Вы находитесь на странице: 1из 2

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA

PORTUGUÊS | 11.º Ano 2019-2020


FICHA DE TRABALHO

Data de envio – 25 de março

Lê atentamente o texto.

1. Com base na leitura do texto, seleciona a opção que te permite obter uma afirmação verdadeira.
1.1. A afirmação “insurgência inerente ao movimento romântico personificara-se em Herculano, cuja obra foi “a
primeira tentativa de uma história crítica de Portugal” significa que
(A) o desgaste do movimento romântico é anunciado pela “história crítica de Portugal” de Alexandre
Herculano.
(B) Alexandre Herculano tenta impedir o evidente desgaste do Romantismo.
(C) a obra de Alexandre Herculano já evidencia o fim do Romantismo.
(D) a revolta de Alexandre Herculano não impediu que o Romantismo já tivesse “dado quanto dele se podia
esperar”.
1.2. Segundo o texto, Castilho é
(A) exímio no manejo da língua, romântico, mas pouco criativo.
(B) congregador de todos ultrarromânticos.
(C) ideólogo do movimento romântico em Portugal.
(D) apoiante de Alexandre Herculano.
1.3. O inconformismo da nova geração, jovens que estudavam em Coimbra por volta de 1865,
(A) dá origem à denominada “Questão Coimbrã”.
(B) agudiza a crise da implantação do liberalismo em Portugal.
(C) focou-se na personalidade de Castilho e de Herculano para os combater.
(D) fez eclodir o movimento Ultrarromântico.
1.4. A amplitude da contestação corporizada pelos jovens ligados à “Questão Coimbrã”
(A) teve um impacto semelhante à do Romantismo.
(B) não ultrapassou a do Romantismo.
(C) ultrapassou, claramente, a do Romantismo.
(D) ultrapassou, possivelmente, a do Romantismo.

2. Assinala as afirmações verdadeiras (V) e corrige as falsas (F).

2.1. O segmento “Nos primeiros anos do terceiro quartel do séc. XIX” desempenha a função sintática de modificador.
2.2. O elemento destacado em “implantação do liberalismo” é um complemento do nome.
2.3. O elemento destacado em “Depois da morte de Garrett […] a insurgência inerente ao movimento romântico
personificara-se em Herculano”, é um mecanismo de coesão temporal.
2.4. A oração «cuja obra foi “a primeira tentativa de uma história crítica de Portugal”» é subordinada adjetiva
relativa explicativa.
2.5. Na oração “Ficara, pois, Castilho,” “Castilho” desempenha a função sintática de predicativo de sujeito.
2.6. O processo de formação da palavra “ultrarromânticas” é a derivação.
2.7. O advérbio conectivo presente em “Castilho, porém, era exatamente o contrário dum rebelde” pode ser
substituído por “contudo” sem alteração na integridade da frase.
2.8. A conjunção destacada em “embora seja em regra mencionado como terceiro mentor do movimento” introduz
uma oração subordinada adverbial final.
2.9. O elemento destacado em “que se inicia o espírito contemporâneo nas letras portuguesas” pertence à classe
dos pronomes.
2.10. A locução destacada em “mas também, e de modo mais vasto, contra todos os conceitos políticos, históricos
e filosóficos” não é equivalente, do ponto de vista sintático, à conjunção coordenativa “e”.
2.11. A função sintática do segmento sublinhado em “Os jovens universitários de 1865 reagiam contra a falsidade”
é um complemento oblíquo.
2.12. As palavras “alienígenas” e “eclodir” têm como sinónimos, respetivamente, “nativas” e “surgir”.
2.13. A oração “que se sublevou contra Castilho” é subordinada adjetiva relativa restritiva.
2.14. O pronome na frase «ligando-o “com o movimento moderno”» tem como antecedente “Este grupo que se
sublevou contra Castilho”.
BOM TRABALHO!

Caminhos 11, Porto Editora