forte, um pouco amargo.
Manjericão: Produz mais efeito quando fresco, nos pratos mais variados.
Mostarda: Pode ser comprado em semente, em pó e preparada.
Noz-moscada: É uma noz dura usada para aromatizar doces e sobremesas, mas que também
realça o sabor de alguns vegetais, como espinafre e carnes suaves.
Orégano: Típico da cozinha mediterrânea, possui aroma e sabor fortes.
Pimenta: Picante e ardida, acentua o sabor dos alimentos.
Pimenta caiena: Feita a partir do pimentão vermelho seco e moído, é a base da páprica, da
pimenta em pó, do tabasco e da santaka, no Japão. Usa-se em pouca quantidade, para dar
cor, sabor e um toque picante.
Salsa: Existem mais de trinta variedades comestíveis.Usa-se em carnes, peixes, saladas etc.
Seu frescor alivia o hálito de cebola ou alho.
Sálvia: Tem aroma muito penetrante e deve ser usada com moderação. A carne de porco e as
aves de caça são bem acompanhadas com esse tempero, que aprimora o sabor.
Tomilho: Utilizado no preparo de vários molhos com vinho tinto. Acompanha as carnes
vermelhas e é indispensável nos patês.

Plantas Afrodisíacas

Flores e plantas afrodisíacas

Por: Rose Aielo Blanco

Acredita-se que os afrodisíacos tenham surgido na Grécia Antiga, quando os gregos cultuavam
Afrodite a deusa do amor, da beleza e da fecundidade com cerimônias e rituais especiais,
nos quais eram ingeridas poções do amor, na esperança de que aumentassem o vigor e o
prazer sexual. Ervas, flores e especiarias regidas por Afrodite (Vênus, para os romanos) eram
usadas como ingredientes no preparo dessas poções e, com isso, ganharam a fama de
afrodisíacos .
Certas linhas de estudo defendem que o mecanismo que desperta o prazer nos humanos é
resultado de uma série de estímulos recebidos por meio dos sentidos (olfato, tato, visão,
paladar e audição) somados a uma boa dose de fantasia.

