Вы находитесь на странице: 1из 68
Relatório de Sustentabilidade 2008 A melhor empresa de bebidas do mundo em um mundo melhor.
Relatório de Sustentabilidade 2008 A melhor empresa de bebidas do mundo em um mundo melhor.

Relatório de Sustentabilidade 2008

A melhor empresa de bebidas do mundo em um mundo melhor.

Relatório de Sustentabilidade 2008

Relatório de Sustentabilidade 2008
Relatório de Sustentabilidade 2008
Relatório de Sustentabilidade 2008
Relatório de Sustentabilidade 2008

Sumário

Nossa mensagem

4

Sobre o relatório

6

Por dentro da AmBev

8

Nossos compromissos

11

Governança Corporativa

14

Estratégia de Sustentabilidade

16

Mapeamento de stakeholders

18

Reconhecimento externo

20

Nossa Gente

22

Empresa integrada

22

Comunicação e Ouvidoria

23

Entrando para nosso time

25

Remuneração e benefícios

26

Oportunidades de crescer

27

Gente valorizada

30

Foco em qualidade de vida

31

Gestão ambiental

34

Uso consciente dos recursos

36

Preservação da fauna e da flora

48

Ocorrências

49

Relacionamentos externos

50

Consumidores

50

Clientes

54

Revendedores

54

Comunidade

56

Fornecedores

59

Governo e sociedade

61

Sumário GRI/ Indicadores

62

54 Comunidade 56 Fornecedores 59 Governo e sociedade 61 Sumário GRI/ Indicadores 62
54 Comunidade 56 Fornecedores 59 Governo e sociedade 61 Sumário GRI/ Indicadores 62
54 Comunidade 56 Fornecedores 59 Governo e sociedade 61 Sumário GRI/ Indicadores 62
54 Comunidade 56 Fornecedores 59 Governo e sociedade 61 Sumário GRI/ Indicadores 62
54 Comunidade 56 Fornecedores 59 Governo e sociedade 61 Sumário GRI/ Indicadores 62
54 Comunidade 56 Fornecedores 59 Governo e sociedade 61 Sumário GRI/ Indicadores 62

4 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Nossa mensagem

Mais perto de concretizar o sonho de um mundo melhor

U ma empresa que tem a coragem de definir como sua visão a ambição de ser a melhor companhia de bebidas do mundo em um mundo melhor

tem que estar preparada para buscar esse sonho grandioso. Nossos planos para chegar lá envolvem inúmeras ações que consideram as três dimensões da sustentabilidade - econômica, social e ambiental e todas elas estão ligadas às nossas principais estratégias de negócios.

Acreditamos que a construção de uma companhia sustentável em longo prazo só é possível quando assumimos a conduta de nos preocupar, simultaneamente, com a geração de resultados econômicos e de valores e

benefícios para a sociedade e para o meio ambiente. Somente essa postura pode garantir a sobrevivência do negócio por muitos e muitos anos, deixando um legado que possa orgulhar a Gente AmBev, as gerações futuras

e, especialmente, nossos consumidores.

Em 2008, tivemos uma grande prova de que nossa atuação está no caminho certo: o Sistema de Gestão Ambiental já aplicado na AmBev foi adotado pela Anheuser-Busch InBev globalmente, como base para o modelo de gestão que será implantado em toda a empresa a partir de 2009. Ao mesmo tempo, comemoramos bons resultados econômicos obtidos no período. A AmBev atingiu volume de vendas de 146,9 milhões de hectolitros de bebidas e receita líquida de R$ 20,9 bilhões, em 2008, representando um crescimento orgânico de 3% e de 7,9%, respectivamente. Esses resultados indicam como a sustentabilidade do nosso negócio e do meio ambiente andam de mãos dadas.

O ano passado também foi marcado pela continuidade de ações voltadas

para o Consumo Responsável de bebidas alcoólicas, das quais nos orgulhamos em ser pioneiros no Brasil. Investimos em campanhas de conscientização, tanto para a venda responsável, com o programa Bar de Responsa, quanto para o consumo responsável, por meio principalmente da comunicação das nossas marcas. Garantir eventos responsáveis, como o Boteco Bohemia em São Paulo, onde 40% do público utilizou o serviço de táxi gratuito para voltar com segurança para casa, também continua sendo parte da nossa estratégia bem-sucedida de relacionamento com nossos consumidores.

para casa, também continua sendo parte da nossa estratégia bem-sucedida de relacionamento com nossos consumidores.
para casa, também continua sendo parte da nossa estratégia bem-sucedida de relacionamento com nossos consumidores.
para casa, também continua sendo parte da nossa estratégia bem-sucedida de relacionamento com nossos consumidores.
para casa, também continua sendo parte da nossa estratégia bem-sucedida de relacionamento com nossos consumidores.
para casa, também continua sendo parte da nossa estratégia bem-sucedida de relacionamento com nossos consumidores.
para casa, também continua sendo parte da nossa estratégia bem-sucedida de relacionamento com nossos consumidores.
para casa, também continua sendo parte da nossa estratégia bem-sucedida de relacionamento com nossos consumidores.

NOSSA MENSAGEM |

5

Nossa responsabilidade de proteger o nosso patrimônio de 150 anos, e garantir que continue crescendo de forma sustentável, passa pela disseminação do sonho de construir um mundo melhor. Por isso é tão importante termos equipes que compartilham dessa ambição, incorporam esses ideais e estendem as boas práticas a toda cadeia produtiva do nosso negócio.

Este relatório comprova como nossas ações estão sintonizadas com esse objetivo e apresentam evolução em relação aos anteriores. Utilizamos como referência as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), aplicadas ao nosso negócio, e ampliamos o escopo de informações, tanto qualitativa como quantitativamente, em relação ao relatório do ano passado.

Todos os passos que demos para chegar até aqui indicam que estamos trilhando o caminho certo para sermos cada vez melhores no futuro. Estamos contribuindo para o desenvolvimento do negócio e das comunidades em que estamos incluídos, cuidamos do meio ambiente e, com isso, trazemos benefícios para todo o planeta. Convido você a compartilhar conosco dos resultados desses esforços. Boa leitura!

João Maurício Giffoni Castro Neves Diretor Geral da AmBev

conosco dos resultados desses esforços. Boa leitura! João Maurício Giffoni Castro Neves Diretor Geral da AmBev
conosco dos resultados desses esforços. Boa leitura! João Maurício Giffoni Castro Neves Diretor Geral da AmBev
conosco dos resultados desses esforços. Boa leitura! João Maurício Giffoni Castro Neves Diretor Geral da AmBev
conosco dos resultados desses esforços. Boa leitura! João Maurício Giffoni Castro Neves Diretor Geral da AmBev
conosco dos resultados desses esforços. Boa leitura! João Maurício Giffoni Castro Neves Diretor Geral da AmBev
conosco dos resultados desses esforços. Boa leitura! João Maurício Giffoni Castro Neves Diretor Geral da AmBev

6 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Sobre o relatório

Ações e resultados do nosso trabalho sustentável

A elaboração deste Relatório de Sustentabilidade faz parte de nossa conduta de adotar a transparência diante de todos os nossos públicos de relacionamento. Publicação anual

da AmBev, apresenta as ações realizadas e os resultados de nossa atuação em 2008 - com algumas referências a anos anteriores e a 2009 -, revelando nosso compromisso com o crescimento sustentável e com a criação de valor para todos os nossos stakeholders.

Este relatório contempla parcialmente as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) em sua última versão, a G3, conforme Sumário GRI, e busca dar continuidade às informações do relatório anterior, publicado em abril de 2008. Nosso objetivo é atender ao nível B da GRI.

Realizamos um processo interno entre as diversas áreas para selecionar e atualizar os temas e indicadores que refletissem os impactos econômicos, ambientais e sociais mais importantes para a Companhia e seus stakeholders. Além do desempenho econômico - detalhadamente apresentado em nosso Relatório Anual -, destacamos nesta publicação o cuidado com a nossa Gente, nossa gestão ambiental ecoeficiente e o relacionamento com nossos públicos externos.

Todas as informações sociais e ambientais são gerenciais, foram verificadas internamente e referem-se somente às operações Brasil e Hila (Equador, Guatemala, Nicarágua, El Salvador, Peru, República Dominicana e Venezuela). As informações financeiras seguem os padrões de contabilidade brasileiros (BRGAAP), incluem todas as operações e baseiam-se em dados auditados por uma auditoria independente. Os demais indicadores não foram validados externamente.

Agradecemos o empenho dos profissionais da Companhia que participaram da elaboração do relatório, assim como às instituições que se relacionam conosco e nos ajudam a manter o foco na adoção de melhores práticas sustentáveis, entre elas:

que se relacionam conosco e nos ajudam a manter o foco na adoção de melhores práticas
que se relacionam conosco e nos ajudam a manter o foco na adoção de melhores práticas
que se relacionam conosco e nos ajudam a manter o foco na adoção de melhores práticas
que se relacionam conosco e nos ajudam a manter o foco na adoção de melhores práticas
que se relacionam conosco e nos ajudam a manter o foco na adoção de melhores práticas
que se relacionam conosco e nos ajudam a manter o foco na adoção de melhores práticas
que se relacionam conosco e nos ajudam a manter o foco na adoção de melhores práticas

SOBRE O RELATÓRIO |

7

Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas Não- alcoólicas (Abir)

Associação para a Defesa do Meio Ambiente (Adan) - Venezuela

Associação de Produtores de Cerveja da República Dominicana (Adoface)

Associação da Indústria de Refrigerantes do Peru (Asbega)

Câmara de Indústria da Guatemala

Câmara de Indústrias de Guayaquil - Equador

Câmara Binacional de Comércio e Integração Peru-Brasil (Capebras)

Câmara de Produtores de Cerveja da Venezuela (Caveface)

Câmara de Comércio e Indústria Venezuela-Brasil (Cavenbra)

Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) - Brasil

Compromisso Empresarial para a Reciclagem (Cempre) - Brasil

Cerveceros Latinoamericanos

Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa) - Brasil

Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária (Conar) - Brasil

Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável (FBDS)

Cooperação Técnica Alemã (GTZ) – Brasil

Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO)

Recicloteca - Brasil

Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv) - Brasil

Sociedade Nacional de Indústrias do Peru (SNI)

Para obter mais informações sobre a AmBev e este Relatório, visite o site (www.ambev.com.br) ou envie e-mail para responsabilidade@ambev.com.br

sobre a AmBev e este Relatório, visite o site ( www.ambev.com.br ) ou envie e-mail para
sobre a AmBev e este Relatório, visite o site ( www.ambev.com.br ) ou envie e-mail para
sobre a AmBev e este Relatório, visite o site ( www.ambev.com.br ) ou envie e-mail para
sobre a AmBev e este Relatório, visite o site ( www.ambev.com.br ) ou envie e-mail para
sobre a AmBev e este Relatório, visite o site ( www.ambev.com.br ) ou envie e-mail para
sobre a AmBev e este Relatório, visite o site ( www.ambev.com.br ) ou envie e-mail para

8 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Por dentro da AmBev

Construindo um mundo melhor

Q uarta maior cervejaria do mundo e maior da América Latina, a AmBev - Companhia de Bebidas

das Américas está presente em 14 países das Américas do Sul, Central e do Norte. Nessas operações, produzimos e comercializamos cervejas, refrigerantes e outras bebidas não-alcoólicas, envolvendo mais de 39 mil funcionários, empenhados em concretizar o sonho de que a empresa seja a melhor companhia de bebidas do mundo em um mundo melhor.

Empresa de capital aberto, somos a maior Companhia privada de bens de consumo do Brasil e fazemos parte da maior cervejaria do mundo, a Anheuser-Busch InBev, resultado da aliança global feita entre a InBev e a Anheuser-Busch, em 2008.

Nosso modelo de gestão é baseado no tripé da sustentabilidade - econômica, social e ambiental. Isso significa que, além de gerar lucro para os acionistas, temos o compromisso de criar valores para toda a sociedade. Essa é nossa forma de enxergar um mundo melhor para esta e para as próximas gerações.

Além de gerar lucro para os acionistas, temos o compromisso de criar valores para toda a sociedade

Temos o melhor portfólio de bebidas do Brasil, com três marcas de cerveja - Skol, Brahma e Antarctica - entre as 25 mais consumidas do mundo. Skol ocupa a quarta posição e Brahma a sétima. Também somos líderes no ranking das cervejarias da América Latina: na Argentina, com Quilmes Cristal; na Bolívia, com Paceña; no Paraguai, com Brahma; e no Uruguai, com Pilsen. Entre os refrigerantes, destacam-se o Guaraná Antarctica, Pepsi-Cola e H2OH!, além do isotônico Gatorade e dos chás Lipton.

