You are on page 1of 4

ESCOLA PROFISSIONAL DA

APRODAZ
Curso Técnico de Contabilidade

REFLEXÃO DA UFCD- MÉTODOS E TÉCNICAS DE ANÁLISE


ECONÓMICA E FINANCEIRA

No Curso Técnico de Contabilidade da Escola Profissional de Aprodaz, foi


leccionado o módulo Métodos e Técnicas de Análise Económica e Financeira pelo
formador Rogério Nicolau e teve uma carga horária de 25 horas.

Aprendemos neste módulo a Análise Financeira, Fundo de Maneio e os Rácios.

Análise Financeira – Até que ponto a empresa dispõe dos meios financeiros
adequados às suas necessidades operacionais e de investimento ou qual a sua
capacidade de os vir a obter de forma a garantir a sua sobrevivência e independência.

Qual a capacidade da empresa para gerar valor de forma a garantir a sua


permanência e crescimento e a remuneração adequada de todos quantos nela participam,
sejam eles investidores, trabalhadores ou outros.

Actividade da função financeira:

 Gestão de tesouraria
 Análise de situação da empresa
 Obtenção de recursos financeiros
 Aplicação de recursos financeiros
 Elaboração de programas e orçamentos

Objectivos globais da função financeira:

 Criar valor para a empresa


 Maximizar a riqueza para os accionistas

Objectivos específicos da função financeira

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ


Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada
Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463
E-mail: geral@aprodaz.com
ESCOLA PROFISSIONAL DA
APRODAZ
Curso Técnico de Contabilidade
 Averigua os recursos financeiros disponíveis
 Obter os recursos financeiros necessários nas condições mais vantajosas
 Maximizar a rentabilidade dos recursos financeiros
 Avaliar o risco económico e financeiro
 Tomar decisões de investimento

Material para Análise financeira:

 Balanço
 Demonstrações de Resultados
 Demonstrações de Origem e Aplicações de fundos
 Demonstrações dos Fluxos de Caixa

Métodos de Análise Financeira:

 Métodos de comparação de Balanços e contas sucessivas


 Métodos dos rácios ou indicadores

Objectivos da gestão financeira:

 Gestão de tesouraria
 Gestão dos investimentos financeiros
 Gestão do risco financeiro

Comparação de Balanços Sucessivos:

 Comparação em valores absolutos


 Comparação em percentagens
 Comparação com Gráficos

Fundo de Maneio

Para colmatar a existência de rupturas de tesouraria é necessário que a empresa


disponha de uma margem de segurança, o que traduz num excedente do valor corrente
sobre o valor o Passivo Corrente, ou por outras palavras, num excedente dos capitais
prementes sobre o Activo Não Corrente. Podemos assim definir o fundo de maneio

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ


Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada
Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463
E-mail: geral@aprodaz.com
ESCOLA PROFISSIONAL DA
APRODAZ
Curso Técnico de Contabilidade
como sendo a parte dos capitais permanentes que não é absorvida no financiamento do
activo não corrente que, consequentemente, está aplicada na cobertura parcial do activo
não corrente.

O Fundo de maneio positivo – Diz-se que o Activo Não Corrente está


completamente financiado pelos capitais permanentes.

O Fundo de maneio negativo – Diz-se que os capitais permanentes não são


suficientes para financiar o Activo Não Corrente.

Necessidades de Fundo de Maneio – Representa a capacidade do ciclo de


exploração da empresa em solver os seus compromissos de curto prazo (pagamento a
fornecedores, pagamento ao pessoal, pagamento de Outros serviços.

NFM= Necessidades Cíclicas – Recursos Cíclicos

Se as necessidades fundo de maneio for positiva- significa que a empresa gera


liquidez para fazer face aos compromissos a curto prazo.

Se a necessidade de fundo de maneio for negativo- significa que o ciclo


operacional da empresa não gera liquidez para fazer face aos compromissos a curto
prazo.

Os Rácios São:

Rácios de liquidez – Os rácios de liquidez servem para medir a capacidade da


empresa em pagar as dívidas a curto prazo.

Liquidez reduzida – Mede a capacidade da empresa pagar as dívidas a curto


prazo recorrendo às disponibilidades e dívidas de terceiros.

Liquidez Imediata – Mede a capacidade da empresa pagar as dívidas a curto


prazo recorrendo às disponibilidades.

Solvabilidade – Mede a capacidade da empresa pagar as suas dívidas e analisam


a independência da empresa perante terceiros.

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ


Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada
Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463
E-mail: geral@aprodaz.com
ESCOLA PROFISSIONAL DA
APRODAZ
Curso Técnico de Contabilidade
Autonomia Financeira – Permite avaliar o risco financeiro da empresa, quando
maior o valor, maior será a independência face a credores.

Rendibilidade das vendas – mede o contributo das vendas para a formação do


resultado líquido do exercício.

Rendibilidade dos Capitais Próprios – Analisa quanto a empresa ganhou ou


perdeu por cada 100,00€ de capital investido.

Rendibilidade o Activo Total – Avalia a rendibilidade do Activo

Rotação do Activo – Mede o grau de utilidade dos Activos, sejam eles


imobilizados ou correntes.

Prazo médio de Armazenamento – Avalia o número de vezes que o stock roda


em cada ano.

Prazo médio de recebimento – Mede o período de concessão de crédito aos


clientes

Prazo Médio de Pagamento – Mede período de obtenção de crédito junto dos


fornecedores.

Este módulo foi dividido em duas partes, na primeira parte teve como avaliação
um teste, sobre a Função Financeira e Fundo de maneio, a segunda para te teve como
avaliação um trabalho de grupo sobre os Rácios.

Formador: Rogério Nicolau


UFCD: MTA

Ponta Delgada, 22 de Fevereiro de 2011

ESCOLA PROFISSIONAL DA APRODAZ


Rua dos Mercadores nº 76, 9500-092 Ponta Delgada
Telefone 296 285 461  Fax 296 285 463
E-mail: geral@aprodaz.com