Óleos: as essências das plantas

Os óleos essenciais são obtidos a partir de flores, folhas, cascas, raízes ou frutos e
correspondem a, no máximo, 6% da planta. A qualidade de um óleo depende de uma série de
fatores: da procedência da planta, do método de extração e de como é estocado, por exemplo.
Sem falar que até o clima, a altitude, o tipo de solo e a forma como a planta foi colhida podem
afetar aqualidade do óleo usado em massagens. O efeito das massagens com óleos
aromáticos
Os óleos essenciais aplicados na pele penetram pelos poros e vão para os vasos sangüíneos
que irrigam a derme. Depois, seguem para a corrente sangüínea, o sistema linfático, os
músculos e os órgãos. Para ser aplicado em massagem, o óleo essencial deve ser dissolvido
numa base de óleo vegetal, na seguinte proporção: 2 a 3 gotas de óleo essencial para 1 colher
(sopa) de óleo vegetal puro ou combinado, em banho.
Rosa - Uma das flores mais famosas é, também, considerada um afrodisíaco. Ninguém menos
que Cleópatra, a rainha do Egito, a utilizava com essa finalidade. Conta-se que a rosa era um
dos ingredientes básicos de suas receitas de beleza e, além disso, a sábia rainha cobria seu
leito com pétalas de rosas para garantir uma "tórrida noite de amor" com seu amado
Marco Antônio. O óleo de rosas era muito usado pelas mulheres do Oriente - elas o
espalhavam por todo o corpo, ao se prepararem para o amor.
Jasmim - (Jaminum officinalis): Outra flor considerada afrodisíaca há séculos.
Várias espécies de jasmim apresentam um perfume doce e envolvente. O óleo desta flor - um
dos mais caros do mundo - é usado como ingrediente na preparação dos mais valiosos
perfumes que hoje existem no mercado (o Chanel no. 5 é um deles). Muito ligado ao aspecto
feminino, o jasmim inspirava as canções ardentes e lascivas dos poetas árabes. Era, também,
uma das flores mais usadas pelas "favoritas" dos sultões, ao se enfeitarem para as longas
noites de amor. Além disso, elas tomavam um banho com óleo de jasmim e, depois,
espalhavam-no pelo corpo em massagens sensuais. Para os hindus, esta flor está intimamente
ligada ao amor e, por isso, ainda hoje é utilizada na montagem de grinaldas nupciais.
Sobre o óleo de jasmim, é interessante reproduzir as palavras de Marcel Lavabre, em sua obra
"Aromaterapia, a Cura pelos Óleos Essenciais": "Graças aos supremos poderes sensuais, o
jasmim é o melhor afrodisíaco que a aromaterapia pode oferecer. No entanto, não deve ser
considerado um mero estimulante para o sexo. O jasmim desfaz a inibição, solta a imaginação
e deixa a pessoa num estado jubiloso. Num certo sentido, o poder do jasmim só pode ser
experimentado por completo por quem se ama de verdade, pois ele transcende o amor físico e
libera toda a energia sexual tanto do homem quanto da mulher. É o melhor estimulante do
chakra sexual".
Ylang Ylang - (Cananga odorata): Assim como o óleo de jasmim, a aromaterapia considera o
óleo obtido das flores do Ylang Ylang um poderoso afrodisíaco, que estimula o apetite sexual
aguçando os sentidos. Aplicado em massagens ou simplesmente vaporizado no ambiente,
acredita-se que esse óleo essencial é capaz de maravilhas. Na Indonésia, por exemplo, era
costume cobrir a cama dos recém-casados com flores do Ylang Ylang, para inspirar uma ótima
noite de lua-de-mel.
Sândalo - (Santalum album): Considerada uma árvore sagrada na Índia. Existem registros em
documentos antigos escritos em sânscrito
e chinês que atestam seu uso como incenso em cerimônias religiosas e rituais onde se busca a
elevação da alma.
A destilação da madeira interna produz um óleo grosso e amarelado, de fragrância doce,
picante, intensamente oriental.
Na aromaterapia, o óleo de sândalo é utilizado no tratamento de problemas ligados ao aparelho
genito- urinário, especialmente impotência e frigidez. Por sua ação tônica e estimulante das
funções sexuais, é considerado um afrodisíaco.
Catuaba - (Trichilia catigua): Este afrodisíaco tipicamente nacional tornou-se conhecido
internacionalmente.A planta, abundante no Brasil, é usada na forma de chás e tinturas.
Acredita-se que suas propriedades estimulantes (como as do guaraná) atuem combatendo o
stress e aumentando a disposição orgânica.
Ginseng - (Panax ginseng): A raiz do ginseng, contorcida e ramificada, lembra uma figura
humana. Chineses e indianos consideravam a planta um afrodisíaco, pois ao agir contra o
stress, o cansaço e a falta de energia, melhoraria o desempenho sexual, equilibrando o
indivíduo como um todo.
Jacinto - (Hyacinthus): A raiz desta flor era utilizada cozida, para tratar tumores dos testículos.
Considerada uma flor masculina, era usada por povos antigos como um tônico para aumentar o
vigor e o desempenho sexual nos homens.
Narciso - (Narcissus poeticus): Os bulbos são muito ricos em vários alcalóides e um deles - a
narcisina - mesmo sendo utilizado na medicina popular é altamente tóxico. Tidos como
potentes afrodisíacos, os bulbos do narciso eram usados no preparo de infusões, "filtros do
amor" e, principalmente, na produção de uma água destilada que aumentaria a secreção de
esperma. Mas, é provável que o efeito produzido era mais narcótico do que estimulante.
Guaraná - (Paulinia cupana): Quando os primeiros europeus chegaram ao Brasil, os índios já
consumiam o guaraná como alimento e para afastar o cansaço. A planta foi estudada pela
primeira vez pelo botânico Karl von Martius que, em 1826, visitou a região amazônica. Sua
fama como afrodisíaco viria do fato de que a planta apresenta propriedades tônicas e
estimulantes que afastam o esgotamento físico e mental, aumentando a disposição geral do
organismo.
Tomilho - (Thymus vulgaris): Desde a Antigüidade, o tomilho tem sido amplamente usado em
terapias por suas propriedades estimulantes e purificadoras. O aroma desta planta é
considerado energizante. Uma tradição muito antiga recomendava que, no final de um dia
cansativo, era só amassar levemente entre as mãos alguns ramos de tomilho e aspirar o
perfume para recuperar a energia e aumentar a disposição para o sexo. Não há comprovação
científica que ateste o efeito, mas também não há qualquer contra-indicação - assim, não custa
nada experimentar...
Urucum - (Bixa orellana L.):O urucum tornou-se muito conhecido graças ao pigmento extraído
de suas sementes. Originária da América tropical, é planta espontânea na região que vai das
Guianas até a Bahia. A pintura do corpo com o pó de urucum faz parte das tradições indígenas,
sendo usada há séculos, em cerimônias e rituais. Na medicina popular, o urucum é utilizado
desde o século XVII. Os indígenas usam o pó das sementes como afrodisíaco e como um
remédio contra a intoxicação pela ingestão da mandioca-brava.

Plantas afrodisíacas

Na visão da Medicina Tradicional Chinesa, cada órgão possui uma parte Yang e uma parte Yin.
Ambas são responsáveis pela circulação da energia vital no organismo.
As plantas afrodisíacas despertam e intensificam o desejo sexual, pois agem como tônicas do
Yang, que corresponde ao calor, ao fogo, à atividade e à agitação. O rim é responsável pela
libido e pela potência sexual, ativada especificamente pelo pólo Yang do órgão. Deste modo,
são consideradas afrodisíacas as plantas que nutrem o Yang dos rins.
Na fito terapia brasileira e na chinesa existem muitas plantas que contêm os princípios
necessários a esta função.
A parte utilizada para fins afrodisíacos difere de uma planta para outra, conforme a espécie a
que pertencem.
Há casos em que se utiliza a folha, ou então a semente, a casca do caule e até a raiz.
Alguns exemplos dessas plantas:

1) Catuaba
2) Marapuama
3) Damiana
4) Guaraná
5) Ginseng
6) Fáfia
7) Saw Palmetto
8) Yohimbe
9) Tríbulo

