Вы находитесь на странице: 1из 7

NEB 53 – Filtros analógicos

1. Determine a ordem de um FPB Bu e determine a faixa em que pode situar a freqüência de


corte. Dados:
a. Amax=2dB @ fp=9,12kHz
b. Amin=75dB @ fa=60kHz.
Resposta: Valor obtido para n=4,7258 valor adotado n=5. Faixa onde pode situar a freqüência
de corte: 9,6225kHz a 10,67kHz.

2. Resolver o mesmo tipo de exercício para:


a. Amax=2dB @ fp=2,8kHz
b. Amin=100dB @ fa=20,5kHz
Resposta: Valor obtido de n=5.847, valor adotado de n=6. Faixa onde pode situar a freqüência
de corte: 2,928kHz a 3,082kHz.
3. Resolver o mesmo tipo de exercício para:
a. Amax=2dB @ fp=13,5kHz
b. Amin=30dB @ fa=37kHz
Resposta: Valor obtido de n=3.691, valor adotado de n=4. Faixa onde pode situar a freqüência
de corte: 14,436kHz a 15,605kHz.
4. Deduza o polinômio Q(s) de FPB Bu de ordem 4 a partir da posição dos pólos no plano s
Solução: Os pólos devem estar simétricos em relação ao eixo
real negativo e ângulos entre eles de 45º (180º /4) como
mostra a figura. Os pólos podem ser dados por:
3π 3π
p1 = − cos + jsen = −0,3827 + j0,9239
8 8
π π
p 2 = − cos + jsen = −0,9239 + j0,3827
8 8
p3 = −0,9239 − j0,3827 p4 = −0,3827 − j0,9239
Q(s) é dado por:
Q(s ) = [(s − p1)(s − p4)]* [(s − p2)(s − p3)] =
= [(s + 0,3827 − j0,9239)(s + 0,3827 + j0,9239)]* [(s + 0,9239 − j0,3827 )(s + 0,9239 + j0,3827 )] =
[ ][
= s 2 + 0,7654 + 1 s 2 + 1,8478 + 1 ]
[ ][
∴ Q(s ) = s + 0,7654 + 1 s + 1,8478 + 1
2 2
]
5. Idem ao problema 4 porém utilizando diretamente a fórmula.
Solução: Como n=4, vamos usar diretamente a formula para n=par como segue:
n
2
3π π
H(s ) = ∏
1
onde no caso ϕ1 = e ϕ 2 = logo :
i =1 s + 2 cos(ϕi )s + 1
2
8 8

H(s ) =
1 1
* 2
s + 2 * 0,3827 + 1 s + 2 * 0,9239 + 1
2

( )(
Portanto : Q(s ) = s 2 + 2 * 0,3827 + 1 s 2 + 2 * 0,9239 + 1)
6. Repetir os exercícios (4) e (5) para n=5
Resposta:
Q(s ) = (s + 1)(s 2 + 1,6180s + 1)(s 2 + 0,6180s + 1)

Pagina:1/7
7. Projetar um FPB Bu ativo usando circuito Salen-Key. Dados: ωc = 4,0 *10 4 rd / s , n=2,
C=4,7nF e R1=10k Ohm.
Resposta: R=5,3191 kOhm, Rf=5,858 kOhm.

8. Determine a função de transferência H(s) desnormalizada para problema anterior e escreva


um programa em MATLAB para traçar curvas de Bode e Resposta a um degrau de tensão.

Resposta: H(s ) =
(4 *10 )
4 2

s 2 + 2 * 4 *10 4 * s + 4 *10 4( )2

Programa MATLAB:
clear, close all %Elimina as variáveis e fecha os gráficos.
num=[(4e4)^2]; %Vetor numerador.
den=[1,sqrt(2)*4e4,(4e4)^2]; %Vetor denominador. Composto de 3 elementos.
H=tf(num,den); %A função tf “fabrica” a função de transferência H.
bode(H),grid %Abre uma figura e traça gráficos de bode da função H e traça grade
figure, %Abre outra figura ainda vazia.
step(H),grid %Traça a resposta transitória da função H e traça grade.
%Alternativa sem recorrer para função H, eliminando H=tf(num,den)
bode(num,den),grid %Em vez de H coloca num e den diretamente no argumento.
figure, step(num,den),grid %Idem pulando a etapa da função H.

