Вы находитесь на странице: 1из 13

PROPOSTA CURRICULAR:

um novo formato

HISTÓRIA

RIO DE JANEIRO,
FEVEREIRO DE 2010.
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Sérgio Cabral

Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro


Tereza Porto

Subsecretaria de Gestão de Rede e de Ensino


Teresa Cozetti Pontual
EEqquuiippee TTééccnniiccaa::
Elisa Maçãs
Superintendente de Formação

Beatriz Pelosi Martins


Diretora de Pesquisa e Organização Curricular

Patrícia Carvalho Tinoco


Diretora de Formação
A
Auuttoorreess ddaa V
Veerrssããoo O
Orriiggiinnaall
Norma Côrtes (UFRJ)
Kátia Luzia da Silva (C. E. Vicente Januzzi)
Márcia Lessa Giuberti (C. E. Antonio Prado Júnior)
Miriam de França (C. E. Nova América)
Regina Maria F. Castelo Branco (C. E. Júlia Kubitschek)
Coordenadoras: Marta Feijó Barroso (UFRJ) e Gracilda Alves (UFRJ)
Diretora Geral: Ângela Rocha dos Santos (UFRJ)

O
Orrggaanniizzaaddoorraass ddaa V
Veerrssããoo SSiim
mpplliiffiiccaaddaa
Ana Canen (UFRJ)
Giseli Pereli de Moura Xavier (UniverCidade/UFRJ)

C
Coonnssuullttoorreess ddaa V
Veerrssããoo SSiim
mpplliiffiiccaaddaa
Maria Lucia Marques Monteiro– C. E. CONSELHEIRO MACEDO SOARES
Marilena dos Reis Peluso – C. E. CONSELHEIRO MACEDO SOARES
Sergio Bruno Perdigão – C. E. CONSELHEIRO MACEDO SOARES

C
Coollaabboorraaddoorraass EEssppeecciiaaiiss ddaa V
Veerrssããoo SSiim
mpplliiffiiccaaddaa
Cenira Ravizzini C.Sá – C. E. CONSELHEIRO MACEDO SOARES
Marcia Helena U.Barbosa – C. E. CONSELHEIRO MACEDO SOARES
Geisa Marques Barbosa – C. E. CONSELHEIRO MACEDO SOARES
Clara Ribeiro R. Fernandes – C. E. CONSELHEIRO MACEDO SOARES
Rosangela Mº Pereira E Souza – C. E. CONSELHEIRO MACEDO SOARES
Caro Professor