Curiosidades prazerosas

A Vida nos haréns


O Harém que povoa nossas mentes ocidentais com odaliscas, sensualidade e mistérios é
muito diferente das fantasiosas mil e uma noites .
Diz-se que o célebre sultão de Cambaia, no Oriente, chegou a ter nos seus vastos domínios
perto de 1500 odaliscas, das quais teve mais de 1.000 filhos e cerca de 3.200 netos.
Primitivamente, na Turquia, chamavam-se odaliscas às escravas que serviam às esposas do
sultão. No harém turco, séculos mais tarde, odalisca era a mulher destinada aos prazeres do
sultão, que a adquiria por alto preço.
O recrutamento dessas mulheres era feito entre as escravas mais belas do país. Orgulhavam-
se os sultões de possuir, nos seus haréns, essas jóias humanas .
A palavra odalisca é de origem turca: formou-se de ödalyk de öda , cujo significado é alcova,
sala intima.
Harém, em árabe pronuncía-se Raranm que significa: protegido, proibido, não permitido.
No harém existiam camadas de poder conseguidos pelas mulheres a duras penas através de
quatro graus hierárquicos.
A mãe do chefe da casa ou sultão era a mulher de mais poder, todas as kadins (esposas) lhe
deviam obediência, a primeira esposa é chamada de Hatun (grande Dama) ou se fosse casado
com um sultão seria uma haseki sultana, a segunda era denominada durrah, e as outras são
odaliscas, representam a última classe do harém formadas por escravas e meninas compradas
dos próprios pais que obedeciam as primeiras esposas e faziam o trabalho pesado.
As mulheres chegavam aos haréns como presentes ou alianças de interesses políticos e
financeiros por volta de mais ou menos 7 anos , quando entravam na adolescência já eram
especialistas na arte do bordado, da dança, da música e principalmente na arte da sedução
servil, diferente das antigas hieródulas que viviam na mesma região a pelo menos 2000 anos
atrás, senhoras do seu corpo e dos cultos a grande Deusa Mater, verdadeiras rainhas
conscientes de sua feminilidade sagrada.
Ao penetrarmos num harém , deparamos com uma primeira porta, que já mostrava seu sentido
de opressão, era chamada de umbral da morte. Havia um outra mais escondida, chamada
umbral da felicidade ligada aos aposentos do sultão. Mais internamente encontramos pátios,
salões , jardins de inverno, e o umbral da obediência e da servidão, recinto onde se
encontravam os eunucos negros e as mulheres escravas e logo depois a torre da justiça.
Dentro dos haréns havia também o hammam (salas de banho), onde as mulheres se
banhavam e eram massageadas e perfumadas com óleos aromáticos e afrodisíacos para
encontrarem-se com o sultão.

SALAM - A linguagem secreta dos haréns


Nos haréns, também havia, um outro tipo de comunicação simbólica conhecida como salam .
Os Salams, eram verdadeiras obras da linguagem simbólica de forma profundamente poética e
figurativa. Esta linguagem era enviada na forma de objetos que significavam algo específico
representados por frutas , lenços de seda, madeiras, flores, perfumes tecidos, entre outras
coisas. Sua leitura tinha uma ordem específica semelhante ao escrita hieroglífica e era parte
das artes amorosas ensinadas nos haréns.
A arte da sedução

Exercícios que aumentam o vigor e a vitalidade sexual e o prazer

Estes exercícios são direcionados para aumentar o vigor sexual e o prazer, melhoraram o
rendimento sexual, tanto para mulheres quanto para homens e preservam uma sexualidade
saudável até a 3ª idade .
O exercício é simples e fácil de fazer, encaixe seu quadril e contraia com bastante firmeza os
glúteos, mantenha a contração por alguns segundos, depois relaxe e repita o exercício , depois
experimente fazer o mesmo contraindo esfíncteres do ânus e da uretra.
A dançarinas do ventre ganham grande destreza nos músculos pubococcigenos através da
dança e exercícios preparatórios para executá-la

Outra sugestões são:


1. Sente-se confortável, que deixa a coluna ereta mas não corta a circulação das pernas. Apóie
suas mãos nos joelhos e separe seus pés por mais ou menos 20 cm. Concentre-se em seus
músculos vaginais e contraia-os como se apertasse algo dentro de você contando até três e
depois relaxe.
2. Sente-se na cama apoiando seu corpo no encosto, abra suas pernas flexionando-as um
pouco para o lado, introduza um dos seus dedos na vagina e perceba a força de sua vulva
contraindo-a, se não sentir nada inicie com dois dedos, faça novamente o movimento de
apertar e se possível tente sugar para dentro seus dedos, quando sentir que sua musculatura
está mais forte, treine apenas com um dedo.
3. Deite-se mantendo suas pernas flexionadas depois, eleve seu quadril até que seu corpo
fique apoiado apenas nos pés e nos ombros, eleve seu púbis o máximo que puder e contraia
seus glúteos, depois relaxe.
Quando sentir que este exercício já está sendo feito sem muito esforço, eleve seu quadril e
enquanto isso, contraia sua vulva em três estágios, primeiro suavemente depois um pouco
mais forte e depois com toda força que puder, tente imaginar que está sugando alguma coisa
para dentro ou use um vibrador pequeno ou as bolas de pompoar.
4. Fique de pé afaste um pouco as pernas e mantenha-as semi-flexionadas encaixe seu quadril
elevando ao máximo seu púbis para frente enquanto contrai a parte interna de sua vagina (este
exercício também pode ser feito com a bolas de pompoarismo).
5. Outro exercício que pode ser feito de pé: Contraia as nádegas o mais forte possível unindo-
as ao máximo, conte até três e depois relaxe.
Estes exercícios também podem ser feitos discretamente sem o encaixe do quadril, em
qualquer lugar onde estejam. O resultado é extremamente prazeroso e excitante.
Preparando seu corpo para o prazer

