You are on page 1of 7

QUÍMICA

ATOMÍSTICA

1. MODELOS ATÔMICOS

Teoria de Dalton (1803):

Toda matéria é constituída por átomos; Átomos de um mesmo elemento químico possuem propriedades químicas e físicas iguais; Todo átomo corresponde a uma esfera ex- tremamente pequena, compacta (maciça), sem carga e indivisível.

Sabemos, atualmente, que os átomos não são compactos e são cada vez mais divisíveis. No entan- to, tal teoria é suficiente para justificar as Leis Ponde- rais (leis que relacionam a massa das substâncias que participam de uma determinada reação química).

Teoria de Dalton justificando a lei da conservação das massas (Lavoisier) e das proporções definidas (Proust)
Teoria de Dalton justificando a lei da conservação das
massas (Lavoisier) e das proporções definidas (Proust)
Hidrogênio
Oxigênio
Água
Teoria de Dalton
A massa total se conserva devido
+
Produzindo
a uma conservação do número
total de átomos.
Lei de Lavoisier
4g
+
32g
Produzindo
36g
4g + 32g = 36g (massa constante)
x2
x2
x2
8g
+
64g
Produzindo
72g
Lei de Proust
4g
32g
36g
Mesma proporção em massa.
8g
64g
72g
Lei de Dalton
Como as quantidades de átomos
+
Produzindo
são proporcionais, as massas
também são proporcionais.
Teoria de Thomson (1898)
Todo átomo é formado por uma “matéria posi-
tiva”, na qual se encontrariam os elétrons distribuídos
ao acaso.
+
tral (chamada de núcleo) que possui carga
positiva, ocupada pelos prótons;
Ao redor do núcleo, envolvendo o mesmo
encontra-se a eletrosfera, região preenchida
pelos elétrons (partículas de carga negativa
e de massa desprezível, aproximadamente
1840 vezes mais leves que os prótons).
+
+
elétron
+
+
elétron
Modelo do pudim de passas.
Teoria de Rutherford (1911):
núcleo
O átomo não é uma massa compacta (maci-
ço), possui mais espaços vazios que preen-
chidos;
A estrutura geral de um átomo é constituída
de núcleo e eletrosfera;
Quase que a totalidade da massa do átomo
se concentra em uma pequena região cen-
elétron
Postulados de Bohr (1913):
Para tentar explicar os espectros atômicos, Bo-
hr formulou uma série de postulados:
Os elétrons, nos átomos, movimentam-se ao redor do núcleo em trajetórias circulares, chamadas de camadas
Os elétrons, nos átomos, movimentam-se
ao redor do núcleo em trajetórias circulares,
chamadas de camadas ou níveis de energia.
Cada um desses níveis possui um determi-
nado valor de energia.
Um elétron não pode permanecer entre dois
destes níveis.
Um elétron pode passar de uma camada pa-
ra outro de maior energia, desde que absor-
va energia externa (energia elétrica, luz,
calor etc.). Quando isso acontece, dizemos
que o elétron foi “excitado” ou ativado.
O retorno do elétron à camada inicial se faz
acompanhar da liberação de energia na
forma de ondas eletromagnéticas (por e-
xemplo, na forma de luz).
Este modelo explica as cores emitidas nos
fogos de artifícios e que cada átomo emite
uma cor diferente.
É a melhor maneira de se caracterizar e identi-
ficar o átomo de um elemento químico (é a identida-
de do elemento). Não existem 2 ou mais elementos
químicos com o mesmo Z.
Representação:
X
símbolo do elemento
número atômico
Z
Exemplo:
Z
= 13
Como o átomo é neutro:
Al
n
= 13
p
n
= n
13
p
e
n
= 13
e
Z
= 12
Trata-se de um cátion (íon de carga positiva)
Mg 2+
n
= 12
onde:
p
12
n
> n
n
= 10
p
e
e
2. TEORIA
ATÔMICA
MODERNA
(ESTRU-
4. NÚMERO DE MASSA (A) – PRÓTONS E
NÊUTRONS
TURA ATÔMICA BÁSICA)
Prótons (+)
Como a massa do átomo se encontra no núcleo
e lá encontramos os prótons e os nêutrons, teremos
então que:
Núcleo
Nêutrons
(partículas sem carga)
A = n p + N
Como n p = Z, teremos matematicamente que:
Átomo
A = Z + N
Representação:
_
Eletrosfera
Elétrons (
)
A
A
X
ou
X
Z
Z
 Z
=
11
Relações:
n
=
11
p
Tamanho: Eletrosfera = 10 4 até 10 5 vezes mai-
or que o núcleo.
Massa: m p = m n = 1840 x m e (aproximadamen-
 
