You are on page 1of 1

Turma:

Simulação da Compensação do Factor de SELE1


2DF Potencia num Sistema de Energia PL

1050810 André Dias


7SCOSFI
Grupo:
1070170 Nuno Guedes
L

Na aula laboratorial 7 realizamos um ensaio em que a fonte de alimentação vai alimentar uma linha
de transporte a 400V e à saída será colocada uma carga Resistiva//Indutiva em paralelo com uma bateria de
condensadores.

Tabela1

C = 2 "F
L = 2.4 H
R (%) U1 (V) I1 (A) P1 (W) Q1 (VAr) U2 (V) I2 (A) Cos!2
100 396 0,30 75 125 380 0,77 0,92 i
80 394 0,40 100 135 380 0,40 0,96 i
40 392 0,76 183 210 397 0,80 0,98 i

Tabela2
C = 6 "F
L = 2.4 H
R (%) U1 (V) I1 (A) P1 (W) Q1 (VAr) U2 (V) I2 (A) Cos!2
100 391 0,63 102 370 443 0,41 0,90 c
80 392 0,65 135 65 431 0,42 0,95 c
40 391 0,95 225 180 389 0,92 0,98 c
Factor de potencia é o desfasamento entre a corrente e a tensão num determinado circuito, sendo o
circuito indutivo a corrente esta em atraso relativamente á tensão, sendo capacitivo a corrente está em avanço
relativamente á tensão.
A correcção do factor de potência evita que numa instalação se consuma energia reactiva, energia
esta que não produz trabalho.
Analisando os valores da tabela 1 pode se concluir que reduzindo a carga resistiva a potência
reactiva QL aumentou e a corrente também aumentou isto na entrada da linha, na saída da linha o aumento da
corrente também se verificou, houve também uma redução no cos ! que fez com que houvesse uma queda de
tensão derivada a esse mesmo aumento da corrente.
Na tabela 2 pode se verificar que sendo a carga capacitiva superior á anterior reduzindo a carga
resistiva a potencia activa e reactiva aumentou, isto porque as correntes também aumentaram fazendo com
que a potencia aparente aumente á excepção dos valores em que o cos! esta próximo de1 pois a corrente aí
diminui sendo assim a potencia aparente será menor pois a activa aumentou tendo a reactiva reduzido.
Na saída verificasse que sendo o circuito capacitivo vai provocar um aumento das tensões na linha e
consequentemente uma redução nas correntes absorvidas.

"A capacidade de uma bateria trifásica de condensadores, para efectuar a compensação do factor de
potência, difere se esta é ligada em «estrela» ou em «triângulo» ”.

Esta afirmação é verdadeira pois se tivermos a fazer uma compensação do factor de potência em
triângulo, para fazermos a mesma compensação desse factor mas agora em estrela, a capacidade dos
condensadores teria de ser três vezes superior comparativamente com a configuração em triângulo.
O que leva a algumas compensações do factor de potência serem configurados em estrela deve-se ao
facto de este estarem em alta tensão. Pois embora a capacidade dos condensadores seja três vezes superior,
compensa financeiramente devido ao facto que em triângulo, a tensão nos condensadores é uma tensão
composta e não uma tensão simples. Sendo assim, ao colocar isolantes de melhor qualidade o preço final
destes fica mais caro que se for usado a configuração em estrela.