Вы находитесь на странице: 1из 258

GURPS

®
Revisado em 22 de agosto de 2021
Quarta Edição atualizações em: http://t.me/modulobasico

TM

Escrito por KENNETH HITE, STEVE JACKSON, e JOHN M. FORD


Editado por ANDREW HACKARD
Arte da Capa por ABRAR AJMAL, GUY BURCHAK, ALAN GUTIERREZ, TONY PARKER,
ROWENA, BOB STEVLIC, ROGÉRIO VILELA, e BOB WALTERS
Ilustrado por ABRAR AJMAL, BRENT CHUMLEY, JOHN MORIARTY, TONY PARKER,
DOUGLAS SHULER, BOB STEVLIC, e EVA WIDERMANN

ISBN 1–55634–734–0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

STEVE JACKSON GAMES


Sumário
Bem-vindo a Qualquer Tempo��4
Sobre os Autores������������������������������ 4
2. Inimigos em
Todo Tempo�������������������45
Centrum����������������������������������������������� 46
Ecos������������������������������������������������ 85
Metendo um Dibre no Destino������� 87
Paralelos����������������������������������������� 88
Variações Tecnológicas�������������������� 89
1. Infinity Ilimitada�������������5 História������������������������������������������� 47 Mundos Desafiadores�������������������� 94
Glossário de Mundos Infinitos��������� 6 Centrum Hoje��������������������������������� 48 Civilizações Incomuns�������������������� 95
A Patrulha Infinity������������������������������� 8 Classificação Centrana dos Mundos�� 51 História, Já em Curso������������������������� 96
Missão e Mentalidade���������������������� 8 Paracrônica Centrana�������������������� 51 Direção������������������������������������������� 96
Recursos Humanos�������������������������� 9 O Serviço Intermundos����������������� 52 Decisão������������������������������������������� 97
Quartel-General������������������������������� 9 Tramas Centrum a Impedir������������ 54 Grandes Alternativos���������������������� 98
Serviço de Intervenção������������������ 10 Campanhas Centrum��������������������� 54 Pestes����������������������������������������������� 99
Justiça Infinita, Inc.����������������������� 12 Guerras Infinitas Alternativas�������� 55 Desenvolvimento���������������������������� 99
Histórias de Disfarce����������������������� 14 Centrum Sombria, Centrum Leve��� 56 Ciclos Geracionais������������������������ 100
Serviço de Entrada������������������������ 14 Civilização como Biologia����������� 102
Reich-5������������������������������������������������� 57
Procedimentos de Reconhecimento�� 16 Alterando Mundos��������������������������� 104
História������������������������������������������� 57
Operadores de Milagres������������������� 18 Deslocamento de Cronologia������ 104
Geopolitik��������������������������������������� 58
DIATE��������������������������������������������� 18 Tente Mudar o Mundo����������������� 105
Tecnologia no Reich-5������������������� 61
Laboratórios Paracrônicos��������������� 19
Descobertas Extratemporais��������� 63
Teoria���������������������������������������������� 20 4. Mundos o Suficiente… ��107
Infinitos Adicionais������������������������ 21 Divisão SS Corvo���������������������������� 64
Pesquisa������������������������������������������ 22 Metas Gloriosas������������������������������ 67 Armada-2�������������������������������������������� 109
Equipamento Pessoal�������������������� 22 A Cabala����������������������������������������������� 68 Átila��������������������������������������������������� 110
NT da Linha-Base��������������������������� 23 Verdade e Mentiras������������������������ 68 Outras Conquistas Mongóis��������� 111
Projetores��������������������������������������� 27 A Cabala na Campanha������������������ 69 Azoth-7���������������������������������������������� 112
Equipamento Padrão���������������������� 27 Ameaças Menores������������������������������� 70 Outros Azoths������������������������������� 113
Transportadores����������������������������� 28 Crime Organizado�������������������������� 70 Bonaparte-4��������������������������������������� 113
Dentro do Cubo������������������������������� 29 Suagues������������������������������������������� 71 Outros Bonapartes������������������������ 114
Carregamento do Transportador����� 30 Criminosos Autônomos����������������� 71 Britannica-3�������������������������������������� 115
O Conselho Intermundos Onde Estão as Naves Estelares?����� 72 Outras Britannicas����������������������� 116
das Nações Unidas������������������������� 31 Paracronozoides��������������������������������� 73 Califa������������������������������������������������� 117
Desenvolvimentos Infinity������������� 31 Rastros e Estigmas�������������������������� 74 Outros Mundos Muçulmanos������ 118
Desfechos Alternativos, Inc.���������� 31 Outros Perigos����������������������������������� 74 Campbell�������������������������������������������� 119
Colônias Transtemporais���������������� 32 O Espaço Entre Tudo��������������������� 74 Centrum Beta������������������������������������ 120
“Soldados da Eternidade”��������������� 34 Cataclismos������������������������������������ 75 Dixie-1����������������������������������������������� 120
Estrutura Corporativa����������������������� 35 Tremores de Realidade������������������ 75 Outros Dixies�������������������������������� 122
Trevas Infinitas������������������������������� 36 Enrolação Matemática������������������� 76 Estados Unidos da Lagártia������������� 122
Nossos Parceiros Corporativos�������� 37 Indo a Outro Lugar������������������������ 77 Ezcalli����������������������������������������������� 124
Grupo de Pesquisa Cliodyne��������� 37 Tremores de Realidade no Jogo������� 78 Frederico������������������������������������������ 125
Minas Consolidadas Iltda.������������� 37 Portais de Thoth������������������������������ 79
Turismo Temporal Ltda.���������������� 37 Gallatin��������������������������������������������� 126
Reinos Itinerantes�������������������������� 79
Johnson Intertemporal Incorporada��� 38 Gernsback����������������������������������������� 127
Turismo Temporal em Lenin-1����������������������������������������������� 129
uma Campanha Temporal��������� 39 Outros Mundos Comunistas�������� 130
Nossos Rivais Corporativos������������ 40 Lúcifer-5������������������������������������������� 130
Comércio Estrela Branca�������������� 40 Outros Lúcifers����������������������������� 131
O Setor Público���������������������������������� 41 Merlin����������������������������������������������� 132
As Nações Unidas��������������������������� 41 3. Presente na Criação������81 Outros Merlins������������������������������ 133
Governos Nacionais����������������������� 42 Tipos de Mundos Alternativos���������� 82 Mundos Enigmáticos������������������������ 133
Israel e o Êxodo da Alternidade������ 43 Mundos Vazios������������������������������� 83 Blip����������������������������������������������� 133
Organizações Não Governamentais�� 44 Classes de Mundo da Infinity��������� 83 Enigma����������������������������������������� 133
Estados Vilões��������������������������������� 44 Caça a Dinossauros������������������������ 84 Micromundo�������������������������������� 133

Criação do Sistema GURPS ❚ STEVE JACKSON Revisão de Provas ❚ MONICA STEPHENS


Editor-Chefe ❚ ANDREW HACKARD e WIL UPCHURCH
Editor da Linha GURPS ❚ SEAN PUNCH Gráfica ❚ MONICA STEPHENS
Gerente de Produção ❚ WIL UPCHURCH Director de Marketing ❚ PAUL CHAPMAN
Diretor de Arte ❚ STEVE JACKSON Gerente de Vendas ❚ ROSS JEPSON
Design de Páginas ❚ PHILIP REED Coordenador de Erratas ❚ ANDY VETROMILE
Produção Artística ❚ JUSTIN DE WITT e ALEX FERNANDEZ GURPS FAQ a Cargo de ❚ STÉPHANE THÉRIAULT
Testadores: James L. Cambias, Paul Chapman, Mark Cogan, Devin Ganger, Bob Gilson, Steve Kenson, Phil Masters,
Kenneth Peters, Bob Schroeck, William H. Stoddard, Chad Underkoffler, e Jeff Wilson.
Material Adicional: Steve Kenson, Craig Neumeier, Kenneth Peters, David L. Pulver, e Michael S. Schiffer
GURPS, Warehouse 23 e a pirâmide que tudo vê são marcas registradas da Steve Jackson Games Incorporated. Pyramid e os nomes
de todos os produtos publicados pela Steve Jackson Games Incorporated são marcas registradas ou marcas comerciais da Steve Jackson Games Incorporated,
ou usadas sob licença. GURPS Infinite Worlds é copyright © 2004 por Steve Jackson Games Incorporated. Todos os direitos reservados. Impresso nos EUA.
A digitalização, o upload e a distribuição deste livro pela Internet ou por qualquer outro meio sem a permissão do editor é ilegal
e punível por lei. Adquira apenas edições eletrônicas autorizadas e não participe ou incentive
a pirataria eletrônica de materiais protegidos por direitos autorais. Agradecemos seu apoio aos direitos do autor.

2 Sumário
Möbius������������������������������������������ 134 Reich-5�����������������������193 8. Infinitos Alternativos� 212
Rústico������������������������������������������ 134 Outros Opositores�����195
Serpe��������������������������������������������� 134 A Ordem da Ampulheta��������������������� 212
Transeuntes����������������197
Sumiço������������������������������������������ 135 Vilões�������������������������������������������� 214
Nativos����������������������������198
Mundos Infernais����������������������������� 135 A Grande Obra do Tempo������������ 215
Armas����������������������������������������199 História Oca���������������������������������� 215
Ariane������������������������������������������� 135 Armas de Fogo�������������������������199
Lênin-2������������������������������������������ 135 Premissas da Campanha������������� 216
Leviat����������������������������������������� 136 O Corpo Temporal���������������������������� 217
Os Paralelos Gotha���������������������� 136
7. Campanhas Infinitas����201 Gíria dos Agentes�������������������������� 217
Taft-7��������������������������������������������� 137 Premissas da Campanha���������������������202 Mecânica�������������������������������������� 218
Terrinsana������������������������������������� 137 O Dilema do Hardware e a Agentes Temporais����������������������� 220
Nergal����������������������������������������������� 137 Incompatibilidade do Software��202 O Inimigo������������������������������������� 221
Parâmetros�����������������������������������202 Equipamento dos Agentes Temporais�� 222
Nostradamus������������������������������������� 138
Visitantes do Futuro��������������������� 223
Oricalco�������������������������������������������� 139 Acrescentando Mundos�����������������203
Detectando Intervenções������������� 224
Paralelos Míticos���������������������������� 140 Parafísica��������������������������������������204 Alterações Muito Grandes: Uma Má Ideia�� 225
Burton������������������������������������������� 140 Personagens���������������������������������204 Alterando a História�������������������� 225
Mandeville������������������������������������ 140 Gênero e Modo�����������������������������205 Premissas da Campanha������������� 226
Nottingham���������������������������������� 141 Elementos de Campanha�������������������206 Operação Arquiduque:
Paralelos Camelot������������������������ 141 Entrando na Toca do Coelho�������206 Uma Missão Típica����������������� 227
Paralelos Sherlock����������������������� 141 Visitando o Mundo Ao Lado�����������206 O Clube Horácio������������������������������� 229
Reich-2����������������������������������������������� 142 Coisas para Inventar���������������������208 Premissas da Campanha������������� 231
Outros Reichs������������������������������� 143 Pólvora������������������������������������������209
Roma Aeterna����������������������������������� 144 Os “Bons Velhos Tempos” Bibliografia���������������������232
Outras Romas������������������������������� 146 Maus e Antiquados����������������������210
Roma de Johnson������������������������������ 147 Controle da Missão����������������������210
Índice�������������������������������239
Shikaku-Mon������������������������������������� 148 Nosso Tempo Está Desnorteado��211 Apêndice: Cronologia�����241
Yrth��������������������������������������������������� 150
Outros Paralelos de Fantasia�������� 151

Sobre GURPS
A Steve Jackson Games está comprometida com o total apoio aos jo-
gadores de GURPS. Nosso endereço é SJ Games, P.O. Box 18957, Austin,
TX 78760. Por favor, inclua, um envelope selado e auto-endereçado toda
5. …e Épocas Também������152 as vezes que você nos escrever! Nós também podemos ser contatados por
Física Temporal��������������������������������� 153 e-mail: info@sjgames.com. Nossos recursos online incluem:
O Cenário Físico�������������������������� 153
Caixas de Marimbondos Infinitas�� 153 Pyramid (www.sjgames.com/pyramid). Nossa revista on-line inclui
Paradoxos������������������������������������� 154 novas regras e artigos para GURPS. Ela também abrange o sistema d20,
Soluções���������������������������������������� 154 Ars Magica, BESM, Call of Cthulhu, e muitos mais grandes jogos — e
Blá-blá-blá Cronológico���������������� 155 outros lançamentos da Steve Jackson Games como Illuminati, Car Wars,
Outros Postulados Úteis�������������� 156 Transhuman Space, e mais. Assinantes da Pyramid também terão a opor-
Conversando Consigo Mesmo����� 157 tunidade de testar novos livros GURPS!
Comunicação e Observação�������� 158
Nós o Avisaremos no Passado������ 158
Novos suplementos e aventuras. GURPS continua a crescer, e nós vamos
O Efeito do Observador��������������� 159 ficar felizes que você saiba o que está chegando de novo. Para um catálogo
Visualizadores Temporais������������ 160 atual, envie-nos um envelope selado de tamanho Legal, ou apenas visite
Máquinas do Tempo�������������������� 162 www.warehouse23.com.
Perigos������������������������������������������ 164 e23. Nossa divisão de e-publicações oferece aventuras GURPS, ajuda
Mantendo-se no Período��������������� 164 em jogos, e apoio que não está disponível em nenhum outro lugar! Basta
Viagem no Tempo Psíquica���������������� 166 acessar e23.sjgames.com.
Projeção Física����������������������������� 166 Errata. Todo mundo comete erros, incluindo nós — mas nós fazemos o
Projeção Mental��������������������������� 167 nosso melhor para corrigir os nossos erros. Atualização de folhas de erra-
Sintonização��������������������������������� 168 tas para todas as versões de GURPS, incluindo este livro, estão disponíveis
O Futuro������������������������������������������� 169 em nosso site — veja abaixo.
Chegando Lá Mais Rápido���������� 170
Física��������������������������������������������� 170
Internet. Visite-nos na World Wide Web em www.sjgames.com para
erratas, atualizações, P&R, e muito mais. Para discutir GURPS com o
6. Personagens Infinitos��171 pessoal da SJ Games e colegas jogadores, venha para nossos fóruns em
forums.sjgames.com. A página da web de GURPS Infinite Worlds pode
Vantagens, Desvantagens,
ser encontrada em www.sjgames.com/gurps/books/infiniteworlds/.
e Perícias�������������������������������������� 172
Bibliografias. Muitos dos nossos livros têm extensas bibliografias, e esta-
Vantagens������������������������������������� 172
Desvantagens�������������������������������� 178 mos colocando-os online — com links para poderem comprar os livros que
Riqueza, Status e lhe interessam! Vá para a página web do livro e procure o link “Bibliografia”.
Reputação�������������������������������� 178 GURPSnet. Esta lista de e-mail hospeda grande parte da discussão
Perícias����������������������������������������� 181 online do GURPS. Para participar, acesse www.sjgames.com/mailman/
Técnicas���������������������������������������� 183 listinfo/gurpsnet-l/.
Humanos Alternativos��������������������� 184
Modelos de Personagens����������������� 186 Regras e estatísticas neste livro são especificamente para o GURPS
Infinity Ilimitada�������������������������� 186 Módulo Básico da Quarta Edição. Referências de páginas que começam
CINU��������������������������������������������� 188 com MB se referem a esse livro, não este.
O Setor Privado���������������������������� 190
Centrum���������������������������������������� 191

Sumário 3
Bem-vindo a
Qualquer Tempo
Este livro descreve Mundos Infi-
nitos, o “cenário padrão” do GURPS
Quarta Edição. Aqui, a história variou
em outras Terras; a Union Jack tremula A história não é apenas o que acon-
sobre a América, pôneis Mongóis pas-
tam na Grã-Bretanha e zepelins flutu- teceu: é o que aconteceu no contexto do
am imunes por toda parte. A heróica que poderia ter acontecido. Portanto, deve
Patrulha Infinity, credenciada pela cor-
poração que descobriu a viagem para-
incorporar, como elemento necessário, as
crônica, mantém a Linha-Base segura e alternativas, o que poderia ter sido.
melhora a vida onde pode. Entre pragas
transtemporais, samurais com espadas
– Sir Hugh Trevor-Roper,
de força e tempestades imprevisíveis “History and Imagination”
que levam as pessoas para outros mun-
dos, seu trabalho nunca termina.
Qualquer tipo de campanha, em
qualquer tipo de mundo, se encaixa
aqui — na verdade, já está aqui em al- Sobre os John M. Ford
John M. Ford é o autor de nove
gum lugar! Você não tem que jogar a
Patrulha ou mesmo obedecê-los. Você Autores romances (até agora), incluindo a his-
tória alternativa The Dragon Waiting.
pode roubar Monets alternativos, caçar Em se tratando de jogos, ele trabalhou
lobisomens na Alemanha medieval ou Kenneth Hite para a GDW, West End Games e Ste-
buscar o Santo Graal por entre os mun- Em uma Terra paralela próxima, o ve Jackson Games. Se ele sobreviver
dos. Você pode tratar este livro como primeiro crédito de publicação de RPG para terminar seu próximo romance,
sua própria América Espanhola alter- de Kenneth Hite foi GURPS Alterna- provavelmente escreverá uma ópera.
nativa e saqueá-lo em busca de especia- te Earths. Em todas as Terras que ele Com RPG nela. Alguém tem que ser o
rias e empolgação para levar de volta pode acessar, ele co-escreveu aquele primeiro.
ao seu mundo de jogo. Você pode até livro e sua sequência para a Steve Ja-
ckson Games, bem como escreveu
construir um mundo de jogo — uma in-
finidade deles — a partir do zero, usan- GURPS Cabal e a terceira edição de
GURPS Horror, e compilou e foi o
Histórico da
do os conselhos e sistemas de design de
uma Terra alternativa neste livro. co-autor de GURPS WWII: Weird war
Two. Sua coluna “Transmissão Supri-
Publicação
É apenas um pequeno salto (por as- Muito do contexto neste livro foi
sim dizer) partir das histórias alternati- mida” cobre estranheza medonhas para
retirado dos livros da Terceira Edição
vas para a viagem no tempo. Histórias a revista Pyramid; em algumas Terras,
GURPS Viagem no Tempo e os dois
é chamada de “Treze Horas de Altura”.
de viagens no tempo muitas vezes se tor- volumes de GURPS Alternate Earths.
Nas cronologias mais aterrorizantes,
nam histórias alternativas da Terra, con- O vencedor do Prêmio Origins,
ela foi compilada em dois volumes.
forme o viajante corajoso arranca a his- GURPS Viagem no Tempo, foi uma
Ele mora com sua esposa Sheila em
tória de seu curso designado para salvar colaboração entre Steve Jackson e
Chicago, o centro de todos os mundos
sua cidade natal adotada no passado. Mike Ford. Steve esboçou um cenário
que vale a pena visitar. Em nenhuma Ter-
Consequentemente, este livro também de mundo paralelo que deve muito às
ra seu mestrado em Relações Internacio-
contém diretrizes completas para jogos obras de H. Beam Piper. Mike o apri-
nais se mostrou útil, mas nunca se sabe.
de viagem no tempo, desde o uso de má- morou com um linguajar científico de
quinas do tempo até como escapar im- Steve Jackson alta qualidade e acrescentou todo o
pune de matar seu avô no passado. Este Steve Jackson tem devorado viagens fundo do “Corpo Temporal”, recortado
livro fornece duas molduras diferentes no tempo e ficção científica de mundos inteiro do tecido no tear de Fritz Lei-
de campanha de viagem no tempo para paralelos desde os sete anos de idade, e ber. Eles reconhecem respeitosamente
pessoas que não querem ficar saltando agarrou a chance de imprimir sua pró- Aqueles Que Foram Antes, e apenas
mundos… e permite a combinação de pria contribuição no campo. gostariam de poder voltar e apertar
viagem no tempo e mundos paralelos Ele é o fundador e editor-chefe da suas mãos.
para possibilidades infinitas, incluindo Steve Jackson Games, mas, como mos- David Pulver reformulou o material
algumas no cenário Mundos Infinitos. tra o presente livro, ainda consegue es- contido em GURPS Viagem no Tempo
Adicione mutantes, mágicos e nazis- crever algo de vez em quando. Ele espe- e outros livros de GURPS para a Quarta
tas que saltam mundos — você precisa- ra fazer isso de novo algum dia. Edição, após o qual Kenneth Hite acres-
rá de outra Terra só para encaixar tudo. Steve mora em Austin. Ele gosta de centou ainda mais contexto, reorgani-
Então vá em frente — o tempo está convenções de Ficção Científica, jardi- zou todas as peças do quebra-cabeça e
passando. nagem, a web, peixes tropicais, Lego e encaixou todo o conjunto num miolo
– Kenneth Hite — ah, sim — jogos. entre duas capas.

4 Bem-vindo a Qualquer Tempo


Capítulo Um

Infinity
Ilimitada 1
Entrando no compartimento trasei-
ro, Angela viu quatro colegas cadetes
— não, quatro Patrulheiros — vestindo
seus próprios uniformes. Ela conhecia
Dave Pownall e Tranh Sui de suas aulas
de Francês Variante, e conheceu Roger
Giancarlo nos percursos de acrobacias
aéreas.
“Portanto, temos dois outros bate-
dores e um piloto reserva”, disse ela.
Giancarlo respondeu: “E, aparente-
mente, não vamos para Haussman-2
para a dança, já que Suleiman aqui era
o número um em nossa classe em ar-
mas brancas.” O turco que ela não reco-
nheceu deu um sorriso rápido e voltou
a ajustar as botas.
Ninguém sorriu pelos próximos cin-
co minutos, enquanto o ornitóptero
sacudiu e estremeceu nauseante. “Tran-
sição paracrônica — as asas acabaram
de se firmar”, disse Giancarlo. Mais
“… para preservar e defender O Se- ficaremos na nossa atmosfera, então”, solavancos atingiram a nave e Tranh
gredo com meu último suspiro. ” ele respondeu. “E fico feliz em ver re- emendou “Não acho que sejam apenas
Quando Angela terminou o jura- latado em seu dossiê suas habilidades as asas…” assim que um buraco de bala
mento, ela sentiu algo — apenas o peso aeronáuticas, já que você o estará voan- apareceu no casco acima da cabeça de
de todas aquelas histórias — pousar em do para nós.” Suleiman.
seus ombros. Antes que ela pudesse ab- Angela se viu subindo no assento Angela e Giancarlo mergulharam
sorver o sentimento, ele se foi, desfeito do piloto e tocando as estranhas travas na cabine; mesmo quando a aeronave
por um homem sacudindo seu cotove- e barramentos na configuração da ca- mergulhou, eles mantiveram o equilí-
lo. “Agente Polk”, ele começou, Angela bine; ela sentiu uma pontada de alívio brio onde os outros três rolaram e gira-
inconscientemente olhou ao redor para quando ouviu vrummmm da partida ram com o convés. Angela foi a primei-
ra por uma fração e agarrou o manche,
ver com quem ele estava falando, mas de uma hélice com duto oculto, quase
brigando para trazer a aeronave de vol-
então percebeu que, 30 segundos atrás, encoberto pela, cada vez mais baru-
ta ao vôo nivelado. — Giancarlo berra-
ela passou a ser o “Agente Polk” e seria lhento, crump-crump-crump das asas
va alguma coisa no ouvido dela, mas
até, ela supôs, seu “último suspiro”. (até então puramente decorativas).
ela estava muito ocupada impedindo
“Agente Polk”, disse ele novamente, Seu sequestrador emergiu da par- que caíssem para prestar atenção. Só
“vamos caminhar e conversar.” “Mas te de trás do veículo, vestindo a capa depois que a aeronave voltou ao nor-
minha família — eles estão aqui para de damasco (perfeitamente ajustada) mal é que ela olhou ao redor e notou o
ver a cerimônia…” “E eles viram, e foi e botas de montaria de um oficial da homem morto no banco ao lado dela.
adorável, e sua mãe chorou. E agora Aerocorps Imperiale. Ele se acomodou “Eu me pergunto o que nossa missão
você está na hora da Patrulha e sua no banco do copiloto e colocou um deveria…” Angela começou, mas ‘Car-
primeira folga não acontecerá antes de cartão no que parecia ser um visor de lo a interrompeu. “Eu acho”, disse ele
2028, então vamos saltar. ” Quase sem bombardeio ornamentado. “Tem um com firmeza, “que estamos prestes a
pressão em seu braço, ele de alguma uniforme para você na parte de trás”, descobrir.”
forma a conduziu para longe da mul- disse ele, enquanto apertava teclas em Mais três ornitópteros — estes pinta-
tidão de recém-formados na Academia, um teclado oculto que havia se dobra- dos de um cinza ameaçador — aparece-
em direção a uma aeronave desajeitada do para fora da ocular do “visor de ram no para-brisa, e os flashes de seus
e cor de bronze. “Isso é um tiltrotor — bombardeio”. “Vá se trocar e eu vou narizes fizeram a aeronave sacudir e in-
inferno, isso é um ornitóptero Haus- manter o nível dela — e quando você clinar novamente, descendo em espiral
sman-2! Esses nem mesmo voam em voltar, vamos torcer para que as asas em direção ao Lago Superior paralelo
nossa atmosfera!” “Que bom que não funcionem.” abaixo deles.

Infinity Ilimitada 5
Trinta anos atrás, o físico ex-aluno
de Dartmouth, Paul Van Zandt, mudou
o mundo. Na verdade, ele mudou
centenas deles. Ele inventou um projetor
Somos malabaristas… tentando man-
paracrônico, uma máquina que poderia ter nossos comerciantes, e observadores
enviar matéria para outra dimensão —
outra cronologia. O primeiro mundo
sociológicos, e turistas, e idiotas como o
que ele descobriu foi “Terra-Beta”, falecido Gavran Sarn, longe de problemas;
quase idêntico ao seu próprio mundo,
que ele apelidou de “Linha-Base”. Mas à
tentando evitar pânico e distúrbios, e des-
medida que melhorava sua tecnologia e locamentos das economias locais como
suas técnicas de pesquisa, ele começou
a descobrir mundos onde Roma nunca
resultado de nossas operações; tentando
caiu ou onde a América era um reino ficar de fora da política, de fora do tempo
feudal. Alguns mundos — aqueles no
mesmo “nível quântico” da Linha-
— e, a todo tempo, a todo custo e perigo,
Base, Quantum 5 (Q5) — eram fáceis por todos os meios, guardando o segredo
de alcançar. Outros, em Q4 e Q6, foram da transposição paratemporal.
um pouco mais difíceis; Quantum 3
e Quantum 7 foram absolutamente – H. Beam Piper, Police Operation
complicados de alcançar. No entanto,
Van Zandt perseverou e formou uma
pequena equipe de assistentes ousados da ONU. Qualquer que fosse o segredo tornou-se CEO da Infinity, e o CINU
que o ajudaram a mapear mais 23 (pág. MB525), ele interrompeu as acrescentou seus próprios burocratas
universos. demandas para que sua tecnologia ao conselho. O Tratado Intermundos,
Ele financiou pesquisas adicionais fosse nacionalizada, militarizada ou que regulamentou a Infinity, exigiu que
com lucros obtidos do comércio destruída. Em vez disso, o Conselho a Infinity trabalhasse para “melhorar
entre mundos, um compromisso de Segurança estabeleceu o Conselho a vida” dos outros mundos que
que formalizou com o Comércio Intermundos das Nações Unidas (CINU) descobriu e explorou. Para esse fim — e
Estrela Branca. Em 1998, Van Zandt a partir de seus próprios membros, que possivelmente para combater a ameaça
revelou sua descoberta da viagem fundou uma nova corporação, a Infinity que Van Zandt revelou ao Conselho
paracrônica ao público e confidenciou Ilimitada (muitas vezes abreviada de Segurança — Van Zandt criou a
um segredo ao Conselho de Segurança para “Infinity” pela mídia). Van Zandt Patrulha Infinity.

Glossário de Mundos Infinitos


alternativo: Qualquer cronologia que não seja a Terra ori- arrecife: Uma coleção de cronologias próximas com-
ginal. Usa-se também “mundo alternativo”. partilhando um elemento comum (por exemplo, uma
âncora: Um eco que não passa por uma mudança quânti- Segunda Guerra Mundial em andamento, a base da
ca quando a “história é alterada”. ficção de Robert Heinlein).
Andar de Fora: Gíria de Patrulha para o alto escalão da autócronos: Nativos de uma cronologia, num contrapon-
Linha-Base. “Aqueles idiotas do andar de fora esperam to a visitantes extratmeporais ou colonos; chamados de
que paremos os Visigodos com nada além de fita adesi- “‘cronos” e “locais” na gíria da Patrulha.
va e shows de marionetes.” Batedor: Um agente do Serviço de Entrada da Patrulha
Apagadora: Uma droga que afeta a memória, usada pe- Infinity.
los PIs, entre outros, para manter o segredo da viagem Cabala, a: Uma organização secreta de mágicos e mons-
paracrônica. tros usando viagens em dimensões mágicas.

Continua na próxima página…

6 Infinity Ilimitada
Glossário de Mundos Infinitos (Cont.)
Cara do Acesso: Um agente de patrulha da Divisão de O Segredo: O fato de que a viagem tecnológica entre
Supervisão de Acesso. mundos é possível. Os extratemporais não devem sa-
cataclismo: Um fenômeno natural que transporta maté- ber disso, a menos que sejam recrutados pela Infinity.
ria entre mundos. A Intermundos não se incomoda em manter O Segredo
Centrum: Uma civilização rival com a habilidade de via- em mundos primitivos.
Olhos, os: Gíria de Patrulha para a Assuntos Internos.
jar entre mundos. Um “Centrano” é um nativo ou agen-
Ordem Armanen: A ordem secreta da SS no Reich-5 que
te do Centrum.
CINU: Conselho Intermundos das Nações Unidas, o órgão
descobriu a tecnologia paracrônica.
paracrônica: O estudo de mundos alternativos. Mais es-
1
da ONU oficialmente encarregado de supervisionar a pecificamente, o estudo do porquê existem mundos al-
paracrônica e a Infinity. ternativos e como viajar entre eles é possível.
cliodinâmica: O estudo científico da mudança histórica, paracronozoide: Uma criatura com uma habilidade na-
especialmente útil para alterar histórias em uma dire- tural de saltar mundos.
ção desejada. paralelo: Um mundo alternativo que difere do nosso ape-
Coluna, a: Quartel-general da Patrulha. nas porque sua história foi diferente (alguns são mui-
Concílio: Um mundo alternativo usado pela Infinity como to diferente). Um “paralelo próximo” é divergente por
uma prisão para aqueles que Sabem Demais — tanto causa de uma mudança histórica identificável.
paralelo estranho: Um mundo alternativo que tem mui-
indivíduos da Linha-Base como de outros tempos ou
tas semelhanças com o nosso, mas também tem dife-
mundos. renças que fazem essas semelhanças parecerem ina-
cronologia: Outro termo para um mundo alternativo. creditáveis (como o mundo onde répteis inteligentes
dar sumiço: Literalmente, “mandar para uma realidade falam português).
inexistente”; expressão de gíria de Patrulha que signifi- paralelos infernais: Uma cronologia em grande parte, ou
ca, grosso modo, “que se dane”. totalmente esvaziada de humanos por um desastre ou
de casa: Qualquer indivíduo do mesmo mundo de origem holocausto.
de outro. Patrulha Infinity: O braço paramilitar da Infinity Ilimi-
dimensão de portal: Um local que se conecta a muitos (ou tada.
até mesmo todos) mundos ou dimensões alternativas. pisado: Uma estrada dimensional mágica, geralmente
eco: Um mundo alternativo que é — ou aparenta ser — usada por fadas. A maioria dos pisados passa entre
florestas.
idêntico ao nosso, mas em um ponto anterior da his-
Polícia Infinity (PI): Um agente do Serviço de Interven-
tória. ção da Patrulha Infinity.
estilhaço de realidade: Um fragmento de um passado an- ponto zero: O termo para um local que foi “zerado” — de-
terior lançado por um tremor de realidade. vidamente calibrado — para um salto seguro do trans-
extratempo: Um mundo diferente do próprio do locutor; portador entre duas dimensões específicas.
geralmente significa qualquer outro mundo além da portal de acesso: Um caminho “natural” entre mundos
Linha-Base. alternativos.
extratemporal: Qualquer pessoa de um mundo diferen- projetor: Um dispositivo que pode enviar um transporta-
te do locutor; portanto, um agente da Patrulha é um dor através dos quanta.
“extratemporal” em Califa, mas um cidadão de Califa quantum: Um “nível de energia” em um espaço de 8 di-
mensões que contém muitas linhas do tempo alternati-
seria um “extratemporal” em Linha-Base.
vas. Os níveis de quantum são geralmente abreviados;
Infinity Ilimitada: Frequentemente, apenas “Infinity”;
por exemplo, Q7 para Quantum 7.
uma corporação privada que controla a tecnologia pa- quantum sargaço: Uma cronologia que não pode ser dei-
racrônica como um monopólio e governa o acesso a xada usando a paracrônica.
cronologias alternativas. Realidade Some: A cronologia que supostamente “come”
Kern: Do Alemão para “kernel”, um esconderijo seguro sondas e missões desaparecidas.
usado pelos agentes da Ordem Armanen. Plural: Kerne. reino itinerante: Um local que viaja entre as cronologias,
Linha-Base: A Terra original de Paul Van Zandt e da Pa- desde “navios fantasmas” a florestas ou ilhas inteiras.
trulha Infinity. rodovia dimensional: Uma estrada entre mundos, natu-
local: Na gíria da Patrulha, nativo da cronologia. ral, mágica ou artificial.
memética: O estudo das ideias e sua transmissão e mu- Serviço Intermundos: Também S.I., ou apenas “Inter-
mundos”, o equivalente Centrano à Patrulha Infinity.
dança, uma formação reversa da “genética”. Ainda não
suague: Membro de uma fraternidade de vigaristas trans-
totalmente aceita como ciência. temporal.
monolinha: Alguém que nunca sai de sua cronologia nati- transportador: Um aparelho autopropelido usado para a
va, especialmente um “civil” da Linha-Base. viagem entre mundos alternativos.
Mula: Gíria da Ordem de Armanen para um saltador do tremor de realidade: Uma turbulência paracrônica que
mundos, especialmente um criado artificialmente pela enterra parte ou toda uma história alternativa sob uma
ciência Nazista. nova história.

Infinity Ilimitada 7
A Patrulha Infinity
A Patrulha Infinity, como todo a Infi- cançar a Linha-Base e nem a Linha-Ba- Lidar com habitantes da Linha-Ba-
nity, é especificamente chancelada pelo se pôde alcançar o Centrum. Os quanta se, sejam inocentes prejudicados ou
Conselho de Segurança da ONU. Tem entre eles se tornaram verdadeiros cam- contrabandistas de diamantes, requer
um comando unificado com existência pos de batalha, especialmente os “ecos” boas relações com as instituições da
independente de qualquer missão e, de Q6, mundos que refletiam exatamen- Linha-Base combinadas com uma apa-
portanto, se assemelha mais a uma for- te a história da Linha-Base. O Centrum rência de total imparcialidade para os
ça de segurança privada do que a uma poderia, e fez, deslocar muitos daqueles conflitos da Linha-Base. É uma corda
força-tarefa multinacional de manuten- ecos do Quantum 6 para os quanta ina- bamba difícil de andar nas melhores
ção da paz. Na prática, a Patrulha é uma cessíveis à Linha-Base! A guerra do infi- circunstâncias. A Patrulha faz um tra-
agência paramilitar supranacional sob nito havia começado e a Patrulha tinha balho de articulação muito ativo com
o controle da Infinity, dedicada a prote- um novo conjunto de missões. as agências governamentais da Linha-
ger a Linha-Base, O Segredo, a Infinity -Base e com a Interpol, mas fecha os
e os desconhecidos inocentes de outros
mundos, aproximadamente nessa or- Missão e olhos para as operações ocasionais do
MI6 ou FSB, torcendo pelo melhor. A
dem. As instalações da Patrulha, como
todas as propriedades da Infinity, são Mentalidade Infinity contribui com grandes somas
para instituições de caridade globais
consideradas “solo da ONU” e não po- Tecnicamente, todos os equipamen- reconhecidas (e campanhas de ree-
dem ser revistadas ou apreendidas sem tos paracrônicos existentes são proprie- leição), mesmo enquanto os oficiais
violar o direito internacional. Por seu dade da Infinity Ilimitada, e a Patrulha e agentes da Patrulha permanecem
estatuto, deve “manter a paz e preser- Infinity tem o direito (e o dever) de impiedosamente apolíticos. A Infinity
var o bom funcionamento das viagens supervisionar seu uso. Em teoria, todo não tem nada tão bruto quanto um sis-
interdimensionais para o bem de toda a transportador, desde um “carreteiro” tema de cotas, mas mantém um pro-
humanidade”. Isso se traduz, tanto para de duas toneladas a uma cápsula de grama agressivo de divulgação para
a Infinity Ilimitada quanto para a Patru- inserção furtiva da CIA cai sob a juris- alistar não-Americanos. Embora a In-
lha, como “supervisionar todos que te- dição da Patrulha, e a Patrulha pode finity Ilimitada atue como uma típica
nham um transportador, manter os pro- pedir para ver seu registro de serviço corporação multinacional America-
blemas da Linha-Base na Linha-Base, e conectado (fornecendo o tempo e as na, independentemente das animadas
fazer bem ao fazer o bem.” coordenadas paracrônicas de cada sal- campanhas de marketing apontando
Isso já era difícil quando a Patrulha to que uma unidade dá) sem apresen- sua “globalidade”, a Patrulha enfatiza
se imaginava sozinha no continuum, tar uma causa ou motivo. Se algo não sua multinacionalidade — ou mesmo
mas nove anos atrás, a Segurança Cor- cheira bem, ela pode investigar — e se sua transnacionalidade — como con-
porativa capturou um intruso em uma a investigação justificar, a Infinity pode vém a uma força da ONU. Muitos Pa-
instalação secreta da Infinity no mundo revogar uma licença paracrônica ou até trulheiros até renunciam a sua própria
Turkana, no Quantum 6. Ele acabou por mesmo confiscar e destruir equipamen- cidadania para obter passaportes da
ser de outra organização paramilitar tos. Com o tráfego de transportadores e ONU, já que o Juramento da Patrulha
multidimensional, o Serviço Intermun- projetores chegando a dezenas ou mes- abandona explicitamente todas as ou-
dos, de uma civilização transtempo- mo centenas de milhares de viagens por tras lealdades.
ral chamada Centrum. O Centrum era dia, e com governos nacionais invejo- Isso faz com que a Patrulha seja leal
agressivo, competente e dedicado a es- sos, corporações secretas, e acadêmicos apenas a si mesma. Na melhor das hi-
palhar seu próprio sistema hierárquico confusos alardeando sobre cada deslize póteses, a Patrulha se vê como a “fina
pelos mundos. Felizmente, o Centrum imaginário ou passo em falso, o traba- linha azul e preta” apoiando toda a
estava no Quantum 8; não conseguiu al- lho da Patrulha nunca é fácil. Linha-Base — toda a humanidade —
contra os perigos de outros mundos.
Na pior das hipóteses, alguns Patru-
lheiros internalizaram uma atitude
“nós contra eles”, não apenas para os
Com o tráfego de transportadores extratemporais (que não se beneficiam
da neutralidade cuidadosa da Infinity),
e projetores chegando a dezenas ou mas também para os monolinhas da
mesmo centenas de milhares de via- Linha-Base. Até mesmo turistas ino-
centes presos atrás das linhas em Alésia
gens por dia, e com governos nacio- às vezes irritam a polícia dimensional
nais invejosos, corporações secretas, profissional, para não falar dos capan-
gas da Linha-Base que vendem heroína
e acadêmicos confusos alardeando em uma Itália renascentista paralela.
sobre cada deslize imaginário ou pas- Essas missões nem sempre ajudam os
Patrulheiros a manter uma perspectiva
so em falso, o trabalho da Patrulha ampla. E as missões nunca terminam;
nunca é fácil. mundo após mundo deve ser analisado,
inspecionado por pragas, buscado por
magia, classificado, vigiado, nutrido,
explorado, salvo, defendido, sabotado,
e dissimuladamente policiado.

8 Infinity Ilimitada
Recursos Braziliense; em outros, a “adoção por
um mosteiro remoto” ou uma “posição
e satélites. Ironicamente, o ponto mais
fraco na cobertura são, necessariamen-

Humanos no exterior” pode encobrir uma extra-


ção. Um outro antigo modo é o recru-
te, o tráfego paracrônico que chega,
que teoricamente poderia trazer qual-
Essas tarefas em constante expan- tamento em desastres — um local que quer um, de qualquer lugar, com qual-
são consomem o tempo e a atenção da demonstra coragem, recursos e habili- quer agenda ou armas. Felizmente, as
Infinity mais do que seu orçamento. dade durante uma erupção vulcânica pradarias Canadenses são lugares bas-
Entre as receitas não registradas em ou batalha cataclísmica pode muitas tante isolados na maioria das cronolo-
fundos secretos da Patrulha (muitas vezes “desaparecer nos destroços” sem gias, então a Patrulha pode manter os
mantidas em bancos extratemporais), colocar O Segredo em perigo. Patru- esquadrões de segurança acampados
a grande escala de operações paracrô- lheiros espertos ou ousados podem na maioria dos locais de quartéis-ge-
manipular registros de prisioneiros ou nerais paralelos sem colocar O Segredo
nicas, e as lucrativas sub-licenças da
Linha-Base, as finanças da Infinity são, prisioneiros de guerra, contratar mer- em perigo. 1
para todos os fins práticos, ilimitadas. cenários ou simplesmente comprar Além de proteger sua própria exis-
No entanto, a gestão da Infinity ain- escravos (embora isso continue sendo tência, o Quartel-General serve como
da tem apenas 24 horas por dia para muito controverso com os chefões da centro de comando, universidade, ar-
participar e supervisionar eventos em Infinity) para tirar os recrutas da Pa- senal, garagem, biblioteca, pátio de
centenas de mundos. Sistemas espe- trulha de sua perigosa cronologia nati- reparos e retaguarda para todas as di-
cializados, tomada de decisão simplifi- va e colocá-los na folha de pagamento visões da Patrulha. Mais importante,
cada e triagem de políticas implacável da Infinity. no entanto, serve como uma verdadei-
chegaram ao limite. O Infinity deve ra base para os Patrulheiros isolados
permitir aos agentes da Patrulha am-
plo arbítrio — eles simplesmente não Quartel- tanto das cronologias que protegem
quanto da Linha-Base que enriquecem.
têm tempo para questionar os Patru-
lheiros ou tomar decisões táticas lá de General Ainda mais do que policiais ou solda-
dos, os Patrulheiros só podem ter con-
cima. Ao mesmo tempo, as pressões Os novos recrutas quase sempre versas relevantes uns com os outros e
atuam sobre os 60.000 funcionários da começam seu serviço com uma ceri- com mais ninguém em mil Terras.
Patrulha (10.000 dos quais são agentes mônia de posse no quartel-general da Dormitórios, instalações recreativas
de campo em tempo integral), forçan- Patrulha. Enquanto a Infinity Ilimitada e esportivas, lanchonetes e estábulos
do a Patrulha a premiar a iniciativa, a dirige seu império corporativo a partir estão disponíveis para qualquer Patru-
criatividade, e resolução independente de um arranha-céu em Chicago (longe lheiro gratuitamente. Seja para relaxar
de problemas sobre todos os outros o suficiente das mentalidades de Nova no Bar Transtemporal do Mike (dirigi-
fatores. Este fato irredutível das ope- York e Washington para desencorajar a do por um Patrulheiro que perdeu as
rações paracrônicas da Infinity torna supervisão excessivamente cuidadosa), duas pernas numa baguncinha, man-
o serviço da Patrulha muito atraen- a Patrulha trabalha em um modesto tendo Napoleão fora de uma Moscou
te para ex-militares e ex-policiais. De complexo de vidro e ferrocreto fora de paralela) ou meditando no Cemitério
exércitos e forças policiais se afogando Calgary, no oeste do Canadá, bem fora da Patrulha nas encostas do Monte.
em burocracia e procedimentos buro- do radar até de figurões corporativos Eisenhower, todo Patrulheiro precisa
cráticos, os recrutas da Patrulha en- da Infinity. de um lugar para se conectar. A Infini-
tram em um mundo “afogar ou nadar” Esse complexo discreto se espa- ty promove tais conexões por meio da
onde uma decisão pode salvar milhões lha por várias centenas de hectares, mescla deliberada de agentes e equipes
(até bilhões) de vidas ou de dólares. incluindo campos de tiro, campos de de retaguarda de ambos os ramos da
Apenas verdadeiras catástrofes resul- provas, pistas de pouso, projetores e Patrulha, o Serviço de Entrada (colo-
tam em supervisão ativa — e desastres galpões para transportadores, uma pe- quialmente, os “Batedores Temporais”
geralmente matam os Patrulheiros que quena mas segura instalação de prisão, ou apenas “Batedores”) e o Serviço
tomam decisões estúpidas. uma usina de fusão e salas cheias de su- de Intervenção (os explicitamente pa-
Mas, mesmo com o incentivo da ini- percomputadores de memória molecu- ramilitares “PIs”), nas atribuições do
ciativa, o departamento pessoal conti- lar dedicados aos arquivos e análises da Quartel-General. A Infinity incentiva
nua sendo um problema para a Patru- Patrulha . (Existe uma instalação de ba- uma mescla semelhante de experiên-
lha. Na rica e confortável Linha-Base ckup no mesmo local em Smother, uma cias em seus Patrulheiros individuais.
criada pela Infinity Ilimitada, não são cronologia desabitada em Quantum 5 A política corporativa favorece os Pa-
muitos os que se voluntariam para ar- onde a atmosfera da Terra nunca foi trulheiros com um histórico amplo e
riscar suas vidas… muito menos pas- oxigenada.) O edifício do quartel-gene- multifacetado em vez de “servidores
sar anos a fio em paralelos atrasados ral (cinco andares de suavidade institu- de tempo” e “subidores de escadas”
sem poder de fusão ou odontologia, cional) é apenas um pouco mais impo- que sobem na hierarquia em um único
mesmo por um salário razoavelmen- nente, e a política informal da Patrulha ramo de conhecimento, ou até mesmo
te atraente. Cada vez mais, a Infinity considera uma derrota se “A Coluna” em um único serviço. O conselho da
se volta para o recrutamento extradi- chegar a aparecer no noticiário notur- Infinity se recusa a considerar candida-
mensional nas cronologias onde eles no. (Os Patrulheiros tradicionalmente tos a Diretor de Patrulha, ou qualquer
podem gerenciá-lo sem revelar O Se- fazem declarações à imprensa da sede cargo executivo, sem vários anos de ex-
gredo. Afinal de contas, os extratempo- de qualquer agência ou força policial periência tanto nos Batedores quanto
rais estão acostumados a condições de com a qual trabalharam em uma deter- nos PIs. Embora isso crie descontinui-
trabalho ruins, perigos e sujeira — eles minada missão, ou da Torre Infinity em dades e duplicação de esforços, impede
vivem lá. Em alguns mundos, é tão Chicago.) Toda a área (incluindo vários (ou pelo menos mitiga) a construção
simples quanto colocar um anúncio quilômetros de túneis subterrâneos e de impérios burocráticos e incentiva o
classificado cuidadosamente formula- laboratórios) está sob a mais abrangen- pensamento lateral abrangente em to-
do na Folha de São Paulo ou no Correio te possível vigilância física, por radares, dos os níveis da Patrulha.

Infinity Ilimitada 9
Serviço de um aviso noturno de surpresa que pega
de quatro a sete cadetes por vez (depen-
pode ser reprovado por seu relatório —
a única nota de reprovação é por não

Intervenção dendo do tamanho da turma) e os deixa


a algumas centenas de quilômetros de
entregar nada. No Dia da Formatura,
os cadetes desfilam em formação pela
Os “PIs” fazem cumprir as regras distância da Academia para encontrar última vez, recebem suas comissões e
e afastam estranhos hostis em todo o seus caminhos de volta através do terri- atribuições de dever e são enviados ao
continuum. Eles são a espada e o escu- tório dos dentes de sabre. Com apenas multiverso, com direito a usar o azul e o
do da Linha-Base. O Serviço de Inter- o que estavam vestindo e carregando preto da Patrulha. Uma semana depois,
venção favorece a confiabilidade sobre cinco minutos depois de acordar. Em a nova classe chega.
a inspiração, a firmeza sobre a comuni- dezembro, pleno inverno no hemisfério Um ano na Academia é uma ex-
cação e a rapidez sobre a propagação. norte. Em uma Idade do Gelo. celente minicampanha introdutória,
Identifique a tarefa, supere os obstácu- A Academia recompensa os sobrevi- abstraindo tanto ou pouco dos treinos
los e cumpra a missão — não se distraia ventes com uma semana perto do Ano e esportes quanto o grupo deseja. Essa
salvando outros mundos antes de salvar Novo (universalmente chamada de “Fé- introdução provavelmente funciona
o seu primeiro. Um PI faz sua própria rias de Primavera”, apesar do tempo) melhor se cada jogador pegar dois ou
sorte ao não ficar esperando o raio cair. para fazer o que quiserem na Roma de três cadetes como personagens. O MJ
Eles próprios lançam o raio e saltam Johnson ou em outro mundo tranquilo, pode então matar cadetes dos PdJs sem
antes que o trovão pare de ressoar. mas primitivo — o que é outro teste. Os se preocupar em destruir a campanha
O Serviço de Intervenção tem 10 cadetes que não conseguem se ajustar a — e os graduados que sobraram podem
divisões, sendo a primeira a que pode outros costumes culturais, que tratam aparecer mais tarde como PdMs, ou se-
vir a ser a mais importante de toda a os extratemporais com desprezo ou con- rem personagens reservas no caso do
Patrulha. descendência, que revelam dispositivos Patrulheiro principal de um jogador ser
de alta tecnologia ou que são estúpidos o vaporizado pelo fogo do maser nazista
A Academia suficiente para caírem em esquemas de em Atlanta ou aleijado por sarsens der-
Localizada nas margens do lago gla- estelionatários são eliminados da Aca- rubados em Stonehenge.
cial Agassiz (no equivalente a Dakota do demia após seu retorno. Se um cadete
Sul na Linha-Base), no Pleistoceno do passar do Durmafora e pelas “Férias de Alfândega e Inspeção
paralelo Mammut-1, a Academia Infini- Primavera”, ele é considerado um Patru- A Divisão de Alfândega e Inspeção
ty treina todos os novos agentes aceitos lheiro. Talvez ainda não seja um agente guarda oficialmente todos os projeto-
na Patrulha. A aula de cada ano começa — mas alguém em que vale a pena inves- res paracrônicos da Linha-Base e tem
em meados de setembro com cerca de tir mais tempo e dinheiro. autoridade global para entrar e inves-
650 cadetes (embora a Academia tenha O resto do inverno é mais treinamen- tigar qualquer local que emita energias
instalações para 1.000 alunos, se neces- to físico — longas marchas pela geleira, paracrônicas detectáveis. Sua tarefa
sário); os rigores do treinamento redu- caças de mamutes com equipamentos de ingrata é manter fora da Linha-Base
zem o número média de formandos a vários níveis tecnológicos, treinamento coisas que não pertencem a ela, de pra-
cada classe para cerca de 400. Isso mal com traje pressurizado e de combate em gas perigosas a pingentes Tirianos con-
é o suficiente para evitar a taxa atual gravidade zero — intercalado com para- trabandeados e terroristas fanáticos. A
de baixas em operações, aposentado- crônica aplicada, cuidado e alimentação segunda prioridade deles é impedir que
ria, ferimentos e desaparecimento dos de transportadores e ainda mais cursos tais coisas saiam da Linha-Base para
Patrulheiros atuais, mas o comandante de história e idiomas. A simulação com o vazio impossível de se policiar dos
al-Wahid (um veterano de Operações armas fica mais complexa e há “inspe- mundos infinitos. Máquinas de Raio-
Especiais que a perdeu braço direito ções práticas” de cronologias mapeadas -X em baias de projetores e portos de
para um dragão) recusa-se a abrandar (e quase sempre inofensivas). O trabalho transporte procuram continuamente
o regime da Academia. A Academia trei- continua aumentando e os esportes cole- por cindíveis, toxinas, vírus, nanobots
na agentes de Intervenção e do Serviço tivos são colocados em pausa. e qualquer outra coisa que as mentes
de Entrada, e embora seja oficialmente Na primavera, o “treinamento de paranoicas da Alfândega possam sus-
uma divisão da Intervenção, seu corpo aptidão” começa; a Patrulha precisa peitar. (O aviso na maioria das baias de
docente permanece neutro em qualquer de muitas habilidades de poucas pes- projetores é tão preciso quanto conciso:
disputa de poder entre as Forças. soas para formar generalistas comple- “Regra Um: Declare Tudo.”) A Alfânde-
Todos os cadetes começam em um tos. (Isso é parte do motivo pelo qual o ga e Inspeção tenta desesperadamente
programa de “treinamento básico” de treinamento de Patrulha enfatiza tanto obter prioridade sobre novos agentes
três meses, enfatizando a resistência, o trabalho em equipe.) A Infinity pode telepáticos, com uma taxa de sucesso
a tomada de decisões sob fadiga ou contratar os maiores especialistas em discutível. Telepatas confiáveis podem
stress, e exercícios básicos de Patrulha qualquer tópico: aikijujutsu, degustação escrever seu próprio caminho na Patru-
e combate. (Esses enfatizam a surpre- de vinhos, arco e flecha ou dança. Os es- lha, e poucos deles desejam trabalhos
sa, sutileza e o trabalho em equipe.) portes coletivos também voltam com o enfadonhos lendo a mente de pessoas
Depois do jantar, o curso sobre o bá- clima mais quente (bem… quente para a que voltam das férias com “um souve-
sico da paracrônica, línguas e história Idade do Gelo) — a tradicional festança nir que nem vale a pena mencionar”.
global preenche o tempo de um cadete final é a “De Volta para Casa” no início Os próprios Patrulheiros se deliciam
até que as luzes se apaguem. Em seu es- de setembro, um duelo de ullamaliztli (o com o contrabando — geralmente con-
casso tempo livre, os cadetes praticam jogo de bola Asteca brutal) entre as me- trabando discreto como vinho e facas,
esportes internos de uma ampla varie- lhores equipes de cadetes da Academia. embora a equipe da Patrulha que con-
dade de cronologias, com equipes ven- A última semana é conhecida como “Fi- seguiu contrabandear um panzer desli-
cedoras recebendo melhor alimentação nais”, durante a qual os formandos pre- zador inteiro de volta do Reich-4 ainda
e outros privilégios menores. A linha param um relatório extenso e específico seja o tema de uma lenda famosa. Isso
não oficial que separa o treinamento analisando as deficiências na Academia faz pouco para tornar os “A & PIs” (ou
“básico” do “avançado” é o Durmafora: e em seu treinamento. Nenhum cadete A & I) queridos para outros agentes.

10 Infinity Ilimitada
Assuntos Internos
Assuntos Internos são os Patrulhei-
ros que patrulham a Patrulha. Eles
vasculham registros contábeis à pro-
cura de contas volumosas em outras
cronologias, checam “amigos de Bo-
naparte-4” com sobrenomes suspeitos
e são implacáveis com qualquer um, a
qualquer hora. Isso torna “os Olhos”
ainda menos popular entre seus cole-
gas Patrulheiros do que a Alfândega e
Inspeção, se isso é que isso é possível.
AI elimina a corrupção e o favoritismo 1
da Linha-Base na Infinity sempre que
pode, o que faz com que a Divisão não
ganhe amigos na burocracia do CINU
ou na diretoria da Infinity. No entanto,
a Assuntos Internos sempre fica feliz
em consultar relatórios sobre o que al-
gum rival do burocrata está fazendo, o
que ajuda a AI a entrar no duro jogo po-
lítico quando necessário.
Oficiais da Assuntos Internos po-
dem aparecer como os “bandidos” em
um jogo descompromissado de PIs re-
beldes que simplesmente não seguem
as regras, ou em um jogo tenso e som-
brio em que a alta cúpula da Infinity
pode não ser totalmente composta de
pessoas de reputação ilibada. PdJs da
Embora uma equipe de agentes de ções extratemporais e amenizam as Assuntos Internos podem acompa-
Inspeção encarregada de investigar dificuldades burocráticas. Agentes da nhar em uma ou duas missões, mas é
emissões paracrônicas não autori- Articulação são prováveis PdMs em improvável que se encaixem bem em
zadas na Linha-Base provavelmente uma campanha de PI, mas podem ser uma campanha de PIs em andamento.
tenha uma das tarefas mais tensas e PdJs interessantes em uma campanha A menos, é claro, que todos os jogado-
exasperantes da Patrulha, jogar uma centrada em um grupo da Linha-Base, res assumam o papel de oficiais da AI e
campanha dessas seria um pouco de- como a Equipe de Campo Paracrônica joguem um cenário ao estilo Los Ange-
mais como brincar de controlador de do FBI ou a Françesa Legion d’Outre- les: A Cidade Proibida, de James Ellroy,
tráfego aéreo. Entretanto, uma equipe temps. revelando corrupção e malfeitos dentro
de Inspeção itinerante verificando a se- Os agentes PIs da Articulação têm da própria Infinity.
gurança em mundos Quantum 5 próxi- uma relação particularmente calorosa
mos pode descobrir muitos problemas com a Real Polícia Montada Canaden- Justiça
emocionantes, sem fazer esforço. Para se (RPMC), que tecnicamente “acolhe” Onde a Assuntos Internos rastreia a
grupos mistos, um indivíduo agente Al- qualquer operação PI na Linha-Base corrupção dentro da Patrulha, a Divisão
fandegário é um acréscimo muito plau- tocadas do Quartel-General da Patrulha de Justiça soluciona crimes envolven-
sível para qualquer equipe de Patrulha do o quadro pessoal ou a propriedade
em Calgary. Os valores tradicionais dos
entrando em um mundo com objetos da Infinity. (O comando das investiga-
Mounties de integridade, autossufici-
de valor, ou itens perigosos, ou ativida- ções que por ventura se sobreponham
ência, profissionalismo e determinação
de extratemporal suspeita — ou seja, vai para a equipe com prioridade no
ressoam fortemente com os Patrulhei-
qualquer um dos mundos. caso — a iniciativa obtém resultados.)
ros, e a Patrulha busca emular o melhor
Por uma interpretação do Tratado In-
Articulação da experiência RPMR — trazer ordem
sem crueldade ou destruição a uma termundos, isso dá à Divisão de Justi-
A Divisão de Articulação lida com ça jurisdição sobre qualquer crime na
os relacionamentos com outras agên- vasta fronteira — em seu próprio tra-
Linha-Base envolvendo um extratem-
cias policiais ou unidades militares balho ao longo das cronologias. A Pa-
poral ou funcionário da Infinity, ou
da Linha-Base, especialmente aque- trulha procura ativamente ex-Mounties que tenha ocorrido em uma instala-
las com responsabilidades de inves- para posições de responsabilidade, e a ção paracrônica de qualquer tipo, bem
tigação paracrônica. Com a escassez RPMC é a única equipe da Linha-Base como qualquer crime envolvendo um
crônica de tempo e mão de obra da rotineiramente convidada em “viagens” residente da Linha-Base em qualquer
Patrulha, a menos que uma investiga- para outras cronologias quando os PIs outra Terra. “Crimes”, neste contexto,
ção realmente coloque em risco os in- precisam de reforço rápido. Persona- incluem genocídio, escravidão em mas-
teresses da Infinity, os PIs estão sem- gens da RPMC podem adicionar uma sa, negligência ambiental, contrabando
pre dispostos a entregar o trabalho a dimensão interessante a uma campa- de armas e subversão, bem como as
estranhos. Os agentes da Articulação nha PI, cumprindo o papel de condu- comuns como roubo, fraude e assassi-
acompanham o compartilhamento de tores a um mundo mais amplo da Li- nato. Como o FBI ou a Scotland Yard,
informações, mantêm os habitantes nha-Base, ou meramente apresentando às vezes o envolvimento deles é solicita-
da Linha-Base alheios às investiga- outra perspectiva. do, às vezes é lamentado, e às vezes os

Infinity Ilimitada 11
pega seu homem. Um MJ traiçoeiro
pode dar uma guinada nesse cenário
— atrair agentes de várias divisões,
Justiça Infinita Incorporada montar as equipes de investigação
e enquadrar os PdJs pelo crime! De
Com sede em uma usina siderúrgica obsoleta em Gary, Indiana, a repente, eles precisam fugir da Li-
Justiça Infinita Incorporada, a maior agência de recebimento de fianças, nha-Base e perseguir os verdadeiros
reintegração de posse e “resgate de pessoal” licenciada para operações criminosos — é o Fugitivo Infinito, e
transtemporais, não gasta muito em móveis de escritório chic ou telas eles estão perseguindo o nazista de
sofisticadas nas paredes. A Justiça Infinita, Inc., conquista seus clientes um braço só através do continuum.
com seu histórico (uma taxa de sucesso de mais de 80%) e seu pessoal (95%
com extensa experiência extradimensionais antes de ingressar na empresa, Logística
principalmente com a Patrulha Infinity, Mounties ou outras agências de A tarefa nada glamorosa de man-
imposição da lei) A Infinity Ilimitada oferece uma recompensa mínima de ter os transportadores abastecidos e
$500.000, a qualquer caçador de recompensas transtemporal licenciado, as munições organizadas por calibre
pela captura e retorno de qualquer residente da Linha-Base escondido e por mundo de origem recai sobre a
em uma Terra alternativa; cada um desses ladrões, fugitivos, mafiosos e Divisão de Logística. Esses trabalhado-
adulteradores põe O Segredo em perigo. A JII aluga seus transportadores da res perfeccionistas lidam com reparos,
Infinity em um plano extremamente acessível, permitindo que ela consiga veículos, suprimentos e manutenção
organizar mais missões paracrônicas que muitos governos da Linha-Base. para toda a Patrulha. Isso inclui supri-
A caça a um único fugitivo pode ser uma aventura longa, ou estender-se mentos, combustível, munição e peças
por uma campanha inteira, com um bando de caçadores de recompensas sobressalentes para qualquer equipa-
(junto com seu piloto, “o rosto da equipe” e assim por diante) envolvendo- mento extratemporal armazenado ou
se voluntária ou involuntariamente em problemas locais de mundo em circulação; a Divisão de Logística
em mundo no encalço de sua presa. O pelotão também podia perseguir trabalha em estreita colaboração com a
diferentes fugitivos nos quanta de semana a semana e, ocasionalmente, ser Divisão de Análise Técnica do Serviço
sugado para as a órbita de crises maiores. Alternativamente, um caçador de Entrada (pág. 15). Uma das prin-
de recompensas pode ser um PdM recorrente (ou um PdJ) que ajuda cipais tarefas da Logística é manter o
com perícias investigativas, contatos ou com músculos para missões de controle de cada dispositivo paracrô-
Patrulha “como um favor à antiga farda”, enquanto toma emprestado um nico no inventário da Infinity; se um
esquadrão PI “durante a folga” para seus trabalhos mais difíceis. (O grande transportador (ou, mais sutilmente,
número de ex-Patrulheiros da Justiça Infinita ajuda a amenizar qualquer um disco de coordenadas ou conjunto
reclamação sobre as normas.) sobressalente de circuitos de campo)
A missão típica do caçador de recompensas é rastrear um fugitivo desaparece, eles alertam a equipe de
procurado, apreendê-lo e entregá-lo de volta às autoridades em troca de Patrulha mais próxima de sua última
uma recompensa. A missão pode, é claro, dar errado em qualquer lugar ao posição conhecida. Muitas vezes, essa
longo deste caminho. Por exemplo, o fugitivo pode ser acusado falsamente, equipe recebe então a ordem de largar o
ou ser um agente do Centrum, ou estar escondido no Merlin-1, ou ter que quer que esteja fazendo e perseguir
amigos poderosos no CINU. As autoridades podem ser corruptas, brutais, a engenhoca desaparecida — todos na
equivocadas ou distraídas de alguma outra forma. A recompensa pode ser Patrulha compartilham a preocupação
muito pequena, ou tão grande a ponto de atrair muitos talentos freelancers da Divisão de Logística com o desapa-
caçando o criminoso “dentro das especificações”. E, é claro, a recompensa recimento do equipamento. Afinal, na
pode nem mesmo ser paga, dependendo da condição, status legal ou próxima semana, isso poderia trazer
proteção política do suspeito. Felizmente, existe um comerciante de uma divisão de fanáticos secularistas
escravos com a cabeça a prêmio que acabou de tropeçar no seu caminho… da Jamahiriya do mundo Califa ou
guerreiros babacas de Gotha-19 bem
em cima deles.
Embora essenciais para o bom fun-
cionamento da Patrulha, os oficiais da
dois ao mesmo tempo. Sem surpresa, Uma campanha Cena do Crime: In-
Logística não são particularmente es-
nem o FBI nem a Scotland Yard aco- finito centrada na Divisão de Justiça
senciais para a operação emocionante
lhem particularmente PIs intrometidos pode ser muito divertida, mas a lon- de um jogo. Eles servem como depó-
que se metem em seus problemas que go prazo pode sobrecarregar a cria- sitos de informações e como fonte de
julgam sua própria jurisdição, e geral- tividade do MJ (ou a paciência dos equipamentos estranhos e solicitações
mente também não apreciam a ironia jogadores) para desvendar mistério urgentes. Uma retaguarda por exce-
da situação. Pior, apesar do generoso fi- após mistério. No entanto, um único lência, um PdM da equipe de suporte,
nanciamento para instalações e treina- mistério constitui uma boa aventura um agente da Logística pode entrar na
mento de alto nível para seus agentes, a de “prólogo”, e um crime grave pode aventura com uma necessidade única
Divisão de Justiça não conta com a lem- atrair agentes de qualquer outra divi- de recuperar um item particularmen-
brança institucional, a equipe ou a mar- são conforme necessário, como tes- te sensível. Uma vez vinculado a uma
ca de um departamento de investigação temunhas, especialistas ou mesmo equipe de Patrulha, é claro, sua habi-
criminal verdadeiramente importante. suspeitos. Então, se o verdadeiro cri- lidade em consertar e acessar equipa-
Consequentemente, os agentes de Jus- minoso foge para outro mundo (ou mentos restritos ou estranhos poderia
tiça precisam se virar com a intuição, está em conluio com alguma cons- torná-lo tão valioso que ele permanece-
talento e uma compreensão profunda piração maior), o jogo está aberto e ria para uma série de aventuras. Uma
do “ângulo de fora do mundo”, seja ele uma equipe mista pode iniciar uma equipe de pessoal da Logística pode ser
qual for. campanha que (de vez em quando) encarregada de estabelecer uma base

12 Infinity Ilimitada
de manutenção e suprimentos em al- uma guerra pode ser um grupo inte- Uma campanha da Divisão de Ope-
gum paralelo quase hospitaleiro, esta- ressante de se jogar. O resultado pode rações Especiais se assemelha a uma
belecendo uma série de aventuras de ser semelhante a Onze Homens e Um campanha militar normal de “Opera-
longo prazo em um ambiente contínuo. Segredo ou Por um Punhado de Dólares, ções Especiais”, com foco em incur-
Ter esses típicos carimbadores de papel dependendo do tom do jogo. sões e assaltos. Patrulheiros de outras
salvando o universo (talvez com certa divisões geralmente vêm em missões
ajuda dos “PIs verdadeiros”) poderia Operações Especiais específicas apenas para contribuir com
ser um divertido efeito cômico em uma A missão da Divisão de Operações conhecimentos ou experiências especí-
campanha leve (ou até mesmo boba). Especiais é o contragolpe. OpEsp (ou ficas; eles provavelmente não entrarão
DOE, para os Patrulheiros menos im- em um esquadrão OpEsp em tempo in-
Moral pressionados de outras divisões) existe tegral. Se o MJ e os jogadores puderem
O moral na Patrulha é, na verdade, para cair matando em uma operação criar variações suficientes no modelo
melhor do que na maioria das forças Centrum (ou, cada vez mais, Divisão para evitar que o jogo fique repetitivo, 1
policiais ou militares, embora os psicó- SS Corvo) quando a sutileza não é ótimo. Caso contrário, pode ser neces-
logos, capelães e bartenders da Infini- mais uma opção. Eles treinam táticas sário misturar as coisas. Os jogadores
ty recebam bônus. A Divisão do Moral de assalto transtemporais, causando podem ter um “PdJ OpEsp de reserva”.
não se preocupa muito com o moral da o máximo de danos com o mínimo de De vez em quando, se os PdJs normais
Patrulha, embora seja isso que todas as equipamento possível no menor perío- descobrirem algo que realmente pre-
descrições de cargos na unidade pare- do de tempo. As Operações Especiais cisa de alguém cair matando, o jogo
cem implicar no jargão impecável do não lançam (oficialmente, pelo menos) pode mudar para o “modo OpEsp” e os
século 21. Suas funções reais são propa- operações contra alvos inimigos; ela é jogadores podem trazer seu esquadrão
ganda, memética e guerra psicológica a “cavalaria” chamada para terminar de PdJs reservas para cumprir a tare-
— tanto em outros mundos (convencer uma luta, não os “fuzileiros navais” fa. Ou o MJ pode inserir uma pequena
ditadores a renunciar, ou os cidadãos a enviados para começar uma. Claro, unidade OpEsp em uma âncora, ou um
votarem em concorrentes dos fantoches muitos resgates ou contra-ataques exi- eco deslocado, para uma campanha de
do Centrum) e na Linha-Base. Esse últi- gem a ofensiva tática e, às vezes, isso se longo prazo contra o Centrum naquele
mo trabalho é o mais sensível de todos, aproxima de uma “defesa preventiva” mundo. Travar uma guerra secreta de
mas Van Zandt realmente não queria contra uma força-tarefa Intermundos alta tecnologia contra o Centrum en-
que a opinião mundial mudasse e ti- que parece quase pronta para lançar quanto mantém O Segredo, resgatar
rasse a Infinity dele. Portanto, uma boa se lançar ao ataque. A Operações Espe- outros Patrulheiros (que podem se tor-
parte do dinheiro da Infinity vai para ciais tem cerca de 200 agentes em três nar PdJs) e recrutar forças locais para o
publicidade convencional, relações pú- companhias estacionadas na Linha- lado da Linha-Base apresenta desafios
blicas e contribuições políticas admi- -Base, Refúgio (um “mundo mansão” diferentes o suficiente para manter o
nistradas pelos escritórios de relações no Quantum 6, ultrassecreto, usado jogo revigorado por algum tempo.
públicas corporativas da Infinity e seus exclusivamente por aposentados e exe-
lobistas. Uma quantidade maior, mas cutivos da Infinity) e Habacuque (um Segurança
muito mais cuidadosamente escondi- mundo Quantum 7 igualmente secreto A Divisão de Segurança monitora
da, vai para mensagens cuidadosamen- onde o resfriamento do Laurentides, e evita infiltrações transtemporais na
te concebidas para enfatizar as coisas no círculo polar ártico, enviou a Terra Linha-Base. Trabalhando em estreita
boas da Infinity (poder de fusão barato, de volta a outra Idade do Gelo por volta colaboração com a Divisão de Inte-
segurança contra Nazistas Temporais) de 6000 AEC). A companhia estaciona- ligência dos Batedores, eles mantêm
e descartar as ruins (brincar com a vida da em Refúgio tem força dupla, já que uma quantidade assustadora de in-
de bilhões). É um exagero dizer que a mais operações do Centrum ocorrem formações sobre cada licenciado da
Infinity guarda esse segredo mais assi- no Quantum 6 do que nas outras duas. tecnologia paracrônica e sobre cada
duamente do que guarda O Segredo da Seus transportadores são modelos sub- extratemporal conhecido por ter lida-
paracrônica — mas Van Zandt e seus quânticos reforçados construídos em do com habitantes da Linha-Base em
sucessores no tabuleiro parecem pen- aeronaves blindadas VTOL suborbitais qualquer meio. Obter essas informa-
sar que um depende do outro. Icarus NT9, cada uma capaz de trans- ções é o trabalho dos “mensageiros”
A Divisão do Moral também traba- portar até três esquadrões (15–24 Pa- da Segurança, que mantêm cadeias
lha em estreita colaboração com os trulheiros) de OpEsp em qualquer lu- de informantes e agentes nas agências
Batedores, ajudando a criar mensagens gar da Terra dentro de quatro horas de de segurança de muitos paralelos (eles
(verbais e heráldicas) de paz e amiza- um alerta. (A companhia na Linha-Ba- essencialmente comandam as Vigias
de (ou pelo menos “inimigo de seu ini- se pode, é claro, se projetar para Quan- na Roma de Johnson, por exemplo)
migo”) para discussões e reuniões de tum 3 ou 4, se for preciso.) Suas bases e dentro de cada grupo criminoso ou
primeiro contato, geralmente acompa- (no Canadá, na Linha-Base e no Refú- político conhecido por ter um interesse
nhando os Batedores em campo. Nas gio; e no Quênia tropical, em Habacu- transdimensional. A Divisão de Segu-
operações extradimensionais, a nego- que) têm imensas estações de craque- rança trabalha em estreita colaboração
ciação e a comunicação são o método amento de combustível, instalações de com a Divisão de Inteligência do Servi-
da Divisão do Moral, embora frequen- apoio total, enormes redes de detecção ço de Entrada para monitorar todas as
temente com o objetivo de eliminar um paracrônicas e backups da maioria dos outras cronologias quanto a violações
oponente de forma mais completa. Um registros da Patrulha das atividades da d’O Segredo ou de pesquisas paracrô-
oficial do Moral frequentemente atua Intermundos. A equipe de apoio (cerca nicas domésticas. No papel, a Inteli-
no papel de líder de equipe em outro de 2.000 por base) geralmente consis- gência faz a monitoração, e a Seguran-
mundo, ou cumpre o papel do “rosto” te em Patrulheiros com deficientes de ça faz todos os “ajustes” necessários
para uma equipe de Patrulheiros. Uma outras divisões, contratados civis ou para consertar as coisas. Na prática,
equipe do Moral designada para derru- especialistas da Inteligência, Logística isso significa que os agentes da Segu-
bar algum governo horrível ou encerrar e Segurança. rança geralmente recebem a tarefa de

Infinity Ilimitada 13
Supervisão de Acesso
A Supervisão de Acesso, a “Patrulha

Histórias de Disfarce Rodoviária” dos PIs, protege e traça


as rodovias dimensionais conhecidas,
portais de acesso e assim por diante.
Dados os imperativos conflitantes de manter O Segredo e influenciar os Relativamente poucas dessas rotas não
locais extratemporais, muita reflexão e esforço são dedicados a fornecer convencionais levam à Linha-Base pro-
aos agentes da Infinity um disfarce sólido durante as operações em priamente dita, e a Infinity comprou a
mundos paralelos. Documentos necessários, bilhetes de viagem, moeda maioria delas (junto com toda a terra
falsa e assim por diante são de responsabilidade da Seção de Documentos por vários quilômetros ao redor, quan-
do Serviço de Entrada (uma unidade interdivisional composta pelas do possível) há muito tempo. No entan-
divisões de Inteligência, Registros e Pesquisa e Análise Técnica). Plantar to, a Patrulha não pode depender do
identidades reais em bancos de dados de outros mundos, manter monopólio paracrônico da Infinity para
esconderijos seguros e contas bancárias, e outros trabalhos locais cabem manter o continuum seguro. Movendo-
a qualquer Serviço que opere a estação Infinity principal no paralelo (se -se pelas estradas secundárias do con-
os Batedores, geralmente a Divisão de Inteligência; se os PIs, geralmente tinuum, infiltrados, contrabandistas ou
a Divisão de Segurança). terroristas podem causar estragos na
A natureza real do disfarce varia de acordo com o meio e o NT. Em realidade através dos quanta, mesmo se
sociedades com NT baixo, até NT2 ou 3, os agentes podem se passar a Linha-Base for (em grande medida)
por viajantes de um reino distante, como mágicos (isso é mais difícil segura. E sempre há turistas para re-
em mundos onde a magia realmente funciona) ou como emissários dos direcionar gentilmente, disputas sobre
deuses. Algumas dessas histórias também funcionam em ambientes o acesso para resolver e as crises hor-
pós-desastre. Em sociedades em NT4 ou 5, um agente da Patrulha tem ríveis ocasionais para evitar. A Super-
que inventar sociedades secretas para se dizer pertencente, ou subornar visão de Acesso também tenta rastrear
guildas, ordens ou grupos existentes (ou pelo menos lojas ou igrejas cataclismos conhecidos, e seus agentes
específicas). Uma vez que os estados-nação tenham monopolizado o mantêm suas mãos matando qualquer
poder, geralmente em NT5, os agentes da Linha-Base precisam começar coisa desagradável que um cataclismo
o jogo cuidadoso de alegar serem espiões ou agentes de diferentes nações, deixe para trás. Na prática, a Super-
na esperança de evitar uma verificação cruzada mais aprofundada. Isso, visão de Acesso às vezes serve como o
no entanto, torna mais difícil obter a cooperação de um governo local, próprio serviço de Batedores internos
e muitas vezes força os Patrulheiros a trabalhar em recortes locais não dos PIs; os “Caras do Acesso” adoram
ideais. Fazer-se passar por espiões do governo local ou da polícia secreta descobrir o que está além da próxima
é o melhor disfarce possível, mas é muito perigoso. barreira quântica e quem está dirigindo
Em governos muito burocráticos (que começaram por volta de NT2 tanques pelas linhas ley.
na China e em Roma), os Patrulheiros podem muitas vezes alegar ser de Uma equipe itinerante da Supervi-
outro departamento do governo ou de uma província distante… ou da são de Acesso desse tipo é um grupo de
capital, se estiverem operando em uma província distante. Se eles puderem jogadores ideal. Mesmo que os mundos
apresentar as credenciais certas e usar o tom de voz certo, isso geralmente que eles estejam patrulhando estejam
é suficiente para operações de curto prazo. A longo prazo, esse disfarce está quietos agora, qualquer pessoa ou coisa
pode sair do portal durante a próxima
sempre em perigo de ser descoberto. Em alguns casos, pode ser possível
lua nova e agitar tudo. Um único Cara do
alegar ser viajantes do tempo, ou mesmo alienígenas — apresentando a
Acesso poderia se encaixar em qualquer
tecnologia avançada da Linha-Base como “prova”.
equipe em qualquer lugar do continuum
— uma excelente maneira de trazer um
novo jogador ou personagem substituto.

