Вы находитесь на странице: 1из 3

INSTITUTO SUPERIOR DE TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES

DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIAS MECÂNICAS


Correção do Teste III de Organização da produção_ M31
Parte Teórica
1. O plano geral de produção é de alto nível e indica apenas as metas de produção
sem pormenores sobe cada produto. Este plano deve estar de acordo com o plano
da direção comercial e deve ter em conta também o nível de stocks. Esta
planificação é de alto nível, contudo os detalhes da planificação são delegados aos
funcionários da empresa. O plano geral da empresa deve reconciliar o plano da
direção comercial em relação aos produtos correntes e os novos produtos em
desenvolvimento contra os recursos em materiais e produtos semi-acabados
necessários para a produção. A planificação detalhada deve indicar a lista de
produtos a ser manufacturados, a data de conclusão e as quantidades de cada
produto.( 12,5 Pontos)
No plano geral de produção indicam-se as metas ( outputs) dos produtos mais
importantes e não de produtos individuais específicos enquanto que no plano
detalhado de produção podem ser listados 3 (três) categorias de produtos:
i. Produtos encomendados pelos clientes;
ii. Previsão de encomendas ;
iii. Peças sobressalentes( 12,5 Pontos).
2. Produto de demanda dependente é aquele produto cujo consumo está relacionado
com o cosumo de outro produto. Por exemplo, na linha de montagem de
automóveis, para a saída de cada automóvel são necessários 4 pneus ( 5 com o
pneu sobressalente), ou seja, o consumo dos pneus depende do consumo do
automóvel. Produto de demanda independente é aquele produto cujo consumo
não depende do consumo dum outro produto. Os produtos acabados e peças de
reposição, são itens de demanda independente ( 25 Pontos ).
3. Custo fixo é aquele que se mantém constante para qualquer nível de resultado da
produção. Os exemplos incluem o custo das instalações da fábrica e de
equipamentos de produção, seguros e impostos de propriedade. Todos os custos
fixos podem ser expressos em quantidades anuais. Despesas como seguro e
impostos de propriedade ocorrem de forma natural como custos anuais.
Investimentos de capital, como um prédio ou equipamentos, podem ser
convertidos para os custos anuais uniformes equivalentes usando-se os factores
das taxas de juros. Custo variável é aquele custo que varia em proporção ao nível
de rsultados da produção. Conforme a produção aumenta, os custos variáveis
aumentam. Exemplos incluem mão de obra directa, matéria prima e nergia
eléctrica para operar equipamentos de produção. O conceito ideal de custo
variável é que seja directamente proporcional ao nível de resultados da produção (
25 Pontos )
4. Nas linhas de produção em massa pode haver uma operação que possui o maior
tempo operativo em comparação com outras operações, e deste esta operação dita
oritmo de toda a linha de produção. Esta operação denomina-se operação ( 15
Pontos ).
Parte Prática
5. Resolução do problema 5
Resolução
Dados
Q = 3 000 unidades;
TJM = 2,5%/mês;
CAP = 60 000 unidades (2,5 Pontos)
CCH = 17 420 Mt/h
DC = 1,85 h
O custo de configuração seria:
C C =1,85∗17 420=32227 Mt (5 Pontos)
Para calcular o custo unitário da posse de stock é necessário transformar a taxa de
juros mensal em anual, ou seja,
T JA =T JM∗12=2,5 %∗12=30 % (5 Pontos)
Onde T JA é taxa de juros anual e T JM é taxa de juros mensal.
O custo unitário de posse de stock seria,
000∗30
C PS=3 =900 Mt (5 Pontos )
100
C PS∗Q CC ∗C AP 900∗3 000 32 227∗60 000
CAI 1= + = + =1994 540 Mt (5 Pontos)
2 Q 2 3 000
2∗C C∗C AP 2∗32227∗60 000
EE=
√ C PS
=
√ 900
=2 072,90 ≅ 2073 unidades(5 Pontos)

6.
C P∗Q CC ∗C AP 900∗2073 32 227∗60 000
CAI 2= + = + =1865 614,11 Mt (5 Pontos)
2 Q 2 2073
P EE=CAI 1−CAI 2 =1994 540−1 865 614,11=128 925,89 Mt (7,5 Pontos)

6. Resolução do problema 6
Resolução

Dados
TR = 25 S;
MaxTO = 14 minutos ( 2 Pontos)
TPrep =120 minutos
no = 7 operações
a) Neste caso trata-se de produção em grandes quantidades, ou seja, produção em
massa. Para isso, tem-se,

MLT =n0∗( T r + M á x T o )=n o∗T c =7∗ ( 2560 +14)=100,92 minutos(1 2 ,5 Pontos);


b) Para a produção em massa, tem-se,
25 minutos
T C =T r + MáxT o = +14=14,42 (12 , 5 Pontos)
60 peça

60 60 peças peças
RC = = =4,16 ≅4 (20 Pontos)
T C 14,42 hora hora

c) Neste caso, como a operação 7 é operação gargalo, ela determina a taxa de


produção da linha de produção, ou seja, a taxa de produção teórica da linha é igual
a taxa da operação 7 (23 Pontos).

O docente
-------------------------------------
Inácio Lhate