23
1 +
Na
A
=
23
11
n
=
12
n
te).
=
10
  n
e
Átomo Neutro:
5. CLASSES DE ELEMENTOS
n p = n e
a) ISÓTOPOS:
Átomo Ionizado:
n p ≠ n e
São átomos do mesmo elemento químico, que
apresentam o mesmo número de prótons (mesmo Z).
Cátion (+)
n
> n
Átomo que perdeu
p
e
elétrons.
Íon
Ânion (
_ )
n
< n
Átomo que ganhou
p
e
elétrons
3. NÚMERO ATÔMICO (Z)
Corresponde ao número de prótons presentes
no núcleo de um átomo.
Z = n p
Exemplos: 6. DISTRIBUIÇÃO ELETRÔNICA 1 2 3 K L M N O P Q H H
Exemplos:
6. DISTRIBUIÇÃO ELETRÔNICA
1
2
3
K
L
M
N
O
P
Q
H
H
H
1
1
1
+
1
2
3 4 5
Eletrosfera
6
7
núcleo
Z
6.1.
Camadas eletrônicas, ou níveis de
energia
16
17
18
O
O
O
A eletrosfera de um átomo era dividida em ní-
8
8
8
veis de energia. Agora, acredita-se que os elétrons se
distribuem na eletrosfera em níveis e em suas subdi-
visões: os subníveis.
Diagrama de Linus Pauling:
2
N = 1 ⇒ K
N = 2 ⇒ L
N = 3 ⇒ M
N = 4 ⇒ N
N = 5 ⇒ O
N = 6 ⇒ P
1s
→ 2e -
Z
2
2s
2p 6 → 8e -
2
6
3s
3p
3d 10 →18e -
2
6
10
4s
4p
4d
4f 14 → 32e -
b)
ISÓBAROS:
2
6
10
14
5s
5p
5d
5f
5g 18 → 50e -
São átomos de diferentes elementos químicos
(diferentes Z), que apresentam o mesmo número de
massa.
2
6
10
14
18
6s
6p
6d
6f
6g
6h 22 → 72e -
2
6
10
14
18
N = 7
Q
7s
7p
7d
7f
7g
7h 22
7i 26 → 98e -
Exemplo:
A
Observe que uma camada de número N es-
tá subdividida em Ns subníveis de energia.
40
40
6.2.
N.º máximo de elétrons por cama-
K
Ca
da
19
20
c)
ISÓTONOS:
São átomos de diferentes elementos químicos
(diferentes Z),que apresentam o mesmo número de
nêutrons.
O número máximo de elétrons, teoricamente
possível, para cada nível de energia pode ser deter-
minado pela fórmula de Rydberg: 2N 2 , onde N é o n.º
da camada.
Aplicando essa equação para os sete níveis ou
camadas, temos:
Exemplo:
Camadas
K
L
M
N
O
P
Q
3
4
H
N = 2
He
N = 2
Nº. máximo teó-
rico de elétrons
2
8
18
32
50
72
98
1
2
Porém, para os elementos conhecidos atual-
mente, o n.º máximo de elétrons por nível é:
d)
ISOELETRÔNICOS:
São diferentes espécies químicas, com o mes-
mo número de elétrons.
Camadas
K
L
M
N
O
P
Q
Exemplo:
Nº máximo expe-
rimental de elé-
trons
2
8
18
32
32
18
2
2+
Z
= 12
Mg
12
n
= 10
e
mesmo
número de
Z
= 11
Na 1+
elétrons
6.3.
Configuração Eletrônica
11
n
= 10
e
Distribuição Eletrônica: os elétrons preenchem
inicialmente os subníveis de menor energia.
Observe que, descendo as diagonais do dia-
grama a seguir, a energia vai aumentando.
O (8P, 8E) 1s 2 2s 2 2p 4 O -2 (8P, 10E) 1s 2 2s
O (8P, 8E) 1s 2 2s 2 2p 4
O -2 (8P, 10E) 1s 2 2s 2 2p 6
Exemplo
Cl
(z = 17)
Cl
(17P, 17E) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 5
Cl - (17P, 18E) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6
ESTUDO DIRIGIDO
1
(Fuvest – SP) O Sódio e seus compostos, em de-
terminadas condições, emitem uma luz amarela
característica. Explique este fenômeno em termos
de elétrons e níveis de energia
I. Distribuição em Ordem Energética (Ordem
de preenchimento do diagrama)
II .Ordem Geométrica (Ordem das camadas)
2
Exemplo:
Br (z = 35)
Ordem Energética 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10
4p 5
Ordem das camadas:
2
6
2
6
10
2
5
1s 2
2s
2p
3s
3p
3d
4s
4p
O tecnécio (Z = 43) e o promécio (Z = 61) são
elementos artificiais, encontrados apenas como
subprodutos de reações nucleares. Os cientistas
acreditam que esses elementos já existiram na na-
tureza em épocas remotas, mas se desintegraram
totalmente devido à sua excessiva radioatividade.
Escreva a configuração eletrônica do tecnécio e
do promécio em ordem energética e diga quais
são suas camadas mais energéticas e mais exter-
K
L
M
N
nas.
2
8
18
7
3
Configuração Eletrônica em Íons
Átomo neutro: N°P = N°E
Sabendo que o subnível mais energético de um
átomo é o 4s1:
Íon: N°P ≠ N°E
Íon positivo (cátion) N°P > N°E
Íon negativo (ânion) N°P < N°E
a) Qual o número total de elétrons desse átomo?
b) Quantas camadas possui a eletrosfera desse á-
tomo?
6.5. Configuração Eletrônica em Cá-
tions
EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
1
Retirar sempre os elétrons mais externos do á-
tomo correspondente.
Exemplo:
Fe (26P, 26E)
Ordem Energética 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 6
A identificação de coisas e pessoas por meio de
números é muito comum em nosso cotidiano. O
número de prótons, nêutrons e elétrons constitu-
em dados importantes para identificar um átomo.
Considere os seguintes dados referentes aos áto-
mos genéricos A, B e C:
2
6
2
6
6
2
1s 2
2s 2p
3s 3p
3d
4s
Ordem das camadas
K
L
M
N