É com prazer que apresentamos a você um novo formato de consulta, num modelo similar para os diversos componentes
proposta curricular para os anos finais do Ensino Fundamental e curriculares. Ou seja: esse novo formato propõe uma nova
para o Ensino Médio. Entendemos que este novo formato que está organização que deverá ser testada, avaliada, adaptada e
sendo lançado para o ano letivo de 2010 vem ao encontro das validada por você, professor, que é a peça principal no cenário da
expectativas de muitos professores, que há algum tempo organização curricular de cada escola.
percebiam a necessidade de se estabelecer uma base comum no É importante assinalar que a opção pela descrição de
currículo da rede estadual, que norteasse e aproximasse as competências e habilidades deu-se não só por estarem nas
atividades educacionais praticadas em cada escola da rede. matrizes referenciais de avaliações de larga escala e na
Sendo assim, a Secretaria de Estado de Educação do Rio de documentação da Reorientação Curricular original, mas
Janeiro quer iniciar um processo de releitura da Reorientação principalmente por representarem formas pelas quais os
Curricular, documento resultante do trabalho que reuniu conteúdos e temas adquirem maior concretude, indicando ações
professores da rede estadual e contou com a coordenação de resultantes do processo de ensino-aprendizagem, o que pode
equipes de especialistas nas diversas áreas de conhecimento da facilitar sua aplicação.
UFRJ. A última versão deste documento foi publicada em 2006 e Certamente, muito há que se reformular nesta Proposta.
continua servindo como fundamento e referência do que deve ser Nada melhor que construir essa reformulação na prática, a partir
trabalhado em sala de aula. Dessa forma, a Proposta Curricular da vivência curricular dos milhares de professores que, como você,
que aqui se apresenta buscou ressignificar essa antiga conhecem melhor que ninguém as suas necessidades locais e têm
Reorientação Curricular, tendo em vista a necessidade de experiências valiosas para compartilhar.
compatibilizá-la, quando pertinente, a referências oficiais que Este novo formato para a Proposta Curricular, portanto,
também norteiam o programa (tais como Parâmetros servirá como ponto de partida para o debate e a construção
Curriculares Nacionais, a Matriz de Referência do ENEM, a coletiva da educação que desejamos.
Matriz de Referência do SAERJ e Matrizes de Referência da Sendo assim, você tem agora uma excelente base inicial
Prova Brasil e SAEB). Pretende-se assim não substituir a para o seu planejamento e as suas práticas educacionais.
proposta que até agora norteou a estruturação curricular nas Aproprie-se desta Proposta Curricular, dê as suas contribuições, e
escolas, mas facilitar a sua operacionalização no cotidiano bom trabalho!
escolar. Propõe-se, portanto, uma organização das competências e
habilidades por anos/séries e bimestres em tabelas de fácil Equipe da SEEDUC / SUGEN / Superintendência de Formação
HISTÓRIA (ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS)
Oferecida durante sete anos consecutivos, a História é o componente curricular inaugural da área de Ciências Humanas. Os seus objetivos pedagógicos são
específicos e possuem limites bem precisos. Afinal, não se trata de apresentar aos alunos a totalidade dos fatos passados, mas de lhes oferecer um repertório de
saberes essenciais e socialmente necessários que os faça compreender e problematizar os atuais conhecimentos históricos acerca dos processos e as trajetórias
de conformação dos múltiplos modos de ser, viver e pensar dos homens em diferentes tempos e espaços.

Ter acesso a esse repertório de saberes é direito de todos os alunos de qualquer nível. Socialmente necessários, eles são decisivos ao pleno exercício da
cidadania e à integralidade de suas vidas. Portanto, mesmo que a finalidade do ensino não se restrinja mais à simples transferência de conhecimentos, é dever
da escola e dos professores oferecer aos estudantes o conjunto de saberes socialmente elaborados que atualmente são ou devem ser compartilhados por todos
os brasileiros. E é em vista dessa relevância de largo alcance que o conteúdo programático da História precisa ser definido e elaborado.

Porque, não obstante se refira ao passado, a História é uma operação do presente. Ela pertence à atualidade dos tempos e vem sendo reescrita a cada nova
geração – eis que assim se revela sua própria historicidade. Com efeito, a despeito de existirem obras clássicas que são lidas e relidas em reiteradas
interpretações, as narrativas sobre o passado histórico sempre envelhecem e vão sendo paulatinamente renovadas; substituídas por outros novos
empreendimentos historiográficos que geralmente rompem com os paradigmas teóricos, conceituais e metodológicos que os precederam.

O ensino de História, tanto no ensino fundamental quanto no ensino médio, teve, nesta proposta curricular, a opção pela linearidade temporal. Esta não deve
ser entendida como um retorno ao tradicional modo de ensinar História. A intenção é fazer os alunos perceberem que a investigação história é radicalmente
temporal, estimulando-os a conhecerem e analisarem os processos históricos através dos quais os homens formaram a si próprios e constituíram os seus
distintos modos de ser, viver e pensar.

Assim, a organização curricular dá-se a partir de temas, que são trabalhados a partir das competências e habilidades listadas na tabela abaixo. Recomenda-se o
trabalho interdisciplinar, aproveitando as interfaces com outras áreas de estudo na escola.

