Вы находитесь на странице: 1из 40

“ROCK” A MÚSICA DO INFERNO

* JUNIOR OMNI *

O texto abaixo é parte do livro "Rock" A Música do Inferno , do irmão

O texto abaixo é parte do livro

"Rock" A Música do Inferno, do irmão Junior Souza da Silva, publicado aqui em versão resumida com a autorização do autor, com o objetivo de alertar aos jovens não cristãos, e também aos evangélicos, para que não sejam destruídos por essa música do inferno.

* Junior Souza da Silva é ex-seminarista pelo Seminário Teológico Nacional ITEJ (SENITEJ). Brasília - DF.

Também é músico e obreiro da Casa da Bênção do Parque das Bandeiras em São Vicente sob a direção da missionária Maria da Penha e equipe.

E-mail para contato: junior_silva_739@hotmail.com Deus te abençoe nesta leitura.

André M. dos Santos - 23 de Abril de 2007.

Autor do site BJCV

Por Junior Souza da Silva.

“Há caminhos que ao homem parece

direito

Mas o fim dele conduz à morte”

Provérbios. 14:12

Este livro tem o objetivo de alertar os nossos jovens,

quanto aos poderes satânicos que estão escondidos nesse estilo musical que tem levado multidões para o inferno. E o pior é que este ritmo musical está invadindo nossas igrejas e comunidades, tirando a essência do verdadeiro louvor espiritual que agrada a Deus.

Disse Jesus:

O PAI PROCURA VERDADEIROS ADORADORES QUE O ”

ADOREM EM ESPÍRITO E EM VERDADE

JOÃO 4:23-24.

As estrelas do rock n' roll

Grandes celebridades já estiveram por trás da música “rock”.

Muitos cantores de rock estão ligados a cultos satânicos, tanto nos Estados Unidos, onde o satanismo está crescendo a cada ano com novos templos e igrejas, e também em outras partes do mundo. O alvo principal do rock é os jovens.

A Bíblia nos mostra uma série de “deuses pagãos” que eram adorados pelas nações idólatras. Tanto os pais, como seus filhos adoravam e ofereciam sacrifícios e ofertas a esses ídolos pagãos; provocando assim a ira de Deus que é o verdadeiro criador de toda a terra.

a ira de Deus que é o verdadeiro criador de toda a terra. Em nossos dias,

Em nossos dias, os jovens têm seguido um caminho obscuro entre os variados estilos musicais que têm surgido nesses dias de muita iniquidade e libertinagem que circulam os quatro cantos da terra, proporcionando aos jovens “liberdade”, “paz”, “alegria”.

Dando-lhes várias opções de diversão e entretenimento; e estes jovens aceitam essa “liberdade” sem o menor receio. Os jovens têm mudado suas vestes, seus costumes, suas atitudes, seus estilos, suas ideias

Os jovens já não sentem mais o temor de Deus. Estão rebeldes, cheios de ódio em seus corações, estão violentos e desobedientes aos seus pais.

O que está acontecendo com esta geração de jovens?

A maioria deles já proclamou ser o “rock” uma nova religião.

Será isso verdade?

O que está por trás do rock?

O que o rock está ensinando aos jovens?

O SANGUE DE JESUS TEM PODER!

A origem do rock n' roll

O rock foi criado em meados dos anos 50, sendo uma fusão de Rythm ‘n’ blues e da música folk. Surgiram cantores e grupos como: Chuck Berry, Bill Halley, Elvis Presley, Beatles, Rolling Stones, Pink Floyd, Led Zeppelin, Nazareth e muitos outros grupos precursores da época.

O rock sempre foi ligado às drogas, prostituição, sexo ilícito, homossexualismo,

pornografia, insultos à fé cristã, inversão de valores, desrespeito às leis e desprezo aos padrões éticos e sociais, dando uma falsa impressão de liberdade, por trás da anarquia e

rebeldia.

Na década de 70 surgiram outras vertentes do rock; como o Hard Rock, Rock Alternativo, Rock Progressivo, Punk Rock e muitos outros estilos de rock; como: Heavy Metal, Trash Metal, Death Metal, Gothic Metal e outros.

Logo após a década de 70 surgiu um ritmo mais violento; com muitas guitarras destorcidas e um som perturbador causando distúrbios psíquicos em várias pessoas amantes desse ritmo musical diabólico. Nos shows de rock a figura de satanás é adorada por adeptos do rock.

Também nos shows de rock as drogas circulam com liberdade entre jovens prematuros que consideram o rock como uma religião. Os discos de rock trazem ilustrações de demônios nas capas, alguns discos e CDs mostram desenhos de Jesus crucificado, outros ainda mostram a cruz de cabeça para baixo como forma de desprezo ao Cristianismo. Algumas capas mostram anjos fumando.

O rock é um louvor de adoração ao diabo, porque alguns CDs mostram fotos de

bruxas e incluindo orações ao diabo, letras de elogios a satanás, letras falando de drogas, sexo, pornografia

Enfim este é o mundo sujo e perverso do Rock n' Roll. Tão popularizado e idolatrado entre jovens do Mundo inteiro, que não conhecem ao Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Tal como no filme “CONSTANTINE”, os demônios lutam para ceifar as nossas almas!

Tal como no filme “CONSTANTINE”, os demônios lutam para ceifar as nossas almas!

O que é o rock?

O rock é a “Música Popular” que surgiu no final do período da Segunda Guerra Mundial. Foi uma memória póstuma do que aconteceu no período anterior á Segunda Guerra Mundial que envolveu o mundo inteiro. O rock surgiu com uma geração de adolescentes traumatizados pelas guerras que lhes causaram pavores e frustrações.

Da fusão do “Rytm 'n' Blues” e do “Jazz” surgiram canções com letras mais explícitas e cheias de sensualidade e lascívia. Surgiram então na década de 50 grupos como: Bill Halley and His Commets (Bill Halley e seus cometas) grupo que abalou a América com seu sucesso intitulado:shake, rattle and roll” “agite, rebole e bamboleie”.

Assim, outros grupos foram surgindo por toda a América do Norte: Jefferson Air Plane, Jerry Lee Lewis (um jovem desviado do evangelho) e Elvis Presley (um cantor cristão que abandonou a igreja e desviou-se do evangelho).

Elvis Presley chegou a ser considerado o “Rei do Rock” ao desviar-se da igreja “Assembly of God” (Assembléia de Deus) nos Estados Unidos. Surge então uma nova onda musical, que levaria muitos jovens para fora das igrejas, deixando-os rebeldes, violentos, agressivos, desobedientes aos pais, cheios de ódio, cheios de tristezas e frustrações.

Que há por trás do rock?

de tristezas e frustrações. Que há por trás do rock? Aleister Crowley – O Bruxo que

Aleister Crowley – O Bruxo que influenciou o Rock

Raul Seixas, um cantor rebelde e satanista, disse em uma de suas canções:

“o diabo é o Pai do Rock, foi ele mesmo que me deu os toques

”.

Notemos que o próprio Raul seixas tinha contato com os demônios; e também era um discípulo ardiloso do satanista inglês Aleister Crowley, que pregava liberdade aos prazeres da carne. Na música: Sociedade Alternativa” de Raul seixas, ele diz:

“faça o que quiseres, pois é tudo da lei”.

O rock sempre trouxe uma mensagem de egoísmo, depravação e autodestruição.

