Вы находитесь на странице: 1из 4

Agora Eu Passo Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ÍNDICE
Legislação Previdenciária: Conteúdo, Fontes, Autonomia. Aplicação das Normas Previdenciárias.
Vigência, Hierarquia, Interpretação e Integração�������������������������������������������������������������������������������������������2
Competência Legislativa���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Autonomia��������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Fontes����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Hierarquia���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Interpretação����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Integração���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Vigência�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do Agora Eu Passo Concursos Públicos.
1
Agora Eu Passo Concursos Públicos

Legislação Previdenciária: Conteúdo, Fontes, Au-


tonomia. Aplicação das Normas Previdenciárias.
Vigência, Hierarquia, Interpretação e Integração
A legislação previdenciária é composta, em regra, por nossa Constituição Federal de 1988, pelas
Leis 8.212/91 (fala sobre o custeio) e 8.213/91 (fala sobre os benefícios da previdência social) e também
o Decreto 3.048/99.

Competência Legislativa
De acordo com o artigo 22 da nossa Carta Magna de 1998, compete, em regra, à União legislar
privativamente sobre a Seguridade Social, porém é possível permitir que os Estados e o DF discipli-
nem as questões específicas por meio de lei complementar.
Art. 22. Compete privativamente à União legislar sobre:
XXIII – seguridade social;
Parágrafo único. Lei complementar poderá autorizar os Estados a legislar sobre questões específicas das matérias relacionadas neste
artigo. (grifo nosso)

Autonomia
Pelo fato de possuir normas próprias, conceitos e princípios próprios, distintos de outros ramos
do Direito, como o Direito do Trabalho, o Direito Tributário, o Direito Civil, podemos afirmar que o
Direito Previdenciário é um Ramo Autônomo Do Direito.
OBS: a doutrina não é pacífica quanto a que ramo o Direito Previdenciário pertence, mas é fato que
ao ramo do direito privado não.
O enquadramento deste ramo do Direito não é pacífico, mas os doutrinadores mais atuais colo-
cam-no como ramo do direito social, enquanto outros no direito público (corrente tradicionalista).
Evidentemente, nunca será direito privado, já que, na relação jurídico-securitária, há a participação
do Estado, dotado de seu poder de império, determinando a filiação compulsória ao sistema e exigindo
o pagamento de contribuições. (FABIO ZAMBITTE IBRAHIM)

Fontes
Chamamos de fontes os meios pelos quais o Direito Previdenciário se manifesta. Podemos
dividir em fontes materiais e formais.
As fontes materiais são fatos sociais que motivam o legislador a criar normas.
As principais fontes formais em matéria previdenciária são as normas escritas, produzidas pelos
poderes Legislativo e Executivo, compreendendo:
FONTES PRIMÁRIAS
Constituição Federal Emendas Constitucionais Leis Complementares
Leis Ordinárias Leis Delegadas Medidas Provisórias
FONTES SECUNDÁRIAS
Decretos Executivos Regulamentos Instruções Normativas
Demais atos administrativos normativos

Hierarquia
A Hierarquia das leis estabelecida em nosso bloco de legalidade se encontra na seguinte ordem
decrescente:
1) Constituição Federal e as Emendas Constitucionais.
2) Leis Complementares, as Leis Ordinárias (exemplo: Lei n°8.212/91, Lei n° 8.213/91 e Lei n°
8.742/93), as Leis Delegadas e as Medidas Provisórias.

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do Agora Eu Passo Concursos Públicos.
2
Agora Eu Passo Concursos Públicos
3) Decretos do Poder Executivo (por exemplo: Decreto n°3.048/99) as Portarias, as Instruções Nor-
mativas, dentre outros.
4) Normas internas da administração (instrução normativa, ordem de serviço).

Interpretação
→→ Gramatical: também chamada de literal e consiste no exame do texto da lei sobre o ponto de
vista linguístico;
→→ Sistemática: parte da ideia que ele não existe isolado e deve ser interpretado em conjunto com
outras normas;
→→ Histórica: baseia-se nos antecedentes da norma, tem por objetivo descobrir o motivo pela qual
foi criada;
→→ Teleológica: busca descobrir a finalidade almejada pelo legislador.

Integração
→→ ANALOGIA: o aplicador da lei busca solução em casos semelhantes devido à lacuna legislativa
(falta de norma primária).
OBS! Analogia não é interpretação, e sim integração.

Vigência
Em regra, uma norma de Direito Previdenciário tem vigência a partir de sua publicação no Diário
Oficial. Porém, se a determinada norma não dispuser de forma contrária, ela começará a vigorar em
todo o país 45 DIAS DEPOIS de oficialmente publicada.
Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro (Decreto-Lei n. 4.657, de 1942).
Art. 1º Salvo disposição contrária, a lei começa a vigorar em todo o país quarenta e cinco dias depois de oficialmente publicada.
OBS.: cuidado para não confundir com o princípio da noventena!
Exercícios
Acerca da legislação previdenciária, especialmente no que se refere às suas fontes, autonomia,
vigência e interpretação, julgue o item que se segue.
01. Ao se utilizar do método de interpretação teleológico o intérprete busca compatibilizar o texto
legal a ser interpretado com as demais normas que compõem o ordenamento jurídico, visuali-
zando a lei objeto de interpretação como parte de um todo.
Certo ( ) Errado ( )
Acerca da legislação previdenciária, especialmente no que se refere às suas fontes, autonomia,
vigência e interpretação, julgue o item que se segue.
02. A vigência da lei de natureza previdenciária segue a regulamentação da Lei de Introdução
às Normas do Direito Brasileiro, de modo que, salvo disposição contrária, entra em vigor
quarenta e cinco dias depois de oficialmente publicada.
Certo ( ) Errado ( )
Com relação ao conteúdo e à autonomia da legislação previdenciária, julgue o item abaixo.
03. Lei complementar editada pela União poderá autorizar os estados e o DF a legislar sobre
questões específicas relacionadas à seguridade social.
Certo ( ) Errado ( )

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do Agora Eu Passo Concursos Públicos.
3
Agora Eu Passo Concursos Públicos
Acerca da legislação previdenciária, especialmente no que se refere às suas fontes, autonomia,
vigência e interpretação, julgue o item que se segue.
04. O Direito Previdenciário é classificado como ramo do Direito privado, tendo reconhecida,
pela doutrina majoritária, sua autonomia didática em relação a outros ramos do Direito.
Certo ( ) Errado ( )
Gabarito
01 - Errado
02 - Certo
03 - Certo
04 - Errado

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do Agora Eu Passo Concursos Públicos.
4