Вы находитесь на странице: 1из 3

15º Encontro Nacional de Estudantes

de Engenharia de Alimentos
Instituto Federal de Educação, Ciência e
Tecnologia do Triângulo Mineiro

Eneealiros e Eneealeiras de plantão tudo bem??

Bom, estamos escrevendo para tratar de um assunto bastante delicado em que


vamos precisar da compreensão de todos. Sabemos que nessas horas é muito difícil
pensar ou se colocar no lugar dos outros, ou seja, pensamos mais nos nossos interesses e
naquilo que julgamos como certo.
Estamos com um problema um tanto quanto grande que interfere diretamente na
realização do Eneeali, e para resolvê-lo precisamos apesar de tudo do apoio e
compreensão de todos.
Nossa negociação com o hotel começou a mais de um ano atrás, antes mesmo do
XIV Eneeali para que pudéssemos fazer e apresentar um projeto que fosse viável para
todos uma vez que o Tauá Grande Hotel é um dos mais luxuosos hotéis do Brasil. A
partir das negociações o projeto foi feito dentro das reais possibilidades logísticas, de
infra-estrutura e principalmente financeiras.
Porém há um fator limitante que não é do conhecimento da maioria das pessoas
que é o fato do Hotel fazer parte do patrimônio público do estado de Minas Gerais.
Portanto o hotel não é 100% Público e nem 100% Privado, o Estado exerce bastante
influência nas decisões da empresa que administra o Hotel, uma vez que esta empresa
paga mensalmente “Royalties” ao estado de Minas Gerais, bem como outras taxas e
impostos e esses valores são reajustados todos os anos.
Este reajuste já era esperado por nós da comissão organizadora e pela própria
empresa que administra o hotel, mas não imaginávamos que seria tão significativo. A
empresa também não tinha parâmetros, devido ao fato de ter ganhado a concessão da
administração do hotel em 2010, sendo essa a primeira virada de ano pela qual eles
passaram na administração do hotel. Segundo a Administração, esse ano o custo do
mesmo, rompeu a marca de R$1.000000,00 (um milhão de reais) por mês, uma vez que
nosso evento gerou uma receita de pouco mais de 250 mil reais para ocupar uma semana
do Hotel. Dessa forma o hotel ainda fica com uma quebra de quase 750 mil reais para
ser arrecadado nas outras 3 semanas restantes do mês, para cobrir apenas os custos.
O reajuste acarretou em uma quebra grande no nosso caixa, cerca de mais de
uma diária do hotel por participante. Como tínhamos pouco tempo para levantar o
capital que restava, pois os reajustes chegaram quase no final de janeiro, tivemos a idéia
de promover um Show da dupla sertaneja “João Neto e Frederico” em Araxá para
levantarmos um capital que talvez suprisse a quebra no nosso caixa, tendo em vista que já
havia ocorrido uma sucessão de 2 shows sertanejos na cidade, nos meses anteriores e que
foram muito bem sucedidos. Porém pela nossa infelicidade nosso show não apresentou
um bom resultado, a expectativa de público não foi atingida. Resultado: Não tivemos
prejuízos, porém também não tivemos lucro e continuamos na mesma situação, porém
com menos tempo para trabalhar, pois o show ocorreu dia 12 de fevereiro, portanto
restava apenas pouco mais de um mês para o Eneeali.
15º Encontro Nacional de Estudantes
de Engenharia de Alimentos
Instituto Federal de Educação, Ciência e
Tecnologia do Triângulo Mineiro

Depois de reuniões intermináveis com a Diretoria do hotel eles acabaram


cedendo praticamente todo o lucro que teriam com nosso evento e se dispuseram a fazer
o evento praticamente a preço de custo. A administração diminuiu o que podia no valor
dos serviços mas, mesmo assim ficou impossível realizar o evento com 6 dias uma vez
que temos mais gastos além da Hospedagem e alimentação. Temos 2 festas Open bar,
fora outros gastos menores, mas que acabam exercendo influência no fechamento total
do caixa. Caso o Hotel não oferecesse o desconto significativo que ofereceu não
conseguiríamos realizar o evento nem em 5 dias.
Finalmente a única alternativa que temos nesse momento é reduzir um dia do
evento, portanto, ao invés de começarmos no domingo começaremos na segunda-feira
(21.03). Dessa forma conseguiremos ainda realizar o evento e com as 2 festas open bar
como de costume. Os participantes terão apenas uma festa a menos, que tentaremos
compensar nas outras à medida do possível e vamos bolar também uma forma de
oferecer umas bebidas “free” para a galera na piscina.
Só tomamos essa atitude agora, pois estávamos esperando a posição de possíveis
patrocínios fortes que estavam analisando nosso projeto, como a empresa CBMM uma
das maiores mineradoras do Brasil que é localizada em Araxá, Banco Santander, Rádio
Jovem dentre outros, porém todos acabaram se manifestando muito em cima da hora e
com respostas negativas, ou seja, o não interesse em patrocinar o evento.
Sabemos que essa situação é bastante desagradável e constrangedora,
principalmente por estar surgindo uma semana antes do evento. Porém gostaríamos
muito de poder contar com o apoio e compreensão de todos. Tenham certeza que não
medimos esforços para que o Eneeali não fosse afetado de nenhuma maneira, mas
infelizmente, a dimensão da situação foi muito além das nossas possibilidades.
Pedimos que levem em consideração a qualidade e o conforto do hotel em que
será realizado o evento. Para terem uma noção da dimensão do que estamos falando, o
Grande Hotel de Araxá, projetado por Luiz Signorelli, tem aproximadamente 43.000 m²
de área construída. Impressiona pelos seus imponentes salões, revestidos em mármore
de Carrara, decorados por rico mobiliário, lustres de cristais da Boêmia, janelas com
cristais franceses bisotados, obras de arte em afresco e vitrais. Seus apartamentos,
reformados e modernizados, têm capacidade para atender cerca de 800 hóspedes. Ainda
preserva no segundo andar, as suítes governamental e presidencial. É tombado pelo
Patrimônio Histórico, com móveis e decoração da época de sua inauguração. Em
condições normais as diárias de hospedagem no hotel giram a partir de R$250,00 por
pessoa.
Diante do exposto, só temos a nos desculpar pelo impasse e pedir mais uma vez o
apoio e compreensão de todos. Temos certeza que não se arrependerão de participarem
do XV Eneeali mesmo com “um dia a menos” e que nunca mais se esquecerão de Minas
Gerais, pois esse “um dia a menos” a parte, o resto será perfeito!
Aqueles que compraram passagem aérea ou de uma forma ou de outra estão
impossibilitados de chegar em Araxá na Segunda-feira ao invés de Domingo, por favor
15º Encontro Nacional de Estudantes
de Engenharia de Alimentos
Instituto Federal de Educação, Ciência e
Tecnologia do Triângulo Mineiro

entrem em contato conosco para que possamos pensar em uma alternativa para resolver
o problema. Mas por favor, só entrem em contato se for realmente impossível mudar a
data de chegada em Araxá.

Certos da Compreensão e Apoio de todos, desde já agradecemos.

Atenciosamente,

Comissão Organizadora XV Eneeali

Похожие интересы