O ponto G

O ponto G se situa próximo a entrada do canal vaginal, embaixo do osso púbico, dentro da
parede anterior da vagina. O tamanho e a localização exata variam. Quando essa região é
estimulada, começa a intumescer e, muitas vezes, pode ser sentido como um pequeno caroço
entre os dedos. Pode crescer até o tamanho de uma moeda.
Ele é melhor estimulado quando a mulher ficar por cima do homem, de forma a conduzir a
estimulação.
Para muitas mulheres, o orgasmo obtido a partir da estimulação do ponto G é qualitativamente
superior ao orgasmo clitoriano.

O orgasmo

O orgasmo, é definido como o mais alto grau de excitação sexual e portanto o prazer físico
mais intenso que um ser humano pode experimentar.do grego orgasmos, (ferver de ardor).
O orgasmo feminino pode ocorrer no aparelho genital externo, dentro da vagina, no ponto G e,
não muito freqüentemente, em várias outras partes do corpo.
As mulheres não são menos orgásticas do que os homens. Na verdade, elas são fisicamente
capazes de ter múltiplos orgasmos, e a maioria das mulheres que se masturba sempre alcança
o orgasmo.
Embora não tenha que ser uma regra, é necessário para a saúde feminina, que a mulher
busque ter orgasmo após a excitação. Como já dissemos, um homem precisa apenas de
100ml. de sangue para ter uma ereção e a mulher necessita de 1 litro de sangue para preparar
a lubrificação, sem o orgasmo, a irrigação sangüínea demora muito mais para sair da região
sexual, causando muitas vezes, varizes internas que fazem a relação se tornar muito dolorida.
O orgasmo no ponto G é totalmente diferente do clitoriano. Você aprende com seu parceiro,
aprende lendo. Mas para conseguir ter orgasmo no ponto G com freqüência, é preciso
exercitar. É muito forte, mais intenso, dá no corpo inteiro, não é tão localizado.
O orgasmo múltiplo não é privilégio de algumas mulheres especiais. Toda mulher pode ter essa
realização. O desconhecimento da sexualidade, aliado à preconceitos e tabus, impede que a
mulher vivencie de maneira madura as infinitas possibilidades do êxtase sexual.
Como conseguir orgasmos múltiplos?

Desejo pelo amado, libertar-se de bloqueios e medos e nenhuma pressa são fatores
imprescindíveis para que, no ato sexual, se experimentem sensações e emoções intensas.
As pessoas se dão por satisfeitas com um único orgasmo e não atingem o máximo desejado
na busca de novas sensações.
No aparelho genital externo, o clitóris e os pequenos lábios possuem terminações nervosas
sensíveis ao estímulo sexual. Orgasmos consecutivos podem acontecer com a excitação
manual ou oral dessas áreas, em suas diferentes partes.
É importante que o homem, não interrompa seu movimento após o primeiro orgasmo da
mulher. A maioria das mulheres , pelo fato de desconhecerem seu próprio corpo, após o
primeiro gozo, pede ao amado que pare, alegando estar muito sensível, confundindo com
aflição, outro orgasmo que se aproxima.
A vagina tem sensibilidade erógena, principalmente, na metade anterior do canal vaginal.
Com o pênis introduzido, a mulher pode atingir quatro, cinco, seis ou mais orgasmos
consecutivos, se for tocada no ponto G.
Na maioria das vezes o movimento feito pelo homem é o vaivém do pênis dentro da vagina
bem rápido, assim, dificilmente a mulher terá prazer. Porém, se o movimento do pênis variar a
trajetória tocando toda a parede do canal vaginal, a mulher poderá ter vários orgasmos. Isso
também pode ocorrer, apenas com a pulsação do órgão dentro da vagina e a mulher se
movendo lentamente.
Há casos de mulheres que chegam a ter trinta e seis orgasmos em seguida, mas a média é de
cinco para . a mulher jovem e nove para a mulher madura , diz a médica sexóloga Marilene
Vargas.