Importante! Serão bem-vindas também, contribuições que relacionem competências e habilidades referentes aos conteúdos de história e cultura afro-brasileira
e indígena, conforme determina a Lei nº 11.645, de 2008, de forma que sejam estudados “diversos aspectos da história e da cultura que caracterizam a
formação da população brasileira, a partir desses dois grupos étnicos, tais como o estudo da história da África e dos africanos, a luta dos negros e dos povos
indígenas no Brasil, a cultura negra e indígena brasileira e o negro e o índio na formação da sociedade nacional, resgatando as suas contribuições nas áreas
social, econômica e política, pertinentes à história do Brasil”. Assim sendo, aqueles que identificarem tais competências e habilidades poderão enviá-las à à
SEEDUC/Superintendência de Formação contribuindo com adequações que precisarão ser feitas na organização curricular.

6
HISTÓRIA – 6º ANO/ ENSINO FUNDAMENTAL
1º Bimestre 2º Bimestre 3º Bimestre 4º Bimestre
Foco do HISTÓRIA: UMA TEMPO HISTÓRICO TRABALHO E DIVERSIDADE
bimestre CRIAÇÃO DO SER E ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CULTURAL
HUMANO VIDA SOCIAL
● Introdução aos Estudos ● Ser Humano, Natureza e Cultura ● Cruzando os Continentes: ● Cultura e Diversidade Cultural
Competências Históricos Antigas Civilizações
Habilidades • Compreender a dependência inicial • Relacionar pensamentos e práticas
• Compreender que os seres humanos dos primeiros grupos humanos em • Compreender as noções de religiosas com a organização social,
são os agentes da história e a relação à natureza. sociedade e civilização. econômica e política da sociedade
importância dos estudos históricos. analisada.
• Conceituar natureza e cultura. • Compreender o papel dos rios para
• Relacionar o uso da contagem do as primeiras sociedades humanas. • Debater a noção de diversidade
• Conhecer os mitos de criação do
tempo com a organização da vida cultural e os processos de „trocas
mundo. • Estabelecer semelhanças e
social. culturais‟.
diferenças entre as sociedades
• Comparar os diferentes mitos de
• Diferenciar e relacionar tempo antigas e as atuais, procurando • Relacionar arte com organização
criação do mundo, relacionando-os
cronológico e tempo histórico. compreender: a história dos social.
com o espaço geográfico e as
diferentes atores sociais nas diversas
• Identificar os diferentes tipos de diferentes teorias sobre o surgimento • Compreender a historicidade do
realidades sociais, os processos de
fontes históricas. do mundo e do homem. conhecimento.
socialização existentes e relações de
• Relacionar fontes e fatos históricos. • Relacionar a contagem do tempo trabalho nas diferentes sociedades. • Diferenciar profano e sagrado,
com a organização da vida social. monoteísmo e politeísmo.
•Perceber a interdependência entre o • Compreender as origens da
trabalho do historiador e o de outros • Compreender o processo que escravidão em diferentes espaços e • Debater a importância dos
pesquisadores sociais. possibilitou a transformação do ser tempos. ancestrais e dos rituais na dinâmica
humano em produtor. social, relacionando-a com as
• Compreender o papel da oralidade e • Analisar as relações de poder e a
permanências e mudanças.
da memória na construção do • Comparar e diferenciar as organização das sociedades.
conhecimento histórico. principais características das • Identificar as heranças culturais
• Compreender as diversidades
sociedades coletoras e produtoras. presentes em nossa sociedade.
• Analisar os critérios utilizados na geográficas e culturais existentes nos
divisão tradicional da História em • Analisar as transformações técnicas diferentes continentes e no tempo.
grandes períodos. que possibilitaram a transformação
• Debater a construção da memória
da vida humana.
nas diferentes sociedades,
• Relacionar as desigualdades sociais considerando as formas utilizadas
com o surgimento da propriedade. (tradições orais, documentos escritos,
música, monumentos, entre outros).
• Relacionar o surgimento da escrita
com as transformações ocorridas nas • Problematizar a questão da
estratégias de sobrevivência dos democracia e da cidadania.
diferentes grupos humanos.