O rock e os desejos de suicídio

Observemos agora o caso dos dois jovens americanos – Eric e Dylan – fãs ardilosos de um cantor de rock satânico. Em abril de 1999 estes dois jovens com idade entre 15 e 16 anos, abriram fogo dentro do colégio do Texas, o “Colombine High School”. Os jovens fanáticos pelo rock mataram várias pessoas, entre alunos e professores. Houve um saldo de 12 mortes.

entre alunos e professores. Houve um saldo de 12 mortes. Eric Harris & Dylan Klebold O

Eric Harris

& Dylan Klebold

O que estava em suas mentes? O que eles ouviam em suas casas? Por que se tornaram assassinos? Este caso abalou os E.U.A. e teve repercussão nos quatro cantos da terra em noticiários e telejornais do mundo inteiro. Surgiu mais tarde, mesmo depois deste atentado, um livro que foi intitulado como: Tiros em Colombine”, este livro fala da tragédia que estes dois adolescentes provocaram.

A polícia encontrou várias bombas de fabricação caseira na casa desses jovens, que recebiam influências de terroristas pela internet. No final do atentado, estes dois jovens se suicidaram juntos, para não responderem pelos seus crimes. Tão jovens e com um futuro brilhante, mas foram seduzidos e hipnotizados pelo rock, a música do inferno.

jovens e com um futuro brilhante, mas foram seduzidos e hipnotizados pelo rock, a música do

Eric & Dylan

SUICÍDIO COLETIVO NOME DO ROCK n' ROLL!

EM

SUICÍDIO COLETIVO NOME DO ROCK n' ROLL! EM Por trás de muitas canções existem frases satânicas

Por trás de muitas canções existem frases satânicas do tipo: “mate-se”, “morra”, “comece a usar drogas”, “fuja de casa”, “fuja da escola”, “mate os seus pais”, etc Mensagens como essas são comuns em discos de rock. Muitas faixas e frases são gravadas em um processo chamado: “Back ward-masking”, ou seja, “Máscara ao contrário”.

Este processo consiste em gravar mensagens ao contrário, portanto essas mensagens satânicas não são ouvidas muitas vezes, mas o subconsciente consegue armazená-las no cérebro humano. Isso é o que chamamos de “Mensagem Subliminar”. Estas mensagens existem, e levam o indivíduo a tomar certas atitudes anormais. Eis a razão de tantos crimes bárbaros, e violência em shows de rock.

Os jovens ficam sob uma influência satânica através das ondas sonoras e dos altos decibéis que ultrapassam a capacidade do ouvido humano causando frenesi, histeria, espasmos, depressão, e muitos deles chegam até mesmo ficarem com fortes dores de cabeça.

Outros saem dos shows pensando em suicídio, alguns se cortam, outros fazem tatuagens em seus corpos, tudo em adoração e louvor ao seu cantor predileto. Com essas atitudes eles deixam bem claro que o seu “deus” é o rock.

Veja o que o Apóstolo Paulo escreveu aos Romanos em sua carta:

“Não sabeis vós que a quem vos oferecerdes por servos, serão servos

daqueles a quem obedeceis

ou servos do pecado para a morte ou

servos da obediência para a vida”.

Romanos 6:16.

Então jovens, sejam servos da obediência e sirvam a Deus e a seu filho Jesus, e sejam felizes. Que o sangue de Jesus liberte os jovens que estão presos ao rock!

Rock e satanismo

A música rock tem seus adeptos, e muitos grupos estão em contato com o ocultismo, bruxaria, espiritismo, esoterismo e satanismo; que são doutrinas de demônios. Existem gravadoras de grande porte, cujos donos são adeptos ao rock. Nestas gravadoras são realizados o que eles chamam de “culto” ou “missa negra”, que é uma celebração satânica para consagrar ao diabo cada disco de rock.

Essa “missa negra” é realizada dentro dos estúdios de gravação. A celebração é feita por adeptos da bruxaria e do satanismo, e chegam a sacrificar animais para obterem o sucesso e boas vendas em cada disco. Também são feitos sacrifícios de crianças nestes rituais de consagração.

Uma das bandas mais polêmicas do rock é a banda inglesa “KISS”, cujo significado

é uma mensagem oculta, pois “KISS” em inglês significa “BEIJO”, mas note agora o

significado dessas letras separadas: K I S S

Knights In Satan Service

Cavaleiros a Serviço de Satanás

S Knights In Satan Service Cavaleiros a Serviço de Satanás K.I.S.S Este grupo de rock faz

K.I.S.S

Este grupo de rock faz apologia ao satanismo, eles frequentam templos satânicos

na Inglaterra e têm um grande número de fãs espalhados pelo mundo inteiro. Seus shows

e apresentações são verdadeiros cultos ao demônio.

Outro grupo de rock que já causou muita polêmica é o “ Black Sabbath” ou “Sábado Negro”, fundado na década de 50, por Ozzy Osbourne, um adepto do satanismo nos E.U.A.

Em 1979, Ozzy deixou o grupo e seguiu carreira solo lançando vários discos dedicados à satanás. Os integrantes do “Black Sabbath” faziam celebrações satânicas para conquistar seus fãs e levá-los a se renderem ao demônio, entregando suas almas em seus shows. Em cada show do “Black Sabbath” a polícia registrava várias mortes, pois os integrantes desse grupo entregavam as almas de seus fãs ao demônio.

Em 1986, nos E.U.A., um jovem que era fã de Ozzy Osbourne, após ouvir repetidas vezes a música: “Suicide Solution”, cuja tradução é: “Solução Suicida”, ele suicidou-se ouvindo rock dentro de sua própria casa.

Jovens, observem o que disse Jesus:

“Vinde a mim todos os que estão cansados e oprimidos e eu vos aliviarei”

Mateus 11:28.

Você está triste, cansado, oprimido?

Vá até Jesus e Ele te aliviará!

Só Jesus tem a paz!

O rock e as drogas

O rock e as drogas DIGA “NÃO” ÁS DROGAS! O rock sempre esteve ligado ao consumo

DIGA “NÃO” ÁS DROGAS!

O rock sempre esteve ligado ao consumo de drogas e vice-versa. Muitos jovens se lançam nesse mundo obscuro e não conseguem mais sair, por quê? O consumo de drogas aumenta devido à falta de perspectiva de vida com relação ao futuro.

O jovem vive em conflitos existenciais diariamente, pois esta é uma fase transitória. É o “ficar”, que está em alta, são as “raves”, os “bailes” as “baladas” e etc. Tudo isso leva o jovem a se sentir vazio e muito deprimido, por esta razão ele tenta “escapar” dessa situação difícil, e logo vai se “refugiar” nas drogas.

O ÁLCOOL

O alcoolismo cresce assustadoramente em nossos dias, jovens em idade ginasial já estão envolvidos neste caminho sombrio. Em shows de rock, os jovens se entregam ao consumo de bebidas alcoólicas, e muitos chegam ao “coma alcoólico” e morrem prematuramente. Várias notícias já circularam pelos telejornais, informando que várias mortes de pedestres e tragédias no trânsito foram provocadas por jovens imprudentes devido ao seu consumo de álcool.

Jovens, leiam com atenção o que o apóstolo Paulo escreveu em sua carta aos Efésios:

“E não vos embriagueis com vinho do Espírito Santo”.

Efésios 5:18

mas enchei-vos

A MACONHA

A maconha ou marijuana é uma droga alucinógena. É habitualmente fumada em cigarros preparados com folhas, caules e inflorescências do cânhamo (Cannabis Sativa). Em muitos países, a posse ou uso da maconha é proibido por lei.

Mas existe resistência por parte dos grupos de rock e seus adeptos, que através do tráfico de entorpecentes compram e consomem este tipo de droga. A maconha está no grupo das drogas psicodélicas, pois ela é alucinógena.

