Вы находитесь на странице: 1из 73

ESTADO DO ACRE

DiárioOficial
Digitally signed by IZAAC DA SILVA ALMEIDA

IZAAC DA SILVA ALMEIDA DN: cn=IZAAC DA SILVA ALMEIDA, o, ou,


email=izaacalmeida@hotmail.com, c=BR
Date: 2014.11.10 19:38:06 -05'00'

ASSINATURA DIGITAL

Terça-feira, 11 de novembro de 2014 www.diario.ac.gov.br Ano XLVII - nº 11.432 73 Páginas

SUMÁRIO

GOVERNADORIA DO ESTADO ��������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 1


ÓRGÃOS MILITARES ������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 7
SECRETARIAS DE ESTADO �������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 7
AUTARQUIAS ����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 25
FUNDAÇÕES PÚBLICAS ����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 52
MINISTÉRIO PÚBLICO ��������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 57
MUNICIPALIDADE ���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 62
TRIBUNAL DE JUSTIÇA ������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 73
DIVERSOS ���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 73

GOVERNADORIA DO ESTADO

GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DO ACRE Desenvolvimento da Educação Profissional e Tecnológica Dom Moacyr


Grechi – IDM.
DECRETO Nº 8.601 DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014 Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com
efeitos a contar de 22 de setembro de 2014.
O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso das atribuições que Rio Branco-Acre, 10 de novembro de 2014, 126º da República, 112º do
lhe confere o art. 78, inciso VI, da Constituição Estadual, Tratado de Petrópolis e 53º do Estado do Acre.
R E S O L V E:
Art. 1º Exonerar, a pedido, o servidor DIÊGO LUIZ CASTRO SILVA, do Tião Viana
cargo de Defensor Público do Estado, Nível I, da Defensoria Pública Governador do Estado do Acre
Geral do Estado - DPGE, nomeado através do Decreto nº 8.367 de 1º _________________________________________________________
de setembro de 2014.
Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com ESTADO DO ACRE
efeitos a contar de 22 de outubro de 2014.
Rio Branco-Acre, 5 de novembro de 2014, 126º da República, 112º do DECRETO Nº 8.610 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014
Tratado de Petrópolis e 53º do Estado do Acre.
O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que
Tião Viana lhe confere o art. 78, inciso VI, da Constituição Estadual; combinado
Governador do Estado do Acre com os arts. 50, incisos II e III, alínea “g”, 55, inciso I, alínea “d”, §§ 2º
_________________________________________________________ e 16, 91, inciso I, 94, inciso I e 95, §1º, alínea “b”, da Lei Complementar
nº 164/2006; art. 5º da Lei Complementar nº 197/2009; e ainda, com os
ESTADO DO ACRE arts. 13, parágrafo único, 71, incisos I e III, 74, incisos I e II, 75, inciso I,
80 e 88, inciso II, todos da Lei nº 1.236/1997, alterada pela Lei nº 94/01
DECRETO Nº 8.607 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014 e Lei nº 1.432/02, e
Considerando os documentos acostados ao Processo nº 0022353-
O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que lhe 6/2014 da Polícia Militar do Estado do Acre, incluso o Despacho do
confere o art. 78, inciso VI, da Constituição Estadual, Diretor-Presidente do ACREPREVIDÊNCIA, informando que o proces-
CONSIDERANDO o Despacho da Secretaria de Estado da Gestão so encontra-se regularmente instruído com base na legislação vigente,
Administrativa – SGA, nos autos do Processo nº 0016161-6/2014, RESOLVE:
datado de 6 de novembro de 2014, Art. 1º Transferir, a pedido, para a Reserva Remunerada da Polícia Mi-
RESOLVE: litar do Estado do Acre, o SUB TEN PM RG 1238 RAIMUNDO NONA-
Art. 1° Exonerar, a pedido, a servidora MARIA DOS ANJOS FERREIRA TO MELO SILVA, em razão de ter completado mais de 30 (trinta) anos
SALES, do cargo de Auxiliar de Enfermagem, matrícula nº 302856-1, de serviço e preencher os requisitos legais, fazendo jus aos proventos
do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Saúde – SESACRE. calculados no soldo do posto de 2º TENENTE PM, acrescido de suas
Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com gratificações.
efeitos a contar de 1º de julho de 2014. Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com
Rio Branco-Acre, 10 de novembro de 2014, 126º da República, 112º do efeitos a contar de 22 de setembro de 2014.
Tratado de Petrópolis e 53º do Estado do Acre. Rio Branco-Acre, 10 de novembro de 2014, 126º da República, 112º do
Tratado de Petrópolis e 53º do Estado do Acre.
Tião Viana
Governador do Estado do Acre Tião Viana
_________________________________________________________ Governador do Estado do Acre
_________________________________________________________
ESTADO DO ACRE
ESTADO DO ACRE
DECRETO Nº 8.608 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014
DECRETO Nº 8.611 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014
O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que lhe
confere o art. 78, inciso VI, da Constituição Estadual, O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que
RESOLVE: lhe confere o art. 78, inciso VI, da Constituição Estadual; combinado
Art. 1º Revogar o Decreto nº 4.287 de 17 de julho de 2012, publicado no com os arts. 50, incisos II e III, alínea “g”, 55, inciso I, alínea “d”, §§ 2º
Diário Oficial do Estado nº 10.844 de 18 de julho de 2012, página 2, que e 16, 91, inciso I, 94, inciso I e 95, §1º, alínea “b”, da Lei Complementar
colocou a servidora LUCIANE BARBOSA DA SILVA, lotada na Secreta- nº 164/2006; art. 5º da Lei Complementar nº 197/2009; e ainda, com os
ria de Estado de Educação – SEE, à disposição do Instituto Estadual de arts. 13, parágrafo único, 71, incisos I e III, 74, incisos I e II, 75, inciso I,
2 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 DIÁRIO OFICIAL2

80 e 88, inciso II, todos da Lei nº 1.236/1997, alterada pela Lei nº 94/01 REPUBLICADO POR INCORREÇÃO
e Lei nº 1.432/02, e
Considerando os documentos acostados ao Processo nº 0022349- ESTADO DO ACRE
2/2014 da Polícia Militar do Estado do Acre, incluso o Despacho do
Diretor-Presidente do ACREPREVIDÊNCIA, informando que o proces- DECRETO Nº 8.598 DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014
so encontra-se regularmente instruído com base na legislação vigente,
RESOLVE: Regulamenta a promoção de servidores públicos efetivos de nível médio,
Art. 1º Transferir, a pedido, para a Reserva Remunerada da Polícia Militar no âmbito do Instituto Socioeducativo do Estado do Acre.
do Estado do Acre, o SUB TEN PM RG 1447 ELIAN CÂNDIDO DE OLI-
VEIRA, em razão de ter completado mais de 30 (trinta) anos de serviço e O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso das atribuições que lhe
preencher os requisitos legais, fazendo jus aos proventos calculados no confere o art. 78, inciso IV e VI, da Constituição Estadual, e tendo em vista
soldo do posto de 2º TENENTE PM, acrescido de suas gratificações. o disposto no plano de cargos, carreiras e remunerações dos servidores
Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com ocupantes de cargos de nível médio, do Instituto Socioeducativo, expresso
efeitos a contar de 8 de setembro de 2014. na Lei nº 2.179, de 10 de dezembro de 2009, respeitadas as limitações
Rio Branco-Acre, 10 de novembro de 2014, 126º da República, 112º do previstas no artigo 1º e parágrafos da citada Lei, decreta:
Tratado de Petrópolis e 53º do Estado do Acre. CAPÍTULO I
DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
Tião Viana Art. 1º Este Decreto disciplina a promoção dos ocupantes de cargos de
Governador do Estado do Acre nível médio, no âmbito do Instituto Socioeducativo do Estado do Acre.
_________________________________________________________ Art. 2º O servidor de nível médio nomeado para cargo efetivo, em virtu-
de de aprovação em concurso público de provas ou de provas e títulos,
ESTADO DO ACRE será submetido à promoção para elevação nas classes da carreira.
Art. 3º Somente poderá concorrer à promoção o servidor de nível médio
DECRETO Nº 8.612 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014 que atender, cumulativamente, às seguintes condições, verificadas na
data de início do processo de promoção:
O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que I - estar em efetivo exercício funcional no Serviço Público Estadual;
lhe confere o art. 78, inciso VI, da Constituição Estadual; combinado II - não estar em disponibilidade;
com os arts. 50, incisos II e III, alínea “g”, 55, inciso I, alínea “d”, §§ 2º III - não estar no exercício de mandato eletivo federal, estadual ou mu-
e 16, 91, inciso I, 94, inciso I e 95, §1º, alínea “b”, da Lei Complementar nicipal dos Poderes Executivo e Legislativo, ressalvados os casos pre-
nº 164/2006; art. 5º da Lei Complementar nº 197/2009; e ainda, com os vistos em lei;
arts. 13, parágrafo único, 71, incisos I e III, 74, incisos I e II, 75, inciso I, IV - não estar na última classe do cargo ocupado;
80 e 88, inciso III, todos da Lei nº 1.236/1997, alterada pela Lei nº 94/01 V - não ter sofrido penalidade disciplinar nos doze meses anteriores à
e Lei nº 1.432/02, e promoção; e
Considerando os documentos acostados ao Processo nº 0022983- VI - não estar cumprindo pena em razão de condenação por infração
6/2014 da Polícia Militar do Estado do Acre, incluso o Despacho do
penal, cuja sanção penal seja de reclusão.
Diretor-Presidente do ACREPREVIDÊNCIA, informando que o proces-
Art. 4º Compete ao Presidente do Instituto Socioeducativo constituir Co-
so encontra-se regularmente instruído com base na legislação vigente,
missões Permanentes para coordenar, acompanhar e avaliar o proces-
RESOLVE:
so de promoção dos servidores efetivos.
Art. 1º Transferir, a pedido, para a Reserva Remunerada da Polícia Mili-
§1º Os integrantes das Comissões Permanentes desempenharão suas
tar do Estado do Acre, a SUB TEN PM RG 1825 ROSINEIDE MARIA DE
atividades por três anos, sendo vedada a permuta entre os integrantes
SAMPAIO OLIVEIRA, em razão de ter completado mais de 25 (vinte e
das Comissões.
cinco) anos de serviço e preencher os requisitos legais, fazendo jus aos
§2º O Presidente do ISE poderá destituir os membros das Comissões
proventos calculados no soldo do posto de 2º TENENTE PM, acrescido
Permanentes a qualquer tempo, por motivo justificado; e na ausência de
de suas gratificações.
suplentes, nomear novos membros em até 30 dias.
Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com
Art. 5º Para fins deste Decreto, consideram-se:
efeitos a contar de 22 de setembro de 2014.
I - promoção: a elevação do servidor de uma classe para a primeira
Rio Branco-Acre, 10 de novembro de 2014, 126º da República, 112º do
Tratado de Petrópolis e 53º do Estado do Acre. referência salarial da classe imediatamente superior, dependendo do
preenchimento dos requisitos fixados em lei e dos critérios estabeleci-
Tião Viana dos neste Decreto;
Governador do Estado do Acre II - classes: as linhas de promoção da carreira dos servidores;
_________________________________________________________ III - requisitos de promoção: as certificações e demais condições, con-
forme constem em Lei e neste Decreto, necessárias à realização plena
ESTADO DO ACRE das atribuições inerentes ao cargo da classe ocupada; e
IV - fatores de promoção: os referenciais utilizados para avaliar o desen-
DECRETO Nº 8.613 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014 volvimento profissional do servidor.
Art. 6º O processo de promoção realizar-se-á mediante portaria do Pre-
O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que lhe sidente do Instituto Socioeducativo.
confere o art. 78, inciso VI, da Constituição Estadual; combinado com Art. 7º O interstício definido para que o servidor se habilite à promoção
os arts. 50, incisos II e III, alínea “g”, 91, inciso I, 94, inciso I e 95, §1º, será apurado em dias e se iniciará a partir do ingresso no serviço públi-
alínea “b”, da Lei Complementar nº 164/2006; art. 5º da Lei Complemen- co ou na data de vigência da última promoção.
tar nº 197/2009; e ainda, com os arts. 13, parágrafo único, 71, incisos CAPÍTULO II
I e III, 74, incisos I e II, 75, inciso I, 80 e 88, inciso III, todos da Lei nº DA PROMOÇÃO
1.236/1997, alterada pela Lei nº 94/01 e Lei nº 1.432/02, e Seção I
Considerando os documentos acostados ao Processo nº 0022354- Das Comissões
7/2014 da Polícia Militar do Estado do Acre, incluso o Despacho do Art. 8º A promoção implica que o servidor está apto ao exercício de suas
Diretor-Presidente do ACREPREVIDÊNCIA, informando que o proces- atribuições com maior nível de complexidade e responsabilidade, e con-
so encontra-se regularmente instruído com base na legislação vigente, sistirá na implementação de atividades, de acordo com as necessidades
RESOLVE: identificadas nos Órgãos e entidades da Administração.
Art. 1º Transferir, a pedido, para a Reserva Remunerada da Polícia Mili- Art. 9º O Presidente do ISE constituirá as Comissões Permanentes de
tar do Estado do Acre, a SUB TEN PM RG 1761 ANA PAULA MARTINS Promoção e Recurso, com competência de coordenar, supervisionar e
MOTA, em razão de ter completado mais de 25 (vinte e cinco) anos orientar os processos de promoção, além de analisar e julgar recursos
de serviço e preencher os requisitos legais, fazendo jus aos proventos interpostos.
calculados no soldo do posto de 2º TENENTE PM, acrescido de suas §1º A Comissão de Promoção Permanente deverá ser composta por
gratificações. servidores do quadro efetivo do Instituto Socioeducativo e terá a seguin-
Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com te composição:
efeitos a contar de 22 de setembro de 2014. I - um presidente, designado pelo Presidente do ISE, competindo-lhe a
Rio Branco-Acre, 10 de novembro de 2014, 126º da República, 112º do coordenação do processo de promoção;
Tratado de Petrópolis e 53º do Estado do Acre. II - um servidor designado pelo setor de pessoal;
III - um servidor, indicados pelo presidente do ISE representando os
Tião Viana agentes socioeducativos, técnicos administrativos e operacional.
Governador do Estado do Acre §2º Os diretores de Centros Socioeducativos e Chefes de Divisões de-
3 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 DIÁRIO OFICIAL3

verão preencher formulário de avaliação proposto pelas Comissões, o servidor avaliado;


para auxiliar nas atividades pertinentes às promoções. XIV- avaliar as condições de trabalho proporcionadas ao servidor para a
§3º A Comissão Permanente de Recurso será composta por servidores execução de suas atribuições; e
do quadro efetivo, exceto os incisos III e IV deste parágrafo, designados XV - encaminhar ao Presidente do ISE o relatório final para homologa-
pelo Presidente do ISE e terá a seguinte composição: ção, após transcorrido o prazo para recurso, quando couber.
I - um presidente, ocupante de cargo de nível médio; Parágrafo único. Caso o servidor não concorde com o parecer emitido
II - dois servidores ocupantes de cargo de nível médio; pela Comissão Permanente de Promoção, poderá recorrer à Comissão
III - um assistente social; e Permanente de Recurso e, em última instância, ao Presidente do ISE,
IV - um psicólogo. observando o prazo de até quinze dias, contados a partir da data da no-
§4º Os servidores que comporão as Comissões Permanentes deverão tificação do servidor sobre o relatório final da Comissão de Promoção.
atender aos seguintes requisitos: Art. 15 Compete à Comissão de Recursos:
I - ser estável; I - analisar os recursos interpostos pelo servidor a Comissão Permanen-
II - não estar em processo de promoção; e te de Promoção;
III - não estar exercendo cargo comissionado ou função de confiança; II - emitir parecer sobre o resultado final do recurso interposto pelo ser-
IV - não estar respondendo a Processo Administrativo e Disciplinar. vidor, no prazo de até 30 dias do recebimento deste;
§5º Em caso de impossibilidade, afastamento ou suspeição dos mem- III - notificar o servidor sobre o seu resultado final do recurso; e
bros das Comissões citadas nos parágrafos anteriores, estes deverão IV - encaminhar o relatório final para homologação do Presidente do ISE.
ser substituídos por seus suplentes. Art. 16 Compete aos servidores candidatos à promoção:
Seção II I - tomar conhecimento do regulamento e da legislação vigente sobre o
Das Competências processo de promoção;
Art. 10 Compete à Secretaria de Estado da Gestão Administrativa: II - atender aos prazos fixados pelas Comissões;
I - apoiar as Comissões Permanentes em todas as fases do processo III - fornecer todas as informações necessárias à viabilização dos pro-
de promoção; cessos de promoção, quando solicitado;
II - supervisionar o processo de promoção, compreendendo o acompa- IV - assinar o relatório final da Comissão com resultados do processo
nhamento e a avaliação dos procedimentos; de promoção;
III - expedir as orientações complementares necessárias aos processos V - responsabilizar-se pela integridade das informações e dos documen-
de promoção; tos apresentados;
IV - incluir nos registros da área de gestão de pessoas, as promoções VI - solicitar esclarecimentos ou revisão das informações; e
homologadas; VII - interpor recurso, devidamente fundamentado, apresentando pro-
V - decidir sobre os casos omissos neste Decreto. va do alegado, perante a Comissão Permanente de Recurso, no prazo
Art. 11 Compete ao Presidente do ISE/AC: máximo de quinze dias, a contar da data de sua assinatura no relatório
I - constituir as Comissões; final, caso se julgue prejudicado.
II - assegurar a ampla divulgação do processo de promoção; e Seção III
III - homologar as promoções e encaminhar os resultados para publica- Dos Requisitos da Promoção
ção no Diário Oficial do Estado. Art. 17 A promoção do servidor para a classe imediatamente superior
Art. 12 Compete ao chefe imediato do servidor, quando requisitado pe- decorrerá do cumprimento dos seguintes requisitos:
las Comissões: I - interstício mínimo de sessenta meses de efetivo exercício na classe I
I - atuar como facilitador do processo de promoção dos servidores da e trinta e seis meses de efetivo exercício a partir da classe II, salvo nos
sua unidade de trabalho; casos previstos na regra de transição de que trata o art. 31, da Lei nº
II - apresentar os comprovantes necessários para apuração dos resulta- 2.179, de 10 de dezembro de 2009
dos, quando solicitado; e II - avaliação igual ou superior a oitenta pontos nos fatores de promoção
III – preencher formulário de avaliação proposto pelas Comissões, para que constam dos Anexos I e II deste Decreto;
auxiliar nas atividades pertinentes às promoções. III - participação em cursos ou eventos de capacitação, relacionados
Art. 13 Compete à Divisão de Gestão de Pessoas do ISE: com a área de atuação do servidor e/ou específica ao Sistema Socioe-
I - divulgar o regulamento e a legislação vigente referente ao processo ducativo, as Tecnologias, Gestão e Administração Pública e outras cor-
de promoção; relatas, com somatório de no mínimo cento e vinte horas, realizados nos
II - apoiar as Comissões Permanentes durante todo o processo de três últimos anos de permanência em cada classe.
promoção; IV – plano de trabalho exigido a partir da Classe II, conforme artigo 17
III - manter atualizados os registros funcionais necessários ao processo da Lei 2.179 de 10 de dezembro de 2009; e
de promoção; V – avaliação dos conhecimentos necessários ao desenvolvimento das
IV - comunicar com um mês de antecedência ao Presidente do ISE/ atividades exigidas para a classe superior à ocupada, para a qual a
AC e à Comissão Permanente de Promoção os nomes dos servidores comissão deverá utilizar como referencia as atribuições dos cargos e os
que completarem o tempo mínimo necessário para pleitear a promoção; respectivos níveis de complexidade;
V - receber e encaminhar, à Comissão Permanente de Promoção, os Parágrafo único. Caberá ao Governo do Estado do Acre o oferecimento
comprovantes dos requisitos exigidos para a promoção; de cursos e eventos de capacitação para a exigência do disposto no
VI - preparar e publicar os atos de homologação das promoções; e inciso III deste artigo.
VII - acompanhar o registro da promoção e a sua inclusão no Sistema Artigo 18 A avaliação do servidor será realizada em 03 níveis, de acordo
de Gestão de Pessoas. com formulário constante no anexo I deste regulamento.
Art. 14 Compete à Comissão Permanente de Promoção: I – o primeiro nível consiste na auto avaliação realizada pelo próprio
I - iniciar e concluir o processo de promoção em 30 dias; servidor;
II - divulgar as normas, os procedimentos e os critérios a serem adota- II – o segundo nível consiste na avaliação conjunta das chefias media-
dos na avaliação para a concessão da promoção; tas e imediatas, do setor onde o servidor encontra-se lotado;
III - notificar os servidores que completarem o tempo mínimo necessário III – o terceiro nível consiste na avaliação realizada pela Comissão de
para pleitear a promoção; Promoção.
IV - requisitar e avaliar com imparcialidade os documentos comproba- Art. 19 A comprovação dos requisitos de promoção dar-se-á mediante
tórios do cumprimento dos requisitos de promoção de cada servidor; a apresentação:
V- requisitar as informações necessárias à viabilização dos processos I - de certificação de curso ou eventos oferecidos ou não pelo Governo
de promoção; do Estado em área pertinente à execução das funções desenvolvidas
VI - apurar o resultado preliminar da avaliação do servidor; pelo servidor, nos últimos três anos de atuação e/ou na área de ativida-
VII - comunicar ao servidor, por escrito, o seu resultado preliminar da de Socioeducativa;
avaliação; II – dos resultados obtidos nas avaliações de conhecimento;
VIII - acolher solicitação de esclarecimento ou omissão sobre a avalia- III - de constatação do cumprimento do período mínimo de efetivo exer-
ção preliminar; cício, estabelecido em lei; e
IX - emitir parecer sobre os esclarecimentos ou omissão solicitados; IV - de constatação da pontuação mínima de oitenta pontos nos fatores
X - observar os aspectos legais e normativos constantes do plano de de promoção, no triênio de avaliação.
cargos, carreira e remuneração da legislação e deste Decreto; §1º Não serão prejudicados em sua promoção os servidores para os
XI - elaborar relatório da situação dos servidores em processo de pro- quais o Estado não proporcionou a participação em curso ou eventos
moção, notificando-os sobre os resultados; de interesse do Instituto Socioeducativo.
XII - acolher as solicitações de esclarecimentos ou de revisão das infor- §2º Poderão também ser apresentados pelo servidor certificados de
mações e encaminhar à Comissão de Recursos; participação em cursos ou eventos em áreas afins à atividade socioedu-
XIII - emitir o relatório final, deferindo ou não as promoções, notificando cativa que não tenham sido oferecidos pelo Estado.
4 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 DIÁRIO OFICIAL4

V – de propostas de melhoria, sobre temas definidos pelo servidor ou servidor atingiu o escore mínimo definido para se habilitar à promoção.
pela Comissão, as quais deverão ser apresentadas ao gestor da uni- Seção V
dade de lotação do servidor, onde deverá tratar da solução para um Dos prazos
problema ou uma sugestão de melhoria, que deverá ser desenvolvida Art. 21 Para fins deste Decreto, os prazos serão computados excluindo-
a partir da classe II. -se da contagem o dia do começo e incluindo-se o do vencimento.
Seção IV §1º Encerrando-se o prazo de que trata o caput deste artigo em dia em
Dos Fatores de Promoção que não houver expediente ou este for encerrado antes da hora normal,
Art. 19 São fatores de promoção: considera-se prorrogado o seu término para o primeiro dia útil seguinte.
I – competência técnica, que consiste nos conhecimentos e habilidades §2º Os prazos expressos em dias contam-se de modo contínuo.
demonstrados na execução dos trabalhos desenvolvidos pelo servidor §3º Salvo motivo de força maior devidamente comprovado ou nos casos
de acordo com a legislação e regulamentos; previstos em lei, os prazos processuais não poderão ser suspensos.
II - eficiência, que consiste na conclusão das atividades dentro dos pra- §4º Os casos omissos, quando constatados, serão solucionados ou re-
zos previstos na legislação, observado sempre a relação entre o volume gulamentados em no máximo trinta dias.
de trabalho e os recursos materiais e humanos disponíveis; CAPÍTULO III
III - relacionamento interpessoal, que consiste na demonstração de cor- Disposições Finais
dialidade, respeito e urbanidade para com o público interno e externo; Art. 22 A Secretaria de Estado da Gestão Administrativa – SGA analisa-
IV – conduta ético-funcional, que consiste em portar-se de modo ético rá os casos omissos e poderá encaminhá-los para regulamentação pelo
no exercício de suas atribuições legais. Chefe do Poder Executivo.
V – capacidade de iniciativa, que consiste no aprimoramento dos pro- Art. 23 O servidor que, no período de promoção, não atenda a todos os
cessos de trabalho e resolução de problemas em situações rotineiras requisitos poderá ser avaliado a qualquer tempo, desde que apresente
ou imprevistas; os comprovantes dos requisitos estabelecidos em lei e neste decreto.
VI – zelo, que consiste na utilização racional dos equipamentos e das Art. 24 Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com
instalações no exercício de suas atribuições; efeitos retroativos a partir de janeiro de 2010, em relação àqueles servi-
VII – pontualidade, que consiste no respeito aos horários estabelecidos dores que contarem com o interstício necessário à promoção conforme
para entrada e saída do serviço; as regras de transição previstas no art. 31, da Lei 2.179, de 10 de de-
VIII – assiduidade, que consiste na inexistência de registro de reiteradas zembro de 2009.
faltas injustificadas. Rio Branco-Acre, 6 de novembro de 2014, 126º da Republica, 112º do
§1º Para fins de aferição dos fatores de promoção constantes deste Tratado de Petrópolis e 53º do Estado do Acre.
artigo, serão considerados os quesitos e o quadro de pontuação cons-
tantes dos Anexos I e II, respectivamente, deste Decreto. Tião Viana
§2º Os servidores que estiverem afastados de suas atividades para tra- Governador do Estado do Acre
tamento de saúde ou exercício de mandato classista poderão concorrer
à promoção, cabendo somente a avaliação dos critérios previstos no art. Wagner Alves de Souza
12, incisos V e VI e art. 18, inciso I, alíneas “a” e “d”, inciso II, alíneas Secretário de Estado da Gestão Administrativa, em exercício
“a” e “d”, inciso III, alíneas “a” e “d” e inciso IV, alíneas “a” e “d”da Lei n°
2.179 de 10 de dezembro de 2009. Rodrigo Fernandes das Neves
Art. 20 A avaliação dos fatores de promoção previstos no artigo anterior Procurador-Geral do Estado do Acre
será anual e ao final do triênio será calculada a média para verificar se o
Anexo I
INSTITUTO SOCIOEDUCATIVO
Data: _____/______/_________
FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL
Nome do Servidor: Matrícula:
Lotação: Cargo/Nível/Classe:
FATORES NÍVEIS DE DESEMPENHO
a) ( ) Tem potencial e habilidade para executar tarefas de maior complexidade.
1. Competência Técnica: consiste nos conhecimentos e habilida-
b) ( ) Possui conhecimento profissional adequado às atividades que executa.
des demonstrados na execução dos trabalhos desenvolvidos de
c) ( ) Detém conhecimentos suficientes para a execução de algumas atividades.
acordo com a legislação e regulamentos.
d) ( ) Possui conhecimentos técnicos insuficientes para atender às exigências do cargo.
a) ( ) Cumpre o volume de trabalho exigido entregando os trabalhos em tempo
hábil, com qualidade e acerto.
2. Eficiência: consiste na conclusão das atividades dentro dos pra- b) ( ) Em geral, apresenta resultados satisfatórios na entrega dos trabalhos.
zos previstos na legislação, observado sempre a relação entre o c) ( ) Apresenta resultados para o trabalho exigido, porém não cumpre os pra-
volume de trabalho e os recursos materiais e humanos disponíveis. zos estabelecidos e sua qualidade é irregular.
d) ( ) Apresenta resultados abaixo do solicitado, os trabalhos são entregues fora
do prazo estabelecido e executados sem qualidade.
a) ( ) Tem grande capacidade de relacionar-se com as pessoas e tem forte
influência na manutenção do ambiente saudável e harmonioso, é exemplar no
atendimento às pessoas que demandam de seus serviços.
b) ( ) Procura manter um bom relacionamento com as pessoas e está sempre
3. Relacionamento Interpessoal: consiste na demonstração de disposto a colaborar para a harmonia do ambiente; atende bem as pessoas que
cordialidade, respeito e urbanidade para com o público interno e demandam de seus serviços.
externo. c) ( ) Tem dificuldade em relacionar-se com as pessoas, o que às vezes prejudi-
ca o desenvolvimento do trabalho, inclusive no atendimento ao cidadão.
d) ( ) Tem um péssimo relacionamento com as pessoas, interferindo negativa-
mente nos resultados do trabalho; sofre diversas reclamações dos cidadãos
por ele atendido.
a) ( ) Sempre cumpre as normas e deveres, além de contribuir para a manuten-
ção da ordem no ambiente de trabalho.
b) ( ) Mantém comportamento satisfatório atendendo às normas e deveres da unidade.
4. Conduta Ético-Funcional: consiste em portar-se de modo ético
c) ( ) É irregular no cumprimento das determinações que lhe são atribuídas e
no exercício de suas atribuições legais.
tem um comportamento instável no grupo.
d) ( ) Mostra-se resistente a cumprir normas e deveres e influencia negativa-
mente no comportamento do grupo.
a) ( ) Apresenta alto grau de interesse e agilidade para propor medidas diante
de novos problemas, visando sempre
5. Capacidade de iniciativa: consiste no aprimoramento dos pro- a melhoria dos trabalhos realizados.
cessos de trabalho e resolução de problemas em situações rotinei- b) ( ) Executa adequadamente as atividades apresentando interesse em supe-
ras ou imprevistas. rar as dificuldades encontradas.
c) ( ) Demonstra disposição apenas para lidar com situações rotineiras.
d) ( ) Não demonstra interesse para superar qualquer dificuldade encontrada.
5 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 DIÁRIO OFICIAL5

a) ( ) Cuida adequadamente dos materiais de que se utiliza em suas atividades


e auxilia os demais servidores para que também o façam.
b) ( ) Cuida adequadamente dos materiais de que se utiliza em suas atividades.
6. Zelo: consiste na utilização racional dos equipamentos e das
c) ( ) Demonstra pouco interesse em cuidar dos materiais de que se utiliza em
instalações no exercício de suas atribuições.
suas atividades.
d) ( ) Não demonstra qualquer zelo pelo materiais de que se utiliza em suas
atividades.
7. Pontualidade e Assiduidade: (constantes na pasta de assenta-
mentos funcionais nos últimos 12 (doze) meses anteriores ao pe- Quantidade de Ocorrências
ríodo de avaliação)
Atrasos/Saídas Antecipadas
Faltas Injustificadas
Avaliador (a): Avaliado:
Espaço reservado para preenchimento da Comissão Permanente de Promoção
Resultado da Avaliação: Total de Pontos: Conceito:
Assinatura do Presidente (a) da Comissão:

Anexo II
Quadro de Pontuação dos Fatores de Promoção
PONTOS POSITIVOS
Fatores
A B C D
Competência Técnica 20 15 10 5
Eficiência 20 15 10 5
Relacionamento Interpessoal 20 15 10 5
Conduta ético-funcional 20 15 10 5
Capacidade de iniciativa 20 15 10 5
Zelo 20 15 10 5

FATORES PONTOS NEGATIVOS


Atrasos/Saídas Antecipadas - 1 (um ponto negativo a cada três ocorrências)
Faltas Injustificadas - 2 (dois pontos negativos para cada ocorrência)

Anexo III
Quadro de Pontuação Adicional
FATOR PONTO ADICIONAL
Elogio ou Referencia Elogiosa* 15

• Quando conferidos pelo Presidente do ISE e publicado em Diário Oficial do Estado.


Quadro de Pontuação dos Fatores de Promoção
FATORES
PONTOS POSITIVOS
ABCD
1. COMPETÊNCIA TÉCNICA 20 15 10 5
2. EFICIÊNCIA 20 15 10 5
3. RELACIONAMENTO INTERPESSOAL 20 15 10 5
4. CONDUTA ÉTICO-FUNCIONAL 20 15 10 5
5. CAPACIDADE DE INICIATIVA 20 15 10 5
6. ZELO 20 15 10 5
FATORES PONTOS NEGATIVOS
ATRASOS /SAÍDAS ANTECIPADAS - 1 (um ponto negativo a cada três ocorrências)
FALTAS INJUSTIFICADAS - 2 (dois pontos negativos para cada ocorrência)
ANEXO III
Quadro de Pontuação Adicional
FATOR PONTO ADICIONAL
ELOGIO OU MEDALHA DO MÉRITO POLICIAL 15
____________________________________________________________________________________________________________________

REPUBLICADO POR INCORREÇÃO

ESTADO DO ACRE

DECRETO Nº 8.599 DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE, no uso da atribuição que lhe confere o art. 78, inciso VI, da Constituição Estadual,
CONSIDERANDO o Despacho da Secretaria de Estado da Gestão Administrativa – SGA, nos autos do Processo nº 0018022-4/2014, datado de 5
de novembro de 2014,
RESOLVE:
Art. 1° Exonerar, a pedido, a servidora ROSANA DA SILVA RODRIGUES, do cargo de Apoio Administrativo Nível I, matrícula nº 277924-1, do Qua-
dro de Pessoal da Secretaria de Estado de Educação e Esporte – SEE.
Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos a contar de 12 de agosto de 2014.
Rio Branco-Acre, 5 de novembro de 2014, 126º da República, 112º do Tratado de Petrópolis e 53º do Estado do Acre.

Tião Viana
Governador do Estado do Acre
6 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 DIÁRIO OFICIAL6

ALTERAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO


PROCURADORIA GERAL DO ESTADO
SELETIVO PARA ESTÁGIO Nº 05/2014
O Procurador-Geral do Estado do Acre e a Presidente da Comissão
PORTARIA CONJUNTA Nº 304 DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 do Processo Seletivo para Estágio, no uso de suas atribuições legais
Institui o recesso das atividades e sistema de plantão e sobreaviso no e regulamentares, torna pública a alteração do subítem1.4 do item 1.
âmbito da Procuradoria-Geral do Estado do Acre. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES, e subitem 10.1.2 do item 10. DA
O Procurador-Geral do Estado e o Corregedor-Geral da Procuradoria, CONTRATAÇÃO DOS ESTAGIÁRIOS, passando a ter as redações a
no uso das atribuições legais que lhes conferem a Lei Complementar nº seguir especificadas, permanecendo inalterados os demais itens e su-
45, de 26 de julho de 1994; e, bitens do referido edital.
Considerando o recesso forense no período de 20 de dezembro a 06 [...]
de janeiro, no âmbito da Justiça da União, por força do artigo 62, I, da 1.4 Somente poderão realizar estágio os estudantes de Direito regular-
Lei nº 5.010/66; mente matriculado no 3º ao 10º período, ou equivalente, das seguintes
Considerando o artigo 37, caput, § 3º, I da Lei Complementar Estadual universidades ou faculdades conveniadas com a PGE/AC: Universidade
nº 221, de 30 de dezembro de 2010 e a Resolução nº 161, de 09 de no- Federal do Acre (UFAC), Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO) e
vembro de 2011, que disciplinam o recesso mediante sistema de Plan- Faculdade Barão do Rio Branco (UNINORTE).
tão no período de 20 de dezembro a 06 de janeiro, no âmbito do Poder [...]
Judiciário do Estado do Acre; 10.1.2 Ser estudante regularmente matriculado no curso de Direito, do
Considerando que as atividades e os prazos processuais ficam suspen- 3º ao 10º período, ou equivalente, nas universidades ou faculdades con-
sos durante o recesso forense, ressalvados os casos urgentes, notada- veniadas com a PGE/AC.
mente Habeas Corpus, Mandado de Segurança, Prisão Provisória, Liber- [...]
dade Provisória ou Sustação de Ordem de Prisão, Medidas Cautelares Rio Branco, 07 de novembro de 2014.
em geral, observado os artigos 173 e 174 do Código de Processo Civil;
RESOLVEM: Rodrigo Fernandes das Neves
Art. 1º Adotar recesso com sistema de plantão e sobreaviso no âmbito Procurador-geral do Estado
da Procuradoria-Geral do Estado nos períodos entre os dias 22 a 26 de Marize Anna Monteiro de O. Singui
dezembro de 2014 e 29 de dezembro de 2014 a 02 de janeiro de 2015. Presidente da Comissão
§ 1º Os respectivos Setores (Gabinetes do Procurador-Geral, do Procu-
rador-Geral Adjunto, do Corregedor-Geral, Procuradorias Especializadas,
DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO
Cejur e Setores Administrativos), funcionarão, segundo as escalas elabo-
radas pelas Chefias, no horário das 8h às 12h e das 14h às 18h, exceto
em relação aos servidores que cumprem 06 (seis) horas diárias, que per- EDITAL DE DIVULGAÇÃO DA LISTA PROVISÓRIA DOS CANDIDATOS
manecerão em conformidade com suas respectivas jornadas já definidas. INSCRITOS PARA ESCOLHA NO CARGO DE DEFENSOR PÚBLICO-
§ 2º As escalas de plantão dos servidores e dos procuradores deverão -GERAL DO ESTADO DO ACRE – BIÊNIO 2015/2017
ser encaminhadas até 1º de dezembro, respectivamente, para a Dire- A COMISSÃO ELEITORAL PARA A ESCOLHA NO CARGO DE DEFEN-
tora-Geral (diretoriageral.pge@ac.gov.br) e Corregedoria-Geral (cor- SOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DO ACRE, BIÊNIO 2014/2016, no
regedoria.pge@ac.gov.br), com as seguintes informações: nomes dos uso de suas atribuições legais insertas no arts. 3º e 10, da Resolução Admi-
plantonistas, data, horário e telefones de contato, ficando a cargo da nistrativa n° 007, de 29 de outubro de 2014, publicada no D.O.E. nº 11.426,
Corregedoria-Geral sua consolidação para disponibilização na intranet. de 03 de novembro de 2014, e demais normas aplicáveis à matéria:
§ 3º Na hipótese da Chefia imediata identificar a possibilidade de even- RESOLVE:
tual prejuízo no funcionamento do Setor em algum dos períodos do Art. 1º. Tornar público o resultado provisório das inscrições para o cargo de
recesso em face do rodízio previsto na escala, deverá, no prazo má- Defensor Público-Geral do Estado do Acre, biênio 2015/2017, ocorridas no
ximo de até 5 (cinco) dias anteriores ao início do recesso, encaminhar período de 03 a 07 de novembro do corrente ano, na sede desta Instituição.
à análise e deliberação da Corregedoria-Geral solicitação justificando Art. 2°. A lista com o resultado das inscrições para o referido cargo cons-
a necessidade da permanência integral do servidor ou do procurador titui-se dos seguintes nomes:
nos dois períodos, já indicando data futura para a devida compensação. 1. ELÍSIO MANOEL PINHEIRO MANSOUR FILHO;
§ 4º Os Chefes das Procuradorias Especializadas e demais Setores in- 2. FERNANDO MORAIS DE SOUZA;
tegrarão a escala em regime de plantão e sobreaviso, devendo indicar Art. 3°. Assim, os Defensores Públicos interessados em apresentar im-
um substituto no período em que estiverem de recesso. pugnação à elegibilidade dos candidatos, poderão fazer, desde que de-
Art. 2º Os procuradores, servidores e estagiários de plantão deverão com- vidamente fundamentada, a contar da publicação deste Edital até o dia
parecer aos seus respectivos Setores nos horários aprazados nas esca- 12 de novembro do corrente ano, na forma do disposto na Resolução
las, cujo controle nesse período se procederá através de folha de ponto Administrativa n° 007, de 29 de outubro de 2014, publicada no D.O.E. nº
para os servidores e estagiários, ficando suspenso o registro eletrônico. 11.426, de 03 de novembro de 2014.
Parágrafo único. Os estagiários não poderão constar isoladamente na Rio Branco-Ac, 10 de novembro de 2014.
escala de plantão.
Art. 3º Os procuradores de plantão deverão observar as seguintes condi- ANTÔNIO ARAÚJO DA SILVA
ções, sem prejuízo de outras que eventualmente se façam necessárias: Presidente da Comissão Eleitoral
I – Receber e analisar todas as consultas e processos judiciais que lhes _________________________________________________________
forem remetidos nos dias de plantão e que tiverem prazos fluindo, de-
vendo haver a devida compensação a ser realizada após o recesso. ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO ELEITORAL PARA ANÁLISE DO PEDI-
II – Adotar todas as medidas administrativas e judiciais necessárias DO DOS CANDIDATOS AO CARGO DE DEFENSOR PÚBLICO-GE-
para o cumprimento da consulta ou prazo judicial referente a processos RAL, BIÊNIO 2015/2017.
novos ou já em trâmite, notadamente a interposição de recursos, ajui- Aos dez (10) dias do mês de novembro (11) do ano de dois mil e qua-
zamento de ações autônomas de impugnação, sucedâneos recursais, torze (2014), em Rio Branco, capital do Estado do Acre, na Sede da
etc., bem como solicitação de informações necessárias para elaboração Defensoria Pública do Estado do Acre, situada na Rua Custódio Freire,
de pareceres ou peças judiciais. nº 26, Bosque, nesta, onde estava reunida a Comissão Eleitoral institu-
Parágrafo único. Os feitos recebidos em que não haja prazo fluindo e ída pela Resolução Administrativa nº 007/2014-CSDPE-AC, publicada
necessidade de adoção de medida administrativa ou judicial imediata, no DOE Nº 11.426, de 03 de novembro de 2014, composta pelos De-
poderão ser encaminhados, após o recesso, ao Procurador titular, me- fensores Públicos Dr. ANTONIO ARAUJO DA SILVA - Presidente, Dra.
diante a utilização do fluxo “redistribuição provisória” do sistema PGE. RIVANA BARRETO RICARTE DE OLIVEIRA - 1ª Secretária e Dra. IA-
Net, com justificativa do encaminhamento. CUTY ASSEN VIDAL AIACHE - 2ª Secretária. Após análise, a Comissão
Art. 4º Os procuradores, servidores e estagiários ficarão em regime de tornou público o resultado provisório das inscrições para o cargo de
sobreaviso para eventual emergência de trabalho na PGE nos dias em Defensor Público-Geral do Estado do Acre, biênio 2015/2014, dos can-
que não estiverem na escala de plantão. didatos: ELÍSIO MANOEL PINHEIRO MANSOUR FILHO e FERNANDO
Art. 5º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. MORAIS DE SOUZA. Ato contínuo, o Senhor Presidente da Comissão
Rio Branco, 31 de outubro de 2014. Eleitoral mandou encerrar a presente, que vai devidamente assinada
pelo Presidente e pelos Secretários.
Rodrigo Fernandes das Neves
Procurador-Geral do Estado Presidente ________________________
Tito Costa de Oliveira 1ª Secretária ________________________
Corregedor-Geral 2ª Secretária ________________________
7 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 DIÁRIO OFICIAL7

RESOLVE:
ÓRGÃOS MILITARES
Art. 1º APROVAR Ad Referendum a Justificativa de alteração do Plano
de Ação 2014 do Índice de Gestão Descentralizada do Sistema Único
POLÍCIA MILITAR de Assistência Social (IGD-SUAS), a ser desenvolvido pela Secretaria
de Estado de Desenvolvimento Social do Estado do Acre.
Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revoga-
PREFEITURA MUNICIPAL DE PLÁCIDO DE CASTRO
das as disposições em contrário.
GABINETE DO PREFEITO
Rio Branco, 09 de outubro de 2014.
SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO

TERMO DE CESSÃO DE USO DE BEM IMÓVEL QUE ENTRE SI FAZEM A Carlos Antônio Pinheiro da Silva
PREFEITURA MUNICIPAL DE PLÁCIDO DE CASTRO E A POLÍCIA MILITAR Presidente do CEAS/AC
DO ACRE. _________________________________________________________
DAS PARTES
O MUNICÍPIO DE PLÁCIDO DE CASTRO, pessoa jurídica de direito RESOLUÇÃO Nº 014, DE 09 DE OUTUBRO DE 2014.
público interno, com sede na Av. Epitácio Pessoa, 146, Centro, inscrito O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, órgão
no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ sob o nº 04.076.733- de controle social dos recursos destinados à Política Estadual de Assis-
0001-60, neste ato representado pelo Prefeito Municipal, Sr. RONEY DE tência Social, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei
OLIVEIRA FIRMINO, doravante denominado CEDENTE. E a POLÍCIA nº 1.181 de 09 de maio de 1996, alterada pela Lei nº 1.395 de 28 de ju-
MILITAR DO ESTADO DO ACRE, pessoa jurídica de direito público, ins- nho de 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica
crita no CNPJ nº 04.033.205/0001-24, sediada a Rua Plácido de Cas- de Assistência Social (LOAS), e
tro, nº 70, Bairro Centro, Rio Branco- AC, representada neste ato pelo CONSIDERANDO os dispostos nas Resoluções CIT nº 01, de 29 de
seu Comandante-Geral, Sr. JOSÉ DOS REIS ANASTÁCIO, doravante fevereiro de 2012 e CNAS nº 08, de 16 de março de 2012;
denominada CESSIONÁRIA, resolvem firmar o presente TERMO DE CONSIDERANDO a Resolução nº004 de 29 de março de 2012, que
CESSÃO DE USO DE BEM IMÓVEL. aprovou o Plano Estadual de Capacitação e Formação Continuada dos
DO OBJETO Trabalhadores do SUAS do Estado do Acre, a ser executado pela Se-
O presente Termo de Cessão de Uso tem por objeto a cessão, a POLÍ- cretaria de Estado de Desenvolvimento Social;
CIA MILITAR DO ESTADO DO ACRE – PMAC, de uma edificação mista CONSIDERANDO ainda a Resolução nº 008, de 06 de junho de 2012.
(estrutura de madeira e piso de alvenaria) medindo 10 (dez) x 08 (oito) RESOLVE:
metros, com área total de 80 m² (oitenta metros quadrados), localizada Art. 1º Aprovar Ad Referendum os critérios de seleção dos (as) parti-
na Rua Kaxinawá, s/nº, (próximo ao Fórum e a sede dos Correios), Cen- cipantes do CapacitaSUAS nos cursos a serem realizados em 2015,
tro, Vila Campinas, CEP.: 69.929-970, a qual está sob o domínio e posse pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento social, conforme anexo.
deste município, com a finalidade ser utilizada como sede do Quartel do Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revoga-
2º Pelotão da Polícia Militar de Vila Campinas. das as disposições em contrário.
DA NATUREZA JURÍDICA DA CESSÃO Rio Branco, 09 de outubro de 2014.
A outorga da presente cessão de uso é feita por tempo determinado,
intransferível e de forma gratuita. Carlos Antônio Pinheiro da Silva
DA RESCISÃO Presidente do CEAS/AC
A presente Cessão de Uso poderá ser denunciada por quaisquer das _________________________________________________________
partes e rescindida de pleno direito a qualquer tempo, caso haja infra-
ção às suas cláusulas, condição ou obrigação deste termo. RESOLUÇÃO Nº 015, DE 30 DE OUTUBRO DE 2014.
Parágrafo Primeiro - Fica desde já autorizado às partes rescindir de O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, em
pronto a presente cessão caso seja dado fim ao imóvel cedido diverso Reunião Ordinária realizada no dia 30 de outubro de 2014, no uso de
do disposto na cláusula terceira do presente, não cabendo qualquer es- suas atribuições legais que lhe conferem a Lei nº 1.181, de 09 de maio
pécie de indenização. de 1996 e sua alteração através da Lei nº 1.395, de 28 de junho de
Parágrafo Segundo – Em caso de rescisão, a restituição do imóvel de- 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 - Lei Orgânica de
verá ocorrer no prazo de até 90 (noventa) dias, de modo a possibilitar Assistência Social – LOAS, como órgão de controle social dos recursos
tempo adequado para a cessionária a realocar sua Unidade Operacio- destinados a Política Estadual de Assistência Social e,
nal ou Administrativa instalada no mesmo. RESOLVE:
DA RESTITUIÇÃO Art. 1º APROVAR a Justificativa de alteração do Plano de Ação 2014
Terminado o prazo de vigência da cessão de uso, o bem cedido deverá do Índice de Gestão Descentralizada do Sistema Único de Assistência
ser devolvido à CEDENTE, mediante Termo de Recebimento depois de Social (IGD-SUAS), a ser desenvolvido pela Secretaria de Estado de
realizada a devida conferência do imóvel e seu estado de conservação Desenvolvimento Social do Estado do Acre.
pelo CEDENTE. Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revoga-
DA VIGÊNCIA das as disposições em contrário.
O prazo de vigência do presente Termo inicia na data da sua assinatura Rio Branco, 09 de outubro de 2014.
e termina em 20 (vinte) anos, a contar da data da assinatura, ou até
eventual rescisão ou denúncia por qualquer das partes, sendo a posse Carlos Antônio Pinheiro da Silva
do bem transferida na mesma data ao CEDENTE. Presidente do CEAS/AC
Parágrafo Único - O prazo ora ajustado poderá ser prorrogado, median- _________________________________________________________
te termo aditivo, por iguais e sucessivos períodos, desde que haja mani-
festação por escrito pelas partes, com antecedência de pelo menos 30 RESOLUÇÃO Nº 016, DE 30 DE OUTUBRO DE 2014.
(trinta) dias antes do seu término. O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, em
Plácido de Castro – AC, 14 de novembro de 2014. Reunião Ordinária realizada no dia 30 de outubro de 2014, no uso de
suas atribuições legais que lhe conferem a Lei nº 1.181, de 09 de maio
ASSINAM: O Sr. RONEY DE OLIVEIRA FIRMINO- Prefeito Municipal de de 1996 e sua alteração através da Lei nº 1.395, de 28 de junho de
Plácido de Castro e O Sr. JOSÉ DOS REIS ANASTÁCIO- Comandante 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 - Lei Orgânica de
Geral da PMAC Assistência Social – LOAS, como órgão de controle social dos recursos
destinados a Política Estadual de Assistência Social e,
SECRETARIAS DE ESTADO CONSIDERANDO os dispostos nas Resoluções CIT nº 01, de 29 de
fevereiro de 2012 e CNAS nº 08, de 16 de março de 2012;
CONSIDERANDO a Resolução nº004 de 29 de março de 2012, que
SEDS aprovou o Plano Estadual de Capacitação e Formação Continuada dos
Trabalhadores do SUAS do Estado do Acre, a ser executado pela Se-
RESOLUÇÃO Nº 013, DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. cretaria de Estado de Desenvolvimento Social;
O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, órgão CONSIDERANDO ainda a Resolução nº 008, de 06 de junho de 2012.
de controle social dos recursos destinados à Política Estadual de Assis- RESOLVE:
tência Social, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei Art. 1º Aprovar os critérios de seleção dos (as) participantes do Capa-
nº 1.181 de 09 de maio de 1996, alterada pela Lei nº 1.395 de 28 de ju- citaSUAS nos cursos a serem realizados em 2015, pela Secretaria de
nho de 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica Estado de Desenvolvimento social, conforme anexo.
de Assistência Social (LOAS), e Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revo-
8 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 DIÁRIO OFICIAL8

gadas as disposições em contrário.


Rio Branco, 09 de outubro de 2014.

Carlos Antônio Pinheiro da Silva


Presidente do CEAS/AC

ANEXO
PERFIL DO PÚBLICO PARTICIPANTE
Critérios de seleção dos (as) participantes do CapacitaSUAS
Cursos a serem realizados em 2015
Curso de Introdução ao Exercício do Controle Social do SUAS – 40h
Critério Básico: Prioridade efetivo; Escolaridade qualquer nível; Público Conselheiros Municipais, Estadual e Secretária Executiva
Vagas por Porte dos Municípios
Ord Capacitando Quantidade
01 Conselheiros Estadual - CEAS (Paritário) 4/4 + 1 09
02 Conselheiros Municipal (PP I e PP II); (Paritário) 2/2 +1=5x20 100
03 Conselheiros Municipal (GP); (Paritário) 4/4+1 09
04 Conselheiros Municipal (MP); (Paritário) 3/3+1 07
05 TOTAL 125

Vagas por Lotes


Compreendendo os seguintes municípios das regionais Baixo e Alto Acre, Purus, e CEAS: Assis Brasil (05V),
Lote 1 03 Turmas: 02 com 30 alu- Acrelândia (05V), Brasiléia (05V), Bujari (05V), Capixaba (05V), Epitaciolândia (05V), Plácido de Castro (05V),
83
nos cada; 01 com 23 alunos Porto Acre (05V), Rio Branco (09V), Senador Guiomard (05V), Manoel Urbano (05V), Santa Rosa do Purus
(05V), Sena Madureira (05V), Xapuri (05V), e CEAS (09V). Com sede no município de Rio Branco;
Compreendendo os seguintes municípios das regionais do Juruá e Tarauacá Envira: Cruzeiro do Sul(07V),
Feijó(05V), Jordaõ(05V), Mâncio Lima(05V), Marechal Thaumaturgo(05V), Porto Walter(05V), Rodrigues 42
Lote 2 02 Turmas: 21 alunos cada
Alves(05V), e Tarauacá(05V). Com sede no município de Cruzeiro do Sul;
TOTAL 125

Curso de Atualização em Vigilância Socioassistencial do SUAS – 40 h

Critério Básico: Prioridade efetivo; Público gestores e técnicos de nível superior das Secretarias de Assistência Social dos Estados e Municípios.

Vagas por Porte dos Municípios


Ord Capacitando Quantidade
02 Gestor/técnico de referência que atua na vigilância socioassistencial de cada Município, Pequeno Porte I e
01 42
II e Médio Porte..
02 03 Gestor/técnico de referência que atua na vigilância socioassistencial do município Grande Porte. 03
03 SEDS: (DGI 01; DPSB 2; DPSE 2; Planejamento 01; Habitação 01; AI 01; AJ 01; DGSUAS 04; Diretor 2). 15
04 TOTAL 60
Vagas por Lotes
Compreendendo os seguintes municípios das regionais Baixo e Alto Acre, Purus e SEDS: Assis Brasil
(02V), Acrelândia (02V), Brasiléia (02V), Bujari (02V), Capixaba (02V), Epitaciolândia (02V), Plácido de
Lote 1 02 Turmas:
Castro (02V), Porto Acre (02V), Rio Branco (03V), Senador Guiomard (02V), Manoel Urbano(02V), Santa 44
com 22; alunos cada
Rosa do Purus (02V), Sena Madureira (02V), Xapuri (02V), e SEDS (15V). Com sede no município de
Rio Branco;
Compreendendo os seguintes municípios das regionais do Juruá e Tarauacá Envira: Cruzeiro do Sul(02V),
Feijó(02V), Jordaõ(02V), Mâncio Lima(02V), Marechal Thaumaturgo(02V), Porto Walter(02V), Rodrigues 16
Lote 2 01 Turma: 16 alunos
Alves(02V) e Tarauacá(02V); Com sede no município de Cruzeiro do Sul;
TOTAL 60

Curso de Atualização em Indicadores para Diagnóstico e Acompanhamento do SUAS e do BSM - 40 h


Critério Básico: Prioridade efetivo; Público gestores e técnicos de nível superior das Secretarias de Assistência Social dos Estados e Municípios e
coordenadores de CRAS e CREAS.
Vagas por Porte dos Municípios
Ord Capacitando Quantidade
2 servidores de cada município de pequeno porte I, II e médio porte, coordenador do Cadúnico/PBF da Semas/
01 42
CRAS e CREAS
02 3 servidores do município de grande porte, coordenador do Cadúnico/PBF e técnico da Semas/CRAS e CREAS. 03
03  SEDS (01 DPSB, 01 DPSE, 01 Gestão do SUAS). 03
04 TOTAL 48
Vagas por Lotes
Compreendendo os seguintes municípios das regionais Baixo e Alto Acre, Purus e SEDS: Assis Brasil (02V),
Acrelândia (02V), Brasiléia (02V), Bujari (02V), Capixaba (02V), Epitaciolândia (02V), Plácido de Castro
Lote 1 01 Turma com 32 alunos 32
(02V), Porto Acre (02V), Rio Branco (03V), Senador Guiomard (02V), Manoel Urbano(02V), Santa Rosa do
Purus (02V), Sena Madureira (02V), Xapuri (02V), e SEDS (03V). Com sede no município de Rio Branco;
Compreendendo os seguintes municípios das regionais do Juruá e Tarauacá Envira: Cruzeiro do Sul(02V),
Feijó(02V), Jordaõ(02V), Mâncio Lima(02V), Marechal Thaumaturgo(02V), Porto Walter(02V), Rodrigues 16
Lote 2 01 Turma com 16 alunos
Alves(02V) e Tarauacá(02V); Com sede no município de Cruzeiro do Sul;
TOTAL 48

Curso de Atualização sobre o Reordenamento dos Serviços de Proteção Social Especial - 40 h


Critério Básico: Prioridade efetivo; Trabalhadores do SUAS de nível superior, inseridos no âmbito da gestão e no provimento dos serviços da Pro-
teção Social Especial – CREAS, Unidade de Acolhimento e Entidades Socioassistenciais
Vagas por Porte dos Municípios
Ord Capacitando Quantidade
 CREAS/Unidade de Acolhimento/Entidades Socioassistenciais: 04 servidores (Técnico de referência) de cada
01 44
município de pequeno porte I e II e médio porte.
9 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 DIÁRIO OFICIAL9

02 Técnico de referência, para os municípios pequeno porte I que não possuem CREAS, Unidade de Acolhimen-
02 20
to e Entidades Socioassistenciais
CREAS/Entidades Socioassistenciais: 05 servidores (Técnico de referência) para cada unidade do município de
02 10
grande porte.
 CENTRO POP/Entidades Socioassistenciais: 04 servidores (Técnico de referência) para cada unidade do mu-
03 04
nicípio de grande porte.
04  SEDS (01 DPSB, 02 DPSE, 01 Habitação,) 04
05 CEAS: 02 Vagas (Governo e sociedade civil) 02
07 TOTAL 84
Vagas por Lotes
Compreendendo os seguintes municípios das regionais Baixo e Alto Acre, Purus e SEDS: Assis Brasil
(04V), Acrelândia (02V),Brasiléia (04V), Bujari (02V),Capixaba (02V),Epitaciolândia (04V), Plácido de
Lote 1 02 Turmas:
Castro (04V), Porto Acre (04V), Rio Branco (10V), Senador Guiomard (04V), Manoel Urbano (04V),Santa 62
com 31 alunos cada
Rosa do Purus (02V),Sena Madureira (04V),Xapuri (02V),SEDS (04V) e Centro POP (04), CEAS (02V).
Com sede no município de Rio Branco;
Compreendendo os seguintes municípios das regionais do Juruá e Tarauacá Envira: Cruzeiro do Sul(04V),
Feijó (04V), Jordaõ(02V), Mâncio Lima (02V), Marechal Thaumaturgo(02V), Porto Walter(02V),Rodrigues 22
Lote 2 01 Turma com 22 alunos
Alves(02V),e Tarauacá(04V), Com sede no município de Cruzeiro do Sul;
TOTAL 84

Curso de Atualização sobre Especificidade e Interfaces da Proteção Social Básica do SUAS - 40 h


Critério Básico: Prioridade efetivo; Trabalhadores do SUAS de nível superior, inseridos no âmbito da gestão e do provimento dos serviços da Pro-
teção Social Básica – CRAS e Entidades Socioassistenciais

Vagas por Porte dos Municípios


Ord Capacitando Quantidade
01 CRAS/Entidades Socioassistenciais: 04 servidores (Técnico de referência) de cada município de pequeno porte I e II 80
02 CRAS/Entidades Socioassistenciais: 05 servidores (Técnico de referência) de cada município de médio porte. 05
CRAS/Entidades Socioassistenciais: 06 servidores (Técnico de referência) para cada unidade do município de
03 42
grande porte.
04  SEDS (02 DPSB, 01 DPSE, 01 Habitação). 04
05 CEAS: 02 (Governo e sociedade civil) 02
05 TOTAL 133
Vagas por Lotes
Compreendendo os seguintes municípios das regionais Baixo e Alto Acre, Purus e SEDS: Assis Brasil
(04V), Acrelândia (04V), Brasiléia (04V), Bujari (04V), Capixaba (04V), Epitaciolândia (04V), Plácido de
Lote 1 03 Turmas: 02 com 35
Castro (04V), Porto Acre (04V), Rio Branco (42V), Senador Guiomard (04V), Manoel Urbano (04V), Santa 100
alunos cada; 01 com 30 alunos
Rosa do Purus (04V), Sena Madureira (04V), Xapuri (04V), e SEDS (04V), CEAS (02V). Com sede no
município de Rio Branco;
Compreendendo os seguintes municípios das regionais do Juruá e Tarauacá Envira: Cruzeiro do
Sul(05V), Feijó(04V), Jordaõ(04V), Mâncio Lima(04V), Marechal Thaumaturgo(04V), Porto Walter(04V), 33
Lote 2 01 Turma com 33 alunos
Rodrigues Alves(04V), e Tarauacá(04V), Com sede no município de Cruzeiro do Sul;
TOTAL 133
____________________________________________________________________________________________________________________

RESOLUÇÃO Nº 17, DE 30 DE OUTUBRO DE 2014.