“melhorias secretas” em outros parale-


los: acabar com o tráfico de escravos,
Ilimitada, que é teoricamente respon-
sável pelas ameaças da Linha-Base às Serviço de
prevenir guerras globais, descarrilar
programas de pesquisa atômica em
operações da Infinity; com habitantes
da Linha-Base fazendo viagens trans- Entrada
ditaduras e assim por diante. A Divi- temporais, a jurisdição fica confusa. Os “Batedores Temporais” inspecio-
são de Segurança administra a “prisão Uma equipe de agentes da Divisão nam e abrem novas cronologias, e man-
paralela” Concílio (pág. MB524), bem de Segurança é outro grupo de joga- tém o fluxo do tráfego paracrônico fun-
como algumas instalações de detenção dores ideal. Cada missão pode ser di- cionando sem problemas. Os Batedores
ainda mais obscuras em mundos re- ferente, desde ataques para destruir favorecem a adaptabilidade em vez de
motos. A Segurança também trabalha células da Jihad Islâmica na Linha-Ba- disciplina, abertura em vez de julgamen-
em estreita colaboração com a Logísti- se até seguir uma série de pistas para to, e amplitude em vez de profundidade.
ca, seguindo sua liderança ao rastrear atropelar um contrabandista de plutô- Um pouco de conhecimento e experiên-
transportadores perdidos, e com a Di- nio em seis ou sete cronologias. O am- cia em 10 mundos é melhor do que um
visão de Articulação, em parceria com plo escopo das missões da Segurança doutorado em (ou iniciação em) uma
agências de segurança na Linha-Base significa que os Patrulheiros de quase subcultura — embora os Batedores ques-
(especialmente o FBI, Shin Bet e MI5) todas as outras divisões podem se unir tionarão insistentemente ao professor
ao rastrear ameaças transtemporais para uma única operação ou ajudar a (ou iniciante) sobre os três detalhes cru-
contra alvos nacionais. A Divisão de formar uma força-tarefa interdivisio- ciais de que precisam para encontrar um
Segurança também mantém uma rixa nal completa para monitorar alguma turista desaparecido em Nínive ou para
cozinhada a fogo baixo com a Filial crise em desenvolvimento (durante a passar uma mensagem para um contato
de Segurança Corporativa da Infinity campanha). da Patrulha na Chancelaria do Reich.

14 Infinity Ilimitada
O Serviço de Entrada tem oito tes em fuga) trazendo más notícias, do ou uma técnica) necessário para uma
divisões. que através das habituais chamadas de missão. No entanto, um tour em Busca
socorro. Muitos transportadores têm e Resgate é um excelente pano de fundo
Análise Técnica um drone de “caixa preta” subquânti- para um personagem jogador “médico”
A Divisão de Análise Técnica existe co que salta para a estação B&R mais em qualquer outra divisão.
para ajudar os Patrulheiros a se mistu- próxima em cada quantum em uma
rarem, reconhecerem, utilizarem e, se emergência, mas isso é um método de Comunicações
necessário, combater tecnologias de ou- tentativa ou erro, na melhor das hipó- Seja andando de camelo por um
tras alternativas. Sua missão específica teses. Busca e Resgate tem como tarefa Mojave paralelo ou instalando um Ca-
é examinar e avaliar, e idealmente ser primária ser o “primeiro respondedor” valo de Tróia na rede de um submari-
capaz de duplicar, todo e qualquer arte- para qualquer transportador ou civil no Sinhalaraj, a Comunicações espalha
fato tecnológico de qualquer cronologia, desaparecido em uma cronologia “sem
de ossos afiados a bioscanners. A Divisão ameaça” (em geral, aqueles não classi-
a palavra e faz chegar a mensagem. A
Divisão de Comunicações compartilha 1
de Tecnologia trabalha em estreita co- ficados como Z; veja Classes de Mundos a responsabilidade com a Inteligência
laboração com a Registros e Pesquisa e da Infinity, pág. 83). Eles não montam pela criptoanálise e codifica até mesmo
também imprime moedas falsas, fabrica missões paramilitares ou policiais — mensagens de rotina. No entanto, mui-
roupas discretas ou da moda e cria “bu- transportadores desaparecidos nos pa- tos códigos misteriosos e indecifráveis
gigangas de bolso” (chaves, pequenos ob- ralelos do Reich obtêm uma resposta em uma determinada era, podem levan-
jetos de adoração, facas de comer, bro- das Operações Especiais, por exemplo. tar suspeitas e colocar O Segredo em
ches, etc.) para ajudar os Patrulheiros a Infelizmente, a equipe de Busca e Res- perigo, então muitas vezes a Comunica-
se misturarem a qualquer cronologia que gate às vezes acaba sendo o primeiro ções tem que codificar uma mensagem
eles podem ter que entrar. Embora os re- Patrulheiro a descobrir que uma cro- real dentro de uma mensagem de fa-
gulamentos desencorajem a inclusão de nologia inofensiva repentinamente se chada codificada com a intenção de que
dispositivos típicos de “agente secreto” tornou uma ameaça mortal. Portanto, ela seja decifrada. São dores de cabeça
em disfarces e itens pessoais por motivo os agentes da Busca e Resgate devem como essa que fazem o serviço de men-
de risco de perda, roubo ou descoberta ser capazes de cuidar de si mesmos em sageiro parecer um alívio positivo; tudo
acidental, a Divisão de Tecnologia adora todos os tipos de situações, ao mesmo o que você precisa fazer é ir de Paris a
adicionar câmeras, microfones, serras tempo em que salvam vidas e ficam de Pequim e desviar dos Olhos Que Tudo
cortantes, e “facilitadores de missão” olho no próximo desastre. Vê do Grão-Cã ao longo do caminho.
semelhantes a qualquer coisa que eles Uma equipe de Busca e Resgate é um Os agentes da Comunicações po-
construam. Eles geralmente informam excelente grupo de PdJs para aventuras dem abrir a porta para qualquer tipo de
o agente que carrega o item sobre esses em ritmo acelerado oscilando entre aventura — e podem nem saber o que
extras. muitos cenários diferentes. As equipes está na mensagem que faz com que to-
Como suas almas gêmeas em Regis- da Busca e Resgate precisam ter uma dos os persigam. Um jogo de longa du-
tros e Pesquisa, os agentes da Divisão de mescla de especialistas, prontos para ração centrado na Divisão de Comuni-
Análise Técnica não são PdJs ideais, sen- qualquer coisa, desde mordidas de vam- cações pode centrar-se em mensageiros
do o suprassumo do pessoal da de reta- piros a queimaduras de maser e feridas intradimensionais, que “percorrem o
guarda. Uma equipe de agentes da Técni- de flechas de sílex, movendo-se rapida- circuito” através de uma série de esta-
ca teria dificuldade em justificar muitas mente e mantendo-se à frente dos ha- ções e paralelos para coletar mensagens
missões em outros mundos, exceto tal- bitantes locais — ou, pior, de viajantes que não podem ser enviadas de outra
vez em mundos com muitas tecnologias de outras dimensões. É improvável que forma. Isso oferece muita variedade
muito estranhas. No entanto, adicionar um único agente da Busca e Resgate se de cenários, e cada parada sem dúvida
um especialista em Análise Técnica a junte a uma equipe multidisciplinar, a contém sua própria crise que, de algu-
uma determinada missão é muito mais menos que tenha um conhecimento es- ma forma, ameaça a entrega da próxi-
fácil de justificar, quer a cronologia fun- pecializado (de um mundo, um perigo, ma mensagem.
cione com imensos motores analíticos,
dispositivos Tesla bizarros ou caldeiras a
vapor anãs.

Busca e Resgate
Quando um pesquisador desapare-
ce em Tenochtitlán, ou um grupo de
esquiadores fica preso por uma inva-
são de Helvécios, a Divisão de Busca e
Resgate os tira de lá. Equipes da Busca
e Resgate, geralmente montadas em
transportadores especiais com módulos
completos de ambulância e paramédi-
ca, permanecem de plantão em várias
estações da Infinity ao redor da Linha-
-Base e nos principais paralelos turísti-
cos. Um destacamento pode ser forma-
do e despachado dentro de 20 minutos
após a obtenção de um sinal verde, em-
bora a maioria dos despachos seja acio-
nada por “falhas em reportar a tempo”
ou pessoas retornando (ou sobreviven-

Infinity Ilimitada 15
Contato
Em muitos aspectos, a Divisão de
Contato tem o trabalho mais difícil e
delicado de toda a Patrulha. Uma vez
Procedimentos de
que os Batedores descobrem uma nova
cronologia, uma equipe de campo da
Reconhecimento
Antes que as equipes da Divisão de Inspeção entrem em uma cronologia,
Contato tem que entender e aprender o procedimento padrão exige um reconhecimento robótico completo,
sua situação geopolítica, cultural, eco- usando vários drones, idealmente em vários locais ao redor do mundo em
nômica e tecnológica com o máximo de questão. Resultados estranhos em qualquer estágio solicitam a inserção
detalhes e no mínimo de tempo possí- de mais drones em outros locais para verificação cruzada e correlação
vel. Tudo isso, é claro, enquanto verifi- dos dados; resultados perigosos levam a uma reavaliação pelo Serviço de
ca a existência de magia, psiquismo, ou Entrada como um todo.
outras anomalias potencialmente ame- Primeiro, a Inspeção lança um pequeno drone flutuante no meio do
açadoras na física do ambiente, estabe- Atlântico para verificar a atmosfera, radiação, gravidade, salinidade,
lecendo algum tipo de disfarce plausí- contagem de plâncton e outras métricas ambientais importantes no paralelo.
vel para futuras missões da Patrulha e Se essa inspeção for bem-sucedida em retornar (e informativamente), um
mantendo um olho atento no Centrum, drone maior entra em terra para monitorar o espectro eletromagnético
ou outros criadores de problemas ex- de rádio, televisão ou outros sinais, farejar a atmosfera e testar o solo em
tratemporais. Se a nova cronologia for busca de poluentes e produtos químicos complexos. Este drone também
um eco (o que a Patrulha nem sempre verifica o céu noturno e determina a data atual local do paralelo a partir
consegue discernir imediatamente, dos padrões das estrelas. (Isso geralmente acontece nos Andes Chilenos,
especialmente com Terras mais primi- para maximizar a visibilidade e minimizar as testemunhas.) A partir desses
tivas), fazer um contato muito aberto relatórios, a Divisão de Inspeção estima o NT mundial.
pode mudar toda a cronologia! Para Em cronologias inferiores a NT7, um drone de reconhecimento furtivo,
tornar as coisas ainda mais difíceis, O voando alto, entra e tira fotos aéreas de várias centenas de quilômetros
Segredo nunca está mais perto da ex- ao redor; sempre que possível, várias missões de fotos aéreas fornecem
posição do que nos primeiros meses de boa cobertura para áreas-chave como o Mediterrâneo, a costa Chinesa e o
contato com uma nova cronologia. leste da América do Norte. Se for possível (ou vital), a Infinity orbita um
Tudo isso faz de uma equipe da Di- ou dois satélites furtivos para vigilância e comunicação. Nas cronologias
visão de Contato um grupo de PdJ per- NT7 ou superior, drones submarinos rastejam pela costa em estaleiros
feito. Cada nova cronologia é um novo movimentados (disfarçados de destroços ou detritos) e tentam acessar
conjunto de desafios, o MJ pode perso- redes de computador sem fio locais, sinais de telefone ou qualquer outro
nalizar aventuras (e mundos inteiros) meio que possam sutilmente peneirar para obter informações. Qualquer
para atender (ou jogar com) as expecta- drone enviado para uma cronologia NT5 ou superior está equipado com
tivas dos jogadores, e o sabor da aven- um sistema de autodestruição de termite que é ativado se for adulterado, se
tura pode variar tão amplamente ou tão for intrusivamente escaneado ou se perder a janela de recuperação.
pouco quanto desejado. Uma equipe da
Contato geralmente inclui Batedores de
outras divisões e até mesmo PIs se eles
possuírem habilidades específicas (ou
basta estar vivo para cumprir o requi- cia disfarçada, bem como em várias cou) e tem que fazer seu caminho no
sito de uma missão agora mesmo) Isso disciplinas científicas, em vez de ha- novo mundo, independentemente do
oferece uma excelente mistura de per- bilidades de interação social (essas es- procedimento, seria um excelente gru-
sonagens iniciais, e viagens de retorno tão sob a responsabilidade da Divisão po de PdJ para uma aventura de médio
ao QG entre as missões permitem até de Contato). Uma missão de Inspeção a longo prazo em uma única cronolo-
mesmo aos jogadores trocar Batedores ideal, da perspectiva de muitos agentes, gia. Além disso, jogar uma equipe ini-
aleijados ou mortos por novos substitu- é uma longa viagem de acampamento cial de Inspeção como “PdJs convida-
tos arrojados. nos Apalaches, monitorando transmis- dos especiais” que analisam a situação
sões de rádio ou conectando cabos de em primeira mão e depois passam a
Inspeção computador sem encontrar nenhum missão para os heróis regulares é muito
mais imersivo e recompensador para os
Um agente da Inspeção é o que o residente local. Infelizmente, como
habitante médio da Linha-Base ima- acontece com qualquer outra divisão jogadores do que outra introdução do
gina quando pensa nos Batedores. A de Patrulha, nenhuma missão é ideal, MJ sobre “o que a Divisão de Inspeção
Divisão de Inspeção planeja, organi- e muitos agentes da Inspeção precisam concluiu.” Em grupos mistos, os agen-
za e realiza missões de “ir na frente” se livrar das garras dos guardas locais, tes de Inspeção trazem talentos úteis
para novas cronologias, depois de um enrolar na conversa para passar por nô- para a mesa, e qualquer missão pode
reconhecimento robótico tão comple- mades desconfiados ou descobrir pes- adicionar “o primeiro agente a colocar
to quanto possível (veja Procedimentos soalmente monstros ou magia em uma os pés nesta cronologia” para a equipe.
de Reconhecimento, quadro acima). Os cronologia aparentemente normal.
drones podem fornecer uma quantida- Como se espera que as equipes da Inteligência
de surpreendente de dados concretos Divisão de Inspeção fiquem fora do ca- A Divisão de Inteligência monitora
sobre um novo mundo, mas sempre minho dos locais, essa equipe pode não todos os mundos conhecidos (incluindo
há buracos estranhos e peculiaridades parecer o papel ideal para um grupo de alguns que não são muito conhecidos)
misteriosas que requerem inspeção hu- jogadores ativos. A menos que algo dê em busca de qualquer ameaça à Linha-
mana no local. Os agentes de campo errado — uma equipe de pesquisa que -Base, à Infinity ou para O Segredo. Ao
da Divisão de Inspeção são treinados se perde ou é cortada da Linha-Base contrário da imagem romântica dos
em camuflagem, furtividade e vigilân- (talvez porque a cronologia se deslo- Batedores Intel se infiltrando nas bases

16 Infinity Ilimitada
de destacamento do Reich-5 ou rou- gistros e Pesquisa está sempre atrasada potencial nos assuntos atuais do eco
bando os arquivos de coordenadas do nas transferências de fontes mais pri- em busca de sinais de envolvimento
Centrum, a maior parte do trabalho da mitivas, especialmente aquelas extra- do Centrum ou de outras mudanças
Inteligência envolve vasculhar os regis- temporais. Assim, as Pilhas (como são que possam deslocar o eco do lugar.
tros de todas as outras seções da Patru- chamados os arquivos da Divisão) tam- Dependendo do potencial de mudan-
lha. Os agentes da Divisão de Inteligên- bém contêm vários milhões de livros ça e NT de um eco, um determinado
cia têm autorização para ver qualquer impressos, quilômetros e quilômetros mundo pode ter uma equipe (com
relatório de qualquer divisão da Infinity de filmes e fitas de gravação e alguns base em 1873 Liverpool, monitorando
e, por meio do CINU, também podem andares de tabuletas de pedra não clas- notícias de navegação e cabos telegrá-
solicitar dados de inteligência da maio- sificadas, selos cilíndricos e pinturas a ficos para qualquer divergência mi-
ria das agências de espionagem da Li- óleo. Esta divisão também lida com as croscópica de registros da Linha-Ba-
nha-Base. Embora a Divisão de Inteli- funções administrativas do Serviço de se), algumas equipes (uma em cada
gência fale da boca para fora quanto à Intervenção; apenas os PIs mais pessi- capital principal em 1942), ou mais. 1
fragmentação de informações, há mui- mistas realmente acreditam que seus A maioria dos ecos realmente deve-
tas crises, muitos dados, muito pouco pedidos sempre levam duas semanas ria ter uma rede global de agentes se
tempo e muito pouco pessoal da Intel a mais para serem arquivados do que comunicando por ultraondas — con-
para que essa abordagem seja prática. a papelada dos Batedores parece levar. trolando, por exemplo, cada reino me-
A Inteligência atribui agentes de cam- Todos sabem que a melhor maneira de nor, e paradas de caravana de Chichén
po em missões de “olhos abertos” (que obter a aprovação de um formulário é Itzá a Chang’na e de volta novamente,
consistem em visitar um mundo rara- enviá-lo embrulhando um CD-ROM, nos idos de 800 EC — mas tem que se
mente visto, e em busca de problemas) rolo de papiro ou fólio com capa de contentar com “viajantes de circuito”
para obter ainda mais dados, e muitos couro que ainda não esteja nas pilhas. sobrecarregados que viajam pela Rota
Batedores da Divisão de Inteligência vi- Com a melhor boa vontade do mun- da Seda e outras rotas comerciais com
sitam 10 ou 12 mundos em um único do, pode ser difícil definir uma campa- uma carga de especiarias com um
“circuito” procurando por padrões que nha inteiramente no mundo bolorento olho no peixe, e outro no gato.
não aparecem nos relatórios no local. da Registros e Pesquisa, a menos que Uma equipe de Vigilância de Eco
Um agente da Divisão de Inteligên- um jogo um tanto exagerado de “aven- é mais adequada para campanhas de
cia pode ser adicionado a qualquer mis- turas no depósito” agrade a todos. Um longa duração definidas em um úni-
são da Patrulha no último minuto, sim- PdM da Divisão de Registros é um joga- co eco. Os agentes podem lidar com
plesmente porque alguém queria mais dor coadjuvante útil, no entanto, sem- crises locais de guerras a pragas e
informações ou pensou que poderia pre disponível para fornecer uma pista inquisidores suspeitos, perseguindo
haver problemas em algum lugar. Equi- ou ponto de trama aos perplexos PIs. todos os rumores de feitiçaria ou de
pes inteiras de agentes de campo da Di- Em algumas missões, no entanto (como anjos que soem como um disfarce do
visão de Inteligência realizam missões aquelas com destino a uma Biblioteca Centrum. Eventualmente, é claro, um
(ligeiramente) mais organizadas de de Alexandria não queimada, ou a bus- desses rumores vai se espalhar, e o jogo
inspeção, reconhecimento e investiga- ca por um livro sobrenatural no subsolo se torna um de gato e rato conforme
ção em várias cronologias também. Os bibliófilo da Londres de Merlin-2), um os dois lados posicionam seus peões e
PdJs da Divisão de Inteligência podem, PdJ agente da Registros e Pesquisa pode começam a disputa para valer. Em um
portanto, ir “solo” com uma equipe trazer um olhar refinado e uma cabeça eco com muitos pontos de divergência
de Patrulheiros de outras divisões, ou cheia de registros para o jogo. potenciais colocados próximos uns dos
formar um grupo de aventureiros da
Inteligência. Um PdM da Inteligência
é um excelente “guia de missão” para
um grupo de Patrulheiros, mesmo fora
da Intel, ou alguém que pode adicionar
de complicações de arrepiar (ou dicas
para salvar vidas), a instruções de uma
missão aparentemente convencional. A
missão da Inteligência pode acabar sen-
do uma pista falsa, uma desculpa para
a verdadeira aventura, ou mais uma
rodada em um jogo tenso de ataque e
contra-ataque contra o Serviço Inter-
mundos do Centrum.

Registros e Pesquisa
Esta Divisão mantém todos os bits
de dados recuperados ou descobertos Vigilância de Eco outros no tempo ou no espaço (1453,
1789 ou 1917, por exemplo), as mis-
em cada missão, bem como fichas cor- Uma vez que um paralelo tenha
ridas pessoais para a Patrulha Infinity, sões ainda têm muita variedade. Para
sido classificado como eco — uma
dossiês sobre qualquer pessoa já encon- mais variedade ainda, os jogadores
duplicata exata da história da Linha- podem assumir o papel de um “esqua-
trada pela Patrulha em qualquer fun-
ção e o banco de dados histórico mais -Base vulnerável a deslocamentos na drão voador” de agentes de Vigilância
completo nos mundos conhecidos. cronologia — a Patrulha o entrega de Eco, verificando confortavelmente
A maior parte desse material é total- à Divisão de Vigilância de Eco. Essa ecos remotos ou estáveis e resolvendo
mente computadorizado em mídia de divisão tem a tarefa nada invejável de quaisquer crises o mais rápida e silen-
armazenamento molecular, mas a Re- monitorar todos os pontos de crise em ciosamente possível.

Infinity Ilimitada 17
Alguns deles, como Skorzeny, são
“recrutas de currículo” escolhidos com
Operadores de Milagres base em suas habilidades paralelas.
Alguns são habitantes locais que cha-
Os Operadores de Milagres, a ala sem fins lucrativos “benfeitora” da mam a atenção dos Patrulheiros de
Infinity, têm uma missão bastante simples: salvar e melhorar vidas nos alguma forma, geralmente envolvendo
Mundos Infinitos. Isso abrange o alívio da fome, recuperação e reparo de serviço meritório ou habilidade sur-
desastres, saneamento e melhorias na saúde, nutrição e apoio agrícola, preendente. Alguns são extratemporais
controle de pragas e (nas situações mais terríveis) realocação de refugiados. que tropeçam nas operações DIATE
Frequentemente, equipes de Operadores de Milagres aparecem para e conseguem encontrar seu caminho
manter os civis locais seguros (e fora do caminho) em caso de um ataque ao para a Linha-Base, ou para uma das
Centrum, tremores de realidade, ou outro incidente paracrônico. Embora instalações financeiras, militares ou
suas tendas e veículos geralmente exibam a cruz vermelha, um caduceu, técnicas secretas que a DIATE mantém
pelicano ou outro emblema local de “ajuda neutra”, a equipe dos Operadores pelos paralelos. Para Skorzeny, tal inte-
de Milagres (exceto para aqueles em disfarce mais severo) usa a insígnia da ligência e direcionamento superam em
pomba-e-corvo de sua organização em suas roupas ou como joias. muito qualquer dano possível para O
As operações dos Operadores de Milagres variam dependendo do tipo Segredo — qualquer pessoa inteligente
de cronologia onde ocorrem. Em alguns paralelos despovoados, onde a o suficiente para encontrar seu pessoal
Infinity assumiu abertamente (a maioria dos paralelos Infernais, por é alguém a ser recrutado, e não jogado
exemplo), os Operadores de Milagres também operam abertamente. (Em no Concílio para desperdiçar suas habi-
alguns paralelos de mineração, as equipes dos Operadores de Milagres lidades para sempre.
estão introduzindo o saneamento urbano e a teoria dos germes das doenças Uma boa parte dos agentes da DIA-
em cidades Sumérias paralelas.) Em muitos paralelos, os Operadores de TE são Patrulheiros, é claro — aque-
Milagres são uma agência licenciada sem fins lucrativos (assim como a les com um histórico de resistência,
Comércio Estrela Branca é no ramo de importação e exportação) que criatividade, flexibilidade e (o mais
trabalha em seu próprio nome com a Cruz Vermelha local, Médicos Sem importante) sorte. Skorzeny gosta de
Fronteiras, Cavaleiros de São João ou quem quer que seja. Em mundos dizer “Posso treinar alguém para fazer
primitivos, eles simplesmente afirmam ser curandeiros itinerantes, qualquer coisa no mundo — exceto ser
sacerdotes de santos ou deuses que curam e assim por diante. A Infinity faz azarado o suficiente para encontrar
vista grossa quando os Operadores de Milagres tentam difundir técnicas problemas e sorte o suficiente para
medicinais para os paralelos — a interferência dos paralelos é permitida, sobreviver a eles”. Seu registro fala
desde que não ameace O Segredo. As principais controvérsias envolvem por si; os agentes da DIATE recebem
mundos onde a Patrulha tomou partido em uma guerra ou trabalhou para treinamento comparável às unidades
destruir algum império — os PIs não gostam de ver os habitantes da Linha- de operações especiais mais rigorosas
Base trabalhando para curar e estabilizar as pessoas que estão tentando da Linha-Base — com o equivalente a
derrotar. A equipe dos Operadores de Milagres não tem permissão visitar um ou dois doutorados em história ou
ecos — o risco de alguma intervenção “humanitária” mudar a história é antropologia além disso. Acontece que
muito grande. vários soldados de operações especiais,
Jogar com uma equipe de Operadores de Milagres é uma mudança e não poucos professores de história,
em relação aos jogos convencionais do Mundos Infinitos. Embora os também encontram seu caminho para
PdJs enfrentassem sua cota de senhores da guerra locais, interferência os quadros da DIATE. Rumores da Pa-
extratemporal, e assim por diante, muitos dos problemas não teriam trulha afirmam que a DIATE tem deu-
soluções humanas — ou quaisquer soluções! Na maioria dos jogos, a ses, feiticeiros, vampiros, alienígenas,
operação dos Operadores de Milagres é apenas uma forma de levar os super-heróis e anjos em suas fileiras…
PdJs (Operadores de Milagres ou outros) para uma cronologia específica mas isso é apenas fofoca do quartel.
bem a tempo de coincidentemente interromper um plano do Centrum, Provavelmente.
inicialmente não relacionado com a missão.
Missões e
Treinamento
A DIATE é especializada em opera-
DIATE o gênio de seus eus paralelos para tá-
ticas e liderança de pequenas unidades
ções em mundos fechados, paralelos
estranhos e multiversos de bolso, e re-
Divisão Intermundos de Armas e Tá- com um grau surpreendente de astúcia
aliza rotineiramente missões de alta
ticas Especiais (DIATE) não existe, pelo política de luta de rua a serviço dos di-
prioridade, mas negáveis, que podem
menos oficialmente. Seus agentes estão reitos e oportunidades individuais. Ele determinar o destino de mundos in-
todos registrados como Patrulheiros, moveu montanhas para suspender as teiros. Muitos agentes da DIATE têm
atribuídos a vários paralelos remotos, restrições da Infinity no recrutamento meios mágicos, psíquicos ou outros
missões de treinamento estendidas ou extratemporal, pelo menos para suas meios de viajar entre os mundos — eles
tarefas nebulosas no quartel-general. próprias equipes, e eles permanecem nem sempre gostam de serem anun-
Seu Diretor nem mesmo está na folha ferozmente leais a ele e ao DIATE ciados por uma explosão de energia
de pagamento da Infinity, o que é com- como resultado. Bem mais da metade paracrônica. Algumas das crises que
preensível — até um auditor júnior no- dos agentes da DIATE (o número to- enfrenta são urgentes e avassaladoras:
taria um nome como “Otto Skorzeny”. tal é confidencial, mas provavelmente IAs desonestos tentando minar a rea-
Recrutado de um campo de prisio- há pouco menos de 100 esquadrões de lidade consensual, invasões anfícronas
neiros de Habsburgo em Aeolos (veja cinco a sete homens na lista de agentes de universos de antimatéria, sequestra-
GURPS Alternate Earths 2 para mais ativos) são extratemporais de todas as dores sequestrando o barco de Caron-
detalhes), Skorzeny da DIATE combina esferas da vida. te e mantendo reféns as almas de uma

18 Infinity Ilimitada
Terra inteira, e psicoses conscientes se Essa apreciação às vezes se esten- para resgatar um operador da DIA-
espalhando por mundos paralelos em de, de forma um tanto turbulenta, TE preso (ou cercado ou de outra
sonhos. Outros são simplesmente sim- até sua “licença em terra”. Oficiais de forma isolado) pode introduzir o
ples estranhos. Nos intervalos entre de- pessoal da DIATE tentam selecionar operador como um PdM participati-
sastres que ameaçam o cosmos, a DIA- cidades e cronologias onde uma luta vo, e o uso de suas habilidades pode
TE assume tarefas mais simples como corpo a corpo de uma semana pode ser a “recompensa” que os heróis
derrubar impérios corruptos, roubar ou realmente melhorar as coisas local- recebem por sobrepor os obstácu-
destruir artefatos de magia maligna in- mente — Port Royals paralelos ou los. Em uma emergência extrema,
substituíveis, matar imortais e capturar Cripple Creeks, por exem- p l o é claro, o MJ pode usar a
fortalezas invulneráveis. Quando não — e deixar um time DIATE como um deus ex
estão fazendo isso, estão treinando. inteiro partir junto. machina, surgindo das
O treinamento, sempre que possí- A camaradagem
vel, acontece no campo, em missões forjada no campo
nuvens e resgatando
os PdJs quando tudo 1
no “modo fácil” de baixa prioridade. de batalha é re- parecer perdido
Skorzeny tem um amor particular por cozida no bar ou — mas a DIATE
sabotar, subverter ou, de alguma outra bordel, e um míni- deve seguir seu
forma, impedir a Alemanha nazista mo de dano é causado caminho para
em todo o continuum. Um democrata aos cidadãos amantes outro lugar
feroz e individualista rude, o Diretor da paz de outros parale- e deixar os
despreza seus “gêmeos” nazistas e o los pelos quais a DIATE verdadei-
que ele chama de “cinismo bajulador trabalha. Algumas equipes ros prota-
corrupto”, e até mesmo sua “eficiência preferem políticas de licen- gonistas
teutônica” recua diante do desperdício ça em terra ligeiramente da história
desumano que a ideologia nazista re- mais razoáveis; em geral, a amarrando
presenta. Portanto, ele prefere o treina- iniciativa na seleção de licen-
mento de “fogo real” que acontece ape- muitas pontas soltas.
ças é recompensada. Claro, uma equipe da DIATE é um
nas no Reich-2 ou em qualquer outro
grupo de personagem de jogador ide-
mundo onde “Vocês cinco vão destruir
todos os veículos na base aérea na-
A DIATE na al, para jogadores com um desejo por
zista e matar qualquer um que tentar Campanha aventuras sem parar com um grande
pará-los” possa ser uma regra válida Para uma campanha de Patru- toque de estranheza. Agentes da DIATE
de acionamento. Corrupção política, lha convencional, a DIATE deve devem começar com 200–250 pontos,
engenharia social, manipulação econô- ser uma força misteriosa no fundo, pelo menos; equipes de personagens
mica, e qualquer outro truque sujo que sempre fazendo algo vital de longe. de 1.000 pontos ainda são totalmente
Skorzeny ou sua equipe de confiança Um único agente da DIATE pode ser adequadas para campanhas da DIATE.
possam inventar é testado até a des- um excelente gatilho para a histó- O MJ deve pensar grande ao projetar
truição contra regimes totalitários nos ria, mas os MJs devem ter cuidado missões da DIATE — grandes mudan-
paralelos de missão após missão de para não ofuscar os PdJs normais ças históricas, os destinos de impérios
treinamento. Essas exposições prolon- com esta glamorosa “estrela convi- e imensos tremores de realidade estão
gadas e repetidas ao fascismo por den- dada”. Idealmente, o operador da todos em um dia de trabalho para a
tro também têm o feliz efeito colateral DIATE dá à equipe de Patrulha sua DIATE. Aventuras de “tiro ao alvo na-
de inspirar os recrutas da DIATE a uma missão, juntamente com elogios so- zista” deveriam ser como férias para
apreciação pela liberdade individual bre o motivo de sua escolha, e sai uma equipe DIATE; bandidos com me-
que eles podem não ter tido quando para fazer outra coisa incrivelmente tralhadoras são trivialidades para esses
deixaram seus lares paralelos. perigosa fora da vista. Uma missão heróis.

Laboratórios Paracrônicos
Os Laboratórios Paracrônicos, ou mente financiado por bolsas da Infinity. de um transportador robótico; o hangar
“Paralabs”, serve como o braço interno As principais instalações dos Paralabs da Frota de Transportadores de Reserva
de “pesquisa e desenvolvimento” da In- estão em Genebra, Suíça (como parte é lá), e a “Roda” em Turkana, um mun-
finity. Os Paralabs não têm relação com do CERN); Batavia, Illinois (associa- do Quantum 6 onde os polos magnéti-
o “Departamento de Desenvolvimen- da aos aceleradores Argonne Labs); cos da Terra estão seriamente desloca-
to de Patentes” da Torre Infinity, que e Livermore, Califórnia. Os Paralabs dos dos geográficos. Nessa, os Paralabs
analisa os desenvolvimentos científicos compartilham seu campus em Genebra construíram um acelerador em torno
e tecnologias de outros paralelos para com o CINU e seu campus em Liver- do polo magnético (nas pradarias de
futuras operações, licenciamento ou more com o Departamento de Energia Gobi) e fizeram um buraco no manto
roubo. Eles se concentram na física dos dos Estados Unidos. Os Paralabs tam- da Terra para obter energia. A equipe
Mundos Infinitos, na natureza da rea- bém possuem instalações em outros na Roda é considerada universalmen-
lidade e nas leis físicas, e na mecânica mundos, que não compartilham com te a equipe mais maluca dos Paralabs;
prática da viagem transdimensional. ninguém. Os três mais conhecidos são seus supostos triunfos incluem tremo-
Os Paralabs possuem instalações de a “Sala Limpa” em Smother (onde são res de realidade artificiais, criando uma
pesquisa em toda a Linha-Base; quase colocados objetos e experimentos real- tempestade de vento dentro de um tú-
todos os departamentos de física de mente perigosos ou misteriosos), a “Fa- nel de vento e alterando brevemente o
universidades de ponta têm um labo- zenda” em Madagascar de Mammut-1 nível quântico de Turkana — e o núme-
ratório dos Paralabs anexo, suntuosa- (onde os Paralabs trabalham no design ro de luas.

Infinity Ilimitada 19
Teoria ninguém satisfeito, e com alguns teóri-
cos radicais propondo que uma espécie
A parafísica teórica é dividida en-
tre duas escolas, a “gradualista” e a
Em 1957, o Dr. Hugh Everett III de Efeito do Observador (pág. 159) vale “catastrofista”, refletindo as divisões
propôs a Interpretação de Muitos Mun- para mundos paralelos, ou que as ex- intelectuais no início da história da
dos da mecânica quântica, como uma pectativas do viajante têm algum efeito geologia e da biologia. Na visão gra-
forma de resolver os paradoxos do Ob- em seu destino. dualista ou “naturalista”, os mun-
servador Privilegiado e experimentos dos alternativos eram inevitáveis, ou
mentais como o Gato de Schrödinger. A Física do Infinito sempre existiram, ou são uma con-
O Observador Privilegiado (de acordo Precisamente como os mundos infi- sequência natural do Big Bang, que
com a rival Interpretação de Copenha- nitos variam e se inter-relacionam per- emitiu todos os universos alternativos
gue) é o observador que faz com que a manece confuso. A maioria das constan- junto com toda a matéria e energia
função de onda quântica “colapse” em tes físicas fundamentais permanecem no universo da Linha-Base. A teoria
partículas com localização e velocidade as mesmas, mas algumas diferem radi- gradualista depende da Interpreta-
e outras características enquanto está calmente, embora de alguma forma não ção de Muitos Mundos da mecânica
sob observação. O Gato de Schrödin- reduzam o universo à névoa quântica. É quântica, na qual a incerteza quântica
ger está dentro de uma caixa com um difícil fazer as teorias transtemporais vá- é explicada postulando uma infinida-
frasco de veneno mortal que se quebra lidas funcionarem, em grande parte por- de de mundos existindo simultanea-
quando um determinado átomo se de- que as leis físicas não parecem se manter mente em cada ponto de decisão até
compõe e libera uma partícula alfa, ma- constantes em todo o continuum. Não o nível subatômico. Se esta teoria for
tando o gato. Uma vez que na mecânica apenas existem mundos onde a magia verdadeira, então qualquer irregula-
quântica, o átomo pode ou não liberar funciona, ou onde existe o éter luminífe- ridade aparente no continuum deve
uma partícula no instante da decadên- ro, existem inúmeras variações sutis até ser observacional. O que a Infinity
cia, o gato é notoriamente meio-vivo e o nível de elétrons individuais. Outras chama de “paralelos”, por exemplo,
meio-morto na Interpretação de Cope- mudanças não parecem fazer nenhum são meramente agrupamentos de pro-
nhague — até que o Observador Privile- sentido real, ou existem isoladamente babilidade histórica ou parafísica; os
giado abra a caixa e “colapse” o gato no quando deveriam afetar todo o sistema ecos são simplesmente paralelos com
estado vivo ou morto. de constantes físicas. Por exemplo, exis- uma carga diferente e, uma vez que
De acordo com a interpretação de tem dois mundos nos quais a velocida- seu quantum apropriado é totalmente
Everett, cada “escolha” quântica cria de da luz é mensuravelmente maior em observado (no estilo heisenbergiano
dois mundos, duas cronologias. Em cerca de meio por cento, e um em que é perfeito), eles “se movem” para den-
um, o observador vê um gato vivo. No menor em quase um por cento. tro dele.
outro, o observador vê um gato morto.
Não existe um Observador Privilegiado,
porque os dois resultados ocorreram —
apenas não no mesmo universo. Cada
decisão, cada fluxo ou interruptor atô-
Qual Mundo é o Nosso?
mico, cria uma outra cronologia. Ini- Obviamente, a Linha-Base não é “nosso” mundo atual — nosso mundo
cialmente, a Interpretação dos Muitos não tem viagens transtemporais, para começar. Mas a Infinity descobriu
Mundos sustentava que a informação algumas Terras do início do século 21, apenas algumas décadas atrás
(e, portanto, a energia e, portanto, a da Linha-Base, que divergiam por não terem inventado a paracrônica.
matéria) nunca poderia passar entre os Certamente existem mais algumas por aí. Como esses mundos têm
mundos. No entanto, a teoria das cor- tecnologia a apenas alguns anos de distância daquele da Linha-Base,
das na década de 1960 e estranhos re- a política é a observação secreta. Se o MJ desejar, qualquer um desses
sultados experimentais mostrando uma paralelos próximos poderia ser “nosso mundo, nosso tempo” — ou pelo
“comunicação dipolo” aparentemente menos um muito próximo a ele.
instantânea nas décadas seguintes, fi-
zeram com que parecesse teoricamente
possível.
As descobertas de Van Zandt não re- A única diferença universal é que o O ponto de vista catastrofista ou
solveram realmente a questão. Embora segundo é nanofracionalmente mais “caótico” é quase obtusamente new-
ele tenha descoberto muitos mundos, lento em todas as linhas de mundo ha- toniano de certa forma. Algo se cho-
eles não eram da variedade infinita bitadas conhecidas, exceto três: Linha- cou contra o universo, provavelmente
de “um fóton deslocado” que a inter- -Base, Centrum e Shikaku-Mon. (Isso cerca de 3,5 bilhões de anos atrás, e
pretação ortodoxa de Muitos Mundos implica que Shikaku-Mon poderia, se o quebrou em muitos pedaços. Os
prediz. Em vez disso, eram como “nós” descobrisse a teoria, construir proje- quanta permanecem instáveis e rei-
na supercorda — lugares onde a névoa tores paracrônicos; veja pág. 148. Isso nos físicos inteiros podem simples-
potencial de alternativas “desmorona” não faz ajuda em nada para a paz de mente desaparecer da — ou entrar
em mundos reais. Além disso, esses espírito da Divisão de Segurança.) Em na — existência. Alguma coisa (ou
“nós” agrupados em diferentes “níveis Blip (pág. 133), o segundo é muito mais coisas) ocasionalmente rasga o con-
de energia” que Van Zandt apelidou de rápido, mas o “relógio” só começou a tinuum e o desorganiza; até mesmo a
níveis quânticos, ou quanta. funcionar alguns milhões de anos atrás. palavra “continuum” é um termo im-
Assim, a paracrônica conseguiu Essa divergência tem sido verdadeira próprio. Os tremores de realidade são
combinar a teoria de Everett com um em todas as cronologias por algo em um exemplo desse processo que está
Observador Privilegiado empírico — o torno de 3,5 bilhões de anos, aproxima- ocorrendo agora. Os mundos mudam
viajante paracrônico. E isso, com pe- damente coincidindo (e possivelmente de lugar, geram substitutos de manei-
quenos avanços matemáticos, é onde aleatoriamente) com o surgimento de ra inexplicável e mudam os quanta.
a teoria permanece mesmo agora, sem vida orgânica na Linha-Base. Independentemente do universo em

20 Infinity Ilimitada
“estado estacionário” e das equações
suaves amadas pelos naturalistas,
qualquer Patrulheiro pode dizer que
há mais mudanças, mais exceções e
mais estranheza nos mundos infini-
tos do que se sonha em qualquer fi-
losofia. Até as leis da física se defor-
mam de mundo para mundo; a noção
de uma teoria unificada, mesmo me-
cânica quântica, é simplesmente per-
versa.

A Hipótese 1
Williams-Khor
Em 2019, após a descoberta de
Sherlock-2, os professores Rena
Williams e Gregory Khor propuse-
ram uma explicação radical para a
natureza da formação de uma crono-
logia. De acordo com a hipótese de
Williams-Khor (chamada de Super- paralelos, os mundos encontrados Guerra Civil Americana, a Segunda
Copenhaguen por seus detratores), iam do bastante normal (Terra-Beta) Guerra Mundial e assim por diante,
os quanta são construções psíquicas ao extremamente estranho (Ezcalli). que desempenharam um papel im-
existentes na mente do viajante. Cren- A hipótese de Williams-Khor é uma portante no contexto cultural dos
ça, esperança e medo impulsionam a das poucas teorias paracrônicas para primeiros exploradores transtempo-
formação de vários paralelos; à me- explicar paralelos de mitológicos e a rais. Exatamente como isso pode fun-
dida que mais e mais habitantes da prevalência de “aglomeração de rea- cionar requer mais pesquisas, mas
Linha-Base aprendiam sobre mundos lidade” em torno de eventos como a Williams e Khor sugerem que para-
lelos mitológicos e fenômenos seme-
lhantes são de alguma forma “pro-
priedades emergentes” criadas pela
Infinitos Adicionais interseção da Linha-Base e seus ecos
e paralelos próximos (que superam
Todas as teorias da Infinity se baseiam na noção original de Van em número as outras cronologias).
Zandt de um superespaço de oito dimensões contendo um único O viajante/observador simplesmente
“eixo” quântico e muitos, muitos mundos. No entanto, isso pode “sobe” no paralelo que ressoa (ou é
ser apenas “localmente verdadeiro”, como a física newtoniana. A congruente com) sua própria geome-
topologia dos tremores de realidade (pág. 75) pressupõe uma matriz tria psicológica, em uma espécie de
de nove dimensões, por exemplo; o plano astral dos cabalistas (pág. 68) “solipsismo panteísta”.
também existe de alguma forma “fora” do espaço convencional de oito Williams e Khor acabaram no cen-
dimensões. tro de grandes controvérsias depois
Rumores de viajantes completamente alienígenas encontrados durante de propor suas hipóteses. Na verda-
acidentes com transportadores, o infame “erro rã” (pág. MB532) que de, Khor foi destituído do cargo pela
parece amarrar o espaço de oito dimensões em torno de si mesmo, e
Universidade da Califórnia em 2021,
outros dados empíricos estranhos, como a linha de mundo de Möbius
após uma luta terrível com acusações
(pág. 134) também lançam dúvidas na noção de “infinito limitado”. De vez
em quando, as antenas de detecção paracrônicas em Woomera captam de pesquisa forjada, caça às bruxas
sinais e pings de quanta impossivelmente distantes — por quatro minutos acadêmica e desvio de fundos. Ele
em 2025, todos os computadores insistiam que transportadores estavam anunciou sua intenção de construir
chegando do Quantum 93! um “silogismóvel” que viajaria para
Embora os físicos dos Paralabs tenham decidido que os ecos derivam qualquer mundo que ele imaginou
para a faixa acessível de outros quanta, há quase nenhuma evidência de qualquer cronologia, indepen-
para esta tese — não há relatos de ecos “passando” pelos Quanta 5 ou dentemente do nível quântico, então
7, por exemplo. Alguns matemáticos radicais acreditam que os ecos (e emigrou para Lysander (pág. 32), e
possivelmente muitos paralelos de alta inércia, como Ezcalli) vêm de não se ouviu falar dele desde então.
outros eixos de cronologias fora ou “perpendiculares” ao campo quântico Williams conseguiu afastar seus in-
como entendido. quisidores em Cambridge e começou
Esses eixos também podem cruzar a Árvore dos Futuros falada por a pesquisar a natureza da magia, que
alguns precognitivos e SFNIs (Seres Futurísticos Não Identificados). Essa também lida com a alteração da rea-
teoria sustenta que, após um certo período, a cronologia da Linha-Base lidade em conformidade com a von-
se partirá (ou “florescerá”, na leitura mais otimista) em uma miríade tade humana. Ela avidamente auxilia
de futuros interligados, possivelmente unidos por portais estelares ou com os interrogatórios da Patrulha
hiperespaço. dos Cabalistas sempre que possível;
A fofoca acadêmica cruel sugere que
ela aceitou a adesão à Cabala.

Infinity Ilimitada 21
Pesquisa Magia
Quando os primeiros Batedores re-
inato poderia influenciar a eficiência
energética das mágicas, ou a mecâni-
tornaram com relatos de cronologias ca de mágicas específicas. No entanto,
Psiquismo onde a magia funcionava, a evidência exploradores posteriores descobriram
Ao contrário da maioria dos pesqui- foi descartada como lenda local ou, na vários mundos nos quais as mágicas
sadores da Linha-Base, os cientistas dos melhor das hipóteses, como psiquismo não funcionavam bem ou nem fun-
Paralabs nunca duvidaram da existên- relatado incorretamente. Pesquisado- cionavam, mas procedimentos rituais
cia de poderes psíquicos. Eles se encai- res dos Paralabs visitaram algumas des- demorados podiam produzir efeitos so-
xam na matemática da teoria das cordas sas linhas do tempo para realizar expe- brenaturais sutis, mas de longo alcan-
existente sobre “comunicação instantâ- rimentos psíquicos e, acidentalmente, ce. Os Paralabs geralmente classificam
nea” muito bem para serem descarta- acabaram confirmando muitos dos re- esses mundos como sem mana ou com
dos, e quando as pesquisas de outros latórios dos Batedores originais. Even- pouco mana, mas os pesquisadores que
mundos começaram a dar frutos, os tualmente, com a descoberta de muitos tendem a especulações desleixadas e ao
Paralabs instantaneamente mudaram o paralelos “mágicos” diferentes, os cien- uso de jargão mágico emprestado mui-
programa de psiquismo para o primei- tistas dos Paralabs e alta cúpula da In- tas vezes especulam que eles têm mana
ro plano. Embora a maioria dos fenô- finity concordaram relutantemente que “radicalmente seletiva”, que responde à
menos psi da Linha-Base sejam muito existia alguma faculdade “paranormal” vontade humana treinada de maneiras
fracos para estudar de forma confiável, fora do psiquismo convencional. completamente diferentes.
muito menos para controlar, os Para- Estudá-lo, no entanto, é um proble-
labs adaptaram alguma tecnologia psi-
cotrônica de outros mundos para criar
ma, principalmente porque usar termos
como “magia” ainda levanta as sobran-
Equipamento
“câmaras amplificadoras” que aumen-
tam o sinal psíquico para níveis legíveis.
celhas nos Paralabs. A teoria atual é
uma versão modificada do conceito
Pessoal
Os Paralabs concentram-se em dois de “campo morfogenético” do bioquí- O MJ deve se sentir à vontade para
campos principais de pesquisa de psi: mico Rupert Sheldrake (pelo menos fornecer aos personagens da Patrulha
segurança e psicoparacrônica. A segu- na Linha-Base). Todas as coisas vivas qualquer equipamento NT8 imaginá-
rança cobre todos os tipos de leitura da (mesmo ecologias inteiras como rios vel de qualquer livros de referência
mente, PES, clarividência e qualquer ou florestas) possuem um campo de GURPS. Equipamento NT9 também
outra coisa que possa revelar O Segre- energia transdimensional inerente que está disponível, em nível experimen-
do para um extratemporal. Um dos pri- interage com os campos de, e portanto tal — principalmente de vigilância,
meiros sucessos dos pesquisadores dos influencia, seres ou objetos semelhan- comunicações, equipamento médico e
Paralabs foi o Método Tenser, um sis- tes em todo o mundo. (E possivelmen- armadura corporal. Os custos referem-
tema subliminar, subvocal e subcons- te em mundos paralelos também, mas -se à Linha-Base em NT8; nem todos os
ciente para mascarar os pensamentos o trabalho teórico sobre esse conceito equipamentos estão disponíveis fora da
do usuário. (Esta é a perícia Bloqueio ainda está em fase embrionária.) Ao al- Patrulha.
Mental da pág. MB184.) Dispositivos terar, deformar, danificar ou recarregar Tecnicamente, os Paralabs não for-
psicotrônicos também foram testados o campo morfogenético de alguma pes- necem equipamentos pessoais para
em vários mundos. Na esteira da fuga soa, animal, planta ou lugar, um “mor- a Patrulha — é a Divisão de Logística
do Reich-5, a investigação do salto de fogeneticista” treinado pode causar dos PIs, com apoio da Divisão de Aná-
mundos pelo psiquismo, tanto inato fenômenos aparentemente “inexplicá- lise Técnica dos Batedores. No entanto,
quanto assistido, assumiu o centro do veis” à distância de acordo com suas in- parte do projeto do equipamento se ori-
palco. Os Paralabs são provavelmente tenções. Nem todos os técnicos dos Pa- gina em modelos de computador nos
mais avançados teoricamente do que ralabs na “Seção Sheldrake” acreditam Paralabs, e tornou-se um truísmo da
a Ordem Armanen do Reich-5, mas na teoria completamente (alguns deles, Patrulha que qualquer coisa que que-
carecem do aprofundamento da expe- muito discretamente, estão começando bre, ou revele sua posição, ou interfira
riência empírica que cirurgias práticas a acreditar em demônios e espíritos e, em um salto, é culpa dos Paralabs, por-
e experimentação humana deram aos bem, em magia), mas é a melhor que tanto, se encaixa nesta seção de qual-
nazistas. eles podem inventar. Mas, uma vez que quer maneira.
O CINU tem uma participação mui- Linha-Base é (pelo que qualquer pes- Todo equipamento extratemporal
to intrusiva nos estudos do psiquismo soa nos Paralabs pode determinar) um de alta tecnologia contém bloqueios
dos Paralabs, exigindo acesso a todos mundo sem mana, quaisquer experi- de impressão digital com chave para a
os laboratórios e equipamentos, man- mentos da Infinity em magia (ou mor- equipe da Patrulha (eles podem ser re-
tendo seu próprio arquivo de dados fogenética) devem ocorrer no campo de definidos no campo de operação, mas
experimentais dos Paralabs e insistindo operações. Infelizmente, nenhum mun- apenas por um usuário pré-programa-
na máxima supervisão possível. Algu- do “mágico” e despovoado ainda foi do). A tentativa de abrir ou usar tais
mas das subsecretarias permanentes descoberto, então a pesquisa de campo dispositivos sem acesso por impressão
do Ministério de Crise (especialmente envolve visitar alguns paralelos e fazer digital ativa uma carga de autodestrui-
Moira van Deering, a Relatora Especial os tipos de perguntas que podem fazer ção que implode e danifica o dispositi-
para Segurança Externa) estão fazendo com que morfogeneticistas descuida- vo. Os rádios da Patrulha também po-
lobby para que o CINU assuma o traba- dos sejam queimados na fogueira. dem enviar um sinal de “autodestruição
lho psíquico dos Paralabs. Até então, o Para aumentar as dores de cabeça da imediata” para qualquer um ou para to-
Ministério da Crise financia pesquisas Infinity, pesquisas adicionais deixaram dos os dispositivos; eles também se des-
duplicadas, caça-talentos promissores claro que existem variações significati- troem automaticamente após 48 horas
parapsicólogos e fica de olho nos resul- vas na forma como a magia realmente sem um sinal de “manter ativo”. Alguns
tados dos Paralabs. Parece que a Infini- funciona entre as várias cronologias. equipamentos possuem segurança ain-
ty não é a única preocupada em manter No início, elas pareciam estar limitadas da mais rigorosa, conforme observado
seus segredos protegidos. à extensão em que o talento humano nas descrições.

22 Infinity Ilimitada
Energia e Potência
As instalações da Patrulha Infinity
NT da Linha-Base usam reatores de fusão padronizados
como fonte de corrente em suas insta-
Para fins de jogo, a Linha-Base é um NT8 maduro com alguns avanços
NT9. (Isso significa que você pode equipar os Patrulheiros com qualquer lações permanentes. Algumas estações
dispositivo NT9 que desejar, mas pode quebrar ou apresentar mal de pesquisa usam nucleônicos quânti-
funcionamento da maneira mais divertida possível.) IAs, por exemplo, cos ou outras tecnologias de ponta.
permanecem puramente teóricos, embora existam vários sistemas de Potência
pesquisa especializada para colher, classificar e manusear dados. O programa O envio de grandes usinas de ener-
espacial da Linha-Base é estático, dedicado a minerar asteroides que pastam gia com todas as operações de Patru-
na Terra, em vez de terraformar Marte ou povoar o espaço orbital. Os carros
são mais seguros, mais rápidos, mais eficientes em termos de energia e mais
bonitos do que os modelos de 1998, mas apenas suas células de combustível
lha não é um uso prático dos recur-
sos de um transportador, portanto, os 1
agentes devem frequentemente adap-
(adaptadas dos modelos Lenin-3) são NT9. Energia de fusão, fábricas de tar os recursos locais ou contar com
microtecnologia e terapia genética são todas, na prática, NT9, mas uma NT9
geradores “portáteis” menores.
muito “segura”, não uma que escapou acidentalmente para a sociedade como
um todo. Clonagem de corpo inteiro, úteros artificiais, bebês projetados, e Célula de Combustível: Esses dis-
mesmo os implantes biônicos em larga escala permanecem controversos e positivos eletroquímicos convertem
pouco desenvolvidos. Clonagem de órgãos e membros, cura, medicina geral hidrogênio e oxigênio em água, pro-
e tratamento de traumas podem ser considerados NT9. duzindo eletricidade e calor no pro-
As armas ainda são um NT8 sólido. Os fuzis laser ainda não superaram cesso. Por razões práticas e de segu-
de forma confiável o fuzil de assalto M-23 em testes, os trajes de batalha rança, a maioria usa combustíveis de
resistentes e experimentais são menos práticos do que os tanques, e o hidrocarbonetos ou álcool, converti-
“avião espacial inteligente” permanece na prancheta graças ao custo de dos em hidrogênio, em um cartucho
trilhões de dólares para construir as fábricas necessárias para montar substituível. Os cartuchos de células
seus componentes. Nenhuma nação, exceto os Estados Unidos, tem de combustível levam três segundos
recursos para reequipar um exército inteiro no equipamento teórico usado para serem substituídos. Uma micro-
em outros paralelos, e os Estados Unidos parecem felizes em ficar onde célula de combustível típica usada por
estão por enquanto (embora haja rumores de existência de armas NT9 agentes de Patrulha gera 750 watts de
nas bases e campos de exercício das forças especiais Americanas). Nas potência por 40 minutos antes de exi-
ciências básicas, com exceção do psiquismo e da paracrônica, a Linha- gir um novo cartucho de combustível
Base permanece confortavelmente em NT8. ($1, 0,125 kg.). $75, 0,5 kg.
Células Solares: A Patrulha faz uso
Ciência da Linha-Base extensivo de células fotovoltaicas
O desenvolvimento tecnológico na Linha-Base divergiu drasticamente plásticas flexíveis NT9 que podem
de nossa própria Terra quando Van Zandt inventou a transferência ser pintadas em muitas superfícies,
paracrônica em 1998. Quão nítida era essa divergência, e se havia quaisquer incluindo roupas e equipamentos.
outras divergências anteriores, são questões não resolvidas. Eles terão que Cada metro quadrado dessas células
esperar até que a Infinity descubra nosso mundo, ou até que nosso mundo gera cerca de 17 watts de potência em
alcance 2027. plena luz do dia, mas levando em con-
O que mesmo muitos habitantes da Linha-Base não apreciam é a mudança sideração a noite e o clima, eles geral-
feita no progresso científico básico pela acessibilidade de outras cronologias. mente geram uma média de 3 watts.
Quase todas as inovações que um habitante da Linha-Base pensa como $15 e 0,05 kg por metro quadrado.
“spinoffs paracrônicos” — usinas de fusão, links de pulso, a cura da leucemia
e até mesmo Mango Spredd — são na verdade roubos (ou, no melhor dos
Energia
A Patrulha adotou uma tecnologia
casos, licenças obtidas de forma fraudulenta) de estabelecimentos científicos
de bateria nanocomposta disponível
de outros mundos. Os brilhantes pesquisadores do câncer e da AIDS da
comercialmente para a maioria de seus
década de 1990, por exemplo, fizeram gordos contratos de consultoria com
equipamentos como uma etapa provi-
a Infinity para examinar curas de outros mundos, apenas esporadicamente
sória até que a indústria da Linha-Ba-
tentando integrar décadas de pesquisas paralelas no próprio banco de dados
de publicações da Linha-Base. Efeitos semelhantes ocorreram em quase se possa começar a produzir em massa
todas as ciências; a magnitude da tarefa desencoraja muitos cientistas de loops supercondutores de temperatura
tentar dominar bibliotecas inteiras de novos dados científicos, especialmente ambiente. Para simplificar uma carga
quando outros mundos podem não ter exatamente a mesma configuração logística já onerosa, apenas duas clas-
quântica que a Linha-Base tem, então seus resultados podem não ser ses de células estão em uso normal e
reproduzíveis. Finalmente, por que se preocupar em trabalhar 15 anos para ambas são recarregáveis.
aperfeiçoar uma vacina ou algoritmo quando a Infinity poderia trazê-lo para Célula C: Essas baterias são usadas
casa, já licenciado e comercialmente comprovado, na próxima semana? para alimentar a maioria dos equi-
Quase todos os pensadores realmente inovadores nas ciências, exceto pamentos de Patrulha, e um agente
alguns excêntricos, seguiram o dinheiro até as pesquisas paracrônicas e inteligente faz leva backups “para
física quântica (e campos relacionados como cosmologia e paleontologia) garantir”. $2, 0,05 kg armazena 90 kJ
ou pesquisas psíquicas e biologia cérebro-corpo. Aqui, pelo menos, a (25 watts-hora).
Linha-Base não pode colher o mel envenenado da tecnologia de outros Célula D: Esta bateria maior é
mundos e continua forçada a ser pioneira por conta própria. usada em sensores e eletrônicos que
consomem muita energia. $20, 0,5 kg
armazena 900 kJ (250 watts-hora).

Infinity Ilimitada 23
Equipamentos de Rádio Oculto: Um rádio criptografa-
do de curto alcance que se encaixa em
quadrados de tecido de malha sensível
ao rádio (em seções) para as nubladas.
Comunicação e um pequeno fone de ouvido, com fios Os telescópios (ou as seções de tecido)
Informação de antena microfinos opcionais. Um
microfone em forma de adesivo da cor
podem ser dispostos em qualquer posi-
ção na linha de visão uns dos outros;
Todos os eletrônicos da Patrulha Infi-
nity têm um microcomunicador de ban- da pele na garganta capta vibrações di- apenas um telescópio ou seção precisa
da ultralarga de curto alcance (distân- retamente da caixa vocal, então mesmo estar na linha de visão da CPU. Os Pa-
cia de 100 metros) para a comunicação um murmúrio ou sussurro é claramen- trulheiros geralmente espalham o teci-
te transmitido mesmo estando próximo do nos telhados, ou melhor ainda, nas
entre eles e com os outros Patrulheiros.
a máquinas barulhentas, no meio de encostas, em cinco ou seis seções. Seja
Isso pode ser desativado se houver pre-
um combate, etc. Alcança até 1,5 km. os telescópios ou os tecidos, pelo menos
ocupações sobre as emissões de sinal.
Pode operar por 250 horas se enviar e uma hora de observação é necessária.
Bancos de Dados da Missão: A maioria receber mensagens de voz e texto, mas $15.000; cada telescópio pesa 12,5 kg, o
dos agentes de Patrulha possui um amplo enviar grandes quantidades de dados tecido pesa 40 kg, e a CPU pesa 0,5 kg.
conjunto de bancos de dados e sistemas (vídeo, programas, etc.) reduz signifi- Detector de Grampos: Um scanner e
especializados feitos sob medida para cativamente a vida útil da bateria. $50, LIDAR de emissões especializado e que
suas missões. Isso é suficiente para per- peso desprezível. pode detectar nanogrampos, poeira in-
mitir o uso da maioria das perícias tec- TacNet: Este software ajuda um Pa- teligente e outros dispositivos de moni-
nológicas baseadas em IQ (pág. MB168) trulheiro rastreando e exibindo de for- toramento. A operação requer um Teste
que requerem software para funcionar ma inteligente suas posições, traçando Rápido de Operação de Aparelhos Ele-
com eficácia total. Para tarefas de NT7 arcos, pontos cegos, contagens de mu- trônicos/NT8 (Sistemas de Segurança)
ou menos, os bancos de dados fornecem nição, etc. O programa concede um contra o NT do grampo. $500, 0,5 kg.
informações suficientes para cancelar até bônus de +2 à Tática se todas as partes MicroNav: Um relógio atômico e sis-
3 pontos de modificadores de NT (pág. estiverem em comunicação. Complexi- tema de navegação inercial do tamanho
MB512). Os bancos de dados históricos dade 4. $480. de um relógio pequeno. Ele é construí-
e linguísticos, mapas de levantamento ge- do para operar mesmo na ausência de
ológico, etc. programados para cada mis- Equipamentos sinais de posicionamento global. Ofere-
são adicionam +5 aos testes de habilida-
de relevantes, com um teste de Pesquisa
Sensores e de ce o benefício de Noção Exata do Tem-
po, e +2 para Navegação. $100, peso
bem-sucedido. Complexidade 3. $36. Reconhecimento desprezível.
Chip de Armazenamento: Esses disposi- A maioria dos agentes de Patrulha Microssensor Químico: Um sensor
tivos de armazenamento de informações não tem o benefício de infraestruturas químico do tamanho de um cartão de
de estado sólido são programados para de vigilância bem desenvolvidas, como crédito espesso, capaz de identificar
funcionar apenas quando conectados a satélites espiões orbitais ou drones de até vestígios de qualquer agente quí-
palmtops “aprovados” ou aos sistemas reconhecimento não tripulados de alta mico conhecido transportados pelo ar
Patrulha Infinity primários. Um exemplar altitude em suas missões. (aerossol ou gás) — incluindo muitos
típico (do tamanho de um dedo) armaze- Analisador de Quantum: Este dispo- tipos de drogas e explosivos químicos
na 10 TB e pode resistir a praticamente sitivo pode comparar a realidade local — sem a intervenção do operador além
todo tipo de dano. $10, 0,05 kg. com seu banco de dados e ver se há de removê-lo de sua capa protetora.
Palmtop: Um computador portátil uma correspondência (usado para veri- Microssensores emitidos pela moni-
robusto com câmera digital embutida, ficar um salto correto). Requer um dia toração da Linha-Base para armas
reconhecimento de voz, tela com entra- de leituras a serem coletadas e um teste químicas perigosas e gases industriais
da para disquete removível e compati- de Operação de Aparelhos Eletrônicos/ tóxicos. $100, 0,1 kg.
bilidade com realidade aumentada. Por NT8^ (Sensores) bem-sucedido. Esta Mini Monitor de Alertas (HUD): Este
segurança, ele incorpora um scanner unidade também detecta grandes per- monitor de alertas projeta imagens co-
biométrico de impressão digital e uma turbações no fluxo quântico (tremores loridas diretamente na retina usando
fechadura física para impedir o acesso de realidade, cataclismos, portais de lasers. O emissor se encaixa na arma-
não autorizado. O computador usa uma acesso não blindados) dentro de 1.000 ção de quaisquer óculos convencionais
arquitetura personalizada para reduzir a metros em um teste com um redutor ou de proteção. Concede ao usuário um
possibilidade de infecção por novos vírus de -5 para o NH. $200.000, 12,5 kg, bônus de +1 para Pilotagem, Condução
de computador ou outros perigos eletrô- 5D/25W (50 horas). e outras perícias que se beneficiam da
nicos. Abrir o invólucro requer um rolo Baliza Rastreável: Este pequeno ras- exibição rápida de informações com as
Armadilhas-6 para desativar os dispositi- treador (-11 para detectá-lo) pode ser mãos livres. $50, peso desprezível.
vos anti-intrusão; uma falha significa que configurado para se ativar quando rece- Detector Paracrônico: Esses dispo-
todos os dados são apagados (irrecupe- ber um sinal codificado ou para trans- sitivos podem detectar saltos em sua
ráveis sem tecnologias de superciência) mitir continuamente. Fornece um sinal direção, dentro de seu alcance, confor-
e uma pequena carga explosiva destrói por uma hora que pode ser captado por me pág. MB532. No limite da portabi-
os elementos de computação e memória scanners de emissão de rádio a até 15 lidade, um detector requer um gerador
mais avançados. Complexidade 7, com km de distância. $40, peso desprezível. separado energizá-lo. Eles têm um al-
100 TB de armazenamento de dados uti- Cronólogo Sideral: Pacote de instru- cance base de 1.000 metros. Cada du-
lizável. $200, 1,5 kg, D/20W (12 horas). mentação que pode determinar a hora plicação de alcance além disso recebe
Prompt Linguístico: O melhor sof- e data locais exatas em relação à Linha- um redutor de -2 cumulativo no NH.
tware de tradução de linguagem natural -Base com base em dados astronômi- $560.000, 28 kg, 560W.
disponível oferece três idiomas falados cos específicos. O pacote contém um Scanner Paracrônico: Um “cro-
pré-programados em nível Rudimentar; processador central e banco de dados, noscanner pessoal” tem um alcance
a Patrulha não possui “tradutores uni- além de três telescópios ópticos de 8 po- básico de 100 metros. $56.000, 3 kg,
versais”. Complexidade 7, $70.000. legadas para noites claras e 40 metros 4C/56W (2 horas).