Porém, os jovens que fazem uso da maconha, estão expostos à outras drogas ainda mais perigosas.

HEROÍNA

O nome heroína vem do grego “heroine” é o feminino de herói. Esta droga faz parte da vida de muitos cantores e artistas famosos em todo mundo. Jim Morrison, uma

ele disse: “A heroína

vez disse em seu show: “Heroin, she is my life, she is my wife é minha vida… ela é minha esposa.”

Jim Morrison foi um adepto do ocultismo e também do satanismo. Jim Morrison era vocalista do grupo de rock “The Doors”, “As Portas”.

Jim Morrison casou na religião “Wicca”, a cerimônia foi feita ao ar livre, e os noivos tiveram que beber o sangue um do outro, como um ritual de purificação e união. Jim Morrison morreu de overdose anos mais tarde.

MAS, ENCHEI-VOS DO ESPÍRITO ”

SANTO

EFÉSIOS 5:18

O Rock e a depravação

O Rock e a depravação • Álbum do 'CHRISTIAN DEATH' (Morte Cristã) Sex and Drugs and

Álbum do 'CHRISTIAN DEATH' (Morte Cristã)

Sex and Drugs and Jesus Christ

Sexo, Drogas e Jesus Cristo

Como símbolo de independência, o rock tem levado milhões de jovens ao histerismo, psiconeurose. Ao abusar de drogas, os jovens se entregam as mais baixas paixões sexuais, dentre elas estão:

A - Homossexualismo:. Relação sexual entre pessoas do mesmo sexo.

B - Lesbianismo: Esta palavra vem do termo grego “Lesbos”, é o nome de uma ilha grega. É a prática sexual entre duas mulheres.

C - Bestialismo: É a prática sexual de um ser humano com um animal, em algumas

cerimônias satânicas alguns animais são usados para a perversão sexual e depois são

sacrificados.

D - Sadomasoquismo: Tendência anormal para extrair o prazer sexual de certa

violência contra si próprio. O masoquista tem prazer no sofrimento. O termo “Masochismo” deriva do nome de um escritor austríaco, Lepold Von Sacher-Masoch

(1835-1895).

E - Sadismo: Perversão sexual que consiste em obter o prazer através do sofrimento alheio. O termo “Sadismo” vem do nome do “marquês de Sade” (1740-1814). Em casos extremos, o sádico só consegue excitação sexual maltratando a pessoa com quem tem relações sexuais.

F - Necrofilia: É a atração sexual em que a pessoa sente desejo sexual por

cadáveres. Alguns cantores de rock visitam cemitérios para manterem relações sexuais

com os mortos. Muitas letras de rock fazem apologia a necrofilia.

G - Pedofilia: Atração sexual pelas crianças, desejo erótico por crianças. Há relatos

sobre casos de pedofilia no rock.

PORTANTO TORNAI-VOS IMITADORES ”

DE DEUS, COMO FILHOS AMADOS

Efésios 5:1.

Os sinais ocultos do rock

O culto ao rock. “Discos consagrados ao diabo”

Nos Estados Unidos existe uma associação chamada “Wicca” – Associação dos Mágicos e feiticeiros. Os membros dessa organização são donos de lojas de discos, e também são donos de gravadoras.

Nestas gravadoras, existe mensalmente um culto de consagração dos discos que são lançados pelas gravadoras, lideradas por homens e mulheres que professam o ocultismo, satanismo, nova era, espiritismo, etc.

O objetivo dos discos

Cada disco tem como objetivo principal corromper os valores morais da juventude. Esses discos de rock são consagrados ao diabo, dentro de poucos dias, já estão nas mãos dos jovens. O “Gun’s and Roses”, por exemplo, lançaram seus discos e logo foi registrado um aumento na violência nos Estados Unidos da América. Os crimes aumentaram de maneira assustadora pelas ruas e cidades da América.

Wicca

A Wicca levou muitos artistas a popularidade e fama. Existem vários grupos de rock que estão ligados à Wicca, que na verdade é uma das vertentes do espiritismo.

Espiritismo

Espiritismo é a comunicação dos vivos com os demônios, os quais se manifestam enganosamente personificando os mortos. O espiritismo é um engano diabólico que a Bíblia chama de: “Doutrina de demônios”.

Outro título para o espiritismo seria o demonismo ou satanismo, pois é isso que ensina o espiritismo, consultar os espíritos, que são demônios, e não os mortos. A Bíblia nos relata que nos últimos dias os homens dariam ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrina de demônios.

1ª Timóteo 4:1

Meu testemunho pessoal

Meu testemunho pessoal Nasci no ano de 1979, no alto da Moóca, em São Paulo. Meus

Nasci no ano de 1979, no alto da Moóca, em São Paulo. Meus pais moravam em São Vicente, litoral paulista. Meus irmãos moravam também na mesma casa; ao todo, cinco pessoas compunham a minha família. Meu pai era um grande fã das bandas de “rock n' roll”. Nesta época ele possuía uma grande coleção de discos.

Eu nasci no “berço do rock” e aprendi a gostar desse estilo musical ainda no ventre de minha querida mãe. Com o passar dos anos eu fui conhecendo outras bandas de rock. Cada vez mais meu pai comprava novos discos para ouvir em casa; pois, possuía uma boa aparelhagem de som, e também sabia construir suas próprias caixas amplificadas.

Alguns discos eram “estranhos”, com desenhos de “monstros”, “morcegos”, “mulheres nuas” e até mesmo “demônios”. Em casa eu sempre percebia meu pai nervoso, e ás vezes brigava com a gente sem motivo nenhum.

DISCOS SATÂNICOS

DISCOS SATÂNICOS
DISCOS SATÂNICOS
DISCOS SATÂNICOS
DISCOS SATÂNICOS
DISCOS SATÂNICOS
DISCOS SATÂNICOS

Em 1985 meus pais mudaram para a cidade de Suzano, na grande São Paulo. Meu pai, porém, continuou comprando seus discos prediletos. De mês em mês ele comprava um novo disco de rock, e eu ouvia a todos eles. Tentando entender o que os cantores diziam nas músicas, eu comecei a estudar inglês em minha própria casa, através de livros, revistas, fitas k7, vídeos etc

Aos 13 anos de idade eu comecei a fumar, logo fui perdendo o desejo de estudar; e assim comecei a faltar na escola, pois estava sendo dominado pelas influências satânicas do “rock in roll”.

Entrei pelo caminho da prostituição aos 14 anos, já fumava e bebia cerveja com os “amigos”. Na tentativa de viver “livre” e em “paz” eu caminhava para o fundo do poço a cada dia que passava. Profanei o leito de meus pais com uma “namorada”, eu com 14 e ela com 12 anos de idade.

Nós nos sentíamos “adultos” e muito “responsáveis” longe dos nossos pais. Quando completei 15 anos eu abandonei a escola, minha mãe ficou muito triste com essa má decisão. Em casa eu brigava diariamente com minha mãe e discutia com meus irmãos. Sempre dizia para a minha mãe:

“Eu odeio viver, eu quero morrer, eu não pedi para nascer”.

A minha mente fora apagando em ritmo acelerado, sem que eu pudesse perceber, pois, não havia em mim forças para raciocinar acerca do perigo que me cercava.

Meu irmão era apaixonado pela música eletrônica; este estilo de música também me atraía muito; pois a tendência eletrônica havia contagiado a grande São Paulo no início de 1990, com várias casas noturnas voltadas para esse gênero musical trazido da Europa por diversos dj's e cantores da dance music.

