Вы находитесь на странице: 1из 3

PRÁTICA TRABALHISTA – Profª.

Juliana Pullino Reis

Exercício Prático: Analise o caso hipotético abaixo e elabore a medida judicial cabível,

seguindo os passos estudados em sala de aula e observando as particularidades estruturais

da peça.

Data de entrega: 23.09.20 no Classroom

Integrantes:

Aline de Souza Balestero Alonso – RA 201300531

Larissa de Lima Lucena – RA 81621410

Keyla de Lima Brasilino – RA 8162257517

PROBLEMA:

Lion Modas Ltda., com sede em Olímpia – SP, encontra-se na seguinte situação: Flaviana

Lopes, costureira, residente na Rua Leopoldo Magalhães, 35 – Olímpia – SP – CEP 11111-111,

foi contratada pela, em 15.02.2015, para exercer a função de costureira, sendo dispensada

sem justa causa em 08.09.2020, mediante aviso prévio indenizado. Naquele dia Flaviana

entregou a CTPS à empresa para efetuar as atualizações de férias, e tal documento ainda se

encontra custodiado no setor de recursos humanos.

Flaviana foi cientificada de que no dia 11.09.2020, às 10:00 h, seria realizada a quitação das

suas verbas rescisórias na sede da própria empresa. Contudo, na data e hora designadas, a

empregada não compareceu e nem justificou a ausência.

Procurado por Lion Modas Ltda. em 14.09.2020, apresente a medida judicial adequada à

defesa dos interesses empresariais, sem criar dados ou fatos não informados, ciente de que

a empregada fruiu férias dos períodos 2015/2016 e 2016/2017 e de que, no armário dela,

foi encontrado um telefone celular de sua propriedade, que se encontra guardado no

almoxarifado da empresa. É desnecessária a indicação de valores.


RESPOSTA:

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DA ____ VARA DO TRABALHO DE


OLÍMPIA /SP

Consignante: Lion Modas LTDA.

Consignatária: Flaviana Lopes.

LION MODAS LTDA. pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o
número CNPJ XXXXXXX/XX, com sede na Rua XXXXXXXXXX, nº XX – Olimpia – SP, vem
respeitosamente perante Vossa Excelência, por intermédio de seu advogado adiante assinado
(PROCURAÇÃO ANEXA), com escritório profissional no endereço completo, onde recebe
intimações e notificações, com fulcro no artigo 890 a 900 do CPC, PROPOR:

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

em face de FLAVIANA LOPES, brasileira, casada, costureira, residente na Rua Leopoldo


Magalhães, 35 – Olímpia – SP – CEP 11111-111, pelas razões de fato e de direito a seguir
expostas.

I – FATOS

A consignatária foi contratada pela, em 15.02.2015, para exercer a função de costureira,


na unidade de Olímpia -SP, sendo dispensada sem justa causa em 08.09.2020, mediante aviso
prévio indenizado. Em seu armário foi encontra do um telefone celular de sua propriedade.
Flaviana foi cientificada de que no dia 11.09.2020, às 10:00 h, seria homologada a ruptura e
pagas as verbas devidas no sindicato de classe de Flaviana. Contudo, na data e hora designadas,
a empregada não compareceu, recebendo a empresa certidão nesse sentido emitida pelo
sindicato. A empresa tem o intuito de pagar as verbas devidas à consignatária, razão pela qual
propôs a presente medida processual.

II – MÉRITO

Em razão da extinção do contrato de trabalho sem justa causa é devido à consignatária


as seguintes verbas, no importe de R$ ......, a quais a consignante pretende depositar com o
objetivo de que seja declarada extinta a obrigação:

a) Saldo de salário (20 dias referente ao mês de setembro de 2020) .........R$ ....

b) Aviso Prévio (42 dias) ..............................................................................R$ ....

c) Décimo Terceiro salário proporcional (19/20) ........................................R$ ....


d) Férias em dobro – 2018/2019 + 1/3........................................................R$ ....

e) Férias simples + 1/3 (2019/2020) ...........................................................R$ ....

f) Férias proporcionais (3/12) + 1/3 ...........................................................R$ ....

g) Multa de 40% do FGTS ............................................................................R$ ....

Total devido .................................................................................................R$ ....

Objetiva a Consignante também a entrega das guias para levantamento do FGTS e


percepção do seguro desemprego, em anexo.

Requer, ainda, a devolução do aparelho celular e a entrega da CTPS, uma vez que é
possível a consignação de coisa, nos termos do art. 893, I, do CPC.

Requer o consignante o depósito das verbas e dos bens referidos, visando a extinção da
obrigação e, por conseguinte, afastar a incidência da multa prevista no art. 477, § 8º da CLT por
atraso no pagamento das verbas rescisórias.

III - REQUERIMENTOS FINAIS

a) deferimento do depósito dos valores referidos e das coisas devidas no prazo de 5 dias
(Art. 893, CP C).

b) notificação do consignatário para levantar o valor e as coisas depositadas com efeito


de quitação ou oferecer resposta, sob pena de revelia e declaração da extinção da obrigação
(Art. 893 e 897, CPC);

c) a produção de todos os meios de provas em direito admitidas, em especial a prova


documental.

d) Procedência do pedido com a declaração de extinção da obrigação e condenação do


consignatário ao pagamento de custas e honorários advocatícios no importe de 20%, nos termos
do art. 20 do CPC.

Atribui-se à causa valor de R$ ....

Nestes Termos,

Pede deferimento.

São Paulo, 23 de setembro de 2020.

Оценить