24 Infinity Ilimitada
Fita Algema: Parece fita adesi-
va, mas na verdade é construída
com um polímero de memória
que se aperta se o prisioneiro se
esforça. Para se libertar, o prisio-
neiro deve vencer um Teste Rápi-
do de ST contra o ST 20 da fita
algema ou fazer um teste de Fuga
com um redutor de -6. A primeira
tentativa leva um minuto; outras
tentativas requerem esforço de 10
minutos. Uma falha causa 1 pon-
to de dano por contusão em cada
1
membro contido. A fita algema
tem RD 1; 6 pontos de dano por
corte ou queimadura a rompe.
Uma faixa de 60 cm é suficiente
para conter braços ou pernas.
$10, 0,25 kg por rolo de 30 m.
Hipo-Pneumo-Injetor: Instru-
mento hipodérmico pneumático portá-
Ferramentas e Corda de Nanofibra: Uma longa fita
ou cadeia de nanotubos, revestida com
til, do tamanho duma caneta, que inje-
Suprimentos uma capa protetora de polímero. Uma
ta medicamento com uma carga de ar
Embora cada missão seja diferente, comprimido. É preciso estar tocando o
corda de 3/4” de diâmetro suporta 2 to-
a Patrulha padronizou alguns equipa- neladas. $30, 1 kg por 10 metros. paciente para injetar seu medicamento.
mentos que podem ser facilmente dis- Credilina: Uma droga psicoativa usa- Pode penetrar no RD 1 ou em roupas
farçados ou simplesmente úteis demais da para interrogatórios e outros fins normais. Um cartucho da pneumocar-
para ficar sem. nefastos. A vítima deve fazer um teste ga contém uma dose de um medica-
contra HT-3 ou sofrer de Credulidade mento. $20, 0,03 kg.
Abrigo Rápido: Um sistema de abri-
(9) por (25-HT) minutos. $240 por dose. Instrumentos Cirúrgicos: Equipa-
go pré-fabricado que pode ser “mon-
CL2 na Linha-Base, restrito a profissio- mento básico para cirurgia NT9 na
tado” por quatro pessoas em cerca de
seis horas. Inclui conduítes para cabos nais psiquiátricos. realização de tarefas padrão: estabi-
de dados e ar condicionado; instruções Curativo em Spray: Atadura líqui- lizar ferimentos fatais (pág. MB423)
simples são impressas diretamente nos da em spray, respirável, analgésica e ou reparar lesões incapacitantes dura-
componentes. Um conjunto com com- antisséptica. Isso reduz o tempo ne- douras (pág. MB420). $1.250, 7,5 kg,
ponentes suficientes para construir um cessário para a aplicação de atadu- 4C/40W (2 horas).
abrigo para 30 pessoas, completo com ras (pág. MB424) para 10 segundos. Kit de Emergência: Um kit comple-
ar condicionado e aquecimento, custa $15, 0,05 kg. to para tratar ferimentos graves com
$2.000 e pesa 2 toneladas. Equipamento de Escalada: Três dú- medicina NT9. Concede +2 na perícia
Apagadora: Quando extratemporais zias de esracadores “inteligentes” de Primeiros Socorros e conta como equi-
veem visitantes aparecerem ou desapa- metal com memória e um arnês resis- pamento improvisado (-5) para Cirur-
recerem, ou testemunham algum uso da tente de rede bifásico que mantém o gia. $100, 5 kg.
tecnologia da Linha-Base, a solução pre- usuário em pé no caso de uma queda. Kit Refeição: Esses pacotes de ração
ferida é fazê-los esquecer. A “Apagadora” Concede +1 na perícia Escalada se usa- vêm em dezenas de variações, com pra-
é uma droga sedativa e amnésica usada do com corda. $350, 2,5 kg. tos principais, acompanhamentos e so-
tanto pela Infinity quanto pelo Centrum. Equipamento de Mergulho: Siste- bremesas selecionados aleatoriamente.
Alguém que a toma e falha em um teste ma respiratório de circuito fechado, Os pacotes de refeições são lacrados e
de HT-3 fica inconsciente. Ao acordar, jaqueta de mergulho e nadadeiras possuem um aquecedor ou resfriador
suas memórias de curto prazo — tudo integrado, conforme apropriado. Item
programáveis. O oxigênio é recicla-
nos últimos 5d+45 minutos — terão su- de troca popular em mundos primiti-
do e misturado com gases inertes,
mido. A Apagadora vem em forma de vos. $5, 0,5 kg.
permitindo três horas de mergulho
comprimidos, injeção e gasosa. Parece Laboratório Portátil: Kits básicos de
não ter efeitos colaterais indesejáveis, independente da profundidade (a
descompressão ainda é necessária). campo e sistemas especialistas para a
mesmo em overdoses. A Apagadora não
A jaqueta pode fornecer 25 kg de flu- maioria das perícias científicas do NT8.
está à venda na Linha-Base ou no Cen-
trum; é CL2 em ambos os mundos. tuação se o sistema de insuflação de Os kits estão disponíveis para Biologia,
Biomonitor: Colocado próximo ao emergência for usado, e as nadadei- Diagnose, Farmácia, Geologia, Meta-
coração, este sensor pode monitorar ras concedem ao usuário um bônus lurgia, Meteorologia, Perícia Forense e
parâmetros médicos vitais, como fun- de +2 para o Deslocamento Aquático. Química. $8.000, 5 kg.
ções cardiopulmonares, níveis de oxi- $450, 6,5 kg. Pílula de Sobriedade: Esta droga re-
gênio no sangue e nitrogênio, tempe- Ferramentas para Ilícitos: Kits de duz os efeitos intoxicantes do álcool
ratura corporal e taxas de respiração. ferramentas especializados para ajudar sem anular suas sensações mais agra-
Pode transmitir informações médicas em ações criminosas. Conjuntos estão dáveis. O usuário ganha um bônus de
pelo rádio oculto do agente, permitindo disponíveis para Armadilhas, Arrom- +2 em todos os testes de HT relaciona-
testes de Diagnose remotos sem penali- bamento, Falsificação e Falsificação de dos à bebida por (25-HT)/4 horas. Cada
dade. $100, peso desprezível. Dinheiro. $4.000, 5 kg. comprimido custa $10.

Infinity Ilimitada 25
Portacam: Muitos agentes ocultam 5 e sensores termográficos com zoom começar a gravar quando detecta luz
sistemas de vídeo pessoais em seus de 4×. Comunica-se usando um laser ou movimento nas proximidades. Os
equipamentos de missão. Uma câmera (alcance de 75 km) ou rádio comunica- nanogrampos da Patrulha se apagam e
de bolso da Linha-Base cabe na palma dor (alcance de 15 km). Pode voar no se autodestroem após 48 horas (se não
da mão, com um zoom digital de 50× e Deslocamento 10 por quatro horas com receberem sinais periódicos de “manter
um modo de pouca luz que cancela até apenas alguns gramas de combustível. ativo”) ou quando suas baterias falham
quatro pontos de penalidade pela escu- $600, 1 kg (cerca de 10 horas de gravação e trans-
ridão. Inclui um processador de efeitos Escudo Antipsiquismo: Uma rede de missão). $100, peso desprezível.
programáveis para edição rápida no fios de platina-irídio cobrindo o cou- Nanolimpadores: Não disponíveis
local (trate como ferramentas inadequa- ro cabeludo que “bloqueia” psiquismo amplamente na Linha-Base, essas bac-
das para produção de vídeo complica- que afeta a mente. Adicione +3 ao IQ térias NT10 modificadas pela bioen-
da), tela de visualização e microfone ou Vontade do usuário ao resistir a um genharia removem sujeira, fuligem e
com discriminação para o espectro efeito com o modificador de Telepatia resíduos orgânicos. Úteis como xampu
humano. Grava em mídia digital seme- (pág. MB257), ou para evitar a detecção ou detergente, a Patrulha as usa para
lhante a chips de armazenamento (pág. por meios psíquicos. Também impõe limpar evidências biológicas forenses,
24). $100, 0,125 kg, C/10W (2,5 horas). uma penalidade a quaisquer habilida- como manchas de sangue ou células da
Tratamento Universal: Uma série de des telepáticas do usuário, incluindo pele. Áreas tratadas com nanolimpado-
amplo espectro de drogas poderosas o Escudo Mental, de -3. A parte eletrô- res impõem uma penalidade de -3 ao
suficiente para combater as doenças nica do escudo avisa automaticamente NH em qualquer tentativa de Crimino-
mais difíceis em qualquer um dos pa- o portador (por meio de um bipe ou logia ou Perícia Forense para localizar
ralelos infernais. No entanto, a última HUD) quando um telepata falha para ou analisar tais evidências. Um frasco
coisa que a Infinity deseja é ainda mais penetrar o escudo, mas não fornece ne- de spray pode tratar até 9 metros qua-
super-doenças resistentes a medica- nhum aviso se tiver sucesso. Se embu- drados. $100, 0,5 kg.
mentos alastrando-se por seu pessoal e tido em um capacete ou protetor para Traje Camaleão: Este é um traje
por várias cronologias, então a equipe cabeça, qualquer dano que penetre o grande de corpo inteiro (pode ser usa-
médica tenta rastrear as consequências RD rompe o circuito antipsi e desativa do sobre uma armadura anatômica)
de seu uso a longo prazo. O usuário o escudo. $3.000, 0,15 kg, 3W. que usa materiais inteligentes dinâmi-
ganha Resistente à Doenças 3 por uma Kit de Disfarce: Um elaborado con- cos e metais eletrocrômicos para ajus-
semana. Cada comprimido custa $750. junto de dispositivos protéticos, produ- tar sua coloração e emissões espectrais
tos químicos para tingir a pele e sprays para combinar com o ambiente circun-
Equipamento de de hormônio para uma pessoa. Muitos dante. Um sistema camaleão adiciona
componentes incorporam sistemas mi-
Espionagem croeletromecânicos que podem imitar
+4 à perícia Furtividade quando está
perfeitamente imóvel ou +2 se em mo-
A Divisão de Logística mantém um
contrações musculares, claudicação re- vimento. Eficaz contra a visão normal,
grande número de dispositivos de vigi-
alística e outras características impor- Infravisão e Ultravisão (e, por exten-
lância e contra-vigilância em mãos, que
tantes. Equipamento de boa qualidade são, Visão Hiperespectral). $12.800,
vão desde amuletos mágicos até meias
para a perícia Disfarce (+1 ao NH). 4,5 kg, 2C/8W (6 horas).
corporais nanomórficas. No entanto, os
$200, 5 kg.
Patrulheiros geralmente se contentam
com equipamentos convencionais, já
Nanogrampo: Um dispositivo de Armaduras
gravação minúsculo (-18 de penalida- Os Patrulheiros geralmente se equi-
que dispositivos exóticos dependem de
de para localizá-lo) para o espectro de pam com tudo o que podem convencer
princípios mágicos, psicotrônicos ou
audição e visão humano. Ele pode gra- seus respectivos especialistas em logís-
superscientíficos que nem sempre estão
var o que vê e ouve (até 40 minutos de tica a lhes dar, além de equipamentos
presentes em todos os mundos.
vídeo) ou transmitir dados gravados que compram no mercado civil. Geral-
Buzzbot: Um pequeno helicóptero usando transmissões curtas “em raja- mente, o MJ deve permitir que carre-
não tripulado (impõe -5 de penalidade das” a até uma milha de distância usan- guem qualquer coisa que não vá explo-
para localizá-lo) do tamanho de uma do um minúsculo radiocomunicador dir O Segredo pelos ares ou torná-los
gaivota. Ele tem dois rotores contra-ro- (transmite cerca de um minuto de ví- alvos de tiros à primeira vista.
tativos blindados alimentados por uma deo gravado a cada segundo). O gram-
turbina que queima hidrocarbonetos, po pode funcionar constantemente, ser Armaduras e Uniformes
um conjunto de sensores simples e um ativado remotamente, detectar uma voz Os agentes raramente têm a vanta-
braço manipulador (ST 3). Possui um específica antes de gravar, fazer a varre- gem de usar a melhor armadura dispo-
computador de bordo Complexidade dura em horários específicos do dia ou nível em seu NT.

Tabela de Armaduras
NT Armadura Local RD Custo Peso CL Observações
9 Armadura de Couraça torso, virilha 50 $1.200 10 kg 2
9 Uniforme Blindado braços, torso, virilha, pernas 3 $240 0,8 kg 2 [1, 2]
9 Botas de Assalto pés 6/12 $53 0,45 kg 4 [1]
9 Colete Balístico torso, virilha 20* $630 2,1 kg 4 [2]
9 Capacete de Combate crânio, pescoço 20 $120 2 kg 1
+ Visor olhos, rosto 5 +$72 +0,12 kg 4
9 Tecido de Malha traje completo 4* $375 1,25 kg 4 [1, 2]
Observações [2] Tem uma RD dividida: concede RD completa contra
[1] Ocultável como ou sob as roupas. danos perfurantes e de corte, mas apenas um terço da RD
(arredondado para cima) contra outros tipos de dano.

26 Infinity Ilimitada
Armadura de Couraça: Um conjunto
pesado de armadura para o torso usada
em ambientes do alta risco.
Botas de Assalto: Botas blindadas
usadas por soldados.
Equipamento Padrão
Capacete de Combate: Capacete para Embora cada missão seja diferente, o equipamento a seguir pode ser
ambientes de alto risco. Inclui acessó- considerado “padrão” para os agentes do Serviço de Entrada:
rios para um painel frontal suspenso ou
•  Bolsa de couro e botas
ótico, e microfone ósseo integrado (vi-
bra o crânio para transmitir som). •  Capa e boné escuro de cor neutra
Colete Balístico: Colete mais leve “à •  Odre de couro (com microfiltração e descontaminação na superfície
prova de balas” que às vezes pode ser interna)
disfarçado como uma jaqueta volumosa.
ça)
•  Caixa de fogo (sílex e aço, complementado com fósforos de seguran- 1
Tecido de Malha: Camadas de tecido
balístico entrelaçadas em roupas nor- •  Mini lanterna de mão
mais. •  20 metros de corda de manila com cabo de aramida trançado no in-
terior (suporta 1 tonelada)
•  Faca de aço ou ferramenta de sobrevivência
Projetores •  Bússola
•  Lingotes de prata, 30 g.
Um projetor paracrônico (pág.
MB530) exige aproximadamente 50 •  Kit de primeiros socorros NT9 disfarçado de NT4
metros cúbicos de equipamento para •  Rádio oculto
projetar uma tonelada através dos •  Palmtop com configuração de câmera digital
quanta. O equipamento custa $50 mi- •  Minibinóculos com configuração de visão noturna
lhões por tonelada de capacidade (em- •  Nanogrampos (pareados com o rádio oculto e a tela do palmtop)
bora a Infinity quase certamente cubra •  Pistola 10mm e pente sobressalente
esses custos) e pesa aproximadamente •  30 ampolas de Apagadora e um hipo-pneumo-injetor
uma tonelada por tonelada de capaci- Os itens a seguir são equipamentos padrão do Serviço de Intervenção,
dade. Os maiores projetores moder- embora os equipamentos mais óbvios (rifles e capacetes) geralmente
nos podem deslocar até 300 toneladas devam ser deixados no transportador para emergências:
de uma vez e ocupar boa parte de um
quarteirão. Um projetor “médio” re- •  Roupas e armas adequadas para a cronologia, incluindo luvas, forra-
quer um maquinário suficiente para das com tecido balístico, se possível
encher um pequeno auditório e é capaz •  Capacete com visão noturna e zoom ótico, disfarçado de capacete lo-
de deslocar duas toneladas. A energia cal, se possível
vem da rede pública, mas não é mais •  Lanterna
do que uma planta industrial moderna •  Equipamento de escalada e 50 metros de corda
requer; remessas paracrônicas são bas- •  Ferramenta de sobrevivência
tante econômicas, supondo que sejam •  Kit de primeiros socorros NT9 em disfarce local
razoavelmente lucrativas. •  Rádio oculto
•  Rifle M-23 e vários pentes sobressalentes (lançador de granadas se o
Projetores perfil da missão permitir)
Experimentais •  2–4 granadas (gás, fumaça, atordoamento, etc.)
Os Paralabs estão sempre trabalhan- •  Fita algema
do para melhorar, ou melhor ainda, •  30 ampolas de Apagadora e um hipo-pneumo-injetor
revolucionar a tecnologia paracrônica. Serviços e divisões trocam equipamentos a todo momento, para
A Infinity entende muito bem que a pa- desespero da Logística. O MJ deve permitir que os personagens da
racrônica é a única vantagem real da Patrulha carreguem qualquer coisa razoável sem colocar O Segredo em
Linha-Base sobre os outros paralelos. risco indevidamente. Todo o equipamento de alta tecnologia da Linha-Base
Quando O Segredo for revelado (como contém cargas termite autodestrutivas.
parece que inevitavelmente deve aconte-
cer), a Infinity quer estar bem à frente
dos concorrentes. Até agora, nenhum
desses métodos funcionou bem o sufi-
ciente para entrar em produção; alguns Essas melhorias podem estar tão pró- nos Paralabs, embora persistam rumo-
deles, embora desastrosos por si só, ximas quanto a um ano da implemen- res de experimentos do Departamento
abrem caminhos para pesquisas futuras. tação, e certas opções de design podem de Defesa dos EUA na mesma tecnolo-
resolver o problema antes disso. gia nos Laboratórios Sandia.
Projetores de Longa Distância: A In-
Projetores de Campo Ampliado: Ao O “Arrebatador”: Essa reformulação
finity suspeita (corretamente) que os
projetores do Centrum podem chamar ajustar a geometria dos circuitos con- radical da tecnologia do projetor seria
de volta um transportador à distância forme descrito acima, os Paralabs projetada para detectar e capturar qual-
(pág. 52). Os Paralabs acreditam que, também acreditam que podem lançar quer emissor paracrônico que entrasse
ao modificar a geometria do circuito transportadores em um campo amplia- no quantum. Com implicações de segu-
dos projetores Infinity, eles podem cha- do, em vez de alinhá-los em um ponto. rança potencialmente revolucionárias,
mar de volta e transmitir transportado- Isso tem principalmente aplicações mi- a Infinity está acelerando a pesquisa
res na linha de visão (15 km ou mais). litares e tem uma prioridade mais baixa neste projeto.

Infinity Ilimitada 27
Projetores de Circuito Aberto: Em vez tificial, ou portal de mundo. (A ciência Fixo: O transportador só pode saltar
de criar o campo de salto ao redor de do Reich-5 desenvolveu tal coisa! Veja entre duas realidades específicas, cujas
um transportador (um dispositivo de a pág. 66.) A parte desagradável da coordenadas estão conectadas. O ope-
circuito fechado), teoricamente deveria matemática indica que, ao contrário rador não pode alterar essas configura-
ser possível criar um “campo de salto de um verdadeiro projetor, qualquer ções. Este tipo de transportador é típico
de circuito aberto” que simplesmente cronologia com tecnologia paracrôni- daqueles disponíveis para a maioria das
gira tudo no campo através de um hi- ca suficientemente avançada (NT9^) empresas, usuários privados, etc. que
percubo para outra cronologia. Essa seria teoricamente capaz de construir possuem as licenças apropriadas. CL2.
tecnologia exigiria uma enorme potên- tal portal. Programável: O transportador pode
cia (para compensar a ausência de uma saltar para qualquer realidade dentro
usina no transportador) e controle de
computador (para modular as energias Transportadores de seu alcance. Para fazer isso, o opera-
dor deve inserir as coordenadas em seu
e evitar fritar os passageiros). Embora sistema de orientação manualmente.
nenhum mecanismo de chamar de vol- Gerador de Campo Essas unidades são controladas de ma-
ta tenha sido projetado ainda, o Projeto neira muito mais rígida. CL0.
Hipercubo foi promissor o suficiente Paracrônico
para que os Paralabs tentassem uma O gerador de um transportador pode Recarga Caseira
tradução experimental tripulada entre ter alcance subquântico, quântico, ou Normalmente, uma célula de com-
as ilhas Kerguelen de da Linha-Base e de dois quanta. Ninguém ainda desen- bustível carrega o sistema de potência
do Refúgio cerca de seis meses atrás. O volveu um transportador com maior pulsada no transportador. Essa célula de
experimento não deu certo (veja Den- alcance. combustível reabastece as baterias que
tro do Cubo, pág. 29), mas abriu duas O gerador também tem uma capa- estocam energia para o sistema em cer-
outras pistas de pesquisa promissoras, cidade de massa: a quantidade máxima ca de 30 minutos — a menos que algo dê
o paravisualizador e o portal de acesso de massa que é possível transportar. A errado. Sem uma célula de combustível
artificial. massa do transportador (incluindo o funcional, um viajante deve obter energia
Paravisualizador: Este dispositivo gerador) e sua carga útil não podem ex- de fontes de energia locais. Os contatos
permitiria a observação de outras cro- ceder esse limite de forma segura. no sistema de potência são notavelmente
nologias; é essencialmente um proje- As capacidades do gerador determi- robustos e todos os transportadores da
tor que só transmite ou recebe luz. O nam em grande parte o custo do trans- Patrulha carregam um motor elétrico de
primeiro protótipo poderia transmitir portador, que geralmente é muito alto. reserva que pode (com teste em Eletricis-
apenas uma única rajada — uma foto- E não é tudo pelos circuitos — grande ta no mínimo NT8 ou o NT da fonte de
grafia. Os posteriores enviaram muitas parte dos custos são de taxas de licen- alimentação) ser conectado a quase qual-
rajadas por segundo, permitindo uma ciamento! quer fonte de energia mecânica. Um teste
visualização contínua (embora silen- de Engenharia no NT adequado (e com
Transportadores Subquânticos: Eles
ciosa). O operador pode ajustar o ân- a especialização adequada) pode ser ne-
gulo de visão e mover o ponto de vista podem saltar entre destinos no mesmo
cessário para projetar e construir o ma-
movido por um km ou mais. As cone- nível quântico. O custo básico é de $10
quinário e o sistema de transmissão de
xões do visualizador são instáveis e não milhões. Cada tonelada de capacidade força (polias, turbinas, pistões, etc.) para
confiáveis. Qualquer conexão do visua- acrescenta $10 milhões e 5 kg. CL2. conectá-lo ao motor elétrico. Em NT6 ou
lizador falha por 1d horas em intervalos Transportadores Quânticos: Eles po- superior, é claro, usinas elétricas já exis-
irregulares — mas algumas conexões dem saltar entre destinos no mesmo tem — plugar o motor se torna um sim-
são melhores e outras são piores. Co- nível quântico. Com a ajuda de um ples teste de Eletricista em qualquer NT.
nexões entre mundos no mesmo quan- projetor, eles também podem saltar de Para cada tonelada de massa do
tum ficam fora do ar em média 9% do ou para níveis quânticos adjacentes. transportador, a bateria precisa estocar
tempo (quando for importante, role 3d; O custo básico é de $20 milhões. Cada em torno de 200 kWs de energia. O mo-
em um 6 ou menos, a conexão fica fora tonelada de capacidade adiciona $150 tor (um modelo NT8) opera com 90%
do ar). Aquelas entre quanta adjacentes milhões e 5 kg. CL1. de eficiência na maioria das circunstân-
ficam fora do ar cerca de 26% do tem- Transportadores Dois Quanta: Eles cias, mas o sistema de transmissão de
po (ou seja, em um 8 ou menos). Aque- funcionam como transportadores energia varia muito. Como regra geral,
las entre mundos separados por dois quânticos, mas podem saltar até dois assuma uma eficiência igual a NT×5%:
quanta ficam fora do ar cerca de 62% níveis quânticos com o auxílio de um um sistema de polia de cabo NT1 teria
do tempo — com 11 ou menos! Os pro- projetor. Os saltos de dois quanta são 5%, um parafuso NT2 teria 10% e assim
tótipos atuais do paravisualizador não sempre complicados! O custo básico por diante. Entre o motor e a transmis-
podem ver além de dois quanta. Cata- é de $30 milhões. Cada tonelada de são, então, para cada 100 kW gerado por
clismos, tremores de realidade e outras capacidade acrescenta $300 milhões e um moinho de água NT2, 9 kW (10% de
interrupções podem “retroalimentar” o 15 kg. CL0. 90% de 100 kW) contribui para a carga,
próprio visualizador, prejudicando os sendo o restante desperdiçado em for-
componentes e iniciando incêndios na Sistema de Potência ma de calor ou atrito. (A critério do MJ,
Linha-Base. Paravisualizadores não são Um salto requer 200 kJ de energia um sucesso decisivo no teste de Enge-
equipamento padrão, e a Infinity só os por tonelada de capacidade — entre- nharia pode aumentar a eficiência para
usa esporadicamente para explorar no- gues em um único pulso. Um sistema de NT×10%.)
vos mundos. potência pulsado típico para o gerador A potência de saída para várias fon-
Portais de Acesso Artificiais: Esta de campo custa $50 e pesa 2,5 kg por kJ. tes de energia pré-elétrica (incluindo al-
tecnologia permanece muito duvido- gumas atípicas) são as seguintes, junto
sa, mas em teoria deveria ser possível Sistema de Controle com o tempo necessário para recarre-
abrir um “túnel quântico” estável entre Um transportador pode ter um dos gar as baterias de um transportador de
os mundos — um portal de acesso ar- dois tipos de sistema de controle: 5 toneladas (1.000 kWs, ou 0,28 kWh):

28 Infinity Ilimitada
Esteira (NT1): ST do Tracionador com a eficiência do NT3, uma esteira res treinados (e uma máquina Rube
×20 W; um tracionador com ST 10 tracionada por um cavalo com ST 25 Goldberg capaz de traduzir o momen-
levará 61,7 horas. Um boi com ST 27 leva 4,1 horas. Os 50 remadores de to angular do remo em torque para o
leva 10,2 horas. Os cavalos podem um penteconter de NT2 (pág. MB464) motor) poderia recarregar sua bateria
tornar as esteiras eficientes em NT3 produzem 6.000 W em um sprint; um com energia suficiente em pouco me-
com a invenção do colar de cavalo; viajante com a sorte de ter 50 remado- nos de uma hora!

Dentro do Cubo
Este cenário de campanha é o suprassumo de um jogo
“perdido no infinito”. Os PdJs são os infelizes assistentes
apenas 1d minutos (o que pode ser muito tempo no meio
de uma batalha) e um teste de Operação de Aparelhos
1
de laboratório (“os Vagamundos”) lançados aqui e ali Eletrônicos bem-sucedido. É necessário um sucesso
pelos mundos pelo Projeto Hipercubo (pág. 28). A Equipe- decisivo, ou um MJ gentil, para trazer os Vagamundos de
Base da Infinity pode ver os Vagamundos e seus arredores volta para casa. No Nível III, a equipe pode enviar até 100
imediatos, e se comunicar com eles (os jogadores podem kg de matéria para os Vagamundos (empurrando-a através
até ter PdJs de “backup” nessa equipe), dando conselhos, do cubo com uma vara longa) em vez de transferi-los,
informações de pesquisa e até itens úteis. Mas a equipe só com um teste de Operação de Aparelhos Eletrônicos bem-
pode mudar os Vagamundos aleatoriamente, na esperança sucedido. Uma falha significa que a remessa foi perdida;
de trazê-los todos vivos para casa. uma falha crítica causa uma sobrecarga e possivelmente
Todas essas funções exigem um “marco” sobre os arrasta mais pessoas para o passado (embora pelo menos
Vagamundos. Cada vez que ocorre uma transferência, o a remessa vá também).
marco é perdido e deve ser restabelecido. Isso exige que Após cada transferência bem-sucedida, o contato é
a Equipe-Base faça um teste de Operação de Aparelhos perdido por 1d+1 hora.
Eletrônicos (Paracrônica)/NT9^. Se o teste for bem-
sucedido, subtraia a margem de sucesso de 12; o resultado O sistema de potência não é estável. Falhas críticas
é o número de horas necessárias para fazer o contato podem causar uma sobrecarga, reduzindo a potência a
(mínimo uma hora). Se o teste falhar, outro pode ser feito zero. Isso interrompe a comunicação e perde o marco
em 12 horas. Uma falha crítica exige um teste imediato de temporal. Há também uma chance, conhecida apenas
Conserto de Equipamento Eletrônico (Paracrônica)/NT9^ pelo MJ, de que uma sobrecarga duplique o acidente
para evitar uma sobrecarga (veja abaixo). original, puxando mais membros do Equipe-Base para se
Uma vez que o marco seja estabelecido, a Equipe-Base juntar aos Vagamundos nos quanta!
pode ver os Vagamundos através de uma janela. Eles Restaurar a energia para o Nível I após um esgotamento
podem mudar o ângulo de visão, mas não podem se afastar leva 12 horas, mais ou menos o resultado de um teste
dos personagens; essencialmente, eles não podem ver de Conserto de Equipamento Eletrônico. Em seguida, a
nada que os Vagamundos não possam ver. Eles também equipe deve restabelecer um marco da maneira usual.
têm comunicações de voz bidirecionais e podem ouvir A outra coisa que a Equipe-Base faz é procurar
qualquer coisa que os Vagamundos possam ouvir. Devido informações úteis para os Vagamundos, como em
a uma peculiaridade do fluxo quântico, as mensagens da Controle da Missão (pág.210).
Equipe-Base chegam com um volume bem ameno: em
circunstâncias normais, apenas os Vagamundos podem Parâmetros de Campanha
ouvi-las. É claro que isso exige que os Vagamundos falem Escala: Por padrão, a “escala de sobrevivência”
sozinhos quando precisam de informações, o que pode ser prosaica. As aventuras individuais podem ter qualquer
embaraçoso se alguém estiver vendo; eles também podem risco.
escrever bilhetes, que a Equipe-Base pode ler. Escopo: Varia por aventura ou campanha; um
Se os Vagamundos se separarem, a visualização do estilo Salto Quântico pode lidar com pequenos grupos,
portal segue qualquer um deles que a Equipe desejar; enquanto um Túnel do Tempo pode ter grandes crises se
mudar de um subgrupo para outro requer outro teste de desenvolvendo em torno dos PdJs.
Operação de Aparelhos Eletrônicos. Uma falha requer Limites: Em qualquer lugar e em qualquer tempo.
1d×10 minutos antes de outra tentativa; uma falha crítica
Manter os limites amplos compensa o escopo estreito e a
requer um teste de Conserto de Equipamento Eletrônico
escala prosaica.
para evitar uma sobrecarga. O Hipercubo tem três níveis
Parafísica: Mundos paralelos ou viagens no tempo
de potência, definidos pela Equipe-Base:
sem paradoxos. Comunicação de voz bidirecional,
Nível I: Correção e comunicação. Configuração normal, comunicação visual unilateral; aplica-se o Princípio da
pode ser mantida indefinidamente. Linearidade (pág. 156).
Nível II: Preparação para transferência. São necessárias Personagens: Assistentes de laboratório de 100 pontos
seis horas para passar do Nível I ao II; o Nível II pode (ou menos), livres para interferir, mas viajando de forma
ser mantido apenas por 2d×5 minutos antes de voltar ao incontrolável; nenhuma magia ou psiquismo; NT variável.
Nível I. Acumular energia mais rapidamente, ou estender Gênero: Varia de acordo com a aventura ou campanha.
o tempo de manutenção no Nível II, exige um teste de Cinematográfico, história de Hollywood e investigativo
Engenharia (Paracrônica)/NT9^. (em um estilo Salto Quântico) provavelmente se encaixam
Nível III: Transferência. Ir do Nível II para o III, melhor.
transferindo os Vagamundos para outra cronologia, leva Consulte o Capítulo 7 para explicações sobre os parâmetros.

Infinity Ilimitada 29
Roda d’água (NT2): Uma roda ver-
tical romana simples produz 1.800 W;
a recarga levaria 1,7 horas. A cascatea-
mento de 16 moinhos d’água romanos
em Barbegal, na Gália, produzia 30 kW;
Carregamento do
a recarga levaria 6,2 minutos. O com-
plexo de moinho d’água mais poderoso
Transportador
já construído, em Greenock, Escócia, Embora cada missão seja diferente e os transportadores tenham
em 1841 (NT5), produzia 1.500 kW; diferentes capacidades de carga, você pode contar em encontrar o seguinte
assumindo uma eficiência de 25% para equipamento na parte traseira de qualquer transportador da Patrulha:
turbinas NT5, ele poderia recarregar a
bateria com energia em cerca de três •  Um rifle M-23 ou eletrolaser para cada Patrulheiro
segundos! •  Um facão, espada larga ou machado para cada Patrulheiro
Moinho de Vento (NT3): Um pe- •  Espingarda
queno moinho persa produz 30 W; •  Um escudo antipsiquismo para cada Patrulheiro
poderia recarregar a bateria com •  Equipamentos de camping e escalada, incluindo ganchos
energia suficiente em 68,6 horas. Um •  1.000 metros de corda
moinho de vento Alemão NT4 pro- •  Binóculos com aprimoramento da visão noturna
duz 6.500 W e recarrega a bateria em •  Filmadora digital
14,2 minutos; um grande moinho de •  Algemas
vento holandês NT5 produz 12 kW, •  Kit de disfarce
o que recarregaria a bateria em 6,2 •  Computador portátil
minutos. •  Cronólogo sideral
Motores a Vapor (NT5): Os primei- •  Mapas
ros motores a vapor, na década de •  Moedas de ouro e prata misturadas de muitas épocas espalhadas pelo chão
1690, produziam 750 W com menos •  Ferraduras
de 1% de eficiência. O motor de New- •  Kit ferimento
comen em 1712 produzia 3,75 kW, •  Holofote pequeno
mas ainda desperdiçava 99,3% dessa •  Granadas (2–4 de atordoamento ou gás lacrimogêneo por Patrulheiro)
energia. As melhorias de Watt come- •  Tenda ou tendas (o suficiente para a tripulação)
çando na década de 1760 atingiram •  Kit de ferramentas básico, incluindo alicate de corte e marreta
uma média de 20 kW com 4% de efici- •  Rações extras e pacotes de refeição
ência; tal máquina a vapor recarrega- •  Galões grandes de água
ria a bateria em cerca de 23 minutos. •  Garrafa de bourbon ou conhaque
(O maior motor a vapor de Watt, em •  Sinalizadores, termite e outros dispositivos de “calor repentino”, in-
1800, produzia 100 kW!) Depois que cluindo dispositivos sobressalentes de autodestruição
Corliss inventou a válvula reguladora •  Extintor de incêndio
em 1849, a eficiência do vapor poderia
aumentar para 25% na nossa fórmula; A critério do MJ, um teste de Captação pode revelar itens pequenos ou
um motor de locomotiva no final do facilmente ignorados que sobraram de missões ou equipes anteriores.
NT5 em plena explosão produz 850
kW, o que recarregaria a bateria com
energia suficiente em 5,2 segundos!
E, é claro, em caso de emergência, em cada seis drones não retorna e é poderá ler os registros detalhados de
sempre há a possibilidade de estender forçado a se autodestruir para evitar sua falha completa. Se você for o CEO
uma antena coletora, amarrá-la a um expor O Segredo. A $400.000 ou mais da Infinity ou um dos sete cientistas
para-raios e esperar por uma tempesta- por drone ($1,2 milhões para um sal- dos Paralabs que construíram o Alea,
de conveniente… tador de dois quanta), mesmo a Infi- você espera que esses registros falsos
nity não quer usar muitos deles! se sustentem. O Alea é um transpor-
Transportadores Furtividade Quantum: Essa tecno-
logia tem o objetivo de mascarar uma
tador que pode fazer saltos quânticos
simples sem um projetor. Ele pode ir
Alternativos assinatura paracrônica, permitindo da Linha-Base para uma paralela em
Drones: Embora os saltos unilate- que inserções secretas evitem os detec- Quantum 4 e daí para uma cronologia
rais de drones a partir da Linha-Base tores assustadoramente eficientes do em Quantum 3. Ao chegar a um mun-
para o campo de operação sejam re- Centrum. Até agora, os sistemas expe- do, ele deve permanecer em repouso
lativamente fáceis, recuperar o drone rimentais disponíveis penalizam testes por 1d dias para se recalibrar a par-
é outra questão. A IA necessária para de habilidade para detectar o transpor- tir dos campos quânticos locais. Em
ajustar as configurações quânticas é tador em -2, custam $500.000 e pesam teoria, ele poderia cruzar a “barreira
meticulosa e até mesmo para um dro- 50 kg. Eles também penalizam a habi- quântica” em Q0, mas ninguém quer
ne de 50 kg, o gerador paracrônico lidade do operador do transportador arriscar o protótipo em tal jornada.
será de 5–15 kg e o sistema de potên- em -2, uma vez que o “hash quântico” Com base na tecnologia “empresta-
cia ocupa outros 25 kg, deixando ape- que eles aplicam distorce o caminho da” de várias outras cronologias, com
nas 10–20 kg para o drone, seu motor do transportador também! sistemas de detecção de IA e paracrô-
(se houver) e seus sensores. Embora Paratransportador: Este experimen- nicos de última geração, seu design é
os drones sejam ferramentas de re- to não existe. Se você tiver uma per- totalmente revolucionário. Esperan-
conhecimento padrão de “primeira missão alta o suficiente no CINU ou çosamente, ninguém mais está nem
análise” (pág. 16) onde possível, um na Infinity para saber que ele existe, perto de conseguir o mesmo.

30 Infinity Ilimitada
O Conselho Intermundos
das Nações Unidas
Se você perguntar à Infinity, ela é
uma empresa privada licenciada pelo
para começar, eles têm quase todo o
pessoal qualificado ou experiente para Desfechos
Conselho de Segurança da ONU, com
níveis “compreensíveis e bem-vindos,
o trabalho. A Infinity Ilimitada tam-
bém tem representação formal nos Alternativos, Inc.
de supervisão governamental interna-
cional”. Se você perguntar ao Secre-
quadros da DI. Na verdade, isso dá ao
Ministro do Comércio argumentos de
Para aquelas ocasiões especiais em
que mundos inteiros precisam ser mu-
1
tariado da ONU, a Infinity Ilimitada negação plausíveis quando o DI rejeita dados para se adequar aos planos do
é “um escritório valioso da ONU no um plano particularmente grandioso CINU, o Conselho mantém suas opções
importante trabalho de paz e desen- (ou esquema de pilhagem óbvio) pro- em aberto na negação duplo-cega mais
volvimento”. Onde essas duas visões posto por um país membro da ONU ou nebulosa possível. A Desfechos Alterna-
de mundo se encontram é o Conse- outro grupo. Isso significa mais traba- tivos, Incorporada é uma empresa mer-
lho Intermundos das Nações Unidas, lho para as Relações Públicas da Infi- cenária com sede em Massawa, Eritreia,
um órgão especial formado por cinco nity, mas é por isso que eles ganham o com escritórios em Nova York, Buda-
Representantes Especiais dos cinco grande bônus. peste, Cingapura e Cidade do Panamá.
membros permanentes do Conselho Para que o Desenvolvimentos Infini- Embora assuma alguns dos trabalhos
de Segurança da ONU: China, Esta-
ty aprove um plano, o candidato precisa cada vez mais escassos na Linha-Base
dos Unidos, França, Grã-Bretanha e
enviar declarações de impacto ambien- — segurança eleitoral no Zimbábue, er-
Rússia. A presidência do Conselho é
tal, cultural e populacional, isenções e radicação do Khmer Vermelho da fron-
rotativa entre os cinco Conselheiros,
regulamentações de segurança, avalia- teira com o Camboja — ela mantém
mas o verdadeiro poder recai sobre os
dois Ministros Permanentes do CINU: ções de ameaças e planos de negócios. seu nicho de mercado por ser a única
o Ministro do Comércio e o Ministro Enviar um pacote de plano completo empresa mercenária licenciada pela
da Crise. Cada um é eleito pelos Conse- com todo o material jurídico necessá- Infinity para operações extratemporais.
lheiros para um mandato escalonado rio, perfis e modelos computacionais e Na realidade, a Desfechos Alternativos
de sete anos. Normalmente, os Estados projeções pode custar milhões de dóla- é uma unidade secreta que responde
Unidos e o Reino Unido votam juntos, res. Visto que subornar a estrutura do apenas ao Ministro da Crise do CINU,
assim como a China e a França, com a Ministério do Comércio também custa com a tarefa de interferir secretamen-
Rússia como voto decisivo. Na maioria milhões de dólares, a maioria dos can- te — ou, às vezes, abertamente — em
das vezes, isso resulta em um Minis- didatos segue o caminho legal. guerras em outros mundos.
tro do Comércio de um país de língua
Inglesa ou forte aliado dos EUA, e um
Ministro da Crise de um país asiático
ou africano desconfiado dos Estados
Unidos.

Desenvolvimentos
Infinity
O Ministro do Comércio super-
visiona o Desenvolvimentos Infinity
(DI), que estabelece diretrizes econô-
micas e comerciais para o comércio,
mineração, colonização ou outras
atividades da linha de base em outras
terras. Quando a Patrulha abre uma
nova cronologia para exploração co-
mercial, as partes interessadas devem
apresentar propostas de territórios (ou
do mundo inteiro) ao DI. O financeiro
é apenas um dos fatores; os licitantes
também devem mostrar como prote-
gerão o meio ambiente e a população
local, manterão a segurança e assim
por diante. As instalações extratempo-
rais estão sempre sujeitas a inspeção
por burocratas do DI, PIs ou ambos.
Oficialmente sob a direção do CINU,
o Desenvolvimentos Infinity é quase
inteiramente composta pela Infinity;

Infinity Ilimitada 31
Colônias Transtemporais
Na teoria jurídica, a Infinity Ilimitada mantém abrigar populações de refugiados intratáveis indesejadas
todos os mundos paralelos “sob fidúcia para a raça ou incapazes de retornar para suas terras natais.
humana”. Essa linguagem nobre significa que, quando o Estabelecido como uma medida paliativa em 1999, sua
Desenvolvimentos Infinity declara um mundo aberto para população cresceu para mais de quatro milhões nos
assentamento da Linha-Base, o CINU determina quem últimos 30 anos. Rumores de corrupção, maus-tratos e
se instala lá e sob que licença. As principais colônias miséria sem sentido às vezes chegam à Linha-Base, mas
transdimensionais (todas em Quantum 5 Terras) incluem: ninguém parece interessado o suficiente para intervir.
Tebuguo: O que o Santuário realiza por negligência,
Communité: Esta colônia experimental, patrocinada esse paralelo realiza por política. A China fretou duas
pelo governo Francês, proclama-se uma sociedade Terras inteiras para “populações excedentes”. Um
verdadeiramente comunista e tem se dedicado a usar o deles, Dai Zhongguo, é uma colônia próspera com uma
máximo do progresso técnico para criar uma utopia sem população de pouco mais de dois milhões. Tebuguo, no
classes. Seus 40.000 habitantes estão atualmente divididos entanto, é um exílio paralelo, para o qual o governo Chinês
em dois campos mutuamente hostis em cada margem do está transferindo à força toda a sua população Tibetana,
rio Loire. bem como vários dissidentes e outras minorias. Embora o
Bhuvarlok: Ocupando o terço sudeste do continente governo Chinês restrinja todo o acesso a Tebuguo, correm
asiático, Bhuvarlok é oficialmente uma província rumores de que ofereceu a outras ditaduras “direitos de
territorial da República da Índia na Linha-Base. O governo despejo” para suas próprias minorias problemáticas.
indiano incentiva a emigração para Bhuvarlok com bônus Tecumseh: Localizada na mesma Terra que Bhuvarlok,
em dinheiro; sua população está na casa das centenas de Tecumseh é patrocinada pelo Escritório de Assuntos
milhares e está crescendo rapidamente. Indígenas dos Estados Unidos e ocupa o continente
Lysander: Uma utopia libertária patrocinada por alguns Norte-Americano naquele mundo. Apenas os cidadãos
bilionários excêntricos Americanos e Britânicos e alugada Americanos e Canadenses de comprovada descendência
pelos dois governos em conjunto, sua população é de de índios Americanos podem viajar para Tecumseh, mas
cerca de 45.000 (embora se recuse a conduzir um censo) podem fazê-lo de forma absolutamente gratuita. Até agora,
espalhados ao longo da costa da Califórnia. Um lento apenas alguns milhares de pessoas se estabeleceram
fluxo de escritores, artistas e designers muda-se para lá lá permanentemente, embora o turismo na “Grande
todos os anos por causa das vantagens fiscais, corroendo Reserva” seja bastante popular.
gradualmente a pureza ideológica de Lysander. Uhuru: Estabelecido como uma colônia Nacionalista
Novo Colorado: Esta Terra inteira está aberta ao Negra por radicais Afro-Americanos, e inicialmente
assentamento de cidadãos Americanos. É teoricamente patrocinado pelo governo dos Estados Unidos, Uhuru
administrado a partir da capital territorial em Denver, mas permite que qualquer pessoa de ascendência “negra”, que
seus 150.000 residentes (que podem votar nas eleições de possa pagar a viagem de transporte, se fixe lá. Uhuru tem
seu estado natal por meio do voto ausente) geralmente dois centros populacionais principais, 25.000 em Gana
ignoram o governo local ou se mudam para mais e 90.000 ao longo da costa norte do Golfo do México.
longe. O Novo Colorado é a Terra mais completamente O Conselho de Chefes de Uhuru declarou a colônia
explorada pelas empresas de mineração, e muitos de seus independente dos Estados Unidos em uma votação em
assentamentos têm uma sensação de próspera cidade do 2016; O Congresso ratificou a decisão e renunciou ao
Velho Oeste. patrocínio formal Americano à cronologia. Uhuru é um
Santuário: O Alto Comissariado das Nações Unidas estado membro da ONU e o único totalmente baseado em
para Refugiados administra esta Terra, usando-a para uma Terra alternativa.

O Batalhão cabo e um sargento. Isso é flexível; al-


guns esquadrões, pelo menos tempora-
Missões e Regras de
Seus soldados nunca se referem a si
próprios como “Desfechos Alternativos” riamente, têm até nove homens, ou ape- Engajamento
nas quatro ou cinco. Geralmente, cada As missões podem variar de um
— isso é conversa de marketing para ci-
esquadrão tem um especialista agrega- único esquadrão a todo o Batalhão,
vis. Eles são “o Batalhão”, nenhum ou-
do, como um franco-atirador, um enge- despachado em dos transportadores da
tro identificador é necessário. O coronel
nheiro ou especialista em armas pesa- Desfechos Alternativos. (Por meio de
Singh comanda 479 homens e mulheres
das ou um batedor. Muitos soldados são arranjos no CINU, essas viagens nun-
(de acordo com o organograma), orga-
habitantes da Linha-Base NT8, mas um ca aparecem nos relatórios de uso do
nizados em nove companhias regula-
número surpreendente é recrutado em transportador para a Infinity.) Os trans-
res, cada uma liderada por um capitão.
campos de batalha nas Terras alternati- portadores são totalmente modulares e
Sob cada capitão estão quatro pelotões,
vas, com habilidades que variam de ar- podem ser inseridos em qualquer nú-
cada um liderado por um sargento-
remesso de machado de Cro-Magnon a mero de “skins” desde uma cabana de
-chefe. (Não há tenentes no Batalhão,
paraquedismo orbital. Apenas o coronel palha a um avião de carga C-135, de-
o que a maioria dos alistados concorda
Singh, e provavelmente o tenente-coro- pendendo do requisitos da missão. No
que é a melhor coisa sobre a unidade.)
nel Stafford, seu oficial executivo, sa- entanto, a unidade raramente tem algo
Dois esquadrões formam cada pelotão.
bem quantos possuem talentos mágicos na forma de cobertura aérea ou supor-
Um esquadrão nominalmente tem seis
ou psíquicos, bem como suas habilida- te terrestre, a menos que eles próprios
homens — quatro soldados rasos, um
des marciais mais óbvias. os roubem no destino — o risco de um

32 Infinity Ilimitada
transportador explodir do céu ou ras-
gado por uma mina terrestre é muito
grande.
O Coronel seleciona as equipes.
Algumas missões são mais difíceis do
que outras, é claro, e as tropas verdes
recebem atribuições fáceis — ou su-
pervisão cuidadosa — até que o Co-
ronel tenha confiança nelas. Alguns
soldados mantêm lealdade, ou pelo
Não há tenentes no Batalhão, o
menos um sentimento de afeição, por que a maioria dos alistados con-
sua antiga nação ou unidade. Qual- corda que é a melhor coisa sobre 1
quer soldado vestindo a farda pode
recusar uma missão com a qual ele a unidade.
não se sinta confortável. O Coronel
raramente ordena que um soldado vá
contra um paralelo de sua nação ori-
ginal, pelo menos dentro de um século
de seu próprio tempo. Normalmente,
quando isso acontece, é uma missão
relativamente não violenta, como um
roubo ou fuga da prisão.
As instruções são tão completas Nenhum Homem Será Objetivos
quanto o Coronel é capaz de torná-las As instruções iniciais da missão
— o CINU garante que ele tenha acesso
Deixado Para Trás enfatizam objetivos específicos. Às
Quando a missão termina, ainda
à inteligência militar regular das cro- vezes, são muito específicas: “Seques-
não acabou. A unidade se reúne em seu
nologias da Patrulha e quaisquer ou- trar Nobunaga e trazê-lo de volta para
transportador escondido — ênfase em
tros visitantes recentes. Claro, a névoa a retirada aqui às 8h, horário local”
“a unidade”. Nenhum sobrevivente é
da guerra é ainda mais nebulosa em ou “Entre na sede da Wehrmacht en-
deixado para trás em um mundo alter-
Terras paralelas. As instruções iniciais nativo, a menos que uma necessidade tre 19h e 23h na quarta-feira, recupe-
também fornecem as regras de engaja- militar urgente assim o exija. Isso pode re todo o conteúdo do cofre e chegue
mento para uma operação, que variam significar resgates de prisioneiros, bus- à retirada o mais rápido possível”.
amplamente, dependendo das necessi- cas no campo de batalha e longas via- ou ainda “Proceder imediatamente à
dades concorrentes do CINU por cer- gens de maca. (Também pode significar coordenada Theta e juntar-se às tro-
teza, velocidade, sutileza ou poder. Al- decisões éticas sobre atirar em cama- pas Brasileiras que ali se encontram;
guns exemplos de conjuntos típicos de radas gravemente feridos, mas isso é quando vir dois sinalizadores verdes,
regras podem ser: uma questão para o MJ e os jogadores use suas armas laser para matar to-
decidirem entre si.) Se as tropas estão dos que não são do Batalhão e dê o
(a) Usar uniformes adequados à cro- fora quando terminar.” Este último
nologia; usar armas da cronologia; não verdadeiramente DEA (desaparecido
em ação), cabe ao oficial com a maior trabalho não é uma aventura especial-
faça nada para se revelar como intruso mente desafiadora, mas existem mis-
e remova qualquer um que testemu- patente decidir quando desistir e cha-
mar a retirada. Deixar o DEA para trás sões como essa. Há muito mais coisas
nhar um ato anacrônico. (Usar táticas que parecem chutar cachorro morto
não é bom para suas chances de pro-
anacrônicas é uma área cinzenta em até que algo dê errado, o que sempre
moção ou para sua reputação entre
tais casos, mas o Coronel geralmen- acontece.
seus companheiros de tropa. A missão
te não impõe idiotices historicamente Muitas vezes, o objetivo é simples-
seguinte do Coronel será sempre “Volte
precisas em soldados que se passam mente “garantir que o lado X ganhe
lá e pegue nossos rapazes”, e é melhor o
por, digamos, cavaleiros Franceses em infeliz oficial voltar com eles ou morrer essa batalha”, com a equipe recebendo
Agincourt.) tentando. considerável liberdade de ação para
(b) Use o que quiser, carregue qual- Como regra geral, o Batalhão não que isso aconteça. A melhor manei-
quer arma ou outro dispositivo até a faz prisioneiros, a menos que seja um ra de fazer pender a balança pode ser
tecnologia negra NT9 e não se preocupe objetivo específico da missão. Quando um conflito rápido em um ponto-cha-
com as testemunhas. Isso sempre deixa se disfarçam como tropas locais, é cla- ve, ou o assassinato de um comandan-
os veteranos nervosos, porque significa ro, eles seguem as políticas locais. Isso te (ou um mensageiro), ou um ataque
que o trabalho é tão urgente e perigoso pode ser muito brutal se eles estão per- precisamente cronometrado em um
que tudo tem que ser sacrificado para o sonificando os Comanches, mas em seu ponto forte. Observe que os jogadores
sucesso esmagador. próprio território. Também se espera não precisam ser gênios militares para
(c) Use equipamento do período, que as tropas não sejam feitas prisio- aproveitar isso. O MJ deve exigir que
além de atordoadores sônicos dis- neiras, porque isso significa que elas eles façam o melhor plano possível,
farçados como armas normais do perderão a retirada. Espera-se que um completo com mapas e planos de con-
período, e não mate ninguém — mas soldado capturado pelo inimigo escape tingência. Mas o teste de Estratégia ou
atordoe qualquer um que testemu- por todos os meios possíveis — incluin- Tática do líder, feito pelo MJ, determina
nhar sua chegada ou de outra forma do dando palavra e quebrando-a — a o quão bom é esse plano. O MJ então
detectar um anacronismo e injete fim de chegar à retirada. Os planos de ajusta o teste em algo entre -3 até +3
neles um sedativo de 24 horas e uma missão sempre incluem pontos de en- baseado em quão bom foi o plano dos
Apagadora (pág. 25). contro de emergência. jogadores.

Infinity Ilimitada 33
Limitações
O Batalhão frequentemente usa
equipamento avançado — muito mais
avançado do que o de seus inimigos —
“Soldados da Eternidade”
Desfechos Alternativos pode servir de base para um cenário de campanha
e eles geralmente sabem exatamente independente. Em vez do CINU e da Linha-Base, misteriosos Recrutadores
quem e o que estão enfrentando. Isso (Alienígenas? Homens do futuro? Transhumanos?) Empregam o Batalhão
não significa que suas aventuras serão para seus próprios objetivos indescritíveis. O Batalhão, “Soldados da
como chutar cachorro morto, onde os Eternidade”, está estacionado em “Porto Shangai”, um trecho arborizado
PdJs com armas automáticas matam do que pode ser a Sicília no que pode ser o ano 3800 EC, se o céu noturno
legionários romanos apenas por diver- for alguma indicação confiável.
são. Existem vários outros pontos para Porto Shangai pode regenerar membros e órgãos dos Soldados (“se
manter o time pensando em campo: você está respirando chegou à retirada, não estará de atestado amanhã”),
fornecer treinamento de idioma instantâneo (embora os recrutadores
sejam mesquinhos com isso por alguma razão), e enviar os Soldados para
outro local para lutar. Os Soldados entram em um grande hangar vazio,
um brilho dourado preenche a sala e eles chegam na zona de desembarque.
Quando o Soldado sobrevivente de mais alta patente (mas apenas ele)
morde seu implante de mandíbula, o brilho dourado volta e traz todos
os Soldados (e quaisquer prisioneiros em contato físico) de volta a Porto
Shangai. Às vezes, os Soldados tem uma Folga — o que geralmente é um
mal negócio para os locais escolhidos, já que as regras de combate são
as mesmas de qualquer outra missão: “chegue ao local da retirada”. Port
Royal em 1690 é popular, assim como a Roma do século IV, Las Vegas dos
anos 1950 e a Itália renascentista.
Para um soldado profissional, os Soldados da Eternidade são uma
unidade dos sonhos. Disciplina e honras militares; ordens claras e simples;
missões difíceis, mas não impossíveis; boas tropas e bons oficiais. Viajar
para lugares estranhos, encontrar pessoas interessantes e matá-las. Se você
fizer chegar ao local da retirada, você será curado para lutar outro dia. É a
Valhalla com armas automáticas.
Como resultado, os Soldados têm moral elevado e não se preocupam
muito com seus misteriosos empregadores. Eles realmente não lutam
pelos Recrutadores; eles lutam por seu regimento.
Este é um cenário para aqueles que desejam realizar aventuras de
comandos com pano de fundo histórico (ou para-histórico), mas que
Números: Não importa quantos tiros não se preocupam com a precisão. Os Soldados podem receber qualquer
você possa disparar em comparação equipamento que o MJ desejar, sem medo de perturbar o equilíbrio do
com seu inimigo, ele ainda só precisa passado — esse equilíbrio não existe. Ou talvez exista — tudo o que os
acertar uma vez para derrubá-lo. Mes- Soldados fazem para mudar a história é desfeito por outros viajantes do
mo em uma batalha “pequena”, as for- tempo ou pelas “forças cegas da história”. A questão é não se preocupar
ças locais superam em muito as tropas. com isso; pelo menos não os Soldados.
Embora uma rajada de uma M-60 re-
almente assustasse as tropas do Renas- Parâmetros de Campanha
cimento, e talvez até colocasse o medo
Escala: Nível geralmente prosaico de “trincheira”; não saber o que
da magia nelas, uma investida deter-
realmente está em jogo aumenta o frisson e a pretensa sensação de
minada ou em pânico ainda poderia
“soldado cansado do mundo”.
derrubar o atirador. Um simples con-
Alcance: Batalhas e missões individuais.
gestionamento da arma, ou uma ação
Limites: Em qualquer lugar e em qualquer tempo. Manter os limites
desastrosa ao trocar os pentes, pode ser
amplos compensa o escopo estreito e a escala prosaica.
fatal. Se um PdJ esquecer que os “pri-
Parafísica: Mundos paralelos ou viagens no tempo sem paradoxos.
mitivos” locais o superam em poten-
Aplicam-se a comunicação direta limitada (sinais para retorno) e o
cialmente milhões para um, o MJ deve
Princípio da Linearidade (pág. 156).
entregar um lembrete doloroso.
Personagens: Soldados de 200 a 250 pontos de qualquer época histórica
Aliados: Às vezes, é possível obter
ou Terra alternativa sob disciplina militar. Magia ou psiquismo são raros;
assistência efetiva do exército que o Ba-
o kit padrão é NT8+.
talhão está supostamente ajudando. Às
Gênero: Histórias de guerra Tecnothriller; outros modos podem variar,
vezes, as regras de engajamento tornam
mas provavelmente centram-se em volta da ação corajosa.
isso impossível. Mas mesmo nas melho-
Consulte o Capítulo 7 para obter explicações sobre os parâmetros.
res condições, lidar com aliados locais
requer um pouco de sutileza. Homens
no meio de uma batalha tendem a não
se interessar por ideias malucas, a me-
nos que estejam desesperados, e às vezes as regras de engajamento especificam Retirada: E, novamente: a equipe
nem mesmo assim. Pode ser necessário “não se revelem como estranhos”, eles não fez seu trabalho até chegar ao pon-
que os soldados ocultem suas armas, seu têm que contar com a persuasão, a inti- to de encontro para a retirada. Às vezes,
conhecimento da batalha e até mesmo midação, o bom exemplo e uma ocasio- esse é o maior desafio de todos.
seu objetivo, até o último momento. Se nal auto fragilização discreta.

34 Infinity Ilimitada
Estrutura Corporativa
Nos 30 anos desde a revelação de nomeados têm outros cargos (entre sivelmente por razões políticas inter-
Van Zandt, o escopo de seu trabalho os representantes dos EUA no con- nas. A cultura corporativa fortemente
aumentou a folha de pagamento da selho estão dois senadores America- elitista, quase tribal, da Infinity tende
Infinity para centenas de milhares de nos e o presidente da Universidade a delatar as manobras políticas do
funcionários, apesar de uma política de Stanford) e deixam suas funções alto escalão para fora, para seus su-
firme de terceirizar tudo o que fosse cotidianas no conselho para seus pervisores teóricos no conselho e no
possível. Este rápido crescimento até representantes e assistentes. O que CINU. Construtores de impérios par-
tidários são raros — ou são enviados
agora não confundiu muito o Orga-
nograma. Em muitos aspectos, exce-
isso significa, especificamente, é que
a alta administração da Infinity é li- para construir impérios reais em um 1
to no tamanho, a Infinity se asseme- vre para realizar seu trabalho diário mundo paralelo para o benefício da
lha a uma multinacional do início do enquanto seus supervisores teóricos empresa!
século 21; na verdade, sua estrutura engordam seus currículos e suas car- Abaixo da alta administração, as fi-
corporativa parece mais transparente teiras, interferindo apenas quando leiras de vice-presidentes preenchem
do que a de seus pares. uma emergência específica ou agen- as primeiras posições nos departa-
da política (ou seja, o enredo do MJ) mentos “convencionais” da Infinity.
CEO e Conselho exige isto. Contabilidade, vendas e marketing,
Tadeshi Z. Carter é apenas o se- relações públicas, jurídico, pessoal e
gundo CEO da Infinity, depois que Alto Escalão folha de pagamento, sistemas de in-
Van Zandt se aposentou há uma dé- Abaixo do CEO estão os outros formação e assim por diante, cada
cada. Como a maioria dos executivos executivos seniores, como o Diretor um tem seu próprio pequeno feudo
corporativos, ele responde perante o de Informações, o Diretor Finan- nos 154 andares da Torre Infinity (a
conselho de administração. Metade ceiro e assim por diante. Em teoria, sede da Infinity ocupa o prédio mais
do conselho da Infinity é composto como o CEO, eles atuam de acordo alto de Chicago, embora não do mun-
por representantes eleitos dos acio- com a conveniência do conselho; na do) ou em as várias “filiais corpora-
nistas — principalmente executivos realidade, geralmente são escolhi- tivas” da Infinity em arranha-céus
Americanos, europeus e Japoneses e dos pelo CEO de dentro da empresa menores em Londres, Paris, Shangai
advogados especializados em outros ou das principais corporações mun- e São Petersburgo. Essas filiais fun-
bancos e corporações — e a outra do afora. Em algumas empresas, es- cionam como seus equivalentes em
metade por indicados políticos esco- ses executivos seniores representam grandes corporações em qualquer
lhidos pelo CINU. Como os represen- facções dentro da corporação que o lugar, embora com um orçamento
tantes dos acionistas, muitos desses CEO precisa apaziguar ou apoiar vi- muito maior e pelo menos algumas
tentativas de gestão de “melhores
práticas”.

Segurança Corporativa Fluxo de Caixa


A Infinity é proprietária, e tem o
A única grande diferença entre a Infinity e uma megacorporação direito de fiscalizar, todo equipamen-
“normal” como a BP ou a Daewoo é o procedimento de triagem e teste to paracrônico. Quando outras pes-
de segurança muito mais rigoroso que os funcionários da Infinity são soas constroem esses equipamentos,
submetidos. A Infinity está dolorosamente ciente de que até mesmo o fazem com permissão. Qualquer
uma fofoca de corredor no departamento de contabilidade pode revelar uso de projetores está sob supervisão
muitos segredos sobre (ou mesmo sabotar) operações extratemporais. direta da Infinity e requer altas taxas
Ninguém, muito menos o alto escalão da Infinity, acredita que a triagem de licenciamento. A Infinity tem o
afasta todos os fantasmas do governo (nem todos do nosso mundo!), poder de confiscar ou destruir qual-
espiões corporativos, pretensos ladrões ou pedras no sapato. Mas o quer transportador ou projetor não
dano que esses infiltrados causam pode ser — devem ser — reduzido ao autorizado. Na prática, esse direito
mínimo por qualquer meio necessário. é limitado quando o dispositivo está
Campanhas baseadas em trabalhos de escritório centradas na nas mãos de grandes potências que
Infinity Ilimitada podem perseguir esses espiões através do labirinto operam na Linha-Base. No entanto,
de política corporativa e contabilidade fraudulenta — ou desafiar um simplesmente licenciar equipamen-
grupo de personagens de jogadores com a falsificação da segurança tos paracrônicos, serviços especiali-
da Infinity e “liberando” um transportador paracrônico (ou alguns zados de transporte e viagens, e co-
bilhões de dólares) para seus próprios fins. O Departamento de brar por programas de salto (de $500
Segurança Corporativa da Infinity é dispõe de um quadro grande, para um salto pré-traçado de um Por-
mas extremamente eficiente, em qualquer cenário, mesmo que os to-I comercial zerado a $20 milhões
protagonistas sejam os próprios investigadores da SegCorp. Sem para um programa de partida com-
dúvida, os PdJs da SegCorp são “rebeldes perigosos que simplesmente pletamente personalizado a partir de
não seguem as regras”. O Departamento de Segurança Corporativa coordenadas especificadas) gera mui-
da Infinity não deve ser confundido com seus rivais, a Divisão de
tas receitas para a Infinity. Patentes e
Segurança da Patrulha Infinity (pág. 13).
derivados da pesquisa dos Paralabs
engordam ainda mais os resultados
financeiros.

Infinity Ilimitada 35
As fortunas que a Infinity faz com as
tecnologias extratemporais fazem essas
grandes somas parecerem pouco. Usinas
de fusão de deutério, supercondutores de
temperatura ambiente, dessalinização de
Trevas Infinitas
água do mar com eficiência energética, Claro, nada diz que a Infinity tem que ser os mocinhos. Se o poder
grãos transgênicos à prova de pragas, corrompe, e o poder absoluto corrompe mais ainda, o poder infinito
curas para alguns tipos de câncer e mui- gera corrupção infinita. Com todo esse dinheiro fluindo pelas contas em
tos outros pequenos milagres tecnoló- “paraísos transfiscais”, alguém ficará ganancioso — e começará a matar
gicos oriundos de mundos paralelos de para encobrir seu segredo. Com o potencial de refazer a sociedade ao
alta tecnologia são apenas alguns exem- capricho de sociólogos de fora, imune a quaisquer efeitos negativos (mas
plos dos que mais faturam. Sempre que empunhando uma tecnologia imparável), a Infinity pode criar tiranias
possível, a Infinity licencia legalmente desumanas acidentalmente — ou propositalmente. Em vez de expor e
a tecnologia extratemporal por meio de destruir suas próprias criações, eles podem varrer as vítimas para debaixo
uma empresa fictícia. Se as condições ex- do tapete e deixá-las apodrecer na obscuridade. A simples negligência
tratemporais impedirem tais ações (se o paternalista, mesmo por um “bom” Conselho Infinity, pode estimular ou
licenciamento colocar em risco O Segre- criar miséria, fome e crueldade em escalas nunca vistas que rivalizam com
do, ou se a patente estiver em poder por a fome Irlandesa ou a supressão de Biafra apoiada pela ONU.
um odioso governo totalitário), a Infinity A Infinity pode ser uma força misteriosa em uma campanha
rouba a tecnologia e faz sua engenharia convencional de mundo único, onde os PdJs nem sabem que uma viagem
reversa na Linha-Base. Em muitas na- paracrônica é possível. Quem acaba com os esquemas dos heróis? Quem
ções, a Infinity é obrigada a pagar royal- sequestra seus patronos ou rouba seus segredos? Quem fornece a seus
ties ao “gêmeo” na Linha-Base do inven- inimigos armamento avançado? Como um vilão sombrio, a Infinity pode se
tor (ou corporação) ou seus herdeiros. esconder no fundo de uma campanha, avançando em sua própria agenda
Um químico de alimentos de Trenton fi- sem nenhuma preocupação com a justiça ou os defensores deste mundo.
cou surpreso ao descobrir que em Galla- A Infinity pode ser o inimigo, ou pelo menos o Outro Lado, em uma
tin seu eu paralelo havia acidentalmente campanha multi-mundos usando um conjunto diferente de protagonistas.
criado o lanche mais popular da histó- Um grupo de PdJ de “suagues” (pág. 71) lutando pela liberdade de todos
ria, mas ficou especialmente encantado os mundos para interagir em uma base de igualdade veria até mesmo uma
quando o primeiro cheque de um milhão “boa” Infinity como a mão burocrática da repressão legal. Reformular
de dólares chegou. Decisões semelhantes o Centrum como uma meritocracia altruísta e evangelizadora (como
se aplicam à arte, literatura e outros bens “Centrum Light” na pág. 56) pode apresentar até a Infinity padrão como
culturais importados de outros mundos os intrusos egoístas e paranóicos, e tal Centrum Light se oporia ainda
mais severamente a uma corrupta ou incompetente “Infinity Sombria.” A
e vendidos na Linha-Base pela Infinity
Infinity poderia, da mesma forma, se intrometer nos assuntos de outra
ou seus licenciados. Por exemplo, a In-
organização transtemporal digna.
finity é estritamente proibida de simples-
Finalmente, é claro, a Infinity pode ser o vilão em uma campanha
mente piratear o livro de Francis Ford
totalmente baseada na própria Infinity, com foco no enorme potencial de
Coppola, O Império Contra-Ataca, embo-
corrupção, exploração e capacidade de fazer o mal absoluto disponível
ra ainda não esteja disponível em DVD
para o alto escalão da Infinity. Os PdJs podem ser heróis idealistas,
em nenhuma Terra. Ainda assim, é uma
recrutados para a Patrulha para ajudar a mapear as cronologias ou matar
gota no oceano em comparação com as
Hitlers alternativos, que gradualmente descobrem a verdadeira natureza
grandes somas que essas importações de seu empregador. Essa campanha de “salão de espelhos” combinaria
renderam para a Infinity. as reviravoltas complicadas de uma história de espionagem clássica e as
Mas não para por aí. Por meio do emoções investigativas de um thriller policial, na tela infinita da aventura
CINU e do Desenvolvimentos Infinity transdimensional. Em meio ao conflito, os Patrulheiros desertam para
(pág. 31), a Infinity fica com uma parte outro lado, possivelmente igualmente perigoso? Eles se juntam a um
de todos os recursos extraídos de Ter- movimento clandestino, trabalhando para subverter a Infinity e destruí-la?
ras desabitadas e de baixa tecnologia. Ou eles sobem na hierarquia da Infinity, ajudando onde podem e eliminando
Oceanos de petróleo bruto bombeados os piores elementos quando eles não podem ser pegos, na esperança de
de Texas paralelos, montanhas de cro- restaurar o sonho das possibilidades infinitas que eles juraram proteger?
mo extraídas de Áfricas onde a huma-
nidade nunca evoluiu, hectares de café
colhido em Jamaicas que nunca conhe-
ceram poluição do ar ou derramamento
de pesticidas — mesmo dados os gar-
galos do transporte transdimensional, a
enorme quantidade de coisas que uma
empresa pode recolher até mesmo de
uma Terra desabitada atinge facilmente A enorme quantidade de coisas que
os trilhões de dólares. Mundos infinitos uma empresa pode recolher até mesmo de
significam riqueza infinita. Comércio,
turismo e pesquisa acrescentam ainda uma Terra desabitada atinge facilmente os
mais mercados ao balanço, embora a trilhões de dólares.
Infinity possa se dar ao luxo de adotar
uma linha severa nas interações da Li-
nha-Base com sociedades paralelas aci-
ma do estágio de caçador-coletor.

36 Infinity Ilimitada
Nossos Parceiros Corporativos
Embora tecnicamente separada da
Infinity Ilimitada, a maioria das gran- Minas tários sobre se candidatar ao conselho
corporativo da Infinity. Em pânico com
des empresas que fazem negócios pa-
racrônicos acabou tendo conselhos de Consolidadas a possível reação dos membros afri-
canos da ONU, a Infinity ofereceu-lhe
administração sobrepostos, participa-
ções acionárias substanciais e amarras Iltda. um grande generoso pacote de cisão, e
a presidência de sua própria empresa.
financeiras ainda mais obscuras vincu- Esta é a maior ou a pior ideia que a Rhodes aceitou com (talvez fingido)
lando-as a Van Zandt e sua organiza- Infinity já teve. Os problemas constan- pesar, e a MCI se tornou uma empre-
ção. A Infinity acha difícil realmente tes com a operação de minas nos vários sa independente com um complicado 1
abrir mão de qualquer coisa, e as cor- paralelos são a segurança e o pessoal. sistema de participação nos lucros em
porações oficialmente independentes Como você administra um campo de vigor. (A Infinity tem opções exclusivas
fornecem negação útil e recursos “ex- mineração NT8 no Transvaal do século e direitos sobre as técnicas e consulto-
traoficiais”. No entanto, este controle à IV AEC sem atrair atenção indevida? E ria de mineração e desenvolvimento da
distância também permite que alguns como você ganha algum dinheiro com MCI também.) Somente nos últimos
dos “parceiros corporativos” da Infini- as minas, se você tem que pagar três anos ocorreu ao alto escalão da Infini-
ty desenvolvam suas próprias agendas tripulantes habitantes da Linha-Base ty que eles soltaram Cecil Rhodes em
NT8 com salários mais benefícios e ho- Áfricas infinitas com tecnologia para-
longe dos olhos curiosos da Patrulha.
ras extras, adicional de periculosidade, crônica e sem supervisão rigorosa — e
continuar pagando-o generosamente
Grupo de
bônus extratemporal, e…? A robótica
só pode resolver alguns problemas da pelo privilégio.

Pesquisa
folha de pagamento, e torna a seguran-
ça ainda pior.