Com sedes administrativas em São Paulo (Brasil), Buenos Aires (Argentina) e Toronto (Canadá), estamos organizados em cinco divisões: Cerveja Brasil, a maior operação; RefrigeNanc, que reúne refrigerantes e não-alcoólicos do Brasil; Quinsa, que compreende Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai; Hila, formada pelas operações no Equador, Guatemala, Nicarágua, El Salvador, Peru, República Dominicana e Venezuela; e Canadá.

Os consumidores são a razão do nosso negócio. Para construir um relacionamento duradouro com eles e oferecer os melhores produtos, serviços e marcas, procuramos conhecer profundamente seus anseios e valores.

Para garantir nossos objetivos contamos com um time formado pelas melhores pessoas do mercado que pensam grande e nunca estão completamente satisfeitas com os próprios resultados, a Gente AmBev. Incentivamos nossas equipes a pensarem e agirem como donos do negócio e oferecemos oportunidades de crescimento profissional e pessoal como reconhecimento ao empenho, à garra e ao espírito empreendedor.

oportunidades de crescimento profissional e pessoal como reconhecimento ao empenho, à garra e ao espírito empreendedor.
oportunidades de crescimento profissional e pessoal como reconhecimento ao empenho, à garra e ao espírito empreendedor.
oportunidades de crescimento profissional e pessoal como reconhecimento ao empenho, à garra e ao espírito empreendedor.
oportunidades de crescimento profissional e pessoal como reconhecimento ao empenho, à garra e ao espírito empreendedor.

FÁBRICA DA AMBEV EM JAGUARIÚNA (SP), BRASIL

FÁBRICA DA AMBEV EM JAGUARIÚNA (SP), BRASIL NOME DO CAPÍTULO | 9 Nossa estrutura 64 fábricas

NOME DO CAPÍTULO |

9

Nossa estrutura 64 fábricas de bebidas 5 Maltarias 9 outras fábricas (vidro, rótulo, concentrado e
Nossa estrutura
64 fábricas de bebidas
5 Maltarias
9 outras fábricas (vidro, rótulo,
concentrado e rolha)
Além de Centros de Distribuição Direta
e Centros de Excelência

Acreditamos que pessoas motivadas, treinadas e alinhadas a nossa Cultura de meritocracia são capazes de ir sempre além e entregar os melhores resultados. Dispomos de um reconhecido sistema de gestão que tem nos permitido crescer de forma consistente ao longo dos anos.

Em 2008, enfrentamos diversos desafios e apresentamos um crescimento de EBITDA de 4,6%, atingindo R$ 9 bilhões em 2008. O crescimento de volume consolidado foi de 3%, alcançando 146,9 milhões de hectolitros. O volume de cerveja cresceu 2,1% organicamente, enquanto o de refrigenanc apresentou expansão de 5,1% - considerando o resultado orgânico. A receita líquida de vendas aumentou 7,9%, somando R$ 20,9 bilhões no ano. Devolvemos aos acionistas R$ 3,5 bilhões, sendo R$ 2,9 bilhões em dividendos e R$ 630,3 milhões em recompra de ações.

Devolvemos aos acionistas R$ 3,5 bilhões, sendo R$ 2,9 bilhões em dividendos e R$ 630,3 milhões
Devolvemos aos acionistas R$ 3,5 bilhões, sendo R$ 2,9 bilhões em dividendos e R$ 630,3 milhões
Devolvemos aos acionistas R$ 3,5 bilhões, sendo R$ 2,9 bilhões em dividendos e R$ 630,3 milhões

10

| Relatório de Sustentabilidade 2008

NOSSOS CONSUMIDORES SÃO A CHAVE DO NOSSO SUCESSO

10 | Relatório de Sustentabilidade 2008 NOSSOS CONSUMIDORES SÃO A CHAVE DO NOSSO SUCESSO
10 | Relatório de Sustentabilidade 2008 NOSSOS CONSUMIDORES SÃO A CHAVE DO NOSSO SUCESSO
10 | Relatório de Sustentabilidade 2008 NOSSOS CONSUMIDORES SÃO A CHAVE DO NOSSO SUCESSO
10 | Relatório de Sustentabilidade 2008 NOSSOS CONSUMIDORES SÃO A CHAVE DO NOSSO SUCESSO

POR DENTRO DA AMBEV |

11

Nossos compromissos

As diretrizes que determinam o jeito AmBev de ser

Cultura AmBev é o modo da Gente AmBev fazer

as coisas. Ela nos diferencia e mostra quem somos.

É

a combinação dos nossos princípios, crenças

e

práticas. Orienta as nossas ações e o nosso

comportamento. Cada um de nós é responsável pela

manutenção e divulgação desta Cultura.

Missão

“Criar vínculos fortes e duradouros com os consumidores e clientes, fornecendo-lhes as melhores marcas, produtos e serviços.”

Nossa Missão é a nossa razão de ser, o nosso compromisso como empresa.

Visão

“Ser a melhor empresa de bebidas do mundo em um mundo melhor.”

Nossa Visão é a representação do nosso sonho. Ela nos mostra aonde queremos chegar.

Princípios

Definem quem queremos ser e como queremos agir. Eles nos mostram os caminhos que devemos seguir.

Temos 10 princípios que são a essência da nossa Cultura, que nos permitem ter consistência no jeito de fazer as coisas, respeitando as culturas locais e permitindo que trabalhemos com um único Sonho em todo o mundo.

Nossos 10 Princípios

Sonho

1. Nosso sonho nos motiva a trabalhar juntos com um

único objetivo: ser a melhor cervejaria do mundo em

um mundo melhor.

Ser a melhor é o que move a nossa Gente.

Seremos do tamanho do nosso Sonho.

Nosso Sonho é desafiador, factível e tem

consequências

para todos nós.

Atingiremos nosso Sonho de forma responsável.

Gente

2. Pessoas excelentes, com liberdade para crescer

em velocidades condizentes com seus talentos e recompensadas adequadamente, são os ativos mais valiosos da nossa Companhia.

Gente excelente é fundamental.

Gente excelente atrai mais gente excelente.

Líderes mantêm os caminhos livres.

Gente excelente gosta de meritocracia, informalidade

e sinceridade.

3. Nossos líderes devem selecionar pessoas com

potencial para serem melhores que eles. Avaliaremos

nossos líderes pela qualidade das suas equipes.

Contratamos e selecionamos pessoas com potencial para serem melhores que nós.

Líderes precisam ter tempo para garantir que seu time esteja engajado.

Proporcionamos experiências desafiadoras para ajudar

a desenvolver nossa Gente.

que seu time esteja engajado. • Proporcionamos experiências desafiadoras para ajudar a desenvolver nossa Gente.
que seu time esteja engajado. • Proporcionamos experiências desafiadoras para ajudar a desenvolver nossa Gente.

12 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Cultura

4. Nunca estamos completamente satisfeitos com os

nossos resultados. Foco e tolerância zero ajudam a garantir uma vantagem competitiva duradoura.

O que importa são os resultados sustentáveis.

Focamos no que realmente interessa, no que nos trará resultado.

Meios são importantes, mas sem resultados não significam nada.

Copiamos coisas que outras pessoas fazem bem.

Celebramos nossas vitórias, mas imediatamente buscamos novos desafios.

5. O consumidor é o Patrão. Nos relacionamos com os

consumidores por meio de experiências significativas das nossas marcas, unindo tradição e inovação, sempre de forma responsável.

Consumidores e marcas são o nosso foco.

Conhecer nosso consumidor é a chave para o sucesso.

Tradição é importante para o nosso compromisso com os consumidores.

Somos embaixadores dos nossos produtos.

6. Somos uma Companhia de donos. Donos assumem

resultados pessoalmente.

Somos Donos da Companhia e isso se reflete em nossas decisões.

Aceitamos responsabilidades e vivemos as consequências de nossas decisões.

Construímos nosso negócio todos os dias.

Donos assumem resultados e desafios pessoalmente.

7. Acreditamos que bom senso e simplicidade

orientam melhor que sofisticação e complexidade.

Senso comum e simplicidade conduzem a um melhor julgamento.

Nossas ações são o resultado do que falamos.

Tomamos decisões baseadas em fatos e dados.

Mantemos a transparência e clareza no que fazemos.

Somos disciplinados na forma como executamos e monitoramos nossos resultados.

8. Gerenciamos nossos custos rigorosamente para

liberar mais recursos para suportar nosso crescimento no mercado.

Controlamos nossos custos, sempre buscando oportunidades.

Empresas “enxutas” não apenas têm mais chance de sobreviver em tempos difíceis como prosperam mais do que as outras nos bons momentos.

Usamos o “dinheiro que não gera valor para a Companhia” para investir naquilo que gera valor e suporta nosso crescimento no mercado – coisas que os consumidores veem, tocam e bebem e aquilo pelo qual eles estão dispostos a pagar mais.

9. Liderança pelo exemplo pessoal é o melhor guia

para nossa Cultura. Fazemos o que falamos.

Exemplo pessoal, atitudes e comportamento são muito mais poderosos que as palavras.

Vivemos o nosso trabalho todo dia com paixão e com senso de urgência.

Liderança é a chave para apresentar resultados, junto com a sua equipe, fazendo as coisas da maneira correta.

Líderes vão aonde as “coisas acontecem”. Gerenciamos, sempre que possível, de onde devemos estar: no campo.

10. Não fazemos espertezas. Integridade, trabalho duro e consistência são a chave para construir nossa Companhia.

Adotar os mais elevados padrões de integridade na condução do nosso negócio sempre valerão a pena.

Não usamos “atalhos”, malandragens e espertezas na Companhia.

A segurança da nossa Gente, a qualidade dos nossos produtos e a singularidade da experiência do nosso consumidor nunca podem ser comprometidas.

a qualidade dos nossos produtos e a singularidade da experiência do nosso consumidor nunca podem ser
a qualidade dos nossos produtos e a singularidade da experiência do nosso consumidor nunca podem ser
a qualidade dos nossos produtos e a singularidade da experiência do nosso consumidor nunca podem ser
a qualidade dos nossos produtos e a singularidade da experiência do nosso consumidor nunca podem ser

CULTURA COM FOCO NA SIMPLICIDADE E NO BOM SENSO

NOME DO CAPÍTULO |

13

CULTURA COM FOCO NA SIMPLICIDADE E NO BOM SENSO NOME DO CAPÍTULO | 1 3
CULTURA COM FOCO NA SIMPLICIDADE E NO BOM SENSO NOME DO CAPÍTULO | 1 3
CULTURA COM FOCO NA SIMPLICIDADE E NO BOM SENSO NOME DO CAPÍTULO | 1 3

14 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Governança Corporativa

Boas práticas garantem transparência nas relações

Nossa política de relacionamento com investidores

e com o mercado em geral foi sempre pautada pela

transparência e nos destacamos pela adoção de níveis superiores de governança corporativa. Baseamos nossa conduta na ampla divulgação de informações sobre a Companhia. E praticamos os mais elevados padrões de atendimento às disposições legais e regulamentares aplicáveis às companhias abertas com valores mobiliários negociados no Brasil e no exterior.

Nossa estrutura de governança é integrada pelo

Conselho de Administração, pela Diretoria Executiva

e pelo Conselho Fiscal. O Conselho de Administração

recebe o suporte do Comitê de Operações e Finanças.

Conselho de Administração

O Conselho de Administração - integrado por nove

membros efetivos - determina o direcionamento geral estratégico da Companhia. Os conselheiros são responsáveis pela nomeação dos diretores executivos e por garantir que os valores, a ética e a cultura da AmBev sejam praticados e disseminados entre a Gente AmBev.

Todos os conselheiros são acionistas da Companhia e nenhum exerce cargo executivo, de forma a garantir maior independência e autonomia entre os principais órgãos de governança. Os membros são eleitos nas

assembleias gerais de acionistas para um mandato de três anos, sendo permitida a reeleição. Com o objetivo de aprimoramento constante, o Conselho avalia sua atuação

e

procedimentos internos continuamente.

Comitê de Operações e Finanças

O Conselho de Administração recebe o suporte do Comitê

de Operações e Finanças, com o objetivo de promover

e manter uma cultura ética, competitividade e alcance de objetivos de longo prazo. O Comitê de Operações

e Finanças tem por finalidade assistir o Conselho de Administração em relação às seguintes matérias:

apresentar ao Conselho de Administração propostas de planejamento de médio e longo prazo;

analisar, propor e monitorar os objetivos anuais de performance da Companhia, bem como os orçamentos necessários para atingir tais objetivos;

analisar e monitorar a posição da Companhia por meio de análises de seus resultados, desenvolvimento de mercado e permanente benchmarking interno e externo;

analisar, monitorar e propor a uniformização de boas práticas;

analisar e monitorar a performance das marcas da Companhia e estratégias de inovação;

analisar, monitorar e propor assuntos relacionados a Gente e Gestão, inclusive programas de recrutamento, remuneração variável e propagação da cultura da Companhia;

analisar, monitorar e propor ao Conselho sugestões sobre assuntos jurídicos, tributários e regulatórios relevantes;

analisar e monitorar o plano anual de investimento da Companhia;

analisar e monitorar oportunidades externas de crescimento;

analisar e monitorar a estrutura de capital e fluxo de caixa da Companhia; e

analisar e monitorar o gerenciamento de risco financeiro da Companhia, bem como o orçamento e política de tesouraria.

