You are on page 1of 3

Lista de Exercícios - 02

12/09/2010
Curso: Engenharia Civil
Disciplina: Dinâmica dos Sólidos e Fluidos
Professor: Thiago França
Turma: EC3P41/EC4P41

VELOCIDADE ANGULAR E ACELERAÇÃO ANGULAR.

01. Uma partícula descreve um círculo com raio de 100m, com a velocidade constante de 20 m/s. (a) Qual a
sua velocidade angular em radianos por segundo, em relação ao centro do círculo? Quantas voltas a
partícula faz em 5 s.

02. Uma roda parte do repouso com a aceleração angular constante de 2 rad/s 2. (a) Qual a sua velocidade
angular depois de 5 s? (b) Qual o ângulo que a roda girou nos 5 s? (c) Quantas voltas fez a roda em 5 s? (d)
Depois de 5 s, qual a velocidade e qual a aceleração de um ponto a 0,3 m do eixo de rotação?

03. Quando uma mesa que gira a 33.3 rev/min é desligada, ela alcança o repouso em 26 s. Considerando a
aceleração angular constante, encontre (a) a aceleração angular, (b) a velocidade angular média da mesa,
(c) o número de revoluções que ela faz antes de parar.

TORQUE E MOMENTO DE INÉRCIA.

04. Um pedra de amolar circular, de masa 2 Kg e raio 7 cm, gira a 700 rev/min. Depois de a potência do
motor ter sido desligada, uma pessoa continua a afira o seu machado, contra a pedra, durante 10 s, quando
então o rebolo fica parado. (a) Achar a aceleração angular da pedra, admitindo que seja contante. (b) Qual o
torque exercido pelo machado sobre a pedra de amolar? (Admitir que não existam outros torques de atrito).

05. Um cilindro de 3 kg e raio 10 cm pode girar em torno do seu eixo e tem uma corda enrolada na sua
superfície. A corda é puxada com uma força de 15 N. O cilindro está inicialmente em repouso, em t = 0. (a)
Achar o toque exercido pela roda e aceleração angular do cilindro. (b) Achar a velocidade angular do cilindro
no instante t = 4 s.

06. Um dico fino de pedra, com massa de 1,7 kg e raio de 8 cm, está rodando a 730 rev/min. Após a
potência ser retirada, o disco é freado por atrito durante 9 s até parar a rotação. (a) Qual é a aceleração
angular do disco? (b) Qual é o torque exercido pelo freio no disco? (Considere a aceleração angular
constante e a ausência de outros torques devido ao atrito.).

07. Um cilindro de 2,5 kg e raio de 11 cm, inicialmente em repouso, é livre para girar em torno de seu eixo.
Uma corda de massa desprezível é enrolada em torno do cilindro e puxada com uma força de 17 N.
Encontre (a) o torque exercido pela corda, (b) a aceleração angular do cilindro, (c) a velocidade angular do
cilindro para t = 5 s.

CALCULANDO O MOMENTO DE INÉRCIA.

08. Uma bola de tênis tem massa 57 g e diâmetro de 7 cm. Encontre o momento de inércia em torno de seu
diâmetro. Considere que a bola é uma casaca esférica fina.

09. Use o teorema dos eixos paralelos para encontrar o momento de inércia de uma esfera sólida de massa
M e raio R em torno de um eixo que é tangente à esfera.

10. Calcule a inércia rotacional de uma régua de um metro, com massa de 0,56 kg, em torno de um eixo
perpendicular À régua e localizado na marca de 20 cm.

11. Uma roda de um vagão com diâmetro de 1 m consiste em um aro fino que tem uma massa de 8 kg e
seis raios, tendo cada um deles uma massa de 1,2 kg. Determine o momento de inércia da roda do vagão
em torno de seu eixo.
12. Calcule o momento de inércia nas seguintes condições.
Dados. Ma = 0,3 kg, mb = 0,10 kg e mc = 0,20 kg
AB = 0,5 m e BC = 0,30 m.

a) Um eixo passando por “A” e ortogonal ao plano da figura.

b) Um eixo passando por BC.

13. Calcule o que é pedido para estrutura abaixo.

Dados. m1=m2=m3=m4= 0,20 kg. comprimento da aresta do


quadrado = 0,40 m.

a) O momento de inércia em relação a um eixo ortogonal ao


quadrado e passando pelo seu centro.

b) O momento de inércia em relação a um eixo cortando ao


meio dois lados opostos do quadrado(um eixo ao longo da linha
AB)

c) O momento de inércia em relação a um eixo passando


pelo centro da esfera superior esquerda e pelo centro da
esfera inferior da direita.

ENERGIA CINÉTICA ROTACIONAL

14. Uma bola com massa de 1,4 kg e diâmetro de 15 cm roda em torno de seu diâmetro a 70 rev/min. (a)
Qual é a sua energia cinética? (b) Se uma energia cinética de 2 J é implementada a à energia cinética
rotacional, qual é a nova velocidade angular da bola?

15. Uma máquina desenvolve um torque de 400 N.m a 3700 rev/min. Encontre a potência desenvolvida pela
máquina (dada a relção Pot = energia/tempo.).

16. O problema é projetar um carro que utiliza a energia armazenada em uma roda livre (volante), que
consiste em um cilindro uniforme de 100 kg e raio R. A roda livre precisa transferir uma energia mecânica
de 2 MJ/km, com uma velocidade angular máxima de 400 rev/s. Encontre o menor valor de R para o que o
carro pode viajar 300 km sem que a roda livre necessite ser recarregada.

17. Caminhões de entrega que utilizam energia armazenada em um volante girante têm sido usados na
Europa. Os caminhões são abastecidos através de um motor elétrico para dar ao volante sua velocidade
máxima de 624 rad/s. Um desses volantes é um cilindro maciço e homogêneo com massa 512 kg e uma
raio de 97,6 cm. (a) Qual é a energia cinética do volante após ter sido abastecido? (b) Se o caminhão opera
com uma potência média requerida de 8,13 kW, por quantos minutos ele poderá operar enter
reabastecimentos?

18. Cada uma das três lâminas do rotor de um helicóptero tem comprimento de 5,20 m e massa de 240 kg;
o rotor gira a 350 rev/min. (a) Qual a inércia rotacional do conjunto do rotor em torno de seu eixo de
rotação? (Cada Lâmina do rotor pode ser considerada como uma haste fina.) (b) Qual a energia cinética de
rotação?