9. Projetar um FPB Bu ativo usando um circuito buffer sem inversão e Salen-Key. Dados:
ωc = 25000rd / s , n=3, ganho do primeiro estágio A1=1 com R1 (resistor de entrada (-)
para terra do primeiro estágio) =10k Ohm, C=3,9nF para todos os estágios e R11 (resistor
da entrada (-) para terra do Salen-Key) = 10 kOhm.
a. Determine a função de transferência H(s) desnormalizada para cada estágio.
b. Ganho de cada estágio e ganho total em dB para freqüências baixas.
c. Determine o valor de resistor, nos dois estágios, que define a freqüência de corte e
resistores de realimentação de cada estágio.
Respostas:

H 1 (s ) =
25 * 10 3
e H (s ) =
(25 *103 ) 2

s + 25 *10 3 s 2 + 25 *103 s + (25 *103 )


2 2

O ganho do primeiro estágio é arbitrário, fixado neste caso em 1, já que o amplificador entra
como buffer que isola o circuito RC de entrada do segundo estágio. Para o segundo estágio, o
ganho deve ser necessariamente A2=2 pela imposição do circuito Salen-Key e H2 acima.
Portanto ganho de 0dB para 1º estágio e 6,02dB para 2º estágio totalizando 6,02dB em baixas
freqüências para os dois estágios em cascata.
Resistor de realimentação no 1º estágio=0 Ohm e no 2º estágio=10 kOhm.
Resistor para determinação da freqüência de corte= 10,256 kOhm para dois estágios.

10. Dada a função de transmissão de um filtro Bessel de segunda ordem como segue:
B2 (s ) = 0,618s 2 + 1,3616s + 1 . Projetar um filtro ativo usando circuito Salen-Key com
seguintes dados: ωc = 40 *103 rd / s , R=10k Ohm, R1=22k Ohm.
Resposta: C=1,9653nF e Rf=5,986k Ohm

11. Dados os polos de FPB Bu de n=4 como segue: p1/p4=-0,9239+/-j0,3827 e p2/p3=-


0,3827+/-j0,9239. Projetar um filtro ativo com circuito Salen-Key para wo=30k rd/s.
Apresente a resposta em forma de valor de produto RC e Rf/R1 para cada estágio.
Resposta: RC= 3.333 *10 −5 ; Rf1/R1=0,1522; Rf2/R2=1,2346

Pagina:2/7
12. A função de transmissão de um FPB Bessel de n=3 é dada por
( )
B 3 (s ) = (0,756s + 1) 0,4771s 2 + 0,996s + 1 . Projetar um filtro ativo usando circuito Salen-
Key com fo=10kHz, ganho unitário no primeiro estágio para freqüência zero. Apresente a
resposta indicando o valor do produto RC do primeiro e segundo estágio, Rf1/R1 e
Rf2/R2.. Calcule também o ganho do segundo estágio para freqüência zero.
Resposta:
1º estágio: RC = 1,2032 *10 −5 Rf1/R1=0; 2º estágio: RC = 1,0992 *10 −5 Rf2/R2=0.5527
Ganho do segundo estágio em DC: 3.8216dB

13. Dados os pólos de um FPB Bessel de n=2 como segue: p1=-1,03-j0,368 e p2=-1.,03-
j0,6368. Projetar um filtro ativo usando circuito Salen-Key com fo=5kHz. Apresente a
resposta indicando o valor do produto RC e Rf/R1. Calcule também ganho em baixa
frequencia.
Resposta:A função de transmissão é obtida com
Bs (s ) = (s − p1)(s − p2) = (s + 1,103 − j1,6368)(s + 1,103 + j1,6368) = s 2 + 2,206s + 1,6221