O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, em Reunião Ordinária realizada no dia 30 de outubro de 2014, órgão de controle
social dos recursos destinados à Política Estadual de Assistência Social, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei nº 1.181 de 09
de maio de 1996, alterada pela Lei nº 1.395 de 28 de junho de 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica de Assistência
Social (LOAS),
RESOLVE:
Art. 1º APROVAR os Instrumentais de Acompanhamento do Estado aos Municípios, os quais sejam:
- Questionário de Monitoramento Gestão Financeira;
- Questionário de Avaliação do CRAS;
- Questionário de Avaliação do CREAS.
Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Rio Branco, 30 de outubro de 2014.

Carlos Antônio Pinheiro da Silva


Presidente do CEAS/AC
____________________________________________________________________________________________________________________

RESOLUÇÃO Nº 18, DE 30 DE OUTUBRO DE 2014.


O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, em Reunião Ordinária realizada no dia 30 de outubro de 2014, órgão de controle
social dos recursos destinados à Política Estadual de Assistência Social, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei nº 1.181 de 09
de maio de 1996, alterada pela Lei nº 1.395 de 28 de junho de 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica de Assistência
Social (LOAS), e
Considerando que este CEAS aprovou o Projeto de Fortalecimento das Ações dos Centros da Juventude através da Resolução Ad Referendum nº
001 de 20 de janeiro de 2010, a ser desenvolvido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social.
RESOLVE:
Art. 1º INDEFERIR a Prestação de Contas referente ao Convênio nº 723221/2009/SNAS/MDS, do Projeto de Fortalecimento das Ações dos Cen-
tros da Juventude da Regional Rui Lino, Montanhês, Estação Experimental e São Francisco, por ausência de documentação de comprovação de
instalação e utilização dos bens adquiridos, bem como dos referidos tombamentos.
Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Rio Branco, 30 de outubro de 2014.

Carlos Antônio Pinheiro da Silva


Presidente do CEAS/AC
10 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 10
DIÁRIO OFICIAL

RESOLUÇÃO Nº 19, DE 30 DE OUTUBRO DE 2014. Assistência Social (LOAS), e


O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, em CONSIDERANDO a Política Nacional de Assistência Social - PNAS,
Reunião Ordinária realizada no dia 30 de outubro de 2014, órgão de aprovada pela Resolução CNAS nº 145, de 15 de outubro de 2004, que
controle social dos recursos destinados à Política Estadual de Assistên- dispõe sobre as diretrizes e princípios para a implantação do Sistema
cia Social, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei nº Único da Assistência Social - SUAS;
1.181 de 09 de maio de 1996, alterada pela Lei nº 1.395 de 28 de junho CONSIDERANDO a Resolução do CNAS nº 109 de 11/11/2009 que
de 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica de dispõe sobre a Tipificação Nacional dos Serviços Socioassistenciais e
Assistência Social (LOAS), e aborda dentre outros o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vín-
Considerando a Resolução nº 012, de 13 de Junho de 2013, que apro- culos e o Trabalho Social com Famílias;
vou o Plano de Ação do IGD SUAS, exercício 2013. CONSIDERANDO a Resolução CIT nº 2, de 3 de abril de 2014 e a Re-
RESOLVE: solução CNAS nº 11, de 17 de abril de 2014 que dispõe sobre critérios
Art. 1º APROVAR a Prestação de Contas do Índice de Gestão Des- de elegibilidade e partilha dos recursos do cofinanciamento federal para
centralizada do SUAS (IGDSUAS), referente aos períodos de 16/04 à a expansão qualificada e reordenamento do Serviço de Acolhimento
31/12/2013 e 01/01 a 10/07/2014. Institucional para Adultos e Famílias do ano de 2014.
Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revoga- CONSIDERANDO AINDA, a Resolução CEAS nº 09, de 15 de agosto
das as disposições em contrário. de 2014.
Rio Branco, 30 de outubro de 2014. RESOLVE:
Art. 1º Aprovar o Termo de Aceite da expansão qualificada do cofinancia-
Carlos Antônio Pinheiro da Silva mento federal para a oferta do Serviço de Acolhimento Institucional para
Presidente do CEAS/AC Adultos e Famílias, serviço de proteção social de alta complexidade;
_________________________________________________________ Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.
Rio Branco, 30 de agosto de 2014.
RESOLUÇÃO Nº 20, DE 30 DE OUTUBRO DE 2014.
O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, em Carlos Antônio Pinheiro da Silva
Reunião Ordinária realizada no dia 30 de outubro de 2014, órgão de Presidente do CEAS/AC
controle social dos recursos destinados à Política Estadual de Assistên- _________________________________________________________
cia Social, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei nº
1.181 de 09 de maio de 1996, alterada pela Lei nº 1.395 de 28 de junho RESOLUÇÃO Nº 23, DE 30 DE OUTUBRO DE 2014.
de 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica de O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, em
Assistência Social (LOAS), e Reunião Ordinária realizada no dia 30 de outubro de 2014, órgão de
Considerando a Resolução nº 19 de 18 de dezembro de 2012, que apro- controle social dos recursos destinados à Política Estadual de Assistên-
vou as metas constante no Plano de Trabalho referente aos recursos cia Social, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei nº
enviados pelo MDS para garantir atendimento humanitário aos cidadãos 1.181 de 09 de maio de 1996, alterada pela Lei nº 1.395 de 28 de junho
presentes no Estado do Acre. de 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica de
RESOLVE: Assistência Social (LOAS), e
Art. 1º APROVAR a Prestação de Contas referente à Portaria nº 08 e nº Considerando a Resolução da CIT nº 5 de 12 de abril de 2013;
90, os quais sejam: Considerando a Resolução CNAS nº 8 de 18 de abril de 2013 que dispõe
• Repasse Fundo a Fundo referente a Portaria nº 08/MDS – Haitianos – sobre as ações estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho In-
período de 19/03/2012 à 25/07/2013; fantil – PETI no âmbito do Sistema Único da Assistência Social – SUAS e
• Repasse Fundo a Fundo referente a Portaria nº 08/MDS – Haitianos – o critério de elegibilidade do cofinanciamento federal para os exercícios de
período de 26/07/2013 a 30/11/2013; 2013/2014 destinado a Estados, Municípios e Distrito Federal com maior
• Repasse do Fundo a Fundo referente a Portaria nº 90/MDS – Haitia- incidência de trabalho infantil e, dá outras providências;
nos – período de 01/01/2014 a 26/06/2014; Considerando a Resolução nº 10, de 15 de abril de 2014 que Altera a
• Repasse do Fundo a Fundo referente a Portaria nº 90/MDS – Haitia- Resolução nº 8, de 18 de abril de 2013 do Conselho Nacional de Assis-
nos – período de 01/12/2013 a 20/06/2014. tência Social - CNAS com vistas a estabelecer critérios para o cofinan-
Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revoga- ciamento de 2014;
das as disposições em contrário. Considerando ainda a Resolução nº 05, de 22 de maio de 2014, que
Rio Branco, 30 de outubro de 2014. o aprovou o Termo de Aceite do cofinanciamento federal para acom-
panhamento e orientação aos municípios na realização das ações es-
Carlos Antônio Pinheiro da Silva tratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI no
Presidente do CEAS/AC âmbito do Sistema Único da Assistência Social – SUAS.
_________________________________________________________ RESOLVE:
Art. 1º APROVAR o Plano de Ação referente ao Programa de Erradica-
RESOLUÇÃO Nº 21, DE 30 DE OUTUBRO DE 2014. ção do Trabalho Infantil - PETI no âmbito do Sistema Único da Assistên-
O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, em cia Social – SUAS.
Reunião Ordinária realizada no dia 30 de outubro de 2014, órgão de Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revoga-
controle social dos recursos destinados à Política Estadual de Assistên- das as disposições em contrário.
cia Social, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei nº Rio Branco, 30 de outubro de 2014.
1.181 de 09 de maio de 1996, alterada pela Lei nº 1.395 de 28 de junho
de 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica de Carlos Antônio Pinheiro da Silva
Assistência Social (LOAS), e Presidente do CEAS/AC
Considerando a Resolução nº 011, de 13 de Junho de 2013, que apro-
vou o Plano de Ação do IGD-E, exercício 2013.
RESOLVE:
SEE
Art. 1º APROVAR a Prestação de Contas do Índice de Gestão Descen-
tralizada do Estado (IGD-E), referente ao exercício de 2013. ESTADO DO ACRE
Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revoga- Secretaria de Estado de Educação e Esporte
das as disposições em contrário. Gabinete do Secretário
Rio Branco, 30 de outubro de 2014.
PORTARIA Nº 3.263, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2014.
Carlos Antônio Pinheiro da Silva O Secretário de Estado de Educação e Esporte, no uso das atribuições
Presidente do CEAS/AC que lhe confere o Decreto nº 7.269, de 1º de abril de 2014, publicado no
_________________________________________________________ Diário Oficial do Estado nº 11.277 de 2 de abril de 2014, e tendo em vista
o Processo nº 0021933-0/2014,
RESOLUÇÃO Nº 22, DE 30 DE OUTUBRO DE 2014. RESOLVE:
O CONSELHO ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CEAS, em Art. 1º Designar as servidoras Alessandra Mustafa da Silva Correia, Pro-
Reunião Ordinária realizada no dia 30 de outubro de 2014, órgão de fessor P-2 e Maria Audilene Carvalho Ferreira, Apoio Administrativo –
controle social dos recursos destinados à Política Estadual de Assistên- Nível II, do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Educação e
cia Social, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei nº Esporte para, sob a presidência da primeira, constituírem Comissão de
1.181 de 09 de maio de 1996, alterada pela Lei nº 1.395 de 28 de junho Sindicância, no tocante à apuração dos fatos que motivaram o Processo
de 2001 e a Lei nº 8.742 de 07 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica de para Apuração de Irregularidade nº 0021933-0/2014.
11 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 11
DIÁRIO OFICIAL

Art. 2º E, para bem cumprir as suas atribuições, a Comissão terá acesso que lhe confere o Decreto nº 7.269, de 1º de abril de 2014, publicado no
a toda documentação necessária à elucidação dos fatos, bem como Diário Oficial do Estado nº 11.277 de 2 de abril de 2014, e tendo em vista
deverá colher quaisquer depoimentos e demais provas que entender o Processo nº 0023662-1/2014,
pertinentes. RESOLVE:
Art. 3º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias, a partir da publicação Art. 1º Designar as servidoras Alessandra Mustafa da Silva Correia, Pro-
deste Ato, para apresentação de Relatório Conclusivo. fessor P-2 e Maria Audilene Carvalho Ferreira, Apoio Administrativo –
Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Nível II, do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Educação e
Registre-se. Esporte para, sob a presidência da primeira, constituírem Comissão de
Publique-se. Sindicância, no tocante à apuração dos fatos que motivaram o Processo
Cumpra-se. para Apuração de Irregularidade nº 0023662-1/2014.
Art. 2º E, para bem cumprir as suas atribuições, a Comissão terá acesso
MARCO ANTÔNIO BRANDÃO LOPES a toda documentação necessária à elucidação dos fatos, bem como
Secretário de Estado de Educação e Esporte deverá colher quaisquer depoimentos e demais provas que entender
_________________________________________________________ pertinentes.
Art. 3º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias, a partir da publicação
ESTADO DO ACRE deste Ato, para apresentação de Relatório Conclusivo.
Secretaria de Estado de Educação e Esporte Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Gabinete do Secretário Registre-se.
Publique-se.
PORTARIA Nº 3.266, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2014. Cumpra-se.
O Secretário de Estado de Educação e Esporte, no uso das atribuições
que lhe confere o Decreto nº 7.269, de 1º de abril de 2014, publicado no MARCO ANTÔNIO BRANDÃO LOPES
Diário Oficial do Estado nº 11.277 de 2 de abril de 2014, e tendo em vista Secretário de Estado de Educação e Esporte
o Processo nº 0023650-7/2014, _________________________________________________________
RESOLVE:
Art. 1º Designar as servidoras Alessandra Mustafa da Silva Correia, Pro- ESTADO DO ACRE
fessor P-2 e Maria Audilene Carvalho Ferreira, Apoio Administrativo – SECRETARIA DE ESTADO DE DUCAÇÃO E ESPORTE
Nível II, do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Educação e Gabinete do Secretário Adjunto
Esporte para, sob a presidência da primeira, constituírem Comissão de
Sindicância, no tocante à apuração dos fatos que motivaram o Processo Portaria nº 3289 de 07 de novembro de 2014
para Apuração de Irregularidade nº 0023650-7/2014. O Secretário Adjunto de Estado de Educação, no uso de suas atribui-
Art. 2º E, para bem cumprir as suas atribuições, a Comissão terá acesso ções legais,
a toda documentação necessária à elucidação dos fatos, bem como RESOLVE:
deverá colher quaisquer depoimentos e demais provas que entender Art. 1º Designar a servidora Lôdia Maria Lopes da Silva, matrícula nº
pertinentes. 289230-1, para exercer a função de Secretária Escolar do Centro de
Art. 3º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias, a partir da publicação Estudo de Línguas – CEL.
deste Ato, para apresentação de Relatório Conclusivo. Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Registre-se.
Registre-se. Publique-se.
Publique-se. Cumpra-se.
Cumpra-se.
JOSÉ ALBERTO NUNES
MARCO ANTÔNIO BRANDÃO LOPES Secretário Adjunto de Educação
Secretário de Estado de Educação e Esporte _________________________________________________________
_________________________________________________________
ESTADO DO ACRE
ESTADO DO ACRE SECRETARIA DE ESTADO DE DUCAÇÃO E ESPORTE
Secretaria de Estado de Educação e Esporte Gabinete do Secretário Adjunto
Gabinete do Secretário
Portaria nº 3290 de 07 de novembro de 2014
PORTARIA Nº 3.267, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2014. O Secretário Adjunto de Estado de Educação, no uso de suas atribui-
O Secretário de Estado de Educação e Esporte, no uso das atribuições ções legais,
que lhe confere o Decreto nº 7.269, de 1º de abril de 2014, publicado no RESOLVE:
Diário Oficial do Estado nº 11.277 de 2 de abril de 2014, e tendo em vista Art. 1º Designar a servidora Danielle Soares Ibernon, matrícula nº
o Processo nº 0023654-2/2014, 9322345-4, para exercer a função de Coordenadora do Núcleo de Es-
RESOLVE: tudo de Línguas de Cruzeiro do Sul.
Art. 1º Designar as servidoras Alessandra Mustafa da Silva Correia, Pro- Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.
fessor P-2 e Maria Audilene Carvalho Ferreira, Apoio Administrativo – Registre-se.
Nível II, do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Educação e Publique-se.
Esporte para, sob a presidência da primeira, constituírem Comissão de Cumpra-se.
Sindicância, no tocante à apuração dos fatos que motivaram o Processo
para Apuração de Irregularidade nº 0023654-2/2014. JOSÉ ALBERTO NUNES
Art. 2º E, para bem cumprir as suas atribuições, a Comissão terá acesso Secretário Adjunto de Educação
a toda documentação necessária à elucidação dos fatos, bem como _________________________________________________________
deverá colher quaisquer depoimentos e demais provas que entender
pertinentes. ESTADO DO ACRE
Art. 3º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias, a partir da publicação SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E ESPORTE
deste Ato, para apresentação de Relatório Conclusivo.
Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. COMITÊ EXECUTIVO PADRE CARLOS CASAVECHIA
Registre-se. ESCOLA ESTADUAL RURAL PADRE CARLOS CASAVECHIA
Publique-se. TERMO DE HOMOLOGAÇÃO
Cumpra-se. CONVITE DE PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA 03/2014
Para que produza os efeitos legais em sua plenitude, Homologo a deci-
MARCO ANTÔNIO BRANDÃO LOPES são da Comissão de Avaliação e Julgamento de Propostas, referente ao
Secretário de Estado de Educação e Esporte CONVITE DE PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA Nº 03/2014 e Adjudico o
_________________________________________________________ objeto licitado, em favor da empresa: Comabel Industria e Comércio de
Madeiras Beneficiadas LTDA, referente ao lote I – Madeira beneficiada
ESTADO DO ACRE de 1ª qualidade, com valor global de R$ 13.766,00 (treze mil, setecentos
Secretaria de Estado de Educação e Esporte e sessenta e seis reais).
Gabinete do Secretário Senador Guiomard - AC, 10 de novembro de 2014.

PORTARIA Nº 3.268, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2014. Cléia da Silva Teixeira


O Secretário de Estado de Educação e Esporte, no uso das atribuições Presidente do Comitê Executivo
12 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 12
DIÁRIO OFICIAL

ESTADO DO ACRE
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E ESPORTE

EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 123/2014


PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 163/2014 – CEL 02
PROCESSO Nº 0002518-7/2014
VALIDADE: 01 (UM) ANO A CONTAR DA SUA ASSINATURA
DO OBJETO: Registro de Preços para Aquisição de Gêneros Alimentícios Básicos Perecíveis, para atender as necessidades dos alunos integrantes
dos Programas: PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar, PNAI – Programa Nacional de Alimentação Escolar Indígena, PNAC - Pro-
grama Nacional de Alimentação em Creches - RESOLUÇÃO/FNDE/CD Nº. 38 de 16/07/2009, PROJOVEM – Programa de Educação de Jovens e
Adultos e outras demandas da SEE, na regional de Tarauacá/Envira, solicitado através do OF. N° 161/GAB-ADJ/SEE de 03/02/2014, conforme consta
no Termo de Referência – Anexo I do edital.
DO LOCAL E DATA: Rio Branco – AC, 15 de agosto de 2014.

ASSINAM: JOSÉ ALBERTO NUNES - Secretário Adjunto de Educação – Pelo Órgão Gestor
ELVIS DANY CUNHA DA SILVA – E. D. CUNHA DA SILVA - ME – Pelo Fornecedor
COTA A
VALOR VALOR
ITEM ESPECIFICAÇÕES MÍNIMAS DOS PRODUTOS UNID MARCA QUANT.
UNIT. TOTAL
CARNE DE OVINOS (Mix para guisados). DE 1ª QUALIDADE. A carne de ovino
deverá ser utilizada para a montagem de um mix para guisado, com o percentil
de no máximo 10% de sebo e gordura dura; o qual será elaborado a partir de
pedaços obtidos dos cortes da carcaça como: pernil e paleta (principais cortes),
pescoço, serrote, lombo, costilhar (demais cortes). A carne de ovino deve apre-
sentar no mix para guisado, apresentando o peso unitário de 1,0 kg (hum quilo),
contemplando 50% dos principais cortes e 50% dos demais cortes, podendo ser
em formas de cubos, iscas, ou moída e ser resfriada (0º a 7ºC). A carne ovina
deve ser proveniente de animais sadios, com idade não superior a 01 (hum) ano
de vida, onde as práticas de higiene para a elaboração do produto esteja de acor-
do com a RIISPOA - decreto nº 30.691/1952 e o Regulamento Técnico sobre as
Condições Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Elaboração para Estabele-
3 cimentos Elaboradores / Industrializadores de Alimentos - Ministério da Agricultura Kg ANASSARA 2.665 R$ 12,70 R$ 33.845,50
e do Abastecimento do Brasil. As embalagens (primária e secundária) deverão
conter externamente os dados de identificação, procedência, número de lote, data
de fabricação e validade ou prazo máximo para o consumo, lista de ingredientes,
quantidade do produto, número do registro no Ministério da Agricultura/SIF/DIPOA
e carimbo de inspeção do SIF/SIE e Rotulagem de acordo com as legislações
vigentes, especialmente a resolução RDC Nº 259 de 20 de setembro de 2002 da
ANVISA/MS e RDC nº 359 e 360 de 23 de dezembro de 2003 da ANVISA/MS.
A entrega deverá ser efetuada em caminhão baú refrigerado de acordo com as
normas do Decreto nº 31455 de 20/06/1982 e Portaria CVS 6/99 DE 10/03/1999 -
Vigilância Sanitária. Os produtos devem ser mantidos, durante todo o transporte,
resfriados com tolerância de temperatura até 07 ºC. O produto deverá apresentar
validade mínima de 30 dias. Peso liquido de 01kg (hum quilo).
CARNE DE SUÍNO (Mix para guisados). DE 1ª QUALIDADE. A carne de suíno
deverá ser utilizada para a montagem de um mix para guisado contendo somente
as seguintes peças: pernil, paleta e o lombo, que podem ser em formas de cubos,
iscas, bifes ou moídas, devendo ser resfriada (0º a 7ºC). Aspecto: próprio da es-
pécie, cor rosa pálido, com uma leve coloração de branca a acinzentada, textura
bem firme, fina e elástica, sem excesso de umidade, a carne não pode ser pega-
josa e a gordura externa deve ser de cor branca cremosa, com textura firme e livre
de ulcerações. O odor e sabor devem ser característicos, não podendo apresentar
odor e sabor de ranço, além de sujidades, parasitos, larvas, ou, qualquer outro
corpo estranho, como também, não podem apresentar manchas esverdeadas,
pardacentas ou de qualquer espécie. A carne suína deve ser proveniente de ani-
mais sadios, onde as práticas de higiene para a elaboração do produto esteja
de acordo com a RIISPOA - decreto nº 30.691/1952 e o Regulamento Técnico
sobre as Condições Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Elaboração para
Estabelecimentos Elaboradores / Industrializadores de Alimentos - Ministério da
Agricultura e do Abastecimento do Brasil. A embalagem primária deve ser em cor-
tes (mix para guisados) embalado individualmente em tipo plástico transparente,
atóxico, resistente e a vácuo, onde cada embalagem deverá estar fria ao toque e
4 livre de furos ou cortes e devem apresentar o peso liquido de 01 kg (hum quilo). Kg ANNASARA 2.665 R$ 12,70 R$ 33.845,50
A embalagem secundária deverá ser em caixas lacradas, limpas, secas, não vio-
ladas, adequadas ao empilhamento recomendado, identificada com o nome da
empresa, resistente a danos durante o transporte e armazenamento, garantindo
a integridade do produto durante todo o seu período de validade e contendo o
peso liquido máximo de 10 kg (dez quilos). Será considerada imprópria e será
recusada a embalagem defeituosa ou inadequada, que exponha o produto à con-
taminação e / ou deterioração. As embalagens (primária e secundária) deverão
conter externamente os dados de identificação, procedência, número de lote, data
de fabricação e validade ou prazo máximo para o consumo, lista de ingredientes,
quantidade do produto, número do registro no Ministério da Agricultura/SIF/DIPOA
e carimbo de inspeção do SIF/SIE e Rotulagem de acordo com as legislações
vigentes, especialmente a resolução RDC Nº 259 de 20 de setembro de 2002 da
ANVISA/MS e RDC nº 359 e 360 de 23 de dezembro de 2003 da ANVISA/MS.
A entrega deverá ser efetuada em caminhão baú refrigerado de acordo com as
normas do Decreto nº 31455 de 20/06/1982 e Portaria CVS 6/99 DE 10/03/1999 -
Vigilância Sanitária. Os produtos devem ser mantidos, durante todo o transporte,
resfriados com tolerância de temperatura até 07 ºC. O produto deverá apresentar
validade mínima de 30 dias. Peso liquido de 01kg (hum quilo).
13 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 13
DIÁRIO OFICIAL

PÃO MASSA FINA, TIPO CACHORRO QUENTE. Peso líquido de 50g por
unidade. Embalagem: saco plástico transparente, resistente e atóxico, herme-
ticamente vedado de forma que o produto seja entregue íntegro. Com o rótulo
14 UNID. REGIÃO 58.372 R$ 0,39 R$ 22.765,08
contendo a identificação da empresa e telefone, nome do produto, peso e prazo
de validade. O produto deverá apresentar validade mínima de 24 horas após
entrega. Unidade 50g.

ABACATE, produto de 1ª qualidade, casca livre de fungos, tamanho médio a


grande, consistência íntegra e com maturação natural. Exclui-se o recebimen-
15 Kg HERNANDES 1.165 R$ 4,50 R$ 5.242,50
to de produtos atacados por podridão ou quaisquer alterações que os tornem
impróprios para o consumo

BANANA COMPRIDA, da Região ou Banana da Terra, produto de 1ª quali-


dade, casca livre de fungos, tamanho médio a grande, consistência íntegra e
17 com maturação natural. O produto deverá ser pesado sem o mangará. Exclui- Kg REGIÃO 9.574 R$ 2,45 R$ 23.456,30
-se o recebimento de produtos atacados por podridão ou quaisquer alterações
que os tornem impróprios para o consumo.

BANANA PRATA, da Região, produto de 1ª qualidade, casca livre de fungos,


tamanho médio a grande, consistência íntegra e com maturação natural. O
18 produto deverá ser pesado sem o mangará. Exclui-se o recebimento de produ- Kg REGIÃO 9.574 R$ 2,45 R$ 23.456,30
tos atacados por podridão ou quaisquer alterações que os tornem impróprios
para o consumo.

LARANJA, Lavada e seca adequadamente sem umidade exterior, Firmes, não


apresentando cortes, fissuras, colorações e manchas verdes, cinzentas, azuis,
19 Kg REGIÃO 6.662 R$ 2,69 R$ 17.920,78
negras ou de ferrugem. Exclui-se o recebimento de produtos atacados por
podridão ou quaisquer alterações que os tornem impróprios para o consumo.

LIMÃO TAHITI, de primeira, fresco, livre de resíduos de fertilizantes, sujicidas,


parasitas e larvas, tamanhas e coloração uniformes, devendo ser bem desen-
20 Kg REGIÃO 266 R$ 2,23 R$ 593,18
volvido e maduro, com polpa firme e intacta. De acordo com a resolução 12/78
da cnnpa.Kg

POLPA DE CAJA. Peso líquido de 01kg. Embalagem: saco plástico atóxica, in-
violável e resistente, apresentando data de fabricação e validade devidamente
31 preenchidas, selo da agricultura familiar e rotulagem nutricional de acordo com Kg COOPERACRE 3.997 R$ 4,55 R$ 18.186,35
a legislação vigente e que a sua concentração atenda a diluição em 1,5 litros
de água, obtendo uma análise sensorial satisfatória.

IOGURTE (sabor Morango), pasteurizada, sem adição. Apresentando teor mí-


nimo (100g): 1,7g/proteínas, 02g/gorduras totais. Peso líquido de 100ml cada.
33 SASHÊ BURITI 66.624 R$ 0,37 R$ 24.650,88
Embalagem: sachê, apresentando data de fabricação e validade devidamente
preenchidas; rotulagem de acordo com a legislação vigente.

IOGURTE (sabor Pêssego), pasteurizada, sem adição. Apresentando teor mí-


nimo (100g): 1,7g/proteínas, 02g/gorduras totais. Peso líquido de 100ml cada.
34 SASHÊ BURITI 66.624 R$ 0,37 R$ 24.650,88
Embalagem: sachê, apresentando data de fabricação e validade devidamente
preenchidas; rotulagem de acordo com a legislação vigente.

IOGURTE (sabor Salada de Frutas), pasteurizada, sem adição. Apresentando


teor mínimo (100g): 1,7g/proteínas, 02g/gorduras totais. Peso líquido de 100ml
35 SASHÊ BURITI 66.624 R$ 0,37 R$ 24.650,88
cada. Embalagem: sachê, apresentando data de fabricação e validade devida-
mente preenchidas; rotulagem de acordo com a legislação vigente.

LEITE DE VACA, Pasteurizado, tipo C, Integral, Refrigerado (0° a 5°), com 3%


de gordura proveniente de animal sadio. Peso líquido de 1 litro. Embalagem:
36 saco plástico, atóxico, resistente. Apresentando Registro no M.A. (Ministério LITRO BURITI 36.643 R$ 2,00 R$ 73.286,00
da Agricultura) e SIF/DIPOA, com respectiva data de fabricação e vencimento
no mínimo 3 dias.

ALFACE, tipo comum. Lavada e seca adequadamente sem umidade exterior,


Firmes, não apresentando cortes, fissuras, colorações e manchas amareladas,
39 cinzentas, azuis, negras ou de ferrugem. Exclui-se o recebimento de produtos MAÇO REGIÃO 5.263 R$ 2,99 R$ 15.736,37
atacados por podridão ou quaisquer alterações que os tornem impróprios para
o consumo. Peso líquido médio 250g (pé).

MACAXEIRA, Limpa adequadamente sem umidade exterior, Firmes, não germi-


nadas, não apresentando cortes, fissuras, colorações e manchas verdes, cinzen-
49 Kg REGIÃO 2.587 R$ 1,70 R$ 4.397,90
tas, azuis, negras ou de ferrugem. Exclui-se o recebimento de produtos atacados
por podridão ou quaisquer alterações que os tornem impróprios para o consumo.

VALOR TOTAL R$ 346.684,40


14 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 14
DIÁRIO OFICIAL

COTA B
VALOR VALOR
ITEM ESPECIFICAÇÕES MÍNIMAS DOS PRODUTOS UNID MARCA QUANT.
UNIT. TOTAL
CARNE DE OVINOS (Mix para guisados). DE 1ª QUALIDADE. A carne de
ovino deverá ser utilizada para a montagem de um mix para guisado, com o
percentil de no máximo 10% de sebo e gordura dura; o qual será elaborado
a partir de pedaços obtidos dos cortes da carcaça como: pernil e paleta (prin-
cipais cortes), pescoço, serrote, lombo, costilhar (demais cortes). A carne de
ovino deve apresentar no mix para guisado, apresentando o peso unitário de
1,0 kg (hum quilo), contemplando 50% dos principais cortes e 50% dos demais
cortes, podendo ser em formas de cubos, iscas, ou moída e ser resfriada (0º a
7ºC). Aspecto: próprio da espécie, sendo cor vermelho-rosada e textura macia,
contendo no máximo 10% de sebo e gordura dura, que deve ser da cor branco
creme. O odor e sabor devem ser característicos e não podem apresentar
odor e sabor de ranço, sujidades, parasitos, larvas, ou, qualquer outro corpo
estranho, como também, não podem apresentarem manchas esverdeadas,
pardacentas ou de qualquer espécie. A carne ovina deve ser proveniente de
animais sadios, com idade não superior a 01 (hum) ano de vida, onde as prá-
ticas de higiene para a elaboração do produto esteja de acordo com a RIIS-
POA - decreto nº 30.691/1952 e o Regulamento Técnico sobre as Condições
Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Elaboração para Estabelecimentos
55 Elaboradores / Industrializadores de Alimentos - Ministério da Agricultura e do Kg ANASSARA 888 R$ 12,70 R$ 11.277,60
Abastecimento do Brasil. A embalagem primária deve ser em cortes (mix para
guisados) embalado individualmente em tipo plástico transparente, atóxico, re-
sistente e a vácuo, onde cada embalagem deverá estar fria ao toque e livre de
furos ou cortes e devem apresentar o peso liquido de 01 kg (hum quilo). Será
considerada imprópria e será recusada a embalagem defeituosa ou inadequa-
da, que exponha o produto à contaminação e / ou deterioração. As embala-
gens (primária e secundária) deverão conter externamente os dados de iden-
tificação, procedência, número de lote, data de fabricação e validade ou prazo
máximo para o consumo, lista de ingredientes, quantidade do produto, número
do registro no Ministério da Agricultura/SIF/DIPOA e carimbo de inspeção do
SIF/SIE e Rotulagem de acordo com as legislações vigentes, especialmente a
resolução RDC Nº 259 de 20 de setembro de 2002 da ANVISA/MS e RDC nº
359 e 360 de 23 de dezembro de 2003 da ANVISA/MS. A entrega deverá ser
efetuada em caminhão baú refrigerado de acordo com as normas do Decreto
nº 31455 de 20/06/1982 e Portaria CVS 6/99 DE 10/03/1999 - Vigilância Sani-
tária. Os produtos devem ser mantidos, durante todo o transporte, resfriados
com tolerância de temperatura até 07 ºC. O produto deverá apresentar valida-
de mínima de 30 dias. Peso liquido de 01kg (hum quilo).
CARNE DE SUÍNO (Mix para guisados). DE 1ª QUALIDADE. A carne de su-
íno deverá ser utilizada para a montagem de um mix para guisado contendo
somente as seguintes peças: pernil, paleta e o lombo, que podem ser em
formas de cubos, iscas, bifes ou moídas, devendo ser resfriada (0º a 7ºC).
Aspecto: próprio da espécie, cor rosa pálido, com uma leve coloração de
branca a acinzentada, textura bem firme, fina e elástica, sem excesso de
umidade, a carne não pode ser pegajosa e a gordura externa deve ser de
cor branca cremosa, com textura firme e livre de ulcerações. O odor e sabor
devem ser característicos, não podendo apresentar odor e sabor de ranço,
além de sujidades, parasitos, larvas, ou, qualquer outro corpo estranho,
como também, não podem apresentar manchas esverdeadas, pardacentas
ou de qualquer espécie. A carne suína deve ser proveniente de animais
sadios, onde as práticas de higiene para a elaboração do produto esteja de
acordo com a RIISPOA - decreto nº 30.691/1952 e o Regulamento Técnico
sobre as Condições Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Elaboração
para Estabelecimentos Elaboradores / Industrializadores de Alimentos - Mi-
nistério da Agricultura e do Abastecimento do Brasil. A embalagem primária
deve ser em cortes (mix para guisados) embalado individualmente em tipo
plástico transparente, atóxico, resistente e a vácuo, onde cada embalagem
deverá estar fria ao toque e livre de furos ou cortes e devem apresentar o
56 Kg ANNASARA 888 R$ 12,70 R$ 11.277,60
peso liquido de 01 kg (hum quilo). A embalagem secundária deverá ser em
caixas lacradas, limpas, secas, não violadas, adequadas ao empilhamento
recomendado, identificada com o nome da empresa, resistente a danos du-
rante o transporte e armazenamento, garantindo a integridade do produto
durante todo o seu período de validade e contendo o peso liquido máximo
de 10 kg (dez quilos). Será considerada imprópria e será recusada a emba-
lagem defeituosa ou inadequada, que exponha o produto à contaminação
e / ou deterioração. As embalagens (primária e secundária) deverão con-
ter externamente os dados de identificação, procedência, número de lote,
data de fabricação e validade ou prazo máximo para o consumo, lista de
ingredientes, quantidade do produto, número do registro no Ministério da
Agricultura/SIF/DIPOA e carimbo de inspeção do SIF/SIE e Rotulagem de
acordo com as legislações vigentes, especialmente a resolução RDC Nº
259 de 20 de setembro de 2002 da ANVISA/MS e RDC nº 359 e 360 de 23
de dezembro de 2003 da ANVISA/MS. A entrega deverá ser efetuada em
caminhão baú refrigerado de acordo com as normas do Decreto nº 31455
de 20/06/1982 e Portaria CVS 6/99 DE 10/03/1999 - Vigilância Sanitária.
Os produtos devem ser mantidos, durante todo o transporte, resfriados com
tolerância de temperatura até 07 ºC. O produto deverá apresentar validade
mínima de 30 dias. Peso liquido de 01kg (hum quilo).
15 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 15
DIÁRIO OFICIAL

PÃO MASSA FINA, TIPO CACHORRO QUENTE. Peso líquido de 50g por
unidade. Embalagem: saco plástico transparente, resistente e atóxico, herme-
ticamente vedado de forma que o produto seja entregue íntegro. Com o rótulo
66 UNID. REGIÃO 19.458 R$ 0,39 R$ 7.588,62
contendo a identificação da empresa e telefone, nome do produto, peso e
prazo de validade. O produto deverá apresentar validade mínima de 24 horas
após entrega. Unidade 50g.
ABACATE, produto de 1ª qualidade, casca livre de fungos, tamanho médio a
grande, consistência íntegra e com maturação natural. Exclui-se o recebimen-
67 Kg HERNANDES 388 R$ 4,50 R$ 1.746,00
to de produtos atacados por podridão ou quaisquer alterações que os tornem
impróprios para o consumo
BANANA COMPRIDA, da Região ou Banana da Terra, produto de 1ª quali-
dade, casca livre de fungos, tamanho médio a grande, consistência íntegra e
69 com maturação natural. O produto deverá ser pesado sem o mangará. Exclui- Kg REGIÃO 3.192 R$ 2,45 R$ 7.820,40
-se o recebimento de produtos atacados por podridão ou quaisquer alterações
que os tornem impróprios para o consumo.
BANANA PRATA, da Região, produto de 1ª qualidade, casca livre de fungos,
tamanho médio a grande, consistência íntegra e com maturação natural. O
70 produto deverá ser pesado sem o mangará. Exclui-se o recebimento de produ- Kg REGIÃO 3.192 R$ 2,45 R$ 7.820,40
tos atacados por podridão ou quaisquer alterações que os tornem impróprios
para o consumo.
LARANJA, Lavada e seca adequadamente sem umidade exterior, Firmes, não
apresentando cortes, fissuras, colorações e manchas verdes, cinzentas, azuis,
71 Kg REGIÃO 2.221 R$ 2,69 R$ 5.974,49
negras ou de ferrugem. Exclui-se o recebimento de produtos atacados por
podridão ou quaisquer alterações que os tornem impróprios para o consumo.
LIMÃO TAHITI, de primeira, fresco, livre de resíduos de fertilizantes, sujicidas, para-
72 sitas e larvas, tamanhas e coloração uniformes, devendo ser bem desenvolvido e Kg REGIÃO 89 R$ 2,23 R$ 198,47
maduro, com polpa firme e intacta. De acordo com a resolução 12/78 da cnnpa.Kg
POLPA DE CAJA. Peso líquido de 01kg. Embalagem: saco plástico atóxica, in-
violável e resistente, apresentando data de fabricação e validade devidamente
83 preenchidas, selo da agricultura familiar e rotulagem nutricional de acordo com Kg COOPERACRE 1.333 R$ 4,55 R$ 6.065,15
a legislação vigente e que a sua concentração atenda a diluição em 1,5 litros
de água, obtendo uma análise sensorial satisfatória.
IOGURTE (sabor Morango), pasteurizada, sem adição. Apresentando teor mí-
nimo (100g): 1,7g/proteínas, 02g/gorduras totais. Peso líquido de 100ml cada.
85 SASHÊ BURITI 22.208 R$ 0,37 R$ 8.216,96
Embalagem: sachê, apresentando data de fabricação e validade devidamente
preenchidas; rotulagem de acordo com a legislação vigente.
IOGURTE (sabor Pêssego), pasteurizada, sem adição. Apresentando teor mí-
nimo (100g): 1,7g/proteínas, 02g/gorduras totais. Peso líquido de 100ml cada.
86 SASHÊ BURITI 22.208 R$ 0,37 R$ 8.216,96
Embalagem: sachê, apresentando data de fabricação e validade devidamente
preenchidas; rotulagem de acordo com a legislação vigente.
IOGURTE (sabor Salada de Frutas), pasteurizada, sem adição. Apresentando
teor mínimo (100g): 1,7g/proteínas, 02g/gorduras totais. Peso líquido de 100ml
87 SASHÊ BURITI 22.208 R$ 0,37 R$ 8.216,96
cada. Embalagem: sachê, apresentando data de fabricação e validade devida-
mente preenchidas; rotulagem de acordo com a legislação vigente.
LEITE DE VACA, Pasteurizado, tipo C, Integral, Refrigerado (0° a 5°), com 3%
de gordura proveniente de animal sadio. Peso líquido de 1 litro. Embalagem:
88 saco plástico, atóxico, resistente. Apresentando Registro no M.A. (Ministério LITRO BURITI 12.215 R$ 2,00 R$ 24.430,00
da Agricultura) e SIF/DIPOA, com respectiva data de fabricação e vencimento
no mínimo 3 dias.
ALFACE, tipo comum. Lavada e seca adequadamente sem umidade exterior,
Firmes, não apresentando cortes, fissuras, colorações e manchas amareladas,
91 cinzentas, azuis, negras ou de ferrugem. Exclui-se o recebimento de produtos MAÇO REGIÃO 1.754 R$ 2,99 R$ 5.244,46
atacados por podridão ou quaisquer alterações que os tornem impróprios para
o consumo. Peso líquido médio 250g (pé).
MACAXEIRA, Limpa adequadamente sem umidade exterior, Firmes, não germi-
nadas, não apresentando cortes, fissuras, colorações e manchas verdes, cinzen-
101 Kg REGIÃO 863 R$ 1,70 R$ 1.467,10
tas, azuis, negras ou de ferrugem. Exclui-se o recebimento de produtos atacados
por podridão ou quaisquer alterações que os tornem impróprios para o consumo.
VALOR TOTAL R$ 115.561,17
VALOR TOTAL DA COTA A+B R$ 462.245,57
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E ESPORTE

COMITÊ EXECUTIVO MANOEL MACHADO


ESCOLA ESTADUAL RURAL MANOEL MACHADO
EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO Nº 003/2014.
CONVITE DE PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA Nº 02/2014.
DAS PARTES:CONTRATANTE: COMITÊ EXECUTIVO MANOEL MACHADO
CONTRATADA: AUGUSTO S. DE ARAÚJO – ME.
DA FINALIDADE:O presente termo tem por finalidade formalizar e disciplinar o relacionamento contratual com vistas à execução dos trabalhos
definidos e especificado na CLÁUSULA PRIMEIRA – OBJETO, sendo que sua lavratura foi regularmente autorizada pelo Presidente do COMITÊ
MANOEL MACHADO no Termo de Homologação/Adjudicação, datado de 06 de novembro de 2014.
DO OBJETO: Constitui objeto deste contrato a Execução dos Serviços de AMPLIAÇÃO DE DUAS SALAS DE AULA, para atender as necessidades
ESCOLA ESTADUAL RURAL MANOEL MACHADO, tudo de conformidade com as especificações constantes no lote, localizada no município de
Rio Branco/AC.
VALOR DO CONTRATO: O valor do presente contrato é de R$ 11.500,00 (onze mil e quinhentos reais).
DO PRAZO: O prazo para execução dos serviços definidos na cláusula SÉTIMA é de até 45 (quarenta e cinco) dias, contados da assinatura do
Termo de Contrato.
16 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 16
DIÁRIO OFICIAL

DA DESPESA: PROGRAMA PROACRE - Termo de Convênio n.º 046/2014. RESOLVE:


DATA DE ASSINATURA: 10 de novembro de 2014. Art. 1º - Designar, o Técnico em Assuntos Culturais Tadeu Almeida da
Silva para responder pela Divisão de Pessoal desta Secretaria durante
ASSINAM: Francisca Chagas dos Santos o período de 10 a 14 de novembro de 2014, em quanto durar a ausência
Presidente do Comitê Executivo- PELA CONTRATANTE do titular do Cargo.
Augusto Souza de Araújo
Art. 2º - Esta Portaria Entrará em vigor na data de sua publicação com
Representante da Empresa - PELA CONTRATADA
_________________________________________________________ efeitos a partir 10 de novembro de 2014.
Registre-se, publique-se e cumpra-se.
ESTADO DO ACRE
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E ESPORTE Márcio Veríssimo Carvalho Dantas
GABINETE DO SECRETÁRIO ADJUNTO DE EDUCAÇÃO Secretário de Estado de Planejamento
_________________________________________________________
TERMO DE HOMOLOGAÇÃO
Para que produza os efeitos legais em sua plenitude, HOMOLOGO ESTADO DO ACRE
todos os atos praticados pela Sra. Pregoeira e equipe de apoio, refe- SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO - SEPLAN
rente ao PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº PORTARIA/SEPLAN/N° 288 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014
586/2014 – CPL 02, em favor da Empresa: ACREDIESEL COMERCIAL
DE VEÍCULOS LTDA, referente aos itens 1 e 2 com o valor global de
R$ 1.051.500,00 (um milhão e cinqüenta e um mil e quinhentos reais). O SECRETÁRIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO, no uso de suas
Rio Branco (AC), 06 de novembro de 2014. atribuições legais,
RESOLVE,
JOSÉ ALBERTO NUNES Art. 1º. Designar os servidores abaixo indicados, em observação à
Secretário Adjunto de Educação legislação vigente, para atuarem como gestor e fiscal do Contrato nº
140/2013, firmado entre a Secretaria de Estado de Planejamento –
SEMA SEPLAN e a empresa Arnaldo Comércio e Representações Ltda, com
prazo de vigência até 04/12/2014, tendo como objeto a aquisição de
material de expediente para atendimento das demandas da SEPLAN,
EXTRATO DO CONTRATO N° 073/2014
PROCESSO Nº 24399-0/2014 no âmbito do PROACRE.
PREGÃO PRESENCIAL N° 029/2014 Gestora: Nascilene Araújo do Nascimento
PARTES: A SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE - SEMA E A Fiscal: Vera Alves Bandeira
EMPRESA A. M. MACIEL AGÊNCIA DE VIAGENS LTDA - MOURATUR. Art. 2º. Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, retroa-
DO OBJETO: gindo seus efeitos à data de assinatura do contrato acima especificado.
O objeto do presente contrato é a Contratação de serviços de agencia- Art. 3º. Dê-se ciência aos interessados, registre-se, publique-se, cumpra-se.
mento de viagens: emissão, remarcação e cancelamento de passagens
aéreas intermunicipais e interestaduais, visando atender as atividades e Márcio Veríssimo Carvalho Dantas
ações no âmbito do Programa de Consolidação do Pacto Nacional pela Secretário de Estado de Planejamento
Gestão das Águas – Progestão, conforme especificações no Edital e
_________________________________________________________
Termo de Referencia.
DO VALOR E DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA:
O presente contrato tem o valor global de R$ 20.000,00 (vinte mil re- Estado do Acre
ais). A despesa decorrente deste contrato correrá à conta dos Progra- Secretaria de Estado de Planejamento
mas de Trabalho: 720.003.185.4411031825.0000 (Gestão Estadual de
Recursos Hídricos), Natureza da Despesa: 33.90.33.00 (Passagens e EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS
Despesas com Locomoção). Fonte de Recurso: 200 , consignados ao ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 038/2014 SEPLAN
CONTRATANTE no Orçamento Geral Do Estado, tendo sido emitidas as PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 066/2014 – CEL 01
Notas de Empenhos: n° 7200030089/2014. ACORDO DE EMPRESTIMO Nº 7625 – BR - PROACRE/BIRD
DA VIGÊNCIA: 31 de dezembro de 2013. Partícipes: Secretaria de Estado de Planejamento – SEPLAN (Órgão
DO FORO: As partes elegem o foro da Comarca de Rio Branco/Ac, com Gerenciador) e a Empresa Marques & Barbosa Ltda (Fornecedor Be-
renúncia de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para dirimir
neficiário).
quaisquer dúvidas que surgirem na execução do instrumento de Contrato.
DATA E LOCAL: Rio Branco, 10 de novembro de 2014. Objeto: Registro de Preços para Contratação de empresa para Pres-
tação de Serviços de motorista, serviços gerais, copeira, manutenção
ASSINAM: pela Contratante, CARLOS EDEGARD DE DEUS e pela predial, manutenção de equipamento de informática, programação de
Contratada, ANTÔNIO MOURA MACIEL. sistema, auxiliar administrativo e assistente de contabilidade, no âmbito
do PROACRE.
SEPLAN Prazo de Validade: 12 (doze) meses
Preços, especificações e quantitativos: conforme Anexo I
Data da Assinatura: 05 de novembro de 2014
ESTADO DO ACRE
SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO Assinam: Márcio Veríssimo Carvalho Dantas, pela Secretaria de Esta-
do de Planejamento e Mário Marques Neto, pela empresa Marques &
PORTARIA/ Nº 289 DE 10 DE NOVEMBRO 2014.
Barbosa Ltda.
O SECRETARIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO, no uso de suas
atribuições legais,
ANEXO I
Planilha da Ata de Registro de Preços
Marques & Barbosa Ltda, inscrita no CNPJ sob o nº 08.021.512/0001-46, com sede na Rua José Magalhães, nº 551, Bairro Santa Quitéria, no
município de Rio Branco/AC, representada por Mário Marques Neto, sócio administrador, brasileiro, portador do RG nº 204.557 SSP/AC e CPF nº
359.191.242-53, residente na Travessa Camburiú, nº 120, Bairro Vila Ivonete, Rio Branco/AC.
Data de assinatura: 05/11/2014
ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N.º 38/14 PE N.º 066/2014
Data de Validade: 05/11/2015
1 2 3 4 5 6
Serviço Prazo de Preço Preço Total por
Descrição dos Serviços Quantidade
N° Execução Unitário (R$) Serviço (R$)
1 Motorista 12 meses 04 4.522,73 217.091,22
2 Serviços Gerais 12 meses 04 3.102,54 148.922,07
3 Copeira 12 meses 01 3.479,03 41.748,32
4 Manutenção Predial 12 meses 02 3.925,37 94.208,93
5 Auxiliar Administrativo 12 meses 02 3.711,20 89.068,71
6 Assistente Contabilidade 12 meses 02 3.711,20 89.068,71
7 Manutenção Informática 12 meses 03 5.487,58 197.552,93
8 Programação de Sistema 12 meses 01 6.157,10 73.885,20
Total 19 951.546,09
17 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 17
DIÁRIO OFICIAL

que trata esta Portaria, responderão pelo exercício das atribuições a


SEPN
eles confiadas, devendo supervisionar e fiscalizar, cabendo aplicação
de notificações, assim como o atesto de notas fiscais com base nos
TERMO DE HOMOLOGAÇÃO serviços efetivamente realizados, estando sujeito às penalidades pre-
PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 513/2014 vistas em lei.
(Comissão Permanente de Licitação – CPL – 02) Registre-se e cumpre-se
Para que produza os efeitos legais em sua plenitude, HOMOLOGO to-
dos os atos praticados pelo Senhor Pregoeiro e pela equipe de apoio Drª. Suely de Souza Melo da Costa
referente ao PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Secretária de Estado de Saúde
Nº 513/2014 – PROCESSO Nº 0009925-7/2014 (Comissão Permanente _________________________________________________________
de Licitação – CPL 02) e ADJUDICO os objetos ora licitados em favor
das empresas licitantes: RESOLUÇÃO CIB Nº 136/2014
1– AIALA EVENTOS LTDA-ME, com valor de R$ 995.000,00 (novecen- A Comissão Intergestores Bipartite – CIB/AC, no uso de suas atribui-
tos e noventa e cinco reais) para o item 01; ções legais e,
2– SILFER GALVANIZAÇÃO EIRELLI EPP, com valor de R$ 269.850,00 Considerando a Portaria GM/MS nº 1.020, de 29 de maio de 2013, que
(duzentos e sessenta e nove mil, oitocentos e cinquenta reais) para o institui as diretrizes para a organização da Atenção à Saúde na Gesta-
item 02; Com o valor global de R$ 1.264.850,00 (um milhão, duzentos e ção de Alto Risco e define os critérios para a implantação e habilitação
sessenta e quatro mil, oitocentos e cinquenta reais). dos serviços de referência à Atenção à Saúde na Gestação de Alto Ris-
Rio Branco, 29 de setembro de 2014. co, incluída a Casa de Gestante, Bebê e Puérpera (CGBP), em confor-
midade com a Rede Cegonha;
Silvia Monteiro e Silva Considerando a Portaria GM/MS nº 1.884, de 4 de setembro de 2012,
Secretária de Estado de Pequenos Negócios-SEPN que aprova a Etapa I do Plano de Ação da Rede Cegonha do Estado do
Decreto 7.271/14 Acre e aloca recursos financeiros para sua implementação.
R E S O L V E:
SESACRE Art. 1º: Pactuar como unidades de referências os Estabelecimentos
de Saúde - Hospital Geral de Clínicas de Rio Branco (HUERB), CNPJ:
04.034.526/0002-24, CNES: 2001578 e a Fundação Hospital Estadual
PORTARIA Nº 841 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014. do Acre (FUNDHACRE), CNPJ: 63.602.940/0001-70, CNES: 2001586
A Secretária de Estado de Saúde, nomeada por meio do Decreto nº 014, para garantia de leitos de UTI Adulto para as gestantes e puérperas, aten-
de 1º de janeiro de 2011, no uso de suas atribuições legais, e didas pelo Serviço de Referência à Atenção à Saúde em Gestação de Alto
Considerando o teor do ofício/SESACRE/nº 262/2014, oriundo da Co- Risco – GAR, Tipo II da MATERNIDADE E CLÍNICA DE MULHERES
missão de Processo Administrativo Disciplinar nº 3895/2014, no qual, a BÁRBARA HELIODORA, CNPJ: 04.034.526/0003-05, CNES 2000733.
presidente solicita tempestivamente a prorrogação do prazo do encerra- Rio Branco (AC), 20 de agosto de 2014.
mento dos trabalhos, por mais 60 dias;
R E S O L V E: Marize Barbosa Freire de Lucena
Art. 1º. Prorrogar por mais 60 (sessenta) dias o prazo estabelecido na Presidente da CIB, em exercício
Portaria nº 378, de 28 de março de 2014, para conclusão do processo Marcilene Alexandrina Chaves
administrativo disciplinar nos termos da Lei Complementar Estadual n° Vice-Presidente do COSEMS
39 de 29 de dezembro de 1993. Homologo a Resolução CIB nº 136, de 20 de agosto de 2014, nos ter-
Art. 2º. O prazo estabelecido acima decorrerá a partir da publicação mos do Art. 2º do Regimento Interno da CIB/AC.
desta portaria.
Publique-se, Registre-se e Cumpra-se. Irailton de Lima Sousa
Secretário Adjunto de Estado de Saúde
Dra. Suely de Sousa Melo da Costa _________________________________________________________
Secretária de Estado de Saúde
_________________________________________________________ TERMO DE RATIFICAÇÃO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO
Processo Administrativo n.º 19-13-0099274
PORTARIA N° 1615/2014, DE 16 DE JUNHO DE 2014. RATIFICO, nos termos do artigo 24, inciso II, da Lei nº 8.666/93, a DIS-
O Secretário Adjunto de Saúde, nomeado por meio de Decreto Gover- PENSA DE LICITAÇÃO alvo do processo em epígrafe, visando a CON-
namental n°. 6.679, de 03 de dezembro de 2013, e por meio de Portaria TRATAÇÃO DIRETA, em razão do valor, de empresa especializada em
nº 1.054, 06 de dezembro de 2013, no uso de suas atribuições legais, teste de localização e desobstrução da rede de vácuo nas enferma-
RESOLVE: rias do 1.º piso do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco -
Art. 1° Designar como Gestor do contrato ANTELA DA SILVA SARAH, HUERB, no valor global de R$ 4.785,00 (quatro mil setecentos e oitenta
como Fiscal do contrato CLEBERSON FÉLIX DA SILVA para a exe- e cinco reais), tendo como CONTRATADA A EMPRESA:
cução das obrigações descritas no PREGÃO PRESENCIAL SRP nº J. G. PACHECO – ME, inscrita no CNPJ n.º 08.155.025/0001-76, com
1080/2013, que tem como objeto aquisição de medicamentos, para sede na Rua Plutão, n° 399, Bairro Morada do Sol, na cidade de Rio
atender as necessidades da Secretaria de Estado de Saúde do Acre. Branco/AC.
Art. 2° - Os servidores designados para executarem as atividades de As despesas com esse objeto correrão à conta dos recursos do Pro-
que trata esta Portaria, responderão pelo exercício das atribuições a grama de Trabalho: 4133.0000, 4123.0000, 4124.0000, 4130.0000,
eles confiadas, devendo supervisionar e fiscalizar, cabendo aplicação 4131.0000, 4132.0000, 3185.0000, 4121.0000, 4122.0000, 4134.0000,
de notificações, assim como o atesto de notas fiscais com base nos 4125.0000, 4126.0000, 4127.0000, 4128.0000, 4129.0000 e 3184.0000;
serviços efetivamente realizados, estando sujeito às penalidades pre- Elemento de Despesa: 33.90.39.00; e Fonte de Recursos: 100, 200,
vistas em lei. 400, 500 e 700.
Art. 3° - Esta Portaria entra em vigor a partir da data de sua assinatura. Publique-se.
Registre-se e cumpre-se Rio Branco, 04 de novembro de 2014.