A música eletrônica é uma das vertentes do rock, muitos elementos do “jazz” e também do “blues” estão misturados na “dance music”, “techno” e na “house music”. Há muito do “rock n' roll” em outros estilos musicais, mas é do rock em especial que eu quero tratar neste livro.

SATANÁS ESTÁ PRESENTE NO ROCK n' ROLL

SATANÁS ESTÁ PRESENTE NO ROCK n' ROLL MÚSICA PARA UMA GERAÇÃO DE REJEITADOS Disse Jesus: “

MÚSICA PARA UMA GERAÇÃO DE REJEITADOS

Disse Jesus:

Eu

vi satanás como raio cair do céu

Lucas 10:18

No ano de 1997 conheci uma banda de rock muito polêmica; cujo líder é satanista convicto e também homossexual. Esta banda usa dois nomes de personalidades americanas que fizeram história. Este grupo tem como figura central: “Marilyn Manson”.

Marilyn Manson faz apologia ao satanismo e ao homossexualismo, seus shows são cheios de alusões ao nazismo, anarquismo, rebeldia, depravação, insultos à fé cristã, violência e ao consumo de drogas.

insultos à fé cristã, violência e ao consumo de drogas. Em 1994 Marilyn Manson (Bryan Earner)
insultos à fé cristã, violência e ao consumo de drogas. Em 1994 Marilyn Manson (Bryan Earner)

Em 1994 Marilyn Manson (Bryan Earner) foi consagrado reverendo da “igreja de satã” por: “Anton Szandor La Vey” Fundador da igreja de satã em 1969 em são Francisco na Califórnia-EUA.

SATANISMO!

SATANISMO! Bryan Warner & Anton La Vey (Fundador da Igreja de Satã) Em 1997 Anton La

Bryan Warner & Anton La Vey (Fundador da Igreja de Satã)

Em 1997 Anton La Vey faleceu e Marilyn Manson tornou-se ainda mais conhecido como Reverendo da Igreja de Satã. A minha vida mudou radicalmente após ter conhecido esta banda de rock. Comecei então a divulgar o nome deste grupo de rock para os meus “amigos” e passei a andar com cds e vídeos desta banda para todos os lugares onde eu passava.

Eu estava hipnotizado pelo rock e não percebia. Lembro-me de certa feita quando estávamos reunidos na casa de um de nossos “amigos”; ali ouvíamos “rock” e conversávamos sobre o nosso futuro; sobre o que seríamos nos anos seguintes. Era de noite e nós compramos uma garrafa de vinho para “comemorar” aquela “hora feliz”.

Começamos a beber e conversar sobre vários assuntos. Alguns ainda não fumavam, nem haviam ainda experimentado algum tipo de droga; mas, sob má influência de minha parte experimentavam ás vezes um e outro cigarro. Tudo aquilo era muito normal para nós, pois estávamos cegos e longe de uma realidade consciente.

As músicas de Marilyn Manson estavam em nossos lábios diariamente; não conseguíamos nos libertar daquela vida suja e vazia, por mais que lutássemos nosso esforço era em vão. Queimamos vários cd's de rock, porém; era inútil esta atitude, pois, a luta era espiritual e não sabíamos.

Certa feita, meu primo me disse que estava sentindo um grande vazio em sua alma, e naquela época nós estávamos afundando mais e mais no álcool e no rock; buscando uma “paz” que parecia estar fugindo de nós. Aqueles foram os piores dias de nossas vidas.

Ao comprarmos uma revista sobre rock, na seção de anúncios lemos a seguinte frase:

“procura-se satanistas”, era um anúncio de um jovem procurando músicos para montar sua banda de “trash metal”. Ao lermos aquele anúncio ficamos surpreso em saber que alguém era capaz de adorar o próprio satanás.

Quanta cegueira espiritual havia em nós naqueles dias! Ás vezes ficava chocado com a tradução das músicas de rock que escutava. Depois daqueles dias comecei a sentir desejos de suicídio todas as noites; pensava que tirando a minha própria vida eu estaria em paz; mas tudo isso não passava de uma grande investida do diabo para destruir a minha vida.

Passei a desenhar figuras de demônios no meu quarto, pintava cenas de lesbianismo, satanismo. Escrevia letras de música com teor mórbido, triste e depressivo. Ouvia vozes me chamando mesmo eu estando sozinho em casa ou nas ruas. Sempre vinham aos meus ouvidos as músicas de rock que nós escutávamos.

Cada dia que passava eu me sentia mais vazio por dentro, e pensava somente em suicídio. Cheguei a queimar por várias vezes meus cd´s de rock, mas nada adiantou; eu comprava outros novamente. Para mim estes discos de rock eram como se fosse o meu alimento, me sentia um drogado, aprisionado pelo rock.

Em 1997 o cantor “Marilyn Manson” lançou um disco intitulado: “ antichrist superstar” (anticristo a super estrela). Eu comprei este disco; e escutava-o vinte e quatro horas por dia. Este cd contém letras que desprezam a pessoa do nosso Senhor e salvador Jesus Cristo. Porém, eu estava cego; sem nenhuma afeição por aquele que morreu na cruz para nos salvar. Não havia amor em mim, só ódio e muita vontade de morrer.

Na televisão, pelo canal da MTV – MUSIC TELEVISION diariamente o rock e o satanismo é propagado livremente para crianças e adolescentes do mundo inteiro. Assim o diabo conquista a mente e o coração daqueles que são o futuro do mundo. A “MTV” é uma emissora que transmite uma filosofia totalmente contrária à vontade de Deus; destruindo moral e espiritualmente jovens e crianças.

Deus; destruindo moral e espiritualmente jovens e crianças. Já envolvido totalmente com o rock; procurava formar

Já envolvido totalmente com o rock; procurava formar uma banda para cantar com os “amigos”; porém, nada deu certo. Depois de muito tempo tentando ser igual aos cantores de rock; comecei então a planejar o suicídio. Eu levava uma vida desregrada, embriagando-me diariamente, sentindo desprezo pela minha própria vida. Era um escravo dos vícios e do rock, tentando ser feliz; acorrentado pela música satânica.

Lembro-me de dois “amigos” que também amavam o rock. Eles tinham cabelos compridos e se vestiam de preto quando saíam para as “baladas”. Eles cultuavam o “gótico”; ouviam suas bandas prediletas como: “the cure”, “the cult”, “the smiths”, “opera mult steel” etc

Tocavam em suas casas, tinham uma banda de “rock industrial” e assim levavam a vida. Suas músicas prediletas tinham letras sombrias, tristes, depressivas; sem uma perspectiva de futuro. Ás vezes eu me reunia com eles para ensaiarmos algumas canções, e passávamos várias horas falando de rock in roll.

Sempre quando eu ia dormir colocava um cd de rock para eu ouvir durante a madrugada; mas, tinha pesadelos horríveis com freqüência. Minha música predileta na hora de dormir era “bloody kisses” “beijos sangrentos”, da banda: “type `o` negative” uma banda de black metal com influências góticas também.

uma banda de black metal com influências góticas também. INSULTO A FÉ CRISTÃ Vampirismo & Lesbianismo

INSULTO A FÉ CRISTÃ

uma banda de black metal com influências góticas também. INSULTO A FÉ CRISTÃ Vampirismo & Lesbianismo

Vampirismo & Lesbianismo

Em sonhos perturbadores pelas madrugadas eu me via em um outro mundo. Ás vezes estava em cavernas escuras, terras desertas, outras vezes estava em alto mar; morrendo afogado. Sonhava sempre com “feras” correndo atrás de mim para me matar, eram terríveis estas visões enquanto eu dormia. Por muitos anos eu vivi atormentado por estes sonhos e pesadelos diabólicos.