2

8

14

2

Fe +2 (26P, 24E) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 6 Fe +3 (26P, 23E) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 5

6.6.

Configuração

Eletrônica

em

Â-

nions

Colocar os elétrons nos subníveis incompletos.

Exemplo

O (z = 8)

O (8P, 8E) 1s 2 2s 2 2p 4 O -2 (8P, 10E) 1s 2 2s
O (8P, 8E) 1s 2 2s 2 2p 4 O -2 (8P, 10E) 1s 2 2s
O (8P, 8E) 1s 2 2s 2 2p 4 O -2 (8P, 10E) 1s 2 2s

Com base nas informações acima e nos concei- tos referentes às semelhanças atômicas, determine o valor da soma entre as variáveis x, y e z (x + y + z). Resolução: Como o átomo A e o átomo B são isóbaros, a letra Z valerá 44; como o átomo B e o á- tomo C são isótopos, a letra X valerá 21; como o á- tomo A e o átomo C são isótonos e o número de

massa do átomo A corresponde a 44 e de prótons 20, podemos dizer que o número de nêutrons de A vale 24, pois:

(A = P + N 44 = 20 + N, logo N = 24.) Sendo assim, o número de nêutrons do átomo

C vale

24 e

o número de prótons

vale

21, então o

número de massa valerá 45 (A=P+NA=21+44, lo- go A = 45) Portanto, X=21, Y=45 e Z=44 (X+Y+Z=120)

  • 2 Faça a distribuição eletrônica dos elementos a- baixo.

  • 3 (UnB) Em 1911, Rutherford realizou uma expe- riência em que uma lâmina muito fina de ouro foi bombardeada com partículas alfa (partículas posi- tivamente carregadas). A maioria delas atraves- sou a lâmina sem sofrer desvios na trajetória. No entanto, um pequeno número de partículas sofreu desvios muito grandes. A partir desse experimen- to, julgue os itens:

    • 1111 Vs núcleos são densos e eletricamente positi- vos;

    • 2222 A matéria tem em sua constituição grandes es- paços vazios;