7
HISTÓRIA – 7º ANO/ ENSINO FUNDAMENTAL
1º Bimestre 2º Bimestre 3º Bimestre 4º Bimestre
DIVERSIDADE
Foco do CULTURAL: “TEMPOS MODERNOS” PENSAMENTO DOMINAÇÃO,
bimestre CONHECENDO E RELIGIOSO, ARTÍSTICO ESCRAVIDÃO E
RESPEITANDO E CIENTÍFICO RESISTÊNCIA

● Idade Média no Oriente e no ● A Transição para o Capitalismo ● Renascimento, Revolução ● A Conquista da América
Competências Ocidente Científica e Reforma Protestante
Habilidades • Caracterizar os “Tempos • Explicar os motivos da conquista da
▪ Identificar os diversos grupos Modernos” como um período de • Destacar a importância da filosofia América.
sociais na sociedade feudal, no transição. humanista e compará-la com o
• Caracterizar os povos americanos,
mundo árabe e na África. pensamento medieval.
• Determinar as mudanças no mapa identificando suas diferenças.
• Caracterizar as condições de vida mundial, provocadas pelas •Analisar as diversas manifestações
• Explicar que o tipo de colonização
na sociedade feudal e identificar navegações. artísticas do Renascimento.
não determinou as condições atuais
situações próximas nos dias atuais.
• Compreender o funcionamento das •Relacionar o Renascimento e a das ex-colônias.
• Analisar e compreender a servidão, práticas comerciais. Revolução Científica com as
• Caracterizar a estrutura da
no mundo feudal, estabelecendo sua transformações sociais e econômicas
• Relacionar a formação do Estado sociedade colonial brasileira e suas
relação com a posse da terra. da época.
Nacional com as práticas permanências até os dias atuais.
• Analisar a importância da Igreja no mercantilistas. • Debater conceito de ciência.
• Determinar a relação do homem
período medieval, observando que a
• Caracterizar Estado e Nação. • Identificar a observação e a com o espaço no período colonial.
cultura popular resistiu.
experimentação como elementos que
• Caracterizar o Absolutismo e • Identificar os elementos formadores
• Identificar e debater os valores da permitiram o desenvolvimento
compará-lo com as práticas políticas da sociedade colonial.
cultura islâmica. científico nos séculos XV, XVI e
atuais.
XVII. • Identificar relações de escravidão
▪ Compreender a diversidade cultural
em diferentes tempos e espaços.
do continente africano, destacando • Caracterizar o período em que
seus diferentes modos de vida e as ocorreu a Reforma religiosa.
relações de trabalho.
• Relacionar o pensamento
protestante com o desenvolvimento
das práticas capitalistas.
• Analisar os motivos da reação da
Igreja.