Orgasmos múltiplos e hiperorgasmo

Hiper orgasmo é o estado de maximização do prazer sexual a níveis absolutamente


inimagináveis.
Esse estado alterado da consciência é obtido mediante técnicas orientais provenientes da
tradição tântrica.
Mais adiante vamos explicar o que é o Tantra.* Essas técnicas de otimização da sexualidade
têm mais de cinco mil anos e vêm sendo praticadas ao longo da História por grupos de
pessoas muito especiais.
CURIOSIDADES PRAZEROSAS

A utilização mágica e ritualística dos perfumes no ambiente

O perfume das velas aromáticas, sabonetes com essências de ervas, pot-pourri de flores secas
e incensos inspira a agradável sensação de bem estar.
Os perfumes extraídos de raízes, folhas, flores, resinas e cascas de árvores e de frutas, são
mágicos e atingem diretamente a alma e o estado de espírito. Os aromas remetem à
lembrança imediata de lugares distantes, aguça os sentidos, recupera momentos esquecidos,
desencadeia sentimentos, emoções e lembranças.
- Quando os aromas são inalados, células específicas enviam a mensagem ao cérebro
acionando o sistema límbico que controla as emoções. Assim, desbloqueia- se arquivos
emocionais esquecidos e a pessoa recupera sensação de bem- estar.
- Tanto homens quanto mulheres têm seu olfato mais aguçado, durante a noite.
- Os cheiros influenciam diretamente o sistema digestivo, o desejo sexual e o comportamento
emocional.
- O uso de perfumes em fumigações nos rituais, possibilita o acesso direto aos estados
emocionais pré- programados.

Ritual - Preparando o ambiente para o amor

Alguns perfumes têm uma essência tão divina, que parece transportar-nos para reinos
transcendentais.
Esses aromas mágicos, afastam nossa mente do cotidiano e nos levam a um estado de êxtase.
Cada parte do corpo da mulher do harém te um perfume específico que remete a mente aos
estados emocionais que ela desejou causar no seu amado.
Se você escolher apenas um aroma, este pode ser usado um pouquinho mais forte, mas se
você vai usar vários aromas , deve usá-los com muita sutileza em cada zona do corpo onde vai
colocá-lo. Coloque o perfume ou essência nos lugares mais quentes do corpo, nos pulsos, nas
pulsações, atrás das orelhas , nas virilhas, atrás dos joelhos, na dobra do seio, nos cabelos e
etc...
Aromas Orientais, mais pesados, são melhores para o outono e inverno, a primavera e o verão
pedem aromas mais alegres, leves e refrescantes.
Para qualquer estação escolha um perfume que seja a sua marca, assim será lembrada
mesmo no futuro longínquo pelo seu amado, já que o perfume tem o poder de espertar
sensações e memórias esquecidas.
O perfume das velas aromáticas, sabonetes com essências de ervas, pot-pourri de flores secas
e incensos inspira a agradável sensação de bem estar.
Os perfumes extraídos de raízes, folhas, flores, resinas e cascas de árvores e de frutas, são
mágicos e atingem diretamente a alma e o estado de espírito. Os aromas remetem à
lembrança imediata de lugares distantes, aguça os sentidos, recupera momentos esquecidos,
desencadeia sentimentos, emoções e lembranças.
Quando os aromas são inalados, células específicas enviam a mensagem ao cérebro
acionando o sistema límbico que controla as emoções. Assim, desbloqueia- se arquivos
emocionas esquecidos e a pessoa recupera sensação de bem estar.

Ritual tântrico

A proposta do Tantra é a de desencadear auto-conhecimento e evolução interior a partir do


prazer. É algo como ir exacerbando o prazer físico a tal dimensão que ele extrapole os limites
físicos e transborde na forma de um orgasmo espiritual ou estado de graça.

O Tantra como amplificador da potência

A técnica denominada Maithuna tem a propriedade de aumentar a produção de hormônios e


exacerbar a libido. Conseqüentemente, predispõe o praticante, homem ou mulher, a um estado
de alerta biológico para qualquer estímulo sexual, por mais discreto que possa ser.
Isso pode contribuir decisivamente para superar estados de inapetência, especialmente para
aqueles casais que já convivem há anos e cuja chama do desejo parece ter-se extinguido.
Ajuda também àqueles que tendem a utilizar o sexo como uma mera necessidade fisiológica e
que, até por condicionamento, não conseguem extrair mais prazer dessa função ou, ao menos,
permanecer mais tempo no ato sexual.
Mas atenção: isto não é uma terapia e não promete resultados miraculosos para quem tenha
algum problema físico ou alguma idiossincrasia emocional. Portanto, antes de culpar o Tantra
por não ter melhorado, tanto quanto você gostaria, o seu desempenho sexual ou o do seu
parceiro, saiba que assim como algumas mulheres só conseguem ser ligadas a partir de um
prévio ritual de corte, carinho e romance, o mesmo pode ocorrer naturalmente com muitos
homens e não é o Tantra que vai modificar essa estrutura de personalidade.
Estude o seu parceiro ou parceira, converse com ele ou ela para conhecerem-se melhor e
saberem como detonar todo o potencial que o Tantra lhe oferece.
De qualquer forma, o mínimo que estes ensinamentos vão fazer por você é mudar a sua vida e
incrementar muito prazer e liberação sexual. Vá em frente e usufrua o que a Natureza lhe
proporcionou, pois a vida é curta e é uma só.

O truque é simples

O truque é muito simples e vamos abordá-lo logo.


