Вы находитесь на странице: 1из 9

AlfaCon Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ÍNDICE
Adjetivo�����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Locução Adjetiva���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Os Adjetivos no Texto�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Classificação do Adjetivo��������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Adjetivos de Relação����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Adjetivo Pátrio�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Formação do Adjetivo�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Flexão dos Adjetivos����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������4
Gênero dos Adjetivos��������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������4
Número dos Adjetivos�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������4
Grau do Adjetivo����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������5

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
1
AlfaCon Concursos Públicos

Adjetivo
Adjetivo é uma classe de palavras que está no grupo das classes variáveis (pois tem flexão). É a
palavra que expressa uma qualidade ou característica do ser. Na estrutura de uma frase, o adjetivo
pode exercer funções sintáticas relativas aos substantivos, atuando como adjunto adnominal
ou como predicativo (do sujeito ou do objeto). Quando se emprega o termo “adjetivo”, refere-se à
presença de apenas uma palavra. E quando se utiliza a expressão “locução adjetiva”, há a presença de
um grupo de palavras que, juntas, exercem a função de um adjetivo.

Locução Adjetiva
É o agrupamento de duas ou mais palavras que, ao modificar substantivo ou pronome substan-
tivo, exerce o papel próprio de adjetivo. Em geral, a locução adjetiva resulta do encontro de preposi-
ção e substantivo (exemplos: teor de açúcar, dor de estômago), ou preposição e advérbio (exemplos:
cardápio de hoje, pneus de trás).
Exemplos:
aves da noite (aves noturnas)
paixão sem freio (paixão desenfreada)

Os Adjetivos no Texto
Os adjetivos podem aparecer em qualquer lugar em uma frase. Identificar a posição de um
adjetivo é essencial para que se entenda a função exercida por ele. Vejamos algumas situações impor-
tantes:
Distante do substantivo
O adjetivo pode ser distanciado do substantivo sem que se altere a sua classe gramatical, alteran-
do-se apenas a sua função sintática.
Exemplos:
O menino doente voltou para casa.
O menino voltou para casa doente.
Função de substantivo
O adjetivo pode tornar-se um substantivo com a presença do artigo.
Exemplos:
O homem velho foi atropelado.
O velho foi atropelado.
Sentido
A posição do adjetivo em relação ao substantivo pode ocasionar variação de sentido.
Exemplos:
Um novo médico foi contratado.
Um médico novo foi contratado.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
2
AlfaCon Concursos Públicos

Classificação do Adjetivo
O adjetivo pode ser classificado quando ao seu sentido. Ele pode ser restritivo ou explicativo.
Restritivo
Exprime qualidade que não é própria do ser.
Exemplo: fruta madura.
Explicativo
Exprime qualidade própria do ser.
Exemplo: neve fria.

Adjetivos de Relação
Os adjetivos de relação são aqueles que estabelecem com o substantivo uma relação de tempo, de
espaço, de matéria, de finalidade e de procedência.
Exemplos:
Nota mensal (relação de tempo)
Movimento estudantil (relação de finalidade)
Casa paterna (relação de espaço)
Vinho português (relação de procedência)

Adjetivo Pátrio
Indica a nacionalidade ou o lugar de origem do ser. Pode ser simples (formado por uma palavra)
ou composto (formado por mais de uma palavra).
Exemplos:
Acre – acreano
Alagoas – alagoano
Amapá – amapaense
Cultura afro-americana
Companhia américo-africana

Formação do Adjetivo
Adjetivo simples
Formado por um só radical.
Exemplos: brasileiro, escuro, magro.
Adjetivo composto
Formado por mais de um radical.
Exemplos: luso-brasileiro, castanho-escuro.
Adjetivo primitivo
É aquele que dá origem a outros adjetivos.
Exemplos: belo, bom, feliz.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
3
AlfaCon Concursos Públicos