Diretoria Executiva

A Diretoria Executiva - integrada por 12 diretores,

com mandato de três anos e possibilidade de reeleição - é responsável por apresentar ao Conselho

de Administração propostas de planejamento de

O

bloco controlador é formado por duas entidades que,

juntas, detêm 90,6% do capital votante e 71,1% do capital total da Companhia: a InBev e a FAHZ. O acordo de acionistas, válido até 2019, confere à FAHZ direito de veto em questões relacionadas a dividendos, investimentos, aquisições e emissões de novas dívidas, entre outras.

de veto em questões relacionadas a dividendos, investimentos, aquisições e emissões de novas dívidas, entre outras.
de veto em questões relacionadas a dividendos, investimentos, aquisições e emissões de novas dívidas, entre outras.
de veto em questões relacionadas a dividendos, investimentos, aquisições e emissões de novas dívidas, entre outras.
de veto em questões relacionadas a dividendos, investimentos, aquisições e emissões de novas dívidas, entre outras.
de veto em questões relacionadas a dividendos, investimentos, aquisições e emissões de novas dívidas, entre outras.
de veto em questões relacionadas a dividendos, investimentos, aquisições e emissões de novas dívidas, entre outras.
de veto em questões relacionadas a dividendos, investimentos, aquisições e emissões de novas dívidas, entre outras.
POR DENTRO DA AMBEV | 15 2008 1. Victório Carlos De Marchi – Co-presidente do

POR DENTRO DA AMBEV |

15

2008

1. Victório Carlos De Marchi – Co-presidente do Conselho de Administração

2. Carlos Alves de Brito – Co-presidente do Conselho de Administração

3. Luiz Fernando Ziegler de Saint Edmond – Diretor Geral para América Latina

4. João Maurício Giffoni Castro Neves – Diretor Geral para Quinsa

5. Bernardo Paiva – Diretor Geral para o Canadá

6. Ricardo Tadeu Almeida Cabral de Soares – Diretor de Vendas

7. Carlos Eduardo Klutzenschell Lisboa – Diretor de Marketing

8. Graham David Staley – Diretor Financeiro e de Relações com Investidores

9. Milton Seligman – Diretor de Relações Corporativas

10. Michel Dimitros Doukeris – Diretor de Refrigerantes

11. Nicolás Ernesto Bamberg – Diretor Industrial

12. Pedro de Abreu Mariani – Diretor Jurídico

13. Olivier Lambrecht – Diretor de Gente & Gestão

14. Ricardo Manuel Frangatos Pires Moreira – Diretor Geral para Hila

(América Latina Hispânica)

15. Rodrigo Figueiredo – Diretor de Logística e Suprimentos

16. Renato Nahas – Diretor de TI e Serviços Compartilhados

médio e longo prazo e pela gestão dos negócios da Companhia. Os diretores são profissionais experientes, que conhecem os mercados em que atuamos e estão na AmBev, em média, há cerca de dez anos.

Conselho Fiscal

Os membros do Conselho Fiscal são eleitos pelos acionistas, em Assembleia Geral, realizada uma vez ao ano - para mandato de um ano, com reeleição permitida. Suas principais atribuições são fiscalizar os atos dos administradores, verificar o cumprimento

dos seus deveres legais e estatutários, além de analisar

e dar parecer sobre as demonstrações financeiras da Companhia. Sua isenção é garantida, uma vez que

é composto por membros independentes. Nenhum

membro integra o Conselho de Administração ou a Diretoria Executiva, sendo um deles representante dos acionistas minoritários. Em decorrência de termos ações negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque, a Companhia está sujeita, até a extensão permitida pela legislação brasileira, à lei norte-americana Sarbanes- Oxley e às exigências da Securities and Exchange Comission (SEC) e, por esta razão, o Conselho exerce, cumulativamente, a função de Comitê de Auditoria.

Código de Conduta

O Código de Conduta dos Negócios rege nossos

funcionários que se comprometem com ele por meio de assinatura de termo. Violações ao documento podem ser relatadas ao Comitê de Ética, que é formado pelo diretor-geral para a América Latina, pelos diretores Financeiro, de Gente & Gestão, Jurídico e de Relações Corporativas, e pelo gerente de Comunicação Interna.

Para denúncias, com anonimato garantido, podem utilizar o Canal de Ouvidoria que conta com e-mail, site

e um telefone 0800. A Ouvidoria passa as denúncias

para uma auditoria interna, independente, para investigação. Todas as denúncias encaminhadas são apuradas no máximo em oito semanas.

Manual de Divulgação

Vale assinalar que o Conselho de Administração consolidou as melhores práticas relativas à divulgação de informações ao público investidor em um manual, que orienta a conduta de administradores e colaboradores da Companhia e a negociação de valores mobiliários de emissão da AmBev.

a conduta de administradores e colaboradores da Companhia e a negociação de valores mobiliários de emissão
a conduta de administradores e colaboradores da Companhia e a negociação de valores mobiliários de emissão
a conduta de administradores e colaboradores da Companhia e a negociação de valores mobiliários de emissão
a conduta de administradores e colaboradores da Companhia e a negociação de valores mobiliários de emissão

16 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Estratégia de Sustentabilidade

Foco na geração de benefícios para toda a sociedade

Nossa preocupação com a sustentabilidade pauta nossas estratégias de negócios e se reflete em nossa visão: nos tornarmos a melhor empresa de bebidas do mundo em um mundo melhor. Para nós, um mundo melhor está baseado em três pilares: gerar valores econômicos para todos os nossos acionistas diretamente e para a sociedade, por meio do pagamento rigoroso de todos os impostos; gerar valores sociais, por meio da capacitação da nossa Gente e da promoção do Consumo Responsável de nossos produtos; e gerar valor ambiental, por meio da melhoria do nosso desempenho em relação ao meio ambiente, tanto nas atividades industriais como nas comerciais. Esses pilares estão ligados às nossas principais estratégias de negócios.

Desde 2001 contamos com uma área dedicada aos assuntos de responsabilidade socioambiental, que responde à Diretoria de Relações Corporativas. Também, como parte do nosso Código de Conduta e de nossa Cultura, todos os funcionários da empresa são incentivados a promover ações sociais em seus trabalhos. Tudo para que essa consciência sobre nossa responsabilidade socioambiental esteja incorporada em nossa rotina.

Em 2008, investimos R$ 206 milhões na área socioambiental – Meio Ambiente, Gente e Gestão e Consumo Responsável

A importância que dedicamos à atuação

responsável reflete-se inclusive em nossos programas de treinamento. O Eixo Orientação

para o Mercado é um dos pilares da Universidade AmBev, nossa universidade corporativa, e dedica-se a orientar nossa Gente a manter um relacionamento sustentável com a sociedade.

Todos esses valores fazem parte do nosso

cotidiano, do trabalho diário de nossa Gente

e estão ligados às principais estratégias do

nosso negócio. Nossa grande diferença é a integridade de nossa conduta empresarial, a abordagem sustentável adotada na utilização dos principais recursos e os caminhos que utilizamos para promover nossa empresa de forma responsável.

na utilização dos principais recursos e os caminhos que utilizamos para promover nossa empresa de forma
na utilização dos principais recursos e os caminhos que utilizamos para promover nossa empresa de forma
na utilização dos principais recursos e os caminhos que utilizamos para promover nossa empresa de forma
na utilização dos principais recursos e os caminhos que utilizamos para promover nossa empresa de forma

FRUTO DO GUARANÁ NA PLANTAÇÃO DA FAZENDA SANTA HELENA, MAUÉS (AM)

NOME DO CAPÍTULO |

17

FRUTO DO GUARANÁ NA PLANTAÇÃO DA FAZENDA SANTA HELENA, MAUÉS (AM) NOME DO CAPÍTULO | 1
FRUTO DO GUARANÁ NA PLANTAÇÃO DA FAZENDA SANTA HELENA, MAUÉS (AM) NOME DO CAPÍTULO | 1
FRUTO DO GUARANÁ NA PLANTAÇÃO DA FAZENDA SANTA HELENA, MAUÉS (AM) NOME DO CAPÍTULO | 1

18 | Relatório de Sustentabilidade 2008

18 | Relatório de Sustentabilidade 2008 CONTAMOS COM DIVERSAS FERRAMENTAS, PROCESSOS E CANAIS DE COMUNICAÇÃO

CONTAMOS COM DIVERSAS FERRAMENTAS, PROCESSOS E CANAIS DE COMUNICAÇÃO

Mapeamento de stakeholders

Foco no longo prazo é base para relacionamento com os públicos de interesse

Temos a preocupação de gerar valores para todos aqueles com quem nos relacionamos e, assim, inspirá-los a replicar nossos esforços a fim de alcançarmos nosso sonho. Para que nosso relacionamento com esses públicos seja forte, duradouro e transparente, contamos com diversas ferramentas, processos e canais de comunicação.

Mapeamos nossos stakeholders, com base em análise sobre os relacionamentos de longo prazo que mantemos com os públicos que fazem parte da nossa cadeia produtiva:

Funcionários — A Gente AmBev é o nosso maior ativo de credibilidade e confiança para o mercado. Por isso, atraímos e retemos as melhores pessoas, desenvolvemos seus talentos e as remuneramos adequadamente. Oferecemos benefícios e oportunidades de crescimento como reconhecimento do alcance de bons resultados. A AmBev conta com uma política de portas abertas, com um ambiente informal que facilita o diálogo e a troca de experiências. Possui uma área específica de comunicação interna, focada em garantir uma relação transparente e o permanente diálogo com nossos funcionários.

de comunicação interna, focada em garantir uma relação transparente e o permanente diálogo com nossos funcionários.
de comunicação interna, focada em garantir uma relação transparente e o permanente diálogo com nossos funcionários.
de comunicação interna, focada em garantir uma relação transparente e o permanente diálogo com nossos funcionários.
de comunicação interna, focada em garantir uma relação transparente e o permanente diálogo com nossos funcionários.
de comunicação interna, focada em garantir uma relação transparente e o permanente diálogo com nossos funcionários.
de comunicação interna, focada em garantir uma relação transparente e o permanente diálogo com nossos funcionários.
de comunicação interna, focada em garantir uma relação transparente e o permanente diálogo com nossos funcionários.

Clientes — Os times de vendas da empresa são treinados para manter com nossos pontos-de- venda um relacionamento de parceria que rompa as fronteiras comerciais. Incentivamos a troca de informações e de melhores práticas, possibilitando que nossos clientes ampliem o conhecimento sobre o nosso mercado e desenvolvam melhor seus negócios. Uma das ferramentas que disponibilizamos é o canal de atendimento SAV - Serviço de Atendimento ao Vendedor -, um telefone 0800 exclusivo para esse público. Pelo SAV é possível buscar informações, dar sugestões, fazer reclamações, além de ser mais um canal de vendas e de cadastro de novos PDVs.

Consumidores — O consumidor é a razão de ser do nosso negócio, por isso trabalhamos continuamente para conhecer seus anseios e valores e construir um relacionamento forte e duradouro. Oferecemos um grande portfólio de produtos de qualidade, inovamos sempre e difundimos o conceito de consumo responsável de bebida alcoólica, por meio de diversas ações. Nossos consumidores podem registrar reclamações, sugestões e solicitar informações pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor - SAC.

Fornecedores — Buscamos estreitar o diálogo com nossos fornecedores e para isso realizamos atividades de capacitação, encontros e reuniões anuais, além de uma convenção anual específica para os transportadores. Incentivamos que tenham práticas de gestão que respeitem a dignidade humana, a ética e a preservação ambiental. Mantemos um website dedicado ao relacionamento com este público.

Revendedores — Investimos na preparação dos revendedores para atuarem com mesmo grau de excelência da Companhia. Promovemos a capacitação dos seus gestores e operadores por meio de seminários, programas de excelência e produtividade, como também mantemos um guia operacional para alinhar processos. Realizamos ainda uma convenção anual com objetivo de reconhecer e compartilhar as melhores práticas desenvolvidas.

Sociedade — Contribuímos para o fortalecimento da economia dos países onde estamos presentes, gerando empregos, pagando impostos em dia, e ajudando no

POR DENTRO DA AMBEV |

19

Buscamos relacionamentos fortes, duradouros e transparentes

crescimento das comunidades. Apoiamos Organizações Não-Governamentais (ONGs), entidades de classe

e projetos de desenvolvimento em comunidades.