Para que experimente o estado que denominamos hiper orgasmo você precisa apenas
adestrar-se na contenção orgástica. Isso significa protelamento do orgasmo. Não é difícil nem
desagradável.
Você, homem ou mulher, vai verificar que depois da primeira hora de contato sexual, o corpo
aprende a conter o orgasmo praticamente sozinho. E, a partir de então, uma onda de prazer
indescritível toma conta de todo o seu ser.
Você todo se converte num pólo de sensorialidade e qualquer parte do seu corpo sente prazer
como se fosse um extenso órgão sexual que cobrisse toda a amplitude do seu corpo por fora e
por dentro, e mais o seu psiquismo.
Um toque na pele, um beijo nos lábios ou a aspiração do hálito do parceiro podem
desencadear experiências sensoriais e de enlevo que nenhuma droga poderia igualar.
Quando vocês já estiverem na cama, coloque seu amado sentado de frente para você e enlace
o quadril dele com suas pernas e peça que ele faça o mesmo. Com uma de suas mãos acaricie
o corpo dele pedindo que ele repita os mesmos gestos que você fizer.
Este exercício chama-se espelho, e facilita que você ensine as carícias que mais gosta sem
constrangê-lo . Depois peça que ele faça o mesmo com você mostrando-lhe o caminho do
prazer dele. Enquanto o acaricia olhe-o nos olhos mostrando lhe carinho e afeição.
Depois abraçe-o unindo os chakras, centros de energia do corpo físico.
Os adeptos do tantrismo, buscam através de práticas sexuais sagradas, a evolução espiritual,
unindo nas energias masculinas e femininas o potencial para a elevação da consciência divina
através do despertar da Kundalini (força vital de expansão capaz de mover o universo).
O sexo no tantrismo é ritualístico e sagrado , por isso devemos fazer algumas práticas para
despertar os sentidos, aguçando o tato, o paladar e o olfato .

Preparando os jardins do amor e do desejo

Nunca receba seu amado num ambiente que não tenha o mínimo de sonho, assim evita que
ele se acostume ao comum e acabe comparando você a outras mulheres .
Não permita que isso aconteça, deixe sua marca!
Para uma arrumação simples, mantenha sempre seus lençóis perfumados com perfumes
afrodisíacos ou o seu perfume, principalmente no travesseiro dele.
Se o amado não se incomoda, lance mão de incensos indianos, cuidado com a marca, os
falsos têm cheiro desagradável quando queima, Mas se isso o desagrada
ou ele for alérgico use aromatizadores que normalmente tem espaço para uma pequena vela e
um recipiente onde você coloca a essência .
Ambientes iluminado por velas sempre deixam uma aura sensualidade e faz sua pele parecer
um veludo brilhante com sua luz dourada.
Este é o mínimo, agora vamos ao máximo.
Para receber o amado em sua alcova, as sacerdotisas da antiguidade, cobriam seu ambiente
com véus, neste tempo as camas tinham doseis onde era possível envolver véus para deixar
uma atmosfera de mistério.
A cama era sempre um capítulo a parte, além de perfumá-la, jogava-se pétalas de rosa ou
flores que despertam o amor por cima do lençol.
Ao lado da cama, havia sempre uma bandeja com iguarias leves, como frutas e flores
embebidas em vinho para comer, e uma pequena vasilha com mel.
(Nunca se deve encher muito a barriga de um homem antes de uma noite de amor, eles tem
muita facilidade para o sono e possivelmente de barriguinha cheia,virará para o lado e dormirá
como um anjinho enquanto você fica a ver navios).
Como já disse nunca esqueciam o uso de incenso,difusor e velas.
Na alcova de uma sacerdotisa sempre havia uma tina de madeira para que eu amado fosse
purificado energeticamente e relaxasse das mazelas do mundo.
Esta tina poderia ser grande ou pequena, as grandes serviam para banhos de imersão, as
pequenas para purificação.
Num lugar especial da alcova, que as vezes era até uma caverna havia um altar consagrado à
Deusa, aos seres da natureza e aos deuses e deusas da dança onde sempre se ofertavam
incensos e outras oferendas dedicadas aos Deuses maiores e menores.
Neste altar, arrumavasse o altar do amor, saiba como prepará-lo.

O Altar do Amor

Em frente a um espelho, que pode ser até em cima de uma cômoda, monte o seu altar do
amor:
Forre o chão em frente a cômoda com uma toalha ou um tapete que possa receber respingos.
Forre a cômoda com um tecido bem bonito , de preferência vermelho.
Em cima da cama, jogue as pétalas de rosas ou hibiscos (flores inteiras).
No centro da cômoda, coloque uma vasilha bem bonita de vidro com água e jogue nela pétalas
de rosas (duas mãos cheias), de cada lado da vasilha, coloque perfume de Sândalo do lado
direito e o de almíscar do lado esquerdo.
Ao lado dos perfumes coloque uma vela vermelha (paixão) e uma rosa (Amor)

Banho de purificação a luz de velas

Ao acender as velas (de preferência aromática),você está representando o início do ritual. O


