Вы находитесь на странице: 1из 16

josenilsonf@gmail.

com 1

Aulas e Consultoria em Linguagens

Concordância nominal
josenilsonf@gmail.com 2

Aulas e Consultoria em Linguagens

Definição Concordância nominal é a relação que se


estabelece entre as classes de palavras
01 (nomes).

Definição É o que faz com que os nomes concordem com

02
os substantivos: pronomes, numerais e
adjetivos e artigos.

Exemplo
Estas três obras maravilhosas estavam
esquecidas na biblioteca..
03
Por isso, torna-se relevante que o cinema Exemplo

04
traga implicítas as marcas das relações
sociais.
3

“Estas três obras maravilhosas estavam


esquecidas na biblioteca.”

•Neste caso, pronome, numeral e adjetivo concordam com o substantivo


"obras". "Estas" e não "estes" obras, pronome que está no plural, já que a
oração refere que são três e não apenas uma obra maravilhosa.

E por que "maravilhosas" e não "maravilhoso"?
Porque o substantivo está no plural e é feminino, ou
seja, tudo muito bem combinado.
4
Adjetivo e substantivo Exemplo 01 Exemplo 02
O adjetivo deve concordar em O cinema representa, assim, Thiago Antonio chegou com as
gênero e número com o substantivo. formas implícitas de coesão. roupas novas.

Regras específicas

Quando há mais do que um


Exemplo 01 Exemplo 02
substantivo, o adjetivo deve
O cinema mostra o urgente Que bonita pintura e poema!
concordar com aquele que está
incentivo e a ação
mais próximo.
governamentall
5

Adjetivo anteposto a substantivos


• Thiago chegou com bonito sapato e blusa.
• Morfologia = adjetivo
• Sintaxe = ajunto adnominal -
• O adjetivo concorda apenas com o substantivo mais próximo.

Thiago acha bonito/bonitos sapato e blusa.


• Morfologia = adjetivo
• Sintaxe = predicativo
• O adjetivo concorda com o mais próximo ou com os dois substantivos,
prevalecendo o masculino
josenilsonf@gmail.com 6

Aulas e Consultoria em Linguagens

Substantivo e adjetivo
Mas, se os substantivos forem nomes próprios, o adjetivo
deve ficar no plural.

Exemplo
Debaixo dos Caracóis dos seus Cabelos é uma composição
dos grandes Roberto Carlos e Erasmo Carlos em homenagem
à Caetano Veloso.

Observação
Quando há mais do que um substantivo, e o adjetivo vem
depois dos substantivos, deve concordar com aquele que está
mais próximo ou com todos eles.

Exemplo
É preciso, então, que o cinema revele o fato e a coesão
social/sociais
josenilsonf@gmail.com 7

Aulas e Consultoria em Linguagens

Adjetivo posposto
Exemplo
Se os substantivos possuírem o mesmo gênero, o
adjetivo fica no singular ou plural. A beleza e a inteligência feminina(s).
O carro e o iate novo(s).

verbo SER + adjetivo:

O adjetivo fica no masculino singular, se o substantivo


não for acompanhado de nenhum modificador.

Exemplo 02
Exemplo 01
Esta água é boa para saúde.

Água é bom para saúde.


josenilsonf@gmail.com 8

Aulas e Consultoria em Linguagens

O adjetivo concorda em gênero e número com os


pronomes pessoais a que se refere. Por exemplo:

Exemplo
Juliana as viu ontem muito felizes.

Nas expressões formadas por pronome indefinido


neutro (nada, algo, muito, tanto, etc.) +
preposição DE + adjetivo, este último geralmente
é usado no masculino singular.

Exemplo
Os jovens tinham algo de misterioso.
josenilsonf@gmail.com 9

Aulas e Consultoria em Linguagens

A palavra "só", quando equivale a "sozinho", tem função


adjetiva e concorda normalmente com o nome a que se
refere.

Exemplo
Lara saiu só.
Lara e Samira saíram sós.

Observação
Quando a palavra "só" equivale a "somente" ou "apenas",
tem função adverbial, ficando, portanto, invariável.

Exemplo
Eles só desejam ganhar presentes.
josenilsonf@gmail.com 10

Aulas e Consultoria em Linguagens

Quando um único substantivo é modificado


por dois ou mais adjetivos no singular:

01
O substantivo permanece no singular e coloca-se o artigo antes do
último adjetivo. Ex: Admiro a cultura espanhola e a portuguesa.

02
O substantivo vai para o plural e omite-se o artigo antes do
adjetivo. Ex: Admiro as culturas espanhola e portuguesa.

Observação:
Estudo a cultura espanhola e portuguesa.
Note que ela provoca incerteza: trata-se de duas culturas distintas ou de
uma única, espano-portuguesa? Procure evitar construções desse tipo.
11

Nos casos em que há número ordinais antes do substantivo,


o substantivo pode ser usado tanto no singular como no
plural.

Exemplo
A segunda e a terceira casa.
A segunda e a terceira casas.

Numerais ordinais
Nos casos em que há número ordinais
depois do substantivo, o substantivo deve
ser usado no plural.

Exemplo
As casas segunda e terceira.
12

A palavra "anexo" deve concordar em


gênero e número com o substantivo.

Exemplo
Segue anexo o recibo.
Segue anexa a fatura.
Anexo
Mas, a expressão "em anexo"
não varia.

Exemplo

Segue em anexo a fatura.


13

Quando tem a função de adjetivo, a palavra


"bastante" deve concordar em gênero e número com
o substantivo.

Exemplo
Recebemos bastantes
telefonemas.

Bastante (s)
Quando tem a função de advérbio, a
palavra "bastante" não varia.

Exemplo
Eles cantam bastante bem.
14

Quando tem a função de adjetivo, a palavra "meio" deve


concordar em gênero e número com o substantivo.

Exemplo
Atrasado, tomou meio copo de leite e saiu
correndo.
Atrasado, tomou meia xícara de leite e saiu
correndo.
Meio
Quando tem a função de
advérbio, a palavra "meio" não
varia.

Exemplo
Ele é meio maluco.
Ela é meio maluca.
15

A palavra "menos" não varia

Exemplo
Hoje, tenho menos alunos.
Hoje, tenho menos alunas.

Menos

A palavra “menas” está inadequada.


16

As expressões "é proibido, é bom, é


necessário" não variam, a não ser que
sejam acompanhadas por determinantes
que as modifiquem.

Exemplo
É proibido, é bom,
é necessário •É proibido entrada.
•É proibida a entrada.
•Verdura é bom.
•A verdura é boa.
•Paciência é necessário.
•A paciência é necessária.