Вы находитесь на странице: 1из 4

Agora Eu Passo Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ÍNDICE
Regimes Previdenciários: Dos Regimes Previdenciários no Brasil���������������������������������������������������������������2
Regime Próprio de Previdência Social����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Regime Complementar de Previdência Social���������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Regime Geral de Previdência Social (Nosso Objeto de Estudo)����������������������������������������������������������������������������������2
Regime Próprio de Previdência Social. (CF Art. 40)�����������������������������������������������������������������������������������������������������2
Regime Complementar de Previdência Social (Cf Art. 202 e Leis Complementares 108 e 109)�������������������������2
Regime Complementar Público����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Regime Privado Aberto������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Regime Privado Fechado���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do Agora Eu Passo Concursos Públicos.
1
Agora Eu Passo Concursos Públicos

Regimes Previdenciários: Dos Regimes Previdenciários no Brasil


Regime Próprio de Previdência Social
Regime Complementar de Previdência Social
Regime Geral de Previdência Social (Nosso Objeto de Estudo)
Regime Próprio de Previdência Social. (CF Art. 40)
Este REGIME é destinado APENAS aos SERVIDORES TITULARES de cargos efetivos da
União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, incluídas suas autarquias e fundações, é
assegurado regime de previdência de caráter CONTRIBUTIVO E SOLIDÁRIO.
OBS! Aqueles que possuem um contratado por tempo determinado, os detentores de emprego nas Empresas Públicas e nas
Sociedades de Economia Mista e também os detentores de cargos exclusivamente comissionados serão cobertos pelo RGPS e
não o RPPS.
“Lei 8213/91 art. 11; I – g) o servidor público ocupante de cargo em comissão, sem vínculo efetivo com a União, Autarquias,
inclusive em regime especial, e Fundações Públicas Federais”
O servidor será aposentado:
Por invalidez permanente; sendo os proventos proporcionais ao tempo de contribuição, exceto
se decorrente de acidente em serviço, moléstia profissional ou doença grave, contagiosa ou incurável,
na forma da lei;
Compulsoriamente; aos 70 anos de idade, com proventos proporcionais ao tempo de serviço;
OBS! Após a edição da Lei Complementar 152 a aposentadoria passou a ser a partir dos 75 anos de idade.
Segue o texto da norma infraconstitucional:
“Art. 2º Serão aposentados compulsoriamente, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, aos 75 anos de
idade:
I – os servidores titulares de cargos efetivos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, incluídas suas
autarquias e fundações;
II – os membros do Poder Judiciário;
III – os membros do Ministério Público;
IV – os membros das Defensorias Públicas;
V – os membros dos Tribunais e dos Conselhos de Contas.”

VOLUNTARIAMENTE; desde que cumprido tempo mínimo de 10 anos de efetivo exercício


no serviço público e 5 anos no cargo efetivo em que se dará a aposentadoria, observadas as seguintes
condições:
a) 60 anos de idade e 35 de contribuição, se homem, e 55 anos de idade e 30 de contribuição, se mulher;
b) 65 anos de idade, se homem, e 60 anos de idade, se mulher, com proventos proporcionais ao
tempo de contribuição.

Regime Complementar de Previdência Social (Cf Art. 202 e Leis Comple-


mentares 108 e 109)
O regime de previdência privada, de caráter complementar e organizado de forma autônoma em
relação ao RPGS, será FACULTATIVO, baseado na constituição de reservas que garantam o bene-
fício contratado, e regulado por LEI COMPLEMENTAR.
OBS! Apesar de serem facultativos, a adesão a este regime NÃO EXCLUI a obrigatoriedade da
filiação aos respectivos regimes destinados aqueles que exercem atividades laborativas lícitas.
Elas se dividem em regime complementar PÚBLICO OU PRIVADO, podendo este ainda ser
ABERTO OU FECHADO;

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do Agora Eu Passo Concursos Públicos.
2
Agora Eu Passo Concursos Públicos

Regime Complementar Público


Esse regime será devido apenas aos servidores públicos federais titulares de cargo efetivo. A lei
12.618/2012 instituiu o regime de previdência complementar; fixou o limite máximo para a concessão
de aposentadorias e pensões pelo regime de previdência de que trata o art. 40 da Constituição Federal; e
autorizou a criação de 3 entidades fechadas de previdência complementar, denominadas de:
Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo;
Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Legislativo; e
Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário.
Regime Privado Aberto
É acessível a qualquer pessoa e está especificado no CAPÍTULO IV da LC 109/2001 que nos traz
a seguinte redação:
DAS ENTIDADES ABERTAS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR
Art. 36. As entidades abertas são constituídas unicamente sob a forma de sociedades anônimas e têm por objetivo instituir e
operar planos de benefícios de caráter previdenciário concedidos em forma de renda continuada ou pagamento único, acessí-
veis a quaisquer pessoas físicas.
Ex: BRADESCOPREVIDÊNCIA (planos de previdência oferecidos pelo banco Bradesco).
Regime Privado Fechado
Este regime é destinado a um grupo específico de pessoas, pois nos resta claro perceber da regra
advindo do texto legal da LC 109 em seu artigo 31 que diz:
DAS ENTIDADES FECHADAS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR
Art. 31. As entidades fechadas são aquelas acessíveis, na forma regulamentada pelo órgão regulador e fiscalizador, exclusiva-
mente:
I – aos empregados de uma empresa ou grupo de empresas e aos servidores da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios, entes denominados patrocinadores; e
II – aos associados ou membros de pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, denominadas instituidores.

Exemplo de previdência fechada: PREVI (PARA OS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL)


REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. (CF Art. 201)
Esse é o regime de previdência mais abrangente em relação a quantidade de pessoas protegidas
no Brasil. Ele tem por objetivo resguardar a sociedade dos riscos sociais como, por exemplo, a invali-
dez, morte e idade avançada. Segundo o artigo 201 da Constituição Federal, a Previdência Social será
organizada sob a forma de regime geral, de caráter contributivo e de filiação obrigatória, observa-
dos critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial.
Exercícios
01. Um servidor público federal poderá se aposentar aos sessenta e cinco anos de idade, volunta-
riamente, com proventos proporcionais, desde que cumpra o mínimo de dez anos na carreira e
cinco anos no cargo, ainda que não possua trinta e cinco anos de tempo de contribuição.
Certo ( ) Errado ( )
Julgue o item a seguir, acerca dos regimes de previdência.
02. Tanto o regime de previdência público quanto o privado têm caráter obrigatório, sendo ilegal
manter-se o trabalhador sem proteção previdenciária.
Certo ( ) Errado ( )
Com relação à seguridade social dos servidores públicos federais, julgue o item subsecutivo.
03. Os benefícios do plano de seguridade social estão disponíveis a todos os servidores ocupantes
de cargo efetivo ou exclusivamente em comissão na administração pública direta, autárquica
ou fundacional.
Certo ( ) Errado ( )

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do Agora Eu Passo Concursos Públicos.
3
Agora Eu Passo Concursos Públicos
Gabarito
01 - Certo
02 - Errado
03 - Errado

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do Agora Eu Passo Concursos Públicos.
4