fogo reaviva o espírito . Quando se toma um banho a luz de velas, cria-se um clima de magia e
relaxamento.
Prepare o ambiente do banheiro, para o seu ritual.
Incense seus banheiros com incenso de Almíscar e sândalo.Não se esqueça do fundo musical,
coloque uma música suave , romântica ou sensual.
Prepare uma infusão de alecrim, alfazema e hortelã deixem amornar até uma temperatura
agradável para o corpo.
Acenda velas rosa (melhor ainda se forem velas flutuantes ou de enfeite), aproveite para
energizar-se com a luz dourada das velas, sinta como se estivesse tomando um banho de luz.
Tome um banho normal, bem gostoso e demorado,acaricie seu corpo como se ele fosse de
veludo,descanse a mente, aprofunde sua respiração, sinta a carícia da água escorrendo seu
corpo, passe o sabonete com muita delicadeza e suavidade, assim você estará se preparado
para receber a carícia e seu amado com o corpo muito mais sensível e receptivo.
A esta altura, sua infusão já estará numa temperatura agradável. Pegue-a e com uma pequena
vasilha despeje suavemente sobre seu corpo,imaginando a limpeza energética que infusão
está promovendo. O banho deve ser jogado do pescoço para baixo, na frente e atrás do corpo,
passe a infusão no rosto e nas pontas dos cabelos.
Saia deste banho e sinta a leveza do seu corpo e com certeza se sentirá caminhando nas
nuvens.
Depois de arrumar o seu ambiente com tudo que vai precisar para seduzir seu amado, ter
purificado energeticamente e ter tomado seu banho, não se deixe levar pela ansiedade;
lembre-se, é você quem vai seduzi-lo. As mulheres experimentadas na arte sedução estão
sempre serenas e seguras, nunca demonstrando toda a emoção, apenas nos momentos
propícios, este é um grande segredo de sedução.

Banhos afrodisíacos

Se você possui uma banheira de hidromassagem ou melhor ainda, um ofurô (Banheira de


madeira) japonês que mantém a temperatura da água por muito tempo, encontrada em casas
de material de(construção), coloque um punhado generoso de sal grosso (além da limpeza
energética, ajuda a eliminar as toxinas) e despeje na banheira a infusão de alecrim, levante e
alfazema, jogue sobre a água um punhado de pétalas de rosas (estimula a auto estima e o
amor).
Tome um banho relaxante de puro deleite.
Todas as recomendações do banho de chuveiro também servem para a banheira, com uma
exceção, tome o banho normal fora da banheira e depois, apenas relaxe nela.

Cuidados após o Banho - Preparando seu corpo para o prazer

Depois do relaxante banho, seque seu corpo com uma toalha macia e felpuda de boa
qualidade continuando assim seu tratamento de carinho com seu corpo. Passe a um hidratante
suave e sem cheiro.
Depois, deixe hidratante agindo sobre a pele e vá para o quarto, acenda um incenso e
aproveite para fazer uma auto-massagem preparando seu corpo para o prazer. Faça
massagens em sua zona erógena, vença sua síndrome de princesinha, aquela que fica
esperando um príncipe encantado tirá-la da letargia e da ignorância que ela tem pelo
funcionamento erótico do seu corpo. Faça sexo como uma mulher adulta, é explorando seu
corpo que você pode guiar o seu parceiro até o seu prazer e ao prazer dele. Descanse por
meia hora para que sua pele esteja sedosa quando seu amado chegar.
O Ritual da Maquiagem

Coloque sua maquiagem de maneira ordenada enfrente ao altar do amor, você irá precisar
somente de: um bom Kajal (daqueles que não escorrem), um batom provocante e uma sombra
que dê luminosidade aos olhos.
Fique de frente para o espelho e imagine que você é uma das sacerdotisas sagradas da Deusa
do amor que irá receber seu amante divino, concentre-se e invoque-a, dizendo 3 vezes:

Deusa do amor
Deusa sem fim,
Deusa do amor que sua luz esteja em mim.
Imagine a deusa do amor atrás de você, olhe-a pelo espelho, deixe que ela se aproxime e
entre no seu corpo unindo a imagem de sua face a dela, agora desenhe o rosto da Deusa no
seu rosto. Este é um dos antigos rituais egípcios da maquiagem em honra a Deusa Hátor
(Deusa do amor da beleza e da juventude).

Ritual dos perfumes

SENHORA DAS SETE ESSÊNCIAS SAGRADAS


Senhora de todas as essências, cheias de luz ,
Boa mulher, vestida de esplendor,
Que possui o amor do céu e da terra, amiga do templo de Na,
Tu usas adornos maravilhosos,
Tu desejas a Tiara da alta sacerdotisa
Cujas mãos seguram as sete essências.
Poemas reminescentes do período Sumério há 2300 a.C. escrito pela Sacerdotisa Enheduana
extraído do livro. A prostituta Sagrada, Nancy Qualls Corbett ;

