Вы находитесь на странице: 1из 32

PUBLICIDADE

TER01OUT
Terça-feira
1 de Outubro de 2019
Ano 44 • N.º 15766

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

ADMISSÃO DE NOVOS PROFISSIONAIS


KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO

NESTA EDIÇÃO

RUI MALAQUIAS
Os comentaristas,
as demagogias e a
responsabilidade social
OPINIÃO • 7

APOSTA

IGAE reafirma
determinação
no combate à corrupção
ÚLTIMA • 32

AMEAÇAS DE ONG
Nigéria arrisca-se a ficar

Executivo garante concursos


sem ajudas humanitárias
ÁFRICA • 10

APROVEITAMENTO

anuais para Saúde e Educação


Todos os anos, o Executivo vai realizar con- Centro Ortopédico e de Reabilitação Poli- sector da Saúde, quer para a Educação”,
cursos públicos para a admissão de novos valente Dr. António Agostinho Neto, em disse o Presidente da República, sublinhando
profissionais para reforçar as áreas da Saúde Viana, recentemente remodelado e que tem que a decisão vem provar a aposta do Exe-
e da Educação, em função do número de a capacidade duplicada. “O país terá sempre cutivo no sector Social. O Presidente da Repú-
vagas por preencher. A garantia foi dada concursos públicos. Desde que abrimos o blica lembrou que, nos últimos 18 meses, o
ontem, à imprensa, pelo Presidente da Repú- primeiro, o compromisso é fazermos con- Executivo tem prestado "atenção muito espe-
Palácio de Ferro blica, João Lourenço, no termo da visita ao cursos públicos todos os anos, quer para o cial" ao sector Social. POLÍTICA • 2
vai ser transformado
num centro cultural
CULTURA • 29
LEILÕES ESTE MÊS
BREXIT
Oposição descarta
moção de censura
contra Boris Jonhson
MUNDO • 11
BNA põe à venda 500 milhões de dólares ECONOMIA • 13

HUAMBO
Três mil milhões COMBOIOS OGE-2019 MOTA AMBRÓSIO | EDIÇÕES NOVEMBRO
REDES SOCIAIS
de kwanzas para acções AGT
de combate à pobreza
Angola e Namíbia Deputados PGR reprova
REGIÕES • 23

aceleram ligações vão avaliar


Equipamentos
GIRABOLA comportamento
por linha férrea os projectos médicos e serviços de advogados
ECONOMIA • 13
Os deputados do MPLA ini-
de ensino estão A posição de alguns advo-
isentos de IVA
ARIMATEIA BAPTISTA | EDIÇÕES NOVEMBRO

ciam, amanhã, visitas aos 164 gados que usam as plata-


municípios do país, para ava- formas electrónicas de co-
liar o grau de execução do Or- ENTREVISTA • 4 | 5 municação online e redes
çamento Geral do Estado deste sociais para falar sobre pro-
ano, com destaque para o es- cessos conclusos às ins-
tado dos projectos de inves- tituições de Justiça podem
timentos públicos com im- causar incerteza e inse-
pacto na vida da população, gurança jurídica na socie-
fundamentalmente do sector dade, segundo a Procura-
Petro de Luanda recebe Social. Acções para minimi- doria-Geral da República.
Santa Rita de Cássia zar os efeitos da seca também O órgão afirma que a ati-
DESPORTO • 31 vão merecer atenção. tude configura infracção
POLÍTICA • 3 disciplinar. ÚLTIMA • 32
2 POLÍTICA Terça-feira
1 de Outubro de 2019

PRESIDENTE DA REPÚBLICA À IMPRENSA

Executivo garante concursos


para a Saúde e a Educação
João Lourenço, em jornada de campo, inaugurou ontem o Centro Ortopédico e de Reabilitação Polivalente
Dr. António Agostinho Neto, em Viana. Com a ampliação, a instituição aumentou a produção de próteses

KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO


João Dias é fácil adivinhar que faremos
muito mais”

A realização de concursos Homenagem


públicos anuais para a admis- a Agostinho Neto
são de novos profissionais O Centro Ortopédico de Viana
nas áreas da Saúde e da Edu- é, doravante, Centro Orto-
cação são provas da aposta pédico e de Reabilitação Poli-
do Executivo no sector Social, valente Dr. António Agos-
garantiu ontem, em Luanda, tinho Neto, numa homena-
o Presidente da República, gem ao fundador da Nação.
João Lourenço. Em relação a esta homena-
Em breves declarações à gem, o Presidente da Repú-
imprensa no termo da visita blica disse ser “merecida, não
de campo em que inaugurou apenas por ser o fundador da
a segunda fase do Centro Orto- Nação, mas como médico de
pédico e de Reabilitação Poli- profissão”. “Dar o seu nome
valente Dr. António Agostinho a uma instituição de saúde
Neto, em Viana, o Presidente creio que é honrar o seu nome
João Lourenço garantiu que no seu mês (Setembro), o mês
os concursos vão continuar do Herói Nacional”, disse.
a ser feitos anualmente. Entre- O Titular do Poder Exe-
tanto, o que vai variar é o cutivo assegurou que se vai
número de vagas em cada continuar a construir centros
concurso público. de hemodiálise no maior
“O país terá sempre con- número de províncias a ver
cursos públicos. Desde que se é mitigado este problema.
abrimos o primeiro, o com- “Agora, temos este centro,
promisso é fazermos con- para acudir vítimas, quer de
cursos públicos todos os anos, minas anti-pessoal, quer dos
quer para o sector da Saúde, acidentes de viação, que, infe-
quer para a Educação”, realçou lizmente, acontecem quase
o Presidente da República. todos os fins-de-semana”,
notou o Chefe de Estado.
KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO
“O Executivo
está bastante
focado em atender
os sectores Chefe de Estado percorreu as instalações do Centro Ortopédico e visitou as áreas de produção de próteses
da Saúde
e da Educação
e colocá-los
ao serviço das
populações”, disse
o Presidente Melhoria e revitalização dos centros ortopédicos a nível nacional
da República
As obras do Centro Ortopé- valente foi inaugurada em Constituição da República âmbito do concurso
dico e de Reabilitação Poli- 1990 para acolher, principal- Popular de Angola, em 1975, público de 2018”, disse.
O que é discutível, escla- valente Dr. António Agostinho mente, vítimas da guerra e que consagra a saúde como O centro presta serviços
receu na ocasião, é o número Neto custaram 600 milhões de minas anti-pessoal para um direito de todos os ango- de consulta externa de espe-
de vagas a abrir em cada um de kwanzas e estiveram a o tratamento com próteses lanos e idealiza um novo ser- cialidade, como clínica geral,
dos sectores que não é sempre cargo da empresa Inforcom e a sua reinserção social, viço nacional de saúde. fisioterapia com ginásio para
o mesmo. “Vai variar de ano e Empresa de Gestão de Pro- bem como vítimas da polio- Para a ministra da Saúde, adultos e crianças, ortopedia,
para ano consoante os recur- jectos Inovadores, de jovens mielite e de sequelas deri- no quadro do novo conceito neurologia infantil, entre
sos que o Estado tiver”, subli- angolanos. vadas da gestação e do parto. do centro, destaca-se a rea- outros. Serviços de apoio ao
nhou João Lourenço. Com a reabilitação e am- Agora, e em tempos de bilitação integral como um diagnóstico e terapêutica,
A justificar o investimento, pliação, o centro passa a con- paz, disse a ministra, a aten- processo global e dinâmico como laboratório, farmácia
o Presidente da República tar com uma fábrica de ção está virada para o novo orientado para a reabilitação e ortoprotesia (oficina de pró-
Produção de próteses passa
lembrou que, neste último ortoprotesia que vai produzir quadro gerado pelo aumento física e psicológica da pessoa teses) são também feitos.
de 40 para 80 por mês
ano e meio, sobretudo no iní- entre 75 a 80 próteses/mês das deficiências provocadas portadora de deficiência,
cio do ano passado, o Exe- contra as anteriores 40. por doenças crónicas inca- tendo em vista a sua reinte- Serviços humanizados
cutivo tem vindo a prestar A ministra da Saúde, Sílvia pacitantes, acidentes de via- gração social. Na ocasião, o director-geral do Acompanhado da Pri-
uma “atenção muito especial” Lutucuta, indicou que a uni- ção e trânsito e de trabalho Sílvia Lutucuta disse que centro, David Abel, assegurou meira-Dama da República,
ao sector Social, concreta- dade reabilitada e ampliada originadas pelas alterações as obras permitiram, além que a instituição terá como Ana Dias Lourenço, e de
mente aos domínios da Edu- faz parte de um pacote de de estilo de vida e com pro- da reabilitação, a ampliação missão prestar, com conforto membros do Executivo, o
cação e da Saúde. melhoria e revitalização de gressivo crescimento do e o apetrechamento de vários e comodidade, um serviço de Presidente da República disse
No domínio da Saúde, João 11 centros ortopédicos a nível número de idosos. serviços, designadamente qualidade, tendo sempre pre- “ter ficado encantado com o
Lourenço indicou que estão nacional, incluindo o de “Fez-se um enorme inves- fisioterapia, radiologia e esto- sente um atendimento huma- trabalho que os jovens ango-
em execução vários projectos, Luanda. timento para poder satisfazer matologia, a construção e nizado e profissionalizado. lanos realizam, não apenas
como é o caso do novo hospital Sílvia Lutucuta congra- as novas necessidades da apetrechamento da oficina O responsável garante neste centro, mas também
sanatório e de vários centros tulou-se com a mobilização nossa sociedade”, disse a de ortoprotesia e de edifícios que não pretende esquecer noutros”, sublinhando que
de hemodiálise. “O Executivo dos recursos e com o facto ministra, para quem o Centro para a administração. a componente da formação este “é um sinal de que, como
está bastante focado em aten- de se ter tornado o projecto de Viana renasce com o novo “Deste modo, o centro dos profissionais. O centro sempre, devemos continuar
der os sectores da Saúde e da numa realidade, uma forma conceito. Este centro, realçou, ortopédico é de terceiro ganhou uma nova fábrica, a contar com a nossa juven-
Educação e colocá-los ao ser- de assegurar uma melhor é uma homenagem ao Pre- nível assistencial, contando um novo serviço de raio X e tude”. “A nossa juventude,
viço das populações”, disse qualidade de vida e conforto. sidente Agostinho Neto, “pois com 296 funcionários e, ampliação dos serviços de se apoiada, é capaz de fazer
o Presidente da República, A primeira fase do centro as suas preocupações com deste número, enquadram- fisioterapia e a inclusão de coisas de grande valor e servir
para quem, “a julgar pelo que regional de reabilitação poli- a justiça influenciaram a se 31 novos técnicos no um serviço de acupunctura. a Nação”, assinalou o Chefe
já fizemos neste pouco tempo, de Estado.
POLÍTICA Terça-feira
1 de Outubro de 2019 3
FORÇAS ARMADAS VISITAS AOS 164 MUNICÍPIOS NOVOS MAGISTRADOS JUDICIAIS TOMAM POSSE
MOTA AMBRÓSIO |EDIÇÕES NOVEMBRO

Corrupção
enfraquece Juiz deve estar atento
capacidade de
defesa do país
Edna Dala |
aos sinais dos tempos
Vice-presidente do Conselho Superior da Magistratura
A corrupção atenta contra
a disciplina militar, organi-
Judicial apelou ao respeito pelos valores da nova República
zação e prontidão combativa VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO

das tropas e enfraquece a ca-


pacidade de defender o país,
Presidente do Grupo Parlamentar anuncia visitas ao interior
considerou ontem o chefe do
Estado-Maior General das
Forças Armadas Angolanas
(FAA), general Egídio de Sousa
e Santos.
Deputados avaliam
Egídio de Sousa e Santos,
que discursava na abertura
das jornadas alusivas ao 28º
aniversário das FAA, que se
execução do OGE
assinala a 9 deste mês, referiu
que a corrupção, quer activa Adelina Inácio de barragens e desvio dos
ou passiva, pequena ou gran- vários rios”, sublinhou, indi-
de, lesa os interesses do Estado Os deputados do MPLA ini- cando que a solução para o
e enfraquece os pilares da ciam amanhã visitas aos 164 Sul de Angola passa pela cons-
economia nacional, contri- municípios do país, para avaliar trução de barragens.
buindo no aprofundamento o grau de implementação do Américo Cuononoca su-
das desigualdades sociais e Programa de Intervenção Inte- geriu aos governos locais a
DOMBELE BERNARDO|EDIÇÕES NOVEMBRO
grado nos Municípios (PIIM). incentivar os criadores de
O presidente do grupo gado a trocar os animais com
parlamentar do MPLA , Amé- cereais. Segundo o parlamen-
rico Cuononoca, que anunciou tar, nestes dois anos em que 39 juízes de Direito juraram cumprir a Constituição e fazer a justiça em nome do povo
o facto em conferência de se deu a situação da seca, o Exe-
imprensa, adiantou que os cutivo tem estado a trabalhar
parlamentares vão igualmente para minimizar as consequên- Gabriel Bunga na carreira dos magistrados é a imparcia-
inteirar-se sobre o grau de cias deste fenómeno. lidade e também a honestidade. Um juiz
execução do OGE /2019, com Reconheceu que a situa- O vice-presidente do Conselho Superior desonesto não vale nada, não tem valor
destaque para projectos de ção sócio-económica do país da Magistratura Judicial, Molares de Abril, nenhum”, salientou.
investimentos públicos , fun- “ não é das melhores”, uma disse, ontem, em Luanda, que os juízes Molares de Abril apelou também ao
damentalmente no sector vez que o preço do petróleo devem estar alinhados com os propósitos bom senso dos juízes no exercício das
social e o impacto na vida das continua a oscilar. da nova República. O magistrado falava funções para que haja maior entrosamento
populações. Américo Cuononoca lem- na cerimónia de tomada de posse de 39 nos processos, na abordagem de questões
Os deputados pretendem brou que o partido identificou juízes de Direito, que decorreu no Salão sobre a prisão preventiva e providência
também ouvir as autoridades a corrupção, a impunidade, a Nobre do Palácio da Justiça. cautelar. Molares de Abril pediu aos novos
locais e os membros do Con- bajulação e o nepotismo como Os novos juízes juraram cumprir a juízes de Direito maior humildade, educação
Chefe do Estado-Maior celho de Auscultação e Con- males que afectam negativa- Constituição, fazer a justiça em nome do e partilha de conhecimentos com os cola-
General orientou a cerimónia certação Social sobre as ac- mente a sociedade. Por isso, povo e assinaram o termo de posse diante boradores, sejam de que nível forem.
ções prioritárias que gosta- defende a intervenção da so- do juiz presidente do Conselho Superior Para o vice-presidente do Tribunal
rompendo com os fundamen- riam de ver incluídas no OGE ciedade e das igrejas como da Magistratura Judicial, Rui Ferreira, magis- Supremo, é necessário que os juízes pres-
tos da moral e da ética. O desa- para 2020. reserva moral. trados judiciais e familiares. tem maior atenção às questões processuais,
fio da luta contra a corrupção, Sobre a seca no Sul do país, Quanto à proposta da Ao dirigir-se aos novos magistrados, por serem as mais atacadas pela sociedade
disse, deve ser uma batalha o político defendeu a criação UNITA para que o Presidente o também vice-presidente do Tribunal e não tanto as decisões. Molares de Abril
de todos, desde o almirante de programas de retenção de da República declare o estado Supremo referiu que um juiz deve estar apelou aos legisladores a reverem os códi-
ao soldado, onde a prevenção água para que a população de emergência, Cuononoca inserido na sociedade e perceber os sinais gos processuais para se permitir maior
deve constituir um dos impor- não sofra. “É preciso planos afirmou que o país já passou dos tempos. dinâmica e articulação dos magistrados.
tantes instrumentos. e programas viáveis e defi- por situações mais graves e “Meus senhores, um juiz não é um extra Apelou também aos novos juízes a acei-
Acrescentou que o sucesso nitivos no sentido de fazer a o Governo “nunca declarou terrestre. Está situado numa sociedade e tarem instalar-se onde forem colocados.
da campanha dependerá da retenção de água e a construção situação de emergência”. tem que estar atento aos sinais dos tem- Os novos juízes, numa mensagem lida
dedicação dos comandantes, pos. Não pode ficar alheio aos propósitos por Analdina Mário, comprometeram-
chefes e oficiais, a todos os ní- da Nação”, disse, apelando claramente se a exercer a função com zelo e dedicação.
veis, na implementação dos para se ter atenção aos novos ventos de mu- “O dia de hoje se ergue como um marco
programas estabelecidos, para DESCENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA dança que se vivem no país. indelével para a vida de cada um de nós
que se possa contribuir para Molares de Abril apelou aos novos e determina o início de um novo com-
o resgate dos valores da Pátria, juízes a terem maior responsabilidade promisso pessoal e profissional com o
elevando a disciplina, civismo
e um comportamento exem-
Malanje acolhe encontro no exercício das suas funções jurisdicio-
nais. O vice-presidente do Tribunal Su-
país e também com as nossas famílias”,
referiu a magistrada.
plar de cada militar, seja nos
quartéis ou na via pública.
O chefe do Estado-Maior
sobre gestão autárquica premo sublinhou que é preciso que os
juízes sejam imparciais nas suas decisões
e que um juiz só é útil à sociedade se for
Analdina Mário acrescentou que o
compromisso que o grupo assume é com
a administração da justiça e a afirmação
General referiu que os 28 imparcial. “Um dos traços fundamentais de um Estado de Direito e democrático.
anos das FAA merecem uma Eduardo Cunha de longo prazo do país, para
reflexão profunda, com a e Venâncio Victor|Malanje inverter a tendência centra-
finalidade de realçar os gran- lizadora do Estado e melhorar
des êxitos obtidos no contexto Um Curso de introdução à a eficiência e a eficácia da admi- JUSTIÇA
da sua reedificação, rees- Administração e Gestão Au- nistração pública.
truturação e redimensiona- tárquicas decorre desde on- A estratégia, frisou, visa
mento, para responder aos
desafios do país, da região e
tem, em Malanje, com a parti-
cipação de 30 responsáveis e
o desenvolvimento harmo-
nioso do território e uma Provedoria aborda direitos dos cidadãos
do continente. técnicos das administrações distribuição equilibrada das
Na actual conjuntura, ex- locais e do Governo provincial. atribuições e competências A Provedoria de Justiça, em de acções do Programa provedor de Justiça, ses-
plicou, a maior aposta da ins- A formação, que decorre das administrações central parceria com o Programa Anual de Trabalho resul- sões de esclarecimento e
tituição deve recair na edu- até sexta-feira, está a cargo e local. das Nações Unidas para o tante da parceria entre palestras sobre "A impor-
cação dos efectivos, que devem da Escola Nacional da Admi- A construção e consoli- Desenvolvimento (PNUD), as duas instituições. tância, o papel, mandato
continuar a transmitir bons nistração e Políticas Públi- dação do poder local e a cria- realizou um ciclo de pales- As províncias do Na- e a função do provedor de
exemplos à sociedade. Outra cas, com o apoio dos órgãos ção das autarquias, disse, é tras sobre “O papel do pro- mibe, Huíla e Lunda-Norte Justiça".
aposta é o reforço de valores da administração local do determinante para o desen- vedor de Justiça na defesa foram as escolhidas para Magistrados judiciais e
como a solidariedade, hones- Estado. volvimento do país, o que dos direitos, liberdades e acolher as actividades. Du- do Ministério Público, ti-
tidade, coragem e convivên- Na abertura da formação, exige uma reforma do Estado garantias do cidadão”. rante a estada das dele- tulares de cargos de direc-
cia na diversidade, que fazem o administrador municipal que inclua mudanças supor- O programa enqua- gações técnicas das duas ção e de chefia, professo-
da instituição uma referência. de Malanje, João de Assun- tadas por princípios como a drou-se no âmbito das instituições nas três pro- res, membros da sociedade
As FAA foram criadas em ção, disse que a desconcen- boa governação, reforço da actividades da instituição víncias, foram concedidas civil, autoridades religiosas
1991, fruto do acordo de Paz tração e descentralização democracia e a participação previstas para o segundo audiências aos cidadãos e tradicionais e estudantes
de Bicesse entre o Governo administrativa é uma das activa do cidadão nas tarefas semestre deste ano e in- que desejavam apresentar foram os destinatários dos
e a UNITA. linhas de força da estratégia de desenvolvimento do país. seriu-se num conjunto as suas preocupações ao esclarecimentos.
4 ENTREVISTA Terça-feira
1 de Outubro de 2019

MOTA AMBRÓSIO | EDIÇÕES NOVEMBRO


COORDENADOR DO GRUPO TÉCNICO
Cristóvão Neto

Como é que se define o IVA?


O IVA (Imposto sobre o Valor
Acrescentado) é um imposto
geral que vai ser aplicado
IVA tende
sobre o consumo de bens,
serviços e importações.

O IVA incide sobre o preço dos


bens e serviços?
a estabilizar
Sim, o valor tributável é o
valor total do bem ou do
serviço.

Há razões para o público


os preços
por eliminar
recear um aumento dos pre-
ços em resultado da introdu-
ção do IVA?
O IVA não provoca aumento
generalizado de preços. Ao
contrário, permite estabilizar
os preços, pois elimina a
dupla tributação que acon-
tece com o Imposto de Con-
sumo. Por outro lado, ao
fazer transitar muitos con-
a dupla tributação
tribuintes para a economia Adilson Sequeira realça nesta
formal, gera mais concor- entrevista os benefícios da
rência e melhora as condi-
ções de mercado: no contexto
substituição do Imposto de
da crise económico-finan- Consumo sobre os preços no
ceira que o país atravessa, consumidor final e dá pistas
esta medida vai criar preços
mais competitivos. sobre o comportamento a
adoptar pelos contribuintes
Que benefícios traz a entrada
em vigor do IVA para o con-
para se adaptarem ao
sumidor ou contribuinte processo, em princípio, bem
comum? recebido pelas empresas:
Existem vantagens: impede
o efeito cascata (imposto 1 201 pediram adesão
sobre imposto) do actual voluntária ao Regime Geral
Imposto de Consumo, que
tem onerado os preços ao
consumidor final, bem como
acelera a transformação do
mercado informal em eco-
nomia formal por intermé-
dio da exigência da emissão construção de estradas, pon- Regime Geral do IVA (há uma 2021, sendo que estarão no
de facturas e da sujeição a tes, hospitais, contratação lista publicada no site da Regime Geral (obrigação de
uma contabilidade organi- de professores e médicos, AGT). A lista dos contribuin- cobrar o IVA) todos os sujeitos
zada, o que representa maio- iluminação, saneamento tes que solicitaram adesão O IVA não provoca aumento generalizado de passivos (contribuintes) com
res oportunidades de em- básico e outros gastos. ao Regime Geral e aprovados volume de negócio ou ope-
prego para o cidadão e con- pela AGT para a cobrança do
preços. Ao contrário, permite estabilizar os rações de importação supe-
fere mais importância às Explique o regime de submis- IVA será actualizada com preços, pois elimina a dupla tributação que rior ao equivalente a 250 mil
profissões dos contabilistas são electrónica de facturas? frequência no site da AGT. dólares.
e informáticos. Com a nova alteração da lei
acontece com o Imposto de Consumo. Por
para a submissão electrónica Que procedimentos os con- outro lado, ao fazer transitar muitos Com o que se devem preocupar
Essas vantagens são diferentes das facturas solicitadas ao tribuintes devem adoptar a imediatamente as empresas
das obtidas pelas empresas? Executivo pelos empresários partir de hoje para se confor-
contribuintes para a economia formal, gera que estão no Regime Geral?
No caso das empresas, as e pelos produtores de soft- marem ao IVA? mais concorrência e melhora as condições As principais preocupações
vantagens prendem-se com ware de facturação, todos os Todos os contribuintes do dos contribuintes do Regime
uma maior justiça fiscal, per- contribuintes do Regime Regime Geral são obrigados
de mercado Geral consistem em estar
mitindo a recuperação dos Geral (autorizados à cobran- a remeter electronicamente, aprovados pela AGT no Re-
impostos suportados nas ça do IVA) são obrigados a re- até 31 de Janeiro de 2020, os gime Geral (consultar sempre
compras e consequente meter, até o dia 31 de Janeiro ficheiros de facturação refe- no sistema e no site da AGT),
reembolso (devolução) nos de 2020, os ficheiros de fac- rentes aos meses de Outubro, na Repartição Fiscal dos controlar a fuga aos impostos cobrar o IVA obrigatoriamente
casos de créditos fiscais, ga- turação referentes aos meses Novembro e Dezembro de Grandes Contribuintes, que e à fraude fiscal. num software devidamente
rantindo, assim, a neutrali- de Outubro, Novembro e De- 2019. Depois disso, no mês hoje são obrigados a sub- validado pela AGT (consultar
dade para os contribuintes. zembro de 2019. Depois, no de Fevereiro de 2020, os con- meter a declaração do Im- Quantos softwares foram cer- site da AGT dos softwares cer-
Garante maior robustez nos mês de Fevereiro de 2020 (isto tribuintes do Regime Tran- posto Industrial de forma tificados pela AGT? tificados) e ter um contabi-
sistemas informáticos dos também é aplicável aos con- sitório também devem re- electrónica e a declaração do Até ao momento, já rece- lista certificado pela OCPCA.
agentes económicos (iden- tribuintes do Regime Tran- meter os ficheiros de factu- IVA. Para os demais contri- bemos 245 pedidos de vali- Estes são critérios obrigató-
tificação dos custos para to- sitório), devem remeter os ração referentes ao mês de buintes, só com a adesão ao dação fiscal de softwares, rios e cumulativos, sem pre-
mada de decisão) e da Ad- ficheiros de facturação refe- Janeiro de 2020 e assim su- Regime Geral é que são exi- dos quais 165 já se encontram juízo de outros que podem
ministração Geral Tributária rentes ao mês de Janeiro de cessivamente. O “ficheiro gidas as mesmas condições validados. ir preenchendo.
(controlo das operações entre 2020 e assim sucessivamente. de aquisições de bens e ser- informáticas que aos Grandes
contribuintes) e reduz a frau- viços” (com ou sem o IVA) é Contribuintes. A AGT está a Com o IVA todos pagam, não Haverá um sistema único
de e evasão fiscal através da Há empresas a aderirem volun- submetido juntamente com reunir condições para a cria- há isenções? para a recepção de todas as
emissão de facturas ou docu- tariamente ao Regime Geral? o Anexo de Fornecedores da ção de “guichés de apoio ao Não existe um regime de declarações ou haverá mais
mentos equivalentes, com Sim, até ao dia 25 de Setem- Declaração Periódica para contribuinte do IVA” nas isenção, mas determinados do que um, permitindo o en-
possibilidade de cruzamento bro, 1 201 contribuintes ade- os contribuintes do Regime diversas regiões tributárias, bens e serviços que estão vio da declaração de início,
de dados entre sujeitos pas- riram voluntariamente ao Geral e o Mapa de Fornece- para garantir as condições isentos do IVA, o que implica alteração e cessação de acti-
sivos (contribuintes). Regime Geral. dores para os contribuintes informáticas e de energia aos que, na comercialização des- vidade para um e a declaração
do Regime Transitório, a partir agentes económicos que tive- tes, não se cobra o IVA nas periódica e seus anexos para
Como é que, no seu todo, a Quais são os requisitos obri- do mês de Novembro do cor- rem estas dificuldades. facturas. A nossa compreen- outro sistema?
economia nacional beneficia gatórios e cumulativos que rente ano, referente ao mês são é que as isenções criam Todas as operações do IVA
da vigência do IVA? todos os contribuintes enqua- de Outubro de 2019. Como é que a questão do soft- distorções na cadeia de dis- ocorrem em dois sistemas,
O benefício nacional da drados no Regime Geral devem ware se afigura importante tribuição, ou seja, as isenções sendo que para as “operações
vigência do IVA reside no ter para cobrarem o IVA? A componente electrónica é para a cobrança? criam distorções aos preços, internas” será o Sistema Inte-
alargamento da base tribu- Possuir um contabilista cer- inacessível à imensa maioria A cobrança do IVA é feita na medida que o agente eco- grado de Gestão Tributária
tária: mais contribuintes tificado pela Ordem dos Con- dos contribuintes, como é que obrigatoriamente num soft- nómico paga e não consegue (SIGT) e para as “operações
entram no sistema de paga- tabilistas e Peritos Conta- a AGT va i l i d a r co m e s s e ware devidamente validado recuperar no cliente, ficando de importação e exportação”
mento de impostos, permi- bilistas de Angola (OCPCA), assunto? pela AGT. Esta validação fiscal com o custo do IVA. será o ASYCUDA (processos
tindo a obtenção de mais cobrar IVA por via de um Os contribuintes que devem (certificação) permite à AGT aduaneiros).
receitas para o melhoramento dos softwares de facturação submeter as declarações fis- controlar os sistemas con- Quando é que o IVA é esten-
da cobertura das despesas validado pela AGT e possuir cais mensais de forma elec- tabilísticos utilizados no ter- dido a todo o mercado? Como avalia a questão da con-
públicas, nomeadamente, a a aprovação da AGT para o trónica são os cadastrados ritório nacional, até para A partir de 1 de Janeiro de tabilidade das empresas?
ESPECIAL Terça-feira
1 de Outubro de 2019 5
A maior parte das empresas EM 2020 IMPLEMENTAÇÃO
não têm contabilidade orga-
nizada. Por isso, foi intro-
duzido no sistema fiscal do
IVA o Regime Transitório
para permitir que, durante
IVA eleva arrecadação de receitas Grandes
contribuintes
os anos de 2019 e 2020, o con-
começam

VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO


tribuinte se organize junto
da Ordem dos Contabilistas
e Peritos Contabilistas de
Angola (OCPCA) para con-
aplicar o IVA
tratar um contabilista, sendo
que a exigência principal do Madalena José
Regime Geral (obrigação de
cobrar o IVA) é ter um con- Com a entrada em vigor do
tabilista certificado. Imposto Sobre o Valor
Acrescentado (IVA), a partir
O Código do IVA foi sujeito a de hoje, alguns estabele-
uma revisão, depois do adia- cimentos comerciais em
mento da introdução, em Luanda já vão começar a
Julho: a revisão é profunda? aplicar o imposto e outros
Não é profunda, porque ape- não, pelo facto de uns
nas permitiu introduzir a serem da classe dos grandes
isenção dos serviços nos contribuintes e outros dos
estabelecimentos hospita- pequenos contribuintes.
lares e equipamentos médi- Na Casa dos Frescos, da
cos, nos serviços de ensino, classe dos grandes contri-
bem como a exclusão de buintes, os clientes já vão
alguns bens e serviços do encontrar os produtos com
IVA cativo. novos preços. Uma grade
de cerveja, que ontem cus-
O regime do IVA pode man- tava três mil kwanzas, hoje,
ter-se indefinidamente com com o IVA, custa 3 420 kwan-
as modificações incorporadas zas. Já o pacote de detergente
em Julho? de cinco quilos que ante-
Com as alterações, os três riormente era comerciali-
regimes do IVA mantêm-se, zado a 3 295 kwanzas, pas-
nomeadamente o Regime Natacha Roberto| mais 15 nos próximos dias. lhar com o Ministério do tratamento especial às im- sou a 3 756,30 kwanzas,
Geral, Regime Transitório e A adesão ao IVA, de Comércio, através do Ins- portações de bens ou maté- enquanto a dúzia de ovos
Regime de Não Sujeição. A arrecadação de 2020 acordo com o PCA da AGT, tituto Nacional de Defesa ria-prima que concorrem passa de 1 025 para 1 168,50
ascende a 703 mil milhões será feita de forma gradual, do Consumidor (INADEC), à produção nacional, de kwanzas e um quilo de
Como é que o IVA coloca a ques- de kwanzas mercê da intro- na medida em que muitas e a Polícia Económica, para modo que quem produz maçã vermelha, que antes
tão da justiça fiscal? dução, hoje, do Imposto empresas não apresentam identificar os operadores localmente paga menos os valia 1 725, passa a custar
A questão da justiça fiscal sobre Valor Acrescentado ainda a contabilidade orga- que cobrarem o imposto de impostos aduaneiros e o IVA 1 966,50 kwanzas.
coloca-se na medida que é (IVA), declarou ontem o nizada e não possuem téc- forma indevida. “Os con- e que exporta para Angola “Não temos como não
permitida a recuperação dos presidente do Conselho de nicos de contabilidade. “Se, sumidores poderão, através paga mais os referidos im- aplicar o IVA, porque, no
impostos suportados nas Aadministração da Admi- a partir de Outubro, exi- de um e-mail, call center e postos”, explicou. final do mês, prestamos
compras, tornando o agente nistração Geral Tributária gíssemos de todas as em- número de whatsap, enviar Vera Daves esclareceu contas à AGT”, justificou o
económico do Regime Geral (AGT), Silvio Burity. presas a cobrança desse im- fotos das facturas com o IVA que desta forma é criado chefe de placa, Jeovane
um intermediário da tran- O desempenho é supe- posto, muitos não teriam para denunciar os infracto- um ambiente favorável Umba, assegurando que os
sacção económica, bem como rior à média anual colec- contabilidade organizada, res”, apelou. para o crescimento da pro- contabilistas estão prepa-
o consequente reembolso do tada durante a vigência do alguns nem sequer tem con- A secretária de Estado dução nacional. rados para trabalhar com
IVA (devolução do imposto) Imposto de Consumo, que tabilistas e software valida- para as Finanças e Tesouro o novo software.
nos casos de créditos fiscais deixou de vigorar ontem. do pela AGT para a cobran- avançou que, com a entrada Bebidas agravadas Por seu lado, o super-
aos agentes económicos. Sílvio Burity esclareceu ça”, justificou. em vigor hoje do IVA, pre- Quanto a entrada em simul- mercado Kibabo, por per-
que as empresas inscritas O responsável adiantou veem arrecadar, no último tâneo do Imposto Especial tencer a classe dos pequenos
na Repartição dos Grandes que as empresas sem con- trimestre deste ano, 160 mil de Consumo (IEC) e o IVA, contribuintes, vai manter
Contribuintes e com um tabilidade organizada vão milhões de kwanzas, ao con- Sílvio Burity esclareceu que os preços até aderir ao
volume de negócios supe- poder aderir ao IVA ao inte- trário dos 249 mil milhões o IEC agrava aqueles pro- Regime Geral, com auto-
rior a 250 mil dólares (63 grarem o Regime Transitório se o imposto entrasse em dutos que não são essenciais rização para o IVA.
milhões de kwanzas), vão que vai até 31 de Dezembro vigor em Julho, o que reflecte para a população, como taba- O gerente Valter Lagarto
aplicar a taxa de 14 por cento de 2020, de formas a orga- uma perda significativa de co, bebidas alcoólicas e jóias. afirmou que a única alte-
PERFIL nas suas facturas. nizarem e contratar con- 89 mil milhões de kwanzas. Vera Daves esclareceu ração substancial será a
O PCA da AGT adiantou tabilistas e adequar o seu “Teremos que cobrir a que as águas não serão tri- carga do imposto no pro-
que, até a última sexta- sistema informático. perda e evitar o endivida- butadas em sede de IEC, em duto, mas os preços não vão
ADILSON SEQUEIRA feira, mais de mil empresas O PCA da AGT alertou mento”, alertou, acrescen- contrapartida são tributa- alterar. “Essa carga não se
tinham aderido de forma que as cantinas e pequenas tando que o Executivo pro- das de forma agravada as faz notar na venda do pro-
Formação académica voluntária ao Regime Geral empresas estão proibidas de curou a todo custo não agravar bebidas energéticas e com duto”, assegurou.
Licenciado em do IVA e anunciou a publi- cobrar o IVA. “É preciso que os défices orçamentais, na alto teor de açúcar. “Que- Sandra Ferreira, gerente
Contabilidade e Auditoria cação da lista de contri- a população esteja atenta e medida em que a estratégia remos assim atacar de fren- da loja “Dia a Dia”, está ex-
(Faculdade de Economia buintes que estão autoriza- ajuda a denunciar estas prá- foi consistente na execução te um problema de saúde pectante com os resultados
da Universidade dos a cobrar o IVA nas fac- ticas. As cantinas e pequenos da despesa com objectivo de pública”, disse. do IVA. Nesse estabeleci-
Agostinho Neto); turas. “Essa cobrança vai negócios que não possuem não ter défice fiscal”, disse. O bastonário da Ordem mento os produtos vão man-
Pós-Graduado em Direito funcionar de forma elec- um volume de negócios Informou que o IVA apli- dos Contabilistas e Peritos ter os preços. “Um provável
Fiscal (Faculdade de trónica, com o envio das acima dos 63 milhões de ca-se também sobre as im- Contabilistas de Angola aumento, dependerá dos
Direito da Universidade declarações por via de um kwanzas não podem cobrar portações, de modo que os (OCPCA), Fernando Hermes, fornecedores. Por enquan-
Agostinho Neto). software que facilita iden- o IVA”, apelou. operadores que exportam informou que existem quatro to, não temos intenções de
tificar os dados falsos”, disse A secretária de Estado para Angola vão ter de su- mil e 600 membros em todo fazer subir os preços, porque
Percurso profissional acrescentando que estão para as Finanças e Tesouro, portar não só o IVA, como o país e que foram criadas somos dos pequenos con-
Director da Direcção dos disponíveis 76 técnicos na Vera Daves, disse que a AGT também os impostos adua- equipas regionais para apoiar tribuintes”, disse.
Serviços do IVA da implementação do IVA, vai reforçar a campanha de neiros. “A recente revisão os operadores interessados Ibrahim Boyrge, director
Administração Geral prevendo o aumento de divulgação do IVA e traba- da Pauta Aduaneira dá um em aderir ao IVA financeiro da loja Dimas-
Tributaria (2019); saba, assegurou também
Coordenador do Grupo que vai manter os preços
Técnico para a até Janeiro de 2020. “Esta-
Implementação do IVA mos inscritos. Somos pe-
(2017 - 2019);

Autor das obras


UNITEL aplica IVA nas tarifas de voz zas, 1.000 kwanzas, 2.000
kwanzas, 5.000 kwanzas
e 10.000 kwanzas, bem
quenos contribuintes, mas
só a partir de Janeiro é que
vamos aplicar o IVA. Vai ser
científicas
Planeamento e Gestão
e assume encargos nos planos de Internet como os carregamentos
eletrónicos, continuarão
um pouco complicado, mas
não temos como não apli-
Fiscal em Angola - a ser comercializados pelo car”, referiu.
Reforma Tributária A operadora de telefonia de serviços, enquanto o IVA à taxa de 14%, que mesmo valor facial, “pelo Durante este período, a
(edição de 2014); móvel UNITEL anunciou assume os encargos do entra hoje em vigor, será que os preços não poderão loja vai vender os produtos
Planeamento e Gestão ontem, em Luanda, que novo imposto nos planos aplicado sobre as tarifas, ser alterados por nenhum com imposto de consumo.
Fiscal - Sistema vai aplicar o Imposto So- de Internet. serviços e produtos da interveniente da cadeia Têm já aprovado o Software,
Tributário bre o Valor Acrescentado Num comunicado de UNITEL. de distribuição e venda”, faltando apenas a sua ins-
(edição de 2016). (IVA) sobre as chamadas, imprensa, a operadora Os cartões de recarga esclarece-se na nota da talação e formação aos con-
mensagens e subscrições anunciou igualmente que com os valores de 500 kwan- operadora. tabilistas para se adequarem
ao novo sistema.
6 OPINIÃO Terça-feira
1 de Outubro de 2019

EDITORIAL IMAGEM DO DIA

O ensino, o debate Mototaxista transporta dois passageiros sem capacete e circula em sentido proibido na Avenida
Revolução de Outubro

e o conhecimento
KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO

A educação é um sector em relação ao qual fazem-se considerações de


diversa natureza, derivadas do actual estado do nosso ensino, que, na
opinião de muitos, ainda não vai ao encontro do que os cidadãos esperam
dessa importante área da nossa vida nacional.
É positivo que os cidadãos, instituições públicas e privadas e especialistas
se debrucem sobre o nosso ensino, para que os governantes possam colher
subsídios que lhes permitam conhecer melhor a nossa realidade, relativamente
ao processo de aprendizagem e de transmissão de conhecimentos.
O debate gera diversidade de ideias e esta pode ajudar-nos a encontrar os
melhores caminhos para termos a médio prazo um ensino de elevada qualidade.
Temos de saber, em primeiro lugar, o que é necessário fazer já para que tenhamos
bons professores em todos os níveis do nosso ensino.
É inquestionável que há professores que vão para o ensino sem terem
competências necessárias para transmitir conhecimentos aos alunos,
situação agravada pelo facto de haver docentes sem vocação para o exercício
da profissão.
O ensino em Angola tem de merecer uma abordagem aprofundada, para
que se possam fazer reformas que venham efectivamente a resolver os pro-
blemas do sector. Que não haja receio de se mexer com interesses de
pessoas que andam mais preocupadas com o lucro que o ensino lhes pro-
porciona do que com a formação de bons quadros.
Não se pode ver o ensino na lógica de um negócio igual ao de um su-
permercado, como uma vez afirmou um prestigiado sociólogo angolano,
que criticava a falta de rigor na forma como se permitia a abertura de ins-
tituições de ensino superior.
É preciso avançar em direcção à aplicação do que é correcto, para termos
um ensino que venha realmente a servir o desenvolvimento. Não devemos
deixar que as coisas más continuem a acontecer, em prejuízo de uma
sociedade que quer construir o progresso. O progresso constrói-se com co-
nhecimento, e este é transmitido nas escolas.
Vivemos na era do conhecimento e faz sentido que os poderes públicos
se preocupem com a qualidade do nosso ensino. Mas é preciso que haja
acções concretas para corrigir o que está mal no nosso sistema de ensino.
Já tivemos no país, depois da independência, boas escolas do ensino médio
e superior. O Instituto Médio Makarenko era, por exemplo, um dos nossos
melhores estabelecimentos de ensino, em termos de qualidade. Diz-se que
os estudantes que terminavam o curso médio no Makarenko não tinham
grandes dificuldades em fazer a formação superior. Houve até alunos que,
formados no Makarenko e que foram fazer cursos superiores no exterior,
suscitavam a admiração dos professores, pelos seus sólidos conhecimentos
adquiridos em Angola. Que haja pessoas dispostas a trabalhar (e essas
pessoas existem) para que o nosso ensino volte a ter qualidade, da base ao
ensino superior.

CARTAS DOS LEITORES


CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO PROPRIEDADE
Víctor Silva (presidente) Edições Novembro, E.P.
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS
Caetano Pedro da Conceição Júnior SEDE:
José Alberto Domingos
Rui André Marques Upalavela Rua Rainha Ginga, 12-26 Qualificação do na mais importante competição as suas vidas. Espera-se que os
Caixa Postal 1312 - Luanda
Luena Kassonde Ross Guinapo
Redacção: 222 020 174 1º de Agosto e do Petro africana ao nível de clubes. impostos que agora estão a incidir
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS Telefone geral (PBX): 222 333 344
Filomeno Jorge Manaças Fax: 222 336 073 O 1º de Agosto e o Petro qualifi- FERNANDO JOÃO sobre o rendimento e o consumo
Mateus Francisco João dos Santos Júnior Telegramas: Proangola
caram-se para a fase de grupos Marçal venham mais tarde a traduzir-se
da Liga dos Clubes Campeões. O em melhor qualidade de vida para
futebol angolano vai estar repre- os cidadãos.
sentado na Liga dos Campeões A cobrança do IVA MADALENA AFONSO
DIRECTOR: Ferraz Neto (subeditor) e Pereira Dinis por duas grandes equipas de fu- O Imposto sobre o Valor Acres- Maianga
Víctor Silva
DIRECTOR-ADJUNTO:
EDIÇÕES ESPECIAIS: tebol do nosso país e que já foram centado (IVA) vai começar a ser
Adalberto Ceita, André dos Anjos, Domingos dos Santos,
Caetano Júnior
Leonel Kassana e Yara Simão grandes referências no continente. cobrado, estando mais de mil em-
DIRECTOR EXECUTIVO:
Guilhermino Alberto Espero, como angolano, que as presas preparadas para a cobran- Concurso para professores
FOTOGRAFIA:

EDITOR EXECUTIVO:
Francisco Bernardo (editor-chefe),
José Cola (editor),
equipas angolanas tenham um ça. Convém referir que muitos Tomei conhecimento de que há
Diogo Paixão Dombele Bernardo, Domingos Cadência, Eduardo Pedro, João Gomes, bom desempenho na competição, problemas poderão ainda surgir mais dez mil vagas para ingresso
Maria Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, Paulo Mulaza, Kindala
SUB-EDITOR EXECUTIVO:
Cândido Bessa Manuel, Santos Pedro, Agostinho Narciso, Vigas da Purificação, Contreiras Pipa para voltar a elevar o nome de no processo de cobrança do IVA, de professores no ensino primário
Angola. O Petro de Luanda já foi mas, ao que parece, a Adminis- e secundário. É bom que haja pro-
CORRESPONDENTES PROVINCIAIS:
GRANDE REPÓRTER: Adão Diogo (Lunda Sul), comparado no tempo em que era tração Geral Tributária (AGT) fessores para esses níveis de ensino,
Luísa Rogério Alberto Coelho (Cabinda),
João Mavinga (Zaire), treinado por António Clemente criou condições para que estes mas é necessário que sejam ad-
Vladimir Prata (Namibe),
EDITORIAS:
POLÍTICA: Esídoro Natalício (Cuanza-Norte), a uma equipa brasileira que tro- problemas sejam atenuados. Sou- mitidos os melhores. Penso que o
Luís Pedro (Cuanza-Sul),
Santos Vilola (editor-chefe),
Fonseca Bengui (sub-editor) e Bernardino Manje (subeditor) Noé Jamba (Bengo), cava a bola com grande mestria, be que Moçambique levou cerca ensino de base é fundamental para
Francisco Curinhingana (Malanje)
Adelina Inácio, João Dias, Edna Dala,
Garrido Fragoso e Gabriel Bunga Fernando Cunha (Huambo), ao ponto de ser até apoiado em de dois anos para acertar o passo, se garantir que os alunos progri-
João Constantino (Bié),
OPINIÃO: José Chaves (Andulo), muitos casos pelos adeptos do depois de implementar o IVA. Oxa- dam na vida escolar sem grandes
Ambrósio Clemente (editor-chefe), Faustino Henrique (subditor) Jaime Azulay (Benguela),
SOCIEDADE: Jesus Silva (Lobito), adversário. O 1º de Agosto, com lá não precisemos de levar esse problemas. Não podemos mais
Estanislau Costa (Huíla),
Nhuca Júnior (editor),
Alberto Pegado (editor), Joaquim Aguiar (Lunda-Norte), Napoleão à baliza, já realizou tempo. Que as empresas se preo- ter alunos na universidade que
Silvino Paulo (Uíge),
José Meireles (editor),
Rodrigues Cambala, André da Costa, Kilssia Ferreira, Manuela Gomes, Lourenço Manuel (Cuando Cubango), também grandes exibições em cupem em pedir informações à não saibam ler nem escrever bem.
Quinito Kanhamei (Cunene),
Augusto Cuteta, Alexa Sonhi, César André, César Esteves, Edivaldo Cristóvão,
Carla Bumba e Mazarino da Cunha Samuel António (Moxico), África. Os adversários em África AGT sobre o que deve ser feito ao Soube que será aberto um concurso
REGIÕES: perguntavam se Napoleão ia jogar nível da cobrança do IVA. Os Es- público para se preencherem as
Sérgio Chivaca (editor-chefe), PAGINAÇÃO E ARTE:
Béu Pombal (subeditor), Salvador Escórcio (Editor), Soares Neto, Eugénia Victor, Augusta Lucéu, Tomás Cruz, ou não, pois sabiam que o guar- tados vivem sobretudo das receitas dez mil vagas. Os concursos pú-
Filipe Eduardo Noé Pungue, Evaristo Sacupalica, João Augusto, Josefa Abreu, Maria Messele, Alberto
ECONOMIA:
Bumba, Inês Quingando, Margarida Zilungo, Maria da Silva, António Saldanha, da-redes do 1º de Agosto era um provenientes dos impostos. Os ci- blicos permitem que entrem os
Henrique Faztudo, António Quipuna, Raúl Geremias, João Mundaka, Ana Paula Dias ,
Cristóvão Neto (editor-chefe),
Armando Estrela (subeditor),
Isabel Fragão, Manuel Cassenda, Francisco da Silva, Rui Jacinto, Bruno Bernardo, blindado na sua baliza difícil de dadãos (contribuintes) pagam melhores. Acredito que , com con-
Luquemba Pedro
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena José, Natacha Roberto e Victorino Joaquim contornar. Que os actuais joga- impostos porque têm esperança cursos públicos na Educação, vão
MUNDO:
Bernardino Fançony (editor-chefe), António Canepa
CARTOON E ILUSTRAÇÃO:
Armando Pululo e Casemiro Pedro dores do 1º de Agosto se inspirem de que o dinheiro arrecadado pelo passar a entrar os que realmente
DESPORTO: nos antigos atletas deste grande Estado vai servir para melhorar têm potencial capacidade para
Amândio Clemente (editor-chefe),
Anaximandro Magalhães (subeditor), António Cristóvão, COPY DESK: clube, como Ndungidi, Napoleão, ensinar. E mesmo aqueles que en-
Armindo Pereira, Teresa Luís, Vivaldo Eduardo, Rui Ramos, Arlindo Soares e Esperança Vieira Dias
António de Brito e Honorato Silva Ndongala, Luvambo. Que os jo- ESCREVA-NOS tram por via de concursos públicos
CULTURA: O Jornal de Angola gadores do Petro se inspirem em Cartas recebidas na devem ter a possibilidade de fre-
António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (subeditor), utiliza os serviços da ANGOP, AFP, Reuters, EFE e Prensa Latina Rua Rainha Ginga, 12-26
Francisco Pedro (subeditor), Lufemba, Jesus, Santo António. Caixa Postal 1312 - Luanda quentarem cursos para aumento
Amilda dos Santos, Manuel Albano, Mário Cohen e Roque Silva
PUBLICIDADE: Que as equipas técnicas façam das suas competências.
GENTE E FIM-DE-SEMANA: (+244) 937 550 262 ou por e-mail:
António Cruz (editor-chefe),
Isaquiel Cori (editor) (+244) 949 770 006 e-mail: publicidade@jornaldeangola.com a sua parte, a fim de os nossos GERVÁSIO ANDRÉ
escrevaconnoscoJA@gmail.com Cassenda
Edna Cauxeiro (subeditora), dois representantes terem êxitos
OPINIÃO Terça-feira
1 de Outubro de 2019 7
PONTO DE VISTA NA ALVA DAS IDEIAS

Rui Malaquias Adriano Mixinge


CITAÇÕES

Os comentaristas, as demagogias “Inclino-me


condoído sobre a
Paracuca de gengibre
e a responsabilidade social
memória desse
grande e
proeminente O gengibre desperta todos os nossos sentidos. Eu adoro
político francês, comer paracuca de gengibre: é como se pudesse estar
que colocou ao entre duas idades, a da infância, pelo seu sabor adocicado,
Indubitavelmente, a mudança de orientação ferências financeiras) devem ser usadas direc- serviço da França e a da sabedoria, pelo seu sabor picante. O mais parecido
política do partido no Governo, aliada a rápida tamente para resolver os problemas da seca que o seu saber para à paracuca de gengibre é o gengibre cristalizado, um
consciencialização de liberdade e necessidade estamos a viver, não podemos aceitar que foi salvaguardar os dos confeitos mais consumidos no sudoeste asiático.
de expressão do eleitorado nacional, que mal dito de ânimo leve, mas sim com um objectivo grandes princípios Não perco a ocasião de pôr um pedaço de gengibre
ou bem bombeados pelo alcance das redes claro, pois se este comentarista não sabe o que de liberdade, na boca, quando coberto em chocolate, mas confesso
sociais, levaram a ascensão de uma série de são e para que servem as RIL estamos conversados igualdade e que só conhecia a paracuca de ginguba. Apesar de até
figuras que antes eram invisíveis e inaudíveis. sobre a qualidade deste comentador. fraternidade, pelos muito recentemente nem saber que elas existiam já
Facilmente se compreende que a abertura Contudo, acreditamos que o comentarista quais pugnou provei, também, a paracuca de coco e, como é óbvio, a
da comunicação social pública e a maior sabe muito bem do que fala, pois mesmo sabendo durante a sua vida paracuca de gengibre.
liberdade de opinião e expressão nos órgãos da importância das RIL para um Estado importador pública, nos Gostei delas. Mas, se tivesse que ficar com uma delas
de comunicação tradicionais privados (rádios como o nosso, pretende mostrar que o Governo diferentes cargos ficaria com a de gengibre. O gengibre tem qualidades
e televisão) são de facto ganhos da paz e não não dá importância ao sofrimento destes ango- que exerceu para uso medicinal, mas também tem uma certa mística:
são se quer negociáveis, pois só com uma socie- lanos e angolanas assolados pela seca e tenta com mestria” identifico-me com ambas as coisas e elas impelem-me
dade que se expressa livremente na pluralidade induzir a opinião pública que as RIL são usadas João Lourenço a nunca dispensá-lo.
Presidente da República, em
é possível que se criem as bases para a excelência para fins inconfessos. mensagem de condolências Para alguns, a cola e o gengibre sempre foram coisas
dirigida ao seu homólogo
da escolha da liderança política. Ora meus caros leitores, o que menos pre- francês, pela morte do antigo de mais velhos, que gostam pouco de coisas doces e os
Mas, como tudo na vida, há sempre uma cisamos é disto, comentaristas que são ouvidos Chefe de Estado de França,
Jacques Chirac
consomem de muitas manei-
cara para uma coroa, pois o que vemos, ouvimos e seguidos, por este motivo também têm res- ras diferentes: mantendo-os na
e não lemos (pois estas pessoas dificilmente
escrevem) é que existem figuras
ponsabilidade social, a usar inverdades para
exacerbar o sofrimento das
Os aromas boca durante uma manhã de
“O nosso potencial jejum, no tempero de um molho,
que se aproveitam dos canais pessoas. Entendemos que em recursos são como no peixe ou na carne com limão,
de comunicação que lhes são
colocados à disposição para de
Comentar em este tipo de manobras devem
ser observadas de perto.
minerais por as intenções no chá, com os sumos de ana-
explorar é muito nás e hortelã ou, também, quan-
certa forma torcer os factos, televisão ou rádio Objectivamente, quem grande e as rochas e os discursos, do estão relaxados, afogadas
muitas vezes com palavras e
termos que a maioria da popu-
não é só falar mal de governa sabe, ou tem a obri-
gação de saber, em que situa-
ornamentais têm são só mesmo isso, em whisky.
um papel muito Mas, eu adoro ralar gengi-
lação não compreende, para quem governa, é sim ção económica e financeira importante qualquer coisa bre para sentir o seu cheiro in-
causar uma falsa realidade eco- o país se encontra, e deve
nómica (principalmente). olhar para os incansavelmente procurar
a desempenhar
em Angola, porque
insubstancial ou tenso e deixar, por uns minu-
tos, as minhas mãos sem lavar
A estratégia é simples, baseia- fenómenos e tecer soluções que não sejam ime- o estágio de hipotético, que como se, por tê-lo manuseado,
se na demagogia pura, juntam- diatistas mas sim duradouras desenvolvimento
se factos e realidades que objec- a sua opinião dentro e sustentáveis, para melhorar do país demanda gostaria de deixar elas ficassem com umas luvas
de sabedoria. Tocá-los é rela-
tivamente devem ser analisadas dos seus a vida das pessoas prevenir
novas situações como as que
muita pedra” marcas, mas que, xante: o rizoma parece unido
em separado, criando um cenário Diamantino Azevedo
pior do que aquele que de facto conhecimentos estamos a viver. Ministro dos Recursos
Minerais e Petróleos
na prática, não se à terra até mesmo depois de
lá ter saído.
existe, e tendo em consideração
que a situação financeira nacional
técnicos e muitas A sociedade civil, ao invés
de atiçar o sofrimento alheio,
justifica ainda No geral, gosto menos é da
é difícil e requer todo o esforço vezes com as suas brincar com a falta de conhe- “Os membros do paracuca, do tipo que for, que
tenha aroma de canela ou ou-
nosso Governo
e de quem governa e sacrifícios
de quem é governado, estes
orientações politicas cimento e escolaridade da
população nacional, e inven- acham que já tro qualquer, talvez porque não é de aromas que a minha
sabem tudo e não memória recorda, mas, sim, de substâncias.
comentaristas usam esta situação tar cenários económicos e
têm nada para Quem inventou a paracuca de gengibre só pode ser al-
para manipular emoções, paixões financeiros nacionais para
dar repostas encomendadas, deveria relatar os aprender com estes guém que gosta do gengibre e do açúcar e além do mais
e sentimentos para provocar um sentimento
de revolta e desespero. factos como eles são, criticar sempre que se eventos e com estes acredita que associar o gengibre aos mais velhos só pode
É difícil dizer, se estes comentaristas, fortemente achar necessário e reconhecer méritos quando nossos colegas de ser um preconceito, que devemos desfazer na boca.
capacitados em demagogia, têm uma agenda houverem. Em princípio é isto que se espera de pesquisa, porque Eu esqueço-me dos aromas rapidamente. Se a minha
politica ou pessoal, mas o que vemos na televisão quem entra pelas nossas casas pelo sinal de o Governo não dá memória recordasse aromas desconfiaria dela, seria
é a sua inflamação de vaidade e reconhecida rádio e televisão. muita importância como confiar alguém pelas palavras que diz e não pelos
qualidade de manipulação das notícias que pro- Ao contrário do que temos visto, e temos de à pesquisa seus actos: os aromas são como as intenções e os discursos,
reconhecer que tem tido audiência, comentar
científica são só mesmo isso, qualquer coisa insubstancial ou hipo-
liferam nas redes sociais, aonde de forma pro-
em televisão ou rádio não é só falar mal de quem
em Angola” tético, que gostaria de deixar marcas, mas que, na prática,
positada é contornado o apuramento da verdade,
sendo que estas figuras comentam o que todo governa, é sim olhar para os fenómenos e tecer Alves da Rocha não se justifica ainda. Os actos são como as substâncias,
o mundo comenta ou repassa nas redes sociais a sua opinião dentro dos seus conhecimentos Economista , referindo-se à
ausência de membros do
funcionam como o ferro quente em pele mole, marcam-
e no fim fazem ligação directa às dificuldades técnicos e muitas vezes com as suas orientações Governo de uma cerimónia
de lançamento de um estudo
nos para sempre.
que as pessoas têm no dia-a-dia. políticas, e deixar as pessoas tirarem as suas sobre a pobreza em Angola, Quando era miúdo, à entrada da escola e ainda que
divulgado por um instituto
Pensamos que cada um é livre de dizer o que ilações sobre os assuntos. de pesquisa sul-africano preferisse a quitaba, encontrava muitas senhoras a ven-
pretende e fazer as análises que lhe aprouver, O que colhe hoje é falar mal e trazer para a derem paracuca de ginguba: eu gostava de vê-la aos
o que achamos ser errado é usar o sofrimento praça pública as mensagens reencaminhadas “As sociedades montes como se fossem pedrinhas amontoadas, resig-
e desconhecimento técnico do cidadão nacional no WhastApp, mas coincidentemente, nunca de advogados nadas, à espera que fossem compradas para poderem
para elaborar discursos falaciosos e populistas, o que de bom foi feito pelo Governo ou outros são sociedades de sair daí e terem outro destino.
que nada ajudam ao momento difícil que já vive- agentes sociais. Entendemos que os comen- pessoas, porque Quem a compra, sabe que a ginguba dá trabalho: tens
mos, transferindo para o cidadão um sentimento taristas devem estar acima disto e à altura de o elemento que mastigar mesmo e quando o bago se desfaz transfor-
de impotência e de ausência de esperança para analisar os fenómenos. preponderante são mando-se numa massa expele, então, um suco que eu
o dia de amanhã. A outra chamada de atenção vai para os as pessoas e não saboreio, gravando o seu sabor, que é sempre muito mais
Pois, quando um comentarista vai a uma rádio órgãos e plataformas de informação que, na o capital. Por isso do que um aroma.
ou a uma estação televisiva e diz que o actual busca de audiência, pura e simplesmente dão é que para se ser Ao desfazerem-se, os bagos de ginguba são tão granu-
Presidente da República tem poder para dissolver a espaço de antena a estes comentaristas. É sócio de uma losos que deixam uma sensação arenosa que, involunta-
o Parlamento ou alterar a Constituição a seu bel- importante dizer que estes comentaristas saíram sociedade há que riamente, faz que os recordemos facilmente.
da surdina e estão à procura de fazer o seu cami-
primeiro ser
prazer, usando termos jurídicos no meio, estamos Adoro comer paracuca de gengibre: os troços de gen-
advogado”
perante manobras dilatórias e bem pensadas. nho de acordo com as suas agendas,mas os gibre valem o que valem por desfazerem-se entre fios e
João Ramiro
No mesmo diapasão, quando se afirma que órgãos de comunicação devem acautelar estas Docente universitário, que massa, com o seu sabor característico que atropela todos
as Reservas Internacionais Líquidas (RIL) (que situações, tendo um contraditório à altura ou defende que o advogado
não deve ser visto como um os que encontra pelo caminho, impondo-se como um
servem para fazer face aos compromissos finan- ter pivots preparados, para que não se deixe comerciante, mas como um
servidor da Justiça
herói das papilas gustativas e da memória, deixando a
ceiros nacionais em divisas – importações e trans- passar mensagens encomendadas. e do Direito nossa boca a arder de prazer.
8 Terça-feira
1 de Outubro de 2019

PUBLICIDADE

(13337)

(13237)
Terça-feira
1 de Outubro de 2019 9
PUBLICIDADE

(13354)
10 ÁFRICA Terça-feira
1 de Outubro de 2019

Breves
ALERTAM AS INSTITUIÇÕES PROTESTOS NO EGIPTO
DR

Nigéria pode perder RDC ADOPTA


PROJECTO DE LEI DE OGE
O Governo do Primeiro-
Ministro da República

as ajudas humanitárias Democrática do Congo


(RDC), Ilunga Ilunkamba,
adoptou ontem o Projecto
de Lei para o Orçamento do
Organizações humanitárias negam veementemente Estado para o exercício
as alegações da Nigéria de que estão a desviar os fundos fiscal de 2020, estimado em
sete mil milhões de dólares
e as ajudas para o Boko Haram americanos, segundo a
imprensa congolesa. Célebre activista político egípcio sob a mira das autoridades
As autoridades nigerianas Fome é a maior ONG envolvida internacional, Mercy Corps, O Vice-Primeiro-Ministro
foram avisadas, domingo, em na resposta humanitária inter- de acordo com o seu Site, encarregado do
Abuja, de que o país arrisca-
se a enfrentar um desastre hu-
nacional na região.
No dia 18 de Setembro, o seu
anunciou também que havia
sido suspensa na parte nor-
Orçamento, Jean-Baudouin
Mayo, lembrou que o teto
Popular activista político
manitário caso o Governo ma-
terialize as ameaças de expul-
escritório em Maiduguri, ca-
pital do estado de Borno, nor-
deste do país. “O exército
nigeriano havia fechado cin-
estabelecido pelo primeiro
Governo pós-alternância detido sem culpa formada
são das agências humanitárias deste da Nigéria, foi fechado co dos seus escritórios, ini- foi mantido com base em
que actuam no nordeste do à força pelo exército nigeriano cialmente sem fornecer ne- indicadores As autoridades egípcias vol- incidentes no Egipto, onde
país, com a alegação de que sem aviso prévio. nhuma explicação oficial”, macroeconómicos do país. taram a deter no domingo o houve protestos contra o Pre-
supostamente ajudam os gru- O exército alegou, na altura, constava na página oficial O projecto de lei levado ao conhecido activista Alaa Abdel- sidente do país.
pos islâmicos extremistas. que a sua acção tinha como da organização. Conselho de Ministros no fatah, que estava em liberdade Desde então, o Centro
Segundo uma informação base informações que apon- O exército nigeriano está dia 27 de Setembro, condicional mas com obrigação Egípcio dos Direitos Econó-
veiculada pelos meios de co- tavam para alegadas activi- a intensificar os seus esforços segundo a imprensa de pernoitar em esquadra poli- micos e Sociais documentou
municação em Abuja, capital dades subversivas, que estaria há mais de dez anos para congolesa, está aquém das cial desde Março, após cinco a detenção de 1.201 pessoas,
da Nigéria, duas agências de supostamente a ajudar e favo- expulsar extremistas dos luga- expectativas geradas que anos na prisão. que foram acusadas formal-
ajuda humanitária encerraram recer os terroristas, inclusive res estratégicos, sobretudo apontavam para uma Segundo disse à agência mente pelas autoridades e
os escritórios nos últimos dias fornecendo drogas e alimentos no nordeste do país para pro- estimativa à volta de 10 mil Efe, Laila Soueif, mãe do acti- que se encontram em prisão
e há temores, no sector de assis- a grupos extremistas. curar inviabilizar a realização milhões de dólares. vista, Abdelfatah não voltou preventiva, enquanto outro
tência humanitária, de que a de novos ataques terroristas. Várias vozes levantam a sair da esquadra de Dokki, número idêntico de pessoas
Nigéria esteja prestes a encerrar A guerra com o Boko Haram reservas relativas às metas no Cairo, onde deve passar está desaparecido, suspei-
até dez organizações huma- O exército alegou, devastou a população no nor- a serem alcançadas com o 12 horas por dia (das 18h00 tando-se de que possam
nitárias independentes. na altura, que a sua deste rural da Nigéria, uma Projecto de Lei de às 06h00) desde a sua liber- também estar detidos.
As negociações estão em acção tinha como das regiões mais pobres do Orçamento do Estado com dade condicional decretada Além de Abdelfatah, outros
curso no sentido de impedir base informações planeta. Mais de dois milhões base nas estimativas em Março. activistas pro-democracia e
o colapso dos laços que ligam que apontavam de pessoas fugiram de suas avançadas. Para o Soueif explicou que todos de direitos humanos, jorna-
as organizações humanitárias para alegadas casas, foram mortas e muitas deputado Henri Thomas os dias se desloca à esquadra listas e professores universi-
ao Governo central e local da actividades outras ficaram feridas, seques- Lokondo, este Projecto de para ir buscar o filho, mas tários, foram detidos, segundo
Nigéria, destacou uma fonte subversivas, tradas e recrutadas para par- Lei de Finanças é que no domingo, à hora em a organização de direitos
ligada à maior organização que estaria ticipar da luta. No mês de insuficiente para permitir que este devia ter saído, os humanos. Abdelfatah, que
humanitária, Action Against supostamente Agosto, o Comité Internacional que o Executivo nacional portões estavam encerrados. tem um blogue, já cumpriu
Hunger (Acção Contra a Fo- a ajudar e favorecer da Cruz Vermelha disse que materialize seu Programa Posteriormente, adiantou cinco anos de prisão e pagou
me), tendo acrescentado que os terroristas cerca de 22.000 nigerianos baseado em 15 pilares, a mãe do activista, a Polícia uma multa de 100 mil libras
as primeiras instituições hu- estavam desaparecidos durante sem especificar. informou que Abdelfatah egípcias (cerca de 14.000 dóla-
manitárias, muitas vezes, a crise de uma década, quase No entanto, o membro do tinha sido transferido para res) por manifestar-se sem
evitam transportar dinheiro metade menores. grupo parlamentar PALU & a Procuradoria de Segurança autorização em 2013.
por estrada para evitar o risco Na reacção, a direcção da Além da presença ou acções Allies acredita que o Interna. Segundo a mesma Abdelfatah tem vindo as
de apreensão. organização, citada nos meios esporádicas noutras regiões do Projecto de Lei ainda pode fonte, os advogados que estão ser perseguido pelas auto-
A deslocação pelo interior de comunicação, disse que país, o Boko Haram actua com ser aprimorado durante o no interior do edifício con- ridades egípcias desde a Pre-
do país tem provocado danos “a Against Hunger fornece maior incidência em dez zonas seu exame na Câmara firmaram que Abdelfatah se sidência de Hosni Mubarak,
e algumas vezes perda de vidas, ajuda humanitária neutra, dentro do estado de Borno, perto Baixa do Parlamento. encontra ali, mas desconhe- derrubado pela revolta popu-
adiantou a fonte citada, tendo imparcial e independente a do Lago Chade, mas, segundo cem do que é que o acusam. lar de 2011, na qual o ora detido
exemplificado a execução de milhões de pessoas nos esta- algumas organizações huma- Adiantou que o seu filho teve um papel muito activo
um trabalhador nigeriano, dos de Borno e Yobe, pro- nitárias, o exército e o Governo DIÁLOGO NACIONAL terá recebido algumas “adver- nas redes sociais.
sequestrado na quarta-feira porcionando serviços bási- central resistem a admitir que ARRANCA HOJE NOS tencies” dos serviços de inte- Voltou a ser perseguido
passada por extremistas. O tra- cos às pessoas mais vulne- a contra-ofensiva está a falhar. CAMARÕES ligência de que poderia voltar durante o mandato do ex-
balhador da referida organi- ráveis, especialmente mu- O coordenador huma- O Grande Diálogo Nacional, a ser preso. Soueif admitiu Presidente Mohamed Mursi
zação estava entre os seis tra- lheres e crianças” nitário da ONU na Nigéria, nome dado a uma ampla que a detenção do activista (2012-2013) e também após
balhadores humanitários em- A Acção Contra a Fome Edward Kallon, disse estar conferência nos Camarões, possa estar relacionada com o golpe de Estado de Julho de
pregados pela Action Against disse que estaria “pronta para chocado com a morte dos tra- convocado pelo Presidente comentários que este fez nas 2013, encabeçado pelo actual
Hunger, sediada em Paris, qualquer investigação” e “tra- balhadores humanitários e Paul Biya, começa hoje no redes sociais sobre os últimos Presidente Al Sisi.
capturado em Julho por Boko balhará incansavelmente com “extremamente preocupado Centro de Conferências de
Haram durante a emboscada as autoridades nigerianas para com o ambiente operacional Yaoundé, capital do país, e
a um comboio perto da fronteira resolver qualquer problema perigoso e restritivo da assis- estende-se até ao dia quatro
com o Níger. Acção Contra a na região”. A outra agência tência humanitária”. de Outubro, informou ELEIÇÕES NA ARGÉLIA
DR
domingo a imprensa
daquele país.
O encontro que reúne 400
delegados de todo o país,
Chefe das forças armadas
vai ser presidido pelo
Primeiro-Ministro e visa
adverte aos desordeiros
encontrar soluções para
a presente crise política e O chefe do Estado-Maior- discurso à nação, refere a AFP.
militar que abala as regiões General das Forças Armadas O pronunciamento de
Noroeste e Sudoeste dos argelinas, Ahmed Gaid Salah, Salah surge numa altura em
Camarões. Depois da advertiu domingo à noite, que 80 concorrentes adqui-
abertura oficial, os firmemente, todos os que riram os seus formulários de
delegados serão divididos participam nas tentativas de assinaturas individuais para
em oito comissões que vão “entravar” as eleições pre- os processos de candidatura
trabalhar em temas sobre sidenciais de 12 de Dezembro às próximas eleições presi-
o desarmamento, próximo. denciais, segundo a Autori-
desmobilização e “Todos os que pretendam dade Nacional Independente
reintegração de ex- bloquear esta solução consti- das Eleições (ANIE). A nova
combatentes, o papel da tucional e a reivindicação popu- lei orgânica relativa ao regime
diáspora, o bilinguismo, lar, ou que trabalhem para criar eleitoral obriga os candidatos
diversidade cultural e obstáculos a este processo presidenciais a apresentar
coesão social, o sistema nacional vital, sob qualquer 50 mil assinaturas individuais
educacional, o sistema forma que seja, vão encontrar pelo menos, de eleitores ins-
judicial, a descentralização uma sanção justa e rigorosa, critos num caderno eleitoral.
e o desenvolvimento local, ou mesmo dissuasiva, em con- Estas assinaturas devem ser
reconstrução e o formidade com a lei, porque recolhidas em pelo menos
desenvolvimento das não há lugar para os distúrbios 25 províncias, e o número
regiões afectadas quando se trata do interesse mínimo de assinaturas exi-
na crise e a construção supremo do país”, declarou o gidas para cada uma não deve
Situação humanitária na Nigéria leva a uma díficil coabitação entre autoridades e agências da nação. homem forte da Argélia, num ser inferior a mil e 200.
MUNDO Terça-feira
1 de Outubro de 2019 11
Breves
ARÁBIA SAUDITA INQUÉRITO DE IMPEACHMENT

Príncipe herdeiro nega


homicídio de Khashoggi
TURQUIA QUER
ESCLARECER ASSASSÍNIO
DE KHASHOGGI
O Presidente turco, Recep
Trump pede prisão
do seu “inquiridor”
Tayyip Erdogan, disse ontem
O príncipe herdeiro saudita, que saíram da Turquia e re- que o seu país continuará os
Mohammed bin Salman, afir- gressaram à Arábia Saudita esforços para esclarecer o
mou no domingo, durante logo após o assassínio. assassínio do jornalista
uma entrevista ao programa O julgamento de 11 sus- Jamal Khashoggi, que
norte-americano ‘60 minu- peitos pelo assassínio come- ocorreu no consulado
tos’, que assume “plena res- çou no início de Janeiro, na saudita em Istambul, em O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu
ponsabilidade” pela morte Arábia Saudita, e o procura- Outubro de 2018. Num
do jornalista Jamal Khashoggi, dor-geral solicitou a pena de artigo publicado no jornal ontem que o congressista que supervisiona o processo para
crítico do regime, mas negou morte para cinco deles. Até The Washington Post, a sua destituição, Adam Schiff, devia ser “preso por traição”
ter ordenado o homicídio. hoje, ninguém foi condenado. Erdogan descreveu o
“Este foi um crime hediondo. Em Junho, a ONU publi- assassínio do jornalista, DR

Mas assumo plena res- cou um relatório que res- morto por um grupo de
ponsabilidade como líder na ponsabiliza diretamente o agentes sauditas, como
Arábia Saudita, especial- príncipe bin Salman e pediu “provavelmente, o mais
mente porque foi cometido mais sanções internacionais controverso e determinante
por indivíduos que trabalham contra a monarquia saudita incidente do século XXI”.
para o Governo saudita”, e a continuação das inves- Estas declarações do
disse o filho do rei Salman. tigações sob os auspícios do Presidente turco
Quando questionado sobre organismo internacional. aconteceram nas vésperas
se terá ordenado o assassinato do primeiro aniversário da
do jornalista respondeu com Sobre ataque às refinarias morte de Khashoggi, que
um “não” e apontou que o O príncipe herdeiro referiu- ocorreu a 02 de Outubro do
homicídio do influente jor- se ainda ao ataque a insta- ano passado. Erdogan disse
nalista no exílio tinha sido lações petrolíferas da Arábia que a Turquia vai continuar
“um erro”. O príncipe her- Saudita, no dia 14 de Setem- a questionar “onde estão os
deiro, conhecido pelas iniciais bro, reivindicado pelos rebel- restos mortais de
MBS, frisou que “alguns pen- des Huthis, mas que Riad e Khashoggi, quem assinou a
sam que eu devia saber o que algumas potências ocidentais sentença de morte do
três milhões de pessoas que acreditam ter sido “patro- jornalista saudita e quem
trabalham para o Governo cinado pelo Irão”. enviou os 15 assassinos em
saudita fazem diariamente”. Sobre as eventuais razões dois aviões para Istambul”.
Recorde-se que no dia para o ataque, o príncipe her- O jornalista foi ao consulado
dois de Outubro do ano pas- deiro disse que “não há de seu país na Turquia
sado, o jornalista saudita nenhum objectivo estraté- porque precisava de pegar
Jamal Khashoggi, que morava gico”, tendo acrescentado documentos para se casar
nos Estados Unidos, tinha se que “apenas um tolo atacaria com Hatice Cengiz, turca.
dirigido ao consulado da Ará- 5 por cento do abastecimento Ela o acompanhou até a
bia Saudita em Istambul, na global”, numa referência à porta e ficou à esperar do
Turquia, para tratar de alguns cota mundial de produção da lado de fora. Precavido,
documentos necessários para Arábia Saudita. “O único Jamal deixou com a noiva o
o casamento com uma cidadã objectivo estratégico é provar número do celular de um
turca.O jornalista não voltou que eles são estúpidos”, acu- assessor do Presidente da
a sair do consulado, onde foi sou, pedindo uma “acção forte Turquia, Recep Erdogan, Presidente Donald Trump está pressionado pelo Congresso e enfrenta processo de destituição
morto por agentes sauditas, e firme para deter o Irão”. caso demorasse a voltar.
Não saiu mais.
O Presidente norte-ameri- A transcrição da conversa A Câmara dos Represen-
OS CONSERVADORES cano, Donald Trump defen- telefónica, divulgada na pas- tantes já está a trabalhar na
VENCEM NA ÁUSTRIA” deu ontem, na sua conta sada quarta-feira, mostra elaboração dos artigos para
REINO UNIDO O Partido Popular da pessoal da rede social Twitter Donald Trump a levantar o ‘impeachment’, que pre-
Áustria (OVP), liderado pelo q ue nunca pre ssionou alegações infundadas de que cisam de uma maioria simples
Oposição descarta ‘no-deal’ ex-chanceler Sebastian Kurz,
venceu as eleições no país
Zelensky (Presidente da
Ucrânia), que tudo não passa
Joe Biden teria tentado inter-
ferir na investigação de um
para serem encaminhados
para o Senado (dominado
com 38,4 por cento dos de uma “caça às bruxas” do procurador da Ucrânia sobre pelo Partido Republicano, de
e afasta moção de censura votos, informou no Domingo
(29) o Ministério do Interior.
Partido Democrata e que o
congressista responsável pelo
a actuação de Hunter Biden
enquanto administrador de
Donald Trump), onde terão
de ser aprovados por uma
Os partidos da oposição no se e quando os outros par- Os conservadores ficaram inquérito mentiu e deve ser uma empresa ucraniana. maioria de 2/3, para permitir
Reino Unido reuniram-se tidos estiverem de acordo. com 73 das 183 cadeiras do “preso por traição”. a remoção do Presidente.
ontem para discutir como Jo Swinson, líder dos parlamento, seguidos pelos “Adam Schiff fez, ilegal- Donald Trump recorda
evitar uma saída da União Liberais Democratas, adver- sociais-democratas, que mente, uma declaração falsa “É assim que um que o Presidente da Ucrânia
Europeia (UE) sem acordo, tiu que uma votação “pre- ficaram com 41 assentos e terrível”, escreveu Trump, chefe da máfia fala: já reconheceu que não foi
mas não prevêem, nesta cipitada” de uma moção de (21,5 por cento). O Partido dizendo que o parlamentar o que é que você fez pressionado e acusa Schiff e
altura, apresentar uma censura poderia “aumentar da Liberdade (FPO) Democrata, no seu depoi- por nós? Nós os Democratas de querem
moção de censura ao pri- o risco” de um Brexit sem conquistou 32 vagas (17,3 mento ao Congresso, distor- fizemos muito por prejudicar a campanha para
meiro-ministro. acordo e “favorecer o jogo” por cento), enquanto os ceu as suas palavras no te- si”, comentou a sua reeleição nas presiden-
Em declarações à im- de Johnson. Por isso, acres- verdes ficaram com 23 (12,4 lefonema para o Presidente Adam Schiff ciais de 2020, pedindo ao
prensa após a reunião, o centou, os partidos estão a por cento) e os liberais com ucraniano. perante o Congresso e aos média para
líder dos Trabalhistas, Jeremy considerar diferentes cená- 14 (7,4 por cento). “Não tinha nenhuma rela- Congresso, investigarem as actividades
Corbyn, disse que vai apoiar rios, incluindo a possibili- A participação popular ção com o que eu disse no para justificar da família Biden na Ucrânia.
uma moção apenas “no dade de “uma opção de chegou a 60 por cento, telefonema. Preso por trai- o processo de A maioria Democrata na
momento em que seja pos- seguro” de um governo de contra 80 por cento das ção?”, questiona Trump, ao destituição Câmara dos Representantes
sível vencê-la e tirar o ‘não- unidade nacional, com um eleições anteriores. Os mesmo tempo que se queixa iniciou na passada semana
a c o rd o ’ d a m e s a ” . O s primeiro-ministro provi- resultados não incluem os do tratamento que os média um processo de destituição
partidos da oposição, afir- sório à frente de uma coli- votos antecipados, por isso estão a fazer deste caso, atri- “Há muita conversa sobre do Presidente, acusando
mou o líder trabalhista, “têm gação da oposição. a contagem final, que será buindo-lhe responsabilida- o filho de Biden, dizendo que Donald Trump de ter pres-
como absolutamente claro” Caroline Lucas, líder dos completada na quinta-feira, des que ele diz não assumir. Biden (pai) suspendeu a acu- sionado o Presidente ucra-
que vão fazer tudo o que Verdes, frisou também que pode mudar um pouco. Nesse depoimento, Adam sação e muitas pessoas gosta- niano, Vladimir Zelensky,
puderem “no quadro par- os partidos “estão completa- Kurz, de 33 anos, poderá Schiff comparou Trump a riam de saber mais sobre isso”, para investigar as actividades
lamentar para impedir o mente unidos em relação a agora voltar ao poder após um “chefe da máfia”, depois disse Trump a Zelensky, de da família de Joe Biden - ex-
país de sair da UE a 31 de impedir um no-deal Brexit’”. ser destituído por uma de a Casa Branca ter divulgado acordo com a transcrição do vice-presidente no mandato
Outubro sem acordo”. A oposição britânica receia moção de censura votada a transcrição de um telefo- telefonema, onde de seguida de Barack Obama e actual
“Há enormes diferenças que o Primeiro-Ministro, em Maio deste ano. Os seus nema para o Presidente da lhe pede “um favor”, referindo- candidato Democrata às elei-
políticas [entre os partidos Boris Johnson, não respeite antigos aliados, os radicais Ucrânia, Vladimir Zelenski, se à investigação das actividades ções de 2020 - na Ucrânia.
da oposição], mas estamos uma nova lei que o obriga a do FPO, sigla de extrema- em Julho passado, pressio- da família Biden, recordando- As transcrições libertadas
juntos nesta questão”, disse. pedir um adiamento da data direita, foram os principais nando-o a investigar Hunter o das ajudas dos Estados Unidos na tarde desta quarta-feira
O líder da bancada parla- de saída do Reino Unido da derrotados nas eleições. O Biden, filho de Joe Biden, a nível militar. pela Casa Branca mostram que
mentar do Partido Nacio- UE, actualmente 31 de Outu- partido se viu envolvido em vice-presidente no mandato “É assim que um chefe Donald Trump pediu ao líder
nalista Escocês (SNP), Ian bro, se até 19 de Outubro não escândalos de corrupção de Barack Obama e actual da máfia fala: o que é que ucraniano, Volodymyr Zelens-
Blackford, disse que o seu conseguir que um acordo de que afectaram sua candidato à Casa Branca pelo você fez por nós? Nós fizemos kiy, para trabalhar em conjunto
partido é favorável à votação saída, ou uma saída sem popularidade e terminaram Partido Democrata, por sus- muito por si”, comentou com o advogado Rudy Giuliani
de uma moção o mais cedo acordo, seja aprovado no por desmanchar a coligação peita de irregularidades na Adam Schiff perante o Con- e com o procurador-geral, para
possível, mas que só avança parlamento britânico. no poder e levaram a um sua ligação com uma empresa gresso, para justificar o pro- investigar Joe Biden e o seu
novo pleito. ucraniana. cesso de destituição. filho Hunter.
12 Terça-feira
1 de Outubro de 2019

PUBLICIDADE

VICTORIA TRANSFER, Lda VICTORIA TRANSFER, Lda


Contribuinte: 5417475726 Balanço Contribuinte: 5417475726 Demonstração de Resultados
após regularizações de 2018 de abertura até após regularizações
BALANÇO PATRIMONIAL DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS de 2018
Valor AOA %V

(13220) (13219)

REPÚBLICA DE ANGOLA
REPÚBLICA DE ANGOLA ASSEMBLEIA NACIONAL
Gabinete do Secretário Geral
MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL
COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DO CONCURSO LIMITADO POR PRÉVIA NOTA N.º 001 /GSG/0.9/2019
QUALIFICAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE GÉNEROS ALIMENTARES,
PRODUTOS DE HIGIENE E DE LIMPEZA PARA AS FAA E CSPR MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE E TERMOS DE REFERÊNCIA PARA O RECRUTA-
MENTO DE UM CONSULTOR DE MONITORIA E AVALIAÇÃO DO FÓRUM PARLA-
MENTAR DA SADC
ESCLARECIMENTO SOBRE O CONCURSO
Na sequência do anúncio feito no Jornal de Angola nos dias 8, 9 e 10 de Setembro de
A Comissão de Avaliação do concurso Limitado Por Prévia Qualificação para 2019, para manifestação de interesse e termos de referência para o recrutamento de um
consultor de monitoria e avaliação do Fórum Parlamentar da SADC, a Secretaria Geral
aquisição de géneros alimentares, produtos de higiene e de limpeza para as da Assembleia Nacional vem, por este meio, comunicar que recebeu as candidaturas dos
Forças Armadas Angolanas e Casa de Segurança do Presidente da Repú- seguintes interessados:
blica, criada pelo Despacho n.º 0069/2019 de 23 de Agosto, de Sua Excia Mi- - Almita Domingos Muhica;
- Alexandre Albano Júlio;
nistro da Defesa Nacional vem, por este meio, comunicar a todos os
- Cornélio Sitongua Bento;
interessados e candidatos ao concurso, que vai realizar duas (2) sessões de - Ermelinda Silva Liberato;
esclarecimento, nas instalações do Serviço Nacional de Contratação Pública, - João Baptista Lucombo Nzatuzola;
sito no Edifício Metrópoles, 4.º andar, Rua Nkwamme Krumah, 217-21, Sa- - José Jorge Correia Mateus;
- Kelson da Fonseca Mendes;
grada Família-Luanda. - Leandro Pedro António;
- Luís Filipe dos Reis;
- A primeira sessão será no dia 30 de Setembro de 2019 (segunda-feira), - Miguel António da Cruz;
- Nsala Mafuila João Domingos;
pelas 10h00
- Tedito Lourenço Cabral Sebastião Pascoal;
- Vasco Sobrinho Q. de Jesus Cristóvão;
- A segunda sessão será no dia 2 de Outubro de 2019 (quarta- - Yuri Justino Gonçalves Nhanga.
feira), pelas 10h00.
Após uma avaliação dos requisitos exigidos, a Secretaria Geral da Assembleia Nacional
comunica que foi seleccionada a Sr.ª Ermelinda Silva Liberato, por ser a candidata que
Luanda, aos 25 de Setembro de 2019. melhor requisito apresenta para ocupar a vaga.

