Вы находитесь на странице: 1из 7

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) é uma igreja cristã protestante

de tendência neopentecostal fundada no Brasil, onde sua atuação é mais


conhecida. Ela é presente em vários países, sendo mais disseminada nos
países de língua portuguesa. Trata-se de uma instituição polêmica, devido ao
fato de sua teologia, seus atos, posições sociais e morais, bem como métodos
de trabalho serem duramente criticados, tanto por leigos quanto por adeptos de
outras linhas religiosas, inclusive católicos e outros grupos cristãos. A sua sede
mundial, o Templo da Glória do Novo Israel, está localizada no bairro de Del
Castilho, no Rio de Janeiro. Outra sede da igreja é o Templo Maior de São
Paulo, localizado no bairro paulistano de Santo Amaro. Atualmente, a Igreja
Universal do Reino de Deus está presente em mais de 172 países pelo mundo
(até 2007, de acordo com a IURD).

História
A Igreja Universal do Reino de Deus foi fundada em 1977, quando Edir Macedo, com o
apoio de Romildo Soares, decidiu criar sua própria igreja. Após a criação da igreja,
Soares desligou-se da IURD e fundou a Igreja Internacional da Graça de Deus. Ambos
eram membros da Igreja Pentecostal de Nova Vida antes de fundarem a IURD. As
sucessivas separações teria ocorrido pela diferença do foco entre McAlister (fundador
da Nova Vida) e a dupla RR Soares e Edir Macedo e depois entre estes, como afirma o
livro O Bispo - A história Revelada de Edir Macedo.

[editar] Fundação
Atualmente, a Sede da IURD é a Catedral Mundial da Fé, localizada na Zona Norte do
Rio de Janeiro, também conhecida como Templo da Glória do Novo Israel.

[editar] Crescimento

Quanto à organização eclesiástica, a IURD segue um modelo episcopal, que pode ser
rudimentarmente comparado ao modelo empregado pela Igreja Católica.

Cada congregação local da IURD conta com vários obreiros, que são subordinados aos
pastores e encarregados de trabalhos menores, como o convite de pessoas à participação
nos cultos, recepção das pessoas que chegam aos templos, visitas aos lares de enfermos
e a hospitais, e auxílio aos pastores, durante os cultos ou não. Aos pastores cabe o
serviço religioso do culto, a orientação dos obreiros e a administração da igreja local.
Acima dos pastores estão os bispos, que regulam as linhas doutrinárias e supervisionam
o trabalho dos pastores.

[editar] Trabalho social


Edir Macedo, fundador e proprietário da igreja, também é proprietário da Central
Record de Comunicação, empresa à qual pertencem a Rede Record e o canal televisivo
jornalístico Record News. Na Internet a empresa possui o Portal Arca Universal e, na
mídia escrita, o jornal Folha Universal que, segundo o próprio periódico, tem tiragem
de 2.300.000 exemplares por semana, e a revista Plenitude, de tiragem mensal. Há
também o jornal Hoje em Dia, de Minas Gerais, que não tem cunho religioso. A Editora
Gráfica Universal é responsável pela publicação de livros escritos ligados à IURD.

No Brasil, a IURD possui uma rede nacional de rádios em FM, a Rede Aleluia, com
programação musical gospel e várias emissoras locais, em AM e FM, com programação
apenas evangélica. Possui ainda o controle da segunda maior associação brasileira de
emissoras de rádios e TVs (ABRATEL). Também possui redes de radio e TV pelo
mundo. A empresa que engloba todos os meios de comunicação é a Universal
Produções.

A IURD também é dona da gravadora "Line Records". Uma boa parte dos músicos e
cantores desta gravadora são bispos ou pastores da IURD.
[editar] Polêmicas e escândalos
A IURD tem sido protagonista de diversas polêmicas e também tem entrado em atritos
com outros grupos religiosos, bem como com outros setores sociais.

Os críticos da IURD se distribuem entre membros e líderes de outras denominações


evangélicas [1], adeptos de outros segmentos religiosos [2], organizações da sociedade
civil secular [3][4] e de intituições do poder público encarregadas de zelar pela legalidade
das práticas religiosas. A natureza das críticas também é diversa: teológica, ética e legal.
Tais críticas podem resultar da prática da teologia da prosperidade; do tom irônico como
seus pastores tratam outras religiosidades; do uso das verbas obtidas dos fiéis para fins
não filantrópicos; da manutenção de uma bancada política (com a eleição de grande
número de bispos e pastores para cargos legislativos) comprometida com os interesses
da denominação ou de outras práticas relacionadas à IURD.

[editar] Dízimo e ofertas

A alegação de que a IURD "exige" de seus membros contribuição financeira


descabidamente elevada é uma das acusações mais comuns dirigidas a esta. Os críticos
da IURD fazem acusação de que o percentual mínimo de 10% é muito alto e alegam que
tal dízimo seria exigido, contudo seus defensores afirmam ser um pagamento
voluntário.