Cliodyne
A resposta veio por acaso: em 2019,
uma equipe de Batedores explorando
Esta seleta empresa, sediada em um Rústico (pág. 134) via um portal de
elegante campus da Danish Modern em acesso, acabou envolvida em uma fuga
Orange County, Califórnia, começou da prisão de um campo de concentra-
como uma equipe interna de consulto- ção Hessiano na África do Sul. Entre
ria em história da Infinity. A equipe de os fugitivos estava o Cecil Rhodes da-
historiadores, sociólogos e teóricos da quela cronologia, internado por ativi-
dade ilegal de mineração sob alegações
comunicação desenvolveu estratégias
Hessianas. Os Patrulheiros o trouxeram
de marketing para a Estrela Branca
de volta com eles e, em vez de deixá-lo
tendo em vista a “interferência míni-
no Concílio, a Infinity ofereceu-lhe um
ma” em outras Terras. Gradualmente, o
Turismo
emprego coordenando operações de
grupo trouxe memética de ponta, teo-
mineração extratemporais. (Nenhum
rias populacionais e de jogos e macro-
envolvido vai entrar em detalhes sobre
economia em suas análises (junto com
especialistas em todos esses campos). À
de quem foi essa ideia; não é impossível
que Rhodes a tenha criado e vendido a
Temporal Ltda.
medida que as viagens transtemporais A maior e mais prestigiada empresa
seus antigos captores durante seu inter- de turismo transtemporal, a Turismo
se expandiam, outras empresas precisa- rogatório.) Rhodes trouxe sua experiên-
vam dos tipos de análise “cliodinâmica” Temporal Ltda (TTL) é um grande ne-
cia substancial em mineração de baixa
(a palavra combina Clio, a musa Grega gócio; Disney, Viacom e outros grandes
tecnologia e conhecimento íntimo da
da história, com dinâmica, o estudo do conglomerados de entretenimento a
África do Sul para ostentar; dentro de
movimento e da mudança) que apenas procuram fusões a cada dois anos. A
um ano, ele abriu nove minas em nove
a equipe da Infinity poderia fornecer. A Turismo Temporal também opera bas-
paralelos por menos de um por cento de
Infinity desmembrou o grupo em um seu custo nominal, e com uma perda de tidores prósperos em design de figurino
negócio separado por motivos corpo- apenas 50% na produção pelos métodos e prospecto de locações (e filmagens
rativos obscuros há algum tempo, mas de baixa tecnologia. Rhodes provou um sub-reptícias de segunda unidade) para
Cliodyne claramente considera a Infini- estudo rápido, desenvolvendo rapida- estúdios de cinema, mundos mansões
ty seu principal cliente. A Patrulha co- mente métodos secretos de integração (pág. 85) compartilhados e de resorts,
meçou a desenvolver sua própria equi- de mineração de alta tecnologia em es- e docu-dramas coloridos e informativos
pe interna de cliodinâmica, recrutando truturas de baixa tecnologia, bem como (Este é… 1492!) para pessoas que não
ex-especialistas em guerra psicológica e equipes rotativas de capatazes e chefes podem pelas viagens. Mas o ponto cha-
analistas de inteligência. competentes que poderiam entrar no ve é a experiência turística. A Infinity, é
No mundo corporativo, os princi- alto veld com cinco toneladas de equi- claro, impõe uma série de restrições so-
pais rivais da Cliodyne são GeTS (Ges- pamento padrão e ter uma mina de pla- bre a Turismo Temporal nos ecos, mas
chichte-TechnikStiftung), um consórcio tina em operação dentro de dois meses. viagens para mundos alternativos são
Alemão de pesquisadores acadêmicos, Rhodes também trouxe seu dom na- onde está o maior volume financeiro,
e Tombak & Chang, uma empresa de tural para a construção de impérios; A de qualquer maneira. O passado, para
marketing internacional com sede em Minas Consolidadas Ilimitada logo se melhor ou para pior, é um interesse es-
Cingapura com uma forte presença tornou uma importante divisão da Infi- pecial; o mercado de Como as Coisas
transtemporal. nity, e Rhodes começou a fazer comen- Deveriam Ter Acontecido é ilimitado.

Infinity Ilimitada 37
Agendamento e Taxas
A Turismo Temporal não aceita re-
servas com muita antecedência e cobra
preços de acordo com o mercado. Afinal, Johnson Intertemporal
mesmo nos mundos infinitos, há tantas
vezes que Lincoln fará o Discurso de
Gettysburg, ou Bugsy Siegel se dedicará
Incorporada
ao Flamingo, ou Guerra nas Estrelas vai Maior concorrente da Turismo Temporal, a Johnson Intertemporal
estrear nos cinemas (estrelado por Dirk como mais uma organização turística. Seu fundador, Alex A. Johnson, logo
Benedict!). A Turismo Temporal não percebeu que nunca poderia competir com a TTL no ramo de turismo e
pode repetir eventos populares, afinal; decidiu entrar no ramo de resorts em vez disso. Um de seus exploradores
eles precisam aumentar a demanda por de turismo encontrou uma cronologia propensa em Roma-2, ainda
viagens do Renascimento durante os 10 alegremente decadente e claramente “Romana”, mas com melhor comida
anos em que os Médicis governarão uma e menos resina no vinho. Johnson levantou capital de risco, comprou ouro
Florença paralela (e eles foram acusa-
em uma desaceleração do mercado e mudou-se para Roma-2 com uma
dos de cometer esfaqueamentos estra-
nhos para manter os Médicis no poder “licença comercial” extremamente mal formulada da Infinity. Quando
por tempo suficiente para vender todas a Patrulha voltou visitá-lo, Johnson já era procurador da Panônia e da
as passagens). Sempre há mais clientes Numídia e havia subornado todos os membros da burocracia romana,
do que vagas disponíveis; A Infinity vê o introduzido pasta de dente com flúor e telégrafos e, sozinho, expulsado
comércio turístico como um mal neces- uma invasão Pechenegue.
sário, e nem sempre é generosa com as Percebendo que a situação não tinha mais volta, a Patrulha deixou
permissões de viagem que concede à Tu- Johnson seguir em frente e mantê-la. A Infinity confirmou seu título de
rismo Temporal e às demais empresas propriedade da Roma-2 (em troca de uma “participação de supervisão” nas
de turismo. A Turismo Temporal tem ações da Johnson Intertemporal), ajudou a estabilizar a espiral de inflação
uma “consultoria de lazer pessoal” para
que ele involuntariamente causou com o ouro da Linha-Base e assinou
clientes muito ricos em busca de priva-
cidade e história, e atende a quase todas um lucrativo contrato de leasing com uma transportadora. Johnson abriu
as solicitações, quando possível — para “Roma de Johnson” para negócios em 2016 e atraiu dezenas de milhares de
o cliente certo. turistas todos os anos desde então. A fofoca da indústria diz que Johnson
Se o custo de um passeio é impor- tem estado cada vez mais ausente de seus escritórios na Linha-Base e em
tante na campanha específica, o MJ é Roma-2 nos últimos dois anos — ele poderia estar com outra cronologia
livre para defini-lo como quiser — mes- em desenvolvimento?
mo um passeio curto tem um preço
de quatro dígitos. Em uma campanha
contínua, os PdJs provavelmente serão
funcionários da Turismo Temporal, e
Mas no decorrer de uma viagem, os que pareça estável e competente pode
não turistas. Em uma aventura de ses-
Guias têm autoridade total. A Turismo usar esse tipo de arma se o mundo for
são única, eles podem ser turistas, mas
Temporal demitirá um Guia que pisar um em que ela seja realmente neces-
a riqueza da Linha-Base realmente não
muito feio na bola, e (em público) apoi- sária para autodefesa, e não de outra
importa em uma aventura dessas.
á-lo ao máximo em qualquer deslize forma. E ainda assim, alguns Guias
menor. Parte da mística da Turismo são surpreendidos pelas costas todos os
Regras e Regulamentos Temporal é a suposta supercompetên- anos, por motivos que vão desde ranco-
Todos os clientes da Turismo Tem-
poral assinam um termo de responsa- cia dos Guias. “Faça o que for preciso e res até espionagem internacional.
bilidade muito rígido antes da viagem. deixe o Relacionamento com o Cliente Instrumentos e bugigangas “para
A TTL não garante trazê-los de volta, resolver o resto” é o lema. comércio com os nativos” são permiti-
muito menos trazê-los de volta vivos, e dos, mas devem ser nativos autênticos
não é responsáveis por sua saúde, sani- O Que Podemos Fazer e comprados dos próprios suprimentos
da TTL (com uma pequena margem de
dade ou diversão na viagem. em uma Viagem de lucro). Um turista pode comprar todas
A Turismo Temporal também se re-
serva o direito de fazer absolutamente Turismo Temporal? as conchas de cauri que quiser antes
tudo o que for necessário para evitar a O que você quiser, desde que não seja de visitar o Taiti do século 17, mas não
“contaminação cultural” (ou seja, revelar visivelmente estranho à cronologia que pode pegar um isqueiro para impressio-
O Segredo) ou corrigir a contaminação está sendo visitada. A Turismo Tempo- nar os nativos!
uma vez que ela tenha ocorrido… até e ral fatura alto com câmeras disfarçadas As regras são mais flexíveis para uma
incluindo abortar por completo a viagem. de todos os tipos, por exemplo. viagem em que nenhuma interação
Afora esses primeiros esclarecimen- Os regulamentos de armas depen- com os nativos seja esperada. A Turis-
tos, saiba que a Turismo Temporal traba- dem da viagem. Grupos de caça viajam mo Temporal tem uma atração regular
lhará muito duro para garantir que a via- carregados atrás de dinossauros. Turis- (e muito cara) de viagens a ecos reais,
gem corra bem. Clientes satisfeitos são a tas em paralelos históricos podem car- para observar batalhas históricas dos
melhor propaganda; clientes insatisfeitos regar todas as armas apropriadas para séculos XVI ao XIX. Mas todas essas
são publicidade ruim. Alguém que tem seus trajes. (Se o Guia não confiar neles observações são feitas de alguns quilô-
uma queixa séria geralmente pode ser su- com armas, eles não as carregam — ou metros de altura, em dirigíveis furtivos
bornado — geralmente por uma viagem não participam da viagem.) Atordoado- azul-celeste. (Se um desses dirigíveis
extra-especial de duração estendida a res disfarçados podem ser permitidos; cair, uma imensa missão de resolução
uma das cronologias mais sibaríticas. isso é com o Guia. Em geral, um turista de problemas será necessária!)

38 Infinity Ilimitada
O Que Podemos
Trazer de Volta? Turismo Temporal na
A menos que a viagem seja para
um eco histórico (e viagens turísti-
cas comuns não são, a menos que o Campanha Temporal
eco se torne uma âncora), trazer uma O mestre de uma campanha de viagem no tempo poderia se sentir
pequena coleção de lembrancinhas tentado a incluir uma aventura de turismo temporal. Vá em frente… mas se
é perfeitamente adequado. Os Guias você estiver usando a História real em suas aventuras, a Turismo Temporal
não permitem banditismo puro, por- precisará de uma atenção especial no que diz respeito à mecânica da viagem
que chama a atenção e dá má fama no tempo. As agências de turismo normais levam seus clientes para visitar
à Turismo Temporal na Linha-Base. lugares populares, mas em momentos diferentes. A TTL está oferecendo
Mas os turistas têm a oportunidade
de comprar dinheiro nativo no início
uma visita a um determinado momento no tempo. Mais cedo ou mais tarde
todos estes pequenos grupos de visitantes temporais, mais as várias cópias
1
da viagem (com um bom desconto) e de seus Guias, vão se somar, e talvez superar os nativos em número.
podem gastá-lo como quiserem. Os PIs Há várias maneiras de lidar com este problema:
fazem uma “verificação alfandegária”
Ignorar. Os Grupos em excursão simplesmente não esbarram um no
oficial quando cada excursão retorna,
mas a menos que o mundo extratem- outro, a menos que o MJ queira fazer algo de interessante com o encontro.
poral seja conhecido por conter algum Este tipo de situação cai bem num jogo voltado para a comédia — imagine
perigo específico, é praticamente uma dois grupos de turistas no mercado de Alexandria, disputando o mesmo
formalidade. souvenir, enquanto seus Guias decidem se devem intervir ou aproveitar a
No entanto, qualquer lembrancinha ocasião dar uma fugidinha e tomar um trago.
que possa ser confundida com uma Ignorar, mas dar algumas desculpas. Os grupos de excursão são pequenos,
antiguidade, fóssil etc. da Linha-Base o mundo (e o passado) são grandes, e a TTL faz planos elaborados de
“real” deve ser fotografada para refe- controle de trânsito. Não dá para colocar um monte de gente no Saloon Nº
rência e marcada de forma imperceptí- 10 em Deadwood para assistir à morte de Wild Bill Hickok sem chamar a
vel. Essas precauções não tornam uma atenção. Uma dúzia de grupos pequenos, se movimentando com cuidado,
fraude posterior, ou confusão científica, poderia se esconder em tomo de Gettysburg. A invasão da Normandia
totalmente impossível — mas pelo me- poderia absorver centenas. Isto seria forçar um pouco a situação, mas os
nos é uma tentativa. jogadores de RPG estão acostumados a isso.
A situação ficará ainda mais forçada se a Turismo Temporal Ltda. Enviar
Turismo Temporal seus clientes a épocas gerais ao invés de datas importantes específicas.
A Londres Elizabetana ou a Chicago dos anos 20 seriam sem sombra de
na Campanha dúvida capazes de absorver tantos Turistas Temporais quanto a Companhia
Se interpretados com seriedade, os puder enviar, encontrando-se apenas quando for dramaticamente útil. Os
conflitos dramáticos serão de uma va- Guias receberiam instruções para manter os turistas longe de momentos
riedade não planejada: o grupo de tu- importantes onde sua presença poderia causar perturbações. Está claro que
ristas se depara com (ou cria inadverti- é impossível prever quais seriam todos estes momentos, e pode ser que os
damente) uma situação não descrita no turistas (que provavelmente não estariam a par da diretriz ‘’Nada De Ação
site. O grupo se espalha e deve ser reu- Excessiva” da empresa) tenham que ser mantidos longe de problemas à força.
nido ou resgatado antes de voltar para Fornecer uma solução mecânica. “Novas Cronologias” (pág. 156)
casa; os grandes lagartos não são alvos funcionará bem neste caso, já que a ação principal consiste em dar uma
tão fáceis, no final das contas; uma pa- volta pelo período histórico, sem alterá-lo. Numa aventura humorística,
lavra ou ação descuidada ameaça reve- esta solução quase que funciona bem demais, já que os intrusos podem
lar O Segredo e os Guias têm que con- fazer em segurança os tipos mais loucos de alteração que eles sejam
sertar as coisas; acaba que uma guerra capazes de imaginar, e até incluir um gran finale digno dos Irmãos Marx
transtemporal no destino está ocorren- (Uma Noite na Queda de Roma?). Poderia ser exatamente aquilo que a
do, e que a Empresa não conhecia, ou campanha está precisando.
talvez apenas um pouco de sabotagem
industrial de um concorrente.
Em tais aventuras diretas, os turis-
tas devem ser pelo menos personagens
possa ter um dia no campo de ação. Os Guias e qualquer saqueador transtem-
minimamente competentes (com algu-
transportadores nunca funcionam di- poral fala e parece assustador, mas não
mas desvantagens não comumente en-
reito, as figuras históricas são palermas conquistaria um vilarejo de velhos e
contradas entre os heróis, como Covar-
sendo provocados ou subornados pelos moribundos.
dia); eles podem até ser PdJs.
A Turismo Temporal também pode
ser jogada para pura diversão. Nesta
versão, os turistas são Inocentes (ou
talvez Idiotas) no Exterior: trapalhões
que não sabem lidar com as roupas ou
com a linguagem, mas vão entrar direto
na Batalha do Monte Castello para ob-
ter uma boa foto com os pracinhas para
mostrar aos amigos e familiares. Esses
são provavelmente PdMs, embora um
jogador com talento para a comédia

Infinity Ilimitada 39
padrões. Espera-se que os comerciantes
da Estrela Branca paguem adequada-
Nossos Rivais Corporativos mente, sigam todas as leis locais (com
o mínimo de suborno) e apoiem boas
Grupo Yugorovsky: Este conglomerado de mineração Russo tem a causas em sua comunidade local. Além
reputação de ser inescrupuloso e mortal, e está ligado tanto à Máfia Russa disso, a Estrela Branca segue as práticas
quanto ao governo Russo. Há relatos de guerras por procuração entre o Grupo comerciais gerais, espera pelo melhor e
Yugorovsky e a MCI em alguns mundos primitivos. O conselheiro russo no contabiliza seus lucros crescentes.
CINU protege o Grupo de represálias totais ou da sanção formal da Infinity.
Petróleo KMP: Fundada em uma série de fusões desesperadas depois Práticas Comerciais
que a economia da fusão destruiu a indústria de petróleo na Linha-Base, O comércio da Estrela Branca com
a KMP concentra seus esforços em atender a demanda insaciável por outras cronologias, abertas ou confiden-
petróleo em paralelos menos desenvolvidos. Sua prática padrão é comprar ciais, tende a seguir diretrizes ampla-
um campo “esgotado” em determinada cronologia e enviar petróleo de mente semelhantes, discriminadas pelo
outras cronologias para ele em transportadores tanques — ou construir grau de desenvolvimento técnico, econô-
um oleoduto através de um portal de acesso, se eles tiverem a sorte de mico e financeiro daquele mundo. Sem-
encontrar um em uma área de exploração em algum lugar . Eles também pre que possível, as operações locais de
praticam a engenharia de petróleo NT8 (e engenharia social com xeiques comerciantes transdimensionais, como
persistentes) para abrir campos genuinamente fechados para a exploração a Estrela Branca, se fazem passar como
NT6–7. A Patrulha se preocupa com o fato de que os hábitos selvagens de operações comerciais puramente locais
faroeste da KMP possam colocar O Segredo em perigo — e o fato da KMP e lucrativas, com uma parte dos lucros
ter uma relação íntima demais com a CIA. destinada a apoiar a Patrulha Infinity e
Denarius Capital Holdings: A Infinity inicialmente fundou este grupo de outras despesas gerais. Dada a quantida-
corretagem para evitar que a economia da Roma de Johnson entrasse em de angustiante de contrabando realizado
colapso devido às tensões extratemporais, introduzindo sutilmente reformas através dos pontos de venda da Estrela
de liquidez. Os gerentes da Denarius acabaram de alguma forma no controle Branca (talvez como consequência das
de toda a reserva Romana de ouro, compraram seu contrato e transferiram comissões da Infinity), esta seção tam-
sua sede corporativa para Lysander. (Eles mantêm uma incorporação em bém aborda esses arranjos informais.
Palau para fins fiscais da Linha-Base.) A Denarius Capital agora administra
operações financeiras e de mercado em grande escala em muitos, muitos Não civilizado (NT0): Como os recur-
mundos. (A Denarius também doa generosamente para algumas obras dos sos em massa vêm de mundos desabita-
Operadores de Milagres.) Em alguns paralelos, ela causa altas repentinas e dos, a Estrela Branca negocia com esses
fugas de capital acidentais — em outros, pode causá-los de propósito. paralelos principalmente por raridades.
Fundação Duncorne: Esta fundação acadêmica secreta, mas influente, Em alguns mundos, a Estrela Branca
financia pesquisas arqueológicas e históricas em uma ampla variedade de troca bugigangas a granel de baixa tec-
paralelos, especialmente aqueles que mostram evidências de tremores de nologia (por exemplo, ouro de mundos
realidade ou do sobrenatural. Suas concessões enfocam o período medieval desabitados, armas e ferramentas de alta
e anterior, com forte ênfase em religião, história e lendas. As Coleções qualidade, mas do NT local, etc.) por tra-
Duncorne em New Haven e Oxford sempre recompensarão generosamente balho não qualificado para a produção
a cópia, transcrição e (de acordo com rumores) roubo de livros raros e em massa de bens muito acima do NT
perdidos (de qualquer época) de outros mundos. Também pode ser um ator local para que sejam compreensíveis. No
importante no mercado paralelo em arte transdimensional e contrabando entanto, essa prática não é muito difun-
de antiguidades — muitos museus e universidades importantes consideram dida, já que a Estrela Branca não tem
as conexões de Duncorne bastante úteis para fazer aquela aquisição crucial. certeza se é totalmente seguro ou ético,
e isso deixa a Patrulha nervosa sobre
colocar O Segredo em risco. Os contra-
bandistas costumam usar esses mundos
como bases e fontes de trabalho escravo.
Comércio raridades; por exemplo, uma caixa de
DVDs da Gallatin ou um casal reprodu-
Civilizado, Pré-Científico (NT1–4):
Nesses mundos, os comerciantes fre-
Estrela Branca tor de tigres da Tasmânia. Outros enviam
centenas de toneladas de cacau ou cro-
quentemente utilizam um método de
comércio triangular, trocando ouro e re-
A Estrela Branca é a empresa origi- mo diariamente, carregando a carga em
cursos de mundos desabitados por obras
nal de importação e exportação trans- barcaças que ficam fora da vista da costa, de arte e por produtos agrícolas especia-
temporal — e ainda a maior. Van Zandt para então saltar entre os mundos. Todos lizados ou de trabalho intensivo, como
financiou a maior parte de seu desen- eles têm o “símbolo da Estrela Branca” vinho das Falernas ou batata azul Inca.
volvimento inicial negociando com um em algum lugar do logotipo corporativo, Os contrabandistas compram ou roubam
único paralelo. Seus escritórios agora ou pendurado em uma placa pintada na duplicatas de valiosas obras de arte da
abrangem centenas de Terras, variando frente, conforme o ambiente. Linha-Base. (Um contrabandista empre-
de caravançarais de tijolos de barro no Nem mesmo a Infinity sabe o que endedor comprou várias obras de Rapha-
Irã de Átila, a firmas de capital de risco cada ramo da Estrela Branca está fa- el por uma caixa de giz de cera infantil.)
perfeitamente legítimas no Reich-2 Amé- zendo; é possível que nem mesmo os Um grande mercado especializado nesses
rica, a um estúdio de cinema em Cam- chefões corporativos da própria Estrela mundos é o de livros: pergaminhos co-
pbell fazendo uma fortuna que aumenta Branca em Boston o saibam. A impo- piados à mão das peças perdidas de Aris-
lentamente refazendo filmes de fantasia sição de qualquer tipo de “cultura cor- tófanes ou códices Maias queimados nas
na Linha-Base. Alguns pequenos escri- porativa” em um sistema desses é mais fogueiras inquisitoriais da Linha-Base,
tórios da Estrela Branca transportam uma opção ruim do que inútil, mas a recebem somas substanciais de colecio-
apenas algumas centenas de quilos de sede da Estrela Branca impõe alguns nadores e acadêmicos da Linha-Base.

40 Infinity Ilimitada
Civilizado, Científico (NT5–8): Os
PIs consideram esses mundos poten-
cialmente perigosos caso eles descu-
bram O Segredo. O comércio permi- A Lista dos Livros
tido inclui a introdução de melhorias
tecnológicas moderadas e ideias lite- Alternativos Mais Vendidos
rárias, ou a troca de pequenas quan-
tidades de riqueza portátil (por exem- A Casa do Verme, de H.P. Lovecraft
plo, pedras preciosas ou ouro) por Alvo: Tokyo! A História da Invasão, por Robert A. Heinlein, Adm., US Navy
obras de arte e raridades. “Obras pa- (aposentado)
ralelas” são particularmente valoriza- Campanhas de Alexandre, por Ptolomeu
das: a obra de Shakespeare, História Hardraada em Vinland, por Snorri Sturluson
de Robert the Bruce, ou Reflexões so- As Assombrações de Sherlock Holmes, por Sir Arthur Conan Doyle 1
bre a Revolta Americana, de Edmund Summa Astrologia, por Isaac Newton
Burke, e assim por diante. As editoras Sanditon, por Jane Austen
da Linha-Base gostam especialmente O Canhoto-Destro Cubano: Minha Vida na Liga Americana de Beisebol, por
dos clássicos, porque não precisam Fidel “Rubro” Castro
pagar royalties sobre eles (embora a
Medo e Ódio na Cratera Tycho, por Hunter S. Thompson
Infinity normalmente detenha os di-
reitos autorais). Alguns mundos re- O Evangelho Segundo Pedro
almente produzem bens de consumo O Corneteiro na Crise, por C.S. Forester
que a Linha-Base valoriza, como os O Mistério Completo de Edwin Drood, por Charles Dickens
chapéus masculinos elegantes dispo-
níveis em Gernsback.
Avançado, Científico (NT9+): A Pa-
trulha Infinity vigia, mais cuidadosa- passo em falso pode colocar O Se- em outros lugares; se os encantamen-
mente, todos os mundos com ciência gredo em perigo. O contrabando de tos continuam a funcionar em mun-
avançada o suficiente para reproduzir tecnologia e artefatos desses mundos dos não mágicos, é difícil imaginar
a paracrônica, e uma única incursão pode trazer recompensas lucrativas, quaisquer sanções que mantenham
não autorizada é punida com o Con- mas também traz perigo tanto das os contrabandistas distantes desses
cílio. Se tiver licença para viajar até autoridades locais desse alternativo mundos. Psis são um risco tanto para
eles, a Estrela Branca usa todos os
quanto da Patrulha. O Segredo quanto para os contra-
métodos disponíveis nesses mundos
Paracientífico (qualquer NT): A In- bandistas; todos evitam mundos com
para descobrir os princípios nos quais
a tecnologia superior desses mundos finity trata os mundos com leis físi- psiquismo disponível globalmente.
se baseia, a fim de patentear e utili- cas variantes com o mesmo cuidado. Mundos com supers apresentam pro-
zá-la na Linha-Base. No entanto, esse Se a magia funcionar, por exemplo, blemas semelhantes; os contrabandis-
trabalho é dificultado pelo fato de que mesmo um mundo de baixa tecnolo- tas já têm problemas suficientes para
esses mundos geralmente têm tecno- gia se torna um perigo em potencial. manter distância da polícia comum
logias sofisticadas de identificação e Os MJs têm que decidir se os itens de sem ter que lidar com os vingadores
vigilância, de modo que um pequeno tais mundos continuam a funcionar da noite.

O Setor Público
As Nações projeto transtemporal, ou um mundo
inteiro para administrar. Raramente
-Base e na paralela”. O tratado não pro-
clama as outras Terras como proprie-

Unidas funciona melhor do que a colônia do


Santuário do ACNUR (pág .32).
dade da Infinity, Linha-Base, ou mesmo
da humanidade.
Fora do CINU, a ONU não tem mais 2.  A Infinity Ilimitada recebe uma
controle sobre as operações transtem- O Tratado carta patente da ONU e status suprana-
porais do que qualquer outro grupo, e cional formal: Este artigo também esta-
menos do que alguns. Isso irrita agên-
Intermundos belece o CINU como agência governa-
O que amarra as mãos da ONU é, mental oficial da Infinity e reestrutura
cias como a UNESCO, UNICEF, e assim
ironicamente, o mesmo documento que o conselho da Infinity para adicionar o
por diante, que levantam obstáculos
aparentemente lhe concedeu soberania controle multinacional. Na prática, isso
políticos para o CINU e, portanto, con-
sobre os mundos infinitos, o Tratado remove a Infinity de qualquer jurisdi-
tribuem ainda mais para sua própria ção ou supervisão nacional, permitin-
Intermundos. Os principais artigos do
marginalização. A Infinity se recusa a do que concentre seu suborno, pressão
Tratado (e seus efeitos reais) são os se-
tomar partido em tais disputas, essen- ou cooptação institucional apenas no
guintes:
cialmente passando a responsabilida- CINU, em vez de em muitas agências
de de volta para o CINU. (A principal 1.  Terras paralelas devem ser explo- diferentes.
exceção é o relacionamento próximo radas para o bem da humanidade: Na 3.  Toda a tecnologia paracrônica
dos Operadores de Milagres com a Or- prática, isso permite que o Desenvolvi- permanece propriedade da Infinity: Isso
ganização Mundial da Saúde.) De vez mentos Infinity rejeite qualquer empre- permite que a Patrulha entre e inspe-
em quando, uma agência da ONU con- endimento transtemporal proposto que cione qualquer instalação paracrônica
segue um papel de liderança em algum não “melhore as condições na Linha- do mundo.

Infinity Ilimitada 41
4.  Uma licença da Infinity (ou do
CINU) é necessária para todas as viagens
que todos as cinco potências têm um ou
mais transportadores completamente
Federação Russa
A Rússia concentra suas operações
paracrônicas: Esse só é lembrado quan- “extraoficiais” enterrados em algum lugar extratemporais em duas frentes: mi-
do flagrado em violação; A Infinity con- no labirinto de registros, transferências e neração e apoio às várias Rússias de
cede licenças por um ano (ou mais) para sublicenças que é a burocracia do CINU.
outros mundos contra seus inimigos.
clientes favorecidos, subsidiárias princi- Pior ainda, nações suficientemente ricas
Como um dos cinco membros perma-
pais e potências com poder de veto no ou qualificadas podem construir (e quase
nentes do Conselho de Segurança, a
Conselho de Segurança. No entanto, dá certamente já construíram) seu próprio
Rússia obtém um quinto das licenças
à Infinity recursos legais para processar equipamento paracrônico.
de mineração concedidas pelo Desen-
governos nacionais na Corte Mundial
se eles usarem indevidamente a licença Estados Unidos volvimentos Infinity. Ao contrário de
outras nações, que os leiloam ou os
para, digamos, conquistar outro mundo. A América é de longe a nação líder em
5.  A Infinity deve arcar com todos aproveitamento e exploração paracrô- usam como moeda diplomática ao ne-
os custos de pesquisa paracrônica e nicos, tanto públicos quanto privados. gociar com outros países, os Russos
segurança transtemporal: Este artigo Com a sede corporativa da Infinity em simplesmente pegam a licença de mine-
habilmente elaborado torna a Infinity Chicago e uma grande base de funcio- ração máxima permitida e a entregam
totalmente independente de qualquer nários transtemporais experientes, as a uma empresa de mineração nacional
controle na Linha-Base; ela paga por empresas Americanas e agências gover- como o Grupo Yugorovsky. Assim, mes-
seu próprio exército, tecnologia e se- namentais podem facilmente contratar mo minerais baratos na Linha-Base
gurança, em vez de depender dos go- a maioria dos projetos “civis” com ou possibilitam a exploração transtempo-
vernos nacionais. Este artigo também sem a Infinity. Com a maior economia do ral, tornando a Rússia capaz de mani-
constitui a base para a reivindicação mundo e o mais importante sistema uni- pular os preços à vista e manter intacta
da Infinity sobre patentes derivadas de versitário, os Estados Unidos podem se sua posição como principal exportador
tecnologia de outras Terras. Empresas permitir muitas viagens transtemporais de minerais.
Japonesas e Americanas contestaram e têm muitas ideias para isso. A CIA, o Operações extradimensionais geral-
com sucesso em alguns casos, e a Infini- FBI e até mesmo algumas agências esta- mente envolvem ataques Spetsnaz nas
ty agora paga generosas taxas de licen- duais de cumprimento da lei têm forças- áreas de retaguarda, logística e centros
ça para evitar que o problema apareça. -tarefa transtemporais permanentes; o de comunicações nazistas (ou Kaisere-
FBI mantém oficiais em serviço na Roma ne, ou Bonapartistas ou Suecos). Esse
Dos 197 membros da ONU, todos me- exercício de “guerrilheiros de lugar
de Johnson e em outros paralelos popu-
nos 10 ratificaram o Tratado Intermun- lares, e há um escritório do Departamen- algum” de fogo real em outra cronolo-
dos. Os redutos são Afeganistão, Birmâ- to de Justiça dos EUA no Novo Colorado. gia agora é uma parte padrão do trei-
nia, Irã, Iraque, Israel (que se recusa a
renunciar ao direito de operações trans-
temporais como autodefesa), Malauí,
Coréia do Norte, Palau (um lugar popular
de incorporações para empresas que que-
rem se livrar das regulações da Infinity),
Palestina (que se recusa a assinar até que
Israel o faça) e Turcomenistão. A Vene-
zuela ameaça “desratificar” o tratado de
vez em quando para protestar contra o
“neocolonialismo infinito”, e um ou dois
senadores de direita dos EUA fazem cam-
panha para que o tratado seja descartado
por “infringir a soberania Americana”.
Taiwan não-membro da ONU assinou um
“Acordo de Entendimento” com a Infinity
Ilimitada, basicamente reconhecendo a
jurisdição da Infinity sobre viagens e de-
senvolvimentos transtemporais.

Governos Embora as políticas oficiais variem de namento Spetsnaz, apesar das fortes
Nacionais acordo com o governo no poder, todos os
presidentes desde Clinton enviaram as
objeções da Infinity. (Fugir da Patrulha,
por si só, se tornou uma parte padrão
Uma desvantagem significativa da
supervisão da Infinity pelo CINU é que forças dos EUA para a ação em outras de tais exercícios.) Um entendimento
todas as cinco potências permanentes do cronologias, geralmente para proteger os tácito com a oposição do Partido Co-
Conselho de Segurança podem teorica- cidadãos Americanos em perigo. O exer- munista impede o Kremlin de usar tais
mente “licenciar” qualquer quantidade de cício mais polêmico foi o envolvimento ataques para intervir em guerras civis
tecnologia paracrônica da Infinity para si preventivo do presidente McConnell em puramente Russas em outros mundos,
próprios. A Infinity tenta controlar o equi- Gallatin em 2022. A unidade Tau dos entretanto. Embora os romances po-
pamento, ou pelo menos sua localização Rangers derrubou o governo Argelino pulares preencham outras cronologias
e órgão de licenciamento, mas é muito daquele mundo antes que ele pudesse com agentes SVR e GRU, a Rússia faz
difícil monitorar um governo nacional implantar seus mísseis nucleares, en- relativamente pouca espionagem pura
inteiro se ele não deseja que algo seja ras- viando todo o Oriente Médio em dois (além do roubo maciço de tecnologia)
treado. Os oficiais da Patrulha presumem mundos para um ano de turbulência. em outros paralelos.

42 Infinity Ilimitada
Reino Unido França prática do Palácio do Eliseu de inves-
tir os lucros em sua rede de subornos
As viagens transtemporais Britâni- Embora os Britânicos ainda fa-
cas são principalmente acadêmicas. A çam parte da UE, eles não desem- e influências, de alguma forma, fica
Infinity financia de forma generosa os penham nenhum papel importante fora das manchetes do Le Monde. A
departamentos de história de Oxford, no PTCCE (Projeto Trans-Crono Co- Legion d’Outretemps acumulou mais
Cambridge e de muitas universidades mum Europeu), que é dominado por intervenções transtemporais (geral-
menores, de modo que os estudantes planejadores Franceses. A Alemanha mente para derrubar algum governo
de pós-graduação em história Ameri- geralmente segue o exemplo da Fran- menor da África ou da América do
cana têm uma chance melhor de fa- ça, mas fica com um pé atrás quando Sul) do que qualquer outra unida-
zer pesquisas transtemporais nas uni- a França se empolga demais com la de, exceto o Spetsnaz. Uma tentati-
versidades Britânicas do que em suas mission civilisatrice. A política oficial va da Legião de derrubar o governo
próprias! (Talvez por coincidência,
haja menos críticas acadêmicas à In-
do governo Francês é que as cronolo-
gias são propriedade comum de toda
da Carolina do Sul na Britannica-1
quase levou a uma guerra total entre 1
finity na Grã-Bretanha, e os represen- a humanidade, e que a Infinity não as forças especiais Francesas e Ame-
tantes Britânicos podem ser conside- tem direitos específicos ou controle ricanas.
rados fortes apoiadores da Patrulha.) sobre seu acesso, que é um assunto
No entanto, a Grã-Bretanha força um exclusivamente do CINU. A Patrulha China
pouco a barra nas intervenções trans- suspeita fortemente que o governo A China, em contraste, parece
temporais militares e econômicas. O Francês está tentando formar go- ser um modelo de respeitabilida-
Serviço de Transporte Especial (STE) vernos satélites em outros mundos de transtemporal. Seu 3º Grupo de
é provavelmente a força de operações (geralmente da França, mas nem Guerra Especial existe basicamen-
especiais transtemporal mais efi- sempre) e construir uma espécie de te no papel, tendo lançado apenas
ciente, com um domínio especial de super-França transdimensional ca- pequenos ataques ao Reich-5 antes
ataques “dentro e fora” envolvendo paz de ações independentes em qual- do fechamento dessa cronologia em
ataques paracrônicos em alvos na Li- quer esfera sem envolvimento Ameri- 2022. Ele aluga muitos de seus di-
nha-Base. Empresas Britânicas como cano ou da Infinity. A França ostenta reitos de exploração extratemporal
a Exportações Universais e Hari & ao convidar outros países, tanto da para outras empresas, especialmen-
Boyle modem encontrar mercados e Europa quanto do Terceiro Mundo, te empresas Coreanas, Filipinas e
mercadorias mesmo onde a Comér- para contribuir com pessoal para Tailandesas, recebendo apenas co-
cio Estrela Branca falha. empreendimentos transtemporais; a missões e royalties razoáveis. Ele
bloqueia e coopera alternadamente
com a política transtemporal Ameri-
cana, mas, além de seus dois mun-
dos colônia e equipe consular em
Israel e o paralelos turísticos populares Chi-
neses, tem pouca presença extratem-
Êxodo da Alternidade poral. Isso, é claro, deixa paranoicos
os oficiais do Pentágono e da Coluna
É um segredo conhecido que Israel se recusa a aceitar as regras com a certeza de que a China está
da Infinity sobre a imigração extratemporal. Embora o ministério do planejando um “Grande Salto para
censo Israelense apresente garantias brandas aos observadores do Fora” que reorganizará drastica-
CINU, a política permanente do governo Israelense é oferecer santuário mente o equilíbrio de poder global (e
na Linha-Base a qualquer Judeu ameaçado de morte em qualquer transtemporal).
lugar nos Mundos Infinitos. Embora eles deixem os ecos em paz, o
Mossad mostra pouco escrúpulo sobre as operações em qualquer outro
paralelo. Após um reconhecimento completo do Mossad, as tropas
Nações Sem
Sayeret Geburah caem no paralelo, matam todos os guardas e removem Direito a Veto
os prisioneiros Judeus para a Linha-Base. Essas operações vão desde Das nações sem veto, Índia e Japão
resgates em pequena escala de físicos ou engenheiros proeminentes, têm os programas transtemporais
e “assaltos a trens” que sequestram um comboio de deportação, até a mais ativos. O programa da Índia se
libertação total de campos de concentração ou gulags inteiros. A maior assemelha muito ao Americano, com
dessas operações foi o Ataque a Kolyar em 2014, que assumiu o controle substanciais operações transtempo-
de uma cidade da Silésia em Cornwallis por seis dias e resgatou 25.000 rais acadêmicas, corporativas e de
prisioneiros Judeus e Ciganos de um campo Prussiano, reassentando-os inteligência. Os “Gatos Brancos” da
todos em Israel e na Cisjordânia da Linha-Base. (para mais informações Índia treinam com o STE para ope-
sobre Cornwallis, veja GURPS Alternate Earths 2). rações de “entrada e saída” contra
Os governos Árabes reclamam que Israel está “Judaizando rebeldes e terroristas da Caxemira
artificialmente” a região com “extratemporais ilegais”. Uma vez que isso e Tamil. Os estúdios de cinema em
resume com precisão a política do governo Israelense, os Israelenses “Bollywood” na Índia também filmam
simplesmente emitem notas de repúdio negando as acusações de forma em locações antigas e exóticas e (de
branda e continuam resgatando mais vítimas. A opinião doméstica acordo com rumores) recrutam ver-
na América está firmemente por trás do “Êxodo da Alternidade”, e os sões mais jovens de estrelas de cine-
Estados Unidos regularmente vetam qualquer condenação da ONU a ma populares de paralelos próximos
tais resgates.
para substituir estrelas que ficam
muito velhas ou com mentalidade
muito independente.

Infinity Ilimitada 43
As operações transtemporais do Ja-
pão são mais parecidas com as Britâ-
Greenpeace se morreu pelos pecados de todas as
terras? A Cúria tem trabalhado em
Esta organização ambiental se
nicas, embora o IDF tenha apenas uma opõe infatigavelmente às operações respostas definitivas para todas as
capacidade extratemporal simbólica. de mineração transtemporais, mes- perguntas acima desde 1998, e es-
As empresas Japonesas negociam com mo em Terras vazias, como “estupros peculações do Vaticano são de que
muito sucesso com os Japões paralelos e ecológicos de mundos desavisados”. o próximo Papa terá que convocar
estão entre as empresas líderes da Linha- Alguns membros do Greenpeace um concílio geral da Igreja sobre o
-Base na incorporação das melhores prá- chegam a se acorrentar a portas de assunto.
ticas e tecnologias de suas versões trans- projetores, interromper pesquisas e Nesse ínterim, os Jesuítas e ou-
temporais. O resultado é que eles podem sabotar equipamentos de mineração tras ordens acadêmicas contribuí-
acabar patenteando uma versão superior (geralmente antes de serem despa- ram muito para o estudo da física
de algo que a Infinity roubou há um ano chados). Seu apoio vem de campi da realidade, e os grupos missioná-
e rapidamente assumir a liderança em universitários e (menos abertamen- rios Católicos trabalham em estreita
participação no mercado global. te) de corporações preteridas na colaboração com os Operadores de
bonança transtemporal… especial- Milagres, especialmente em mundos

Organizações mente as empresas petrolíferas da


Linha-Base.
com uma Igreja Romana estabeleci-
da. O Papa exorta a Infinity a “respei-

Não
tar a dignidade humana em todos os
Vaticano mundos” alinhando o Vaticano com

Governamentais
grupos reformistas e progressistas
A posição oficial da Igreja Católi-
de “direitos externos”, como a Anis-
ca Apostólica Romana é que o plano
Uma vasta gama de outros grupos, de tia Ilimitada. Alguns monsenhores e
de Deus se aplica a todas as Terras
tropas de Escoteiros a religiões inteiras, ordens influentes chegaram a pedir
com raças humanas. O diabo, nem
têm atividades extratemporais — ou opi- que a Infinity abandonasse O Segre-
é preciso dizer, está nos detalhes: to-
niões sobre essas atividades — que ra- do e “compartilhasse a verdade com
dos os Cristos paralelos são o mesmo
ramente têm vergonha de compartilhar. toda a humanidade como iguais”. A
Cristo ou Deus teve um filho por Ter-
Alguns grupos alugam seus próprios Patrulha fica realmente muito nervo-
ra? Existem cronologias em que não
transportadores e perseguem seus obje- sa quando devotos de tais filosofias
havia Jesus de Nazaré esperando seu
tivos sem incomodar muito a Infinity: a viajam para Terras paralelas, mesmo
próprio Messias, e se houver, ele será
Nature Conservancy, por exemplo, traz para os propósitos aparentemente
o Cristo também? Ou a missão evan-
exemplares reprodutivos para espécies mais santos.
gelizadora da Igreja exige que ela en-
ameaçadas de extinção na Linha-Base sine essas cronologias sobre o Cristo
vindos de outros mundos onde as espé- da Lnha-Base? O Jesus da Linha-Ba-
cies são abundantes. Outros acreditam
que pressionar a Infinity, ou governos
membros do CINU, é a maneira mais efi-
ciente de ver seus objetivos alcançados.

Anistia Ilimitada
Estados Vilões
Uma organização irmã da Anistia Coréia do Norte, Líbia, Iraque, Irã, Síria e Birmânia rejeitam a ordem
Internacional, a Anistia Ilimitada di- internacional de uma forma ou de outra. Essas nações desonestas
vulga o destino de prisioneiros polí- apoiam o terrorismo e o crime internacional, fomentam a revolução
ticos, escravos e outros infelizes em no exterior e tentam desenvolver armas de destruição em massa e um
outras cronologias. Eles pressionam a tipo de paracrônica doméstica. Eles podem receber apoio de traficantes
Infinity (ou, com menos frequência, os de armas e físicos no exterior, trabalhando em paralelo para construir
governos na Linha-Base) a intervir nes- componentes individuais que podem ser transmitidos ao longo das rotas
sas cronologias para melhorar as con- dos contrabandistas de Marselha a Carachi a Rangum até que bombas
dições, convocam boicotes da Estrela inteiras ou transportadores tomem forma em algum campo terrorista no
Branca a regimes odiosos transtempo- Afeganistão, Sudão ou Iêmen.
rais e trabalham incansavelmente para O grande medo da Infinity é que algum estado vilão forneça um
promover manifestações anti-escravi- transportador (e possivelmente uma arma nuclear) para alguma
dão em outras Terras. organização terrorista. Na pior das hipóteses, esse ataque terrorista atinge
De vez em quando, uma equipe de um paralelo tecnologicamente avançado, que descobre a paracrônica da
campo da AI viaja para outro mundo maneira mais traumática e horripilante possível e culpa a Linha-Base. No
para tentar aplicar sua própria influên- segundo pior cenário, os terroristas fazem um ataque “dentro e fora” nos
cia, mas os resultados têm sido irregu- Estados Unidos da Linha-Base, matando milhares (ou milhões, se a bomba
nuclear for grande o suficiente) e enfurecem os Americanos o suficiente
lares. O melhor resultado, sem dúvida,
para que saiam do CINU, nacionalizem a Infinity e ataque unilateralmente
ocorreu quando a Patrulha montou uma
através dos mundos. A Divisão de Inteligência faz muitas horas extras
missão de resgate que recuperou uma
para se infiltrar em grupos terroristas, usando as perícias de linguagem e
equipe de observadores da AI de uma
culturais da Patrulha para se misturar às fileiras terroristas. Até aqui, os
prisão no Irã da Terra-Beta e acidental-
agentes da Patrulha montaram redes inteiras (com a assistência da CIA
mente derrubou o governo teocrático no
ou do MI6) e desmontaram esses planos antes mesmo de começarem,
processo. A Anistia Ilimitada geralmente
incluindo um complô da Al-Qaeda no início de 2001 — mas eles só
traça um limite ao defender essa mu-
precisam falhar uma vez.
dança violenta de regime, mas algumas
facções estão começando a questionar
se o “pacifismo da palavra” é suficiente.

44 Infinity Ilimitada
Capítulo Dois

Inimigos em
Todo Tempo
Colocando o cartucho no computa-
dor da Registros (havia alguns regula-
mentos que ele não deveria ignorar), a
oficial de serviço examinou o papel por
2
alguns minutos, procurando por algo
fora do comum. Contrabandistas de
dinossauros — métodos alquímicos nas
minas de platina argentinas — tentati-
va de assassinato do rei da Carolina do
Norte — aí estava, “Nazistas” novamen-
te. “A Infinity nunca está em pânico o
suficiente por causa desses ‘Nazistas’,
Chang.”
“Senhor.” Ela ergueu os olhos para
olhar Chang ainda atento.
“Eu disse ‘À vontade’, Chang.” O
oficial mais jovem relaxou um pouco.
“Eu convidaria você a se sentar, mas
há apenas uma cadeira nessas pontes
confusas.”
“A postura isométrica não requer ca-
deiras, Senhor.” Outra frase novamente
saída do manual. Ainda assim, ela pen-
sou, é melhor eu tentar, ou esse novo
garoto vai me deixar louca.
“Chang, qual é o seu primeiro
nome?” “Mohammed, Senhor.”
“É um nome incomum para um Chi-
nês, não é, Chang?”
“Senhor, todos os nomes são nomes
Centrum. O Centrum abrange todas as
linhagens.”
“Chang, não estou tentando prendê-
-lo no Erro, estou tentando puxar con-
versa para que você não fique pairando
por aí como um falcão constipado.”
Chang relaxou outra vez. “Minha
família é do Tajiquistão, senhor. Havia
muita miscigenação lá, mesmo antes
do Centrum nos salvar.” A oficial de ser-
viço acenou com a cabeça; história não
“À vontade, Chang.” A era seu ponto forte, nem mesmo a his-
oficial de serviço, protegi- tória do Centrum, mas as tribos da Ásia
da por seu status exaltado de Grau 4, Central eram tradicionalmente muito
havia desabotoado o seu na altura do gratas à elite científica que as salvou
“Grau 3 Chang,
pescoço, e havia um brilho distinto nos da fome, dos senhores da guerra e da
relatando uma interceptação de men- peste.
punhos carmesim de seu casaco do uni-
sagem, Senhor! “ O uniforme do novo forme azul da meia-noite. Chang avan- “Compreensível então, a resiliência
candidato estava tão passado e engo- çou quatro passos regulares, chamou a da fronteira e tudo mais. Use essas pe-
mado que parecia um folheto de recru- atenção novamente e entregou um pa- rícias ancestrais de fronteira, Chang, e
tamento. pel e um cartucho de dados. veja o que salta aos olhos.

Inimigos em Todo Tempo 45


Chang pegou o papel e correu os
olhos por ele. “Secundus — hmm,
Infinity — parece mais preocupado
com esses ‘Nazistas’ do que com três
outras ameaças na mesma Onda que Cândido, em pânico, desvairado, todo
objetivamente representam um peri-
go muito maior para suas operações. ensanguentado e palpitante, dizia consigo:
Senhor.” “Se este é o melhor dos mundos possíveis,
“Exatamente o que eu pensei. Te-
nho monitorado as transmissões da como não serão os outros!
Infinity aqui por oito meses e, ape- – Voltaire,
sar de quatro guerras globais e um
tremor de realidade de Força Sete, Cândido
esses ‘Nazistas’ ainda atraem 18%
da banda de decisão, quando deveria
ser mais como quatro. E eles nem es-
tão nesta maldita Onda! Eles rumam
para o Inferno e saíram na Onda Me- “Infelizmente para nós, Chang, os Entre a precipitação de cometas,
nos Cinco!” únicos com paracrônica parecem es- Visigodos furiosos e varíola mutante,
“O que os registros dizem, Senhor?” tar onde não podemos ir.” os mundos infinitos têm perigo sufi-
“Nada útil; eles eram uma seita Ir- “A menos que encontremos um tú- ciente para manter a Patrulha Infinity
racionalista na Baviera em várias cro- nel. É sabido que isso já aconteceu, infinitamente ocupada. No entanto,
Senhor.”
nologias; em Secundus, eles parecem a Patrulha se apega a um confor-
“Precisamente. É para isso que
ter desencadeado uma guerra global, to sombrio no fato de que você não
quero que você comece a peneirar
e em um mundo em Onda Menos pode salvar todos os mundos: eles
essas pesquisas. Pretendo encontrar
Dois, eles venceram. Grupo esquisito, fazem o que podem, onde podem.
um túnel para a Onda deles e co-
mas não os anarquistas odiosos que meçar a suprir esses Nazistas com o Infelizmente, alguns desses mundos
você esperaria da paranoia da Infini- que eles quiserem, contanto que isso — incluindo a Linha-Base — contêm
ty. Mais ordeiro do que a maldita Infi- mantenha a Infinity ocupada.” perigos que podem se espalhar para
nity, isso é certo. Mas, de acordo com “Isso pode alterar todo o desenho outros mundos — de novo, incluindo
a Agência de Interceptação, a Infinity da Guerra, Senhor. O Fórum distri- a Linha-Base. A Patrulha não pode se
tem mais agentes e mais operações buirá promoções como quem distri-
em andamento neste ‘Reich-2’ do que dar ao luxo de dormir, ou ficar con-
bui doces no Dia do Renascimento”. fortável, não importa o quão escuro
em qualquer paralelo comparável. “Bem, não devemos pensar em
Novamente, isso tudo apesar de ame- esteja, apenas por estar fazendo o que
nossas promoções, Chang. É o bem
aças maiores e oportunidades muito do Serviço e do Centrum que conta.” pode por esses mundos. Um “risco
maiores, em pelo menos seis outras “Claro Senhor. Me desculpe, Se- aceitável” quando é algum paralelo
cronologias que eu poderia citar.” nhor.” Chang, envergonhado, curvou- bárbaro dois quanta de distância se
“Parece uma oportunidade perfei- -se sobre uma pilha de pesquisas e torna uma crise mortal quando ame-
ta para nós, Senhor. Se pudéssemos evitou os olhos de sua superior. aça o seu mundo e os ideais que você
de alguma forma usá-los como um Mas doutrina à parte, a oficial de defende. Você tem que fazer qualquer
pretexto, poderíamos distrair a mal- plantão estava, sim, pensando em coisa para impedir tal perigo, ou
dita Patrulha de qualquer coisa que promoções. Ela poderia facilmente morrer tentando.
fizéssemos. Poderíamos ter controle chegar ao Grau 5 por algo assim, ou Claro, em alguns desses mundos, a
sobre os ecos, contanto que pudésse- até mesmo mais alto, se isso se tor-
Patrulha — e a Linha-Base — repre-
mos fazer alguns Nazistas aparece- nasse uma grande prioridade para a
Intermundos. Sim, “Grau 6 Golds- sentam exatamente esse perigo…
rem em outro lugar enquanto fazía-
mos isso.” tein” soava bem, ela disse a si mesma,
e deu um soco em sua própria pilha
de pesquisas para peneirar.

Centrum
O Centrum é a única cronologia mundos infinitos. Somente na unida- truído e reunificado sua Terra na-
humana, além da Linha-Base, a de- de, acredita o Centrum, existe segu- tal após uma guerra cataclísmica, o
senvolver tecnologia paracrônica de rança e ordem. Centrum estava pronto para grandes
forma independente. É também o A origem e foco de um império mudanças, mesmo antes da recente
inimigo mais feroz da Linha-Base. paratemporal, o Centrum passou o descoberta de outro mundo de via-
Os agentes Centranos duelam con- último século enviando exploradores, jantes paracrônicos. Hoje, em 2027, o
tra a Patrulha Infinity através das espiões, homens de negócios e, oca- conflito com Secundus (que se auto-
dimensões, e não se contentarão com sionalmente, soldados a dezenas de denomina “Linha-Base”) é a principal
menos do que a dominação total dos cronologias paralelas. Tendo recons- preocupação do Centrum.

46 Inimigos em Todo Tempo


e atraindo todas as famílias nobres
para o fabuloso palácio imperial em
Kensington. À medida que merca-
A Barreira Linguística dores e industriais ganhavam des-
A língua oficial do Centrum é o Inglês, que soa como uma versão taque, eram encorajados a se juntar
com forte sotaque do Inglês da Linha-Base, com um número bem maior à nobreza pela prática da coroa de
de palavras emprestadas do Francês. Como parte do impulso para a conceder novos títulos associados a
unidade cultural global, o Centrum deliberadamente eliminou todas as enormes feudos no exterior — uma
outras línguas (um projeto que havia começado, até certo ponto, sob a prática que levou ao “imperialismo
velha dinastia Imperial). Se alguma família manteve a fluência em outros freelance” legitimado em Londres
idiomas, certamente aprendeu a escondê-la. As únicas exceções são o após o fato. Em meados do sécu-
Latim, o Grego e o Hebraico, ainda estudados por eruditos e teólogos lo 19, o Império abrangia o globo,
clássicos. Afora esses becos sem saída especializados, o Centrum nunca e seu poder e riqueza, literalmente
desenvolveu uma verdadeira ciência da linguística — uma omissão incomparáveis, disfarçava divisões
que dificultou as operações do Centrum quase tanto quanto a falta de internas crescendo sob a fachada da
falantes nativos. unidade.
O Centrum está trabalhando para ampliar sua base linguística… na
Para Destruição
2
verdade, essa é uma das principais razões para recrutar extratemporais.
O Serviço de Educação faz poucos avanços, mas muitas cronologias Em 1902, tudo virou um inferno.
conhecem técnicas bastante eficazes para ensinar idiomas rapidamente As opiniões ainda estão divididas
(geralmente com base na imersão). Não deve demorar muito para sobre como uma tentativa de inde-
que o Serviço Intermundos supere seu preconceito contra as ideias pendência total por parte de alguns
extratemporais e comece a usá-las. Por enquanto, no entanto, um falante magnatas provinciais poderia ter es-
fluente de Japonês, por exemplo, provavelmente não está trabalhando para capado tão completamente ao con-
o Centrum… pelo menos não diretamente. trole. A destruição atômica de Lon-
dres e de algumas dezenas de outras
cidades parecia menor em compa-
ração com as armas biológicas sob
medida lançadas contra os povos Asi-
Embora sua sociedade englobe as-
sentamentos em muitas cronologias,
Para Unidade áticos por um pretendente imperial.
O Império Anglo-Francês foi talvez Depois de devastar a China e a Índia,
a grande maioria dos Centranos ainda o reino mais forte da Europa, mas
vive em sua cronologia original, tam- as pragas sofreram mutação, se vol-
isso quase não permitiu que ele esca- taram para o oeste, acabaram com
bém chamada de Centrum. Mundo e
passe da conquista quando os Mon- a economia global e despovoaram
governo raramente se distinguem, e
góis chegaram, menos de um século grande parte da Eurásia.
não há distinção entre governo e socie-
após sua formação. Incapazes de se A única região que saiu ilesa foi
dade. O estado-mundo contemporâneo
expandir para a Europa Central domi- o continente do sul de Terraustralis
é, na verdade, bastante recente, não
nada pelos Mongóis, eles se voltaram (muito mais densamente povoado
tem muito mais de um século, mas suas
raízes estão profundamente arraigadas para os relatos de um país do extre- do que a nossa Austrália), onde uma
na história. mo oeste trazidos por uma princesa
cabala técnico-militar, “o Centrum”,
Norueguesa, enviando navios através
assumiu o controle. Eles usaram
do Atlântico para explorar um vasto
História Novo Mundo, que eles chamaram de
Terranova.
seu isolamento para se retirarem
do conflito e impuseram controles
O Centrum se percebe como uma sociais draconianos para impedir a
ruptura radical com seu passado e real- A superior tecnologia Asiática tra-
zida pelos Mongóis, combinada com o propagação de doenças e manter a
mente se preocupa com a história ape- distribuição de alimentos. Em 1913,
nas por causa da paracrônica — para a patrocínio real do antigo cientista Ro-
ger Bacon, realçou a brilhante cultura depois que seus cientistas criaram
qual as histórias de outras cronologias defesas contra as armas biológicas,
importam pelo menos tanto quanto as da Alta Idade Média. Como sua era de
exploração, as revoluções científica e eles se aventuraram em um mundo
suas. Um típico Centrano sabe muito destruído. Eles ficaram chocados
menos sobre sua própria história do industrial do Centrum progrediram
mais lentamente do que a nossa, mas com o que viram: dois terços da po-
que um Americano típico do século 21 pulação da Terra estavam mortos e
(os agentes do Serviço Intermundos são começaram tão cedo que a tecnologia
permaneceu 100–150 anos à frente até a peste se espalhou entre os sobrevi-
um pouco mais bem informados, mas
o século 20. ventes, matando uma em cada duas
apenas no contexto da mudar outras
histórias). Se comparassem os livros di- A hegemonia Anglo-Francesa na crianças. Armas nucleares e bioló-
dáticos, os dois acabariam descobrindo Europa levou séculos para ser alcan- gicas destruíram o ecossistema, es-
que seus mundos divergiram em 1120, çada. Os súditos Franceses do Im- pecialmente nos frágeis trópicos; a
quando o herdeiro do trono da Inglater- pério aderiram à política de poder fome e a desertificação ameaçavam
ra se afogou ou não. Mudanças nos ca- da Europa, os Ingleses preferiram matar de fome qualquer um que as
samentos reais e nas guerras mudaram se concentrar no mar. Depois que a pragas não levaram embora. A tec-
rapidamente cada detalhe da história. Guerra de Lírio e Rosa quase sepa- nologia estava regredindo aos níveis
Os monarcas Ingleses se tornaram se- rou o Império, a coroa tentou unir pré-industriais em todos os lugares,
nhores do norte e do oeste da França as partes divergentes do Império levando à sujeira, à decadência e a
antes mesmo que a Guerra dos Cem usando novas técnicas como o trans- um sistema feudal belicista da pior
Anos pudesse começar. porte a vapor, a educação em massa espécie.

Inimigos em Todo Tempo 47


O Centrum resolveu reconstruir e
prevenir guerras futuras, impondo uma
única cultura racional sob uma úni-
ca autoridade. O Centrum sabia que Secundus: A Linha-Base
a desunião causou a guerra e quase
destruiu a humanidade. Portanto, isso Como o Centrum a Vê
traria unidade: todo ser humano sobre- Da perspectiva do Centrum, Secundus é uma confusão caótica e
vivente falaria Inglês, iria para as mes- irracional em forma de mundo. Muitos grupos têm tecnologia paracrônica
mas escolas, obteria comida suficiente e mal coordenam os seus esforços. O Centrum não consegue entender
e se tornaria uma parte igual do Cen- por que os Estados Unidos e outras nações líderes não estão lutando pelo
trum. A maioria dos habitantes sobre- domínio.
viventes da Terra, famintos e infectados O Centrum vê a democracia como uma forma primitiva de governo
por doenças, ficaram felizes em aceitar associada às cidades-estado Gregas e Italianas. Sendo intensamente
a alternativa que o Centrum oferecia — Espartano, ele tenta entender o Secundus como uma variação do Centrum,
ainda bem, já que não tinham escolha. procurando as pessoas que realmente comandam as coisas. A Infinity
Ilimitada era a principal candidata (o Centrum é administrado mais
Para Outros Mundos como uma corporação em alguns aspectos do que como uma república
Linda Minott foi a primeira cientis- constitucional), até que o Centrum percebeu como a Infinity era pequena.
ta Centrana a investigar anomalias em Agora se parece com um poder central fraco demais para controlar as
experimentos exóticos com altas den- facções em luta dentro de Secundus, e a aparente estabilidade do sistema
sidades de energia (conhecidas desde confunde e assusta o Centrum.
o século anterior). Seus artigos foram Secundus parece ser um grupo de amadores perigosos não preparados
publicados em 1908 e acumularam po- para enfrentar as verdadeiras implicações da paracrônica. Alguns
eira por um tempo, mas o potencial era cientistas da Intermundos até os veem como uma ameaça literal ao
claro. Em 1922, os cientistas Centranos universo, argumentando que os ecos, tremores de realidade e algumas das
construíram seu primeiro transpor- cronologias anômalas em torno de Secundus (especialmente os mundos
tador e começaram foram explorar. A enigmáticos, pág. 133) são sinais de que a tecnologia paracrônica de
paracrônica deu ao Centrum acesso aos Secundus danifica o tecido local do continuum. Ironicamente, o Centrum
recursos inexplorados da Terra onde a vê a política da Infinity sobre O Segredo como paranoia — ele entende
humanidade nunca havia evoluído — a cautela em cronologias avançadas, mas a ideia de proteger de culturas
e, nos primeiros anos, a oportunidade menos avançadas realmente não existe em seu universo mental.
de comprar ou roubar mercadorias de
muitas culturas paralelas. O Centrum
tornou-se tão rico à sua maneira quan-
to a Infinity Ilimitada — até mais rico, cundus (que o Centrum vê como uma de Grau 1, e o nepotismo é desencora-
porque tinha menos escrúpulos — mas quase-anarquia perigosamente desuni- jado pela opinião pública (além de ser
despejou sua riqueza de volta na re- da) em 2015 despertou medos arraiga- ilegal); as pessoas devem crescer por
construção global. dos e silenciou os objetores. seus próprios méritos.
Em 1934, após alguns contratempos Os Serviços têm regulamentos indi-
iniciais, o Centrum adotou oficialmente
os Protocolos Lockridge, uma política Centrum Hoje viduais sobre os significados dos dife-
rentes graus: alguns são mais aberta-
rígida de não-interferência em relação O Centrum moderno realizou os so- mente hierárquicos do que outros. Os
às cronologias habitadas (quase to- nhos de seus fundadores. É uma socie- privilégios de comando nunca cruzam
das tecnologicamente primitivas, de dade conscientemente racional que ofe- a linha entre os Serviços, mas os ci-
qualquer maneira), e se concentrou na rece a cada cidadão uma vida decente e dadãos de nível inferior geralmente se
mineração e colonização dos mundos a chance de cumprir uma função útil. submetem aos superiores socialmente.
vazios. Tinha mais do que suficiente Todos podem ascender à altura de seus (A exceção: qualquer Grau 7 pode co-
para fazer o que queria em sua própria talentos e impulsioná-los, independen- mandar alguém que não pertença ao
Terra: curar as pragas da guerra, acabar temente de raça, sexo ou ancestrali- seu Serviço como se fosse um Grau 5
com a fome, depor os senhores da guer- dade. Por outro lado, o Centrum não nesse Serviço.) Todos os cidadãos de-
ra locais e, em geral, evitar uma queda valoriza muito as noções de liberdade vem exibir um crachá com seu nome,
na barbárie. ou direitos humanos, que tende a con- grau, Serviço e número de identifica-
Depois de completar a recuperação siderar superstições. A sociedade pode ção pessoal. A maioria dos Serviços
de sua Terra, o Centrum (que abando- existir para o benefício dos indivíduos, também tem um uniforme que seus
nou o “o” em 1958 após completar for- mas nenhum indivíduo importa muito membros usam durante o Serviço; o
malmente a reunificação global) recon- em comparação com ela. do Intermundos é carmesim e azul da
siderou sua atitude em relação a outras meia-noite.
cronologias. Alguns queriam espalhar Política Existem centenas de Serviços, al-
os benefícios de sua civilização, trazen- O Centrum é uma meritocracia ar- guns dos quais empregam apenas algu-
do tecnologia e organização superiores regimentada: todos os cidadãos ingres- mas centenas de milhares de pessoas.
para cronologias menos desenvolvidas sam no Serviço para o qual têm mais Os serviços mais poderosos são Agricul-
e salvando as avançados de sofrer sua aptidão e inclinação, para serem pro- tura, Educação, Energia, Intermundos,
própria Última Guerra. Outros acre- movidos estritamente por talento e rea- Justiça, Logística e Saúde. O Serviço
ditavam que a expansão contínua era lizações. Cada cidadão adulto pertence Militar está prestes a se tornar mais im-
necessária para a saúde do Centrum a um dos sete graus, correspondendo a portante com o novo intervencionismo
ou simplesmente ambicionavam novos um grau específico dentro do seu Servi- do Centrum, assim como o novo Servi-
campos de ação. A descoberta de Se- ço. Todo mundo começa como cidadão ço de Aperfeiçoamento (pág. 54).

48 Inimigos em Todo Tempo


No topo, os coordenadores Grau 7
competem para definir as diretrizes,
trabalhando por meio de sua assem-
bleia geral, o Fórum, que detém o
poder supremo. Facções não oficiais
determinam uma política ampla: os
Intervencionistas dominam no mo-
mento. Eles introduziram as novas
políticas que permitiam a exploração
e (em grande parte dissimulada) a
interferência nas cronologias habi-
tadas. A descoberta de Secundus os
justificou aos olhos dos Pragmáticos,
cujo objetivo principal é proteger o
Centrum de ameaças externas ou dis-
túrbios domésticos. O principal grupo
de oposição hoje são os Progressistas,
que querem mais melhorias na base 2
de recursos e tecnologia do Centrum e
um aumento geral no nível de riqueza
global com subsídio de subsistência,
antes de assumir projetos de grande
escala.

Segurança
Não existe um único “Serviço de
Segurança”. O Serviço de Justiça lida
com o crime — e invasão ou posse de
itens não autorizados é um crime —
mas cada Serviço lida com a seguran-
ça de seu próprio prédio e equipamen- bimestralmente), que ensinam pe- Serviços — o Serviço Intermundos
to e muitos não gostam de chamar a rícias básicas (pág. 191) e inculcam essencialmente seleciona saltadores
Justiça. Os complexos de Serviços têm atitudes corretas. Durante seu tempo de mundos, junto com teletranspor-
os sistemas de segurança usuais de no Liceu, os alunos são testados repe- tadores e projetores astrais. Liceus
prédios — verificações de identidade, tidamente; o Serviço de Educação é também usam drogas para melhorar
câmeras e assim por diante. especializado em identificar aptidões a atenção e memória, e facilitadores
O Serviço de Logística possui um de todos os tipos. Os alunos são sutil- de sono NT8, entre outros protocolos
software que rastreia as compras e as mente, ou às vezes descaradamente, educacionais avançados. O Serviço de
compara com a renda dos graus, en- encorajados a ingressar em serviços Educação tentou o condicionamento
tão o mercado negro tem que funcio- específicos com base nos resultados. mental total, mas descobriu que esses
nar na base da troca em vez de dinhei- Qualquer um que mostre aptidão padrões de pensamento impostos ten-
ro. De qualquer forma, não há papel psíquica é direcionado para um pro- dem a desaparecer ao longo de alguns
ou dinheiro cunhado: os créditos só grama especial operado por vários meses ou anos.
existem eletronicamente.
As Identificações dos cidadãos
contêm padrões retinais codificados e
sequências de DNA; eles são extrema-
mente difíceis de falsificar em NT8 ou Servidão por Escritura
abaixo. A rede de computadores que
mantém o controle das autorizações, A população do Centrum já é pequena o suficiente para ter dificuldades
por outro lado, não é tão segura quan- para sustentar sua civilização, quanto mais para fazer uso eficiente de
to o Centrum pensa. Hackers familia- todos os outros mundos ao seu alcance. Uma resposta é a automação, e o
rizados com os sistemas Centranos Centrum faz uso bastante extensivo de robôs NT8 — mas muitas tarefas
e um terminal de acesso (ambos re- exigem flexibilidade demais para as máquinas.
conhecidamente difíceis de adquirir) Trabalhadores humanos de outras cronologias são uma solução cada
nunca experimentam uma penalidade vez mais popular. Estes não são recrutas do Serviço; eles nem chegam
superior a -5, e -2 é a mais comum. a ser cidadãos. Em vez disso, o Centrum oferece contratos de escritura:
os termos padrão são 30 anos de trabalho com despesas de manutenção
Educação pagas e assentamento em um mundo colônia ao final do contrato. Os
reclusos têm poucos direitos e não podem se tornar cidadãos (embora seus
As crianças mais novas são educa-
filhos possam) a menos que um oficial do Serviço compre seu contrato e
das em várias escolas e as mais velhas
os apadrinhe. É ilegal coagir qualquer pessoa a assinar um contrato de
vão para as Faculdades de Serviços,
escritura, mas é perfeitamente aceitável recrutar, digamos, prisioneiros
mas todos os cidadãos frequentam
políticos do Reich-2 (pág. 142) ou futuros sacrificados do Império Tenochca
um Liceu dos 10 aos 16 anos. A pe-
em Ezcalli (pág. 124).
dra angular do poderoso Serviço de
Educação, os Liceus são internatos
(visitas domiciliares são permitidas

Inimigos em Todo Tempo 49


Valores e Moralidade
Os valores básicos do Centrum
são ordem, racionalidade e sucesso.
A ordem é identificada com o esta-
do unificado e seus opostos naturais
são anarquia e guerra. A maioria dos
Centranos até vê o progresso tecnoló-
gico com suspeita, por causa de seu
potencial de ruptura social. Raciona-
lidade significa enfrentar a realidade
e se manifesta na realização bem-su-
cedida de seus objetivos. O Centrum
admira a visão sem filtros e a vontade
inabalável, do tipo que reconstruiu o
mundo após a Última Guerra; assim,
a desumanização é quase uma virtude
para eles.
O Centrum atribui valor à vida hu-
mana e prefere evitar matar pessoas.
Não há tolerância com a discrimi-
nação por qualquer motivo, exceto
talento. Supõe-se que o bem estar da
sociedade supera o bem estar indivi-
dual de qualquer membro, e uma das Estilos de Vida de alta qualidade. Drogas recreativas
de diversas variedades são legais e
principais causas de preocupação é o A riqueza pessoal desempenha um
papel pequeno na sociedade Centra- comuns, embora desaprovadas pelos
recente crescimento da ambição pes- graus superiores.
soal e até mesmo da corrupção nos na, e as complexidades da economia
não afetam a vida diária. Os cidadãos
escalões superiores.
Vivendo em uma sociedade cul- recebem as necessidades básicas gra- Tecnologia
tuitamente, embora só se sintam real- O Centrum é basicamente NT8,
turalmente uniforme, os Centranos com alguns dispositivos NT9. Sem
são geralmente tacanhos e tendem mente confortáveis (para os padrões
Americanos do século 21) em torno valorizar o rápido progresso tecno-
a culpar a irracionalidade de seus lógico, ele está no NT8 há quase um
do Grau 3 — uma política proposital
oponentes pelos desacordos. Mes- século, e suas máquinas carregam as
para encorajar a aspiração a postos
mo Centranos de filosofias opostas marcas de décadas de lenta melhoria:
mais altos. Além disso, muitos tipos
têm dificuldade em lidar com os ar- elas são confiáveis e robustas, em vez
de equipamentos são ilegais para uso
gumentos uns dos outros, e todos de chamativas e “de ponta”. Células de
pessoal. Se você precisa profissional-
acham difícil conceber um ponto de energia padronizadas são usadas para
mente de uma arma de choque, um
vista que não compartilhe a maioria todos os equipamentos que não se co-
avião ou um computador de uso ge-
de suas suposições. nectam à rede elétrica. Os computado-
ral, o seu Serviço consegue isso para
Os Centranos são expansionistas você; se não o fizer, não tem razão res são muito comuns, mas geralmen-
por diferentes razões: alguns veem o para comprar um. O Nível de Controle te têm programas limitados; existem
ganho de controle de outros mundos do Centrum é 5. O Serviço de Justiça muitas redes para fins especiais, mas
como um ataque preventivo contra é louvavelmente dedicado, mas não vê nenhuma Internet. Além de comuni-
qualquer possível ameaça, alguns sentido em sutilezas legais que pos- cações e satélites meteorológicos, o
veem isso como uma intervenção sam impedi-los de apreensão rápida e Centrum não tem nenhum programa
humanitária e alguns pensam que punição de criminosos; por exemplo, espacial digno de menção; a astrofísi-
qualquer aumento de poder é uma interrogatório sob drogas é rotina. As ca é útil apenas pelo que revela sobre
justificativa por si só. Todos preferem liberdades pessoais são permitidas a paracrônica ou física de alta energia,
concentrar-se nos mundos mais avan- quando não interferem na ordem pú- e o Centrum tem muitos recursos em
çados: são esses que podem descobrir blica: por exemplo, existe liberdade de outras Terras que não requerem trajes
a paracrônica, que correm o risco de expressão, mas os Serviços controlam a vácuo.
ter sua própria Última Guerra e os todas as publicações e transmissões. O Centrum é extremamente rico
que são mais ricos se apenas pude- Centranos trabalham oito horas por como sociedade e tem acesso a uma
rem ser organizados de maneira ade- dia, seis dias por semana; eles têm o quantidade fenomenal de matérias-
quada. Em qualquer caso, a lógica domingo de folga como um resquício -primas. Ele joga lixo e muitos resídu-
expansionista Centrana não tem limi- do cristianismo oficial. (O Centrum os industriais no mundo sem vida Q8
tes: apenas um poder soberano indi- não reconhece a religião publicamen- Omega. A fissão nuclear é talvez a fon-
visível é a proteção adequada contra te; a prática é liberada, mas não orga- te mais comum de eletricidade, já que
uma repetição da Última Guerra. Al- nizada. A pregação radical contra o o Serviço de Energia não precisa se
guns coordenadores se desesperam Centrum é considerada uma traição preocupar com o descarte de resídu-
com isso — há, em teoria, uma infi- desagregadora, assim como qualquer os. Algumas indústrias pesadas foram
nidade de mundos, e não há nenhu- ameaça radical.) A TV é monótona, realocadas para os mundos colônias,
ma razão física para que o número de mas a música, principalmente impor- mas os controles ecológicos estão em
mundos acessíveis não deva continu- tada de outras cronologias, é extrema- vigor em todos os mundos que os Cen-
ar crescendo sem limites. mente variada e surpreendentemente tranos habitam.