Perfumes afrodisíacos Algo diferente no ar

Alguns perfumes têm uma essência tão divina, que parece transportar-nos para reinos
transcendentais.
Esses aromas mágicos, afastam nossa mente do cotidiano e nos levam a um estado de êxtase.
Quando os aromas são inalados, células específicas enviam a mensagem ao cérebro
acionando o sistema límbico que controla as emoções. Assim, desbloqueia-se arquivos
emocionas esquecidos e a pessoa recupera sensação de bem- estar.
* Tanto homens quanto mulheres têm seu olfato mais aguçado, durante a noite.
* Os cheiros influenciam diretamente o sistema digestivo, o desejo sexual e o comportamento
emocional.
*O uso de perfumes em fumigações nos rituais,possibilitam o acesso direto aos estados
emocionais pré- programados.
*Os aromas remetem a lembrança imediata de lugares distantes, aguça os sentidos, recupera
momentos esquecidos, desencadeia sentimentos,emoções e lembranças.
Cada parte do corpo da mulher do harém te um perfume específico que remete a mente aos
estados emocionais que ela desejou causar no seu amado.
Se você escolher apenas um aroma, este pode ser usado um pouquinho mais forte, mas se
você vai usar vários aromas , deve usá-los com muita sutileza em cada zona do corpo onde vai
colocá-lo. Coloque o perfume ou essência nos lugares mais quentes do corpo, nos pulsos, nas
pulsações, atrás das orelhas , nas virilhas, atrás dos joelhos, na dobra do seio, nos cabelos e
etc...
Aromas Orientais, mais pesados, são melhores para o outono e inverno,primavera e o verão
pedem aromas mais alegres, leves e refrescantes.
Para qualquer estação escolha um perfume que seja a sua marca, assim será lembrada
mesmo no futuro longínquo pelo seu amado, já que o perfume tem o poder de espertar
sensações e memórias esquecidas.
O perfume das velas aromáticas, sabonetes com essências de ervas, pot-pourri de flores secas
incensos inspira a agradável sensação de bem estar.
Os perfumes extraídos de raízes, folhas, flores,resinas e cascas de árvores e de frutas, são
mágicos e atingem mente a alma e o estado de espírito.
Influências psicológicas que os perfumes causam:

Rosas inspira o romance, a devoção, é afrodisíaca,regeneradora e antidepressiva.


Canela estimulante, elimina a tendência a idéias fixas, estimula a circulação, é quente e
exótica.
Ylang Ylang doce envolvente e sedutor,afrodisíaco, antidepressivo.
Almíscar estimula a circulação, é altamente afrodisíaco, além de ser o perfume mais próximo
ao cheiro natural da mulher.
Sândalo - Força , energia, segurança estabilidade.Perfume mais próximo ao cheiro natural do
homem.

As sacerdotisas da Antigüidade, eram mestras em perfumaria e fórmulas de sedução e


conheciam profundamente o poder dos aromas que influenciam a psique. Sabia explorar a arte
da perfumaria em seus banhos, adicionando à água essências de rosas, jasmim,sândalo.
Após o ritual da maquiagem, incense seus cabelos com incenso de rosas (desperta os
sentimentos românticos), incense também seus seios e seu ventre com incensos de almíscar
(desperta a paixão e a sensualidade).
Agora use essências nas dobras quentes do corpo:
Atrás das orelhas use perfume ou uma pequena gota de essência de Rosas.
Na dobra dos seios, use perfume ou uma pequena gota de essência de Ylang Ylang (desperta
sentimentos de sensualidade)
Nas virilhas e no reguinho do bumbum, use almíscar.
Atrás dos joelhos, novamente o Ylang Ylang.
E nos pés Sândalo ou Rosas.

Como Receber Seu Amado


Após seu descanso, prepare-se para receber seu amado. É recomendável que se use um abei
(Roupa) masculina árabe que sobrepõe a todas as roupas para vestir o seu amado.
Espere-o à luz de velas. Chame-o para dentro do ambiente preparado, com voz suave, mas
não vá até ele.
Receba-o com carinho e troque suavemente suas roupas pelo abei, sente-o numa cadeira e
banhe seus pés com ervas aromáticas e perfumes como: óleo de sândalo , folhas de hortelã e
pétalas de rosas. Não pense que você estará sendo servil com esta atitude, estará apenas
garantindo a dilatação da corrente sangüínea para uma ereção mais propícia e duradoura.
Deixe-o sentado, com os pés no banho de ervas e dance para ele, use véus (os árabes dizem
que todas as mulheres nascem sabendo a dança do ventre).

A união sagrada - amantes divinos

Hiperorgasmos
Após a dança, leve-o para o altar do amor . Retire o abei e a sua roupa de dança do ventre,
fiquem nus de frente para o altar que já deve estar previamente com as velas acesas. Com
suas duas mãos recolha algumas pétalas de rosas e peça ao seu amado que despeje nelas um
pouco de óleo de almíscar. Passe estas pétalas por todo o corpo dele, agora peça a ele que
faça o mesmo e jogue óleo de almíscar nas pétalas que estão nas mãos dele, deixe que ele
passe as pétalas por todo o seu corpo.

Café dos príncipes


Se seu amado estiver com cara de cansado, não se preocupe, de a ele o café mais quente das
Arábias.
Faça um café bem forte e aromatizado e misture-o com uma pitada de canela, algumas gotas
de limão e 1 colher de sopa de conhaque. Acenda um fósforo próximo ao conhaque e sirva o
café ainda pegando fogo na superfície. Mas se seu amado estiver muito foguento e ficar
muito empolgado, o que não é difícil;peça para ele esperar o fogo terminar.
Como servir sensualmente seu amado

Após o ritual do amor leve-o até a cama e sirva os aperitivos como frutas polpudas e úmidas
que lembrem órgão sexual feminino, por exemplo: morangos ,ameixas, pêssego, uvas e
principalmente caqui, muito usado nos rituais tântricos. Se quiser dar um toque mais árabe,
sirva tâmaras banhadas em calda de Anjar (bebida árabe não alcoólica feita a base de rosas)
ou mel.
Antes de servir, unte as frutas na calda ou no mel e passe-o antes de servi-lo ao seu amor nos
lábios ou nos bicos dos seios.