Certa feita eu fui dormir, já de madrugada. Senti que algo havia entrado em minha boca, não sabia o que era, mas comecei a me revirar na cama tentando cuspir aquilo que havia entrado em minha boca. Foi horrível esta experiência. Eu tentava escapar daquela situação, porém, não conseguia.

De repente a minha boca começou a pronunciar palavras em uma espécie de “dialeto” estranho que não pude entender o que eu mesmo falava. Entrei em desespero; comecei a gritar, mas, ninguém me ouvia. Senti minha alma sair do meu corpo e seguir descendo um profundo abismo escuro; parecia não ter mais fim.

Olhava para as paredes rochosas e escuras daquele abismo e já não tinha dúvidas de que eu estava entrando no inferno. Enquanto descia este abismo desesperado querendo voltar para o meu quarto, ao longe eu ouvia gritos de desespero e dor. Eu me esforçava para tentar voltar ao meu quarto, á minha cama, mas não conseguia.

Aquilo era real, além de um simples sonho, era uma revelação para mim, pois em mim não havia o temor de Deus, por esta razão eu estava passando pelo

“Vale da sombra da morte”.

Isto estava acontecendo pelo fato de eu não ter entregado a minha vida ao Senhor e salvador Jesus Cristo, pois eu vivia a minha vida nas drogas e na prostituição, sem me importar com o Senhor Jesus que morreu na cruz para me salvar.

Estava num mundo espiritual, sofrendo pela minha rebeldia e desprezo ao Senhor Jesus. Enquanto eu agonizava; um homem com lindas vestes brancas resplandecentes apareceu para mim dentro daquele abismo profundo e escuro, pois lá não havia nenhum raio de luz, tudo eram trevas e sofrimento.

disse:

Vi quando ao meu lado aquele homem apareceu, segurando a minha mão ele me

“Não tenha medo jovem! Eu estou contigo, não se desespere!”.

JESUS É O SALVADOR

JESUS É O SALVADOR Naquele momento pude sentir uma paz que jamais senti antes em lugar

Naquele momento pude sentir uma paz que jamais senti antes em lugar nenhum. Aquele homem era o Senhor Jesus! Ele me levou a um lugar sombrio, e enquanto caminhávamos percebi que havia vários buracos e crateras no solo daquele abismo onde pisávamos.

Enquanto andávamos saía fogo e fumaça dos buracos no chão, e um mau cheiro terrível de carniça naquele lugar. Eu vi vários vultos negros saindo daqueles buracos e se escondiam nas brechas rochosas das crateras. Eram demônios, ali era o inferno; e eles estavam fugindo daquele homem de vestes brancas que estava segurando em minhas mãos.

Ao chegarmos a uma outra parte, aquele homem de vestes brancas me mostrou onde estavam homens e mulheres, todos eles acorrentados e pedindo socorro. Naquela hora senti um grande medo daquele lugar e desejei sair dali o mais rápido possível. Os gritos eram horríveis, e vinham de toda parte.

Aquele cenário era iluminado apenas com as chamas avermelhadas do fogo que saíam dos buracos do solo. Eu vi que alguns homens trajavam roupas rasgadas, surradas, como mendigos e ébrios naquele lugar.

rasgadas, surradas, como mendigos e ébrios naquele lugar. O INFERNO É REAL! Vi também que muitas

O INFERNO É REAL!

Vi também que muitas mulheres estavam nuas, outras estavam com seus seios expostos, outras ainda estavam com roupas sujas e rasgadas. Era horrível aquele cenário, e o mau cheiro era insuportável.

Alguns homens olhavam pra mim, bem como algumas mulheres e me pediam socorro clamando em alta voz, em grande agonia. Neste momento aquele homem com vestes brancas que estava ao meu lado me disse:

Olha jovem; não estenda a sua mão para ajudá-los; pois estes que estão acorrentados e presos aqui são prisioneiros neste abismo, você não poderá libertá-los; eles nunca poderão sair daqui”.

E seguiu dizendo:

Todos estes homens e mulheres viveram suas vidas

na terra ao seu “bel prazer” e não se importaram com a salvação de suas almas, por esta razão eles estão presos nestas correntes que você está vendo.

Eles me desprezaram durante suas vidas passageiras; não alcançaram

a salvação, antes, todos eles me rejeitaram blasfemando e negando o

meu nome

”.

Enquanto eu ouvia aquelas palavras, eu olhava para aquelas pessoas e sentia uma profunda agonia ao ver quão terrível é o sofrimento daqueles que vão para o inferno por desprezarem ao Senhor Jesus Cristo. Eu vi que naquele lugar havia uma galeria para cada grupo de pessoas.

De um lado estavam os homens que não honraram o nome do Senhor Jesus, ali estavam: “PASTORES, MISSIONÁRIOS, EVANGELISTAS, PRESBÍTEROS, PADRES, BISPOS E DIÁCONOS”.

Também havia um lugar reservado para os “ASSASSINOS, ESTUPRADORES, ATORES E ARTISTAS PORNOGRÁFICOS, ARTISTAS DE NOVELAS, SEQÜESTRADORES, TERRORISTAS, SUICIDAS, ASSALTANTES E TRAFICANTES”.

Outra ala era reservada para os “BRUXOS, SATANISTAS, FEITICEIROS, MAGOS, ALQUIMISTAS, ENCANTADORES, ESOTÉRICOS, ASTRÓLOGOS,

NECRÓFILOS, ADIVINHOS, MÁGICOS, MÉDIUNS, ESPÍRITAS mantinham relações com as forças ocultas.

”. E outros que

Na galeria das mulheres estavam as “LÉSBICAS, PROSTITUTAS, GAROTAS DE PROGRAMA, AS “TOP MODELS”, MULHERES ASSASSINAS, ABORTISTAS E ADÚLTERAS”.

Todos eles gritavam de dor e desespero.

Os demônios os atormentavam de todas as maneiras; com espancamentos, com abusos sexuais, com palavrões e insultos de toda espécie; o tormento era geral naquele lugar. Havia ali um portão de bronze enorme; que ficava fechado.

Onde nós passávamos percebíamos a revolta dos demônios, que se deslocavam de um buraco para o outro em fração de segundos. Eles voavam por toda parte; sempre fugindo da presença daquele que estava caminhando comigo, cujo aspecto era como relâmpago.

Aproximamo-nos daquele enorme portão que estava trancado, de repente estávamos em frente a um trono de cor escura. Naquele trono não havia ninguém; nem ao seu lado. Tudo estava em silêncio naquela hora; porém, não vi a mais ninguém. Aquele trono era o trono de satanás, ali era o seu posto, no qual se assentava para observar o sofrimento das almas acorrentadas com grandes cadeias de ferro.

Observei que ali não havia nuvens nem vento algum naquele lugar; apenas escuridão, fogo, fumaça, um clima seco e um calor insuportável. Diante daquele cenário eu pude contemplar entre lágrimas a tamanha crueldade de satanás e seus anjos, percebi também que

O inferno é real”.

Sempre duvidava da existência de um lugar de tormento eterno, mas, depois disso tudo que

Sempre duvidava da existência de um lugar de tormento eterno, mas, depois disso tudo que eu vi, nunca mais duvidei que o inferno existisse e é tão real quanto nossas vidas. Pude observar também que existe um reino organizado por satanás, que trabalha incansavelmente para destruir a humanidade em todas as suas áreas: Social, Moral, Econômica, Mental,Física, Geográfica, Psicológica, Cultural, Conjugal, Espiritual.