Portanto, a função de transferência é H(s ) = 2


k k *1,6221
=
s + 2,206s + 1,6221 0,6165s 2 + 1,3599s + 1
E a forma normalizada é H(s ) =
k *1,6221
2
onde k é uma constante.
⎛ s ⎞ ⎛ s ⎞
0,6165⎜⎜ ⎟⎟ + 1,3599⎜⎜ ⎟⎟ + 1
⎝ ωc ⎠ ⎝ ωc ⎠
Por outro lado, a função de transferência do circuito Salen-Key é
Vo (s) Ao
=
Vi (s) (RC ) s + (3 − A o )RCs + 1
2 2

0,616 0,616 0,785


Onde conclui-se que: (RC) 2 = ⇒ RC = = = 2,5 *10 −5
ωc2
ωc 2 * π * 5 *10 3

1,3599 1,3599 Rf
(3 − A o )RC = ⇒ Ao = 3 − = 1,2675 = A o − 1 = 0,2675
ωc 0,785 R1
O ganho em baixa freqüência é A o = 1,2675 ou 2,059dB
1,2675
Nota: O valor de k é dado por k = = 0,78144
1,6221
14. A função de transmissão normalizada de um FPB Tshebysheff com n=2 e ripple de 0,5dB é
dada por: T2 (s) = 0,6595s 2 + 0,9402s + 1 Projetar um filtro ativo usando circuito Salen-Key
com fo=5kHz. Apresente a resposta indicando o valor do produto RC e Rf/R1. Calcule
também ganho em baixa frequencia.
R
Resposta: RC = 2,585 *10 −5 e f = 0,8423 e o ganho em baixa freqüência é 5,307dB
R1
Nota: Com esta função de transmissão, a freqüência de corte normalizada não é a freqüência
na qual a saída decai 3dB em relação a saída em baixas freqüências como estamos
acostumados com filtros Butterworth ou Bessel. No caso deste filtro Tby, a saída aumenta até
0,5dB em relação a baixa freqüência à medida que a freqüência se aproxima da freqüência de
corte e após passar por um pico de 0,5db, a saída cai para nível de 0dB na freqüência de corte.
Se usarmos a função de transmissão T2 (s) = 1,2738s 2 + 1,3066s + 1 , a freqüência de corte
normalizada corresponde ao ponto de -3dB em relação as baixas freqüências como estamos
acostumados, mantendo o ripple de 0,5dB.

Pagina:3/7
15. A função de transmissão normalizada de um FPB Tshebysheff com n=2 e ripple de 0,5dB é
dada por: T2 (s) = 1,2738s 2 + 1,3066s + 1 Projetar um filtro ativo usando circuito Salen-Key
com fo=5kHz. Apresente a resposta indicando o valor do produto RC e Rf/R1. Calcule
também ganho em baixa frequencia.
R
Resposta: RC = 3,5925 * 10 −5 e f = 0,8423 e o ganho em baixa freqüência é 5,307dB
R1
Nota: Este problema e o problema anterior difere apenas na freqüência de corte. Vide nota do
problema anterior.
16. Escrever um programa MATLAB para a função de transferência FPB Tshebysheff
normalizada do problema (14) para traçar curvas de Bode e observar a região da freqüência de
corte.
Resposta:
Clear, close all %Deleta todas as variáveis e fecha todas as figuras.
num=[1]; %Numerador da função de transferência.
den=[0.6595 0.9402 1]; %Denominador da função de transferência.
H=tf(num,den); %Formação da função de transferência.
Bode(H),grid %Traçar gráficos de Bode.