50 Inimigos em Todo Tempo


A maioria dos Centranos mora nas
cidades e usa o sistema ferroviário pú-
blico para se deslocar entre seus pré-
dios de moradia e os complexos dos
Classificação Centrana
Serviços. Embora ainda existam distri-
tos de estilo antigo em muitas cidades,
dos Mundos
a arquitetura Centrana moderna tende O Centrum classifica os mundos de duas maneiras: por Onda e por
fortemente para caixas gigantescas de Zona. A Onda é equivalente ao “Quantum” na Linha-Base, embora o
vidro e concreto. As cidades estão in- Centrum chame seu próprio nível (Quantum 8) de Onda Zero, e o da
terligadas por via aérea, uma vez que o Linha-Base (Quantum 5), por exemplo, Onda Menos Três. O Centrum
Serviço de Transporte considerou a re- pode alcançar Ondas entre Onda Menos Dois (Q6) e Onda Dois (Q10).
construção da rede ferroviária de pas- (Para maior clareza, até mesmo esta seção usa a terminologia da
sageiros ineficiente e ecologicamente Linha-Base.) O Centrum também classifica todos os mundos paralelos
inadequada. Automóveis com célula de em relação a eles próprios politicamente, para fins de viagem e outras
combustível de hidrogênio são comuns atividades permitidas.
no campo, mas poucos são de proprie- Zona Púrpura: O mundo original.
dade privada; os Serviços, especialmen-
te o de Agricultura, os designam para
Zona Índigo: Mundos colônia sem outros humanos. Acesso ilimitado
disponível para qualquer cidadão Centrano. Existem três cronologias
2
usos apropriados. O transporte de car- Índigo em Q8 e uma em Q9; cada uma tem alguns milhões de pessoas.
ga é feito por caminhões e navios ecra- Zona Azul: Mundos vazios, incluindo aqueles naturalmente hostis à vida
noplanos, muitos deles equipados com humana. Acesso restrito ao Serviço Intermundos por razões de segurança.
geradores de campo paracrônicos pro- Uma cronologia Azul no Q8, Omega, é a cronologia oficial de “eliminação
gramados para viajar para uma outra de resíduos”. Existem também cronologias Azuis em Q6, Q7 e Q10 que
cronologia. podem ser colônias, mas ainda não foram exploradas.
Zona Verde: Mundos com nativos sob controle adequado. Viagem
Medicina restrita aos Serviços Intermundos e Aperfeiçoamento, e aos Grau 5 de
A medicina Centrana é basicamente qualquer Serviço.
NT8, com tratamentos NT9 contra do- Zona Dourada: Mundos sem controle estabelecido, com nativos muito
enças contagiosas graças a décadas de primitivos para representar uma ameaça séria. Esta categoria inclui os
experiência contra bioarmas selvagens. cinco mundos pós-holocausto conhecidos no Q8. Acesso limitado a agentes
Centranos que viajam para outros dos Serviços Intermundos e Aperfeiçoamento de Grau 3 ou superior, ou a
mundos recebem tratamentos de pa- agentes do Serviço de Mineração licenciados sob supervisão do S.I..
nimunidade (Resistente à Doenças +8) Zona Laranja: Mundos sem controle estabelecido, com nativos que
como uma questão de rotina. O Cen- desenvolveram ou poderão em breve desenvolver tecnologia suficiente
trum é capaz de clonar humanos, mas para equipamentos paracrônicos (NT7+). Acesso restrito a agentes do S.I.
carece de tanques de crescimento for- com autorização de um S.I. Grau 5 ou superior.
çado, então os clones são criados ape- Zona Escarlate: Mundos hostis e aqueles com capacidades (NT8+,
nas como um privilégio especial para psíquicas ou paracrônicas) que os tornam um perigo potencial. Acesso
cidadãos estéreis, heróis públicos ou restrito a agentes S.I. com autorização de um S.I. Grau 6 ou superior.
coordenadores de sucesso incomum.
Os Progressistas apoiam a clonagem Nomenclatura
em grande escala para aumentar a base
demográfica do Centrum, mas não con- Até recentemente, o Centrum usava designações de letras Gregas para
seguiram aprovar o comprometimento os mundos vazios que eram sua maior preocupação: os três mundos
colônia na Zona Índigo são Alfa, Beta e Gama, por exemplo. O S.I. agora
de recursos necessários para criar tan-
usa oficialmente um número/letra/código numérico que fornece Onda,
tos filhos sem pais. Implantes biônicos
Zona e data do primeiro contato. Por exemplo, a Linha-Base é Menos
estão disponíveis no Centrum, mas a
Três/E/2015.16.3. Na prática, os agentes do S.I. usam e imitam o sistema
maioria dos cidadãos não precisa deles
de nomes da Infinity com base no ponto histórico de divergência ou
(eles são, é claro, legalmente restritos)
características notáveis no presente.
à exceção de marcapassos e similares.
Os cientistas Centranos ainda não des-
vendaram totalmente os segredos da
interface neural, embora possam ge-
renciar próteses com controles simples paracrônica pode atingir apenas um pe- para uma cronologia tenda a restrin-
e reflexivos. Comunicadores implanta- queno número. A tecnologia paracrôni- gir seus movimentos. Os mundos po-
dos e armas de ocultação são comuns ca ativa induz um efeito de polarização, dem até mudar de quantum ou vagar
entre os agentes do S.I. que viajam em de forma que os viajantes do mundo de para a faixa acessível de fora — uma
Zonas perigosas. origem só podem alcançar as cronolo- “nova” cronologia aparece a cada pou-
gias em uma faixa de 8 espaços. Dentro cos anos. Os eventos dentro de uma

Paracrônica dessa faixa, as cronologias se conden-


sam em ondas (“quanta” para habitan-
cronologia também afetam sua confi-
guração, de modo que as cronologias

Centrana tes da Linha-Base), tornando-se cada


vez mais difíceis de alcançar.
se aproximam ligeiramente de eventos
históricos que são “similares” (uma
De acordo com a teoria atual do Cen- As cronologias são configuradas em palavra com um significado científico
trum, um número incontável de crono- um padrão matematicamente previsí- preciso para físicos paracrônicos), ou
logias alternativas está organizada no vel que muda ligeiramente ao longo do mais distantes com eventos que são
espaço de 9 dimensões — mas a viagem tempo, embora a viagem paracrônica “dissimilares”.

Inimigos em Todo Tempo 51


As cronologias podem teoricamente
ter leis físicas muito diferentes, mas
apenas as bastante semelhantes po- Comunicações Paracrônicas
dem estar acessíveis. A maioria delas Para enviar mensagens entre mundos, o Centrum usa cápsulas
tem leis físicas ligeiramente diferentes, de mensagem transportadoras de 5 kg, muitas vezes equipados com
geralmente no estágio de subpartícu- transmissores de rádio e um motor de ventilador tubular para carregá-
las. O Centrum pode alcançar alguns los a uma altura segura para o salto. Os transportadores tripulados
mundos com leis naturais significati- têm uma “caixa de correio” interna independente que usam quando
vamente diferentes e algumas cronolo- saem do quantum, trocando-a regularmente por uma caixa de correio
gias com a ciência tão avançada que é correspondente em casa (contanto que ainda estejam ao alcance de uma
difícil dizer se eles têm as mesmas leis. estação). Os drones de mensagens não são usados com tanta frequência
O Centrum acreditava que a física pa- nas missões Q6 e Q7: o Centrum não tem certeza de quão boas são as
racrônica era uma ciência madura até técnicas de varredura da Infinity, mas é melhor errar sendo cauteloso.
o final dos anos 1990, quando uma en-
xurrada de dados anômalos de detec-
tores mais sensíveis colocou tudo na
mesa novamente. Em 2015, o Serviço
Intermundos descobriu a existência estações principais, o Centrum pode As estações paracrônicas do Cen-
de Secundus, outra cronologia de via- detectar saltos paracrônicos de forma trum podem recuperar um ônibus den-
jantes transdimensionais. A tecnologia confiável entre todos os quanta aces- tro de 750 metros de sua localização re-
paracrônica é tão sensível às variações síveis. (a Linha-Base só pode detectar lativa no espaço, exceto para saltos de
mínimas nas leis físicas que só deve saltos dentro da mesma cronologia.) dois quanta, que requerem uma loca-
funcionar em algumas cronologias, e Após 10 minutos e um teste de Física lização espacial dentro de 200 metros.
os parafísicos Centranos estavam con- (Paracrônica) bem-sucedido, um ope- Os saltos de dois quanta são difíceis,
fiantes de que essas cronologias se re- rador em tal estação (ou examinando na melhor das hipóteses; eles só podem
peliriam: nenhuma poderia estar mais seus dados) pode dizer o tipo de salto ocorrer durante uma “janela” quânti-
perto do que Q1 ou Q15. Então, sobre — projetor, transportador, cataclismo, ca de cerca de uma hora de duração.
o que mais eles estão errados? etc. — e seu quantum de origem. Após Os computadores do Centrum podem
uma hora de análise e um segundo tes- prever as janelas com cerca de quatro
Tecnologia Paracrônica te bem-sucedido, ele pode determinar
a cronologia específica de origem (ou
dias de antecedência, mas erram sobre
quando é esse quarto dia cerca de uma
do Centrum suas coordenadas paracrônicas, se for vez em seis.
Como a Infinity, o Centrum usa uma cronologia desconhecida), e a
transportadores (que chama de ôni- localização física do salto (com uma
bus) e projetores (que chama de es-
tações) para transportar pessoas e
margem de alguns quilômetros). Com
um sucesso crítico, ele pode determi-
O Serviço
mercadorias através das cronologias.
Como a Infinity, o Centrum só pode
nar a massa do salto.
O Centrum também usa detectores
Intermundos
Todas as viagens paracrônicas são
enviar um transportador não assisti- paracrônicos em outras cronologias,
tecnicamente competência do Serviço
do entre mundos no mesmo quantum. mas eles só podem detectar saltos na
Intermundos, que opera todas as esta-
Como a Infinity, seus transportadores mesma cronologia em que o detector
precisam de um gerador paracrônico ções paracrônicas do Centrum. Na prá-
está localizado, supondo que o opera-
(também cerca de 1/200 da massa do tica, ele delega grande parte do trans-
dor faça um teste de Operação de Apa-
transportador) e um sistema de po- porte de rotina entre as zonas seguras
relhos Eletrônicos (Sensores). Eles só
tência pulsado para fornecer energia podem detectar tipo e direção; para aos vários Serviços industriais, mas,
para o salto. Os transportadores Infi- obter um quantum específico, crono- fora isso, guarda cuidadosamente seu
nity precisam de 200 kJ de energia por logia ou localização de salto, dois ou monopólio. Chamar o Serviço Militar,
tonelada, mas os modelos do Centrum mais detectores são exigidos para fa- embora às vezes necessário, é uma sé-
mais eficientes e maduros requerem zer a “triangulação” em uma leitura. ria mancha no currículo de um agente
apenas 100 kJ por tonelada. Como Os detectores locais levam três vezes do S.I.; isso pode dar a uma situação
os projetos da Infinity, no entanto, o mais tempo para determinar infor- ruim uma chance de ficar completa-
sistema de energia custa $50 e pesa mações específicas (então determinar mente fora de controle.
2,5 kg por kJ. A paracrônica do Cen- o tipo e quantum do salto requer meia O Serviço Intermundos mantém
trum é mais confiável do que os sis- hora de trabalho), e determinar cro- suas próprias forças para evitar tais
temas Infinity; adicione um bônus de nologias específicas e locais de salto constrangimentos e treina seus batedo-
+2 à perícia Operação de Aparelhos requer um teste de Física (Paracrôni- res e agentes secretos para o combate.
Eletrônicos (Paracrônica) para um ca) com um redutor de -3. Um detec- (Dito isso, as principais armas do S.I.
transportador ou projetor construído tor local pode caber em uma mochila são o atordoador e o lança-agulhas; há
no Centrum. de grande porte; custa $600.000, pesa uma forte predisposição cultural para a
Saltos entre quanta exigem estações. 22,5 kg, e tem uma distância alcance sutileza dentro da Intermundos.) O S.I.
O Centrum tem quase mil estações es- de 1.000 metros. Se o operador tiver valoriza a sutileza, bem como o sucesso
palhadas por sua superfície, principal- tempo para configurar as antenas a comum, e incentiva o uso de recursos
mente nos centros urbanos. Tem até pelo menos 3,5 m de distância do de- locais. Seus agentes devem ter uma vi-
quatro estações marítimas que podem tector em todas as direções, o alcance são de longo prazo, o que explica sua
ser rebocadas para qualquer ponto dos é expandido para 3,5 km. Unidades preferência pelo sigilo e infiltração em
oceanos. Além de servir como hubs maiores pesam 62,5 kg, e custam $1,2 relação à interferência rápida e suja:
de transporte, essas estações moni- milhão para cada 3,5 km adicionais eles desejam manter o máximo de li-
toram as cronologias: a partir dessas de alcance. berdade de ação.

52 Inimigos em Todo Tempo


A Intermundos tem milhões de fun-
cionários — bem maior do que sua
É importante notar que o Centrum
não tem uma diretriz geral de sigilo so-
Intermundos
análoga Secundana, a Patrulha Infinity. bre a paracrônica. Na Zona Dourada, os e os Ecos
No entanto, agentes considerados ade- agentes costumam se passar por “visitan- Quase 300 cronologias Quantum 6
quadamente treinados para planejar ou tes de um lugar distante” e usam equi- duplicam Secundus em algum ponto
completar missões em cronologias não pamentos de alta tecnologia quase que anterior de sua história. Físicos para-
controlados são raros, e essas equipes livremente; O Centrum realmente não se crônicos acreditam que ter Secundus
pioram a situação competindo pelas importa com o que os nativos pensam, operando a paracrônica tão perto do
poucas missões disponíveis. O duro desde que não sejam uma ameaça. Em Centrum está criando um efeito de in-
criticismo interno garante que cada pelo menos dois mundos de baixa tecno- terferência atraindo essas cronologias
missão seja cuidadosamente planejada, logia (incluindo Arachne, um antigo eco de fora da faixa acessível. É verdade
com segurança contra falhas e backups, do Quantum 7 no século 16), o Serviço que esses são os mesmos cientistas
mas também reduz o total de operações. de Aperfeiçoamento revelou deliberada- que tinham certeza que Secundus não
mente a existência do Centrum no pro- poderia existir, mas, de fato, há evi-
Recrutando em cesso de criação de governos fantoches. dências para sua nova teoria: os ecos
Nas Zonas Laranja e Escarlate, o passam por períodos previsíveis de
Outros Mundos S.I. é muito mais cauteloso e proíbe instabilidade paratemporal. Durante
O Centrum respeita o talento e o S.I.
está dolorosamente ciente de como sua
estritamente a revelação de viagens pa- esses períodos (cerca de um terço do 2
racrônicas a qualquer pessoa que possa tempo), um eco pode mudar de con-
base de habilidades pode ser limitada. construir seus próprios transportado- figuração com muita facilidade, e a
Segundo uma emenda de 2012 aos Pro- res. Se eles souberem o suficiente sobre interferência de extratemporais em
tocolos de Lockridge, o Serviço Inter- como os locais pensam, eles terão uma suas histórias pode fazer com que eles
mundos tem o direito de convidar extra- história de fachada planejada para se mudem para outro quantum — às ve-
temporais “especialmente dignos” a se encaixar nos boatos conspiracionistas zes através de vários ao mesmo tempo!
inscreverem como trainees de Grau 1. Os locais em caso de exposição. Para um (Consulte Deslocamento de Cronologia,
candidatos passam então por uma bate- eco do final do século 20, eles trariam pág. 104.) Após uma grande mudança
ria de testes para verificar suas habilida- um OVNI ou um helicóptero preto. O na história local, a cronologia tende
des, potencial e confiabilidade, para que objetivo principal do Centrum é sempre a se estabilizar onde está, tenha sido
o Serviço saiba o que fazer com eles. Per- atingir um nível de influência suficiente deslocada ou não.
formar mal provavelmente significa ficar para bloquear o desenvolvimento da pa- Como resultado, os ecos se torna-
preso a funções sem relevância; falhar no racrônica. Mas a maioria do pessoal do ram o principal “front” na guerra com
teste de lealdade acarreta deslocamentos S.I. também deseja estar em posição de Secundus. A maioria dos cientistas
restritos e monitoração de perto (para salvar qualquer outra cronologia de uma concorda que deslocar ecos suficien-
aqueles que são muito valiosos para dis- Última Guerra, o que fortalece sua pre- tes para quanta mais elevados acabará
pensar) ou exílio — ou mesmo execução, ferência geral por cronologias com um fazendo com que o próprio Secundus
se o candidato for visto como um perigo poder hegemônico sobre aquelas com mude para um quantum inferior por
potencial. (O agente que recrutou um estados concorrentes. O Centrum geral- meio de um princípio de ação-reação,
candidato executado pode contar com mente escolhe um lado (aquele que eles possivelmente até mesmo fora da faixa
o posto de descarte de lixo nuclear pelo acham que podem se infiltrar e manipu- acessível. O Centrum também é seduzi-
resto de sua carreira, na melhor das hi- lar com mais facilidade) e sutilmente o do pela ideia de adicionar mundos dis-
póteses.) Se sair bem nos testes, oficial- constrói enquanto derruba seus rivais. poníveis para uma eventual exploração.
mente, pode qualificar um extratemporal Se a Infinity aparecer do outro lado, a As operações em muitas cronologias Q9
para uma cidadania probatória. Intermundos pondera as opções — ir e Q10 foram colocadas em espera en-
Extratemporais são o único grupo fundo para sabotar clandestinamente a quanto o Serviço Intermundos se con-
que sofre de preconceito social gene- Patrulha, ou fornecer abertamente a um centra nos ecos: se o Centrum não se
ralizado no Centrum. Oficialmente, os lado conselheiros, armas e suprimentos apoderar deles agora, pode nunca ser
recrutas têm as mesmas chances de pro- de alta tecnologia, ou algo entre os dois. capaz de fazê-lo.
moção que qualquer outra pessoa; ex-
traoficialmente, é provável que o S.I. os
coloque em posições de nível médio sem
muita chance de avanço, especialmente
se eles foram escolhidos em primeiro Mentalidade Intermundos
lugar por causa de um talento especial
para a ciência, línguas ou psiquismo. Os agentes de campo do Serviço Intermundos são geralmente mais
cabeça aberta do que seus coordenadores, mas ainda têm problemas para
Diretrizes Intermundos entender pontos de vista radicalmente diferentes, como democracia ou
O S.I. não tem como investigar cro- religião fundamentalista. Secundus os confunde terrivelmente por causa
nologias além de enviando pessoas para do controle paracrônico da Infinity frente a governos e corporações. Mesmo
dar uma olhada. Normalmente, a pri- os coordenadores que possam favorecer um entendimento com Secundus
meira inspeção aloca várias equipes em veem isso como uma anarquia — entre a Infinity, a ONU e governos
locais onde a maioria das cronologias nacionais poderosos, não há ninguém com quem assinar um tratado!
tem cidades importantes (Jericó, Cons- Os agentes do Serviço Intermundos são treinados para ter uma visão de
tantinopla, Londres, Nanquim, Nova longo prazo, que é uma das razões pelas quais eles preferem a infiltração à
Orleans). Depois disso, depende da intervenção visível. A outra é que a força maciça significa perder o controle
Zona: eles usam imagens aéreas nas Zo-
dos assuntos locais para o Serviço Militar ou o de Aperfeiçoamento.
nas Azul e Dourada, muito mais agen-
tes na Zona Laranja e alguns agentes
escolhidos a dedo na Zona Escarlate.

Inimigos em Todo Tempo 53


Atualmente, o Centrum deslocou nal e tecnocrática. Embora o Centrum seria impiedosamente oposto a qualquer
nove ecos para Q7 e seis para Q8 ou seja um mundo sem mana, a Patrulha ameaça ao seu monopólio paracrônico.
superior; dois foram enviados para Q5 sempre poderia encontrar um estilhaço (Mas certifique-se de que não permitir
por cálculos errados. Quatro outros fo- de realidade aprimorada com mana em invasões diretas, para manter a campa-
ram acidentalmente deslocados para algum lugar para ajudar a trazer a di- nha em uma guerra de influência em vez
um quantum superior por Secundus, versão. O prêmio para o sucesso seria a de apenas uma guerra.) Embora o Servi-
que também mudou três para quanta informação: como o Centrum pensa em ço Militar seja pequeno em comparação
inferiores (e um de volta para Q6 de geral, como eles calculam os desloca- com os exércitos da Linha-Base (apenas
Q7): A Infinity raramente pode prever mentos de cronologia, ou talvez notícias meio milhão de homens), é especialista
os efeitos de uma intervenção. de uma grande operação do Centrum na tática blitzkrieg contra inimigos de
para impedir em cima da hora (veja Tra- baixa tecnologia, e com seu armamento
O Serviço de mas Centrum a Impedir, abaixo). NT9, seria um difícil até mesmo para al-
guns exércitos de alta tecnologia.
Aperfeiçoamento A Guerra Infinita Em ambos os casos, os Centranos
Separado do Serviço Intermundos podem se ajustar a qualquer tipo de
em 2012, com alguns funcionários de Geralmente, no entanto, Centra-
nos aparecem em outras cronologias. personagem “agente secreto”. Muitas
vários outros Serviços, o Serviço de vezes é difícil encaixar PdMs contínuos
Aperfeiçoamento recebe a tarefa de Quantum 6 é o foco principal da luta,
mas o Serviço Intermundos opera em em uma campanha transdimensional,
civilizar as cronologias menos desen- mas um Centrano pode ser o cérebro
volvidas onde o Centrum adquiriu o todos os lugares. O Centrum tem muito
menos problemas para se infiltrar em por trás dos esquemas os jogadores
controle. Com as recentes mudanças atrapalham, ou o contato sombrio que
de política e a guerra contra Secundus, uma sociedade relativamente aberta
como a Linha-Base do que o contrário, lhes dá informações, mas tem uma
existem muito mais mundos desse tipo agenda privada, ou ainda o rival desen-
agora do que no passado, e o Centrum então eles podem até aparecer em mun-
dos quânticos baixos, embora precisem caminhado (geralmente do sexo opos-
está achando a tarefa mais difícil do to) que tenta recrutar os PdJs… ou pelo
que o previsto. de um motivo especial para arriscar.
Esse motivo não é necessário no Q7 ou menos o mais atraente.
O Aperfeiçoamento é essencialmen-
te dividido em correntes independentes mesmo no Q6: o Centrum dá ao Serviço
de pequenos grupos de coordenadores, Intermundos todos os recursos neces- Representando
cada um com sua própria ideia de como sários para operar dentro de sua esfera Centranos
melhor modificar um mundo para ex- natural de influência. Os jogadores também podem partici-
ploração imediata e absorção de longo O Centrum também pode aparecer par da guerra infinita do outro lado. Al-
prazo. Eles andam recebendo uma car- como um adversário em outras cam- guns grupos podem gostar de interpre-
ta branca incomum: o consenso é que panhas transdimensionais: ele pro- tar os vilões de vez em quando. Ou eles
a única maneira racional de proceder vavelmente tentaria apenas recrutar podiam jogar extratemporais recrutados
é experimentar muitos sistemas dife- quaisquer viajantes independentes, mas em situações horríveis o suficiente para
rentes e verificar novamente em uma
geração para ver o quão bem-sucedidos
eles têm sido. Bastante difícil para os
nativos, mas sua atual miséria caótica
também não é muito atraente.
Tramas Centrum a Impedir
A Infinity Ilimitada não tem ideia de que uma das razões do Centrum
para “roubar” as cronologias ecos é tentar mudar a Linha-Base para
Campanhas um quantum inferior. Na verdade, o Centrum está tentando ajustar
as configurações dessa cronologia para deslocá-la de Quantum 5 para
Centrum Quantum 3. Não apenas isolaria todos os azarentos habitantes da Linha-
Base que estão em Q6 e Q7, mas também tornaria a Linha-Base facilmente
O uso mais óbvio do Centrum é como
acessível por transportador a partir de cronologias perigosas em Q3, como
um vilão na campanha padrão dos Mun-
Merlin-1 (pág. 132), Reich-5 (pág. 57) e Shikaku-mon (pág. 148).
dos Infinitos. O seu mundo original
Um grupo de Pragmáticos e Progressistas tem defendido uma abordagem
geralmente fica fora de alcance — e da
diferente: construir uma grande armada equipada com transportador em um
ação — mas a Infinity Ilimitada adoraria
dos ecos deslocados para Q8, então deliberadamente transferi-los de Q6 para
saber mais sobre seu inimigo. Patrulhei-
Q5 e invadir a Linha-Base diretamente. O principal argumento contra essa
ros que provarem ser excepcionalmente
tática tem sido o custo: embora a Patrulha Infinity seja bastante pequena, as
bons em infiltração (ou em irritar seus
forças armadas coletivas da Linha-Base superam o Serviço Militar. Mas se o
superiores) podem ser designados para
Centrum obtivesse armamento mais avançado (digamos, de Califa, pág. 117)
visitar Quantum 8 por meio de um por-
ou encontrasse aliados entre os terroristas da Linha-Base, ele poderia tentar.
tal de acesso ou saltador de mundos psí-
Uma pequena facção de coordenadores é a favor do oferecimento de
quicos e voltar com relatos. As chances
tecnologia paracrônica a mundos em outros quanta, calculando que uma
de sobrevivência não são boas, menos
parceria poderia controlar os outros mundos mais facilmente do que
ainda de sucesso, a menos que a equipe
o Centrum sozinho. É improvável que esse ponto de vista ganhe muita
de reconhecimento tenha uma carta na
popularidade no Fórum, mas se algum contratempo deixar o Centrum em
manga — um Centrano desonesto para
pânico, eles podem tentar criar um segundo front para a Infinity no Q3 ou
treiná-los ou até mesmo guiá-los, pelo
Q4. (O Reich-5 é um alvo assustadoramente tentador para tal oferta.) Os
menos, e talvez também recursos espe-
renegados Centranos são mais propensos a tentar isso, já que quebrar o sigilo
ciais como psiquismo, magia ou tecno-
seria uma maneira de ganhar uma posição elevada em um mundo paralelo!
logia estranha. O Centrum parece muito
vulnerável à magia; simplesmente não se
encaixa em sua visão de mundo racio-

54 Inimigos em Todo Tempo


que o Centrum parecesse um salvador.
Se eles quiserem tentar consertar sua
cronologia ou cronologias originárias, o
Serviço Intermundos permite que imple-
mentem qualquer plano que deixe o Cen-
Guerras Infinitas
trum no comando. Se forem realmente
bem-sucedidos, podem ser transferidos
Alternativas
para o Serviço de Aperfeiçoamento e A guerra dimensional pode ser um cenário muito estável: nenhum dos
orientados a fazê-lo outras vezes! lados realmente tem os recursos para excluir o outro completamente e
Alternativamente, o MJ pode tornar eles são imunes a ataques diretos. Mas os MJs que desejam perturbar o
o Centrum mais agradável e talvez se li- status quo também têm várias opções. Primeiro, outra cronologia poderia
vrar totalmente da guerra dimensional. se tornar paracrônica e tentar esculpir sua própria esfera de influência
Ainda há uma diferença básica de abor- (dentro de um quantum); O Reich-5 está prestes a ser uma dessas ameaças,
dagem: enquanto a Patrulha Infinity e se o Chronobahn (pág. 79) se estender para fora do Q3, pode ser ainda
passa a maior parte do tempo limpando pior. Para alterar o equilíbrio atual ainda mais, talvez algum deslocamento
a bagunça de outras pessoas, o Serviço inexplicado jogue o Reich-5 em Quantum 6, bem entre a Linha-Base e o
Centrum!
Intermundos dá mais ênfase em fazer
sua própria bagunça. Para uma grande mudança no cenário existente, faça com que os 2
Se os jogadores vão tentar “roubar” deslocamentos de eco criem finalmente a reação que os cientistas
um eco, a missão estereotipada do Cen- Centranos teorizam e desloque a Linha-Base para Quantum 4 ou Quantum
trum, eles precisam de uma mudança 3. Ou faça com que funcione, mas não exatamente como o esperado: mude
histórica: o MJ pode designar uma, ou, Secundus para Quantum 6 e transforme o jogo em uma guerra franca. Ou
se os jogadores conhecem sua história, desloque a Linha-Base completamente para fora da faixa acessível — o que
eles podem tentar descobrir algo sozi- seria uma vitória! Claro, então o Centrum teria que lidar com os agentes da
nhos. Qualquer coisa que torne a his- Infinity que ficaram para trás, que de repente tem muito menos interesse
tória da Linha-Base mais parecida com em manter a paracrônica em segredo, e uma enorme motivação para
o Centrum é um jogo justo (consulte vingança. Ou desloque o Centrum para Q9 ou Q10 (“opa, inverteu o sinal
Metendo um Dibre no Destino, pág. 87) dessa equação”) e dê a ele um novo conjunto de mundos para se preocupar.
— mas a direção do deslocamento geral- Um avanço tecnológico é outra possibilidade. Os saltadores de mundo
mente não pode ser calculada para des- psíquicos podem viajar entre quanta indefinidamente longe do Centrum ou
Secundus: isso deixaria os “Mundos Infinitos” fazerem jus ao seu nome. Se
truir cidades e deslocamentos brutais
a técnica (ou alguma outra que ignore as restrições quânticas) for trazida
semelhantes. Os jogadores também de-
de fora por outra cultura transdimensional, a guerra dimensional ganharia
vem se lembrar de ter um plano B caso a
um participante que poderia até forçar o Centrum a se aliar com a Infinity.
primeira abordagem não funcione.
A missão mais comum do Serviço
Intermundos, na verdade, é a infiltra-
ção de longo prazo, construindo a es-
trutura de poder do Centrum em uma As missões de investigação são de (geralmente porque agora eles têm
determinada cronologia ou adquirindo outra possibilidade: o Centrum está alguém que pode arriscar algumas
conhecimento da maneira mais se- continuamente em alerta para a in- palavras nos idiomas locais). Alguns
gura possível. Os grupos de jogadores fluência da Infinity e, no processo, mundos da Zona Dourada certamente
são mais propensos a receber breves frequentemente descobriu anomalias têm características desconhecidas —
missões de apoio, trazidas para forne- em mundos que eles pensavam que um mundo bárbaro pode acabar sen-
cer a experiência de que os infiltrados entendiam. Também há missões de do o pós-holocausto, com resquícios
precisam para melhorar sua posição inspeções diretas, seja para cronolo- da antiga alta cultura ainda por aí,
— geralmente por meios ilegais como gias recém-surgidas ou para mundos ou uma superstição local sobre magia
arrombamento e invasão, roubo ou “de- que o Centrum só agora está se prepa- pode acabar tendo raízes em algum
saparecimento” de algum indivíduo. rando para examinar em profundida- tipo de fato concreto.

Inimigos em Todo Tempo 55


sionantes. O MJ deve ser generoso com
o equipamento solicitado no início da
Centrum Sombria, campanha, mas mesquinho com pedi-
dos posteriores. (“Você tem um mundo
Centrum Leve inteiro próprio; certamente você pode
encontrar um robô matador de tanques
Os Centranos, conforme apresentado no cenário padrão de Mundos em algum lugar.”)
Infinitos, não são boas pessoas. Embora não sejam especialmente corruptos, Tal campanha apresenta muita liber-
eles são ligeiramente paranoicos, muitas vezes tacanhos e definitivamente dade para o jogador e um papel de MJ
implacáveis. (Ou, a seus olhos: preocupados com a defesa, impacientes mais reativo — mas planeje algumas
com práticas arcaicas ou sem sentido e pragmáticos em sua determinação surpresas, e não se esqueça de que a In-
de cumprir seus objetivos.) É fácil torná-los ainda mais vilões; tudo o que finity provavelmente interferirá se eles
eles precisam é de uma ideologia adequadamente cruel. Embora esse nicho puderem. Consulte Tornando Fácil (ou
ambiental pareça bem preenchido pelo Reich-5, talvez o Centrum seja uma Quase) a Conquista de Cronologias na
tecnocracia comunista ateia cheia de gulags para cabeças-duras falantes de pág. 208 para mais sugestões. Os Cen-
árabe. Isso pode criar um bom cenário de “Segunda Guerra Mundial, Mais tranos tendem a subestimar os nativos,
Uma Vez”, já que a Infinity tem que se aliar a seus inimigos mortais para confundindo primitivos com estúpidos
derrotar uma nova remessa de inimigos mortais. e sendo confundidos sempre que eles
MJs que desejam um Centrum melhor, talvez como base para PdJs, não agem “racionalmente” — ou seja,
podem transformá-lo sem muitos problemas. Credite-o com genuínas como os Centranos. Os líderes do Cen-
boas intenções em relação a outras cronologias (é claro, ele ainda pode ter trum também subestimam o perigo de
problemas para entender os pontos de vista estrangeiros), e dê ao Centrum que uma equipe Aperfeiçoamento, ao
Leve mais consideração ao indivíduo no lugar de seu comunitarismo que aprender a entender os nativos, possa
justifica os meios. Demonstre sua aversão genuína ao racismo e sexismo vir a se identificar com eles. Isso pode
e sua devota preocupação com a ecologia e a igualdade de oportunidades. levar a alguns conflitos morais interes-
O Centrum Leve poderia até ter um Parlamento eleito democraticamente santes entre os próprios PdJs (ou entre
no lugar do Fórum, embora fosse divertido brincar com uma democracia os jogadores!) ou com seus superiores e
variante. Talvez todos tenham votos iguais ao seu grau de cidadania, e a subordinados.
candidatura real para o cargo é
restrita ao Grau 7. A Linha-Base
pode ser substituída por uma
cronologia mais vil, totalmente
removida do cenário, ou até
mantida a mesma, com os
dois lados vendo além dos
estereótipos desagradáveis que
cada um tinha do outro.
Talvez isso possa levar a
uma verdadeira evolução no
Centrum, permitindo que ele
aceite parceiros em vez de
rivais ou súditos. O Centrum e a
Linha-Base poderiam ancorar
uma Federação de Mundos,
espalhada por centenas de
Terras paralelas, reunindo
sua tecnologia e recursos,
implantando colônias e
enviando diplomatas e
acadêmicos para mundos mais primitivos. O Serviço Intermundos e Renegados
a Infinity podem se tornar instituições multidimensionais que lidam Uma campanha também pode ser
com a exploração — e defesa contra um totalmente mobilizado Reich-5 construída em torno de uma equipe que
e seu Sonho dos Mil Mundos. se afasta do Centrum. O jogo pode co-
meçar com renegados ou com um grupo
de agentes que lentamente se desilude
com seus superiores e decidam pular
fora por conta própria. Se eles passarem
Interpretando o Serviço Mudar o Mundo, pág. 105). Os objetivos
básicos são unidade política, hierarquia para a Infinity Ilimitada, eles podem
de Aperfeiçoamento meritocrática e progresso técnico (até
pender a balança de poder. Encontrar
um nicho para eles em alguma outra
Uma possível campanha poderia en- um NT5 ou 6 estável, de qualquer ma- cronologia deveria ser possível, mas
volver uma equipe de coordenadores do neira); seria um bom bônus torná-los não seria um jogo muito bom, a menos
Serviço de Aperfeiçoamento designa- falantes de Inglês. Os meios usados de- que estivessem tentando construir um
dos para “civilizar” um mundo da Zona pendem totalmente dos jogadores: eles império, encontrando algo inespera-
Dourada (ou possivelmente Laranja). têm um grande orçamento e algumas do, ou ambos. Criar um novo grupo de
Para finalmente absorver a cronologia, centenas de funcionários, mas é impro- viajantes transdimensionais também é
mudanças culturais de longo prazo pro- vável que recebam muito mais ajuda uma possibilidade, mas traria a ira do
vavelmente serão necessárias (veja Tente sem resultados intermediários impres- Centrum e da Infinity juntos.

56 Inimigos em Todo Tempo


Esse paralelo divergiu da Linha-
Reich-5
publicamente que o fascismo era a do da União em 1936 para trazer o
-Base com o assassinato do presi- “onda do futuro”. Os socialistas e co- fascismo para a América. O radica-
dente eleito Franklin D. Roosevelt munistas da América se opuseram a lismo econômico de Wallace provou
por Giuseppe Zangara em 1933 e o ele, e quando a Depressão continuou ser impraticável e, junto com sua ten-
retorno dos Estados Unidos ao isola- a se aprofundar, Lindbergh perdeu as dência crescente de governar para as
cionismo. Enquanto a América afun- eleições em 1940 para o democrata massas, ele conseguiu atrair um nú-
dava ainda mais na depressão e no socialista Henry Wallace. mero cada vez maior de Americanos
desespero, a Alemanha de Hitler e o A essa altura, a blitzkrieg de Hitler para o Partido da União. Pelley jun-
Japão Imperial destruíram os Aliados engoliu a Polônia e derrubou a Fran- tou-se aos Republicanos de Lindber-
Ocidentais. ça em semanas. Se os Estados Unidos gh como candidato a vice-presidente
Encorajado por essa vitória, o fas- tivessem enviado ajuda, a Grã-Bre- na eleição de 1944 em uma “chapa
cista Partido da União chegou ao po- tanha poderia ter sobrevivido, mas de unidade” que correu à frente de
der nos Estados Unidos sob William
Dudley Pelley (líder da organização
sem FDR, os Estados Unidos per-
maneceram presos ao isolacionismo
Wallace nas pesquisas.
Wallace não conseguiu obter o 2
paramilitar Camisas de Prata que e à depressão. Com a queda da Grã- apoio da indústria ou dos militares,
ele inspirou nos Camisas-pardas) em -Bretanha para a guerra submarina de quem ele havia se afastado com-
1944. irrestrita em outubro, Hitler estava pletamente durante seu mandato.
Depois que as tropas Alemãs e as livre para se voltar contra seu aliado Um atirador desconhecido atirou e
armas atômicas esmagaram o movi- Stalin, lançando a “Operação Barba- matou Lindbergh em 22 de outubro
mento antifascista Americano os Es- rossa” em maio de 1941. Em setem- de 1944, e Pelley foi levado à presi-
tados Unidos tornaram-se parceiros bro, Moscou havia caído nas mãos dência em meio a tumultos e caos
do Eixo Mundial junto com a Alema- do Terceiro Reich. Operando em li- enquanto as esquadras de porta-avi-
nha nazista e o Japão Imperial. Os nhas internas, os nazistas resistiram ões Japonesas bombardeavam Los
Estados Unidos desmoronaram len- facilmente aos contra-ataques des- Angeles e Seattle, e bloqueavam o
tamente, nunca conseguindo arcar coordenados do primitivo Exército Canal do Panamá. A invasão Alemã
com sua parte no fardo totalitário, Vermelho e, no final de 1942, a União do Canadá em 1945 só aumentou o
mas nunca conseguindo se livrar do Soviética havia sido conquistada e in- caos, e Pelley declarou lei marcial e
jugo fascista. A Alemanha perseguiu corporada pela Alemanha como Rei- estado de emergência. Republicanos
o sonho de ferro no espaço, e o Japão chsostland. A Segunda Guerra Mun- e Democratas rejeitaram a imposi-
mergulhou cada vez mais em suas dial acabou. ção de poderes ditatoriais por Pel-
fantasias bushido, as duas potências Enquanto a Alemanha engolia a ley, e Pelley pediu à Alemanha que
vagamente cientes de que só tinham Europa (e, por extensão, a África), o ajudasse a “restaurar a ordem” nos
um ao outro para culpar, conquistar Japão conquistou o Oriente, desde a Estados Unidos. O senador Robert
e aprender. Governadores e generais invasão da Manchúria em 1931 até a Taft, de Ohio, emergiu como o líder
corruptos começaram a perseguir queda da Austrália em 1943. A China da oposição anti-Pelley e foi indica-
seus próprios fins à medida que as esmagou o exército Japonês na guer- do tanto pelos Democratas quanto
ideologias nascidas na guerra e na ra de guerrilha, e a invasão da Índia pelos Republicanos em 1948. Os ca-
conquista se suavizavam e decaíam parou em Bengala, mas os militares pangas do Partido da União de Pel-
na paz sem fim. Japoneses comandaram virtualmen- ley, o autodenominado “Exército da
Então veio o Ausbruch, a “fuga” te toda a orla do Pacífico. Seu único União”, estavam mais interessados
para outros mundos. De repente, o obstáculo era a América dominada em lutar contra o Exército dos EUA
Reich tinha novos mundos para con- pela depressão, instável e isolacio- e linchar negros e judeus do que de-
quistar — e o destino da raça Ariana nista. Em 2 de setembro de 1944, os fender o país, e apenas a carnificina
para moldar em mil cronologias. Fe- Japoneses atacaram as bases Ameri- operada pelo Japão na China e na
lizmente, o Reich como um todo não canas nas Filipinas, Guam e Havaí Índia evitou uma invasão Japonesa
sabe disso… ainda. simultaneamente. O ataque Japonês real. Quando Pelley descaradamente
foi o golpe de misericórdia para a de- roubou a eleição de Taft, isso escalou
História mocracia Americana. a situação para uma guerra civil em
grande escala e os Alemães enviaram
América Destruída 40 divisões para a América ao lado de
Hitler Vencedor Os movimentos fascistas da Amé- Pelley.
A Grande Depressão gerou dema- rica, criados pela Depressão e ener- Mesmo a menor chance de suces-
gogos em todas as grandes potências gizados pelas vitórias de Hitler, cres- so para as forças anti-Pelley se es-
do mundo, de pacifistas na Grã-Bre- ceram continuamente por mais de vaíram quando Werner Heisenberg
tanha a socialistas na França e fas- uma década. Seu líder era William inventou a bomba atômica em 1950.
cistas na Alemanha. Todos os três Dudley Pelley, da Carolina do Norte, Após testes secretos no Reichsos-
tipos estavam em ação nos Estados cuja brigada da Camisa de Prata foi tland, a bomba foi usada em quatro
Unidos. O assassinato de FDR deixou inspirada nos camisas-pardas da SA cidades Americanas em 27 de junho
o país à deriva e passou do liberalis- de Hitler. Pelley e outros fascistas de 1950. A resistência entrou em co-
mo bem-intencionado do presiden- Americanos, incluindo o antissemita lapso abruptamente e a Alemanha
te John Nance Garner para a “mão “padre radialista” Padre Charles Cou- Nazista era dona de três continentes
forte” do presidente republicano ghlin, Lawrence Dennis, G.S. Viereck quando Adolf Hitler morreu em 31 de
Charles Lindbergh, que proclamou e Seward Collins, formaram o Parti- outubro de 1951.

Inimigos em Todo Tempo 57


Deutschland Über Alles
Após uma breve luta pelo poder nos
bastidores, Reinhard Heydrich, o se-
gundo no comando da SS, tornou-se o
Führer nazista e começou a consolidar
os ganhos da Alemanha, formalizando
a divisão da Índia com o Japão, com-
pletando a pacificação da América e da
Rússia, e começando a conquista Alemã
do espaço. Quando o Japão e a América
assinaram o Eixo Washington-Tóquio
em 1961, Heydrich estabeleceu o Eixo
Mundial para cimentar a aliança das
três grandes potências fascistas, aumen-
tando o papel da América fascista para
equilibrar o Japão Imperial. Em 1965, a
Alemanha transferiu o Canadá para a ad-
ministração Americana para compensar
a perda do Alasca, Havaí e das Filipinas
para o Japão. Quando Heydrich morreu
em 1975, as botas Alemãs tinham cami-
nhado na lua e em Marte, e os ditadores
da América estavam totalmente integra-
dos ao sistema mundial Alemão.
A resistência ao Eixo Mundial foi es-
porádica, sendo a mais séria a “Revolta
de 76” na América, que as SS só derru- o mundo tem três grandes potências — gios de vida selvagem escrupulosamente
baram depois de arrasar cinco cidades e Alemanha, Japão e América — e apenas e mantém um estado de bem-estar social
dizimar a população em áreas rebeldes. duas superpotências. do berço ao túmulo firmemente estabele-
Führer Viktor Alchsneiss seguiu essa vi- cido. Estádios gigantes, hospitais e salas
tória com a destruição dos rebeldes no Grande Alemanha e o de concerto dominam o horizonte das ci-
dades limpas e ordeiras do Reich.
Afeganistão e no Peru; o bombardeio de
saturação com ogivas de nêutrons eli-
Terceiro Reich Por trás dessas fachadas de mármo-
Estendendo-se da foz do Reno às re e granito de Albert Speer, no entanto,
minou-os em 1983. Desde então, o do-
fronteiras da Ucrânia e do Mar Báltico a política interna do Reich congelou.
mínio do Terceiro Reich sobre um mun-
aos Alpes, Grossdeutschland (Grande Heydrich tomou o poder de forma tão
do escravizado funcionou cada vez mais
Alemanha) acrescenta Dinamarca, Ho- completa e eficaz após a morte de Hitler
suavemente com a órbita de satélites
espiões globais, a invenção de sofistica- landa, Suíça, Áustria, Lituânia, Polônia que foi capaz de expurgar seus rivais e
da tecnologia de vigilância por compu- e partes da Bélgica e Tchecoslováquia à impor obediência e disciplina em todo o
tador e a lenta, mas constante expansão Alemanha pré-guerra. Apenas “verda- Partido. Ele até conseguiu domar a SS,
do sonho de Hitler para as estrelas. deiros Alemães” podem se tornar cida- graças à sua própria rede de contatos
dãos da Grande Alemanha, e os 140 mi- dentro dela. Heydrich estava confiante
lhões de cidadãos que vivem no coração
Geopolitik do nazista dominam os 35 milhões de
eslavos (principalmente Tchecos e Po-
o suficiente em seu próprio ao nomear
formalmente um sucessor, o Alemão
Embora a Itália e a Argentina fascistas Báltico Viktor Alchsneiss, e deixá-lo
ainda mantenham alguma liberdade de loneses) que realizam todo o trabalho construir uma base de poder primeiro
ação, dominando seus próprios estados braçal e tarefas domésticas no Reich. como Ostminister e depois como Rei-
satélites como a Turquia e o Peru, eles Os cidadãos Alemães (geralmente leais chsführer-SS. Quando o Führer Alchs-
permanecem essencialmente como apên- e patrióticos; a Alemanha é NC4 para os neiss morreu em 2001, seu sucessor
dices da política e da economia imperial Alemães) têm o padrão de vida mais alto escolhido a dedo, Gunther Wallraff, não
Alemã. Finlândia, Suid-Afrika e Espanha do mundo, pago por imensas fábricas tinha essa base, tendo sido transferido
são quase independentes, com seus pró- de trabalho escravo no Reichsostland. de um emprego para outro, terminan-
prios cartéis corporativos, nenhuma pre- As enormes autobahns da Alemanha do como Ministro da Propaganda. O
sença da Gestapo digna de menção em aceleram a produção agrícola, carvão e Führer Wallraff mantém a lealdade dos
suas cidades e nenhuma base da Luftwa- ferro do Governo-Geral da Polônia, no “Bálticos” promovidos por Alchsneiss
ffe ou Kriegsmarine em seu solo. (O mes- Leste, até os fornos industriais do Ruhr, (que percebem que todos serão expur-
mo poderia ser dito para os canatos da no Oeste. As fábricas da Alemanha, as gados se outra pessoa se tornar Führer),
Ásia Central, ou os fascistas Eire, México mais limpas e avançadas do mundo, pro- mas sem a SS, a Wehrmacht, a Luftwaf-
e Brasil, mas esses estados marginais mal duzem enormes quantidades de aerona- fe ou a máquina do Partido solidamente
conseguem manter suas próprias popula- ves, veículos motorizados, armamentos, por trás dele, a política nazista come-
ções sob controle.) No entanto, eles man- produtos químicos, plásticos, compostos çou a paralisar. Ministros individuais
têm sua independência doméstica apenas avançados e óticos. A Alemanha se asse- passam mais tempo espionando uns
seguindo servilmente a Alemanha liderar melha a um gigantesco parque industrial, aos outros e disputando o poder do que
em todas as questões externas, não me- com enormes espaços verdes e cinturões movendo o Reich adiante, e os rumores
lhor do que os estados fantoches Alemães de floresta, mesmo no meio de cidades persistem sobre assassinatos secretos
como a França de Vichy, Hungria, Romê- industriais como Munique, Düsseldorf, dentro da chancelaria do Reich e corpos
nia, Suécia ou Bulgária. Essencialmente, Breslau e Brünn. O estado mantém refú- caídos silenciosamente no rio Spree.

58 Inimigos em Todo Tempo


Reichsostland e Reichsprotektorate pesquisa racial-cultural, incluindo
as Colônias Reichsprotektorate são nações que pesquisa em parapsicologia e ocultis-
A história é outra nos territórios gozam de alguma independência nos mo) de Reichsmanager para Orden-
conquistados: os assassinatos não assuntos locais, mas são guarneci- führer e colocou a Ahnenerbe encar-
são segredo e os corpos ficam amon- das por tropas da Wehrmacht e têm regada de administrar o Ordensstaat
toados. Embora a Paris ocupada seja a ordem interna mantida pelas SS e da Borgonha, assunto apenas para o
quase civilizada, e os fazendeiros pela polícia secreta local. (A maioria Reichsführer-SS. Na década de 1980,
Franceses não tenham sentido uma deles são NC5 para bons cidadãos, a SS administrava a Borgonha como
fome mortal em quase 20 anos, a NC6 para Curdos, Irlandeses ou ou- um centro turístico para fins de pro-
tras minorias problemáticas.) Nor- paganda e usava suas montanhas e
leste e a sul a violência corre solta.
malmente, o chefe do partido fascista florestas como campo de treinamen-
(O Reich-sostland e as colônias são
local governa um Reichsprotektorat, to para cadetes da SS. Desde o final
NC6 para todos os habitantes não
supervisionado por um Reichsleiter dos anos 1960, a Borgonha também
Alemães.) Os habitantes da antiga
do Partido Nazista Alemão. Os prin- manteve as contas bancárias secretas
União Soviética (exceto para as pro-
cipais Reichsprotektorates são Grã- de muitos altos funcionários do Rei-
víncias do Extremo Oriente anexadas
-Bretanha, Noruega, Egito, Pérsia, ch que evitam os impostos Alemães
a Manchukuo pelo Japão) são todos
trabalhadores escravos, proprieda-
de do Ostministerium (Ministério
Arábia e Mesopotâmia. Os partidos
fascistas locais (União Fascista e o
pagando subornos discretos aos se-
nhores corruptos do Estado SS. 2
Oriental) do Reich. O Reichsostland Partido da União Nacional, respecti-
é dividido em cinco Reichskomis- vamente) dirigem a Grã-Bretanha e a O Império Japonês
Noruega como estados nacional-so- O Império Japonês governa quase
sariate (Ostland, Ucrânia, Cáucaso,
cialistas, com pequenos destacamen- metade da população mundial, seja di-
Moscóvia e Sibéria), cada um sob um
tos da Gestapo e grandes bases da retamente ou por meio de sua rede de
Reichskomissar. Cada Reichskomis-
Luftwaffe e Kriegsmarine. Os milita- estados satélites e colônias. O Império
sar é um oficial do Partido Nazista,
res Alemães e o IG Farben, o cartel propriamente dito inclui as ilhas Ja-
assistido pelo comandante militar
químico responsável pela produção ponesas, as ilhas menores do Pacífico,
geral e pelo comandante SS do distri- de Okinawa ao Taiti, Coréia, Taiwan,
to. Mais de dois milhões de Alemães de petróleo, dominam o Egito, a Pér-
sia, a Arábia e a Mesopotâmia. Hainan, Sakhalin e Havaí. (As Ilhas
se estabeleceram no Reichsostland Originais são NC4 para cidadãos Japo-
(especialmente na Ucrânia) atraídos SS Borgonha neses e NC6 para Coreanos e outros es-
pela imensa oferta de terras gratui- Heinrich Himmler esculpiu o es- trangeiros, incluindo nativos Havaia-
tas e trabalho escravo à disposição tado mais bizarro da Europa no les- nos.) China, Austrália, Nova Zelândia
dos colonos Alemães. Muitos gran- te da França em 1944. O Estado da e Alasca são o “Império Exterior”, que
des cartéis Alemães mantêm fábricas Borgonha, com sua capital em Bisanz permanece consideravelmente mais
imensas no Leste, onde as rígidas (no Francês original, Besangon), é militarizado do que as Ilhas Originais
leis ambientais e de segurança do essencialmente um feudo pertencen- (CR6). O Imperador Naruhito é a en-
trabalho da Grande Alemanha não te às SS, compreendendo as antigas carnação divina do deus sol e governa
se aplicam. Os cartéis despejam resí- províncias da Borgonha e Champa- o Império por meio de uma rede de
duos nucleares, químicos e outros na nhe na França. Governada exclusi- burocratas aristocráticos, ligados por
Sibéria, especialmente em áreas de vamente pela SS, a Borgonha opera família e lealdade profissional aos car-
minas já esgotadas de seus depósitos sob a lei da SS e fora da jurisdição téis keiretsu e militares.
minerais. governamental Alemã. (Sua colcha As Ilhas Originais estão lentamen-
Se possível, as coisas são ainda de retalhos de leis tem uma média te retornando a uma economia mais
piores na África e na Índia, onde o de NC5.) Himmler sonhava com o re- tradicional de pequenas fazendas de
Reichskolonialamt (RKA) mantém a nascimento do Ordensstaat da Ordem arroz à medida que as indústrias pe-
ordem com brutalidade e massacres, Teutônica medieval, um estado cru- sadas se mudam para a Coréia, Man-
enquanto obriga milhões de escravos zado dedicado exclusivamente à SS. chukuo ou o Império Exterior. Muitos
a trabalhar até a morte em minas de Himmler pretendia que a Borgonha Japoneses também começaram a cria-
urânio e plantações de café. O RKA é fornecesse uma pátria Ariana pura ção comercial de peixes e baleias nas
um escritório civil do Partido, e suas de onde a SS recrutaria, de onde, do vastas águas do Pacífico, operando a
tropas de segurança são capangas e berço ao túmulo, nenhum pensamen- partir de enormes fábricas flutuantes.
valentões de classe baixa, inadequa- to exceto a ortodoxia SS existiria. As O crescente isolamento do Japão esva-
dos para os militares ou para as SS. crenças místicas de Himmler foram zia seus parques, jardins e santuários
A Índia é um posto muito desejado amplamente difundidas lá, e tra- xintoístas (exceto para estudantes e
por administradores do RKA devido balhadores escravos reconstruíram turistas ocasionais) à medida que sua
ao seu clima melhor e a vida urbana muitos castelos medievais da Ordem população envelhece. Com o trabalho
mais sofisticada. Embora o domínio Teutônica, pedra por pedra. real feito por escravos e robôs “invisí-
nazista sobre a Índia seja severo, a re- Após a morte repentina de veis” estrangeiros, a população domés-
sistência ao Reich é muito menos co- Himmler e a ascensão de seu vice tica tem tempo livre para cultivar ar-
mum lá do que na África. Gangues de Heydrich à posição de Führer, a roz, ler poesia clássica e (para aqueles
Indianos operam grandes fábricas e Borgonha se tornou uma zona de com as conexões certas) se conectar a
plantações têxteis sob o comando de exílio para os místicos do “ocultis- simulações holográficas cada vez mais
supervisores locais, que se reportam mo Ariano” que estavam impedindo violentas e pornográficas. Uma rede de
ao RKA. A considerável guarnição pesquisas úteis em física nuclear ou trens maglev rápidos e aerobarcos co-
da Wehrmacht na Índia mantém a foguetes. Heydrich promoveu o chefe necta virtualmente todas as cidades do
ordem e vigia a fronteira de Bengala, da Ahnenerbe (a divisão da SS preo- Japão; o uso privado de automóveis é
comandada pelos Japoneses. cupada com “Herança Ancestral” e severamente restrito.

Inimigos em Todo Tempo 59


Os Kempei Tai, a polícia secreta
militar Japonesa, passaram na úl-
Daitoa Koei Han’i Amerika Fascista
Toda o Círculo do Pacífico de Van- Os Estados Unidos estiveram à
tima geração de uma das agências couver a Vladivostok e de Calcutá a beira de uma “recuperação com-
de inteligência mais perigosas do Honolulu está ligada a uma vasta pleta” nos últimos 40 anos. As
mundo para um serviço de segu- união econômica coordenada de Tó- coisas estão melhores do que es-
rança nacional burocratizado. Ob- quio, a Daitoa Koei Han’i (Esfera de tavam na década de 1950, quando
cecados em contar estrangeiros, Co-Prosperidade do Grande Oriente o presidente Pelley ditou canali-
rastrear os escravos e manter os Asiático). Os keiretsu Japoneses são zações espirituais pelo rádio para
demais fora do Japão, isso permi- o motor dessa economia, operando um país ocupado pela Wehrmacht
tiu que outras operações fossem livremente em toda a Esfera de Co- e fervendo após o bombardeio atô-
deixadas de lado. Os agentes do -Prosperidade e vendendo seus pro- mico e a guerra civil. Sob o presi-
Kempei Tai no exterior lançaram dutos manufaturados para um mer- dente George Lincoln Rockwell, a
sua sorte principalmente com os cado cativo de um bilhão de pessoas América cresceu e se tornou uma
generais corruptos e chefes de ke- por trás de um labirinto de tarifas e das três grandes potências do Eixo
iretsu que realmente dirigem as regulamentações de importação. Mundial. Isso se deveu não tanto à
colônias, preenchendo relatórios Os estados satélites fornecem presidência amplamente indolente
proforma para uma sede em Tó- matéria-prima e mão de obra ba- de Rockwell quanto à sua grande
quio cada vez mais preocupada rata para o keiretsu — borracha base de mão de obra qualificada e
com a moda da corte e cada vez da Malásia, petróleo de Bornéu e educada, seu alto nível de desen-
menos envolvida com qualquer ou- Java, minerais de Sumatra e Bir- volvimento industrial e tecnológico
tra coisa. Sem competição de co- mânia. Alguns dos satélites, como antes da guerra e a ajuda e assistên-
leta de informações, ninguém na Manchukuo e as Filipinas, passa- cia substanciais da Alemanha, que
Corte Imperial percebeu. ram para a manufatura pesada, via a América como um contrapeso
O Império Exterior principalmente produzindo têxteis, branco para Ásia Japonesa.
Os militares Japoneses gover- produtos químicos e aço. Outros, Rockwell ficou bastante abalado
nam a China como um império feu- como Bengala, Indochina e Java, com a Revolta de 76 e quase perdeu
dal, com vários generais alugando permanecem predominantemen- a coragem e a presidência antes que
trabalho escravo e fábricas em seus te agrícolas, mas Calcutá, Saigon o diretor do Escritório Nacional de
feudos para as imensas coalizões e Batávia são tão industrializados Segurança do Estado (ENSE), Roy
industriais keiretsu do Japão. O quanto qualquer cidade-inferno Cohn, assumisse o controle da si-
domínio Japonês na China é parti- corporativa Chinesa. Todos os esta- tuação e chamasse a SS. Cohn su-
cularmente brutal, com massacres dos satélites possuem extensas ba- pervisionou os estágios finais da
da população chinesa sendo uma ses militares Japonesas. No entan- deportação em massa de negros
questão rotineira ao menor sinal de to, à medida que o governo Japonês para a África (e os campos de escra-
rebelião. A fome é comum, uma vez continua a entrar em êxtase, mais vos da RKA) e a Solução Final para
que os produtos das fazendas da e mais dessas bases assumiram as judeus e homossexuais da Améri-
China são enviados para o Japão ou indústrias locais — primeiro para ca. Cohn foi presidente em tudo,
para os estados satélites. O Japão se alimentar e depois reivindicar exceto no nome, até sua morte em
também testa suas armas atômicas sua parte dos lucros do keiretsu — 1988. Nesse mesmo ano (e talvez
no deserto de Gansu, no norte da e fecharam seus próprios acordos não por coincidência), Rockwell
China e, como os Alemães na Sibé- com os senhores do crime locais ou morreu e foi sucedido por David
ria, despeja seus resíduos tóxicos chefes étnicos. Duke, o governador da Louisiana
no interior chinês.
Austrália, Alasca e Nova Ze-
lândia, conhecidos coletivamente
como Shinryodo (Novos Territó-
rios), estão sendo transformados
em colônias Japonesas à medida
que milhões de Japoneses nativos
emigram de suas cidades apinhadas
para esses amplos espaços abertos.
Após as execuções em massa da
ex-liderança militar, econômica e
política, o Japão deportou a popu-
lação branca dessas áreas para a
América ou a Grã-Bretanha, onde
se entregou ao crime ou se juntou
às forças de segurança. Muitos
emigraram para Suid-Afrika, que
precisava de colonos brancos para
policiar seus territórios africanos
recém-adquiridos.

60 Inimigos em Todo Tempo


Tecnologia no
A Resistência Americana Reich-5
A Resistência Americana foi gravemente ferida após a Revolta A tecnologia do Reich-5 é mais
de 76. Estoques de armas cuidadosamente guardados foram avançada do que a da Linha-Base
consumidos, a maioria dos combatentes da Resistência foi morta na década de 2010, bem no NT8
e simpatizantes e infiltrados dentro do governo (principalmente o na maioria das áreas e no início do
governador John F. Kennedy de Massachusetts, filho do embaixador NT9 em muitas aplicações milita-
na Alemanha Joseph Kennedy) foram expostos e executados. res. Os maiores avanços do Reich-5
Finalmente, a extrema brutalidade com que as SS e o Partido da estão nas áreas que envolvem o pro-
União sufocaram a revolta fez com que a população Americana grama espacial: não apenas em ae-
voltasse a um estado de choque anestésico que lembra a era do pós- rodinâmica, metalurgia, física, ra-
guerra. A maioria dos Americanos simplesmente desejava retornar diônica e química, mas também em
ao que poderia ser salvo de suas vidas. áreas “derivadas”. Química Zero-G,
No início do século 21, após a passagem de uma geração, a medicina, computadores, ecologia,
Resistência conseguiu reconstruir uma rede ainda frágil de células
em todo o país, mais forte no Yukon e no Oeste intermontanhoso, na
bioquímica, ciência dos materiais
e outros campos também são al- 2
Nova Inglaterra e no Sul mais rural. Suas atividades se restringem tamente avançados. Os benefícios
a se infiltrar no aparato de segurança, inserir dados falsos na desses avanços são, é claro, restri-
rede nacional de computadores, mais uma vez tentar construir tos aos cartéis e cidadãos Alemães
esconderijos de armas, esconder ocasionais refugiados, o tráfico e Japoneses e às elites da América.
de drogas e despertar ressentimento contra os “conselheiros” da A maior parte do resto do mundo
SS ainda presentes no país. A Resistência aprendeu com a longa permanece atolada em NT7 ou in-
experiência que qualquer ação mais aberta traz uma grande ferior.
retribuição na forma de tomada de reféns e execuções generalizadas.
Além disso, qualquer ação em grande escala corre o risco real de ser Transporte
traída por informantes do NBSS ou pessoas comuns que cobiçam Na Alemanha e na América, o
a recompensa permanente de $100.000 por entregar uma célula da automóvel pessoal ainda é o rei,
Resistência. pelo menos para os cidadãos de
classe média e alta. Carburadores
avançados controlados por compu-
tador, peças de motor de cerâmica
e Grão-Dragão do KKK. Duke real- nologia. Uma constante “fuga de e polímero e motores multitempos
mente tentou governar o país, mas cérebros” dos melhores e mais bri- permitem que carros menores e
descobriu que com o SS e o ENSE lhantes da América para esses car- mais leves, como Fords ou Volkswa-
lidando com a segurança real (o NC téis — e depois para a Alemanha gens, retenham a “sensação” de um
“muscle car” V8 enquanto reduzem
nos Estados Unidos continua sendo — corresponde ao fluxo de serviços,
drasticamente o uso de gasolina
5), e os militares Americanos criva- petróleo e manufaturas Americanos
e a poluição. Os cidadãos da clas-
dos de células da Resistência, seu para a Europa, pagos em dólar atre-
se alta ainda dirigem Mercedes e
único poder real é oferecer ajuda lados a uma cotação embaraçosa-
Cadillac V8 e V12 puros, e as au-
do governo a pessoas que não con- mente baixos frente ao Reichsmark.
tobahns não têm limites de veloci-
seguem bons empregos nos cartéis A população restante de cerca de dade nas faixas da esquerda. Carros
Alemães ou Americanos. 220 milhões (incluindo o Canadá) esportivos da Porsche também são
No início da década de 1960, reconstrói autobahns e maglevs e bastante comuns, assim como Fer-
muitos cartéis Alemães formaram remove entulho dos centros bom- raris e Mitsubishis. Os automóveis
parcerias com corporações Ameri- bardeados de Calgary, San Anto- são rotineiramente equipados com
canas, como BMW-Ford, Farben- nio e Atlanta. As “lojas dos cartéis” sistemas de localização por satélite
-DuPont, Heinkel-Boeing ou Sie- na maioria das cidades estocam para navegação, sistemas de telefo-
mens-Westinghouse. As empresas uma grande variedade de produ- ne celular/TV e controles de rota e
petrolíferas Americanas também tos Americanos e Europeus com velocidade computadorizados e mi-
ganharam um papel poderoso na preços em Reichsmarks. Aqueles niradar para possibilitar a direção
economia dominada pela Alema- sem conexões corporativas, como noturna e em qualquer condição
nha, e seus bancos Americanos fa- os trabalhadores nas imensas Cida- climática.
vorecidos transbordavam de capital des do Círculo que ficam ao redor Em distâncias mais longas, os
de investimento Alemão. A costa das ruínas radioativas de Omaha, trens maglev substituíram quase
leste continua sendo o centro de St. Louis e Dallas, compram em totalmente os antiquados Kugel-
investimento e influência Alemães. “lojas abertas” mercadorias de má bahnen (trens-bala) das décadas
Indústrias nacionais, como petróleo qualidade, muitas vezes reimpor- de 1960 e 1970, graças aos super-
e cinema, concentram-se em Hous- tadas (com uma grande margem) condutores de alta temperatura de-
ton e Los Angeles, respectivamen- de fábricas Alemãs operadas por senvolvidos pelo programa espacial
te. Oklahoma City se tornou um escravos no Reichsostland. A maior Alemão. A rede ferroviária cobre
centro de transporte e manufatura, parte da admirável nova América praticamente todo o hemisfério
com um porto de aviões espaciais parece já bastante gasta e monóto- norte, devido à estreita coordena-
(Lindbergh Field) que é um centro na para um visitante Alemão (ou da ção entre as potências do Eixo, em-
de pesquisa industrial de alta tec- Linha-Base). bora as transferências nas ferrovias

Inimigos em Todo Tempo 61


transiberiana e da Grande Índia en- Bifrost concluído em 1994. Bifrost, de mainframe centralizados mode-
tre os territórios dominados pelos batizado em referência à ponte que lados segundo a economia estatal
Japoneses e Alemães exijam a tro- conecta o céu à Terra na mitologia Alemã. As empresas Americanas,
ca para outras vias e recalibragem teutônico, é um cabo de 46.500 km desesperadas por uma vantagem
dos potenciais eletromagnéticos. As de comprimento que serve como competitiva contra o poder esmaga-
ferrovias Berlin-Cidade do Cabo e a um “elevador” gigante da Terra dor dos cartéis, estavam dispostas a
Pan-Americana estendem a rede até para uma estação orbital, Asgard, assumir mais riscos. Além disso, a
os confins do sul da Terra. a 33.000 km, ao longo de seu com- destruição de grande parte da rede
No ar, scramjets gigantes subor- primento. O cabo está amarrado em de mainframe Americana na Revol-
bitais da Lufthansa cruzam ocea- sua extremidade a Eisengard, outro ta de 76 levou quase por acidente
nos e continentes em duas ou três asteroide de mineração que man- ao advento do microcomputador
horas. Os jatos superjumbo mais tém o Telescópio Espacial Kepler e ao desenvolvimento de redes de
convencionais transportam turistas e uma base da Luftwaffe. O Bifrost computadores redundantes.
e viajantes de negócios sem tantos está ancorado no Monte. Kirinyaga, Tanto as forças de segurança
menos recursos ou as conexões cer- no Quênia, que se tornou o centro quanto os cartéis precisavam trans-
tas, e muitos turistas ainda usam de uma enorme estação de pesqui- ferir grandes quantidades de dados
os dirigíveis a hélio ZLF que fazem sa da Luftwaffe conectada à linha para locais amplamente dispersos,
o turista viajar da Alemanha e dos maglev que vai de Berlim à Cidade e a rede de computadores de cabos
Estados Unidos para o Brasil e a do Cabo. A segurança de Kirinyaga de fibra ótica que cresceu no final
Espanha. Essas viagens levam qua- é tão importante que a SS supervi- dos anos 1970 e início dos anos
tro ou cinco dias, mas as compa- siona os trabalhadores escravos que 1980 logo começou a conectar uni-
nhias de dirigíveis podem competir mantêm as instalações. Carga a gra- versidades, o programa espacial e
com sucesso com os transatlânticos nel e passageiros viajam para cima empresas de pesquisa. Em 1984, o
em luxo e romance. e para baixo no Bifrost em “carros Völkische Beobachter estabeleceu
elevadores” que levam cinco dias um serviço informativo por link de
Espaço para ir entre Asgard e Kirinyaga. computador. O New York Times e
A exploração Alemã do espa- As bases Alemãs na Lua e em o Asahi Shimbun logo o seguiram,
ço sideral começou na década de Marte são teoricamente bases do assim como muitas outras organi-
1920 e continuou com Wernher von Eixo Mundial como um todo, e zações de notícias. Os Ministérios
Braun nas décadas de 1930 e 1940. muitos cientistas Italianos, Japo- da Informação das várias potências
Quando as aplicações militares e de neses, Argentinos, Croatas ou Bri- do Eixo controlam estritamente o
segurança dos satélites foram total- tânicos trabalham em bases Tycho acesso aos sistemas de computador,
mente compreendidas, a Alemanha ou Descartes na Lua ou na estação e as forças policiais secretas arma-
lançou imediatamente um progra- de pesquisa Cydonia em Marte . das com IAs cada vez mais sofisti-
ma espacial completo. A Luftwaffe No entanto, a Luftwaffe controla cadas e poderosas monitoram as
orbitou a primeira estação espacial, toda a segurança e acesso à base, e transmissões. A maioria dos cida-
Hitler, em 1959; agora ela é o nú- os cientistas e cartéis Alemães têm dãos particulares ainda não possui
cleo de um assentamento orbital prioridade em todas as atividades computadores pessoais devido às
geossicrônico permanente. A Luf- de pesquisa ou mineração. A colô- despesas e aos atrasos na obtenção
twaffe manteve o controle sobre o nia Alemã em Marte está atualmen- de autorizações.
programa espacial Alemão desde te implementando os estágios ini- Os computadores no Reich-5 vão
então, embora muitos cartéis e a ciais do Projekt Ymir, que envolve desde os computadores pessoais da
keiretsu tenham lançado seus pró- a terraformação de Marte em um Complexidade 2 dos vice-presiden-
prios satélites ou adicionado mó- mundo habitável até o final do sé- tes do cartel até os computadores
dulos de pesquisa ou engenharia a culo 21, expandindo o lebensraum centrais da Complexidade 6 nos
Hitler. Japão, Itália, Alemanha, Ar- da Raça Superior para um novo centros de telemetria do Von Braun
gentina, Suid-Afrika e os Estados planeta. Spaceport em Kamerun e nos
Unidos lançaram estações LEO (ór- porões da Gestapo em Prinz-Albre-
bita terrestre baixa). A atividade em Computadores e cht-Strasse.
Hitler concentra-se na conclusão Redes
da fábrica espacial Neues Essen A tecnologia da computação, Medicina e Genética
e colônia permanente construída que começou na década de 1940 na Embora o programa espacial
a partir do asteroide rasante oco Inglaterra e na América, continuou Alemão tenha acelerado o progres-
Neuruhr, colocado em órbita por a ser um campo para os falantes de so médico (como a maioria dos ou-
Heinkel-Boeing e Krupp em 1979. Inglês. Embora muitas empresas tros avanços científicos), a ideologia
A mineração em massa mudou-se Alemãs e Japonesas tenham do- oficial da “ciência racial” deixou a
para Neusilesien e Neumesabi, dois minado os requisitos de hardware tecnologia genética Alemã peculiar-
novos asteroides desenhados em mais modernos para supercompu- mente retrógrada. Embora os biólo-
órbitas ligeiramente mais altas. tadores ou minicomputadores de gos Alemães tenham aperfeiçoado a
O transporte militar da Ter- mão, a engenharia de software con- clonagem completa de seres huma-
ra para a órbita ainda é feito por tinua sendo uma das poucas áreas nos, apenas os cientistas aprovados
aviões A-20 Engel decolando de em que os Americanos ocupam a pelo SS-RuSHA no quesito lealdade
Oklahoma City, Lublin ou Tsitsihar. liderança. Isso provavelmente se ao partido podem conduzir pesqui-
O transporte de carga, anteriormen- deve ao fato de os cartéis Alemães sas tão delicadas, sob a mais rígida
te lançado em orbitadores de alta se recusarem sistematicamente a segurança possível. Atualmente, as
carga útil de Kamerun ou Cingapu- investir em melhorias de software, técnicas de clonagem são restri-
ra, agora corre ao longo do skyhook acreditando em grandes sistemas tas a hospitais militares e centros

62 Inimigos em Todo Tempo


Na verdade, A Patrulha e o CINU
traçaram planos para uma mobi-
lização global contra o Reich-5. A
Operação Firefall convocou uma
invasão em grande escala do Rei-
ch-5, usando os exércitos das na-
ções do Conselho de Segurança,
Alemanha e Israel para conquistar
essa cronologia após um ataque
atômico paracrônico decapitante
surpresa contra Tóquio, Washing-
ton e Berlim. (Uma segunda versão
de Firefall, A Operação Dandelion,
exigia provocar uma guerra nuclear
Germano-Nipônica antes de mon-
tar uma invasão.) A equipe de pla-
nejamento da OTAN, os exércitos
Russo e Chinês e (como cortesia) 2
as IDF Japonesas traçaram planos
operacionais pedindo saltos simul-
tâneos para os Urais, Apalaches e
de trauma para “regeneração” de treinados para se envolver em qual- província de Sichuan do Reich-5
membros e órgãos, incluindo olhos quer política de testes por atacado. por um total de meio milhão de ho-
e corações (geralmente um perío- Todas as nações do Eixo praticam mens com equipamento pesado e
do de semanas para regeneração rotineiramente a eutanásia em pa- apoio aéreo de ponta.
maior). O tecido cerebral pode cres- cientes mentais, doentes terminais, Duas objeções principais final-
cer novamente se danificado, mas o vítimas de Alzheimer e populações mente frustraram o planejamento
paciente deve passar por fisiotera- escravas idosas. Na América, o de Firefall. Primeiro, no caos de
pia e reeducação para “reaprender” Conselho de Eugenia também es- uma invasão, era quase certo que
habilidades e memórias. teriliza criminosos (especialmente alguma unidade nazista ou impe-
Os maiores avanços na engenha- os membros da Resistência), assim rial Japonesa manteria a coesão e
ria genética vieram dos laboratórios como a SS na Alemanha. No Japão, capturaria um transportador. As-
dos keiretsu Japoneses. Cientistas e a esterilização é reservada para as sim, o objetivo estratégico da guer-
engenheiros corporativos Japoneses populações Chinesa e Coreana. As ra — impedir a entrada do Reich-5
já criaram bactérias comedoras de autoridades Japonesas esterilizam no continuum — seria fatalmente
petróleo para limpar derramamen- rotineiramente as mulheres após o comprometido pela própria guerra.
tos de óleo, variedades de arroz e primeiro filho (na China) ou o se- Em segundo lugar, os apavorados
milho resistentes a doenças e novas gundo (na Coréia). Os Alemães es- generais dos estados-maiores luta-
raças de atum, atum rabilho e sal- terilizam de forma semelhante as ram contra a invasão e descobri-
mão para suas fazendas de peixes. populações Eslavas da Grande Ale- ram não apenas que a Linha-Base
A alteração genética em humanos manha e do Reichsostland. sofreria pelo menos 250.000 baixas
também está se tornando mais co- (Veja GURPS Alternate Earths no primeiro ano (para não falar dos
mum, embora ainda seja muito para mais detalhes do Reich-5.) milhões de mortos no Reich-5 no
cara para fins “cosméticos”. Al- bombardeio inicial), mas que ha-
guns pequenos esquadrões de elite
são compostos de super-soldados Descobertas via uma chance não pequena que
a Wehrmacht (e possivelmente os
“aprimorados” chamados tenshi (li-
teralmente, “guerreiros celestiais”) Extratemporais militares Japoneses) repeliriam
os invasores. O que foi planejado
treinados desde o nascimento para Quando a Patrulha Infinity des- como uma guerra curta e cirúrgica
servir a seus superiores e ao Impe- cobriu o Reich-5 há 16 anos, no poderia se tornar uma repetição da
rador. Os obstetras Japoneses tes- ano local de 1994, eles fixaram uma Segunda Guerra Mundial, durando
tam rotineiramente os genes ligados trava de segurança não apenas nas anos e matando dezenas ou mesmo
a defeitos congênitos, hemofilia, coordenadas da cronologia, mas centenas de milhões de pessoas em
retardo ou homossexualidade, e al- também em sua própria existên- ambos os mundos. Depois de custar
teram geneticamente os fetos que cia. Dos cinco paralelos conheci- trilhões de dólares, a guerra deixa-
apresentam qualquer um desses. dos na época com uma Alemanha ria a Linha-Base economicamente
A comunidade médica Alemã nazista vitoriosa (veja Reich-2, pág. destruída, perigosamente remilita-
ainda não começou a alterar gene- 142), Reich-5 foi o mais horripi- rizada e possivelmente sob a ame-
ticamente os fetos, devido à falta de lante. O Terceiro Reich controlava aça de nazistas desonestos com ar-
pessoal treinado, e prefere simples- firmemente seu terço do mundo e, mas nucleares e vingança em suas
mente abortar fetos “imperfeitos”. por meio de seu estado fantoche mentes.
Obstetras Alemães também abor- Americano, também dominava o Por enquanto, CINU e Infinity ar-
tam fetos com genes “judeus”, como Hemisfério Ocidental. O Japão Im- quivaram a Operação Firefall (em-
o marcador Tay-Sachs. O Conselho perial, embora menos estável, não bora seja atualizado regularmente,
Americano de Eugenia também in- era menos cruel; não havia “pode- apenas para uma eventualidade)
centiva o aborto de “indesejáveis”, res amigáveis” para trabalhar neste em favor de operações de perfil in-
mas tem muito poucos geneticistas paralelo. ferior ou (melhor ainda) nenhuma.