IRAILTON DE LIMA SOUSA IRAILTON DE LIMA SOUSA


Secretário Adjunto de Saúde SECRETÁRIO ADJUNTO DE SAÚDE
_________________________________________________________ _________________________________________________________

PORTARIA N° 3022/2014, DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. NOTIFICAÇÃO Nº. 25/2014


A Secretária de Estado de Saúde, nomeada por meio de Decreto Governa- PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº. 1078/2013 CPL 04
mental n°. 014, de 1° de janeiro de 2011, no uso de suas atribuições legais, Ordem de Entrega n.º 2782/2014.
RESOLVE: AO REPRESENTANTE LEGAL DA EMPRESA
Art. 1° Designar como Gestor do contrato a servidora CECILIA MARIA STOCK DIAGNÓSTICOS LTDA.
RODRIGUES DE SOUZA, e como co-gestorz MARA LUCIA OLIVEIRA NESTA
DA SILVA, para a execução das obrigações descritas no PREGÃO PRE- A SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE, com Sede na Rua Marechal
SENCIAL SRP nº 001/2011, que tem como objeto aquisição de serviços Deodoro, nº. 830, Bairro Centro, CEP 69.908-520, município de Rio
funerários, para atender as necessidades da Secretaria de Estado de Branco/AC, neste ato representado pela Secretária Estadual de Saúde,
Saúde do Acre. a Dra. SUELY DE SOUZA MELO DA COSTA, brasileira, casada, inscrita
Art. 2° - Os servidores designados para executarem as atividades de no CPF nº. 079.243.212-68 e RG nº. 0079915 - SSP/AC, residente e
18 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 18
DIÁRIO OFICIAL

domiciliada na Rua Ladislau Ferreira, nº. 1042 – ED. Mirante do Park, sencial por Registro de Preço n.º 0877/2013, decorrente do Pregão Pre-
Apt. 1003, Bairro Abraão Alab, na Cidade de Rio Branco/AC, de acordo sencial para SRP n.º 1078/2013 CPL 04, que tem por objeto a aquisição de
com a autorização expressa no Decreto nº. 014, de 01/01/2011, vêm à medicamentos que atuam sobre o sistema nervoso, destinado a atender
presença de Vossa Senhoria, com fundamento no art. 6, § 1.º, do De- as necessidades das Unidades de Saúde das regionais do Alto acre, Baixo
creto Estadual n.º 5.965/2010, NOTIFICÁ-LO a respeito da abertura de Acre Purus, Tarauacá/Envira e Juruá, referentes à recusa em efetuar a en-
Processo Administrativo com vistas a apurar a conduta praticada pela trega dos itens constantes da Ordem de Entrega n.º 2601/2014.
empresa STOCK DIAGNÓSTICOS LTDA, no âmbito da Ata de Pregão Informa-se que o prazo para apresentação de DEFESA PRÉVIA será de
Presencial por Registro de Preço n.º 0877/2013, decorrente do Pregão 05 (dias) úteis, em consonância com o art. 12, “caput”, do Decreto Estadual
Presencial para SRP n.º 1078/2013 CPL 04, que tem por objeto a aqui- n.º 5.965/2010, contados a partir da ciência da Notificação, podendo ser
sição de medicamentos que atuam sobre o sistema nervoso, destinado entregue na Sede da Secretaria de Estado de Saúde. Ressalta-se, por
a atender as necessidades das Unidades de saúde das Regionais do fim que este processo continuará independentemente da manifestação.
Alto acre, Baixo Acre, Purus, Tarauacá/Envira e Juruá, referentes à re- Rio Branco, 07 de outubro de 2014
cusa em efetuar a entrega dos itens constantes da Ordem de Entrega
n.º 2782/2014. Dra. SUELY DE SOUZA MELO DA COSTA
Informa-se que o prazo para apresentação de DEFESA PRÉVIA será Secretária de Estado de Saúde do Acre
de 05 (dias) úteis, em consonância com o art. 12, “caput”, do Decreto _________________________________________________________
Estadual n.º 5.965/2010, contados a partir da ciência da Notificação,
podendo ser entregue na Sede da Secretaria de Estado de Saúde. Res- Torna-se sem efeito o Extrato do Contrato nº. 074./2013, publicado no
salta-se, por fim que este processo continuará independentemente da D.O.E. Nº 11.427, na página 28 em 04 de novembro de 2014.
manifestação.
Rio Branco, 07 de outubro de 2014 SESP
Dra. SUELY DE SOUZA MELO DA COSTA
Secretária de Estado de Saúde do Acre PORTARIA Nº 097 DE 22 DE SETEMBRO DE 2014.
_________________________________________________________ O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO ACRE,
no uso das atribuições que lhes são conferidas por meio do Decreto nº
NOTIFICAÇÃO Nº. 28/2014 012 de 01.01.2011, e em conformidade com o artigo 86, II, da Constitui-
PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº. 1078/2013 CPL 04 ção do Estado do Acre, de 03.10.1989;
Ordem de Entrega n.º 180/2014. CONSIDERANDO que o Centro Integrado de Apoio Biopsicossocial –
AO REPRESENTANTE LEGAL DA EMPRESA CIAB, instituído pelo Decreto nº 8.158 de 04.08.2014 na estrutura desta
DENTAL RIO BRANCO LTDA Secretaria de Estado de Segurança Pública – SESP.
NESTA CONSIDERANDO que o voluntariado provém da participação espontâ-
A SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE, com Sede na Rua Marechal nea, nascida da consciência da responsabilidade social e solidariedade,
Deodoro, nº. 830, Bairro Centro, CEP 69.908-520, município de Rio regulamenta-se o recrutamento e a atuação de pessoas interessadas
Branco/AC, neste ato representado pela Secretária Estadual de Saúde, em prestar serviço no âmbito do Centro Integrado de Apoio Biopsicos-
a Dra. SUELY DE SOUZA MELO DA COSTA, brasileira, casada, inscrita social – CIAB, integrante da estrutura organizacional da Secretaria de
no CPF nº. 079.243.212-68 e RG nº. 0079915 - SSP/AC, residente e Estado de Segurança Pública – SESP;
domiciliada na Rua Ladislau Ferreira, nº. 1042 – ED. Mirante do Park, CONSIDERANDO que a implantação do voluntariado poderá auxiliar
Apt. 1003, Bairro Abraão Alab, na Cidade de Rio Branco/AC, de acordo os serviços deste Núcleo e que contribuirá para que os interessados
com a autorização expressa no Decreto nº. 014, de 01/01/2011, vêm à possam auxiliar o serviço público e adquirir prática nos serviços de sua
presença de Vossa Senhoria, com fundamento no art. 6, § 1.º, do De- formação profissional;
creto Estadual n.º 5.965/2010, NOTIFICÁ-LO a respeito da abertura de CONSIDERANDO o disposto na Lei Federal nº 9.608, de 18 de fevereiro
Processo Administrativo com vistas a apurar a conduta praticada pela de 1998;
empresa DENTAL RIO BRANCO LTDA, no âmbito da Ata de Pregão RESOLVE:
Presencial por Registro de Preço n.º 880/2013, decorrente do Pregão Editar a presente Portaria que regula o Serviço Voluntário no âmbito do
Presencial para SRP n.º 1078/2013 CPL 04, que tem por objeto a aqui- CIAB, na forma seguinte:
sição de medicamentos que atuam sobre o sistema nervoso,destinado a CAPÍTULO I
atender as necessidades das Unidades de Saúde das regionais do Alto Disposições Iniciais
acre, Baixo Acre, Purus, Tarauacá/Envira e Juruá, referentes à recusa Art. 1º – Fica instituído o serviço voluntário no âmbito do Centro Inte-
em efetuar a entrega dos itens constantes da Ordem de Entrega n.º grado de Apoio Biopsicossocial – CIAB, da Secretaria de Segurança
180/2014. Publica do Estado do Acre - SESP.
Informa-se que o prazo para apresentação de DEFESA PRÉVIA será Art. 2º – Considera-se serviço voluntário, para fins dessa portaria e, de
de 05 (dias) úteis, em consonância com o art. 12, “caput”, do Decreto acordo com o artigo 1º da Lei nº 9.608/1998, a atividade não remunera-
Estadual n.º 5.965/2010, contados a partir da ciência da Notificação, da, prestada por pessoa física, com objetivo de assistência social.
podendo ser entregue na Sede da Secretaria de Estado de Saúde. Res- Parágrafo único. O serviço voluntário será realizado de forma espontâ-
salta-se, por fim que este processo continuará independentemente da nea e sem recebimento de contraprestação financeira ou qualquer outro
manifestação. tipo de remuneração, não gerando vínculo de emprego com o Estado,
Rio Branco, 07 de outubro de 2014 nem obrigação de natureza trabalhista, previdenciária, tributária ou afim,
e não assegura a percepção de auxílio-alimentação e auxílio-transporte.
Dra. SUELY DE SOUZA MELO DA COSTA Art. 3º – A prestação de serviço voluntário será permitida a cidadãos
Secretária de Estado de Saúde do Acre maiores de 18 (dezoito) anos e que sejam:
_________________________________________________________ I – profissionais formados nas áreas afins ou estudantes desses cursos; e
II – servidores em atividade ou aposentados, que integram o Sistema In-
NOTIFICAÇÃO Nº. 30/2014 tegrado de Segurança Pública – SISP, e sejam formados nas áreas afins.
PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº. 1078/2013 CPL 04 CAPÍTULO II
Ordem de Entrega n.º 2601/2014. Inscrição, Seleção e Acompanhamento.
AO REPRESENTANTE LEGAL DA EMPRESA Art. 4º – A abertura de inscrições para o serviço voluntário será ampla-
STOCK DIAGNÓSTICOS LTDA mente divulgada pela SESP, após solicitação realizada pelo CIAB, que
NESTA deve informar o número de vagas, as atividades a serem desenvolvidas,
A SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE, com Sede na Rua Marechal as áreas de conhecimento e outros requisitos que devam ser observa-
Deodoro, nº. 830, Bairro Centro, CEP 69.908-520, município de Rio dos na seleção.
Branco/AC, neste ato representado pela Secretária Estadual de Saúde, §1º Os interessados deverão entregar à SESP o requerimento de inscri-
a Dra. SUELY DE SOUZA MELO DA COSTA, brasileira, casada, inscrita ção (anexo I) preenchido, juntando os seguintes documentos:
no CPF nº. 079.243.212-68 e RG nº. 0079915 - SSP/AC, residente e I – ficha de inscrição devidamente preenchida, acompanhada de
domiciliada na Rua Ladislau Ferreira, nº. 1042 – ED. Mirante do Park, duas fotos 3x4;
Apt. 1003, Bairro Abraão Alab, na Cidade de Rio Branco/AC, de acordo II – cópia da carteira de identidade, do CPF e da carteira profissional,
com a autorização expressa no Decreto nº. 014, de 01/01/2011, vêm quando for o caso;
à presença de Vossa Senhoria, com fundamento no art. 6, § 1.º, do III – declaração da faculdade de que se encontra devidamente matricu-
Decreto Estadual n.º 5.965/2010, NOTIFICÁ-LO a respeito da abertura lado, freqüentando regularmente curso de nível superior, para o caso
de Processo Administrativo com vistas a apurar a conduta praticada pela de estudantes;
empresa STOCK DIAGNÓSTICOS LTDA, no âmbito da Ata de Pregão Pre- IV – curriculum vitae resumido; e
19 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 19
DIÁRIO OFICIAL

V – cópia do diploma de graduação, para os profissionais formados. patrimônio público;


§2º A seleção dos voluntários será realizada pelo Departamento Admi- VII – usar traje conveniente ao serviço;
nistrativo do CIAB, compreendendo as etapas de análise da documen- VIII – identificar-se, mediante uso do crachá, nas instalações de traba-
tação apresentada pelo candidato, identificação de seu perfil e entre- lho ou externamente quando a serviço do órgão;
vista pessoal. IX – tratar com urbanidade clientes, acompanhantes e servidores
§3º A área de conhecimento e o interesse do voluntário selecionado da instituição;
devem guardar correspondência com a natureza e as características X – justificar e comunicar se possível com antecedência, às ausências
dos serviços que ele atuará. nos dias em que estiver escalado para a prestação de serviço voluntário;
Art. 5º A prestação do serviço voluntário será formalizada por meio de XI – observar a assiduidade no desempenho das suas atividades;
termo de adesão celebrado entre a Secretaria de Segurança Pública do XII – adotar procedimento compatível com a metodologia do CIAB;
Estado do Acre e o prestador do serviço (anexo II). XIII – fornecer relatório mensal à coordenação do Núcleo dos atendi-
§1º Constarão no Termo de Adesão o objeto, as condições do exercício, mentos realizados, com todos os procedimentos adotados, como abor-
as atribuições, as proibições, os direitos e deveres inerentes ao serviço dagem, técnicas, exame de estado mental, HD e/ou diagnóstico utilizan-
de voluntário. do a CID-10, encaminhamentos e outros.
§2º Os dias, carga horária, e período da prestação do serviço voluntário Art. 14º São direitos do voluntário:
constarão no termo de adesão, podendo ser alterados a qualquer mo- I – desempenhar uma tarefa que o valorize e seja um desafio para ampliar
mento, por acordo entre as partes. e desenvolver habilidades e a receber apoio no trabalho que desempenha;
§3º O termo de adesão será preenchido no CIAB, assinado pelo presta- II – oportunidades para o melhor aproveitamento de suas capacidades,
dor do serviço voluntário e pela Coordenação do Núcleo, e encaminha- recebendo tarefas e responsabilidades de acordo com seus conheci-
do, juntamente com a documentação necessária a SESP para aprecia- mentos, experiência e interesse;
ção do Secretário de Segurança Pública. III – ter a descrição clara e objetiva de suas tarefas e responsabilidades;
§4º O termo de adesão terá três vias: IV – poder usar as instalações, bens e serviços necessários ou conve-
I – a primeira via deverá ser arquivada em pasta apropriada no Departa- nientes para o desenvolvimento de suas atividades.
mento Administrativo do CIAB; Art. 15º Ao prestador de serviço voluntário é proibido:
II – a segunda via deverá ser arquivada no Gabinete do Secretário de I – praticar atos privativos dos servidores públicos;
Segurança Pública do Estado; II – identificar-se na qualidade de prestador de serviço voluntário quan-
III – a terceira via será destinada ao voluntário. do não estiver no pleno exercício das atividades voluntárias desenvol-
§5° Na documentação e diferentes formas de declaração ou atestação, vidas no Núcleo;
o prestador de serviço voluntário se denominará Voluntário. III – receber, a qualquer título, remuneração pela prestação do serviço
Art. 6º Cada Voluntário terá seu prontuário individual que ficará no setor voluntário;
administrativo do CIAB, e conterá cópia do seu requerimento de inscri- IV – retirar e/ou utilizar qualquer material de uso exclusivo em serviço
ção, Termo de Adesão ao Serviço Voluntário, Ficha Cadastral (anexo III) para qualquer fim, exceto se estiver autorizado formalmente.
e demais documentos pertinentes. Art. 16º Na ocorrência de infrações administrativas poderão ser apli-
Art. 7º A SESP poderá firmar convênios com instituições de ensino, com cadas penas de advertência, suspensão ou desligamento do serviço,
a interveniência do CIAB, objetivando a cooperação mútua para indica- respeitados os princípios do contraditório e da ampla defesa.
ção de voluntários dentre alunos regularmente matriculados. Art. 17º Constatada a violação dos deveres e proibições previstos nes-
Art. 8º O CIAB informará mensalmente a instituição de ensino, o número de te Capítulo, o voluntário será imediatamente afastado da prestação do
horas de serviço prestado pelo voluntário, os dias em que ele não pode cum- serviço, devendo, antes do seu desligamento definitivo, ser assegurada
prir suas tarefas, no caso de estudantes, para fins de registro e cômputo na a ampla defesa.
certificação que lhe será concedida ao final do serviço de voluntariado. Parágrafo Único. A Coordenação providenciará a inclusão no banco de da-
CAPÍTULO III dos dos nomes dos voluntários desligados na forma do caput deste artigo.
Horário e Prazo do Serviço Voluntário Art. 18º É vedada nova adesão de candidato à prestação de serviço
Art. 9º A prestação do serviço voluntário será exercida em horário de voluntário que tiver sido desligado anteriormente, por violação às proibi-
expediente, e corresponderá a 04 (quatro) horas diárias, no mínimo em ções e aos deveres definidos nesta Portaria.
2 (dois) dias por semana e no máximo em 05 (cinco) dias por semana, Art. 19º O prestador de serviço voluntário é responsável por todos os
em um total que ficará entre 08 (oito) e 20 (vinte) horas semanais. atos que praticar no exercício de seu serviço, respondendo civil e penal-
§1º Os dias e horários da prestação de serviço voluntário serão combi- mente pelo exercício irregular de suas atribuições.
nados, previamente, entre o CIAB e o Prestador de Serviço Voluntário e CAPITULO V
constarão do Termo de Adesão. Disposições Finais
§2º A Coordenação do CIAB poderá combinar carga horária distinta, em Art. 20º Ao término da vigência do termo de adesão será expedido,
caso de atividades ou projetos especiais. quando requerido, certificado de prestação de serviço voluntário, infor-
Art. 10º O Voluntário deverá cumprir a carga horária e os horários esta- mado as atividades desenvolvidas, o local onde foi prestado o serviço
belecidos previamente para o seu trabalho e apresentar justificativa ao voluntário e as horas cumpridas, assinado pela Coordenadora do CIAB
CIAB para casos de atraso e falta. e pelo Secretário de Estado de Segurança Pública.
Parágrafo único. Ficará a cargo do CIAB a avaliação do Voluntário que §1º O CIAB poderá atestar, sempre que solicitado, a prestação de servi-
não apresentar justificativa para a sua falta ou atraso, ou que falte de- ço voluntário antes de encerrado o período previsto no termo de adesão
masiadamente ao trabalho, fazendo anotar as ocorrências no prontuário ou quando se tratar de serviço extraordinário, mencionando os dados
do Voluntário, quando for o caso. referidos no caput.
Art. 11º O serviço voluntário será exercido a partir da assinatura do Termo §2º Cabe ao Coordenador do CIAB, no exercício de suas funções institu-
de Adesão pelo prazo de 06 (seis) meses, podendo ser prorrogado, porém cionais controlar a freqüência e, ao final da prestação do serviço voluntá-
condicionada a prorrogação a parecer favorável da Coordenação do CIAB. rio, encaminhar a documentação ao Departamento de Gestão Interna da
Parágrafo Único. A prorrogação ficará a critério das partes. SESP, e elaborar o Certificado de Prestação de Serviço Voluntário.
Art. 12º A Administração Pública se reserva o direito de rescindir o termo §3º Será arquivada na unidade expedidora cópia do certificado ou do
a qualquer tempo, desde que não persista o interesse na manutenção atestado entregue ao voluntário.
do serviço. Art. 21º As questões omissas serão resolvidas em reunião com os ges-
Parágrafo Único. A cessação da prestação de serviços voluntários po- tores representativos das instituições e corporações de integração (Po-
derá ocorrer, a qualquer tempo, por manifestação de vontade do Volun- lícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar), que poderão se neces-
tário por escrito, com antecedência mínima de 05 (cinco) dias. sário, solicitar assessoria do departamento jurídico da SESP.
CAPÍTULO IV Art. 22º Esta Portaria entrará em vigor na data de sua assinatura.
Deveres, Direitos e Proibições Art. 23º Publique-se, Registre-se e Cumpra-se.
Art. 13º São deveres do voluntário:
I – manter comportamento compatível com o decoro do serviço público; Ildor Rení Graebner
II – respeitar as normas legais e regulamentares, cumprindo fielmente Secretário de Segurança Pública do Estado do Acre
as tarefas que lhe forem atribuídas; _________________________________________________________
III – acolher, com respeito, as orientações e determinações do respon-
sável pela coordenação e supervisão de seu trabalho; PORTARIA Nº 125 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014
IV – atuar de forma integrada e coordenada com a equipe de trabalho “Dispõem as Diretrizes do Curso de Habilitação de Oficial Administrativo
do órgão, executando as atribuições constantes do termo de adesão; da PMAC – CHOA/PMAC/2014-2015”
V – manter sigilo sobre assuntos dos quais, em razão de seu serviço no O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO ACRE,
órgão, tiver conhecimento; no uso das atribuições que lhes são conferidas por meio do Decreto Nº
VI – economizar os recursos que lhe forem disponibilizados e zelar pelo 012 de 01.01.2011, e em conformidade com o artigo 86, II, da Constitui-
20 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 20
DIÁRIO OFICIAL

ção do Estado do Acre, de 03 de outubro de 1989; Nº DISCIPLINA DO MÓDULO III C/H


CONSIDERANDO o que a Lei Estadual nº 2004, de 09 de junho de 01 POLICIAMENTO COMUNITÁRIO 20
2008, no art. 1º c/c com o art. 10, instituíram o Centro Integrado de 02 POLICIAMENTO DE TRÂNSITO 20
Ensino e Pesquisa em Segurança Pública – CIEPS, transferindo-lhe as 03 POLÍCIA JUDICIÁRIA 30
competências, atribuições, atividades e o patrimônio da Academia da 04 INTELIGÊNCIA POLICIAL 15
Polícia Civil - ACADEPOL, do Centro de Formação e Aperfeiçoamento 05 DIREITO PROC. PENAL COMUM E MILITAR 30
de Praças - CFAP e do Centro de Ensino e Instrução de Bombeiros 06 ARMAMENTO MUNIÇÃO E TIRO 40
Militar - CEIBM; 07 CIOPAER 10
CONSIDERANDO que, de acordo com o art. 7º, da Lei Estadual nº 08 SIST. INTEGRADO GESTÃO EM SEG. PÚBLICA 20
2004, de 09 de junho de 2008, compete ao CIEPS, através de sua Divi- 09 CRIMINALISTICA 20
são Pedagógica, a responsabilidade pela definição dos conteúdos pro- 10 ORIENTAÇÃO DO TCC 30
gramáticos e da metodologia de execução dos seminários, dos cursos 11 ORDEM UNIDA III 20
presenciais e à distância, dos estágios, das pesquisas e de quaisquer 12 EDUCAÇÃO FÍSICA MILITAR III 20
outras atividades de ensino e pesquisa do CIEPS; 13 TÉC. DE CONTENÇÃO E DEFESA POLICIAL 15
CONSIDERANDO que compete ao CIEPS, através de sua Divisão pe- 14 DIDÁTICA DE ENSINO 20
15 DIREITO ADMINISTRATIVO 20
dagógica a adoção de procedimentos imparciais em que os conteúdos
CARGA HORÁRIA DO MÓDULO III 330 h/a
e as avaliações sejam ofertados nas mesmas condições, procurando
reduzir, assim, as possibilidades de uso de meios ilícitos para obtenção IV – O 4º Módulo compreenderá o somatório das palestras a serem mi-
da nota, corroborando com os princípios basilares que regem a Admi- nistradas durante o Curso, conforme adequação em quadro de trabalho
nistração pública; semanal, e o estágio supervisionado, conforme o quadro abaixo:
CONSIDERANDO por fim, a necessidade de definir as diretrizes para
N° PALESTRAS C/H C/H UNID
o Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos da PMAC (Polícia
01 FILOSOFIA APLICADA À SEGURANÇA PÚBLICA 2,5 h/a
Militar do Acre) – CHOA/PMAC/2014-2015;
02 SOCIOLOGIA APLIC. À SEGURANÇA PÚBLICA 2,5 h/a
RESOLVE: 03 PSICOLOGIA APLIC. À SEGURANÇA PÚBLICA 2,5 h/a
Art. 1º Estabelecer as diretrizes e normas básicas para a Matriz Curri- 05 LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE 2,5 h/a
cular e demais ações pedagógicas relativas ao Curso de Habilitação de 06 LEI 11.343 2,5 h/a 30 h/a
Oficiais Administrativas da Polícia Militar do Estado do Acre, 07 LEI DE TORTURA 2,5 h/a
Art. 2º O Curso de Habilitação a Oficial Administrativo da Polícia Militar 08 OFICINA SIGO 05 h/a
do Estado do Acre – CHOA/2014-2015, com carga horária total de 1.110 09 OFICINA CIOSP 05 h/a
(mil e cento e dez) horas, será dividido em 05 (cinco) Módulos, e terá 10 OFICINA GRP 05 h/a
seu início no dia 12 de Novembro de 2014 e término previsto para o dia N° ESTÁGIO SUPERVISIONADO C/H C/H UNID
22 de abril de 2015. 01 PRÁTICA SERVIÇO OPERACIONAL 150 h/a
Art. 3º As fases (módulos) do Curso de Habilitação a Oficial Adminis- 02 PRÁTICA CORREGEDORIA 25 h/a 200 h/a
trativo da Polícia Militar do Estado do Acre – CHOA/2014-2015 serão 03 PRÁTICA ADMINISTRATIVA 25 h/a
desenvolvidas através de aulas presenciais de cunho obrigatório cum- Carga horária total 230 h/a
prindo o seguinte cronograma:
I – O 1º Módulo terá início no dia 12 de Novembro de 2014 e término previsto V – O 5º Módulo compreende o Trabalho de Conclusão do Curso - TCC,
para 17 de dezembro de 2014, será composto pelas seguintes disciplinas: que será artigo científico, e será administrado concomitantemente com
os demais módulos, tendo início com a gestão da disciplina Metodologia
Nº DISCIPLINA DO MÓDULO I C/H
do Trabalho Científico na primeira semana de curso, devendo ser exe-
01 INTRODUÇÃO AO ENSINO DO DIREITO (IED) 20
02 DIREITO CONSTITUCIONAL 10 cutado o seguinte cronograma e seguir as normas abaixo:
03 DEONTOLOGIA POLICIAL MILITAR 20 CRONOGRAMA DO TCC
04 T.G.A – TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO 10 Nº Discriminação Data Local Horário
05 LINGUAGEM E CORRESPONDENCIA PM 20 19 dez Rio Branco
01 Entrega do Pré-Projeto de Pesquisa 15h00min
06 ESCRITURAÇÃO E COMUNICAÇÃO PM 20 2014 CIEPS
07 OSM - ORGANIZAÇÃO SISTEMAS E MÉTODOS 15 15 jan Rio Branco
02 Entrega do Projeto de Pesquisa 15h00min
08 GESTÃO DE QUALIDADE 20 2015 CIEPS
09 CHEFIA E LIDERANÇA 10 31 março Rio Branco
03 Entrega do Artigo Científico 15h00min
10 EDUCAÇÃO FÍSICA MILITAR I 20 2015 CIEPS
11 ORDEM UNIDA I 20 20 a 22 Rio Branco
04 Defesa do Artigo Científico ***
12 METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO I 20 abr 2015 CIEPS
13 GERENCIAMENTO DE CRISES 15 24 abr Rio Branco Até as
CARGA HORÁRIA DO MÓDULO I 220 h/a 05 Entrega do Artigo Científico corrigido
2015 CIEPS 15h00min

II – O 2º Módulo terá início no dia 02 de janeiro de 2015 e término previsto a. O aluno que descumprir os prazos estabelecidos no cronograma do
para o dia 28 de fevereiro de 2015, será composto pelas seguintes disciplinas: TCC será reprovado em 1ª Época, e terá o prazo estendido por mais 05
Nº DISCIPLINA DO MÓDULO II C/H (cinco) dias úteis, caso não cumpra novamente as datas, será reprova-
ANÁLISE CRIMINAL do definitivamente e desligado do CHOA/2014-2015;
01 POL. ORIENTADO PARA O PROBLEMA 40 b. A elaboração do TCC deverá seguir as normas da ABNT referentes à
PLANEJAMENTO NORMATIVO OPERACIONAL elaboração de trabalhos científicos no tocante a formatação, estrutura-
02 GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA 20 ção, citações e referências bibliográficas;
03 GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 20 c. Os Trabalhos de Conclusão de Curso deverão abordar, impreterivel-
04 GESTÃO DE LOGÍSTICA E PATRIMONIO 20 mente, assuntos em Gestão, Segurança Pública, Motivação, Educação
05 DIREITO PENAL COMUM E MILITAR 30 Profissional e Legislação Policial Militar.
06 DIREITO E POL. AMBIENTAL 15 §1º Outras palestras que, porventura, venham a ser ministradas no re-
07 DIREITOS HUMANOS 15 ferido curso deverão seguir planejamento da Divisão Pedagógica, con-
08 LEGISLAÇÃO INSTITUCIONAL PM 30 templando assuntos voltados para a Segurança Pública e Valorização
LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL: Profissional.
LEI 8.069/1990 – ECA §2º A Serviço Operacional ficará a cargo do CPO-I, devendo os alunos
09 30
LEI 11.340/2006 – MARIA DA PENHA serem empregados em Prática de atividades de Comando de Policia-
LEI 10.741/2003 – ESTATUTO DO IDOSO
mento Ostensivo e Operações previamente planejadas, dentro da pro-
10 CRIMINOLOGIA APLIC. À SEG. PÚBLICA 15
posta de formação do curso.
11 POLICIAMENTO OSTENSIVO GERAL 20
§3º A disciplina metodologia do trabalho científico terá como pré-requisi-
12 POLICIAMENTO MONTADO 10
13 METOD. DO TRABALHO CIENTÍFICO II 25 to básico para aprovação do aluno, o cumprimento dos prazos de entre-
14 EDUCAÇÃO FÍSICA MILITAR II 20 ga dos trabalhos de TCC, na data estabelecida no artigo anterior.
15 ORDEM UNIDA II 20 Art. 4º A banca avaliadora dos Trabalhos de Conclusão de Curso
CARGA HORÁRIA DO MÓDULO II 330 h/a será estabelecida entre os dias 20 a 22 de abril de 2015, a partir das
08h00min, no Centro Integrado de Ensino e Pesquisa em Segurança
III – O 3º Módulo terá início no dia 02 de março de 2015 e término Pública – CIEPS, e será composta por 03 (três) membros, e se dará da
previsto para o dia 22 de abril de 2015, será composto pelas seguintes seguinte forma:
disciplinas: I – O orientador do TCC presidirá a Banca Examinadora;
21 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 21
DIÁRIO OFICIAL

II – O quadro de Orientadores dos Trabalhos de Conclusão do Curso modelo previsto no Anexo I;


será definido pela DEI/PMAC; §6º O prazo de recurso após a divulgação do Resultado da PROVA
III – Os demais membros poderão ser pessoas convidadas, desde que ÚNICA de 2.ª ÉPOCA será de 24 (vinte e quatro) horas;
tenham conhecimento comprovado sobre o assunto abordado pelo TCC; Art. 7º Todas as decisões de recursos relativas ao CHOA/2014-2015,
IV – Os alunos CHOA que obtiverem nota final inferior a 5,0 (cinco) no em sede de recurso administrativo (no âmbito da Corporação), deverá
TCC serão considerados REPROVADOS em 1ª ÉPOCA, recebendo o obedecer ao previsto nos artigos 9º, 10, 11 e 12 da Portaria nº01/Ped/
prazo de 05 (cinco) dias úteis, a partir da apresentação do trabalho, para Cieps/2013, datada de 27 de maio de 2013, publicada no Diário Oficial
realizar as correções sugeridas e apresentá-lo novamente a banca ava- do Estado do Acre, nº 11.080, de 02 de julho de 2013.
liadora, de acordo com o cronograma a ser estabelecido com base na Art. 8º Os alunos não aprovados na prova de 2ª época em qualquer
demanda instalada em função da quantidade alunos que não atingirem dos módulos serão considerados reprovados definitivamente no Curso;
a média de aprovação; Art. 9º Ao final do CHOA/2014-2015, será considerado aprovado em 1ª
V – O discente que após a segunda apresentação do TCC obter nota ÉPOCA o aluno que obtiver no mínimo 50% (cinquenta por cento) dos
inferior a 5,0 (cinco) pontos será considerado reprovado definitivamente pontos possíveis em todos os módulos, e ainda não incorrer nas condi-
do CHOA/2014-2015; ções previstas para reprovação em primeira época.
VI – A não elaboração, apresentação e entrega do TCC implicará na Parágrafo único. Para efeito de classificação final será obedecida à se-
reprovação do aluno CHOA/2014-2015; guinte ordem:
VII – A parte textual do artigo científico (trabalho final) deverá conter de I – 1.º BLOCO: Composto pelos alunos aprovados em 1.ª Época em
10 (dez) a 15 (quinze) laudas; todos os módulos, em que somente concorrerão entre si para efeitos
VIII – O TCC, totalmente concluído, deverá ser entregue, em 03 (três) de antiguidade;
vias encadernadas com capa espiral, 01 (uma) cópia em mídia CD- II – 2.º BLOCO: Composto pelos alunos reprovados em 1.ª ÉPOCA, e
-ROW, impreterivelmente até 24 de abril de 2015; aprovados em 2.ª ÉPOCA, em somente UM MÓDULO, que somente
IX – Na apresentação e defesa do TCC devem ser observadas as nor- concorrerão entre si para efeitos de antiguidade, a partir do último clas-
mas técnicas de apresentação de trabalhos científicos, assim como os sificado no 1º bloco.
seguintes limites de tempo: III – 3.º BLOCO: Composto pelos alunos reprovados em 1.ª ÉPOCA, e
a) 20 (vinte) minutos para apresentação oral do TCC; aprovados em 2.ª ÉPOCA, em DOIS MÓDULOS que somente concor-
b) 05 (cinco) minutos para argüição de cada membro da banca avaliadora; reram entre si para efeitos de antiguidade, a partir do último classificado
c) 05 (cinco) minutos para réplica das 03 (três) argüições. do 2.º bloco.
X – A avaliação do TCC pela banca julgadora terá por base 03 (três) cri- IV – 4.º BLOCO: Composto pelos alunos reprovados em 1.ª ÉPOCA, e
térios: apresentação oral, forma de apresentação do trabalho escrito e o aprovados em 2.ª ÉPOCA, em TRÊS MÓDULOS que somente concor-
conteúdo do trabalho escrito, conforme formulário constante no anexo; reram entre si para efeitos de antiguidade, a partir do último classificado
XI – A composição da nota do TCC se dará da seguinte forma: no 3º bloco.
Nº Discriminação NOTA V – 5.º BLOCO: Composto pelos alunos reprovados em 1.ª ÉPOCA, e
01 Pré-Projeto de Pesquisa 10,00 aprovados em 2.ª ÉPOCA, TODOS OS MÓDULOS que somente con-
02 Projeto de Pesquisa 10,00 correram entre si para efeitos de antiguidade, a partir do último classifi-
03 Artigo Científico - Entregue a Banca 10,00 cado no 4º bloco.
04 Defesa do Artigo Científico 10,00 Art. 10. Os critérios de desempate dos Alunos do CHOA/2014-2015
SOMA TOTAL 40,00 serão os seguintes:
I – Os critérios de desempate na 1ª EPOCA, para os alunos que obtive-
MÉDIA FINAL DO TCC = Soma Total
rem a mesma média final no CHOA/2014-2015, serão os seguintes, por
4
ordem de prevalência:
XII – A referência para fins de avaliação observará a seguinte escala:
0,0 a 4,9 (insuficiente), 5,0 a 6,9 (regular), 7,0 a 7,9 (bom), 8,0 a 8,9 a) 1.º Critério - será o maior número de acertos na Prova Única do Modulo - I
(muito bom) e 9,0 a 10,0 (excelente), porém, apesar da referência con- b) 2.º Critério - será o maior número de acertos na Prova Única do
ceitual, a nota do TCC deverá ser dada de forma numérica; Modulo - II
XIII – A banca de avaliação do TCC terá prazo de 72 (setenta e duas) c) 3.º Critério - será o maior número de acertos na Prova Única do
horas, depois de concluídas todas as apresentações, para entrega da Modulo - III
folha de aprovação de cada TCC com respectivo relatório de avaliação d) 4.º Critério - será a nota obtida no TCC
final de todos os trabalhos à Coordenação do CHOA/2014-2015; e) 5.º Critério - será o maior número de acertos nas questões da discipli-
XIV – Os recurso administrativo com relação a decisão final da ban- na de CHEFIA E LIDERANÇA;
ca de avaliação serão julgados pela Comissão de Recursos do f) 6.º Critério - será o maior número de acertos nas questões da discipli-
CHOA/2014/2015. na PLANEJAMENTO NORMATIVO OPERACIONAL;
Art. 5º Para fins de composição de média final do CHOA/2014-2015 a g) Se ainda persistir o empate terá preferência o aluno com maior idade;
nota de avaliação final do TCC terá peso 02 (dois). II – Os critérios de desempate na 2ª ÉPOCA, para os alunos que foram
Art. 6º O processo de avaliação dos alunos nos três primeiros módulos reprovados na 1ª ÉPOCA, e que pertencem ao 2.º BLOCO, inciso II do
será realizado pela Coordenação do CHOA/2014/2015, mediante apli- Art. 10, e obtiverem a mesma média final serão os seguintes, por ordem
cação de uma ÚNICA prova em cada MÓDULO, que será construída de prevalência:
com questões objetivas referentes às disciplinas ministradas dentro dos a) 1.º Critério – ser aprovado em 1.ª Época na Prova Única do Modulo - I
respectivos módulos, e acontecerá cumprindo o seguinte cronograma: b) 2.º Critério – ser aprovado em 1.ª Época no Modulo - II
CRONOGRAMA DE PROVAS: c) 3.º Critério – ser aprovado em 1.ª Época no Modulo - III
§1º PROVA ÚNICA (MÓDULO) – Será composta de 60 (sessenta) d) 4.º Critério – a nota obtida no TCC (quarta fase);
questões de múltipla escolha contemplando assuntos das disciplinas e) Os Critérios previstos no inciso I deste artigo no que couber;
administrada no referido módulo. III – Os critérios de desempate na 2ª ÉPOCA, para os alunos que foram
§2º Cada questão da avaliação terá o valor de 01 (um) ponto, sendo reprovados na 1ª ÉPOCA, e que pertencem ao 3.º BLOCO e 4.º BLO-
que o aluno será considerado aprovado em primeira época, se obtiver CO, inciso III e IV do Art. 10, serão os mesmos aplicados ao inciso II;
no mínimo 50% (cinquenta por cento) dos possíveis acertos, de acordo IV – Os critérios de desempate na 2ª ÉPOCA, para os alunos que foram
com a seguinte fórmula: reprovados na 1. ª ÉPOCA, e que pertencem ao 5.º BLOCO, serão os
MÉDIA PROVA ÚNICA = (Total de acertos X 1,0) X 10 critérios do Inciso I, com base nas notas obtidas da 2.ª ÉPOCA;
60 Art. 11. As disciplinas EFM (educação física Militar), Técnicas de Con-
§3º Em cada Modulo/Fase o aluno que não obtiver o mínimo de 50% tenção e defesa policial são de CARÁTER OBRIGATÓRIO, devendo os
(cinquenta por cento) dos acertos possíveis do total da prova, será con- alunos serem submetidos a avaliação prática como APTO e NÃO APTO,
siderado reprovado em 1ª Época, devendo realizar a prova de 2.ª ÉPO- e em sendo considerado não apto, o aluno deverá ser novamente sub-
CA antes do início do modulo seguinte. metido a avaliação, e caso não seja considerado apto será desligado do
§4º A PROVA ÚNICA de 2.ª ÉPOCA; terá o mesmo número de questões referido curso. Em relação à disciplina EFM o aluno também deverá ser
da PROVA ÚNICA da 1.ª ÉPOCA e os mesmos parâmetros previstos avaliado mediante questões teóricas, na avaliação de cada módulo I.
neste Artigo; Art. 12. A disciplina Instrução de Tiro Policial Militar, também tem CARÁ-
§5º A divulgação do resultado da PROVA ÚNICA da 1.ª ÉPOCA acon- TER OBRIGATÓRIO, e fará parte da composição da nota final do aluno
tecerá após 24 (vinte quatro) horas da realização da prova, e após a no curso, devendo o aluno ser avaliado tanto no aspecto teórico, com
divulgação do resultado haverá um prazo de 48 (quarenta e oito) horas inserção de questões na prova do módulo correspondente, quanto no as-
para a interposição dos recursos referentes a esta prova, não sendo pecto prático, mediante planilha de avaliação prática previamente discuti-
aceitos quaisquer recursos intempestivos, devendo ser dirigido à Co- da e aprovada entre coordenação pedagógica e instrutores da disciplina,
missão de Avaliação de Recursos do CHOA/2014-2015 de acordo com e ainda previamente publicada para conhecimento dos interessados.
22 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 22
DIÁRIO OFICIAL

Art. 13. Será reprovado em 1ª ÉPOCA o aluno que obtiver mais de 25% 39/93, à servidora Susana Derze de Andrade do quadro de pessoal da
(vinte e cinco por cento) de faltas injustificadas em qualquer disciplina e Secretaria de Estado da Gestão Administrativa - SGA, ocupante do car-
reprovado em 2ª ÉPOCA quando alcançar mais de 25% (vinte e cinco go de Técnico em Gestão Pública, matrícula nº 9241817-1, pelo período
por cento) de faltas injustificadas nas instruções em qualquer módulo. de trinta dias, com efeitos a contar de 13.10.2014 a 11.11.2014.
Art. 14. A composição da Nota Final do Curso obedecerá à seguinte fórmula: Art. 2º Registre-se, Publique-se e Cumpra-se.
COMPOSIÇÃO DA NOTA FINAL
MÉDIA FINAL DO CURSO = NM I + NM II + NM III + (NM IV X 2) Wagner Alves de Souza
4 Secretário de Estado da Gestão Administrativa - SGA, em exercício
NMI = Nota do Módulo I (Gestão Pública) Portaria nº 785/2014 de 27.10.14
NMII = Nota do Módulo II (Conhecimentos Jurídicos) _________________________________________________________
NMIII = Nota do Módulo III (Gestão Operacional)
NMIV = Nota do Módulo IV (TCC) ESTADO DO ACRE
Art. 15. As faltas e atrasos injustificados às instruções serão considera- SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA
dos transgressões disciplinares.
Art. 16. Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação. PORTARIA Nº 803/2014/SGA/GABIN, DE 06 DE NOVEMBRO DE 2014.
Registre-se, Publique-se e Cumpra-se. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA, EM
EXERCÍCIO, no uso das atribuições legais que lhe confere a Portaria
Ildor Rení Graebner nº 785, de 27 de outubro de 2014, publicado no Diário Oficial do Estado
Secretário de Estado de Segurança Pública nº 11.423, de 29 de outubro de 2014, e tendo em vista o Despacho, da
lavra da Divisão Jurídica de Pessoas – SGA, à fl. 29, proferido no Pro-
SGA cesso nº. 0018612-0/2014.
RESOLVE:
Art. 1º Prorrogar, a pedido, a licença para tratar de interesses particu-
ESTADO DO ACRE lares, sem ônus, nos termos do art. 138 da Lei Complementar nº 39/93,
SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA a servidora pública Marinês Barbosa da Silva Antezana, ocupante do
cargo de auxiliar de enfermagem, matrícula nº 326461-1, do quadro de
PORTARIA Nº 787/2014/SGA/GABIN, DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. pessoal da Secretaria de Estado de Saúde – SESACRE, pelo período
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA, EM de um ano, com efeitos a contar de 1º de setembro de 2014.
EXERCÍCIO, no uso das atribuições legais que lhe confere a Portaria Art. 2º Registre-se, Publique-se e Cumpra-se.
nº 785, de 27 de outubro de 2014, publicado no Diário Oficial do Estado
nº 11.423, de 29 de outubro de 2014, e tendo em vista o Despacho, da Wagner Alves de Souza
lavra da Divisão Jurídica de Pessoas – SGA, à fl. 52, proferido no Pro- Secretário de Estado da Gestão Administrativa, em exercício
cesso nº. 0035621-8/2011. _________________________________________________________
RESOLVE:
Art. 1º Conceder licença para tratar de interesses particulares, sem ESTADO DO ACRE
ônus, nos termos do art. 138 da Lei Complementar nº 39/93, ao servi- SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA
dor público Deusmar Singui Filho, ocupante do cargo de Perito médico
legista, matrícula nº 306886-5, do quadro de pessoal da Secretaria de PORTARIA N° 807/2014/SGA/GABIN, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014
Estado da Polícia Civil – SEPC, pelo período de um ano, com efeitos a O SECRETÁRIO DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA, EM
contar de 01 de outubro de 2011. EXERCÍCIO, no uso das atribuições legais que lhe confere a Portaria
Art. 2º Registre-se, Publique-se e Cumpra-se. nº 785, de 27 de outubro de 2014, publicada no DOE nº 11.423 , de 29
de outubro de 2014, e tendo em vista o Processo nº 0024199-7/2014,
Wagner Alves de Souza Considerando o art. 132, da Lei Complementar nº 39/93,
Secretário de Estado da Gestão Administrativa, em exercício RESOLVE:
_________________________________________________________ Art. 1º - Conceder 1 (um) período de 3 (três) meses de Licença Prêmio
o servidor LUCIMAURO DA COSTA SILVA, ocupante do cargo de Ges-
ESTADO DO ACRE tor de Políticas Públicas, matrícula nº 9121471-2, do quadro de pessoal
SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA da Secretaria de Estado da Gestão Administrativa – SGA, com exercício
na Secretaria de Estado de Educação – SEE, correspondente ao período
PORTARIA Nº 792/2014/SGA/GABIN, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014. aquisitivo de 14.10.2007 a 12.10.2012, a contar de 05 de janeiro de 2015.
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA, EM Art. 2º - Registre-se, Publique-se e Cumpra-se.
EXERCÍCIO, no uso das atribuições legais que lhe confere a Portaria
nº 785, de 27 de outubro de 2014, publicado no Diário Oficial do Estado Wagner Alves de Souza
nº 11.423, de 29 de outubro de 2014, e tendo em vista o Despacho, da Secretário de Estado da Gestão Administrativa, em exercício
lavra da Divisão Jurídica de Pessoas – SGA, à fl. 13, proferido no Pro- Portaria nº 785/2014
cesso nº. 0022030-7/2014. _________________________________________________________
RESOLVE:
Art. 1º Conceder licença para tratar de interesses particulares, sem EXTRATO DO CONVÊNIO
ônus, nos termos do art. 38 da Lei Complementar nº 39/93, a servidora CONVÊNIO SGA/Nº001/2014
pública Danielle Vitorino de Moura Siqueira, ocupante do cargo de ges- Objeto: O presente Convênio tem como objeto, o desenvolvimento da
tora de políticas públicas, matrícula nº 9256075-1, do quadro de pessoal Corrida do Servidor Público, a ser realizado no município de Rio Branco,
da Secretaria da Gestão Administrativa – SGA, pelo período de três me- como parte da programação da IV Semana do Servidor, de acordo com
ses, com efeitos a contar de 29 de setembro de 2014. o plano de trabalho aprovado pela Secretaria Adjunta de Humanização
Art. 2º Registre-se, Publique-se e Cumpra-se. da Gestão Pública.
Valor: Os recursos para a execução do objeto deste Convênio, no mon-
Wagner Alves de Souza tante de R$ 11.454,00 (onze mil e quatrocentos e cinquenta e quatro
Secretário de Estado da Gestão Administrativa, em exercício reais) correrão à conta do orçamento da CONCEDENTE, conforme do-
_________________________________________________________ tação abaixo discriminada:
Programa de Trabalho Elemento Despesa Fonte Valor
ESTADO DO ACRE 33.50.30.00 100 3.484,00
SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA 33.50.39.00 100 1.500,00
714. 004. 41350001
33.50.31.00 100 5.000,00
PORTARIA Nº 796/2014/SGA/GABIN, DE 03 DE NOVEMBRO DE 2014. 33.50.36.00 100 1.470,00
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA GESTÃO ADMINISTRATIVA, em
exercício, no uso das atribuições legais que lhe confere a Portaria nº Vigência: O presente Convênio terá vigência até 21 de novembro de 2014,
785 de 27 de outubro de 2014, publicada no Diário Oficial do Estado nº a partir da liberação dos recursos, para execução do objeto pactuado
11.423 de 29 de outubro de 2014, e tendo em vista o Despacho DIJUR, acrescido de 30 (trinta) dias para apresentação da prestação de contas.
de fls. 16/16-v, acostado aos autos do processo nº 0022779-0/2014 Assinam: Andréia Melo de Souza, Secretária Adjunta de Humanização,
RESOLVE: em exercício e Afonso Alves da Silva, Presidente da Federação Acreana
Art. 1º Conceder licença por motivo de doença em pessoa da família, de Atletismo – FACAT.
com ônus, nos termos dos artigos 127 e 128 da Lei Complementar nº Rio Branco, 24 de outubro de 2014
23 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 23
DIÁRIO OFICIAL

Gabinete do Secretário DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.


DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui-
DESPACHOS DOS DIAS 6.11.2014 E 7.11.2014 da Gabinete da Secretária de Estado de Saúde – SESACRE.
PROCESSO: 0014339-2/2014 – Apensos: proc. nº 0014279-5/2014 e PROCESSO: 0019655-8/2014
pasta funcional INTERESSADO(A): Arianni Bezerra de Mendonça
INTERESSADO(A): Emílio Lavoisier Maciel Bezerra ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
ASSUNTO: Distrato, rescisão. DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
DECISÃO: De acordo com o DIJUR. DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui-
DESTINO: Gabinete da Secretária de Estado de Saúde – SESACRE. da Gabinete da Secretária de Estado de Saúde – SESACRE.
PROCESSO: 0017898-6/2014 PROCESSO: 0021177-0/2014
INTERESSADO(A): Gizelle Pinto da Silva INTERESSADO(A): Maria Glene Rodrigues de Sousa
ASSUNTO: Verbas rescisórias ou exoneratórias. ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
DECISÃO: De acordo com o Despacho DIRAC/DEPAG. DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
DESTINO: Divisão Financeira – SGA e, em seguida Diretoria de Ad- DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
ministração e Controle – DIRAC e, por fim Gabinete da Secretária de nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
Estado de Saúde – SESACRE. PROCESSO: 0021137-5/2014
PROCESSO: 0013532-5/2014 – Apenso: pasta funcional INTERESSADO(A): Evair Alves da Costa
INTERESSADO(A): Maria das Graças Santana de Andrade ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
ASSUNTO: Exoneração. DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
DECISÃO: De acordo com o Despacho DIJUR. DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
DESTINO: Gabinete do Secretário de Estado de Educação e Esportes – SEE. nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
PROCESSO: 0004658-5/2013 – Apenso: duas pastas funcionais PROCESSO: 0021169-1/2014
INTERESSADO(A): Lígia Maria Lins Ribeiro Mostajo Panoso INTERESSADO(A): Moema Silva Farias
ASSUNTO: Aposentadoria por tempo de contrbuição. ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
DECISÃO: De acordo com o Parecer Jurídico Nº 1.933/2014. DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
da Gabinete do Secretário de Estado de Educação e Esportes – SEE. nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
PROCESSO: 0012858-6/2014 – Apensos: proc. nº 0014279-5/2014 e PROCESSO: 0021184-7/2014
pasta funcional INTERESSADO(A): Camila Machado Nobre
INTERESSADO(A): Luiz Guilherme Maciel Ferreira ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
ASSUNTO: Verbas rescisórias ou exoneratórias DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
DECISÃO: De acordo com o DIJUR. DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
DESTINO: Gabinete da Secretária de Estado de Saúde – SESACRE. nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
PROCESSO: 0015161-5/2014 – Apensos: pasta funcional PROCESSO: 0021140-8/2014
INTERESSADO(A): Julio Abel Seijas Chavez INTERESSADO(A): Gilvane Lima da Silva
ASSUNTO: Distrato, rescisão. ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
DECISÃO: De acordo com o DIJUR. DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
DESTINO: Gabinete da Secretária de Estado de Saúde – SESACRE. DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
PROCESSO: 0013036-4/2014 Apenso: proc. nº 0010326-3/2014 e nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
pasta funcional PROCESSO: 0021133-1/2014
INTERESSADO(A): Joel Santos de Mesquita INTERESSADO(A): Valcilene Souza Lima
ASSUNTO: Verbas rescisórias ou exoneratórias. ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
DECISÃO: De acordo com o Parecer Jurídico nº 1.930/2014. DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em se- DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
guida Divisão Financeira – SGA e, após Diretoria de Administração e nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
Controle – DIRAC e, por fim Gabinete da Secretária de Estado de Saú- PROCESSO: 0021139-7/2014
de – SESACRE. INTERESSADO(A): Francisco de Assis Moreira de Oliveira
PROCESSO: 0021028-4/2013 ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
INTERESSADO(A): Alberto Yassunori Okamura DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
ASSUNTO: Adicional de Jornada Complementar. DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
DECISÃO: De acordo com o Despacho. nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- PROCESSO: 0021141-0/2014
da Gabinete da Secretária de Estado de Saúde – SESACRE. INTERESSADO(A): Juciana Cabral Kloster
PROCESSO: 0010090-1/2014 – Apenso: proc. nº 0010104-6/2014 ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
INTERESSADO(A): Osvaldo Portela Pinto e outros DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
ASSUNTO: Verbas indenizatórias por falecimento. DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
DECISÃO: De acordo com o Parecer Jurídico Nº 1.931/2014. nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- PROCESSO: 0021162-3/2014
da Gabinete do Secretário de Estado de Educação e Esportes – SEE. INTERESSADO(A): Wennedy Bezerra Liberalino de Oliveira
PROCESSO: 0018292-4/2014 ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
INTERESSADO(A): Wladimir de Brito Rocha e outros DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
ASSUNTO: Pagamento de Gratificação de Atividade (GAT). DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
DECISÃO: De acordo com o Despacho. nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- PROCESSO: 0021163-4/2014
da Gabinete do Diretor Presidente do Instituto de Administração Peni- INTERESSADO(A): Alex Albuquerque Guimarães
tenciária do Estado do Acre – IAPEN. ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
PROCESSO: 0021175-7/2014 DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
INTERESSADO(A): Pedro Cláudio do Nascimento Neto DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR. PROCESSO: 0021171-3/2014
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- INTERESSADO(A): Antônio Yweslley Pereira de Souza
da Gabinete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC. ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
PROCESSO: 0021172-4/2014 DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
INTERESSADO(A): Márcia Vasconcelos Costa Mascarenhas DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR. PROCESSO: 0021127-4/2014
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- INTERESSADO(A): João Júnior da Silva Bezerra
da Gabinete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC. ASSUNTO: Adicional de Tirulação.
PROCESSO: 0016822-1/2014 DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
INTERESSADO(A): Patricia Aparecida Macêdo DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi-
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC.
24 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 24
DIÁRIO OFICIAL

PROCESSO: 0021161-2/2014 PROCESSO: 0017057-2/2014


INTERESSADO(A): Paulo Geovani de Sousa Silva INTERESSADO(A): Verônica Lima Alves
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. ASSUNTO: Exoneratórias.
DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR. DECISÃO: De acordo com o Despacho DIJUR.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi- DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em se-
nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC. guida Divisão Financeira – SGA e, após Diretoria de Administração e
PROCESSO: 0021160-2014 Controle – DIRAC e, por fim Gabinete do Superintendente do Hospital
INTERESSADO(A): Maycon Rodrigues de Souza das Clínicas – HC.
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. PROCESSO: 0017495-8/2014
DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR. INTERESSADO(A): Dalva Carlos Cabral
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi- ASSUNTO: Adicional para serviço extraordinário.
nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC. DECISÃO: De acordo com o Parecer Jurídico nº 1.929/2014.
PROCESSO: 0021131-8/2014 DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em se-
INTERESSADO(A): Sandro Vargas de Mesquita guida Divisão Financeira – SGA e, após Diretoria de Administração e
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. Controle – DIRAC e, por fim Gabinete da Secretária de Estado de Saú-
DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR. de – SESACRE.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi- PROCESSO: 0019308-3/2014
nete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre – PMAC. INTERESSADO(A): Marcos Cordeiro Araripe
PROCESSO: 0019307-2/2014 ASSUNTO: Adicional de titulação.
INTERESSADO(A): Jonathas Willian Chaves Rocha DECISÃO: De acordo com o Despacho DIJUR.
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui-
DECISÃO: De acordo com Despacho. da Gabinete da Secretária de Estado de Saúde – SESACRE.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- PROCESSO: 0021130-7/2014
da Gabinete do Secretário de Estado da Polícia Civil – SEPC. INTERESSADO(A): Neuziani da Penha Castro
PROCESSO: 0017761-4/2014 ASSUNTO: Adicional de titulação.
INTERESSADO(A): Letícia Pinto Hoffmann Cezarotto DECISÃO: De acordo com o Despacho DIJUR.
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui-
DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR. da Gabinete do Comandante – Geral da Polícia Militar do Acre- PMAC.
DESTINO: Gabinete da Secretária de Estado de Saúde – SESACRE. PROCESSO: 0019011-3/2012
PROCESSO: 0022326-6/2014 INTERESSADO(A): Adriana Carlos de Alencar Marreiro
INTERESSADO(A): Antonio Greisson da Silva Carvalho ASSUNTO: Estágio Probatório.
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. DECISÃO: De acordo com o Despacho da Comissão.
DECISÃO: De acordo com Despacho. DESTINO: Controladoria Geral do Estado.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- PROCESSO: 0019003-4/2012
da Gabinete do Secretário de Estado da Polícia Civil – SEPC. INTERESSADO(A): Zuleide de Oliveira Couto
PROCESSO: 0022164-6/2014 ASSUNTO: Estágio Probatório.
INTERESSADO(A): Antonio Fernandes Mendes DECISÃO: De acordo com o Despacho da Comissão.
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. DESTINO: Controladoria Geral do Estado.
DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- CPL
da Gabinete do Diretor – Presidente da Empresa de Assistência Técnica
e Extensão Rural do Acre – EMATER/AC.
PROCESSO: 0021541-4/2014 GOVERNO DO ESTADO DO ACRE
INTERESSADO(A): Antonio Marcos de Sauza Oliveira Silva Secretaria de Estado de Gestão Administrativa - SGA
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. Secretaria Adjunta de Compras e Licitações
DECISÃO: De acordo com Despacho.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Gabi- AVISO DE LICITAÇÃO
nete do Secretário de Estado da Polícia Civil – SEPC. PREGÃO ELETRÔNICO POR REGISTRO DE PREÇOS N 146/2014 -
PROCESSO: 0022519-1/2014 CPL 04 – SESACRE
INTERESSADO(A): Maria Viviane Gomes da Silva A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – CPL 04 torna público
ASSUNTO: Adicional de Tirulação. aos interessados, que fará realizar licitação, na modalidade de Pregão
DECISÃO: De acordo com Despacho DIJUR. Eletrônico Por Registro de Preços.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em Divisão Objeto: Contratação de empresa para Prestação de serviços de Limpe-
de Pessoas Setorial – DIPES/SGA. za Administrativa (Lotes I e II) e Limpeza Hospitalar (Lote III), visando à
PROCESSO: 0011227-4/2014 obtenção de adequadas condições de salubridade e higiene em depen-
INTERESSADO(A): Enoque Pereira de Lima dências médico-hospitalares, com a disponibilização de mão-de-obra
ASSUNTO: Verbas rescisórias ou exoneratórias qualificada, produtos saneantes, materiais e equipamentos para aten-
DECISÃO: De acordo com o Parecer Jurídico nº 1.910/2014 der as demandas das Unidades Administrativas da Secretaria de Estado
DESTINO: Gerência de Gestão de Pessoas – IAPEN e, em seguida Di- de Saúde do Acre – SESACRE.
retoria de Administração e Controle – DIRAC e, por fim Gabinete do Di- Fonte de Recursos: 100; 200; 400; 500 e 700.
retor – Presidente do Instituto de Administração Penitenciária – IAPEN. Propostas: Serão recebidas até às 10h30min (horário de Brasília) do
PROCESSO: 0026602-7/2013 dia 24 de novembro de 2014, quando terá início a disputa de preços no
INTERESSADO(A): Clóvis Alves de Melo e Silva
sistema eletrônico: site www.licitacoes-e.com.br .
ASSUNTO: Verbas rescisórias ou exoneratórias
Edital e Informações: O edital estará à disposição dos interessados
DECISÃO: De acordo com o Parecer Jurídico nº 1.928/2014
a partir do dia 11 de novembro de 2014 á 21 de novembro de 2014,
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui-
através do www.licitacoes-e.com.br N.º da Licitação 564769 ou excep-
da Gabinete do Presidente da Empresa de Assistência Técnica e Exten-
cionalmente na Secretaria Adjunta de Compras e Licitações – Estrada
são Rural do Estado do Acer – EMATER.
PROCESSO: 0017896-4/2014 do Aviário Nº 927, Bairro Aviário – CEP – 69.900-830 - Rio Branco-AC
INTERESSADO(A): Rafael Vasconcelos do Nascimento – Fone (68) 3215-4600.
ASSUNTO: Verbas rescisórias ou exoneratórias Rio Branco-AC, 10 de novembro de 2014.
DECISÃO: De acordo com o Despacho DIJUR.
DESTINO: Diretoria de Administração e Controle – DIRAC e, em segui- ASS Ermeson Monteiro de Araujo
da Divisão Financeira – SGA e, após Diretoria de Administração e Con- CAR Pregoeiro
trole – DIRAC e, por fim Gabinete do Diretor – Presidente do Instituto de Consta no Processo a via original devidamente assinada
Defesa Agropecuária e Florestaldo Acre – IDAF. _________________________________________________________
PROCESSO: 0015938-8/2014
INTERESSADO(A): Alvino Cavalcante Lima GOVERNO DO ESTADO DO ACRE
ASSUNTO: Aposentadoria compulsória. Secretaria de Estado de Gestão Administrativa - SGA
DECISÃO: De acordo com o Parecer Jurídico nº 1.932/2014. Secretaria Adjunta de Compras e Licitações
DESTINO: Setor de Pessoal – CAGEACRE e, em seguida Gabinete do
Diretor presidente da Companhia de Armazéns Gerais e Entrepostos do AVISO DE REABERTURA
Acre – CAGEACRE. PREGÃO ELETRÔNICO N 151/2014 - CEL 01 - SEPLAN
25 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 25
DIÁRIO OFICIAL

A COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO – CEL 01 torna público aos