Nestas dez áreas satanás tem centralizados os seus ataques contra a raça humana. Tirando dos homens a imagem e a semelhança de Deus e estampando uma marca diabólica em suas vidas.

Depois de todas estas visões, eu pedia ao Senhor Jesus, para que eu pudesse sair daquele lugar horrível, mas ouvi uma dura repreensão de sua parte; ele me disse:

se você me obedecer e procurar uma igreja para ouvir a minha palavra, eu não te deixarei vir para este lugar e passar toda a eternidade em tormentos; porém, se não me obedecer você ficará neste lugar e se ajuntará àqueles que aqui já estão em agonia, e nunca mais voltará para o seu quarto, nem mais verá os seus pais

Eu chorava muito, e pedia perdão por todos os meus pecados, e prometi ser obediente á sua palavra. Naquela madrugada eu acordei assustado no meu quarto; meu irmão dormia tranquilamente na sua cama ao lado da minha, porém, não ouviu nada. Havia nas paredes do meu quarto, vários desenhos diabólicos com temas de rock n' roll.

Logo após o tormento que vivi, acordei, e quando abri os meus olhos vi que aqueles desenhos na parede estavam olhando para mim e davam risadas de zombaria e sarcasmo. Espantado com aquela cena horrível dentro do meu quarto, não pude mais dormir, porém, não tive coragem de levantar da minha cama e assim fiquei até o dia amanhecer.

Quando me levantei pela manhã, fiz uma oração à Deus pedindo paz e proteção. Eu tive a certeza de que estive vivo no inferno, e que aquilo era uma revelação através de um arrebatamento de sentidos. Com o passar do tempo, me envolvi com as drogas mais pesadas; pois havia esquecido o medo que me sobreveio com aquela revelação do inferno.

Saí da cidade de Suzano, onde eu morava, no ano de 1999. Fui para São Vicente, litoral paulista. Comecei a sair pela noite; nesta ocasião morava com minha querida avó, que já descansa na mansão celestial ao lado do Senhor Jesus Cristo. Então eu me reunia com meus “amigos” para “beber” e usar “drogas” durante a madrugada.

Nós saíamos em busca de “festas” e “música” por todos os lugares. Nós conhecíamos um “amigo” que na madrugada nos trazia “presentes”. Nós usávamos estes “presentes” durante a madrugada dentro dos banheiros dos bares e casas por onde passávamos. Sentíamos um “profundo vazio em nossos corações”.

Sempre tentávamos preencher este “grande vazio” usando drogas para “disfarçar a nossa tristeza”. Passados alguns meses e este “amigo” que nos trazia “presentes” foi cruelmente assassinado com um tiro dentro do olho quando estava sentado junto ao balcão, bebendo com seus colegas.

Morreu tragicamente deixando para trás sua filhinha de apenas três anos e sua esposa. Que triste fim teve este pai de família! Assim, pude perceber que mais um partira desta vida para a eternidade sem volta, e o que é pior, ele partiu sem Jesus Cristo.

Com tudo isso, o rock continuava ativo em minha mente; e eu andava ainda mais pelas madrugadas em busca de “diversão” e “lazer”. Desde então comecei a sentir um forte cheiro de necrotério a me perseguir.

Hoje eu sei que aquele cheiro era o “cheiro da morte”, que seguia meus passos a fim de me tragar. Algumas vezes alguém me dizia: “jovem, Jesus te ama”! Outros ainda me falavam do chamado de Deus para a minha vida.

Eu sempre ouvia alguém me dizendo que eu era um “escolhido de Deus” para pregar a sua Santa Palavra. Eu, porém, não dava muita atenção; pois, estava cego demais para enxergar o amor e a misericórdia do Senhor Jesus Cristo. Certa feita decidi queimar novamente os meus discos e vídeos de rock juntamente com os meus desenhos. Queria dar um pouco de “paz” á minha mente.

Eu queimei tudo o que era relacionado ao rock; mas, não demorou muito tempo, e a minha coleção de discos aumentou. Eu comprei novamente todos os discos que eu havia queimado. O tempo passou, e eu voltei a ter desejos de suicídio todos os dias. Lembro- me quando eu estava preparando o almoço, estava sozinho em minha casa; e uma tristeza invadiu meu coração em fração de segundos.

Nesse momento eu senti uma pessoa encostar do meu lado. Era um demônio, e

ouvi quando ele me disse: “coloque veneno em sua comida, e acabe

com todos os seus problemas ainda hoje

”.

Então, hipnotizado pela aquela voz, fui até uma prateleira onde minha mãe guardava seus produtos de limpeza. Queria pegar o veneno de matar ratos para colocar na minha comida e assim me suicidar.

Mas, não pude vê-lo ali, pois, havia sumido de repente. Eu tinha certeza de que este veneno estava ali, porém, não podia enxergá-lo entre os demais produtos que estavam organizados naquela prateleira. Sei que foi o Senhor Jesus que vendou os meus olhos para que eu não pegasse aquele veneno a fim de acabar com a minha própria vida!

Ao Senhor Jesus, seja toda honra e todo louvor eternamente! Deus fez o veneno desaparecer para me salvar da morte! Não tenho palavras para agradecê-lo. Depois disso aquela agonia e tristeza se afastaram de mim por alguns dias, mas, quando voltava, era cada vez mais forte.

Lembro-me que certa feita me deitei para dormir após ter fumado meu último cigarro. Estava folheando algumas páginas da Bíblia e logo senti um profundo sono. Eu estava perturbado e completamente sem rumo na minha vida. Naquela madrugada, sonhei que eu estava dentro de um bar; eu estava em pé, encostado no balcão e bebia ali algumas doses de bebida alcoólica.

Naquele bar só haviam duas pessoas: o dono do bar e eu. Eu falava um pouco da minha vida para aquele homem que me ouvia atentamente, porém, não podia fazer nada para me ajudar.

De repente, num piscar de olhos, aproximava-se de nós um homem montado a cavalo. Seu cavalo tinha pernas enormes; como as pernas de um camelo. Era um cavalo negro e totalmente estranho.

de um camelo. Era um cavalo negro e totalmente estranho. Vi quando ele parou na porta

Vi quando ele parou na porta daquele bar, e o seu cavaleiro inclinou-se para ver quem estava lá dentro. Nesse momento o dono do bar percebeu que aquele cavaleiro estranho me chamava para fora fazendo gestos e sinais com suas mãos. E assim, o dono do bar agindo com muito medo me expulsou daquele bar e fechou as portas para mim.

Eu fiquei durante muito tempo paralisado, em pé do lado de fora daquele bar, de

frente para aquele cavaleiro que trajava um manto preto e com seu rosto envolto num capuz. Sobre suas costas havia uma enorme foice afiada. Ouvi quando ele me disse:

“Você vive a me chamar; cantando as minhas músicas

Naquele momento eu fiquei totalmente sem ação.

Então ele continuou a dizer: “você não fala das minhas músicas para os seus amigos? Quando você levava os meus discos para ouvir com seus amigos, você estava me chamando e clamando a mim; por isso eu vim ao seu encontro

.

Naquele instante eu lhe perguntei: “quem é você?”.

E então ele me respondeu: “Eu sou Marilyn Manson

.

Quando ele respondeu quem realmente ele era, percebi que nesse momento levava sua mão ao capuz e descobria o seu rosto esquelético. Pude então notar que aquele cavaleiro estava sendo enviado pelo diabo, para trazer uma mensagem do inferno para mim.

Logo me chamou para cumprir uma “ordem”; caso eu me negasse a cumpri-la, eu seria morto. Aquele homem usava uma imagem cadavérica. Sua semelhança era a de um cadáver, e queria me assustar.

