You are on page 1of 5

Mamografia Digital vs Mamografia Convencional

Desde 1913, quando Albert e a mamografia convencional. As


Salomon, Cirurgião da Surgical empresas participantes deste
Clinic of Berlin University, utilizou a estudo, como a Fuji-Film, Hologic-
radiografia convencional para o Lorad, Fischer Medical, General
diagnóstico do câncer de mama, Eletric Medical System, cederam,
notou-se que seria necessário um em alguns casos, os próprios
método diferenciado para este tipo sistemas para realização deste
de estudo, iniciou-se então, desde estudo.
esta época um processo de estudo Como conclusão do DMIST,
diferente para mama. Diversos foi observada que a precisão
métodos e equipamentos foram diagnóstica global da mamografia
criados, com o intuito de cada vez convencional foi semelhante a
mais, aproximar-se de um mamografia digital, mas a
diagnóstico mais preciso. mamografia digital é mais precisa
O sistema de écran-filme, em mulheres abaixo da idade de 50
associado a um equipamento anos, mulheres com mamas densas
específico para o exame de e mulheres em período pré-
mamografia, e a gravação da menopausal ou peri-menopausal,
imagem na película através de sem levar em consideração o pós-
reações de agentes químicos, até processamento das imagens,
hoje, vem sendo o método mais inerente ao sistema de mamografia
utilizado para o exame da mama, e digital.
em tempos de tecnologia, a
pesquisa nos achados clínicos, Comparação entre os sistemas:
sofre um avanço considerável com Convencional e Digital
o diagnóstico digital.
No período de 2003 a 2005, Anodo
o ACR (American College of Ponto focal
Radiology) dirigiu um estudo Janela
realizado em 33 locais divididos Colimadores
Catodo
entre os Estados Unidos e o
Canadá, submetendo um total de
Compressor
49.528 mulheres assintomáticas a
realizar um exame de mamografia Grade
em ambos os sistemas - Chassi CAE
Convencional e Digital - com C
interpretação independente de dois Fig. 1: Esquema do aparelho utilizado para ambos
os sistemas.
médicos, um para cada exame, com
a finalidade de comparar a eficácia
O anodo de um equipamento
de ambos os sistemas.
de mamografia é constituído de
O DMIST (Digital
molibdênio (O molibdênio contém
Mammographic Imaging Screening
uma maior porcentagem de fotônios
Trial) foi idealizado para medir
de baixa energia, facilmente
diferenças relativamente pequenas,
absorvidos).
mas potencialmente importantes, do
ponto de vista clínico, na precisão
diagnóstica entre mamografia digital
O posicionamento da (o) E o que muda no sistema CR?
paciente é o mesmo para ambos os
sistemas. A principio, o sistema digital
foi criado para redução de dose
efetiva, e devido à placa de fósforo
utilizada possuir uma latitude de
exposição ampla, técnicas de menor
exposição podem ser empregadas
em alguns sistemas digitais, sem
perda de informações.

Fig. 2: posicionamento da Paciente.

Uma das grandes


desvantagens do sistema
convencional é o processamento da
imagem, pois este, está sujeito a
reações químicas de agentes que Fig. 4: Comparativo entre as curvas características
irão fixar a imagem no filme.
A mudança inicia-se pelo
chassi que utiliza uma placa de
fósforo que armazena os raios-x
residuais, esta placa é denominada
Imaging plate (IP).

Fig. 3: Processamento “Wet” Fig. 5: IP sendo colocado em chassi de CR

Após a gravação da imagem Após a exposição, o IP é


esta é avaliada pelo introduzido em uma leitora que faz a
Tecnólogo/Técnico, que envia a liberação da energia armazenada,
imagem ao médico Radiologista realizando a conversão do sinal
para ser interpretada. analógico para o sinal digital.
Resumindo:

Processo Convencional

Sensibiliza Documenta Verifica


Uma das grandes vantagens
do sistema digital é a impressão das
imagens que são feitas em
equipamentos específicos. Estes
equipamentos funcionam sem a
influência de agentes químicos,
podendo ser impressas a laser,
gerando uma qualidade de imagem
muito maior.

Fig. 6: Leitora de IP

Logo após a leitura do IP, a


imagem já digitalizada estará
disponível no monitor do console do
profissional que estará incumbido
de realizar o pós-processamento
desta imagem podendo, também,
este profissional, enviar para a
estação de laudo do médico ou até
mesmo, imprimir a imagem. Fig. 8: Impressora a laser

Resumindo:

Processo Digital (CR)

Sensibiliza Verifica Documenta

Vantagens do sistema digital (CR):

1 Em relação a imagem:

 Imagens de maior resolução


Fig. 7: Estação de laudo do médico  Maior confiabilidade
 Diagnóstico mais preciso
A estação de laudo deve
possuir monitores de alta resolução, 2 Em relação ao tempo:
tela anti-refletiva, e recursos de
tratamento como, inversão de  Menor espera
valores (negativo-positivo),  Resultados mais rápidos
mensuração de ângulos,  Aumento no nº de clientes
densidades, estruturas,
magnificação (total ou localizada), 3 Em relação a exposição:
alteração do brilho e contraste,
recursos diferenciados para  Menor dose de radiação;
impressão, entre outros recursos.  Aumento da vida útil do tubo
Alguns destes recursos também de raios-x;
estarão disponíveis no console do  Bom para o paciente e para
tecnólogo/técnico. os profissionais
Artigo publicado por:
4 Em relação ao filme: Douglas Ianelli
Como Tecnólogo atualmente
 Difícil perda de filme por trabalha na FUJI-FILM do Brasil, exercendo o
erro de técnica cargo de APLICATION, realizando desde o
 Documenta o exame em um controle de qualidade em imagens digitais e
único filme (opcional)
convencionais no setor de Radiologia, como
 Grande economia de filme
também, treinamento, realização de cursos,

5 Em relação ao palestras e participação em eventos de todo


processamento das imagens: território nacional. Ainda possui um cargo de
Técnico em Radiologia na Prefeitura de São
 Não utiliza agentes químicos Caetano do Sul.
 Imagens com impressão a Teve uma grande passagem pelo
laser interior de São Paulo atuando como Técnico
 Imagens estáveis
em radiologia nas cidades de Salto e Itu,

6 Em relação a câmara escura: onde pode desenvolver seus conhecimentos


chegando a atuar também como Professor
 Eliminação da câmara escura das Técnicas Radiológicas nas cidades de
 Espaço útil para outras Sorocaba e Salto.
atividades Telefone para contato: (011) 7622-6699
 Economia de agentes E-Mail: douglasianelli@uol.com.br
químicos, água,
processadora e estação de
efluentes químicos.

Desde quando Albert


Salomon, pioneiro do estudo da
mama, através do uso de raios-x,
iniciou a investigação diferenciada
para a mama, os métodos de
obtenção e armazenamento das
imagens radiológicas evoluíram
muito. A Mamografia convencional
de écran-filme, com seu
processamento químico associado e
os arquivos de filmes, estão sendo
gradativamente substituídos pela
tecnologia digital, portanto, os
estudantes e profissionais que
pretendem se colocar no mercado,
precisam ter esta compreensão de
tecnologia, pois o futuro é digital!.