AUTARQUIAS
interessados, que fará realizar licitação, na modalidade de Pregão
Eletrônico.
Objeto: Aquisição, com registro de preços, para contratar empresa es- ACREPREVIDÊNCIA
pecializada no fornecimento, montagem e configuração de solução de
links de dados via rádio, para interligar os municípios de Tarauacá à ESTADO DO ACRE
Jordão, em frequência licenciada, com capacidade mínima de 100 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE
Mbp/s FULL- DUPLEX, em 06 (seis) saltos de Repetição, com ponto de ACREPREVIDÊNCIA
acesso WI-FI/WI-MESH, utilizando torres metálicas com alturas entre
70m e 80m para elevação das antenas. PORTARIA Nº 1360 DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014.
Fonte de Recursos: 500 (BIRD). O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre -
Propostas: Serão recebidas até as 10h30min (Horário de Brasília) do ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº
dia 24 de novembro de 2014, em função de retificação no edital, quando 1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº
terá início a disputa de preços no sistema eletrônico: site www.com- 0021074-5/2014 encontra-se regularmente instruído,
prasnet.gov.br. RESOLVE:
Edital e Informações: O edital estará à disposição dos interes- Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral especial por tempo
sados a partir do dia 11 de novembro de 2014 á 21 de novembro de contribuição, ao servidor JOSÉ AUGUSTO DO NASCIMENTO FER-
de 2014, através do site www.comprasnet.gov.br ou excepcional- RAZ, matrícula 125822-1, CPF 051.522.082-53, no cargo de Professor
mente na Secretaria Adjunta de Compras e Licitações – Estrada de Nível Superior - 30 horas, Classe II, Referência J, do Quadro de
Pessoal do Estado da Secretaria de Educação e Esporte, nos termos
do Aviário Nº 927, Bairro Aviário – CEP – 69.900-830 - Rio Branco-
do Art. 6º, incisos I, II, III, IV, da Emenda Constitucional nº 41, de 19 de
-AC – Fone (68) 3215-4600.
dezembro de 2003, combinado com Art. 2º, da Emenda Constitucional
Rio Branco-AC, 10 de novembro de 2014.
nº 47, de 05 de julho de 2005 e Art. 95, da Lei Complementar Estadual
nº 154, de 08 de dezembro de 2005.
ASS Marise Mendonça de Souza Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
CAR Pregoeira
Consta no Processo a via original devidamente assinada José de Anchieta Batista
_________________________________________________________ Diretor-Presidente
_________________________________________________________
GOVERNO DO ESTADO DO ACRE
Secretaria de Estado de Gestão Administrativa - SGA ESTADO DO ACRE
Secretaria Adjunta de Compras e Licitações INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE
ACREPREVIDÊNCIA
AVISO DE SUSPENSÃO
PREGÃO POR REGISTRO DE PREÇOS N 747/2014 - CPL 04 - FUNDHACRE PORTARIA Nº 1361 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014.
A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – CPL 04 torna público O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre -
que fica suspenso o Pregão acima mencionado, marcado para o dia ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº
1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº
12/11/2014 às 07h30min, conforme o Aviso de Licitação, publicado no
0022913-8/2014 encontra-se regularmente instruído,
Diário Oficial do Estado Nº. 11.425 Pág. 15, no Diário Oficial da União
RESOLVE:
seção 3, n.º 211, pág. 277, no Jornal A Gazeta, todos do dia 31/10/2014, Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral por tempo de contribui-
e na internet nos sites: www.ac.gov.br, www.acrecompra.acre.gov.br; ou ção, à servidora MARIA DO PERPETUO SOCORRO OLIVEIRA CRUZ,
www.licitacao.ac.gov.br, www.licitacoes-e.com.br. Estrada do Aviário Nº matrícula 176907-1, CPF 216.302.592-68, no cargo de Professora P1 -
927, Bairro Aviário – CEP – 69.900-830 - Rio Branco-AC – Fone (68) 30 horas, Referência 9, do Quadro de Pessoal do Estado da Secretaria
3215-4600. Por interesse Administrativo. de Educação e Esporte, nos termos do Art. 3º, incisos I, II, III, e parágrafo
Rio Branco-AC, 10 de novembro de 2014. único, da Emenda Constitucional nº 47, de 5 de julho de 2005 e Art. 97, da
Lei Complementar Estadual n° 154, de 08 de dezembro de 2005.
ASS Mabel Cristina Souza de Freitas Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
CAR Pregoeira
Consta no Processo a via original devidamente assinada José de Anchieta Batista
_________________________________________________________ Diretor-Presidente
_________________________________________________________
GOVERNO DO ESTADO DO ACRE
Secretaria de Estado de Gestão Administrativa - SGA ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE
Secretaria Adjunta de Compras e Licitações
ACREPREVIDÊNCIA
AVISO DE JULGAMENTO DE HABILITAÇÃO E INABILITAÇÃO PORTARIA Nº 1362 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014.
CONCORRÊNCIA SRP POR TÉCNICA E PREÇO N.º 073/2014 – O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre -
CPL – 01 – SEOP ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº
Objeto: Contratação de empresa na área de engenharia para prestação 1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº
de serviços técnicos em elaboração de projeto executivo de arquite- 0015452-8/2014 encontra-se regularmente instruído,
tura e complementares para edificações, levantamento topográfico do RESOLVE:
tipo planiatimétrico e cadastral; execução de sondagem do tipo SPT Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral por tempo de contribui-
com emissão de laudo e projeto executivos de estruturas especiais em ção, à servidora MARIA DAS GRAÇAS DE PAULA ALMEIDA, matrícula
concreto, no município de Rio Branco - Acre, através do Ofício nº 783/ 137839-1, CPF 045.137.972-15, no cargo de Apoio Administrativo Nível I
GAB/2014 – Processo n.º 9572-5/2014. - 25 horas, Classe I - Referência 8, do Quadro de Pessoal do Estado da
A CPL 01 INABILITOU a empresa: 1) TCRE ENGENHARIA LTDA Secretaria de Educação e Esporte, nos termos do Art. 6º, incisos I, II, III, IV,
– CNPJ 67.987.198/0001-10 e julgou HABILITADA a empre- da Emenda Constitucional nº 41, de 19 de dezembro de 2003, combinado
sa: 1) VETOR ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA – CNPJ: com Art. 2º, da Emenda Constitucional nº 47, de 05 de julho de 2005 e Art.
03.692.641/0001-42 à segunda fase do certame. A Comissão 95, da Lei Complementar Estadual nº 154, de 08 de dezembro de 2005.
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
atendendo o que dispõe o art. 109, I, alínea “a” da Lei 8.666/93,
concedeu prazo de 05 (cinco) dias úteis, para que as empresas in-
José de Anchieta Batista
conformadas com esta decisão, querendo, apresentem razões de
Diretor-Presidente
recurso e, não havendo recurso, a Comissão reunir-se-á no dia 20 _________________________________________________________
de novembro de 2014, às 08h00min para a abertura da Proposta
Técnica da empresa habilitada. ESTADO DO ACRE
Rio Branco-AC, 10 de novembro de 2014. INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE
ACREPREVIDÊNCIA
ASS Maria Odalis Ruiz Gadelha
CAR Presidente PORTARIA Nº 1363 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014.
Consta no Processo a via original devidamente assinada O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre -
26 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 26
DIÁRIO OFICIAL

ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº binado com Art. 2º, da Emenda Constitucional nº 47, de 05 de julho de
1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº 2005 e Art. 95, da Lei Complementar nº 154, de 08 de dezembro de 2005.
0021769-7/2014 encontra-se regularmente instruído, Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
RESOLVE:
Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral por tempo de con- José de Anchieta Batista
tribuição, ao servidor FRANCISCO JANDUI VIANA, matrícula 71196- Diretor-Presidente
2, CPF 055.338.302-78, no cargo de Engenheiro Agrônomo - Nível J, _________________________________________________________
do Quadro de Pessoal do Estado da Secretaria de Agropecuária, nos
termos do Art. 3º, incisos I, II, III, e parágrafo único, da Emenda Cons- ESTADO DO ACRE
titucional nº 47, de 5 de julho de 2005 e Art. 97, da Lei Complementar INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE
Estadual n° 154, de 08 de dezembro de 2005. ACREPREVIDÊNCIA
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
PORTARIA Nº 1367 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014.
José de Anchieta Batista O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre -
Diretor-Presidente ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº
_________________________________________________________ 1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº
0020739-3/2014 encontra-se regularmente instruído,
ESTADO DO ACRE RESOLVE:
INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral especial por tempo
ACREPREVIDÊNCIA de contribuição, à servidora MARIA ELENI DE AMARAL SANTOS, ma-
trícula 173592-1, CPF 196.106.612-20, no cargo de Professora de Nível
PORTARIA Nº 1364 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014. Superior - 30 horas, Classe II , Referência J, do Quadro de Pessoal do
O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre - Estado da Secretaria de Educação e Esporte, nos termos do Art. 6º,
ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº incisos I, II, III, IV, da Emenda Constitucional nº 41, de 19 de dezembro
1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº de 2003, combinado com Art. 2º, da Emenda Constitucional nº 47, de 05
0023866-7/2014 encontra-se regularmente instruído, de julho de 2005 e Art. 95, da Lei Complementar Estadual nº 154, de 08
RESOLVE: de dezembro de 2005.
Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral por tempo de contri- Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
buição, à servidora SUELY PINHEIRO PORTELA, matrícula 283-6, CPF
078.578.882-49, no cargo de Analista Judiciária, código PJ-NS-302, José de Anchieta Batista
classe B - nível 4, do Quadro de Pessoal do Tribunal de Justiça do Diretor-Presidente
Estado do Acre, nos termos do Art. 3º, incisos I, II, III, e parágrafo único, _________________________________________________________
da Emenda Constitucional nº 47, de 5 de julho de 2005 e Art. 97, da Lei
Complementar Estadual nº 154, de 8 de dezembro de 2005. ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
ACREPREVIDÊNCIA
José de Anchieta Batista
PORTARIA Nº 1368 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014.
Diretor-Presidente
O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre -
_________________________________________________________
ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº
1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº
ESTADO DO ACRE
0019782-0/2014 encontra-se regularmente instruído,
INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE
RESOLVE:
ACREPREVIDÊNCIA
Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral especial por tempo
de contribuição, à servidora MARIA LIDUINA DE LIMA ADRIÃO, matrí-
PORTARIA Nº 1365 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014.
cula 163465-1, CPF 040.677.382-34, no cargo de Professora de Nível
O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre -
Superior - 30 horas, Classe II - Referência J, do Quadro de Pessoal do
ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº
Estado da Secretaria de Educação e Esporte, nos termos do Art. 6º,
1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº incisos I, II, III, IV, da Emenda Constitucional nº 41, de 19 de dezembro
0022041-0/2014 encontra-se regularmente instruído, de 2003, combinado com Art. 2º, da Emenda Constitucional nº 47, de 05
RESOLVE: de julho de 2005 e Art. 95, da Lei Complementar Estadual nº 154, de 08
Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral por tempo de contribui- de dezembro de 2005.
ção, à servidora GERSINA ANASTACIO DE ALMEIDA, matrícula 2752832- Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
1, CPF 153.994.862-53, no cargo de Auxiliar Operacional de Serviços
Diversos, Grupo I - Referência 4, do Quadro de Pessoal do Estado da Se- José de Anchieta Batista
cretaria de Saúde, nos termos do Art. 6º, incisos I, II, III, IV, da Emenda Diretor-Presidente
Constitucional nº 41, de 19 de dezembro de 2003, combinado com Art. 2º, _________________________________________________________
da Emenda Constitucional nº 47, de 05 de julho de 2005 e Art. 95, da Lei
Complementar Estadual nº 154, de 08 de dezembro de 2005. ESTADO DO ACRE
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE
ACREPREVIDÊNCIA
José de Anchieta Batista
Diretor-Presidente PORTARIA Nº 1369 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014.
_________________________________________________________ O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre -
ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº
ESTADO DO ACRE 1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº
INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE 0019916-8/2014 encontra-se regularmente instruído,
ACREPREVIDÊNCIA RESOLVE:
Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral especial por tempo
PORTARIA Nº 1366 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014. de contribuição, à servidora MARIA LÚCIA ROGERIO DA SILVA COS-
O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre - TA, matrícula 149136-1, CPF 188.774.352-91, no cargo de Professora
ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº de Nível Superior - 30 horas, Classe II, Referência J, do Quadro de
1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº Pessoal do Estado da Secretaria de Educação e Esporte, nos termos
0021284-8/2014 encontra-se regularmente instruído, do Art. 6º, incisos I, II, III, IV, da Emenda Constitucional nº 41, de 19 de
RESOLVE: dezembro de 2003, combinado com Art. 2º, da Emenda Constitucional
Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral por tempo de contri- nº 47, de 05 de julho de 2005 e Art. 95, da Lei Complementar Estadual
buição, à servidora MARIA DE NAZARÉ OLIVEIRA DA SILVA, matrícula nº 154, de 08 de dezembro de 2005.
158348-1, CPF 164.438.452-34, no cargo de Apoio Administrativo Nível Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
I - 25 horas, Classe I, Referência 8, do Quadro de Pessoal do Estado da
Secretaria de Educação e Esporte, nos termos do Art. 6º, incisos I, II, III, José de Anchieta Batista
IV, da Emenda Constitucional nº 41, de 19 de dezembro de 2003, com- Diretor-Presidente
27 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 27
DIÁRIO OFICIAL

ESTADO DO ACRE ESTADO DO ACRE


INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO ACRE Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura
ACREPREVIDÊNCIA Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE

PORTARIA Nº 1370 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 461/14


O Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre - O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RO-
ACREPREVIDÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº DAGEM, INFRAESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO
1.688, de 8 de dezembro de 2005, e tendo em vista que o Processo nº ACRE - DERACRE, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o
0019779-6/2014 encontra-se regularmente instruído, Decreto Nº 4.320 de 23 de julho de 2012 e,
RESOLVE: CONSIDERANDO o princípio da delegação de competência, inserido
Art. 1º Conceder aposentadoria voluntária integral especial por tempo no art.4º e parágrafos da Lei Complementar Estadual nº 191, de 31 de
dezembro de 2008, que “Dispõe sobre a nova estrutura administrativa
de contribuição, à servidora MARIA LIDUINA DE LIMA ADRIÃO, matrí-
do Poder Executivo do Estado do Acre e dá outras providências”.
cula 163465-2, CPF 040.677.382-34, no cargo de Professora de Nível
R E S O L V E:
Superior - 15 horas, Classe II - Referência J, do Quadro de Pessoal do
Art. 1º - Designar o Gerente do Departamento Administrativo o Srº TUFIC
Estado da Secretaria de Educação e Esporte, nos termos do Art. 6º,
RACHID AMIM JÚNIOR, e o Srº FRANCISCO CARLOS LEONTINO DA
incisos I, II, III, IV, da Emenda Constitucional nº 41, de 19 de dezembro SILVA, para, com observância da legislação vigente, atuarem como Gestor
de 2003, combinado com Art. 2º, da Emenda Constitucional nº 47, de 05 e Fiscal de contrato, respectivamente, sob nº 6.14.077A, objeto do Pregão
de julho de 2005 e Art. 95, da Lei Complementar Estadual nº 154, de 08 SRP Nº 139/2014 CPL 02, celebrado entre o Departamento de Estradas de
de dezembro de 2005. Rodagem Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE e
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. a empresa SULNORTE COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA - ME.
Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua expedição, revoga-
José de Anchieta Batista das as disposições em contrário.
Diretor-Presidente Registre-se, Publique-se e Cumpra-se.
Rio Branco, 12 de maio de 2014.
AGEAC
OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR
Diretor Geral
EXTRATO DO TERMO ADITIVO Nº 02 AO CONTRATO Nº 002/2014
_________________________________________________________
PRTES: Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado do Acre
– AGEAC e a Empresa Farhat & Farhat LTDA. ESTADO DO ACRE
DO OBJETO: Pelo presente instrumento de aditivo de contrato, as par- Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura
tes contratantes de comum acordo alteram a Cláusula Terceira do con- Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE
trato 002/2014, passando a mesma a vigorar com o seguinte teor.
DO PREÇO E CONDIÇÕES PARA PAGAMENTO: O valor total do pre- PORTARIA Nº 480/13
sente contrato é de R$ 46.998,00 (Quarenta e seis mil, Novecentos e O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RO-
noventa e oito reais), seu preço é fixo e irreajustável. DAGEM, INFRAESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO
DA PUBLICAÇÃO DO CONTRATO: Dentro do prazo de 20 (vinte) dias, ACRE - DERACRE, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o
contados de sua assinatura, a CONTRATANTE providenciará a publica- Decreto Nº 4.320 de 23 de julho de 2012 e,
ção do extrato deste contrato no Diário Oficial do Estado, nos temos do CONSIDERANDO o princípio da delegação de competência, inserido
parágrafo único do artigo 61 da Lei nº. 8.666/93. no art.4º e parágrafos da Lei Complementar Estadual nº 191, de 31 de
LOCAL E DATA: Rio Branco / Acre, 07 de ;Novembro de 2014. dezembro de 2008, que “Dispõe sobre a nova estrutura administrativa
do Poder Executivo do Estado do Acre e dá outras providências”.
ASSINAM: Sr. Vanderlei Freitas Valente, Diretor Geral da AGEAC – R E S O L V E:
CONTRATANTE e a Sra. Sandra Maria Pinheiro da Silva, Gerente da Art. 1º - Designar o Gerente do Departamento Administrativo o Srº TUFIC
Empresa, Representante Legal – CONTRATADA. RACHID AMIM JÚNIOR, e o Srº FRANCISCO CARLOS LEONTINO DA
SILVA, para, com observância da legislação vigente, atuarem como Gestor
e Fiscal de contrato, respectivamente, sob nº 6.13.077G, objeto do Pregão
DERACRE
SRP Nº 005/2013 CPL 03, celebrado entre o Departamento de Estradas de
Rodagem Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE e
ESTADO DO ACRE a empresa KAMPA VIAGENS SERVIÇOS E EVENTOS LTDA.
Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua expedição, revoga-
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE das as disposições em contrário.
Registre-se, Publique-se e Cumpra-se.
PORTARIA Nº 251/13 Rio Branco, 08 de maio de 2013.
O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RO-
DAGEM, INFRAESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR
ACRE - DERACRE, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o Diretor Geral
Decreto Nº 4.320 de 23 de julho de 2012 e, _________________________________________________________
CONSIDERANDO o princípio da delegação de competência, inserido
no art.4º e parágrafos da Lei Complementar Estadual nº 191, de 31 de ESTADO DO ACRE
dezembro de 2008, que “Dispõe sobre a nova estrutura administrativa Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura
do Poder Executivo do Estado do Acre e dá outras providências”. Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE
R E S O L V E:
Art. 1º - Designar o Gerente do Departamento Administrativo o Srº TU- PORTARIA Nº 537/14
O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RO-
FIC RACHID AMIM JÚNIOR, e o Srº FRANCISCO CARLOS LEONTINO
DAGEM, INFRAESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO
DA SILVA, para, com observância da legislação vigente, atuarem como
ACRE - DERACRE, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o
Gestor e Fiscal de contrato, respectivamente, sob nº 1.14.036A, cujo
Decreto Nº 4.320 de 23 de julho de 2012 e,
objeto é a Locação de um imóvel (Galpão) de tipo fechado em alvenaria
CONSIDERANDO o princípio da delegação de competência, inserido
e com cobertura em estrutura metálica, medindo 12m na testada com la- no art.4º e parágrafos da Lei Complementar Estadual nº 191, de 31 de
terais de 20m, com pé direito de 5m, com área correspondente a 240m² dezembro de 2008, que “Dispõe sobre a nova estrutura administrativa
localizado na Avenida Uirapuru nº 498 Bairro Cidade Nova na cidade de do Poder Executivo do Estado do Acre e dá outras providências”.
Rio Branco, com o Senhor RODRIGO DAMASCENO CASTELO. R E S O L V E:
Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua expedição, revoga- Art. 1º - Designar o Gerente do Departamento Administrativo o Srº TU-
das as disposições em contrário. FIC RACHID AMIM JÚNIOR, e o Srº FRANCISCO CARLOS LEONTINO
Registre-se, Publique-se e Cumpra-se. DA SILVA, para, com observância da legislação vigente, atuarem como
Rio Branco, 10 de março de 2013. Gestor e Fiscal de contrato, respectivamente, sob nº 6.14.091G, objeto
do Pregão SRP Nº 118/2014 CPL 01, celebrado entre o Departamento
OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR de Estradas de Rodagem Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do
Diretor Geral Acre – DERACRE e a empresa L M PEREIRA E SERVIÇOS LTDA.
28 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 28
DIÁRIO OFICIAL

Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua expedição, revoga- CONSIDERANDO o princípio da delegação de competência, inserido
das as disposições em contrário. no art.4º e parágrafos da Lei Complementar Estadual nº 191, de 31 de
Registre-se, Publique-se e Cumpra-se. dezembro de 2008, que “Dispõe sobre a nova estrutura administrativa
Rio Branco, 30 de maio de 2014. do Poder Executivo do Estado do Acre e dá outras providências”.
R E S O L V E:
OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR Art. 1º - Designar o Gerente do Departamento Administrativo o Srº
Diretor Geral TUFIC RACHID AMIM JÚNIOR, e o Srº FRANCISCO CARLOS LE-
_________________________________________________________ ONTINO DA SILVA, para, com observância da legislação vigente,
atuarem como Gestor e Fiscal de contrato, respectivamente, sob nº
ESTADO DO ACRE 6.13.089G, objeto do Pregão SRP Nº 061/2012 CEL 01, celebrado
Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura entre o Departamento de Estradas de Rodagem Infraestrutura Hi-
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE droviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE e a empresa ACRE
MADEIRAS & ENERGIA ALTERNATIVA LTDA.
PORTARIA Nº 539/14 Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua expedição, revoga-
O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RO- das as disposições em contrário.
DAGEM, INFRAESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO Registre-se, Publique-se e Cumpra-se.
ACRE - DERACRE, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o Rio Branco, 24 de maio de 2013.
Decreto Nº 4.320 de 23 de julho de 2012 e,
CONSIDERANDO o princípio da delegação de competência, inserido OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR
no art.4º e parágrafos da Lei Complementar Estadual nº 191, de 31 de Diretor Geral
dezembro de 2008, que “Dispõe sobre a nova estrutura administrativa _________________________________________________________
do Poder Executivo do Estado do Acre e dá outras providências”.
R E S O L V E: ESTADO DO ACRE
Art. 1º - Designar o Gerente do Departamento Administrativo o Srº TU- Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura
FIC RACHID AMIM JÚNIOR, e o Srº FRANCISCO CARLOS LEONTINO Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE
DA SILVA, para, com observância da legislação vigente, atuarem como
Gestor e Fiscal de contrato, respectivamente, sob nº 6.14.091I, objeto PORTARIA Nº 612/14
do Pregão SRP Nº 118/2014 CPL 01, celebrado entre o Departamento O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RO-
de Estradas de Rodagem Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do DAGEM, INFRAESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO
Acre – DERACRE e a empresa AUGE PNEUS TRANSPORTES E AR- ACRE - DERACRE, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o
MAZENAGEM LTDA - EPP. Decreto Nº 4.320 de 23 de julho de 2012 e,
Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua expedição, revoga- CONSIDERANDO o princípio da delegação de competência, inserido
das as disposições em contrário. no art.4º e parágrafos da Lei Complementar Estadual nº 191, de 31 de
Registre-se, Publique-se e Cumpra-se. dezembro de 2008, que “Dispõe sobre a nova estrutura administrativa
Rio Branco, 30 de maio de 2014. do Poder Executivo do Estado do Acre e dá outras providências”.
R E S O L V E:
OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR Art. 1º - Designar o Gerente do Departamento Administrativo o Srº TU-
Diretor Geral FIC RACHID AMIM JÚNIOR, e o Srº FRANCISCO CARLOS LEONTINO
_________________________________________________________ DA SILVA, para, com observância da legislação vigente, atuarem como
Gestor e Fiscal de contrato, respectivamente, sob nº 6.14.106B, objeto
ESTADO DO ACRE do Pregão SRP Nº 462/2014 CPL 01, celebrado entre o Departamento
Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura de Estradas de Rodagem Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE Acre – DERACRE e a empresa N. F MARRUCH - ME.
Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua expedição, revoga-
PORTARIA Nº 540/14 das as disposições em contrário.
O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RO- Registre-se, Publique-se e Cumpra-se.
DAGEM, INFRAESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO Rio Branco, 23 de junho de 2014.
ACRE - DERACRE, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o
Decreto Nº 4.320 de 23 de julho de 2012 e, OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR
CONSIDERANDO o princípio da delegação de competência, inserido Diretor Geral
no art.4º e parágrafos da Lei Complementar Estadual nº 191, de 31 de _________________________________________________________
dezembro de 2008, que “Dispõe sobre a nova estrutura administrativa
do Poder Executivo do Estado do Acre e dá outras providências”. ESTADO DO ACRE
R E S O L V E: Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura
Art. 1º - Designar o Gerente do Departamento Administrativo o Srº TU- Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE
FIC RACHID AMIM JÚNIOR, e o Srº FRANCISCO CARLOS LEONTI-
NO DA SILVA, para, com observância da legislação vigente, atuarem PORTARIA Nº 741/14
como Gestor e Fiscal de contrato, respectivamente, sob nº 6.14.091K, O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RO-
objeto do Pregão SRP Nº 028/2013, celebrado entre o Departamento DAGEM, INFRAESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO
de Estradas de Rodagem Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do ACRE - DERACRE, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o
Acre – DERACRE e a empresa POLICÓPIAS SERVIÇOS COMÉRCIO Decreto Nº 4.320 de 23 de julho de 2012 e,
E REPRESENTAÇÕES LTDA. CONSIDERANDO o princípio da delegação de competência, inserido
Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua expedição, revoga- no art.4º e parágrafos da Lei Complementar Estadual nº 191, de 31 de
das as disposições em contrário. dezembro de 2008, que “Dispõe sobre a nova estrutura administrativa
Registre-se, Publique-se e Cumpra-se. do Poder Executivo do Estado do Acre e dá outras providências”.
Rio Branco, 30 de maio de 2014. R E S O L V E:
Art. 1º - Designar o Gerente do Departamento Administrativo o Srº TU-
OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR FIC RACHID AMIM JÚNIOR, e o Srº FRANCISCO CARLOS LEONTINO
Diretor Geral DA SILVA, para, com observância da legislação vigente, atuarem como
_________________________________________________________ Gestor e Fiscal de contrato, respectivamente, sob nº 6.14.136A, objeto
do Pregão SRP Nº 1486/2013 CeL 01, celebrado entre o Departamento
ESTADO DO ACRE de Estradas de Rodagem Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do
Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura Acre – DERACRE e a empresa M & DISTRIBUIDORA LTDA.
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua expedição, revoga-
das as disposições em contrário.
PORTARIA Nº 548/13 Registre-se, Publique-se e Cumpra-se.
O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RO- Rio Branco, 25 de julho de 2014.
DAGEM, INFRAESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO
ACRE - DERACRE, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR
Decreto Nº 4.320 de 23 de julho de 2012 e, Diretor Geral
29 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 29
DIÁRIO OFICIAL

ESTADO DO ACRE CRE, contratante e a empresa JURSILEI N. DA SILVA - ME, contratada.


Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura OBJETO: Constitui objeto deste termo de aditamento a prorrogação dos
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE prazos por mais 12 (doze) meses do Contrato 6.12.037D, em conformi-
dade com o processo administrativo nº 000.434/2014.
EXTRATO DO 7º TERMO DE ADITAMENTO DATA: 24 de fevereiro de 2014.
CONTRATO Nº 3.11.172A
PARTES: DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM, INFRAES- ASSINAM: OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR, pela contratante e JURSILEI
TRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO ACRE – DERACRE, NASCIMENTO DA SILVA, pela contratada.
contratante e a empresa EMPREITEIRA BOA VISTA LTDA, contratada. _________________________________________________________
OBJETO: Constitui objeto deste termo de aditamento a prorrogação dos
prazos de vigência e execução por mais 06 (seis) meses do Contrato nº ESTADO DO ACRE
3.11.172A, em conformidade com o processo administrativo nº 003.013/2011. Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura
DATA: 29 de setembro de 2014. Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE

ASSINAM: OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR, pela contratante e ADALCI- EXTRATO DO 2º TERMO DE ADITAMENTO
MAR DE OLIVEIRA LIMA, pela contratada. CONTRATO Nº 4.13.117B
_________________________________________________________ PARTES: DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM, INFRA-
ESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO ACRE – DE-
ESTADO DO ACRE RACRE, contratante e o CONSÓRCIO J & L LARDEYS, COMPOSTO
Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura PELAS EMPRESAS CONSTRUTORA J & L LTDA – EPP e a LARDEYS
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE CONSTRUTORA E COMERCIO LTDA- ME, contratada.
OBJETO: Constitui objeto deste termo de aditamento a prorrogação do prazo
EXTRATO DO 7º TERMO DE ADITAMENTO de vigência e execução por mais 06 (seis) meses do Contrato nº 4.13.117B,
CONTRATO Nº 3.11.172B em conformidade com o processo administrativo nº 001.530/2014.
PARTES: DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM, INFRAES- DATA: 04 de julho de 2014.
TRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO ACRE – DERACRE,
contratante e a empresa EMPREITEIRA BOA VISTA LTDA contratada. ASSINAM: OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR, pela contratante e LAURIS-
OBJETO: Constitui objeto deste termo de aditamento a prorrogação dos MAR DE FREITAS COSTA e LOURENÇO XAVIER DA COSTA pela
prazos de vigência e execução por mais 06 (seis) meses do Contrato nº contratada.
3.11.172B, em conformidade com o processo administrativo nº 003.107/2011. _________________________________________________________
DATA: 29 de setembro de 2014.
ESTADO DO ACRE
ASSINAM: OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR, pela contratante e ADALCIMAR Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura
DE OLIVEIRA LIMA, pela contratada. Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE
_________________________________________________________
EXTRATO DO 1º TERMO DE ADITAMENTO
ESTADO DO ACRE CONTRATO Nº 5.14.071D
Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura PARTES: DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM, INFRA-
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE ESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO ACRE – DERA-
CRE, contratante e a empresa ASSERPLAN ENGENHARIA E CON-
EXTRATO DE TERMO DE DISTRATO SULTORIA LTDA, contratada.
CONTRATO Nº 4.12.153A OBJETO: Constitui objeto deste termo a prorrogação dos prazos de vi-
PARTES: DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM, INFRA- gência e de execução por mais 06 (seis) meses do Contrato 5.14.071D,
ESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO ACRE – DERA- em conformidade com o processo administrativo nº 002.515/2014.
CRE e a MAV CONSTRUTORA LTDA, contratada. DATA: 17 de setembro de 2014.
OBJETO: Fica rescindido de comum acordo, entre as partes Contra-
tantes, o Contrato nº 4.12.153A, conforme processo nº 001.872/2014. ASSINAM: OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR, pela contratante e LEOLPO-
DATA: 21 de julho de 2014. DINA LEITÃO DE BARROS, pela contratada.

ASSINAM: OCIRODO DE OLIVEIRA JUNIOR, pela contratante LAILA


DETRAN
MELO DE SOUZA, pela contratada.
_________________________________________________________
GOVERNO DO ESTADO DO ACRE
ESTADO DO ACRE DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO
Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura DIRETORIA GERAL
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE
PORTARIA N.º 1885/2014
EXTRATO DO 4º TERMO DE ADITAMENTO A Diretora Geral do Departamento Estadual de Trânsito do Estado do
CONTRATO Nº 4.12.192B Acre – DETRAN/AC, no uso de suas atribuições legais que lhe são con-
PARTES: DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM, INFRAES- feridas pela Lei N.º 1.169/95, que transformou o DETRAN/AC em Autar-
TRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO ACRE – DERACRE, quia e dá outras providências, e,
contratante e a empresa LARDEYS CONST. E COM. LTDA, contratada. CONSIDERANDO o Convênio nº 002/2014, firmado entre o Departa-
OBJETO: Constitui objeto deste termo de aditamento a prorrogação do mento Estadual de Trânsito e o Serviço Nacional de Aprendizagem do
prazo de execução por mais 04 (quatro) meses do Contrato nº 4.12.192B, Transporte – SENAT;
em conformidade com o processo administrativo nº 002.421/2014. CONSIDERANDO o que dispõe a Resolução nº. 358 do CONTRAN, de
DATA: 11 de setembro de 2014. 13 de agosto de 2010;
CONSIDERANDO a solicitação expressa no Ofício Nº 092/2014/CAPIT-
ASSINAM: OCÍRODO OLIVEIRA JÚNIOR, pela contratante e LOURENÇO -B38/AC, de 27-03-2014;
XAVIER DA COSTA, pela contratada. RESOLVE:
_________________________________________________________ Art. 1º Autorizar a realização do Curso de Orientador de Trânsito pelo Ser-
viço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Trans-
ESTADO DO ACRE porte – SEST/SENAT, a ser concretizado no município de Rio Branco.
Departamento de Estradas de Rodagem, Infra-Estrutura Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Hidroviária e Aeroportuária do Acre – DERACRE Publique-se.
Cumpra-se.
EXTRATO DO 2º TERMO DE ADITAMENTO Gabinete da Diretoria Geral, em Rio Branco/AC, 1º de outubro de 2014.
CONTRATO Nº 6.12.037D
PARTES: DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM, INFRA- SAWANA LEITE DE SÁ PAULO CARVALHO
ESTRUTURA HIDROVIÁRIA E AEROPORTUÁRIA DO ACRE – DERA- Diretora Geral
30 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 30
DIÁRIO OFICIAL

EXTRATO DO CONTRATO Nº 074/2014


IAPEN CONTRATO N.º 037/2014
PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 276/2014
PORTARIA Nº 838 DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. ATA SRP Nº 008/2014
O DIRETOR PRESIDENTE DO INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO PE- PARTES: O Estado do Acre, através do Instituto de Administração Peni-
NITENCIÁRIA, no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pelo tenciária do Acre como CONTRATANTE e a Empresa R.E.B DE SOUZA
art. 6º da Lei 1.908, de 31 de julho de 2007, em seus incisos I, VI e XIX e EXTINTORES LTDA - como CONTRATADA.
pelo Decreto nº 8.172, de 05 de agosto de 2014, e considerando a deci- OBJETO: Constitui objeto do presente termo contratual a Contratação
são exarada no processo nº 0023221-1/2014, de 29 de outubro de 2014, de empresa para fornecimento de extintores de incêndio para atender as
RESOLVE: demandas do Instituto de Administração Penitenciária, conforme especifi-
Art. 1º Conceder, com fundamento no Art. 132, da Lei Complementar cado nos anexos, parte integrante do edital do Pregão SRP nº 276/2014.
39, de 29 de dezembro de 1993, para a Servidora Eunice Pereira Lima VALOR TOTAL: O valor total do presente contrato é de R$ 13.399,96
Bentes, matrícula 9217622-3, ocupante do cargo de Especialista em (Treze mil, trezentos e noventa e nove reais e noventa e seis centavos),
seu preço é fixo e irreajustável.
Execução Penal, licença-prêmio de 90 (noventa) dias, no período de 10
VIGÊNCIA: O Contrato terá vigência até o fim do exercício financeiro de
de novembro de 2014 a 09 de dezembro de 2014, referente ao período
2014, contados a partir da data de sua assinatura.
aquisitivo de 21/07/2008 a 20/07/2013.
DATA ASSINATURA: 23/10/2014
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, com I – Unidade Orçamentária: 209 IAPEN – Instituto de Administração
efeitos a partir de 10/11/14. Penitenciária
Registre-se; II – Programa de Trabalho: 755.209.14.421.1119.2728.0000
Publique-se; e. III – Natureza da Despesa: 44.90.52.24
Cumpra-se. IV – Fonte de Recursos: 100 (RP)

Martin Fillus Cavalcante Hessel Assinam: MARTIN FILLUS CAVALCANTE HESSEL pela Contratante e
Diretor Presidente. Sr. ERICO BATISTA DE SOUZA, pela CONTRATADA.
_________________________________________________________
IDM
EXTRATO DO TERMO ADITIVO DE Nº 001 AO CONTRATO 009/2014
ESPÉCIE: 1º (PRIMEIRO) Termo Aditivo ao contrato nº 009/2014 cele-
brado entre o IAPEN– Instituto de Administração Penitenciária e a Em- ESTADO DO ACRE
presa ACRELIMP SERVIÇOS DE LIMPEZA LTDA. INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
OBJETO: Constitui objeto deste termo contratual termo aditivo de valor DOM MOACYR
GABINETE DA DIRETORA-PRESIDENTE
do Contrato nº 009/2014.
FUNDAMENTO JURÍDICO: A presente alteração contratual tem como EDITAL Nº 03.52/2014
fundamento jurídico o disposto no artigo 57, inciso II da Lei Federal nº O INSTITUTO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO
8.666/93, de 21 de junho de 1993. PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR GRECHI, represen-
DO VALOR ADITADO: Fica aditivado o Contrato 009/2014 no valor total tado pela Diretora Presidente – Ana Cláudia Passos Batista, Portaria nº
de R$ R$ 72.075,00 (Setenta e dois mil e setenta e cinco reais), desti- 261/2014/GAB/IDM, no uso de suas atribuições legais, CONVOCA os
nado ao exercício financeiro de 2014. candidatos aprovados no PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA
DATA DE ASSINATURA: 23/10/2013 CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE MEDIADOR DE APRENDIZAGEM
HORISTA (ZONA URBANA) PARA ATUAÇÃO NOS CURSOS DE FOR-
ASSINAM: MARTIN FILLUS CAVALCANTE HESSEL pelo Instituto de MAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (MÓDULO ESPECÍFICO) DO PRO-
Administração Penitenciária do Acre – IAPEN e MARCOS JOSÉ SAN- GRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO
TOS TEIXEIRA, pela empresa CONTRATADA. – Pronatec, referente ao município de Rio Branco, para entrega de docu-
_________________________________________________________ mentação e assinatura de contrato nos dias 11, 12 e 13 de novembro de
2014, somente no horário das 8h às 11h30min e das 14h às 17h30min.

CURSO CANDIDATO PONTUAÇÃO COLOCAÇÃO CLASSIFICAÇÃO

RIO BRANCO

MARIA EUNICE DE O. CONCEIÇÃO 64 1º CLASSIFICADO

MARIA LUCAS DA CRUZ 54 2º CLASSIFICADO


Costureiro
CLAUDIA REGINA COSTA SILVA 46 3º CLASSIFICADO

ANTÔNIA CENILDA COELHO DO NASCIMENTO 40 4º CLASSIFICADO

Local para entrega de documentação e assinatura de contrato:


MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Rio Branco Unidade Central Avenida Nações Unidas, nº 1068, Bairro Bosque (altos da Loja Gazin).

O convocado deverá comparecer munido de 02 (duas) cópias e originais dos seguintes documentos:
a) Diploma ou declaração, conforme especificado para cada cargo.
b) Documento Oficial de Identidade – RG ou outros;
c) Cadastro de Pessoa Física - CPF;
d) Título Eleitoral;
e) Cartão do PIS/PASEP, no caso de já ter sido empregado ou número do NIT no caso de ser este o primeiro emprego;
f) Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;
g) Comprovante de quitação com as obrigações militares (somente para o sexo masculino);
h) Comprovante de residência atual;
i) Comprovante de conta de pessoa física, em nome do candidato (a conta poderá ser de qualquer banco, desde que esteja ativa);
j) Comprovante de realização de Cadastro de credor junto à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). Os documentos necessários para este
cadastro são: RG, CPF, PIS/NIT/PASEP, comprovante de conta bancária ativa e comprovante de endereço atualizado. O candidato que já possuir
cadastro deverá apresentar somente comprovante de sua ativação. Informações no site: www.sefaz.ac.gov.br
k) 1 foto 3x4 colorida.
Rio Branco – Acre, 10 de novembro de 2014.

Ana Cláudia Passos Batista


Diretora Presidente
Portaria nº 261/2014/GAB/IDM
31 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 31
DIÁRIO OFICIAL

ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR
GABINETE DA DIRETORA-PRESIDENTE

EDITAL Nº 10.38/2014
O INSTITUTO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR GRECHI, represen-
tado pela Diretora Presidente – Ana Cláudia Passos Batista, Portaria nº 261/2014/GAB/IDM, no uso de suas atribuições legais, torna público a
CONVOCAÇÃO DOS CANDIDATOS LISTADOS ABAIXO, CLASSISFICADOS do PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO
TEMPORÁRIA E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA DE MEDIADORES DE APRENDIZAGEM HORISTA (ZONA URBANA), PARA ATUA-
ÇÃO NOS CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA, MÓDULO ESPECÍFICO, DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO
TÉCNICO E EMPREGO – Pronatec, para entrega de documentação e assinatura de contrato nos dias 11, 12 e 13 de novembro de 2014, somente
no horário das 8h às 11h30min e das 14h às 17h30min. – Município – Rio Branco, Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira, Brasiléia
e Epitaciolândia.
RIO BRANCO
CURSO CANDIADATO PONTUAÇÃO CLASSIFICAÇÃO RESULTADO
DÁRIO DIAS DA SILVA 74 2º CLASSIFICADO
CABELEREIRO
MARLI MAIA MAGALHÃES 74 3º CLASSIFICADO
RORDANIA DA COSTA VENANCIO 38 7º CLASSIFICADO
MANICURE E PEDICURE
SILVANIA SILVA DE ARAÚJO 34 8º CLASSIFICADO
CLAUDIA REGINA COSTA SILVA 66 1º CLASSIFICADO
COSTUREIRO
SILVÂNIA MARQUES DOS SANTOS 58 2º CLASSIFICADO
MANOEL URBANO
MANICURE E PEDICURE IRISLEIA DA SILVA MIRANDA 28 1º CLASSIFICADO
SANTA ROSA DO PURUS
ARTESÃO DE ARTIGOS
JOAO KAXINAWA 34 1º CLASSIFICADO
INDIGENAS
SENA MADUREIRA
RECEPCIONISTA ROSINEIDE FERREIRA DE OLIVEIRA 100 1º CLASSIFICADO
PINTOR DE OBRAS OTAIR DE FARIAS ALMEIDA 34 1º CLASSIFICADO
BRASILÉIA
MANICURE E PEDICURE VANICIA BATISTA RODRIGUES CRUZ 50 1º CLASSIFICADO
EPITACIOLÂNDIA
OPERADOR DE CAIXA MIDIAN VICENTE DE OLIVEIRA FORTES 34 1º CLASSIFICADO

Local para entrega de documentação e assinatura de contrato:


MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Rio Branco Unidade Central Avenida Nações Unidas, nº 1068, Bairro Bosque (altos da Loja Gazin)
Manoel Urbano Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Rua Francisco Freitas, s/n, Bairro São José
Santa Rosa do Purus Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Rua Francisco Gomes Queiroz, s/n, Bairro Cidade Nova
Sena Madureira Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Avenida Avelino Chaves, nº 690 - Centro
Brasiléia Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Av. Benjamin Constant, nº 64 - Centro
Epitaciolândia Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Avenida Santos Dumont, 1180 – Centro

O convocado deverá comparecer munido de 02 (duas) cópias e original dos seguintes documentos:
a) Diploma ou declaração, conforme especificado para cada cargo.
b) Documento Oficial de Identidade – RG ou outros;
c) Cadastro de Pessoa Física - CPF;
d) Título Eleitoral;
e) Cartão do PIS/PASEP, no caso de já ter sido empregado ou número do NIT no caso de ser este o primeiro emprego;
f) Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;
g) Comprovante de quitação com as obrigações militares (somente para o sexo masculino);
h) Comprovante de residência atual;
i) Comprovante de conta de pessoa física, em nome do candidato (a conta poderá ser de qualquer banco, desde que esteja ativa);
j) Comprovante de realização de Cadastro de credor junto à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). Os documentos necessários para este
cadastro são: RG, CPF, PIS/NIT/PASEP, comprovante de conta bancária ativa e comprovante de endereço atualizado. O candidato que já possuir
cadastro deverá apresentar somente comprovante de sua ativação. Informações no site: www.sefaz.ac.gov.br
k) 1 foto 3x4 colorida.
Rio Branco – Acre, 10 de novembro de 2014.

Ana Cláudia Passos Batista


Diretora Presidente
Portaria nº 261/2014/GAB/IDM
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DOM MOACYR
GABINETE DA DIRETORA-PRESIDENTE

EDITAL Nº 21.30/2014
O INSTITUTO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR GRECHI, representado
pela Diretora Presidente – Ana Cláudia Passos Batista, Portaria nº 261/2014/GAB/IDM, no uso de suas atribuições legais, torna pública A CONVO-
CAÇÃO DOS MEDIADORES DE APRENDIZAGEM HORISTA (ZONA URBANA) PARA ATUAÇÃO NO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO
ENSINO TÉCNICO E EMPREGO – Pronatec, para entrega de documentação e assinatura de contrato nos dias 11, 12 e 13 de novembro de 2014,
somente no horário das 8h às 11h30min e das 14h às 17h30min. – Município – Rio Branco.
CANDIDATO PONTUAÇÃO CLASSIFICAÇÃO RESULTADO
RIO BRANCO
TÉCNICO EM TRÂNSITO – MANHÃ
GERENCIAMENTO DA MOBILIDADE URBANA
JACKSON DANTAS DE BRITO 18 1º CLASSIFICADO
32 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 32
DIÁRIO OFICIAL

Local para entrega de documentação e assinatura de contrato:


MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Unidade Central - Gerência de Recursos e Processos
Rio Branco Avenida Nações Unidas, nº 1068, Bairro Bosque (altos da Loja Gazin)
Administrativos

O convocado deverá comparecer munido de 02 (duas) cópias e original dos seguintes documentos:
a) Diploma ou declaração, conforme especificado para cada cargo.
b) Documento Oficial de Identidade – RG ou outros;
c) Cadastro de Pessoa Física - CPF;
d) Título Eleitoral;
e) Cartão do PIS/PASEP, no caso de já ter sido empregado ou número do NIT no caso de ser este o primeiro emprego;
f) Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;
g) Comprovante de quitação com as obrigações militares (somente para o sexo masculino);
h) Comprovante de residência atual;
i) Comprovante de conta de pessoa física, em nome do candidato (a conta poderá ser de qualquer banco, desde que esteja ativa);
j) Comprovante de realização de Cadastro de credor junto à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). Os documentos necessários para este
cadastro são: RG, CPF, PIS/NIT/PASEP, comprovante de conta bancária ativa e comprovante de endereço atualizado. O candidato que já possuir
cadastro deverá apresentar somente comprovante de sua ativação. Informações no site: www.sefaz.ac.gov.br
k) 1 foto 3x4 colorida.
Rio Branco – Acre, 10 de novembro de 2014.

Ana Cláudia Passos Batista


Diretora Presidente
Portaria nº 261/2014/GAB/IDM
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DOM MOACYR
GABINETE DA DIRETORA-PRESIDENTE

EDITAL Nº 21.31/2014
O INSTITUTO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR GRECHI, representado
pela Diretora Presidente – Ana Cláudia Passos Batista, Portaria nº 261/2014/GAB/IDM, no uso de suas atribuições legais, torna pública A CONVO-
CAÇÃO DOS MEDIADORES DE APRENDIZAGEM HORISTA (ZONA URBANA) PARA ATUAÇÃO NO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO
ENSINO TÉCNICO E EMPREGO – Pronatec, para entrega de documentação e assinatura de contrato nos dias 11, 12 e 13 de novembro de 2014,
somente no horário das 8h às 11h30min e das 14h às 17h30min. – Município – Rio Branco.
CANDIDATO PONTUAÇÃO CLASSIFICAÇÃO RESULTADO
RIO BRANCO
TÉCNICO EM INFORMÁTICA - MANHÃ
DESENVOLVIMENTO WEB
DEBORHA SANTIAGO DE LIMA OLIVEIRA 66 1º CLASSIFICADO
TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET - NOITE
COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO
ELI CRISTINA GONÇALVES 72 1º CLASSIFICADO
PATRICIA NASCIMENTO DE AZEVEDO 54 2º CLASSIFICADO
DESENVOLVIMENTO HUMANO
RAFAELA MARÇAL ESCALANTE 74 1º CLASSIFICADO
DALETE DIAS DA SILVA 66 2º CLASSIFICADO
INTRODUÇÃO A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
JINMY DE SOUZA LIMA 46 1º CLASSIFICADO
ALEX RODRIGUES DE CASTRO 70 2º CLASSIFICADO
MATEMATICA
GERCINEIDE DA SILVA MEDEIROS OTONE 90 1º CLASSIFICADO
GUSTAVO DUTRA ANDRADE 62 2º CLASSIFICADO
EMPREENDEDORISMO
RAFAELA MARÇAL ESCALANTE 74 1º CLASSIFICADO
DALETE DIAS DA SILVA 66 2º CLASSIFICADO
TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES - NOITE
COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO
CLEBISON ANDRÉ DA ROCHA LIMA 76 1º CLASSIFICADO
ALDILENE ALVES DE AZEVEDO SILVA 70 2º CLASSIFICADO
DESENVOLVIMENTO HUMANO
SUELANE CAVALCANTE GOMES MARQUES 38 1º CLASSIFICADO
EMPREENDEDORISMO
RAFAELA MARÇAL ESCALANTE 74 1º CLASSIFICADO
VIVIANE DAMASCENO DE MOURA 54 2º CLASSIFICADO
ETICA E LEGISLAÇÃO
VIVIANE DAMASCENO DE MOURA 54 3º CLASSIFICADO
INTRODUÇÃO A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
ALEX RODRIGUES DE CASTRO 70 2º CLASSIFICADO
MÁRIO VITOR SALGUEIRO DA SILVA 50 3º CLASSIFICADO

Local para entrega de documentação e assinatura de contrato:


MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Unidade Central - Gerência de Recursos e Processos
Rio Branco Avenida Nações Unidas, nº 1068, Bairro Bosque (altos da Loja Gazin).
Administrativos

O convocado deverá comparecer munido de 02 (duas) cópias e original dos seguintes documentos:
a) Diploma ou declaração, conforme especificado para cada cargo.
b) Documento Oficial de Identidade – RG ou outros;
c) Cadastro de Pessoa Física - CPF;
d) Título Eleitoral;
33 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 33
DIÁRIO OFICIAL

e) Cartão do PIS/PASEP, no caso de já ter sido empregado ou número do NIT no caso de ser este o primeiro emprego;
f) Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;
g) Comprovante de quitação com as obrigações militares (somente para o sexo masculino);
h) Comprovante de residência atual;
i) Comprovante de conta de pessoa física, em nome do candidato (a conta poderá ser de qualquer banco, desde que esteja ativa);
j) Comprovante de realização de Cadastro de credor junto à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). Os documentos necessários para este
cadastro são: RG, CPF, PIS/NIT/PASEP, comprovante de conta bancária ativa e comprovante de endereço atualizado. O candidato que já possuir
cadastro deverá apresentar somente comprovante de sua ativação. Informações no site: www.sefaz.ac.gov.br
k) 1 foto 3x4 colorida.
Rio Branco – Acre, 10 de novembro de 2014.

Ana Cláudia Passos Batista


Diretora Presidente
Portaria nº 261/2014/GAB/IDM
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DOM MOACYR
GABINETE DA DIRETORA-PRESIDENTE

EDITAL Nº 23.18/2014
O INSTITUTO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR GRECHI, representado
pela Diretora Presidente – Ana Cláudia Passos Batista, Portaria nº 261/2014/GAB/IDM, no uso de suas atribuições legais, torna pública A CON-
VOCAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DO MEDIADOR DE APRENDIZAGEM HORISTA – MÓDULO ESPECÍFICO (ZONA URBANA
e ZONA RURAL), PARA ATUAÇÃO NOS CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA, DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO
ENSINO TÉCNICO E EMPREGO – PRONATEC. Para entrega de documentação e assinatura de contrato nos dias 11, 12 e 13 de novembro de
2014. Município de Bujari.
CANDIDATO PONTUAÇÃO CLASSIFICAÇÃO RESULTADO
BUJARI
COSTUREIRO
128 HORAS
MARIA LUCAS DA CRUZ 32 1º CLASSIFICADO

O convocado deverá comparecer munido de 02 (duas) cópias e original dos seguintes documentos:
a) Diploma ou declaração, conforme especificado para cada cargo.
b) Documento Oficial de Identidade – RG ou outros;
c) Cadastro de Pessoa Física - CPF;
d) Título Eleitoral;
e) Cartão do PIS/PASEP, no caso de já ter sido empregado ou número do NIT no caso de ser este o primeiro emprego;
f) Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;
g) Comprovante de quitação com as obrigações militares (somente para o sexo masculino);
h) Comprovante de residência atual;
i) Comprovante de conta de pessoa física, em nome do candidato (a conta poderá ser de qualquer banco, desde que esteja ativa);
j) Comprovante de realização de Cadastro de credor junto à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). Os documentos necessários para este
cadastro são: RG, CPF, PIS/NIT/PASEP, comprovante de conta bancária ativa e comprovante de endereço atualizado. O candidato que já possuir
cadastro deverá apresentar somente comprovante de sua ativação. Informações no site: www.sefaz.ac.gov.br;
k) 1 foto 3x4 colorida.
Local para entrega de documentação e assinatura de contrato:
MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Bujari Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Rua Geraldo Mesquita, nº 0148 - Centro.

Rio Branco – Acre, 10 de novembro de 2014.

Ana Cláudia Passos Batista


Diretora Presidente
Portaria nº 261/2014/GAB/IDM
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DOM MOACYR
GABINETE DA DIRETORA-PRESIDENTE

EDITAL Nº 025.12/2014
O INSTITUTO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR GRECHI, representado
pela Diretora Presidente – Ana Cláudia Passos Batista, Portaria nº 261/2014/GAB/IDM, no uso de suas atribuições legais, torna pública A CON-
VOCAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DO MEDIADOR DE APRENDIZAGEM HORISTA - MÓDULO ESPECÍFICO (ZONA URBANA E
ZONA RURAL), PARA ATUAÇÃO NOS CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA, DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO EN-
SINO TÉCNICO E EMPREGO – PRONATEC. Para entrega de documentação e assinatura de contrato nos dias 11, 12 e 13 de novembro de 2014,
somente no horário das 8h às 11h30min e das 14h às 17h30min. – Município – Rio Branco.
CANDIDATO PONTUAÇÃO CLASSIFICAÇÃO RESULTADO
RIO BRANCO
INSTALADOR DE REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO DOMÉSTICA - 128h
D’Feerson da Silva Mesquita 48 1º Classificado

O convocado deverá comparecer munido de 01 (uma) cópia e original dos seguintes documentos:
a) Diploma ou declaração, conforme especificado para cada cargo.
b) Documento Oficial de Identidade – RG ou outros;
c) Cadastro de Pessoa Física - CPF;
d) Título Eleitoral;
e) Cartão do PIS/PASEP, no caso de já ter sido empregado ou número do NIT no caso de ser este o primeiro emprego;
f) Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;
34 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 34
DIÁRIO OFICIAL

g) Comprovante de quitação com as obrigações militares (somente para o sexo masculino);


h) Comprovante de residência atual;
i) Comprovante de conta de pessoa física, em nome do candidato (a conta poderá ser de qualquer banco, desde que esteja ativa);
j) Comprovante de realização de Cadastro de credor junto à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). Os documentos necessários para este
cadastro são: RG, CPF, PIS/NIT/PASEP, comprovante de conta bancária ativa e comprovante de endereço atualizado. O candidato que já possuir
cadastro deverá apresentar somente comprovante de sua ativação. Informações no site: www.sefaz.ac.gov.br
k) 1 foto 3x4 colorida.
Local para entrega de documentação e assinatura de contrato:
MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Rio Branco Unidade Central Avenida Nações Unidas, nº 1068, Bairro Bosque (altos da Loja Gazin)

Rio Branco – Acre, 10 de novembro de 2014.

Ana Cláudia Passos Batista


Diretora Presidente
Portaria nº 261/2014/GAB/IDM
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DOM MOACYR
GABINETE DA DIRETORA-PRESIDENTE

EDITAL Nº 025.13/2014
O INSTITUTO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR GRECHI, representado
pela Diretora Presidente – Ana Cláudia Passos Batista, Portaria nº 261/2014/GAB/IDM, no uso de suas atribuições legais, torna pública A CON-
VOCAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DO MEDIADOR DE APRENDIZAGEM HORISTA - MÓDULO ESPECÍFICO (ZONA URBANA
E ZONA RURAL), PARA ATUAÇÃO NOS CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA, DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO
ENSINO TÉCNICO E EMPREGO – PRONATEC. Para entrega de documentação e assinatura de contrato nos dias 11, 12 e 13 de novembro de
2014. Município de Capixaba.
CANDIDATO PONTUAÇÃO CLASSIFICAÇÃO RESULTADO
CAPIXABA
AUXILIAR ADMINISTRATIVO - 128h
Emili do Vale Leal Figueiredo 38 1º Classificado

O convocado deverá comparecer munido de 01 (uma) cópia e original dos seguintes documentos:
a) Diploma ou declaração, conforme especificado para cada cargo.
b) Documento Oficial de Identidade – RG ou outros;
c) Cadastro de Pessoa Física - CPF;
d) Título Eleitoral;
e) Cartão do PIS/PASEP, no caso de já ter sido empregado ou número do NIT no caso de ser este o primeiro emprego;
f) Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;
g) Comprovante de quitação com as obrigações militares (somente para o sexo masculino);
h) Comprovante de residência atual;
i) Comprovante de conta de pessoa física, em nome do candidato (a conta poderá ser de qualquer banco, desde que esteja ativa);
j) Comprovante de realização de Cadastro de credor junto à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). Os documentos necessários para este
cadastro são: RG, CPF, PIS/NIT/PASEP, comprovante de conta bancária ativa e comprovante de endereço atualizado. O candidato que já possuir
cadastro deverá apresentar somente comprovante de sua ativação. Informações no site: www.sefaz.ac.gov.br
k) 1 foto 3x4 colorida.
Local para entrega de documentação e assinatura de contrato:
MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Capixaba Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Rua João Tecinari, s/n - Centro

Rio Branco – Acre, 10 de novembro de 2014.

Ana Cláudia Passos Batista


Diretora Presidente
Portaria nº 261/2014/GAB/IDM
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DOM MOACYR
GABINETE DA DIRETORA-PRESIDENTE

EDITAL Nº 026.13/2014
O INSTITUTO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR GRECHI, represen-
tado pela Diretora Presidente – Ana Cláudia Passos Batista, Portaria nº 261/2014/GAB/IDM, no uso de suas atribuições legais, torna pública A
CONVOCAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DOS MEDIADORES DE APRENDIZAGEM HORISTA (ZONA URBANA) PARA ATUAÇÃO
NOS CURSOS TÉCNICOS, DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO – PRONATEC. Para entrega de do-
cumentação e assinatura de contrato nos dias 11, 12 e 13 de novembro de 2014, somente no horário das 8h às 11h30min e das 14h às 17h30min.
– Município – Rio Branco.
CANDIDATO PONTUAÇÃO CLASSIFICAÇÃO RESULTADO
RIO BRANCO
TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO EM PAISAGISMO – MANHÃ
CARACTERIZAÇÃO DOS GRUPOS VEGETAIS E ORGANOGRAFIA/ ANATOMIA E FISIOLOGIA VEGETAL - 84H
ADRIANA KETYLLEM CAVALCANTE ACÁCIO KAUFFMANN 82 2º CLASSIFICADO

O convocado deverá comparecer munido de 01 (uma) cópia e original dos seguintes documentos:
a) Diploma ou declaração, conforme especificado para cada cargo.
b) Documento Oficial de Identidade – RG ou outros;
c) Cadastro de Pessoa Física - CPF;
d) Título Eleitoral;
35 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 35
DIÁRIO OFICIAL

e) Cartão do PIS/PASEP, no caso de já ter sido empregado ou número do NIT no caso de ser este o primeiro emprego;
f) Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral;
g) Comprovante de quitação com as obrigações militares (somente para o sexo masculino);
h) Comprovante de residência atual;
i) Comprovante de conta de pessoa física, em nome do candidato (a conta poderá ser de qualquer banco, desde que esteja ativa);
j) Comprovante de realização de Cadastro de credor junto à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). Os documentos necessários para este
cadastro são: RG, CPF, PIS/NIT/PASEP, comprovante de conta bancária ativa e comprovante de endereço atualizado. O candidato que já possuir
cadastro deverá apresentar somente comprovante de sua ativação. Informações no site: www.sefaz.ac.gov.br
k) 1 foto 3x4 colorida.
Local para entrega de documentação e assinatura de contrato:
MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Rio Branco Unidade Central Avenida Nações Unidas, nº 1068, Bairro Bosque (altos da Loja Gazin).

Rio Branco – Acre, 10 de novembro de 2014.