Temos uma atuação constante em questões de responsabilidade social, como o consumo responsável de bebidas alcoólicas e a reciclagem de nossas embalagens. Além da publicação anual deste relatório, outras informações sobre a AmBev estão disponíveis e atualizadas em nosso website: www.ambev.com.br

Acionistas — O relacionamento da AmBev com seus acionistas é pautado pela comunicação transparente, com análises detalhadas, relatórios e teleconferências trimestrais; alinhamento de objetivos, assegurado pela remuneração variável a todos os empregados, vinculada ao alcance de metas, e participação dos principais executivos em programa de aquisição de ações; além do acordo de acionistas. Temos uma área exclusivamente dedicada às relações com investidores que pode ser contatada por meio do nosso website: www.ambev.com.br.

Imprensa — Temos um relacionamento pautado pela transparência e respeito pelos órgãos de imprensa, que nos garante a projeção na mídia de uma

imagem coerente com nossos valores. Para garantir o atendimento das demandas de imprensa, contamos com uma área de Comunicação Externa, que gerencia

e coordena o trabalho das assessorias de imprensa que

prestam serviço à Cia. Seus contatos estão disponíveis no website da Companhia.

Governo — Respeitamos a legislação vigente de cada país em que temos operações. Possuímos uma área especializada para acompanhar iniciativas governamentais que dizem respeito ao nosso negócio e atendemos aos convites de participação em audiências públicas para contribuir na criação de políticas externas.

20 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Reconhecimento externo

Destaques de nossa atuação responsável são reconhecidos externamente

nossa atuação responsável são reconhecidos externamente Prêmio DCI - As Empresas Mais Admiradas do Brasil 1º

Prêmio DCI - As Empresas Mais Admiradas do Brasil

1º lugar na categoria de bebidas pela quinta vez consecutiva, no prêmio promovido pelo jornal DCI

- Diário Comércio Indústria & Serviços. Foram ouvidos

empresários, executivos e economistas que apontaram as empresas que mais admiram.

Em 2008 a AmBev foi reconhecida e premiada externamente em diversas áreas nas quais atua:

e premiada externamente em diversas áreas nas quais atua: Guia Você/SA Exame 2008 – As Melhores

Guia Você/SA Exame 2008 – As Melhores Empresas para Você Trabalhar Listada entre as 150, 1ª colocada na categoria Alimentos, Bebidas e Fumo e única empresa a ser reconhecida como a melhor em duas das sete categorias do prêmio: Destaque em LIDERANÇA e Destaque em DESENVOLVIMENTO. Além disso, a revista apontou aspectos positivos da Companhia como o Programa Vida Legal, o Ciclo de Gente e a Universidade AmBev. O ranking, divulgado e realizado pela revista Exame, destaca as 150 melhores empresas do país para se trabalhar.

Valor Carreira – As Melhores na Gestão de Pessoas 3º lugar, entre as empresas acima de 10 mil funcionários, no ranking publicado na Pesquisa 3º lugar, entre as empresas acima de 10 mil funcionários, no ranking publicado na Pesquisa

Hewitt/Valor, na Revista Valor Carreira, distribuída

a todos os assinantes do jornal Valor Econômico. A

iniciativa reconhece as melhores empresas na gestão de pessoas, que se distinguem de outras organizações por implementarem e executarem práticas que sustentam suas estratégias de negócios e desenvolvem forte engajamento das equipes.

de negócios e desenvolvem forte engajamento das equipes. 6º Programa Benchmarking Ambiental 23º lugar com o

6º Programa Benchmarking Ambiental 23º lugar com o case Reciclagem Solidária, entre as 30 premiadas no programa, realizado

pela Mais Projetos, empresa especializada em gestão

e capacitação socioambiental, que premia cases de

excelência socioambiental. A Mais Projetos desenvolveu uma metodologia exclusiva para identificar e compartilhar as melhores práticas e os melhores modelos da gestão socioambiental e assim, promover a melhoria contínua nas instituições brasileiras.

a melhoria contínua nas instituições brasileiras. Prêmio Época de Mudanças Climáticas Figuramos entre as

Prêmio Época de Mudanças Climáticas Figuramos entre as 20 primeiras colocadas na primeira edição do prêmio, realizado pela Revista Época entre as maiores empresas do Brasil, destacando como elas enxergam as mudanças climáticas.

4º Prêmio Fiesp de Conservação e Reúso da Água 2º lugar no prêmio concedido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, para 2º lugar no prêmio concedido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, para reconhecer empresas que utilizam boas práticas na promoção do uso eficiente de água, com medidas efetivas na redução do consumo e do desperdício de água.

Revista Época/ GPTW - As Melhores Empresas para Trabalhar Conseguimos o 47º lugar no ranking realizado em parceria com instituições como o Fórum de Conseguimos o 47º lugar no ranking realizado em parceria com instituições como o Fórum de Inovação da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), FNQ - Fundação Nacional da Qualidade e Great Place to Work. O ranking selecionou as empresas de maior destaque em gestão de pessoas em 2008.

As Empresas Mais Admiradas – Revista Carta Capital 1º lugar na categoria Bebidas Alcoólicas em ranking divulgado após pesquisa com os principais executivos 1º lugar na categoria Bebidas Alcoólicas em ranking divulgado após pesquisa com os principais executivos das companhias do segmento.

categoria Bebidas Alcoólicas em ranking divulgado após pesquisa com os principais executivos das companhias do segmento.
categoria Bebidas Alcoólicas em ranking divulgado após pesquisa com os principais executivos das companhias do segmento.
categoria Bebidas Alcoólicas em ranking divulgado após pesquisa com os principais executivos das companhias do segmento.
categoria Bebidas Alcoólicas em ranking divulgado após pesquisa com os principais executivos das companhias do segmento.
categoria Bebidas Alcoólicas em ranking divulgado após pesquisa com os principais executivos das companhias do segmento.
categoria Bebidas Alcoólicas em ranking divulgado após pesquisa com os principais executivos das companhias do segmento.
categoria Bebidas Alcoólicas em ranking divulgado após pesquisa com os principais executivos das companhias do segmento.

POR DENTRO DA AMBEV |

21

POR DENTRO DA AMBEV | 21 1ª COLOCADA NA CATEGORIA ALIMENTOS, BEBIDAS E FUMO NO PRÊMIO

1ª COLOCADA NA CATEGORIA ALIMENTOS, BEBIDAS E FUMO NO PRÊMIO GUIA VOCÊ S/A EXAME 2008 – AS MELHORES EMPRESAS PARA VOCÊ TRABALHAR

S/A EXAME 2008 – AS MELHORES EMPRESAS PARA VOCÊ TRABALHAR Prêmio Ação pela Água 2008 1º

Prêmio Ação pela Água 2008 1º lugar na categoria Reúso da Água, pelos projetos de Uso Sustentável da Água na unidade de Jaguariúna. Esta foi a 5ª edição do prêmio, organizado pelo Comitê de Bacias dos Rios Capivari, Piracicaba e Jundiaí, o primeiro instalado no Brasil. (Leia mais na página 41).

5ª edição do Selo Ambiental/ Municipalidade de Guarulhos Recebemos o Selo Ambiental na Categoria Empresa Amiga do Meio Ambiente, da Municipalidade de Guarulhos, na 5ª edição do Selo Ambiental, com os projetos: Área de Soltura e Monitoramento de Animais Silvestres (ASM AmBev) - modelo de gestão compartilhada entre a empresa e o Zoológico de Guarulhos - e Educação Ambiental para Área de Soltura e Monitoramento de Animais Silvestres na Empresa AmBev (ASM AmBev).

O

selo valoriza o trabalho dos que defendem e preservam

o

meio ambiente, e conscientizam os demais sobre

os cuidados a serem tomados para a preservação da biodiversidade ainda existente na cidade de Guarulhos.

da biodiversidade ainda existente na cidade de Guarulhos. Prêmio do Ministério de Vivienda, Construción e

Prêmio do Ministério de Vivienda, Construción e Saneamento/ Peru Fomos reconhecidos por nossas boas práticas no uso da água e no tratamento de resíduos, na Unidade de Huachipa, no Peru. (Saiba mais na pag 41).

Premio Regional a La Producción Más Limpia 1º lugar na categoria sistema de gestão ambiental, conferido à fábrica Hato Nuevo, da República Dominicana, pela Comisión Centroamericana de Ambiente y Desarrollo. Recebemos ainda menção especial na categoria Materiais.

pela Comisión Centroamericana de Ambiente y Desarrollo. Recebemos ainda menção especial na categoria Materiais.
pela Comisión Centroamericana de Ambiente y Desarrollo. Recebemos ainda menção especial na categoria Materiais.

22 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Nossa Gente

Equipes motivadas e preparadas são nosso maior ativo

R ica em talento e criatividade, a Gente AmBev é o maior ativo de credibilidade e confiança que

temos no mercado. Por isso, contratamos, treinamos

e desenvolvemos profissionais excelentes e contamos

sempre com equipes formadas pelas melhores pessoas, altamente qualificadas, motivadas e comprometidas. Em 2008, pudemos comemorar o aumento de 6% em nosso índice de engagement, atingindo a excelente marca de 77% entre os 39,3 mil funcionários, sendo 33.661 do Brasil e da Hila. E, em mais um ano, tivemos a prova de que nossa gente faz a diferença, ao promovermos 40% dos nossos funcionários.

Contratamos, treinamos e desenvolvemos profissionais excelentes

Nossas equipes são formadas majoritariamente por jovens – 48,81% têm entre 26 e 35 anos. Temos 73,5% do total de funcionários com Ensino Médio completo e 17% com Ensino Superior completo.

Empresa integrada

Ambiente informal facilita convívio e troca de informações

Nosso ambiente de trabalho é informal para promover o

convívio amigável e a cooperação entre os funcionários. Todos - independentemente do cargo - compartilham

o mesmo espaço, sem divisórias (apenas salas para

reuniões), e os gestores estão sempre prontos a receber qualquer funcionário. Além disso, a adoção do sistema de desdobramento em cascata das metas de cada equipe incentiva a integração de todos para o alcance das metas globais da Companhia.

Comunicação e Ouvidoria

Coerente com essa política de portas abertas, a comunicação dentro da empresa também tem caráter informal. Muitas informações são repassadas diretamente aos funcionários, independentemente do nível hierárquico.

Também contamos com uma agenda formal de reuniões

e encontros que inclui uma Convenção Anual, com toda

a liderança, além de reuniões do Sistema de Desempenho

Gerencial (SDG) por área, por diretoria e por unidade. Tais encontros são oportunidades regulares para que os gestores e a alta liderança dediquem tempo para a comunicação direta com os funcionários. Os funcionários ainda são ouvidos durante reuniões periódicas com seu gestor e um representante da área de Gente & Gestão, para identificar problemas e propor soluções.

Diversos canais de comunicação são utilizados para divulgação de informações para toda gente AmBev. De acordo com o tipo de mensagem e o público a

são utilizados para divulgação de informações para toda gente AmBev. De acordo com o tipo de
são utilizados para divulgação de informações para toda gente AmBev. De acordo com o tipo de
são utilizados para divulgação de informações para toda gente AmBev. De acordo com o tipo de
são utilizados para divulgação de informações para toda gente AmBev. De acordo com o tipo de

PRAÇA DO SOL: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA QUE FAVORECE A INFORMALIDADE NOS RELACIONAMENTOS

QUE FAVORECE A INFORMALIDADE NOS RELACIONAMENTOS NOME DO CAPÍTULO | 2 3 Número de funcionários em

NOME DO CAPÍTULO |

23

Número de funcionários em dezembro de 2008 - Brasil e Hila, considerando apenas QLP próprio
Número de funcionários em dezembro de
2008 - Brasil e Hila, considerando apenas QLP
próprio e ativo:
Brasil
24.121
Hila
4.364
Total Lan
28.485

quem se destina, a Companhia recorre ao meio mais adequado entre canais disponíveis: revista aGente AmBev, TV AmBev, intranet, jornal mural, guias de informações, e-mails, newsletters e mensagens para os palm top dos vendedores.

Para os funcionários poderem expressar suas opiniões, dar sugestões e fazer reclamações, além do contato direto com os gestores, a Companhia

coloca à disposição mecanismos que permitem a livre participação, como as caixas de sugestão encontradas em todas as unidades. A Ouvidoria é outro canal que

a nossa Gente tem à disposição para opinar e usar

também em casos de denúncias e está diretamente ligada à estrutura de Governança Corporativa da empresa. As informações passadas para a Ouvidoria são apuradas por meio de checagem e auditorias para que as providências sejam tomadas.