17. Idem ao anterior aplicado ao problema (15). Após traçar a curva de Bode, compare a diferença
existente entre a curva do problema (16).
18. Projete um FPB passivo Butterworth de 3ª ordem. Considere Ri=RL=600Ohm e freqüência de
corte de 10kHz. Use circuito que inicia com indutor.
Resposta: É necessário obter a forma complexa dos pólos para freqüência normalizada W=1. Pela
tabela de Q(s) pode-se obter Q(s) desejado e calcular as raízes que são os pólos, ou desenhar o
posicionamento dos pólos e obter a expressão dos pólos geometricamente. Adotando o segundo
método pela sua simplicidade, tem-se: ⎛ π⎞ ⎛ π⎞
p1 = − cos⎜ ⎟ + jsen ⎜ ⎟
⎝ 3⎠ ⎝ 3⎠
p 2 = −1
⎛ π⎞ ⎛ π⎞
p1 = − cos⎜ ⎟ − jsen⎜ ⎟
⎝ 3⎠ ⎝ 3⎠
Pela regra de (-2) x parte real, tem-se:
⎛ π⎞ ⎛ π⎞
L1 = (−2) * cos⎜ ⎟ = 1H; C1 = (− 2)* (− 1) = 2F; L 2 = (−2) * cos⎜ ⎟ = 1H
⎝ 3⎠ ⎝ 3⎠
Desnormalizando para R = 600 Ohm e fc = 10 kHz, tem-se:
L * 600 C1
l1 = l 2 = 1 4 = 9,5493mH; c1 = = 53,052nF
2π10 2π10 4 * 600

19. Projete um FPB passivo Butterworth de 4ª ordem. Considere Ri=RL=600Ohm e freqüência de


corte de 15kHz. Use circuito que inicia com capacitor
Resposta: Optando pelo metodo mais trabalhoso que consiste em obter polos via Q(s) tabelado,
tem-se:
Q(s ) = (s 2 + 0,7654s + 1)(s 2 + 1,8478s + 1) = Q1 (s )* Q 2 (s )
− 0,7654 1 ⎧p1 = 0,3827 + j0,9239
Raizes de Q1 (s ) : p = ± (0,7654)2 − 4 *1*1 ⇒ ⎨
2 2 ⎩p 4 = 0,3827 − j0,9239
− 1,8478 1 ⎧p 2 = 0,9239 + j0,3827
Raizes de Q 2 (s ) : p = ± (1,8478)2 − 4 *1*1 ⇒ ⎨
2 2 ⎩p 3 = 0,9239 − j0,3827

Pagina:4/7
Nota: O gerador em paralelo
com Ri=1 Ohm no circuito ao
lado é gerador de corrente.
Esta ligação é inteiramente
equivalente ao gerador de
tensão em serie com Ri=1.
Os valores dos componentes
são:
C1 = (− 2)* real(p1 ) = 0,7654F; L1 = (− 2)* real(p 2 ) = 1,8478H
C 2 = (− 2)* real(p 3 ) = 1,8478F; L 2 = (− 2)* real(p 4 ) = 0,7654H
Desnormalizando para Ri = RL = R = 600 Ohm e fc = 15 kHz, tem-se:
C1 0,7654 L * R 1,8478 * 600
c1 = = = 13,535nF; l1 = 1 = = 11,8mH
2πf c * R 9,4248 *10 * 6004
2πf c 9,4248 *10 4
C2 1,8478 L * R 0,7654 * 600
c2 = = = 32,676nF; l 2 = 2 = = 4,9mH
2πf c * R 9,4248 *10 * 600
4
2πf c 9,4248 *10 4

