Вы находитесь на странице: 1из 5

AlfaCon Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ÍNDICE
Conceitos: Links, URL, Domínio, Endereço de E-Mail, Conceitos de ioT���������������������������������������������������2
Links������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Url������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Domínio�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Composição de Um Domínio��������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Conceitos De ioT (Internet of Things)����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
RFID������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
1
AlfaCon Concursos Públicos

Conceitos: Links, URL, Domínio, Endereço


de E-Mail, Conceitos de ioT
Links
Um link nada mais é que uma ligação, ou também citado como um atalho. Um link aponta para
um endereço. O mais comum é associar a ideia de link para um site, mas ele pode apontar para
arquivos e imagens, assim como pode apontar para um endereço de e-mail.
Por exemplo:
→ link para e-mail;
→ link para site.
Url
A sigla URL significa Uniform Resource Locator, em português, Localizador de Recursos Uni-
versal, e especifica o endereço de um objeto, recurso na Internet, em uma rede corporativa ou em
uma Intranet.
Exemplo:
protocolo://máquina/caminho/recurso.extensão:porta
ou
http://www.w3.org/Addressing/URL/uri-spec.html
ou
https://www.alfaconcursos.com.br
O protocolo pode ser HTTP, HTTPS, FTP, entre outros. O campo máquina designa o servidor
que disponibiliza o documento ou recurso designado. O caminho especifica o local (geralmente
num sistema de arquivos) onde se encontra o recurso dentro do servidor.
No exemplo: http://www.w3.org/Addressing/URL/uri-spec.html, o protocolo ou método é o
HTTP, o servidor é designado por www.w3.org e o recurso, neste caso o arquivo uri-spec.html,
onde se encontra em /Addressing/URL/.

E no exemplo: https://www.alfaconcursos.com.br, o protocolo é o HTTPS, o servidor e o recuso


são designados por www.alfaconcursos.com.br, neste caso podemos dizer que é a página principal
ou a home page do AlfaCon Concursos Públicos.

Domínio
Domínio é o nome de uma área reservada num servidor Internet que indica o endereço de um
website. O identificador do ambiente Web (http://www) não faz parte do domínio. Geralmente, o
domínio toma a forma de nomedaempresa.com.br, se a empresa for comercial, ou nomedaorgani-
zação.org.br, se a empresa não for comercial. Existem também outros tipos de domínios no Brasil,
veja a lista por meio do link: http://registro.br/info/dpn.html.
HTTP://WWW.JOAOPAULO.PRO.BR

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
2
AlfaCon Concursos Públicos

Outros exemplos de domínios são:


“kico.com.br”, “abrinq.org.br”, “hp.com” ou “brasil.gov.br”.

Composição de Um Domínio
01. O nome da organização detentora do domínio, que pode ser o seu nome real ou, mais frequentemente,
um nome de fantasia. Em “embratel.com.br”, por exemplo, Embratel representa o nome da organi-
zação, este nome pode ter o tamanho máximo de 26 caracteres para registro de domínios nacionais;
02. O nome do domínio, que corresponde ao tipo de organização envolvida. Existem inúmeros
tipos de organizações admitidos e o mais comum é o “com”, que abrange organizações comer-
ciais; o “org” que representa organizações não governamentais (as ONGs); o “edu” que repre-
senta as instituições de ensino superior; e o “gov” que engloba todos os órgãos dos governos;
03. A última parte do nome de domínio representa o país. Assim, “chicobuarque.com.br” indica
um site com registro de domínio no Brasil; “sapo.pt” representa um site registrado em Portugal
e “fbi.gov” indica um site do governo dos Estados Unidos. *Quando omitida a sigla do país de
origem, indica que o site está registrado nos Estados Unidos.

Conceitos De ioT (Internet of Things)


Internet das coisas é um conceito que se refere à interconexão digital de objetos cotidianos com a
internet. Atualmente, praticamente tudo pode ser conectado à Internet.
Em outras palavras, a internet das coisas nada mais é a conexão de objetos físicos (veículos,
prédios e outros dotados de tecnologia embarcada e sensores) com a rede, podendo ser limitada ao
escopo interno (Intranet) ou utilizando-se da rede mundial (Internet).
A conexão com a Internet possibilita controlar remotamente os objetos e que os próprios objetos
sejam usados como provedores de serviços. Essas novas capacidades dos objetos comuns abrem
caminho a inúmeras possibilidades, tanto no âmbito acadêmico quanto no industrial como no do-
méstico. Contudo, é sempre importante aos problemas que podem ser desencadeados se a devida
segurança não for observada, uma vez que se amplia a exposição de dados à Internet.
O conceito ‘Internet das coisas’ foi proposto em 1999, por Kevin Ashton, no Laboratório de
Auto-ID do MIT, onde se realizavam pesquisas no campo da identificação por radiofrequência
em rede (RFID) e tecnologias de sensores. Atualmente, a expressão ‘Internet das coisas’ designa a
conexão avançada de dispositivos, de sistemas e de serviços. Ultrapassa o conceito tradicional M2M
(máquina a máquina) e abarca uma ampla variedade de protocolos, domínios e aplicações.
A crescente demanda por endereços de rede elevou a necessidade de implantação do endereça-
mento IPv6, atualmente ativo e funcional, para identificar cada dispositivo conectado à rede.
A conexão de dispositivos à rede através de sinais de rádio de baixa potência é o campo de estudo mais
ativo na internet das coisas. Embora hoje ainda se use muito Bluetooth e Wi-fi, outras tecnologias como
NFC, dentre outras formas de comunicação de baixa intensidade de sinal (e custo energético) são estudadas.