8
HISTÓRIA – 8º ANO/ ENSINO FUNDAMENTAL
1º Bimestre 2º Bimestre 3º Bimestre 4º Bimestre
Foco do DO ILUMINISMO À ERA A INDEPENDÊNCIA NAS A EUROPA DO A CRISE DO
bimestre NAPOLEÔNICA AMÉRICAS SÉCULO XIX CAPITALISMO
● Iluminismo ● O Processo de Independência nas ● O Neocolonialismo ● A Primeira Guerra Mundial
Competências • Compreender as idéias propostas Américas • Compreender a expansão • Relacionar os fatores que
Habilidades pelos iluministas e a permanência • Compreender a Independência das colonialista européia na segunda fomentaram a eclosão da Guerra;
destas nos dias atuais. 13 colônias inglesas na América e os metade do século XIX. • Compreender as etapas do
seus desdobramentos. • Identificar as relações sociais conflito.
● Revolução Industrial ▪ Comparar o processo de estruturadas neste processo. • Identificar os personagens desse
• Comparar a estrutura econômica do independência das diversas colônias processo.
mundo no período anterior e posterior espanholas na América e suas ● O Movimento Operário
à Revolução Industrial. principais influências. • Destacar a importância do ● A revolução Socialista e o
• Relacionar as transformações • Identificar os grupos envolvidos no movimento operário. nascimento da União
tecnológicas e as relações sociais. processo de independência brasileiro. • Relacionar a luta operária de ontem Soviética.
• Compreender o processo de e de hoje. • Compreender o processo
● Revolução Francesa independência do Brasil e os seus revolucionário.
• Comparar a estrutura da sociedade desdobramentos. ● O processo de unificação da • Identificar as etapas do conflito.
francesa no período anterior e Itália e da Alemanha. • Analisar as teorias que fornecem
posterior a Revolução. ● O Império Brasileiro • Caracterizar a realidade italiana no suporte ao processo.
• Destacar os principais fatos • Compreender a estrutura social, período anterior à unificação. • Compreender a formação do
relacionados com a Revolução política e econômica do Primeiro • Caracterizar a realidade alemã no Estado Soviético e sua influência
Francesa. Reinado. período anterior à unificação. no mundo.
• Identificar as influências dos ideais • Caracterizar o período regencial e as • Compreender seus processos de
revolucionários franceses no mundo disputas pelo poder na época. unificação.
atual. • Compreender as etapas de
desenvolvimento do Segundo Reinado
● A Era Napoleônica e todos os seus desdobramentos.
• Caracterizar o governo de Napoleão • Identificar os grupos e movimentos
Bonaparte. sociais do Segundo Reinado.
• Relacionar as diversas formas de • Compreender o processo que
utilização do poder em diferentes culminou com o fim do Império
tempos históricos. Brasileiro.

9
HISTÓRIA – 9º ANO/ ENSINO FUNDAMENTAL
1º Bimestre 2º Bimestre 3º Bimestre 4º Bimestre
Foco do SÉCULO XX: A TEMPOS DE CRISE, AS SUPERPOTÊNCIAS A HISTÓRIA
bimestre CAMINHO DO AUTORITARISMO E DIVIDEM O MUNDO: CONTINUA
TERCEIRO MILÊNIO. TOTALITARISMO. A GUERRA FRIA
● O Brasil e a Construção da ● O Entre-Guerras e os Regimes ● A Bipolarização: o Mundo entre ● A Nova Ordem Internacional
Competências República Totalitários Socialismo e Capitalismo
Habilidades • Refletir sobre o significado de
• Analisar a participação dos militares ▪ Analisar períodos de crise econômica • Refletir criticamente sobre o conceitos como crise do
no processo de construção da e suas consequências para a política e desenvolvimento das lutas por direitos socialismo, socialismo de estado.
República. a sociedade. e dos conflitos sociais internos às
• Compreender as semelhanças e
grandes potências do período.
• Compreender a importância do voto • Debater o conceito de revolução. diferenças históricas entre os
consciente como direito do cidadão. • Compreender as dificuldades sociais, diversos países latino-
• Discutir regimes ditatoriais e o
políticas e econômicas por que passam americanos.
• Refletir sobre as razões da refluxo dos direitos do cidadão.
os diferentes países da África e da
existência de uma grande massa de • Compreender o conceito de
• Pensar no uso dos meios de Ásia.
excluídos na sociedade brasileira no globalização.
comunicação para divulgação de
início do século XX e atualmente. • Tratar dos conceitos de alinhamento,
ideologias. • Discutir o conceito de
dependência, populismo, golpe
neoliberalismo.
• Refletir sobre custo humano da 2ª militar, ditadura e centralismo.
● A Primeira Guerra Mundial e as Guerra Mundial e de todas as guerras.
Grandes Transformações dos Anos
• Desenvolver atitudes contrárias ao
20
racismo, ao preconceito e a qualquer
• Refletir sobre o uso que se faz da forma de discriminação.
tecnologia.
• Refletir sobre os problemas de uma
guerra.
• Trabalhar o contexto histórico de
revolução social.
• Analisar o desenvolvimento de um
governo revolucionário.