Inimigos em Todo Tempo 63


A Patrulha Infinity politicamente, com apenas uma pa-
trulha ocasional de reconhecimento
O Brigadeführer Fest então to-
mou sua segunda decisão fatídica
no Reich-5 entrando sorrateiramente. Em 2022 em alguns meses. Ele ofereceu en-
A Patrulha Infinity, ainda por cima, (Reich-5, ano atual, 2001), uma equi- tregar todo o caso aos Ahnenerbe
concentra-se em impedir que outros pe das forças especiais Russas Spets- em troca de uma transferência para
habitantes da Linha-Base cheguem naz passou pela segurança dos PIs e fora da Sibéria e que não relatas-
ao Reich-5. Com as redes de compu- ficou solta no Reich-5 por quatro dias sem nada incomum a seus superio-
tadores do Reich-5 mais centralizadas, antes de ser dizimada pela Waffen-SS res, descrevendo o encontro como
a tecnologia de detecção mais avan- perto de Vorkuta. Dois dos batedores um simples confronto com guerri-
çada e os governos mais poderosos, se esconderam e conseguiram esca- lheiros locais. Os Ahnenerbe con-
os PIs não têm recursos para montar par da ronda Alemã; seis meses de- cordaram, com a condição de que
uma operação e, grande escala aqui. pois, eles fizeram contato com uma ele encontrasse e trouxesse consigo
Os poucos PIs operativos que foram missão de reconhecimento Israelense o Evgeny Karashkin daquele mun-
plantados aqui se concentram em se na Polônia. Eles relataram que pelo do (que, se existisse, seria um me-
infiltrar nos laboratórios técnicos Ale- menos dois de seus camaradas foram nino de 10 anos). Fest não apenas
mães e Japoneses para roubar segre- capturados com vida e nem todo o seu encontrou Karashkin; ele prendeu
dos técnicos para a Linha-Base e soar equipamento paracrônico havia sido todos os seus parentes sanguíneos
o alarme caso os pesquisadores do Rei- destruído. em uma grande varredura de “ele-
ch-5 cheguem muito perto do Segredo Esse “quase acidente” e a possibili- mentos subversivos” em todo o
paracrônico. dade de que a SS agora estivesse cien- Reichsostland. Com 72 prisioneiros
Outra dor de cabeça para os PIs te de outros cronologias levou a uma (três deles sobreviventes da Linha-
que trabalham no Reich-5 é a tentativa redução na escala das operações de -Base), 82 cadáveres da Spetsnaz e
ocasional de racistas ou fascistas da Li- governos nacionais. Por enquanto, um os destroços de um transportador
nha-Base de roubar um transportador acordo provisório foi elaborado entre transtemporal de tropas, o Brigade-
e trazê-lo para o Reich-5. As Divisões os PIs e a CIA, o Mossad, o GRU e o CCI führer Fest transferiu seu comando
de Segurança e Articulação da Patru- Chinês. Os PIs permitem “entregas não- para uma nova divisão, com sede
lha trabalham em estreita colaboração -supervisionadas” de ouro, armamento em Bisanz.
com o FBI, o CID da África do Sul, a pessoal e microeletrônica para as forças
PSIA Japonesa e o BfV Alemão para
se infiltrar em qualquer grupo fascista
de resistência nos Estados Unidos, Chi-
na ou do Reichsostland com a condição Divisão
que pareça estar planejando um rou-
bo paracrônico. A maioria dos grupos
de que a fonte permaneça indetectável
e desconhecida até mesmo para os des- SS Corvo
fascistas, felizmente, não tem recursos tinatários. Em troca, os Estados Uni-
nem know-how para roubar um trans- dos, Rússia, Israel e China se abstêm de A Ordem Armanen
portador, muito menos se esgueirar montar quaisquer outras operações no Com a descoberta de que mun-
para o Reich-5. Uma ameaça mais séria Reich-5. dos paralelos existiam — e podiam
é a possibilidade de que terroristas ra- Infelizmente, esse acordo veio tarde ser encontrados por pelo menos al-
dicais, como o Hezbollah ou o Hamas, demais. guns psíquicos — o Ahnenerbe en-
possam roubar um transportador e ten- controu um novo papel para si mes-
tar obter a ajuda Nazista para destruir O Surgimento mo. Embora alguns quisessem levar
Israel na Linha-Base. Até agora, essas Um membro da equipe Spetsnaz na a descoberta para Berlim, como
ameaças têm sido mais teóricas do que missão 2022, Evgeny Karashkin, tinha justificativa para todas as centenas
reais, mas a Patrulha teve uma ou duas uma habilidade psíquica de salto de de bilhões de Reichsmarks gastos
dificuldades. Adicionalmente, apenas o mundo geneticamente associada a ele. em seus programas aparentemente
pessoal do alto escalão da Infinity e uma Ele havia passado mais cedo para fazer lunáticos, as cabeças mais sábias
ou duas pessoas nos principais serviços o reconhecimento da zona de pouso, e prevaleceram. O Führer Alchsneiss
de inteligência nacionais conhecem as um psíquico Ahnenerbe detectou suas era um homem de Heydrich que
coordenadas paracrônicas do Reich-5. “vibrações anômalas” enquanto estava desprezava os Ahnenerbe; se sou-
No entanto, um grupo desonesto com sob efeito de drogas. O Brigadeführer besse, ele simplesmente teria as-
um transportador poderia encontrar Karl Fest, o comandante da Waffen-SS sumido o programa paracrônico e
Reich-5 tentando aleatoriamente — foi na região, coincidiu de ser um crente teria atirado em todos para manter
assim, afinal, que a Infinity o encontrou no ocultismo (que havia, de fato, sido a segurança. O Ordenführer Mat-
da primeira vez. designado para a Sibéria para mantê-lo tern percebeu que a segurança tam-
fora de qualquer posto importante), e bém tinha que ser sua prioridade.
Governos Nacionais ele realmente leu o sinal luminoso co- Ele, Fest e o professor Doktor Emil
dificado de Ahnenerbe avisando-o para
da Linha-Base no procurar qualquer coisa incomum na
Pauder (chefe do programa de pa-
rapsicologia em Dijon) formaram
Reich-5 área. Assim, a Waffen-SS estava espe- uma sociedade secreta dentro dos
Os Estados Unidos, Rússia, Israel rando quando a Spetsnaz passou, e ata- Ahnenerbe. Eles o batizaram em
e China montaram operações secretas cou a equipe Russa instantaneamente, homenagem aos Armanen, míticos
no Reich-5. As quatro nações lança- perseguindo-a por quatro dias até a úl- sacerdotes-guerreiros que serviam
ram planos cada vez mais ambiciosos, tima resistência em Vorkuta. Karashkin aos Aesir — os deuses, não os reis,
contrariados pelos PIs tanto na Linha- foi morto na primeira troca de tiros, das antigas tribos Germânicas.
-Base quanto no Reich-5. A pressão mas um dos quatro sobreviventes cap- Esta Ordem Armanen (que tam-
do Conselho Intermundos das Nações turados pela SS sabia de sua habilidade bém era o nome de uma sociedade
Unidas e as manobras da Patrulha in- e a revelou a seus questionadores antes Rúnica proeminente antes da Pri-
terromperam a maioria desses planos de morrer. meira Guerra Mundial, para maior

64 Inimigos em Todo Tempo


confusão e sigilo) alcançou outras Reprodução: A Ordem foi capaz de um estimulante de células do sangue
pessoas influentes com conexões na encontrar um Ariano adequadamente para ativar a habilidade. Recentemen-
Waffen-SS, na Gestapo e em outros puro que carregava o marcador para te, cientistas de Armanen fizeram pro-
lugares, usando a isca das contas se- o gene psíquico para saltar mundos: gresso com injeções fetais em bebês
cretas no banco da Borgonha como Per Havig, um pescador da Dina- Arianos, embora muitas mães morram
isca. Lentamente, ele construiu uma marca rural. Ele não tinha parentes ao dar à luz ao bebê Mula. Os Arma-
sala de operações na estrutura cada vivos, então eles não precisavam se nen também criam bebês Mulas em
vez mais Bizantina do Terceiro Rei- arriscar a uma “varredura Karashkin” creches Lebensborn, exceto as visivel-
ch. Lentamente, a equipe de Pauder dentro da própria Grande Alemanha. mente deformadas, que eles as criam
progrediu em desvendar os segredos A Ordem usou seus contatos na Ges- no hospital.
paracrônicos mantidos nas mentes tapo para fazer seu barco de pesca Cirurgia Cerebral: Em alguns casos,
subconscientes dos três soldados “desaparecer no mar”. A SS levou embora o cérebro aceite o novo mate-
Spetsnaz sobreviventes, e (alguns dis- Havig para uma mansão isolada na rial genético, o corpo morre durante
seram) dos mortos também. Borgonha e o colocou para procriar o procedimento. A resposta da diretriz
“desperdício zero”: enxertar esses te-
cidos cerebrais em outra Mula volun-
tária. Este é um processo cirúrgico de
duas semanas e, embora a barreira
2
sangue-cérebro signifique que a rejei-
ção por si só não é um problema, os
neurônios ainda podem falhar em se
unir. O sujeito deve fazer um teste de
HT-1 para evitar a falha (HT+2 se es-
tiver usando tecido cerebral fetal dos
experimentos do parágrafo anterior)
e sofre uma redução de -1 à IQ por
ponto em que o teste falhou. A falha
crítica resulta em morte cerebral em
1d dias.
Implantação Glandular: Em um
exame mais aprofundado de vários
cadáveres, Pauder descobriu que,
especialmente para alguns animais
paracronozoides (pág. 73), a habili-
dade de saltar mundos é glandular e
ligada ao sexo. Em vez de reescrever
a estrutura genética da Mula, é quase
tão simples implantar uma glândula
Fazendo Saltadores com as parentes de Karashkin e uma
seleção de outras parceiras genetica-
saltadora clonada em sua virilha e co-
de Mundos mente promissoras. De seus 14 filhos
nectar um gatilho elétrico aos centros
cerebrais relevantes. (As injeções de
Pauder também dissecou Ka- dentro programa, dois (um com os
rashkin minuciosamente, submeten- hormônio saltador, infelizmente, pa-
Karashkin e um de uma Francesa)
do-o aparelhos moderníssimos, rouba- recem não surtir efeito, embora os ex-
carregam o gene para saltar mundos;
dos dos Japoneses, para realizar uma perimentos continuem.) Isso requer
foram tirados dele para serem criados
espécie de engenharia reversa genética uma semana no hospital, junto com
em creches SS Lebensborn em outros
e a uma bateria completa de testes e um regime de drogas imunossupres-
lugares da Borgonha. A Ordem ape-
rituais psicométricos, mágicos e cultis- nas disse a Havig que seu sangue con- soras. Neste caso, o alvo deve falhar
tas. O Armanen encontrou o marcador tém “o futuro do Reich”; Havig parece em um teste de HT em HT-8. Sujei-
genético para salto de mundo psíquico nunca ter desbloqueado seus poderes tos com Resistente a Doenças adicio-
após um ano de estudo, e alguns dos psíquicos. nam metade do bônus (arredondado
outros pesquisadores paracientíficos Drogas: O método mais simples, para baixo) à HT neste teste. Um teste
também relataram resultados pro- quase rotineiro, é uma bateria de in- bem-sucedido significa que a glândula
missores. Descobriu-se que uma das jeções subdurais de drogas no cére- e o mecanismo de gatilho foram rejei-
psíquicas do Hospital de Pesquisa de bro, medula óssea e fluido espinhal tados; o alvo deve obter um sucesso
Dijon estava sonhando com outros do paciente. Isso estimula a produção em um teste de HT-2 todos os dias ou
mundos; sua química cerebral foi adi- de hormônios no cérebro e implanta perder 1 ponto de ST e 1 PV (1d PV
cionada à lista de estudos (embora ela retroviralmente uma cópia dos genes em uma falha crítica). Não aplique
tenha sido mantida viva como uma so- Havig-Karashkin para saltar mundos nenhum dos modificadores acima
nhadora lúcida e olheira para futuras dentro da Mula. O indivíduo passa três neste teste; esses testes continuam
invasões) e avançou outras linhas de dias com uma febre perigosa (40 °C) e até que o sujeito morra ou o implan-
investigação. tem que fazer um teste de HT-6 para te seja removido. Uma falha no teste
Seguem alguns dos métodos que resistir aos retrovírus; se ele falhar, ele significa que o alvo ganha a vantagem
Pauder e a Ordem Armanen usam para recebe a vantagem Saltador (Mundo) Saltador (Mundo), torna-se Suscetível
cruzar os mundos ou criar um saltador e desvantagens concomitantes, con- a Doenças (HT-3) e ganha outras des-
de mundos (ridiculamente chamado de forme listado na pág. 194. Na maioria vantagens concomitantes conforme
Maulesel ou “Mula”): dos casos, a Mula ainda precisa tomar indicado na pág. 195.

Inimigos em Todo Tempo 65


Semeadura Demoníaca: Este méto- Ainda outros (aqueles que desa- seus próprios fundos administrativos
do é um triunfo para os ocultistas Ar- gradam a Ordem, ou violam os pro- para melhorar e preencher totalmen-
manen, que rastrearam o “demônio” cedimentos em outros mundos, ou te as bases. O comando Waffen-SS,
que salta mundos conhecido como mostram sinais de planejar escapar) possivelmente surpreso ao descobrir
Tychiron em vários tomos em ruínas. estão trancados em baias no portal algo realmente útil militarmente sen-
Uma equipe da Divisão Corvo o encon- de mundos de Bisanz. Esta porta, do feito na Borgonha, não levantou
trou em uma passagem na montanha alimentada por um reator de fissão e objeções. Ele então começou a des-
da Transilvânia na cronologia Frederi- focada usando os cérebros das Mulas viar alguns homens de cada vez para
co (pág. 125) e o capturou usando uma renegadas, alterna entre o Reich-5 e uma nova unidade com seu próprio
teia de espinhos tecida em uma esfera sua duplicata no paralelo Nostrada- treinamento e instalações de quartel,
de muitos nós. Depois de trazê-lo de mus (pág. 138) a cada seis horas. Foi que ele chamava grandiosamente de
volta para Bisanz, a Ordem o enclau- concluído em 2009 após quatro anos Divisão SS Corvo. Acreditando que
surou na cripta sob um castelo da Or- de construção; muitas das peças de- esta nova divisão (na verdade, mais
dem Teutônica, em uma câmara forra- licadas tiveram que ser refeitas no próxima de uma força regimental)
da com espinhos, runas e espelhos de local muitas vezes, conforme o fluxo era apenas uma “guarda do quartel-
acordo com o ritual desenvolvido pelos quântico local mudava, e isso requer -general” exagerada para alimentar o
pesquisadores de Armanen. Quando os manutenção quase diária. (Também ego de Mattern, o comando Waffen-
candidatos a Mulas são trazidos para requer 21 Mulas, uma ou duas das -SS novamente consentiu.
a câmara, Tychiron os estupra (Vonta- quais morrem a cada poucos meses.) Em 2007, após anos de testes e sal-
de-6 para resistir), deixando seus ovos Ele pode enviar 10 toneladas por vez, tos de reconhecimento, a Divisão Cor-
em suas colunas e nervos pélvicos. principalmente componentes e peças vo lançou sua primeira invasão trans-
(Resistida ou não, a experiência exige sobressalentes em caminhões (tudo dimensional em escala real, a partir
uma Verificação de Pânico, também mais facilmente falsificado nos inven- do Reichsprotektorat da Mesopotâmia
com -6; Tychiron pode tentar estu- tários do que morteiros autopropeli- para Nostradamus (pág. 138). A resis-
prar um personagem atordoado que dos ou drones de ataque). As Mulas tência local foi feroz (especialmente
resistiu de início.) A Mula não pode são cevadas — e confinadas — como da cavalaria Curda), mas infrutífera
tecnicamente saltar mundos, mas a bezerros de vitela, com seus cérebros contra as armas de alta tecnologia da
prole de Tychiron pode, e leva a Mule conectados em um circuito psíquico SS, que rapidamente assumiu o con-
consigo. As Mulas que se submetem a sintonizando o portal. trole do Vale do Eufrates. O Armanen
esse tratamento precisam tomar suple- havia escolhido Nostradamus por
mentos de ervas regulares para manter causa do veredicto unânime de todos
a prole de Tychiron em estado infantil os precognitivos de que a vitória esta-
e subserviente; sem eles, a vantagem va assegurada; eles descobriram que
torna-se essencialmente Incontrolável. Nostradamus também ficava em um
Enquanto as ervas resistirem, entre- entroncamento dimensional de uma
tanto, a Mula tem a vantagem Saltador rodovia. Esta “Chronobahn” (pág .79)
(Mundo) com as desvantagens confor- dirigiu os Armanen para seu próximo
me estabelecido na pág. 176. Ele tam- alvo, Friedrich, onde ao invés de or-
bém tem um Elo Mental com todos os ganizar uma invasão, a Ordem deci-
outros descendentes ou portadores de diu fortalecer o Primeiro Reich local
Tychiron nos através dos mundos; já (o Sacro Império Romano-Germâni-
O próximo projeto de Pauder é co) em um estado Ariano puro.
que a maioria deles enlouqueceu, isso
usar centenas de fetos clonados do Estando entre a guarnição de Nos-
não é necessariamente um bônus.
Psibernética: Nem todas as Mulas esperma de Havig como baterias em tradamus, os esquadrões de reconhe-
são enviadas com a Divisão para os um portal muito maior, capaz de en- cimento ao longo da Chronobahn e os
novos mundos. Algumas delas perma- viar tanques panzers e talvez até ae- conselheiros em Friedrich, a Divisão
necem em Bisanz e Dijon por vários ronaves de transporte pesadas. Este Corvo chega ao seu limite. O Brigade-
motivos. Alguns, que são reduzidos portal mestre está a 18 meses de ser führer Fest planeja recrutar e treinar
à imobilidade ou imbecilidade pelas concluído, a menos que Pauder tenha soldados Arianos puros em Friedrich
drogas, tornam-se bancos de genes um avanço teórico que lhe permi- e armá-los com armas das fábricas
humanos e tanques de tecido, dopa- ta desenvolver partes capazes de se que os Armanen vêm construindo se-
dos até o estupor e drenados de san- ajustar à alteração do fluxo quântico, cretamente em Nostradamus há três
gue todos os dias pelos médicos do ou se os ocultistas Ahnenerbe desco- anos. Até que esses planos se concreti-
brirem um ritual para manter o por- zem (o primeiro regimento extratem-
laboratório de Pauder. Outros (espe-
tal magicamente afinado. poral da Divisão Corvo terminará seu
cialmente aqueles com a ampliação
treinamento em alguns meses, mas
Salto por Massa) são conectados em
ligações psibernéticas que expandem O Corvo Voou seu equipamento pesado está atrasa-
Enquanto as energias da ciência do por sabotagem em Nostradamus),
seus poderes para permitir que ae-
e do ocultismo Nazistas trabalha- a Divisão precisa encontrar sua força
ronaves leves (como helicópteros) e
vam para abrir o caminho para no- na sua base no Reich-5.
pequenos veículos de até 4 toneladas
viajem entre os mundos. Essas liga- vos mundos, as sutilezas da política
ções psibernéticas também têm chan- e da chantagem Nazistas construíam Treinamento e
ce de rejeição, como acontece com um exército para invadi-los. O Orden- Doutrina
a cirurgia; o teste não é modificado führer Mattern expandiu o quadro de A Divisão Corvo treina como gebir-
para Resistente, entretanto, e o proce- treinamento nas academias da SS gsjägers, infantaria leve de montanha
dimento não acarreta em Suscetível a na Borgonha, adicionando mais ho- adaptada para operações de patrulha
Doenças. mens e mais instalações, gastando prolongadas com apoio mínimo e gran-

66 Inimigos em Todo Tempo


de concentração em multiplicadores de
força. Nenhuma das Mulas de Pauder
é capaz de transportar panzers entre
mundos, por exemplo. A maior carga
que a Ordem pode enviar é um VBTP
Metas Gloriosas
Spähpanzer de 10 toneladas, junto com Enquanto o Centrum planeja ativamente impedir a Patrulha e,
sua tripulação e passageiros (seis ho- eventualmente, remover a Linha-Base inteiramente do tabuleiro, a Divisão
mens ao todo), e não pode enviar mui- Corvo segue seus próprios objetivos. Os Armanen não têm interesse em
tos deles sem preencher uma papelada sair e começar uma briga com a Patrulha; eles se contentam em esperar e
muito criativa para explicar como os desenvolver suas forças enquanto buscam objetivos como:
veículos foram “perdidos”. Forçosa-
mente, então, a Divisão Corvo tem que Encontrar Hitler: Não é qualquer Hitler que serve, é claro. Em alguns
atacar rápido, com pouco peso e ao mundos, ele nunca teve seus insights maravilhosos; em outros, ele se
mesmo tempo atacar pesado. Para evi- tornou um naufrágio cambaleante e drogado; em outros ainda, ele perdeu
tar tais transtornos, a Divisão mantém a guerra e é obviamente um espécime impróprio. A Ordem quer encontrar
um grande número de veículos civis le- o Verdadeiro Hitler, aquele que carrega o espírito do Führer falecido do
ves (motocicletas, caminhonetes off-ro-
ad, etc.) à disposição.
Reich-5.
Encontrar a Arca da Aliança: Ou o Santo Graal ou a Lança do Destino.
2
O treinamento enfatiza a mobilida-
A lança em Wewelsburg não parece funcionar como prometido, mas em
de sem o uso de suporte mecanizado
ou aeromóvel, e a Divisão garante que algum lugar dos mundos deve haver uma que garanta a vitória da raça
todas as tropas recebam treinamento Ariana. Na verdade, a Ordem pega qualquer estilhaço de realidade (pág.
especial em tarefas “antiquadas”, como 76) que puder, já que alguns podem permitir que seus usuários saltem
manusear cavalos e mulas. Em teoria, entre os mundos.
a Divisão consegue sobreviver com um Encontrar a Verdadeira Pátria Ariana: Embora Friedrich seja um excelente
comboio de bagagem muito leve, prio- começo, mesmo os Arianos de lá sofreram a mácula da miscigenação e
rizando munição e alimentação na área parecem fracos e queixosos em comparação com os poderosos guerreiros
de operações (ou seja, pilhando os lo- da lenda Himmleriana. Em algum lugar entre os mundos está o mundo
cais) sempre que possível. Na prática, original onde a raça Ariana original nasceu. Esse lugar sagrado será uma
a Divisão tende a acumular animais fortaleza inexpugnável e uma fonte ilimitada de guerreiros para o Reich!
adicionais para manter mais munição,
peças e saques com o passar do tempo.
Em comparação com as tropas nas
unidades SS e a Wehrmacht da linha de
frente, as tropas da Divisão Corvo são dura de couraça (pág. 27). Completan-
do o uniforme está um par de botas de
Kerne
terrivelmente mal equipadas. A logísti- Para preparar o caminho para fu-
ca é fundamental, e a capacidade limi- assalto e um capacete de combate feito
turos ataques da Divisão Corvo e para
tada da Mula não pode ser utilizada nas em aço. Veja a Tabela de Armaduras na
roubar tecnologia e objetos de valor
grandes quantidades de consumíveis pág. 26 para obter informações adicio-
nais. Cada soldado tem o equivalente a de outros mundos, os Armanen esta-
necessários para o equipamento militar beleceram Kerne (“núcleos”), bases
NT8 e NT9 (principalmente baterias). um rádio oculto (pág. 24) no capacete.
Pacote de Campo: Ao se mover para auto-suficientes em todos os mundos
O transporte deve priorizar as próprias próximos e ao longo da Chronobahn.
tropas, suprimentos médicos, muni- uma nova área de operações, cada
soldado carrega um pacote completo, Cada Kern é comandado por um agen-
ções para armas pequenas e armas de
deixando com os animais os equipa- te da Gestapo do Amt Z (“Departa-
apoio.
mentos pesados e volumosos (placas mento Z”), o departamento secreto da
Armas: Um soldado comum carrega de base de morteiro, latas de combus- Gestapo criado pela conspiração de
um rifle StG 03 carregado (pág. 200) e tível, caixas de munição, etc.). Isso in- Armanen, e com um mínimo de uma
10 pentes extras o tempo todo. Precisão clui, no mínimo, uma ferramenta para Mula e três a cinco soldados da Divi-
é um luxo, então todas as tropas rece- cavar trincheira, um abrigo leve, saco são Corvo para segurança. Tem um
bem as melhores miras que o dinhei- de dormir compressível, duas munições estande de armas, tanto locais quanto
ro pode comprar — essas miras leves de morteiro, kit de primeiros socorros, da SS, adequadas para 20 homens, e
concedem um bônus de +2 à Prec e uniforme extra, itens básicos pessoais suprimentos (alimentos, remédios,
fornecem tanto Infravisão quanto Visão (pág. MB288), capa de chuva, bolsa de etc.) para sustentar tantos homens
Telescópica 2 (1 kg). Oficiais carregam hidratação de 12 litros, equipamento por um ano, cerca de oito toneladas
pistolas Luger de 9 mm; todos os solda- de escalada (pág. 25), 20 metros de cor- de equipamento ao todo. Idealmente,
dos da Divisão Corvo carregam baione- da de nanofibra (pág. 25) e ração para
o Kern tem um rádio criptografado,
tas, granadas e munição adicional para uma semana (veja Kit Refeição, pág.
a metralhadora leve do esquadrão. microcomputador e outros aparelhos
25). Soldados com missões especiais
Uniforme: O uniforme blindado fel- (por exemplo, o operador de rádio) car- eletrônicos úteis. Tanto quanto pos-
dgrau básico inclui camuflagem adap- regam um pouco menos, pois precisam sível, é comprado localmente com
tativa (bônus de +2 para Furtividade transportar os grandes rádios táticos ouro roubado ou falsificado no local;
quando imóvel, e +1 quando em mo- usados no Reich-5 (eles não se benefi- transportar ouro através dos mundos
vimento) e um sistema de microclima ciam dos rádios de software usados na ocupa muito espaço que poderia ser
para manter o usuário confortável, Linha-Base e no Centrum). Os policiais usado com armas e equipamentos de
mesmo em um ambiente excepcional- também tendem a carregar bugigan- invasão NT8+, que podem trazer bas-
mente quente ou frio. Em situações de gas de casa e pequenas bugigangas que tante ouro a qualquer agente da Ges-
alto risco, ele pode colocar uma arma- chamam sua atenção. tapo que se preze.

Inimigos em Todo Tempo 67


Em algum lugar entre os quanta exis-
A Cabala
las, cada uma alegando ser a original, da pirâmide estão os Grão-Mestres, que
te uma Terra sob a sombra de uma vas- também pode explicar por que tantos são senhores vampiros, rainhas lobiso-
ta conspiração de monstros, feiticeiros dos magos, paracronozoides e mortos- mem, deuses depostos, conspiradores
e mestres psíquicos. Essa conspiração -vivos que afirmam ser Cabalistas pare- bilionários, mandarins psíquicos e ma-
alega remontar às primeiras guerras cem, em um exame mais aprofundado, gos poderosos como John Dee ou Marie
de deuses e homens que estilhaçaram estar principalmente inclinados a fazer Laveau. Algumas Lojas são organizadas
o cosmos mágico e lançaram fragmen- algo não especificado, mas sem dúvida em Grandes Lojas com capítulos em
tos de existência através dos universos algo danoso a algum outro Cabalista todo o mundo (ou mundos). Algumas
em plumas de magia e no sangue dos em um ciclo interminável de vingança das Grandes Lojas mais comumente
deuses. Ela afirma ter olhos que podem mágica e contagem de golpes. encontradas incluem:
ver através dos planos até a mais remo- Se sua organização maior é uma
ta Terra e garras que podem pegar os Amonis Albioni: Esta loja está cen-
questão de teoria e de lealdade con- trada em várias Inglaterras e voraz-
incautos entre os universos. É a Caba- testada, no entanto, em nível local, a
la, aqueles que se curvaram diante do mente acumula mapas e gráficos dos
Cabala pode ser ferozmente leal a si planos e dos mundos infinitos. A Amo-
louco Faraó Khaibitu-na-Khonsu antes mesma. Cada Cabalista tem dois mem-
que ele os liderasse na batalha contra nis Albioni também tem uma grande
bros cuja morte ele é obrigado a vingar experiência em se infiltrar em cultos
Rá, o Sol Invicto, quando as Pirâmides pela honra, seus passers (do latim para
eram novas. demoníacos — seja para destruí-los ou
“pardal”, como no versículo bíblico para adicionar seu poder à Loja.
“Não se vendem dois pardais por uma Loja Haroéris Cego: Esta loja é dedi-
Verdades e moedinha de cobre? Mesmo assim, ne-
nhum deles cairá sobre a terra sem a
cada a expedições, em busca da Fon-
te da Juventude, do Velo de Ouro, da
Mentiras permissão de vosso Pai”). Ele, por sua
vez, tem dois ultors (latim para ultores,
Pedra Filosofal e outros itens maravi-
lhosos. Um interesse especial da Loja
Tanto quanto para o que a Caba- “vingadores”) que juraram vingar sua são os baralhos de tarô; um número
la afirma. (Veja GURPS Cabala para morte. Este padrão estrito de vingan- impressionante de pessoas poderia
mais detalhes.) O que a Patrulha sabe ça pode ser o motivo pelo qual tantos ser mortas por um Baralho Boccaccio
não contradiz imediatamente nenhum Cabalistas conspirando uns contra os exclusivo ou um Segundo Lombardy.
dos itens acima — nos mundos infini- outros parecem fazê-lo em mundos Seus membros raramente têm uma
tos, afinal, coisas estranhas provaram isolados ou reinos itinerantes no ritmo base fixa, preferindo operar em navios
ser verdade, e a Patrulha não acha que da Patrulha. à vela (especialmente reinos itinerantes
encontrou a Terra na qual a Cabala se Os Cabalistas se organizam em Lo- em “navios fantasmas”, veja pág. 79) ou
origina. jas quase independentes de 10 a 20 Ca- dirigíveis. Alguns de seus membros são
Se houver apenas uma Terra: Barão balistas sob a liderança de um Adepto. suagues (pág. 71).
Janos Telkozep (pág. MB320), um vam- Se a Loja local se deparar com algo que Loja Áurea de Asten: A Loja Áurea
piro que trabalha para DIATE, afirma não pode controlar, ela chama os alia- opera principalmente “a leste de Suez”
ter deixado deixou o mundo da Cabala dos do Adepto nos escalões superiores em Singapuras, Djakartas, Angkors,
um passo à frente da Cabala, mas sua
da Cabala, que podem ser muito pode- Shanghais e Amboynas em muitos
descrição não corresponde a outras in-
rosos e assustadores de fato. No topo mundos. Seu letreiro dourado com a
formações disponíveis para a Patrulha.
A Cabala, como algumas outras conspi-
rações, pode ser “nativa de” uma série
de cronologias ao mesmo tempo, Ca-
balas paralelas para acompanhar Egi- Deuses Ativos
tos paralelos e John Dees das histórias
alternativas. Por outro lado, as Cabalas Enquanto vagavam pelos Mundos Infinitos, tanto os Cabalistas quanto
paralelas podem todas surgir de uma os obstinados Patrulheiros encontraram todos os tipos de “deuses”, desde
ur-Cabala fundada antes que um gran- computadores de defesa sencientes a brincalhões imortais e alienígenas
de tremor de realidade ou um quanta- caídos. De vez em quando, eles encontram um deus que atende à definição
clismo destruísse sua Terra original e mais tradicional — uma entidade transcendente de imenso poder
deixasse várias sombras de Cabalas em sobrenatural.
vários mundos. O protocolo de Patrulha e da Cabala é idêntico nesses casos: acordo
polido sem se comprometer com nada, especialmente com a adoração.
Vastas Conspirações Felizmente, apenas alguns poucos deuses parecem ter o desejo (e menos
Não importa quantas Cabalas exis- ainda têm a habilidade) de deixar para trás sua cronologia de origem ou
tam, todas parecem ter aproximada- universo de bolso. Por alguma razão, esses deuses raramente são do tipo
mente a mesma agenda: o acúmulo bondoso e benevolente. Mesmo que sejam, seus caminhos divinos estão
secreto de poder mágico e conhecimen- repletos de cataclismos, tremores de realidade e outros sinais e maravilhas.
to em nome da autodefesa e do auto- Esses deuses desonestos representam graves ameaças ao continuum;
engrandecimento. Mesmo em mundos tanto a DIATE quanto a Cabala tratam essas manifestações com mais alta
com magia aberta, a Cabala opera nas
prioridade.
sombras; em mundos sem magia, a Ca-
bala se esforça ao máximo para mantê-
-los assim. A existência de várias Caba-

68 Inimigos em Todo Tempo


“pata de macaco” pendurado discreta-
mente em Chinatowns sinuosas e arra-
nha-céus semelhantes de aço e vidro.
Parece estar no negócio de aquisição e
disposição de artefatos ocultos, e tem
relações cordiais (embora necessaria-
mente discretas) com representantes
da Comércio Estrela Branca em muitos
mundos.
Loja de Aton do Solstício de Inverno: Filhos de Imotepe: Essas aberrações Roda de Ptah: Esta loja traça as li-
Esta loja de feiticeiros da Baviera exis- assustam até mesmo seus companhei- nhas falhas e os detalhes sutis dos tre-
te em alguns mundos, liderados pelo ros Cabalistas. Devotados aos mais mores de realidade nos mundos infini-
temível mago lobisomem Leonard du sombrios cultos necromânticos do Egi- tos. Ocasionalmente, um pesquisador
Sarrazin. Seu emblema é uma suástica to antigo, os Filhos de Imotepe cons- dos Paralabs que fornece a um Homem
preta com virada para a esquerda em troem câmaras piramidais mágicas nos da Roda dados recentes ou a localiza-
um disco branco, e a Patrulha suspeita piores distritos de cidades fervilhantes. ção de uma ressurgência de um cata-
clismo em potencial recebe uma esme-
fortemente que ele tenha ligações com
os partidos Nazistas de vários mundos
Vestidos com mantos que (dizem) es-
condem horríveis deformidades anima- ralda do tamanho de um punho, ou a 2
lescas, os Filhos de Imotepe perseguem morte de um rival, em troca. De vez em
e, possivelmente, com a Ordem Arma-
arqueólogos (tanto locais quanto extra- quando, ele também consegue algo que
nen do Reich-5. Ele busca o poder po-
temporais) para roubar ídolos ou papi- realmente queria.
lítico apoiado por força mágica; seus
experimentos desencadearam a Tem- ros necessários para suas cerimônias
pestade Infernal no Merlin-3 (pág. 133). blasfemas.
Através dos Planos
De acordo com a cosmologia da Ca-
bala, pode haver mundos infinitos, mas
existem apenas quatro Reinos que im-
portam. A Cabala mais comumente usa
A Cabala na Campanha os nomes mostrados entre parênteses,
que são retirados do misticismo judaico.
Conforme está escrito, a Cabala fica em um segundo plano em Reino Material (Assiah): O Reino Ma-
uma campanha de Mundos Infinitos. Consumida por lutas internas terial contém todas as infinitas Terras e
e com suas próprias pesquisas misteriosas e obscuras, ela não toma Martes e assim por diante, como grãos
partido na grande disputa entre a Infinity e o Centrum. Seu objetivo de areia em uma praia ou nós em um ta-
de manter a magia e o segredo sobrenatural a impede de ameaçar o pete. Embora os Cabalistas passem mui-
Segredo da Infinity. Então, como o MJ pode usá-la se quiser? to tempo no Material, eles geralmente
Variedade: A Cabala adiciona uma estranha pitada de Hammer não o consideram a fonte de sabedoria.
Films diretamente à ficção científica da Patrulha Infinity. Se o MJ O nível de mana de Assiah varia de mun-
quiser adicionar algo mágico ao jogo, a Cabala pode deixá-lo fazer do para mundo, e às vezes varia dentro
isso sem criar um mundo de fantasia completo. de um determinado mundo.
Imprevisibilidade: Mesmo que a Cabala escolhesse um lado, nem Reino Astral (Yetzirah): O Reino As-
todas as Lojas concordariam. Em um cenário com dois vilões, a tral está “acima” ou “dentro” do Reino
Cabala faria um ambíguo. Os patrulheiros são mais propensos a Material, tocando todos os mundos
cooperar com um Cabalista não claramente perturbado do que igualmente. Abriga rebanhos de espíri-
com um Nazista ou um agente implacável do Centrum. Qualquer tos malévolos e benevolentes, e cidades
encontro da Cabala, portanto, pode ser potencialmente um e planetas inteiros próprios. Os Caba-
encontro social, sobre a construção do mundo do jogo ao invés de listas consideram o reino itinerante Fe-
meramente explodir pedaços dele. érico (pág. 80) como parte de Yetzirah,
Flexibilidade: Qualquer coisa que o MJ possa querer enviar para embora seus elfos pareçam materiais
a Patrulha, a Cabala pode querer roubar, quebrar ou deslocar de o suficiente para os Patrulheiros que
um mundo para outro. A Cabala pode ter suas próprias razões (cautelosamente) os visitam. O Reino
indescritíveis para deslocar ecos, convocar cataclismos, sequestrar Astral tem mana normal.
turistas temporais, matar agentes do Centrum ou qualquer outra Reino Icônico (Briah): Separado de
ação criadora de aventura. Yetzirah por um enorme oceano espiri-
Ubiquidade: Qualquer um pode ser membro da Cabala, em tual, Briah é o lar de deuses, arcanjos
qualquer mundo. Isso dá ao MJ um “Cavalo de Tróia” para atrair e figuras icônicas semelhantes. Alguns
alguns PdMs para a aventura, uma fonte divertida para a paranoia Patrulheiros afirmam ter visto Batman
do jogador e muitas possibilidades para o drama dos personagens. ou Mao no Reino Icônico; as fronteiras
Entre os Portais de Thoth e o plano astral, um Cabalista pode para Briah podem ser mais porosas do
aparecer em qualquer mundo, em qualquer época. que a Cabala tradicionalista gostaria
Poder: A Cabala pode ser um grande martelo para destruir algo de acreditar. O Reino Icônico tem um
que o MJ deseja que seja destruído, um aliado pouco confiável para mana muito alto.
Reino do Espírito Puro (Atziluth):
ajudar a lidar com uma ameaça ou uma fonte para habilidades de
Nenhum Cabalista, exceto os Grão-
saltar mundos fora do controle da Infinity ou do Centrum. Se o MJ
-Mestres, jamais visitou Atziluth, a
quiser que seja trazido, a Cabala pode trazê-lo.
Divindade no Centro de Tudo, e há al-
guma razão para acreditar que os Grão-
-Mestres estão mentindo.

Inimigos em Todo Tempo 69


Ameaças Menores
Crime pornografia (torná-la aceitável parece
estragar a emoção), e muito bem ar-
com o governo Russo e a indústria de
mineração que lhes valeram o acesso

Organizado mado para executar grupos de seques-


tros, mas há outras Terras com garotas
aos paralelos. Com a Rússia cuidado-
samente guardando sua participação
Embora muitos traficantes de pe- famintas dispostas a ir a qualquer lu- de 20% nas licenças de mineração em
queno porte fiquem à margem, cone- gar, desde que seja longe de onde es- outros mundos, e com a Máfia traba-
xões reais em todo o mundo exigem tão. Um ou dois operadores do Grupo lhando lado a lado com todos os prin-
energia. É aí que a Máfia entra; por têm trabalhado para dominar os ma- cipais oligarcas e seus governadores
um preço, eles podem levar você para fiosos de Chicago em Terras paralelas, pagos, o resultado foi uma conclusão
sua antiga namorada de colégio de para extrair parte de sua operação em óbvia. Um jornal do Departamento de
outra Terra ou levá-lo para uma ex- benefício da Linha-Base, mas a vanta- Estado estima que 80% das operações
pedição clandestina de caça furtiva gem tecnológica não é tão útil quando de mineração Russas em outros mun-
de dinossauros. Mas isso são apenas todos ainda usam tacos de beisebol e dos são realizadas por empresas per-
relações constituintes, coisas insignifi- canivetes. tencentes ou ligadas à Máfia, e bilhões
cantes. Como o quadro geral é depen- Finalmente, é claro, as várias Ter- de rublos fluem direto para as contas
de da organização em questão; nem ras destruídas, congeladas e com ci- bancárias dessas organizações na Su-
todas as Máfias são criadas da mesma catrizes monumentais para as quais a íça e na Roma de Johnson. A Máfia
maneira. Transporte de Resíduos Intermundos usa esses vastos lucros principalmen-
realmente entrega legalmente suas te para financiar suas operações na
O Grupo cargas de plutônio, tetradioxina e pó Linha-Base em crimes cibernéticos,
Para o Grupo Chicago e suas vá- de berílio usados são excelentes lixões chantagem e extorsão, em vez de se
rias afiliadas nacionais, ir para ou- para cadáveres inconvenientes — in- expandir para outras cronologias.
tros mundos era apenas uma questão cluindo alguns da Divisão de Justiça Eles “recrutam” maciçamente sol-
de negócios comum. Quando a Co- da Patrulha. dados de vários campos de batalha
mércio Estrela Branca precisou des- nas Rússias alternativas; não faltam
membrar seu negócio de transporte A Máfia Russa guerreiros desesperados, corajosos e
de resíduos, a empresa de transporte Como os garotos de Chicago, a condenados, dispostos a receber altos
que ela chamou já era uma fachada Máfia russa simplesmente transferiu salários e atendimento odontológico
do Grupo. O Grupo caiu no crime seus padrões e práticas mundos afo- moderno em troca de apenas atirar
transdimensional ao assinar na linha ra. Nesse caso, foram suas conexões em civis desarmados.
pontilhada na Torre Infinity. Usando a
Transporte de Resíduos Intermundos
como licenciante oficial, o Grupo con-
seguiu desviar uma pequena frota de
caminhões transportadores para seu
próprio uso. Com programadores su-
bornados e chantageados, os sistemas
supostamente conectados poderiam
ser hackeados (embora com uma
penalidade permanente de -2 para
todos os testes da perícia de Opera-
ção Aparelhos Eletrônicos (Paracrô-
nica) nesses veículos) para permitir
a operação subquântica livremente.
Desviar um projetor está além da ca-
pacidade do Grupo (até agora), mas
há pouca necessidade de um agora.
Como a Patrulha, o “Expresso Zona
Leste” do Grupo tem mais trabalho
do que consegue lidar, mesmo restrito
ao Quantum 5.
O maior negócio são as drogas. De
Gallatin, uma Terra alternativa onde
o Meio-Oeste é uma anarquia libertá-
ria, o Grupo compra heroína e cocaína
pura e barata, legal e garantida — e
envia às toneladas para a Linha-Base.
A parte mais difícil é lavar as remes-
sas de drogas na Linha-Base para que
o FBI e a Patrulha não as rastreiem até
o fornecedor. Em segundo lugar está
a prostituição e o comércio de carne;
Gallatin é estranhamente ruim em

70 Inimigos em Todo Tempo


As Tríades se concentram em cons-
truir conexões e aliados transdimensio-
nais redundantes; eles recrutam forte-
Suagues mente chineses saltadores de mundos,
especialmente em comunidades Chine-
Uma extensa “família” transtemporal de vigaristas, os suagues levam sas extratemporais e fora do alcance do
seu nome da gíria Australiana “Swagman” para vagabundos andarilhos. O governo Comunista na Linha-Base. Eles
Outback Australiano germinou prósperas cidades na Linha-Base no início deslocam coisas muito raras, mas de
do século 21, quando os mineradores passaram a desenterrar opalas e baixo peso — software e filmes piratas,
ouro por conta própria, e urânio para a Infinity, em Austrálias alternativas segredos industriais e pênis de dinos-
em todo o quantum. Onde o dinheiro rápido e a ganância se juntam, o sauro em pó. As Tríades também atuam
mesmo ocorre com os golpistas e os jogadores. Um grupo desses fora-da-lei na caça ilegal entre os mundos — o ri-
conseguiu se formar com uma série de golpes que acabou levando à prisão noceronte está em risco de extinção em
de um representante da Mineração Consolidada no Concílio, deixando-os mais quatro ou cinco mundos, e o den-
por conta própria com um transportador e um livro de coordenadas. te-de-sabre foi caçado até a extinção na
Eles tinham o mesmo problema que todos os outros transtemporais Ásia em Mammut-3. Os PIs começaram
ambiciosos enfrentam; muitos alvos e poucos homens. Em vez de ficarem
quietos, eles entraram em contato com amigos de amigos e contatos de
a atacar as Tríades transtemporais.
2
Criminosos
todos os botecos em três continentes. De Viajantes Irlandeses e Ciganos,
eles pegaram os códigos de confiança e isolamento que mantiveram o

Autônomos
estelionato funcionando por décadas; dos vigaristas e talentosos, eles
pegaram os mais novos esquemas e o talento para ir além do e-mail do
Príncipe Nigeriano e golpes de calçada, partindo para grandes tacadas. Também há muito espaço nos mun-
À medida que seus contatos se expandiam, também aumentavam dos infinitos para autônomos do crime.
suas opções. Os suagues costumam aceitar empregos em operações de Se uma versão de Miami ficar quente de-
mineração transtemporal ou simplesmente subornam funcionários de RH mais para você, experimente o próximo
para colocar seus nomes na lista. Conforme os mineradores vão de mundo mundo! O verdadeiro gargalo é o acesso
em mundo, os suagues vão com eles. O estelionato pode encarecer o custo a um transportador; se não estiver sob
de uma viagem na Turismo Temporal, e vigaristas eloquentes podem se o olhar atento da Patrulha ou de algum
juntar a uma equipe acadêmica como guias ou tradutores. Há muitas governo ou agência da ONU, provavel-
maneiras de ir de um mundo a outro se você for um bom golpista, e os mente está sob o olhar atento da máfia
suagues estão entre os melhores. local. Mesmo os espíritos livres listados
Com uma infinidade de alvos, eles podem se dar ao luxo de mirar abaixo, portanto, provavelmente preci-
apenas os mais ricos e mais merecedores. Eles comandaram o golpe do
sam de pelo menos um Contato de rua
Prisioneiro Espanhol em um mundo onde a Armada venceu, e o Gambito
“conectado” para operar, a menos que
de Dois Anéis com as joias da coroa de Bonaparte. Eles enganaram um
tenham algum meio não-paracrônico
Howard Hughes paralelo antes que a Máfia o fizesse, e acidentalmente
de saltar mundos. (Esses mesmos tipos
conseguiram a independência Australiana para Ned Kelly na Britannica-6
de criminosos e a maioria das mesmas
(e uma fortuna em ouro para eles).
pressuposições se aplicam a uma cam-
Todos os anos, no Dia da Mentira, todos os suagues que puderem
panha de viagem no tempo também.)
se juntam a uma grande festa em algum mundo rural. Lá eles contam
histórias e compartilham técnicas, mantendo suas opções em aberto e seu
senso de solidariedade intacto. Ladrões Transtemporais
Esses criminosos usam seu conheci-
mento de outro mundo (ou do passado)
e/ou tecnologia avançada para roubar
ouro, pedras preciosas e outros bens
Um número alarmante de mafiosos mundos. Normalmente, eles viajam altamente negociáveis. Os ladrões tem-
Russos decide ir “bancar o czar” nos com documentação falsa para um pa- porais costumam ser espertos, mas nada
mundos primitivos explorados por suas ralelo com uma grande diáspora chine- sutis. Um galeão Espanhol, por exemplo,
minas supostamente secretas. Uma vez sa. Quando aquele que no passaporte é um alvo fácil para um aerodeslizador
que muitas operações de mineração se dizia um “pesquisador histórico” ou armado, ou mesmo para alguns homens
Russas são arquivadas incorretamen- “consultor de importação” desapare- com armadura e metralhadoras em um
te, com “transposições acidentais” no ce, o membro da Tríade aparece e faz barco a vela nativo. Quando o ouro está
campo de coordenadas, por exemplo, contato com as Tríades locais naquele seguro, os piratas queimam o navio e o
pode levar meses até que relatos de paralelo. Embora uma certa quantida- enviam para o fundo do mar, sem sobre-
SUVs pretas carregadas com pistoleiros de de guerra territorial seja inevitável, a viventes e sem ninguém ficar sabendo.
saqueando o zigurate em Lagash che- combinação de acesso a viagens trans-
guem até a Patrulha. Até agora, uma ou dimensionais e conexões com alta tec- Catadores
outra onda de invasões bárbaras engo- nologia se mostra muito tentadora para Muitos itens são bastante comuns
liu os vestígios dessas atrocidades, mas os extratemporais. Os locais, então, em sua própria época ou lugar, mas
o perigo para O Segredo continua sem- emboscam um transportador diferen- inestimáveis no mundo de hoje. Qua-
pre presente. te em uma área diferente — a Patrulha se qualquer arma antiga, por exemplo,
não sabe quantas “inspeções desapa- torna-se uma antiguidade valiosa al-
As Tríades recidas” estão de verdade no fundo do guns séculos depois. Da mesma forma,
As várias famílias de criminosos porto de Haiphong ou em uma pedreira moedas, selos, dispositivos mecânicos
Asiáticos em todo o Pacífico também em Guangdong em algum paralelo, mas e publicações comuns podem se tornar
encontraram seu caminho através dos é mais de um ou dois. muito valiosos com o passar do tempo.

Inimigos em Todo Tempo 71


O catador adquire esses itens na épo- Dependendo do histórico do jogo Tempos passados e mundos al-
ca e no local onde eles são novos. Ele e das leis, alguns tipos de “pilhagem” ternativos podem ser uma fonte
pode então enterrá-los para um “enve- podem ser perfeitamente legais. Se inesgotável de escravos e outras víti-
lhecimento” adequado ou apenas trazê- os bens forem obtidos honestamente mas. Uma organização de comércio
-los diretamente para a Linha-Base (ou, e não houver chance de perturbar a transdimensional pode facilmente se
em uma campanha de viagem no tempo, história ou mudar a estrutura de um transformar em um comércio de es-
para o futuro). A existência de catado- cravos, fazendo prisioneiros em um
mundo paralelo, pode ser correto
res pode enlouquecer um colecionador. mundo alternativo obscuro e moven-
“importar” objetos de valor. (E alguns
Este selo Four-Penny Black é um “selo do-os para outro em troca de bens
real” da Linha-Base ou é de um mundo mundos têm uma abordagem mais
“Mármores de Elgin” para artefatos valiosos.
alternativo? E se for um substituto, isso Indivíduos — pessoas famosas da
o torna uma falsificação? de outras cronologias, tolerando ta-
história ou suas versões alternativas
Claro, em algumas campanhas, ser citamente artefatos de pilhagem de
— também podem ser sequestrados
um catador pode ser uma atividade le- cronologias ou culturas “bárbaras”
por uma série de razões. As pessoas
gal. Em outros, pode ser ilegal — não para trazer essas obras-primas à luz também podem ser temporalmente
porque seja perverso em si mesmo, mas da “civilização”.) Em um jogo de via- sequestradas para fins de pesquisa,
por causa do perigo que qualquer via- gem no tempo (ou mesmo em um legítimas ou não.
gem não autorizada no tempo ou dimen- eco), “roubar” tesouros prestes a se- Se o “mundo original” do seques-
são pode representar para o continuum. rem destruídos, se feito com cuidado, trador temporal tem biotecnologia
Na Linha-Base, a atividade dos catado- pode ser uma missão de resgate digna
res é estritamente licenciada (CL2), para em NT8 ou melhor, o material gené-
de elogio ao invés de um crime! tico humano pode ser roubado cha-
“apenas réplicas de museu”, mas na prá-
tica é quase impossível de controlar. mando bem menos atenção do que
Sequestradores um sequestro. Pode haver um merca-
Saqueadores Temporais do clandestino próspero, impulsiona-
do por homens que desejam possuir
Os saqueadores também são ladrões, Sequestradores Temporais visitam
mas em vez de objetos de valor “co- um clone de Cleópatra ou de Marilyn
um mundo alternativo histórico (ou Monroe e por mulheres que desejam
muns”, eles procuram objetos únicos. o passado, em um cenário de viagem
Eles podem invadir galerias de arte, ter um filho natural de Elvis Presley
no tempo) e sequestram vítimas de ou Alexandre, o Grande. Outra van-
bibliotecas, palácios e mansões atrás
lá, trazendo-as para o mundo origi- tagem do sequestro genético é que os
de obras-primas de outros mundos. Ou
podem ser caçadores de souvenirs, cole- nal dos criminosos. O objeto pode clones geralmente podem ser altera-
tando relíquias interessantes. Alguns sa- ser o resgate — apenas outra maneira dos de acordo com as especificações
queadores são connoisseurs, valorizan- de ficar rico no passado. Mas o mais do comprador — conseguir um bebê
do suas coleções com suas aquisições provável é que seja porque alguém no Alexandre sem o gene para o alcoolis-
para seu próprio deleite. A maioria sim- mundo original dos sequestradores mo ou uma Marilyn Monroe natural-
plesmente vende para colecionadores. temporais quer essa vítima. mente loira platinada.

Onde Estão as Naves Estelares?


Até agora, ninguém da Linha-Base relatou uma
Terra paralela com viagens confiáveis e tecnológicas Não, Falando Sério, Onde Estão?
mais rápidas do que a luz. (Embora Azoth-7 (pág. 112) Como uma viagem no tempo confiável e tecnológica
tenha suas próprias naves alquímicas estranhas, elas não (Caixas de Marimbondos Infinitas, pág. 153), os cenários
parecem operar em nenhum cosmo normal, estando mais de campanha interestelar não combinam bem com os
perto da viagem planar Cabalística do que qualquer outra jogos transtemporais. Os paradoxos de causalidade e
coisa.) Os físicos dos Paralabs têm duas teorias principais dilatação do tempo por si só vão deixar os MJs loucos,
sobre o tema, nenhuma delas algo como provado e qualquer civilização realista avançada, interestelar e
experimentalmente: de alta tecnologia não vai ignorar acidentalmente os
agentes da Infinity que se esgueiram em seu universo em
Atraso: Embora aparentemente improvável, pode ser transportadores paracrônicos, emitindo todos os tipos de
que nenhuma Terra paralela tenha inventado a viagem radiação quântica. O Segredo duraria cerca de uma hora
FTL (faster-than-light, ou mais rápida que a luz). Já e meia, e então sua campanha terminaria.
que a Linha-Base está entre as Terras mais avançadas Por fim, o quadro geral é simplesmente um pouco
tecnicamente, e a FTL não foi inventada lá, talvez leve demais para este livro. E quanto a todos os paralelos onde
apenas mais um século ou dois de progresso. O Califa o ponto de divergência acontece no Tau Ceti IV? E quanto
(pág. 117) pode estar chegando perto. a armadas de invasores alienígenas transtemporais? E
Distorção: Outra teoria postula que o campo quântico se cada um dos bilhões de mundos tivesse sua própria
local só pode se deformar em uma direção, seja “na direção nuvem quântica de ecos e paralelos? Um dos pressupostos
do tempo” ou “na direção do espaço”. Já que a paracrônica fundamentais de um jogo transtemporal é que a Terra (ou
veio primeiro (na Terra, pelo menos), nenhuma FTL uma delas, pelo menos) é central e importante. A vastidão
baseada na Terra é possível — a menos que a distorção da Galáxia atenua isso. Adicione FTL aos Mundos
paracrônica possa ser filtrada de alguma forma. Infinitos se desejar, mas — tome cuidado lá.

72 Inimigos em Todo Tempo


Paracronozoides
Os paracronozoides são criaturas viagens ou alguma anedota sobre sua Elas preferem saltadores de mun-
com habilidades naturais de saltar família. (Ele gosta especialmente de dos, mas atacarão qualquer coisa com
mundos. Eles variam amplamente em histórias sobre seu irmão gêmeo, que um estranho “cheiro” de paracrônica.
forma, disposição e natureza. Alguns aparentemente fez de tudo, desde servir Caso contrário, eles atacarão qualquer
parecem animais normais, enquanto no Exército como soldado raso até dan- pessoa sozinha que pareça que vai es-
outros são feras bípedes falantes. Al- çar com estrelas de cinema.) No final guichar sangue a uma distância muito
guns parecem humanos ou fantasma- da viagem, Aaron deixa seu passageiro grande. Eles adoram sadicamente ba-
góricos. Alguns são simplesmente in- ou passageiros onde quer que estives- lançar os inimigos no ar, pendurá-los
descritíveis — belos (ou horríveis) além sem indo, e os deixa com algum tipo de nas torres das igrejas ou atacá-los no
da compreensão. presente. Às vezes, é apenas dinheiro meio da escalada, jogando-os em sali-
Todos os paracronozoides possuem ou joias, mas às vezes a história que ele ências estreitas ou telhados para se di-
a vantagem Saltador (Mundo) (pág. contou contém uma pista crucial para vertir ainda mais.
Alguns Cabalistas são conhecidos
176). A maioria tem a ampliação Túnel,
permitindo-lhes criar caminhos inter-
o problema que espera pelo viajante. E
às vezes, o viajante encontra um aliado por terem treinado gárgulas como cães 2
dimensionais que podem ser seguidos. chave esperando por ele, ou seu verda- de caça ou “pombos-correio”.
Frequentemente, esses caminhos se fe- deiro amor, ou ambos.
cham depois de algum tempo, com con- Aaron pode ser um fantasma ou
sequências potencialmente drásticas uma tulpa criado por projeção psíqui-
para um seguidor desavisado. Muitos ca ou pela realização de um desejo em
paracronozoides também têm a vanta- massa, ou ele pode ser apenas um bo-
gem de Dobra (pág. MB54), dando-lhes disatva saltador de mundos com um
a habilidade de pular através do espaço estilo pessoal idiossincrático. Ninguém
e também das dimensões. jamais tentou fazer mal a Aaron em seu
Alguns paracronozoides parecem próprio carro e ele nunca fez mal a nin-
atraídos por pessoas com habilidades guém, nem mesmo aos que merecem.
psíquicas ativas ou latentes (na maio-
ria das vezes PES ou Teletransporte). Gárgulas
Outros procuram áreas ricas em mana, As gárgulas são os pombos ou os
e há rumores sobre maneiras de invo- ratos dos paralelos. Possivelmente am-
cá-los ou atraí-los magicamente. Cer- bos. Eles são um pouco mais espertos
tamente, os magos aprisionaram e do- do que os chimpanzés, com a agressi-
mesticaram essas entidades, usando-as vidade e o instinto de grupo dos babuí- Gárgulas
como montarias ou vestindo-lhes ar- nos. Eles têm estruturas faciais e cor- ST 20+; DX 16–18; IQ 7; HT 16.
reios para criar carruagens que saltam porais muito variadas, mas todos têm Vontade 10; Per 16; Velocidade 8;
mundos. asas e garras. Esquiva 11; Deslocamento 8 (Solo).
Existem quase tantos tipos dife- As gárgulas têm uma pele cinzenta MT 0; 100–150 kg.
rentes de paracronozoides quantos e inconstante que combina bem com Características: Aptidão Mágica 0;
mundos de onde provêm. Esse mero pedras antigas (em menor grau com o Autômato; Camaleão 5 (apenas Pe-
conhecimento inclui dois seres únicos concreto). Elas preferem se reunir nas dra); Corpo de Pedra; Deslocamen-
e uma espécie bastante comum (e de- seções mais antigas das cidades, es- to Ampliado 1 (Ar Velocidade 32);
sagradável). pecialmente nas igrejas antigas. Elas Longas Garras Pontudas; Saltador
podem ficar empoleirados por horas (Mundo); Silêncio 5; Voo (Alado;
“Aaron” seguidas, fundindo-se com a linha do Deslocamento Aéreo 16).
Aaron é o nome mais frequentemen- telhado e esperando por suas presas. Perícias: Briga-14; Furtividade-18.
te dado por um homem de óculos es-
curos que aparece em estradas desertas
dirigindo um veículo preto. Às vezes é Sua voz se transformou em um grito.
um carro fúnebre, às vezes é uma car- “Frank, Frank, um ato terrível e indescrití-
ruagem e quatro cavalos, e às vezes é
o icônico Cadillac Sevilha preto. Ele só vel foi cometido no início. Antes dos tem-
aparece aos viajantes a pé, e apenas à pos, o ato, e do ato Ele havia se levantado e
noite ou ao meio-dia. Aaron aparece
no momento em que o ânimo do ca- estava histericamente andando de um lado
minhante está no seu pior momento… para o outro pela sala. “Os atos dos mortos
quando eles sofrem algum revés mortal
que destrói a pouca esperança que eles se movem em ângulos nos recessos obscu-
tinham. ros do tempo. Eles estão com fome e com
Aaron começa oferecendo uma ca-
rona e, se for aceita, um pouco de con- sede!”
versa. Ele fala em generalidades, mas – Frank Belknap Long,
centra-se na importância do amor e
da virtude. Ocasionalmente, ele conta The Hounds of Tindalos
uma história de algo que viu em suas

Inimigos em Todo Tempo 73


O Cervo Branco
O Cervo Branco permeia a histó-
ria mitológica de muitas terras. Ele
levou Magor e Hunor às estepes da Rastros e Estigmas
Cítia para fundar as tribos da Hun- Embora os paracronozoides variem muito em forma e características,
gria. Ele tentou alertar Pwyll para há uma ou duas maneiras de identificar muitos deles, e alguns indicadores
ficar longe das terras de Annwn e confiáveis de que algo andou atravessando mundos nas proximidades.
levou Peredur ao Castelo do Graal. O rastro do paracronozoide inclui:
Lançou missões de Sir Geraint e
outros cavaleiros arturianos. E tem •  Estranhas manchas em forma de pegadas, especialmente cascos fen-
aparecido de vez em quando para didos ou pegadas caninas. Às vezes, eles aparecem na rocha crua.
Patrulheiros de licença ou fora de •  Crescimento incomum de plantas transdimensionais, como cogume-
serviço. los, trepadeira tradescantia e trevo da Rainha Marie. Anéis ou linhas
Infelizmente, ele ainda não apare- de cogumelos e flores mais normais às vezes indicam um salto ou
ceu para um Patrulheiro com gran- aterrissagem de um paracronozoide.
des habilidades de mateiro (exige •  As pessoas perto do ponto de entrada ou saída costumam ter sonhos
pelo menos Rastreamento-16 para com grandes gatos pretos. Isso pode acontecer mesmo quando o pa-
segui-lo com sucesso), então nin- racronozoide é pequeno, pálido e não-felino.
guém sabe para onde ele está ten- Os sinais de que uma criatura pode saltar mundos incluem:
tando levar. Ele cria um pisado (pág.
79) sob seus cascos; qualquer um que •  Pelo branco puro, sem outras características albinas.
possa rastreá-la pode segui-lo para •  Olhos violetas ou heterocromia.
outro mundo sem necessidade de ou- •  Percepção ou inteligência incomum para sua espécie ou, em mundos
tro teste. Anêmonas surgem ao longo onde não é normal para a espécie, a fala humana.
de sua trilha três dias depois de sua •  Um apetite incomum por aveia ou morango.
passagem.