A Companhia também assegura plena liberdade para

que a Gente AmBev se filie a associações de classe, contudo apenas 7% dos funcionários da empresa são sindicalizados. As negociações salariais com as entidades são feitas anualmente e os acordos coletivos são negociados separadamente, por unidade, com prazo de um ou dois anos.

são feitas anualmente e os acordos coletivos são negociados separadamente, por unidade, com prazo de um
são feitas anualmente e os acordos coletivos são negociados separadamente, por unidade, com prazo de um

24 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Diversidade – 2008

FAIXA ETÁRIA

 

GRAU DE INSTRUÇÃO

 

Até 25 anos

27,23%

Fundamental completo/Incompleto

 

2,45%

26

a 35

48,81%

Médio completo/Incompleto

 

62,41%

36

a 45

18,07%

Superior completo/Incompleto

 

33,37%

46

a55

5,19%

Mestrado/ pós-graduação

 

1,77%

Mais de 55

0,70%

 

TOTAL DE TRABALHADORES POR TIPO DE CONTRATO E REGIÃO

 

GÊNERO

 

Próprios

24.280

Homens

90,03%

Terceiros

6.120

Mulheres

9,97%

Brasil

Aprendizes

447

 

Estagiários

321

Total

31.168

COR

 

Próprios

2.036

 

Branca

60,34%

Terceiros

423

Negra (preta e parda)

38,60%

Hila

Aprendizes

26

Indígena

0,21%

Estagiários

8

Amarela

0,85%

Total

2.493

 

Total

33.661

TEMPO DE EMPRESA

 

Até 01 ano

35,52%

TAXA DE ROTATIVIDADE

 
 

De 2 a 5 anos

32,90%

Total Mês

Total

Taxa

Taxa

 

De 6 a 10 anos

18,66%

12/08

Ano

Mês

Ano

De 11 a 20 anos

10,68%

 

Voluntário

129

2.080

0,50%

8,90%

Mais de 20 anos

2,24%

Brasil

Forçado

219

1.252

0,90%

5,40%

 

Total

348

3.332

1,40% 14,33%

 

Voluntário

4

102

0,20%

5,30%

 

DISTRIBUIÇÃO DOS CARGOS

 

Hila

Forçado

7

32

0,30%

1,72%

 

Diretoria

0,15%

 

Total

11

134

0,50%

6,90%

 

Gerência e Supervisão

12,94%

Cargos Administrativos e Técnicos

32,87%

Vendedores e Operação

54,03%

Gerência e Supervisão 12,94% Cargos Administrativos e Técnicos 32,87% Vendedores e Operação 54,03%
Gerência e Supervisão 12,94% Cargos Administrativos e Técnicos 32,87% Vendedores e Operação 54,03%
Gerência e Supervisão 12,94% Cargos Administrativos e Técnicos 32,87% Vendedores e Operação 54,03%
Gerência e Supervisão 12,94% Cargos Administrativos e Técnicos 32,87% Vendedores e Operação 54,03%
Gerência e Supervisão 12,94% Cargos Administrativos e Técnicos 32,87% Vendedores e Operação 54,03%
Gerência e Supervisão 12,94% Cargos Administrativos e Técnicos 32,87% Vendedores e Operação 54,03%
Gerência e Supervisão 12,94% Cargos Administrativos e Técnicos 32,87% Vendedores e Operação 54,03%

NOSSA GENTE |

25

Entrando para nosso time

Programas selecionam e promovem os melhores talentos

Nossa prioridade no momento de novas contratações é empregar pessoas das comunidades próximas a nossas unidades, principalmente nos cargos operacionais. O objetivo dessa política é promover um relacionamento forte e duradouro, assim como o desenvolvimento dos locais em que atuamos. Para preencher vagas em funções não operacionais, predominam as promoções internas.

Em busca dos melhores profissionais do mercado com dinamismo, iniciativa e espírito empreendedor, a AmBev conta com três programas para contratação externa:

Trainee, Talentos e Estagiários.

contratação externa: Trainee, Talentos e Estagiários. NOSSO PROGRAMA TRAINEE JÁ FORMOU MAIS DE 500 PROFISSIONAIS

NOSSO PROGRAMA TRAINEE JÁ FORMOU MAIS DE 500 PROFISSIONAIS

O Programa Trainee foi criado em 1990 e já formou

mais de 500 profissionais, 18 deles ocupando cargos de diretores em 2008. Com duração de dez meses,

o programa consta de duas etapas. Na primeira, o

participante tem a visão estratégica do negócio e passa por diversas áreas da empresa - fabril, comercial e corporativa, além de uma experiência internacional. Na segunda, faz treinamento específico na área em que tem interesse em trabalhar. Em 2008, o programa teve 31.441 inscrições, dos quais 19 foram selecionados para iniciarem sua formação em 2009.

O Programa Talentos encaminha candidatos com

alto potencial de desenvolvimento e sólida formação para áreas específicas, em funções adequadas ao seu perfil. Os profissionais são indicados para áreas como Vendas, Industrial/Supply, Gente & Gestão, Logística, Marketing, entre outras. No processo para 2009, entre os mais de 31 mil inscritos para o Programa Trainee, 277 foram indicados para o Programa Talentos e 51 foram aprovados.

Já o Programa de Estágio, desenvolvido desde 2003,

conta com seleções semestrais - em fevereiro/março e julho/agosto, nas unidades. As inscrições são feitas no site da Companhia por candidatos que estejam a um ano e meio de se formar. No processo para 2009, 6.424

PROGRAMA TALENTOS

Ano

Indicados

Total final de participantes

2009

277

51

2008

274

64

2007

351

61

PROGRAMA TRAINEE

Ano

Inscritos*

Total final de participantes

2009

37.865

19

2008

48.025

32

2007

25.997

28

*Inclui candidatos aos Programas Trainee e Estagiários

candidatos foram inscritos e mais de 300 selecionados para participar do Programa.No ano de 2008, 106 estagiários foram efetivados.

A Companhia mantém ainda o Programa Sucessores para

captação interna para cargos de gerentes que respondem

a uma gerência superior, no qual todos os funcionários podem se inscrever.

interna para cargos de gerentes que respondem a uma gerência superior, no qual todos os funcionários
interna para cargos de gerentes que respondem a uma gerência superior, no qual todos os funcionários
interna para cargos de gerentes que respondem a uma gerência superior, no qual todos os funcionários
interna para cargos de gerentes que respondem a uma gerência superior, no qual todos os funcionários

26 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Integração

O Programa Integração AmBev apresenta os novos

funcionários à empresa no mês em que é admitido. O novo contratado conhece a unidade em que vai trabalhar

e recebe todas as informações sobre políticas e programas,

cultura empresarial, benefícios, avaliação de desempenho, meio ambiente, qualidade e sobre o relacionamento da empresa com seus stakeholders. O programa conta com a participação dos líderes da Companhia.

Os funcionários que são transferidos para outras operações passam novamente pelo Programa de Integração AmBev, para conhecer o novo local, rever os conceitos da Companhia e integrar-se à nova função.

Remuneração e Benefícios

Política recompensa méritos e estimula superação de desafios

Mantemos a igualdade de salários de homens e mulheres nas mesmas funções, além de uma política de remuneração e benefícios alinhada à nossa cultura de meritocracia e superação de desafios. Isso inclui o pagamento de salários fixos, cujos valores são baseados em pesquisas anuais de mercado, e remuneração variável, de acordo com o desempenho da Companhia, das equipes e do funcionário.

Benefícios oferecidos a funcionários de tempo integral

Plano OdontológicoBenefícios oferecidos a funcionários de tempo integral Cesta de Natal com o Kit Resfriado Brinquedos de

Cesta de Natal com o Kit Resfriadoa funcionários de tempo integral Plano Odontológico Brinquedos de Natal Bolsa Auxílio Nível Superior Bolsa

Brinquedos de NatalPlano Odontológico Cesta de Natal com o Kit Resfriado Bolsa Auxílio Nível Superior Bolsa Auxílio

Bolsa Auxílio Nível SuperiorCesta de Natal com o Kit Resfriado Brinquedos de Natal Bolsa Auxílio Pós-Graduação Bolsa Auxílio Curso

Bolsa Auxílio Pós-GraduaçãoResfriado Brinquedos de Natal Bolsa Auxílio Nível Superior Bolsa Auxílio Curso Técnico Auxílio Creche Check-up

Bolsa Auxílio Curso TécnicoAuxílio Nível Superior Bolsa Auxílio Pós-Graduação Auxílio Creche Check-up Médico Plano Médico Auxílio

Auxílio CrecheAuxílio Pós-Graduação Bolsa Auxílio Curso Técnico Check-up Médico Plano Médico Auxílio Material Escolar

Check-up Médico Médico

Plano MédicoAuxílio Curso Técnico Auxílio Creche Check-up Médico Auxílio Material Escolar para funcionários e filhos de

Auxílio Material Escolar para funcionários e filhos de funcionáriosCurso Técnico Auxílio Creche Check-up Médico Plano Médico Convênio Medicamentos 14º Salário Seguro de Vida

Convênio MedicamentosMédico Plano Médico Auxílio Material Escolar para funcionários e filhos de funcionários 14º Salário Seguro de

14º SalárioPlano Médico Auxílio Material Escolar para funcionários e filhos de funcionários Convênio Medicamentos Seguro de Vida

Seguro de VidaPlano Médico Auxílio Material Escolar para funcionários e filhos de funcionários Convênio Medicamentos 14º Salário

Além das iniciativas de remuneração variável (bônus anual), pagamos 14° salário a todos os colaboradores

e mantemos o Programa de Ações e Stock Options

direcionado a níveis de alta gerência e diretoria, que podem aplicar o bônus recebido no ano em ações da Companhia, recebendo também stock options.

Os funcionários operacionais têm participação nos Lucros

Benefícios

e

Resultados por meio dos Programas de Excelência (PEF/

PEV). Todos os funcionários operacionais de 60% das

A

política de benefícios da AmBev inclui planos médico

unidades melhores colocadas são beneficiados. A partir

e

odontológico sob medida e extensivo aos dependentes,

do cargo de supervisores, nossos funcionários contam com programa de remuneração variável, em que o valor do bônus está vinculado ao alcance de metas individuais e coletivas de cada operação. O programa premia até 70% dos profissionais mais destacados, de nível médio ao de coordenação. Para os cargos de gerência e diretoria, 100% são premiados, desde que alcancem um percentual mínimo de resultados.

plano optativo de previdência privada, reembolso das despesas com a aquisição de material escolar para os funcionários e filhos de funcionários estudantes, cesta de Natal e brinquedos para os filhos dos funcionários, auxílio creche e reembolso de 70% do custo mensal de cursos de graduação e pós-graduação. Em 2008, os cursos técnicos também passaram a ser custeados pela empresa, com reembolso de 100%. Cerca de 200 funcionários utilizaram as bolsas técnicas no ano.

a ser custeados pela empresa, com reembolso de 100%. Cerca de 200 funcionários utilizaram as bolsas
a ser custeados pela empresa, com reembolso de 100%. Cerca de 200 funcionários utilizaram as bolsas
a ser custeados pela empresa, com reembolso de 100%. Cerca de 200 funcionários utilizaram as bolsas
a ser custeados pela empresa, com reembolso de 100%. Cerca de 200 funcionários utilizaram as bolsas
a ser custeados pela empresa, com reembolso de 100%. Cerca de 200 funcionários utilizaram as bolsas
a ser custeados pela empresa, com reembolso de 100%. Cerca de 200 funcionários utilizaram as bolsas
a ser custeados pela empresa, com reembolso de 100%. Cerca de 200 funcionários utilizaram as bolsas

A AmBev também desenvolve parcerias com outras

empresas para oferecer descontos em produtos e

serviços, que vão desde academias de ginástica, hotéis

e pousadas até a compra de eletrodomésticos com

facilidades especiais de pagamentos. Pela Intranet, os funcionários podem conhecer as empresas com as quais

a AmBev desenvolve parcerias para oferecer vantagens a todos os funcionários.

Uma vez por ano essas empresas parceiras são convidadas a oferecer seus produtos e serviços com descontos e facilidades em um evento chamado Feira de Benefícios. Nele, os funcionários também contam com serviços gratuitos como dentistas e médicos. As famílias dos funcionários também são envolvidas neste momento, para conhecer os benefícios e o local de trabalho do seu familiar.

Outro benefício é a opção de aderir ao plano de previdência privada oferecido pelo Instituto AmBev de Previdência Privada (IAPP). O funcionário pode escolher o percentual de contribuição, o perfil da aplicação e alterá-los anualmente de acordo com a sua conveniência.

Oportunidades de crescer

Ferramentas oferecem desenvolvimento pessoal e profissional

Possuímos um plano de gestão de carreira chamado Ciclo de Gente, que tem como objetivo avaliar, desenvolver e nortear o crescimento pessoal e

profissional da nossa Gente. Ele reúne ferramentas de avaliação de competências de 100% dos profissionais, acompanhamento de desempenho e feedback. Com avaliações dos resultados das metas do ano anterior

e da performance do funcionário, e avaliação 360º

para as lideranças, são identificadas lacunas para o desenvolvimento de cada um.