Ana Cláudia Passos Batista


Diretora Presidente
Portaria nº 261/2014/GAB/IDM
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DOM MOACYR
GABINETE DA DIRETORA-PRESIDENTE

EDITAL Nº 030/2014
O INSTITUTO ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DOM MOACYR GRECHI - IDM, repre-
sentado pela Diretora Presidente – Maria Rita Paro de Lima, Decreto nº 7.270/2014, no uso de suas atribuições legais, torna pública o PROCESSO
SELETIVO SIMPLIFICADO DE VAGAS PARA RECRUTAMENTO E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA DE MEDIADORES DE APREN-
DIZAGEM HORISTA (ZONA URBANA) PARA ATUAÇÃO NOS CURSOS TÉCNICOS, DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉC-
NICO E EMPREGO – PRONATEC, observadas as normas estabelecidas na Lei Federal nº 12.513/2011 e suas alterações, Portaria MEC nº 168, de
07 de março de 2013 e suas alterações, Resolução FNDE nº 08, de 20 de março de 2013 e na Instrução Normativa nº 01/2014, que estabelece o
valor da bolsa a ser paga ao Mediador de Aprendizagem Horista (Zona Urbana), mediante as condições estabelecidas neste Edital.
1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1 O presente Processo Seletivo Simplificado será regido por este Edital e executado pelo Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação
Profissional e Tecnológica Dom Moacyr Grechi, através dos Centros de Educação Profissional e Tecnológica, a saber: CEFLORA, SERVIÇOS,
SAÚDE E GASTRONOMIA/HOSPITALIDADE.
1.2 Os candidatos selecionados receberão bolsa conforme o estabelecido na Lei Federal nº 12.513/2011 e suas alterações e na Instrução Norma-
tiva nº 01/2014, cujo recurso será financiado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), de responsabilidade do Ministério da
Educação, durante o período da oferta dos cursos.
2. DAS ATRIBUIÇÕES
2.1 O MEDIADOR DE APRENDIZAGEM HORISTA (ZONA URBANA), conforme Instrução Normativa nº 01/2014, possui as seguintes atribuições:
a. Planejar as aulas e atividades didáticas, conforme modelo disponibilizado pelos Centros de Educação Profissional e Tecnológica, e ministrá-las
aos educandos;
b. Adequar à oferta dos cursos às necessidades específicas do público-alvo;
c. Adequar os conteúdos, materiais didáticos, mídias e bibliografia às necessidades dos educandos participantes da oferta;
d. Propiciar espaço de acolhimento e debate com os educandos;
e. Avaliar o desempenho dos educandos;
f. Elaborar relatório sobre os processos realizados durante o curso;
g. Participar dos encontros de coordenação do PRONATEC, promovidos pelos coordenadores geral e adjunto;
h. Participar de encontros pedagógicos, que envolva capacitação e planejamento das atividades de ensino aprendizagem, estabelecidos pelo Co-
ordenador Geral do CEPT, pelos Coordenadores Técnicos, Coordenadores de Aprendizagem e Supervisores de Curso;
i. Zelar pelo espaço didático e materiais e equipamentos utilizados;
j. Realizar o acompanhamento diário das atividades (preenchimento da caderneta observando a frequência dos educandos, desempenho acadê-
mico dos educandos e relatório diário das atividades); e
k. Participar de encontros e reuniões quando convocado.
3. DO PROCESSO SELETIVO
3.1 São dispostas vagas para Mediador de Aprendizagem Horista (ZONA URBANA), referentes aos CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO, dis-
tribuídas conforme quadro de vagas constante no Anexo I, II e III deste edital.
3.2 Os candidatos serão convocados mediante a necessidade do Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional Dom
Moacyr Grechi.
3.3 As atribuições e a carga horária dos servidores desta ou de outras instituições não poderão conflitar com suas atividades, sua carga horária
regular e ao atendimento do plano de metas de tais órgãos, evitando-se assim comprometer a qualidade, o bom andamento e o atendimento da
Instituição, conforme § 1º do art. 9º da Lei nº 12.513/2011, sob pena de desclassificação.
3.4 Não poderão participar do processo seletivo pessoas que possuem Cargo em Comissão – CEC ou Função de Confiança, nos termos da Lei
Complementar n. 191 de 31 de dezembro de 2008, sob pena de desclassificação.
4. DO PERÍODO DA INSCRIÇÃO
4.1 O período para entrega dos envelopes com a documentação, contendo ficha de inscrição correspondente ao curso de interesse, devidamente
preenchida e sem rasuras conforme modelos constantes nos Anexos IV e V deste edital ocorrerão de 10 a 13 de novembro de 2014, no horário das
8h30min às 11h30min e das 14h30min às 17h30min, nos locais estabelecidos na Tabela I.
TABELA I
MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Cruzeiro do Sul Centro de Educação Profissional CEFLORA Rua Paraná, nº 865, Bairro 25 de agosto.
Feijó Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Avenida Marechal Deodoro nº 1140 - Centro
Mâncio Lima Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Av. Joaquim Generoso de Oliveira, nº 202, Centro
Rio Branco Unidade Central Avenida Nações Unidas, nº 1068, Bairro Bosque (altos da Loja Gazin)
Núcleo de Educação Profissional (Antigo Cen-
Tarauacá Rua do Ipepaconha, s/n, Bairro Ipepaconha
tro de Juventude Municipal)

4.2 A inscrição será gratuita, sendo permitido o candidato:


a) se inscrever em até 06 (seis) Unidades Temáticas, em turnos diferentes, para os CEPTs CEFLORA e SERVIÇOS;
b) se inscrever para 01 (um) curso para os CEPTs SAÚDE E GASTRONOMIA/HOSPITALIDADE.
36 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 36
DIÁRIO OFICIAL

4.3 A inscrição poderá ser feita pelo próprio candidato ou por procurador, derados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Coman-
devidamente munido com procuração, com firma reconhecida e com dos Militares, pelas secretarias de segurança Pública, pelos Institutos
plenos poderes para realizar a inscrição no presente Processo Seletivo; de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras ex-
4.4 A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceita- pedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens,
ção das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às conselhos etc.); passaporte; certificado de reservista; carteiras funcio-
quais não poderá alegar desconhecimento ou requerer que a instituição nais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão pú-
promova qualquer adequação para que as atividades se enquadrem na blico que, por lei federal, tenham valor legal como identidade; carteira de
disponibilidade pessoal do candidato, sob pena de desclassificação; trabalho; carteira nacional de habilitação (somente o modelo aprovado
4.5 A inscrição será anulada, na verificação de eventual falsidade ou pelo Art. 159 da Lei n. 9.503, de 23 de setembro de 1997 – com foto);
irregularidades nos documentos apresentados; d) Fotocópia do Cadastro de Pessoa Física – CPF;
4.6 Não será admitida juntada ou substituição posterior de quaisquer e) Fotocópia de documentos que comprovem os requisitos mínimos exi-
documentos exigidos no item 5 deste Edital, consistindo obrigação do gidos no Anexo I, II e III deste edital. Não sendo necessária a apresen-
candidato a entrega de todos os documentos, acompanhados da ficha tação de Curriculum Vitae ou Lattes.
de inscrição, correspondente ao curso de interesse, (Anexos IV e V) 5.2 No ato da inscrição, o candidato deverá optar obrigatoriamente pelo
devidamente preenchida e sem rasuras, em envelope único; o município, o curso, carga horária, turno e unidade temática (quando
4.7 A conferência da documentação exigida será feita no ato da inscri- for o caso), a qual quer concorrer, conforme vagas descritas no Anexo I,
ção por colaborador do Instituto Dom Moacyr, que autenticará com o II e III, sob pena de desclassificação;
carimbo de “confere com o original”. 5.3 Caso o Mediador de Aprendizagem aprovado no processo seletivo
4.8 Após a conferência, o envelope contendo a documentação deverá tenha feito inscrição para Município que não seja o da sua moradia, to-
ser lacrado e o comprovante de inscrição será entregue ao candidato; das as despesas com deslocamento e permanência serão por conta do
4.9 É vedada a inscrição neste Processo Seletivo de servidores partici- mesmo, não cabendo nenhuma obrigação por parte do IDM.
pantes da Comissão de Seleção, sob pena de desclassificação; 5.4 Não serão devolvidos os documentados apresentados no ato da
4.10 Não haverá, sob qualquer pretexto, inscrição provisória ou condi- inscrição e nem serão fornecidas cópias dos mesmos.
6. DA SELEÇÃO
cional, nem através de correspondência postal, fax-símile ou via Inter-
6.1 O Processo Seletivo será conduzido pela Comissão do Processo
net, bem como não serão aceitas inscrições fora do prazo;
Seletivo, designada pela Diretora Presidente do IDM através de Porta-
4.11 Será eliminado do processo seletivo, sem prejuízo das sanções
ria, e constará de uma única fase, descrita abaixo:
penais cabíveis, o candidato que, em qualquer tempo:
a) Análise Documental (caráter eliminatório e classificatório), seguindo a
• Cometer falsidade ideológica com prova documental;
pontuação discriminada no item 7 deste edital;
• Burlar ou tentar burlar quaisquer das normas definidas neste Edital;
7. DA ANÁLISE DOCUMENTAL:
• Dispensar tratamento inadequado, incorreto ou descortês a qualquer
7.1 A análise de documentação será realizada de acordo com as instru-
pessoa envolvida no Processo Seletivo;
ções e critérios de avaliação estabelecidos na tabela II, para o cargo de
• Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos relativos ao Mediador de Aprendizagem Horista (Zona Urbana).
processo Seletivo. a) Formação Acadêmica: a apresentação de vários comprovantes de
4.12 O candidato deverá ser brasileiro nato ou naturalizado e maior de escolaridades não gera pontuação cumulativa. Em caso de apresenta-
18 (dezoito) anos. ção de certificado de Pós-Graduação, o candidato deverá apresentar
5. DOS PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO também o diploma de conclusão de curso de graduação;
5.1 No ato da inscrição, o candidato deverá, obrigatoriamente, entregar b) Qualificação e Aperfeiçoamento Profissional: serão aceitos apenas
em envelope único, os seguintes documentos: certificados de Cursos de Extensão com carga horária mínima de 8
a) Ficha de inscrição (Anexo IV e V), correspondente ao curso de in- (oito) horas. Também serão aceitos certificados ou declarações que
teresse, anexa ao envelope, devidamente preenchida e sem rasuras comprovem a participação em capacitações pedagógicas em educação
(especificando o município, o curso, carga horária, turno e unidade te- básica, profissional ou superior;
mática, quando for o caso), de acordo com o quadro de distribuição de c) Experiência na Área de Educação: deverá ser comprovada mediante
vagas (Anexo I, II e III). apresentação de declaração emitida pela instituição de ensino ou docu-
b) Fotocópia de Comprovante de Escolaridade, conforme exigido para mento similar (contratos, carteira de trabalho, etc) constando claramen-
cada cargo pretendido. Só será aceito fotocópia de comprovante de escola- te a função exercida e a data de início e término do tempo de serviço ou
ridade expedido por instituição de Ensino reconhecida pelo MEC. Os Certi- carga horária trabalhada. Documentos que não contenham tais informa-
ficados de Conclusão de Cursos Técnicos, de Graduação e Pós-graduação ções não serão considerados para fins de pontuação;
ou declarações de conclusão expedidas em língua estrangeira, somente d) Experiência na Área do Curso Pretendido: deverá ser comprovada
serão considerados se apresentados já traduzidos para a Língua Portu- mediante apresentação de declaração emitida por empresas ou tercei-
guesa, obedecendo ao que dispõe o artigo 48 da Lei no 9.394/96 (LDB) e ros ou documento similar (contratos, carteira de trabalho, etc) constan-
pela Resolução CNE/CES n° 1/2002 do Conselho Nacional de Educação do claramente a função exercida e a data de início e término do tempo
(CNE). Serão aceitas declarações com validade máxima de um ano; de serviço ou carga horária trabalhada. Documentos que não conte-
c) Fotocópia do Documento Oficial de Identidade com foto. Serão consi- nham tais informações não serão considerados para fins de pontuação.
TABELA II
FORMAÇÃO ACADÊMICA (não cumulativa) PONTUAÇÃO
Pós-graduação (Stricto e Lato Sensu) 20
Graduação 18
Técnico de nível médio 12
PONTUAÇÃO
QUALIFICAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL
UNITÁRIA MÁXIMA
Certificados de Cursos de qualificação ou aperfeiçoamento com carga horária mínima 8 (oito) horas. Também serão
aceitos certificados ou declarações que comprovem a participação em capacitações pedagógicas em educação bá-
4 16
sica, profissional ou superior. (Cada certificado de no mínimo 8 horas equivale a 4 pontos, podendo ser apresentado
no máximo 4 certificados).
Certificados ou declarações que comprovem a participação em capacitações pedagógicas em educação básica, pro-
fissional ou superior com duração mínima de 8 horas (cada comprovação equivale a 4 pontos, podendo ser apresen- 4 16
tado no máximo 4 comprovações).
PONTUAÇÃO
EXPERIENCIA NA ÁREA DE EDUCAÇÃO
UNITÁRIA MÁXIMA
Docência na educação profissional (cada 32 horas de experiência comprovada equivalerá a 4 pontos, podendo ser
4 16
apresentado no máximo 4 comprovações)
Docência na educação básica e/ou superior (cada 32 horas de experiência comprovada equivalerá a 4 pontos, poden-
4 16
do ser apresentado no máximo 4 comprovações)
PONTUAÇÃO
EXPERIENCIA NA ÁREA DO CURSO PRETENDIDO
UNITÁRIA UNITÁRIA
Período de experiência de 03 (três) meses (a cada 3 meses de experiência comprovada equivalerá a 4 pontos, poden-
4 16
do ser apresentado no máximo 04 comprovações)

7.2 Serão automaticamente desclassificados os candidatos que:


a) Não atingirem uma pontuação mínima de 12 (doze) pontos, para as vagas que requerem somente a formação acadêmica como requisito mínimo;
b) Não atingirem uma pontuação mínima de 16 (dezesseis) pontos, para as vagas que requerem formação acadêmica e experiência profissional
37 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 37
DIÁRIO OFICIAL

comprovada como requisito mínimo.


7.3 A análise da documentação terá uma pontuação máxima de 100 (cem) pontos.
8. DA CLASSIFICAÇÃO E DA APROVAÇÃO:
8.1 Os candidatos classificados serão relacionados por ordem de pontuação;
8.2 Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem pontuação mínima de 12 (doze) pontos, nos termos do item 7.2 “a”, ou 16 (dezes-
seis) pontos, nos termos do item 7.2 deste edital;
8.3 Os aprovados neste processo seletivo também comporão o cadastro de reserva.
9. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE:
9.1 Ocorrendo empate quanto ao número de pontos obtidos neste Processo Seletivo Simplificado, o desempate será decidido em benefício do
candidato que apresentar, na seguinte ordem:
a) maior tempo de experiência profissional na área de formação;
b) maior tempo de experiência profissional em docência na educação profissional;
c) maior idade, sendo considerado ano, mês e dia.
10. DOS RESULTADOS:
10.1 Os resultados do processo seletivo serão publicados nas páginas do Diário Oficial do Estado do Acre www.diario.ac.gov.br e no site do Instituto
Dom Moacyr www.idep.ac.gov.br.
11. DOS RECURSOS:
11.1 Os candidatos poderão interpor Recurso Administrativo, impreterivelmente, no 1º (primeiro) dia útil subsequente a contar da data de publicação
do resultado parcial do processo seletivo.
11.2 O recurso deverá ser protocolado no local onde a inscrição foi efetuada, conforme relação abaixo ou encaminhado no prazo estipulado para o
e-mail processoseletivo.idm@gmail.com. Somente serão considerados e avaliados os recursos encaminhados via e-mail ou entregues nos locais
até às 17h30minutos, horário local.
MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO
Cruzeiro do Sul Centro de Educação Profissional CEFLORA Rua Paraná, nº 865, Bairro 25 de agosto.
Feijó Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Avenida Marechal Deodoro nº 1140 - Centro
Mâncio Lima Núcleo da Secretaria de Estado de Educação Av. Joaquim Generoso de Oliveira, nº 202, Centro
Rio Branco Unidade Central Avenida Nações Unidas, nº 1068, Bairro Bosque (altos da Loja Gazin)
Núcleo de Educação Profissional (Antigo Centro
Tarauacá Rua do Ipepaconha, s/n, Bairro Ipepaconha
de Juventude Municipal)

11.3 O recurso será dirigido ao Presidente da Comissão do Processo Seletivo, conforme critérios abaixo:
a) apresentação conforme o modelo constante no Anexo VI, transcrito em letra de forma ou impresso, contendo, obrigatoriamente, as alegações e
seus fundamentos, o cargo e município para o qual concorre, o número do CPF, nome do candidato e sua assinatura;
b) o candidato deverá ser claro, conciso e objetivo no seu pleito. Recurso inconsistente ou intempestivo será preliminarmente indeferido;
c) o recurso cujo teor desrespeite a banca examinadora será preliminarmente indeferido;
11.4 Será preliminarmente indeferido o recurso que não atender aos requisitos acima;
11.5 A Comissão do Processo Seletivo divulgará os resultados dos recursos no Diário Oficial do Estado do Acre www.diario.ac.gov.br, e no site do
Instituto Dom Moacyr www.idep.ac.gov.br.
12. DO RECRUTAMENTO
12.1 Os locais para a assinatura dos termos de compromisso serão divulgados juntamente com a relação de candidatos aprovados e convocados.
12.2 O candidato aprovado no Processo Seletivo 30/2014 será convocado de acordo com o número de vagas e ordem de classificação, e terá 3
(três) dias úteis, a contar da convocação, para assinatura do termo de compromisso, devendo comparecer munido de 1 (uma) fotocópia e original
dos seguintes documentos:
a) Diploma ou declaração, conforme especificado para cada cargo;
b) Documento Oficial de Identidade – RG ou outros;
c) Cadastro de Pessoa Física - CPF;
d) Título Eleitoral;
e) Cartão do PIS/PASEP, no caso de já ter sido empregado ou número do NIT no caso de ser este o primeiro emprego;
f) Certidão de quitação com a Justiça Eleitoral e negativa da Justiça Federal e Justiça Estadual (Cível e Criminal);
g) Comprovante de quitação com as obrigações militares (somente para o sexo masculino);
h) Comprovante de residência atual;
i) Comprovante de conta de pessoa física, em nome do candidato (a conta poderá ser de qualquer banco, desde que esteja ativa);
j) Comprovante de realização de Cadastro de credor junto à Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). Os documentos necessários para este
cadastro são: RG, CPF, PIS/NIT/PASEP, comprovante de conta bancária ativa e comprovante de endereço atualizado. O candidato que já possuir
cadastro deverá apresentar somente comprovante de sua ativação. Informações no site: www.sefaz.ac.gov.br
k) 1 foto 3x4 colorida.
12.3 O recrutamento dos aprovados no Processo Seletivo Simplificado, regido por este Edital, após sua homologação e publicação do resultado
final, dar-se-á de acordo com a necessidade do Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional e Tecnológica Dom Moacyr Grechi,
no âmbito do PRONATEC, instrumentalizado pela publicação do edital de convocação, obedecendo-se à ordem de classificação.
12.4 O Termo de Compromisso só será assinado pelo candidato aprovado e validado pela instituição após assinatura de Declaração de Incompa-
tibilidade e Impedimento, formulada pela Coordenação de Pessoas. Através dessa declaração o candidato atesta que não é portador de Cargo em
Comissão – CEC ou Função de Confiança, bem como que não é membro da Comissão de Processo Seletivo, declarando também se possui ou não
vínculo com a administração pública. Se possuir vínculo, através da declaração, o recrutado atestará também que haverá compatibilidade de horário
entre as atividades exercidas, de forma que não haverá prejuízo à sua carga horária regular e ao atendimento do plano de metas do órgão que possui
vinculação, conforme ANEXO VII do presente Edital.
12.5 A carga horária total do recrutado atenderá a necessidade especificada no quadro de vagas, disposto no Anexo I, II e III deste edital, podendo
ser prorrogada sempre que houver necessidade da instituição, respeitadas as disposições legais vigentes.
12.6 A atuação do Mediador bolsista de aprendizagem recrutado não gera vínculo trabalhista com o Instituto Dom Moacyr, em conformidade com a
Lei Federal 12.513/2011 e suas alterações.
12.7 A lotação será feita conforme a entrega de documentação e a ordem de apresentação no Centro de Educação Profissional, o qual o candidato
foi convocado.
13. DA CONTRAPRESTAÇÃO
13.1 Os Mediadores de Aprendizagem Horistas (ZONA URBANA) que atuarão nos cursos Pronatec, são considerados particulares em colaboração
com a administração, não configurando relação de emprego, nos termos da Lei n. 12.513/2011, bem como, os valores recebidos a título de bolsa não
integram, para qualquer efeito, ao vencimento, salário, remuneração ou proventos recebidos, por se tratar de vantagem pecuniária transitória, nos
termos do artigo 46 da Lei Complementar Estadual n. 39/93.
13.2 A bolsa, será paga o valor de R$ 25,00 (vinte e cinco reais) por hora-aula (60 minutos), em conformidade com a carga horária prevista em termo
de compromisso, não ultrapassando os limites estipulados em lei e nas normas internas do Instituto Dom Moacyr.
14. DO INÍCIO DAS ATIVIDADES
14.1 As atividades serão iniciadas em dia, horário e local estabelecidos pela Coordenação do Centro Educacional Profissional e Tecnológica ao qual o
curso está vinculado, cabendo ao Mediador de Aprendizagem acatar integralmente essas definições sob pena de desligamento do programa.
38 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 38
DIÁRIO OFICIAL

15. DOS IMPEDIMENTOS


15.1 Para cumprir as funções discriminadas é necessário ter disponibilidade equivalente a carga horária contratada e estabelecida neste edital, bem
como, ter ciência de que os horários e locais são definidos pela Coordenação do Centro de Educação Profissional e Tecnológica são inegociáveis,
atendendo a necessidade da execução do Pronatec e respeitando o disposto na Instrução Normativa nº 01/2014.
15.2 Caso o candidato aprovado não cumpra o disposto no item 15.1 deverá obrigatoriamente assinar o Termo de Desistência à vaga.
16. CRONOGRAMA
16.1 O Processo Seletivo obedecerá ao seguinte cronograma, podendo, porém, ter suas datas alteradas conforme disposição da Comissão do
Processo Seletivo:
Atividades Período
Inscrição/Entrega de documento 11 a 14 de novembro de 2014
Análise Documental 14 a 18 de novembro de 2014
Resultado da Análise Documental 19 de novembro de 2014
Período para Interposição de Recurso 20 de novembro de 2014
Divulgação do Resultado da análise dos recursos 21 de novembro de 2014
Divulgação e homologação do Resultado Final do processo seletivo simplificado 24 de novembro de 2014

17. DA VALIDADE
17.1 O Processo Seletivo terá validade de 01 (um) ano a partir da data de publicação do resultado final e homologação, podendo ser prorrogado
por igual período conforme necessidade da instituição.
18 DOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA
18.1 Das vagas, 10% (Dez por cento) serão destinadas aos portadores de deficiência na forma do inciso VIII, do artigo 37 da Constituição Federal
e o artigo 12 da Lei Complementar nº 39/93 e suas alterações.
18.2 Serão considerados portadores de deficiências os candidatos enquadrados na Lei Federal nº 7.853 de 24 de outubro de 1989 e Decreto Fe-
deral nº 3.298 de 20 de dezembro de 1999 e suas alterações.
18.3 Caso a aplicação do percentual de que trata o subitem 18.1 resulte em número fracionado, este deverá ser elevado até o primeiro número inteiro
subsequente, desde que não ultrapasse a 10% das vagas oferecidas.
18.4 Para fins de recrutamento, a deficiência da qual o candidato seja portador deverá ser compatível com as atribuições da atribuição a qual concorre.
18.5 Para concorrer a uma dessas vagas, o candidato portador de deficiência deverá, impreterivelmente, sob pena de desclassificação:
a) No ato da inscrição, declarar-se portador de deficiência;
b) Juntar laudo médico original ou cópia autenticada, emitido nos últimos doze meses, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com
expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID), bem como a provável causa da deficiência, na
forma do subitem 18.2, conforme especificado no Decreto nº 3.298/99 e suas alterações.
18.6 O laudo médico deverá ser acondicionado no envelope, no ato da inscrição.
18.7 O laudo médico (original ou cópia autenticada) não será devolvido e não serão fornecidas cópias dos documentos.
18.8 A não observância do disposto no subitem 19.2, a reprovação na perícia médica ou o não comparecimento à perícia acarretará a perda do
direito às vagas reservadas aos candidatos em tais condições.
18.9 Os candidatos classificados e considerados portadores de deficiência terão seus nomes publicados em lista à parte e figurarão na lista de
classificação geral.
18.10 Os candidatos que se declararem pessoas com deficiência participarão deste Processo Seletivo em igualdade de condições com os demais
candidatos, como determinam os artigos 37 e 41, do Decreto nº 3.298/99, e alterações posteriores.
18.11 As vagas destinadas às pessoas com deficiência no subitem 18.1 que não forem preenchidas por falta de candidatos, por reprovação no
Processo Seletivo, serão preenchidas pelos demais candidatos, concorrentes às vagas gerais, observada a ordem de classificação.
19. DAS DISPOSIÇÕES E INSTRUÇÕES FINAIS
19.1. A aprovação no processo seletivo assegurará apenas a expectativa de direito a recrutamento, ficando a concretização deste ato condicionada
à observância das disposições legais pertinentes, da disponibilidade do curso, do interesse e conveniência do IDM, bem como da respectiva dispo-
nibilidade financeira, da rigorosa ordem de classificação e do prazo de validade do processo seletivo.
19.2 A inscrição do candidato implicará o conhecimento destas normas e o compromisso de cumpri-las.
19.3 É de inteira responsabilidade de o candidato acompanhar todas as publicações referentes a este processo seletivo.
19.4 Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão da Seleção, em primeira instância e Coordenação Geral do Pronatec em segunda instância.
Rio Branco – Acre, 07 de novembro de 2014.

Maria Rita Paro de Lima


Diretora Presidente
Decreto n° 7.270/2014
Decreto n° 7.270/2014

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 30/2014


QUADRO DE VAGAS
ANEXO I
CEFLORA
CRUZEIRO DO SUL
Técnico de Nível Médio em Logística
CARGA CANDIDATOS COM
UNIDADE TEMÁTICA REQUISITOS MÍNIMOS TURNO VAGAS TOTAL
HORÁRIA DEFICIÊNCIA
Bacharel em Análises de Sistema ou Sistema de Manhã 1 - 1
Informação ou em Economia ou Licenciatura em Tarde 1 - 1
Matemática, ou Bacharel em Ciências Contábeis
Estatística e Excel Avançado 40
ou Ciências Econômicas ou Administração com
Noite 2 - 2
habilidade em Excel, ou Técnico em Manutenção
e Suporte em Informática.
Bacharel em Sistema da Informação, ou Análi- Manhã 1 - 1
se de Sistemas, ou Redes de Computadores, Tarde 1 - 1
ou Ciências da Computação, ou Engenharia da
Computação, ou Curso Superior em Gestão da
Sistema de Informação e
20 Tecnologia da Informação, ou Análise e Desenvol-
Logística
vimento de Sistemas, ou Técnico em Informática, Noite 2 - 2
ou Técnico em Informática para Internet, ou Habi-
litação e Especialização em Sistema de Informa-
ção e Logística.
39 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 39
DIÁRIO OFICIAL

Bacharel em Direito, ou Ciências Contábeis, ou Manhã 1 - 1


Direito Tributário 32 Administração, ou Economia ou qualquer área Tarde 1 - 1
com pós-graduação em Direito Tributário. Noite 1 - 1
Bacharel em Administração, ou Ciências Contábeis, Manhã 1 - 1
ou Economia, ou Análise de Sistemas ou Sistemas Tarde 1 - 1
Gerenciamento de Projetos 32
de Informação ou Qualquer graduação com especia-
Noite 1 - 1
lização em Gerenciamento de Projetos.
Licenciatura Plena em Letras Inglês, ou qualquer
outra área com comprovação de certificação de
Inglês Técnico 40 Noite 2 - 2
curso de língua inglesa com carga horaria supe-
rior a 400 horas.
Curso Superior em Língua Portuguesa, ou Curso
Comunicação e expressão 40 h Superior em Pedagogia, com experiência com- Noite - 1
1
provada na área do curso.
Graduação em Análise de Sistema, ou Gradu-
ação em Sistema de Informação ou Graduação
em Ciências da Computação ou Graduação em
Engenharia da Computação ou Graduação em
Gestão da Tecnologia da Informação, ou Análise
Introdução à Tecnologia da e Desenvolvimento de Sistemas, ou Curso Supe-
40 h Noite - 1
Informação rior de Tecnologia em Redes de Computadores,
ou Técnico em Informática, ou Técnico em Infor- 1
mática para Internet, ou Técnico em Manutenção
e Suporte em Informática, ou Técnico em Redes
de Computadores, com experiência comprovada
na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Desenvolvimento Humano 32 h em Psicologia, ou Tecnólogo em Recursos Huma- Noite - 1
nos, ou Técnico em Administração, com experiên- 1
cia comprovada na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Técnico em
Princípios da Administração 44 h Administração com experiência comprovada na Noite - 1
1
área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
Fundamentos Gerais da perior em Tecnologia em Logística, ou 5º Período
40 h Noite - 1
Logística do Curso Superior em Tecnologia em Logística, 1
ou Técnico em Logística.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Ciências Contábeis, ou Curso Superior em Admi-
nistração, ou Curso Superior em Tecnologia em
Ética Profissional 32 h Noite - 1
Recursos Humanos, ou Curso Superior em Ges-
1
tão de Pessoas, ou Pós-Graduação em Gestão
de Pessoas, ou Recursos Humanos.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Ciências Contábeis, ou Curso Superior em Admi-
Direito Empresarial 32 h nistração, ou Curso Superior em Economia, ou Noite - 1
1
Especialização em Direito Empresarial, com ex-
periência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Administração de Empresas,
ou formação em qualquer área com Pós Gradu-
Gestão da Qualidade 32 h Noite - 1
ação em Gestão da Qualidade. Experiência com- 1
provada na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Especialis-
ta em Logística, ou Tecnólogo em Logística, ou
Gestão de Estoque 28 h Noite 1 - 1
Técnico em Logística com experiência comprova-
da na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Especialis-
Movimentação e Armaze- ta em Logística, ou Tecnólogo em Logística, ou
28 h Noite - 1
nagem Técnico em Logística com experiência comprova- 1
da na área do curso.
Curso Superior em Letras com Habilitação em Es-
panhol, ou Curso Superior em qualquer área de
conhecimento com comprovação de proficiência
Espanhol 40 h Noite - 1
em nível avançado em espanhol ou Certificação 1
de Conclusão do Curso de Idiomas em Língua
Espanhol.
Curso Superior em Logística, ou Técnico em Lo-
gística, ou Técnico em Comércio Exterior, ou Curso
Logística Internacional e
76 h Superior em Administração com Habilitação em Co- Noite - 1
Aduaneira
mércio Exterior, ou Curso Superior em Economia. 1
Experiência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Logística, ou Curso Superior
em Administração de Empresas, ou formação em
Gestão da Produção 40 h qualquer área com Pós Graduação em Gestão da Noite - 1
1
Produção ou Logística. Experiência comprovada
na área do curso.
Curso Superior em Logística, ou Curso Superior
em Administração de Empresas, ou formação em
Logística Reversa 28 h qualquer área com Pós Graduação em Gestão da Noite - 1
Produção ou Logística, ou Técnico em Logística. 1
Experiência comprovada na área do curso.
40 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 40
DIÁRIO OFICIAL

Curso Superior em Comunicação Social, ou Curso


Superior em Publicidade e Propaganda, ou Curso
Marketing 20 h Noite - 1
Superior em Administração, ou Técnico em Marke- 1
ting, com experiência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Logística, ou Curso Superior
em Administração de Empresas, ou formação em
Transportes e Distribuição 76 h qualquer área com Pós Graduação em Gestão da Noite 1 - 1
Produção ou Logística, ou Técnico em Logística.
Experiência comprovada na área do curso.
Técnico de Nível Médio em Guia de Turismo
Geografia e Cartografia
52 Graduação em Geografia. Manhã 1 - 1
Aplicada ao Turismo
Graduação em Engenharia Florestal, ou Gestão
Princípios de Ecologia e Pro-
32 Ambiental, ou Ciências Biológicas, ou Graduação Manhã 1 - 1
teção ao Meio Ambiente
em Geografia.
Graduação em Enfermagem, ou curso de forma-
Primeiros Socorros 20 Manhã 1 - 1
ção na área específica do módulo.
Técnico de Nível Médio em Florestas
Manejo de Florestas Plan-
60 Graduação em Engenharia Florestal. Manhã 1 - 1
tadas
Manejo de Fauna Silvestre 40 Graduação em Engenharia Florestal. Manhã 1 - 1
Graduação em Engenharia Florestal e Gestão
Legislação Florestal 60 Manhã 1 - 1
Ambiental.
Graduação em Engenharia Florestal e Gestão
Educação Ambiental 62 1 - 1
Ambiental. Manhã
Engenharia Civil, ou Engenheiro Eletricista am-
bos com especialização em Segurança no Traba-
lho, ou Tecnólogo em Segurança do Trabalho, ou
Segurança no Trabalho 40 Manhã 1 - 1
Técnico de Nível Médio em Segurança no Traba-
lho, ou qualquer graduação com especialização
em Segurança no Trabalho.
Técnico de Nível Médio em Serviços Públicos
Tarde 1 - 1
Redação Oficial e Técnica 40 Licenciatura em Letras Português.
Noite 1 - 1
Bacharel em Análises de Sistema, ou Sistema de Tarde 1 - 1
Introdução a Tecnologia da Informação, ou Técnico em Manutenção e Supor-
40
Informação te em Informática, ou Curso Superior em Tecnolo- Noite 1 - 1
gia em Gestão da Informação.
Curso Superior em Letras Português, com experi-
Comunicação e expressão Noite 1 - 1
40 ência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Letras Inglês, ou qualquer área
Inglês Técnico com comprovação de certificação de curso de lín- Noite 1 - 1
40
gua inglesa com carga horaria de 400 horas.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Desenvolvimento
em Psicologia, ou Tecnólogo em Recursos Huma- Noite 1 - 1
Humano 32
nos, ou Técnico em Administração. Experiência
comprovada na área do curso.
Curso Superior em qualquer área de Tecnologia,
Planilhas Eletrônicas ou Técnico em Manutenção e Suporte em Infor- Noite 1 - 1
40
mática.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
Gestão de Material e Patri- perior em Ciências Contábeis, ou Técnico em
Noite 1 - 1
mônio 40 Administração. Experiência comprovada na área
do curso.
Curso Superior em Matemática, ou Curso Supe-
rior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Matemática Financeira
em Economia, ou Curso Superior em Engenharia Noite 1 - 1
40
Civil, ou Curso Superior em Engenharia Elétrica,
ou Curso Superior em Administração.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Ciências Contábeis, ou Curso Superior em Admi-
Comportamento e Ética nistração, ou Curso Superior em Tecnologia em
Noite 1 - 1
Profissional 32 Recursos Humanos, ou Curso Superior em Ges-
tão de Pessoas, ou Pós-Graduação em Gestão
de Pessoas, ou Recursos Humanos.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Psicologia, ou Tecnólogo em Gestão de
Gestão de Pessoas Noite 1 - 1
56 Pessoas, ou Técnico em Administração. Experi-
ência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Economia, ou Curso Superior em Administração, Noite 1 - 1
Plano Diretor 38
ou Curso Superior em Ciências Contábeis.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
Fundamentos de Contabili- perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Noite 1 - 1
dade Pública 48 em Economia, ou Curso Superior em Logística,
ou Técnico em Comércio Exterior.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Lei de Responsabilidade
Economia, ou Curso Superior em Administração, Noite 1 - 1
Fiscal 32
ou Curso Superior em Ciências Contábeis.
41 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 41
DIÁRIO OFICIAL

Protocolo e Cerimonial e Curso Superior em Administração, ou Curso Su-


Noite 1 - 1
Eventos 40 perior em Turismo.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Licitação Economia, ou Curso Superior em Administração, Noite 1 - 1
40
ou em Curso Superior em Ciências Contábeis.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Fundamentos da Administra-
Economia, ou Curso Superior em Administração, Noite 1 - 1
ção Pública 48
ou em Curso Superior em Ciências Contábeis.
Curso Superior em Administração, ou Curso Supe-
Gestão de Documentos e rior em Secretariado Executivo, ou Curso Superior
Noite 1 - 1
Arquivística 60 em Ciências Contábeis, ou Curso Superior em
Economia, ou Curso Superior em Comércio.
Curso Superior em Direito, ou curso Superior em
Logística, ou Curso Superior em Administração
Patrimônio Público, Materiais
de Empresas, ou formação em qualquer área com
e Logística Noite 1 - 1
54 Pós Graduação em Gestão da Produção ou Lo-
gística, Técnico em Logística. Experiência com-
provada na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Gestão Participativa em Economia, ou Curso Superior em Logística, Noite 1 - 1
42
ou Curso Superior em Comércio Exterior, ou Téc-
nico em Comércio Exterior.
FEIJÓ
Técnico de Nível Médio em Administração
Graduação em Matemática, ou Graduação em Ci-
ências Contábeis, ou Graduação em Economia,
ou Graduação em Administração, ou qualquer
Matemática Financeira 70 Manhã 1 - 1
área de formação com Pós Graduação em Fi-
nanças, com experiência comprovada na área do
cargo pretendido.
Graduação em Psicologia, ou Graduação em Ad-
ministração, ou Tecnólogo em Gestão de Pesso-
Psicologia Social e Relações
40 as com habilitação em Recursos Humanos, com Manhã 1 - 1
Interpessoais
experiência comprovada na área do cargo preten-
dido.
Técnico de Nível Médio em Logística
Graduação em Língua Portuguesa, ou Gradua-
Comunicação e Expressão 40 Manhã 1 - 1
ção em Pedagogia
Graduação em Análise de Sistema, ou Gradu-
ação em Sistema de Informação ou Graduação
em Ciências da Computação ou Graduação em
Engenharia da Computação ou Graduação em
Gestão da Tecnologia da Informação, ou Análise
e Desenvolvimento de Sistemas, ou Curso Supe-
Tecnologia da Informação 40 Manhã 1 - 1
rior de Tecnologia em Redes de Computadores,
ou Técnico em Informática, ou Técnico em Infor-
mática para Internet, ou Técnico em Manutenção
e Suporte em Informática, ou Técnico em Redes
de Computadores, com experiência comprovada
na área do cargo pretendido.
Graduação em Direito, ou Graduação em Economia,
ou Graduação em Ciências Contábeis, ou Graduação
Direito Empresarial 32 Manhã 1 - 1
em Administração de Empresa, com experiência com-
provada na área do cargo pretendido.
Licenciatura Plena em Letras com Habilitação em
Espanhol, ou Curso de Licenciatura Plena em
qualquer área de conhecimento com comprova-
Espanhol 40 Manhã 1 - 1
ção de proficiência em espanhol, ou Certificação
de Conclusão do Curso de Idiomas em Língua
Espanhola.
Graduação em Análise de Sistema, ou Graduação
em Sistema de Informação, ou Tecnologia da Infor-
Sistema de Informação 20
mação, ou Tecnólogo em Logística, ou Técnico em Manhã 1 - 1
Logística
Logística, ou Graduação em Administração com ha-
bilitação em Análise de Sistemas.
Graduação em Matemática, ou Graduação em Ci-
ências Contábeis, ou Graduação em Economia,
ou Graduação em Administração, ou Técnico em
Estatística e Excel Avançado 40 Manutenção e Suporte em Informática, ou Gradu- Manhã 1 - 1
ação em Análise de Sistema, ou Graduação em
Sistema de Informação, com habilidade compro-
vada com o programa Excel.
Graduação em Administração, ou Tecnólogo em
Gestão de Estoque 28 Logística, ou Técnico em Logística, com experi- Manhã 1 - 1
ência comprovada na área do cargo pretendido.
Graduação em Administração, ou Técnico em Ad-
ministração, ou Tecnólogo em Logística, ou Técnico
Movimentação e Armazenagem 28 Manhã 1 - 1
em Logística, com experiência comprovada na área
de estocagem/armazenagem e movimentação.
42 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 42
DIÁRIO OFICIAL

Graduação em Direito, ou Graduação em Ciên-


cias Contábeis, ou Graduação em Administração,
Direito Tributário 32 Manhã 1 - 1
ou Graduação em Economia, com experiência
comprovada na área do cargo pretendido.
Graduação em Administração, ou Graduação em
Análise de Sistemas, ou Graduação em Sistemas
de Informação, ou formação em qualquer área
Gerenciamento de Projetos 32 Manhã 1 - 1
com Pós-Graduação em Gerenciamento de Pro-
jetos e com experiência comprovada na área do
cargo pretendido.
Graduação em Administração, ou Graduação em
Logística, ou Técnico em Gestão da Produção, ou
Gestão de Produção 40 formação em qualquer área com Pós Graduação Manhã 1 - 1
em Gestão da Produção e com experiência com-
provada na área do cargo pretendido.
Graduação em Administração, ou Técnico em
Administração, ou Graduação em Logística, ou
Gestão da Qualidade 32 formação em qualquer área com Pós Graduação Manhã 1 - 1
em Gestão da Produção e com experiência com-
provada na área do cargo pretendido.
Graduação em Administração com habilitação em
logística, ou formação em qualquer área com Pós
28
Logística Reversa Graduação em Gestão da Produção, ou Técnico Manhã 1 - 1
em Logística, com experiência comprovada na
área do cargo pretendido.
Graduação em Administração com habilitação em
Marketing, ou Graduação em Marketing, ou Gra-
duação em Propaganda e Publicidade, ou Téc-
Marketing 20 nico em Marketing, ou Técnico em Propaganda Manhã 1 - 1
e Publicidade, ou Graduação em Comunicação
Social, com experiência comprovada na área do
cargo pretendido.
Graduação em Administração com habilitação em
Logística, ou Graduação em Logística, ou Técni-
co em Logística ou formação em qualquer área
Transporte e Distribuição 76 Manhã 1 - 1
com Pós Graduação em Gestão da Produção, ou
Técnico em Administração, com experiência com-
provada na área do cargo pretendido.
Técnico de Nível Médio em Serviços Públicos
Curso Superior em Letras Português com experi-
Comunicação e expressão 40 Noite 1 - 1
ência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Análises de Sistema, ou Curso
Superior em Sistema de Informação, ou Curso Su-
perior em Ciências da Computação, ou Curso Su-
perior em Engenharia da Computação, ou Curso
Superior em Gestão da Tecnologia da Informação,
Introdução à Tecnologia da
40 ou Curso Superior em Análise e Desenvolvimento Noite 1 - 1
Informação
de Sistemas, ou Curso Superior de Tecnologia em
Redes de Computadores, ou Técnico em Informá-
tica, ou Técnico em Informática para Internet, ou
Técnico em Manutenção e Suporte em Informáti-
ca, ou Técnico em Redes de Computadores.
Curso Superior em Letras Inglês, ou qualquer
área de conhecimento com comprovação de cer-
Inglês Técnico 40 Noite 1 - 1
tificação de curso de língua inglesa com carga
horaria de 400 horas.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Desenvolvimento Humano 32 em Psicologia, ou Tecnólogo em Recursos Huma- Noite 1 - 1
nos, ou Técnico em Administração. Experiência
comprovada na área do curso.
Curso Superior em qualquer área de tecnologia, ou
Planilhas Eletrônicas Noite 1 - 1
40 Técnico em Manutenção e Suporte em Informática.

Curso Superior em Língua Portuguesa. Experiên-


Redação Oficial e Técnica 40 Noite 1 - 1
cia comprovada na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Curso Supe-
Gestão de Material e Patri-
40 rior em Ciências Contábeis, ou Técnico em Adminis- Noite 1 - 1
mônio
tração. Experiência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Matemática, ou Curso Supe-
rior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Matemática Financeira
40 em Economia, ou Curso Superior em Engenharia Noite 1 - 1
Civil, ou Curso Superior em Engenharia Elétrica,
ou Curso Superior em Administração.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Ciências Contábeis, ou Curso Superior em Admi-
nistração, ou Curso Superior em Recursos Huma-
Comportamento e Ética 32 Noite 1 - 1
nos, ou Curso Superior em Gestão de Pessoas,
Profissional
ou Pós-Graduação em Gestão de Pessoas ou
Recursos Humanos.
43 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 43
DIÁRIO OFICIAL

Curso Superior em Administração, ou Curso Su-


perior em Psicologia, ou Tecnólogo em Gestão de
56 Noite 1 - 1
Gestão de Pessoas Pessoas, ou Técnico em Administração. Experi-
ência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Plano Diretor 38 Economia, ou Curso Superior em Administração, Noite 1 - 1
ou Curso Superior em Ciências Contábeis.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
Fundamentos de Contabili- perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
48 Noite 1 - 1
dade Pública em Economia, ou Curso Superior em Logística, ou
Curso Superior em Comércio Exterior.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Lei de Responsabilidade
32 Economia, ou Curso Superior em Administração, Noite 1 - 1
Fiscal
ou Curso Superior em Ciências Contábeis.
Protocolo e Cerimonial e Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
40 Noite 1 - 1
Eventos perior em Turismo.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Licitação 40 Economia, ou Curso Superior em Administração, Noite 1 - 1
ou Curso Superior em Ciências Contábeis.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Fundamentos da Administração
48 Economia, ou Curso Superior em Administração, Noite 1 - 1
Pública
ou Curso Superior em Ciências Contábeis.
Curso Superior em Administração, ou Curso Supe-
Gestão de Documentos e rior em Secretariado Executivo, ou Curso Superior
Noite 1 - 1
Arquivística 60 em Ciências Contábeis, ou Curso Superior em
Economia, ou Curso Superior em Comércio.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Logística, ou Curso Superior em Administração de
Patrimônio Público, Materiais Empresas, ou formação em qualquer área de co-
Noite 1 - 1
e Logística nhecimento com Pós Graduação em Gestão da
54
Produção ou Logística, ou Técnico em Logística.
Experiência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Gestão Participativa
42 em Economia, ou Curso Superior em Logística, Noite 1 - 1
ou Curso Superior em Comércio Exterior, ou Téc-
nico em Comércio Exterior.
MANCIO LIMA
Técnico de Nível Médio em Serviços Públicos
Bacharel em Análises de Sistema, ou Sistema de
Informação, ou Curso Superior em Tecnologia em
Planilhas Eletrônicas 40 Gestão da Tecnologia da Informação, ou Gradua- Tarde 1 - 1
ção em qualquer área de tecnologia ou Técnico em
Manutenção e suporte em informática.
Graduação em Turismo, ou Relações Públicas, ou
Protocolo e cerimonial de
40 Curso de Licenciatura Plena em qualquer área do Tarde 1 - 1
eventos
conhecimento com experiência comprovada na área.
TARAUACÁ
Técnico de Nível Médio em Agropecuária - ZONA URBANA
Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gra-
duação em Engenharia Agrícola, ou Técnico em
Mecanização Agrícola 40 Manhã 1 - 1
Agropecuária, ou Técnico Agrícola, com experiên-
cia profissional na área do cargo pretendido.
Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gra-
duação em Engenharia Agrícola, ou Técnico em
Irrigação e Drenagem 52 Manhã 1 - 1
Agropecuária, com experiência profissional com-
provada na área do cargo pretendido.
Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gradu-
ação em Engenharia Agrícola, ou Graduação em
Cadeia Produtiva Vegetal 50 Ciências Biológicas, ou Técnico em Agropecuária, Manhã 1 - 1
ou Técnico em Agroindústria, com experiência em
processamento de produtos animal e vegetal.
Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gradu-
ação em Engenharia Agrícola, ou Graduação em
Cadeia Produtiva Animal 50 Ciências Biológicas, ou Técnico em Agropecuária, Manhã 1 - 1
ou Técnico em Agroindústria, com experiência em
processamento de produtos animal e vegetal.
Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gradu-
ação em Engenharia Agrícola, ou Graduação em
Zootecnia, ou Graduação em Medicina Veterinária,
Apis e Melíponas 40 Manhã 1 - 1
ou Técnico em Agropecuária, ou Técnico em Agroflo-
restal, ou Técnico em Agroecologia, com experiência
prática comprovada na área do cargo pretendido.
Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gradu-
ação em Engenharia Agrícola, ou Graduação em
Ciências Agrárias, ou Graduação em Medicina Vete-
Suinocultura 40 Manhã 1 - 1
rinária, ou Graduação em Zootecnia, ou Técnico em
Agropecuária, com experiência profissional compro-
vada na área do cargo pretendido.
44 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 44
DIÁRIO OFICIAL

Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gradu-


ação em Engenharia Agrícola, ou Graduação em
Bovinocultura de Corte e de Ciências Agrárias, ou Graduação em Medicina Vete-
80 Manhã 1 - 1
Leite rinária, ou Graduação em Zootecnia, ou Técnico em
Agropecuária, com experiência profissional compro-
vada na área do cargo pretendido.
Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gradu-
ação em Engenharia Agrícola, ou Graduação em
Ciências Agrárias, ou Graduação em Medicina Vete-
Ovinocultura 40 Manhã 1 - 1
rinária, ou Graduação em Zootecnia, ou Técnico em
Agropecuária, com experiência profissional compro-
vada na área do cargo pretendido.
Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gra-
duação em Engenharia Civil, ou Graduação em Ar-
quitetura, ou Tecnólogo em Topografia, ou Técnico
Topografia 60 Manhã 1 - 1
em Agrimensura, ou Técnico em Agropecuária, ou
Técnico em Topografia, com experiência profissional
comprovada na área do cargo pretendido.
Graduação em Engenharia Agronômica, ou Gra-
duação em Engenharia Agrícola, ou Graduação
em Medicina Veterinária, Graduação em Zootec-
Manejo de Pastagem 40 Manhã 1 - 1
nia, Técnico em Agropecuária, ou Técnico Agríco-
la, com experiência profissional comprovada na
área do cargo pretendido.
Graduação em Ciências Sociais, ou Graduação em
Filosofia, ou Graduação em Serviço Social, ou Gra-
duação em Engenharia Agronômica, ou Graduação
Organização Social 72 em Engenharia Florestal, ou Graduação em Adminis- Manhã 1 - 1
tração, ou Técnico em Agropecuária, ou Graduação
em qualquer área com experiência comprovada em
Associativismo e Cooperativismo.
Técnico de Nível Médio em Administração
Curso Superior em Letras Português com experi-
Comunicação e expressão Noite 1 - 1
40 ência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Análises de Sistema, ou Cur-
so Superior em Sistema de Informação, ou Curso
Superior em Ciências da Computação, ou Curso
Superior em Engenharia da Computação, ou Curso
Superior em Gestão da Tecnologia da Informação,
Introdução à Tecnologia da
40 ou Curso Superior em Análise e Desenvolvimento Noite 1 - 1
Informação
de Sistemas, ou Curso Superior de Tecnologia em
Redes de Computadores, ou Técnico em Informáti-
ca, ou Técnico em Informática para Internet, ou Téc-
nico em Manutenção e Suporte em Informática, ou
Técnico em Redes de Computadores.
Curso Superior em Letras Inglês, ou qualquer
área de conhecimento com comprovação de cer-
Inglês Técnico Noite 1 - 1
40 tificação de curso de língua inglesa com carga
horária de 400 horas.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Desenvolvimento
em Psicologia, ou Tecnólogo em Recursos Huma- Noite 1 - 1
Humano 32
nos, ou Técnico em Administração. Experiência
comprovada na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Técnico em Ad-
Introdução à Administração 44 Noite 1 - 1
ministração. Experiência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior em
Ciências Contábeis, ou Curso Superior em Admi-
Direito Empresarial 48 nistração, ou Curso Superior em Economia com Noite 1 - 1
Especialização em Direito Empresarial. Experiên-
cia comprovada na área do curso.
Curso Superior em Economia, ou Curso Superior
Economia 40 em Administração. Experiência comprovada na Noite 1 - 1
área do curso.
Curso Superior em Psicologia, ou Curso Superior
Psicologia Social e Relações em Administração, ou Tecnólogo em Gestão de
40 Noite 1 - 1
Interpessoais Pessoas, ou Técnico em Administração. Experi-
ência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Psicologia, ou Tecnólogo em Gestão de
Gestão de Pessoas 40 Noite 1 - 1
Pessoas, ou Técnico em Administração. Experi-
ência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Estatística 40 em Economia, ou Técnico em Administração, ou Noite 1 - 1
Curso Superior em Matemática. Experiência com-
provada na área do curso.
Curso Superior em Comunicação Social, ou Curso
Superior em Publicidade e Propaganda, ou Curso
Marketing 68 Noite 1 - 1
Superior em Administração, ou Técnico em Marketing,
com experiência comprovada na área do curso.
45 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 45
DIÁRIO OFICIAL

Curso Superior em Administração, ou Curso Supe-


Contabilidade Básica 80 rior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior em Noite 1 - 1
Economia, ou Técnico em Administração.
Curso Superior em Matemática, ou Curso Supe-
rior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
Matemática Financeira 70 em Economia, ou Curso Superior em Engenharia Noite 1 - 1
Civil, ou Curso Superior em Engenharia Elétrica,
ou Curso Superior em Administração.
Curso Superior em Administração de Empresas,
ou formação em qualquer área de conhecimento
Gestão da Qualidade 40 Noite 1 - 1
com Pós Graduação em Gestão da Qualidade. Ex-
periência comprovada na área do curso.
Curso Superior em Logística, ou Curso Superior
em Administração de Empresas, ou formação em
qualquer área de conhecimento com Pós Gradu-
Logística 40 Noite 1 - 1
ação em Gestão da Produção ou Logística, ou
Técnico em Logística. Experiência comprovada
na área do curso.
Curso Superior em Administração, ou Curso Su-
perior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior
em Economia, ou Curso Superior em Tecnologia
Empreendedorismo 40 Noite 1 - 1
em Logística, ou Curso Superior em Comércio
Exterior, ou Técnico em Administração, ou Técni-
co em Comércio Exterior.
Curso Superior em Administração, ou Curso Supe-
Administração de Produção 60 rior em Ciências Contábeis, ou Curso Superior em Noite 1 - 1
Economia, ou Técnico em Administração.
Técnico de Nível Médio em Logística
Graduação em Administração, ou Ciências Con-
tábeis ou em Psicologia ou Tecnólogo em Re-
Desenvolvimento Humano 32 cursos Humanos, ou Técnico em Administração, Tarde 1 - 1
com experiência comprovada na área do cargo
pretendido.
Graduação em Administração, ou Graduação em
Direito, ou Graduação em Ciências Contábeis, ou
Ética Profissional 32 Tarde 1 - 1
Tecnologia em Recursos Humanos, ou Gestão de
Pessoas.
Graduação em Administração com habilitação em
Marketing, ou Propaganda e Publicidade, ou Gra-
duação em Comunicação Social, ou Graduação
Marketing 20 Tarde 1 - 1
em Publicidade e Propaganda, ou Técnico em
Marketing, com experiência comprovada na área
do cargo pretendido.
Graduação em Direito, ou Graduação em Admi-
nistração, ou Graduação em Ciências Contábeis,
Direito Empresarial 32 Tarde 1 - 1
ou Graduação em Economia, com experiência
comprovada na área do cargo pretendido.
Graduação em Administração, ou Graduação em Eco-
nomia, ou formação em qualquer área com Pós Gra-
Gestão da Qualidade 32 Tarde 1 - 1
duação em Gestão da Qualidade, com experiência
comprovada na área do cargo pretendido.
Graduação em Administração, ou Graduação em
Economia, ou Tecnólogo em Logística, ou Técnico
Sistema de Informação 20 em Logística, ou Graduação em Análise de Siste-
Tarde 1 - 1
Logística mas, ou Graduação em Sistemas de Informação
com habilitação em Análise de Sistemas, com ex-
periência comprovada na área do cargo pretendido.
Graduação em Administração, ou Graduação em
Economia, ou Especialista em Logística, ou Tecnó-
Movimentação e Armazenagem 28 Tarde 1 - 1
logo em Logística, ou Técnico em Logística, com ex-
periência comprovada na área do cargo pretendido.
Graduação em Direito, ou Graduação em Admi-
nistração, ou Graduação em Ciências Contábeis,
Direito Tributário 32 Tarde 1 - 1
ou Graduação em Economia, com experiência
comprovada na área do cargo pretendido.

ANEXO II
SERVIÇOS
RIO BRANCO
Área Técnica de Gestão
Técnico de Nível Médio em Logística
CARGA CANDIDATOS COM
UNIDADE TEMÁTICA REQUISITOS MÍNIMOS TURNO VAGAS TOTAL
HORÁRIA DEFICIÊNCIA
Curso Superior em Língua Inglesa ou Certifica-
Inglês Técnico 40 ção de Conclusão do Curso de Idiomas em Lín- Tarde 2 - 2
gua Inglesa, com carga horária mínima de 400h.
Curso Superior em Administração e/ou Espe-
cialista em Logística, ou Tecnólogo em Logísti-
Movimentação e Armazenagem 28 ca ou Técnico em Logística ou Curso Superior Tarde 1 - 1
em Engenharia da Produção ou Pós Graduação
em Gestão da Produção.
46 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 46
DIÁRIO OFICIAL

Curso Superior em Análises de Sistema ou


Curso Superior em Sistema de Informação ou
Curso Superior em Ciências da Computação ou
Curso Superior em Engenharia da Computação
ou Curso Superior em Gestão da Tecnologia da
Informação ou Curso Superior em Análise e De-
Tecnologia da Informação 40 Tarde 1 - 1
senvolvimento de Sistemas ou Curso Superior
em Tecnologia em Redes de Computadores ou
Técnico em Informática ou Técnico em Informá-
tica para Internet ou Técnico em Manutenção e
Suporte em Informática ou Técnico em Redes
de Computadores.
Tecnólogo em Logística, ou Técnico em Logísti-
ca, ou Curso Superior em Análise de Sistemas,
Sistema de Informação
20 ou Curso Superior em Sistemas de Informação, Tarde 3 - 3
Logística
ou Curso Superior em Administração com habi-
litação em Analise de Sistemas.
Curso Superior em Ciências Contábeis, ou Curso
Superior em Ciências Econômicas, ou Curso Supe-
Estatística e Excel Avançado 40 rior em Administração, ou Curso Superior em Mate- Tarde 4 - 4
mática, com habilidade com programa Excel, com
experiência comprovada na área de formação.
Curso Superior em Direito, ou Curso Superior
em Ciências Contábeis, ou Curso Superior em
Direito Tributário 32 Administração, ou Curso Superior em Econo- Tarde 3 - 3
mia com pós-graduação em Direito Tributário e
docência profissional.
Curso superior em Logística ou Técnico em Lo-
gística, ou Técnico em Comércio Exterior, ou
Logística Internacional e
76 Curso Superior em Administração ou Curso Su- Tarde 3 - 3
Aduaneira
perior em Administração com Habilitação em Co-
mércio Exterior ou Curso Superior em Economia.
Curso Superior em Ciências Contábeis, ou Cur-
so Superior em Administração, ou Curso Supe-
Gerenciamento de Projetos 32 rior em Análise de Sistemas, ou Curso Superior Tarde 2 - 2
em Sistemas de Informação, com Pós-Gradua-
ção em Gerenciamento de Projetos.
Curso Superior em Tecnologia em Logística ou Téc-
Logística Reversa 28 Tarde 1 - 1
nico em Logística ou Bacharel em Administração.
Curso Superior em Logística ou Técnico em
Logística ou Curso Superior em Administração
Transporte e Distribuição 76 Tarde 2 - 2
ou Curso Superior em Administração com Pós
Graduação em Logística empresarial.
Curso Superior em Letras com Habilitação em
Espanhol, ou Curso de Licenciatura Plena em
qualquer área do conhecimento com comprova-
Espanhol 40 Tarde 2 - 2
ção de proficiência em nível avançado em es-
panhol, ou Certificação de Conclusão do Curso
de Idiomas em Língua Espanhol.
Curso Superior em Logística, Curso Superior
em Administração de Empresas ou Curso Su-
Gestão da Produção 40 perior em Engenharia da Produção ou Pós Gra- Tarde 2 - 2
duação em Gestão da Produção ou Logística
ou Curso Superior em Economia.
Técnico de Nível Médio em Logística
Curso Superior em Língua Inglesa ou Certifica-
Inglês Técnico 40 ção de Conclusão do Curso de Idiomas em Lín- Noite 1 - 1
gua Inglesa, com carga horária mínima de 400h.
Curso Superior em Ciências Contábeis, ou Cur-
so Superior em Economia, ou Curso Superior em
Estatística e Excel Avançado 40 Administração, ou Curso Superior em Matemá- Noite 1 - 1
tica, com habilidade com programa Excel com
experiência comprovada na área de formação.
Curso Superior em Logística ou Técnico em
Logística Reversa 28 Noite 1 - 1
Logística ou Curso Superior em Administração.
CAPIXABA
Área Técnica de Gestão
Técnico de Nível Médio em Logística
Curso Superior em Administração de Empresas
ou formação em qualquer área com Pós Gradu-
Gestão da Qualidade 32 Noite 1 - 1
ação em Gestão da Qualidade com experiência
comprovada na área de formação.
Tecnólogo em Logística, ou Técnico em Logística,
ou Curso Superior em Análise de Sistemas, ou
Sistema de Informações
20 Curso Superior em Sistemas de Informação, ou Noite 1 - 1
Logística
Curso Superior em Administração com habilitação
em Analise de Sistemas, com experiência na área.
Curso Superior em Língua Inglesa ou Certifica-
Inglês Técnico 40 ção de Conclusão do Curso de Idiomas em Lín- Noite 1 - 1
gua Inglesa com carga Horária Mínima de 400h.
47 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 47
DIÁRIO OFICIAL

Curso Superior em Análises de Sistema ou Curso


Superior em Sistema de Informação ou Curso Su-
perior em Ciências da Computação ou Curso Su-
perior em Engenharia da Computação ou Curso
Superior em Gestão da Tecnologia da Informação
Introdução Tecnologia da
40 ou Curso Superior em Análise e Desenvolvimento Noite 1 - 1
Informação
de Sistemas ou Curso Superior de Tecnologia em
Redes de Computadores ou Técnico em Informá-
tica ou Técnico em Informática para Internet ou
Técnico em Manutenção e Suporte em Informáti-
ca ou Técnico em Redes de Computadores.
Curso Superior em Ciências Contábeis, ou Cur-
so Superior em Economia, ou Curso Superior em
Estatística e Excel Avançado 40 Administração, ou Curso Superior em Matemá- Noite 1 - 1
tica, com habilidade com programa Excel com
experiência comprovada na área de formação.
Curso Superior em Administração e/ou Espe-
cialista em Logística, ou Tecnólogo em Logísti-
Gestão de Estoque 28 ca ou Técnico em Logística, ou Curso Superior Noite 1 - 1
em Engenharia da Produção ou Pós Graduação
em Gestão da Produção.
Curso Superior em Administração e/ou Espe-
cialista em Logística, ou Tecnólogo em Logísti-
Movimentação e Armazenagem 28 ca ou Técnico em Logística, ou Curso Superior Noite 1 - 1
em Engenharia da Produção ou Pós Graduação
em Gestão da Produção.
Curso Superior em Letras com Habilitação em
Espanhol, ou Curso de Licenciatura Plena em
qualquer área do conhecimento com comprova-
Espanhol 40 Noite 1 - 1
ção de proficiência em nível avançado em es-
panhol, ou Certificação de Conclusão do Curso
de Idiomas em Língua Espanhola.
Curso superior em Logística ou Técnico em Lo-
gística, ou Técnico em Comércio Exterior, ou
Logística Internacional e
76 Curso Superior em Administração ou Curso Su- Noite 1 - 1
Aduaneira
perior em Administração com Habilitação em Co-
mércio Exterior ou Curso Superior em Economia.
Curso Superior em Ciências Contábeis, ou Cur-
so Superior em Administração, ou Curso Supe-
Gerenciamento de Projetos 32 rior em Análise de Sistemas, ou Curso Superior Noite 1 - 1
em Sistemas de Informação, com Pós-Gradua-
ção em Gerenciamento de Projetos.
Curso Superior em Logística, Curso Superior
em Administração de Empresas ou Curso Su-
Gestão da Produção 40 perior em Engenharia da Produção ou Pós Gra- Noite 1 - 1
duação em Gestão da Produção ou Logística
ou Curso Superior em Economia.
Curso Superior em Logística ou Técnico em
Logística Reversa 28 Noite 1 - 1
Logística ou Curso Superior em Administração.
Curso Superior em Administração, Técnico em
Marketing 20 Marketing, ou Curso Superior em Publicidade e Noite 1 - 1
Propaganda.
Curso Superior em Logística ou Técnico em
Logística ou Curso Superior em Administração
Transporte e Distribuição 76 Noite 1 - 1
ou Curso Superior em Administração com Pós
Graduação em Logística empresarial.
Área Técnica de Serviços
Técnico de Nível Médio em Trânsito
Operação de Transporte Graduação em qualquer área com experiência
80 Manhã 1 - 1
Urbano e/ou cursos comprovada na área.
Veículos, Máquinas e Equi- Graduação em qualquer área, com experiência
80 Manhã 1 - 1
pamentos e/ou cursos comprovada na área.
Graduação em Engenharia, com conhecimento
Introdução a Engenharia de
80 em engenharia de trafego e sinalização viária Manhã 2 - 2
Tráfego
com experiência comprovada na área.
Licenciatura Plena em Letras Inglês, ou qual-
quer outra área com comprovação de certifica-
Inglês Técnico 40 Manhã 1 - 1
ção de curso de língua inglesa com carga hora-
ria superior a 400 horas.
Bacharel em Análises de Sistema ou Sistema
Introdução a Tecnologia da
40 de Informação ou Curso Superior em Tecnolo- Manhã 1 - 1
Informação
gia em Gestão da Tecnologia da Informação.
Higiene e Segurança no Graduação em Arquitetura ou Técnico em
20 Manhã 1 - 1
Trabalho Segurança no Trabalho.
Teoria da Cor 32 Graduação em Artes Visuais ou Arquitetura. Manhã 1 - 1
Graduação em Arquitetura ou Designer de
Linguagem Técnica 20 Manhã 1 - 1
Produto ou Desenho Industrial.
Graduação em Arquitetura ou Design de Produto
Desenho Técnico I 48 Manhã 1 - 1
ou Desenho Industrial.
Maquinas Manuais e Esta-
40 Técnico em Marcenaria. Manhã 1 - 1
cionárias
48 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 48
DIÁRIO OFICIAL

Graduação em Arquitetura ou Designer de


Materiais e Acabamentos 36 Manhã 1 - 1
Produto ou Desenho Industrial.
Estofaria 28 Designer de Produto ou Técnico em Estofaria. Manhã 1 - 1
Graduação em Arquitetura ou Designer de Pro-
Desenho Técnico II 32 Manhã 1 - 1
duto ou Desenho Industrial.
Designer de Produto, Tecnólogo em Marketing,
Formação de Preço 32 ou Graduação em Arquitetura com experiência Manhã 1 - 1
em elaboração orçamentaria.
Técnico de Nível Médio em Design de Móveis
Maquinas Manuais e Esta-
36 Técnico em Marcenaria. Manhã 1 - 1
cionárias
Estofaria 28 Design de Produto ou Técnico em Estofaria. Manhã 1 - 1
Designer de Produto, Tecnólogo em Marketing,
Formação de Preço 32 ou Graduação em Arquitetura com experiência Manhã 1 - 1
em elaboração orçamentaria.
Técnico de Nível Médio em Publicidade
Bacharelado em Publicidade ou Comunicação
Briefing 28 Social com habilitação em Publicidade ou Tec- Tarde 1 - 1
nólogo em Marketing ou Técnico em web design.
Licenciatura em Artes Visuais, Bacharelado em
Criação, Manipulação e Publicidade ou Comunicação Social com habilita-
90 Tarde 1 - 1
Tratamento de Imagem ção em Publicidade ou Técnico em Design Gráfi-
co, com experiência em tratamento de imagens.
Bacharel em Publicidade ou Tecnologia da In-
formação ou Técnico em Design Gráfico ou Co-
Diagramação 40 Tarde 1 - 1
municação Social com habilitação em Publici-
dade, com experiência em Diagramação.
Bacharelado em Publicidade ou Comunicação
Mídias em Rede Social 24 Social com habilitação em Publicidade ou Tec- Tarde 1 - 1
nólogo em Marketing ou Técnico em web design.
Tecnólogo Audiovisual ou Bacharelado em Publi-
cidade ou Comunicação Social com habilitação
Produção de Áudio e Vídeo 82 Tarde 1 - 1
em Publicidade ou Técnico em Design Gráfico,
com experiência em Produção de Áudio e Vídeo.
Técnico de Nível Médio em Paisagismo
Bacharel em Arquitetura e Urbanismo; ou
Desenho Computacional 2D 44 Tarde 1 - 1
Técnico Cadista.
Estética e Acabamentos 24 Bacharel em Arquitetura e Urbanismo. Tarde 1 - 1
Bacharel em Arquitetura e Urbanismo; ou
Modelagem Computacional 3D 44 Tarde 1 - 1
Técnico Cadista.
Técnico de Nível Médio em Paisagismo
Bacharel em Arquitetura e Urbanismo; ou
Desenho Computacional 2D 44 Manhã 1 - 1
Técnico Cadista.
Estética e Acabamentos 24 Bacharel em Arquitetura e Urbanismo. Manhã 1 - 1
Bacharel em Arquitetura e Urbanismo; ou
Modelagem Computacional 3D 44 Manhã 1 - 1
Técnico Cadista.