O COORDENADOR DA COMISSÃO GABINETE DO SECRETÁRIO-GERAL DA ASSEMBLEIA NACIONAL, em Luanda, 26


de Setembro de 2019.
JORGE MANUEL ADÃO O SECRETÁRIO-GERAL
"BRIGADEIRO" PEDRO AGOSTINHO DE NERI
(13.177) (501.257)
ECONOMIA Terça-feira
1 de Outubro de 2019 13
PARA LUANDA NOVA IORQUE MINISTROS REUNIRAM NO CANADÁ
DR

Apresentadas
concessões Angola estabelece ligações
mineiras
angolanas ferroviárias com a Namíbia
A quinta apresentação téc- EDIÇÕES NOVEMBRO
nica das concessões mineiras
para as quais é lançado um
concurso público interna-
cional na próxima segunda-
feira, foi realizado ontem,
Companhia diz que obteve bons níveis de satisfação dos clientes em Nova Iorque, com a par-
ticipação de 15 empresas.
A informação foi avançada

TAP começa amanhã pelo Gabinete de Comunica-


ção Institucional e Imprensa
(GCII) do Ministério dos

voos com o A330neo Recursos Minerais e Petróleos,


que apontou, entre os inves-
tidores que participaram na
apresentação, a Mayer Brown
A TAP anunciou para ama- Na nota enviada à nossa LLP, Julions Klein, Ishangol,
nhã, dia 2, o início da opera- redacção, que em Setembro DLA, Margisto Holding Group,
ção para Luanda com o avião retomou essas informações, Isem Invest, Javano, TCB Glo-
Airbus 330 neo. Em nota en- a TAP declara que tem 14 aviões bal e GCF Ventures LCC.
viada ao Jornal de Angola, a do género em operação em O embaixador nos Estados
companhia portuguesa nega rotas para os Estado Unidos Unidos, Joaquim Espírito
que tal opção tenha sido pos- (Nova Iorque, Chicago, Boston, Santo, que liderou a repre-
terior à retirada desses apa- San Francisco e Miami), bem sentação institucional ango- Uma linha férrea angolana vai interceptar os caminhos-de-ferro namibianos em Santa Clara
relhos das rotas para os Esta- como para o Brasil, destinos CEDIDA
dos Unidos, Brasil e alguns em que assegura que os apa-
destinos europeus. relhos registam elevados Xavier António Air Namíbia celebrarem uma para que a cooperação eco-
A companhia aérea, que níveis de satisfação. parceria para o fortaleci- nómica bilateral ganhe outra
estreou o modelo em todo o A expectativa da compa- Os ministros dos Transportes mento comercial de ambas dinâmica e permita ligações
Mundo, havia admitido, nhia é a de que os níveis de de Angola, Ricardo de Abreu, as companhias, indica o fronteiriças economicamente
segundo uma notícia publi- satisfação registados por e da Namíbia, John Mutorwa, comunicado, que também mais vantajosas.
cada em meados de Agosto parte dos passageiros naque- discutiram em Montreal, dá conta que ficou acordado
pelo jornal português “Pú- las rotas, “serão decerto par- Canadá, a conclusão das liga- que os governos analisem Cooperação com o Qatar
blico”, “casos pontuais de tilhados por todos os clientes ções ferroviárias e rodoviárias os acordos em Outubro, antes Por outro lado, Ricardo de
tripulantes com ligeiras in- da TAP na rota de Luanda”. em localidades fronteiriças de um encontro entre os dois Abreu encontrou-se com o
disposições”, eventualmente Nas suas ligações diárias já identificadas, o incremento ministros em Windhoek, ministro dos Transportes e
devido a “odores provenien- entre Lisboa e Luanda e vice- das frequências aéreas a par- previsto para a primeira se- Comunicações do Qatar, Jas-
tes do equipamento de ar versa, a TAP passa a oferecer, tir de cidades do Sul de An- mana de Novembro, altura sim Al-Sulaiti, que reafirmou
condicionado”, reconhe- com o novo avião, 298 assen- gola, com destaque para o em que, por sugestão das au- a intenção da Qatar Airways
cendo também que foram tos, sendo 34 em executiva Embaixador de Angola discursa Lubango, Catumbela e On- toridades namibianas, Ricar- operar um voo diário para
usadas máscaras de emer- 96 em classe economica Plus durante a apresentação técnica djiva, assim como da reto- do de Abreu deve deslocar-se Luanda, como forma de incre-
gência pelos pilotos durante e 168 em clase economica, mada dos voos da Air Namíbia ao país vizinho. mentar a cooperação com
a aterragem de um dos no- com uma larga variedade de lana no roadshow, é citado para Luanda. “O titular da pasta dos Trans- Angola e dar oportunidade
vos aviões devido à suspeita entretinimento e serviço de pelo GCII do Ministério dos De acordo com um comu- portes de Angola deve fazer- a empresários de ambos os
de odores. wi-fi gratuito. Recursos Minerais e Petróleos nicado do Ministério dos se acompanhar de técnicos países explorarem as áreas
a reafirmar a premência das Transportes, a que o Jornal dos ministérios da Construção de investimento.
licitações para a economia de Angola teve acesso ontem, e Obras Públicas, Turismo e Durante o encontro, o
MERCADO CAMBIAL angolana, a qual considerou no encontro, realizado à mar- Telecomunicações e Tecno- governante do Qatar garantiu
CONTREIRAS PIPAS | EDIÇÕES NOVEMBRO mais apta para lidar com o gem da 40ª Assembleia-Geral logias de Informação”, diz o ao seu homólogo angolano
investimento estrangeiro. da Organização Internacional comunicado. que as autoridades aeronáu-
O diplomata elogiou o alto da Aviação Civil (ICAO), o Os dois governantes abor- ticas civis do seu país estão
nível das discrições das con- ministro namibiano mani- daram, no encontro, cinco disponíveis para receber téc-
cessões mineiras feitas por festou interesse na ligação acordos assinados em 2016 nicos angolanos da Sociedade
quadros do Ministério dos ferroviária para o qual há uma e concluíram que deve ser de Gestão de Aeroportos
Recursos Minerais e Petróleos linha preparada na Namíbia, constituído um grupo técnico (SGA), Empresa Nacional de
e das companhias afectas ao a poucos metros de Santa para discutir que instrumentos Navegação Aérea (ENNA) e
pelouro, algo que considerou Clara. As partes abordaram a de cooperação devem ser do Instituto Nacional de Avia-
que vai contribuir para o possibilidade de a TAAG e a actualizados ou concretizados, ção Civil (INAVIC).
sucesso do concurso público
que é lançado em Luanda na
segunda-feira.
Banco central fornece valor indicativo das transacções mensais Nuno Rosa, que serve como
consultor numa empresa
Solicitada assistência para melhorar a aviação civil
norte-americana de cálculo
BNA tem 500 milhões de classificação de reservas
declarou que, na apresenta-
O Ministério dos Transportes
anuncia, no comunicado, uma
dos padrões de conformidade
da aviação civil nacional em ter-
e 2018, o relatório suplementar
do primeiro semestre de 2019
ção, foi partilhada informação solicitação de assistência ao mos de safety” e security. e as políticas de regulação eco-
de dólares em Outubro relevante para os investidores
e que, com base nisso, con-
Conselho da ICAO, para ajudar
a ultrapassar as inconformidades
O documento revela que
Ricardo de Abreu foi recebido
nómica do transporte aéreo
internacional. Temas como as
sidera que “o potencial existe” detectadas durante a última pelo presidente do Conselho da políticas de economia dos aero-
O Banco Nacional de Angola no seu portal institucional, e que “Angola é um país atrac- auditoria a Angola e assegurar ICAO, Benard Aliu, a quem asse- portos e serviços de navegação
(BNA) anunciou ontem a pre- o montante disponibilizado, tivo” no domínio do inves- o secondments, ou a atribuição gurou que “estão a ser afinados aérea, a monitorização dos dados
visão da venda de 500 milhões o número de participantes, timento mineiro. temporária de um especialista os últimos detalhes para iniciar da aviação e desenvolvimento
de dólares no mercado pri- as taxas de câmbio máxima O Governo põe a concurso, do organismo para trabalhar no as acções inerentes ao contrato económico do transporte aéreo,
mário de câmbios, ao longo e mínima admitidas, bem depois dessas apresentações, país com técnicos angolanos. de assistência técnica” celebrado também estiveram no centro
do mês de Outubro, ao ritmo como a taxa de câmbio média a atribuição de direitos minei- A solicitação foi feita pelo com a organização em Abril deste das discussões.
de 125 milhões por semana. resultante da sessão. ros de Cácata e Lucunga, de titular do pelouro, Ricardo de ano, em Cabo Verde. A Assembleia da ICAO, inte-
Uma nota de imprensa do Em Setembro, o valor dis- produção de fosfato, em Ca- Abreu, ao discursar, no sábado, Bernard Aliu garantiu dispo- grada por 193 membros, rea-
BNA indica que a previsão é ponibilizado em divisas à binda e Zaire, Cassala-Kitun- na 40ª Assembleia-Geral da ICAO nibilidade para que, enquanto liza-se a cada três anos e passa
de carácter indicativo, estando banca comercial foi de 750 go, de produção de ferro no em Montreal, destacando que estiver à frente da instituição, em revista o trabalho desenvol-
sujeita a ajustes decorrentes milhões de dólares, mais Cuanza-Norte, bem como as “Angola quer que a ICAO preste Angola melhore o nível de desem- vido nas esferas técnica, admi-
da dinâmica do quadro actual 350 milhões de dólares que de Camafuka Camazambo e assistência na superação de penho e passe a exercer um papel nistrativa, económica, legal e de
da economia nacional e das a oferta anunciada ontem Tchitengo, de diamantes, na todas as suas inconformidades de liderança no continente, face cooperação, examina e toma
condições de mercado. pelo BNA, de acordo com Lunda-Norte. na área da aviação civil”, indica do potencial no domínio da avia- as acções apropriadas em relação
O documento anuncia dados disponíveis que indi- O roadshow de Nova Iorque o documento. Ricardo de Abreu ção civil. aos assuntos submetidos pelo
que, para as sessões de venda cam que, nos primeiros seis foi realizado depois dos quatro propôs também que a ICAO A 40ª Assembleia-Geral da Conselho, bem como têm o poder
de divisas por leilão de pre- meses de 2019, o banco cen- realizados em Luanda, o receba com regularidade espe- ICAO abordou os objectivos de aprovar emendas à Convenção
ços, das quais resulta o apu- tral colocou acima de 4 550 Dubai, nos Emirados Árabes cialistas angolanos em desta- estratégicos da organização e de Chicago que são posterior-
ramento da taxa de câmbio, milhões de dólares no mer- Unidos, e Pequim, na China, camento, para obterem formação analisou os relatórios anuais do mente submetidas à ratificação
o Banco Nacional divulgará, cado primário. e Londres, Reino Unido. e experiência para a elevação Conselho referentes a 2016, 2017 dos Estados-membros.
14 Terça-feira
1 de Outubro de 2019

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 937 550 262 /949 770 006
de Segunda a Sexta-feira, das 8h às 18h, e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
aos Sábados e Domingos, das 8h às 14h IMOBILIÁRIO VIATURAS DIVERSOS
CASA C/ 2 quartos, sala, cozi- PRADO TXL 9.800.000Kz., Re- MÁQUINAS, Perfis e vidros P/ LAVAGEM ao domicílio de Ca-
nha, wc, quintal, luz, no Mar- nault Sandero 1.800.000Kz, caixilharia de alumínio. Telef.: deiras, sofás, colchões, tapetes,
çal, a bom preço. Telefone: Toyota Fortuner, Elantra, Su- 923540116, 923698283 interior de viatura. Telefones:
922510656, 936729220. zuki Swift. Tlf.: 938227612 (13.215) 945065256, 912113683.
IMOBILIÁRIO (13.273) (13.049) (13.299a)
MÁQUINAS de gelo escama, li-
ESTABELECIMENTO Comer- TOYOTA Camry, 2008, motor CAMPAS granito e mármore, quidificador, 20/40 L, CX. de 10 CURSOS Práticos CCTV, Pri-
cial, mobilado, ginásio, snack- V.V.T.I, C/ 78.000 Km. Telefs:
bar, farmácia e escritório no 923677346, 2226215428.
montagem, gravação, cabe-
ceiras, fotos. Casa dos Grani-
mil palitos/picolé, amassadeira
130L, divisória 36 furos, novos.
mavera, Contabilidade, R. Hu-
manos, G. Comercial, Macu- COMPRA-SE
Zango 2. Telefone: 923281895, (13.129a) tos. Telefones: 921662309, Tlfs. 936196882, 917747359. lusso. Telefones: 924093660,
VENDE-SE 915341974 (13.271) 990591646. (12.517) (13.160d) GERADORES Perkins, 13 a 914922284. (12.629) TODO O TIPO DE OURO. Pa-
1000 KVA, peças óleo Shell e gamos na hora. Telefones:
VIVENDA T4, no Alvalade, em CASAS T3, inacabadas no COLCHÕES Kamaflex-Cama, viaturas. Telefs: 923320418, INSTALAÇÃO de GPS+alarme. 936747202, 936747203.
bom estado. Obs: Dispensa- Zango1, 1.680.000, T3 suite estrados, bases, berços, al- 943499777. (13.276) Telefone: 935666767 (13.077)
por 2.500.000, pagamento à mofadas, lençóis, tapetes, R. WWW.KIMIRIA.COM (12.815)
se intermediários. Telefone:
prestação. Telef: 993945738, VESTIDOS de noiva c/ acessó- RESERVATÓRIOS P'ra lubrifi-
938865788. (12.696) Maianga. Telef: 938910826.
936168547 (13.269) rios 2019, alta costura pela me- AULAS DE INGLÊSao domicílio. cantes: vertical ou horizontal,
(12.701)
CASA Zango I, 2 salas, 4 quar- dida, fatos, convites, brindes. Tradução Português/Inglês. com capacidades de 1000 a
VIVENDA T4, rés-do-chão 1º MITSUBISHI Pajero, Diesel, GERADOR Pramac Deutz MÁQUINA de Gelado, churras-
tos, 3 WC, quintal, P/ 8 viaturas Telefs: 923304541, 917300410. Telefs: 923326857. (13.112) 3000L. Telefone: 939111111
andar, projecto Nova Vida. curto, bom estado, Akz queira a carvão, forno, exaus-
por Akz. 18.000.000,00. Telfs.: 30kvas, óptimo estado, 3960 Sr Liuba. (13.228) (13.103)
Telef: 924052746 (13.293) 1.800.000. Tel: 921591033 tor, tostadeira, pipocas, algo-
929635221, 923537583(12.869) horas. Telef: 942367272. FORNECEMOSrefeições a pre-
(13.240) (13.241) dão. Telefones: 937493599, TERRENO no Zango 1, ços acessíveis P/escolas, cre-
ARMAZÉM 2.000m, 10 naves, 222773455. (13.262)
APARTAMENTOS T3, T4 e T5,
no Kilamba e Condomínio
2 lojas, 4 escritórios e 1 restau-
rante, na Via Expressa. Tele-
KIA RIO, 51 mil km, 2014, GERADOR Perkins 22kva,
15x15m2, a 850.000Kz,
15X20m2, a 950.000Kz, nego-
ches, empresa de segurança,
etc. Telef: 925801204.(13.107) ALUGA-SE
Vila Pacífica, Zango 0. Tele- preto, GPS, Farol Extra, como c/poucas horas, impecável ciáveis. Telefones: 993945738,
fone: 924052746 (13.293a)
fone: 923646572 (12.945) Novo, a 3.900.000.00 kzs, ne- 2.200.000kzs. Telef: 936168547. (13.269a) CONTABILIADADE E FISCA-
gociáveis. Telef: 924898564. 927823491. (13.170) LIDADE Empresa inscrita na
VIVENDA T3, no Mussulo, C/
suite, quintal vasto, gerador, (13.202) TERRENOSna Estrada, 85x200, OCPCA. Telefones: 923935962,
água, Akz. 25.000.000.00 Tele- UNIFORMES , Pólos, Tshirts, Caop, 3.5 ha, Viana, km 35, c/d. 939275720. (13.086)
fone: 924083478 (12.861) HYUNDAI Galloper, familiar, Batas com/ logotipos, a preço Superfície. Telef:994470058.
bom estado, a 1.650.000 Akz, de fábrica. Telef: 927823491 KIT de Talho, S. ossos, serpen- (13.289)
VIVENDA T4 R/C, 1º Andar, a negociável. Telef: 940645250 (13.170a) tina, fogão, gelado, balde, ba-
100m da estrada, Via ex- lança, F. hambúrguer. Telfs: TERRENO 40X75 C/Casa T3,
CASAS evolutivas no Benfica, (13.270) MESA, Cadeira para festas e
pressa, a 38.000.000.00 Telef: TERRENOS bem localizados, 937493599, 222773455. Rua 11, Praia Futungo.
Vila Mbeji, valor: 11.800.000,00. (13.262a) vendemos mobiliário de es-
923986321. (13.289b) 20x30, Z. Verde 3, Benfica, 120.000.000 , P. à prestação.
Tlfs: 944087699, 993698109 critório. Telef.: 923452188,
Ruas 45, 50 e 58, 750.000. Te- Telef: 923532124. (13.289a)
(13.046) 937493599. (13.262d)
ARRENDA-SE lefs: 929413334, 930580930
(13.227) TERRENOS 20x30, já mura-
CURSO Regime do IVA, Tala-
tona Edifício Cuanza Sul, por
EDIFÍCIO 1.º andar, por detrás
dos, Kifica, 11 de Novembro 59.000,00Kzs. Telefones:
do IFBA. Telef: 924335269.
(13.081)
MORADIA do tipo T3, no Pa-
triota. Telefones: 912881293,
TERRENO 3,5 hectares, na Via
Expressa, Viana, junto à Kip-
e Patriota, água e luz. Telefs: 924139616, 926389435. PRECISA-SE
Telefs: 929413334, 930580930 (13.268)
925041273. (13.110) por, vedado, Akz 400.000.000.
CASA no Capalanga, T3, MÁQUINA CAT 226B. Telefone: (13.356)
Telefones: 934391910, PADARIA, B. Maria, salgadi- CONTENTOR FRIGORÍFICO
marquise, 2 cozinhas e ter- CASA T5, na Samba, sem 923422872 (13.247) + FRIO SOLUÇÃO Auto- Pres-
992829826. (13.193) nhos, cubas, fiambreira, gelo, de 40 Pés. Telefs.: 915451005,
reno 15X10, no Kikuxi. Telefs mobília, a bom preço. Tele- tação de Serviços e peças. Telfs:
cubo, escama. Tlfs: 222773455, 937035135. (13.150)
924394818, 912879037.
(13.079)
fone: 943710720. (13.141) BMW, mod 540i.901994, mat
LDG, a 1.250.000,00. Telefone:
937493599. (13.262b) NEGÓCIOS 923677346, 2226215428.
(13.129)
COSTUREIRO de primeira e
GUEST-House, C/ 14 suites, 921572850. (13.308)
um Casaqueiro. Tlf: 943710720.
Alvalade. Telf: 916295210. A APM Comércio, Lda., vende MUDANÇAde Residência e es-
MÁQUINA Retroescavadora (13.141)
(13.249) e compra todo o tipo de carros critórios, embalagem, desmon-
Cartepiller 428E, usada, bom de 2.ª mão, em perfeitas con- tagem de mobília e transporte.
ESTALEIRO C/ Armazém, es- estado, preço discutível. Te- dições. Telefone: 938227612 Telef: 945649534. (13.157)
critório, Residência, Zona In-
dustrial de Viana. Telef:
lefone: 924089060. (13.298) PADARIA Kit, forno, 3 gavetas,
gás, estufa, amassadeira 50L,
(12.854)
SPA UNHAS ESTÉTICA, loja,
OFERECE-SE
batedeira 20L, carrinho/pão, CARRINHO de picolé, M. de
VIVENDA T7, luxuosa, na Ur- 917970133. (13.173) CHEVROLET CRUIZE, Akz ELABORAMOS Projectos de condomínio, 50.000.00AO,
balança, tabuleiro. Telefones: sumos, chapa de hambúrguer, JOVEM Licenciada, Marketer,
banização Nova Vida. Telefo- 1.800.000, Fiat Panda arquitectura e prestamos ser- Luanda Sul. 11.800.000.00AO.
936196882. batedeira, mesa Inox. Telefo- Comunicóloca, Frelancer Ges-
ne: 916641319 (13.060) VIVENDA T2+2, mobilada, no 1.800.000, Mitsubish L200, viços de construção civil. Telefs: Telef: 934727488 (13.288)
(13.160a) nes: 937493599/ 222773455 tora de Medias Sociais,
Valódia. Telef: 993974273. preço 2.200.000 kz.Telef: 941481420, 997745610(12839)
(13.262c)
(13.175) 924070409. (13.289c) DESINFESTAÇÃO para com- 913540214. (13.055)
BOTIJAS de gás vazias, saígas PROMOÇÃO de venda e mon- bater ratos, baratas, pulgas e
APARTAMENTO C/ 3 quartos, e gastem 9.000 kz e 6.000 kz tagem de câmera de vídeo-vi- outros insectos. Telefones: JOVEM com experiência, quer
mobilado K.5000, a Akz
120.000.000. Sem interme- ALUGA-SE /unidade. Telefs: 912503323,
925407175 (13.221)
gilância. Telefs: 937682823,
916893574. (12.983)
945065256, 912113683.
(13.299)
trabalhar c/ Babá e doméstica.
Telef: 945712291. (13291)
diário. Telefone: 928885501.
DOIS COMPLEXOS turísticos (13.222) CARRINHA 4,500 toneladas, PUBLICIDADE
frigorífica C/ motorista, em MOINHO de fuba de bombó
novos, no Mussulo e Talatona, e milho, diesel, C/ ignição e
30 suites. Telefone: 926662211 ESPAÇO para panificadora, rua bom estado. Telef: 931716539.
do supermercado Maxi, Zango (13.306) manivela, 25 sacos/hora, no-
(13.060a) vo. Telefones: 936196882,
I. Telef. 922421029. (13.280)
922799624 (13.160a)
APARTAMENTO T3, Centrali-
dade Zango 8000 (5), 1º
Andar, ruas bem Asfaltadas.
Telef: 923933241. (13.313)

VIVENDA T4, T5, T6, na


Maianga, Corimba, Nova Vila
TROCA DIVERSOS SERPENTINA gelado em bal-
e Patriota. Telef: 941360240 de, serra-ossos, churrasqueira
(13.060a) CASA inacabada no Zango 1
ou terreno 20/20, por uma a gás, banho-maria para buf-
viatura. Telefone: 912971979, fet, mesa Inox. Telefone:
PROPRIEDADE no Mussulo c/
932023581. (13.269b) 922799624. (13.160b)
4 casas, piscina de 17.000 m2
junto ao Risorte Dailys. Telefs.: VENDE-SE
923401470, 923404854. (13.132) (13290)

APARTAMENTO T1, 4.º


andar, no Prédio em frente à
Pediatria. Telef: 923977645. PROCURA DE PARADEIRO
(13.194 a)

CASA T3+1, no Condomínio


VIATURAS MÁQUINA de gelado, picolé,
Desapareceu da casa de seus familiares a menor
algodão-doce, fritadeira, cha-
Esplendor das Acácias, Akz
63.000.000 negociáveis. Telf:
VIVEIRO de Xadrez, tem todo pa de hambúrguer, fiambreira de 13 anos de idade, de nome ANA NUNES. Pede-
924324708/924671756 VENDE-SE o tipo de material de Xadrez.
Telfs.: 948079478, 911841393.
e tostadeira. Telefones:
936196882, 917747359. se a quem a encontrou ou venha encontrá-la, o favor
(13.084) (13.160c)
(11.867) de levá-la para a Unidade Policial mais próxima ou
VIATURAS a bom preço: Elan-
CASA C/ 2 quartos, sala, cozi- tra 2.900.000Kz., Sandero GERADORES novos, de
nha, WC, no Ramiro, a Akz 1.750.000.000Kz., Fortuner GERADOR Cummins, 33Kva 100KVA, perkins, diesel, a ligar para os seguintes números telf.: 923517610,
1.200.000. A prestações. Telf: 4.500.000Kz. Tlfs: 927178200, C/ 700 horas, 3.500.000Kz. Te- 7.000.000.00 Akz. Telefone:
949751828. (13.080) 993632648. (13.044) lefone: 925049178 (12.989) 923977645 (13.194) 912611324, 923506939, 998506939. (13.253)
Terça-feira
1 de Outubro de 2019 15
PUBLICIDADE

Radical Investiments (pty) Ltd. t/a

Flui melhor Connosco Um ISO 9001:2015 empresa certificada


Um Inovativo e confiável parceiro em reticulação de águas de esgoto e soluções de armazenamento
CONCURSO ABERTO AOS INTERESSADOS

A Embaixada Britânica, em Luanda, anuncia que tem vagas


para as seguintes posições:

1 – Chefe adjunto/a do Departamento de Diplomacia Econó-


mica e Política

Informação: Posição Permanente; Full-time


Data Limite: 07/10/2019
Candidaturas:https://fco.tal.net/vx/mobile-0/appcentre-
4Tanques Flo-tek com impactos e resistência.
ext/brand-2/candidate/so/pm/4/pl/1/opp/10425-Economic-Diplo- 4Resistentes ao ambiente mais agressivo como corrosão e ferrugem.
4Produzidos em 100% Polietileno virgem e U.V protegido.
macy-and-Political-Officer-B3-08-19-LUA/en-GB 4 Capacidades disponíveis 200, 500, 1.000, 2.000, 3.000, 5.000, 8.000, 10.000, 15.000, 20.000 litros para água e
gasóleo com cores verde, Branco e Azul
LUANDA LOBITO
NOTA: Apenas serão aceites candidaturas em Inglês feitas nos FLO-TEK Tubos e Irrigações FLO-TEK Tubos e Irrigações
Estrada de Catete, Km 22,PIV Viana ANGOLA Zona Industrial do PDIC, Phasse-I

(501246)
links supra mencionados. Luanda, Angola Estrada Lobito-Catumbela
Lobito, Angola
Para mais informação sobre os pré-requisitos, acesse os websites. Cell: +244 946 387 960/61 Cell: +244 946 387 963/64
(13196) E-mail: vendas@flotekafrica.com Website:www.flotekafrica.com E-mail: vendaslobito@flotekafrica.com

(FED/2017/389-710)

REPÚBLICA DE ANGOLA
TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
SUBVENÇÕES FRESAN 2.ª SECÇÃO DA SALA DO CÍVEL E ADMINISTRATIVO

ANÚNCIO
O Camões, I.P. convida as organizações da sociedade civil a candidatarem-se, no período
Processo n.º 2823/2018-G
que decorre entre às 9h00 do dia 15 de Agosto de 2019 e às 24h00 do dia 14 de Outu-
bro de 2019, hora de Lisboa, ao co-financiamento dos seus projectos, através de contra- Yolanda Batalha, Juíza de Direito do Tribunal Provincial de Luanda, 2.ª Secção
tos de subvenção, para a execução de acções no âmbito do FRESAN - Fortalecimento da Acção Declarativa de Condenação Sob a Forma de Processo Ordinário,
Autora: Banco BIC
Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola (Huíla, Namibe ou Cunene), Réu: Sebastião Francisco Cardoso 1ª PUBLICAÇÃO
nas seguintes áreas:
Nos autos acima identificados, correm éditos de 20 dias, contados da data da segunda e última publicação do
anúncio, citando o Réu ausente Sebastião Francisco Cardoso, com o último domicílio conhecido em Luanda,
1. Projectos com foco no acesso à água Distrito Urbano do Rangel, Bairro Nelito Soares, Rua Lino Amezaca, Bloco A, 6.º andar, actualmente em parte
2. Projectos de promoção de segurança alimentar e nutricional incerta, para no prazo de 20 dias finda dilação de 30 dias a contar da 2.ª e última publicação do anúncio, contestar,
3. Pequenas iniciativas de transformação e comercialização querendo, a acção supra identificada, que lhe move o Banco BIC,S.A, com sede sito no Gaveto da Avenida A2,
com a via F16, emTalatona, Luanda, com a cominação de que a falta de contestação da ré importa a condenação
nos pedidos articulados pela autora e que em substância o pedido consiste em: a) Ser reconhecido o direito
O montante total disponível para co-financiamento é 12.337.500,00 Euros. subjectivo do A., exigir do R. o pagamento. b) Ser o R., condenado a pagar ao A. a quantia total de Akz 1.231.260,90
Para mais informações, consultar: www.instituto-camoes.pt ou os seguintes e-mail (de (Um milhão duzentos e trinta e um mil duzentos e sessenta Kwanzas e noventa cêntimos) c) Ser o R. condenado
a pagar o A, os juros moratórios sobre o capital em dívida, calculados à taxa de 9,496% ao ano, desde a citação
acordo com o convite a que se candidata): convite1fresan@camoes.mne.pt; convite2fre-
do réu da presente acção para, querendo, contestar. d) ser ainda condenado a pagar as despesas judiciais
san@camoes.mne.pt; convite3fresan@camoes.mne.pt e extrajudiciais, custas de procuradoria condigna e que provier com a presente acção para cobrança da presente
O Projecto FRESAN é uma Acção financiada pela União Europeia e gerida pelo Camões, dívida.Tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial, cujos duplicados se acham patentes no Cartório
IP. do Tribunal Provincial de Luanda, 2.ª Secção da Sala do Cível e Administrativo, sito à Rua Amílcar Cabral, n.º 29,
2.º andar, à disposição do citando.
Para constar, lavrou-se o presente edital e mais dois de igual teor para serem afixados.

Luanda, aos 26 de Agosto de 2019.