Anualmente são realizada reuniões de alinhamento de cada uma das áreas da Companhia, sempre acompanhadas e orientadas pela área de Gente

NOSSA GENTE |

27

& Gestão. São as chamadas Reuniões de Gente, onde lideranças e gestores se reúnem para discutir

perspectivas de carreira, planos de sucessão, treinamento

e desenvolvimento de suas equipes.

Depois das avaliações e do feedback, funcionário e gestor traçam um Plano de Desenvolvimento Individual, preparado para ser executado em um ano, com ações que incluem cursos, treinamentos, benchmarking, entre outras atividades. Para cumprir esse plano, o funcionário recebe suporte da Companhia e da Universidade AmBev.

Universidade AmBev

A Universidade AmBev (UA) elabora módulos capazes de

formar as pessoas que estão ingressando na Companhia, prepara as que serão promovidas, dá suporte aos processos da empresa e assegura a sustentabilidade do negócio. Suas atividades se estendem a todas as unidades e níveis organizacionais, por meio de cursos e treinamentos externos e in company.

Os cursos são presenciais ou por meio de ferramentas como e-learning (UA on-line) e televisão corporativa (TV AmBev), divididos em cinco eixos temáticos que atendem

a todas as funções e níveis hierárquicos. Os funcionários contam ainda com reembolso de até 70% do custo mensal de cursos de graduação e pós-graduação, e de 100%, para cursos técnicos.

Para preparar gerentes para posições de primeira linha, é aplicado o Programa de Capacitação Gerencial

preparar gerentes para posições de primeira linha, é aplicado o Programa de Capacitação Gerencial UNIVERSIDADE AMBEV

UNIVERSIDADE AMBEV

28 | Relatório de Sustentabilidade 2008

(PCG), que tem como diferencial a identificação dos sucessores nas Reuniões de Gente e a antecipação de seu treinamento. Desta forma, preparamos nossos futuros gestores antes mesmo da demanda existir. Cerca de 80 pessoas passaram pelo programa em 2008 e a maioria foi promovida para a gerência de primeira linha.

Em 2008 investimos mais de R$ 15 milhões na UA, tivemos mais de 25 mil participantes, em 70 programas e 229 cursos. Além disso, para o constante aperfeiçoamento da UA, desenvolvemos novos

programas dentro dos Eixos Temáticos - criados em 2007

e que geraram excelentes frutos em 2008.

No Eixo Excelência Operacional, por exemplo, desenvolvemos mais um programa de preparação de gerentes para posições de primeira linha, o PCG (Programa de Capacitação Gerencial). Criado em 2007, foi ampliado em 2008 para a maioria dos cargos.

Os Eixos Temáticos

Excelência Operacional - 46 programas, 21.753 pessoas

Cultura - 8 programas, 1.938 pessoas

Prática de Liderar - 6 programas, 1.345 pessoas

Sistema de Gestão - 4 programas, 417 pessoas

Orientação para o Mercado - 6 programas, todos os funcionários da Companhia no Brasil

Para aprender mais

Para treinamentos e divulgação de assuntos da Companhia, como lançamentos de campanhas e de produtos, contamos com a TV AmBev, transmitida via

satélite, que tem as funções de veículo de comunicação

e de transmissão de conhecimento. Em 2008, os

programas de treinamento exibidos para a área de

Destaques em 2008

R$ 15,7 milhões em investimentosDestaques em 2008 Mais de 25 mil pessoas programas, 229 cursos e mais de 70 65

Mais de 25 mil pessoasDestaques em 2008 R$ 15,7 milhões em investimentos programas, 229 cursos e mais de 70 65

programas, 229 cursos e mais de70

70

65

mil horas de treinamento

Módulos presenciais e on-line on-line

316 inscrições no Melhores Práticasprogramas, 229 cursos e mais de 70 65 mil horas de treinamento Módulos presenciais e on-line

5 eixos temáticose mais de 70 65 mil horas de treinamento Módulos presenciais e on-line 316 inscrições no

vendas contemplaram 8.600 funcionários. Um telejornal também é exibido semanalmente para todos os públicos, em todas as unidades.

Oferecemos ainda o MBA AmBev, em parceria com a Business School São Paulo (BSP), que tem como objetivo dar aos nossos executivos uma visão geral do negócio AmBev, competências de liderança, além de acesso às ferramentas de gerenciamento e às melhores práticas do mercado. Em 2008, o curso formou 36 profissionais e desde que foi criado em 1995 já passaram por lá mais de 280 pessoas.

Para o aprendizado de idiomas, oferecemos bolsas de estudos parciais em cursos presenciais e via e-learning. No ano de 2008 mais de 200 funcionários fizeram os cursos de inglês e espanhol.

cursos presenciais e via e-learning . No ano de 2008 mais de 200 funcionários fizeram os
cursos presenciais e via e-learning . No ano de 2008 mais de 200 funcionários fizeram os
cursos presenciais e via e-learning . No ano de 2008 mais de 200 funcionários fizeram os
cursos presenciais e via e-learning . No ano de 2008 mais de 200 funcionários fizeram os

INVESTIR EM FORMAÇÃO É GARANTIR A SUSTENTABILIDADE DO NEGÓCIO

NOME DO CAPÍTULO |

29

INVESTIR EM FORMAÇÃO É GARANTIR A SUSTENTABILIDADE DO NEGÓCIO NOME DO CAPÍTULO | 2 9
INVESTIR EM FORMAÇÃO É GARANTIR A SUSTENTABILIDADE DO NEGÓCIO NOME DO CAPÍTULO | 2 9
INVESTIR EM FORMAÇÃO É GARANTIR A SUSTENTABILIDADE DO NEGÓCIO NOME DO CAPÍTULO | 2 9

30 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Gente valorizada

Faz parte de nossa política valorizar o trabalho da nossa Gente. As equipes têm a garantia de que sua atuação eficiente será reconhecida. Os Programas Melhores Práticas, Programa de Excelência Fabril (PEF) e Programa de Excelência em Vendas (PEV), Feras, Campeonato Mundial, Reconhecer e Donos da AmBev demonstram isso.

Melhores Práticas é uma das mais importantes ações da Companhia, tanto que, em 2008, a AB InBev adotou

o programa como forma de reconhecimento global. A

iniciativa valoriza funcionários ou equipes que tenham criado ações inovadoras em suas áreas, resultando no aperfeiçoamento permanente das práticas da Companhia. O evento promove a troca de experiências

e premia as melhores soluções aplicadas, tanto no Brasil, quanto nos demais países da América Latina. Em 2008, 316 iniciativas foram inscritas e concorreram nas seis categorias existentes.

As fábricas são avaliadas em diversos quesitos por meio do Programa de Excelência Fabril (PEF). A premiação é determinante na remuneração variável do funcionário, que pode chegar a até cinco salários. É elaborado um

ranking entre todas as fábricas e a remuneração variável

é calculada de acordo com a colocação alcançada. O

mesmo vale para os Centros de Distribuição Direta, onde há o Programa de Excelência em Vendas (PEV).

As equipes de vendas também têm uma premiação especial: o reconhecimento Feras, que homenageia a cada semestre os vendedores de destaque em todo o País. Os melhores do ano são convidados a participar de um evento realizado na Administração Central junto aos diretores corporativos.

Já as fábricas contam com uma avaliação trimestral, o Campeonato Mundial, que reconhece as células que mais se destacaram dentro da operação.

as células que mais se destacaram dentro da operação. NOSSAS EQUIPES TÊM GARANTIA DE RECONHECIMENTO 25

NOSSAS EQUIPES TÊM GARANTIA DE RECONHECIMENTO

25 anos de casa recebem um kit especial (relógio, caneta

e chaveiro do programa) e como gratificação, um salário

a mais no mês em que completam o período. Em 2008,

30 funcionários receberam essa gratificação, sendo 25 do

Brasil e 5 da Hila.

Atitudes e realizações de nossa Gente também podem levar a uma indicação ao Donos da AmBev, programa que homenageia aqueles que realmente absorvem a cultura da empresa - no melhor espírito de donos. Os indicados são aqueles alinhados com nossas diretrizes, exemplos da prática dos nossos valores por equipes e pessoas, que desenvolvem melhores práticas e fazem esforços para alcançar suas metas. A indicação é feita por um colega ou gestor, passando pelos diretores regionais e diretor corporativo que validam a escolha. Aqueles que tiverem suas indicações aprovadas pelo diretor regional terão seus nomes e ações divulgados

no jornal mural de sua Unidade. E, as três indicações da América Latina são divulgadas no aGente AmBev no Ar

e na revista aGente AmBev e reconhecidas durante a Convenção Anual.

O programa Reconhecer homenageia em um evento

especial os funcionários que completam 15, 20 e 25 anos de trabalho na empresa. Os funcionários que comemoram

Além desses programas corporativos, existem iniciativas locais de premiações e reconhecimento.

que comemoram Além desses programas corporativos, existem iniciativas locais de premiações e reconhecimento.
que comemoram Além desses programas corporativos, existem iniciativas locais de premiações e reconhecimento.
que comemoram Além desses programas corporativos, existem iniciativas locais de premiações e reconhecimento.
que comemoram Além desses programas corporativos, existem iniciativas locais de premiações e reconhecimento.
que comemoram Além desses programas corporativos, existem iniciativas locais de premiações e reconhecimento.
que comemoram Além desses programas corporativos, existem iniciativas locais de premiações e reconhecimento.
que comemoram Além desses programas corporativos, existem iniciativas locais de premiações e reconhecimento.

NOSSA GENTE |

31

Foco em Qualidade de Vida

Cuidados com saúde e segurança de nossa Gente

A AmBev cuida de sua Gente, pois sabe que o indivíduo

só é pleno se vários aspectos de sua vida estiverem em equilíbrio - saúde, família, meio ambiente, trabalho, relações sociais, aprendizado, lazer, entre outros.

reuniões mensais da Comissão, é obrigatória a presença de gerentes das unidades e gerentes de áreas em que tenham sido registrados acidentes.

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) é informado sobre todos os acidentes - com ou sem afastamento - por meio de formulário de Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT). O documento é preenchido pela área de segurança do trabalho e pelo médico responsável pela unidade. Todas as ocorrências também são investigadas e acompanhadas internamente.

Em sintonia com essa convicção, oferecemos o Programa Vida Legal, com foco no bem-estar e na melhoria da qualidade de vida do funcionário, extensivo aos seus familiares. São ações que incentivam a promoção da saúde, a prevenção de doenças e também o acompanhamento adequado de doenças crônicas. Para isso, são realizadas campanhas, como de vacinação, de higiene bucal, diagnóstico preventivo, entre outras.

O Programa, patrocinado pela Fundação Antonio e

Helena Zerrenner (FAHZ), acionista pertencente ao bloco de controladores da Companhia, foi revisado em 2008 e ganhou novas ações preventivas de doenças que englobam também as famílias. Com a intenção de

ampliar seu alcance, o boletim Mais Vida Legal passou

a ser enviado diretamente à casa dos funcionários. Na

revisão, novos programas foram inseridos, como Saúde Bucal e Saúde Mulher.

Segurança

A manutenção da segurança de nossas equipes

fundamenta-se no Plano Diretor de Segurança, que compreende todas as normas e requisitos legais para monitorar e acompanhar mensalmente as ferramentas que visam reduzir ao mínimo o número de acidentes de trabalho. O Plano prevê que as Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPA), a área de Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) e os gerentes e supervisores estejam constantemente envolvidos com o tema.

Funcionários eleitos entre as próprias equipes constituem as Cipas, presentes em todas as unidades da empresa. Nas

Além disso, as unidades enviam informações sobre acidentes com afastamento do funcionário a uma equipe corporativa de especialistas no tema. Essa equipe analisa os fatos, propõe ações corretivas e divulga aos responsáveis em segurança de toda a Companhia, para evitar outros acidentes da mesma natureza.

Nas fábricas e Centros de Distribuição Direta (CDDs), há Diretrizes de Segurança e Saúde Ocupacional para regulamentar a permissão para trabalhos de risco, inspeções de rota, bloqueio de energia e exigências mínimas de segurança para prestadores de serviço, entre outros temas.

Nas áreas de Vendas e Distribuição, onde motos e automóveis são instrumentos de trabalho de nossos vendedores e supervisores, também é realizado o Programa Paz no Trânsito. Criado em 2003, teve papel fundamental para a redução de 70% no número de acidentes com afastamento na Companhia. O programa é composto por ferramentas identificadas em quatro pilares: infraestrutura, atitude do condutor, atitude de liderança, e gente e gestão.