ANEXO III
SAÚDE
CANDIDATOS COM
REQUISITOS MÍNIMOS TURNO VAGAS TOTAL
DEFICIÊNCIA
Assis Brasil
Técnico de Nível Médio em Enfermagem - 800h
Bacharel Enfermagem Noite 1 - 1
Acrelândia
Técnico de Nível Médio em Nutrição e Dietética - 800h
Bacharel Nutrição com experiência em mediação Tarde 1 - 1
Técnico de Nível Médio em Nutrição e Dietética - 80h
Bacharel em Sistema de Informação ou curso superior em Gestão da Tecnologia da Infor-
Tarde 1 - 1
mação ou Técnico em Informática
Técnico de Nível Médio em Saúde Bucal - 800h
Bacharel em Odontologia Manhã 1 - 1
Brasiléia
Técnico de Nível Médio em Saúde Bucal - 800h
Bacharel em Odontologia Noite 1 - 1
Feijó
Técnico de Nível Médio em Saúde Bucal - 800h
Bacharel em Odontologia Noite 1 - 1
Técnico de Nível Médio em Enfermagem - 800h
Bacharel em enfermagem Noite 1 - 1
Mâncio Lima
Técnico de Nível Médio em Enfermagem - 800h
Bacharel em enfermagem Noite 1 - 1
Plácido de Castro
Técnico de Nível Médio em Nutrição e Dietética - 800h
Bacharel Nutrição com experiência em mediação Manhã 1 - 1
Técnico de Nível Médio em Nutrição e Dietética - 80h
Bacharel em Sistema de Informação ou curso superior em Gestão da Tecnologia da Infor-
Manhã 1 - 1
mação ou Técnico em Informática
Porto Acre
Técnico de Nível Médio em Nutrição e Dietética - 800h
Bacharel Nutrição com experiência em mediação Manhã 1 - 1
49 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 49
DIÁRIO OFICIAL

Técnico de Nível Médio em Nutrição e Dietética - 80h


Bacharel em Sistema de Informação ou curso superior em Gestão da Tecnologia da Infor-
Manhã 1 - 1
mação ou Técnico em Informática
Rio Branco
Técnico de Nível Médio em Análises Clínicas - 700h
Bacharel em Bioquímica ou Biomedicina Noite 1 - 1
Bacharel em Bioquímica ou Biomedicina Tarde 2 - 2
Técnico de Nível Médio em Citopatologia - 800h
Bacharel em Bioquímica ou Biomedicina Noite 1 - 1
Técnico de Nível Médio em Hemoterapia - 700h
Bacharel em Bioquímica ou Biomedicina Noite 1 - 1
Técnico de Nível Médio em Radiologia - 40h
Licenciado em Língua Inglesa Tarde 1 - 1
Informática Básica - 80h
Bacharel em Sistema de Informação ou curso superior em Gestão da Tecnologia da
Manhã 4 - 4
Informação ou Técnico em Informática
Bacharel em Sistema de Informação ou curso superior em Gestão da Tecnologia da
Tarde 4 - 4
Informação ou Técnico em Informática
Bacharel em Sistema de Informação ou curso superior em Gestão da Tecnologia da
Noite 2 - 2
Informação ou Técnico em Informática
Rodrigues Alves
Técnico de Nível Médio em Enfermagem - 800h
Bacharel em enfermagem Tarde 1 - 1
Santa Rosa
Técnico de Nível Médio em Enfermagem - 800h
Bacharel em enfermagem Manhã 1 - 1
Sena Madureira
Técnico de Nível Médio em Nutrição e Dietética - 800h
Bacharel Nutrição com experiência em mediação Noite 1 - 1
Técnico de Nível Médio em Nutrição e Dietética - 80h
Bacharel em Sistema de Informação ou curso superior em Gestão da Tecnologia da Infor-
Noite 1 - 1
mação ou Técnico em Informática
Senador Guiomard
Técnico de Nível Médio em Análises Clínicas - 700h
Bacharel em Bioquímica ou Biomedicina Noite 1 - 1
Técnico em Saúde Bucal - 800h
Bacharel em Odontologia Manhã 1 - 1
Tarauacá
Técnico de Nível Médio em Enfermagem - 800h
Bacharel em enfermagem Noite 3 - 3

GASTRONOMIA E HOSPITALIDADE
Rio Branco
Técnico de Nível Médio em Cozinha - 100h
Tecnólogo em Gastronomia, ou Técnico em Panificação Manhã 2 - 2
Técnico de Nível Médio em Guia de Turismo - 40h
Curso Superior em Letras Inglês Manhã 2 - 2
Técnico de Nível Médio em Guia de Turismo - 60h
Curso Superior em História Manhã 2 - 2
Curso Superior em História Noite 2 - 2
Técnico de Nível Médio em Guia de Turismo - 84h
Curso Superior em Geografia Manhã 2 - 2
Técnico de Nível Médio em Guia de Turismo - 52h
Curso Superior em Geografia Noite 2 2
Técnico de Nível Médio em Guia de Turismo - 140h
Técnico em Guia de Turismo Manhã 2 - 2
Técnico em Guia de Turismo Noite 2 - 2

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 30/2014


ANEXO IV
FICHA DE INSCRIÇÃO PARA OS ANEXOS I e II – CEPTs CEFLORA e SERVIÇOS
DADOS DO CANDIDATO
NOME:
RG: CPF:
PORTADOR DE DEFICIENCIA: ( ) NÃO ( ) SIM - QUAL:
DADOS DA INSCRIÇÃO
MUNICÍPIO CURSO (conforme anexo I e II) UNIDADE TEMÁTICA CARGA HORÁRIA TURNO

LOCAL E DATA_____________________________ _____ / _____ / _____.

Assinatura do candidato Assinatura do responsável pela inscrição


50 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 50
DIÁRIO OFICIAL

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - Nº 30/2014


FICHA DE INSCRIÇÃO PARA OS ANEXOS I e II – CEPTs CEFLORA e SERVIÇOS
(comprovante de inscrição - Via do Candidato)
DADOS DO CANDIDATO
NOME:
RG: CPF:
PORTADOR DE DEFICIENCIA: ( ) NÃO ( ) SIM - QUAL:
DADOS DA INSCRIÇÃO
MUNICÍPIO CURSO (conforme anexo I e II) UNIDADE TEMÁTICA CARGA HORÁRIA TURNO

LOCAL E DATA_____________________________ _____ / _____ / _____.

Assinatura do candidato Assinatura do responsável pela inscrição

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 30/2014


ANEXO V
FICHA DE INSCRIÇÃO PARA O ANEXO III – CURSOS TÉCNICOS ÁREA DA SAÚDE E GASTRONOMIA/HOSPITALIDADE

DADOS DO CANDIDATO
NOME:
RG: SSP: CPF
DATA DE NASCIMENTO:
NATURALIDADE: NACIONALIDADE:
TELEFONE: CELULAR:
E-MAIL:
PORTADOR DE DEFICIENCIA: ( ) NÃO ( ) SIM - QUAL:
DADOS DA INSCRIÇÃO
MUNICÍPIO CURSO (conforme anexo III) CARGA HORÁRIA TURNO

LOCAL E DATA____________________________________________ _____ / _____ / _____.

Assinatura do candidato Assinatura do responsável pela inscrição

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - Nº 30/2014


FICHA DE INSCRIÇÃO PARA O ANEXO III – CURSOS TÉCNICOS ÁREA DA SAÚDE E GASTRONOMIA/HOSPITALIDADE
(comprovante de inscrição - Via do Candidato)
DADOS DO CANDIDATO
NOME:
RG: SSP: CPF
DATA DE NASCIMENTO:
NATURALIDADE: NACIONALIDADE:
TELEFONE: CELULAR:
E-MAIL:
PORTADOR DE DEFICIENCIA: ( ) NÃO ( ) SIM - QUAL:
DADOS DA INSCRIÇÃO
MUNICÍPIO CURSO (conforme anexo III) CARGA HORÁRIA TURNO

LOCAL E DATA____________________________________________ _____ / _____ / _____.

Assinatura do candidato Assinatura do responsável pela inscrição

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 30/2014


ANEXO VI
REQUERIMENTO PARA RECURSO
IDENTIFICAÇÃO PESSOAL
NOME: DATA DE NASCIMENTO:
CPF: RG:
CARGO A QUE CONCORRE:
MUNICÍPIO AO CARGO QUE CONCORRE:
CURSO:
( ) pontuação atingida pelo candidato
O PRESENTE RECURSO REFERE-SE A: ( ) desclassificação do candidato
( ) eliminação do candidato
JUSTIFICATIVA DO CANDIDATO

______________________, _____ de ___________________ de 2014.

__________________________________________
Assinatura do candidato

INSTRUCÕES:
Somente serão analisados pela Comissão do Processo Seletivo os recursos protocolados dentro dos prazos previstos e formulados de acordo com
as normas estabelecidas no item 11 deste Edital.
51 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 51
DIÁRIO OFICIAL

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 30/2014 REPUBLICADO POR INCORRECÃO


ANEXO VII
DECLARAÇÃO DE QUE NÃO HÁ INCOMPATIBILIDADE GOVERNO DO ESTADO DO ACRE
OU IMPEDIMENTO PARA O RECRUTAMENTO INSTITUTO DE MEIO AMBIENTE DO ACRE - IMAC
Eu, (nome completo), brasileiro, (estado civil), (profissão), RG nº, CPF
nº, DECLARO, para os devidos fins, que não possuo Cargo em Comis- EXTRATO DO CONTRATO Nº. 040/2014
são – CEC ou Função Gratificada no âmbito da Administração Pública,
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 1315/2014
bem como que (OPÇÃO 1: não possuo nenhum vínculo capaz de gerar
PARTES: Instituto de Meio Ambiente do Acre - IMAC e FIORINI INDÚS-
conflito de carga horária; ou OPÇÃO 2: o desempenho das atividades
que serão por mim exercidas no âmbito do PRONATEC não trará ne- TRIA E COMÉRCIO DE MÓVEIS LTDA.
nhum prejuízo a minha carga horária regular e ao atendimento do plano OBJETIVO: O presente Contrato tem por objeto a aquisição de 01 (uma)
de metas da instituição a qual estou vinculado), não restando incompati- mesa para reunião 2650x1300x750m (LxPxA) tampo powerbox estru-
bilidades ou impedimentos que impliquem no meu recrutamento. tura Inox Wengue Linha Business 77044 Danna a fim de suprir as de-
Rio Branco/AC, _____ de _________ de 2014. mandas do IMAC, em conformidade com Proposta da CONTRATADA
e Mapa comparativo de preço, partes integrantes deste Contrato, inde-
____________________________________________________ pendente de transcrição.
(NOME DO RECRUTADO) VALOR: O valor global do Contrato é de R$ 4.328,80 (quatro mil e tre-
(CPF DO RECRUTADO) zentos e vinte e oito reais e oitenta centavos).
Rio Branco – Acre, 07 de novembro de 2014. VIGÊNCIA: O prazo de vigência do contrato será até 31 de dezembro de
2014, contados a partir da data de sua assinatura.
Maria Rita Paro de Lima
DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: As despesas decorrentes da exe-
Diretora Presidente
Decreto n° 7.270/2014 cução dos serviços a que alude este Contrato correrão à conta
do Programas de Trabalho: 720.202.2765.0000 [Manutenção das
Atividades Administrativas e Financeiras do IMAC]; Fonte: 100/
IMAC OGE; 720.202.1811.0000 [Controle Ambiental das Atividades
Poluidoras]; Fonte de Recurso: 100/OGE; 720.202.2762.0000
REPUBLICADO POR INCORREÇÃO [Controle dos Desmatamentos e Queimadas]; Fonte: 100/OGE;
720.202.1809.0000 [Modernização do Sistema de Licenciamen-
GOVERNO DO ESTADO DO ACRE to, Monitoramento e Fiscalização Ambiental]; 720.605.2763.0000
INSTITUTO DE MEIO AMBIENTE DO ACRE - IMAC [Atividades a cargo do Fundo Especial de Meio Ambiente do Esta-
do do Acre – FEMAC]; Fonte: 700 FEMAC; Elemento de Despesa:
EXTRATO DO CONTRATO Nº.039/2014 44.90.52.00 [Material Permanente].
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº.1290/2014
DATA E LOCAL DA ASSINATURA: 08/08/2014 - Rio Branco - AC.
PARTES: Instituto de Meio Ambiente do Acre - IMAC e C. COM INFOR-
MÁTICA IMP. EXP. E COM. LTDA.
OBJETIVO: O presente Contrato tem por objeto a aquisição de 02 (dois) ASSINAM: Sr. Sebastião Fernando Ferreira Lima, pela CONTRATANTE
Arquivos com 04 (quatro) gavetas 453x500x1597mm (LXPXA) metal pre- e Sr. Gleison da Silva Ferreira e Sr. Marilson Melo Cavalcante, pela
to/carvalho milano linha reflexxus light 7227 Danna, a fim de suprir as ne- CONTRATADA.
cessidades do CONTRATANTE, conforme Proposta da CONTRATADA e _________________________________________________________
Mapa Comparativo, que passa a integrar este contrato, com seus anexos,
independentemente de transcrição, para todos os fins e efeitos legais. EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 05/2014
VALOR: O CONTRATANTE pagará a CONTRATADA o valor total de R$ PROCESSO N.º 0428/2014
821,20 (oitocentos e vinte e um reais e vinte centavos). PARTES: Instituto de Meio Ambiente do Acre – IMAC e as Empresas
VIGÊNCIA: O prazo de vigência do contrato será até 31 de dezembro de Universo Cartuchos LTDA, S&S Com. e Serv. Imp. e Exp. LTDA, SER-
2014, contados a partir da data de sua assinatura. MATEC Com. e Serv. Imp. LTDA, Estação da Recarga Produtos para
DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: As despesas decorrentes do presente Informática LTDA.
Contrato encontram-se previstas nos seguintes Programas de Traba- OBJETO: A presente Ata tem por objeto o registro de preços visando
lhos: Programa de Trabalho: 720.202.2765.0000 (Manutenção das Ati-
a aquisição de Equipamentos de Material de Consumo (informática)
vidades Administrativas e Financeiras do IMAC); Elemento de Despesa:
Cartuchos de Tinta para Impressoras do IMAC, conforme especifica-
44.90.52.00 (Equipamentos e Material Permanente); Fonte 100/OGE.
DATA E LOCAL DA ASSINATURA: 01.10.2014 - Rio Branco/AC. ções do anexo I (Termo de Referência) do Edital de Licitação para
Registro de Preços – Pregão nº. 510/2014 – CPL 03 e propostas de
ASSINAM: Sr. Sebastião Fernando Ferreira Lima, pela CONTRATANTE preço apresentada pelas empresas vencedoras do referido Pregão,
e Sr. Cristiano Alves Ferreira, pela CONTRATADA. conforme abaixo especificada, que passam, para todos os efeitos, a
fazer parte da presente Ata.

Item Discriminação Empresa vencedora Tipo de empresa Quantid. Valor Unitário Valor Total
Cartucho de tinta para impressora Deskjet
1 Universo Cartuchos ltda ME 40 R$ 30,00 R$ 1.200,00
HP 840, ref. C6615 NL, HP 15 preto.
Cartucho de tinta para impressora Deskjet
2 S&S com.e serv.imp.e exp. ltda ME 150 R$ 34,00 R$ 5.100,00
HP D1560, ref. C9351BL, HP 21, Preto.
Cartucho de tinta para impressora Deskjet Sermatec com. e serv. Imp e
3 ME 10 R$ 30,42 R$ 304,20
HP 2740, ref. C9351 BL, HP 27, preto. exp. ltda
Cartucho de tinta para impressora Deskjet
4 Universo Cartuchos ltda ME 50 R$ 50,00 R$ 2.500,00
HP 850, ref. 51645 AL, HP 45, preto.
Cartucho de tinta para impressora Deskjet
5 S&S com.e serv.imp.e exp. ltda ME 30 R$ 36,00 R$ 1080,00
HP D4260, ref. CB 335 WL, HP 74, preto.
Cartucho de tinta para impressora Deskjet
6 S&S com.e serv.imp.e exp. ltda ME 10 R$ 39,00 R$ 390,00
HP 5740, ref. C8765WL, HP 94, preto.
Cartucho de tinta para impressora Deskjet
7 Universo Cartuchos ltda ME 150 R$ 48,00 R$ 7.200,00
HP D1560, ref. C9352AL, HP 22, colorido.
Toner para impressora monocromática HP
8 Estação da Recarga ME 150 R$ 150,00 R$ 22.500,00
Laser Jet 1320 ref. Q5949A, preto.
Toner para impressora monocromática HP
9 Estação da Recarga ME 520 R$ 149,00 R$ 77.480,00
Laser Jet 1102 ref. 85 A, preto.
Toner para impressora monocromática HP
10 Estação da Recarga ME 120 R$ 150,00 R$ 18.000,00
Laser Jet 3050 ref. Q2612A, preto.
Toner para impressora Lexmark serie E - 120
11 S&S com.e serv.imp.e exp. ltda ME 20 R$ 159,00 R$ 3.180,00
ref.12018SL, preto, rendimento 2.000 páginas.
Toner para impressora Samsung MUL-
12 Universo Cartuchos ltda ME 20 R$ 150,00 R$ 3.000,00
TD1055 ref. 105S preto.
13 Toner para impressora Samsung SCX 4521, preto. Universo Cartuchos ltda ME 20 R$ 150,00 R$ 3.000,00
Toner para impressora Laser Xerox Phaser
14 Universo Cartuchos ltda ME 20 R$ 150,00 R$ 3.000,00
3250 ref. 106R01373, preto.
Total R$ 147.934,20
52 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 52
DIÁRIO OFICIAL

FONTE: 100 – OGE/RP. tar nº 39, de 29 de dezembro de 1993, CITA, pelo presente edital a
VIGÊNCIA: 12 (doze) meses, contados a partir da assinatura da ata. servidora da Fundação Hospital do Acre – FUNDHACRE, senhora
DATA E LOCAL DA ASSINATURA: 29.10.2014 - Rio Branco (AC). Claudia Aparecida dos Santos Porto, Servente, matrícula nº. 203530-
1, por não comparecer a Gerência de Pessoas deste Hospital das
ASSINAM: Sebastião Fernando Ferreira Lima; Sandra Khalil Abder de Clínicas, conforme acordo firmado constante à fl. 18, para no prazo
Carvalho Rahman; Rynaldo Lucio dos Santos; Leonir Adilar Kretschmer; de 10 (dez) dias, a partir da publicação deste edital, comparecer na
Jameires Fig. de Melo Kretschmer e Márcio Jose de Amorim de Carvalho Estrada Dias Martins, BR 364, KM 02, sala da Gerência de Gestão
de Pessoas, em Rio Branco – Acre, a fim de apresentar defesa escri-
ISE ta no processo administrativo disciplinar nº. 0021958-7/2014, a que
responde, sob pena de revelia.
EXTRATO DO SEGUNDO TERMO ADITIVO AO CONTRATO N.º 071/2012 Rio Branco, Acre. 10.11.2014
PARTES: O Estado do Acre através do Instituto Sócio Educativo do Es-
tado do Acre – ISE e a Empresa SOUZA E PASTOR LTDA. Elisa Mara da Silva Carneiro Braga
OBJETO: O presente termo aditivo tem como objeto a prorrogação do Presidente
prazo de vigência da Cláusula Quarta do contrato nº 071/2012. Consta no Processo a via original devidamente assinada
DA VIGÊNCIA E DO VALOR: A prorrogação da vigência do referido con- _________________________________________________________
trato é para o período de 13 de outubro de 2014 a 13 de outubro de 2015.
RATIFICAÇÃO: As demais cláusulas permanecem inalteradas. TERMO DE ADESÃO Nº 100/2014/ FUNDHACRE
DATA DA ASSINATURA: 13 de outubro de 2014. PROCESSO: 0021164-5/2014-FUNDHACRE
ATA Nº 408/2014 – PREGÃO ELETRÔNICO POR SRP 377/2013 – CPL
ASSINAM: LEONARDO DAS NEVES CARVALHO, Presidente e a
04 - SESACRE
Senhora IRIS PASTOR DE SOUZA, contratada.
A Fundação Hospital Estadual do Acre- FUNDHACRE, com sede na
BR-364, Km 02, Bairro Distrito Industrial, neste Município, inscrito
JUCEAC no CNPJ sob o nº. 63.602.940/0001-70, neste ato representado por
seu Superintendente, Senhor Carlos Eduardo Alves, brasileiro, ca-
EXTRATO DO CONTRATO Nº 013/2014 sado, fisioterapeuta, portador de RG n° 5789197-1 SSP/PR e CPF
PARTES: Junta Comercial do Estado do Acre - JUCEAC e o Auto Posto JC V Ltda. nº 003.608.659-25, com endereço profissional localizado na BR-364,
OBJETO: Contratação de empresa para fornecimento de combustível para aten- Km 02, Bairro Distrito Industrial, Rio Branco – Acre, nos termos do
der aos veículos próprios ou locados pela JUCEAC, pelo período de 02 meses. artigo 15 da Lei Federal n° 8.666/93, ADERE a ATA DE REGISTRO
DO VALOR: O Valor mensal estimado do presente Contrato é de 660,00 DE PREÇOS Nº 408/2014 – PREGÃO ELETRÔNICO POR SRP Nº
(seiscentos e sessenta reais). 377/2013 – CPL 04 - SESACRE, firmado entre a Secretaria de Estado
VIGÊNCIA: 02 meses, a contar de 03/11/2014, com término em 31/12/2014. de Saúde - SESACRE, com sede na Rua Marechal Deodoro n.º 830,
DA DESPESA: Programa de trabalho - 752.205.29990000; Natureza da Centro, nesta cidade, neste ato representado pelo Secretário Adjunto
Despesa - 33 90 30 00; Fonte de Recurso - 700. de Atenção à Saúde, o Sr. Irailton de Lima Souza, e a empresa Braga
DATA E LOCAL DA ASSINATURA: 31 de outubro de 2014 – Rio Branco – Acre. & Braga - LTDA. Pessoa Jurídica de Direito Privado, inscrita no CNPJ
Nº. 63.607.790/0001-98, com sede à Rua 8 de maio, nº 651 – Bairro
Assinam o presente Contrato: Leandro Domingos Teixeira Pinto e José Placas – Rio Branco - AC, Fone (68) 3228-6057, E-mail: braga2bra-
Édson Figueiredo Dantas, pela Contratante e Márcia Bernardino da Silva. ga@gmail.com, representado neste ato pela Senhor Vitor Pessoa No-
gueira, firmam o presente TERMO DE ADESÃO.
FUNDAÇÕES PÚBLICAS DO OBJETO
Adesão a ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 408/2014 – PRE-
GÃO ELETRÔNICO POR SRP Nº 377/2013 – CPL 04 - SESA-
FUNDHACRE CRE, para contratação de empresa para Aquisição de Material
Médico Hospitalar, visando atender as necessidades da Funda-
EDITAL DE CITAÇÃO ção Hospital Estadual do Acre - FUNDHACRE, conforme condi-
O Presidente da Comissão de Processo Administrar Disciplinar ins- ções e preços estabelecidos neste Termo de Adesão, bem como
tituída pela Portaria nº. 06 de 30.09.2014, da Superintendência do no Edital da ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 408/2014 –
Hospital das Clínicas, tendo em vista o artigo 216 da lei complemen- PREGÃO ELETRÔNICO POR SRP Nº 377/2013 – CPL 04 - SE-
SACRE, assim discriminados.

Braga & Braga - LTDA. Pessoa Jurídica de Direito Privado, inscrita no CNPJ Nº. 63.607.790/0001-98, com sede à Rua 8 de maio, nº 651 – Bairro
Placas – Rio Branco - AC, Fone (68) 3228-6057, E-mail: braga2braga@gmail.com
VALOR VALOR TOTAL
ITEM DESCRIÇÃO DO PRODUTO MARCA UND QTD
LICITADO LICITADO
1 Cabo para tens, universal (pto 2 vias, acessório de eletroterapia. HTM UND 10 R$ 99,00 R$ 990,00
Luva de segurança, com sistema de costura grafatex de kevlar reversível
2 HSB PAR 24 R$ 130,00 R$ 3.120,00
com punho de raspa, para temperatura de até 300 graus.
Luva tricotada em algodão 4 fios, para proteção das mãos contra agentes
3 YELING PAR 72 R$ 9,00 R$ 648,00
abrasivos e escoriantes.
4 Malha ortopédica de poliéster – 06 cm de larg. por 15 MT. MSÓ RL 36 R$ 70,00 R$ 2.520,00
5 Malha ortopédica de poliéster – 08 cm de larg. por 15 MT. MSÓ RL 36 R$ 70,00 R$ 2.520,00
6 Malha ortopédica de poliéster – 10 cm de larg. por 15 MT. MSÓ RL 48 R$ 85,00 R$ 4.080,00
7 Malha ortopédica de poliéster – 12 cm de larg. por 20 MT. MSÓ RL 36 R$ 110,00 R$ 3.960,00
Articulação de joelho c/ anel de trava, contendo hastes longas de 20 mm,
12 que possibilite a conexão entre estes por meio de encaixe e parafusos, em POLIOR CJ 20 R$ 600,00 R$ 12.000,00
aço e duralumínio, com acabamento, tamanho-Grande.
Kit de componentes p/ confecção de prótese endoexquelética transtibial,
sistema liner sem conexão, contendo: Liner de GEL de poliuretano, sem
conexão distal, valvular de expulsão automática de ar com rosca p/ posi-
cionamento lateral do encaixe, joelheira de gel, adaptador p/ encaixa c/
21 POLIOR KIT 120 R$ 1.300,00 R$ 156.000,00
núcleo piramidal tipo grapa, adaptador tubular c/ braçadeira, adaptador
c/ tubo, revestimento cosmético em espuma, 02 meias cor da pele, adap-
tador p/ ligamento do revestimento ao pé, adaptador para pé, e pé sach
anatômico com dedos.
Válvula de expulsão automática de ar para posicionamento lateral no en-
22 caixe (sistema com rosca). Indicada para próteses abaixo e acima do joe- POLIOR CJ 35 R$ 290,00 R$ 10.150,00
lho, para combinação com o Liner sem conexão, e com a joelheira de gel.
Alginato para impressões - Classificado como Tipo II, com presa normal,
23 apresentando excelente elasticidade e compatibilidade com gesso. Emba- POLIOR UND 30 R$ 28,00 R$ 840,00
lagem com 410g.
24 Pigmento para silicone, embalagem com 100g, cor Rosa Pele. TROPICALIA FR 04 R$ 60,00 R$ 240,00
53 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 53
DIÁRIO OFICIAL

Cola Adesiva para silicone - Colagem de peças de silicone, em palmilhas


29 de silicone, tais como: elevações, por meio de recortes de placas, barras, BRASCOLA UND 20 R$ 90,00 R$ 1.800,00
pilotos, etc. embalagem com 50g.
Massa de Silicone Shore a 50, Utilizado na Confecção de Prótese de Silico-
ORTHO
30 ne para Amputação Parcial de Pé. Almofadas Personalizadas para Alívio de KG 20 R$ 900,00 R$ 18.000,00
PAUHER
Pressão em Cartuchos de Próteses ou Órteses. Embalagem com 01 kg.
Massa de Silicone Shore a 20, Utilizado na Confecção de Prótese de Silico-
ORTHO
31 ne para Amputação Parcial de Pé. Almofadas Personalizadas para Alívio de KG 10 R$ 900,00 R$ 9.000,00
PAUHER
Pressão em Cartuchos de Próteses ou Órteses. Embalagem com 01 kg.
Massa de Silicone para Ortoplastia, Indicação: Confecção de pequenas
órteses para o conforto e correção. Possui características especiais de ORTHO
32 UND 10 R$ 270,00 R$ 2.700,00
elasticidade e resistência, não deforma e não possui em sua composição PAUHER
produtos que provoquem alergia ou irritação. Embalagem 400G.
Polipropileno de alta resistência, homopolímero, cor preta. Temperatura de
33 BELFANO PL 25 R$ 240,00 R$ 6.000,00
trabalho aprox. 170 °C. Dimensões 1000 X 2000 X 3mm.
Polipropileno de alta resistência, homopolímero, cor preta. Temperatura de ORTHO
34 PL 25 R$ 190,00 R$ 4.750,00
trabalho aprox. 170 °C. Dimensões 1000 X 2000 X 4mm. PAUHER
Polipropileno de alta resistência, homopolímero, cor bege. Temperatura de ORTHO
38 PL 15 R$ 140,00 R$ 2.100,00
trabalho aprox. 170 °C. Dimensões 1000 X 2000 X 4mm. PAUHER
Polipropileno de alta resistência, homopolímero, cor bege. Temperatura de ORTHO
39 PL 15 R$ 180,00 R$ 2.700,00
trabalho aprox. 170 °C. Dimensões 1000 X 2000 X 5mm. PAUHER
45 Apoio Axilar para Muleta, material injetável. DILEPE UND 25 R$ 50,00 R$ 1.250,00
46 Apoio de Mão para Muleta Axilar, material, injetável. DILEPE UND 25 R$ 45,00 R$ 1.125,00
Roda dianteira em PU tamanho 200 x 50, com garfo plástico e eixo remo-
49 PIRELLE UND 30 R$ 150,00 R$ 4.500,00
vível para cadeira de rodas.
Roda dianteira para cadeira de rodas c/6 com pneu PU (anti-furo), garfo de
51 ORTOMIX UND 20 R$ 98,00 R$ 1.960,00
nylon e eixo com sistema Quick.
55 Botão de pressão em ferro niquelado, nº: 03 – CX c/ 1.000 peças. TROPICALIA CX 03 R$ 200,00 R$ 600,00
56 Botão de pressão em ferro niquelado, nº: 04 – CX c/ 1.000 peças. TROPICALIA CX 03 R$ 200,00 R$ 600,00
Escova de aço cilíndrica - escova de aço com encaixe para adaptador,
57 Ø externo 150 mm e largura 30 mm, contendo adaptador, peso 0,890Kg, POLIOR UND 02 R$ 700,00 R$ 1.400,00
Suporte rosca M16, peso 0,310kg.
Feltro, placa c/ 100 cm x100cm x 8 mm de espessura, alta densidade,
58 TROPICALIA MT 04 R$ 495,00 R$ 1.980,00
permite a utilização na confecção de peças para polimento em PP.
Fita elástica, reforçada, larg. 2,5 cm de larg. metro linear, apresentado em
59 TROPICALIA RL 02 R$ 350,00 R$ 700,00
rolo com 10 MT, cor preto.
Fita elástica, larg. 05 cm de larg. metro linear, apresentado em rolo com
60 TROPICALIA MT 02 R$ 50,00 R$ 100,00
10 MT, cor bege.
Fita elástica, larg. 10 cm de larg. metro linear, apresentado em rolo com
61 TROPICALIA MT 02 R$ 85,00 R$ 170,00
10 MT, cor bege.
Fita militar, material poliamida (náilon), com 05 cm de larg. rolo com 50m,
62 TROPICALIA RL 05 R$ 150,00 R$ 750,00
cor preto.
Fita militar, material poliamida (náilon), com 2,5 cm de larg. rolo com 50m,
63 TROPICALIA RL 05 R$ 150,00 R$ 750,00
cor preto.
Fivela tipo fecho, c/ 2,5 cm de larg. em plástico, cor preto, embalagem com
64 TROPICALIA PCT 12 R$ 47,00 R$ 564,00
06 unidades.
Fivela tipo fecho, c/ 5 cm de larg. em plástico, cor preto, embalagem com
65 TROPICALIA PCT 10 R$ 50,00 R$ 500,00
06 unidades.
Gesso calcinado, refinado em pó, cor branca, apresentada em embalagem
66 RUTENIUN SC 250 R$ 230,00 R$ 57.500,00
com 20 kg.
Passador em aço inoxidável, com 2,5 cm X 10 mm, arame 1,7 mm emba-
67 TROPICALIA PCT 03 R$ 290,00 R$ 870,00
lagem com 1000 peças.
Passador em aço inoxidável, com 2,6 cm X 6 mm, arame 2 mm embala-
68 TROPICALIA PCT 03 R$ 290,00 R$ 870,00
gem com 1000 peças
Passador oval, em aço inoxidável, com 51mm X 8 mm, arame 2,7 mm
69 TROPICALIA PCT 02 R$ 390,00 R$ 780,00
embalagem com 1000 peças.
71 Rebites em ferro niquelado, nº: 01 – CX c/1.000 peças. TROPICALIA CX 02 R$ 380,00 R$ 760,00
Resina de poliéster p/ laminação, secagem rápida, embalagem c/ 0,900
76 ORTOGEM UND 15 R$ 290,00 R$ 4.350,00
kg, incluir catalisador liquido.
77 Serra em fita p/ serrar madeira, utilizada em serra fita industrial, metro linear. STARRET MT 14 R$ 300,00 R$ 4.200,00
78 Serra p/ serrar metais, em aço c/ 300 mm x 12 mm, p/ arco manual. STARRET UND 36 R$ 45,00 R$ 1.620,00
79 Serra p/ serrar metais, em aço c/ 350 mm x 22 mm, p/ arco manual. STARRET UND 36 R$ 90,00 R$ 3.240,00
80 Tecido emborrachado medindo 160 cm de largura (cores variadas). CIPATEX MT3 16 R$ 60,00 R$ 960,00
81 Tela de nylon 1,OM , verde, fina. INTER TELA MT2 04 R$ 45,00 R$ 180,00
82 Thinner embalagem c/ 5 litros. FARBEN LT 08 R$ 90,00 R$ 720,00
Tubo em aço ou ferro galvanizado c/ 22 mm de diâmetro, 2.5 mm de es-
83 GERDAL UND 24 R$ 290,00 R$ 6.960,00
pessura, 06 MT de comprimento.
Agulhas para maquinas de costura industrial: sendo o cabo grosso, nº
84 SINGER CT 08 R$ 50,00 R$ 400,00
160x23, cartela c/ 10 unidades.
Agulhas para maquinas de costura industrial: sendo o cabo grosso, nº
85 SINGER CT 08 R$ 50,00 R$ 400,00
134x35, cartela c/ 10 unidades.
Borracha EVA ortopédico 1,70 MT X 100 mm X 04 mm de espessura,
86 EVA TECNICA PL 20 R$ 150,00 R$ 3.000,00
dureza 20, cor bege.
Borracha EVA tipo escolar, placa c/ 40 cm x 60 x 2,5mm de espessura, cor:
87 EVA TECNICA PCT 20 R$ 45,00 R$ 900,00
azul, apresentado em pacote com 10 placas.
Borracha EVA tipo escolar, placa c/ 40 cm x 60 x 2,5mm de espessura, cor:
88 EVA TECNICA PCT 20 R$ 45,00 R$ 900,00
bege, apresentado em pacote com 10 placas.
Borracha EVA tipo escolar, placa c/ 40 cm x 60 x 2,5mm de espessura, cor:
89 EVA TECNICA PCT 30 R$ 45,00 R$ 1.350,00
branca, apresentado em pacote com 10 placas.
Borracha EVA tipo escolar, placa c/ 40 cm x 60 x 2,5mm de espessura, cor:
90 EVA TECNICA PCT 10 R$ 45,00 R$ 450,00
rosa, apresentado em pacote com 10 placas.
Borracha EVA tipo escolar, placa c/ 40 cm x 60 x 2,5mm de espessura, cor:
91 EVA TECNICA PCT 20 R$ 45,00 R$ 900,00
marrom, apresentado em pacote com 10 placas.
54 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 54
DIÁRIO OFICIAL

Borracha EVA tipo escolar, placa c/ 40 cm x 60 x 2,5mm de espessura, cor:


92 EVA TECNICA PCT 35 R$ 45,00 R$ 1.575,00
preta, apresentado em pacote com 10 placas.
93 Borracha EVA (sofit) de 1,95 MT X 1,15 MT X 06 mm de espessura, cor bege. EVA TECNICA PL 20 R$ 185,00 R$ 3.700,00
94 Borracha EVA (sofit) de 1,95 MT X 1,15 MT X 06 mm de espessura, cor preta. EVA TECNICA PL 20 R$ 185,00 R$ 3.700,00
95 Borracha EVA, placa com 2m X 1,20m X 2,5 mm, cor bege. EVA TECNICA PL 12 R$ 95,00 R$ 1.140,00
96 Borracha EVA, placa com 2m X 1,20m X 2,5 mm, cor branca. EVA TECNICA PL 16 R$ 95,00 R$ 1.520,00
Borracha EVA siliconado de 1,95 MT X 1,15 MT X 10 mm de espessura,
97 EVA TECNICA PL 12 R$ 210,00 R$ 2.520,00
cor bege.
Borracha EVA siliconado de 1,95 MT X 1,15 MT X 10 mm de espessura,
98 EVA TECNICA PL 12 R$ 210,00 R$ 2.520,00
cor preta.
Borracha miolo placa de 2,00m X 1,20m X 08 mm de espessura, dureza
99 EVA TECNICA PL 12 R$ 235,00 R$ 2.820,00
35, cor: preta.
Borracha miolo placa de 2,00m X 1,20m X 10 mm de espessura, dureza
100 EVA TECNICA PL 20 R$ 250,00 R$ 5.000,00
35, cor: preta.
Borracha miolo placa de 2m X 1,20m X 10 mm de espessura, dureza 35,
101 EVA TECNICA PL 06 R$ 230,00 R$ 1.380,00
cor: branca.
Borracha miolo placa de 2m X 1,20m X 12 mm, de espessura, dureza 40,
102 EVA TECNICA PL 16 R$ 260,00 R$ 4.160,00
cor: preta.
Borracha miolo placa de 2m X 1,20m X 6 mm de espessura, dureza 35,
103 EVA TECNICA PL 08 R$ 260,00 R$ 2.080,00
cor: branca.
Borracha miolo placa de 2m X 1,20m X 8 mm de espessura, dureza 35,
104 EVA TECNICA PL 08 R$ 180,00 R$ 1.440,00
cor: branca.
105 Cadarço c/ 75 cm cor bege, pacote c/72 peças ou 1/2 grosa. TROPICALIA PCT 02 R$ 80,00 R$ 160,00
106 Cadarço c/ 75 cm cor preta, pacote c/72 peças ou 1/2 grosa. TROPICALIA CX 02 R$ 80,00 R$ 160,00
Cola Araldite Transparente Secagem Rápida – adesivo epóxi, embalagem
107 BRASCOLA CX 15 R$ 75,00 R$ 1.125,00
com 40 Gr.
108 Cortiça c/ 03 mm de espessura. – placa EVA TECNICA PL 48 R$ 150,00 R$ 7.200,00
109 Cortiça c/ 10 mm de espessura. – placa EVA TECNICA PL 16 R$ 150,00 R$ 2.400,00
Couro de porco, para forro de calçados, tipo MAIELE tingido na flor, deve
110 ser macio, de primeira qualidade, com acabamento liso, (não deve ser LEATERCHICK MT2 250 R$ 180,00 R$ 45.000,00
raspa de couro), cor: bege.
Couro p/ calçados, com acabamento, cor: preto, tipo para estofamento
111 LEATERCHICK MT2 150 R$ 110,00 R$ 16.500,00
deve ser macio, e de primeira qualidade, com 2 mm de espessura.
Couro tipo atanado, de primeira qualidade, com acabamento, (não deve
112 LEATERCHICK MT2 40 R$ 110,00 R$ 4.400,00
ser raspa de couro), cor: bege.
113 Espuma de pedilin (p/ tirar molde plantar) – CX c/ um par. DILEPE CX 60 R$ 65,00 R$ 3.900,00
Fivela em metal cromado, com 1,5 cm da largura, com pino no centro,
114 TROPICALIA UND 01 R$ 550,00 R$ 550,00
pacote com 1000 peças.
Fivela em metal cromado, com 2 cm da largura, com pino no centro, pa-
115 LEATERCHICK UND 01 R$ 550,00 R$ 550,00
cote com 1000 peças.
Fivela em metal cromado, com 2,5 cm da largura, com pino no centro,
116 LEATERCHICK UND 01 R$ 600,00 R$ 600,00
pacote com 1000 peças.
117 Ilhós metálico cromado, nº 50, pacote com 5000 und. LEATERCHICK UND 01 R$ 150,00 R$ 150,00
118 Ilhós metálico, nº 50 cor marrom, pacote com 5000 und. LEATERCHICK UND 02 R$ 150,00 R$ 300,00
119 Ilhós metálico, nº 50 cor preto, pacote com 5000 und. LEATERCHICK UND 02 R$ 150,00 R$ 300,00
120 Ilhós metálico, nº 51 cor marrom, pacote com 5000 und. LEATERCHICK UND 02 R$ 150,00 R$ 300,00
121 Ilhós metálico, nº 51 cor preto, pacote com 5000 und. LEATERCHICK UND 02 R$ 150,00 R$ 300,00
Kits de silicone p/ Órtese e Prótese, com 02 frascos de 500 ml cada, ca- ORTHO
122 KIT 24 R$ 990,00 R$ 23.760,00
talizador integrado. PAUHER
Óleo mineral lubrificante, viscosidade: 12-15(cSt), cor: branco, frasco com
123 SINGER FRC 04 R$ 90,00 R$ 360,00
um litro, utilizado em maquinas de costura, maquinas têxteis, etc.
Pedra para afiar Combinada 108 mm, tipo Carborundum, Indicadas para
124 afiação de facas domésticas, facas industriais, formões e cutelaria em ge- BRASFORTE UND 24 R$ 70,00 R$ 1.680,00
ral, Embalagem: Comprimento: 3 cm; Largura: 6cm; Altura: 24cm.
FABER
125 Pincel nº 02, (tipo p/ tela) para acabamento fino, cabo em madeira ou plástico. UND 08 R$ 10,00 R$ 80,00
CASTEL
Plantex (entre sola) placa c/ medindo 2m x 1m, sendo um dos lados liso
126 EVA TECNICA PL 16 R$ 120,00 R$ 1.920,00
e de cor preta.
Plastazote, placa c/ 1,50m x 1,00m x 10 mm de espessura. Placa DILEPE
127 DILEPE PL 20 R$ 350,00 R$ 7.000,00
20 350,00 7.000,00
128 128 Sola barriga, peças com 3 mm de espessura LEATERCHICK KG 60 R$ 80,00 R$ 4.800,00
TOTAL R$ 509.427,00

DA VIGÊNCIA DA ATA
A Ata tem vigência do período de 04.06.2014 A 03.06.2015.
DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA
As despesas decorrentes da contratação do objeto deste instrumento correrão á conta dos recursos específicos consignados no orçamento da
Fundação Hospitalar Estadual do Acre (FUNDHACRE) programa de trabalho 721.302.4137.0000 elemento de despesa 33.90.30.00 – Material de
Consumo, Fontes de Recurso: 100 (RP) e 400-SUS.
DA RESCISÃO
O inadimplemento das cláusulas estabelecidas neste Termo de Adesão, bem como na ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 408/2014 – PREGÃO
ELETRÔNICO POR SRP Nº 377/2013 – CPL 04 - SESACRE, que ora se Adere, por qualquer das partes, assegurará à outra o direito de rescindi-lo,
a qualquer tempo, mediante comunicação prévia e por escrito no prazo mínimo de 30 (trinta) dias de antecedência, em consonância com o disposto
do artigo 77 c/c 80, da Lei 8.666/93 e suas alterações, estando assegurado à outra parte o contraditório e ampla defesa.
DO FUNDAMENTO
O presente Termo de Adesão está fundamentado na Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações e na ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 408/2014 –
PREGÃO ELETRÔNICO POR SRP Nº 377/2013 – CPL 04 – SESACRE.
55 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 55
DIÁRIO OFICIAL

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS


Ficam mantidas as demais cláusulas na ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 408/2014 – PREGÃO ELETRÔNICO POR SRP Nº 377/2013 – CPL
04 - SESACRE, obrigando-se as partes, em face desta adesão, à observância de todos os termos, direitos e obrigações, previstos no aludido ajuste,
no âmbito das respectivas competências.
Rio Branco-Acre, 30 de Outubro de 2014.

Carlos Eduardo Alves


Superintendente da Fundação Hospital Estadual do Acre – FUNDHACRE
ADERENTE
Vitor Pessoa Nogueira
Representante Legal
BRAGA & BRAGA LTDA
FORNECEDOR
____________________________________________________________________________________________________________________

TERMO DE ADESÃO Nº 102/2014/FUNDHACRE


PROCESSO: 0020621-2/2014FUNDHACRE
ATA Nº 227/2014 – SRP 082/2014 – CPL 04 - SESACRE
A Fundação Hospital Estadual do Acre- FUNDHACRE, com sede na BR-364, Km 02, Bairro Distrito Industrial, neste Município, inscrito no CNPJ
sob o nº. 63.602.940/0001-70, neste ato representado por seu Superintendente, Senhor Carlos Eduardo Alves, brasileiro, casado, fisioterapeuta,
portador de RG n° 5789197-1 SSP/PR e CPF nº 003.608.659-25, com endereço profissional localizado na BR-364, Km 02, Bairro Distrito Industrial,
Rio Branco – Acre, nos termos do artigo 15 da Lei Federal n° 8.666/93, ADERE a Ata de Registro de Preços 227/2014 do Pregão Presencial por
SRP nº 082/2014, firmado entre a Secretaria de Estado de Saúde, localizada à Rua Benjamin Constant nº 830 – Bairro Centro – Rio Branco – Acre,
neste ato representado pelo Secretário Adjunto de Saúde Irailton de Lima Souza, brasileiro, casado, residente e domiciliado à Rua Tapajós, nº 264,
Bloco – 08 Apart. 304, Bairro Isaura Parente na Cidade de Rio Branco/Acre e a empresa M & Z INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA, Pessoa Jurídica
de Direito Privado, CNPJ: 63.601.116/0001-04, com sede na Via Chico Mendes nº 1059 – Triângulo - Cep. 69.901-365 – Rio Branco- Acre, Fone:
(68) 3221-1234 - 3221-1277, neste ato representado (a) pelo (a) Senhor (a) Miguel Mandu Neto, firmam o presente TERMO DE ADESÃO.
DO OBJETO
Adesão a Ata de Registro 227/2014 do Pregão Presencial por SRP nº 082/2014 - SESACRE, para contratação de empresa para Aquisição de Material Médi-
co Hospitalar, visando atender as necessidades da Fundação Hospital Estadual do Acre - FUNDHACRE, conforme condições e preços estabelecidos neste
Termo de Adesão, bem como no Edital da Ata de Registro 227/2014 do Pregão Presencial por SRP nº 082/2014, assim discriminados.

M & Z INDUSTRIA E COMÉRCIO LTDA, Pessoa Jurídica de Direito Privado, CNPJ: 63.601.116/0001-04, com sede na Via Chico Mendes nº
1059 – Triângulo - Cep. 69.901-365 – Rio Branco- Acre, Fone: (68) 3221-12343221-1277, representado(a) neste ato pelo(a) Senhor(a) Miguel
Mandu Neto.

Valor Unit.
Item Especificação Marca Unid. Quant. Valor Total R$
R$

Avental de procedimento descartável, manga curta, não estéril confeccio-


nado em não tecido processo sms, gramatura mínima de 30gramas/m2, hi-
poalergenico, com barreira microbiana comprovada por laudos de bfe e vfe.
6 Manga longa com punho em elástico, sistema de ajuste e fixação através de ANADONA Unidade 11.160 1,57 17.521,20
dois pares de amarrilhos nas costas e cintura. Embalagem individual com
dados de identificação, procedência, data de fabricação, prazo de validade
e atender à legislação sanitária vigente e pertinente ao produto.

Atadura de borracha smarch 10cm x 2m - confeccionada em borracha na-


tural, enrolada adequadamente. Embalagem com dados de identificação
9 SANTRIC Rolo 120 16,27 1.952,40
, procedência, prazo de validade e atender à legislação sanitária vigente e
pertinente ao produto.

Atadura de borracha smarch 15cm x 2m - confeccionada em borracha na-


tural, enrolada adequadamente. Embalagem com dados de identificação
10 SANTRIC Rolo 408 25,37 10.350,96
, procedência, prazo de validade e atender à legislação sanitária vigente e
pertinente ao produto.

Atadura de borracha smarch 20cm x 2m - confeccionada em borracha na-


tural, enrolada adequadamente. Embalagem com dados de identificação,
11 SANTRIC Rolo 120 37,97 4.556,40
procedência, prazo de validade e atender à legislação sanitária vigente e
pertinente ao produto.

Bolsa confeccionada em material não pvc, flexível, transparente, gradua-


da, estéril, apirogênica, gravitacional, para infusão de soluções parente-
rais, sistema fechado, com injetores, clampe inviolável, capacidade 500ml,
20 embalagem externa em papel grau cirúrgico, contendo dados de identifi- HALEX Unidade 1.200 24,50 29.400,00
cação do produto, procedência, data de fabricação e prazo de validade,
número de registro ou isenção na ANVISA e atender à legislação vigente
e pertinente ao produto.

TOTAL R$ 63.780,96

DA VIGÊNCIA DA ATA
A Ata tem vigência do período de 11.04.2014 A 11.04.2015.
DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA
As despesas decorrentes da contratação do objeto deste instrumento correrão á conta dos recursos específicos consignados no orçamento da
Fundação Hospitalar Estadual do Acre (FUNDHACRE) programa de trabalho 721.302.4137.0000 elemento de despesa 33.90.30.00 – Material de
Consumo, Fontes de Recurso: 100 (RP) e 400-SUS.
DA RESCISÃO
O inadimplemento das cláusulas estabelecidas neste Termo de Adesão, bem como na Ata de Registro 227/2014 do Pregão Presencial por SRP nº
082/2014 - SESACRE, que ora se Adere, por qualquer das partes, assegurará à outra o direito de rescindi-lo, a qualquer tempo, mediante comuni-
56 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 56
DIÁRIO OFICIAL

cação prévia e por escrito no prazo mínimo de 30 (trinta) dias de antecedência, em consonância com o disposto do artigo 77 c/c 80, da Lei 8.666/93
e suas alterações, estando assegurado à outra parte o contraditório e ampla defesa.
DO FUNDAMENTO
O presente Termo de Adesão está fundamentado na Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações e na Ata de Registro 227/2014 do Pregão Presencial
por SRP nº 082/2014 - SESACRE.
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
Ficam mantidas as demais cláusulas previstas na Ata de Registro 227/2014 do Pregão Presencial por SRP nº 082/2014 - SESACRE, obrigando-se
as partes, em face desta adesão, à observância de todos os termos, direitos e obrigações, previstos no aludido ajuste, no âmbito das respectivas
competências.
Rio Branco-Acre, 31 de Outubro de 2014.

CARLOS EDUARDO ALVES


Superintendente da Fundação Hospital Estadual do Acre – FUNDHACRE
ADERENTE
MIGUEL MANDU NETO
REPRESENTANTE LEGAL
M & Z INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA
FORNECEDOR
____________________________________________________________________________________________________________________

TERMO DE ADESÃO Nº 103/2014/ FUNDHACRE


PROCESSO: 0020621-2/2014FUNDHACRE
ATA Nº 229/2014 – SRP 082/2014 – CPL 04 - SESACRE
A Fundação Hospital Estadual do Acre- FUNDHACRE, com sede na BR-364, Km 02, Bairro Distrito Industrial, neste Município, inscrito no CNPJ sob
o nº. 63.602.940/0001-70, neste ato representado por seu Superintendente, Senhor Carlos Eduardo Alves, brasileiro, casado, fisioterapeuta, porta-
dor de RG n° 5789197-1 SSP/PR e CPF nº 003.608.659-25, com endereço profissional localizado na BR-364, Km 02, Bairro Distrito Industrial, Rio
Branco – Acre, nos termos do artigo 15 da Lei Federal n° 8.666/93, ADERE a Ata de Registro de Preços 229/2014 do Pregão por SRP nº 082/2014,
firmado entre a Secretaria de Estado de Saúde, localizada à Rua Benjamin Constant nº 830 – Bairro Centro – Rio Branco – Acre, neste ato represen-
tado pelo Secretário Adjunto de Saúde Irailton de Lima Souza, brasileiro, casado, residente e domiciliado à Rua Tapajós, nº 264, Bloco – 08 Apart.
304, Bairro Isaura Parente na Cidade de Rio Branco/Acre e a empresa UNI-LIFE COM. E DISTRIBUIÇÃO – IMP. E EXP. LTDA, Pessoa Jurídica
de Direito Privado, CNPJ: 12.500.762/0001-36, com sede na Av. Getúlio Vargas - Bosque, nº 2042, Cep. 69.908.650 Rio Branco- Acre, Fone: (68)
3227-3708, neste ato representado (a) pelo (a) Senhor (a) MILÂNIA CRISTINA DA SILVA CARNEIRO, firmam o presente TERMO DE ADESÃO.
DO OBJETO
Adesão a Ata de Registro de Preços 229/2014 do Pregão por SRP nº 082/2014 - SESACRE, para contratação de empresa para Aquisição de Material Médico
Hospitalar, visando atender as necessidades da Fundação Hospital Estadual do Acre - FUNDHACRE, conforme condições e preços estabelecidos neste
Termo de Adesão, bem como no Edital da Ata de Registro de Preços 229/2014 do Pregão por SRP nº 082/2014, assim discriminados.

UNI-LIFE COM. E DISTRIBUIÇÃO – IMP. E EXP. LTDA – CNPJ Nº. 12.500.762/0001-36, com sede na Av. Getúlio Vargas - Bosque, nº 2042,
Cep. 69.908.650 Rio Branco- Acre, Fone: (68) 3227-3708, email: uni-life.ac@hotmail.com, representado(a) neste ato pelo(a) Senhor(a) Milânia
Cristina da Silva Carneiro.

Valor Unit.
Item Especificação Marca Unid. Quant. Valor Total R$
R$

Coletor para agulhas - container portátil descartável, equipado com botão


dispositivo de segurança e coletor de agulhas contaminadas, fabricado em
poliestireno alto impacto, medindo 80 x 32 x 110mm, capacidade mínima p/
29 150 agulhas 30 x 8 / 400 agulhas 20 x 6. Devendo seguir a nbr-13.853/97 DESCARTACK Unidade 384 8,99 3.452,16
(superfície externa de cor amarela e símbolo para material infectante na cor
preta. Embalagem contendo dados de identificação, procedência, prazo de
validade e atender à legislação sanitária vigente e pertinente ao produto.

TOTAL R$ 3.452,16

DA VIGÊNCIA DA ATA
A Ata tem vigência do período de 11.04.2014 a 11.04.2015.
DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA
As despesas decorrentes da contratação do objeto deste instrumento correrão á conta dos recursos específicos consignados no orçamento da
Fundação Hospitalar Estadual do Acre (FUNDHACRE) programa de trabalho 721.302.4137.0000 elemento de despesa 33.90.30.00 – Material de
Consumo, Fontes de Recurso: 100 (RP) e 400-SUS.
DA RESCISÃO
O inadimplemento das cláusulas estabelecidas neste Termo de Adesão, bem como na Ata de Registro de Preços 229/2014 do Pregão por SRP nº
082/2014 - SESACRE, que ora se Adere, por qualquer das partes, assegurará à outra o direito de rescindi-lo, a qualquer tempo, mediante comuni-
cação prévia e por escrito no prazo mínimo de 30 (trinta) dias de antecedência, em consonância com o disposto do artigo 77 c/c 80, da Lei 8.666/93
e suas alterações, estando assegurado à outra parte o contraditório e ampla defesa.
DO FUNDAMENTO
O presente Termo de Adesão está fundamentado na Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações e na Ata de Registro de Preços 229/2014 do Pregão
por SRP nº 082/2014 - SESACRE.
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
Ficam mantidas as demais cláusulas previstas na Ata de Registro de Preços 229/2014 do Pregão por SRP nº 082/2014 - SESACRE, obrigando-se
as partes, em face desta adesão, à observância de todos os termos, direitos e obrigações, previstos no aludido ajuste, no âmbito das respectivas
competências.
Rio Branco-Acre, 31 de Outubro de 2014.