RFID
A tecnologia RFID, que usa frequências de rádio para identificar os produtos, é vista assim como
dinamizadora da Internet das coisas. Embora por vezes identificados como sucessores dos códigos
de barras, os sistemas RFID oferecem, além da identificação de objetos, informações importantes
sobre o seu estado e localização.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
3
AlfaCon Concursos Públicos

Estes sistemas foram primeiramente usados na saúde e na indústria farmacêutica por grandes
armazéns. As mais recentes aplicações vão dos esportes (você já deve ter visto em maratonas como
é controlado o tempo de cada atleta e o chip – tag RFID – em seus tênis) e atividades de lazer à se-
gurança pessoal. Etiquetas (Tags) da RFID estão sendo implantadas debaixo da pele humana para
fins médicos, em passaportes ou cartas de condução. Leitores RFID estão também a ser incluídos em
smartphones. Pode ainda a RFID detectar mudanças no estado físico das coisas, detectar e arquivar
mudanças no meio ambiente. Sensores usados numa peça de vestuário inteligente podem detectar
mudanças de temperatura no exterior e ajustar-se a elas.
Hoje o RFID é importante no controle de itens dinâmicos controlados por satélite, como, por
exemplo, veículos circulando num aeroporto, orientando-os ou restringindo-os a determinadas áreas.
O chip do RFID tem um número de série pré-gravado em fábrica e uma área de memória para
ser preenchida com as informações que sejam importantes para o rastreamento ou controle do bem
produzido. Todos estes dados constituem informações passivas que deverão ser recebidas por um
aparelho que as lê e as entende.
Em suma, precisaremos cada vez mais de aparelhos inteligentes com processadores capazes de
ler e de interpretar os dados contidos no RFID pertencente a quem quer que seja e em qualquer lugar,
seja ele público, residência, escritório ou loja.

MQTT é um protocolo tipo padrão de facto da indústria, largamente utilizado nas aplica-
ções Internet das coisas. Um sistema MQTT consiste em clientes comunicando com um servidor
chamado de “broker”. Um cliente pode tanto publicar como subscrever informações. Cada cliente
pode conectar-se com o broker.
A informação é organizada em uma hierarquia de tópicos. Quando um publicador tem novos
dados para distribuir, ele envia uma mensagem de controle com o dado para o broker a que está co-
nectado. O broker por sua vez distribui a informação para quaisquer clientes que subscrevam aquele
tópico. O publicador não precisa ter nenhum dado de número de localizações ou subscritores, e
subscritores por sua vez não precisam ter nenhuma informação acerca dos publicadores.
Esse protocolo leve e robusto é a solução ideal e atualmente mais popular nas aplicações de co-
nectividade de equipamentos e sensores na Internet das Coisas.
Exercícios
A respeito de Internet das coisas (IoT), julgue o item que se segue.
01. Redes wi-fi e Bluetooth podem ser utilizadas para IoT, já NFC (near field communication) não
atende a demandas de IoT.
Certo ( ) Errado ( )

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
4
AlfaCon Concursos Públicos

A respeito de Internet das coisas (IoT), julgue o item que se segue.


02. Em uma residência, caracteriza uma solução de IoT a instalação de um detector de fumaças
capaz de gerar alertas em caso de fumaça e ser acionado, a partir de um smartphone, para
iniciar um mecanismo de reação.
Certo ( ) Errado ( )
03. Quando o assunto são novas tecnologias, qual nova tecnologia refere-se a um extenso conjunto
de pontos utilizados para acessar aplicativos e informações ou para interagir com pessoas,
redes sociais, governos e empresas, incluindo dispositivos móveis, wearables (tecnologias para
vestir), aparelhos eletrônicos de consumo e domésticos, dispositivos automotivos e ambientais
– tais como os sensores da Internet das Coisas (IoT)?
a) Malha de dispositivos.
b) Experiência ambiente-usuário.
c) Impressão 3D.
d) Aprendizagem avançada de máquinas.
e) Agentes e equipamentos autônomos.
04. Uma URL é
a) um protocolo simples da camada de transporte que permite que a aplicação escreva um da-
tagrama encapsulado em um pacote IP enviado ao destino.
b) um protocolo de comunicação usado entre dois ou mais computadores em rede para enca-
minhamento dos dados.
c) um protocolo de comunicação utilizado para sistemas de hipermídia distribuídos e colaborativos.
d) o endereço de um recurso disponível em uma rede, seja a Internet, uma rede corporativa, ou
uma intranet.
e) m protocolo utilizado para fornecer relatórios de erros quando receberem um datagrama
corrompido.
Gabarito
01 - Errado
02 - Certo
03 - A
04 - D

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
5

Вам также может понравиться