Em todas as unidades fabris da América Latina, contamos ainda com o programa Safety First, criado para disseminar assuntos de segurança já predefinidos.

Todas as unidades realizam anualmente a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat). Nos CDDs, a Sipat passou a incluir, desde 2007, novos temas, como meio ambiente e orientações sobre consumo responsável.

CDDs, a Sipat passou a incluir, desde 2007, novos temas, como meio ambiente e orientações sobre
CDDs, a Sipat passou a incluir, desde 2007, novos temas, como meio ambiente e orientações sobre
CDDs, a Sipat passou a incluir, desde 2007, novos temas, como meio ambiente e orientações sobre
CDDs, a Sipat passou a incluir, desde 2007, novos temas, como meio ambiente e orientações sobre

32 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Treinamento

Nossa Gente é treinada em saúde e segurança,

tanto no que se refere às Diretrizes de Segurança como em relação aos demais programas. Desde

o momento em que entra na Companhia, o

funcionário, próprio ou terceiro, recebe orientações sobre esses temas no programa de integração e, em seguida, participa de treinamento durante a integração na função.

Nas fábricas, os profissionais participam de atividades semanais ministradas pelo gestor da área

e intituladas 5 Minutos de Segurança ou Diálogos

Diários de Segurança (DDS), que abordam temas importantes na prevenção de acidentes. Também são realizados treinamentos de segurança para a liderança e treinamentos de direção defensiva para os condutores de carros e motos da área de vendas.

Desde 2007, o Centro de Engenharia da AmBev coloca em prática o Projeto Zero ACA (Acidente com Afastamento), que realiza diagnósticos nas unidades fabris da América Latina e treina os

líderes na gestão de segurança. Esses líderes têm

a responsabilidade de replicar o treinamento para

suas equipes e garantir o alinhamento de toda a Companhia às normas de segurança.

Em 2008, com o aumento da complexidade das operações nas unidades fabris, tivemos aumento no número de acidentes com afastamento e na taxa de gravidade das operações. A liderança da Companhia está totalmente comprometida em retomar a curva de redução de número de acidentes registrada nos últimos anos. Por meio de um evento de treinamento e capacitação de 51 pessoas do time de segurança e de uma campanha de segurança realizados em 2008 com o objetivo de chegar ao ZERO ACA.

Acidentes de trabalho

TAXA DE GRAVIDADE

 

2006

2007

2008

Brasil

362

193

70

Hila

143

67

64

Total

314

168

134

DIAS PERDIDOS

 

2006

2007

2008

Brasil

16.140

9.242

4.117

Hila

1.759

785

310

Total

17.899

10.027

4.427

ACA FABRIL

 

2006

2007

2008

Brasil

13

54

74

Hila

61

9

9

Total

74

63

83

ACA TERCEIROS FABRIL

 

2006

2007

2008

Brasil

51

52

36

Hila

9

15

8

Total

60

67

44

ACA VENDAS

 

2006

2007

2008

Brasil

168

138

134

Hila

44

33

22

Total

212

171

156

ACA TERCEIROS VENDAS*

 

2006

2007

2008

Brasil

-

382

411

Hila

-

-

22

Total

-

382

433

* Os acidentes de trabalho envolvendo funcionários terceirizados da área de vendas começaram a ser monitorados de maneira sistemática em 2007

envolvendo funcionários terceirizados da área de vendas começaram a ser monitorados de maneira sistemática em 2007
envolvendo funcionários terceirizados da área de vendas começaram a ser monitorados de maneira sistemática em 2007
envolvendo funcionários terceirizados da área de vendas começaram a ser monitorados de maneira sistemática em 2007
envolvendo funcionários terceirizados da área de vendas começaram a ser monitorados de maneira sistemática em 2007
envolvendo funcionários terceirizados da área de vendas começaram a ser monitorados de maneira sistemática em 2007
envolvendo funcionários terceirizados da área de vendas começaram a ser monitorados de maneira sistemática em 2007
envolvendo funcionários terceirizados da área de vendas começaram a ser monitorados de maneira sistemática em 2007

NOSSA GENTE |

33

NOSSA GENTE | 33 COLABORADOR EM LINHA DE PRODUÇÃO DA SKOL ASA FABRIL ÓBITOS TERCEIROS FABRIL

COLABORADOR EM LINHA DE PRODUÇÃO DA SKOL

ASA FABRIL

ÓBITOS TERCEIROS FABRIL

 

2006

2007

2008

2006

2007

2008

Brasil

852

915

906

Brasil

1

Hila

156

105

129

Hila

1

Total

1.008

1.020

1.035

Total

1

1

ASA TERCEIROS FABRIL

ÓBITOS VENDAS

 

2006

2007

2008

2006

2007

2008

Brasil

392

365

410

Brasil

2

Hila

60

81

85

Hila

Total

452

446

495

Total

2

ASA VENDAS

ÓBITOS TERCEIROS VENDAS

 

2006

2007

2008

2006

2007

2008

Brasil

175

191

220

Brasil

-

2

1

Hila

40

27

14

Hila

-

-

Total

215

218

234

Total

-

2

1

ASA TERCEIROS VENDAS

Definições:

 

2006

2007

2008

Taxa de gravidade (taxa de lesões) – Índice mundialmente medido em que o resultado é a combinação de dias perdidos (tempo de afastamento), dias debitados (dias tabelados por lei conforme lesão permanente ou morte) e horas trabalhadas da Unidade. TG = (dias perdidos + dias debitados) x 1.000.000 Horas/homem trabalhadas.

Acidente com Afastamento (ACA) – Acidentes ocorridos durante a jornada de trabalho que impliquem afastamento maior do que um dia, resultando em incapacidade temporária, permanente ou morte do acidentado.

Brasil

-

52

44

Hila

-

-

13

Total

-

52

57

 

ÓBITOS FABRIL

 

2006

2007

2008

Brasil

Hila

Acidente sem Afastamento (ASA) – Acidentes ocorridos durante a jornada de trabalho que não tenham causado afastamento. Nesse caso o funcionário retorna ao trabalho no mesmo dia ou no dia seguinte.

Total

afastamento. Nesse caso o funcionário retorna ao trabalho no mesmo dia ou no dia seguinte. Total
afastamento. Nesse caso o funcionário retorna ao trabalho no mesmo dia ou no dia seguinte. Total

34 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Gestão ambiental

Busca de ecoeficiência em todas as atividades, produtos e serviços

Em 2008 reaproveitamos 98,2% de nossos subprodutos, gerarando receita adicional de R$ 72,6 milhões

N a AmBev, a sustentabilidade do negócio e do meio ambiente caminham lado a lado. Isso significa obter

resultados financeiros positivos, sendo o mais eficiente possível no uso de recursos naturais - especialmente a água -, em reciclagem de subprodutos e resíduos, e em compartilhar com a sociedade os desafios das alterações climáticas, reduzindo nossas emissões de gases de efeito estufa.

Em 2008, fizemos progressos significativos em relação

a nossos objetivos ambientais e na incorporação dos

processos sustentáveis dentro da empresa. Uma prova disso é que nos últimos seis anos reduzimos em 23%

o consumo relativo de água na fabricação de nossos

produtos e em 2008 reaproveitamos 98,2% de nossos subprodutos, que geraram receita adicional de R$ 72,6 milhões para a Companhia.

Há 17 anos, contamos com um Sistema de Gestão Ambiental (SGA), criado para sistematizar e padronizar as práticas de redução de impactos ambientais, além de documentar, treinar pessoal e fazer controle operacional, possibilitando a atuação preventiva em relação aos riscos ambientais. As diretrizes desse sistema são periodicamente atualizadas para manter o compromisso de melhoria contínua de nossa performance ambiental. Em 2008, o SGA já aplicado na AmBev foi adotado pela Anheuser-Busch InBev como base para o modelo de gestão que será implantado em toda a Companhia, em nível global, a partir de 2009.

Uma das ferramentas utilizadas no SGA, o Levantamento

de Aspectos e Avaliação de Impactos Associados (Laaia),

é aplicada para mapear os riscos potenciais e definir

medidas mitigadoras de ampliações e novas unidades.

A gestão ambiental nos nossos processos produtivos

também segue o Princípio da Precaução, consagrado pela

Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro em 1992 (Eco92), e considerado padrão de desenvolvimento sustentável. Por esse princípio, a ausência de certeza absoluta científica não deve ser utilizada como razão para postergar medidas eficazes e economicamente viáveis para prevenir a ameaça de danos sérios ou irreversíveis de degradação ambiental ou danos à saúde humana.

Fábrica Verde

Iniciamos em julho de 2008 a construção de nossa mais nova fábrica de bebidas em Sete Lagoas (MG), que desde a etapa de concepção do projeto incluiu conceitos de ecoeficiência.

Isso significa que a fábrica contempla o reaproveitamento de resíduos industriais, tratamento de 100% dos efluentes e reaproveitamento de água dos processos fabris.

Investimos cerca de R$ 350 milhões, sendo R$ 14 milhões voltados para a área de meio ambiente para adotarmos práticas que permitam ainda mais ações de preservação ambiental na unidade.

a área de meio ambiente para adotarmos práticas que permitam ainda mais ações de preservação ambiental
a área de meio ambiente para adotarmos práticas que permitam ainda mais ações de preservação ambiental
a área de meio ambiente para adotarmos práticas que permitam ainda mais ações de preservação ambiental
a área de meio ambiente para adotarmos práticas que permitam ainda mais ações de preservação ambiental

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES INDUSTRIAIS (ETEI)

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES INDUSTRIAIS (ETEI) NOME DO CAPÍTULO | 3 5 Números de destaque

NOME DO CAPÍTULO |

35

Números de destaque • 23% de redução do consumo de água para fabricação de seus
Números de destaque
• 23% de redução do consumo de água para fabricação de seus
produtos nos últimos seis anos.
• 4,11 litros é a média da utilização de água para cada litro
de bebida produzido em 2008.
• 80% da matriz de energia calorífica da AmBev é
proveniente de fontes renováveis de energia. Nos
últimos cinco anos, a utilização dessas fontes
aumentou em dez vezes.
• 27% de redução no índice de emissão de gases do
efeito estufa nos últimos cinco anos - o equivalente
ao plantio de 1,1 milhão de árvores.
• 98,2% de reaproveitamento de subprodutos
em 2008.

A nova fábrica, que começará a operar em meados de

2009, vai gerar mais de 600 empregos diretos, entre próprios e terceiros, além de mil vagas indiretas até 2010.

A planta atenderá a demanda da Companhia para o

abastecimento de Minas Gerais, nos próximos dez anos.

A unidade terá uma Estação de Tratamento de Efluentes com capacidade para tratar o esgoto de uma população de 200 mil habitantes.

A água será reaproveitada em diversas etapas do processo que não envolvam contato com produto, evitando-se utilização de água nobre captada para atividades de limpeza e jardinagem, por exemplo.

Os resíduos industriais serão reaproveitados e parte dos subprodutos, vendidos para que sejam reaproveitados de outra forma. Exemplos: bagaço de malte é usado como alimentação animal e papelão e papel são enviados para reciclagem. Para o fermento gerado no processo de fabricação de cerveja, será instalado um equipamento de secagem gerando produto seco, com maior valor agregado como fonte protéica para alimentação animal ou humana.

Há previsão de expansão do Programa Reciclagem Solidária para Minas Gerais.

36 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Uso consciente dos recursos

Redução dos impactos ambientais é compromisso no dia a dia

A preocupação com a utilização consciente dos

recursos naturais e com a redução e o tratamento

dos resíduos gerados em nossos processos produtivos

é constante na Companhia. Todas as unidades

fabris têm uma Comissão Interna de Meio Ambiente (Cima), multidisciplinar, que treina os funcionários e monitora os principais indicadores de ecoeficiência, como consumo de água, utilização de fontes renováveis de energia e reaproveitamento de subprodutos.

Entre as atividades da Cima, está também a realização de rotas ambientais para averiguar se os

OS MANDAMENTOS DA ÁGUA ESTABELECEM OS PADRÕES, AÇÕES E CRITÉRIOS PARA A DIMINUIÇÃO DE CONSUMO E ELIMINAÇÃO DE DESPERDÍCIO

procedimentos padronizados de gestão ambiental estão sendo cumpridos em todo o processo produtivo.

Água e efluentes

A prioridade que damos à gestão dos recursos hídricos

reflete-se em inúmeros resultados positivos alcançados. Nos últimos 6 anos (2002 a 2008), reduzimos em 23%

o consumo de água relativo à fabricação de nossos

produtos. Em 2008, foram usados em média apenas 4,11 litros de água para cada litro de bebidas produzidas contra 4,19 litros do ano anterior. Em 2002, o dado era ainda maior, sendo necessários em média 5,36 litros de água.