CARLOS EDUARDO ALVES


Superintendente da Fundação Hospital Estadual do Acre – FUNDHACRE
ADERENTE
MILÂNIA CRISTINA DA SILVA CARNEIRO
REPRESENTANTE LEGAL
UNI-LIFE COM. E DISTRIB. – IMP. E EXP. LTDA
FORNECEDOR
57 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 57
DIÁRIO OFICIAL

as disposições em contrário.
FUNTAC
GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos oito dias do
PORTARIA Nº.269 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014. mês de outubro de dois mil e quatorze.
O DIRETOR-PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO DE TECNOLOGIA DO
ESTADO DO ACRE – FUNTAC, no uso legal de suas atribuições e de OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
conformidade com os dispositivos estatutários e regimentais que lhe Procurador-Geral de Justiça
confere o Decreto nº. 2.322 de 28 de Julho de 2011, publicado no Diário _________________________________________________________
Oficial do Estado do Acre nº. 10.603 de 29 de julho de 2011,
R E S O L V E: MINISTÉRIO PÚBLICO DO
Art. 1º Designar o servidor JAILSON DANIEL DA CUNHA MOURA Ge- ESTADO DO ACRE
rente de Resíduos Industriais da Fábrica de Preservativos Masculino de PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA
Xapuri desta Fundação, referência CEC-3, para responder acumulativa-
mente pela Gerencia da Usina de Centrifugação de Látex da Fábrica de PORTARIA Nº 1.727/2014
Preservativos Masculinos de Xapuri. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data da sua expedição, com efeito a DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e
contar a 1º de novembro de 2014, revogada as disposições em contrário. CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº 3959/2014),
Registre-se, Publique-se e Cumpra-se. da Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul,
R E S O L V E:
Luiz Augusto Mesquita de Azevedo AUTORIZAR a Diretoria de Finanças a efetuar o pagamento das res-
Diretor Presidente.
pectivas diárias referentes ao deslocamento do Promotor de Justiça
_________________________________________________________
Alekine Lopes dos Santos ao município de Porto Walter, no período
de 01 a 06 de outubro de 2014, para atuar como Promotor Eleitoral
REPUBLICADO POR INCORREÇÃO
Auxiliar naquela localidade.
GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
EXTRATO DO CONTRATO Nº. 036/2014
RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito
ESPÉCIE: CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS ELETRO-
dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
NICO, que entre si celebram a FUNDAÇÃO DE TECNOLOGIA DO ES-
TADO DO ACRE – FUNTAC, e a empresa MOURA & CIA. LTDA. - ME
OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
OBJETO: aquisição do(s) equipamentos descritos no(s) item(ns) 01 a 05
Procurador-Geral de Justiça
do pedido de aquisição juntado às fls. 25-30 dos autos do processo admi-
_________________________________________________________
nistrativo nº. 0011538-0/2014, a ser(em) fornecido(s) pela CONTRATADA
à CONTRATANTE, de acordo com a proposta apresentada pela primei-
MINISTÉRIO PÚBLICO DO
ra nos referidos autos, e com as condições, especificações e quantitativo
ESTADO DO ACRE
descritos no mencionado pedido de aquisição, que passa a integrar este
instrumento como se nele transcrito estivesse para todos os efeitos legais. PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA
VALOR: R$ 20.200,00 (vinte mil e duzentos reais)
PRAZO DE VIGÊNCIA E ENTREGA: O prazo de entrega dos equipa- PORTARIA Nº 1.728/2014
mentos será de 30 (trinta) dias, a contar da data de recebimento da O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO
ordem de entrega dos equipa mentos. E a vigência do Contrato será de DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e
60 (sessenta) dias contados a partir de sua assinatura. CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº
DATA DA ASSINATURA: 17/10/2014 3927/2014), da Secretaria-Geral do Ministério Público do Estado do Acre,
R E S O L V E:
ASSINA PELA CONTRATANTE: Enrique Mateo Martinho – Diretor- AUTORIZAR a Diretoria de Finanças a efetuar o pagamento das
-Presidente. respectivas diárias referentes ao deslocamento do Secretário-Ge-
ASSINA PELA CONTRATADA: Cesanildo Ribeiro Moura ral e Promotor de Justiça Celso Jerônimo de Souza aos municí-
pios de Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Feijó, no período de 16 a 17
de outubro de 2014, para acompanhar o Excelentíssimo Procura-
MINISTÉRIO PÚBLICO dor-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre em
visita técnico-institucional e de apoio operacional na Promotoria
MINISTÉRIO PÚBLICO DO de Justiça daquela localidade.
ESTADO DO ACRE GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito
dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
PORTARIA N° 1.649/2014
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e Procurador-Geral de Justiça
CONSIDERANDO o que consta do OF/NATERA/Nº 50/2014, o Núcleo de _________________________________________________________
Apoio ao Atendimento Psicossocial em Dependência Química - NATERA,
R E S O L V E: MINISTÉRIO PÚBLICO DO
NOMEAR a Psicóloga Emelym Daniela Souza Tonelly para exercer o ESTADO DO ACRE
Cargo em Comissão de Assistente de Gabinete, a partir desta data. PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA
GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos oito dias do PORTARIA Nº 1.729/2014
mês de outubro de dois mil e quatorze. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e
OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº
Procurador-Geral de Justiça
3860/2014), da Promotoria de Justiça de Brasiléia,
_________________________________________________________
R E S O L V E:
MINISTÉRIO PÚBLICO DO AUTORIZAR a Diretoria de Finanças a efetuar o pagamento das
ESTADO DO ACRE respectivas diárias referentes ao deslocamento da servidora Mô-
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA nica Carvalho Fabrino, ao município de Rio Branco, nos dias 09
e 10 de outubro de 2014, para participar do Curso Tratamento
PORTARIA N° 1.650/2014 Adequado de Conflitos realizado pelo Centro de Estudos e Aper-
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO feiçoamento Funcional – CEAF.
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
CONSIDERANDO o que consta do Ofício nº 094/2014/MPEAC/PGAAI, da RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito
Procuradoria-Geral Adjunta para Assuntos Administrativos e Institucionais, dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
R E S O L V E:
NOMEAR Igor de Souza Martins Nascimento para exercer o Cargo em OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
Comissão de Assistente de Gabinete, a partir desta data, revogando-se Procurador-Geral de Justiça
58 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 58
DIÁRIO OFICIAL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO R E S O L V E:
ESTADO DO ACRE AUTORIZAR a Diretoria de Finanças a efetuar o pagamento das res-
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA pectivas diárias referentes ao deslocamento do Promotor de Justiça
Leonardo Honorato Santos ao município de Rio Branco, no período de
PORTARIA Nº 1.730/2014 28 a 31 de outubro de 2014, para participar do 2º Encontro Nacional de
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO Catadores de Materiais Recicláveis e do Seminário Pró-Catador.
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito
3861/2014), da Promotoria de Justiça de Brasiléia, dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
R E S O L V E:
AUTORIZAR a Diretoria de Finanças a efetuar o pagamento das respec- OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
tivas diárias referentes ao deslocamento do servidor Styllon de Araújo Procurador-Geral de Justiça
Cardoso, ao município de Rio Branco, nos dias 09 e 10 de outubro de _________________________________________________________
2014, para participar do Curso Tratamento Adequado de Conflitos rea-
lizado pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional – CEAF. MINISTÉRIO PÚBLICO DO
GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ- ESTADO DO ACRE
RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA
dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
PORTARIA Nº 1.734/2014
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO
OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e
Procurador-Geral de Justiça
CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº
_________________________________________________________
3929/2014), do Núcleo de Apoio Técnico - NAT,
R E S O L V E:
MINISTÉRIO PÚBLICO DO
AUTORIZAR a Diretoria de Finanças a efetuar o pagamento da res-
ESTADO DO ACRE pectiva diária referente ao deslocamento dos servidores José Gilson
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA da Costa Pinto e Valdismar Fontes de Castro ao município de Sena
Madureira, no dia 28 de outubro de 2014, para audiência judicial, na
PORTARIA Nº 1.731/2014 qualidade de testemunhas, nos autos nº 0001241-84.2014.8.01.0011,
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO na comarca de Brasiléia.
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº 3966/2014), RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito
da Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Sena Madureira, dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
R E S O L V E:
AUTORIZAR a Diretoria de Finanças a efetuar o pagamento das res- OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
pectivas diárias referentes ao deslocamento da Promotora de Justiça Procurador-Geral de Justiça
Vanessa de Macedo Muniz ao município de Feijó, no período de 24 a _________________________________________________________
27 de outubro de 2014, para funcionar como Promotora Eleitoral Auxiliar
naquela localidade. MINISTÉRIO PÚBLICO DO
GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ- ESTADO DO ACRE
RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA
dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
PORTARIA Nº 1.735/2014
OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO
Procurador-Geral de Justiça DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e
_________________________________________________________ CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº
3972/2014), da Diretoria de Administração,
MINISTÉRIO PÚBLICO DO R E S O L V E:
ESTADO DO ACRE DESIGNAR os servidores Antônio Martins Maia Porto e Karen Monteiro
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA de Oliveira para, nos dias 02 e 03 de outubro de 2014, realizarem proce-
dimento licitatório no município de Mâncio Lima, autorizando a Diretoria
PORTARIA Nº 1.732/2014 de Finanças efetuar o pagamento das respectivas diárias.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito
CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº 4027/2014), dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
da Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul,
R E S O L V E: OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
AUTORIZAR a Diretoria de Finanças a efetuar o pagamento das respec- Procurador-Geral de Justiça
_________________________________________________________
tivas diárias referentes ao deslocamento do Promotor de Justiça Alekine
Lopes dos Santos ao município de Porto Walter, no período de 24 a
MINISTÉRIO PÚBLICO DO
27 de outubro de 2014, para funcionar como Promotor Eleitoral Auxiliar
ESTADO DO ACRE
naquela localidade.
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA
GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito
PORTARIA Nº 1.736/2014
dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e
OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº
Procurador-Geral de Justiça 3972/2014), da Diretoria de Administração,
_________________________________________________________ R E S O L V E:
DESIGNAR os servidores Tiago Bezerra Frota e Ricardo Emerson Jar-
MINISTÉRIO PÚBLICO DO dim Rodrigues para, nos dias 29 e 30 de outubro de 2014, realizarem
ESTADO DO ACRE vistoria técnica na reforma do prédio da Promotoria de Justiça do muni-
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA cípio de Brasiléia, autorizando a Diretoria de Finanças efetuar o paga-
mento das respectivas diárias.
PORTARIA Nº 1.733/2014 GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ-
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e oito
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e dias do mês de outubro de dois mil e quatorze.
CONSIDERANDO o que consta do Requerimento (E-MPAC nº
3916/2014), da Promotoria de Justiça Cumulativa de Mâncio Lima e OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO
Rodrigues Alves, Procurador-Geral de Justiça
59 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 59
DIÁRIO OFICIAL

REPUBLICADA POR INCORREÇÃO RESOLVE:


Art. 1º - DESIGNAR a Promotora de Justiça de Entrância Final NEL-
MINISTÉRIO PÚBLICO DO MA ARAÚJO MELO DE SIQUEIRA para, pari passu as funções ante
ESTADO DO ACRE a Primeira Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Rio Branco/
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA AC, participar das audiências designadas para o dia 07 de novembro
de 2014, perante ao Segundo Juizado Especial Criminal desta Capital.
PORTARIA N° 1.566/2014 Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor nesta data.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO Dê-se ciência, publique-se e cumpra-se.
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, GABINETE DA PROCURADORIA GERAL ADJUNTA PARA ASSUNTOS
R E S O L V E: ADMINISTRATIVOS E INSTITUCIONAIS, aos seis dias do mês de no-
NOMEAR David Gomes Faria para exercer o cargo em comissão de vembro do ano de dois mil e quatorze.
Assistente Ministerial junto a Assessoria Militar.
GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ- CARLOS ROBERTO DA SILVA MAIA,
RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e nove Procurador-Geral Adjunto Administrativo e Institucional.
dias do mês de setembro de dois mil e quatorze. _________________________________________________________

OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO ESTADO DO ACRE


Procurador-Geral de Justiça MINISTÉRIO PÚBLICO
_________________________________________________________ Procuradoria-Geral Adjunta para Assuntos Administra-
tivos e Institucionais
REPUBLICADA POR INCORREÇÃO
PORTARIA Nº. 1260/2014/PGAAAI
MINISTÉRIO PÚBLICO DO Designa Promotor de Justiça Substitutivo.
ESTADO DO ACRE O PROCURADOR-GERAL ADJUNTO PARA ASSUNTOS ADMINISTRA-
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA TIVOS E INSTITUCIONAIS, in fine subscrito, no uso das atribuições pre-
ditas no art. 24-I, § 2º, da LCE nº. 08/83 e, sobretudo, no art. 1º, inciso II,
PORTARIA N° 1.567/2014 do Ato nº. 04/2014/PGJ e, também, no art. 4º, do Ato nº. 39/2014/PGJ, e
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO CONSIDERANDO o conteúdo disposto no OF/MP/PJAMB/Nº. 590/2014,
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, datado de 28 de outubro de 2014, de autoria do Promotor de Justiça titu-
R E S O L V E: lar da Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Meio Ambiente
NOMEAR o 2º Sgt/PM RR Elildo Sampaio de Albuquerque para exercer da Bacia Hidrográfica do Juruá, Wendy Takao Hamano, o qual requer
o cargo em comissão de Assistente Ministerial junto a Assessoria Militar. um Membro para se manifestar e, de igual modo, para participar das
GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ- audiências designada para o período de 1º a 19 de dezembro de 2014;
RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, aos vinte e nove CONSIDERANDO o afastamento do titular da Promotoria de Justiça
dias do mês de setembro de dois mil e quatorze. Especializada de Defesa do Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica do
Juruá, Wendy Takao Hamano, em razão do conteúdo disposto no pro-
OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO cesso primário nº. 3646/2014, de autoria desta PGAAAI;
Procurador-Geral de Justiça RESOLVE:
_________________________________________________________ Art. 1º - DESIGNAR o Promotor de Justiça de Entrância Final ALEKINE
LOPES DOS SANTOS para, concomitante as funções ante a Promoto-
REPUBLICADA POR INCORREÇÃO ria de Justiça Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul/AC, manifestar-se
nos feitos relativos à Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do
MINISTÉRIO PÚBLICO DO Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica do Juruá, pelo período de 1º a 19
ESTADO DO ACRE de dezembro de 2014;
PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor nesta data.
Dê-se ciência, publique-se e cumpra-se.
PORTARIA N° 1.599/2014 GABINETE DA PROCURADORIA GERAL ADJUNTA PARA ASSUNTOS
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO ADMINISTRATIVOS E INSTITUCIONAIS, aos sete dias do mês de no-
DO ESTADO DO ACRE, no uso de suas atribuições legais, e vembro do ano de dois mil e quatorze.
CONSIDERANDO o que consta do Ofício nº 044/2014, do Gabinete da
Procuradora de Justiça Patrícia de Amorim Rêgo, CARLOS ROBERTO DA SILVA MAIA,
R E S O L V E: Procurador-Geral Adjunto Administrativo e Institucional.
CONCEDER a servidora Ana Amélia Castelo Macedo de Brito, do qua- _________________________________________________________
dro de pessoal efetivo da Instituição, função comissionada, Nível FC-
-MP-03, a partir desta data. ESTADO DO ACRE
GABINETE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA DO MINISTÉ- MINISTÉRIO PÚBLICO
RIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, em Rio Branco, ao primeiro dia Procuradoria-Geral Adjunta para Assuntos Administra-
do mês de outubro de dois mil e quatorze. tivos e Institucionais

OSWALDO D’ALBUQUERQUE LIMA NETO PORTARIA Nº. 1261/2014/PGAAAI


Procurador-Geral de Justiça Designa Promotor de Justiça Substitutivo.
_________________________________________________________ O PROCURADOR-GERAL ADJUNTO PARA ASSUNTOS ADMINISTRA-
TIVOS E INSTITUCIONAIS, in fine subscrito, no uso das atribuições pre-
ESTADO DO ACRE ditas no art. 24-I, § 2º, da LCE nº. 08/83 e, sobretudo, no art. 1º, inciso II,
MINISTÉRIO PÚBLICO do Ato nº. 04/2014/PGJ e, também, no art. 4º, do Ato nº. 39/2014/PGJ, e
Procuradoria-Geral Adjunta para Assuntos Administra- CONSIDERANDO o conteúdo disposto no OF/MP/PJAMB/Nº. 590/2014,
tivos e Institucionais datado de 28 de outubro de 2014, de autoria do Promotor de Justiça titu-
lar da Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Meio Ambiente
PORTARIA Nº. 1252/2014/PGAAAI da Bacia Hidrográfica do Juruá, Wendy Takao Hamano, o qual requer
Designa Promotor de Justiça Substitutivo. um Membro para se manifestar e, de igual modo, para participar das
O PROCURADOR-GERAL ADJUNTO PARA ASSUNTOS ADMINIS- audiências designada para o período de 1º a 19 de dezembro de 2014;
TRATIVOS E INSTITUCIONAIS, in fine subscrito, no uso das atribui- CONSIDERANDO o afastamento do titular da Promotoria de Justiça
ções preditas no art. 24-I, § 2º, da LCE nº. 08/83 e, sobretudo, no art. Especializada de Defesa do Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica do
1º, inciso II, do Ato nº. 04/2014/PGJ e, também, no art. 4º, do Ato nº. Juruá, Wendy Takao Hamano, em razão do conteúdo disposto no pro-
39/2014/PGJ, e cesso primário nº. 3646/2014, de autoria desta PGAAAI;
CONSIDERANDO o conteúdo disposto no MEMO nº. 13/2014/, datado RESOLVE:
de 06 de novembro de 2014, de autoria do Promotor de Justiça titular da Art. 1º - DESIGNAR o Promotor de Justiça de Entrância Final LEONAR-
Décima Primeira Promotoria de Justiça Criminal, Francisco José Nunes DO HONORATO SANTOS para, concomitante as funções ante a Pro-
Cavalcante, acerca da designação de um Membro para atuar em caráter motoria de Justiça Cumulativa da Comarca de Mâncio Lima/AC, parti-
substitutivo ante as audiências designadas para o dia 07 de novembro cipar das audiências designadas para os dias 02, 04 e 09 de dezembro
de 2014, junto ao Segundo Juizado Especial Criminal desta Comarca; de 2014, junto a Primeira Vara Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul/AC;
60 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 60
DIÁRIO OFICIAL

Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor nesta data. CONSIDERANDO que o direito à segurança deve ser entendido como o
Dê-se ciência, publique-se e cumpra-se. dever do Estado de preservar não só a ordem pública, mas também a inco-
GABINETE DA PROCURADORIA GERAL ADJUNTA PARA ASSUNTOS lumidade de pessoas e do patrimônio, necessária para o pleno desenvolvi-
ADMINISTRATIVOS E INSTITUCIONAIS, aos sete dias do mês de no- mento das funções urbanas típicas: habitar, recrear, circular, trabalhar, etc.
vembro do ano de dois mil e quatorze. CONSIDERANDO a necessidade de serem oferecidas à coletividade,
como forma de assegurar o direito ao trânsito seguro, ruas com condi-
CARLOS ROBERTO DA SILVA MAIA, ções mínimas de uso pelos que por ela transitam, constituindo, como
Procurador-Geral Adjunto Administrativo e Institucional. já antedito, a falta de sinalização fator de alto risco para os usuários,
_________________________________________________________ criando-se situação onde um número indeterminado de pessoas são
submetidas a risco de sobrevivência.
ESTADO DO ACRE CONSIDERANDO que a atribuição para a fiscalização de trânsito é
MINISTÉRIO PÚBLICO distribuída pelo Código de Trânsito, o qual, ainda, explicita de forma
Procuradoria-Geral Adjunta para Assuntos Administra- detalhada a necessidade de serem sinalizadas, bem construídas e devi-
tivos e Institucionais damente conservadas as vias de circulação, havendo capítulos especí-
ficos acerca da engenharia de trânsito:
PORTARIA Nº. 1262/2014/PGAAAI “Art. 21 - Compete aos órgãos e entidades executivos rodoviários da
Designa Promotor de Justiça Substitutivo. União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, no âmbito de
O PROCURADOR-GERAL ADJUNTO PARA ASSUNTOS ADMINISTRA- sua circunscrição:
TIVOS E INSTITUCIONAIS, in fine subscrito, no uso das atribuições pre- I - cumprir e fazer cumprir a legislação e as normas de trânsito, no âm-
ditas no art. 24-I, § 2º, da LCE nº. 08/83 e, sobretudo, no art. 1º, inciso II, bito de suas respectivas atribuições;
do Ato nº. 04/2014/PGJ e, também, no art. 4º, do Ato nº. 39/2014/PGJ, e II - planejar, projetar, regulamentar, e operar o trânsito de veículos, de
CONSIDERANDO o conteúdo disposto no Ofício nº. 196/2014/CDIJ/ pedestres, e de animais, e promover o desenvolvimento da circulação e
MPEAC, datado de 07 de novembro de 2014, de autoria do Procurador da segurança de ciclistas;
de Justiça e Coordenador do CDIJ, Dr. Ubirajara Braga de Albuquerque, III - implantar, manter e operar o sistema de sinalização, os dispositivos
o qual requer um Membro para responder pela Terceira Promotoria de e os equipamentos de controle viário;
Justiça Especializada de Defesa da Infância e Juventude, na data de 11 (...)
de novembro de 2014, em razão de viagem institucional; X - implementar as medidas da Política Nacional de Trânsito e do Pro-
RESOLVE: grama Nacional de Trânsito”.
Art. 1º - DESIGNAR o Promotor de Justiça de Entrância Final RICAR- Art. 22 - Compete aos órgãos ou entidades executivos de trânsito dos
DO COELHO DE CARVALHO para, concomitante as funções ante a 1ª Estados e do Distrito Federal, no âmbito de sua circunscrição:
Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Infância e Juventude I - cumprir e fazer cumprir a legislação e as normas e trânsito, no âmbito
da Comarca de Rio Branco/AC, responder pela 3ª Promotoria de Justiça de suas respectivas atribuições;
Especializada de Defesa da Infância e Juventude da Comarca de Rio (...)
Branco/AC, no dia 11 de novembro de 2014. XI - implementar as medidas da Política Nacional de Trânsito e do Pro-
Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor nesta data. grama Nacional de Trânsito”.
Dê-se ciência, publique-se e cumpra-se. Art. 72. Todo cidadão ou entidade civil tem o direito de solicitar, por
GABINETE DA PROCURADORIA GERAL ADJUNTA PARA ASSUNTOS escrito, aos órgãos ou entidades do Sistema Nacional de Trânsito, si-
ADMINISTRATIVOS E INSTITUCIONAIS, aos sete dias do mês de no- nalização, fiscalização e implantação de equipamentos de segurança,
vembro do ano de dois mil e quatorze. bem como sugerir alterações em normas, legislação e outros assuntos
pertinentes a este Código.
CARLOS ROBERTO DA SILVA MAIA, Art. 73. Os órgãos ou entidades pertencentes ao Sistema Nacional de
Procurador-Geral Adjunto Administrativo e Institucional. Trânsito têm o dever de analisar as solicitações e responder, por escrito,
_________________________________________________________ dentro de prazos mínimos, sobre a possibilidade ou não de atendimen-
to, esclarecendo ou justificando a análise efetuada, e, se pertinente,
NÚMERO DO MP: 06.2014.00000586-0 informando ao solicitante quando tal evento ocorrerá.
PORTARIA N.º 0088/2014/PHABURBAN Parágrafo único. As campanhas de trânsito devem esclarecer quais as
O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, através da Promotoria atribuições dos órgãos e entidades pertencentes ao Sistema Nacional
Especializada de Habitação e Urbanismo, representada, pela Promotora de Trânsito e como proceder a tais solicitações.
de Justiça infra-assinada, no uso de suas atribuições legais, com base “Art. 88 - Nenhuma via pavimentada poderá ser entregue após sua
no que preceituam os artigos 37, caput, 127 e 129, III, da Constituição construção, ou reaberta ao trânsito após a realização de obras ou de
Federal, artigos 1º e 25, inciso IV, da Lei 8.625/93 (Lei Orgânica Nacional manutenção, enquanto não estiver devidamente sinalizada, vertical e
do Ministério Público), art. 1.º, incisos I, II e VI, art. 5.º, inciso I, e art. 8.º, horizontalmente, de forma a garantir as condições adequadas de segu-
§ 1.º, da Lei n.º 7.347/85, bem como o art. 4.º da Resolução n.º 23, de rança na circulação”.
17 de setembro de 2007, do Conselho Nacional do Ministério Público; e, CONSIDERANDO o que dispõe o art. 24 do Código de Trânsito Brasilei-
CONSIDERANDO que chegou ao conhecimento do Ministério Público, ro, no que se refere à competência do Município:
através de informações fornecidas através do Portal MP.AC.GOV.BR, “Art. 24. Compete aos órgãos e entidades executivos de trânsito dos
notícia acerca da possível irregularidades na instalação de lombadas Municípios, no âmbito de sua circunscrição:
(quebra molas) na Estrada do Calafate. I - cumprir e fazer cumprir a legislação e as normas de trânsito, no âm-
CONSIDERANDO que, segundo a Declarante, o supracitado problema bito de suas atribuições;
seria decorrente de possíveis instalações irregulares de quebra-molas II - planejar, projetar, regulamentar e operar o trânsito de veículos, de
(lombadas) infringindo a Resolução 039/98, do CONTRAN, que esta- pedestres e de animais, e promover o desenvolvimento da circulação e
belece os padrões e critérios para a instalação de ondulações trans- da segurança de ciclistas;
versais previstas no art. 94 do CTB, pois, segundo esta Resolução, as III - implantar, manter e operar o sistema de sinalização, os dispositivos
lombadas não podem ser instaladas em vias de circulação de transpor- e os equipamentos de controle viário;
te coletivo, nem em curvas ou em locais de difícil visualização, como IV - coletar dados estatísticos e elaborar estudos sobre os acidentes de
também em locais cuja circulação de veículos seja de no mínimo 600 trânsito e suas causas;
(seiscentos) veículos por hora nos horários de pico. V - estabelecer, em conjunto com os órgãos de polícia ostensiva de
CONSIDERANDO, ainda, que foram recentemente instaladas lombadas trânsito, as diretrizes para o policiamento ostensivo de trânsito;
na estrada do Calafate, de acordo com a Declarante, desrespeitando essa VI - executar a fiscalização de trânsito, autuar e aplicar as medidas adminis-
Resolução, bem como a altura máxima permitida, que seria de 10 cm. trativas cabíveis, por infrações de circulação, estacionamento e parada pre-
CONSIDERANDO que o Código de Trânsito Brasileiro estabelece no vistas neste Código, no exercício regular do Poder de Polícia de Trânsito;
art. 1.º, § 2.º, que “O trânsito, em condições seguras, é um direito de to- CONSIDERANDO que, em nível local, a Lei Municipal n.º 1.457, de 16
dos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de janeiro de 2002, que criou a RBTRANS, no art. 2.º, dispõe sobre a
de Trânsito, a estes cabendo, no âmbito das respectivas competências, competência dessa Autarquia, nos seguintes termos:
adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito”. Art. 2º - A RBTRANS atuará nas áreas do transporte público de passa-
CONSIDERANDO que a sinalização é um dos modos de propiciar um geiros, sinalização viária e trânsito e terá por finalidade:
trânsito seguro, razão pela qual deve ser disposta na via sempre que XII - cumprir e fazer cumprir a legislação e as normas de trânsito, no
for necessária. âmbito de suas atribuições;
CONSIDERANDO, a esse respeito, que a Constituição da República, XVI - licenciar e fiscalizar as obras e eventos que possam perturbar ou
em seus arts. 6.º e 144, ao caracterizar os direitos sociais, incluiu entre interromper a livre circulação de veículos e pedestres, ou colocar em
eles o direito à segurança, que tem como função básica a proteção do risco sua segurança, assim como aplicar as sanções correspondentes;
direito à vida, pois garante sua inviolabilidade. CONSIDERANDO, assim, que está positivado que a segurança no trân-
61 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 61
DIÁRIO OFICIAL

sito é direito coletivo, sendo responsável pela mesma os órgãos admi- ESTADO DO ACRE
nistrativos com atribuições legalmente instituídas para tal, ou, de outra MINISTÉRIO PÚBLICO
parte, aquelas instituições e pessoas que derem motivo, por ação ou PROMOTORIA DE JUSTIÇA ESPECIALIZADA
omissão, à ausência de segurança no trânsito. DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE DA BACIA HIDROGRÁFICA DO JURUÁ
CONSIDERANDO que na sinalização, conservação e manutenção das pis-
tas de rolamento existe a prestação de serviços público, com vistas a oferecer AUTOS DE Nº: 06.2014.00000117-5
a devida segurança à coletividade; e, assim considerada, a manutenção dos INTERESSADO: Ministério Público do Estado do Acre
serviços essenciais ao trânsito seguro está regulamentado pela Lei 8.078/90, PROMOÇÃO DE ARQUIVAMENTO
que instituiu o Código de Defesa do Consumidor, consta o seguinte: Trata-se de inquérito civil instaurado pela Promotoria de Justiça Espe-
“Art. 6º - São direitos básicos do consumidor: I - a proteção da vida, saúde cializada de Defesa do Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica do Juruá,
e segurança contra os riscos provocados por práticas no fornecimento de com finalidade de apurar denúncia sobre a suposta utilização de maqui-
produtos e serviços considerados perigosos ou nocivos; VI - a efetiva pre- nário da Prefeitura de Porto Walter para executar obras na propriedade
venção e reparação de danos patrimoniais e morais, individuais, coletivos e particular do Prefeito José Estephan Barbary Filho.
difusos; X – a adequada e eficaz prestação dos serviços públicos em geral.” O procedimento não merece prosseguir.
CONSIDERANDO que o direito à segurança no trânsito, expressamente De acordo com a denúncia formalizada nesta Promotoria de Justiça,
previsto por norma acima transcrita, caracteriza-se como direito difuso, o investigado José Estephan Barbary Filho, na condição de Chefe do
conforme os esclarecedores termos do artigo 81, I, do Código de Defesa Poder Executivo de Porto Walter/AC, teria utilizado os maquinários da
do Consumidor: Prefeitura para executar serviços em sua propriedade particular (terra-
“Art. 81 - A defesa dos interesses e direitos dos consumidores e das ví- planagem e ampliação da barragem do açude).
timas poderá ser exercida em juízo individualmente, ou a título coletivo. Regularmente notificado, o Sr. Francisco Antônio Vieira do Monte compa-
Parágrafo único - A defesa coletiva será exercida quando se tratar de: receu ao Ministério Público (fl. 15), declarando que em nenhum momento
I - Interesses ou direitos difusos, assim entendido, para efeitos deste executou serviços na propriedade do Prefeito Zezinho Barbary, fazendo
Código, ou transindividuais, de natureza indivisível, de que sejam titula- uso do maquinário da Prefeitura; que em novembro de 2013, recebeu a
res pessoas indeterminadas e ligadas por circunstâncias de fato;” missão para realizar a limpeza do local onde será construído o aterro sani-
CONSIDERANDO, igualmente, sob outro vértice, que o art.37, “caput”, tário de Porto Walter; que o declarante foi o operador do trator de esteira,
da Constituição Federal, alterado pela Emenda Constitucional n.º 19/98, enquanto Valdecir ficou encarregado de operar a escavadeira hidráulica;
passou a prever expressamente como uma das premissas fundamen- que sabe dizer que o Prefeito Zezinho Barbary contratou uma empresa,
tais da administração pública, a eficiência de seus serviços; estando identificada como Cruzeiro do Vale Ltda., para prestar serviços em seu
atrelada a administração pública, ao lado dos Princípios da Moralidade, imóvel rural; que esses serviços foram executados no mesmo período em
Impessoalidade, Legalidade e Publicidade, em todas as suas esferas, que o declarante estava trabalhando no acesso do aterro sanitário.
também ao Princípio da Eficiência. O Sr. Valdecir Pereira (fl. 17), por sua vez, alegou que no período de
CONSIDERANDO, outrossim, que as estradas, em seu sentido gené- novembro/2013 a janeiro/2014 recebeu a determinação do Secretário
rico, incluindo ruas e rodovias, nos termos do art. 99, I do Código Ci- de Obras para executar um serviço no Ramal do “seu Alfânio”, onde
vil, são “bens públicos de uso comum de todos”, sendo evidente que será construído o aterro sanitário de Porto Walter; que foram utilizadas
a manutenção das mesmas, visando a segurança pública, caracteriza
nessa missão duas máquinas pesadas (trator de esteira e escavadeira
interesse coletivo passível de tutela através da ação civil pública.
hidráulica); que ele e o senhor Francisco Antônio Vieira do Monte foram
CONSIDERANDO que o Município de Rio Branco, através da RB-
os operadores do maquinário; que não executaram serviços dentro do
TRANS, bem como os demais órgãos que compõem o Sistema Nacio-
imóvel rural do Prefeito Zezinho Barbary.
nal de Trânsito, se atuarem com prudência, diligência e perícia normais,
De outro lado, no entanto, as testemunhas Valter França de Lima (fl. 19),
estão habilitados a oferecer à comunidade o que o Direito lhes impõe:
Luiz Carlos Ferreira da Silva (fl. 22) e Hélio Mendonça Uchoa (fl. 24)
proteção contra a conduta irregular lesiva ao interesse da comunidade,
declararam que as máquinas da Prefeitura de Porto Walter foram vistas
bem como ao patrimônio, saúde e à vida.
trabalhando nas proximidades do imóvel rural do Prefeito.
CONSIDERANDO, assim, que a RBTRANS pode e deve agir pelos
Seguidamente, este Órgão Ministerial realizou a oitiva de José Arenilson Cor-
meios próprios para a eliminação do risco, tendo o dever de realizar
reia de Oliveira, proprietário da empresa Cruzeiro do Vale Indústria e Comércio
prestações positivas visando à melhoria nas condições de vida dos ad-
de Serviços Ltda. (fl. 34), o qual aduziu que no final de dezembro de 2013 o
ministrados; não havendo, pois, dúvidas quanto ao dever daqueles de
Prefeito Zezinho Barbary contratou os seus serviços para beneficiar um imóvel
adotar outras medidas administrativas para o afastamento da situação
do risco em questão. rural; que o Sr. Valdecir foi operador responsável pela execução desses tra-
RESOLVE: balhos; que recebeu a quantia de R$ 1.050,00 pelos serviços prestados; que
INSTAURAR PROCEDIMENTO PREPARATÓRIO, a fim de realizar as emitiu recibo no valor correspondente em favor do Prefeito de Porto Walter.
seguintes diligências: Em diligências, a equipe técnica do Ministério Público realizou vistoria
1. Nomear a Servidora Weruschka Harianah Braga Moreno de Oliveira, Ofi- (fls. 38/40) e, ao final, concluiu que as máquinas da Prefeitura, no pe-
ciala de Gabinete de Promotoria, lotada nesta Promotoria Especializada de ríodo apurado, trabalharam na ampliação da barragem do açude, não
Habitação e Urbanismo, nos termos do art. 4.º, da Resolução n.º 23/2007 com o objetivo de beneficiar a propriedade particular de José Barbary,
CNMP, para funcionar como Secretária, a qual será substituída, em suas mas com o intuito de recuperar as condições de tráfego do ramal que dá
ausências, pelos demais servidores em exercício nesta Promotoria. acesso ao lixão municipal.
2. Registro e autuação da presente Portaria, assinalando como objeto Pois bem. Do exame acurado dos autos, conclui-se que o arcabouço
do Procedimento Preparatório: Verificação de possíveis irregularidades probatório é extremamente frágil e não autoriza, segundo a nossa con-
na instalação de lombadas (quebra-molas) na Estrada do Calafate. vicção, o ajuizamento de ação de improbidade administrativa em face
3. Remessa de cópia da presente Portaria para publicação no Diário do Prefeito José Estephan Barbary Filho.
Oficial do Estado. Com efeito, as testemunhas inquiridas pelo Promotor de Justiça afirma-
4. A fim de serem observados o art. 9.º da Resolução n.º 23, do Con- ram que as máquinas pesadas da Prefeitura de Porto Walter estiveram
selho Nacional do Ministério Público - CNMP, e o art. 9.º do Ato n.º naquela localidade visando restaurar as condições de tráfego do ramal
010/2008 da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado do Acre - PGJAC, que dá acesso ao lixão, fato esse confirmado in loco pelo Eng. Paulo
deve ser realizado o acompanhamento de prazo inicial de 03 (três) me- Henrique da Silva Souza.
ses para conclusão do presente procedimento preparatório, mediante Além disso, extrai-se que o Prefeito José Barbary, no período de dezem-
certidão nos autos após o seu transcurso. bro/2013 a janeiro/2014, locou maquinário da empresa Cruzeiro do Vale
5. Como providência instrutória, determino a realização da seguinte dili- Indústria e Comércio Ltda., para executar serviços em seu imóvel rural,
gência: Oficie-se a Superintendência de Transito - RBTRANS, encami- o que é corroborado pelos recibos juntados às fls. 35/36.
nhando cópia da denúncia e desta Portaria, requisitando, no prazo de 15 Logo, não há como sustentar, com a segurança necessária, a afirma-
(quinze) dias, informações sobre a regularidade/adequação dos dispositi- ção de que o Chefe do Poder Executivo de Porto Walter, valendo-se do
vos, lombadas, localizadas na Estrada do Calafate; e, ainda, a realização cargo político que ocupa, utilizou máquinas da Prefeitura para satisfazer
de estudos técnicos para a identificação da necessidade de instalação de um interesse privado, pois, como dito, não há nenhuma prova material
fiscalização eletrônica de velocidade em toda a extensão da Estrada do da ocorrência desse fato.
Calafate, nesta Capital, assim como informações sobre a possibilidade de Oportuno salientar que o Ministério Público chegou a contatar o Depar-
realização das consequentes intervenções apontadas no citado estudo. tamento de Polícia Técnica de Cruzeiro do Sul para verificar a viabilida-
Após cumprimento das determinações supracitadas, venham os autos de de perícia no local, mormente para constatar a existência de rastros
conclusos para ulteriores deliberações. mecânicos e determinar as causas (pneus ou esteira).
Rio Branco-AC, 06 de novembro de 2014. Em resposta, o perito criminal Jean Bezerra Guimarães informou que
a diligência era tecnicamente inviável, em razão do decurso do tempo,
Rita de Cássia Nogueira Lima lembrando que a denúncia só foi formalizada em 29/01/2014 (f. 03), em
Promotora de Justiça pleno inverno amazônico. Acrescentou, ainda, que a perícia não poderia
62 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 62
DIÁRIO OFICIAL

ser realizada exclusivamente com base no exame fotográfico, pois o Local: Sala da Comissão Permanente de Licitação, na Av. Gov. Edmun-
resultado seria inconclusivo. do Pinto n°. 810- centro,Prefeitura Municipal de Acrelândia.
ANTE O EXPOSTO, considerando que as provas produzidas no curso O edital poderá ser adquirido junto à comissão de licitação no endereço
do apuratório extrajudicial não lograram demonstrar, de forma inequívo- acima citado.
ca, a prática de ato de improbidade administrativa pelo Prefeito de Porto Maiores esclarecimentos relacionados, telefone (68) 3235 1173 – horá-
Walter, PROMOVO O ARQUIVAMENTO do procedimento, determinan- rio de expediente nos dias úteis.
do a sua remessa ao Egrégio Conselho Superior do Ministério Público, Acrelândia – AC, 10 de Novembro de 2014.
para os fins colimados no art. 9°, § 1°, da Lei n. 7.347/85.
Dê-se ciência aos envolvidos. Publique-se. Rita de Cássia Negrelli Pereira
Cruzeiro do Sul/AC, 10 de novembro de 2014. Pregoeira

WENDY TAKAO HAMANO CRUZEIRO DO SUL


Promotor de Justiça de Defesa do Meio Ambiente
_________________________________________________________
MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL – ACRE
ESTADO DO ACRE GABINETE DO PREFEITO
MINISTÉRIO PÚBLICO
Departamento de Licitações DECRETO Nº 175/2014, DE 29 DE OUTUBRO DE 2014.

AVISO DE RETIFICAÇÃO DE EDITAL DISPÕE SOBRE A NOMEAÇÃO DO PROCURADOR GERAL DO MUNI-


Pregão Presencial nº 066 / 2014 – Sistema de Registro de Preços CÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL - ACRE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.
Processo nº 1674 / 2014 – Diretoria de Administração
O Departamento de Licitações do Ministério Público do Estado do Acre, O PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL – ACRE, no uso das
através de sua Pregoeira, torna público aos interessados, e em especial atribuições que lhe confere o art. 64 da Lei Orgânica deste Município.
às empresas que adquiriram o Edital do Pregão Presencial nº 066/2014, DECRETA:
que em razão de alterações no Termo de Referência do referido certame, Art. 1° Fica nomeado o Sr. JONATHAN XAVIER DONADONI, portador
fica reaberto o prazo inicialmente estabelecido, conforme exposto abaixo: do CPF n° 726.068.942-00, como PROCURADOR GERAL do Município
OBJETO: Registro de preços visando futura contratação de prestação de Cruzeiro do Sul – Acre, até ulterior deliberação.
de serviços de dedetização, desratização, descupinização, controle Art. 2º Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação e/ou afixa-
integrado de pragas, controle de pombos, desentupidora, limpeza de ção no Átrio desta Municipalidade, revogadas as disposições em contrário.
fossa e limpeza de caixa d’água em todas as unidades do Ministério GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL,
Público do Estado do Acre ESTADO DO ACRE, EM 29 DE OUTUBRO DE 2014.
ABERTURA: 26 de novembro de 2014 Registre-se.
HORÁRIO: 09:00 horas Publique-se.
LOCAL: Departamento de Licitações do Ministério Público Estadual –
Rua Benjamin Constant, nº 939 – Centro – Rio Branco – Acre Vagner Sales
O edital completo e seus anexos encontram-se à disposição dos inte- Prefeito Municipal
ressados no site desta Instituição: http://www.mpac.mp.br, ou em seu _________________________________________________________
Departamento de Licitações, do dia 11 ao dia 26 de novembro de 2014,
de 08:00 às 18:00 horas. MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL – ACRE
Rio Branco – Acre, 10 de novembro de 2014. GABINETE DO PREFEITO

MARIA CELENICE GOMES DE OLIVEIRA DECRETO Nº 176/2014, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014.


Pregoeira do MPE/AC
DISPÕE SOBRE A NOMEAÇÃO DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE AS-
MUNICIPALIDADE SISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO
SUL – ACRE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

CÂMARA MUNICIPAL DE PORTO ACRE O PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL – ACRE, no uso das
atribuições que lhe confere o art. 64 da Lei Orgânica deste Município.
ESTADO DO ACRE DECRETA:
CÂMARA MUNICIPAL DE PORTO ACRE Art. 1º Fica nomeada a Srª. ROSA MARIA DOS SANTOS SAMPAIO DA
SILVA, portadora do CPF n° 217.367.902-34, como SECRETÁRIA MU-
TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO NICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL da Prefeitura Municipal de Cruzeiro
Para que produza os efeitos legais em sua plenitude, HOMOLOGO os do Sul – Acre, até ulterior deliberação.
trabalhos da C.P.L. e ADJUDICO o objeto licitado na modalidade CON- Art. 2º Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação e/ou
VITE Nº 001/2014 em favor da Empresa TECNOSOL ENGENHARIA afixação no Átrio desta Municipalidade, com efeitos a contar da data de
ARQUITETURA E CONSULTORIA LTDA, vencedora com o valor global sua emissão.
de R$ 56.054,91 (Cinquenta e seis mil e Cinquenta e quatro reais e no- Art. 3° Revogam-se as disposições em contrário, em especial o Decreto
venta e um centavos), para executar o serviço de Reforma e Ampliação n° 137, de 21 de julho de 2014.
da Câmara Municipal de Porto Acre, de conformidade com inciso I, § 1º GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL,
do art. 45 da Lei 8.666/93, atualizada pela Lei 8.883/94. ESTADO DO ACRE, EM 31 DE OUTUBRO DE 2014.
Porto Acre – Acre, 06 de novembro de 2014. Registre-se.
Publique-se.
Maximo Antonio de Souza da Costa
1º Secretário Vagner Sales
Abílio Rodrigues Barbosa Neto Prefeito Municipal
Presidente _________________________________________________________

MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL – ACRE


ACRELÂNDIA GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 177/2014, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014.


PREFEITURA MUNICIPAL DE ACRELANDIA
DISPÕE SOBRE A EXONERAÇÃO DO SUB-PREFEITO DA VILA SANTA
AVISO DE EDITAL – PREGÃO PRESENCIAL SRP N°.010/2014. ROSA DO MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL – ACRE, E DÁ OUTRAS
Objeto: Aquisição de material de consumo e permanente e limpeza, PROVIDÊNCIAS.
para atender necessidades da Secretaria Municipal de Administração e
Secretaria Municipal de Obras. O PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL – ACRE, no uso das
Abertura das Propostas: 24 de Novembro de 2014 às 09:00 hs. atribuições que lhe confere o art. 64 da Lei Orgânica deste Município.
63 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 63
DIÁRIO OFICIAL

DECRETA:
Art. 1º Fica exonerado o Sr. LUSMAR DA SILVA GUALBERTO, brasileiro, portador do CPF n° 197.131.772-15, do cargo de SUB-PREFEITO DA
VILA SANTA ROSA – CC 7 do Município de Cruzeiro do Sul/AC.
Art. 2º Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação e/ou afixação no Átrio desta Municipalidade, com efeito retroativo a 1° de agosto
de 2014, revogada as disposições em contrário.
GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL,
ESTADO DO ACRE, EM 07 DE NOVEMBRO DE 2014.
Registre-se.
Publique-se.

Vagner Sales
Prefeito Municipal

MÂNCIO LIMA

ESTADO DO ACRE
PREFEITURA MUNICIPAL DE MÂNCIO LIMA

Extrato de Contrato
Tipo de Licitação - Pregão Presencial - nº 028/2014.
Interessado - Município de Mâncio Lima/Acre.
Objeto – AQUISIÇÃO DE MAQUÍNAS E QUIPAMENTOS (GRADE/TRATOR).
Vigência do Contrato – 12 (doze) meses.
Empresas Vencedoras:
A saber, pra a empresa C. C. MATOS NETO AGRICOLA CNPJ Nº 15.061.986/0001-87; com o menor valor para o item:
ITEM DESCRIÇÃO MARCA UND QUANT VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL
01 Grade Aradora Nova, de no mínimo 16 discos e com pneus novos. BALDAN UND 4 R$16.900,00 R$ 67.600,00
TOTAL EM R$ R$ 67.600,00
A saber, pra a empresa MOTORAUTO VEÍCULOS E MÁQUINAS LTDA. CNPJ Nº 04.043.451/0001-67; com o menor valor para o item:
ITEM DESCRIÇÃO MARCA UND QUANT VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL
Trator Agrícola de Pneus, novos com potência mínima de 75CV, dire- NEW
02 UND 4 R$104.500,00 R$418.000,00
ção Hidrostática, traçado 4x4. HOLLAND
TOTAL EM R$ R$418.000,00
Data de Assinatura; 31 de Outubro de 2014.
A despesa do exercício subsequente correrá à conta da Dotação Orçamentária:
Fonte de Recurso: Contrato de repasse n° 792521/2013
Assinam o presente contrato o senhor Cleidson de Jesus Rocha, pelo Município de Mâncio Lima – AC e o Sr CLOVIS COSTA MATOS NETO, pela
empresa C. C. MATOS NETO AGRICOLA; o Sr OLAVO GOMES PIRES NETO pela empresa MOTORAUTO VEÍCULOS E MAQUINAS LTDA;
representantes legais das empresas adjudicatárias.
Mâncio Lima – AC, 31 de Outubro de 2014.

Cleidson de Jesus Rocha


Prefeito Municipal
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE
PREFEITURA MUNICIPAL DE MÂNCIO LIMA

TERMO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO


PREGÃO PRESENCIAL - Nº 028/2014
Para que produzam os efeitos legais em sua plenitude, HOMOLOGO todos os atos praticados pelo Senhor Pregoeiro e pela Equipe de apoio refe-
rente o PREGÃO PRESENCIAL – Nº 028/2014 - AQUISIÇÃO DE MAQUÍNAS E QUIPAMENTOS (GRADE/TRATOR). Pelo critério de menor preço
unitário, ADJUDICO E HOMOLOGO o objeto da licitação em favor das empresas:
A saber, pra a empresa C. C. MATOS NETO AGRICOLA CNPJ Nº 15.061.986/0001-87; com o menor valor para o item:
ITEM DESCRIÇÃO UND QUANT VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL
01 Grade Aradora Nova, de no mínimo 16 discos e com pneus novos. UND 4 R$16.900,00 R$ 67.600,00
TOTAL EM R$ R$ 67.600,00
A saber, pra a empresa MOTORAUTO VEÍCULOS E MÁQUINAS LTDA. CNPJ Nº 04.043.451/0001-67; com o menor valor para o item:
ITEM DESCRIÇÃO UND QUANT VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL
Trator Agrícola de Pneus, novos com potência mínima de 75CV, dire-
02 UND 4 R$104.500,00 R$418.000,00
ção Hidrostática, traçado 4x4.
TOTAL EM R$ R$418.000,00
Mâncio Lima - AC, 29 de Outubro de 2014.

Cleidson de Jesus Rocha


Prefeito Municipal

MARECHAL THAUMATURGO

DECRETO Nº 463, DE 23 DE OUTUBRO DE 2014

O PREFEITO DE MARECHAL THAUMATURGO, usando das atribuições que lhes são conferidas pela Lei Nº 65 de 23 de maio de 2013,
R E S O L V E:
Art. 1º. Exonerar ANTONIO ELSON SILVA DE OLIVEIRA, do Cargo em Comissão de Coordenador de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde,
até ulterior deliberação.
Art. 2º. Este decreto entra em vigor nesta data, revogadas as disposições em contrário.
PUBLIQUE-SE

ALDEMIR DA SILVA LOPES


Prefeito
64 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 64
DIÁRIO OFICIAL

DECRETO Nº 464, DE 23 DE OUTUBRO DE 2014 Art. 2º. Os servidores serão os seguintes:


1. Jose Rudson da Silva Rogerio – Assessor Especial
O PREFEITO DE MARECHAL THAUMATURGO, usando das atribui- 2. Marcos Antônio Oliveira de Almeida – Diretor de Comunicação
ções que lhes são conferidas pela Lei Nº 65 de 23 de maio de 2013, 3. Adjames da Costa Lima – Coordenador de Imprensa
R E S O L V E: 4. Naiana Gomes Bezerra – Coordenadora de Defesa Civil
Art. 1º. Exonerar PAULO CÉSAR DE OLIVEIRA SANTOS, do Cargo em 5. Jose Castelo Branco – Secretário Executivo
Comissão de Coordenador de Vigilância Sanitária da Secretaria Munici- 6. Raimundo Ferreira Martins – Subprefeito
pal de Saúde, até ulterior deliberação. 7. Antônio Fernandes Martins de Lima – Secretário Executivo
Art. 2º. Este decreto entra em vigor nesta data, revogadas as disposi- 8. Amarizio Ferreira da Costa – Secretário Executivo 
ções em contrário. 9. Maria Cileneide das Chagas Oliveira de Souza – Secretaria Executiva
PUBLIQUE-SE 10. Marcus Vinicius de Sá Lima – Assessor Especial
11. Carlandia Felix do Nascimento – Chefe da Seção de Compras e
ALDEMIR DA SILVA LOPES Controle de Estoque
Prefeito 12. Luiz Ferreira de Albuquerque – Secretário Executivo
_________________________________________________________ 13. Geomberto Bernardo de Paiva – Chefe de Seção de Arquivo Geral
14. Elisandro Pereira de Oliveira – Secretário Executivo
DECRETO Nº 465, DE 24 DE OUTUBRO DE 2014 15. Jose Nonato Marques de Oliveira – Secretário Executivo
16. Francisca Geovana Dutra Menezes – Secretaria Executiva
O PREFEITO DE MARECHAL THAUMATURGO, usando das atribui- 17. Felix de Melo Sarah Neto – Diretor de Projetos e Convênios
ções que lhes são conferidas pela Lei Nº 65 de 23 de maio de 2013, 18. Joao Dolira da Silva – Secretário Executivo
R E S O L V E: 19. Maria do Socorro Souza Rocha – Chefe de Seção de Estudo e Estatística
Art. 1º. Nomear LUIZ ROBERTO SILVA DE JESEUS, para exercer o car- 20. Marcelo dos Santos Silva – Secretario Executivo
go em comissão de Coordenador de Endemias da Secretaria Municipal 21. Jose Davi Rodrigues de Araújo – Chefe de Seção de Fiscalização
de Saúde, até ulterior deliberação. e Arrecadação
Art. 2º. Este decreto entra em vigor nesta data, revogadas as disposi- 22. Francisco Clemilson Cordeiro da Silva – Secretário Executivo
ções em contrário, com efeitos financeiros a contar de 01 de novembro 23. Antônio de Souza – Secretario Executivo
do corrente. 24. Rubia Auricélia Vale da Rocha – Chefe de Seção de Estoque
PUBLIQUE-SE 25. Ibermauro Souza Silva – coordenador de Viação Fluvial, Terrestre e Aérea
26. Antônio Jorge Ferreira Borges Filho – Coordenador de Abasteci-
ALDEMIR DA SILVA LOPES mento e Manutenção
Prefeito 27. Jose Maria Vieira da Silva – Coordenadoria de Terras
_________________________________________________________ 28. Maria Ivanice Silva Dias – Coordenadora de Limpeza Publica
29. Deoclécio Castelo da Cunha – Coordenador de Cemitérios
DECRETO Nº 470, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014 30. Francisco Evandro Dias de Azevedo – Coordenador de Praças, Par-
ques e Jardins
O PREFEITO DE MARECHAL THAUMATURGO, no uso das atribuições 31. Antônio Teixeira da Costa – Coordenador de Abastecimento, Merca-
conferida por Lei: dos, Matadouros e Feiras Livres
Considerando o disposto no Art. 37, IX, da Constituição Federal e Lei 32. Marcia Ferreira da Costa – Secretaria Executiva
Orgânica do município de Marechal Thaumaturgo; e o disposto na Lei 33. Francisco Jardel Nascimento Ferreira – Coordenador de Turismo
de Gestão Democrática do Sistema de Ensino Público do Município de 34. Angra Pinheiro de Oliveira – Secretaria Executiva
Marechal Thaumaturgo. 35. Luélio Frota de Araújo – Assessor Especial
Considerando o Processo Seletivo que será desenvolvido em duas eta- 36. Amadeu Vieira da Silva – Chefe da Seção de Transporte Escolar
pas: I – Curso de capacitação para gestores e coordenadores (classi- Rodoviário
ficatório/eliminatório); II – Eleição direta pela Comunidade Escolar (eli- 37. Francisco Santos Damasceno – Chefe da Seção de Manutenção e
minatório), objetivando o provimento de cargo/função de Gestor Escolar Abastecimento Rodoviário
das Escolas Municipais do Município de Marechal Thaumaturgo – Acre 38. Aldenizio Barbosa Rodrigues – Chefe da Seção de Transporte Esco-
– Edital 001/2014. lar Fluvial – Regional 01
RESOLVE: 39. Altemir Firmino - Chefe da Seção de Transporte Escolar Fluvial –
Art. 1º. Nomear a COMISSÃO GERAL DE ORGANIZAÇÃO do Proces- Regional 02
so Seletivo, Edital 01/2014, composta pelos seguintes servidores: 40. Valcélio dos Santos Furtado - Chefe da Seção de Transporte Escolar
Presidente: Maria do Rosário Souza Moreira Fluvial – Regional 03
Secretário: Nildisson Lima de Jesus 41. Manoel Albecir Barbosa do Nascimento - Chefe da Seção de Trans-
Membros: porte Escolar Fluvial – Regional 04
Representante da SEMEC: 42. Jose Erisson Firmino da Silva - Chefe da Seção de manutenção
Antônia Rosa de Souza Oliveira; Predial Preventiva e Corretiva – Regional 01
Maria Leidimar Damasceno da Silva; 43. Jose Francisco de Souza Oliveira - Chefe da Seção de manutenção
Francisco de Assis Bezerra do Nascimento; Predial Preventiva e Corretiva – Regional 02
Maria José Rodrigues de Oliveira e 44. Petrônio da Silva Souza - Chefe da Seção de manutenção Predial
Maria Ivanete Ferreira Lima Preventiva e Corretiva – Regional 03
Representante do SINTEAC: 45. Osmildo Nascimento do Carmo - Chefe da Seção de manutenção
Erivan de Souza Caetano Predial Preventiva e Corretiva – Regional 05
Mariner Pereira de Oliveira 46. Jose Francisco Rodrigues de Oliveira - Chefe da Seção de manu-
Representante do Conselho Municipal de Educação: tenção Predial Preventiva e Corretiva – Regional 06
Glauci Leão Lima; 47. Francisco Luna dos Santos - Chefe da Seção de manutenção Pre-
Eliana Alves da Rocha dial Preventiva e Corretiva – Regional 07
Maria Édila Matos dos Santos 48. Amilton Lima Fernandes - Chefe da Seção de manutenção Predial
Art. 2º. Este decreto entra em vigor nesta data, revogadas as disposi- Preventiva e Corretiva – Regional 08
ções em contrário. 49. Emanuela Monteiro da Silva – Chefe de Seção de Alimentação Escolar
PUBLIQUE-SE 50. Fernando Jose da Silva Cavalcante – Chefe da Seção de Musica e
Fanfarra
ALDEMIR DA SILVA LOPES 51. Antônio Roberval dos Santos Silva – Secretario Executivo
Prefeito 52. Davi Wane Ashaninka – Coordenador de Desportos
_________________________________________________________ 53. Fernando Frota de Azevedo – Chefe da Seção de Logística e Apoio
ao Atleta
DECRETO Nº 471, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014 54. Raimundo Nonato de Souza Silva – Chefe da Seção de Futebol de
Campo e de Salão
O PREFEITO DE MARECHAL THAUMATURGO, usando das atribui- 55. Erinelson Gomes de Jesus – Secretario Executivo
ções que lhes são conferidas pela Lei, 56. Cesar Cristóvão Dias de Azevedo Junior – Chefe da Seção de Voleibol
R E S O L V E: 57. Egnelson Gomes de Jesus – Secretario Executivo
Art. 1º. Exonerar os servidores ocupantes de Cargos em Comissão, até 58. Paulo Barbosa de Souza – Chefe da Seção de Artes Maciais
ulterior deliberação. 59. Osmildo Barbosa da Silva – Secretário Executivo
65 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 65
DIÁRIO OFICIAL

60. Claudomir de Souza Farias – Coordenador das Acoes de FNDE conseqüências de eventuais erros de seu representante no preenchi-
61. Mirian dos Santos Nascimento – Chefe da Seção de Informação de mento do formulário de inscrição.
Endemias 2.12 – O deferimento da inscrição do candidato implicará no seu conhe-
62. Maria Jacinta Moreira da Silva – Secretaria Executiva cimento e aceitação tácita das normas e condições estabelecidas neste
63. Lucildo Frota de Araújo – Gerente de Articulação Institucional Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.
64. Auricene da Silva Nascimento – Secretaria Executiva 3.0 – DO CURSO DE CAPACITAÇÃO:
65. Williane Antônia Soares Pereira – Assessora Técnica 3.1 – O curso de capacitação de que trata o inciso I, do item 1.2, será
Art. 2º. Este decreto entra em vigor nesta data, revogadas as disposi- ministrado aos candidatos que tiverem suas inscrições deferidas, abran-
ções em contrário, com efeitos financeiros a contar de 01 de novembro gendo as seguintes disciplinas:
do corrente. I - Gestão de pessoas e processos;
PUBLIQUE-SE II – Didática e Psicologia da Educação.
III - Legislação educacional;
ALDEMIR DA SILVA LOPES IV – Língua portuguesa;
Prefeito V – Construção e implementação de currí.culos;
_________________________________________________________ VI – Instrumento de avaliação da escola e da gestão;
VII – Elaboração de planos de gestão.
EDITAL Nº 001/2014 3.2 – O curso de caráter seletivo será ministrado de 27 a 29 de novem-
O MUNICÍPIO DE MARECHAL THAUMATURGO, através da Comissão bro do corrente ano e a avaliação escrita seletiva dia 01 de dezembro
Eleitoral Geral do Processo seletivo – edital nº 001/2014 , faz saber a de 2014, a partir das 8 horas da manhã.
todos quantos o presente Edital virem, ou dele tomarem conhecimento, 3.3 – Os recursos poderão serem protocolizados perante a Comissão
que se encontra aberto Processo Seletivo, para provimento de cargos eleitoral geral do processo no dia 04 de dezembro do corrente ano.
públicos de Diretor, Coordenador de Ensino e Pedagógico em escolas 3.4 – Serão considerados aprovados no curso, os candidatos que tenham
da Rede Municipal de Ensino. obtido média geral mínima de 70% (setenta por cento) de aproveitamento.
1.0 – DISPOSIÇÕES GERAIS: 3.5 – Os candidatos aprovados no curso terão seus títulos analisados
1.1 – O Certame será regido pelas normas e procedimentos constantes do e somados para composição da média final. A pontuação dos títulos
presente Edital e pelas demais aplicáveis à espécie, especialmente a Lei obedecerá ao seguinte critério: Título de especialização em nível de Pós
Municipal Nº 06 de 24 de junho de 2014, que trata da Gestão Democrática graduação, 03 (três) pontos; títulos de capacitação e/ou formação con-
do Sistema de Ensino Público do Município de Marechal Thaumaturgo. tinuada ministrados pela Secretaria Municipal e/ou Estadual de Educa-
1.2 – A direção das Unidades de Ensino será exercida por um diretor e ção, 01(um) ponto para cada curso, considerando que cada candidato
coordenadores, aprovado em todas as fases estabelecidas no presente poderá entregar o máximo de 03 (três) certificados de capacitação e/ou
Edital, todas de caráter eliminatório e classificatório, conforme a seguir: formação continuada.
I – curso de capacitação para gestores e coordenadores; 3.6 – Os títulos deverão ser entregue à comissão eleitoral geral do pro-
II – eleição direta pela comunidade escolar somente para o gestor. cesso seletivo até o dia 01 de dezembro de 2014, às 17 horas.
2.0 – DAS INSCRIÇÕES: 4.0 – DAS ELEIÇÕES:
2.1 – As inscrições realizar-se-ão no período de 10 a 14/11/2014 no 4.1 – Os candidatos ao cargo de gestor, aprovados na forma dos itens
horário das 08:00h às 17:00h, na Sede da Secretaria Municipal de Edu- anteriores, serão submetidos a processo de eleição direta e secreta,
cação, situada no Centro, do Município de Marechal Thaumaturgo. pela comunidade escolar das respectivas unidades de ensino.
2.2 – Poderão requerer inscrição os candidatos que atenderem às se- 4.2 – O período de campanha eleitoral será entre os dias 04 a
guintes condições: 09/12/2014.
I – fazer parte do quadro efetivo de pessoal do Magistério da Secretaria 4.3 – A eleição será no dia 10 de dezembro de 2014 das 08h às 20h em
Municipal de Educação; cada unidade escolar municipal. As unidades escolares que não aten-
II – ter graduação de nível superior de licenciatura plena; dem a modalidade EJA, o processo eleitoral encerrar-se-á, às 17 horas.
III – está devidamente lotado na respectiva unidade escolar, 4.4 – Os votos serão computados nas seguintes proporções:
IV - não ter sido condenado em processo administrativo nos últimos cinco anos. I – Professores e servidores: 35 % (trinta e cinco por cento);
Parágrafo Único: O formulário de inscrição estará disponível apenas no II – pais ou responsáveis: 25 % (vinte e cinco por cento).
local de inscrição. III – alunos 40% (Quarenta por cento)
2.3 – O formulário estará disponível apenas no local de inscrição e não Parágrafo Único: Nas unidades de ensino infantil e nas escolas que
poderá apresentar rasuras, emendas ou entrelinhas, sob pena de ser atendam as séries iniciais do ensino fundamental, haverá redistribuição
indeferido o pedido de inscrição. na votação, sendo o percentual de 55% para pais e/ou responsáveis
2.4 – Encerrado o prazo de inscrição, todos os pedidos serão analisa- legais e 45% para professores e demais servidores.
dos pela Comissão eleitoral geral do processo seletivo para fins de 4.5 – Para fins do disposto no item 4.1, entende-se por comunidade escolar:
averiguação e, aqueles que não atenderem às exigências do presente I – os alunos efetivamente matriculados e com freqüência mínima de 75
Edital, serão indeferidos, cuja relação constará de edital a ser publicado % (setenta e cinco por cento) e idade mínima de 13 (treze) anos;
nos mesmos meios de comunicação de publicação do presente Edital, II – Professores e funcionários efetivamente lotados na unidade de ensino; e
bem como nas sedes da Prefeitura e da Secretaria de Educação. III – Pais ou responsáveis pelos alunos.
2.5 – Os candidatos que tiverem seus pedidos de inscrição indeferi- 4.6 – Será considerado eleito para o cargo de diretor o candidato que
dos, poderão recorrer da decisão no prazo de 01 (um) dia útil, conta- obtiver maioria simples dos votos, observada a proporcionalidade.
dos da data da divulgação da relação de que trata o item precedente, 4.7 – Havendo empate, será considerado vencedor o candidato com
cujo recurso deverá ser dirigido a Comissão eleitoral geral do processo maior média de aproveitamento na fase de certificação. Persistindo o
seletivo e deverá ser instruído com as razões do recurso, bem como empate, o critério para definir o vencedor será o maior tempo de serviço
de cópia dos documentos que as justifiquem, se for o caso, devendo a em efetivo exercício do magistério.
decisão ser proferida em até 01 (um) dia útil. 4.8 – Na hipótese de haver candidato único, a eleição será plebiscitária,
2.6 – A qualquer tempo poderá ser anulada a inscrição do candidato, devendo o candidato obter 50 % (cinquenta por cento) mais um dos
desde que verificado o descumprimento de qualquer dos requisitos ora votos, respeitada a proporcionalidade.
exigidos que, por mero acaso, não tenham sido constatados no ato do 4.9 - O regimento eleitoral, único para todo o sistema de ensino do mu-
seu deferimento. nicípio de Marechal Thaumaturgo, será elaborado por comissão paritária
2.7 – Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá certificar-se dos dos membros da comunidade escolar, a ser designada pela SEMEC.
requisitos exigidos para a investidura, sendo consideradas nulas de 4.10 – A comissão eleitoral geral será constituída por representantes
pleno direito aquelas de caráter condicional e/ou extemporânea. dos seguintes segmentos:
2.8 – Não serão aceitas inscrições via postal, fax e/ou via correio eletrônico. I - 05 (cinco) representantes da Secretaria Municipal de Educação - SEMEC;
2.9 – As informações prestadas no formulário de inscrição serão de in- II - 02 (dois) representante do Sindicato dos Trabalhadores em Educa-
teira responsabilidade do candidato, dispondo Comissão eleitoral ger- ção do Acre - SINTEAC;
al do processo seletivo do direito de excluir do processo de seleção III - 03 (três) representante do Conselho Municipal de Educação;
aquele que não preencher o formulário de forma completa, correta e 4.11 – O processo eleitoral em cada unidade de ensino será convocado
legível e/ou que fornecer dados comprovadamente inverídicos. pelo Conselho Escolar, por edital público fixado em locais acessíveis,
2.10 – Será admitida a inscrição por terceiros, mediante procuração no qual constará nomeação de comissão eleitoral, com representação
simples do interessado, com firma reconhecida em cartório, acompan- paritária dos membros da comunidade escolar.
hada de cópia legível de documento de identidade do candidato e do 4.12 – A comissão eleitoral de cada unidade de ensino será acrescida
procurador. Esses documentos serão retidos no ato da inscrição. de um elemento indicado por candidato inscrito e elegerá, dentre os
2.11 – O candidato inscrito por procuração assume total responsabili- seus membros, seu Presidente, Vice-Presidente, 1º e 2º Secretários.
dade pelas informações prestadas por seu procurador, arcando com as 4.13 – O período de transição será logo após o processo eleitoral.
66 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 66
DIÁRIO OFICIAL

4.14 – A solenidade da posse será estabelecida pela Secretaria Municipal de Educação – SEMEC.
5.0 – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS:
5.1 – Os itens deste Edital poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos, enquanto não consumada a providência ou evento que
lhes disserem respeito, circunstância que será mencionada em edital ou aviso a ser publicado.
5.2 – O não atendimento, pelo candidato, das condições estabelecidas neste Edital, implicará sua eliminação do processo de seleção, a qualquer tempo.
5.3 – É de inteira responsabilidade do candidato o acompanhamento dos Editais, Comunicados e demais publicações referentes a este Certame.
5.4 – Os casos omissos serão resolvidos pela SEMEC.
Marechal Thaumaturgo, 07 de novembro de 2014.