A JUÍZA DE DIREITO
Acção financiada pela UE (11.581) YOLANDA BATALHA FERREIRA
Acção gerida pelo Camões, IP (13213)

Local Training Center - LTC Sou Auditor Sénior e Analista Finan-


CURSOS NEBOSH & IOSH ceiro, com mais de 12 anos de expe-
Certificações Internacionais em HSE
(Segurança e Saúde Ocupacional) riência em Contabilidade e Finanças,
NEBOSH IGC, 100% em Português, em Luanda
De 14 a 25/10/2019 Fiscalidade, Auditoria, Fecho de Con-
IOSH Managing Safely, em Inglês, em Luanda
Inscrições abertas
tas, Relato Financeiro e parecer de au-
GRANITOS, MÁRMORE E OUTROS
ditor independente.
BANCADAS DE COZINHA - SOLEIRAS
Contactos: + (244) 935 064 050
ESCADARIAS - REVESTIMENTO DE PAREDES
(12445)

Rua da Missão, n.º 123, (Prédio da TAAG) 3.º Andar à esquerda. Email: manuel.consultordeempresa@homail.com
Contactos: 937063187 / 997943636 / 928710193
Email: info@ltcangola.com Site: www.ltc-angola.com (13172)
LADRILHOS - PEDRA NATURAL
COMPAC - CALÇADAS
AULAS AO DOMICÍLIO
CAMPAS - JAZIGOS - LÁPIDES - GRAVAÇÕES
Aprenda Matemática, Física, Química, Português
CURSOS SUPERIORES (Reconhecimento Internacional)
e Inglês em sua casa ou no seu escritório. CHURRASQUEIRAS – FORNOS Ter uma formação reconhecida internacionalmente, abre-te muitas portas
para empregos ou parcerias de negócio em grandes empresas em Angola
Trabalhamos com Crianças, Adultos, nacionais e ou em qualquer parte do mundo. Temos: Comércio; Gestão Hospitalar;
estrangeiros, desde o Ensino Primário ao Universi- Economia; Hospitalidade; Gestão de Transporte; Logística; Inglês; Co-
municação; Marketing; Gestão de Empresas; Finanças; Negócio Inter-
tário. ENDEREÇO: Estrada de Viana, Km 25 nacional; Contabilidade; R/H; Gestão de Projectos, Liderança e
Estratégias; Gestão Escolar; Informática; Administração Pública; Ges-
tão de Construção; Formação e Desenvolvimento; Gestão e Adminis-
Também temos Português para estrangeiros, é só Tel. (+244) 946 600 163 / 938 422 420 tração. Investe o teu tempo e dinheiro numa formação de qualidade, e evita
ligar que o Professor irá ao seu encontro. Telefones: ser apenas mais um licenciado entre os milhares à procura de emprego.
Email: ladystonegeral@gmail.com Temos também cursos de curta duração, por presença ou à distância.
942 004 096/ 912 247 519/ 222 717 262 www.cambridgecollege.co.uk
923336121/994508276 (13217) (13179)
(12.394)
16 Terça-feira
1 de Outubro de 2019

PUBLICIDADE

(501.253)
Terça-feira
1 de Outubro de 2019 17
PUBLICIDADE

(501.253a)
18 NECROLOGIA Terça-feira
1 de Outubro de 2019

RECORDAÇÃO FALECEU FALECEU CONDOLÊNCIAS

ANTÓNIO VENÂNCIO

Foi com profunda dor e consternação, que a Direcção Geral da


Sogester, S.A. tomou conhecimento do passamento físico do Sr.
Eng.º, ANTÓNIO VENÂNCIO, que exercia as funções de presidente
do Conselho de Administração Interino do Porto do Soyo, ocorrido
no dia 23 de Setembro de 2019, em Luanda, por doença. Nesta hora
de dor e luto, a Direcção Geral da Sogester, S.A. e o colectivo de
LUÍSA EDUARDA MÁRIO DOMINGOS ROSA MARTINS CORREIA trabalhadores inclinam-se perante a memória deste ilustre dirigente,
(Marito da Taag) e expressam profundos sentimentos de pesar pelo infausto acon-
tecimento, endereçando as mais sentidas condolências à família
Com a vida aprendi que não existem Albertina Miguel (esposa), filhos, Zé Ana Karina Correia, Narciso Correia, Milton enlutada, aos membros do Conselho de Administração do Porto do
despedidas fáceis, mas de todas, a que Fininho, Chico Lemba (irmãos) e demais Correia, Hélio Correia (filhos), Aurora Sal- Soyo e aos seus trabalhadores. (13.297)
dói mais é aquela que sabemos que não familiares comunicam o falecimento do vador, António Calunga, Francisco Gonçalves
voltaremos a encontrar a pessoa a quem seu ente querido MÁRIO DOMINGOS (irmãos), Ruth Correia, Ana Assunção RECORDAÇÃO
dizemos adeus. Recordam-te: Yrmãn, (Marito da Taag ), ocorrido no dia (noras), Petra Antunes, Olga Custódio (afi-
Yola e Marla (filhas). Informam que será 28/9/2019. O velório decorre na Sede lhadas), netos e demias familiares comu-
rezada Missa do 30º Dia, em sua memória, do Bangú Futebol Clube ( Bairro Operário), nicam o falecimento de ROSA MARTINS
LEONEL AMARO NETO
na quinta-feira, dia 3/10/2019, às 18h30, e o funeral realizar-se-á em data a anun- CORREIA, ocorrido dia 28/9/2019, por
(Larita)
na Igreja do Carmo. (13.244) ciar oportunamente. (13.272) doença. O funeral realizar-se-á em data Hoje, 1 de Outubro, estarias a completar mais uma risonha
a anunciar oportunamente. (13.315) primavera, 38 anos de idade. Parece que estamos a ver-te a teu
jeito a preparares uma saída, dar um pé de dança, vestir a camisa
e calças adequadas ao dia, sempre com aquele vinco que só tu
FALECEU FALECEU FALECEU sabias fazê-lo. As saudades aumentam a cada dia, nosso cassula.
Para nós não morreste, apenas partiste mais cedo. Estarás sempre
presente nos nossos corações “Man Lara”, “Zé Quintino”. Que
Deus te guarde no céu, como nós continuaremos a cuidar-te
aqui na terra. Recordam-te mãe, irmãos, sobrinhos, tios, primos,
amigos e demais familiares. Paz à tua alma. (13.294)

RECORDAÇÃO

MARIA NAZARETH PAULO RUI CRISTÓVÃO MANUEL ANTÓNIO JOSÉ PALHARES AMBRÓSIO LUKOKI
FRANCISCO LOPES
Margarida Campos (esposa), Esperança LUKOKI! Hoje, dia 1/10/2019, completa um ano desde que paraste
Nelson Barbosa, Palmira Barbosa, Emanuel A Direcção da Empresa Sanel cumpre o
Manuel Lopes (mãe), Toy Lopes, Sófia de nos olhar, ouvir e responder na tua maneira única. Perante
Pinheiro (filhos), Paulo Francisco, António doloroso dever comunicar o falecimento
Lopes, Jorge Lopes, Teresa Lopes, João a dor que sinto é como se o tempo tivesse parado. Peço desculpas
Paulo, Isabel Paulo, Nelson Paulo (irmãos), de seu colaborador, ANTÓNIO JOSÉ
Lopes, Edú Lopes, Madó Lopes, Lopes se até hoje não consigo pensar em ti sem lágrimas nos olhos.
sobrinhos, netos e bisnetos comunicam PALHARES, ocorrido dia 30/9/2019, e
(irmãos), Mauro, Bebucho, Briath, Geovani, Este vazio é tão grande e sinto-me perante este tão insignificante,
o falecimento de MARIA NAZARETH PAULO Xandinho, Lopinho (filhos) Luizinho, endereça à família enlutada os sentimentos
diante de tantos desafios. Meu Professor A. Lukoki, garanto que
FRANCISCO, ocorrido no passado dia Josemar, Sany, Vanessa, Leny, Lala, Paula, de pesar. O funeral realizar-se-á em
respeitarei o teu legado de homem digno e honesto e as últimas
29/9/2019, no Hospital do Zango. Paulo e Dudu (sobrinhos) comunicam que data a anunciar oportunamente.
recomendações que deste: trabalhar, trabalhar, trabalhar.
O óbito decorre no Zango I, próximo ao o funeral de RUI CRISTÓVÃO MANUEL (13.341)
A verdade absoluta é que partiste para sempre. Paz eterna, Fátima
Nosso Super. O funeral realizar-se-á em LOPES, se realiza hoje, terça-feira, às Lukoki (Fatita). (13.319)
data a anunciar oportunamente. (13.338) 11h00, no cemitério do Benfica. (13.330)
PUBLICIDADE

RECORDAÇÃO FALECEU RECORDAÇÃO

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E HABITAÇÃO
INSTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL DE ANGOLA
DEPARTAMENTO PROVINCIAL DO UÍGE
AMBRÓSIO LUKOKI CLAUDINO FERREIRA DA LUCRÉCIA DA SILVA LAMEIRA
SILVA GOMES (Mano Calá) EDITAL N.º 70/019
Querido "Nzakimuena". Faz hoje um Dininho, Gracinha, Cucuta, Mana e Mani- Tia Luc, era assim carinhosamente cha- PROCESSO DE CONCESSÃO N.º 206-UE-015
ano desde que partiste. Porém, permanece nho (filhos), Tó, Moreno, Amâncio, Caro- mada pelos familiares e amigos até partir
uma saudade imensa. Recordam-te calo- cha,Claudina,Isabel, Teresinha e Dadão para junto do Senhor. Ficaram saudades
Tendo, a Senhora Glória Chiconde Cambongue, requerido a Con-
rosamente a tua esposa, filhos, netos, (irmãos) cumprem o doloroso dever de e recordações gravadas nos nossos cora-
familiares e amigos, pelos teus sábios comunicar o falecimento de CLAUDINO ções. Recordam-te com carinho, netos, cessão por Direito de Superfície de uma parcela de Terreno Rural, com
ensinamentos. (13.310) FERREIRA DA SILVA GOMES (Mano Calá), filha, genro e demais familiares. Que a uma área de 270 (Duzentos e setenta hectares) para fins Agropecuá-
ocorrido dia 27/9/2019, por doença. tua alma descanse em paz. (13.329)
O funeral realiza-se hoje, dia 1/10/2019, ria, sito na área da Aldeia Dambi-Ngola, nas Imediações da Lagoa do
partindo da sua residência para cemitério feitiço, Município de Quitexe, Província de Uíge, feita a Demarcação
do Alto das Cruzes, às 11h00. (13.344)
Provisória, a mesma ficou com as seguintes confrontações: Norte:
Com a Senhora Giscilaine Marisa Ventura de Sousa, Sul: Com o Rio
FALECEU FALECEU RECORDAÇÃO
Vamba, Este: Com Terrenos de Terceiros não Cadastrados e a Oeste:
Com o Rio Vamba.

São, por este meio, convocadas todas as pessoas que se julgarem


com direitos sobre o mesmo terreno, a virem comprová-lo neste De-
partamento Provincial do Instituto Geográfico e Cadastral de An-
gola, no prazo de Trinta (30) dias a contar da data da publicação
ANTÓNIA DOMINGOS MARTINS FRANCISCO MANUEL ODETH MARÍLIA LINO deste Edital.
FERREIRA DE ABREU(Céu) CAMPOS ALVES DENY
Josina da Cruz, Leonilde Abreu, Eufrásio Conceição Mitange Campos (esposa), Manuel, Nossa Senhora das Dores, coloco sobre DEPARTAMENTO PROVINCIAL DO INSTITUTO GEOGRÁFICO E
Abreu, Edivaldo Abreu, Vandro Filipe, Yolanda Madalena, Hélder, Filomena, Zulmira, Amicle, o teu regaço todas minhas dores e peço
Abreu Filipe, Divaldo Filipe e Judith Filipe Eliseu, Jani, Conceição, Cesaltina (filhos), pela intercessão do seu filho e faça com CADASTRAL DE ANGOLA NO UÍGE, AOS 04 DE SETEMBRO DE
(filhos), Márcio, António e Felisberto (genros) netos, sobrinhos, genros e demais familiares que a minha princesa receba da Pátria 2019.-
Teresa Pascoal, Alzira Abreu, Alzira Filipe, comunicam o falecimento do seu ente querido celeste, a Luz do Espírito Santo e brilhe
(noras) comunicam o falecimento de ANTÓNIA FRANCISCO MANUEL CAMPOS. O funeral sempre na tua presença maternal, assim
DOMINGOS MARTINS FERREIRA DE realiza-se hoje, terça-feira, 1/9/2019, partindo como o eterno nos uniu. Paz a tua alma. O CHEFE DO DEPARTAMENTO PROVINCIAL
ABREU(Céu) por doença. O funeral realiza- o préstito fúnebre do Velório Provincial de (13.257R) JUSTINO LOURENÇO KUIASSANA
se quarta-feira, dia 02/10/2019, às 10h00, no Luanda (Sant'Ana), às 11h00, para Cemitério =Geógrafo=
cemitério de Sant´Ana. (13.349) de Sant'Ana. (13.350) (501.270)

SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 9H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 8H ÀS 14H
Terça-feira
1 de Outubro de 2019 19
PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DAS FINANÇAS
MINISTÉRIO DAS TELECOMUNICAÇÕES E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO
MINISTÉRIO DA ECONOMIA E PLANEAMENTO

ANÚNCIO DE ABERTURA DO PROCEDIMENTO CONCURSAL INTERNACIONAL


Concurso Limitado por Prévia Qualificação n.º 4º TGU/2019
Torna-se público, nos termos do disposto na alínea g) do artigo 5.º, dos artigos 53.º, 69.º, 119.º, e do Anexo VIII, da Lei n.º 9/16, de 16 de Junho – Lei dos Contratos
Públicos, conjugados com o Artigo 6.º da Lei n.º 10/18, de 26 de Junho – Lei do Investimento Privado, de que está aberto o Concurso Limitado por Prévia Qualificação
para celebração do Contrato de Concessão de Serviço Público de Comunicações Electrónicas para atribuição de um Título Global Unificado para o 4º Operador
Global no Sector das Telecomunicações.

1.Dados da Entidade Pública Contratante (EPC)


1.1. Designação (UO/OD): Instituto Angolano das Comunicações – INACOM
1.2. Endereço: Avenida Dr. António Agostinho Neto, n.º 25, Praia do Bispo, Cx. Postal 1459
1.3. Localidade: Luanda 1.4. Província Luanda
1.5. Telefone / Fax: +244 222 210 666
1.6. Correio electrónico /
Endereço internet (URL): concurso.tgu@inacom.gov.ao/ www.inacom.gov.ao

1.7. Tipo de entidade contratante e suas principais actividades: Órgão Regulador das Comunicações que tem por objectivo assessorar o Executivo, regular, supervi-
sionar e fiscalizar o Sector das Comunicações, incluindo as comunicações electrónicas e os serviços postais
1.8. A EPC está a contratar por conta de outras entidades? Sim Não

2.Informações relativas ao contrato


2.1. Designação dada ao contrato pela EPC: Contrato de Concessão de Serviço Público de Comunicações Electrónicas
2.2. O concurso implica a celebração de um contrato público: Sim Não
2.3. O concurso está aberto à participação de entidades estrangeiras: Sim Não
2.4. Breve descrição das prestações objecto do contrato: Atribuição de um Título Global Unificado (TGU) permitindo ao respectivo titular, a prestação de qual
quer serviço de comunicações electrónicas, independentemente da tecnologia utilizada, nos termos
do n.º 1 do artigo 13.º do Decreto Presidencial n.º 108/16, de 25 de Maio – Regulamento Geral das
Comunicações Electrónicas (RGCE)
2.5. Valor estimado do contrato: Veja-se informação nas peças do concurso
2.6. Prazo de execução do contrato: Veja-se informação nas peças do concurso

3.Informações relativas aos candidatos


3.1. Requisitos mínimos de capacidade técnica: Veja-se informação nas peças do concurso
3.2. Requisitos mínimos de capacidade financeira: Veja-se informação nas peças do concurso
3.3. Documentos destinados à comprovação da capacidade técnica do candidato: Veja-se informação nas peças do concurso
3.4. Documentos destinados à comprovação da capacidade financeira do candidato: Veja-se informação nas peças do concurso
3.5. Exigência de caução provisória:
Valor: 2% do Preço da Concessão
4.Critério de adjudicação
4.1. Proposta economicamente mais vantajosa, tendo em conta os factores enunciados nas peças do concurso

5.Processo
5.1. Prazo para recepção de pedidos das peças do concurso ou para aceder aos documentos:
Data: 07/11/2019 Hora: 23:59:59 (hora local)
5.2. Preço e condições de obtenção das peças do concurso:
Preço: Valor em Kwanzas equivalente a USD 120.000,00 (cento e vinte mil dólares dos Estados Unidos da América)
Condições de Obtenção: Prova do pagamento realizado, através de acesso ao Portal de Compras Públicas (ver ponto 7.)
5.3. Prazo para apresentação das candidaturas:
Envio das candidaturas e das propostas é exclusivamente através do Portal de Compras Públicas (ver ponto 7.)
Data: 08/11/2019 Hora: 23:59:59
5.4. Valor da caução definitiva:
15% domontante total da proposta adjudicada

6.Informações Complementares
6.1. Endereço e ponto de contacto onde podem ser obtidas as informações adicionais
6.1.1. Designação oficial: Instituto Angolano das Comunicações – INACOM
6.1.2. Endereço: Avenida Dr. António Agostinho Neto, nº 25, Praia do Bispo, Cx. Postal 1459
6.1.3. Localidade: Luanda 6.1.4. Província: Luanda
6.1.5. Telefone / Fax: +244 222 210 666
6.1.6. Correio electrónico / Endereço internet (URL): concurso.tgu@inacom.gov.ao/ www.inacom.gov.ao

7. Outras Informações:
1. As entidades interessadas na obtenção das peças do concurso e apresentação de candidaturas deverão aceder ao Portal de Compras Públicas, no endereço de
internet www.compraspublicas.minfin.gov.ao. Os interessados estrangeiros ou não residentes podem efectuar o pagamento das peças mediante depósito ou trans-
ferência bancária para as contas seguintes:
- Conta USD: Standard Chartered Bank New York
Número de Conta: 3582025641001 | Código SWIFT: SCBLUS33
- Conta EUR: Commerzbank Frankfurt Germany
Número de Conta: 400871596300 | Código SWIFT: COBADEFF
2. O Manual de Utilizador do Portal de Compras Públicas está disponível no seguinte endereço de internet: www.compraspublicas.minfin.gov.ao.
3. As peças do concurso encontram-se disponíveis para consulta presencial na sede da EPC, mediante marcação prévia e sujeito ao cumprimento das condições de
consulta presentes no local.

ENTIDADE PÚBLICA CONTRATANTE, em Luanda, aos 30 de Setembro de 2019.


(501.263)
20 Terça-feira
1 de Outubro de 2019

PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE GESTÃO DE BOLSAS DE ESTUDO

LISTA DE CLASSIFICAÇÃO FINAL DOS CANDIDADOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS AO CONCURSO PÚBLICO DE INGRESSO

CARREIRA TÉCNICA SUPERIOR


Ciências da Computação
N.º NOME CATEGORIA PERFIL NOTA OBSERVAÇÃO

1 Domingos da Conceição António Técnico Superior de 2.ª Classe Ciências da Computação 10 Admitido
2 André Samuel Zage Técnico Superior de 2.ª Classe Ciências da Computação 7,50 Não admitido
3 Rodolfo Manuel da Silva Francisco Técnico Superior de 2.ª Classe Ciências da Computação 6,75 Não admitido
4 Manuel de Almeida Ferreira Técnico Superior de 2.ª Classe Ciências da Computação 6,25 Não admitido
5 Jhony Aramiz Gime Duarte Técnico Superior de 2.ª Classe Ciências da Computação 2 Não admitido
6 Jesus Cassinda Fernando Técnico Superior de 2.ª Classe Ciências da Computação 1 Não admitido

Comunicação Social

7 Sérgio Maluissa Francisco Calado Técnico Superior de 2.ª Classe Comunicação Social 10,50 Admitido
8 Dala Cândido Vunge Beicha Técnico Superior de 2.ª Classe Comunicação Social 8 Não admitido
9 Olga Isabel Marques Mileca Técnico Superior de 2.ª Classe Comunicação Social 4,25 Não admitida
10 Hailton Manuel Fajardo Biri Técnico Superior de 2.ª Classe Comunicação Social 2,50 Não admitido
11 Madona José do Nascimento Lourenço Técnico Superior de 2.ª Classe Comunicação Social 2,50 Não admitida

Gestão Financeira

12 Domingos Badika Norman Técnico Superior de 2.ª Classe Gestão Financeira 10 Admitido
13 Anabela Flora Mucana Técnico Superior de 2.ª Classe Gestão Financeira 5 Não admitida
14 Rosa Eduardo Vanda Técnico Superior de 2.ª Classe Gestão Financeira 4,25 Não admitida
15 Tânia Marisa Alberto Matamba Pereira Técnico Superior de 2.ª Classe Gestão Financeira 3,25 Não admitida
16 Nelma Esperança de Carvalho Domingos Técnico Superior de 2.ª Classe Gestão Financeira 3 Não admitida
17 Laura Alfredo Manuel Técnico Superior de 2.ª Classe Gestão Financeira 3 Não admitida
18 Belmira Maneza Casimiro Técnico Superior de 2.ª Classe Gestão Financeira 2,75 Não admitida

Direito

19 Isabel da Conceição João Samuel Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 10,50 Admitida
20 Domingos Dembi Canguende Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 10,50 Admitido
21 Victor de Jesus Caetano Manuel Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 6,75 Não admitido
22 Etiandro Jusdon Saldanha Diogo Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 6,5 Não admitido
23 Rodolfo Sebastião Gaspar Caetano Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 6 Não admitido
24 Luís Tchipaca Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 4,25 Não admitido
25 Eugénio de Nazeré Francisco Neto Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 4,5 Não admitido
26 Anselmo Mauro Francisco Liahuca Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 4 Não admitido
27 Eufrásia Leda Manuel da Silva Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 3,75 Não admitida
28 Eduardo Domingos Manuel Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 3,50 Não admitido
29 Marilda Ginga Inocência da Silva Muzombo Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 3 Não admitida
30 Feliciana Chilembo Mutima Mateus Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 2,75 Não admitida
31 Gervásio Luciano Adriano Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 2,5 Não admitido
32 Eleandro Carlos Mucana Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 2,25 Não admitido
33 Epigénia Correia da Cruz Meia Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 2 Não admitida
34 Jaime Quilobo Monteiro Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 2 Não admitido
35 Adérito João Domingos Gonga Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 1,25 Não admitido
36 Ana Maria Puati Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 1 Não admitida
37 Elizângela Francelina Capanga Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 1 Não admitida
38 Inês Afonso da Silva Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 0 Não admitida
39 Afonso Nelumba José Técnico Superior de 2.ª Classe Direito 0 Não admitido

CARREIRA TÉCNICA MÉDIA

Gestão

40 Abílio Fernandes Tião Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 4,25 Não admitido
41 Rosa António Candumbo Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 3,75 Não admitida
42 Arão Manuel Francisco Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 3,25 Não admitido
43 Alexandre Francisco Aguiar Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 3,25 Não admitido
44 José Gabriel Xavier Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 3,25 Não admitido
45 Joaquim Lucas adriano Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 2,75 Não admitido
46 Clélia Juelma Martins Gaspar Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 2,75 Não admitido
47 Paulino António Muhongo Chinelo Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 2,75 Não admitido
48 Wilma Cláudia Bonifácio Mingosso Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 2,75 Não admitida
49 Pedro Bernardo Mulunji Francisco Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 2,25 Não admitido
50 Benilson Rui Kiteque Benguela Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 2,25 Não admitido
51 Tadeu José Quarenta Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 2,25 Não admitido
52 Hortência Quinzase Soares Luvumbo Técnico Médio de 3.ª Classe Gestão 1,75 Não admitida

Telecomunicações

53 Sérgio Dala Quissanga Técnico Médio de 3.ª Classe Telecomunicações 4,5 Não admitido
54 Marta Sónia Zeba Gomes Técnico Médio de 3.ª Classe Telecomunicações 3,25 Não admitida
55 Valdmir Sebastião de Oliveira Freitas Técnico Médio de 3.ª Classe Telecomunicações 3 Não admitido

Ciências Económicas e Jurídicas

56 Márcio Euclides Caetano do Nascimento Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 10 Admitido
57 Hélder Kituxi Kivala Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 8 Não admitido
58 Afonso Ndungo Luvumbo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 7,75 Não admitido
59 Alberto Maurício Benza Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 7 Não admitido
60 Ema Marlene Nunes João Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 6 Não admitida
61 Filipe José Ngola Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 5,75 Não admitido
62 Fernanda Patrícia Almeida Sousa Pontes Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 5,75 Não admitida
63 Cláudio Francisco António Agostinho Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 5,50 Não admitido
64 Simão João Lisboa Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 5,50 Não admitido
65 Francisco Mbumba Cazuza Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 5,25 Não admitido
66 António Armindo Licuassa Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4,75 Não admitido
67 António Kinanzeco Filipe Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4,75 Não admitido
68 Rigobey Erichsson Mulamba Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4,75 Não admitido
69 Manuel Timóteo Diogo Quissanga Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4,5 Não admitido
70 Vânia Teresa Guengue Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4,50 Não admitida
71 Delfina Ngunza Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4,5 Não admitida

(Continuação na Pág. 21)


Terça-feira
1 de Outubro de 2019 21
PUBLICIDADE

72 Luís dos Anjos Angavo António Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4,25 Não admitido
73 Dulce Josefina Adriano Cavenga Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4 Não admitida
74 Erica Valéria Bernardo Coimbra Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4 Não admitida
75 António Nguissulo Afonso Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4 Não admitido
76 Socolo Carlos António Socolo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4 Não admitido
77 Ndembo Paulina Kamgu Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 4 Não admitido
78 Eugénio Salessu Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,75 Não admitido
79 Olídia Mariana Orlando Tvhissola Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,75 Não admitida
80 Lucas Moisés Mazumba Dalango Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,75 Não admitida
81 Adla da Conceição Jorge Neto Moisés Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,75 Não admitida
82 Gute Fabiano António Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,50 Não admitido
83 Iteta Cabral Kaparakata Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,50 Não admitida
84 Manuel Jusé Manasses Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,50 Não admitido
85 Apolónia Manuel Gabriel Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,50 Não admitida
86 Francisco São Tiago Mandembo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,50 Não admitido
87 Afonso Benjamim Francisco Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,50 Não admitido
88 André Balonguiko Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,50 Não admitido
89 Vasco Domingos Joaquim Zamba Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,25 Não admitido
90 Domingos Gaspar Correia Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3 Não admitido
91 Alice Meivires Capusso Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,25 Não admitida
92 Elisabeth António Francisco Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3,25 Não admitida
93 João Francisco Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3 Não admitido
94 Esperança Martins Raúl Gomes Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3 Não admitida
95 Alfredo Gama Pereira Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 3 Não admitido
96 António Gaspar Próspero Correia Leitão Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,75 Não admitido
97 Rui Dala Baptista Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,75 Não admitido
98 Paulo Diciro Canhanga Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,75 Não admitido
99 Ernesto Sumbo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,75 Não admitido
100 Tomás Cantuário Francisco da Silva Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,75 Não admitido
101 Ana Pedro Paulo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,75 Não admitida
102 Madalena Nkessi Kalawonga Bete Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,75 Não admitida
103 Jacira Luciano Rodrigues Pedro Lourenço Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,50 Não admitida
104 Adilson Venâncio Clemente Catito Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,5 Não admitido
105 Sónia José Gaspar André Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,5 Não admitida
106 Mônica Paula Honório Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,25 Não admitida
107 Costa Segunda Simões Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2,25 Não admitido
108 Teodoro Issango Manuel Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 2 Não admitido
109 Alberto Daniel Dala Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,75 Não admitido
110 Adelina Lundo Quifiquila Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,75 Não admitida
111 Ninalma de Adelaide Miguel Cussivila Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,75 Não admitida
112 Sandra de Fátima Santana Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,75 Não admitida
113 Dinora Dias dos Santos Maria Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,50 Não admitida
114 Clemente Francisco João Mbala Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,50 Não admitido
115 Leonardo José Francisco Hebo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,50 Não admitido
116 Tabita Lussati Vilinga Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,50 Não admitida
117 Xanel António Filipe Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,5 Não admitida
118 Edma Nsimba Satungo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,25 Não admitido
119 António José Magalhães Cazolo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1,25 Não admitido
120 Muxiqueno António Mónica Lumfila Ndoji Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 1 Não admitido
121 Ana Paula Bengue Congo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Económicas e Jurídicas 0,25 Não admitida

Contabilidade e Finanças

122 Heidlásio César Delgado Portela Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 10 Admitido
123 Kiako Sunda Zage Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 6,50 Não admitido
124 André Issac Zeba Gomes Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 6,25 Não admitido
125 Anilson Mateus Serrote Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 5,75 Não admitido
126 Anderson José Mateus Pereira Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 5,25 Não admitido
127 Nelson Ngudiakama Maimona Pelenda Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 4,50 Não admitido
128 Matias Armindo Esteves Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 4 Não admitido
129 Isabel da Conceição Velasco Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 3,75 Não admitida
130 Ruth João Pinto Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 3 Não admitida
131 Mário Kandote Bandua Massanga Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 2,75 Não admitido
132 Cremilda Javela Joana Cungulana Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 2,25 Não admitido
133 Erica Alberto Dasolu Lacerda Agostinho Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 2,25 Não admitida
134 Margarida Pemba Maciala Saintinho Bumba Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 2,25 Não admitida
135 Juelma Domingos José Técnico Médio de 3.ª Classe Contabilidade e Finanças 2 Não admitida

Ciências Exactas

136 António Noé Jamba Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 10,50 Admitido
137 António Massunga Bento Gaspar Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 7 Não admitido
138 Gilberto Mateus Zenguele Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 6,50 Não admitido
139 Rufino Borge José Sitak Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 6 Não admitido
140 Mateus Simão Diogo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 6 Não admitido
141 António Baptista Calunga Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 6 Não admitido
142 Angelino Cauda Chivembe Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 6 Não admitido
143 Jenice dos Reis Mocolupeira Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 6 Não admitida
144 Afonso Miguel Laurindo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 5,25 Não admitido
145 Adilson André Afonso António Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 5 Não admitido
146 Adelaide Dulce Leo dos Santos Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4,75 Não admitida
147 Edna Agostinho Diúlo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4,50 Não admitida
148 Alione António Pereira André Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4,50 Não admitido
149 Joaquim Baião Bumba Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4,50 Não admitido
150 Tungula Pedro Francisco Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4,25 Não admitido
151 Nzuzi Victorino Esteves Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4,25 Não admitido
152 Jaime Osmane Joaquim Isaac Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4 Não admitido
153 Herculano Capu Francisco Paulino Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4 Não admitido
154 Augusta Mamanela Miguel Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4 Não admitida
155 Cério Fernandes Muhongo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4 Não admitido
156 Ludger Filipe Sambo Urbano Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4 Não admitido
157 Mauro Neves da Luz Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 4 Não admitido
158 Sofonias Francisco Agostinho Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 3,75 Não admitido
159 Lunda João Capitão Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 3,75 Não admitido
160 Domingos Samuel Kavuakaluko Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 3,50 Não admitido
161 Marisa Ndengue Carlos da Costa Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 3,50 Não admitida
162 Quitumbo Cambori Fernandes Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 3,50 Não admitido
163 Mateus Vieira Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 3,25 Não admitido
164 Afonso Kakinambutako Bozi Adonis Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 3,25 Não admitido
165 Faustino Kuafile Inocêncio Matias Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 3,25 Não admitido
166 Patricia Isabel C. Hepo Soma Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 3,25 Não admitida
167 Vitoriano Domingos Bernardo Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 2,75 Não admitido
168 Vânia Angela Manuel de Almeida Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 2,50 Não admitida
169 Sabina Wímbo Capingala Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 2,25 Não admitida
170 Maria Lucas Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 2,25 Não admitida
171 Esperança Manzola Mavison Técnico Médio de 3.ª Classe Ciências Exactas 1 Não admitida

LUANDA, 1 DE JULHO DE 2019


A PRESIDENTE DA COMISSÃO

HELENA ELVIRA PELINGANGA FÉLIX AMBRÓSIO

(501.226)
22 Terça-feira
1 de Outubro de 2019

PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
REPÚBLICA DE ANGOLA GOVERNO PROVINCIAL DO UÍGE
GOVERNO PROVINCIAL DA HUÍLA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE MUCABA
ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DA HUMPATA
ANÚNCIO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO DE CONCURSO PÚBLICO A
CONCURSO PÚBLICO N.º 4/2019 QUE SE REFERE O N.° 1 DO ARTIGO 69.º DA PRESENTE LEI DE CONTRA-
TAÇÃO PÚBLICA.
A Administração Municipal da Humpata vem tornar público, nos termos do dis-
posto no n.º 1 do artigo 69.º e do Anexo VI da Lei n.º 9/16, de 16 de Junho - CONCURSO PÚBLICO N.º 05/AMMCBA/2019
Lei dos Contratos Públicos (LCP), que está aberto o Concurso Público refe-
rente à Empreitada de Obras Públicas para a construção de 01(uma) escola A Administração Municipal de Mucaba vem tornar público, nos termos do disposto no
de 7 salas de aula na localidade da Heva; 1 (uma) escola de 7 (sete) salas de n.° 1 do artigo 69.° e do Anexo VI, da Lei n.º 9/16, de 16 de Junho - Lei dos Contratos
aula na localidade do Hongo; e 1 (uma) escola de 12 (doze) salas de aula na Públicos, que está aberto o Concurso Público para Construção e apetrechamento
localidade da Tchangalala. de 1 escola de 12 salas de aula na aldeia Quixona-Mucaba.