Adjetivo derivado
É aquele que deriva de outros adjetivos.
Exemplos: belíssimo, bondoso.
Flexão dos Adjetivos
Os adjetivos podem ser flexionados em gênero (masculino ou feminino), número (singular ou
plural) e grau (comparativo ou superlativo).
Gênero dos Adjetivos
Os adjetivos concordam com o substantivo a que se referem (masculino e feminino). Podem ser
biformes ou uniformes.
Biformes
Têm duas formas, sendo uma para o masculino e outra para o feminino.
Exemplos:
ativo e ativa
mau e má
Se o adjetivo é composto e biforme, flexiona-se no feminino somente o último elemento.
Exemplo:
o moço norte-americano, a moça norte-americana
Exceção: surdo-mudo e surda-muda.
Uniformes
Têm uma só forma tanto para o masculino como para o feminino.
Exemplo:
homem feliz e mulher feliz
Se o adjetivo é composto e uniforme, fica invariável no feminino.
Exemplo:
conflito político-social e desavença político-social
Número dos Adjetivos
Adjetivos simples
Os adjetivos simples flexionam-se no plural de acordo com as regras estabelecidas para a flexão
numérica dos substantivos simples.
Exemplos:
mau e maus
feliz e felizes
ruim e ruins
boa e boas
Caso o adjetivo seja uma palavra que também exerça função de substantivo, ficará invariável,
ou seja, se a palavra que estiver qualificando um elemento for, originalmente, um substantivo, ela
manterá sua forma primitiva.

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
4
AlfaCon Concursos Públicos

Exemplo: a palavra cinza é originalmente um substantivo, porém, se estiver qualificando um


elemento, funcionará como adjetivo. Ficará, então invariável. Logo: camisas cinza, ternos cinza.
Outros exemplos:
motos vinho (diferente de: motos verdes)
paredes musgo (diferente de: paredes brancas)
comícios monstro (diferente de: comícios grandiosos)
Adjetivos compostos
O adjetivo composto é aquele formado por dois ou mais elementos. Normalmente, esses elemen-
tos são ligados por hífen. Apenas o último elemento concorda com o substantivo a que se refere; os
demais ficam na forma masculina, singular.
Caso um dos elementos que formam o adjetivo composto seja um substantivo adjetivado, todo o
adjetivo composto ficará invariável.
Vejamos: a palavra rosa é originalmente um substantivo, porém, se estiver qualificando um
elemento, funcionará como adjetivo. Caso se ligue a outra palavra por hífen, formará um adjetivo
composto; como é um substantivo adjetivado, o adjetivo composto inteiro ficará invariável.
Exemplos:
Blusas rosa-claro (rosa é um substantivo adjetivado)
Casacos rosa-claro (rosa é um substantivo adjetivado)
Olhos verde-claros (verde é um adjetivo)
Bermudas azul-escuras (azul é um adjetivo)
Camisetas verde-mar (verde é um adjetivo)
Paredes verde-claras (verde é um adjetivo)
Portas marrom-café (marrom é um adjetivo)
Vale destacar que azul-marinho, azul-celeste, ultravioleta e qualquer adjetivo composto iniciado
por cor-de-... são sempre invariáveis.
Além disso, os adjetivos compostos surdo-mudo e pele-vermelha têm os dois elementos flexiona-
dos.

Grau do Adjetivo
Os adjetivos flexionam-se em grau para indicar a intensidade da qualidade do ser. São dois os
graus do adjetivo: o comparativo e o superlativo.
Comparativo
Nesse grau, comparam-se a mesma característica atribuída a dois ou mais seres ou duas ou mais
características atribuídas ao mesmo ser. O comparativo pode ser de igualdade, de superioridade ou
de inferioridade.
Comparativo de Igualdade
No comparativo de igualdade, o segundo termo da comparação é introduzido pelas palavras
como, quanto ou quão.
Exemplo: Sou tão alto como você.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
5
AlfaCon Concursos Públicos