20. Repetir o problema anterior porém em FPA Bu de 4ª órdem.


Resposta: No circuito, basta substituir capacitor por indutor e vice versa, como mostra o equema
abaixo:
Os valores também serão invertidos como
segue:
a) Se inverter os valores FPB norma-
lizados, pode-se obter valores nor-
malizados FPA porem há necessidade
de desnormalizar depois.
b) Se inverter os valores desnormaliza-
dos FPB é necessário adicionalmente dividir por ωc2 para se obter valores desnormalizados.
a ) Pelos valores FPB normalizados :
1 1 1 1
L1 = = 1,3065H; C1 = = 0,5412F; L 2 = = 0,5412H; C 2 = = 1,3065F
0,7654 1,8478 1,8478 0,7654
Desnormalizando :
L * R 1,3065 * 600 C1 0,5412
l1 = 1 = = 8,317mH; c1 = = = 9,5705nF
2πf c 9,4248 *10 4
2πf c * R 9,4248 *10 4 * 600
L 2 * R 0,5412 * 600 C2 1,3065
l2 = = = 3,445mH; c 2 = = = 23,104nF
2πf c 9,4248 *10 4
2πf c * R 9,4248 *10 4 * 600
b) Pelos valores FPB desnormalizados :
1 1
l1 = = 8,317mH; c1 = = 9,5705nF
−9
(
13,535 *10 * 9,4248 * 10 )
4 2 −3
(
11,8 *10 * 9,4248 *10 4 ) 2

1 1
l2 = = 3,445mH; c 2 = = 23,104nF
(
32,67 * 10 −9 * 9,4248 * 10 4)2
(
4,9 *10 −3 * 9,4248 * 10 4 )
2

21. Projetar FPA ativo Butterworth n=2 com wc = 20 krd/s, usando circuito Salen-Key.
Apresentar a resposta em termos de constante de tempo RC e resistores para ajuste de ganho.

Pagina:5/7
Resposta: A função de transferência normalizada para FPA é obtida a partir da função de
transferência normalizada do FPB substituindo s por 1/s como segue:
s2
H(s )FPB = 2 , substituindo s por , temos : H(s )FPA =
1 1 1
=
s + 2s + 1 s 2 + 2s + 1
2
s ⎛1⎞ ⎛1⎞
⎜ ⎟ + 2⎜ ⎟ + 1
⎝s⎠ ⎝s⎠
Desnormalizando:
2
⎛ s ⎞
⎜⎜ ⎟⎟
H(s )FPA = ⎝ ωc ⎠ e a função de transferencia do circuito Salen - Key para FPA é :
2
⎛ s ⎞ ⎛ s ⎞
⎜⎜ ⎟⎟ + 2 ⎜⎜ ⎟⎟ + 1
⎝ ωc ⎠ ⎝ ωc ⎠
Vo (s ) A o (RC ) s 2
2
1
= , Portanto, RC = e A o = 3 - 2 = 1,5858
Vi (s ) (RC ) s + (3 − A o )RCs + 1
2 2
ωc
Para ωc = 20 krd/s, temos :
Rf
RC = 5 *10 -5 s e = 1,5858 - 1 = 0,5858 Nota : É necessário considerar um ganho k na expressão
R1
2
⎛ s ⎞
de H(s )FPA para que o numerador k * ⎜⎜ ⎟⎟ seja compatível com A o (RC ) s 2
2

⎝ ωc ⎠

22. Repetir o problema 21 com filtro Bessel.


Resposta: Única alteração será na função de transferência do filtro.
Considerando a função de transmissão do filtro Bessel para n = 2, B 2 (s ) = 0,618s 2 + 1,3616s + 1, temos :

H B (s )FPB =
1 1
e a função para FPA é obtida substituindo s por e daí temos :
0,618s 2 + 1,3616s + 1 s
2
⎛ s ⎞
0,618⎜⎜ ⎟⎟
H B (s )FPA =
1
=
0,618s 2
Desnormalizando : H B (s )FPA = ⎝ ωc ⎠
⎛1⎞
2
⎛1⎞ 1,618s 2 + 2,203s + 1 ⎛ s ⎞
2
⎛ s ⎞
0,618⎜ ⎟ + 1,3616⎜ ⎟ + 1 1,618⎜⎜ ⎟⎟ + 2,203⎜⎜ ⎟⎟ + 1
⎝s⎠ ⎝s⎠ ⎝ ωc ⎠ ⎝ ωc ⎠
Comparando com a função de transferência do circuito Salen - Key dada no problema anterior, temos :
1,618 1,272 2,203 R
RC = = = 6.36 *10 −5 s e A o = 3 − = 1,268 ⇒ f = 0,268 Nota : É necessário considerar um
ωc 20 *10 3
1,618 R1
2
⎛ s ⎞
ganho k na expressão de H B (s )FPA para que o numerador k * 0,618 ⎜⎜ ⎟⎟ seja compatível com A o (RC ) s 2
2