Maria do Rosário Souza Moreira


Presidente da Comissão Eleitoral Geral
Do Processo Seletivo

ANEXO I

CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE GESTOR, COORDENADOR PEDAGÓGICO E DE ENSINO – EDITAL Nº
001/2014
Publicar edital: 07 novembro de 2014.
Período de inscrição de 10 à 14/11/2014.
Divulgação resultado dos habilitados para curso 17/11/2014.
Período para recorrer inscrições que foram indeferidas 19/11/2014.
Curso de gestão 27 a 29/11/2014.
Prova de gestão 01/12/2014.
Resultado da prova escrita preliminar 02/12/2014.
Período para recorrer do resultado da prova do curso de gestão 02 e 03 /12/2014.
Resultado final dos habilitados para concorrer à eleição na escola 04/12/2014.
Período de campanha: 04 a 09/12/2014.
Eleição dia 10 de dezembro das 8h às 20h (As escolas que não tem EJA o processo eleitoral encerra-se às 17h).
ANEXO II – CÓDIGO, NOME E ENDEREÇO DA ESCOLA QUE FAZEM PARTE DO PROCESSO SELETIVO.
ZONA RURAL E URBANA
Nº CÓDIGO NOME DA ESCOLA ENDEREÇO
01 12002461 ANTONIO RUBENS PINHEIRO FAZENDA CACHOEIRA/RIOJURUÁ.
02 12002674 JOÃO PRAXEDES COM. NOVO HORIZONTE/RIO TEJO.
03 12002828 MARNÍZIA CRUZ COM. TRIUNFO/RIO JURUÁ.
04 12002887 PRAXEDES BRANDÃO COM. ORIENTE/RIO JURUÁ.
05 12002950 ZILDA VASCONCELOS VILA RESTAURAÇÃO/RIO TEJO.
06 12018902 TANCREDO DE ALMEIDA NEVES COM. ACURIÁ/RIO JURUÁ.
07 12021792 ERNESTINA RODRIGUES FERREIRA VILA FOZ DO BREU/RIO JURUÁ.
08 12027081 JOÃO ALVES BEZERRA COM. FOZ DO ARARA/RIO JURUÁ.
09 12002771 JUSTINIANO DE SERPA RUA 5 DE NOVEMBRO, S/Nº, CENTRO.
10 12027090 MANOEL RODRIGUES DE ARAÚJO RUA FERNANDO GUAPINDAIA, S/Nº, CENTRO.
11 12029807 MARIA FERREIRA DO VALE RUA ZILDA VASCONCELOS, S/Nº, CENTRO.
12 12089222 ESCOLA INFANTIL MARIA LUZIA ELIAS DOS SANTOS RUA ZILDA VASCONCELOS, S/Nº, CENTRO.
13 12026387 ANTÔNIO PEDRO RODRIGUES COM. FOZ DO RIO TEJO.
14 12032018 LENCISA MARIA ELIAS PINHEIRO RUA ZILDA VASCONCELOS, S/Nº, CENTRO.

ANEXO III – CÓDIGO, NOME E ENDEREÇO DA ESCOLA, TIPIFICAÇÃO E QUANTIDADE DE COORDENADOR PEDAGÓGICO E DE ENSINO.
ZONA RURAL E URBANA
Nº CÓDIGO NOME DA ESCOLA TIPIFICAÇÃO COORD. PEDAGÓGICO COORD. DE ENSINO
01 12002461 ANTONIO RUBENS PINHEIRO “B” - -
02 12002674 JOÃO PRAXEDES “B” - -
03 12002828 MARNÍZIA CRUZ “B” - -
04 12002887 PRAXEDES BRANDÃO “B” - -
05 12002950 ZILDA VASCONCELOS “C” 01 (UM) POR TURNO -
06 12018902 TANCREDO DE ALMEIDA NEVES “B” - -
07 12021792 ERNESTINA RODRIGUES FERREIRA “B” - -
08 12027081 JOÃO ALVES BEZERRA “B” - -
09 12002771 JUSTINIANO DE SERPA “E” 02 (DOIS) POR TURNO 01 (UM)
10 12027090 MANOEL RODRIGUES DE ARAÚJO “C” 01 (UM) POR TURNO -
11 12029807 MARIA FERREIRA DO VALE “D” 01 (UM) POR TURNO 01 (UM)
12 12089222 ESCOLA INFANTIL MARIA LUZIA ELIAS DOS SANTOS “C” 01 (UM) POR TURNO -
13 12026387 ANTÔNIO PEDRO RODRIGUES “C” - -
14 12032018 LENCISA MARIA ELIAS PINHEIRO “C” - -

PLÁCIDO DE CASTRO

Contrato de Fornecimento nº 16/2.014


Partes: Prefeitura Municipal de Plácido de Castro e a Empresa Auto Posto Fronteira Ltda.
Objeto: Aquisição de Combustível e Derivados de Petróleo para o período de 02 meses, conforme discriminado na proposta apresentada ao Pregão
Presencial nº 22/2014, homologado em 27 de outubro de 2.014.
Valor: 91.806,40 (noventa e um mil oitocentos e seis reais e quarenta centavos).
Fonte de Recursos: Recurso próprio orçamento 2014

Assinam: Roney de Oliveira Firmino e José Almeida da Silva Filho


Plácido de Castro – Acre 31 de julho de 2014
67 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 67
DIÁRIO OFICIAL

TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO


Para que se produza o efeito legal em sua plenitude e com respaldo no inciso VI do artigo 43 da Lei 8.666/93, HOMOLOGO os atos praticados
pela Comissão Municipal de Pregão – CMP, Nomeada Pelo Decreto nº 05/2014, referente o Pregão Presencial 022 de 2014, e ADJUDICO o objeto
“Aquisição de Combustível e Derivados de Petróleo” – para atender as demandas da Prefeitura de Plácido de Castro e Secretarias abrangentes
para o período de doze meses.
Seja dada ciência a Empresa:
AUTO POSTO FRONTEIRA LTDA, CNPJ Nº 00.761.340/0001-35, com o valor de R$ 1.161.850,00 (hum milhão, cento e sessenta e um mil oitocen-
tos e cinquenta reais), referente os preços dos itens, do Edital Pregão Presencial 22/2014.
Gabinete do Prefeito Municipal de Plácido de Castro - Acre, 27 de outubro de 2014.

Roney de Oliveira Firmino


Prefeito Municipal

PORTO ACRE

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ACRE


GABINETE DO PREFEITO E COMUNICAÇÃO SOCIAL

EXTRATO DO CONTRATO nº 079/2014


PREGÃO PRESENCIAL Nº 003/2014
CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ACRE
CONTRATADA: ANTÔNIO RAIMUNDO QUEIROZ DA SILVA
DO OBJETO: Contratação de prestação de serviços, referente a locação de 1 (um) veículo Automotivo, com condutor, para atender as necessi-
dades da Secretaria Municipal de Finanças de Porto Acre, conforme solicitado para atender a demanda dos serviços administrativos..
DO VALOR DO CONTRATO: O valor total do presente contrato é de R$ 16.200 (dezesseis mil e duzentos reais)
DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA:
As Despesas correrão a conta do Programa de trabalho: .007.01-04.123.0002.2012.0000.- Elemento de Despesa –33.90.36.00.00.- OUTROS
SERVIÇOS DE TERCEIRO PESSOA FISÍCA - Fonte: 01.
DA VIGÊNCIA: A vigência do Contrato será a partir da data de assinatura, até 31 de dezembro de 2014, admitida à prorrogação nos termos do §
1º, do Art. 57, da lei n.º 8.666/93, mediante termo aditivo.
DO LOCAL E DATA: Porto Acre - AC, 02 de Junho de 2014..

ASSINAM: Antonio Carlos Ferreira Portela- Contratante e Antônio Raimundo Queiroz da Silva - Pela Contratada.
____________________________________________________________________________________________________________________

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ACRE

EXTRATO DE CONTRATO Nº 158/2014


CARTA CONVITE Nº006/2014
CONTRATANTE: Prefeitura MUNICIPAL DE PORTO ACRE, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no CNPJ/MF sob nº 843.066.61/0001-
30, através da SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA, com sede na Rodovia Ac10 km 57, Bairro Centro, neste munícipio, doravante
denominada simplesmente CONTRATANTE, neste ato representada pelo PREFEITO MUNICIPAL, ANTÔNIO CARLOS FERREIRA PORTELA, bra-
sileiro, portador do RG nº 299.420. SSP/AC e CPF/MF nº 637.889.852-91, residente e domiciliado a Rua dos Pinheiros, nº 49, Distrito Vila do Incra;
CONTRATADA: A empresa Acre Jet Informática LTDA – ME (Acre Jet), pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ Nº 06.082.078/0001-89,
com sede na Avenida Ceará nº1546, Centro Rio Branco Acre - AC, neste ato representada pelo Sr. Andre Luiz de Souza Feitosa, (brasileiro), RG
0318464 SSP/AC, CPF 523.434.992-68, residente e domiciliado na rua Santa Inês, nº336 – Bairro São Francisco – Rio Branco - AC.
DO OBJETO: a Contratação de Empresa Especializada em Recargas de Tonners e Cartuchos e Manutenção de Impressoras, para atender as
visando atender as necessidades da Secretaria Municipal de Infraestrutura, conforme planilha em anexo.
DO VALOR DO CONTRATO: O valor global do presente Contrato é de R$ 1.630,00 (um mil e seiscentos e trinta reais) de acordo com os valores
especificados na Proposta de Preços e conforme planilha em anexo.
DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA:
Dotação Orçamentária: 011.01-20.122.0002.2041.0000 (Manutenção da Secretaria de Infraestrutura) - Elemento de Despesa: 33.90.39.00.00 (outros
serviços de terceiro pessoa jurídica) – Fonte de Recursos: 001 (RP).
DA VIGÊNCIA: O contrato terá vigência a contar do dia 06 de outubro de 2014, com término em 31 de dezembro de 2014.
DO LOCAL E DATA: Porto Acre- AC, 06 de outubro de 2014.

ASSINAM:
Antônio Carlos Ferreira Portela- Pela Contratante
Andre Luiz de Souza Feitosa - Pela Contratada.

ANEXO
PLANILHA ANEXA DO CONTRATO 158/2014
LOTE I: Recargas de Tonners e Cartuchos
ITEM DESCRIÇÃO UND. QUANT. DE RECARGAS VALOR UNIT. VALOR TOTAL

4 Recarga de Toners para impressora XEROX PHASER 3140 UND. 2 95,00 190,00

5 Recarga de Toners para impressora LAZER JET HP M 1132MFP UND. 10 60,00 600,00

TOTAL 790,00

LOTE II: Manutenção de Impressoras


QUANT. DE
ITEM DESCRIÇÃO UND. VALOR UNIT. VALOR TOTAL
MANUTENÇÕES
3 Manutenção de impressora XEROX PHASER 3140 UND. 3 80,00 240,00
4 Manutenção de impressora multifuncional LAZER JET HP M 1132 MFP UND. 6 100,00 600,00
TOTAL 840,00
68 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 68
DIÁRIO OFICIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ACRE


GABINETE DO PREFEITO E COMUNICAÇÃO SOCIAL
PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2014

EXTRATO DE CONTRATO nº 177/2014


CONTRATANTE: Prefeitura Municipal de Porto Acre
CONTRATADA: VERDIANO BEZERRA FEITOSA - ME
DO OBJETO: Fornecimento de Refeições Preparadas Marmitex (Almoço ou Janta) e café da manhã, para atender as necessidades da Secretaria
Municipal de Saúde e Saneamento, conforme planilha abaixo:
ANEXO I - DO CONTRATO
Itens Discrição APRESENTAÇÃO QUANT. Valor Unitário Valor Total
01 CAFÉ DA MANHA UNID 1.500 4,33 6.495,00
02 QUANTI. DE MARMITAS UNID 2.880 8,33 23.990,40
03
04 Valor Total R$ 30.485,40

ANEXO II - DO CONTRATO
Itens Discrição APRESENTAÇÃO QUANT. Valor Unitário Valor Total
01 CAFÉ DA MANHA UNID 150 4,33 649,50
02 QUANTI. DE MARMITAS UNID 1.500 8,33 12.495,00
03
04 Valor Total R$ 13.144,50

Valor do Contrato: R$ 43.629,90 (quarenta e três mil e seiscentos e vinte e nove reais e noventa centavos)
DA VIGÊNCIA: A vigência do Contrato será a partir da data de assinatura até 31 de dezembro de 2014, admitida à prorrogação nos termos do § 1º,
do Art. 57, da lei n.º 8.666/93, mediante termo aditivo
Dotação Orçamentária: Programa de trabalho: 009.10-10.122.0013.1083.0000 – Realização da Conferencia Municipal de Saúde, Programa de
trabalho: 009.10-10.122.0013.2075.0000 – Manutenção do Conselho Municipal de Saúde, Programa de trabalho: 009.10-10.301.0013.1043.0000
– Programa Saúde na Escola, Programa de trabalho: 009.10-10.301.0013.2022.0000 – Programa Saúde da Família, Programa de trabalho:
009.10-10.301.0013.2023.0000 – Manutenção das Ações Básicas de Saúde - Programa de trabalho: 009.10-10.301.0013.2025.0000 - Sistema
de vigilância sanitária – VSA - Programa de trabalho: 009.10-10.301.0013.2027.0000 – programa saúde bucal - Programa de trabalho: 009.10-
10.301.0013.2070.0000 – manutenção das ações de vigilância em saúde - Programa de trabalho: 009.10-10.301.0013.2073.0000 – programa de
melhoria da qualidade da atenção básica – PMAQ - Programa de trabalho: 009.10-10.301.0013.2074.0000 – programa manutenção do núcleo de
apoio a saúde da família – NASF. Elementos de Despesa: 33.90.39.00.00 - Outros Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica.
Porto Acre/AC, 03 de novembro de 2014.

ASSINAM: Antonio Carlos Ferreira Portela - Pela Contratante e Verdiano Bezerra Feitosa - Pela Contratada.
____________________________________________________________________________________________________________________

ESTADO DO ACRE ESTADO DO ACRE


PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ACRE PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ACRE
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

AVISO DE LICITAÇÃO AVISO DE LICITAÇÃO


PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 019/2014 PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 021/2014
OBJETO: Aquisição de Material Esportivo, para atender as necessida- OBJETO: Locação de Veículos tipo Caminhonete cabine simples, com
des da Prefeitura Municipal de Porto Acre através da Secretaria Munici- condutores, destinados ao Transporte de Alunos da Rede Municipal de
pal de Planejamento, Esporte e Lazer. Ensino Fundamental.
RETIRADA DO EDITAL: Rodovia AC-10, KM57 - Porto Acre – Acre, na RETIRADA DO EDITAL: Rodovia AC-10, KM57 - Porto Acre – Acre, na
Prefeitura Municipal de Porto Acre, sala da Comissão Permanente de Li- Prefeitura Municipal de Porto Acre, sala da Comissão Permanente de Li-
citação, no horário de 08:30 às 11:30 horas e das 13:30 as 16:00 horas, citação, no horário de 08:30 às 11:30 horas e das 13:30 as 16:00 horas,
no período de 12/11 à 21/11 de 2014. no período de 12/11 à 21/11 de 2014.
DATA DE ABERTURA: às 09:00 horas do dia 24 de novembro de 2014,
DATA DE ABERTURA: às 09:00 horas do dia 26 de novembro de 2014,
na Prefeitura Municipal de Porto Acre, sala da Comissão Permanente
na Prefeitura Municipal de Porto Acre, sala da Comissão Permanente
de Licitação.
de Licitação.
Porto Acre – AC, 10 de novembro de 2014.
Porto Acre – AC, 10 de novembro de 2014.
Lindomar de Oliveira Siqueira
Pregoeiro Lindomar de Oliveira Siqueira
_________________________________________________________ Pregoeiro

ESTADO DO ACRE PORTO WALTER


PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ACRE
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO
DECRETO Nº. 080/2014, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014.
AVISO DE LICITAÇÃO
“DISPÕE SOBRE EXONERAÇÃO A PEDIDO DE FUNCIONÁRIO DO
PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 020/2014
QUADRO EFETIVO DO MUNICÍPIO DE PORTO WALTER – ACRE”.
OBJETO: Aquisição de Material de Consumo e Serviços de Terceiros –
Pessoa Jurídica, incluindo a produção editorial de revista/livros/cartilhas
e outros materiais gráficos, objetivando atender as necessidades do Ga- O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO WALTER-ACRE, no uso das atri-
binete do Prefeito e Comunicação Social e das Secretarias Municipais. buições que lhe confere a Lei Orgânica deste Município,
RETIRADA DO EDITAL: Rodovia AC-10, KM57 - Porto Acre – Acre, na DECRETA:
Prefeitura Municipal de Porto Acre, sala da Comissão Permanente de Li- Art.1º - Ficam exonerados os cargos comissionados abaixo relaciona-
citação, no horário de 08:30 às 11:30 horas e das 13:30 as 16:00 horas, dos, por secretaria:
no período de 12/11 à 21/11 de 2014. SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
DATA DE ABERTURA: às 09:00 horas do dia 25 de novembro de 2014, Elissandro Fernandes de Souza, CPF 739.525.672-72 – Setor de Me-
na Prefeitura Municipal de Porto Acre, sala da Comissão Permanente renda Escolar;
de Licitação. Art. 2º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação e/ou
Porto Acre – AC, 10 de novembro de 2014. afixação no átrio desta Municipalidade.
GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO WALTER,
Lindomar de Oliveira Siqueira ESTADO DO ACRE, EM 10 DE OUTUBRO DE 2014.
Pregoeiro Registre-se.
69 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 69
DIÁRIO OFICIAL

Publique-se. CLÁUSULA SEGUNDA: As demais cláusulas do contrato continuarão


Cumpra-se. inalteradas, tornando-se prejudicadas apenas aquelas que contrariem o
presente termo. Por estarem as partes de pleno acordo com tudo o que
José Estephan Barbary Filho aqui fica determinado, CONTRATANTE e CONTRATADO, bem como 02
Prefeito Municipal (duas testemunhas) que a tudo assistiram, assinam o presente instru-
_________________________________________________________ mento em 04 (quatro) vias de igual teor e forma, para um único efeito.
Rio Branco-AC, 1º de outubro de 2014.
PORTARIA Nº 136, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014.
DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE DIÁRIAS A SERVIDOR PÚBLICO, E Jackson Marinheiro Pereira
DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Diretor Presidente
GABINETE DO PREFEITO DE PORTO WALTER/AC, no uso de suas GILDSON PISMEL LEITE
atribuições legais e de acordo com o Estatuto de Servidor do Município: Contratado
RESOLVE: Jorge Ney Fernandes
Art. 1º - Conceder o quantitativo de 03(três) diárias a servidora Suiane Diretor Administrativo e Financeiro
Sarah Pinheiro, CPF 515.577.542-68, no cargo/função de Secretária de _________________________________________________________
Administração, lotada na Secretaria Municipal de Administração do Mu-
nicípio de Porto Walter - AC, em viagem, para custeio de despesas com PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
hospedagem, alimentação e locomoção. SERVIÇO DE ÁGUA E ESGOTO DE RIO BRANCO
Art. 2º - Fica designada a servidora pública, referida no art. 1º desta Porta-
ria, que se desloque de sua sede, a Cidade de Cruzeiro do Sul – Acre, no PORTARIA Nº. 102, DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014.
período de 11 a 13/10/2014, com a finalidade de resolver assuntos desta A Diretora Presidente do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco, no
Prefeitura referente a Licenciamento Ambiental junto ao IMAC, documenta- uso de suas atribuições legais, de conformidade com a Lei nº. 1.292/97,
ção relativo ao Convênio nº143/2013 - Abastecimento de Água. regulamentada pelo Decreto nº. 6.456/98, e o Regimento Interno da au-
Art. 3º - Fica autorizada a Secretaria Municipal de Finanças desta Pre- tarquia, aprovado pela Resolução nº. 001/97.
feitura a realizar o pagamento correspondente ao valor total de R$ RESOLVE:
871,50 (oitocentos e setenta e um real e cinquenta centavos). Art. 1° Exonerar o senhor Paulo Andson Chaves Miranda, matricula nº.
Art. 4º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação com
700029, do cargo em comissão de chefe do Setor de Micromedição -
afixação no átrio desta Municipalidade, revogando-se as disposições
SEMED, nomeado através da Portaria nº 007, de 04.01.2013.
em contrário.
Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com
Registra-se;
efeitos retroativos a 01.11.2014.
Publique-se; e
Registre-se,
Cumpra-se.
Publique-se,
Cumpra-se.
José Estephan Barbary Filho
Prefeito Municipal
Weruska Lima Bezerra
Diretora Presidente
Gabinete do Prefeito do Município de Porto Walter - Acre, aos dez dias
_________________________________________________________
do mês de Novembro de dois mil e quatorze.
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
RIO BRANCO SERVIÇO DE ÁGUA E ESGOTO DE RIO BRANCO

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO PORTARIA Nº. 103, DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014.


A Diretora Presidente do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco, no
LEI Nº 2.086 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2014 uso de suas atribuições legais, de conformidade com a Lei nº. 1.292/97,
regulamentada pelo Decreto nº. 6.456/98, e o Regimento Interno da au-
“Institui o Dia Municipal do Fusca no âmbito do Município de Rio Branco.” tarquia, aprovado pela Resolução nº. 001/97.
RESOLVE:
O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO - ACRE, usando das Art. 1° Nomear a senhora Gabriela da Cruz Carneiro, CPF nº
atribuições que são lhe conferidas por Lei, FAÇO SABER, que a Câma- 003.656.922-47, para o cargo em comissão de chefe do Setor de Mi-
ra Municipal de Rio Branco aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: cromedição – SEMED.
Art. 1º Fica instituído no Município de Rio Branco o Dia Municipal do Fusca. Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com
Parágrafo Único – Este evento integrará o calendário oficial do Municí- efeitos retroativos a 01.11.2014.
pio e deverá ser comemorado todo dia 22 de junho de cada ano. Registre-se,
Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Publique-se,
Rio Branco - Acre, 03 de novembro de 2014, 126º da República, 112º Cumpra-se.
do Tratado de Petrópolis, 53º do Estado do Acre e 131º do Município de
Rio Branco. Weruska Lima Bezerra
Diretora Presidente
Márcio José Batista _________________________________________________________
Prefeito de Rio Branco, em exercício
_________________________________________________________ PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
Secretaria Municipal de Administração
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco PORTARIA Nº 348, DE 04 de Novembro de 2014.
O Secretário Municipal de Administração e Gestão de Pessoas, no uso
SEGUNDO TERMO ADITIVO AO CONTRATO N° 087/2013 das atribuições que lhe confere o Decreto Municipal Nº 938, de 11 de
Pelo presente termo aditivo, de um lado a EMPRESA MUNICIPAL DE março de 2013 e com fundamento no Art. 134 c/c o art. 160, da Lei
URBANIZAÇÃO DE RIO BRANCO-EMURB, através de seu Diretor 1.794/2009,
Presidente, JACKSON MARINHEIRO PEREIRA e do seu Diretor Ad- RESOLVE:
ministrativo e Financeiro JORGE NEY FERNANDES e de outro, o se- Art. 1º REVOGAR a portaria Nº 316, de 08 de Outubro de 2014, que
nhor GILDSON PISMEL LEITE todos já qualificados no preâmbulo do concedeu licença-prêmio de dois meses, referente ao período aquisitivo
Contrato n° 087/2013, celebrado em 24 de junho de 2013, cujo objeto é de 01-01-2005 a 01-01-2010, ao servidor Rezende Dourado da Silva,
o serviço de locação de 01 (um) Caminhão Basculante Toco, com moto- Servente continuo, matrícula nº 17370-01, lotado na Secretaria Munici-
rista, nos termos da Lei n° 8.666/93 e suas posteriores, resolvem aditar pal de Administração e Gestão de pessoas.
o referido contrato nos seguintes termos: Art. 2º Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação.
CLÁUSULA PRIMEIRA: Fica aditado em R$ 12.000,00 (doze mil reais), Art. 3º Registre-se, publique-se, cumpra-se.
o valor global do referido contrato, perfazendo um valor global geral de
R$ 83.160,80 (oitenta e três mil cento e sessenta reais e oitenta centa- Claudio Ezequiel Passamani
vos) nos termos do art. 57, inc. II, da Lei 8666/93. Secretário Municipal de Administração e Gestão de Pessoas
70 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 70
DIÁRIO OFICIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO Dê Ciência, Registre-se, Publique-se, Cumpra-se,


Secretaria Municipal de Administração Rio Branco – AC, 04 de novembro de 2014.

PORTARIA Nº 349, DE 04 de Novembro de 2014. Márcio José Batista


O Secretário Municipal de Administração e Gestão de Pessoas, no uso Secretário Municipal de Educação
das atribuições que lhe confere o Decreto Municipal Nº 938, de 11 de _________________________________________________________
março de 2013 e com fundamento no Art. 134 c/c o art. 160, da Lei
1.794/2009, PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
RESOLVE: SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
Art. 1º REVOGAR a portaria Nº 270, de 16 de Setembro de 2014, que
concedeu licença-prêmio de três meses, referente ao período aquisiti- EXTRATO DE TERMO ADITIVO AO CONTRATO
vo de 04-09-2008 a 04-08-2013, a servidora Rosana oliveira de Araújo Termo Aditivo nº 01
Nogueira, técnica em Gestão Publica, matrícula nº 702314-1, lotado na Contrato nº 058/2014
Secretaria Municipal de Finanças. Processo nº 774/2014
Art. 2º Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação. Modalidade: Pregão SRP nº 015/2014
Art. 3º Registre-se, publique-se, cumpra-se. Partes: Secretaria Municipal de Saúde – CNPJ nº 04.034.583/0006-37 e
Construtora Concreto Ltda – CNPJ nº 14.349.591/0001-11.
Claudio Ezequiel Passamani Objeto do Contrato: Contratação de Serviço especializado em manu-
Secretário Municipal de Administração e Gestão de Pessoas tenção de equipamentos médico-hospitalares, incluindo manutenção
_________________________________________________________ preventiva, corretiva, calibração e gestão da manutenção através de
sistema informatizado.
PREFEITURA DE RIO BRANCO Objeto do Aditamento: Alteração da CLÁUSULA TERCEIRA - DO PRE-
SECRETÁRIA MUNICIPAL DE CIDADANIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL ÇO E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO, acrescendo ao valor contratado
25% (vinte e cinco por cento), que perfaz a quantia de R$ 20.499,99
PORTARIA Nº 043/2014 (vinte mil quatrocentos e noventa e nove reais e noventa e nove centa-
A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE CIDADANIA E ASSISTÊNCIA SO- vos), devendo o mesmo ser somado ao valor inicialmente contratado,
CIAL, NOMEADA PELO DECRETO Nº 013, DE 02 DE JANEIRO 2013, com amparo legal previsto no § 1º do Art. 65 da Lei nº 8.666/93.
NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, Valor do Contrato Atualizado: R$ 102.499,95 (cento e dois mil quatro-
RESOLVE: centos e noventa e nove reais e noventa e cinco centavos).
Art. 1º. Designar Glenda Pinto da Silva, para responder pelo expediente Data de Assinatura: 29 de Outubro de 2014.
do CRAS Sobral, até ulterior deliberação.
Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua assinatura, com os Signatários: Pelo Contratante, Oteniel Almeida dos Santos e, pela Contratada,
efeitos a contar de 20/08/2014. Sebastião Aguiar da Fonseca Dias.
Registre-se, _____________________________________________________________
Publique-se,
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
Cumpra-se.
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE CIDADANIA E ASSIS-
TÊNCIA SOCIAL, EM 25 DE AGOSTO DE 2014.
PORTARIA Nº 154/2014
A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE, NO USO DAS ATRIBUIÇÕES
Maria das Dores Araújo de Sousa
QUE LHE CONFERE O DECRETO N.º 010, DE 02 DE JANEIRO E 2013.
Secretária Municipal de Cidadania e Assistência Social
Considerando o teor do despacho referente ao protocolo nº 44.327/2014, e do
_________________________________________________________
ofício nº 1.089/SESP/2014, indicando a abertura de Processo Administrativo

Disciplinar para averiguação da conduta do servidor A.S.M.
REPUBLICADA POR INCOREÇÃO
RESOLVE:
Art. 1º - Determinar a instauração de Processo Administrativo Disciplinar ado-
PREFEITURA DE RIO BRANCO
tando o Rito Ordinário em face do servidor A.S.M.
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Art. 2º - Nomear a Comissão de Processo Administrativo Disciplina, compos-
ta pelos Servidores: Ericksson Castro de Alcântara, enfermeiro, matrícula
PORTARIA/GAB/SEME /Nº 357/2014. nº543517-1, Sandreya Maia Mendes, Enfermeira, Matrícula 54529-2, Annie
O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DAS ATRIBUI- Carla Lima de Oliveira, matrícula nº 703268-01 respectivamente nas funções
ÇÕES QUE LHE CONFERE O DECRETO Nº. 008 DE 02 DE JANEIRO de Presidente e Membros.
DE 2013. Art. 3º - Conceder a esta Comissão o prazo de 60 (sessenta) dias, a partir da
RESOLVE: publicação desta Portaria, para conclusão dos trabalhos, prorrogáveis por igual
Art.1º- Designar, Valdecir de Oliveira Fernandes para responder pela período.
Direção da Escola Dr. José Carvalho por um período de 30 (trinta) dias, Art. 4º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as
a saber de 03/11 a 02/12/2014, tendo em vista que a titular da pasta disposições em contrário.
estará de férias. GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO,
Art. 2º - Esta Portaria entrará em vigor a partir de 03/11/2014, revogadas EM 22 DE OUTUBRO DE 2014.
as disposições em contrário. Registre-se, Publique-se, Cumpra-se.
Dê Ciência, Registre-se, Publique-se, Cumpra-se,
Rio Branco – AC, 04 de novembro de 2014. Marcilene Alexandrina Chaves
Secretária Municipal de Saúde
Márcio José Batista Decreto nº. 10/2013
Secretário Municipal de Educação _____________________________________________________________
_________________________________________________________
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
PREFEITURA DE RIO BRANCO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
PORTARIA Nº 145/2014
PORTARIA/GAB/SEME /Nº 358/2014. A Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco, no uso de suas atribuições legais,
O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, NO USO DAS ATRIBUI- R E S O L V E:
ÇÕES QUE LHE CONFERE O DECRETO Nº. 008 DE 02 DE JANEIRO Art. 1° - AUTORIZAR o deslocamento do Servidor wemerson Lima de Oliveira,
DE 2013. que irá Participar da 14º Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em
RESOLVE: Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças-EXPOEPI, que ocorrerá na
Art.1º- Designar, Luciana Karem de Souza Pereira para responder pela cidade de Brasília-DF, nos dias 28 á 31 de outobro de 2014, concedendo-lhe
Coordenação Geral da Creche Hilda Braga por um período de 30 (trinta) passagens aéreas no trecho RBR/Brasilia/RVBR, e o em Brasília-DF, conce-
dias, a saber de 20/10 a 18/11/2014, tendo em vista que a titular da dendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasília/RBR, e o pagamento de
pasta está sob afastamento médico. 04 ½ (quatro diárias e meia) para custeio de hospedagem e alimentação.
Art. 2º - Esta Portaria entrará em vigor a partir de 20/10/2014, revogadas Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir desta data, com efeito, retroativo,
as disposições em contrário. revogadas as disposições em contrário.
71 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 71
DIÁRIO OFICIAL

GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO, PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
EM 04 DE AGOSTO DE 2014. SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
Registre-se e cumpra-se.
PORTARIA Nº 149/2014
Marcilene Alexandrina Chaves A Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco, no uso de suas atribuições legais,
Secretária Municipal de Saúde R E S O L V E:
Decreto nº. 10/2013 Art. 1° - AUTORIZAR o deslocamento da Servidora Maria Dulcineide Souza
_____________________________________________________________ da Fonseca, que irá Participar da 14º Mostra Nacional de Experiências Bem
Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças-EXPOEPI,
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO que ocorrerá na cidade de Brasília-DF, nos dias 28 á 31 de outobro de 2014,
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE concedendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasilia/RVBR, e o em
Brasília-DF, concedendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasília/RBR,
PORTARIA Nº 146/2014 e o pagamento de 04 ½ (quatro diárias e meia) para custeio de hospedagem
A Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco, no uso de suas atribuições legais, e alimentação.
R E S O L V E: Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir desta data, com efeito, retroativo,
Art. 1° - AUTORIZAR o deslocamento do Servidor João Batista Francalino, revogadas as disposições em contrário.
que irá Participar da 14º Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO,
Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças-EXPOEPI, que ocorrerá na EM 04 DE AGOSTO DE 2014.
cidade de Brasília-DF, nos dias 28 á 31 de outobro de 2014, concedendo-lhe Registre-se e cumpra-se.
passagens aéreas no trecho RBR/Brasilia/RVBR, e o em Brasília-DF, conce-
dendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasília/RBR, e o pagamento de Marcilene Alexandrina Chaves
04 ½ (quatro diárias e meia) para custeio de hospedagem e alimentação. Secretária Municipal de Saúde
Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir desta data, com efeito, retroativo, Decreto nº 010/2013
revogadas as disposições em contrário. _____________________________________________________________
GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO,
EM 04 DE AGOSTO DE 2014. PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
Registre-se e cumpra-se. SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Marcilene Alexandrina Chaves PORTARIA Nº 150/2014


Secretária Municipal de Saúde A Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco, no uso de suas atribuições legais,
Decreto nº 010/2013 R E S O L V E:
_____________________________________________________________ Art. 1° - AUTORIZAR o deslocamento da Servidora Maria Elisabete de Almeida
Pinto Viana, que irá Participar da 14º Mostra Nacional de Experiências Bem
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças-EXPOEPI,
que ocorrerá na cidade de Brasília-DF, nos dias 28 á 31 de outobro de 2014,
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
concedendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasilia/RVBR, e o em
Brasília-DF, concedendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasília/RBR,
PORTARIA Nº 147/2014
e o pagamento de 04 ½ (quatro diárias e meia) para custeio de hospedagem
A Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco, no uso de suas atribuições legais,
e alimentação.
R E S O L V E:
Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir desta data, com efeito, retroativo,
Art. 1° - AUTORIZAR o deslocamento da Servidora Cristiane Pinheiro Guedes,
revogadas as disposições em contrário.
que irá Participar da 14º Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em
GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO,
Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças-EXPOEPI, que ocorrerá na
EM 04 DE AGOSTO DE 2014.
cidade de Brasília-DF, nos dias 28 á 31 de outobro de 2014, concedendo-lhe
Registre-se e cumpra-se.
passagens aéreas no trecho RBR/Brasilia/RVBR, e o em Brasília-DF, conce-
dendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasília/RBR, e o pagamento de
Marcilene Alexandrina Chaves
04 ½ (quatro diárias e meia) para custeio de hospedagem e alimentação.
Secretária Municipal de Saúde
Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir desta data, com efeito, retroativo, Decreto nº 010/2013
revogadas as disposições em contrário. _____________________________________________________________
GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO,
EM 04 DE AGOSTO DE 2014. PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
Registre-se e cumpra-se. SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
Marcilene Alexandrina Chaves PORTARIA Nº 151/2014
Secretária Municipal de Saúde A Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco, no uso de suas atribuições legais,
Decreto nº 010/2013 R E S O L V E:
_____________________________________________________________ Art. 1° - AUTORIZAR o deslocamento do Servidor José Ferreira Neto, que irá
Participar da 14º Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em Epi-
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO demiologia, Prevenção e Controle de Doenças-EXPOEPI, que ocorrerá na
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE cidade de Brasília-DF, nos dias 28 á 31 de outobro de 2014, concedendo-lhe
passagens aéreas no trecho RBR/Brasilia/RVBR, e o em Brasília-DF, conce-
dendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasília/RBR, e o pagamento de
PORTARIA Nº 148/2014 04 ½ (quatro diárias e meia) para custeio de hospedagem e alimentação.
A Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco, no uso de suas atribuições legais, Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir desta data, com efeito, retroativo,
R E S O L V E: revogadas as disposições em contrário.
Art. 1° - AUTORIZAR o deslocamento do Servidor Swammy Cristina D’Ávila GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO,
Nicolini, que irá Participar da 14º Mostra Nacional de Experiências Bem Su- EM 04 DE AGOSTO DE 2014.
cedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças-EXPOEPI, Registre-se e cumpra-se.
que ocorrerá na cidade de Brasília-DF, nos dias 28 á 31 de outobro de 2014,
concedendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasilia/RVBR, e o em Marcilene Alexandrina Chaves
Brasília-DF, concedendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasília/RBR, Secretária Municipal de Saúde
e o pagamento de 04 ½ (quatro diárias e meia) para custeio de hospedagem Decreto nº 010/2013
e alimentação. _____________________________________________________________
Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir desta data, com efeito, retroativo,
revogadas as disposições em contrário. PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO, SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
EM 04 DE AGOSTO DE 2014.
Registre-se e cumpra-se. PORTARIA Nº 152/2014
A Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco, no uso de suas atribuições legais,
Marcilene Alexandrina Chaves R E S O L V E:
Secretária Municipal de Saúde Art. 1° - AUTORIZAR o deslocamento do Servidor José Richer Oliveira da Sil-
Decreto nº 010/2013 va, que irá Participar da 14º Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas
72 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 72
DIÁRIO OFICIAL

em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças-EXPOEPI, que ocorrerá CLÁUSULA QUARTA – DO FORO


na cidade de Brasília-DF, nos dias 28 á 31 de outobro de 2014, concedendo- Fica eleito o foro da Comarca de Rio Branco para solucionar eventuais litígios de-
-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasilia/RVBR, e o em Brasília-DF, con- correntes desta Rescisão, afastado qualquer outro, por mais privilegiado que seja.
cedendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasília/RBR, e o pagamento A parte Contratante assina 02 (duas) vias do presente TERMO DE RESCISÃO
de 04 ½ (quatro diárias e meia) para custeio de hospedagem e alimentação. AMIGÁVEL, juntamente com 02 (duas) testemunhas abaixo.
Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir desta data, com efeito, retroativo, Rio Branco - AC, 31 de outubro de 2014.
revogadas as disposições em contrário.
GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO, Signatários: Pelo Contratante, Oteniel Almeida dos Santos e, pela Contratada,
EM 04 DE AGOSTO DE 2014. Antônio Hélio de Souza Pinto.
Registre-se e cumpra-se. _____________________________________________________________

Marcilene Alexandrina Chaves Prefeitura Municipal de Rio Branco


Secretária Municipal de Saúde Secretaria Municipal de Planejamento
Decreto nº 010/2013
_____________________________________________________________ Notificação nº 41/2014
A Prefeitura Municipal de Rio Branco – Acre, em cumprimento ao dis-
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO posto no Artigo 2º da lei nº 9.452, de 20 de março de 1997, NOTIFICA
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE os Partidos Políticos, os Sindicatos de Trabalhadores e Entidades Em-
presariais com sede neste município, da liberação de recursos financei-
PORTARIA Nº 153/2014 ros recebidos a título de transferências voluntárias da União através do
A Secretária Municipal de Saúde de Rio Branco, no uso de suas atribuições legais, Município de Rio Branco.
R E S O L V E: Data da emissão
Art. 1° - AUTORIZAR o deslocamento do Servidor Júnior Mota Pinheiro, que Repasse-Governo Federal Valor (R$)
do Credito
irá Participar da 14º Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em Epi- CV. nº 667/PCN/2013 – Objeto: Am-
demiologia, Prevenção e Controle de Doenças-EXPOEPI, que ocorrerá na pliação do Centro de Capacitação em 05/11/2014 250.000,00
cidade de Brasília-DF, nos dias 28 á 31 de outobro de 2014, concedendo-lhe gestão Municipal
passagens aéreas no trecho RBR/Brasilia/RVBR, e o em Brasília-DF, conce-
dendo-lhe passagens aéreas no trecho RBR/Brasília/RBR, e o pagamento de Rio Branco, Ac, 06 de novembro de 2014.
04 ½ (quatro diárias e meia) para custeio de hospedagem e alimentação.
Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir desta data, com efeito, retroativo, Maria Janete Sousa dos Santos
revogadas as disposições em contrário. Secretária Municipal de Planejamento
GABINETE DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO BRANCO, _________________________________________________________
EM 04 DE AGOSTO DE 2014.
Registre-se e cumpra-se. PREFEITURA DE RIO BRANCO
SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO URBANA
Marcilene Alexandrina Chaves – SMDGU
Secretária Municipal de Saúde
Decreto nº 010/2013 PORTARIA Nº 061/2013
_____________________________________________________________ O Secretário Municipal de Desenvolvimento e Gestão Urbana, no uso
das atribuições que lhe confere o Decreto 012/2013, resolve:
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO Art. 1º - Designar os servidores Auditores Fiscais de Obras e Urbanis-
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE mo, a Sra. Debora Maria Pinto Braidi e o Sr. Wilton Cézar de Jesus
Sales de Oliveira, para representarem a Secretaria Municipal de De-
TERMO DE RESCISÃO AMIGÁVEL AO CONTRATO Nº 047/2014 senvolvimento e Gestão Urbana na Comissão formada pelo Ministério
PREGÃO SRP Nº 084/2013 Público do Estado do Acre.
PROCESSO Nº 25503/2013 Art. 2º - A Comissão tem um prazo de 30 dias para elaboração de relatório,
O MUNICÍPIO DE RIO BRANCO, Pessoa Jurídica de Direito Público Interno, relativo aos riscos na estrutura dos blocos do Conjunto Manoel Julião.
inscrito no CNPJ nº 04.034.583/0006-37, através da SECRETARIA MUNI- Art. 3º- Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, retroa-
CIPAL DE SAÚDE, com sede Avenida Ceará, nº 3.335 Jardim Nazle Bairro: gindo seus efeitos à 29 de outubro de 2014.
Abraão Alab (Altos do Jornal A Tribuna), neste Município, doravante denomi- Registre-se.
nada simplesmente CONTRATANTE, neste ato representada por seu Secre- Publique-se.
tário Adjunto o Senhor OTENIEL ALMEIDA DOS SANTOS, brasileiro, portador Cumpra-se.
do RG nº 421.855 SSP/AC e inscrito no CPF/MF com o nº 527.963.022-53, Rio Branco-Acre, 10 de novembro de 2014.
residente e domiciliado neste Município, de acordo com delegação de com-
petência expressa no Decreto Municipal nº 687 de 04 de março de 2013, e Luiz Antônio Rocha
do outro lado a empresa ROBERTH & SOUSA LTDA – ME (F. T. DE SOUZA Secretário
PINTO), Pessoa Jurídica de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF com o nº _________________________________________________________
09.019.016/0001-10 com sede estabelecida na Rua Castanheira, nº 138 –
Bairro Adalberto Sena, Rio Branco/Acre, doravante denominada simplesmen- PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
te CONTRATADA, neste ato representado por ANTÔNIO HÉLIO DE SOUZA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
PINTO, inscrito no CPF nº. 516.953.832-49 e RG nº. 596.270 SSP/RO, resi- ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MARIA LÚCIA MOURA MARIN
dente e domiciliado neste município, perante as testemunhas abaixo firmadas, CONSELHO ESCOLAR/ UNIDADE EXECUTORA MARIA LÚCIA
RESOLVEM, de forma amigável e com fulcro no artigo 79, inciso II, da Lei nº. MOURA MARIN
8.666/93, rescindir o contrato nº. 047/2014, mediante as cláusulas e condições
a seguir estabelecidas: RESOLUÇÃO Nº 001/CE/UExMLMM/2014.
CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO Rio Branco - AC, 07 de novembro de 2014.
Fica RESCINDIDO DE FORMA AMIGÁVEL e a partir desta data o Contrato nº. A PRESIDENTE DO CONSELHO ESCOLAR/UEx PROFESSORA MARIA
047/2014, referente a aquisição de material de consumo (gêneros alimentícios) LÚCIA MOURA MARIN, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS:
para atender a Secretaria Municipal de Saúde. Resolve:
PÁRAGRAFO ÚNICO – A presente rescisão encontra-se motivada na justifica- Art. 1º - Nomear uma Comissão Permanente de Licitação composta pe-
tiva apresentada pela empresa, Parecer Jurídico nº. 131 e Despacho final do los membros abaixo discriminados:
Secretário Adjunto de Saúde. EDINA DRUMOND LEITE - PRESIDENTE
CLÁUSULA SEGUNDA – DA RESOLUÇÃO DAS OBRIGAÇÕES JOELINA MARIA BARBOSA PINHEIRO
A assinatura da presente rescisão resulta na resolução de todas as obrigações ERMISA RIPARDO DA ROCHA
assumidas pela Contratante e Contratada, não havendo pendências no forne- Art. 2º - Os membros desta Comissão são designados para executarem
cimento de materiais ou pagamentos. os processos licitatórios dos recursos transferidos pela Prefeitura de Rio
CLÁUSULA TERCEIRA – DA PUBLICAÇÃO Branco através da Secretaria Municipal de Educação, para aplicação no
O Contratante providenciará a publicação do Termo de RESCISÃO AMIGÁ- desenvolvimento das atividades da Escola Maria Lúcia Moura Marin,
VEL, por extrato, no Diário Oficial do Estado, nos termos do Parágrafo Único nos termos da Lei nº 1.907, de 17 de maio de 2012 – Lei de Autonomia
do artigo 61 da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, correndo as respectivas Financeira das Escolas Públicas Municipais; assim como dos recursos
despesas a expensas do CONTRATANTE. repassados pelo FNDE/MEC, conforme Resolução nº 09, de 02 de mar-
73 Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Nº 11.432 73
DIÁRIO OFICIAL

ço 2011, Nº 10 de 18 de abril de 2013 e Resolução Nº. 15, de 10 de do Estado do Acre – Fecomércio/AC, no uso das atribuições que lhe são
julho de 2014. conferidas pelo estatuto da entidade em seu Art. 16, inciso VIII, RESOL-
Art.3º - Esta Resolução entra em vigor a partir da data de sua publicação. VE retificar o Edital de Convocação para Assembleia Geral publicado no
Rio Branco – AC, 07 de novembro de 2014. Diário Oficial do Estado do Acre em 07/11/2014, página 161 da edição
nº 11.430, alterando a data da Assembleia para o dia 20/11/2014, e o
Maria Estelita dos Santos Nobre Tolentino local da mesma para o terraço do Palácio do Comércio, situado na Av.
Presidente do Conselho Escolar. Ceará, 3.727, Bairro 7º BEC, nesta cidade de Rio Branco. Os demais
_________________________________________________________ itens permanecem inalterados.
Rio Branco-AC, 10 de novembro de 2014.
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BRANCO
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Leandro Domingos Teixeira Pinto
ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA TEREZINHA MIGUÉIS Presidente
CONSELHO ESCOLAR/UNIDADE EXECUTORA PROFESSORA TE- _________________________________________________________
REZINHA MIGUÉIS
ANTONIO WALDEMAR CARNEIRO MACHADO
RESOLUÇÃO Nº 001/CEUexPTM/2014. POSTO PARINTINS
Rio Branco - AC, 10 de novembro de 2014.
O PRESIDENTE DO CONSELHO ESCOLAR/UEx PROFESSORA TE-
Torna público que requereu do Instituto de Meio Ambiente do Acre –
REZINHA MIGUÉIS NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS:
IMAC, a renovação de sua Licença de Operação, com validade de 04
Resolve:
anos, para a atividade de COMÉRCIO VAREJISTA DE COMBUSTÍVEIS
Art. 1º - Nomear uma Comissão Permanente de Licitação composta pe-
DERIVADOS DE PETRÓLEO, ALCOOL COMBUSTÍVEL E LUBRIFI-
los membros abaixo discriminados:
CANTES PARA VEÍCULOS AUTOMO-TORES, localizado na Av. Copa-
Eronice Ramos da Costa - Presidente
cabana nº440, Bairro Copacabana, município de Cruzeiro do Sul – Acre.
Célia Ângela de Carvalho
Rosélia de Souza Gonçalves _________________________________________________________
Art. 2º - Os membros desta Comissão são designados para executarem os
processos licitatórios dos recursos transferidos pela Prefeitura de Rio Branco JAIRON JOSÉ MARTINS TEIXEIRA - ME
através da Secretaria Municipal de Educação, para aplicação no desenvolvi-
mento das atividades da Escola Municipal Professora Terezinha Migueis, nos Torna público que recebeu do Instituto de Meio Ambiente do Acre – IMAC,
termos da Lei nº 1.907, de 17 de maio de 2012 – Lei de Autonomia Financeira a LICENÇA DE INSTALAÇÃO n° 349/2014, com validade de 1 (um) Ano,
das Escolas Públicas Municipais; assim como dos recursos repassados pelo para atividade de EXTRAÇÃO MINERAL, CAPTAÇÃO DE ÁGUA SUB-
FNDE/MEC, conforme Resolução Nº. 09, de 02 de março de 2011, Nº. 10, de TERRÂNEA PARA ENGARRAFAMENTO ATRAVÉS DE PROCESSO
18 de abril de 2013 e Nº 15 de 10 de julho de 2014. INDUSTRIAL COM FINS COMERCIAIS, COORDENADAS PLANAS 19L
Art.3º - Esta Resolução entra em vigor a partir da data de sua publicação. 0542736 UTM 8992647, PROCESSO DNPM Nº 886.239/2013, localizada
Rio Branco – AC, 10 de novembro de 2014. na rodovia BR 364, km 07, s/n – Sena Madureira/AC.
_________________________________________________________
Raimunda Nonata Cunha Sussuarana
Presidente do Conselho Escolar/UEx Professora Terezinha Migueis

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

AVISO DE LICITAÇÃO
Processo n. 0101529-73.2014.8.01.0000. Pregão Eletrônico SRP N.º
68/2014. Tipo: Menor preço por grupo. Objeto: contratação de Serviço Tele-
fônico Fixo comutado (fixo-fixo e fixo-móvel, local e longa distância nacional
e internacional) por meio de entroncamento E1, com disponibilização de
ramais DDR e linhas diretas, nas Unidades do Tribunal de Justiça do Es-
tado do Acre e aquisição de 7 (sete) Centrais telefônicas para atendimento
nestas unidades, conforme especificações e quantidades discriminadas
no Anexo I – Termo de Referência do Edital. LOCAL E DATA DA REALI-
ZAÇÃO DO CERTAME: A licitação será realizada em ambiente virtual do
site www.comprasnet.gov.br, no dia 21 de novembro de 2014, às 13:00h
(horário de Brasília). Qualquer dúvida poderá ser esclarecida por meio dos
telefones (68) 3302-0389/0345/0346/0347 ou e-mail: cpl@tjac.jus.br.
Rio Branco–AC, 07 de novembro de 2014.

Alzenir Pinheiro
Pregoeira/TJAC
_________________________________________________________

AVISO DE REVOGAÇÃO
O Presidente do Tribunal de Justiça, Des. Roberto Barros, adstrito aos
aspectos de conveniência e oportunidade, com fundamento no art. 49
da Lei n.º 8.666/93, decidiu pela REVOGAÇÃO do Pregão Presencial nº
18/2014, referente ao Processo n. 0101768-77.2014. Tipo: menor pre-
ço por item. Objeto: aquisição de veículos de transporte institucional.
Qualquer dúvida poderá ser esclarecida por meio dos telefones (68)
3302-0389/0345/0346/0347 ou e-mail: cpl@tjac.jus.br.
Rio Branco–AC, 10 de novembro de 2014.

Alzenir Pinheiro
Pregoeira/TJAC
Estado do Acre
Diário Oficial
DIVERSOS
www.diario.ac.gov.br
Casa Civil
Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do
Estado do Acre – Fecomércio/AC, Departamento de Imprensa Oficial
Av. Getúlio Vargas nº 232 - Centro (Palácio das Secretarias)
Fone: (68) 3215-2865/3215-2870 - e-mail: diario.oficial@ac.gov.br Rio Branco-AC -
RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE CONVOCAÇÃO CEP: 69900-900
O Presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo