Вы находитесь на странице: 1из 4

SAIBA POR QUE RESPIRAR CORRETAMENTE

AUXILIA NO APRENDIZADO
Medicina Tradicional Chinesa
Dicas para sua saúde mental, emocional, física e espiritual

Por Jou Eel Jia,

"Uma boa respiração melhora a expansão do circuito cerebral


e a memória. Respirar certo significa respirar pausadamente e
profundamente. O ansioso respira mal porque respira rápido e
curto"

A respiração realiza a troca de oxigenação no corpo. Do ponto de


vista energético, precisamos da respiração para recarregar nossa
reserva energética.

Sob a ótica da Medicina Tradicional Chinesa, é através da


respiração controlada que se consegue transformar o nosso
reservatório energético (jing) em ch’i (energia ou consciência). Com
a expansão dessa energia ch’i, a mente é fortalecida.

Ou seja, com o melhor controle da respiração, haverá uma


melhor liberação da energia que fortalecerá a mente. Esse
mecanismo no ponto de vista da neurociência é o impulso
elétrico que libera neurotransmissores que fecham um circuito
cerebral.

O que significa isso?

A cada aprendizado nosso, um circuito cerebral é fechado.


Portanto, quem respira mal não consegue fechar um circuito
cerebral, porque não oxigena o cérebro. Na prática, a cada
habilidade aprendida, fecha-se um circuito cerebral.

Por isso a baixa de oxigenação desencadeia uma baixa de


aprendizado. Por exemplo, uma criança com adenóide respira mal,
o mesmo acontece com idoso com aterosclerose. Uma boa
respiração melhora a expansão do circuito cerebral e a memória.
Respirar certo = respirar pausadamente e
profundamente.

O ansioso respira mal porque respira rápido e curto e não permite a


saturação de oxigenação. Ou seja, a fixação do ch’i.

As técnicas que auxiliam na fixação do ch’i no organismo são: yoga,


lien ch’i (veja o próximo artigo, logo abaixo) e meditação.

Isso permitirá a oxigenação das células e a eliminação de radicais


livres, substâncias que provocam envelhecimento.

Artigos relacionados - clique no título

Atividade física ajuda o cérebro a trabalhar melhor?


Entenda a relação entre memória, aprendizado e envelhecimento
Entenda a relação entre memória e inteligência
Respirar bem 'deixa' o corpo feliz

Jou Eel Jia


é formado em Medicina pela UNIFESP e é
Presidente da Associação de Medicina Tradicional do Brasil (AMC)

Fonte: vya estelar uol

O que é o Lien Ch'i e quando aplicá-lo


Por Jou Eel Jia

Faz a parte da Medicina Tradicional Chinesa treinar o fluxo de


nossa energia, chamada pelos chineses de Ch'i, e treinar a nossa
consciência, ou seja, treinar o Lien. Portando, esse é o objetivo do
Lien Ch'i, desenvolver a energia e ampliar a consciência.

Quando o nosso C'hi está estagnando e não flui perturba a nossa


consciência e o nosso bem-estar, gerando o processo de
adoecimento. Por isso o Ch'i equilibrado melhora nossa fisiologia
orgânica e aumenta nossa imunidade. Com isso a pessoa tem uma
vida mais saudável e equilibrada.

O Lien Ch'i é composto por 28 movimentos divididos em três partes.

1ª parte

É uma forma de meditação com oito movimentos de harmonização


e equilíbrio. Os oito movimentos são realizados de forma
harmoniosa e suave; visam "ativar" o circuito de circulação
energética do organismo (meridianos), proporcionando sensação de
bem-estar físico e mental.

Vou fazer aqui analogia a uma casa que precisa ser preparada para
receber uma visita. A primeira parte do Lien Ch'i equivale a fazer
uma bela faxina na casa.

2ª parte

A segunda parte é formada por 16 movimentos expansivos que


fortalecem músculos e ligamentos (tendões), fazendo com que a
energia se expanda. Esses movimentos têm como características o
vigor, a rapidez e a agilidade, visando acelerar circuitos de energia,
aumentar a performance e desempenho de captação de "Ch'i".
Essa expansão de energia fortalece a nossa energia espiritual.
Equivale a colocar os móveis na casa, quadros...

3ª parte

Na terceira parte o Lien Ch'i trabalha o acúmulo dessa energia


tornando a pessoa com a capacidade de curar os outros e tem
quatro movimentos. Enfim, é o momento em que se pode receber a
visita em casa.

Um massagista com energia acumulada pode curar os outros


através do C'hi. Na prática, é como se fosse uma acupuntura com
as mãos, coloca-se a mão na pessoa manipulando pontos
específicos - meridianos - com movimentos específicos. Nesse
trabalho capta-se a energia debilitada e se dá um suporte
melhorando a energia da outra pessoa. Se o massagista não tiver
feito um trabalho de autopreservação, com objetivo de acumular
energia, tende a ficar cansado, após desenvolver o trabalho no
paciente.

Aplicação

É aplicado principalmente nas doenças psicossomáticas; pois a


manipulação com os dedos nos pontos de acupuntura – meridianos
–, regulam tanto os distúrbios físicos como emocionais. Só para
citar um exemplo, se atuar no meridiano do rim, poderá curar suas
deficiências.

Pode-se manipular pontos meridianos conjugando um trabalho com


os dedos e com as agulhas. Usam-se as mãos também quando o
paciente tem medo de agulha.

Fonte:
Vya estelar UOL

---------------------------------------------

Bruna Rezende Salgado

NUTRICIONISTA CLÍNICA FUNCIONAL/ PERSONAL DIET


Rua Gal. Osório, 525 - Estação
3722-9363 -Clínica Bella Estética

Franca - S.P