Вы находитесь на странице: 1из 4

Mecânica dos Fluidos 1 – Lista de Exercícios 1

Lista de Exercícios do capítulo 2 do Livro-texto: Fox, R. W., Pritchard, P. J., McDonald,


A. T., Introdução à Mecânica dos Fluidos, 7ª Edição, Editora LTC, Rio de Janeiro/RJ,
2010.

Problema 2.1
Para os campos de velocidade dados abaixo, determine:
a) Se o campo de escoamento é uni, bi ou tridimensional, e por quê.
b) Se o escoamento é em regime permanente ou transiente, e por quê.

(as quantidades a e b são constantes)

1) ⃗
𝑉 = [𝑎𝑦 2 𝑒 −𝑏𝑡 ]𝑖̂
2) ⃗
𝑉 = 𝑎𝑥 2 𝑖̂ + 𝑏𝑥𝑗̂ + 𝑐𝑘̂
3) ⃗
𝑉 = 𝑎𝑥𝑦𝑖̂ − 𝑏𝑦𝑗̂
4) ⃗
𝑉 = 𝑎𝑥𝑖̂ − 𝑏𝑦𝑗̂ + 𝑐𝑡𝑘̂
5) ⃗
𝑉 = [𝑎𝑒 −𝑏𝑥 ]𝑖̂ + 𝑏𝑡 2 𝑗̂

Problema 2.3
Para um campo de velocidade 𝑉 ⃗ = 𝑎𝑥 2 𝑖̂ + 𝑏𝑥𝑦𝑗̂, onde 𝑎 = 1𝑚−1 𝑠 −1 e 𝑏 = −1/
−1 −1
2𝑚 𝑠 , e as coordenadas são medidas em metros, obtenha uma equação para as
linhas de corrente do escoamento. Trace diversas linhas de corrente para valores
positivos de y.

Problema 2.5
Uma campo de velocidade é dado por 𝑉 ⃗ = 𝑎𝑥𝑖̂ − 𝑏𝑡𝑦𝑗̂, onde 𝑎 = 1𝑠 −1e 𝑏 = 1𝑠 −2 .
Determine a equação das linhas de corrente para qualquer tempo t. Trace diversas
linhas de corrente no primeiro quadrante para t = 0s, t = 1s e t = 20s.

Problema 2.7
⃗ = 𝑎𝑥 3 𝑖̂ + 𝑏𝑥𝑦 3 𝑗̂, onde 𝑎 = 1𝑚−2 𝑠 −1 e 𝑏 =
Um campo de velocidade é dado por 𝑉
−3 −1
1𝑚 𝑠 . Determine a equação das linhas de corrente. Trace algumas linhas de
corrente no primeiro quadrante.

Problema 2.19
Um campo de velocidade é dado por 𝑉 ⃗ = 𝑎𝑥𝑡𝑖̂ − 𝑏𝑦𝑗̂, onde 𝑎 = 0,1𝑠 −2e 𝑏 = 1𝑠 −1.
Para partícula que passa pelo ponto (x,y)=(1,1) no instante t = 0s, trace a trajetória
durante o intervalo de t = 0s a t = 3s. Compare-a com as linhas de corrente traçadas
através do mesmo ponto nos instantes t = 0, 1 e 2s.

Problema 2.33
A variação da viscosidade do ar com a temperatura é bem correlacionada pela
equação empírica de Sutherland

𝑏𝑇 1/2
𝜇=
1 + 𝑠/𝑇

1
Os valores de b e s que melhor se ajustam a essa equação são dados no Apêndice do
livro texto. Desenvolva uma equação em unidades SI para a viscosidade cinemática
em função da temperatura do ar à pressão atmosférica. Considere comportamento
de gás ideal. Verifique a exatidão dos seus resultados comparando-os com os dados
do Apêndice.

Problema 2.35
A distribuição de velocidade para um escoamento laminar desenvolvido entre
placas paralelas é dada por

𝑢 2𝑦 2
= 1−( )
𝑢𝑚𝑎𝑥 ℎ

na qual h é a distância que separa as placas, e a origem está situada na linha mediana
entre as placas. Considere um escoamento de água a 15°C, com 𝑢𝑚𝑎𝑥 = 0,10𝑚/𝑠 e
ℎ = 0,1𝑚𝑚. Calcule a tensão de cisalhamento na placa superior e dê um sentido.
Esboce a variação da tensão de cisalhamento numa seção transversal do canal.