10
HISTÓRIA – 1ª SÉRIE / ENSINO MÉDIO
1º Bimestre 2º Bimestre 3º Bimestre 4º Bimestre
Foco do A AURORA DA O PODER DOS REIS E A AS GRANDES A ORGANIZAÇÃO DO
bimestre MODERNIDADE INVENÇÃO DOS ESTADOS NAVEGAÇÕES MUNDO NOVO
NACIONAIS
● O Homem do Renascimento, ● Os Estados Nacionais ● A Expansão Marítima e ● A Conquista da América
Competências Humanismo, Ceticismo e a Comercial Européia
Habilidades Formação do Homem Moderno • Caracterizar o Estado Nacional, • Caracterizar os processos de
relacionando-o com a expansão ▪ Determinar as mudanças no mapa colonização na América, destacando
• Analisar fatos de natureza marítima e as práticas mercantilistas. mundial, provocadas pelas suas especificidades.
artístico-cultural e técnico- navegações.
▪ Caracterizar o Absolutismo e • Identificar o uso do trabalho
científica, compreendendo sua
compará-lo com as práticas políticas ▪ Compreender o funcionamento das compulsório, relacionando-o com o
importância na formação do
atuais. práticas comerciais. contexto histórico.
mundo moderno.
▪ Identificar geograficamente as ▪ Analisar o processo de comércio e ▪ Identificar geograficamente as
▪ Caracterizar o período em que
regiões do globo. exploração da costa africana. regiões do globo.
ocorreu a Reforma religiosa.
▪ Identificar geograficamente as • Caracterizar diferentes culturas.
▪ Relacionar o pensamento
regiões do globo.
protestante com o • Compreender que as sociedades são
desenvolvimento de práticas • Caracterizar diferentes culturas. produtos das ações humanas, sendo
capitalistas construídas e transformadas em razão
• Compreender que as sociedades são
da intervenção de diferentes grupos.
• Identificar a glorificação do produtos das ações humanas, sendo
trabalho na ética protestante e construídas e transformadas em razão
capitalista. da intervenção de diferentes grupos.
▪ Caracterizar e compreender a
revolução científica e o cogito
cartesiano.

11
HISTÓRIA – 2ª SÉRIE/ ENSINO MÉDIO
1º Bimestre 2º Bimestre 3º Bimestre 4º Bimestre
Foco do RAZÃO E LIBERDADE A ERA NAPOLEÔNICA E AS LUZES DO IMPÉRIO CONSOLIDAÇÃO E FIM
bimestre INDEPENDÊNCIA DO BRASILEIRO DO IMPÉRIO
BRASIL BRASILEIRO
● As Grandes Transformações e ● A Expansão Napoleônica e a Vinda ● O Império no Brasil: início ● O Império no Brasil: tensões
Competências as Revoluções Burguesas da Família Real
Habilidades • Caracterizar o processo eleitoral e • Caracterizar a consolidação do
▪ Identificar as idéias iluministas e • Analisar o período napoleônico e suas o jogo político no período imperial império nos campos político e
relacioná-las com os interesses consequências para o Brasil. brasileiro. econômico.
burgueses.
• Caracterizar a cidade do Rio de • Identificar a origem das revoltas • Perceber a relação entre a crise do
• Caracterizar o processo industrial Janeiro no início do século XIX, do período regencial, conceituando escravismo e a imigração.
e identificar as suas fases. identificando as transformações com a
Liberalismo, Centralismo e
• Compreender que o fim do trabalho
chegada da família real. República.
• Analisar as mudanças nas relações escravo significa trabalho livre, e não
de trabalho resultantes da • Perceber que a idéia de liberdade • Explicar os interesses trabalho assalariado.
industrialização. pode variar de acordo com os interesses relacionados no Golpe a
• Estabelecer a relação entre o fim da
dos grupos sociais. Maioridade.
• Reconhecer as transformações escravidão e a marginalização do
ocorridas na Europa, entre os • Caracterizar o processo de negro.
séculos XVII e XVIII. independência das colônias espanholas,
• Identificar os motivos e
destacando a questão da fragmentação
• Caracterizar a Conjuração Mineira consequências para a Guerra do
política.
destacando os aspectos locais do Paraguai.
movimento. Discutir o mito de • Explicar como ocorreu o processo de
• Reconhecer os grupos sociais e seus
Tiradentes, construído pelo governo independência do Brasil e suas
interesses, na manutenção ou no fim
republicano. especificidades (manutenção da
da ordem imperial.
ordem).