Comparativo de Superioridade Analítico


No comparativo de superioridade analítico, entre os dois substantivos comparados, um tem qua-
lidade superior. A forma é analítica porque pedimos auxílio a “mais...do que” ou “mais...que”.
Exemplo: Sou mais alto (do) que você. (obs.: a palavra do é opcional neste caso)
Comparativo de Superioridade Sintético
Alguns adjetivos possuem, para o comparativo de superioridade, formas sintéticas, herdadas do
latim, como melhor, pior, maior, menor, superior, inferior, etc.
Exemplo: O Sol é maior (do) que a Terra. (obs.: a palavra do é opcional neste caso)
Comparativo de Inferioridade
No comparativo de inferioridade, entre os dois substantivos comparados, um tem qualidade
inferior.
Exemplos:
Sou menos alto (do) que você. (obs.: a palavra do é opcional neste caso)
Sou menos passivo (do) que tolerante. (obs.: a palavra do é opcional neste caso)
Superlativo
O superlativo expressa qualidades num grau muito elevado ou em grau máximo. O grau superla-
tivo pode ser absoluto ou relativo e apresenta as seguintes modalidades:
Superlativo Absoluto
Ocorre quando a qualidade de um ser é intensificada, sem relação com outros seres.
Analítico
A intensificação se faz com o auxílio de palavras que dão ideia de intensidade (advérbios).
Exemplo:
O secretário é muito inteligente.
Sintético
A intensificação se faz por meio do acréscimo de sufixos.
Exemplo:
O secretário é inteligentíssimo.
Superlativo Relativo
Ocorre quando a qualidade de um ser é intensificada em relação a um conjunto de seres. Essa
relação pode ser:
De Superioridade: Clara é a mais bela da sala.
De Inferioridade: Clara é a menos bela da sala.

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
6
AlfaCon Concursos Públicos

Exercícios

01. Assinale a alternativa que contém apenas palavras empregadas como adjetivos no texto.
a) alarmantes (l. 01) – expansionistas (l. 04) – certamente (l. 14).
b) otimista (l. 10) – integridade (l. 16) – fatores (l. 17).
c) possível (l. 13) – influência (l. 18) – portuguesa (l. 24).
d) estrangeira (l. 27) – casada (l. 34) – menor (l. 35).
e) portuguesa (l. 33) – imigrante (l. 33) – brasileiros (l. 34) – novidades (l. 40).
Leia o trecho abaixo do artigo Presidente: líder ou gerente?, de Maílson da Nóbrega, e responda à
questão.
[...]
A meu juízo, o Brasil precisa de líderes políticos transformadores, capazes de empreender
reformas e assim ampliar o potencial de crescimento e bem-estar. São pessoas aptas a mobilizar a
sociedade e a classe política para enfrentar e resolver problemas, o que implica motivar, seduzir,
agregar, organizar, orientar, focalizar. O líder virtuoso precisa ter visão de futuro, habilidade para
construir maiorias no Congresso e capacidade para identificar e atacar os problemas mais relevantes
de sua época.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
7
AlfaCon Concursos Públicos

Rever opiniões, reconhecer erros e considerar novas realidades são igualmente atributos do líder
sensato e verdadeiro. Fluência verbal, carisma e capacidade de se comunicar são características re-
queridas nas modernas democracias de massas, pois é assim que o líder transmite mensagens, ideias,
estímulos.
Valorizar a experiência administrativa para o exercício do cargo de presidente é menosprezar a
boa política.
(Revista Veja, 17/09/2014.)