    • 3333 O átomo é divisível, em oposição a Dalton, que o considera indivisível;

a) Mg (Z = 12) 4444 b) Ca (Z = 20) O tamanho do átomo é
a)
Mg (Z = 12)
4444
b)
Ca (Z = 20)
O tamanho do átomo é determinado pelo ta-
manho do núcleo;
Resolução: Seguindo o diagrama de Linus
Pauling, que segue uma ordem energética, temos:
Mg → 1s 2 , 2s 2 , 2p 6 , 3s 2 (Lembre-se: o átomo
de Mg deve conter 12 elétrons).
Ca → 1s 2 , 2s 2 , 2p 6 , 3s 2 , 3p 6 , 4s 2 (Lembre-se: o
átomo de Ca deve conter 20 elétrons).
4
Analise as proposições abaixo:
1111
Os átomos são formados de prótons, elétrons e
nêutrons.
2222
Os prótons situam-se no núcleo do átomo.
3333
EXERCÍCIOS
Os elétrons giram em órbitas fixas e determi-
nadas, onde possuem certa quantidade de ener-
gia.
4444
Os átomos são indivisíveis.
1
Considere as seguintes proposições e julgue os
itens:
5555
O número de prótons e elétrons é igual em um
átomo.
1111
A massa de um próton é maior que a de um e-
létron.
6666
Os átomos podem se associar, formando as
substâncias químicas.
2222
Os neutrôns não apresentam carga elétrica.
3333
Os prótons e os neutrôns se encontram no nú-
cleo e apresentam massas semelhantes.
5
Julgue os itens:
4444
A massa de um átomo está principalmente na
eletrosfera.
1111
Cátion é um íon com falta de elétrons.
2222
5555
A carga elétrica do próton é positiva, enquanto
a do elétron é negativa.
O número atômico entre íon e átomo corres-
pondente é o mesmo;
3333
Ânion é um íon com excesso de elétrons;
6666
A massa de um próton é aproximadamente
1840 vezes maior que a de um elétron.
4444
Íon é um átomo em desequilíbrio elétrico.
6
2
(UnB) Julgue os itens abaixo, relacionados ao á-
tomo.
1111
Átomos que possuem o mesmo número de pró-
tons, nêutrons e elétrons são iguais.
Os números atômicos, de massa e de nêutrons de
um átomo são expressos, respectivamente, por
(3x + 5), (8x) e (6x - 30). Determine os números
de prótons e nêutrons desse átomo.
2222
massa do átomo A corresponde a 44 e de prótons 20, podemos dizer que o número

O número de prótons de um átomo é denomi- nado número atômico.

3333

4444

Átomos de mesmo número atômico constituem um elemento químico.

O número de elementos químicos atualmente conhecidos é inferior a 100.

5555

Atribuíram-se nomes às diferentes partículas constituintes dos átomos: as positivas foram chamadas elétrons e as negativas, prótons.

  • 7 (UnB) Nuclídeo é definido como "tipo de um da- do elemento químico caracterizado por um núme- ro de massa específico". Analise a tabela abaixo.