Era um cantor de rock satânico. Aquele cavaleiro me chamava para cumprir uma

missão; cujo objetivo era: “matar todos os seguidores de Jesus Cristo que eu encontrasse pelo meu caminho”. Imediatamente foi trazido à minha

presença um cavalo preto e uma grande foice afiada.

No mesmo instante um profundo ódio entrou em meu coração transformando-me em um monstro. Já fora de mim, eu não me controlava mais, só me lembro que fui levado de um lugar para outro na velocidade da luz. Daquele cenário urbano onde havia um bar, fui levado para um grande deserto arenoso e sombrio.

Lembro-me de ter dito a ele que não poderia matar os cristãos; pois, eu também tinha familiares cristãos. Mas, aquele cavaleiro gritou com grande ira e me disse:

“Não fale no nome, nem do sangue de Jesus Cristo, pois, nós somos satanistas e odiamos

Jesus e vamos acabar com o cristianismo nesta

terra e dominaremos o mundo

”.

Então montei naquele cavalo negro, já vestido com uma capa preta e segurando uma enorme foice em minhas mãos; saí ao encontro dos cristãos para os matar. Ouvi como que um barulho de uma grande cavalaria se aproximando de mim.

Quando olhei para os lados vi milhares de cavaleiros vestidos todos com capas pretas e com foices nas mãos. Havia algumas montanhas naquele cenário escatológico, de onde desciam milhares de cavaleiros preparados para uma sangrenta batalha.

Eles traziam um símbolo satânico estampado em suas costas, era um raio de cabeça para baixo, de cor vermelha. Todos eles exaltavam o nome de “Adolf Hitler”, e diziam que aquela guerra seria como a segunda guerra mundial. Eles desciam das montanhas com bandeiras nas mãos; todos prontos para o confronto entre “satanistas e cristãos”.

Nesses momentos de terror eu via muitos cristãos em desespero, fugindo daqueles cavaleiros, para salvarem suas vidas. Muitas mulheres protegiam seus filhos; muitos pastores com suas bíblias nas mãos clamavam em alta voz pedindo proteção ao Senhor Jesus. Lembro-me que eu comecei a matar a muitos homens e mulheres naquela guerra cruel. Não tinha sentimento por ninguém ao meu redor; eu estava terrivelmente possuído pelos demônios que comandavam meu corpo e minha mente; levando-me a fazer aquelas atrocidades sem misericórdia. Algo que jamais faria estando em sã consciência.

Eis aí a razão porque existem tantos crimes bárbaros e cruéis em nossos dias; estes crimes são organizados por satanás, que veio para: “matar, roubar e destruir a humanidade”.

Naqueles instantes de verdadeiro terror, eu me convulsionava em minha cama, tentando acordar de qualquer jeito; mas, não conseguia. Por mais que eu tentasse, era inútil meu esforço.

Ainda naquela guerra sangrenta; eu vi muitas pessoas mortas e jogadas pelo chão; e outras que ainda estavam agonizando com ferimentos graves pelo corpo. Elas pediam socorro, mas, logo suas vozes silenciavam na morte.

Eu pude sentir naqueles instantes de terror, que o céu se tornou cinzento; e todos aqueles cavaleiros desapareceram de repente. Até mesmo o mentor daquela matança sumiu sem deixar rastros.

Depois de muitos ataques contra aqueles inocentes cristãos, eu me encontrei só. Então queria fugir e pensei:

Para onde eu irei?”. Porque eu matei a tantos cristãos?”. Como eu vou responder por isso?”. O que eu vou falar para Deus?”. Ai de mim, certamente eu vou para o inferno”.

Toda aquela correria havia acabado; e eu solitário, ali, em cima daquele cavalo pensando em escapar daquela situação. Com a foice na mão comecei a chorar amargamente; pensando nas vidas inocentes que eu havia assassinado. E um grande sentimento de culpa invadiu meu coração.

Fiquei desesperado, assustado e trêmulo com o meu estado naquele momento. Então eu comecei a gritar alto; cada vez mais forte, eu queria sair imediatamente daquela cena horrível e mórbida.

Mas, algo importante estava para acontecer diante dos meus olhos. Então fiquei dando voltas por aquele deserto arenoso; em cuja areia estava o sangue dos fiéis seguidores do Senhor Jesus Cristo.

Eu estava ensanguentado e muito abatido. Fiquei abandonado completamente; então voltei ao meu estado normal de consciência, aquela legião de demônios já havia desincorporado de mim. Assim pude perceber com detalhes as atrocidades que eu havia cometido, e um grande pavor se apoderou de mim.

Em um dado momento; tudo se fez calmo, um profundo silêncio se apoderou daquele cenário grotesco. Olhei a minha volta, a minha direita, a minha esquerda, mas não via mais a ninguém. Percebi que os corpos mortos eram levados para um outro lugar; pois, foram desaparecendo à medida que uma forte luz cruzava a linha do horizonte e vinha se aproximando da minha direção.

Fiquei assustado; notei que eu já não podia me mover; pois aquela forte luz cada vez brilhava mais intensamente. Quando aquela luz se tornou ofuscante; percebi que um homem com compridas vestes brancas caminhava em minha direção. Contemplei seu aspecto angelical, sublime, alvo como a neve, porém, sua face não pude ver, ela era como uma chama de fogo ardente.

Ele se aproximou de mim e, levantando a sua mão para o céu, e disse-me com uma

voz suave: “Jovem, eu te conheço”

Imediatamente senti minhas pernas grudarem no cavalo em que eu estava montado. Senti meu corpo amolecer; porém da cintura para baixo fiquei paralisado, perdi os movimentos das minhas pernas. A minha foice ensanguentada caiu no chão; senti meus lábios colarem um no outro; e assim já não havia mais boca em minha face.

Enquanto isso eu tentava me justificar diante daquele homem com lindas vestes brancas, cheio de uma luz diferente de todas as luzes naturais que já havia contemplado. Era uma luz ofuscante, sobrenatural, celeste. Meu corpo naquele momento entrava em convulsão e numa espécie de transe que não sei explicar.

Aquele homem, cuja face era uma chama de fogo me disse: “jovem, por que

matas os meus escolhidos? Por que persegues sem causa os

inocentes?” Neste momento senti que o meu fim havia chegado.

Eu continuava a chorar, quando ele me disse: “Eu tenho te chamado para

pregar a minha palavra, porém, você tem sido rebelde; amando mais aos ídolos deste mundo do que a Deus Quero te dizer que eu sei que você me conhece, porém não me

obedece

Cuidado!

Eu estou voltando para buscar os meus escolhidos

Neste momento senti meu coração desmanchar-se dentro de mim; e um amor profundo pela palavra de Deus e o evangelho nasceu em minha alma, transformando todo o meu ser.

Eu chorava muito enquanto aquele homem continuava dizendo:

“Muito em breve eu voltarei, ai de ti se não estiver fazendo parte do meu rebanho. Agora eu apago as suas transgressões e os seus pecados e te envio para pregar aos jovens que estão presos pelo rock, adorando a satanás.

Vá e pregue a minha palavra por que o fim está próximo. Mas, se não me obedecer, você irá para o inferno onde os vermes não morrem e o fogo nunca se apaga".

Depois destas visões eu fiquei assustado e dobrei meus joelhos no chão entregando os meus passos ao Senhor Jesus, pois essa revelação me abalou muito. Algum tempo mais tarde, eu assisti a um vídeo de um pastor que falava do amor de Jesus, e também falava sobre os perigos das mensagens subliminares em musicas e nos desenhos animados da televisão.