02. O uso de adjetivos em um texto é um recurso que evidencia a intencionalidade do autor, in-
serindo marcas apreciativas e valores ideológicos. Em geral, o adjetivo flexiona-se de forma
a concordar com o substantivo a que se refere; há casos em que o adjetivo não se flexiona em
gênero, somente em número.
No texto, quais apresentam essa concordância?
a) virtuoso, transformadores, aptas
b) modernas, administrativa, política
c) políticos, novas, sensato
d) capazes, relevantes, verbal
Vimos que o Vale do Silício é um tecnopolo importante, com indústria avançada, de ponta, em
que são feitos altos investimentos. Mas, às vezes, uma simples ideia pode valer mais do que muita
tecnologia. É o caso da maior rede social do mundo, o Facebook.
Segundo o seu criador Mark Zuckerberg, em seu segundo ano da Universidade de Harvard
(2004), ele e seus amigos tinham muito a compartilhar: suas fotos, o que estudavam, de que gostavam,
entre tantas outras coisas que os amigos curtem. Pensando nisso, Mark elaborou – em duas semanas
e com apenas 19 anos de idade – a primeira versão do que se tornaria essa famosa rede social.
Mas há quem diga que a história inicial não foi tão sublime, mas que tudo começou como uma
brincadeira: Mark teria colocado as fotos das garotas da Universidade na internet, à revelia, para que
os colegas escolhessem qual a mais bonita. Outro detalhe não menos importante seria que o desen-
volvimento do Facebook contou com a colaboração de mais colegas, entre eles o brasileiro Eduardo
Saverin, reconhecido como o co-fundador do site.
De qualquer forma, e intrigas à parte, inovação e agilidade transformaram esse pequeno projeto/
brincadeira em uma empresa extremamente lucrativa, com mais de 500 milhões de usuários, fatura-
mento bilionário e um valor de 50 bilhões de dólares, estimado pelo Banco Sachs em janeiro de 2011,
maior do que o da Time Warner.
(Paulo Roberto Moraes, Urbanização e Metropolização, São Paulo, 2011)

03. O par de palavras do texto 1 em que a troca de posição entre substantivo e adjetivo gera possível
mudança de sentido é:
a) altos investimentos;
b) indústria avançada;
c) tecnopolo importante;
d) simples ideia;
e) famosa rede.
Vimos que o Vale do Silício é um tecnopolo importante, com indústria avançada, de ponta, em
que são feitos altos investimentos. Mas, às vezes, uma simples ideia pode valer mais do que muita
tecnologia. É o caso da maior rede social do mundo, o Facebook.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
8
AlfaCon Concursos Públicos

Segundo o seu criador Mark Zuckerberg, em seu segundo ano da Universidade de Harvard
(2004), ele e seus amigos tinham muito a compartilhar: suas fotos, o que estudavam, de que gostavam,
entre tantas outras coisas que os amigos curtem. Pensando nisso, Mark elaborou – em duas semanas
e com apenas 19 anos de idade – a primeira versão do que se tornaria essa famosa rede social.
Mas há quem diga que a história inicial não foi tão sublime, mas que tudo começou como uma
brincadeira: Mark teria colocado as fotos das garotas da Universidade na internet, à revelia, para que
os colegas escolhessem qual a mais bonita. Outro detalhe não menos importante seria que o desen-
volvimento do Facebook contou com a colaboração de mais colegas, entre eles o brasileiro Eduardo
Saverin, reconhecido como o co-fundador do site.
De qualquer forma, e intrigas à parte, inovação e agilidade transformaram esse pequeno projeto/
brincadeira em uma empresa extremamente lucrativa, com mais de 500 milhões de usuários, fatura-
mento bilionário e um valor de 50 bilhões de dólares, estimado pelo Banco Sachs em janeiro de 2011,
maior do que o da Time Warner.
(Paulo Roberto Moraes, Urbanização e Metropolização, São Paulo, 2011)

04. O segmento do texto 1 que NÃO expressa qualquer variação de grau de um adjetivo é:
a) “transformaram esse pequeno projeto/brincadeira em uma empresa extremamente lucrativa”;
b) “Mark teria colocado as fotos das garotas da Universidade na internet, à revelia, para que os
colegas escolhessem qual a mais bonita”;
c) “Outro detalhe não menos importante seria que o desenvolvimento do Facebook contou...”;
d) “a história inicial não foi tão sublime, mas que tudo começou como uma brincadeira”;
e) “uma simples ideia pode valer mais do que muita tecnologia”.
Gabarito
01 - D
02 - D
03 - D
04 - E

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
9

Вам также может понравиться