1. Entidade Pública Contratante (EPC) Endereço: Vila de Mucaba/Identificação Fiscal N.º 7301001002
1.1.Designação (UO/OD): Administração Municipal da Humpata. Localidade: Mucaba/Província: Uíge
1.2. Endereço: Humpata - Sede. Telefone: / Fax: 222 693 500/ 936 556 690; 927 204 889; 924 832 100; 930450385;
1.3. Localidade: Município da Humpata. 949869416; 927329370;
1.4: Província: Huíla. Correio electrónico: mucaba00@gmail.com; mardoqueupanzo89a@gmail.com;
wengemata297@gmail.com
2. Objecto do Contrato
Tipo de contrato: Empreitada de obras públicas
2.1. Designação dada pela Entidade Pública Contratante: Construção de 1
Local da realização das obras: Aldeia Quixona-Mucaba.
(uma) escola de 7 (sete) salas de aula na localidade da Heva; 1 (uma) escola
Prazo de execução do contrato: 180 dias (Seis meses)
de 7 (sete) salas de aula na localidade do Hongo; e 1 (uma) Escola de 12
Prazo para recepção de pedidos das peças do procedimento: 19/09/2019 a 09/10/2019
(doze) salas de aula na localidade da Tchangalala.
Preço e condições de obtenção das peças do procedimento (se aplicável): 100.000 Kz
2.2.Tipo de contrato: Empreitada de Obras Públicas.
Conta Agregadora BCI: N.º 4504098110001.
2.3.Local da execução das empreitadas: Localidade do Heva-Humpata
2.4. O Concurso implica a celebração de um contrato público.
2.5. O Concurso está aberto à participação de entidades estrangeiras. ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE MUCABA, AOS 18 DE SETEMBRO DE 2019.
2.6. Prazo de execução do contrato: 120 (cento e vinte) dias para as escolas
de 07 (sete) salas de aula e 180 (cento e oitenta) dias para a escola de 12 A ADMINISTRADORA MUNICIPAL
salas de aula. MARIA FERNADO CAVUNGO
(13239)

3. Informações Relativas aos concorrentes e às propostas


3.1. Documentos de Habilitação: São os previstos no artigo 58.º da LCP.
3.2. Admissão de propostas variantes: Não.
3.3. Exigência de caução provisória: Não.

4. Critério de adjudicação
4.1. Proposta economicamente mais vantajosa, tendo em conta os factores
enunciados nas peças do procedimento.

5. Processo
5.1. Condição para a obtenção das peças do procedimento: Serão adquiridas
no Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística (GEPE), mediante o pa-
gamento das peças do procedimento.
5.1.1. Prazo para a recepção de pedidos das peças do procedimento ou para
aceder aos documentos: 20 (vinte) dias úteis a contar da data do anúncio do
concurso, durante o período laboral (8h:00 - 15h:00).
5.1.2. Prazo para a apresentação das propostas: 20 (vinte) dias úteis a contar
da data da publicação do concurso, durante o período compreendido entre às
8h:00 e 15h:00.
5.1.3. Preço de obtenção das peças do procedimento
AKZ 60.000,00 (Sessenta mil kuanzas) referente às escolas de 7 (sete) salas.
AKZ 75.000,00 (setenta e cinco mil) referente à escola de 12 (doze) salas.

6. Informações Complementares:
6.1. Local da entrega das propostas: Gabinete de Estudos, Planeamento e Es-
tatística.
6.1.2 Modo de apresentação de candidaturas: Encerradas num invólucro único,
opaco, fechado e lacrado, em cujo rosto se identifica a designação do proce-
dimento.
6.2 No invólucro referido no número anterior deve ser incluído um duplicado
de cada um dos documentos que constituem a proposta (documentos de ha-
bilitação e proposta).
6.3 As propostas deverão ser redigidas apenas em Língua Portuguesa.

ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DA HUMPATA, aos 11 de Setembro de 2019.

A ADMINISTRADORA,
Rita Adelina Soma Miranda
(13238) (501238)
REGIÕES Terça-feira
1 de Outubro de 2019 23
ACÇÕES EM CURSO EM VÁRIOS MUNICÍPIOS

Huambo aplica três mil milhões


de kwanzas no combate à pobreza
Um relatório dá conta que o Programa de Combate à Pobreza na província já registou alguns avanços,
particularmente no que toca à construção e reabilitação de infra-estruturas sociais em vários municípios

Justino Victorino/Huambo que toca aos apoios, assim como EDIÇÕES NOVEMBRO

os ex-militares. Os gestores
públicos, disse, devem prestar
Mais de três mil milhões de atenção aos procedimentos de
kwanzas foram aplicados, no monitorização e prestação de
decurso deste ano, na imple- contas, por meio de relatórios
mentação do Programa Inte- mensais e trimestrais, “uma
grado de Desenvolvimento forma de ajudar também o Exe-
Local e Combate à Pobreza cutivo no seu Programa de
(PDLCP), com vista à melho- Combate à Pobreza.”
ria da qualidade de vida das É possível, destacou Miguel
populações, nos 11 municípios Pereira, assegurar o alinha-
da província do Huambo. mento da execução local, das
Segundo dados do relatório tarefas identificadas nas admi-
síntese, o programa tem regis- nistrações municipais. “A
tado uma execução financeira intenção é melhorar a qua-
na ordem de 42,98 por cento, lidade de vida das populações
consubstanciada na construção que se encontram em situação
e reabilitação de infra-estru- de vulnerabilidade”, explicou.
turas económicas e sociais, O vice-governador do
aquisição de materiais para Huambo para o sector Político,
os sectores da Saúde, Educação Económico e Social exortou
e Agricultura. aos administradores muni-
Os dados dessas acções cipais para melhorarem o
foram apresentados ontem, desempenho na execução de Governo Provincial está a implementar programas nas comunidades para reduzir os índices de pobreza
na cidade do Huambo, aos diversos projectos, incluindo
membros do Grupo Técnico os programas Integrado de
de Apoio à Unidade Técnica Desenvolvimento Local e o
Nacional de Acompanha-
mento e Supervisão do refe-
de Combate à Pobreza.
José Cornélio realçou que
Sector da Saúde vai ser reforçado com mais de 900 profissionais
rido programa, durante um a execução eficiente desse A governadora provincial do “Tratam-se de quadros A governante, que falava devem, aconselhou a gover-
encontro que perspectivou processo exige dos adminis- Huambo, Joana Lina, disse ontem admitidos há mais de um ano no encontro do Dia Nacional nadora, engrandecer e digni-
as acções para o ano de 2020. tradores municipais dina- que, no âmbito do processo de em concurso público . Entre dos Trabalhadores da Saúde, ficar a profissão, promovendo
O coordenador do grupo mismo e rigor. preenchimento de vagas, o sector eles destacam-se médicos, que decorreu sob o lema o bem-estar físico, mental e
técnico, Miguel Pereira, subli- “Os responsáveis munici- da Saúde vai receber , nos pró- enfermeiros licenciados, téc- “Alcançar a cobertura universal social do cidadão, com base
nhou que o Plano de Combate pais e comunais têm de ter ximos dias, mais 914 técnicos, nicos médios e superiores de da saúde, não deixar ninguém num atendimento humanizado,
à Pobreza visa também a redu- consciência de que a conjun- entre enfermeiros, médicos e diagnósticos terapêuticos. para trás, rumo à construção representando o valor supremo
ção das assimetrias particu- tura exige muita responsabi- especialistas diversos, cujas Esperamos, desses profissionais de uma Angola saudável”, ape- atendível da classe, de modo
larmente nas comunidades, lidade para a implementação guias de colocação para unidades humildade, dedicação e res- lou aos técnicos do sector para a criarem uma relação saudável
pelo que as populações vul- dos programas com sucesso”, sanitárias dos 11 municípios já peito à ética e deontologia pro- se entregarem ao trabalho. com os doentes e familiares.
neráveis terão prioridade no disse o vice-governador. estão a ser feitas. fissional”, disse a governadora. Os profissionais de saúde Tatiana Marta / Huambo

ANDULO
BENGUELA

INAC realiza formação Escolas sem condições


sobre Protecção de Crianças vão ser aglutinadas Cinquenta e uma escolas NILO MATEUS | EDIÇÕES NOVEMBRO

no município do Cuito, pro-


Maximiano Filipe/ Benguela desafios para a sua opera- a melhoria do combate con- víncia do Bié, vão ser aglu-
cionalização, assim como tra a violência sobre a tinadas às que apresentam
os princípios fundamentais criança”. A representante os requisitos exigidos na
Mais de 50 técnicos de di- para a gestão de casos na do INAC, Rosa Francisco, nova tipologia aprovada pelo
versas instituições públicas área social, evolvendo crian- disse que um dos objectivos Ministério da Educação para
e privadas, na província de ças e adolescentes. do seminário é a implemen- o ensino, informou o director
Benguela, participam numa A directora do Gabinete tação dos fluxogramas para municipal da Educação,
acção formativa sobre Ges- provincial da Acção Social, o atendimento das crianças Ângelo Chissuli.
tão de Casos de Violência Leonor Fundanga, subli- vítimas de violência, através Segundo o responsável,
Contra Criança, sob a égide nhou, na abertura dos tra- de actividades de formação o processo de aglutinação
do Instituto Nacional da balhos, que “o país caminha prática dos técnicos. vai originar uma redução
Criança (INAC), com o apoio para um elevado nível de “Pretendemos capacitar do número de escolas no
do Governo Provincial . crescimento político, social os técnicos para que estejam município, de 215 para 164,
Estão a ser ministradas e cultural”. preparados para os desafios “mas não vai retirar alunos
matérias sobre gestão de “Desta forma”, disse a que se apresentam”, disse. do sistema de ensino” .
casos a partir dos fluxos de responsável , “vários passos Participam na formação “São muitas as escolas
atendimento de crianças estão a ser dados no sentido directores de escolas, repre- no município que têm
vítima de violência, acção de se promover o bem-estar sentantes de igrejas, gestores menos de cinco salas de Alunos vão deixar de estudar em escolas precárias
social , entre outros temas. da população, sobretudo, de instituições do ensino aula. Portanto, estas infra-
Os participantes vão tam- da criança, facto que exige, privado, agentes da inves- estruturas hoje já não obe- O sector da Educação de professores. Conta ainda
bém abordar as directrizes por parte de todas as insti- tigação criminal, centros de decem ao padrão exigido, conta com 157 mil alunos no com 4.321 docentes nos dife-
positivas que garantem os tuições e parceiros sociais acolhimento de crianças, pelo que serão aglutinadas presente ano lectivo e 42 rentes subsistemas de ensino,
cuidados alternativos para trabalho profundo, na base creches e representantes de às que têm as condições mil e 657 crianças fora do um número aq uém do
as crianças e os principais de uma estratégia que visa associações cívicas. estabelecidas pelo Minis- sistema de ensino, fruto do necessário, pois são precisos
tério da Educação”. défice de infra-estruturas e mais 690 .
24 Terça-feira
1 de Outubro de 2019

PUBLICIDADE

(501.249)
SOMIPA – SOCIEDADE MINEIRA DE ANGOLA, S.A. REPÚBLICA DE ANGOLA
Rua dos Coqueiros n.º 4-B, Ingombota - Luanda MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES
Contribuinte Fiscal N.º 5401030142 INSTITUTO NACIONAL DA AVIAÇÃO CIVIL
Capital Social: AKZ 7.080.000 AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DE INGRESSO
Registo Comercial N.º 1996.336
O Instituto Nacional da Aviação Civil-INAVIC comunica a abertura de um Concurso
ASSEMBLEIA-GERAL ORDINÁRIA Público de Ingresso 2019, para preenchimento da seguinte vaga, para o Departamento
de Segurança Operacional:

CONVOCATÓRIA a) 1 Examinador Médico Aeronáutico (M/F)


REQUISITOS PARA ADMISSÃO
Nos termos da Lei e dos Estatutos da SOMIPA – Sociedade Mineira de An-
1. Idade não inferior a 18 anos;
gola, S.A., convocam-se os Senhores Accionistas desta sociedade a partici- 2. Licenciatura em medicina e formação profissional na área de medicina da aviação;
parem na Assembleia-Geral Ordinária, a realizar-se no próximo dia 31 de 3. Nacionalidade Angolana;
Outubro de 2019, pelas 10h00, na Rua Eduardo Mondlane, n.º 5, Distrito Ur- 4. Experiência profissional mínima de quatro anos;
bano da Ingombota – Luanda, com a seguinte ordem de Trabalhos: 5. Experiência em avaliação de relatórios médicos submetidos a Autoridade de licencia-
mento pelos examinadores médicos.
1. Apresentação do Relatório e Contas relativo aos Exercícios de 2017 6. Domínio de informática na óptica do utilizador
7. Não se encontrar em incompatibilidade e ou impedimento para exercício do Cargo,
e 2018; nos termos previstos por Lei;
2. Apresentação do Parecer do Conselho Fiscal relativo aos Exercícios 8. Requerimento dirigido à Sua Excia Sr. Director Geral do INAVIC, devendo constar:
de 2017 e 2018; a) Curriculum Vitae
3. Discussão e aprovação do Relatório e Contas relativo aos Exercícios b) Duas fotografias;
de 2017 e 2018; c) Cópia do B.I;
d) Cópia do Certificado de Habilitação Literária;
4. Diversos.
e) Cópia da Homologação ou Reconhecimento de Estudos do INAAREES;
f) Comprovativo de regularização da situação militar, candidatos do sexo Masculino;
Nos termos do n.º 1 do art.º 400.º da Lei das Sociedades Comerciais, os Ac- g) Atestado Médico (Para candidatos apurados para a fase final);
cionistas podem fazer-se representar por quem para o efeito designarem, por h) Registo Criminal (Para candidatos apurados para a fase final);
meio de uma carta com a identificação do representante, subscrita pelo Ac- i) Declaração sobre compromisso de honra (Para candidatos apurados para a fase final);
cionista e dirigida à Presidente da Mesa da Assembleia-Geral e entregue na
As candidaturas devem ser enviadas para o email drhti@inavic.co.ao., até ao dia 20 de
sede da Sociedade, até ao início da realização da Assembleia. Outubro de 2019.

Luanda, 12 de Setembro de 2019. DIRECÇÃO GERAL DO INAVIC, EM LUANDA, AOS 26 DE SETEMBRO DE 2019.

A Presidente da Mesa da Assembleia-Geral O DIRECTOR


GASPAR DOS SANTOS
Ana da Conceição Nunes (13.359) (13.302)
Terça-feira
1 de Outubro de 2019 25
PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA - SALA DO CÍVEL E ADMINISTRATIVO

2.ª SECÇÃO
REPÚBLICA DE ANGOLA ANÚNCIO 1.ª Publicação
------………------
MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Processo n.º 2489/2016-A
Acção Executiva para Pagamento de Quantia Certa com a Forma Ordinária
Exequente: Banco BIC
COMISSÃO DE JÚRI DO CONCURSO PÚBLICO DE
INGRESSO/2019 Executados: Débora Cristina Camilo Camilo Baltazar e Texeira e Noé José Baltazar

AVISO N.º 4/2019 publicação do anúncio, citando os executados Débora Cristina Camilo Camilo Baltazar e
Nos autos acima identificados, correm éditos de 30 dias, contados da data da segunda e última

Texeira, casada, residente no Bairro Maculusso, Rua Joaquim Kapango, n.º 43/13-A,3.º, Zona

100296375LA0399, e Noé José Baltazar, casado, residente no Bairro Alvalade, Rua Jaime
B, Cidade de Luanda, titular do BI n.º 000296375LA039, portador no Cartão de Contribuinte
A comissão de Júri do concurso público de ingresso, aberto por Cortezão, n.º 43, Zona 5, Cidade de Luanda, titular do BI 000023525BO036, para no prazo de

nistro das Finanças, para o provimento de vagas no Conselho Na-


Despachos n.ºs 76,77 e 78/19, de 18 de Junho, de S. Exa. Sr. Mi-
mear bens à penhora, a acção supraidentificada, que lhe move o Banco BIC,S.A., com sede
10 dias finda a dilação de 30 dias a contar da 2.ª e última publicação do anúncio, pagar ou no-

cional de Estabilidade Financeira (CNEF), Unidade de Gestão


sita no Gaveto da Avenida A 2, com a Via F 16, em Talatona, com a cominação de que a falta

da Dívida Pública (UGD), Autoridade Reguladora da Concor-


de pagamento da dívida ou nomeação de bens à penhora, importa a devolução ao exequente

rência (ARC), Unidade Técnica de Acompanhamento de Pro-


do direito da nomeação de bens à penhora, e que em substância o pedido consiste em: a)
mandar citar os executados nos termos e para efeitos do n.º 1 do artigo 811.º do CPC, para

jectos com Financiamento Externo (UTAP), Ministério das


pagar à exequente, porque assim se obrigou, pela satisfação e prestação efectiva e integral

Finanças (MINFIN), Instituto de Gestão de Activos e Participa-


tórios, imposto de selo sobre juros) se liquida em AKz: 296.530.193,98 (duzentos e noventa
da dívida exequenda (capital mutuado, juros remuneratórios vencidos e vincendo, juros mora-

e seis milhões quinhentos e trinta mil cento e noventa e três Kwanzas e noventa e oito
ções do Estado (IGAPE), Serviço Nacional de Contratação Pú- cêntimos); b) pagar à exequente os juros de mora calculados à taxa de 10 % acrescidos de
blica (SNCP), Serviço de Tecnologias de Informação e uma sobretaxa de 4%, desde a entrada em juízo da presente acção até o efectivo e integral

Comunicação das Finanças Públicas (SETIC), faz saber aos


pagamento da totalidade da dívida; c) serem os executados condenados a pagarem à exe-
quente a título de despesas judiciais e extrajudiciais, custas de procuradoria condigna e custas
de parte disponível que provierem com a presente acção para cobrança da dívida exequenda,
candidatos e ao público em geral as regras de acesso ao teste psi- tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial, cujos duplicados se acham patentes
cotécnico agendado para o dia 05/10/2019, no âmbito do processo no Cartório do Tribunal Provincial de Luanda, 2.ª Secção da Sala do Cível e Administrativo,
de selecção, em curso. sito na Rua Amílcar Cabral, n.º 29, 2.º Andar, à disposição do citando.
Sob a cominação de, não o fazendo o processo prossegue à revelia.
Assim, terão acesso ao teste psicotécnico apenas os candidatos
admitidos nos termos da Lei e do Despacho que procede a abertura Para constar, lavrou-se o presente Edital e mais dois de igual teor para serem afixados.

do concurso. Luanda, 21 de Agosto de 2019.


O teste psicotécnico será efectuado online, a partir de qualquer A JUÍZA DE DIREITO O OFCIAL DE JUSTIÇA
ponto com acesso à internet, devendo os candidatos proceder con- CARLA SANTOS CAMBANJE JOSÉ FRANCISCO (13.216)

No computador, aceda ao link candidatura.minfin.gov.ao.


forme instruções abaixo, de modo a acederem ao teste.

Informe o utilizador indicado no momento de criação da conta (cor-


reio electrónico) e a palavra passe.
Tão logo acesse o portal pela primeira vez, dispõe de tempo limi- RECRUTAMENTO
tado para conclusão e submissão do teste.
A empresa SALUNA INDÚSTRIA, LDA. comunica que, para o preenchimento do seu quadro de
Os candidatos realizarão a prova no horário definido de acordo com pessoal qualificado, está a recrutar técnicos devido à alteração dos seus sistemas informáticos
a categoria a que se candidatam, conforme tabela abaixo ilustrada. de controlo. Os candidatos interessados devem possuir as seguintes qualificações:
TÉCNICO INFORMÁTICO EM SAP
Requisitos:
Formação com ênfase em sistema de controlo SAP,
Conhecimento em gestões administrativas,
Domínio de informática - Microsoft Office,
Conhecimento da Língua Inglesa, falada e escrita
Conhecimento da Língua Espanhola, falada e escrita
Disponibilidade para viajar dentro de Angola.

Os interessados poderão ligar para o número 923305729, no prazo de 5 dias úteis, após a publicação.

Luanda, aos 26 de Setembro de 2019.


(13.214)

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E DOS DIREITOS HUMANOS
LOJA DOS REGISTOS DO CASSENDA

EDITAL
Apenas serão considerados os testes respondidos e submetidos dentro do
ANTÓNIO DOMINGOS JOÃO LUÍS, Conservador-Adjunto desta Loja dos Registos do Cassenda
FAZ SABER QUE, por esta Loja, corre seus termos um processo de Aquisição de Nacionalidade Angolana
horário estipulado, pelo que se recomenda aos candidatos o cumprimento ri-
goroso das regras do concurso. por Naturalização n.º 02/2019, em que é requerente, Ruya Enayatullah, nascida em 21-03-1977, natural
de Kabul, de Nacionalidade Afegã, filha de Enayatullah e de Mariam Enayatullah, residente em Luanda, no

candidatura.minfin@minfin.gov.ao, para apresentarem eventuais constran-


Dentro da janela para realização do teste, os candidatos dispõem do email: Bairro Nelito Soares, Rua da Portugália, Casa n.º 59, Distrito Urbano do Rangel, portadora do Cartão de Au-
torização de Residência N.º 0011219B08, emitido em 10-05-2019, pelo Serviço de Migração e Estrangeiros,
Passaporte N.º OA460740, emitido pelo Consulado Geral de Afeganistão, no Dubai, pelo que nos termos do
gimentos no acesso ao portal de candidaturas. disposto no artº.14º, da Lei n.º 2/16, de 15 de Abril, poderão os interessados deduzirem a oposição que ti-

A COMISSÃO DE JÚRI DO CONCURSO PÚBLICO DE INGRESSO, em


verem dentro do prazo de quinze dias, a contar da data de afixação deste Edital.

E, para constar, mandou-se lavrar o presente Edital, em triplicado, que será afixado nos lugares designados por Lei.
Luanda, 28 de Setembro de 2019.
LOJA DOS REGISTOS DO CASSENDA, AOS 11 DE SETEMBRO DE 2019.

A COMISSÃO DE JÚRI O Conservador-Adjunto


ANTÓNIO DOMINGOS JOÃO LUÍS
(501.264) (13.183)
26 SOCIEDADE Terça-feira
1 de Outubro de 2019

Edivaldo Cristóvão FEIRA CIDADE DO EMPREENDEDOR


“É possível ser empreendedor
Literacia
financeira
bem sucedido, se apostar
numa actividade que gosta e
tem vocação.” Com estas pala-
vras, Isaltina Diogo definiu o
caminho que pode servir de
Ideias e soluções servem O técnico do Departamento
de Inclusão Financeira,
afecto ao Banco Nacional
incentivo para muitos jovens
que pretendem apostar no
empreendedorismo.
A reportagem do Jornal de
de incentivo para criação de Angola (BNA), Lourenço
Kibonda, dissertou sobre
o tema “A importância da
literacia financeira”.
Angola esteve durante os quatro
dias a acompanhar as movi-
mentações de Isaltina Diogo,
na Feira Cidade do Empreen-
dedor. Com 28 anos e uma
de pequenos negócios Durante a sua disserta-
ção, definiu que a literacia
financeira é o conhecimento
de como lidar com o
dinheiro. “Há pessoas que
filha, ela demonstrou ser um fracassam como empreen-
exemplo de superação. dedores e empresários,
Além do curso superior de porque têm problemas de
Administração de Empresas, gerir o dinheiro”, disse.
feito na Namíbia, depois do Lourenço Kibonda refe-
seu regresso e sem emprego, riu que a gestão do dinheiro
optou por fazer um curso de tem a ver fundamental-
Decoração, no Centro de For- mente com o comporta-
mação Profissional da Samba, mento da pessoa, não bas-
em Luanda. ta ser empresário se tem
Depois de concluir o curso, dificuldade em fazer pou-
abriu o próprio negócio, com panças, orçamento domés-
o fabrico de pastas, chinelas, tico ou pessoal.
bouquet, laços de cabelo, aba- Explicou que a contrac-
nos e outros materiais deco- ção de dívidas é também
rativos, com designe próprio. um problema que se associa
Para a concretização de ao fracasso. Hoje, as pessoas
um sonho ou objectivo é vivem muito do endivida-
necessário sacrifício, revelou mento, que por si só não é
a jovem, que encontrou mui- um problema, porque não
tas dificuldades pelo caminho, tem que necessariamente
“porque o mercado é con- levar o empreendedor a
corrido, porque muita gente perder ou a reduzir o patri-
faz as mesmas coisas”, subli- mónio, mas sim para a sua
nhando ser necessário inovar melhoria.
e fazer diferente para superar “Antes de contrair uma
as barreiras. dívida, é preciso ter noção
Para Isaltina Diogo, deve que o dinheiro vai ser uti-
apostar-se sempre pelo cami- lizado para atender a um
nho mais fácil, sobretudo Isaltina Diogo (primeira à direita) sempre sonhou empreender naquilo que sabe e gosta de fazer sem olhar a dificuldades consumo de necessidade
naquilo que garante ou dá ou apenas um desejo. Há
sustentabilidade ao negócio, pessoas que pedem crédito
sem muitos custos na aqui- feira, pediu que se invista, cada de experiência com outras sectores da actividade eco- aulas motivacionais, palestras porque querem dar festa
sição de matéria-prima. vez mais, em ideias inovadoras empresas. Vamos começar a nómica, potencializando a temáticas, momentos cultu- ou comprar mobília, até
“Os meus produtos não cus- e para se dar seguimento a trabalhar para preparar a pró- promoção de casos de sucesso, rais, estúdio de reportagens aí não há problemas, mas
tam mais de dez mil kwanzas. acções de empreendedorismo. xima edição, com objectivo criar espaços de reflexões e e muitas outras atracções. o crédito tem um reem-
Sempre gostei de fazer deco- Defendeu a necessidade da de albergar maior número de de discussões que permitiram Contou com a participação bolso de curto, médio e
ração, bem como de trabalhar criação de uma plataforma empresas”, disse na ocasião traçar linhas e apontar cami- dos nove municípios de longo prazos, se não for
com arte e reciclagem. Sou comunicativa que permita maior o PCA da Arena Eventos. nhos seguros para um desen- Luanda , além de vária s rentabilizado, acaba por
formada em Administração interacção, para que o espírito Bruno Albernaz referiu que volvimento sustentável. empresas de comércio, agri- trazer problemas à gestão
de Empresas, por isso, tenho empreendedor prevaleça. O a Eventos Arena e o Governo A Cidade do Empreende- cultura, lazer, construção, corrente de casa ou da
inclinação para o empreen- presidente do Conselho de Provincial de Luanda propi- dor vai, todos os anos, con- telecomunicações, bancos, empresa”, aconselhou.
dedorismo”, realçou. Administração do Grupo Arena ciaram um espaço que reuniu solidar a educação e negócios, prestação de serviços, bebidas Lourenço Kibonda disse
O empreendedorismo é Eventos, Bruno Albernaz, disse potenciais empreendedores, impulsionando as pequenas, e restauração, desporto, stands que se a pessoa não tiver
uma aposta de confiança para que a feira deu oportunidades para a melhoria do actual qua- médias e grandes empresas. de automóveis, Instituto domínio dos conceitos
o futuro. Por ser jovem com a projectos e empreendedores dro socioeconómico do país, Com uma área de sete mil Nacional de Emprego e For- básicos da literacia finan-
vontade de transformar e que estavam no anonimato. com o objectivo de informar, metros quadrados, a feira mação Profissional (Inefop) ceira, é recomendável que
mudar, é possível criar rique- “Eles mostraram as suas apoiar, promover, potenciar registou a exposição de vários e outros institutos públicos vá buscar apoio de alguém
zas. “A intenção é fazer com capacidades, fizeram trocas ideias e negócios em todos os produtos, além de seminários, de ensino. que tenha conhecimentos
que o meu projecto atraia mais avançados para lhe
outros jovens, que não têm a orientar.
mesma motivação e dinâmica O fundador do grupo

