Вы находитесь на странице: 1из 39

A INTERTEXTUALIDADE EM

EXPOSIÇÕES PEDAGÓGICAS
COMO ALTERNATIVA
PARA O ENSINO DE ARTE

Sandra Ramalho e Oliveira

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

EXPOSIÇÕES PEDAGÓGICAS
(2009 - 2015)

1. NATUREZA-VIVA

2. QUEM SOU EU?

3. MIL PALAVRAS: UM MUSEU IMAGINÁRIO

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

EXPOSIÇÕES PEDAGÓGICAS

1. NATUREZA-VIVA
Espaço Estético, Colégio de Aplicação/UFSC, Fpolis, SC, 2009
Museu de Arte de Canoinhas/MAC, Canoinhas, SC, 2013
Colégio Nossa Senhora do Rosário, Lages, SC, 2013
Fundação Hassis, Fpolis, SC, 2014

Revista Digital do LAV - vol. 7, n.1, jan./abr. 2014:


“O esperado e o inesperado: manifestações do público
escolar diante da arte contemporânea”

Com Karin Orofino, Sandra Nunes, Maria Helena Rosa


Barbosa, Airton Jordani e Christian Fernandes

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

EXPOSIÇÕES PEDAGÓGICAS

2. QUEM SOU EU?


FUNDAÇÃO HASSIS, FPOLIS/SC, 2011.

X CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE SEMIÓTICA


VISUAL, BUENOS AIRES, 2012: “QUI SUIS-JE?: MÉTAPHORES DU
MIRROIR”, com SANDRINE ALLAIN

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

EXPOSIÇÕES PEDAGÓGICAS

3. MIL PALAVRAS: UM MUSEU IMAGINÁRIO


MUSEU DA ESCOLA CATARINENSE (MESC), FPOLIS/SC, 2015
CENTRO CULTURAL DE RANCHO QUEIMADO, RANCHO
QUEIMADO/SC, 2015

com RODRIGO BORN

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

AÇÃO EDUCATIVA EM
ESPAÇOS CULTURAIS

Desafio proposto aos mestrandos e doutorandos


alunos da disciplina Ação Educativa em Espaços
Culturais do Programa de Pós-Graduação em Artes
Visuais da UDESC:

conceber, desenvolver e dar a público, em menos de um


mês, uma exposição na qual pudessem por em prática o
que se preconiza na disciplina,

que o educador de museu ou espaços culturais não se


restrinja a apenas acompanhar e instigar os visitantes.

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

AÇÃO EDUCATIVA EM
ESPAÇOS CULTURAIS (CONT.)

Funcionando como um coletivo em resposta à proposta


inicial, “museu imaginário”, os estudantes apresentaram
diversas possibilidades,

sendo eleita pelos demais colegas a proposta de


Rodrigo Born, também responsável pela criação digital
dos trabalhos, em colaboração com cada autor.

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

UM MUSEU IMAGINÁRIO

Musée Imaginaire (André Malraux) – conceito a ser


entendido, segundo ele,

como o museu impactado pela descoberta da


fotografia;
precursor do hiper-realismo;
questionador de molduras;
museu de reproduções;
composto pelas imagens da arte constantes da
memória de cada indivíduo.

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

MIL PALAVRAS:
UM MUSEU IMAGINÁRIO

assumido o conceito alargado de museu de Malraux


curadoria de um conjunto de obras presentes no
acervo imaginário de cada um;
palavras tomam formas que sugerem obras de arte
consagradas, de diferentes momentos, estilos e
propostas de arte;
Daí surgiu uma anteposição ao título: Mil Palavras.

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

QUANTO VALE UMA IMAGEM?

Se o subtítulo alude a uma expressão do âmbito


erudito, “museu imaginário”;
deixa claro que é penas “um” museu imaginário, uma
possibilidade entre tantas,
de outro lado o título, “mil palavras” antes remete a
um dito popular “uma imagem vale mais do que mil
palavras”,
reafirmando o poder das narrativas visuais e,
suscitando o estabelecimento de inúmeras
articulações intertextuais.

2015
Joseph Beuys / Adriane Cristine Kirst
Kommer / Kommer 2015
Nancy Rourke / Janaí Pereira
Understanding Deaf Culture / 
Understanding Deaf Culture 2015
Johannes Vermeer / Danilo Calegari
Moça com brinco de pérola /
Moça com brinco de pérola 2015
!

Marc Chagall / Giovanna Darolt Hillesheim


Les mariés dans le ciel de Paris /
Les mariés dans le ciel de Paris 2015
!

Vincent Van Gogh / Janaína Enck


Campo de trigo com corvos /
Campo de trigo com corvos 2015
René Magritte /
Luciane Izabel Ferreira Henckemaier
Os valores pessoais/Os valores pessoais 2015
Henrique Oliveira / Adriane Cristine Kirst
Prolapso de canto / Prolapso de canto 2015
Andy Warholl/ Rodrigo Montandon Born
Cow up / Cow up 2015
Banksy / Samanta Rosa
Flower Thrower / Flower Thrower 2015
Kasimir Malievich / Sandra Ramalho
Quadrado preto sobre fundo branco / 
Quadrado preto sobre fundo branco 2015
Sandra Ramalho e Oliveira

IMAGENS & PALAVRAS

Que pensamentos podemos extrair de cada trabalho


artístico, tanto dos já conhecidos, adotados como
referência, como das suas atualizações verbo-visuais
apresentadas?

E de que modo eles podem contribuir para enriquecer


a vida de cada um de nós e dos que nos cercam?

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

PALAVRAS & IMAGENS

As imagens povoam nossa vida e nossa mente, mas é por


meio de palavras que lhes atribuímos sentido.
Podem as palavras substituir as imagens?
Palavras são imagens?
Um imenso repertório de significações, palavras /
imagens, compõe o Museu Imaginário de cada um.

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

natureza-viva
(2009-2014)

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

NATUREZA-VIVA:

BISPO DO ROSÁRIO E CÉZANNE

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

NATUREZA-VIVA:

SCLIAR E CILDO MEIRELLES

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

NATUREZA-VIVA:

CÉZANNE

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

NATUREZA-VIVA:

ARCIMBOLDO

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

NATUREZA-VIVA:

ALDEMIR MARTINS

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

QUEM SOU
EU? (2011)

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

QUEM SOU EU?

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

QUEM SOU EU?

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

QUEM SOU EU?

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

QUEM SOU EU?

L´objet miroir rend


possible la matérialisation
de se tourner vers soi
comme une métaphore,
dû à sa double aception de
réfléchir et de refléter,
en langue portugaise
exprimée par le même verbe
« refletir ».

2015
Sandra Ramalho e Oliveira

A INTERTEXTUALIDADE EM
EXPOSIÇÕES PEDAGÓGICAS
COMO ALTERNATIVA
PARA O ENSINO DE ARTE

mesmo sabendo que muito ainda há para se pesquisar,


estudar e analisar e refletir,
acredita-se que seja possível esboçar uma proposta
para o ensino da arte
a partir do estudo de relações intertextuais em
exposições pedagógicas.

2015
obrigadA!

Sandra Ramalho e Oliveira


ramalho@udesc.br

2015

Оценить