Problema 2.36
A distribuição de velocidade para o escoamento laminar entre placas paralelas é
dada por

𝑢 2𝑦 2
= 1−( )
𝑢𝑚𝑎𝑥 ℎ

na qual h é a distância que separa as placas e a origem está situada na linha mediana
entre as placas. Considere um escoamento de água a 15°C, com 𝑢𝑚𝑎𝑥 = 0,05𝑚/𝑠 e
ℎ = 0,1𝑚𝑚. Calcule a força sobre uma seção de 1𝑚2 da placa inferior e dê o seu
sentido.

Problema 2.38
Petróleo bruto, com densidade relativa SG = 0,85 e viscosidade 𝜇 =
2,15𝑥10−3 𝑙𝑏𝑓. 𝑠/𝑓𝑡 2 , escoa em regime permanente sobre uma superfície inclinada
𝜃 = 45° para baixo em relação à horizontal, numa película de espessura h = 0,1in. O
perfil de velocidade é dado por

𝜌𝑔 𝑦2
𝑢= (ℎ𝑦 − ) 𝑠𝑒𝑛𝜃
𝜇 2

A coordenada x está ao longo da superfície e y é normal a ela. Trace o perfil de


velocidade. Determine a magnitude e o sentido da tensão de cisalhamento que atua
sobre a superfície.

Problema 2.42
Um pistão de alumínio (SG=2,64) com 73mm de diâmetro e 100mm de
comprimento, está em um tubo de aço estacionário com 75mm de diâmetro interno.
O espaço anular entre os tubos é ocupado por óleo SAE 10W a 25°C. Uma massa m =
2kg está suspensa na extremidade inferior do pistão, como mostra a figura. O pistão

2
é colocado em movimento, contando-se uma corda suporte. Qual a velocidade
terminal da massa m? Considere um perfil de velocidade linear dentro do óleo.

Problema 2.50
Fluidos com viscosidades 𝜇1 = 0,1𝑁𝑠/𝑚2e 𝜇2 = 0,15𝑁𝑠/𝑚2 estão contidos entre
duas placas (cada placa tem área de 1𝑚2 ). As espessuras são ℎ1 = 0,5𝑚𝑚 e ℎ2 =
0,3𝑚𝑚, respectivamente. Determine a força F para fazer com que a placa superior
se mova a uma velocidade de 1m/s. Qual a velocidade do fluido na interface entre os
dois fluidos?

Problema 2.53
Um viscosímetro de cilindros concêntricos é acionado pela queda de uma massa M,
conectada por corda e polia ao cilindro interno, conforme mostrado. O líquido a ser
testado preenche a folga anular de largura a e altura H. Após um breve transiente de
partida, a massa cai a velocidade constante 𝑉𝑚 . Deduza uma expressão algébrica
para a viscosidade do líquido no dispositivo em termos de M, g, 𝑉𝑚 , r, R, a e H. Avalie
a viscosidade do líquido empregado.

3
Problema 2.54
Um eixo com diâmetro externo de 18mm gira a 20rps dentro de um mancal de
sustentação estacionário de 60mm de comprimento. Uma película de óleo com
espessura de 0,2mm preenche a folga anular entre o eixo e o mancal. O torque
necessário para girar o eixo é de 0,0036Nm. Estime a viscosidade do óleo que
preenche a folga anular.

Problema 2.58
Um acoplamento imune a choques, para acionamento mecânico de baixa potência,
deve ser fabricado com um par de cilindros concêntricos. O espaço anular entre os
cilindros será preenchido com óleo. O dispositivo deve transmitir potência P = 10W.
Outras dimensões e propriedades estão indicadas na figura. Despreze qualquer
atrito de mancal e efeitos de extremidade. Considere que a folga mínima, prática,
para o dispositivo seja 𝛿 = 0,25𝑚𝑚. A indústria Dow fabrica fluidos À base de
silicone com viscosidades tão altas quanto 106 centipoises. Determinar a
viscosidade que deverá ser especificada de modo a satisfazer os requisitos desse
dispositivo.