Vice-Presidente da República prestigiou o evento


em criar postos de trabalho.” Bruno Miguel Pegado, Limi-
Apesar de muitos pensarem tada, apresentou na feira
que para ser empreendedor o Programa Girangola,
é preciso ter muito dinheiro, para apoiar o Executivo
o mais importante é ter força Um dos momentos marcantes dorismo social, o prémio foi serve para fazer o reboque de proveniente da Huíla e Ben- na promoção da empre-
de vontade, seguir os seus da feira foi a presença do Vice- atribuído ao Instituto Nacional paredes, o areião, utilizada para guela. gabilidade e criação de
sonhos e trabalhar naquilo Presidente da República, Bornito de Emprego e Formação Pro- o fabrico de blocos. A empresa está localizada pequenos negócios.
que gosta, segredou a jovem. de Sousa, que prestigiou o evento fissional (Inefop), a melhor Apontou ainda a areia de no Morro Bento e tem como O Girangola consiste
e enalteceu a iniciativa do participação e inovação atri- solos britados que serve para objectivo contribuir para o num kit de soluções de
A feira Governo Provincial de Luanda. buída para a Centro de Empre- terraplanagem, solos verme- desenvolvimento do país. A transportes, logísticas e
Realizada na Baía de Luanda, Bornito de Sousa acompa- sas e Projectos Prestígio (CEP). lhos, utilizada para entulhos, campa mais barata custa turismo, através de uma
de 25 a 28 de Setembro, a Feira nhou uma palestra sobre o “Plano O prémio de participação eco- burgau, argila e areia comum. 150.000 kwanzas e a mais cara plataforma, que auxilia a
Cidade do Empreendedor de desenvolvimento da educação nómica e financeira coube à “Estes minerais são encon- chega até 850.000, adicionado locomoção de pessoas e
registou a visita de mais de na província de Luanda”, andou empresa Multicrédito. trados em grandes quantida- o preço da montagem, que bens por toda Angola.
800 pessoas, num espaço que pelos stands, interagiu com vários des e muitas empresas fazem custa até 300.000. Referiu que a intenção
reuniu 150 expositores. Muitos jovens e empresas, demons- Expositores exploração. Os interessados O secretário-geral da Co - é criar mecanismos que
aproveitaram a ocasião para trando afecto e endereçou men- Com 150 expositores, foi pos- devem antes se dirigir à Admi- operativa Agropecuária da funcionem para a gestão
a troca de experiências e de sagens de encorajamento pelas sível manter contacto com nistração Municipal de Cacuaco Cacaluca da Mulema, município de pessoas e bens, dentro
contactos para obter emprego. inovações apresentadas durante vários produtos nacionais e para solicitar o que pretendem. da Quissama, Domingos Lus- e fora das localidades.
Sob o lema: “Por uma a exposição. estrangeiros. O município Garantimos que temos quan- sate, garantiu que a produção “O projecto foi criado
Luanda mais empreendedora, O grande prémio Cidade de Cacuaco apresentou mine- tidades suficientes para sus- agrícola e agropecuária na como auxílio aos empre-
rumo ao desenvolvimento sus- Empreendedor foi atribuído rais que são extraídos na tentar as obras em Luanda”, região é satisfatória, acrescen- sários de cooperativas que
tentável”, a feira serviu para à Comissão Administrativa de zona do Sequele. garantiu a directora. tando que a única dificuldade têm produtos em zonas
desenvolver, apoiar, promover, Luanda. A área de gastronomia A directora municipal das Jazigo ou campas foi outro tem a ver com as vias de acesso. de difícil acesso, para faci-
potenciar ideias, negócios, teve como vencedor João Actividades Económicas e Serviços negócio exposto na feira. “A falta de estradas tem litar o escoamento. Com
qualidades e características Domingos Pedro, enquanto a de Cacuaco, Albertina Panzo, Mahingue Agostinho, promotor dificultado o desenvolvimento o Girangola, será possível
dos jovens angolanos em todos menção honrosa foi atribuída explicou que os recursos minerais de vendas, disse que o material do empreendedorismo, mas tirar os produtos da cesta
os sectores da actividade eco- à empresa Fielne, criada e extraídos em Cacuaco são com- é feito de pedras naturais e esperamos que, com essa nova básica do campo e levar
nómica. O governador de detida apenas por mulheres. postos por vários tipos de areia, rochas ornamentais trabalha- dinâmica, o Governo supere para as grandes cidades”,
Luanda, Sérgio Rescova, Na categoria de empreende- nomeadamente a siliciosa, que das, com material nacional, essa situação. garantiu Bruno Pegado.
durante o acto de abertura da
SOCIEDADE Terça-feira
1 de Outubro de 2019 27
SOCIEDADE CIVIL PARA EDUCAÇÃO CUANZA-NORTE INVASÃO DE TERRENOS EM CACUACO
EDUARDO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Rede é a favor de maior Livretes e cartas


de condução
investimento em escolas são entregues
César Esteves um valor simbólico, o que aos titulares
não acontece. "Há escolas
A Rede Angolana da Socie- chamadas comparticipadas A direcçãoprovincial da Viação
dade Civil de Educação para que cobram propinas de 12 e Transito no Cuanza-Norte
Todos defende que a existência a 15 mil kwanzas, quando o está a realizar, desde ontem,
de mais escolas privadas e professor até é pago total- um evento público para entrega
comparticipadas em território, mente pelo Estado. Não faz de cartas de condução e livretes
sobretudo em Luanda, em sentido!", frisou. que estão prontos, alguns, há
detrimento de públicas, vai mais de cinco anos.
contra o princípio do ensino A organização Na província, a direcção
gratuito em vigor no país. A Rede Angolana da Sociedade de Viação e Trânsito registou
Em declarações ao Jornal Civil de Educação para Todos mais de quatro mil processos
de Angola, à margem de um existe desde 2007 e congrega de livretes e cartas de con-
encontro que visou analisar a 50 organizações da sociedade dução com padrão da SADC,
participação da sociedade civil civil que trabalham com a desde que foi inaugurado o
na educação e no financia- Educação. Um dos grandes sistema informatizado, em
mento público, Carlos Cam- objectivos da organização é Agosto do ano passado.
buta, membro da Rede, disse contribuir para a promoção O director interino, António
que a situação está a fazer com e defesa do direito à educação Correia André Manuel, disse
que muitos cidadãos fiquem pública, gratuita e de qualidade estar em posse de 655 livretes
fora do sistema de ensino, para todos os angolanos. de viaturas, 88 de motociclos,
devido à falta de recursos finan- A rede é um espaço de 38 licenças de condução e 28
ceiros para pagar as propinas. advocacia social a favor de cartas de condução, por se Populares teimam em construir casebres nos arredores da Centralidade do Sequele
Carlos Cambuta, que é tam- todas as pessoas, sobretudo levantar, em posse da direcção
bém director-geral da Acção as mais vulneráveis, que não provincial da Viação e Trân-
para o Desenvolvimento Rural
e Ambiente (ADRA), referiu
têm acesso à educação. Fazem
parte, entre outras instituições,
sito, incluindo processos que
eram inspeccionados em
Casebres ao redor da Centralidade
que tal situação seria ultra- a Associação Angolana para Ndalatando e emitidos em
passada se houvesse mais
investimento na construção
e reabilitação de escolas públi-
Ensino de Adultos, que asse-
gura a coordenação geral, a
ADRA, que cuida do secre-
Luanda, antes da montagem
do sistema de emissão dos
livres e cartas de condução
do Sequele com os dias contados
cas no país. tariado, e o SINPROF. A ins- da SADC na localidade.
O responsável sublinhou tituição está representada em António Correia André Alexa Sonhi rização construirem as suas direccionarem a exploração
que este cenário está a fazer todo o território nacional. Manuel acrescentou que, por casas”, disse. de inertes para a zona norte da
com que muitos pais e encar- insuficiência ou falta de ma- Questionado sobre a falta cidade, ao invés da zona sul,
MARIA AUGUSTA | EDIÇÕES NOVEMBRO
regados de educação, que terial para impressão da carta As construções anárquicas de autuação dos fiscais e outros e reporem os solos em todas
não conseguem colocar os e livrete da SADC, registou- que estão a surgir ao redor da técnicos da Administração de as zonas que já foram explo-
filhos nas escolas públicas, se uma demora na entrega Centralidade do Sequele têm Cacuaco nos momentos em radas, como forma de proteger
devido a escassez de vaga, dos documentos, levando os dias contados e os inva- que a população constrói os os edifícios e os perímetros à
gastem valores exorbitantes, muitos cidadãos a desinte- sores já foram avisados para, casebres, Augusto José res- volta da Centralidade.
no privado. ressarem-se em levantar a voluntariamente, abando- pondeu que tem apenas 14 Augusto José frisou que,
“Há pais e encarrega- documentação depois de narem o local, de acordo com fiscais e o número de pessoas apesar dos avisos, algumas
dos de educação que estão prontos. A feira vai durar uma o administrador municipal que invadem a zona é maior. empresas não estão a cumprir
a gastar mensalmente 60 mil semana. de Cacuaco, Augusto José. “De forma imediata, não temos e, por isso, vão começar a ser
kwanzas por terem matri- Para substituição da carta Em declarações ontem ao capacidade de resposta. Por multadas de forma pesada.
culado quatro filhos em escola de condução e o livrete, o in- Jornal de Angola, Augusto isso, nestes casos, pedimos o A autorização para exploração
privada, onde a propina chega teressado deve reunir cópias José avançou que as demo- apoio da Polícia Nacional, Pro- de inertes deve ser, segundo
aos 15 mil kwanzas”, denun- do B.I e da carta, justificativo lições podem ocorrer ainda curadoria-Geral da República o administrador, devidamente
ciou Carlos Cambuta, ressal- do pagamento do banco de este mês, porque a população e outros meios para podermos revista, porque tem sido feita
tando que as escolas compar- 8.008 kwanzas para as não está remitente e as casas de autuar”, salientou. muito próximo das zonas
ticipadas foram criadas para caducadas e 7.480 kwanzas chapa continuam a aumen- residenciais e, segundo, por-
alargar as públicas e teriam para as caducadas acompa- tar, causando muito mau que os pagamentos dos im-
a missão de receber cidadãos nhadas do atestado médico. aspecto à localidade. postos não são feitos a favor
que não encontram vagas O administrador de Ca- Os oportunistas da Administração.
no sector público, pagando Carlos Cambuta director da ADRA André Brandão cuaco explicou que, por conta têm de saber que De acordo com Augusto
das ocupações ilegais, recen- os espaços vazios José, a Administração de Ca-
temente cerca de 100 cidadãos à volta da cuaco vai voltar a reunir-se
foram detidos e levados às Centralidade do com o Ministério dos Recursos
BOLSAS EXTERNAS DO INAGBE ATRIBUÍDAS ESTE ANO barras do tribunal. Pela insis- Minerais e Petróleos para que
Sequele são para
tência das pessoas em construir continuidade os pagamentos periódicos de

Angola tem no estrangeiro na zona, Augusto José acredita


em “mãos invisíveis a sustentar
as más-práticas”.
do projecto
habitacional
impostos das empresas explo-
radoras de inertes em Cacuaco
sejam feitos a favor da Admi-

2.992 bolseiros controlados “Nos últimos meses, apa-


receu na zona do supermer-
cado Kero a bandeira de um Augusto José disse que a
nistração local.
“Há pouco tempo, essas
empresas estiveram privadas
determinado partido político Administração está a fazer um de explorar durante nove meses,
Augusto Cuteta encontram-se a frequentar número de bolsas atribuídas. e de lá para cá os casebres ten- trabalho de sensibilização nas obedecendo a uma directriz
o doutoramento. Para a ocupação das mais dem a aumentar, como cogu- comunidades para não ocu- do Ministério dos Recursos
Cuba é o que mais bolsas de cinco mil bolsas internas melos em tempos de chuva”, parem a zona vazia do Sequele. Minerais e Petróleos, mas depois
Angola tem, este ano, um cedeu a angolanos, com 1.354, deste ano, o INAGBE, que disse o administrador, para Com esse trabalho, sublinha, disso, a Administração recebeu
total de 2.992 bolseiros a seguido pela Rússia, com 549, recebeu mais de 60 mil can- acrescentar que está-se a tra- foi possível identificar uma ordens de que as empresas
beneficiar de formação supe- Portugal (454), Argélia (156), didaturas, está a desenvolver balhar com a Procuradoria- senhora que “vende terrenos podiam retomar as suas acti-
rior no exterior no país, se- Brasil e Roménia (66 cada), um trabalho aturado de cer- Geral da República e o Coman- sem a autorização de nin- vidades”, disse.
gundo dados divulgados pelo China (65), Polónia (63) e Mar- tificação dos documentos ou do Provincial da Polícia Nacio- guém”. “Estamos a envidar Augusto José disse desco-
Instituto Nacional de Gestão rocos (56), enquanto Vietname processos, para seguidamente nal, para ajudar a resolver de- esforços no sentido de loca- nhecer a existência de empresas
de Bolsas de Estudo (INAGBE), (2), Argentina, Paraguai, Chile, fazer a selecção dos benefi- finitivamente o problema. lizá-la e responsabilizá-la civil de exploração de inertes ilegais.
na I Feira de Inovação e De- Itália e Namíbia, com um bol- ciários, explicou o técnico da De acordo com Augusto e criminalmente”, disse. “Todas as minas no Tande estão
senvolvimento da Universi- seiro apenas. instituição, Gildo Bumba. José, as pessoas oportunistas registadas e com licença de
dade Agostinho Neto, reali- Internamente, neste ano, Para a pós-graduação, o têm de saber que os espaços Reposição de solos exploração em dia”, explicou,
zada durante quinta e sexta- o INAGBE disponibilizou um INAGBE atribuiu um total de vazios à volta da Centralidade O administrador advertiu sublinhando que todas as
feira da semana finda. total de cinco mil bolsas de mil bolsas de estudo internas do Sequele estão sob res- ainda que a falta de reposição empresas são angolanas, mas
Do número de bolseiros, estudo para a frequência de para nove províncias. Neste ponsabilidade da Empresa de solos pelas empresas explo- algumas têm parcerias chine-
o Jornal de Angola soube que cursos de graduação, das quais quesito, Luanda, com 578 Gestora de Terreno Infra-es- radoras de inertes na zona sul sas, usando mão-de-obra e a
2.531, dos quais 1.065 são do 2.797 são reservadas para can- vagas, Huíla (87), Benguela trurados (IGTI) para se dar con- da cidade do Sequele, loca- tecnologia chinesa.
sexo feminino, estão a fre- didatos de Luanda, 431 para (78), Huambo (58), Cabinda tinuidade ao projecto habi- lidade do Tande, pode pôr em “Por mim, fecharia a maio-
quentar cursos de licencia- Huíla, 416 destinadas a Ben- (53) e Uíge (49) são as maiores tacional da Centralidade. “Por risco o tempo de vida útil de ria parte das minas que estão
tura, 37 outros, sendo 19 do guela e 400 para o Huambo. beneficiárias, enquanto causa da crise que assolou o alguns edifícios. no Tande, por causa da popu-
sexo feminino, fazem espe- Bengo e Lunda-Norte (52 Cuanza-Sul (39), Lunda-Norte país muitos projectos ficaram Augusto José salientou que, lação que vive próxima e, tam-
cialização, 275 estão em mes- vagas cada), Cunene (42) e e Lunda-Sul, estas duas últimas parados. Mas isso, por si só, não por este motivo, todas as em- bém pelas aberturas profundas
trado, enquanto que 149, Cuando Cubango (38) são as com cada 29 vagas, são as significa que as pessoas po- presas que ali operam foram que fazem sem a devida repo-
dentre esses 48 senhoras, províncias com o menor regiões menos contempladas. dem ir lá e sem qualquer auto- informadas para doravante sição”, sustentou.
28 Terça-feira
1 de Outubro de 2019

PUBLICIDADE

TERCEIRA REGIÃO TRIBUTÁRIA


(Luanda e Bengo)

AVISO DE APREENSÃO N.º 31


A Terceira Região Tributária avisa aos importadores abaixo indicados, que nos termos do artigo 509, n.º 1, alínea b), conjugado com os artigos 512.º e 481.º, todos do Código Aduaneiro, procedeu à apreensão das mercadorias demo-
radas abaixo indicadas:
CENTRO LOGÍSTICO ADUANEIRO
N.º de Lote Mercadoria Importador QTD Carta de Porte Data Chegada Operadora

DAEP/23/19 02 Telefones Celulares (Iphone) Silvino Ferraz 01 Volume 784773528963 08/01/2019 Fedex
DAEP/24/19 10 Kits de Sulfite Titrets AngoilBunmi LTD 01 Volume 442232902142 02/02/2019 Fedex
DAEP/25/19 50 Caixas de Reagentes para Dengue João R. Mede, Comércio e Serviços 01 Volume 809661402365 10/01/2019 Fedex
DAEP/26/19 18 Caixas com produtos Desfilizante, 12 Unidades de creme para cabelo, 12 Unidades de Condicionador, 06 Unidades de Rocky 02 Volumes 811885444798 11/01/2019 Fedex
Shampoo, 06 Unidades de Brilho, 06 Unidades de Spray, 06 Unidades de óleo Oliver. Loção
DAEP/27/19 03 Telefones Celulares, 01 Computador de Mesa, 03 Computadores Portáteis, 08 Teclados, 08 Micro Mouses, Samuel Guvulo 02 Volumes 785265957770 06/02/2019 Fedex
01 Drive Externa, 02 Micro-altifalantes e 02 Rolos de Papel de parede.
DAEP/28/19 Junta Espiral João Miala Pascoal 01 Volume 774286579992 07/02/2019 Fedex
DAEP/30/19 04 Placas de Computador Fernando Lopes 01 Volume 774367520211 06/02/2019 Fedex
DAEP/39/19 Correios Diversos Não Identificado 01 Volume 08393067214 Sem data UPS
DAEO/40/19 01 Alternador Auto Rosa Porcelana 01 Volume 08336871531 21/01/2018 UPS
DAEP/41/19 01 Livro e 07 Envelopes Igreja Testemunhas de Jeová 01 Volume EE026552071ZA 27/12/2013 UPS
DAEP/42/19 36 Frascos de tabaco Robert Burlon 01 Volume 08337208323 Sem data UPS
DAEP/43/19 18 Placas Electrónicas INOVIE – Electrónica de Angola 01 Volume 08325700860 29/08/2015 UPS
DAEP/44/19 103 Unidades de Spray nasal e 01 caixa com cartazes publicitários Não Identificado 01 Volume 08336160224 27/10/2017 UPS
DAEP/45/19 01 Par de calçado ténis Walter Cunha 01 Volume 148490408PL 28/10/2013 UPS
DAEP/46/19 01 Caixa com Folhetos Mpassy M. André 01 Volume S/Carta de Porte 11/11/2013 UPS
DAEP/47/19 Volume com Documentos Correios - EMS 01 Volume Selo 2765430 11/11/2013 UPS
DAEP/48/19 09 Unidades de Scanner Móvel DHL Express 01 Volume 08325271002 Sem Data UPS
DAEP/49/19 28 Rolos /Tiras e 101 Rolos Fitas Correios - EMS 01 Volume Selo EE022737733ZA 07/11/2013 UPS
DAEP/50/19 03 Unidades de Túnicas Padre Inácio C. Cassoma 01 Volume 156018549 27/11/2013 UPS
DAEP/54/19 400 Unidades de recipientes de diagnóstico laboratorial EuropeAssistant 06 Volumes 9165440524 08/02/2019 DHL
DAEP/55/19 01 Bolsa para senhora Helga Carneiro 01 Volume 1835353144 13/01/2019 DHL
DAEP/56/19 04 Unidade de Cabos Eléctricos para Viaturas Sogester SA 01 Volume 1770681404 21/12/2018 DHL
DAEP857/19 03 fatos para homem, 01 calça para homem, 01 colete para homem, 01 par de calçado para homem, 04 vestidos, 02 maca- Osvaldo Vicente 01 Volume 7800685082 07/02/2019 DHL
cões para senhora, 02 calças para senhora e 01 Túnica para senhora
DAEP/58/19 01 Router, 01 Moden e 02 Antenas Dragagem Angola 02 Volumes 5134645213 04/02/2019 DHL
DAEP/59/19 100 Unidades(recipientes de Diagnóstico Laboratorial) EuropeAssistant 06 Volumes 9165440480 08/02/2019 DHL

O prazo para a interposição do recurso hierárquico com fundamento na não susceptibilidade do confisco das mercadorias apreendidas, é de dez dias úteis, contados da data da publicação do presente aviso, conforme preceitua o ar-
tigo 514.º do Código Aduaneiro.

As mercadorias apreendidas estão sujeitas a confisco, no caso de não ser interposto, no prazo fixado o recurso a que se refere o parágrafo anterior.
Terceira Região Tributária, aos 4 de Setembro de 2019.

A DIRECTORA REGIONAL
Eurídice Cristina F. Bárber A. Alves
Técnica Superior Tributária de 2.ª Classe

COMUNICADO DE IMPRENSA COMUNICADO

A Administração Geral Tributária comunica aos contribuintes e ao público A Administração Geral Tributária comunica aos contribuintes e ao público
em geral que todos os sujeitos passivos (contribuintes) enquadrados no
em geral que o volume de negócios ou operações de importação de USD
Regime Geraldo IVA, a que se refere o Código do IVA, aprovado pela Lei
250 000,00 (duzentos e cinquenta mil dólares americanos) a que se re- nº 7/19, de 24 de Abril, que, para procederem a cobrança do IVA a partir
fere a Lei que aprova o Código do Imposto sobre o Valor Acrescentado de 01 de Outubro de 2019, são obrigados a possuir “cumulativamente”
(Lei nº 7/19 de 24 de Abril) para o “exercício económico de 2019” é o os seguintes requisitos:
equivalente a Kz63.317.500,00 (sessenta e três milhões trezentos e de- • Contabilista certificado pela Ordem dos Contabilistas e Peritos Conta-
zassete mil duzentos e quinhentos kwanzas) tendo em conta que a taxa bilistas de Angola (OCPCA);
média anual de venda do Banco Nacional de Angola para o ano de 2018 • Cobrar IVA em um dos softwares de facturação validado pela AGT;
é de 253,27. • Possuir a aprovação da AGT para o Regime Geral do IVA (Ver lista pu-
blicada no site da AGT).

Nesta conformidade, se o volume de negócios ou operações de importa- A lista dos contribuintes que solicitam adesão ao Regime Geral e apro-
ção for inferior ou igual ao equivalente a Kz63.317.500,00, os contribuin- vados pela AGT para a cobrança do IVA será actualizada mensalmente
no site da AGT www.agt.minfin.gov.ao.
tes ficam enquadrados no “Regime de Não Sujeição”, enquadrando-se
no “Regime Transitório”, se o volume de negócios ou operações de im- “O início da actividade em IVA dos contribuintes que solicitem adesão ao
portação for superior ao equivalente a Kz63.317.500,00. Regime Geral do IVA, dá-se no primeiro dia do mês seguinte ao da apro-
vação pela AGT”.
Publique-se.
Publique-se.

Administração Geral Tributária, em Luanda, aos 30 de Setembro de 2019. Administração Geral Tributária, em Luanda, aos 30 de Setembro de 2019.

O Presidente do Conselho de Administração O Presidente do Conselho de Administração


Sílvio Franco Burity Sílvio Franco Burity (13.322)
CULTURA Terça-feira
1 de Outubro de 2019 29
RECONHECIMENTO
PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO ÁFRICA DO SUL

Bailarinos angolanos
dominam competição
Roque Silva Groove”. O par, denominado
“Groove Monster”, ficou em
Os bailarinos angolanos de terceiro nas categorias pop-
“street dance” conquistaram, ping e all styles.
em Joanesburgo, na África A edição deste ano do Glo-
do Sul, uma medalha de ouro, bal Dance Supreme, que
uma de prata e duas de decorreu na capital económica
bronze, durante mais uma sul-africana, teve ainda a par-
edição do Global Dance ticipação de três outras duplas
Supreme, concurso interna- de bailarinos angolanos, além
cional de dança de rua, que de artistas de distintas nacio-
encerrou no domingo. nalidades de vários continen-
A dupla formada por Wil- tes, nomeadamente B Boy
son Mateus “Wipax” e Tássio Betinho/B Boy Edson, do grupo
José “Jay Groove” conquistou Xtilo Urbano, B Boy Orlando
a medalha de ouro, graças (Fullmoon Crew)/Nay Scare
ao primeiro lugar obtido na (Scarecrows), B Boy Edy Free-
categoria popping, e de prata zer/B Boy Lord Ping (1000
na categoria all styles, que é Break Crew).
uma mistura de vários estilos Para terem acesso à fase
de dança. Para alcançar tal final do concurso, cuja pró-
feito de obter o ouro, a dupla xima edição acontece de 23
Espaço é parte do património arquitectónico da cidade capital e uma referência histórica a ser melhor aproveitada denominada “Wigroove” a 27 de Setembro de 2020, os
bateu na final concorrentes bailarinos passam por várias
da África do Sul e Moçam- fases de qualificação nos paí-

Cultura reforça aposta


bique, por coincidência os ses de origem, em concursos
mesmos que superaram os de vários estilos de dança,
angolanos na edição passada. como afro dance, popping, b
Na categoria all styles, Wipax boying, krump e all styles.
e Jay Groove, que integram Em Angola, teve lugar em
o grupo Scarecrows, foram Maio deste ano em Luanda.
superados pelas sul-africanas Já no palco da prova, os

no Palácio de Ferro Shameelah Kinnear e Midian


Leah, dupla que conserva o
título desde a última edição.
As duas medalhas de
bronze conquistadas por
Angola foram alcançadas por
concorrentes passam por
outras fases de eliminatória.
Além da competição de dança
em duplas, o Global Dance
Supreme promove batalhas
individuais e de apresentação
A ministra da Cultura, Maria destaca, tem condições para mantém a originalidade do provável ao Madagáscar. João Mukixi Baptista “John entre grupos com mais de 15
da Piedade de Jesus, des- se tornar numa “grande” material empregado, para Existe alguma especulação Monster” e Helena Morais elementos, assim como
tacou, em Luanda, a impor- referência da cultura ango- dar melhor qualidade à sob a forma como chegou a dos Santos Neto “Hellie seminários sobre dança.
tância de se dinamizar e lana, razão pela qual o minis- estrutura. O Palácio de Ferro Angola. Segundo algumas DR
revitalizar, urgentemente, tério está a trabalhar para é um edifício histórico de fontes, o navio que o trans-
o Palácio de Ferro, trans- garantir a sua transformação Luanda, que se crê ser da portava acabou por ser des-
formando-o num centro num local de artes. autoria de Gustave Eiffel. viado da sua rota, devido à
cultural, informou a Angop. O diplomata francês ma- O edifício possui uma deco- Corrente de Benguela. Outras
A governante, que falava nifestou, por sua vez, dis- ração original em filigrana fontes indicam que o mesmo
durante uma audiência con- ponibilidade para apoiar o metálica e tem um soberbo acabou por ser desembar-
cedida ao embaixador de projecto e considera o Palácio avarandado envolvente, cado em Luanda e vendido
França em Angola, Sylvain de Ferro um espaço capaz sendo o melhor exemplar em hasta pública, tendo sido
Itté, no quadro do reforço da de ser melhor aproveitado da arquitectura de ferro em arrematado pela Companhia
cooperação cultural entre os para divulgação da cultura Angola. Comercial de Angola que,
dois países, adiantou que se nacional ou da francesa, por A história do Palácio de de facto, adquiriu o Palácio
pretende com isso aproveitar meio de acções da Aliance Ferro está envolvida em mis- de Ferro nos finais do século
melhor esta infra-estrutura Française de Angola. tério, já que não existem regis- XIX e princípios do XX.
a favor do público. Durante a audiência, as tos da sua origem. Acredita-se Durante o período colo-
Maria da Piedade de Jesus duas partes falaram igual- que a estrutura em ferro for- nial, o edifício gozava de
afirmou que a intenção é mente sobre o apoio francês jado tenha sido construída grande prestígio e foi usado Dupla conseguiu impor-se aos demais na categoria popping
transformar o Palácio de Ferro ao Sítio Histórico de Mbanza na década de 80 e 90 em como centro de arte. Após a
num espaço de interacção Kongo, elevado a património França, como pavilhão para independência de Angola e
cultural, capaz de se tornar da Humanidade. uma exposição, e posterior- a subsequente guerra civil
num atelier para a descoberta O espaço, com um piso mente desmontada e trans- angolana, o palácio entrou
de novos valores. O edifício, e três salas de exposições, portada de barco com destino em ruína. “HORIZONTE”

Leo aposta em novo disco


ESPECTÁCULO
para conquistar mercados
Sucessos de Heavy C cantados no Sequele O músicoLeo pretende alcan-
çar novos mercados e palcos
“gigantescos” com o actual
o EP foi feito a pensar no mer-
cado interno e na internacio-
nalização. “Pretendo pisar
DR
Roque Silva maioritariamente composta próprios, incluídos nos discos disco, de originais, apresen- novos palcos. O próprio título
por mulheres, desde a hora de outros artistas, como “Tu tado, no último sábado, na é em função desta perspectiva.
O músico Heavy C realizou, que se mostrou ao público. vives em mim”, conhecido Praça da Independência, e no É uma forma de tentar quebrar
no último sábado, no Espaço O músico, que subiu ao na voz de Kueno Aionda, domingo, na Casa da Juven- todos os limites e muros à volta
Aplausos, na Cidade do palco perto das 22h50, realizou “Evita Problema”, de Matias tude de Viana, em Luanda. da carreira.”
Sequele, Cacuaco, um con- uma performance intercalada Damásio, “Tu és o amor”, por O cantor disse ao Jornal de O EP tem seis temas iné-
certo, com os melhores êxi- pelas actuações dos artistas Yuri da Cunha, e “Erro bom”, Angola que colocou “todas as ditos, produzidos nos estilos
tos de uma carreira com convidados, todos acompa- por Edmázia Mayembe, que fichas” no EP “Horizonte” para semba, pop/rock, soul music,
mais de 20 anos. nhados pela banda Muzan- participou no espectáculo, levar a música até aos grandes r&b e gueto zouk. O amor é
Igual a si mesmo, Heavy gola. Do repertório de Heavy com a duração de mais de mercados internacionais. o foco principal das letras.
C provou mais uma vez ser C saíram mais de 20 temas, três horas. “Embora o EP seja um ‘ape- A divulgação do EP con-
dos artistas muito acari- interpretados em sonoridades Entre os convidados des- ritivo’ ao álbum que deve sair tinua no dia 5 de Outubro,
nhados por uma geração. diferentes dos originais, tacam-se ainda Calabeto, Lil no próximo ano, acredita na na portaria da Rádio Morena,
Descalço, em palco, aliás a devido a incursão pelo afro Saint, Projecto Cabeladas, qualidade das propostas musi- em Benguela. No dia seguinte
imagem de marca do cantor, jazz. Além das canções que Irene Jovem e a Banda Aplau- cais, gravadas em distintos o disco é apresentado no pátio
arrancou suspiros e inúme- integram a discografia, Heavy sos, composta por estudantes Músico foi muito aplaudido géneros, para poder conquistar da Rádio Lobito, também na
ros aplausos da plateia, C cantou, também, temas de canto do Espaço Aplausos. pelos fãs durante o show o público”, comentou o artista. província de Benguela.
Na verdade, acrescentou Leo, Roque Silva
30 DESPORTO Terça-feira
1 de Outubro de 2019