Nuclídeo

Z

A

I

17

33

II

12

24

III

6

12

IV

3

7

V

6

14

VI

54

131

Julgue os itens a seguir. Escreva V para as afirmativas verdadeiras ou F 1111 O número
Julgue os itens a seguir.
Escreva V para as afirmativas verdadeiras ou F
1111
O número 7 (sete) representa a massa atômica
do nuclídeo IV.
para as afirmativas falsas.
1111
Os íons Ca +2 e S -2 são isoeletrônicos.
2222
Os nuclídeos III e V possuem o mesmo núme-
ro de partículas negativas, no estado funda-
mental.
2222
O número de prótons do íon AI +3 é igual a 10.
3333
O íon S -2 possui 18 elétrons.
4444
O átomo neutro Na 0 possui 12 nêutrons.
3333
Na tabela acima, é possível identificar seis e-
lementos químicos.
5555
O AI 0 e AI +3 são isótopos.
4444
É possível calcular, a partir da tabela, o núme-
ro de nêutrons de cada nuclídeo.
12
Faça a distribuição eletrônica das seguintes espé-
cies químicas e indique o que essas espécies a-
presentam em comum:
3+
8
(FUVEST) O número de elétrons do cátion X 2+
de um elemento X é igual ao número de elétrons
do átomo neutro de um gás nobre. Este átomo de
gás nobre apresenta número atômico 10 e número
de massa 20. O número atômico do elemento X é:
a)
Sc
21
b)
Cl -
17
c)
Ca 2+
20
d)
K +
19
S 2-
e)
16
a)
8.
b)
10.
13
Julgue os itens:
c)
12.
1111
Os átomos
27
X
e
28
Y
são isótopos.
d)
18.
13
13
e)
20.
2222
Isótopos
são átomos
que
se
encontram no
mesmo lugar da tabela periódica.
3333
No íon +2 do átomo
42
Ca
encontramos vinte
20
9
(FUVEST) Determine o número de nêutrons e o
número de prótons nos cátions Fe +2 e Fe +3 , obti-
dos a partir do isótopo de ferro com número de
massa 56. Consulte a Tabela Periódica.
prótons.
4444
Um íon que possui 30 prótons e 32 elétrons
possui carga +2.
5555
Isótopos são átomos diferenciados pelo núme-
ro de nêutrons.
14
Julgue os itens:
1111
O número de massa de um átomo é dado pela
soma do número de prótons e nêutrons existen-
tes no núcleo.
2222
Um elemento químico deve ter seus átomos
sempre com o mesmo número de nêutrons.
3333
10
(PUC/ Campinas -SP) O silício, elemento quí-
mico mais abundante na natureza depois do oxi-
gênio, tem grande aplicação na indústria
O número de prótons permanece constante,
mesmo que os números de massa dos átomos
de um mesmo elemento variem.
4444
eletrônica. Por outro lado, o enxofre é de impor-
tância fundamental na obtenção do ácido sulfúri-
co. Sabendo-se que o átomo 14 Si 28 é isótono de
uma das variedades isotópicas do enxofre, 16 S,
pode-se afirmar que esse átomo de enxofre tem
número de massa:
O número atômico é dado pelo número de
prótons existentes no núcleo de um átomo.
5555
Num átomo neutro, o número atômico é igual
ao número de elétrons.
15
a)
14.
b)
16.
c)
30.
d)
32.
e)
34.
(Cesgranrio) As torcidas vêm colorindo cada
vez mais os estádios de futebol com fogos de arti-
fício. Sabemos que as cores desses fogos são de-
vidas à presença de certos elementos químicos.
Um dos mais usados para obter a cor vermelha é
o estrôncio (Z = 38), que, na forma de íon Sr 2+ ,
tem a seguinte configuração eletrônica:
11
(UCB/2001) Abaixo, são fornecidos átomos e í-
ons de alguns elementos químicos.
a)
2
2
6
2
6
2
10
6
1s
2s
2p
3s
3p
4s
3d
4p
b)
2
2
6
2
6
2
10
6
2
1s
2s
2p
3s
3p
4s
3d
4p
5s
c)
2
2
6
2
6
2
10
6
2
2
1s
2s
2p
3s
3p
4s
3d
4p
5s
5p
d)
2
2
6
2
6
2
10
6
2
1s
2s
2p
3s
3p
4s
3d
4p
4d
e) 2 2 6 2 6 2 10 4 2 1s 2s 2p 3s 3p 4s
e)
2
2
6
2
6
2
10
4
2
1s
2s
2p
3s
3p
4s
3d
4p
5s
GABARITO
Estudo Dirigido
1
Os elétrons do átomo de sódio absorvem energia
e saltam para uma camada mais externa, quando
retornam liberam energia na forma de luz amare-
la.
2
Tecnécio (Z = 43) → 1s 2 , 2s 2 , 2p 6 , 3s 2 , 3p 6 , 4s 2 ,
3d 10 , 4p 6 , 5s 2 , 4d 5 .
Camada mais externa: 5s, Camada mais ener-
gética: 4d.
Promécio (Z =
61) →
1s 2 , 2s 2 , 2p 6 , 3s 2 , 3p 6 ,
4s 2 , 3d 10 , 4p 6 , 5s 2 , 4d 10 , 5p 6 , 6s 2 , 4f 5 .
Camada mais externa: 6s, Camada mais ener-
gética: 4f.
3
a)
19 elétrons.
b)
4 camadas eletrônicas.
EXERCÍCIOS
1
C, C, C, E, C, C
2
C, C, C, E, E
3
C, C, C, E
4
C, C, C, E, C, C
5
C, C, C, C
6
80 prótons e 120 nêutrons
7
E, C, E, C
8
C
9
30 nêutrons e 26 prótons
10
C
11
C, E, C, C, E
12
Todos possuem a mesma configuração:
1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6
13
C, C, C, E, C
14
C, E, C, C, C
15
A