12
HISTÓRIA – 3ª SÉRIE / ENSINO MÉDIO
1º Bimestre 2º Bimestre 3º Bimestre 4º Bimestre
Foco do DO ENTREGUERRAS À DO ENTREGUERRAS À DO ENTREGUERRAS À DO ENTREGUERRAS À
bimestre GLOBALIZAÇÃO DO GLOBALIZAÇÃO DO GLOBALIZAÇÃO DO GLOBALIZAÇÃO DO
PLANETA PLANETA PLANETA PLANETA
● Brasil e as Mudanças Sociais e ● Brasil e as Mudanças Sociais e ● Brasil e as Mudanças Sociais e ● Brasil e as Mudanças Sociais
Competências Políticas do Século XX Políticas do Século XX Políticas do Século XX e Políticas do Século XX
Habilidades
• Compreender as mudanças políticas • Apontar aspectos da crise de 1929 • Analisar as políticas de • Observar as principais
e sociais ocorridas no Brasil no final existentes nos EUA e em outros desenvolvimento dos anos 60, mudanças no cenário mundial
do século XIX. países. relacionando-as com o capitalismo resultante do fim da URSS.
internacional.
• Compreender as estruturas políticas, • Compreender a relação entre as • Analisar as diferenças culturais
econômicas e sociais que dominaram dificuldades enfrentadas pelos países • Analisar a postura dos governantes entre os povos diante da
a vida brasileira e da América Latina europeus nas décadas de 20 e 30 com “grandes realizadores”, que não se uniformização imposta pelo
nos primeiros 30 anos do século XX. a ascensão de regimes totalitários e importavam com os custos de suas mercado internacionalizado.
nacionalistas. realizações, observando que esses traços
• Identificar e reconhecer as revoltas • Caracterizar o Brasil após o fim
ainda são vistos nos discursos políticos
sociais ocorridas na República Velha, • Entender os métodos dos governos dos governos militares.
atuais.
como movimentos de contestação. fascistas para chegar e se manter no
poder (autoritarismo, carisma, • Identificar os elementos que
• Estabelecer relações entre a 1ª
racismo). permitiram as independências na África
Guerra e a expansão imperialista,
e na Ásia, destacando as lutas pacifistas
reconhecendo que a guerra está • Entender da 2ª Guerra como divisa
e os casos de extrema violência.
ligada à questão dos mercados entre dois grandes momentos do
consumidores e fornecedores. século XX. • Analisar a relação entre independência,
fragmentação e conflitos étnicos no
• Caracterizar a Rússia antes da • Compreender que as consequências
continente africano e no leste europeu.
revolução. da construção do Estado de Israel
estão presentes nos dias atuais. • Identificar os motivos para a divisão do
• Destacar a importância da
mundo em blocos.
revolução comunista e as
consequências no mundo. • Analisar quais grupos sociais
mostravam simpatia por um dos blocos,
e por que razões.
• Identificar e reconhecer os mecanismos
do golpe militar no Brasil e associar
características semelhantes na América
Latina.

13

Похожие интересы