APÓS TRIUNFO EM DAKAR COM ONZE GOLOS

Pérolas garantem sétima Breves Aznaide Carlos esteve


NEIDE DIAS CORRE

presença nos Jogos Olímpicos


AMANHÃ EM DOHA
A meia-fundista Neide Dias
entra em cena amanhã, às
em destaque na prova
17h45, no Campeonato do
PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO Mundo de atletismo, onde Teresa Luís sivas e ofensivas na prova,
disputa os 1500 metros, diferente da central Helena
prova que decorre em Com 11 golos marcados, em Paulo, com oito golos, mais
Doha, Qatar. duas partidas, a lateral direita utilizada do ataque.
Em declarações ao Jornal Aznaide Carlos “Zica” foi a Wuta Dombaxi (universal)
de Angola, a atleta melhor marcadora da Selec- e Janeth Santos (ponta) tam-
mostrou-se motivada em ção Nacional sénior feminina bém estiveram em evidência,
fazer uma boa marca de andebol, cujo regresso a cada com quatro. Magda
apesar da falta de apoios e Luanda está marcado para Cazanga (lateral esquerda)
lamentou o facto de hoje, às 6h00, após garantir e Juliana Machado (ponta)
suportar as despesas da a sétima presença consecu- marcaram cada uma dois,
preparação. tiva nos Jogos Olímpicos. ao passo que Iracelma da
“Infelizmente a federação No primeiro jogo do Tor- Silva (ponta) e Natália Ber-
não conseguiu verbas e neio Pré-Olímpico disputado nardo (lateral esquerda)
mais uma vez estou em Dakar, diante do Congo apontaram cada um.
sozinha no Mundial. Mas Democrático, Zica, sub-capitã No cômputo geral, Angola
vou dar o meu melhor afim das Pérolas, marcou seis golos marcou 51 golos, sofreu 35,
de dignificar a nossa e frente ao Senegal, cinco. médias de 25,5 e 17,5 por
bandeira. Nos Jogos Detentora de um remate jogo. Teresa Almeida “Bá”,
Africanos de Rabat, corri potente, na maior parte das Helena Sousa, Albertina Kas-
sem ajuda. Para o Mundial vezes em suspensão, a joga- soma, Liliana Venâncio, Ruth
também custiei o estágio dora costuma ser determi- João, Claudeth José, Iracelma
em Portugal”, disse. nante na primeira linha. Silva, Janeth Santos, Juliana
O antigo treinador do 1º de A central Isabel Guialo Machado, Vilma Silva, Helena
Campeãs africanas foram superiores e confirmaram hegemonia diante das senegalesas Agosto, especialista da “Belinha”, capitã do “sete” Paulo, Isabel Guialo “Beli-
modalidade, José Saraiva, nacional, conta com saldo nha”, Natália Bernardo, Wuta
Selecção Nacional sénior feminina de andebol mantém mostrou-se pessimista em de nove golos, à semelhança Dombaxi, Aznaide Carlos e
relação a um excelente da pivô Albertina Kassoma. Magda Cazanga são as joga-
histórico de presenças na maior montra do desporto mundial resultado da meia-fundista. As influentes andebolistas doras que estiveram ao ser-
“A Neide Dias é especialista assumiram funções defen- viço da selecção.
António Ferreira | Europa, Américas e Oceânia, pares para o Mundial. A dos 800 metros. Para correr
com a disputa de seis pré- representação do continente os 1500 metros, devia
A Selecção Nacional é uma olímpicos. africano ficou entregue a preparar-se
das primeiras a garantir, por A competição vai manter Argélia, Egipto e Tunísia, condignamente, com BASQUETEBOL MASCULINO
via da disputa do Torneio o f o r m ato d o s J o g o s d o países com larga tradição auxílio do treinador. Sem
Pré-Olímpico sénior femi- Rio'2016, ou seja, oito vagas nestas lides. apoios vai ser muito difícil
nino de andebol, presença
na 32ª edição dos Jogos Olím-
estão abertas. Entre 19 a 22
de Março de 2020, a IHF rea-
A Europa detém o grosso
das nomeações, com um
ter uma boa prestação”,
justificou, mas ainda assim
1º de Agosto está afastado
picos de 2020, a decorrer na
capital japonesa, Tóquio, de
lizará três torneios, cujas
sedes ainda estão por definir,
total de nove duplas, contra
três da Ásia e duas das Amé-
torce pela corredora.
“É uma honra termos uma das eliminatórias para a BAL
25 de Julho a 9 de Agosto. com os países melhores clas- ricas, sendo que os árbitros representante no Mundial.
A qualificação de Angola, sificados no Mundial do de reserva são de Cuba e Sué- Espero que faça um bom Anaximandro Magalhães campeões de cada país, tendo
sétima presença consecutiva Japão, em Dezembro. cia. O processo selectivo é resultado, mesmo ao lado por Angola garantido pre-
na maior montra desportiva, Serão três grupos, cada resultado de um seminário das grandes vedetas do O 1º de Agosto, campeão da sença o Petro de Luanda, às
confirma a hegemonia das com quatro selecções, as de preparação, que decorreu atletismo”, sublinhou. AfroLiga, está afastado defi- ordens de Lazare Adingono.
Pérolas, cujo histórico com- duas melhores carimbam o na cidade dinamarquesa de nitivamente de disputar as Em declarações ao Jornal
petitivo as classifica como dig- passe para Tóquio'2020, Copenhaga, em Junho. eliminatórias de apura- de Angola, o director para o
nas representantes africanas. totalizando seis classificadas. O curso envolveu palestras FEDERAÇÃO DE KARATÉ mento para a Liga dos Clu- basquetebol do Clube Central
Com uma trajectória vito- Outrossim, será atribuída e discussões sobre tópicos- PROMOVE GRADUAÇÕES bes Campeões Africanos das Forças Armadas, Joaquim
riosa, convém lembrar, edi- uma vaga para o melhor do chave, incluindo a linha pro- A Federação Angolana de sénior masculino de bas- Gomes “Kikas”, lamentou:
ficada a partir de 1996, às mãos Pré-Olímpico da Oceânia, gressiva de punição (regra Karaté Do (FAKD) realizou, quetebol, denominada BAL “é triste mas os regulamentos
de Beto Ferreira e Fernando caso uma selecção do con- 8), faltas do atacante, lances domingo, a graduação de League, cuja fase final é são claros. Fizemos todos os
Moreira (in memória), na Argé- tinente tenha terminado livres, rápidos e de sete cinturões pretos (dans) de jogada de Janeiro a Março contactos para ser revista a
lia, com triunfo diante da Costa entre o oitavo ao 12º posto metros (grandes penalida- 23 dos 35 treinadores do próximo ano. nossa condição de formas a
do Marfim, por 22-18. da tabela no Mundial. des), linguagem corporal, participantes no seminário A condição de campeão abrir-se a possibilidade de
No retrospecto das cam- Caso contrário, a vaga vai estilo moderno de arbitra- técnico regional, realizado da primeira edição da Afro- nós, enquanto detentores do
peãs africanas, a primeira para o segundo melhor do gem, jogo passivo e os últimos no Pavilhão Anexo II da Liga, nem-tão pouco a suposta título da anterior competição,
presença olímpica aconteceu continente (Ásia no mascu- 30 segundos das partidas. Cidadela, em Luanda. intervenção da Federação estarmos presentes, mas não
em1996, em Atlanta (7º lugar, lino e América no feminino). Na ocasião, realce para a Angolana de Basquetebol será possível infelizmente”.
penúltimo), a seguir Sid- Em seniores masculinos, de Eis a lista dos árbitros única atleta feminina (FAB), junto da FIBA-África, Prosseguindo, o antigo
ney'2000 (9º, penúltimo), 16 a 19 de Abril de 2020, é nomeados: Eunice João (Luanda), que foi suficiente para persuadir capitão dos rubro e negros e
Atenas'2004 ( a mesma pres- jogado o Pré-Olímpico. Yousef Belkhiri/Sid Ali Ha- saiu do primeiro para o o órgão reitor da modalidade da Selecção Nacional defende
tação), Pequim'2008 (12º, Com efeito, no período midi ( Argélia ) Ya smina segundo dan. no continente a abrir uma que a condição actual vai
último, com igual número de 17 a 27 de Outubro do cor- E l s a i e d / H e i dy E l s a i e d António Bento, Amilton excepção. obrigar os clubes a investirem
de selecções participantes), rente, o Qatar acolhe a qua- (Egipto), Samir Krichen/Samir Quindo e Abel Balanca Para a edição inédita da mais, “pois de outro modo
Londres'2012 (10º, antepe- lificação masculina da zona Makhlouf (Tunísia), Maria passaram do primeiro kyu prova, segundo os regula- será complicado. As equipas
núltimo) e Rio'2016 (8º posto asiática, com presenças, Inês Paolantoni/Mariana Gar- para o primeiro dan, mentos da competição, qua- vão ter de trabalhar mais e
melhor classificação). ainda por confirmar, da Ará- cia (Argentina), Mathias enquanto Brandão Lucas, lificam-se directamente os melhor”, concluiu.
Em Campeonatos do bia Saudita, Irão, China, Jor- Sosa/Cristian Lemes (Uru- Delfino Cassange, Baptista
Mundo, o “sete” nacional dânia, Cazaquistão, Coreia guai), Yufeng Cheng/Yunlei João, Giliano André, Semba JOSÉ COLA | EDIÇÕES NOVEMBRO

conta com 14 participações, do Sul, Koweit, Bahrein, Z h o u ( C h i n a ) , K iyo s h i Aguiar, Orlando Mbela,
a primeira em 1990, na Coreia Hong Kong, Iraque, Tailândia Hizaki/Tomokazu Ikebuchi Sérgio Imperial, Alberto
do Sul. Nos Jogos Africanos, e do país anfitrião. Nas vestes (Japão), Bon-Ok Koo/Seok Semente aprovaram para a
cuja estreia ocorreu em 1991, de país sede, o Japão tem Lee (Coreia do Sul), Maike segunda faixa preta.
num total de oito edições, garantido no masculino e Merz/Tanja Schilha (Alema- Do segundo para o terceiro
conquistou sete medalhas feminino uma vaga. nha), Davor Loncar/Zoran dan aprovaram Carlos
de ouro e uma de bronze. Loncar (Croácia), Karina Maquiesse, Martinho
As Pérolas somam também Arbitragem angolana Christiansen/ Line Hansen Canjila, Adilson Neto,
20 presenças nos Campeo- ausente do Mundial IHF ( Dinamarca ) , Ignacio Manuel Francisco,
natos Africanos das Nações, 2019 García/Andreu Marín (Espa- Aldrovandi Muango, Enoch
com início em 1981, saldo de A arbitragem angolana está nha), Charlotte Bonaven- Vasconcelos e André Rosa.
13 títulos, um marco longe coarctada da 24ª edição do tu ra / Ju l i e B o n ave ntu ra Alberto Ferreira e Desidério
de ser alcançado por qualquer Campeonato do Mundo de (França), Cristina Nastase/- China, ambos de Cabinda,
selecção continental, nas pró- andebol, sénior feminino, a Simona Stancu (Roménia), Fernando Muendo e Gaspar
ximas duas décadas. disputar-se de 30 de Novem- Viktoria Alpaidze/Tatiana João saíram com êxito do
Relativamente aos Jogos bro a 15 de Dezembro, na Berzkina (Rússia), Bojan terceiro para o quarto dan.
Olímpicos, China e Coreia cidade de Tóquio, Japão, face Lah/David Sok (Eslovénia) e João Silva, Germano
do Sul também confirmaram a ausência das principais Vanja Antic/Jelena Jakovljevic Gomes, Emanuel
presença. Os torneios con- competições internacionais. (Sérvia). Reservas: Raymel Vasconcelos e Félix Ferreira
tinuam nas três zonas de Os angolanos ficaram de Reyes/Alexys Zuñiga (Cuba) foram os prelectores do
desenvolvimento da Fede- fora do quadro de elite e do e Maria Bennani/Safia Ben- estilo da Associação de
ração Internacional (IHF), Top 20, que definiu os 17 nani (Suécia). Shotokan Karaté do Japão. Paulo Macedo concentram-se somente nas provas internas
DESPORTO Terça-feira
1 de Outubro de 2019 31
FUTEBOL COLOSSOS DESFILAM EM ÁFRICA GIRABOLA’2019/20

Libéria e Tanzânia
chegam hoje
Angola reforça representação Petro acerta passo
à capital do país na Liga dos Clubes Campeões com o Santa Rita
As selecções da Libéria e da
Tanzânia desembarcam no 1º de Agosto e Petro de Luanda colocam o futebol nacional António Cristóvão Angolana de Futebol (FAF)
princípio da tarde de hoje, entre os países dominadores do “ranking” do continente devido à deslocação do Petro
em Luanda, seguindo depois O Petro de Luanda recebe de Luanda ao Uganda, onde
de autocarro para a cidade de VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO hoje, às 16h00, o Santa Rita na sexta-feira passada jogou
Benguela, onde disputam a de Cássia FC no Estádio Nacio- e empatou a uma bola com
partir de sexta-feira até 15 do nal 11 de Novembro, na capital, KCCA FC, em partida referente
corrente, a 5ª edição do Cam- em jogo de seguimento da à segunda mão da última eli-
peonato Africano de Futebol sexta jornada da 42ª edição minatória de qualificação para
para Amputados (CANAF). do Campeonato Nacional de a fase de grupos da Liga dos
Cada uma das delegações Futebol da I Divisão, Gira- Clubes Campeões Africanos.
desembarca no Aeroporto bola’2019/20. A ronda fica concluída a 20
Internacional 4 de Fevereiro, Os tricolores, que ocupam do corrente, às 17h00, com o
com 18 elementos entre atle- a 9ª posição da tabela clas- desafio entre 1º de Agosto e
tas, técnicos, dirigentes e sificativa, com sete pontos, Recreativo da Caála, no Estádio
jornalistas.As duas selecções entram para o relvado como Nacional 11 de Novembro. Este
ficam alojadas no Hotel Praia principais favoritos ao triunfo, jogo também foi remarcado
Morena, no centro da cidade diante da formação católica, devido ao jogo disputado no
das Acácias Rubras. Amanhã, última com um ponto. domingo entre militares e Green
às 14h50, chega a Selecção A equipa do Eixo Viário Eagles da Zâmbia, referente à
da Nigéria. apontou cinco golos e con- segunda mão da penúltima
sentiu três, enquanto o adver- eliminatória de apuramento
sário marcou igual número à mesma competição africana
A Selecção e sofreu 13, números que lhe para a qual se qualificou o
Nacional conferem a pior defesa da eterno rival, Petro.
está prova. As duas equipas já se A sexta jornada do Girabola
em Benguela defrontaram em quatro oca- forneceu os seguintes resul-
desde 23 siões no Girabola, com van- tados: FC Bravos do Maquis-
de Agosto tagem para os tricolores, que Cuando Cubango FC, 1-2,
somaram triunfos em todas Recreativo do Libolo-Ferrovia
as partidas. do Huambo (1-1), Sporting de
A equipa do Santa Rita, Cabinda-Desportivo da Huíla
Em Benguela, já se encontra está na capital no máximo da (1-1), Interclube-1º de Maio
a Selecção dos Camarões. Tal sua força e quer afastar a onda (3-1), Académica do Lobito-
como a Selecção Nacional, que de resultados negativos no Sagrada Esperança (1-0) e
se prepara desde o dia 23 de campeonato. O desafio foi Williete de Benguela-Pro-
Agosto, no palco do certame. Eternos rivais no plano doméstico inscrevem pela primeira vez dupla presença do país na Liga remarcado pela Federação gresso Sambizanga (2-1).
Os camaroneses, que che-
garam ontem, foram a pri-
meira delegação a escalar a Honorato Silva compensação de tesouraria, garantir o apuramento. A apa-
cidade de Benguela, com reencontrar o passado de gló- rente avenida aberta pelo DIANTE DO CLUB BRUGGE
uma delegação de 18 pessoas, Pela primeira vez, em 22 anos, ria em África, com realce para triunfo (2-1), na visita ao Green
chefiada pelo presidente da Angola coloca duas equipas a prestação que levou o clube Eagles da Zâmbia, em Lusaka,
federação daquele país,
Maimo Ngala.
na fase de grupos da Liga dos
Clubes Campeões Africanos
às meias-finais em 2001, sob
o comando do finado técnico
acabou transformada num
atalho com piso acidentado,
Real Madrid tenta primeira
Hoje à tarde, os Camarões
efectuam uma sessão de
de futebol, em função do
desempenho do Petro de
brasileiro Djalma Alves Caval-
canti. Após a dupla vitória
por força da derrota (0-1), no
Estádio 11 de Novembro. vitória na Liga Champions
treino para a adaptação e Luanda e do 1º de Agosto, que (2-0) frente ao Matlama do Dominadores na iniciativa
reconhecimento à relva do ultrapassaram a última eli- Lesotho, na primeira elimi- de jogo, os militares do Rio Anaximandro Magalhães a mesma série defrontam-se
Estádio Edelfride Palhares minatória, no final de semana. natória, a equipa, às ordens Seco apanharam-se confron- às 20h00, Galatasaray - PSG.
da Costa “Miau” (ex-Muni- Maiores forças do desporto do espanhol Antonio Cosano tados com o espectro da eli- Em claro crescendo de forma À mesma hora, no Grupo
cipal de Benguela). nacional, petrolíferos e mili- conseguiu, com audácia, minação diante dos seus no contexto doméstico, o Real B, defrontam-se Estrela Ver-
Os jogos vão ser disputa- tares inscreveram o nome do resistir à pressão do Kampala adeptos. Sem acerto e eficácia Madrid tenta hoje, diante do melha - Olympiacos, Totte-
do s tamb ém no Estádio país na lista completada pela City do Uganda, ao explorar a no ataque, com défice de Club Brugge, em encontro nham - Bayern Munique. No
Nacional de O’mbaka, no Tunísia (Esperance de Tunis regra do golo fora, pois o empate desempenho no meio-campo, agendado para as 17h55, no C estão agendados o Atlanta
bairro da Taça. e Étoile du Sahel), Marrocos (0-0), em casa, foi capitalizado no lançamento do ataque e Estádio Santiago Bernabéu, - Shaktar (17h55) e Manches-
Na abertura do africano, (Wydad e Raja Casablanca), com outra igualdade (1-1), na na pressão à zona de cons- a primeira vitória na Liga dos ter City - Dínamo Zagreb
a Selecção Nacional joga na Egipto (Al Ahly e Zamalek), condição de visitante. trução do adversário, os tetra- Clubes Campeões Europeus (20h00). No mesmo período,
sexta-feira, às 16h00, diante Argélia (USM Alger e JS Kaby- campeões do Girabola ficaram, de futebol, a designada Cham- no D, testam aptidões Juventus
dos Camarões no Estádio de lie) e Congo Democrático (TP por culpa própria, a um golo pions League. - Bayern Leverkusen e Loko-
O’mbaka. Mazembe e AS Vita Club). Maiores forças do da frustração do objectivo de Vergados na primeira jor- motiv - Atlético de Madrid.
Os jogos da competição Na sua segunda presença, desporto nacional, desfilar entre os 16 clubes da nada do Grupo A, por cate-
DR
vão ser disputados de manhã 18 anos depois da estreia em petrolíferos e elite do futebol angolano. A góricos 3-0, pelos franceses
e à tarde no sistema todos 2001, os tricolores têm con- militares distribuição das equipas no do PSG, os comandados de
contra todos a uma volta. firmada, no sorteio de 9 de inscreveram o sorteio, com base na classi- Zinedine Zidane, técnico com
Na quinta-feira, às 8h30, Outubro, na cidade do Cairo, nome do país na ficação de clubes da CAF, três troféus da “orelhuda” no
realiza-se a reunião entre os a companhia dos rubro e lista completada afasta, à partida, a possibilidade currículo, não podiam ter,
dirigentes dos países parti- negros, fundadores em 1997 pela Tunísia de o 1º de Agosto (18º) e Petro pelo menos em teoria, adver-
cipantes no CANAF, para a do actual modelo de prova (Esperance de Tunis de Luanda (58º) ficarem inse- sário melhor para encetar a
avaliação do actual momento continental, no qual registam e Étoile du Sahel), ridos no mesmo grupo, por recuperação.
da Confederação Africana a terceira participação. Marrocos (Wydad e estarem ambos no Pote 4, o No registo dos jogos entre
de Futebol para Amputados Em tempos de acentuado Raja Casablanca), das equipas menos cotadas. si, a formação belga está em
(CAFA) e propor a criação de aperto financeiro, os embai- Egipto (Al Ahly e O lançamento indicativo vantagem sobre a madrilena,
uma Comissão de Gestão. xadores angolanos já garantiram Zamalek), Argélia coloca no Pote 1 – Esperance pois soma uma vitória e igual
Angola sagrou-se campeã cada um, com a qualificação, (USM Alger e JS de Tunis (Tunísia), 63.5 pontos, número de empates, o que à
do mundo em 2018, prova mais de meio milhão de dólares Kabylie) e Congo TP Mazembe (Congo Demo- partida pode dizer bem das
que decorreu no México. (550 mil), encaixe que pode Democrático (TP crático), 63, Wydad Casa- dificuldades a serem encon-
Na fase de grupos, Angola crescer mediante o desempe- Mazembe e AS Vita blanca (Marrocos), 63, e Al tradas por Sergio Ramos,
goleou a Ucrânia (4-0), venceu nho nas séries (vitória e empate), Club) Ahly (Egipto), 57. Pote 2 – Gareth Bale, Karim Benzema
a Espanha (1-0), Itália (2-0) bem como o êxito nos quar- Étoile du Sahel (Tunísia), 50, e companheiros.
e Polónia (6-5 aos penalties), tos-de-final, meias-finais e Mamelodi Sundowns (África Mas a favor do colosso
tendo registado a única derrota final. Mas as multas aplicadas do Sul), 49, Zamalek (Zama- europeu pode influenciar o
contra o Haiti (1-2). pela Confederação Africana Apurado com reservas lek), 44, e Raja Casablanca factor casa bem como a qua-
Nas meias-finais, os pupi- (CAF), por mau comporta- Mal-sucedido na época pas- (Marrocos), 25. Pote 3 - USM lidade técnica individual
los de Augusto Baptista mento dos adeptos, falhas na sada, por ter sido afastado Alger (Argélia), 25, Zesco Uni- dos seus integrantes.
“Chieto" venceram o Brasil máquina organizativa dos jogos pelo AS Otoho do Congo Braz- ted (Zâmbia), 24.5, AS Vita Segundos da tabela classi-
por 2-1, após prolongamento, e até na transmissão televisiva, zaville, ainda no calor da exce- Club (Congo Democrático), ficativa com um ponto, embora
com golos de Heno Gui- são deduzidas nos prémios. lente campanha assinada às 24, e Al Hilal (Sudão), 19. Pote em igualdade com o Galata-
lherme e José Candeeiro e Aposta assumida de forma ordens do sérvio Zoran Maki, 4 – 1º de Agosto (Angola), 16, saray, os pupilos de Phillipe
na final, triunfo por 5-4, pública pelo elenco presidido agora ao serviço do Wydad FC Platinum (Zimbabwe), 5, Clement chegam ao encontro
sobre a Turquia. por Tomás Faria, o Petro de Casablanca, o 1º de Agosto Petro de Luanda (Angola), determinados a vergar os
António Cristóvão Luanda procura, além da passou por algum sufoco para 2.5, e JS Kabylie (Argélia), 0. merengues no seu reduto. Para Médios Casemiro e Vinícius
PUBLICIDADE

TER01OUT

PROCESSOS NA JUSTIÇA INSPECTOR-GERAL ESTÁ EM LISBOA


AGOSTINHO NARCÍSO | EDIÇÕES NOVEMBRO

ALTO
IGAE promete firmeza
no combate à corrupção
O Inspector-Geralda Admi- as instâncias competentes,
Saúde nistração do Estado, Sebas- judiciais e criminais os dife-
tião Gunza, declarou, em rentes processos para que
Mais unidades
Lisboa, que o combate à estes sejam devidamente
O sector da Saúde tem sido uma
corrupção em Angola vai investigados.
das principais preocupações do
Executivo que tem vindo a pro- prosseguir “sem olhar para Na visita a Portugal, o
cederpaulatinamenteàmelhoria os actores envolvidos nos Inspector-Geral da Admi-
dos serviços, quer através da diferentes processos.” nistração do Estado defen-
construção, reabilitação e am- “Querendo ou não o deu uma maior aposta na
pliação e apetrechamento de combate à corrupção não capacitação técnica e tec-
várias unidades sanitárias , quer vai parar. Não importa os nológica dos profissionais
com meios humanos. O Hospital actores. Sejam os que estão do sector, numa medida
Sanatório, os centros de hemo- Procuradoria-Geral da República reprova a conduta que considera pouco digna de alguns advogados
agora ou os que virão dentro que vai facilitar a detecção
diálise e agora o de próteses, são de 100 anos”, sublinhou em de práticas de corrupção.
disso exemplo, a igual que o
anúnciodaaberturadoconcurso
para mais milhares de técnicos
de saúde à vários níveis que vão
garantir melhor assistência aos
PGR repudia a conduta declarações à imprensa, no
final de uma visita de tra-
balho a Portugal e à Suécia.
Para o responsável pela
Em Portugal, Sebastião
Gunza foi recebido pela
ministra da Justiça, Fran-
cisca Van-Dúnem, pelo
pacientes e condições aos pro-
fissionais. Não se pode (re) fazer
tudo num dia, até porque os re-
cursos são escassos, mas uma
de advogados na imprensa Inspecção-Geral da Admi-
nistração do Estado, mais
do que combater a corrupção
presidente do Tribunal de
Contas, Vítor Caldeira e
teve reuniões de trabalho
é fundamental cooperar com responsáveis da Polí-
gestão mais cuidada sempre per- A Procuradoria-Geral da da Justiça funcionam na as aparições públicas de com as instituições, num cia Judiciária, do Departa-
mite melhorar os resultados. República (PGR) repudiou dependência do Poder Exe- vários advogados para quadro preventivo. mento Central de Inves-
ontem, em Luanda, a pos- cutivo, em violação da sepa- comentarem sobre casos Sebastião Gunza reco- tigação e Acção Penal e com
tura de alguns advogados ração de poderes", lê-se na pendentes na Justiça têm nhece que existem hoje elementos que coordenam
que, na imprensa, nas pla- nota, que acrescenta que sido em sentido contrário em Angola “sinais claros o processo de aquisição de
taforma electrónicas de "esta sugestão põe em pe- ao que dispõem os diplo- de que a sociedade está material para o Ministério
BAIXO comunicação online e nas rigo a construção e a manu- mas que regulam o exercício mais moralizada e sensi- da Saúde.
redes sociais, falam sobre tenção do Estado Demo- da profissão. A PGR lembra bilizada para o combate à Além de Portugal, Sebas-
processos conclusos às ins- crático de Direito." que, "algumas vezes, estes corrupção”, mas reconhece tião Gunza esteve igual-
tituições de Justiça. A PGR lembra que "os pronunciamentos confi- que se trata de “um pro- mente na Suécia, onde disse
Numa nota enviada ao diplomas legais que regu- guram infracção disciplinar cesso longo e que ainda ter mantido igualmente
bastonário da Ordem dos lam a actividade de advo- por violação dolosa ou cul- carece de um aperfeiçoa- encontros com entidades
Comerciantes Advogados de Angola, a cacia proíbem os advoga- posa dos deveres decor- mento constante”. envolvidas na luta contra
Alteração de preços PGR refere que tem sido dos de discutirem, ou con- rentes dos mencionados No essencial, segundo a corrupção.
O Imposto sobre o Valor Acres- frequente, nos últimos tem- tribuírem para a discussão, diplomas legais." disse, o trabalho da Ins- O combate à corrupção
centado (IVA) , começou a vigorar pos, o pronunciamento de em público ou nos meios A PGR refere que exis- pecção-Geral da Adminis- e impunidade é a bandeira
hoje em Angola, procurando tra- advogados sobre factos de comunicação social, tem situações em que a tração do Estado tem sido da governação do Presi-
zer mais justiça na cobrança relacionados com proces- de questões pendentes ou intervenção destes advo- o de exortar as entidades dente João Lourenço, que
fiscal e melhorar a arrecadação sos no qual participam, bem a instaurar perante tribu- gados visa "influenciar de públicas a corrigirem even- quinta-feira completou
de receitas do Estado. Foi longo como juízos de valor sobre nais ou outros órgãos do forma maliciosa ou cen- tuais irregularidades detec- dois anos à frente da chefia
o percurso para se chegar aqui a actuação dos órgãos que Estado, salvo se o Conse- surável" a resolução de tadas e encaminhar para do Estado angolano.
e adivinha-se que ainda venham intervêm na administração lho Provincial (da Ordem pelitos judiciais nos quais DR
a surgir muitos esbulhos até a
da Justiça, nomeadamente dos Advogados), face a um são parte ou têm interes-
sua afinação, sabendo-se que
a maior parte da economia na- a PGR e os tribunais. pedido fundamentado, ses, utilizando até os ór-
cional é informal e que a capa- Estas posições, segundo concordar com a neces- gãos públicos de comuni-
cidade fiscal dos contribuintes a PGR, chegam mesmo a sidade de uma explica- cação social.
já estará próxima dos limites. "pôr em causa as decisões ção pública". A PGR alerta o basto-
Contudo, a atitude oportunista destes e a sugestionarem Mesmo nestes casos, nário da Ordem dos Advo-
de alguns comerciantes e pres- a inexistência de objecti- esclarece a PGR, devem gados de Angola para lem-
tadores de serviço de aumen- vidade e imparcialidade." ser respeitados os precisos brar aos advogados para
tarem antecipadamente os pre- "Este comportamento de termos da autorização dada que cumpram o que deter-
ços mostra que os organismos alguns advogados pode por aquele órgão, tal como mina os estatutos da OAA
de supervisão e fiscalização pre-
causar e tem causado incer- dispõe o Código de Ética e e o Código de Ética e Deon-
cisam de ser mais severos para
com estas práticas que consti- teza e insegurança jurídica Deontologia Profissional e tologia Profissional no que
tuem crime e que penalizam na sociedade, ao insinua- os Estatutos da Ordem dos concerne à intervenção pú-
em muito o poder de compra rem que os órgãos que Advogados de Angola. blica ou nos meios de co-
dos cidadãos. intervêm na administração A PGR considera que municação social. Sebastião Gunza afirma que o combate às más práticas continua

e visa criar reservas hídricas radas as águas vão parar ao pluviométricas, principal- O projecto para a cons-
PROVÍNCIA DO NAMIBE para o combate a seca, dimi- mar”, disse o responsável. mente nas regiões mais crí- trução das seis barragens
nuir a movimentação de pes- Jorge Hilário, membro do ticas”, disse. resulta de uma pesquisa
Seis barragens serão erguidas soas, fixando-as através do
desenvolvimento agrícola e
conselho de auscultação às
comunidades, presente no
O administrador municipal
de Moçâmedes, João Ernesto
efectuada entre 2013 e
2018. Agora está na fase de
para reduzir impacto da seca industrial da região.
“O objectivo principal da
acto, considerou alto o valor
do projecto, afirmando que
dos Santos, é de opinião que
as barragens podem minimi-
mobilização de recursos
financeiros, para depois
O Instituto Nacional de Re- Avaliado em 800 milhões construção das barragens nos faria mais sentido, com o zar a carência de água para proceder-se ao lançamento
cursos Hídricos (INRH) apre- de dólares, as barragens vão rios do Namibe é, também, tra- dinheiro, reparar todas as bar- a população e o gado. de concursos.
sentou ontem, na cidade de ser construídas nos rios Cara- tamento das águas residuais, ragens, represas e furos de “É necessário, também, O governador da província
Moçâmedes, o projecto para culo, Bero, Giraúl, Inaman- reabilitação das instalações água já existentes. que se reabilite e faça a manu- do Namibe, Carlos da Rocha
a construção de seis barra- gando, Bentiaba e Carujam- existentes, desenvolvimento “A rota da transumância tenção das barragens antigas, Cruz, disse que com a cons-
gens nos principais rios do ba. O director do INRH, Ma- agrícola e industrial da região, do gado deve entrar no pro- para que o projecto seja, de trução das barragens haverá
Namibe, para retenção de nuel Quintino, disse que o que é rica em produção de jecto da construção das bar- facto, estruturante no combate maior aproveitamento das
água e atenuar os efeitos da projecto está enquadrado tomate, além de impedir que ragens, para evitar a seca no à seca e para o desenvolvi- águas subterrâneas.
seca na região. no Plano Nacional de Águas no período das grandes enxur- período de poucas quedas mento local”. Manuel de Sousa