A forma como a IURD pede dinheiro costuma chocar aqueles que não são seus
membros. Mesmo entre estes há quem concorde com a afirmação de que ela
possivelmente provoque em algumas pessoas um constrangimento que induza a
contribuição. Entretanto, não há formalmente exigência ou cobrança de valores por
parte da igreja, nem há concordância de que membros que supostamente contribuam
com menos do que a igreja espere sejam preteridos na congregação ou excomungados.

Costuma-se questionar a motivação para a contribuição. É comum que a IURD, tanto


em seus templos quanto em programas de difusão aberta por rádio e televisão, associe o
dízimo e ofertas voluntárias adicionais a retribuições e graças materiais da parte de
Deus para com aquele que contribuiu. Para muitos críticos, em especial religiosos de
outras correntes cristãs, as passagens bíblicas que garantem que Deus abençoa aqueles
que voluntariamente contribuem não especificam a natureza material ou imaterial de
tais bênçãos.

Para a Igreja Universal, a fidelidade nos dízimos e nas ofertas traria bênção material
(com base em Malaquias 3.6-12 e Gênesis 13.2). Segundo eles, o dízimo pode ser um
ato de culto (Mateus 23.23). E mesmo a posição de que a promessa de retribuição de
Deus à contribuição não seria necessariamente material dá espaço à possibilidade de ser
material, porque haveria passagens bíblicas que assim o afirmariam (Provérbios 3.9,10).

A IURD considera o "sacrifício financeiro" como algo sagrado. Costuma usar o livro de
Atos capítulo 5 para fundamentar sua postura.

Costuma-se ainda mencionar o destino dado pela igreja aos recursos captados por meio
de ofertas, dízimos e votos que seriam utilizados para fins não religiosos como compra
de empresas e bens de alto valor, beneficiando os próprios líderes da igreja e não sendo
utilizados em evangelização ou assistência como propagandeado pela denominação.

[editar] O chute na santa


A matriz também centralizaria os controles contábeis e financeiros da igreja.

O dinheiro ainda está em posse da justiça e as investigações estão sendo realizadas [7].

[editar] Reportagem da Rede Globo

Em 1995, a Rede Globo - concorrente da Rede Record (emissora sob propriedade de


Edir Macedo desde 1989[8]) - apresentou críticas e filmagens que mostram o que Edir
Macedo e outros líderes da Igreja Universal do Reino de Deus. Nessas filmagens o
bispo Edir Macedo, depois de um momento de lazer, ensina uma forma de pedir
arrecadações numa conversação informal com um de seus pastores, com o argumento de
que a Bíblia diria que quem dá recebe, e que, para cada fiel que não quiser dar-lhes
dinheiro, Deus vai mandar um outro pra dar.

[editar] Rede Record

A Rede Record, do Brasil, pertencente à Edir Macedo, líder da IURD, foi acusada de ter
preconceito ao exibir matéria sobre instituições religiosas como a Opus Dei.[9] [10]
Também é acusada de exibir conteúdo que ofende as religiões de origem africana,
principalmente o candomblé e a umbanda.[11]

[editar] Em Moçambique
A Igreja Universal do Reino de Deus em Moçambique, foi fundada no dia 27 de
novembro de 1992, no Cine África e hoje tem sua sede no bairro do Alto-Maé, na
capital Maputo.

A IURD neste país conta com programas diários de rádio e televisão, na Rede Miramar,
um portal de internet, o Arca Moçambique e o jornal impresso semanário Folha
Universal Moçambique, com tiragem facial de 14.000 exemplares, é distribuído para
todo o país. Os veículos de comunicação ajudam no trabalho intenso de evangelização
por todo o país.

[editar] Referências
1. ↑ http://www.overbo.com.br/portal/2009/08/15/pastor-silas-malafaia-
%E2%80%9Csolta-o-verbo%E2%80%9D-contra-edir-macedo-e-a-igreja-universal-
assista/
2. ↑ http://noticias.gospelmais.com.br/lider-catolico-critica-igreja-universal-em-radio.html
3. ↑ http://noticias.gospelmais.com.br/oab-critica-igreja-universal-por-acoes-contra-
jornais.html
4. ↑ http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos.asp?cod=475CID007
5. ↑ Epstein, Jack (1995-11-24). "Kicking of icon outrages Brazil Catholics". The Dallas
Morning News. Visitado em 6 de janeiro de 2009.
6. ↑ Church makes airwaves. BBC (2000-08-03). Página visitada em 2009-01-06.
7. ↑ http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1267970-5598,00.html
8. ↑ Livro: O Bispo - A história Revelada de Edir Macedo, por Douglas Tavolaro,
capítulo: O Articulador, a partir da página 147
9. ↑ The rise of Opus Dei. BBC News.
10.↑ Opus Dei. PBS Religion & Ethics Newsweekly (June 29, 2001).
11. ↑ http://www.megacubo.net/record-gazeta-sao-acusadas-preconceito-contra-religioes/

[editar] Ligações externas


• Igreja Universal do Reino de Deus
• Arca Universal
• Conteúdo Universal
• Comunidade Universal
• Força Jovem Brasil - IURD
• IURD Moçambique
• IURD Moçambique
• Folha Moçambique
• Arca Moçambique
• IURD Angola
• IURD Portugal
• IURD África do Sul