Вы находитесь на странице: 1из 3

MEMORIAL DESCRITIVO

INFRA-ESTRUTURA

Identificação:
RESIDENCIAL VIVENDAS DE ESTEIO
Rua Santana, nº 741 – Bairro São José – Esteio/RS

Projeto:
EVEA – Projetos e Construções Ltda.
Incorporação e Construção:
SALIS ENGENHARIA LTDA.

1. SERVIÇOS PRELIMINARES E GERAIS

1.1. MÁQUINAS E FERRAMENTAS


Serão fornecidos todos os equipamentos e ferramentas adequadas de modo a garantir o bom
desempenho da obra.

1.2. LIMPEZA PERMANENTE DA OBRA


Durante a execução, até a entrega definitiva da obra, a mesma será mantida permanentemente
limpa. A retirada de entulho se dará de acordo com a necessidade de desobstrução.

1.3. SEGURANÇA E HIGIENE DOS OPERÁRIOS


A obra será suprida de todos os materiais e equipamentos necessários para garantir a segurança e
higiene dos operários.

2. TERRAPLANAGEM

2.1. TRABALHOS EM TERRA


Antes de qualquer serviço no terreno, este deverá ser previamente limpo, constando de capina,
destocamento, roçado, queima, escavações, aterramentos e/ou remoções do solo natural, para dar
as devidas conformações das vias e platôs. Nos estacionamentos será escavado até encontrar solo
resistente. O bota-fora dos estacionamentos será utilizado nas áreas verdes e, se necessário, como
aterro até o nível inferior das vigas de fundação. As mudanças de níveis do terreno serão dentro das
áreas verdes e serão tratadas com taludes e leiva do campo, conforme projeto aprovado.

2.2. LOCAÇÕES DA OBRA


A locação da obra será de acordo com as peças gráficas dos projetos de topografia, urbanização e
pavimentação. As referências de nível (RNs) devem ser as mesmas do levantamento topográfico e
devem ter caráter permanente.

3. INSTALAÇÕES

3.1. INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS


O abastecimento de água ao empreendimento, será feito através da rede pública em frente ao
condomínio, gerenciada pela CORSAN, a medição será através de um macromedidor, abastecendo a
parte inferior do reservatório de torre na cota de 10,00 m, a moto-bomba elevará a água até a parte
superior do reservatório, de onde o abastecimento dos apartamentos se dará por gravidade.

3.2. INSTALAÇÕES DE ESGOTO SANITÁRIO


Os esgotos dos apartamentos serão conduzidos para a fossa séptica, posterior filtro anaeróbio e
após bombeados para rede pluvial do município, as cozinhas terão caixas de gorduras coletivas em
cada prumada das torres. A fossa séptica, o filtro anaeróbio e a elevatória de esgoto serão em

Memorial Descritivo INFRA-ESTRUTURA – RESIDENCIAL VIVENDAS DE ESTEIO – 15/04/2019 v01 1


concreto armado e as redes de condução do esgoto provenientes das unidades até a estação de
tratamento serão de PVC. Serão executados caixa de inspeção e poços de visita em alvenaria
rebocados internamente nos pontos de encontro das redes e nos desvios de sentido do fluxo.
Conforme Licença Prévia, o lançamento do esgoto após a estação de tratamento se dará na rede
pluvial municipal existente em frente ao empreendimento. Será executado redes tubos de quedas
direcionados para as caixas de inspeção no terreno, os tubos de queda serão individualizados para
banhos, lavanderia e cozinhas. O esgoto do térreo será conduzido individualizado dos tubos de
queda para as caixas de inspeção

3.3. SISTEMA DE ESCOAMENTO PLUVIAL


A água do telhado será captada por calhas e conduzida por condutores até a rede de escoamento
pluvial. Superficialmente, as precipitações pluviométricas serão coletadas através de caixas de
passagem e será ligada à poços de visita (PV’s). A bacia de amortecimento e detenção (sistema de
captação e retenção de águas pluviais) se dará nas redes pluviais do condomínio, estando as
mesmas dimensionadas para isso.

3.4. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E TELEFÔNICAS


Serão executadas conforme projeto, atendendo as normas da RGE Sul e Concessionária Telefônica.
O fornecimento de energia condominial será através de um ramal de Média tensão trifásico, com
entrada aérea, distribuindo internamente através de 7 postes de concreto de 12m de altura. Terá
em 3 postes, 3 transformadores de 150Kva para alimentar em baixa tensão os painéis de medidores
de cada bloco. A iluminação condominial será com lâmpadas de vapor de sódio e reator externo,
com acendimento individual, através de relé fotoelétrico (responsável pelo acendimento das
lâmpadas, ao anoitecer, e desligamento, ao amanhecer, conforme a luz do dia). As luminárias serão
fixadas em postes ornamentais.
A distribuição telefônica, para os blocos, se fará de forma subterrânea, com tubulação em PVC
corrugado ou rígido.