No último ano, essa redução equivale a um volume de

815 milhões de litros de água, suficiente para abastecer uma população de 150 mil habitantes durante 1 mês.

O impacto positivo no custo de tratamento de água e

para abastecer uma população de 150 mil habitantes durante 1 mês. O impacto positivo no custo
para abastecer uma população de 150 mil habitantes durante 1 mês. O impacto positivo no custo
para abastecer uma população de 150 mil habitantes durante 1 mês. O impacto positivo no custo

Nos últimos seis anos reduzimos em 23% o consumo relativo de água na fabricação de nossos produtos

efluentes gerado nas fábricas onde houve redução do índice de consumo foi de R$ 6,6 milhões.

Os melhores resultados na produção de cerveja foram obtidos nas unidades de Brasília, com 3,18 l/l, e Curitiba, com 3,28 l/l. Brasília obteve o melhor resultado entre todas as fábricas da Anheuser-Busch InBev.

GESTÃO AMBIENTAL |

37

O consumo é ainda menor se considerarmos as fábricas de refrigerante: o índice médio em 2008 foi de 1,74 l/l e o menor uso de água na produção foi registrado na fábrica de Jundiaí, com 1,65 l/l. O melhor resultado mensal foi alcançado em Contagem em março /2008, com 1,54 Hl/Hl.

Esses resultados positivos são consequência de uma série de medidas em todas as unidades, tanto no Brasil como no exterior.

Nossa atuação é orientada pelos Mandamentos da Água, um documento que estabelece os padrões, ações e critérios para a diminuição de consumo, eliminação de desperdício e aumento do reaproveitamento do recurso. Promovemos treinamentos sobre o assunto para todos os funcionários e acompanhamos os indicadores de consumo. Para isso, temos medidores específicos em cada etapa do processo produtivo.

e acompanhamos os indicadores de consumo. Para isso, temos medidores específicos em cada etapa do processo
e acompanhamos os indicadores de consumo. Para isso, temos medidores específicos em cada etapa do processo
e acompanhamos os indicadores de consumo. Para isso, temos medidores específicos em cada etapa do processo

38

| Relatório de Sustentabilidade 2008

CONSUMO DE ÁGUA POR UNIDADE

 

Real. 2008 Índice Água (Hl/Hl)

Real. 2007 Índice Água (Hl/Hl)

Redução

(%)

F.Ag.Claras Sul

4,07

4,22

3%

F.

Sapucaia

1,93

1,83

-5%

F.

Curitiba

3,28

3,33

1%

F.

Sta.Catarina

4,89

5,14

5%

F.

Curitibana

1,80

2,06

13%

F.

Nordeste

4,93

5,05

2%

F.

Fonte Mata

4,34

4,24

-2%

F.

Natal

3,61

3,67

2%

F.

Teresina

5,28

5,76

8%

F.

Aquiraz

2,27

2,21

-3%

Frat F.Maranhao

5,06

5,48

8%

F.

Contagem

1,76

1,83

4%

F.

Minas

3,72

3,76

1%

F.

A. Claras

4,50

4,36

-3%

F.

Camacari

3,45

3,44

0%

F.

CCL Pirai

5,91

F.

Rio Janeiro

4,89

5,06

3%

F.

Jundiai

1,65

1,63

-1%

F.

Agudos

3,87

3,61

-7%

F.

Jacarei

4,42

4,90

10%

F.

Guarulhos

5,03

5,55

9%

F.

Jaguariuna

3,81

4,06

6%

F.

CCL M Mirim

4,66

3,83

F.

Cebrasa

3,93

4,46

12%

F.

Brasilia

3,18

3,26

2%

F.

Goiania

3,44

4,14

17%

F.

Cuiaba

3,80

3,82

0%

F.

Manaus

7,21

6,88

-5%

Cervec. Rio

5,93

6,39

7%

Cervec. Peru

4,86

5,09

4%

Sullana

2,40

2,25

-6%

Embodom San Mar

4,14

4,77

13%

Embodom Hato

10,52

11,34

7%

4% Sullana 2,40 2,25 -6% Embodom San Mar 4,14 4,77 13% Embodom Hato 10,52 11,34 7%
4% Sullana 2,40 2,25 -6% Embodom San Mar 4,14 4,77 13% Embodom Hato 10,52 11,34 7%
4% Sullana 2,40 2,25 -6% Embodom San Mar 4,14 4,77 13% Embodom Hato 10,52 11,34 7%
4% Sullana 2,40 2,25 -6% Embodom San Mar 4,14 4,77 13% Embodom Hato 10,52 11,34 7%

IRRIGAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE GUARANÁ NA FAZENDA SANTA HELENA, MAUÉS (AM)

NOME DO CAPÍTULO |

39

IRRIGAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE GUARANÁ NA FAZENDA SANTA HELENA, MAUÉS (AM) NOME DO CAPÍTULO
IRRIGAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE GUARANÁ NA FAZENDA SANTA HELENA, MAUÉS (AM) NOME DO CAPÍTULO
IRRIGAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE GUARANÁ NA FAZENDA SANTA HELENA, MAUÉS (AM) NOME DO CAPÍTULO

40 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Nossa gestão de recursos hídricos considera o ciclo completo no processo produtivo

CORPO RECEPTOR DE DESCARTES

Fábrica

Corpo Receptor

1. F.Ag.Claras Sul

Lagoa dos Patos

2. F. Agudos

Rio Lençóis

3. F. Camacari

Concessionária Cetrel

4. F. Cebrasa

Córrego das Antas

5. F. Contagem

Córrego São João

6. F. Cuiaba

Rio Cuiabá

7. F. Curitibana

Rio Iguaçú

8. F. Goiânia

Rio Meia Ponte

9. F. Guarulhos

Rio Guaracau

10. F. Jacarei

Rio Jaguarí

11. F. Jaguariuna

Rio Jaguarí

12. F. Fonte Mata

Riacho Mussuré

13. F. Jundiai

Concessionária DAE

14. F. Minas

Riberão Serra Azul

15. F. Nordeste

Rio Pirapama

16. F. Sapucaia

Arroio José Joaquim

17. F. Sta.Catarina

Rio Cahará

18. F.Cervec. Peru

Rio Huaycoloro

19. F.Cervec. Rio

Quebrada Barranca Seca

20. F.Cervesur Ecuador

Rio Daule

21. F.Sullana

Dren Troncal Cieneguillo

22. F. Aquiraz

Rio Pacoti

23. F. Teresina

Rio Parnaíba

24. F. Curitiba

Concessionária Sanepar

25. F. CACN

Red Cloacal Industrial

26. F. A. Claras

Rio Fundo

27. Embodom Hato

Rio Haina

28. F. Manaus

Córrego dos Franceses

29. F. Mogi Mirim

Rio Mogi Mirim

30. F. Natal

Concessionária Sitel

31. F. Piraí

Rio Piraí

32. F. Rio Janeiro

Rio Guandu

33. F. Brasilia

Concessionária CAESB

34. F.Frat F.Maranhao

Riberão Pedrinhas

35. F. Arosuco Aromas

Igarapé do 40

36. Maltaria Navegantes

Lago Guaíba

37. Maltaria Pampa

Laguna de Brizola

38. Maltaria Cympay

Rio Uruguay

39. Maltaria MUSA

Rio Uruguay

Reaproveitamos toda a água proveniente da produção em atividades como lavagem de tanques, garrafas e limpeza em geral. A água que enxágua as garrafas é aproveitada, por exemplo, para lavar os engradados. Na pasteurização, a mesma água usada para elevar a temperatura da cerveja é usada para resfriá-la. Tais medidas reduzem a necessidade de captação. A AmBev respeita em todas as suas unidades o limite de água que pode ser captado, sempre com volume total utilizado inferior ao autorizado.

Nossa gestão de recursos hídricos considera o ciclo completo no processo produtivo. Além de cuidar do uso racional da água na produção, nos preocupamos com a qualidade dos efluentes industriais devolvidos ao corpo receptor e tratamos 100% desses materiais. Nossas 37 ETEIs (Estações de Tratamento de Efluentes Industriais) têm capacidade para tratar 240 mil m3 de efluentes por dia, uma carga orgânica equivalente à de uma população de 5,6 milhões de habitantes. Apenas as unidades de Curitiba (PR) e Camaçari (BA) encaminham os efluentes para tratamento externo. Não só a qualidade do material descartado é monitorada, seguindo a legislação ambiental, mas também os corpos hídricos onde lançamos os efluentes, sem prejudicar o meio ambiente.

Buscamos sempre adotar medidas para sanar rapidamente efeitos de eventuais derramamentos de material. Em 2008, não houve vazamentos significativos.

Nossa contribuição para o planejamento do uso responsável dos recursos hídricos acontece também por meio da participação em comitês de bacias constituídos nas regiões em que operamos.

hídricos acontece também por meio da participação em comitês de bacias constituídos nas regiões em que
hídricos acontece também por meio da participação em comitês de bacias constituídos nas regiões em que
hídricos acontece também por meio da participação em comitês de bacias constituídos nas regiões em que
hídricos acontece também por meio da participação em comitês de bacias constituídos nas regiões em que

Prêmio Ação pela Água

A implantação bem-sucedida do projeto “Uso

Sustentável da Água” em nossa unidade em Jaguariúna (SP) rendeu à Companhia o Prêmio Ação pela Água 2008, na categoria Reúso da Água, concedido pelo Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. O projeto conquistou ainda o 2º lugar no 4º Prêmio Fiesp de Conservação e Reúso da Água. As premiações reconhecem a Filial Jaguariúna como referência em projetos de uso racional desse recurso, que é nossa principal matéria-prima.

GESTÃO AMBIENTAL |

41

O projeto consiste no reúso de água em

algumas etapas do processo produtivo, utilizando bombas, tanques e tubulações para reutilização e recuperação da água nas atividades de assepsia, pasteurização, enxagüe de latas e garrafas, purificação do CO2, entre outros. Implantado no segundo semestre de 2007, proporcionou uma redução de 13,9% no consumo de água de janeiro a julho de 2008, comparado ao mesmo período de 2007. Isso representa uma economia de mais de 600 mil m3 de água, volume suficiente para abastecer uma população como a de Jaguariúna - cerca de 36 mil habitantes - por quatro meses.

Projeto premiado no Peru

A unidade de Huachipa, no Peru, teve suas

boas práticas no uso da água e no tratamento de efluentes reconhecidas com a premiação do Ministério de Vivienda, Construción e Saneamiento. Desde sua construção, foram

implementados projetos para reduzir o consumo

e reaproveitar a água, assim como foi prevista

uma eficaz Estação de Tratamento de Efluentes.

Além de medidas para o reaproveitamento da água, há rígido controle sobre a qualidade dos efluentes lançados na Quebrada de Huaycoloro, que desemboca no Rio Rímac, principal fonte de água para a capital do Peru, Lima.

Uma das razões do sucesso desse tratamento de efluentes e da implementação de medidas para a redução do consumo de água está no compromisso diário dos funcionários com a comunidade.

Aproveitamento de água da chuva

A fábrica de Curitiba (PR) iniciou projeto em

2008, concluído em janeiro de 2009, para recolher água da chuva dos telhados e utilizar para fins não potáveis. O projeto vai permitir aproveitar cerca de 14.300 m3 de água da chuva por ano, volume suficiente para abastecer uma população de cerca de 3 mil habitantes por 1 mês. A água coletada nos telhados passa por tratamento para remoção de materiais suspensos, seguido de desinfecção, e é utilizada como água de serviço nas torres de resfriamento e limpeza de áreas externas, por exemplo. O volume utilizado é controlado e incluído nas metas anuais de consumo da unidade, que são decrescentes ano a ano, como os índices de ecoeficência da Companhia.

nas metas anuais de consumo da unidade, que são decrescentes ano a ano, como os índices

42 | Relatório de Sustentabilidade 2008

Materiais e resíduos

A gestão eficiente de nossas unidades inclui também

a preocupação com a busca e a utilização racional das

matérias-primas (como malte, milho, trigo, arroz e lúpulo). Essa postura traduz nossa política de redução dos impactos ambientais, ao mesmo tempo em que mantém a competitividade do nosso negócio.

Um dos principais focos é a redução da perda de extrato

- composto de açúcares fermentáveis, derivados dos

cereais malteados e não-malteados, carboidratos e

açúcar, usado na produção de cerveja. Quanto menor

a perda de extrato, menor a perda de matéria-prima

no processo produtivo. Em 2008, a perda foi de 5,11%, contra 4,64% em 2007. O aumento no ano resultou de

FÁBRICA DE RECICLAGEM DE VIDRO

ocorrências pontuais em algumas de nossas fábricas associadas à padronização de critérios centralizados para controle operacional ao longo da cadeia produtiva.

Além do controle das matérias-primas utilizadas na produção, buscamos constantemente reduzir a geração de resíduos s