Aquele pastor falou sobre o satanismo que é real hoje em muitas partes do mundo, e eu fui impactado com estas mensagens e notícias que me abriram de uma vez por todas os meus olhos que haviam sido vendados por Satanás. Ouvi também o testemunho de um jovem roqueiro na Holanda, que não conhecia a seu pai havia dezoito anos, pois sua mãe era uma prostituta.

Este jovem usava uma camisa que trazia uma mensagem satânica que dizia:

“Eu nasci para ir ao inferno.” Mas, ele se converteu ao Senhor Jesus, e tirou sua camisa de rock n' roll e a lançou no lixo dizendo: “Vou para minha casa sem camisa, mas, com Jesus dentro do meu coração

Aquele jovem decidiu viver ao lado de Jesus, e desprezando as artimanhas do diabo, recebeu a Cristo dentro do seu coração e foi para sua casa sem camisa, mas, feliz! Nunca vou me esquecer deste testemunho real que só o Senhor Jesus pode realizar! Ao Senhor Jesus seja toda honra e toda glória para sempre, amém!

Enquanto escrevo este livro, sinto um ataque direto das trevas tentando me calar. Para que eu não escreva este livro e publique para que muitos jovens o leiam e entreguem seus corações ao Senhor Jesus Cristo para receberem assim como aquele jovem holandês, uma outra vida, ao lado de Jesus!

Só Jesus é a verdadeira Paz!

Ainda hoje, ao lembrar de minha conversão e chamado ao ministério, as minhas lágrimas molham os meus olhos que assistiram a tantas perversidades diabólicas.

Agradeço ao Senhor Jesus pela oportunidade de estar compartilhando com vocês este testemunho sobre a minha vida no submundo do rock in roll.

Hoje faço parte do rebanho de Jesus Cristo que muito em breve vai morar nas mansões celestiais. Aguardo a sua volta em breve, como ele mesmo prometeu em sua palavra dizendo:

Eis que cedo venho” Apocalipse 22:7

Em busca das almas perdidas

(Jovens no Altar de Baal)

Certa feita, na cidade de São Vicente; litoral paulista, eu estava fazendo um evangelismo pessoal. Por volta das dez horas da noite. Andando eu pelas ruas, em espírito de oração parei em um farol e vi um grupo de jovens roqueiros.

Todos trajavam roupas pretas, botas, capas, coturnos, manoplas, correntes e outros acessórios usados pelos adeptos do rock. Eu logo me aproximei deles querendo evangelizá-los e disse: “boa noite jovens!” Perguntei à eles e os interroguei pela segunda vez: “onde vocês estão indo?”

Eles, um pouco assustados me olharam com um estranho olhar, entre eles havia uma moça muito jovem; devia ter entre quinze e dezesseis anos. Eles me olhavam curiosos, uma mistura de medo e ira em seus espíritos. Tinham todos eles um aspecto diabólico, com seus semblantes caídos e desfigurados, porém, muito jovens.

Um deles me respondeu: “Nós estamos indo á uma “Festa Dark”, e aqui estamos esperando nossos amigos chegarem. Marcamos um encontro hoje, ás 23:00 horas ”

Imediatamente lancei-lhes uma terceira pergunta: “Posso contar-lhes um pouco da minha experiência com o rock n' roll enquanto vocês esperam seus amigos?”

E continuei dizendo: “Quero compartilhar com vocês o que há por trás do rock, é

algo muito importante que vocês precisam saber”.

Naquele momento percebi que algumas sombras e figuras estranhas atravessavam

a rua e se aproximavam daqueles jovens roqueiros. Eram vultos e sombras negras que

vieram do inferno para impedir que eu revelasse aqueles jovens os mistérios ocultos do rock n' roll.

Então logo eu comecei a clamar o sangue de Jesus em espírito, silenciosamente. A unção do Senhor Jesus tomou conta de mim, pois eu estava ali, sozinho, naquela noite sombria evangelizando aqueles jovens adeptos do satanismo. Comecei explicando à todos eles sobre a queda de lúcifer; que fora um querubim cheio de luz e esplendor.

Porém, pela sua inveja e desejo de ser igual a Deus, foi então expulso do céu para sempre. Eu disse á eles que lúcifer se tornou em anjo das trevas, destituído da glória de Deus. Antes, anjo de luz, ministro do louvor celestial, maestro, musico e cantor.

Depois de sua queda tornou-se um anjo fracassado, derrotado, sem brilho, sem Porém, ainda entende muito bem de música; pois ele foi criado por Deus para ser o

luz

príncipe do louvor celestial.

Eis a razão porque existem várias musicas que fazem apologia á morte, ao suicídio, ao sexo, á depravação, depressão, tristeza e outros males. Muitas letras de música são escritas para louvar ao príncipe das trevas, que é satanás, o querubim caído!

Aqueles jovens eram discípulos de vários cantores de rock. Eles traziam em suas mentes várias ideologias satanistas; até mesmo um deles chegou a me dizer que era o “oitavo filho do diabo”. De onde eles extraíram tais idéias absurdas? A resposta infelizmente é simples: Eles eram amantes do satanismo, e estavam sendo alimentados com a filosofia do diabo, através de:

1 - Músicas rock

2 - Revistas imorais

3 - Bruxaria

4 - Filmes de terror

5 - Pornografia

6 - Jogos de “RPG”

Além de uma série de artimanhas satânicas que hipnotizaram suas mentes.

Graças ao Senhor Jesus, aqueles jovens ficaram atentos ás palavras que ouviram naquela noite. E para surpresa deles, eu mostrei a eles um CD de “Élvis Presley” cantando hinos de louvor ao Senhor Jesus.

Presley” cantando hinos de louvor ao Senhor Jesus. Amazing Grace – Elvis Presley Eles ficaram surpresos

Amazing Grace – Elvis Presley

de louvor ao Senhor Jesus. Amazing Grace – Elvis Presley Eles ficaram surpresos em saber que

Eles ficaram surpresos em saber que do “rei do rock” era um cristão e louvava a Deus; porém, desviando-se para um caminho de ilusão e engano; morreu na solidão. Longe dos fãs e traído pela fama e pelo rock n' roll que tanto lhe deu prestígio.

Ao terminar aquela “palestra” eu orei por todos eles, depois me despedi feliz por ter servido ao Senhor Jesus naquela noite. Eu poderia ter sido espancado ou até mesmo assassinado por aqueles jovens roqueiros, mas, Deus é fiel!

Neste momento eu me lembro do que Deus disse a Josué:

Não te mandei eu? Seja forte e corajoso, não temas, nem te espantes, porque o senhor teu ”

Deus é contigo por onde quer que andares

Josué 1:9

Aleluias! Aqueles demônios disfarçados de sombras e figuras estranhas que tentaram me impedir foram todos envergonhados pelo Senhor Jesus Cristo que me assistiu naquela noite pregando o evangelho para aqueles jovens roqueiros, que estavam presos pelo rock n' roll.

Você jovem, que está lendo este livro agora, faça um compromisso hoje mesmo de lançar-se aos pés do Senhor e salvador Jesus Cristo! Só Ele tem as palavras de vida eterna e a verdadeira Paz!

Jovens, recebam agora mesmo o perdão e o amor de Jesus Cristo e vivam livre do medo e das frustrações desta vida.

Jesus Cristo quer salvar você agora mesmo!

Dobre os teus joelhos agora mesmo e se entregue à Jesus, e deixe só Ele cuidar de você!

Disse Jesus:

vinde a mim todos os que estão cansados e oprimidos e eu vos aliviarei” Mateus 11:28.

O sangue de Jesus tem poder!

Junior Souza da Silva.