Outros Perigos
Nem todos os perigos entre os
mundos são humanos, ou mesmo O Espaço A Corrente
O outro tipo de espaço entre as Ter-
sencientes. Simplesmente viajar pelo
continuum pode ser uma experiência Entre Tudo ras que a Patrulha encontrou até ago-
ra é “a Corrente”, um fluxo rápido de
angustiante, especialmente sem um Embora os mundos variem ampla- partículas carregadas que corre “des-
transportador prático. Mesmo os por- mente, eles são todos mundos estáticos, de” a Linha-Base até todos os outros
tais de acesso nem sempre se abrem e geralmente Terras. Os espaços entre mundos. (O Centrum também pode
para o mesmo lugar duas vezes, e as es- os mundos, entretanto, podem ser qual- gerar uma Corrente própria.) Os Para-
quer coisa — ou nada.
tradas dimensionais passam por algum labs as chamam de “partículas de oz”,
terreno estranho, de fato. O continuum em homenagem ao tornado que levou
não permanece o mesmo de um lugar
Nada Dorothy Gale a outro mundo (que, as-
A experiência mais comum do es-
para outro ou de um tempo para o ou- sustadoramente, existe no Quantum 4)
paço entre as Terras, para a Patrulha
tro; cataclismos e tremores de realidade em O Mágico de Oz. Os poderosos rede-
Infinity de qualquer maneira, é o nada.
deslocam até mesmo o cenário que não moinhos da Corrente agitam o Merlin-3
(Pelo que eles são profundamente gra-
desloca por si mesmo. tos.) Se estiver funcionando correta- (pág. 133) e alguns outros mundos; via-
Mapear esses perigos e seus efeitos mente, um transportador simplesmen- jar de ou para esses mundos por qual-
continua sendo uma ciência inexata. te desaparece de um ponto e reaparece quer meio sempre conta com um redu-
Os topógrafos podem determinar as instantaneamente no mesmo ponto em tor de -1 ou mais para o teste da perícia.
outra Terra. Quer ele viaje através de A Corrente aparece principalmente
deformações da paisagem física e ma-
um micro buraco de minhoca a bilhões nas várias Terras na forma de cataclis-
peá-las para intensidades de campo de
de vezes a velocidade da luz, ou sim- mos (pág. 75), que são propriedades
várias energias quânticas. Parafísicos,
plesmente se transponha como um elé- de seu fluxo muito mais massivo e pe-
meteorologistas e geólogos descobrem rigoso. Embora apenas alguns trans-
que suas disciplinas se fundem à me- tron quando ninguém está observando,
ou se mova a fundo pelas supercordas portadores da Patrulha especialmente
dida que as conexões entre os fenô- reforçados tenham rompido a Corrente
que unem as Terras até o nível quân-
menos físicos e parafísicos percorrem tico, ninguém sabe ao certo. A mate- (entrando por cataclismos maiores e
provocativamente as teorias e os dados mática explica tudo de três maneiras, mais estáveis), pode ser possível para
disponíveis. Matemáticos puros ofere- dependendo de quais números você outros veículos (como a Esfera Tem-
cem comentários úteis sobre a teoria enfatiza. Se o “espaço do salto” que os poral na pág. 163) de alguma forma
da catástrofe e do caos, e comentários transportadores transitam tem alguma viajar entre os mundos através dela.
menos úteis sobre “mapeamentos não- característica, ela não aparece nos ins- Com transportadores muito mais fá-
-birracionais”. trumentos da Infinity. ceis e menos perigosos, os Paralabs não

74 Inimigos em Todo Tempo


se esforçaram muito para projetar um
“navio de oz”, embora a ameaça de uma
Alguns materiais garantem prote-
ção contra as partículas oz. Ao con-
Vórtices
Esses ousados Patrulheiros procu-
cultura bárbara transtemporal descen- trário da proteção contra radiação, ram vórtices, pontos na superfície da
do para a Linha-Base em navios piratas o usuário geralmente não precisa Terra que, por alguma razão, tendem
de oz preocupe alguns projetistas do cobrir todas as áreas expostas para a atrair ou manifestar cataclismos
CINU. obter o benefício de seu Fator de Pro- com mais frequência. Ninguém sabe
A exposição a partículas de oz fun- teção (pág. MB436), apenas ter algu- ao certo por que os vórtices aparecem,
ciona como a exposição à radiação mas gramas do material exposto ao ou mesmo se eles realmente existem
(veja pág. MB435), com “oz” em vez de campo de oz entre o campo e o usu- fora da superstição da Patrulha — a
“rads”. Algumas fontes de oz incluem: ário. Seda ou âmbar tem FP 7, aço inspeção de cataclismos é um trabalho
Viagem no Tempo ou Dimensional tem FP 10, prata ou espinheiro tem necessariamente difícil. Os Patrulhei-
Desprotegida (sem transportador): 1 oz FP 32 e ferro frio tem FP 100. Tam- ros frequentemente notam que suas
por viagem. bém ao contrário da blindagem con- bússolas começam a girar quando um
A favor do vento em um cataclismo: tra radiação, nem todos os materiais cataclismo está se formando, e outras
1–6 oz por minuto, dependendo da in- oferecem a mesma proteção contra leituras anômalas começam a con-
tensidade da tempestade. Depois de todos os cataclismos; as frequências fundir sensores delicados. O melhor
uma tempestade, os níveis de oz no ar de oz individuais podem variar tre-
mendamente.
palpite dos Paralabs é que os vórtices
aparecem onde o campo magnético da
2
e na água caem para 1–6 oz por hora
no dia seguinte e 1–6 oz por dia no mês Terra flutua mais do que o normal; tais
flutuações podem ter um componente
seguinte.
Dentro de um cataclismo: 300–1.800 Cataclismos geológico ou tectônico.
Os vórtices que comumente apa-
oz por hora, dependendo da intensida- Um “cataclismo” é um evento lo-
recem incluem o Triângulo das Ber-
de da tempestade. Um cataclismo gê- calizado que transporta todos dentro
mudas, o Mar do Diabo (um trecho
meo (pág. MB534), no entanto, fornece de uma determinada área para ou-
triangular do oceano centrado em Iwo
pouca ou nenhuma carga (1–6 oz por tra dimensão ou outro mundo. Na Jima), o Deserto de Hoggar no centro
hora) oz para aqueles dentro dele. maioria das vezes circulares, os ca- da Argélia, o Lago Erie, a foz do Rio In-
Os efeitos das partículas oz são os taclismos variam em tamanho de al- dus, o interior de Madagascar, as Ilhas
seguintes, usando a Tabela de Efeitos guns metros a alguns quilômetros de Kermadec ao norte de Nova Zelândia e
da Radiação na pág. MB435: largura. Dentro de uma atmosfera, os dois pólos magnéticos. Em mundos
um cataclismo tende a se manifes- com mana existente, os vórtices tendem
–: Sem efeito, mas as doses continu- tar como um espesso nevoeiro, uma a aparecer perto das junções das linhas
am a se acumular. misteriosa nuvem de tempestade ou ley ou em locais como Stonehenge ou
A: Pequena sorte ou azar, em nível de uma forte tempestade elétrica que as pirâmides.
peculiaridade. Jogue 1d para determi- se acumula lentamente e desaparece
nar se a sorte é boa (1–3) ou ruim (4–6).
Algo dá certo (ou errado) sem motivo.
Atividades supersticiosas (esfregar o
repentinamente. Quando o cataclis-
ma desaparece, o mesmo acontece Tremores de
pé de um coelho branco, por exemplo)
podem “ajudar positivamente” o efeito.
com todos dentro de seu raio. Esses
“passageiros” reaparecem… em ou- Realidade
tro lugar. Cataclismos não necessa- Um tremor de realidade (ou, como
B: Grande sorte ou azar. Você ganha riamente enviam seus passageiros os Paralabs preferem chamá-lo, um
Sorte de 15 pontos, ou Azar mais Atra- para o local equivalente em seu outro “ontoclismo”) cria uma agitação no
palhado. Jogue 1d como antes. Ativida- mundo. caminho do tempo ou dos mundos em
des supersticiosas (como uma Compul- Com a carga de oz que carregam, que a própria história é virada e revi-
são) podem afetar o teste aleatório em rada, deixando um novo passado em
os cataclismas costumam ter um
+1 ou -1. Esses efeitos duram até que a seu rastro. Não apenas a história pode
efeito importante não apenas nos
dosagem de oz diminua. mudar em um tremor, é claro. As leis
infelizes apanhados por eles e no
C: Decaimento temporal. Faça tes- da natureza e da física podem se al-
campo através do qual passam, mas
tes de envelhecimento diários (pág. terar; mundos podem ir de alto mana
MB139). Com um sucesso decisivo, também no campo quântico ao redor
da Terra que atacam. Um cataclis- para mana nulo (ou o inverso), deuses
você “rejuvenesce”. Você também tem podem morrer ou nascer, e novas estre-
Susceptibilidade à Magia 3 até que o mo interfere com as janelas de salto
las e planetas aparecem nos céus. Um
envelhecimento pare; suas orelhas tam- quântico, impondo uma penalidade
bom sinal de que um tremor de reali-
bém podem ficar pontudas, seu cabelo ao NH de Operação Aparelhos Ele-
dade está em andamento é um eclipse
ficar verde, etc. trônicos (Projetor) de -1 a -6! Alguns
anômalo, um cometa imprevisto ou ou-
D: Decaimento temporal rápido. Faça Patrulheiros ainda se arriscam, por- tro estranho presságio astronômico (ou
testes como em C, acima. As partículas que um cataclismo também masca- astrológico). Outro efeito dos tremores
carregadas começam a causar danos ra a detecção paracrônica, abafando de realidade iminente é um “bloqueio”
físicos reais. Mesmo em um teste bem- o sinal do salto em um oceano de nas habilidades precognitivas ou psico-
-sucedido, você sofre 1 ponto de dano; “ruído” paracrônico. O cataclismo métricas, uma vez que a história lite-
em uma falha, 2 pontos; em uma falha impõe a mesma penalidade ao NH ralmente “não existe” do outro lado do
crítica, 1d pontos. Suas feições podem da perícia Operação de Aparelhos tremor. O vulcanismo e os terremotos
se tornar monstruosas ou etereamente Eletrônicos (Sensores) para detectar convencionais também parecem seguir
belas e estranhas. um salto, e metade dessa penalidade ou preceder os tremores de realidade;
E: Decaimento temporal avassalador. para qualquer teste da perícia Física os Paralabs nervosamente admitem que
Faça testes de envelhecimento de hora (Paracrônica) para analisar os dados em algumas Terras, eles podem ser a
em hora; dobre o dano. coletados durante um cataclismo. causa de tremores de realidade!

Inimigos em Todo Tempo 75


Assim como um terremoto deixa Fragmentos de Glozel: Em 1923, um Mapa de Vinland: Em 1957, um
quebras nos estratos e fraturas na fazendeiro desenterrou centenas de ar- curador da Universidade de Yale com-
geologia, ou arremessa material das tefatos enigmáticos em um campo per- prou um livro escrito à mão conheci-
profundezas da terra para a super- to de Glozel, na França. Principalmente do como História Tártaro. Nele, um
fície, um tremor de realidade deixa pedras, tijolos e ossos estranhos, eles mapa, datado de 1440, mostrava a
quebras na civilização ou fraturas ostentavam entalhes em um alfabeto costa leste da América do Norte, com
no registro histórico. Ele também desconhecido. Esse mesmo alfabeto é o rótulo “Vinland”. Várias análises o
pode lançar estilhaços anômalos de usado como crioulo Fenício em Ezcalli revelaram como autêntico ou como
outras realidades — “estilhaços de e em um ou dois outros mundos. Al- uma falsificação de meados do século
realidade” — no novo/velho passado. guns fragmentos mostram sinais de ca- XX. O original do mapa está agora na
Depois de cada mudança, apenas os lor intenso e repentino; alguns Cabalis- coleção da Fundação Duncorne. Sob
estilhaços de realidade permanecem, tas da Roda de Ptah jogam fragmentos os comprimentos de onda corretos,
e os traços fossilizados da realidade de Glozel para realizar adivinhações. há rumores de que mostra a rodovia
anterior sobrevivem apenas na mente Sudário de Turim: Considerado tanto dimensional para um universo de deu-
subconsciente e nos mitos das cul- o tecido sinuoso de Jesus Cristo quanto ses Nórdicos e uma “eterna Vinland, a
turas sobreviventes, e nos estranhos uma piedosa falsificação do século 14, o Valente”.
artefatos rejeitados pelos habitantes Sudário de Turim permanece um enig- Bala Mágica: A bala de 6,5 mm que
como esquisitices ou falsificações. ma. A presença de grãos de pólen palesti- passou por John F. Kennedy e John
Muitos estilhaços de realidade apa- nos e a pós-imagem de moedas romanas Connally apareceu, quase completa-
recem em várias versões em mais de sobre os olhos da figura contrastam for- mente intacta e ilesa, na maca do Hos-
uma Terra. temente com a datação por radiocarbo- pital Parkland em Dallas. Os teóricos da
no que demonstra a criação do Sudário conspiração chamam isso de “bala má-
Estilhaços de por volta de 1350. Embora o Vaticano se gica”. Alguns analistas conspiradores
recuse a permitir mais testes na versão dos Paralabs pensam que Oswald (ou
Realidade da Linha-Base do Sudário, a da Catedral quem quer que seja) pode ter desenca-
Os Patrulheiros que encontram es- de Turim em Ariane (pág. 135) dá todos deado um microtremor de realidade,
tilhaços de realidade devem levá-los os sinais de ser um estilhaço importante recriando o evento de 535 EC (pág. 77)
aos Paralabs para estudo. No entan- de realidade. Luzes sinistras, o cheiro de e enviando balas sombrias através do
to, devido a seus efeitos estranhos e incenso e os frequentes portais de acesso continuum. Se carregada em um rifle,
anômalos em transportadores (e Pa- com a Jerusalém do século I permeiam a uma bala mágica supostamente garan-
trulheiros!), eles são frequentemente morada do Sudário naquele mundo, que te uma morte instantânea (um golpe
“por acidente” deixados para trás em está sob os cuidados da conservadora crítico no cérebro) quando disparada
compartimentos secretos, ou (se pare- Opus Dei Católica. contra um rei.
cerem úteis ou que atraiam sorte) “por
acidente” deixados de fora do relatório
de incidente.
Os estilhaços de realidade tendem
a fornecer leituras anômalas sob testes Enrolação Matemática
científicos, especialmente datação por
Para MJs e jogadores que anseiam por tecnoblá-blá-blá e jargões para
carbono-14 ou termoluminescência.
uma experiência completa do RPG, temos o orgulho de apresentar este
Muitos parecem ser falsificações palpá-
trecho de Uma Introdução à Ontofísica, do Dr. Joseph Franecki (Editora
veis, “entregues” por sua composição,
Universidade de Wisconsin, 2026), terceira edição, revisada). O tópico da
construção ou técnica artística anacrô-
dissertação do doutor erudito é a matemática dos tremores de realidade,
nica. Dos estilhaços de realidade co-
mas pode ser aplicada a ecos, mundos enigmáticos e outros fenômenos
nhecidos pelos Paralabs, uma porcen-
parafísicos com igual facilidade.
tagem notável é feita de cristal ou tem
algum tipo de esmalte encobrindo-os. Lançada por Margaret Steed em 2004, a geometria combinatória quântica
Se isso é uma função da robustez ge- se relaciona diretamente com as perturbações paracrônicas, que podem
ral do cristal ou da meta-geometria da ocorrer quando duas ou mais realidades são trazidas muito rapidamente
tectônica da realidade, permanece um para próximo uma da outra (conforme determinado pela métrica L8).
mistério. As próprias equações de Steed são uma base inestimável para o cálculo
Uma amostra de estilhaços de reali- dos índices de interseção de co-feixes de Leinster em variedades hemi-
dade inclui os seguintes, a maioria dos projetivas, o que pode não parecer relevante, até que se aprecie que nosso
quais tem equivalentes na Linha-Base: modelo atual do meta-espaço octadimensional em que os conhecidos
mundos alternativos residem é uma projeção octadimensional da
Lente de Nínive: Uma lente de cristal
compactação de um, em geral posicionado, hemi-plano eneadimensional,
oticamente polida inicialmente desco-
e cadeias de vetores individuais nos co-feixes de Leinster correspondem
berta nas ruínas de Nínive em 1853. A
às condições sob as quais mundos paracronicamente estáveis podem (e
lente de Nínive antecede em milênios
fizeram) se desenvolver (o nosso próprio incluído).
outras lentes conhecidas; os arqueólo-
As interseções, então, indicariam locais no meta-espaço e no tempo
gos a descobriram (ou uma lente muito
em que a probabilidade de mapeamentos não birracionais entre mundos
semelhante a ela) em Nínive em muitos
ou quase-mundos é maximizada, levando a uma possibilidade real de que
anos diferentes em várias Terras. Olhar
a informação (na forma de eventos, culturas, conceitos ou indivíduos)
através dela permite que o espectador
podem ser destruídos ou criados erroneamente, isto é, transportados de
veja demônios Acadianos invisíveis, ou
nenhum antecedente real neste ou em qualquer mundo.
estresses de tremores de realidade, ou
uma gravação impressa de 12 de agosto
de 605 AEC.

76 Inimigos em Todo Tempo


Em termos de jogo, os estilhaços Etrúria, c. 750 AEC: A lendária fun- na Bretanha. Outro quantaclismo do
de realidade quase sempre agem dação de Roma ocorre aqui e agora, tipo pode ter explodido um mundo
como Ampliador de Mana (pág. com o acréscimo habitual de pressá- de dinossauros evoluídos e tecnolo-
MB38) e podem conceder outras van- gios e sinais dos deuses. Um “escudo gicamente avançados em pedaços,
tagens (com os modificadores Pode de Marte” caiu na Terra durante o e enviado os sobreviventes para as
ser Roubado e Único, talvez), como reinado do lendário segundo rei de profundezas do passado. Tal evento
Não Come nem Bebe, Não Dorme, Roma Numa Pompílio — era um es- pode ter deixado quase todas as Ter-
Sorte Extraordinária, Oráculo, Sal- tilhaço de realidade? Curiosamente, a ras com lendas de “cobras falantes”
tador, Idade Imutável ou Abençoado. análise magnética da cerâmica da re- ou “dragões” que trazem sabedoria e
(Eles são excelentes “itens originais” gião parece indicar uma reversão do conhecimento de “debaixo da terra” e
para supers que saltam mundos.) campo magnético da Terra na época da cronologia EUL (pág. 122) como a
Claro, eles também podem trazer do reinado de Numa. única remanescente.
desvantagens, como Fantasias (“Eu Corfu e Jerusalém, 29 EC: Na ilha
sou o Rei da Inglaterra por direito!”), adriática de Corfu, Plutarco regis- Tremores de Realidade
Flashbacks, Maldição ou Azar. Qual-
quer estilhaço de realidade é garanti-
tra que os passageiros ouviram um
“grande uivo” anunciando a morte do
e Viagem no Tempo
Os terremotos da realidade tam-
do como um ímã de estranheza. O MJ
é livre para apresentar seu artefato ou
Grande Deus Pã. Esta data também
corresponde aproximadamente à data
bém seriam muito perigosos para os
viajantes do tempo. Claro, em certo
2
enigma favorito como um estilhaço da crucificação de Jesus, que foi acom- sentido, qualquer viajante do tempo
de realidade — o crânio do Homem panhada, de acordo com a Bíblia, por que muda o passado causa um tremor
de Piltdown na Linha-Base pode ser um eclipse anômalo. de realidade, mas (nas versões comu-
uma falsificação, mas isso não signi- Bretanha ou Java, 535 EC: A ilha mente entendidas da física temporal),
fica que não haja um estilhaço “real” vulcânica de Krakatoa pode ter en- o tempo “passado” de sua mudança
como este no continuum em algum trado em erupção cataclismicamente permanece inalterado. Um verdadeiro
lugar. na época da morte do Rei Arthur. O tremor de realidade, por outro lado,
século após essa data foi quase uma muda o passado também; na maio-
Zonas de Fratura Idade das Trevas global; o Império ria das vezes, apenas muda o passa-
A zona de fratura é o “epicentro” Bizantino perdeu um terço de sua do, deixando a história após a fratu-
do tremor de realidade, um local no população na Peste de Justiniano, ra inalterada, mas os historiadores
espaço-tempo geralmente com alguns Roma ficou em ruínas, a China e a Ín- desconhecem que seu passado agora
quilômetros quadrados e cerca de dia mergulharam no caos e na guerra é diferente. Tal tremor de realidade
seis dias de extensão. Após o tremor, civil e até Teotihuacan e as cidades poderia mudar o passado enquanto
tecnicamente se torna uma “zona de Maias entraram em colapso. Fomes e um viajante ainda estava nele, pren-
subducção da realidade”, onde a ve- tempestades varreram o mundo. dendo-o em um cisto de realidade li-
lha realidade é “sugada” pela nova. Na Armagedom: No estrangulamen- teralmente sem futuro. Algumas eras
prática, todos chamam a área de zona to natural entre o Egito e a Ásia, a do passado podem ser onticamente
de fratura, independentemente de as planície de Megido em Israel vê ba- instáveis, especialmente em zonas de
questões de cronologia serem o que talhas em todas as épocas, em quase fratura, levando a deslizamentos de
costumam ser em torno dos tremores todas as Terras. (Na Linha-Base, eles tempo ou tempestades cronais.
de realidade. variam de campanhas faraônicas em
Alguns locais no espaço-tempo pa-
recem ser especialmente vulneráveis a
tremores de realidade, como:
2350 AEC à Guerra do Yom Kippur
em 1973.) Isso pode ser o suficiente Indo a Outro
Aijalom, c. 1400 AEC?: De acordo
para distorcê-lo permanentemente
para fora do espaço-tempo; Os sol- Lugar
com Josué 10:12, durante uma bata- dados desaparecidos após essas bata-
lha contra os Gibeonitas em Aijalom, lhas podem ter caído em um “sumi- Portais de Acesso
em Canaã, o sol parou por um dia douro de realidade” para emergir em Um “portal de acesso” (veja pág.
inteiro. Ou isso é um mito religioso, algum outro campo, ou recrutados MB534) é um buraco que leva de
milagre, ou a evidência à primeira para uma brigada transdimensional. uma dimensão a outra. Geralmente
vista de um tremor de realidade. A é circular e tem menos de 10 metros
batalha, curiosamente, ainda não foi Quantaclismos de diâmetro e permite que a luz pas-
datada de forma convincente — ou O evento 535 EC (que também se pelas duas extremidades (ou seja,
mesmo mencionada em outras crôni- pode ter envolvido um cometa mis- você pode ver seu destino). Como um
cas locais. As estimativas variam de terioso) é um possível quantaclismo, transportador, um portal atravessa
1439 a 1131 AEC. um tremor de realidade tão severo realidades sem cruzar o espaço. Os
Tróia, c. 1200 AEC: Um tremor que na verdade oblitera a cronologia portais podem ser unilaterais ou bi-
pode ter causado a “queda de Tróia”, em que ocorre, e arremessa estilhaços direcionais; aberto o tempo todo, ou
e a Odisseia relata que os Gregos dei- de realidade para dezenas ou mesmo acessíveis apenas no Dia de Durin, ou
xaram de honrar os deuses após sua centenas de outras Terras em seu des- para aqueles com a Chave do Tempo,
vitória. A data tradicional para a que- pertar. O Santo Graal, em todas as ou convocável pela pessoa que sabe
da de Tróia é 1179 AEC; logo depois suas miríades de formas, pode ser um qual sequência cabalística de botões
disso, a história Grega simplesmente estilhaço de realidade, como também de elevador apertar. Alguns portais
desaparece em uma Idade das Trevas pode ser o mago Merlin, que, de acor- vão para muitos lugares diferentes
por 300 anos, até que Homero escre- do com as histórias, viveu no sentido (aleatoriamente ou por seleção), e al-
ve a Ilíada sobre o cerco de Tróia. contrário do tempo, começando pela guns são invisíveis até que o viajante
Terá sua canção “costurado” uma re- sua velhice (na qual foi congelado no descuidado tropece pra dentro dele,
alidade fraturada? tempo por Nimue) até sua juventude caindo em outro mundo.

Inimigos em Todo Tempo 77


Tremores de Realidade no Jogo
Em essência, tremores de realidade são uma ferramenta 12–13 — Nenhum resultado imediato, mas se a zona não
do MJ para permitir que coisas aconteçam fora das regras estiver estabilizada, role novamente em 1d×10 horas,
normais do cenário. Quer grandes doses continuidade com um modificador adicional de +2. Este modificador
retroativa sua campanha? Tremor de realidade. Quer é cumulativo se rolado mais de uma vez.
colocar o Santo Graal em um ambiente de ficção científica
resolutamente rígido? Tremor de realidade. Quer ter um 14–15 — Perturbações da realidade em 2 horas; um cata-
mundo onde os antigos romanos lutassem contra os clismo pode se formar, 1d estilhaços de realidade apa-
Confederados? Tremor de realidade. Essa também é a recem ou 3d seres de outra realidade emergem (possi-
explicação usada pela maioria das histórias de “lançados velmente hostis e sobrenaturais).
ao passado”, não importa o quanto elas possam enfeitá-la 16–17 — O tremor de realidade ocorrerá em 2 dias; per-
com raios ou maldições druidas — aconteceu porque é turbações da realidade como descrito acima.
muito legal para a realidade atrapalhar. Fornecer regras 18 ou mais — O tremor de realidade ocorrerá em 2d horas;
rígidas e rápidas para tremores de realidade, portanto, perturbações da realidade ocorrerão imediatamente.
parece estar fora de questão.
Mas, se você quiser ter um jogo centrado nos tremores Outros modificadores locais para o Teste de Tremor
— sua causa, sua cura, seus usos — aqui estão algumas ficam a critério do MJ, mas podem incluir: +1 ou mais
regras mecânicas para governar sua aparência, todas para um culto dedicado à realidade anterior (ou futura)
nitidamente ligadas à parafísica existente do cenário. da zona (+1 para 100 membros, +2 para 1.000 membros,
etc.) na área; +1 ou mais para um ser de outra realidade
Nível de Estresse da Realidade se tornando conhecido da população local (uma terrível
Calcule o Nível de Estresse da Realidade básico da maratona de assassinatos, estranha turnê de palestras,
seguinte maneira: adicione 1 para cada nível de mana etc.); modificadores de campo de batalha para uma
local acima de mana nulo (baixo é +1, normal é +2, etc.). batalha ocorrendo durante um tremor em potencial; +1
Adicione os modificadores de NE para energias cósmicas, ou mais se usando um estilhaço de realidade; +1 a +3 para
escuridão histórica e uso de magia (embora não sejam dias eclipses anômalos, conjunções astrológicas, etc. visíveis
magicamente significativos) da seção Tempestades Cronais na área.
(pág. 164), conforme escrito. Se a área foi uma zona de
fratura em outros mundos, adicione de 1 a 5 pontos (de um
pequeno deslize até o Armagedom). Adicione 1 ou 2 pontos Alívio de Estresse
se a área estiver em uma falha geológica. Imediatamente após um Teste de Tremor resultar em
6 ou menos, corte o NER em dois terços e subtraia 3 de
Teste de Tremor da Realidade qualquer Teste de Tremor feito no ano seguinte. Se um
O MJ deve fazer o Teste de Tremor quando as condições Teste de Tremor resultar em 3 ou menos, reduza o NER
locais parecem ameaçar um tremor, geralmente devido a para apenas o nível do mana local e subtraia 6 de qualquer
um ou mais dos modificadores abaixo. Pegue o NER total Teste de Tremor feito no próximo ano. Ao longo desse ano,
e divida por 5 (arredondar para baixo). Aplique isso como o NER retorna ao seu nível normal de “piso”.
um modificador no Teste de Tremor; jogue 3d e aplique os A estabilização de uma zona de fratura pode envolver
resultados da seguinte forma: “amortecedores de dobra” da superciência, magia ou
6 ou menos — O alívio de pressão estabiliza a zona. simplesmente tentar remover estímulos potenciais
de tremor (cultos estranhos, estilhaços de realidade,
7–9 — Sem resultado, mas adicione 1 a qualquer teste monstros, portais de acesso) da área. Pode envolver a
adicional feito dentro de uma semana se o estímulo
resolução de enigmas e mistérios históricos da área para
continuar.
limpar qualquer entulho de tremores passados. O MJ deve
10–11 — Sem resultado, mas adicione 2 a qualquer teste determinar quando uma área é considerada estável — uma
adicional feito dentro de uma semana se o estímulo campanha inteira pode se concentrar na estabilização de
continuar. uma zona de fratura importante!

A Patrulha encontrou todo tipo de para o caso de algo dar errado com ou incêndios muito intensos ou tempes-
portal mencionado acima, e alguns o transportador; outros não gostam tades elétricas. Alguns portais exigem
ainda mais estranhos do que isso. Até da ideia de que a “porta dos fundos” explosões de partículas carregadas,
agora, a Patrulha encontrou pelo me- para o mundo seja deixada aberta e magia ou outros métodos para serem
nos um portal potencial em todos os destrancada. fechados e, mesmo assim, podem rea-
mundos pesquisados, exceto em Con- A maioria dos portais de acesso pode brir depois de alguns anos. Se possível,
cílio. A doutrina da Patrulha permite ser destruída com liberação de energia trancar ou bloquear o portal é o melhor
que os patrulheiros selem portais se a suficientemente alta; a dinamite resolve arranjo entre acesso e segurança; isso
situação parecer exigir. Os Patrulhei- em muitos casos. (Mesmo que não fe- geralmente requer um ritual mágico,
ros individuais adotam várias aborda- che o portal, pode bloquear efetivamen- sintonização psíquica ou ajuste de um
gens para essa questão: alguns gostam te o acesso a ele.) Alguns portais ficam capacitor de fluxo quântico para coinci-
de ter um buraco desses disponível “offline” durante explosões nucleares dir com a assinatura do portal.

78 Inimigos em Todo Tempo


Estradas Eleusis Alesia: Esta linha ley atra-
vessa vários mundos em vários quan-
frequências de rádio que atraem uma
rampa de acesso mais perto de seu
Dimensionais ta, incluindo Britannica-7, Roma de automóvel.
As mesmas restrições básicas se Johnson e Serpe. Ele pode ser acessado
aplicam a estradas dimensionais, os
caminhos que cruzam os paralelos.
Quase sempre são muito mais difíceis
muitos lugares ao longo de sua exten-
são, entre la Aliseda, na Espanha, e Reinos
Itinerantes
Kalisz, na Polônia. Somente mulheres
de fechar do que meros portais de aces- podem viajar nela, e nenhum veículo
so. Eles são um pouco menos comuns, além do NT4. Reinos itinerantes são carac-
embora quase todos os mundos com I-776: “Esta construção psíquica terísticas geográficas (e algumas
presença de mana tenham pelo menos foi construída pela vontade subcons-
construções artificiais) que se mo-
uma estrada dimensional menor utili- ciente dos Estados Unidos pouco
zável por qualquer pessoa (ou às vezes vem entre os mundos. Os reinos
antes do Grande Despertar de 4 de
qualquer mago ou ser sobrenatural) itinerantes geralmente viajam em
julho de 2076.” Isso é o que diz o Pla-
que conheça o caminho. Esses “pisados ca Comemorativa à beira da estrada; um cronograma regular, embora
feéricos” correm principalmente entre tudo o que a Patrulha sabe é que ela possa ser bastante incompreensível
as florestas, seu caminho repleto de co- percorre a antiga Rota 66 de Chicago e complexo. Alguns reinos itineran-
gumelos e trevos da Rainha Marie. a Los Angeles em quase todas as cro- tes, por outro lado, são inteiramen-
te aleatórios ou seu cronograma é
2
Menos decorativas são as “estradas nologias com um sistema de estradas
fantasmas”, caminhos retos que con- interestaduais dos Estados Unidos. tão confuso que nenhum padrão foi
duzem por declividades enevoadas. A Ela só pode ser acessada por meio de observado até aqui. Alguns famosos
névoa de cada lado de uma estrada fan- fragmentos de neblina ao longo de “navios fantasmas”, como o Holan-
tasma se assemelha às nuvens de um uma estrada chuvosa em algum lugar dês Voador, também podem ser rei-
cataclismo e tem efeitos semelhantes da América, embora existam certas nos itinerantes.
se você entrar nela. Nas nuvens, os via-
jantes veem sombras e rostos familiares
— possivelmente sombras quânticas de
seus eus alternativos — que alternada-
mente os atraem e zombam. Andar por
uma estrada fantasma geralmente en-
Portais de Thoth
volve uma Verificação de Pânico, com Triângulos misteriosos que aparecem e desaparecem em um padrão
modificador de -2 a -4. Estradas fantas- indecifrável, os Portais de Thoth são passagens através do tempo. Membros
mas normalmente aparecem em áreas da Cabala acreditam que Khaibitu-na-Khonsu, seu primeiro Grão-Mestre,
de mana normal ou mais altas, mas às abriu os Portais durante sua guerra com o deus Rá no terceiro milênio
vezes elas tomam o caminho (ou vice- AEC. As opiniões divergem sobre o que ele pensava que estava fazendo,
-versa) de locais de massacre particu- e se os Portais eram mesmo seu resultado pretendido. Se uma pessoa
larmente sangrentos, redutos de pestes passa por um Portal, ela geralmente se move para trás no tempo saindo
e similares. por outro Portal que aparece no mesmo lugar. Ocasionalmente, a viagem
Uma subclasse de estrada dimensio- ocorre através do espaço ou mesmo para a frente no tempo. Os Portais
nal, chamada de “túnel do tempo”, é podem percorrer horas ou milênios, mas pouco mais que a maioria se
como um portal de acesso, exceto que abre abrangendo de um a três séculos. Um Portal também pode se abrir
a jornada não é instantânea e passa por para outro mundo ou plano inteiramente. Nenhuma Aptidão Mágica é
um túnel. O túnel se assemelha a uma necessária para se utilizar um Portal.
caverna natural, com paredes de pedra Os Portais de Thoth frequentemente se abrem em mundos de mana alto
bruta ocasionalmente decoradas por e em locais de mana alto em mundos de mana normal, mas também se
grafite, runas esculpidas ou pinturas de materializam em qualquer mundo com até mesmo um traço de magia. Um
touros e dinossauros. O que, se houver Portal aparece como um “buraco” no ar na forma de um triângulo equilátero.
alguma coisa, está do outro lado das pa- Sua altura da base ao ápice é geralmente de cerca de 3 metros, mas os
redes do túnel permanece desconhecido. Portais raramente aparecem no nível do solo, muitas vezes materializando-
Algumas estradas dimensionais bas- se a dezenas de metros acima do solo. Um Portal geralmente permanece
tante conhecidas ou significativas in- aberto por três a 18 horas, durante as quais a viagem é permitida tanto
cluem: para dentro quanto para fora do Portal. Quando usado em conjunto com
a mágica Convocação Planar (pág. MB251), o Portal aumenta o NH da
A Chronobahn: Duas estradas, com- perícia em 6 e reduz o custo de energia para 10.
postas de blocos de basalto hexagonais Os Portais de Thoth podem permitir que um MJ introduza a viagem
ajustados, percorrem vários mundos no no tempo em uma campanha através do mundo em uma base única ou
Quantum 3. Cada estrada tem cerca de limitada, estritamente sob seu controle. Os Portais de Thoth também
20 metros de largura e percorre cada pode trazer dinossauros, vilões históricos ou mesmo coisas sobrenaturais
mundo por cerca de 450 km antes de de muito além das estrelas para um jogo, como parte de algum esquema
passar para o próximo. As duas estra- maligno da Cabala ou simplesmente para apimentar as coisas. MJs que
das se cruzam perto de Carquemis, no gostam da ideia de Portais aleatórios abrindo e fechando sob seu controle,
vale do alto Eufrates em Nostradamus
mas não querem lidar com a viagem no tempo nem um pouco, podem
(pág. 138). Sua extremidade oeste em
reformular os Portais como portais de acesso mágicos (pág. 77). Esses
Nostradamus leva a Frederico (pág.
Portais de Shai (batizados com o nome do deus Egípcio do destino) só
125); a Divisão Corvo enviou batedores
permitem a passagem entre mundos paralelos.
ao longo de sua extensão por cerca de
mil e quinhentos quilômetros em todas
as quatro direções.

Inimigos em Todo Tempo 79


O Vagão Ouroboros e maçãs. Acontece que esta é outra len-
da com base em um reino itinerante;
Wanshijieshan
Talvez este vagão tenha atravessado Wanshijieshan, a “Montanha dos
as paredes de um sistema metroviário. a ilha realmente existe, flutuando en- Dez Mil Mundos”, parece ter saído de
Ele agora chocalha entre as estações de tre várias Terras em um longo circui- alguma gravura da Dinastia Tang, en-
metrô nos mundos infinitos. Ninguém to através dos quanta. Aparentemente volta em brumas, coberta por conífe-
sabe dizer de que cidade veio original- NT2, no máximo, os nativos precisam ras incrivelmente delgadas e subindo
mente; o interior é mal iluminado e apenas murmurar ou gesticular para graciosamente ao céu como uma nu-
cheira mal. Todos os seus anúncios são ter seus desejos atendidos; tecnologia vem transformada em pedra. Ao lon-
em Inglês e espanhol; as partes externas superior, entretanto, frequentemente go de suas cristas e ravinas, mil ca-
do vagão estão pintadas com pichações falha (todos os testes para usar disposi- vernas se abrem — algumas largas e
e ilegíveis. Pode ser um paracronozoi- tivos ou equipamentos em Huy Breasil escancaradas, algumas brilhando su-
de inteligente em vez de um reino iti- têm um redutor de -1 ao NH para cada avemente com fungos fosforescentes,
nerante, pois os Patrulheiros que já o NT em que a ferramenta estiver acima algumas estreitas e orladas com cal
pegaram relatam que de alguma forma de 3). Huy Breasil é uma ilha de mana e líquen. Algumas delas estão conta-
“sabe para onde você precisa ir” e faz a muito alta. minadas com vapores pestilentos ou
parada necessária. O diferencial de mana entre Huy inundados pelo escoamento da água
Breasil e a maioria dos mundos que derretida das geleiras; outras são se-
Silenzia ela visita dá início a um cataclismo
ciclônico ao redor de sua costa, que a
ladas por deslizamentos de terra ou
A Cidade do Silêncio, Silenzia oscila bloqueadas por paredes de formas
entre muitas Terras, mas apenas entre protege ainda mais de navios visitantes curiosas. Em cada passagem existe
dois locais. Em junho e julho, ela apa- (e muitas vezes envia navios através uma Terra diferente, embora algu-
rece, envolta em névoa e arco-íris, na da ilha, ninguém sabe). Se cair em um mas das cavernas terminem em bura-
lateral da geleira Muir no Alasca, acima mundo de mana baixo ou nulo, ela gera cos em um rio gelado na América, ou
da baía da geleira e abaixo das monta- um fluxoclismo, uma corrente de mana em lagos em uma floresta na Ingla-
nhas de Sto. Elias; o Solstício de Verão superior fluindo para o leste da ilha terra, em vez de encostas de monta-
ao meio-dia é a melhor hora para estar que pode durar anos ou décadas, mes- nhas e desfiladeiros no oeste rochoso
lá e tentar entrar nela. Em dezembro e mo depois que Huy Breasil já tenha da província chinesa de Shanxi, onde
janeiro, ela se manifesta nas encostas do mudado para outra Terra. O fluxoclis- viajantes dedicados ou dignos podem
Monte Etna, na Sicília, acima do Estrei- mo geralmente cessa no momento em encontrá-lo.
to de Messina; meia-noite na Noite de que atinge o continente europeu, em- A montanha é o lar de uma pe-
Reis é o momento mais acessível lá. A bora em alguns anos ruins, vendavais quena comunidade de monges que
arquitetura de Silenzia é uma mistura e ondas altas agitam portos e estaleiros se recolheram lá. Perguntar a eles
estranha, mas orgânica, de Árabe me- de Glasgow a Lisboa, enviando mons- sobre as cavernas é inútil; eles se iso-
dieval e Gótico, embora alguns dos edi- tros e tritões para a terra. Fluxoclismos laram para esquecer as Terras, não
fícios pareçam ter sido construídos na particularmente fortes podem afetar para agir como guias turísticos. É a
década de 1890. Os Silenzianos afirmam os padrões climáticos (e os níveis de mais grave descortesia possível reco-
que sua cidade foi fundada por Rogério mana) até o interior do vale superior nhecer um monge e, especialmente,
II da Sicília, mas roubada por Morgan do Danúbio. chamá-lo por um nome que ele talvez
Le Fay raivosamente por sua recusa em tenha conhecido há muito tempo. O
renunciar ao Cristianismo. (Teóricos Feérico abade especula, com visitantes res-
menos românticos acreditam que seja Feérico é um reino atemporal de peitosos, sobre a natureza da própria
um grande estilhaço de realidade, em- elfos (também chamado de fae) go- montanha e os presságios vistos em
bora seja uma zona de baixo mana.) Por vernado pela Rainha Titânia e pelo suas árvores, céus e rios. Talvez o
pelo menos 200 anos, Silenzia prosperou Rei Oberon. Embora mutável por fae relâmpago que cintila em torno de
discretamente vendendo ouro Yukon em suficientemente poderoso, geralmen- seu topo testemunhe alguma grande
Nápoles, Messina e Palermo; pescadores te se assemelha a uma área rural do perturbação, ou o nascimento de al-
locais (Sicilianos e Inuítes) vendem bem noroeste da Europa medieval em uma guma grande majestade. Talvez cada
seus pescados nas docas da Silenzia e tarde de primavera perfeita. O palácio nova nascente que irrompa da rocha
não falam sobre isso com estranhos. Si- de Oberon e Titânia ergue-se no centro seja uma estrada dimensional sendo
lenzia é um ponto de encontro popular do reino itinerante, com um “mercado recortada ou um novo conjunto de
e ponto de encontro para suagues, e os goblin” na fronteira. Muitos pisados mentes aprendendo a se mover ao re-
viajantes dimensionais podem encon- (pág. 74) vão de Feérico a várias Eu- dor do continuum. Talvez, ele sugere
trar uma variedade surpreendente de ropas setentrionais. Outros pisados li- durante seu chá, a montanha não seja
produtos de todo o multiverso para ven- gam Feérico a outros reinos itinerantes, um reino itinerante, mas o único rei-
da (por uma variedade surpreendente de como a Floresta de Arden, que se move no fixo em todos os mundos infinitos,
moedas) nas lojas pitorescas e bazares entre Inglaterras sempre que as esta- o verdadeiro umbigo do cosmos.
estreitos da Silenzia. ções mudam. Embora os pisados para
Feérico tendam a se abrir apenas para
Huy Breasil magos ou para aqueles com sangue él-
Nas lendas da Linha-Base, Huy Bre- fico, mesmo mortais normais podem se
asil (também Hy-Brasil, entre outras encontrar caindo em Feérico do topo de
grafias variantes) era a “ilha afortuna- uma colina Irlandesa ou de um bosque
da” de palácios dourados e feiticeiros na Toscana. A relativa solidez de Feé-
sábios, ricos em ovelhas e vidro, envol- rico o torna um destino comum para
ta em névoa a oeste da Irlanda. A cada viajantes materiais no Plano Astral,
sete anos, ele aparecia, mandando pelo também, uma vez que ele toca o Plano
oceano um doce aroma de especiarias Astral em todos os lados.

80 Inimigos em Todo Tempo


Capítulo Três

Presente
na Criação
Ângela e Sulei-
man — Agentes
Polk e Erdoglu,
como se lê em seu
chip de registros,
ou “Sra. Banning e
seu criado Pompeu
— como eram co-
nhecidos por aqui
3
— estavam mais
preocupados com a
chuva. Especifica-
mente, por sua ten-
dência irritante de
cair pelo que res-
tou do telhado da
casa da fazenda,
sobre suas roupas
de época minucio-
samente precisas
e, portanto, nada
à prova d’água.
“Não se pode es-
perar que al-
guém execute
uma análise
cliodinâmica
encharcada até
os ossos”, Ân-
gela reclamou.
“Olhe pelo lado
bom”, respondeu
seu parceiro, en-
colhendo-se um pouco
mais em seu sobretudo, “Ninguém da, Grant não irá para o leste no não pensam como nós, mas enten-
está tentando nos matar agora.” próximo ano para finalmente ensi- dem a guerra muito bem. Gettys-
Era verdade; a artilharia da União nar Bobby Lee a perder como um burg é um espetáculo à parte. Mes-
havia encontrado outro lugar para cavalheiro.” Suleiman, que tinha mo se Lee vencer, ele ainda estará
destruir por enquanto, e os dois uma queda por Lee, respondeu: perdido no meio da Pensilvânia,
Patrulheiros não tinham visto nem “Mais precisamente, o Mississippi sem logística e sem apoio de cava-
a sombra dos agentes do Centrum não será cortado, e isso abre al- laria, e dois exércitos da União no
conhecidos por estarem aparecen- guns desenvolvimentos problemá- próximo cume.” Ele parou de falar,
do por todo este trecho específico ticos no Missouri que poderiam percebendo que Ângela o havia
do Mississippi neste 1863 especí- mudar a eleição de 1864. Todos os encurralado habilmente para que
fico. Ângela espirrou. “Exceto, tal- números mostram que Vicksburg trouxesse a genialidade eterna de
vez, com pneumonia.” é o nexo principal, então por que Lee à mesa, e mudou de assunto.
“É isso mesmo, no entanto. o Centrum ainda não mexeu suas “Talvez eles nem estejam pensando
Onde diabos estão os garotos do peças?” sobre a Guerra Civil, no entanto
S.I., e por que eles não estão se “Bem, eles são todos idiotas me- — a Grã-Bretanha é o país real-
esforçando mais para salvar os re- dievais; talvez isso seja um blefe, e mente importante aqui e agora, e
beldes? Se Vicksburg não cair nas eles estão tentando salvar Pickett’s Palmerston ainda está se apegando
mãos de Grant, Gettysburg não Charge ou algo assim.” Suleiman à hierarquia ao estilo Centrum por
importa nem um pouco e, pior ain- sorriu, mas retrucou: “Olha, eles um fio de cabelo.”

Presente na Criação 81
“Além disso, eles deveriam as-
sinar um pacto de livre comércio
com a Bélgica e a França este ano
— Vanderlyn não disse que a Pri-
meira Guerra Mundial realmente
começa porque a Grã-Bretanha tem Tivesse estado presente na Criação teria
muito dinheiro amarrado aos por-
tos belgas?” dado algumas sugestões úteis para o me-
“Vanderlyn? Ele é louco, e três lhor ordenamento do Universo.
vezes louco pela Bélgica. Se você
quiser encontrar a Primeira Guer- – Alfonso X,
ra Mundial começando em 1863, vá chamado “o Sábio”, de Leão e Castela
para a Dinamarca, onde o rei Chris-
tian está sendo burro o suficiente
para dar a Bismarck um pretexto
para uma guerra que acabará uni-
ficando a Alemanha.”
“Isso é este ano que estamos?” pneumonia começou a levar cada até mesmo um mundo onde a histó-
“Sim.” vez mais feridos Unionistas. O si- ria se desviou; ele contém uma miría-
“Não,” Ângela suspirou após um
tiante Exército da União do Tennes- de de Terras paralelas, cada uma com
longo pensamento, “isso seria mui-
see estava erodindo na chuva ou se seu próprio potencial para riquezas,
to sutil de alguma forma. Muito a
afogando na lama. Ulysses S. Grant aventura, mistério ou perigo. Este ca-
longo prazo. Não consigo deixar
olhou para o céu frustrado e pra- pítulo apresenta alguns dos tipos bá-
de pensar que o Centrum está en-
guejou para si mesmo. sicos de mundos alternativos e alguns
volvido aqui e agora, em Vicksburg.
Caso contrário, quem sabe eles não princípios (baseados, tanto quanto
Sinto que era para estar ensolara-
estão matando Henry Ford em seu possível, na pesquisa histórica) para
do hoje, caramba. De alguma forma,
berço, ou então estão conspirando projetá-los ou construí-los.
só sei que deveria estar ensolarado.
para acabar com o pênalti no fute- Ao longo deste capítulo, várias ta-
bol? Não, eu não acho que eles es- Mesmo os PIs mais heroicos, ou os belas e métricas podem ajudar o MJ
tão na Dinamarca.” nazistas interdimensionais mais dia- a criar aleatoriamente ou mecanica-
“Além disso, provavelmente está bólicos, precisam de um palco para mente outra cronologia. Não é preci-
chovendo em Copenhague tam- suas ações. No cenário dos Mundos so dizer que esses sistemas existem
bém.” Infinitos, como na maioria das cam- apenas para a conveniência do MJ e,
Os dois Patrulheiros refletiram panhas trasntemporais, esse cenário é se ele tiver uma ideia melhor ou qui-
sobre essa perspectiva sombria e o mundo alternativo, uma Terra onde ser ajustar os resultados para produ-
viram mais do chão enlameado re- a história deu uma guinada diferente. zir algo que pareça interessante, ele
tornar ao Delta que, sem dúvida, o Muitos exemplos de tais mundos apa- deve ir em frente. No entanto, assim
produziu em primeiro lugar. recem na ficção, na história especu- como parte da diversão dos jogos de
“Vamos verificar os números no- lativa e no cinema; Os MJs podem se “mercadores espaciais” é descobrir
vamente. Talvez o computador te- manter ocupadas por bastante tempo planetas aleatoriamente, parte da di-
nha algo para nós.” com aventuras ambientadas em um versão das aventuras transtemporais
Por quilômetros ao redor, a único mundo de vitória Nazista ou é descobrir alternativas aleatoria-
chuva transformou as estradas do sobrevivência Romana. No entanto, mente. Esperançosamente, este capí-
Mississippi em burgo, atolando a tela onde pode se pintar o cenário tulo e esses sistemas podem aumen-
os vagões e canhões da União, e a Mundos Infinitos é mais vasta do que tar a diversão.

Tipos de Mundos Alternativos


Tanto os viajantes transdimensio- a qualquer número de mundos alea- mundo alternativo, jogue 1d duas vezes
nais quanto os MJs tendem a classificar tórios. Para gerar aleatoriamente um e consulte as seguintes tabelas:
os mundos em vários tipos, dependen-
do de seu uso, natureza e habitantes.
Esta seção aborda principalmente o tó- Tabela de Quantum Aleatório
pico da perspectiva do MJ, embora use 1 Quantum 3 (Q8 para o Centrum)
alguma terminologia da Patrulha Infi- 2 Quantum 4 (Q9 para o Centrum)
nity em vez de reinventar a roda. Para 3 Quantum 5 (Q10 para o Centrum)
classificações específicas de mundos da 4–5 Quantum 6
Infinity, consulte o quadro na pág. 83. 6 Quantum 7
Um mundo pode ser um elemento
preexistente do jogo ou projetado sob
medida para se ajustar a um determina-
do cenário. Um transportador perdido, Tipo de Mundo Aleatório
ou um cenário de forma mais livre do 1 Vazio
que a campanha “padrão” dos Mundos 2–5 Eco/Paralelo (se em Q6, jogue novamente: 1,2 — Eco; 3–6 — Paralelo)
Infinitos, pode levar os Patrulheiros 6 Desafio

82 Presente na Criação
Bauxita ($20/ton): Os depósitos de
bauxita (minério de alumínio) ocorrem
globalmente, sendo os mais abundan-
Classes de Mundo da Infinity tes nos montes Urais, Guianas, Guiné,
Gana e Jamaica. O Brasil é o terceiro
O Serviço de Entrada dá a cada cronologia pesquisada uma maior produtor mundial, as principais
classificação de classe, para orientar as atividades futuras da Infinity. reservas estão no PA, AM, MG e AP. Em-
O CINU pode, em teoria, substituir uma classificação do Serviço de bora o alumínio em si seja muito bara-
Entrada, mas nunca o fez. Às vezes, perigos recém-descobertos (ou to, a bauxita contém um valioso gálio,
derrotados) em uma cronologia podem mudar sua classificação para amplamente usado na tecnologia de
cima ou (com menos frequência) para baixo na escala. computadores e vale cerca de $100/kg.
Classe O (Aberto): Cronologia declarada segura para entrar e Obter o gálio sem refinar a bauxita em
disponível para comércio, colonização ou outra atividade. alumínio é economicamente inviável.
Classe P (Protetorado): Geralmente aplicado a paralelos com Berílio ($150/kg): Encontrado nas
populações “autócronas” (aquelas nativas de uma cronologia, em montanhas de Utah, Sinkiang e Caza-
oposição aos colonos da Linha-Base e seus descendentes). Muitos quistão. No Brasil, as principais reser-
mundos de classe P de baixa tecnologia limitaram e licenciaram vas estão em MG.
aberturas de comércio ou turismo. Cobalto ($12,5/kg): Cuba, Zaire, Zâm-
Classe R (Pesquisa): Reservados para um estudo especial, mas não bia, Nova Caledônia e o norte dos Esta-
imediatamente ameaçador. Essas cronologias geralmente têm leis dos Unidos (principalmente Minnesota)
físicas estranhas ou culturas totalmente diferentes, dinossauros ou contêm a maior parte do cobalto facil-
outras faunas exóticas, ou populações humanas pré Idade do Bronze. mente explorável do mundo. No Brasil
pode ser encontrado no estado do Goiás.
3
Classe Z (Fechado):Mundos que representam um perigo para
a Linha-Base ou para o Segredo. Esta classe inclui a maioria dos Também aparece nas minas de níquel.
paralelos infernais (pág. 135), cronologias de alta tecnologia, os Cromo ($500/ton): 95% dos depósi-
paralelos do Reich (pág. 143) e mundos com alienígenas, magia ou tos de cromo do mundo estão no sul
psiquismo aberto. da África (África do Sul, Zimbábue e
província de Katanga, no Congo). De-
Dentro de cada classe, as cronologias têm Classificações de Acesso. pósitos menores de cromo aparecem na
Isso denota quais extratemporais podem entrar na cronologia, e Groenlândia, Montana e Cazaquistão.
variam de 1 (apenas quadros da Patrulha com ordens específicas) Ouro ($2.200/kg):A África do Sul tem
a 10 (visitação livre por qualquer habitante da Linha-Base). Os cerca de metade dos depósitos de ouro
estágios intermediários 2 (apenas quadros da Patrulha) e 3 (apenas do mundo; o Yukon, a Califórnia, a bacia
funcionários da Infinity) restringem o mundo à Infinity, embora com Amazônica e o México compartilham
pressão suficiente dos governos nacionais ou do CINU, forasteiros outros 25% do total. No Brasil, ainda é
podem ter acesso permitido. CA4 permite apenas pesquisadores encontrado em MG, GO e BA com algu-
licenciados pela Infinity; O CA5 permite equipes de pesquisa ma facilidade. Os principais depósitos
credenciadas de qualquer grande corporação ou universidade. Do CA6 de ouro do Velho Mundo incluem Espa-
ao CA8, a Infinity permite o comércio extratemporal em quantidades nha, Núbia, Báctria e sul da Índia. Uma
cada vez maiores e em bens cada vez menos regulamentados; CA9 vantagem do ouro é que as sociedades
permite turismo guiado. Nenhum mundo da Classe Z tem uma em todos os NTs o valorizam; é um meio
classificação de acesso acima de 4. quase ideal de troca transtemporal.
Platina ($3.200/kg): Mais de 90% dos
depósitos mundiais de platina se encon-
tram na África do Sul ou no Zimbábue.

Mundos 1–4 Exploração de recursos.


5 Colônia ou colônias da Linha-Base.
Os montes Urais, a Península de Kola e
Montana também possuem minas de pla-

Vazios 6 Mundo Catastrófico. tina viáveis. Outros metais do grupo da


platina (paládio, ródio, rutênio, irídio e
Os mundos vazios não têm vida nati- ósmio) aparecem nos mesmos depósitos.
va inteligente — ou, pelo menos, nenhu- Recursos Prata ($110/kg): As mais ricas minas
ma que os visitantes transdimensionais A maioria das Terras tem a mesma de prata do mundo estavam em Potosi,
tenham encontrado ainda! Como a In- história geofísica, então os mesmos Bolívia; outros filões de prata impor-
finity, ou outros transtemporais, usam recursos minerais existem na mesma tantes aparecem em Nevada, México,
tal mundo depende de seus próprios quantidade e nos mesmos locais nos Peru, Grécia, Turquia e Espanha.
procedimentos e da natureza da Terra paralelos. (As principais exceções in- Titânio ($2/kg):A ilmenita (minério
vazia em questão. Uma Terra onde a de titânio) aparece na Austrália, Sri
cluem os paralelos de Lúcifer, muitos
humanidade nunca evoluiu — ou ainda Lanka, Noruega e África do Sul. As
dos quais foram atingidos por gran-
não — é muito diferente de uma Terra areias de ilmenita na Califórnia e na
des asteroides ou meteoritos. Nas Flórida também produzem titânio de
na qual algum desastre horrível limpou
a vida inteligente do mundo ou atrapa- zonas de impacto de tais desastres, grau comercial.
lhou a evolução dos hominídeos. veios puros e muito ricos de muitos Urânio ($3,5/kg): Quase todo o urânio
Dentro do cenário dos Mundos Infi- elementos diferentes acontecem.) Os do mundo vem do Níger, Namíbia ou
nitos, um mundo vazio aleatório se di- principais minerais industriais, seu Austrália; outros filões incluem África do
vide da seguinte forma; jogue 1d e use a valor aproximado na Linha-Base, e Sul, Novo México e Saskatchewan. No
reflexão abaixo para refinar o resultado seus depósitos primários, são os se- Brasil, as reservas de urânio na BA e CE
básico. guintes: colocam o país como um dos maiores.

Presente na Criação 83
Outros minerais que valem a pena para que as cargas sejam enviadas (le- cesso licenças da Infinity para abrir
ser minerados em áreas assentadas per- galmente ou, mais frequentemente, no (estritamente guardadas) minas nessas
to das colônias da Linha-Base, ou em mercado paralelo) para Terras mais regiões, mesmo em mundos com desen-
complexos de mineração pré-existentes, avançadas em tanques equipados com volvimentos nativos substanciais. Ru-
incluem cobre, ferro, manganês, níquel transportadores subquânticos. Os sua- mores sobre as minas se espalham, mas
e zinco. As gemas, embora tentadoras gues frequentemente trabalham com, e geralmente evoluem (ou se dissolvem)
para os contrabandistas (especialmente às vezes trabalham como, esse tipo de em lendas padrões como das Minas do
entre as Terras primitivas), têm pouco exploradores extratemporais. Rei Salomão, El Dorado e outras “ci-
ou nenhum valor industrial, uma vez A capacidade de minerar outras Ter- dades perdidas de ouro” familiares da
que as gemas artificiais igualam ou ras em busca de recursos valiosos con- história e folclore da Linha-Base.
excedem sua dureza e pureza. Ferro e tribui enormemente para o alto padrão
níquel, na Linha-Base, vêm quase que de vida da Linha-Base. Combinações Colonização
exclusivamente da mineração de aste- minerais e políticos interessados em Dado um mundo sem nenhum hu-
roides, e o manganês vem da mineração manter os preços baixos e a tecnologia mano nativo, mas de outra forma
no fundo do mar; há pouco mercado de sempre crescente pressionam continu- hospitaleiro, a Infinity tem o poder
exportação para a mineração transtem- amente o CINU e a Infinity para abrir de abri-lo para habitação permanente
poral desses metais. Da mesma forma, mais e mais mundos para a exploração da Linha-Base. Embora a maioria das
o amplo uso da energia de fusão torna e o desenvolvimento extrativista. Uma colônias também mantenha algumas
o petróleo muito menos valioso na Li- vez que áreas como o Oeste Americano, instalações de mineração ou pesquisa,
nha-Base do que na maioria das Terras Austrália e, especialmente, a África do seu propósito é o assentamento, não a
desenvolvidas. Uma grande porcenta- Sul estavam fora do “mundo conheci- mera extração ou pesquisa. Em geral,
gem da extração de petróleo nas Terras do” da maioria das civilizações, esses as especificidades do paralelo da colô-
paralelas é a perfuração de “alto risco” grupos de pressão obtiveram com su- nia dependem do poder ou organização
colonizadora, mas todas as colônias ex-
tratemporais podem se enquadrar em
um ou outro tipo de colônia geral.

Caça a Dinossauros Colônias de excedentes de nações


como Índia, China, Indonésia e Nigéria
permitem que populações excedentes
Embora muitas organizações da Linha-Base protestem contra essa se acomodem em versões alternativas
prática, um dos campos mais lucrativos e romantizados do turismo vazias de sua terra natal (e geralmen-
transtemporal é a caça esportiva. Não apenas leões e elefantes em Áfricas te das áreas vizinhas). Bhuvarlok (veja
vazias, mas auroques na floresta Europeia primitiva, tigres na Índia e pág. 32) é uma colônia de excedentes.
mamutes na América pré-humana atraem os ricos e entediados da Linha- Colônias separatistas permitem
Base para safáris rebuscados. A maioria dos mundos de caça são mundos que grupos que não desejam (ou não
vazios de Classe O; os recheados de selvas Shikari e o Miocênico Mammut-2 têm permissão para) permanecer em
(ambos no Quantum 5) são os mais “desenvolvidos”, com acampamentos suas nações da Linha-Base criem suas
de caça, campos de pouso e populações permanentes de guias e zoólogos. próprias comunidades. Movimentos
No entanto, o maior safári de todos é a caça a dinossauros. Este religiosos e ambientais como os Me-
passatempo é teoricamente legal apenas em Lúcifer-4, um paralelo do nonitas, Mórmons, Neo-Druidas e Sus-
final do Cretáceo onde o meteoro de irídio já caiu e os dinossauros nativos tentabilistas compreendem a maioria
estão em processo de extinção. Mas Lúcifer-4 tem um clima terrível, um dos separatistas voluntários; suas colô-
número de animais diminuindo cada vez mais, e uma séria ausência de nias às vezes regridem propositalmen-
romantismo. Seu outro problema é a dificuldade de acesso — uma vez que te para NT4 em todas as áreas, exceto
fica no Quantum 3, visitar Lúcifer-4 é bem caro. cuidados médicos. Algumas colônias
Muitos caçadores se inscrevem para “licenças de guarda” em mundos separatistas, como Lysander ou Tebu-
de pesquisa com faunas reptilianas prósperas, como Rex-2 e Sereno. Os guo (veja pág. 32), são principalmente
guardas nas estações de pesquisa nesses mundos podem matar desgarrados motivadas politicamente.
ou machos pouco desenvolvidos para comer. Em algumas estações, a Colônias clandestinas não são exa-
gerência faz vista grossa (por consideração) se um guarda tira longas “férias” tamente colônias, pois geralmente são
nas montanhas com “amigos que vieram lhe visitar”. O filão principal, no bases militares permanentes, depósitos
entanto, para o candidato a caçador ilegal é Crichton, um mundo Classe de contrabando ou mercados de escra-
R com uma mistura teoricamente impossível de dinossauros de todas vos. Eles não estão nos mapas oficiais,
as eras de sua evolução. Tiranossauros e dimetrodontes, pterodáctilos e e alguns nem mesmo estão nas crono-
apatossauros compartilham os pântanos fumegantes e as savanas quentes logias mapeadas! As bases militares
de Crichton. Crichton está no Quantum 7, e o Centrum o usa para contatar clandestinas são geralmente o trabalho
os criminosos da Linha-Base. Suas coordenadas são um dos segredos de uma grande potência da Linha-Base
mais mal guardados nos registros da Infinity e, embora perigosos e não e podem estar secretamente localizadas
regulamentados, lucrativos “safáris piratas” partem para Crichton várias em uma cronologia associada a ela.
vezes por ano. A Patrulha está sempre ocupada por lá, e desmantelou Há rumores de que o mundo Lysander
planos de sequestro e tentativas de assassinato (uma combinação de ricos (veja pág. 32), por exemplo, é o local
caçadores e violadores da lei parece atrair esses incidentes), bem como de uma grande base paracrônica clan-
redes de contrabando mais convencionais alimentando o substancial destina para os militares Americanos
e Britânicos, chamada de “Base Atem-
mercado do Leste Asiático de glândulas de dinossauros.
poral” nas lendas urbanas da Internet.
As colônias criminosas clandestinas
atraem grandes populações transitórias

84 Presente na Criação
quando um outro momento está em
alta, ou quando há grandes cargas para
vender ou dividir; eles geralmente têm Quando percebemos que o resultado real
uma população “flutuante permanente” não precisava ser, que qualquer alteração em
de tamanho pequeno ou médio de pros-
titutas, destiladores e guarda-costas. qualquer etapa ao longo do caminho teria
Colônias mansões são aquelas que se desencadeado uma cascata por um canal
dedicam à privacidade dos muito ricos.
Muitos bilionários da Linha-Base com- diferente, compreendemos o poder causal
pram ou alugam “propriedades man- dos eventos individuais… A intervenção é a
sões” de um milhão de acres (ou maio-
res) em mundos vazios. Propriedades afirmação do controle por eventos imediatos
nobres, como todo o Taiti ou Oahu, sobre o destino, o reino que foi perdido pela
custam dezenas de bilhões de dólares
sem melhorias; sua própria Montanhas falta de um prego de ferradura.
Rochosas ou uma Ilha Grega menor – Stephen Jay Gould, A Vida é Bela
pode parecer um roubo em outras cir-
cunstâncias. As corporações também
compram ou alugam colônias mansões sol para que a vida exista, também são para pesquisadores históricos — e uma
para retiros ou condomínios em clubes consideradas mundos “catastróficos”. vez que a pesquisa histórica é a base do
de campo executivos. Muitos mundos Eles podem ser liberados para a entra- sucesso da Patrulha, a Infinity permite
da mais rápido do que os mundos das que equipes de pesquisa supervisiona-
dedicados a outras colônias ganham
algum dinheiro vendendo ou alugando pestes, e as operações de mineração ou das com muito cuidado tenham acesso 3
mansões de primeira linha para habi- despejo de robôs (com alguns míseros aos ecos sempre que possível. Em últi-
tante ricos da Linha-Bases, com priva- técnicos bem pagos em domos de pres- ma análise, muitas vezes é necessário
cidade rígida e acordos de espaço aéreo são) podem continuar a explorá-los. A um historiador treinado para perceber o
(nos dois sentidos, no caso de alguns maioria dos mundos catastróficos são li- início de um deslocamento em um eco!
mundos colônia separatistas). berados apenas para a eliminação de re- É por isso, claro, que os pesquisa-
síduos tóxicos por transportadores auto- dores que estão em cronologias eco
Em muitos casos, vários países ou matizados, que é praticamente tudo para precisam ser ainda mais cuidadosos do
organizações geograficamente díspares o que eles servem. De vez em quando, que o normal. Um eco pode deslocar de
reúnem seus recursos para um mundo uma das estações de mineração fica em suas coordenadas quânticas atuais para
comum. A cronologia resultante pode silêncio, ou um transportador de lixo não um nível quântico inteiramente novo,
abrigar uma colônia de excedentes em retorna, e então a Patrulha tem que ves- se a história for alterada nele. (Mudan-
sua Índia, um retiro religioso separatis- tir os trajes e conferir o que aconteceu. ças muito pequenas, como a presença
ta na costa leste Americana e uma sé- de pesquisadores da Infinity pedindo
rie de mansões alugadas por Europeus
espalhadas pelas ilhas do Pacífico e do Ecos café da manhã numa Londres em 1793,
felizmente “evaporam” em meio a uma
Mediterrâneo. Um eco é uma Terra alternativa apa- névoa de possibilidades.) Infelizmente,
Muitas colônias se sustentam arren- rentemente idêntica à Linha-Base em uma vez que os ecos são inerentemente
dando os direitos de mineração de seu algum ponto anterior de sua história. instáveis, não é uma questão de “se” a
mundo (ou região) para consórcios da Embora os registros detalhados até o história mudar, mas “quando.” Se ele
Linha-Base. Um mundo pode, portanto, nível individual não estejam disponíveis mudar por si só ou por interferência
ter uma colônia separatista aparente- para qualquer época (mesmo o século acidental da Infinity, é uma coisa, e a
mente utópica e intocada em sua Amé- 21 civilizado da Linha-Base), não há maior preocupação da equipe é voltar
rica do Norte, sustentada por trabalho comprovação que nenhum eco tenha se para Linha-Base a tempo de receber
extrativista sujo e miserável — mas in- desviado da “história conhecida”. Nos suas reprimendas. Se o Centrum mu-
visível — no resto do continente ou em poucos casos de desvio aparente, pes- dar a cronologia para fora do alcance
todo o mundo. Os governos coloniais quisas posteriores determinaram que da Infinity, uma equipe pode ficar presa
que podem usar esses arrendamentos os registros ou interpretações da Linha- lá para sempre ou ser morta no proces-
para se sustentar totalmente podem aca- -Base estavam errados. Esse fator por si so de “limpeza” conforme o Centrum
bar tendo baixas taxas de impostos — só torna os ecos recursos inestimáveis afirma seu controle.
mas muitas vezes têm pouco incentivo
para ouvir os desejos de seus cidadãos.

Catástrofes Dando Nomes aos Ecos


Este termo geral abrange não apenas
A Infinity dá nome aos ecos com base no número de anos que o presente
mundos despovoados por algum impac-
local do eco está atrasado em relação à Linha-Base. Um eco com uma data
to cósmico, praga ou mudanças ambien-
atual local de 1776 seria Echo 251 ou 251 Menos (ambos os nomes são
tais, mas também mundos marginais
usados indistintamente), já que 1776 está 251 anos atrás da data atual da
demais para suportar a colonização. A
Linha-Base de 2027. Uma vez que o eco muda (ou, no caso de ser uma
maioria dos mundos catastróficos que
âncora, uma vez que sua história muda com relação à Linha-Base), ele
resultam de desastres reais são funcio-
recebe novas coordenadas — e geralmente pega outro nome com base em
nalmente “mundos desafiadores” (pág.
qualquer que seja o ponto de mudança — assumindo que qualquer um na
94) para os PdJs. Terras onde a atmosfe-
Infinity encontre o eco novamente.
ra nunca foi oxigenada, ou não tem lua
e o DNA nunca se formou nas poças de
maré, ou estão a uma distância errada do

Presente na Criação 85
Os ecos, portanto, são bons cená- histórica à lona. Para um sistema pon- bem-sucedido, ou também funciona
rios para narrativas sutis de investiga- derado para produzir presentes mais uma semana de checagem de jornais e
ção, mistério e ação indireta. Tiroteios recentes, adicione um modificador à um teste de Assuntos Atuais para a cul-
selvagens e maníacos, e explosões que rolagem do dado da Era Inicial ou ape- tura local mais um teste de Cliodinâmi-
sacudem a cidade são mais perigosos nas escolha a Era Inicial com a qual ca (pág. 183) bem-sucedido. (Para de-
do que o normal (exceto durante os gostaria de começar. terminar aleatoriamente se o eco está
ecos de guerra, é claro). Cenários de em uma janela, jogue 1d; em um 1 ou
eco também recompensam muita in- Alterações 2, uma janela de instabilidade é aberta.
tegração entre os heróis e o mundo; O grande perigo (e oportunidade, Jogue agora 3d e consulte a Tabela de
eles precisam ter aliados locais, fontes da perspectiva da história) em um eco Retardo do Deslocamento na pág. 104
locais de informação e influência local é alteração da história. Embora peque- para determinar o comprimento da ja-
para detectar e prevenir a interferência nas mudanças, como alugar um quarto nela.) Um sucesso crítico em qualquer
do Centrum. ou contratar uma empregada domésti- um dos testes permite que o agente
É sensato, portanto, selecionar um ca, normalmente não mudem nada, se preveja a próxima abertura da janela,
eco baseado em um meio histórico que você alugar o quarto onde Edgar Allan embora não o seu comprimento.
o MJ e os jogadores conhecem bem ou Poe planejava dormir, ou contratar a Uma divergência que atinja durante
um meio para o qual eles têm recursos mãe de Emiliano Zapata como empre- uma janela de instabilidade tem uma
úteis e confiáveis. No entanto, alguns gada doméstica, você corre um certo chance de deslocar a cronologia. Essa
MJs (e jogadores) gostam da sensação risco. Mudanças importantes têm chance aumenta com o grau de diver-
de estar pulando aleatoriamente na maior probabilidade de tirar as coi- gência causado pelo deslocamento.
realidade; para tal aleatoriedade, use sas dos trilhos, embora tenha havido
o seguinte sistema para criar um “pre- Evento menor (+1 para deslocamen-
casos de ecos em que mudanças após to): Uma mudança do tipo encontra-
sente” entre 3400 AEC e 2001 para um
mudanças se empilharam antes de do na maioria dos paralelos próximos
eco aleatório.
ocorrer um deslocamento. (E há ecos (pág. 88).
Jogue 1d repetidamente na Tabela
que nunca mudam, não importa o que Evento importante (+2 para desloca-
do Presente Aleatório, incrementando o
aconteça; veja Âncoras, pág. 87.) A Infi- mento): Uma mudança de líderes em
ano conforme indicado na coluna Era
Inicial. Após o terceiro incremento, se nity não sabe por que algumas mudan- uma potência menor; a carreira de uma
um ano específico for desejado, lance ças desemborcam em deslocamentos importante figura artística; a fundação
um dado final e adicione o resultado quânticos, e outras parecem se amor- ou falência de uma grande empresa;
indicado no próprio dado. tecer — a única coisa que a Patrulha uma teoria científica influente.
Uma vez que o MJ tenha determina- pode fazer é ficar atenta a quaisquer Evento principal (+3 para desloca-
do o ano, ele pode usar uma linha do alterações que eles percebam. mento): Uma mudança de líderes em
tempo ou um artigo de história mun- O Centrum, no entanto, sabe. Os uma grande potência; uma batalha em
dial para encontrar um lugar interes- ecos passam por janelas de instabili- uma grande guerra; uma nova filosofia
sante para o grupo chegar. Em nosso dade paratemporal, durante as quais política; uma descoberta científica ou
exemplo, a era 554–560 EC é adequa- são vulneráveis a sair de seu quantum. invenção.
da para a determinação pós-arturiana Mudar a história em um eco durante Evento histórico (+4 para desloca-
na Grã-Bretanha, um jogo decadente outros períodos pouco influencia; ecos mento): Uma revolução ou guerra civil
de intriga nos bastidores da Bizâncio fora de uma janela têm um grau mais em uma grande potência; uma batalha
de Justiniano, ou ação wuxia de artes alto de inércia temporal do que a maio- decisiva; um novo paradigma científico
marciais voadoras no cenário dos Três ria dos paralelos! O Centrum, portanto, em um determinado campo; um novo
Reinos da China. prepara seus agentes durante os perí- tipo de indústria.
Este sistema produz muitos ecos odos de alta inércia e lança seus pla- Evento histórico mundial (+5 para
“antigos”; isso pode ser útil para aven- nos de alterações na abertura de uma deslocamento): A derrota de uma
tureiros transtemporais do gênero janela. Para determinar se uma janela grande potência em uma grande guer-
fantasia (cujas espadas e feitiçarias de instabilidade está aberta para um ra; uma mudança de NT; a destruição
remontam a maioria dos anos antes determinado eco, leva-se uma sema- ou nascimento em massa de uma ci-
de 1450), mas esses períodos não são na. Tanto uma semana de “leituras de vilização ou religião; o surgimento ou
exatamente bem documentados, o fundo” com um detector paracrônico e a interrupção de uma futura grande
que pode levar jogos de mentalidade um teste de Física/NT9^ (Paracrônica) potência.