4. PAVIMENTAÇÕES EXTERNAS

4.1. VIAS DE CIRCULAÇÃO


As áreas para trânsito de veículos serão pavimentadas com blocos inter-travados de concreto, tipo
“Holandes” (6cm), sob colchão de areia compactado. As áreas de trânsito serão separadas das
demais, por meio-fio de concreto pré-moldado (espessura 10cm).

4.2. ESTACIONAMENTOS
As áreas de estacionamentos serão em pedriscos, na espessura de 4cm, sobre saibro compactado,
com exceção das vagas PNE e seus acessos, que serão pavimentados com blocos intertravados de
concreto. As vagas serão demarcadas e numeradas, com pintura nas guias (meio-fio).

4.3. CALÇADAS/PASSEIOS
As calçadas externas e passeios, bem como a calçada de proteção (com 50cm de largura, junto às
fundações, que circundará o prédio em todo o seu perímetro), serão em concreto, espessura 5cm.

5. COMPLEMENTAÇÃO

5.1. FECHAMENTO DO TERRENO


O fechamento do terreno, na divisa frontal, junto à Rua Santana, será em gradil de ferro, pintadas
com tinta anti-corrosiva e acabamento com esmalte sintético, totalizando 1,80m de altura. Na divisa
leste de quem olha o empreendimento de frente, os fechamentos serão muro pré moldado de
concreto aparente na altura de 1,80m, nas demais divisas, ficarão os muros existentes dos vizinhos
lindeiros, sendo estes apenas pintados em chapisco grosso.

5.3. PORTÕES DE ACESSO e PÓRTICO


Serão utilizados portões em grade de ferro com Ø ½”, fundo anti-corrosivo e acabamento com
esmalte sintético. O portão principal de acesso de veículos será automatizado com fecho de
acionamento à distância, comandado pela guarita.
O pórtico do empreendimento será de estrutura metálica, revestido em placa de ACM (alumínio
composto).

Memorial Descritivo INFRA-ESTRUTURA – RESIDENCIAL VIVENDAS DE ESTEIO – 15/04/2019 v01 2


5.4. PAISAGISMO
Serão utilizadas plantas ornamentais e espécimes arbóreos nativos regionais, com mudas de altura
mínima de 1,50m, nas áreas onde possui leiva do campo, conforme projeto de paisagismo e
detalhes técnicos. O plantio e a manutenção da vegetação devem ser realizados, de preferência, por
profissionais ou firmas especializadas.

5.5. LIMPEZA FINAL


Será feita limpeza em todas as áreas externas e internas, dando condições de habitabilidade. O
empreendimento será entregue completamente limpo, livre de todos os resíduos e sujeiras
provenientes da construção.

5.6. MANUAL DO USUÁRIO


Ao final da obra será entregue o “MANUAL DE USO E MANUTENÇÃO DO CONDOMÍNIO”, contendo
informações como características construtivas, funcionamentos de diversos equipamentos e
instalações, garantias e programa de manutenção.

5.7. ARQUIVO DOS PROJETOS


Ao final da obra será entregue cópia de todos os projetos atualizados, de acordo com o que foi
efetivamente construído (projetos “As Built”).

6. DECLARAÇÕES FINAIS

6.1. A obra será entregue completamente limpa. As instalações serão ligadas definitivamente à rede
pública existente, sendo entregues devidamente testadas e em perfeito estado de funcionamento. A
obra oferecerá total condição de habitabilidade, comprovada com a expedição do “Habite-se”, pela
Prefeitura Municipal.

6.2. Em função da diversidade de marcas existentes no mercado, eventuais substituições serão possíveis,
devendo os produtos apresentarem desempenho técnico equivalente àqueles anteriormente
especificados, mediante comprovação através de ensaios desenvolvidos pelos fabricantes, de acordo
com as Normas Brasileiras.

Esteio, ______ de _______________ de 2019.

_________________________________________________
COMPRADOR(A)

_________________________________________________
SALIS ENGENHARIA LTDA.
CNPJ 92.567.429/0001-83

Memorial Descritivo INFRA-ESTRUTURA – RESIDENCIAL VIVENDAS DE ESTEIO – 15/04/2019 v01 3