⎝ ωc ⎠

23. Repetir o problema 21 com filtro Tshebysheff.


1,516 1,231 1,426 R
Resposta: RC = = = 6.16 *10 −5 s e A o = 3 − = 1,842 ⇒ f = 0,842
ωc 20 *10 3
1,516 R1

24. Qual é o ganho dos filtros projetados nos exercícios 21, 22 e 23 em frequencias muito altas
(acima de 10 vezes a frequencia de corte)?
O ganho do circuito FPA Salen - Key para freqüência muito alta é dado por :
Resposta: ⎛ V ( jω) ⎞ A o (RC ) ( jω)
2 2
lim ⎜⎜ o ⎟ = lim = Ao
jω→∞ V ( jω) ⎟ jω→ ∞ (RC )2 ( jω)2 + (3 − A )RC( jω) + 1
⎝ i ⎠ o

Pagina:6/7
Problema 21 : A o = 1,5858 ⇒ 20 * log10 (1,5858) ≅ 4 dB
Portanto: Problema 22 : A o = 1,268 ⇒ 2,06 dB
Problema 23 : A o = 1,842 ⇒ 5,31 dB

25. Projete um filtro passa faixa Butterworth de 1ª ordem com freqüência central de 20 rd/s, Q=10
e ganho 1, utilizando circuito de Brennan.
Resposta:
1 ⎛ 1⎞ ⎛ 1⎞
Para FPF, substitui - se s por ⎜ s + ⎟ = Q⎜ s + ⎟ na função de transferencia do FPB.
Br ⎝ s⎠ ⎝ s⎠
1 B Bω
onde B r = = = , B = largura de faixa em Hz, B ω = idem em rd/s, f o = freq. central
Q f o ωo
1 ⎛ 1⎞
No caso de Bu 1ª órdem, usamos H(s ) =
1
, substituindo s por ⎜ s + ⎟ e desnormalizando, temos :
s +1 Br ⎝ s⎠
ωo 1
s − s
Vo (s ) C2R 5
H(s )FPF
Q
= Gv e no circuito Brennan = onde R ' = R 4 // R 5
ω Vi (s ) C + C 1
s 2 + o s + ω o2 s2 + 2 3
s+ '
Q R 1C 2 C 3 R R 4C 2C3

Comparando as duas funções, e


fazendo C2=C3=C tem-se:
Q 10
R 5C = = = 5,0 * 10 − 4
G v ωo 20 * 10 3

2Q 2 *10
R 1C = = = 1,0 *10 −3
ωo 20 *10 3

1 1
R 'C = 2 = =
( )
ωo R 1C 20 *103 21,0 *10 −3
= 2,5 *10 −6
1
R4 =
1 1
'

R R5

26. Idem ao problema 25, usando fo=5 kHz, Q=20, Gv=2 (6dB) e C=22nF. Calcule os valores dos
resistores.
Aplicando diretamente as formulas usadas no problema anterior, tem - se :
Q 20
R5 = = = 14,47 kΩ
G v ωoC 2 * 2π5 *103 * 22 *10 −9
2Q 2 * 20
Resposta: R 1 = = = 57,875 kΩ
ωoC 2π5 *103 * 22 *10 −9
1 1
R' = = = 36,1716 Ω
ω R 1C
2
o
2
( 2
) (
2π5 *103 * 57,875 *103 22 *10 −9 )
R 5R '
R4 = = 36,2622 Ω
R5 − R'

Pagina:7/7