Tabela do Presente Aleatório


Era 1ª 2ª 3ª
Resultado Inicial Incremento Incremento Incremento
1 3400 AEC +0 anos +0 anos +0 anos
2 2500 AEC +150 anos +25 anos +4 anos
3 1600 AEC +300 anos +50 anos +8 anos
4 700 AEC +450 anos +75 anos +12 anos
5 200 EC +600 anos +100 anos +16 anos
6 1100 EC +750 anos +125 anos +20 anos

Exemplo: O primeiro dado sai um 5, EC O próximo lançamento sai 3, adi- final do dado, se desejada, pode adicio-
então a Era Inicial é 200 EC O próximo cionando +50 anos (550 EC); o quarto nar alguns anos, mas o eco é claramen-
lançamento sai um 3, então o presente dado sai 2, adicionando +4 anos para te em meados do século VI EC
é incrementado em +300 anos, para 500 um presente de 554 EC. Uma jogada

86 Presente na Criação
Os agentes podem usar a Cliodinâ-
mica para encontrar algo que comece
pequeno, mas que vá subir na escala
conforme o deslocamento se desenro- Metendo um 3
la. Isso ajuda a evitar que seus inimi-
gos percebam até que o deslocamen-
to esteja bem avançado. O MJ é livre
Dibre no Destino
para mover eventos para cima ou para Uma vez que o Centrum está tentando avançar uma ideologia específica
baixo nesta escala, que corresponde em vez de mudar as cronologias aleatoriamente, a Patrulha não precisa
aproximadamente à história alter- vigiar todos os pontos de mudança possíveis igualmente. Seguem alguns
nativa como apresentada na ficção sinais de interferência do Centrum, com exemplos:
e no jogo, em vez de qualquer teoria Transnacionalismo: O Centrum acredita que todas as nações devem
histórica específica (ou rigorosa). Por se unir; ele tenta fortalecer forças globais como o Império Britânico,
exemplo, a carreira de Shakespeare o império de Napoleão, a ONU, o movimento comunista inicial (mas
pode muito bem ser um evento histó- não o imperialismo Russo Soviético), o ambientalismo, a Cristandade
rico +4 genuíno. medieval e assim por diante. Patriotas e nacionalistas genuínos
Para os resultados de alterações do como a Rainha Elizabeth I ou George Washington (que cometeram o
Centrum (acidentais da Linha-Base), pecado adicional de destruir um império global) atraem assassinos ou
consulte Deslocamento de Cronologia incitadores do Centrum.
na pág. 104. Igualdade: O Centrum não gosta de hierarquias, exceto as meritocráticas.
Ele ajuda a nivelar revoluções como a Francesa e a Russa e, então, tenta
Âncoras conduzi-las na direção da tecnocracia. Isso funciona (de forma ordenada)
contra hierarquias engessadas como a China medieval, os Incas ou a
Uma âncora é um eco que, por al- França de Bourbon — a menos que eles tenham conseguido construir um
gum motivo, não muda de quanta império global unificado, é claro.
quando o curso da história normal da Progresso científico moderado: Muito avanço científico, rápido
Linha-Base é alterado. As principais demais, leva à turbulência social. O Centrum silencia ou desvia figuras
teorias presumem que os âncoras são, controversas e revolucionárias como Galileo, Newton, Darwin ou
na verdade, paralelos potenciais com Einstein, enquanto apoia tecnólogos e pragmáticos como Tycho, Hooke,
assinaturas quânticas enganosas (e, Wallace ou Bohr.
portanto, nunca foram realmente ecos), Racionalidade: O Centrum ama a razão e o racional; desconfia do
ou que são os mundos “originais” dos religioso e do emocional. O Centrum prefere Hegel a Nietzsche, e Frederico,
quais os outros ecos realmente ressoam o Grande, a Hitler. A existência de um califado Muçulmano transnacional
— possivelmente incluindo Linha-Base frustra imensamente o Centrum — seria perfeito
e o Centrum! Descobrir que um eco é se não fosse tão religioso! As tentativas de
na verdade uma âncora geralmente secularizar o Islã no século IX — ou no século
desencadeia uma forte escalada na dis- 20 — recebem ajuda de todo o coração dos
puta entre o Centrum e a Infinity, uma agentes do Centrum. O Centrum também
vez que ambos os lados podem “mudar afasta os poetas que causam problemas bem
a história” à vontade, sem arriscar uma como os que celebram as emoções: Shelley,
mudança na cronologia. Em seu aspec- Byron, Blake e outros radicais românticos
to mais dramático, tal disputa pode de- costumam ser alvos estratégicos do Centrum.
O Centrum tem praticamente a mesma objeção
sencadear uma crise internacional, ou
à Confederação, embora seu conservadorismo
mesmo precipitar uma grande guerra
social e efeito corrosivo sobre o nacionalismo Americano sejam ambos
global, à medida que a Infinity e o Cen-
positivos aos olhos do Centrum.
trum “escolhem lados” e se preparam
para atacar por procuração (fortemente
armada).

Presente na Criação 87
Para gerar um paralelo próximo
aleatório, jogue 1d na tabela abaixo
para determinar quais mudanças são
No curso da história mundial há mais significativas (ou visíveis). Se-
guem alguns exemplos possíveis de
um certo “perder-se por aí”. cada resultado.
– Robert Musil, 1 Cultura Popular
O Homem Sem Qualidades 2
3
Alta Cultura
Econômica ou Corporativa
4 Tecnológica
5 Política
6 Geopolítica
Em termos práticos de jogo, o MJ
pode transformar um eco em uma ân-
Paralelos Próximos Cultura popular: Elvis Presley
Paralelos próximos têm apenas pe-
cora (após o fato ou no plano de aven- morreu ao nascer (em vez de seu gê-
quenas diferenças da Terra da Linha-
tura original) se parecer mais diverti- meo Aaron) e o rock and roll ainda
-Base. Além disso, essas diferenças são
do explorar as consequências de uma compete com o jazz das “big bands”
principalmente culturais ou microeco-
mudança do que consignar o eco a seu nômicas. Se existem divergências políti- pelo público; Fritz Leiber e Harry
novo quantum e seguir em frente. (Para cas, elas são mínimas, criando pequenas Fischer inventaram os jogos de RPG
um método aleatório, uma vez que marolinhas em vez de ondas poderosas. na década de 1930. O paralelo Holly
uma cronologia é determinada como Embora um paralelo próximo possa ter (pág. MB526) é um exemplo.
um eco, jogue 3d. Em um resultado 5 um design superior, provavelmente não Alta cultura: Charles Dickens com-
ou menos, o eco é uma âncora. Depois terá antigravidade ou magia. Frequente- pletou Edwin Drood antes de morrer;
disso, o MJ pode declarar um eco como mente, a mudança ocorre devido à mor- Frank Lloyd Wright morreu no in-
uma âncora se ele obtiver um 3 em te ou à vida de uma pessoa se desviar cêndio do Iroquois Theatre em 1906
uma jogada na Tabela de Deslocamento ligeiramente da história da Linha-Base: e os edifícios Americanos são nor-
de Cronologia, na página 104, ou se ele Pete Best permaneceu nos Beatles e os malmente muito mais feios; O filme
fizer três jogadas consecutivas que não separou antes de chegarem aos Estados triste de Orson Welles, de 1946, O
acabem deslocando o eco.) Uma âncora Unidos, ou Sir Arthur Conan Doyle se Batman, transformou os quadrinhos
também pode ser um excelente cenário tornou Espiritualista mais cedo, então em uma arte séria para a crítica de
para aventuras envolvendo mudanças Sherlock Holmes investigou apenas ca- Nova York.
tecnológicas ou geopolíticas cada vez sas mal-assombradas. No entanto, nem Econômica ou Corporativa: A ex-
maiores em cascata. Uma equipe de todas as pequenas causas têm pequenos ploração inteligente do comércio de
agentes da Operações Especiais da In- efeitos. Ocasionalmente, uma única peles financiou uma era de ouro de
morte ou mudança de carreira por uma arte e riqueza na Noruega do século
finity encarregados de levar a Pérsia ao
figura cultural aparentemente menor 17; A Coca-Cola tornou-se um tôni-
NT5 e causar a queda de um Império
cria um paralelo mais distante (veja co para a saúde e bebida esportiva
Romano apoiado pelo Centrum estará Campbell, pág. 119). A Cliodinâmica
cheia de trabalho a fazer — especial- razoavelmente popular; Studebaker
não é uma ciência exata, e o MJ deve se substituiu a Chrysler como a terceira
mente quando os agentes do Centrum sentir livre para deixar o mundo inteiro
em Roma começarem a introduzir suas montadora dos EUA. O paralelo Che-
mudar por causa de um único cravo da rokee (pág. MB526) oferece outros
próprias inovações. ferradura ou por uma peça perdida de exemplos.
Shakespeare. Tecnológica: Arquimedes inventou
Paralelos Do ponto de vista da história, parale-
los próximos servem basicamente como
um moinho de água que ninguém
melhorou até 1300; teclas de máqui-
A maioria dos mundos em que pen- cenário — lembretes de que este é, de na de escrever padronizados em um
samos quando ouvimos a frase “Terras fato, um jogo de Terras alternativas. Um
padrão diferente do QWERTY; fitas
alternativas” são paralelos. Em um pa- trechinho de “o estilo country da dupla
VHS nunca pegaram porque a Sony
ralelo, a história desviou-se de seu cur- Britney-Lynn Spears” no rádio, ou um
lançou os DVDs graváveis no início
so da Linha-Base em algum ponto de filme baseado no “romance best-seller
dos anos 1980.
divergência no passado. Os paralelos de Tom Clancy” transmite bem um fris-
son de diferença em um mundo alter- Política: O Congresso colocou Ro-
abrangem a gama de mundos clientes,
nativo. É possível usá-los como cenários nald Reagan na moeda de 5 centavos
como a Roma de Johnson, a perigos
mais profundos para crimes (roubando depois que ele morreu em 1998; o
isolados como Reich-5, e de paralelos
obras de arte ligeiramente alternati- Escândalo Tranby Croft forçou uma
próximos onde apenas a discografia
vas), conspirações (desemaranhando o remodelação do Gabinete Britânico
de Bob Dylan é diferente para mundos em 1891; Hitler fez de Göring seu
com leis variáveis da física e monar- fio da meada do assassinato de Nixon)
ou histórias semelhantes que também sucessor, em vez de Dönitz, antes de
quias Babilônicas sobreviventes. cometer suicídio em 1945.
Para gerar um paralelo aleatoria- dependem de detalhes superficiais. E
certamente, qualquer aventura que você Geopolítica: Malta ainda é uma
mente, jogue 2d e consulte a seguinte colônia Britânica; os estados de Ten-
pode jogar na Linha-Base, você prova-
tabela: nessee e Kentucky são chamados de
velmente pode adicionar um algo espe-
2–4 Paralelo próximo cial, colocando-a em um paralelo próxi- Franklin e Transilvânia e têm frontei-
5–10 Paralelo distante mo, a menos que instituições específicas ras diferentes; um terremoto arrasou
11 Paralelo de alta inércia da Linha-Base como a Infinity Ilimitada Aden em 1540, eventualmente mo-
12 Paralelo mítico precisem desempenhar um papel. vendo a capital do Iêmen para Moca.

88 Presente na Criação
e XX. Para um resultado mais histori-
camente representativo, lance 2d: em
Arrecifes qualquer resultado menos 12, o NT é
0. Em um resultado 12, jogue 3d: 3–9 é
Arrecifes são aglomerados de paralelos, geralmente no mesmo quantum NT1; 10–13 é NT2; 14–15 é NT3; 16–17
e compartilhando elementos históricos ou culturais comuns. é NT4. Jogue 3d novamente se sair um
Às vezes, um arrecife é criado por um tremor de realidade colocando 18: 3–9 é NT5; 10–13 é NT6; 14 é NT7;
diferentes mundos em contato próximo, tanto histórica quanto 15 é NT8; 16+ é NT9+. Provavelmente
parafisicamente. Outros arrecifes são, na verdade, unidos por portais de é mais divertido trabalhar com ficção
acesso, estradas dimensionais ou outros tipos de conexão. Esses laços desta vez. Em se tratando de tecnolo-
estreitos interrompem o fluxo quântico em torno dos mundos do arrecife. gias divertidas, estranhas ou diferentes,
Em geral, a viagem entre dois mundos em um arrecife tem um bônus +4
fica totalmente a critério do MJ; alter-
(ou mais) para o NH; viajar para qualquer outro mundo exterior de um
nadamente, jogue 1d. Em um 5 ou 6,
arrecife recebe uma penalidade de -4 (ou pior)! Cataclismos, tremores de
consulte Variações Tecnológicas, no
realidade e outras interrupções paracrônicas são geralmente mais comuns
quadro a seguir.
em arrecifes, embora alguns se tornem hiperestáveis graças à geometria
Depois de definir o NT principal,
quântica afortunada.
determine quais civilizações predomi-
Uma campanha tematicamente unificada pode ser definida inteiramente
nam no paralelo. Uma civilização, em
dentro de um arrecife, ou uma aventura explorando diferentes resultados
geral, é uma sociedade com cidades e
da Guerra do Paraguai, por exemplo, pode perseguir as Terras componentes
comércio. Na forma plural, “civiliza-
de um arrecife.
ções” são os maiores agrupamentos
culturais descritos por historiadores
mundiais, como Spengler, Toynbee e
3
Paralelos Distantes
Paralelos distantes divergem mais
da história da Linha-Base do que pa-
ralelos próximos. Eles também podem
Variações Tecnológicas
ter variações das leis físicas; se a possu- Para determinar aleatoriamente a variação de tecnologia, jogue 2d
írem, a magia aberta muitas vezes leva e encontre o resultado na tabela a seguir, com base vagamente em uma
a sociedade e a tecnologia ainda mais avaliação do gênero:
longe do caminho histórico da Linha- 3 ou menos Magia
-Base. Paralelos distantes podem de- 4–5 Tecnologia Divergente
sempenhar qualquer papel em um jogo, 6–7 Tecnologia Dividida
desde ser o único cenário até uma breve 8 Psiquismo
menção em fofocas de suagues. (“Você 9 Supers
precisa que ver o matriarcado que Bo- 10+ Superciência
adicea fundou na Britannica-7 — tipo Modificadores: -1 por NT abaixo de 5. +1 por NT acima de 5.
assim, Londres suspensas!”) Projete-os
para durar ou apenas escreva uma des- Para magia, psiquismo ou supers, jogue 1d×25 para determinar o valor
crição de uma linha e siga em frente; médio de pontos adicionais de um mago, psi ou super nesse mundo.
você nunca ficará sem coisas para fazer Aplique os resultados da seguinte forma:
com paralelos distantes.
Magia: Jogue 1d ou selecione: 1, teoricamente aceita ou encoberta; 2–3,
A criação aleatória de um paralelo
aberta mas rara; 4, aberta e comum; 5, os magos governam a Terra; 6,
distante começa definindo seu “presen-
habilidade mágica é universal. Jogue 1d para o nível de mana: 1, baixo;
te”, em vez de selecionar um ponto de
2–4, normal; 5, alto; 6, muito alto.
divergência e ramificar sua história a
Tecnologia Divergente: Determine aleatoriamente o ponto de divergência
partir daí. (Para alguma discussão so-
tecnológica. Por exemplo, em um mundo NT7, role 1d e subtraia o resultado
bre o design paralelo de “Mudança do
de seu NT; se o dado der 4, o mundo é NT (3+4). Para um mundo NT6, role
Passado para o Presente”, consulte a
1d-1 e assim por diante. Role novamente um resultado de 0 ou menos.
página 96.) Para criar aleatoriamente
Tecnologia Dividida: Jogue 1d e aplique o resultado ao campo indicado
um paralelo distante, primeiro defina
da pág. MB511: 1, comunicações; 2, transporte; 3–4, armas; 5, potência;
seu NT principal rolando 3d na tabela
6, medicamento. Determine aleatoriamente se a divisão é “para frente”
a seguir:
ou “para trás”. Repita conforme desejado; se você repetir um resultado,
3 NT1–3 (jogue 1d/2) adicione dirigíveis à tecnologia do seu mundo, independentemente do NT.
4–5 NT4 Psiquismo: Jogue 1d ou selecione: 1, teoricamente aceito ou encoberto;
6 NT5 2–3, aberto mas raro; 4, aberto e comum; 5, psis governam a Terra; 6,
7–9 NT6 habilidade psíquica é universal.
10–14 NT7 Supers: Jogue 1d e aplique os resultados de Psiquismo, lendo “super”
15–16 NT8 para “psi”.
17+ NT9+ Superciência: Jogue 1d ou invente algo: 1–2, antigravidade, 3, campos
de força, 4, armas de raios, 5, energia de ponto zero, 6, canais Marcianos e
Esta tabela foi projetada para for-
impulsos sem reação. Jogue outro 1d: em 1–3, alienígenas ou astronautas
necer resultados correspondentes à li-
antigos trouxeram a superciência.
teratura de história alternativa, que é
predominantemente tendenciosa para
pontos de divergência dos séculos XIX

Presente na Criação 89
McNeill. Essas civilizações consistem NT2 1d+3 civilizações) Esta tabela reflete uma Terra ecolo-
em grupos de nações, cidades-estado 3 Mississipiana gicamente semelhante à Linha-Base;
ou tribos que geralmente compar- 4 Andina e/ou Mesoamericana alterar as condições globais iniciais
tilham pelo menos algumas das se- 5 Céltica (veja Mundos Vazios, pág. 83, e Ecolo-
guintes características: descendência 6 Bactriana gia, pág. 103) muda essas probabilida-
étnica, língua ou origem linguística, 7 Índica des — talvez drasticamente! Observe
religião ou padrão mítico, estilo artís- 8 Irânica que um resultado indicando uma ci-
tico ou literário e um território coeso. 9 Helênica vilização dominante Andina, Meso-
Para fins de criação da cronologia, este 10–11 Chinesa americana ou do Mississipiana após
capítulo usa uma versão modificada 12–13 Romana NT0–1 indica contato e viagens através
da lista de civilizações de Toynbee, que 14 Estepe do Atlântico.
tem a vantagem de incluir civilizações 15 Mesopotâmica
“malsucedidas” e “estagnadas”, um 16 África Ocidental Civilizações
pouco mais adequadas para histórias 17–18 Sobrevivência; África Ocidental: Comerciantes tra-
alternativas. Para a maioria dos pro- jogue na tabela NT0–1. balhadores de mineração de ouro e
pósitos, civilizações são o mesmo que ferro se espalharam ao longo dos rios
NT3–4 (1d+2 civilizações) Níger, Volta e Senegal durante o sécu-
familiaridades culturais (pág. 173).
3 Mississipiana, Andina e/ou lo VII EC. Por volta de 1700 EC, seus
Dependendo do NT do paralelo,
Mesoamericana centros urbanos (que eventualmente
jogue 3d na Tabela de Civilizações do
4 Malaia alcançaram o Congo e o Sudão) ha-
Paralelo para determinar a civilização
5 Japonesa viam caído sob a conquista Islâmica
dominante ou principal. Esta é a civi-
6 Nórdica ou Ccidental, embora sucessores re-
lização com superioridade militar local
7 Índica sistiram à assimilação até o final da
sobre as outras, com a mais alta tecno-
8 Ortodoxa década de 1880.
logia local (NT mundial ou NT+1, pos- Andina: Uma série de culturas
sivelmente superior em algumas áreas) 9–10 Chinesa
11 Islâmica cada vez mais complexas no oeste
a mais imitada por outras civilizações, da América do Sul, do Chavín (c. 850
aquela com os laços comerciais mais 12–13 Ocidental
14 Estepe AEC) à Inca, que foi vencida pelas
amplos, ou aquela com a maior parte doenças e pela conquista Ocidental
de território ocupado em áreas de ou- 15 Romana
16–17 Sobrevivência; em 1533.
tras civilizações. Bactriana: Uma civilização poli-
Em diferentes NTs, a Terra pode jogue na tabela NT2.
18 África Ocidental glota, possivelmente multirracial, de
“suportar” (ou tem espaço para) um comércio urbano e criação de cavalos
número diferente de civilizações im- NT5–6 (1d civilizações) surgiu no século 7 AEC na Ásia Cen-
portantes e independentes, conforme tral e manteve uma existência precá-
3–4 Malaia ou
indicado entre parênteses. Outras civi- ria, apesar de inúmeras conquistas,
África Ocidental
lizações menores existem, mas não afe- até se tornar o campo de batalha en-
5 Japonesa
tam os assuntos globais (ou até mesmo tre as civilizações Islâmica e Chinesa
6–7 Índica
os assuntos regionais, às vezes), a me- 8–9 Chinesa em 750 EC.
nos que os extratemporais os ponham 10–12 Ocidental Céltica: A civilização Celta (cons-
na liderança, os meteoros eliminem 13 Islâmica truindo cidades nas colinas por volta de
as outras civilizações ou alguma outra 14–15 Ortodoxa 550 AEC) foi quase totalmente assimi-
mudança catastrófica ocorra. Depois 16–18 Sobrevivência; jogue na lada pela civilização Romana por volta
de determinar a civilização dominante, tabela NT3–4. de 100 EC. Crescentes grupos isolados
escolha as outras por qualquer méto- ocidentalizados sobreviveram na Irlan-
do que desejar: testes adicionais, pro- NT7+ (1d-2 civilizações) da e no norte da Grã-Bretanha até o
ximidade geográfica (civilizações ge- 3–4 Malaia ou século XIII.
ralmente têm vizinhos civilizados) ou África Ocidental Chinesa: A civilização mais an-
equilíbrio (se todas as suas principais 5–7 Índica tiga ainda existente, a cultura que
civilizações estão na Europa, adicione 8–9 Chinesa ou Japonesa começou com Lao Tzu e Confúcio
China ou Índia), ou o tempero especial 10–12 Ocidental nos séculos VII e VI AEC ainda pre-
do mundo desejado. 13 Ortodoxa domina no Leste Asiático, do Timor
14–17 Islâmica ao Tibete.
Tabela de 18 Sobrevivência; Egípcia: A civilização Egípcia se es-
palhou ao longo do Nilo de 3100 AEC
Civilizações do Paralelo jogue na tabela NT3–4.
até sua absorção pela civilização He-
Em um resultado de “retrocesso” lênica através de Alexandre o Grande
NT0–1 (1d civilizações) ou “sobrevivência”, deixe o NT base em 330 AEC.
3 Andina inalterado, mas avance (ou regrida) Estepe: Apenas raramente urba-
4–5 Hitita a civilização resultante para ajustar. nizadas, exceto por caravançarais,
6–8 Chinesa Por exemplo, um resultado de “so- as tribos das estepes (de muitas cul-
9 a 10 Egípcia brevivência Helênica” ao jogar na ta- turas e etnias de Citas a Mongóis)
11–13 Mesopotâmica bela NT3–4 pode indicar um Império compartilhavam características (es-
14 Vale do Indo Alexandrino NT4 que sobreviveu até pecialmente táticas militares) impul-
15–16 Minóica o Renascimento — ou a fez florescer sionadas por seu estilo de vida nôma-
17 Mesoamericana mais cedo. de e ambiente comum. Civilizações
18 Retrocesso ou Idade das de estepe independentes existiram a
Trevas; jogar na tabela NT2. partir de 600 AEC ou antes; por vol-

90 Presente na Criação
ta de 1650, o último deles havia sido
subjugado pelos Russos Ortodoxos ou
totalmente assimilado por suas civili-
zações “súditas” na Índia Mogul e na
China Manchu.
Helênica: Os bárbaros sucessores
da civilização Minóica criaram sua
própria cultura urbanizada, aventu-
reira e briguenta depois de 800 AEC,
que acabou se espalhando do sul da
Itália ao Afeganistão. Caiu para a ci-
vilização Romana no século II AEC,
mas influenciou fortemente seus
conquistadores.
Hitita: A civilização Hitita surgiu na
Anatólia por volta de 1800 AEC. O Im-
pério Hitita caiu por volta de 1200 AEC, Mesoamericana: Uma série de pe- Ocidental: Nascida por volta de 550
e as civilizações Iraniana e Helênica ab- quenas cidades-estado se espalharam EC da mistura de invasores Alemães e
sorveram seus estados sucessores por do centro do México e Yucatán em da civilização Romana caída, a civiliza-
volta de 550 AEC. uma civilização comum por volta de ção Ocidental lutou contra uma série de
Índica: Após um longo período de 200 AEC, mas nunca se unificaram invasões e então começou a se expan-
caos e efervescência religiosa, uma ci- politicamente. As várias culturas me-
soamericanas caíram nas mãos dos
dir para fora da Europa ocidental. Em
1100, ele alcançou as fronteiras da Rús-
3
vilização comum se estendeu por toda
a Índia por volta de 320 AEC e o sur- conquistadores Ocidentais durante o sia e invadiu a Ásia; em 1500, foi plan-
gimento do Império Máuria. Resistiu a século XVI. tada na África, Índia e nas Américas.
várias invasões da civilização Islâmica Mesopotâmica: A civilização urba- Ele domina o globo desde o século XIX.
e à conquista da Estepe e das civiliza- na nasceu com a cultura Suméria por Ortodoxa: A civilização do estado su-
ções Ocidentais. volta de 3500 AEC. Suas estruturas ri- cessor da civilização Romana incubado
Irânica: Os mesmos invasores tuais e políticas continuaram (com a em sua metade oriental (Grécia, Bálcãs
bárbaros “Arya” que produziram a ocasional idade das trevas) através das e Oriente Médio) por volta de 330 EC.
civilização Índica construíram a civi- culturas Acadiana, Babilônica, Assíria No século 10 EC, ele se espalhou com
lização Iraniana na Pérsia no século sucesso para a Rússia, que se tornou
e Caldeia que se seguiram até serem
VI AEC. Ela conquistou tudo rapi- seu novo centro após a conquista de seu
imperfeitamente assimiladas pela civi-
damente, do Nilo ao Indo. Embora antigo núcleo pela civilização Islâmica.
lização Iraniana no século VI AEC. A
suas influências tenham se espalhado Sobrevive na Rússia e nos Bálcãs nos
conquista Islâmica eliminou seus últi-
ainda mais longe, as guerras com as dias de hoje.
mos vestígios. Romana: Começou por volta de 600
civilizações Helênica e Romana o re- Minóica: Pouco se sabe sobre esta
duziram ao seu território central até AEC com a Liga Etrusca das Cidades
civilização obcecada por touros estabe- e construiu um império unificado e se
que caiu para a civilização Islâmica lecida em Creta. Ele pode ter fundado
em 640 EC. Sua assimilação perma- expandiu pela Europa, norte da África
os reinos piratas Micênicos ou ter sido e Oriente Médio. Disputas religiosas,
nece imperfeita até hoje. destruída por eles, ou ambos. Floresceu
Islâmica: Embora tenha come- pragas e invasões bárbaras agravaram
entre 2600 e 1400 AEC; os próprios Mi- o estresse do império, e ele entrou em
çado como uma cultura puritana e
cênicos caíram para bárbaros por volta colapso por volta de 450 EC.
niveladora no século 7 EC, sua con-
de 1100 AEC. Vale do Indo: Muito pouco se sabe so-
quista de terras da Espanha a Ben-
Mississipiana: Uma rede comercial bre esta civilização, centrada em Hara-
gala produziu uma civilização sofisti-
multitribal informal surgiu ao longo ppa e Mohenjo-Daro entre 2500 e 1500
cada e até discursiva que permanece
do Vale do Mississippi-Ohio na Amé- AEC. Ela pode ter negociado com a Me-
dominante no norte da África, Ásia
Central e Oriente Médio nos dias de rica do Norte por volta de 800 EC; sopotâmia e pode ter caído em invasão
hoje, apesar das influências e pres- ela ainda pode ter sido muito difusa bárbara, mas nenhuma delas é certa.
sões Ocidentais. para ser uma verdadeira civilização
Japonesa: Um grupo que se desgar- na época em que seus centros prin- Tabela da Unidade
rou da civilização Chinesa desenvolveu cipais entraram em colapso devido
à exaustão dos recursos naturais por
da Civilização
sua própria combinação de estética e
volta de 1350. Seus últimos e isolados 2 Unitária
brutalidade no período Heian (794–
representantes caíram para os colonos 3–4 Império
1192). Desde meados do século 19, foi
Ocidentais no século 18. Para fins de 5–6 Império com estados satélites
lentamente assimilada pela civilização 7 Império com rivais
Ocidental. jogo, o MJ pode adicionar confedera-
ções Algonquinas e Sioux como a Pon- 8 Bipolar
Malaia: Uma vibrante civilização 9–11 Multipolar (1d+2 potências)
comercial híbrida cresceu de grupos tiac, Tecumseh ou os Iroqueses a esta
12 Difusa
advindos das civilizações Chinesesa, Is- civilização.
lâmica e Índica na península Malaia e Nórdica: A última vigorosa civiliza- Depois de determinar as principais
Indonésia, começando com o reino de ção pagã em expansão provavelmente civilizações independentes, jogue 2d na
Srivijaya em 700 EC. Desde meados do surgiu no século VI EC, mas tornou- Tabela de Unidade da Civilizações para
século 17, foi assimilado pela civiliza- -se totalmente Ocidentalizada e Cristã estabelecer sua estrutura geopolítica
ção Chinesa e Ocidental. em 1100. interna.

Presente na Criação 91
Modificadores:-4 para civilização Ja-
ponesa ou Andina, -2 para civilização
Egípcia ou Ortodoxa, -1 para civiliza-
ção Chinesa ou Romana, +1 para ci-
vilização Islâmica, +2 para civilização
Ocidental, Bactriana, Helênica ou Índi-
ca, +4 para civilização Céltica ou Nór-
Decidir sobre as grandes potências
dica. Esses modificadores são baseados dentro de uma civilização ou em uma
no desempenho histórico; obviamente,
em uma história alternativa, esse de- Terra paralela ajuda a adicionar deta-
sempenho pode mudar! O MJ deve des-
considerá-los para alternativas “mais
lhes concretos e tempero ao cenário
selvagens”. do jogo.
Unitária: Esta civilização consiste
em um estado essencialmente homogê-
neo. Embora poderoso e avançado, não
possui colônias significativas no territó-
rio de outras civilizações. A civilização
Japonesa, no geral, foi unitária, exceto Qualquer grau de unidade (exceto potências podem projetar uma força
por um breve período de 1890 a 1945. difusa) pode ser “fragmentada” — a militar vencedora da guerra na medi-
Império: Esta civilização é unificada velha ordem está entrando em colapso, da em que a tecnologia local permitir.
sob um estado, que conquistou todos mas a nova ordem ainda não se definiu. Decidir sobre as grandes potências den-
os outros estados desta civilização. Um O MJ pode abordar isso com base no tro de uma civilização ou em uma Ter-
império geralmente tem colônias ou ba- efeito desejado, ou jogar 1d: em um 6, o ra paralela ajuda a adicionar detalhes
ses militares no território de outras ci- sistema está se fragmentando. (Adicio- concretos e tempero ao cenário do jogo.
vilizações, mas nem sempre: o império ne +2 para testes em uma civilização da Isso também fornece uma lista útil de
Chinês raramente tem, exceto o Tibete Estepe.) “suspeitos de sempre” para experimen-
e incursões ocasionais nas Estepes da O MJ também pode decidir que al- tos de alta tecnologia, grandes projetos,
Ásia Central. gumas civilizações foram conquista- guerras globais, planos de espionagem
Império com estados satélites: Alguns das, mas não assimiladas por outras, e assim por diante. Muitas vezes, o
dos estados sob a égide do império como a civilização Índica sob o domí- ponto de divergência de um paralelo
mantêm independência local, mas não nio Ocidental (Britânico) entre 1757 e (ou um lugar para moldá-lo para seus
planejam (ou não podem) traçar polí- 1947. Embora façam parte do império próprios fins) surge na história política
ticas externas independentes. Os impé- de outra civilização, eles ainda podem ou militar de uma grande potência, ou
rios Romano e Soviético usaram esse ser muito importantes e constantemen- no ponto de disputa entre duas grandes
modelo. te fervendo de rebelião e separatismo. potências.
Império com rivais: Embora o impé- Outras civilizações (ou impérios) po- Determinar aleatoriamente grandes
rio seja de longe o estado mais podero- dem ser verdadeiros híbridos; a civi- potências seria uma tarefa gigantesca
so dentro da civilização, outros estados lização Romana poderia ter sido um bem fora do escopo deste livro, mas a
mantêm considerável independência e híbrido com a civilização Helênica se seguinte lista de exemplos (incluindo
podem concebivelmente se aliar contra Marco Antônio tivesse derrotado Ota- alguns quase grandes potências) em
ele, ou apoiar impérios de outras civili- viano e movido a capital imperial para ordem cronológica aproximada para as
zações contra ele diplomática ou mili- a Alexandria Grega. Se Alexandre, o várias civilizações pode ajudar os MJs
tarmente. Os estados imperiais não são Grande, tivesse vivido, ele poderia ter a criar listas de grandes potências para
necessariamente ditaduras; os Estados seu mundo. Os poderes ficcionais estão
tentado construir uma civilização He-
Unidos, segundo essa definição, têm entre aspas.
lênica-Irânica híbrida. Normalmente
sido um democrático império com ri- os híbridos assimilam a civilização África Ocidental: Gana, Mali, Auda-
vais dominando a civilização Ocidental mais fraca com o tempo ou se tornam goste, Daomé, Yoruba, Hauçás, Congo.
desde 1945. uma nova civilização, como a civiliza- Andina: Chavín, Moche, Tiwanakus,
Bipolar: A civilização está dividida ção Ocidental que evoluiu da conquista Império Inca, “República de Amaru”.
entre duas grandes potências, com esta- Germânica e da hibridização com a ci- Bactriana: Fergana, Sogdiana, Bác-
dos menores incapazes de traçar cursos vilização Romana. tria, Tocária, Império Cuchana, Bucara,
separados. Bactro, Samarcanda.
Multipolar: Há um número (1d+2) de Grandes Potências Céltica: Gália Cisalpina, Galácia,
estados de grande poder dentro desta Cada civilização dominante (exceto Nérvios, liga de Vercingetorix, confede-
civilização com capacidade substancial as difusas) contém pelo menos uma ração Icena, “Camelot”, “Sacro Império
para ação independente contra outras grande potência. (Algumas civilizações Irlandês”.
civilizações, ou outros estados menores multipolares podem ter tantas grandes Chinesa: Várias dinastias chinesas
em sua própria civilização. potências locais que, na verdade, não (Han, Tang, Sui, Song, Yuan e Ming),
Difuso: Esta civilização não tem têm uma grande potência verdadeira.) Jin, Funan, Champa, Coreia, Quitai,
concentração central de poder; seus es- Uma grande potência é uma nação ca- Império Manchu, Reino Celestial Tai-
tados individuais (se houver) definem paz de derrotar militarmente ou domi- ping, China Nacionalista, República
seu próprio curso e correm seus pró- nar economicamente qualquer outra Popular da China, “Hongkong LTDA.”
prios riscos. Civilizações de Estepe, ou nação, exceto uma outra grande potên- Egípcia: Kemet (antigo Egito), Alto e
coleções de cidades-estado, geralmente cia, com o mínimo de esforço. Normal- Baixo Egito, Canaã, Caftor, Cuxe, “Ægi-
flutuam entre difusas e impérios. mente, embora nem sempre, as grandes to”, “Reino do Sol Cóptico”.

92 Presente na Criação
Estepe: Cítia, Sacas, Sármatas, Estrutura Política “feudal”, desde democracias como a
Iuechis, Império Huno, Canato Se desejar, jogue 3d para determi- pré-Constituição dos Estados Unidos
Cazar, Império Seljúcida, Império nar a estrutura política de quaisquer até ditaduras como o Império Mon-
Mongol, Horda Dourada, Império estados que você criou no processo gol; jogue novamente para determinar
Timúrida. anterior. a estrutura subjacente. (Um resulta-
Helênica: Atenas, Esparta, Siracusa, do “feudal-feudal” é uma coleção de
Tebas, Jônia, Magna Grécia, Império 3 Anarquia
4 Tecnocracia feudos independentes sem soberano,
Macedônio, “Ecúmena Alexandriana,” como as cidades-estado Gregas antes
Síria Selêucida, Egito Ptolomaico, Rei- 5 Casta
6–8 Feudal e depois de Alexandre, ou com um
no Greco-Báctrio. soberano completamente impotente,
9–11 Ditadura
Hitita: Antigos e novos impérios Hi- como os estados Germânicos de 1648
12 Oligarquia
titas, Império Hurrita, Mitani, Aramai-
13 Democracia representativa a 1806.) Em outras palavras, não se
cos, Urartu.
14–15 Clã/tribal sinta constrangido por esses resulta-
Índica: Império Máuria, Malwa, Im-
16 Teocracia dos. É importante lembrar que mes-
pério Gupta, Maharashtra, Chola, Déli,
17 Estado corporativo mo uma monarquia relativamente
Bengala, Império Mogul, Liga Mahrat- 18 Democracia Ateniense
ta, Punjab, “Índia Unida”, Índia. contida como o reino Sueco do século
Irânica: Elam, Pérsia, Medos, Im- 17 conta como uma ditadura para esta
Esta tabela usa as categorias de
pério Aquemênida, Bósforo Cita, Co- tipo de governo nas páginas MB509, tabela, conforme pág. MB509. Use a
rásmia, Pártia, Império Sassânida, mais Oligarquia (governada por um pág. MB506 para determinar os NCs,
Império Safávida. pequeno grupo equivalentes). Ela se se desejar.
Islâmica: Califado Omíada, Cali-
fado Abássida, Império Buída, Im-
distribui aproximadamente de acordo
com a frequência histórica, modifi-
Você pode querer diferenciar os vá-
rios sistemas políticos por região ou
3
pério Gasnévida, Andalus, Califado cada apenas para grandes potências. época histórica; as estruturas políticas
Almóada, Egito Fatímida, Corásmia, As civilizações individuais diferem: parecem mudar assim como o NT, por
Sultanato de Déli, Império Otomano, por exemplo, a democracia represen- exemplo. Como um exemplo de apli-
“União Nasserista,” República Irania- tativa foi inventada pela civilização cação, consulte a Tabela de Estruturas
na, “Neo-Califado”. Romana, mas se espalhou através da Políticas Ocidentais, pág. 94. Valores
Japonesa: Xogunato Tokugawa, civilização Ocidental para muitas ou- entre aspas indicam estruturas políti-
Império Japonês, “ Esfera de Copros- tras; As culturas da Estepe alternam cas teóricas realmente desenvolvidas
peridade da Grande Ásia Oriental”, entre ditaduras e as estruturas de (mas não totalmente instituídas) na
“Japan, Inc.” clãs/tribos; todos os sistemas Índicos história da Linha-Base; Entradas em
Malaia: Serivijaia, Majapait, Impé- têm um forte tendência para castas, itálico são puramente fictícias (pelo
rio Javanês, Malaca, Indonésia. independentemente de sua forma menos na Linha-Base), mas não ine-
Mesoamericana: Teotihuacan, oficial. Qualquer estrutura pode ser rentemente menos plausíveis.
Zapotecas, Mixtecas, Maias, Império
Tolteca, Império Tenochca (Astecas).
Mesopotâmica: Suméria, Ugarite,
Acádia, Amorita, Babilônia, Assíria,
Caldéia (Neobabilônia).
Minóica: Cnossos, Micenas, Tróia.
Mississipiana: Adena, cultura Ho-
pewell, Tuskegee, Muskogee, Cahokia,
Natchez.
Nórdica: Noruega, Dinamarca, Su-
écia, Holmgard, Koenugard, Islândia,
“Vinlândia”; Inglaterra, Escócia e Ir-
landa (às vezes).
Ocidental: Império Franco, Repúbli-
ca de Veneza, França, Polônia, Estados
cruzados, Portugal, Império Habs-
burgo, República Holandesa, Prússia,
Grã-Bretanha, Estados Unidos, Méxi-
co, Império do Brasil, Estados Confe-
derados, Austrália, Alemanha Nazista,
União Europeia.
Ortodoxa: Império Bizantino, Im-
pério Búlgaro, Rússia de Kiev, Impé-
rio Sérvio, Moscóvia, Império Russo,
União Soviética, República Russa,
Ucrânia.
Romana: Etrúria, República Ro-
mana, “Espanha Sertoriana”, Império
Romano, Reino de Syagrius, Grã-Bre-
tanha “Arturiana”.
Vale do Indo: Harapa, Moenjodaro,
“Dilmum”.

Presente na Criação 93
Tabela de Estruturas Políticas Ocidentais
Estrutura Política NT3–4 NT5–6 NT7+
Anarquia Islândia Pós-desastre Autoduel (jogo)
Democracia Ateniense “Cidades Livres” Assembleias da Nova Inglaterra “Cybertopia”
Democracia representativa República Holandesa EUA, Reino Unido União Europeia
Clã/Tribal Escócia Utah Mórmon “Comunitarismo”
Casta “A Cidade de Deus” “Despotismo esclarecido” Reichsostland
Ditadura Habsburgo, Espanha, Luís XIV Bonaparte, Alemanha (Primeira Guerra) Alemanha Nazista
Tecnocracia “Reino Alquímico” “Reis-filósofos” Gernsback (pág. 127)
Teocracia Estados Papais Massachusetts Puritano Distopia fundamentalista
Estado corporativo Cidades flamengas Steampunk Cyberpunk
Feudal Reinos Francos Áustria-Hungria Pós-desastre
Oligarquia Cidades Italianas Inglaterra Georgiana, C.S.A Repúblicas das bananas

Embora fornecer uma rede comple- Os teóricos da paracrônica não Como os paralelos de alta inércia, os
ta de conjunturas históricas aleatórias têm certeza do que fazer com os pa- paralelos míticos devem ser seleciona-
esteja fora do escopo deste (ou talvez ralelos de alta inércia. Alguns acre- dos pelo MJ, em vez de randomizados.
de qualquer) livro, o MJ pode usar esta ditam que algumas formas de magia O MJ precisa escolher o mito, a versão
tabela como um possível guia para a ou psiquismo superpoderoso têm um dele que segue o paralelo e o grau em
história política de uma Terra alterna- efeito de amortecimento nas taxas que o paralelo permanece verdadeiro
tiva gerada aleatoriamente (dominada de mudança temporal. Outros consi- para a literatura ou folclore. A Tabela
pelo Ocidente, pelo menos). Por exem- deram as cronologias de alta inércia de Civilizações do Paralelo pode talvez
plo, suponha que as tabelas gerem um como uma prova da “lei dos números dar ao MJ um empurrão em direção
paralelo bipolar NT6 dominado pela muito grandes” e argumentam que se a uma cultura aleatória para a fonte
civilização Ocidental. Além disso, as Ezcalli, por exemplo, existe, deve ha- lendária do paralelo, mas escolher um
duas superpotências são um poder ver dezenas de milhares de paralelos mito familiar é mais fácil para o MJ e
oligárquico e uma ditadura. Olhando a mais do que a teoria quântica atual geralmente mais divertido para os joga-
para a tabela, um exemplo de oligar- prevê — possivelmente em uma “di- dores.
quia NT6 são os Estados Confederados mensão” perpendicular ao espectro
quântico padrão. Outros ainda argu-
da América (C.S.A.). Nesse paralelo,
talvez a Confederação venceu a Guer- mentam que alguma agência, talvez
viajantes do tempo ou um grupo de
Mundos
ra Civil e agora lidera uma coalizão de
potências “aristocráticas” semelhantes saltadores de mundos desconhecido,
construiu meticulosamente Ezcalli ou
Desafiadores
(Brasil, Grã-Bretanha e França, diga- Em certo sentido, qualquer mundo
mos) contra uma Rússia ou Alemanha outros paralelos de alta inércia para é potencialmente um mundo desafia-
ditatorial que absorveu ou intimidou um propósito inimaginável.
dor; apresenta um problema ou uma
seus estados vizinhos. O que sobrar Como os paralelos de alta inércia
oportunidade para a Patrulha Infinity
dos Estados Unidos antigo seria uma são, por definição, idiossincráticos e
resolver ou alcançar. Os verdadeiros
potência menor, tanto dentro da esfera estranhos, criá-los aleatoriamente não
mundos desafiadores, entretanto, são
Confederada quanto apoiando vingati- funciona. Você pode obter um resulta-
todos um misto de problemas e poucas
vamente os ditadores do outro lado do do da Tabela de Civilizações do Parale-
lo que exija um paralelo de alta inércia oportunidades. Em termos dramáticos,
Atlântico. eles existem para alertar, adicionar um
para explicá-lo, é claro! Essencialmen-
toque diferente ou colocar obstáculos.
Paralelos de Alta te, no entanto, eles fornecem desculpas
para paralelos irrealistas ou implausí-
Inércia veis que o MJ, no entanto, apenas dese- Mundos Infernais
Alguns paralelos permanecem re- ja colocar em seu universo. Os paralelos do inferno são aqueles
lativamente próximos à história da em que a humanidade está morta, de-
Linha-Base, apesar das principais di- Paralelos Míticos vastada ou em extinção. Normalmente,
a superfície da Terra, o clima e a ecolo-
vergências, como magia ou supers, ou Esses paralelos refletem os cenários
pontos de mudança séculos atrás, que de ficção, mitologia e folclore da Linha- gia também apresentam cicatrizes hor-
normalmente deveriam ter produzido -Base. Os parafísicos da Infinity não ríveis. A Infinity explora alguns mun-
variações muito maiores na história e têm certeza se a existência de paralelos dos infernais relativamente benignos
na política. O exemplo clássico é Ez- míticos significa que autores famosos (ou totalmente mortos) como mundos
calli (pág. 124), que de alguma forma são psíquicos latentes que veem ou- vazios (veja Catástrofes, pág. 85). Se
produziu um império Asteca cultural- tros mundos em sonhos ou clarividên- tais operações derem muito (ou miste-
mente quase idêntico ao do século 15 cia subconsciente, ou se isso fornece riosamente) errado, os PdJs podem ser
da Linha-Base, apesar de um ponto de evidências poderosas para a hipótese escolhidos para investigar, o que dá ao
divergência dois milênios antes e da de Williams-Khor (pág. 21). Nenhuma MJ uma desculpa para divulgar os adje-
contaminação cultural massiva da Me- das explicações é particularmente con- tivos deprimentes em escala global. As
soamérica por civilizações Europeias e vincente, ou particularmente reconfor- aventuras em um mundo infernal po-
do Oriente Próximo. O paralelo chama- tante, e alguns teóricos da Linha-Base dem incluir sequências de ação de fil-
do “Estados Unidos da Lagártia” (pág. acreditam que os paralelos míticos são mes de desastres, investigações tensas
122) é outro — embora os habitantes construídos por figuras poderosas des- de ruínas tóxicas, encontros comoven-
sejam dinossauros evoluídos e cons- conhecidas, como magos cabalísticos tes com humanos selvagens involuídos,
cientes! ou mesmo “deuses”. ou todos os três.

94 Presente na Criação
Civilizações Incomuns
Nenhuma das civilizações a seguir aparece em Quemer: Uma civilização Cambojana descendeu de
qualquer uma das tabelas ou sistemas neste capítulo. uma mistura de influências Índica, Chinesa e Malaia.
Elas servem como exemplos opções fora da curva que o De sua capital, Angkor, os engenheiros-sacerdotes
MJ pode lançar em paralelos de alta inércia ou mundos construíram templos, canais e sistemas de irrigação
enigmáticos, ou usar como enclaves estranhos em entre 790 e 1400. Após essa data, diminuiu em relação
cronologias mais normais. a seus descendentes no Sião. As civilizações Chinesa
e Ocidental invadiram-na até a conquista Francesa na
Civilizações Misteriosas década de 1880. Ela permanece apenas parcialmente
assimilada.
Essas civilizações, embora reais, permaneceram “fora
Sabá: Uma rede comercial de monarquias teocráticas
do mapa” da história. Como muitas civilizações antigas,
no Iêmen e na Etiópia surgiu no início do século 11
elas foram retratadas como exóticas na ficção de aventura
AEC. Principalmente absorvida pela civilização Islâmica
e no ocultismo.
no século 7 EC, seu último descendente, o reino Etíope,
Gótico: Esta cultura pastoril de guerreiros ao longo caiu para a Soviética Ortodoxa em 1977 e permanece
dos vales do Danúbio e Dniester surgiu por volta de 100 culturalmente destruído.
EC, mas só se urbanizou após a conquista de Roma no Tibetana: Começando no século 7 EC, essa ramificação
século IV. Ela ou seus descendentes podem ter dado na fronteira Índica-Chinesa (estranhamente influenciada 3
origem à civilização Nórdica; foi rapidamente integrada pela civilização Irânica) tornou-se uma civilização Budista
na nascente civilização Ocidental. teocrática alternando entre a expansão militar e religiosa.
Leste Africano: Essa mistura sincrética do Islã Sobrevive, por pouco, sob a soberania Chinesa.
urbanizado e mercantil com as tribos pastorais do Leste
Africano criou uma série de pequenos centros urbanos, Civilizações Estranhas
como o Zimbábue e o Zanzibar. Esses centros geralmente
Essas civilizações nunca existiram, mas podem
ficavam perto de minas de ouro ou ao longo de rotas
aparecer em paralelos suficientemente estranhos
comerciais. Floresceu entre 1100 EC e a conquista
como ruínas misteriosas do passado ou como atores
ocidental no século XIX.
verdadeiramente bizarros na geopolítica atual.
Olmeca: Considerada por muitos como a primeira
emergente da civilização Mesoamericana, os Olmecas Atlante: Feiticeiros e agressivos, os atlantes deixaram
(que floresceram entre 1150 AEC e 800 AEC) tinham pirâmides e reis solares ao longo das costas do Atlântico
variações suficientes na arte e no design para que outros e do Mediterrâneo. Eles desapareceram por volta de
defendessem apenas uma relação ancestral entre as duas 4000 AEC.
civilizações. Megalítica: Essa civilização matriarcal de magos
Púnica: Esta ramificação da civilização Mesopotâmica centrados na terra ergueu pedras monolíticas como
emergiu na costa Fenícia por volta de 3000 AEC. observatórios e transformadores ley desde o tempo
Fortemente influenciada pelo Egito, ela se expandiu do Dilúvio até cerca de 1500 AEC, quando os Arianos
comercialmente ao longo da costa mediterrânea. A patriarcais a destruiu.
civilização Irânica, depois a Helênica, acabou absorvendo Siriana: Buscando ouro por razões inimagináveis,
sua pátria a partir do século VI AEC; sua descendente esses alienígenas governaram civilizações terrestres como
de maior sucesso, a civilização Cartaginesa, durou até deuses, erguendo estranhas estruturas e adulterando o
146 AEC e a conquista Romana. Alguns estudiosos DNA humano. Eles chegaram em 10.000 AEC e partiram
veem a civilização Hebraica e, portanto, grande parte da por conta própria (ou após uma revolta humana) em
civilização Ocidental como uma ramificação Púnica. 1200 AEC.

Para uma catástrofe global aleatória, manidade (se não a civilização) geral- Catástrofe Cósmica: Embora a Ter-
jogue 3d e consulte a seguinte tabela: mente começa sua recuperação dentro ra pareça residir em uma vizinhança
3–4 Doença de algumas gerações. Esses mundos bastante segura, cosmicamente falan-
5–6 Catástrofe cósmica epidêmicos ainda são muito perigo- do, basta um impacto de um asteroide
7–8 Desastre ecológico sos para visitantes de outros mundos para arruinar todas as suas espécies. A
9–15 Guerra global desprotegidos, é claro, e a Infinity maioria dos mundos de Lúcifer (pág.
16–18 Desastre singular mantém procedimentos de desconta- MB528) sofreu impactos de asteroides
minação rígidos para transportadores ou cometas (embora nem todos sejam
Doença: Uma doença capaz de ex- que retornam, só para garantir. As mundos infernais; veja pág. 135). Um
terminar toda a humanidade é, evo- epidemias que realmente erradicam a dispersador de raios gama próximo ou
lutivamente falando, altamente im- humanidade são geralmente pestes de uma supernova esterilizou Lúcifer-3
provável. Embora mundos de grandes guerra criadas pela bioengenharia ou (pág. MB528). Explosões solares, ener-
pragas como Átila (pág. 110), Ariane as paranormais. gia escura, buracos negros e muitos ou-
(pág. 135) e os aterradores paralelos tros perigos espreitam por aí.
de Gotha (pág. 136) existam, a hu-

Presente na Criação 95
Desastre Ecológico: Quer sejam cau- mens mutantes malignos (ou sub-ho- te, um mundo enigmático é sua própria
sadas pelo homem ou naturais, as mu- mens), inverno nuclear ou tempestades justificativa para a existência; existe
danças climáticas globais ou eventos de mágicas de mana, bem como pilhas de para adicionar cor, drama ou estranhe-
extinção podem destruir a civilização cadáveres e cidades carbonizadas. za ao jogo. Resolver o enigma, portan-
em menos de um século. Se a atmos- Desastre singular: Eventos inclas- to, muitas vezes não vem ao caso. Com
fera morrer, pode exterminar toda a sificáveis ou incomuns surgem com alguns mundos (como Enigma na pág.
vida multicelular. O retorno da Idade bastante frequência nos Mundos Infi- 133), uma solução pode ser um objetivo
do Gelo, o aquecimento global descon- nitos, e alguns deles condenam a hu- maior da campanha, talvez para evitar
trolado, o esgotamento catastróficos manidade. Drexler (pág. MB528) e Le- que um destino semelhante tome a Li-
de espécies e o vulcanismo em grande viatã (pág. 129) são dois exemplos de nha-Base ou algum paralelo indefeso.
escala são as quatro condições mais estranhos novos infernos; a maldade e a Um mundo enigmático deve ser diver-
comuns em mundos infernais ecológi- criatividade do MJ são os únicos limites tido (ou assustador) o suficiente, no en-
cos. Golpes de asteroides ou feitiçaria tanto, para que uma ou duas aventuras
para os possíveis desastres que os Bate-
descontrolada podem replicar qualquer de “diário de viagem” proforma possam
dores podem encontrar. Demônios de-
um desses efeitos. ser divertidas e desafiadoras para a
Guerra Global: Para realmente co- sencadeados, deuses raivosos e Coisas equipe. Caso contrário, não há motivo
locar a raça humana em perigo, uma Que o Homem Não Deveria Saber Que para visitá-lo em primeiro lugar. O MJ
guerra global deve ser travada em NT7 Existem se encaixam nesta categoria, pode simplesmente abordar sua exis-
ou superior (ou com magias mortais embora algumas catástrofes cósmicas tência em uma fofoca da Patrulha ou
equivalentes). Muitas dessas guerras possam ser indistinguíveis do retorno em uma instrução inicial dos Paralabs
começam como (ou incluem) guerras dos Antigos ao espaço próximo à Terra. e seguir em frente com a história real.
nucleares; quase todos elas matam na O MJ precisa decidir sobre um bom
casa de bilhões com as doenças e a Mundos Enigmáticos enigma (e, se desejar, uma solução) que
fome depois que as bombas arrasaram Descobrir o que condenou a huma- se encaixa no tom do jogo; novamente,
cidades e plantações. Em alguns mun- nidade é um tipo específico, embora de- os resultados aleatórios são de pouca
dos, a guerra nuclear produz super-ho- sagradável, de enigma. Narrativamen- ajuda.

História, Já em Curso
A estrutura básica de uma histó-
ria alternativa é bastante simples: um
Mudança do Passado Tenha o cuidado de olhar além da
batalha decisiva; muitas causas foram
evento histórico acontece de maneira para o Presente perdidas por razões econômicas ou
diferente, suas mudanças ecoam ao Para começar com o ponto de mu- demográficas profundas. Ainda assim,
longo dos anos até um presente radi- dança, você precisa escolher um ponto com um aceno de mão adequado e uma
calmente alterado. Embora um único de mudança. Esta tarefa pode ser tão seleção criteriosa de pontos de diver-
ponto de mudança seja geralmente fácil quanto abrir um livro de história gência, você pode fazer as coisas pa-
desejável, os motivos específicos para e apontar com o dedo, mas a maioria recem plausíveis retroativamente, pelo
as mudanças subsequentes podem ser dos designers começa com pelo me- menos. Não fique muito preso à plausi-
obscuros. Esta seção discute alguns nos alguma ideia do que a mudança bilidade: há tantas reviravoltas bizarras
princípios do design alternativo da Ter- pretende realizar. Não vale a pena, por do destino na vida real que qualquer
ra e algumas questões que o aspirante exemplo, projetar cuidadosamente uma evento pode parecer inevitável.
a construtor de mundos pode desejar história alternativa na qual Napoleão Outro ponto de divergência comum
manter em mente. vence em Waterloo e é imediatamente para projetos de mudança para frente é
cortado em pedaços em Mechelen duas a ramificação. Esta é uma pequena co-
Direção semanas depois por uma força Aliada
reagrupada. Se você está começando
lônia ou um ramo de uma civilização
maior deixada sozinha para se desen-
Existem duas abordagens bási- com Napoleão, provavelmente está in- volver ao longo de seu próprio cami-
cas para a construção de cronologias teressado em uma história em que o nho. As colônias Americanas eram ra-
alternativas. Você pode trabalhar a Bonapartismo dure mais e tenha uma mificações da Inglaterra, por exemplo;
partir de um ponto de divergência co- influência maior (pelo menos) na pró- a colônia abortada de Vinlândia teria
nhecido ou postulado, como a Guerra xima década. sido um ramo da Islândia, ela própria
do Paraguai ou a invenção do micros- Este é um exemplo de projeto de descendia da civilização Nórdica. Fre-
cópio por Arquimedes. Ou você pode causa perdida, que inclui os dois tópi- quentemente, o propósito de um pro-
trabalhar para trás a partir do mundo cos de história alternativa esmagado- jeto atípico é permitir que algum fa-
que gostaria de ver construído, forne- ramente mais populares: uma vitória tor já presente na civilização original
cendo uma racionalização (esperan- Nazista na Segunda Guerra Mundial e domine a nova. A democracia Inglesa,
çosamente um tanto plausível) para uma vitória dos confederados na Guer- por exemplo, floresceu como uma erva
uma nação Xavante independente ou ra Civil. Uma Roma sobrevivente, uma daninha na Nova Inglaterra, sem reis
para armas antigravidade na Guerra dinastia Stuart restaurada na Inglater- ou aristocratas para impedi-la — assim
dos Cem Anos. ra, uma Cristandade Católica unificada como as tendências teocráticas dos pu-
ou uma vitória Americana no Vietnã ritanos, sem nenhum modelo acomoda-
também se encaixam no modelo de cionista Anglicano a obedecer. Nos ro-
causa perdida. mances “Draka” de S.M. Stirling, todos

96 Presente na Criação
os fatores desagradáveis da civilização nascimento e às Grandes Descobertas. proto-blitzkrieg desenvolvidas por Hin-
Ocidental, da escravidão à moralidade Ou Genghis Khan pode ter morrido denburg, submarinos que mantiveram
nietzschiana, florescem na Colônia do durante sua infância, quando foi escra- a América fora da Europa — e enfati-
Cabo. O espírito da Revolução France- vizado por um rival, e nunca uniu os ze-os em sua cronologia. Justifique o
sa pode ter prosperado em um Canadá Mongóis. Como esse tipo de mudança aumento de todos esses fatores e de-
Francês independente, ou o espírito dos tende a abrir totalmente as possibili- termine o que você precisa mudar para
místicos Romanov em um Alasca Russo dades, geralmente requer um objetivo que esses aumentos aconteçam, mes-
sobrevivente. mais específico adicional. Remover o mo que seu ponto de mudança acabe
Se você ainda não tem um ponto Cristianismo, por exemplo, deixa você sendo algo como “O Kaiser Wilhelm II
de divergência em mente, você sempre com a questão de qual religião mundial não era tão idiota quanto era em nossa
pode usar a Tabela do Presente Aleató- os Romanos eventualmente se conver- história”.
rio (pág. 86) para escolher um, é claro. terão. Eles trazem o Budismo da Índia Mesmo que tenha um presente em
ou elevam o Mitraísmo de um culto à mente, você pode acabar determinando
Destino do Presente uma Igreja de massas, ou simplesmente um ponto de divergência adequado no
para o Passado se mantém como pagãos cada vez mais
apáticos até que as invasões Muçulma-
passado e trabalhando tanto do passa-
do para o presente, a partir do ponto de
Mesmo ao usar um modelo de mu-
nas os convertam todos à Verdadeira Fé divergência, quanto do presente para o
dança progressiva, pode ser muito útil
do Profeta? passado de seu objetivo. Pode aconte-
ter uma meta para a qual você deseja
Isso pode acabar como um desloca- cer que um objetivo seja impossível de
que a história evolua. Esse objetivo
pode ser uma visão de como a realidade mento: mudar a história de uma área ser alcançado a partir de um determi-
deve ser no presente, ou pelo menos al- para espelhar a história de outra. Se nado ponto de divergência. Não hesite
guns elementos a serem incluídos (por um império Romano Islâmico se tor-
nar o novo califado, a futura cultura
em encontrar outro ponto de mudança,
geralmente mais antigo na história, e
3
exemplo, o domínio Irlandês da Ingla-
terra, o Egito a nação mais avançada Muçulmana será semelhante à civi- dê play na fita novamente. Se mudar o
tecnologicamente da Terra, a América lização Ocidental ou a futura civili- resultado da Batalha de Gettysburg não
dividida em pequenos estados como a zação Europeia será semelhante aos for suficiente para ganhar a indepen-
Europa medieval — ou todas as ante- sultanatos pós-Abássidas? De qualquer dência dos Confederados em sua ava-
riores). Pode até envolver simplesmente maneira, você pode buscar modelos no liação, recue e experimente Antietam,
assegurar que os beneficiários da mu- passado histórico e aplicá-los à sua his- ou o caso Trent e uma paz negociada
dança inicial sobrevivam e prosperem, tória alternativa. O tipo mais comum pelos Britânicos, ou a guerra ter estou-
embora funcione muito melhor por de deslocamento é mover as Revolu- rado em 1857 sob um fraco presidente
curtos períodos do que histórias de ções Científicas e Industriais da Euro- Buchanan em vez de um determinado
mais de um ou dois séculos. Em qual- pa Ocidental para a Grécia antiga, ou Presidente Lincoln.
quer caso, ter um objetivo em mente Bagdá Muçulmana, ou Índia medieval,
permite que você escolha entre as mui-
tas alternativas plausíveis que surgirão
ou China da Dinastia Song. A história
da Roma Aeterna (pág. 144) é essen- Decisão
em breve. cialmente o deslocamento do modelo Então, o que exatamente faz a his-
Uma dessas metas é aumentar a im- imperial Chinês de dissolução e reuni- tória divergir? O que é necessário e
portância de qualquer pessoa, conceito ficação dentro de uma cultura imperial suficiente para tirar a história de seu
ou nação relativamente marginal em autoconsciente para o Ocidente. Po- trilho? Se vivemos em um Tempo Ma-
nossa própria história. Exemplos de tal de-se facilmente postular uma China leável com Alta Resistência (pág. 154),
fortalecimento das metas marginais de que, como o Ocidente, se transforma quão maleável é o tempo e quão alta
design incluem fazer da Polônia uma em uma massa de reinos em disputa é alta? O MJ precisa responder a es-
potência mundial, permitir que os Cris- após a queda do Han. Como a Euro- sas perguntas para jogos de viagem
tãos Celtas continuem a se desenvolver pa Ocidental, esses estados sucessores no tempo. No cenário dos Mundos In-
sem a interferência de Roma e dos Vi- perderiam gradualmente o interesse finitos, a inércia varia de mundo para
kings, ou deixar Roger Bacon continu- em seu passado imperial à medida que mundo. Em nossa própria história, a
ar a desenvolver o método científico no se transformavam em nações indepen- resposta também variou.
século 13. Um número surpreendente dentes e se expandiam para o exterior.
de histórias alternativas acaba fortale- Você poderia aplicar a modernização Grande Homem
cendo a tecnologia marginal de aero- Japonesa na década de 1880 aos Iro- A teoria mais maleável é a teoria
naves e zepelins, por exemplo. Esta é queses da década de 1760, ao Egito de do Grande Homem, que sustenta que
uma questão de gosto e não de lógica, Mehmet Ali na década de 1820 ou ao um homem ou mulher com força de
mas este é um livro de jogo, afinal. Os Sikh Punjab na década de 1840. vontade, habilidade e visão suficientes
experimentos elétricos de Nikola Tesla, Um truque que às vezes funciona, pode alterar a história e mudar o cur-
os reinos Maias e os Impérios do Bra- para quem tem uma mentalidade aca- so das nações. A história, nessa visão,
sil ou da Suécia são figuras marginais dêmica, é colocar sua voz mais esnobe é uma biografia; é a história de Moisés
semelhantes com essa combinação de de narrador do History Channel e dizer e Napoleão, Hitler e Lincoln, a Rainha
obscuridade e talento. algo como “Em retrospecto, a vitória Elizabeth I e Maria Curie. Essa teoria
Caso contrário, talvez você queira Alemã em 1918 foi inevitável”. Em se- se encaixa muito bem em jogos e aven-
marginalizar os fortes. Jogue uma gran- guida, liste todas as coisas que (se você turas — afinal, histórias e conquistas
de nação, religião, herói ou cultura no não soubesse como a Primeira Guerra humanas são o objetivo dos jogos. Tam-
monte de cinzas da história e nem olhe Mundial terminou) fariam com que a bém é muito mais fácil escrever e jogar
para trás. Por exemplo, os mongóis vitória Alemã parecesse inevitável — uma trama do Centrum para sequestrar
quase invadiram a Europa no século o moral Francês se desintegrando, a Einstein do que escrever ou jogar uma
13 e podem ter evitado a era Europeia Revolução Russa libertando a Frente trama do Centrum para montar uma
de criatividade que deu origem ao Re- Oriental Alemã, as novas táticas de campanha de décadas para enfraquecer

Presente na Criação 97
os padrões acadêmicos Alemães. Essa cedo o suficiente para que os próprios Pessoas em todos os lugares se
teoria, infelizmente, está totalmente movimentos de massa sejam desviados adaptam ao seu ambiente e adaptam
fora de moda entre os historiadores — talvez o descaroçador de algodão não seu ambiente a si mesmas. Se o am-
acadêmicos. No entanto, historiadores tenha sido inventado e o Sul tenha que biente contém cavalos, carvão, ferro e
de Plutarco a Carlyle acreditavam nela se industrializar para ganhar dinheiro cevada, você obtém a Prússia. Se con-
implicitamente. Para muitas pessoas, quando o algodão acabar. Talvez um tiver arroz, galinhas, prata e tufões,
parece altamente improvável que a ataque mais duro de radicalismo Cartis- você terá a China. Se ele contém ouro,
Guerra Civil Americana, por exemplo, ta fortaleça a reação aristocrática Ingle- mas não contém animais de carga pe-
teria sido remotamente a mesma sem sa, e Palmerston possa apoiar o Sul sem sada ou doenças infecciosas, você será
Abraham Lincoln ou Robert E. Lee. perder nenhum voto no Parlamento. exterminado por Hernán Cortés quan-
Claro, Lee também fornece um contra- do ele aparecer com seus cavalos, fer-
ponto salutar para a teoria do Grande Grande Pátria ro e varíola (veja Pestes, pág. 99) para
Homem — mesmo ele não poderia ven- A teoria do Grande Momento pare- pegar seu ouro.
cer a guerra para o Sul, de toda forma. ce positivamente despreocupada em Este modelo é terrivelmente de-
“Mas talvez”, os teóricos do Grande comparação com os novos estudos primente e pouco romântico, mas
Homem respondem melancolicamente, macrohistóricos que argumentam que tem a virtude de negar qualquer
“se Lee tivesse tido um pouco mais de mesmo esses movimentos de massa
papel à raça, ou classe, ou “energia
grandeza em Gettysburg…” são predestinados pela ecologia regio-
cultural”, ou qualquer outra coisa
nal e continental onde ocorrem. Esta
que manchou tanto pensamento his-
Grande Momento teoria da “Grande Pátria” é a de mais
tórico nos séculos 19 e 20. Também
O contraponto à teoria do Grande alta inércia. Apresenta a história como
geografia; os vetores de doenças, os pode ser um prático conjunto de pa-
Homem é o que se pode chamar de teo- redes invisíveis para a construção
ria do Grande Momento. Os tempos fa- vários regimes de desastres e forma-
ções costeiras da Europa e China, e a de alternativas. Levar a ecologia e
zem o homem; o caos do pós-guerra na
sorte na distribuição de animais do- a geografia em consideração pode
Alemanha teria inevitavelmente produ-
mésticos e plantas significava que a evitar alternativas tolas como o Im-
zido um demagogo belicista e antissemi-
Eurásia ocidental estava destinada a pério Madan baseado na Nova Gui-
ta. Se não Hitler, talvez Julius Streicher
ascender à supremacia global. Este é o né (montanhas e tufões demais para
ou Joseph Göbbels ou algum lutador de
rua desconhecido pudesse ter se torna- argumento de Armas, Germes e Aço, de desenvolver a unidade cultural) ou a
do ditador e lançado a Segunda Guerra Jared Diamond, que se tornou a peça conquista Maia da Espanha em 1492
Mundial e a Solução Final. Da mesma central de uma construção que nega (aquela varíola incômoda novamen-
forma, as forças demográficas e econô- quase qualquer ação humana indivi- te, além de nenhum ferro ou estanho
micas significaram que a Grã-Bretanha dual na história. para canhão acessível).
teria superado a ameaça com ou sem
Churchill, e a América teria se envolvido
na Europa com ou sem Roosevelt.
Isso é história como sociologia; as
sociedades mudam de acordo com Grandes Alternativos
grandes movimentos de massa, e esses Onde você coloca os Grandes Homens em sua história alternativa?
movimentos lançam “líderes” e “pais
Perto do ponto de divergência, em particular, pessoas semelhantes
fundadores” e “inventores da máquina
a vapor” que por acaso se encaixam nas podem desempenhar papéis de importância semelhante. Os designers
exigências da época. Essa teoria está de histórias alternativas geralmente usam figuras históricas reais em
mais intimamente associada a Marx (e papéis que de alguma forma se parecem com suas vidas reais, mas
Hegel, de quem ele a tirou). No entanto, diferem com o contexto histórico alterado. Com essa abordagem de
outros historiadores de Macaulay a Mc- “teatro de repertório”, as estrelas — os Grandes Homens — sempre
Neill o apresentaram de uma ou outra conseguem fazer o papel principal. Isso ajuda os jogadores e leitores a
forma e basicamente domina a discus- manter o elenco de personagens correto, e rostos familiares despertam
são acadêmica hoje. o interesse. A visão do condottiere Napoleone Buonaparti subindo ao
Como modelo de história alternati- poder na decadente República Florentina, por exemplo, tem a dupla
va, tem seus usos. É muito importante, vantagem de enfatizar as diferenças daquele mundo e esclarecer a
para histórias alternativas plausíveis,
situação para todos. É difícil brigar com uma solução que aumenta a
manter os movimentos de massa e fato-
res de grande escala como a economia estranheza e a familiaridade.
em mente — Lee ou não Lee, a Confe- No entanto, torna-se ligeiramente tolo depois de um século ou mais
deração não iria derrotar a União mili- de divergência; depois de 350 anos, é improvável que os Buonapartis da
tarmente enquanto a indústria do Norte Córsega tivessem sequer todos aqueles filhos, muito menos que um deles
superasse a produção do Sul em 10 para simplesmente fosse um soldado brilhante e um ditador em formação. À
1. A Grã-Bretanha provavelmente nun- medida que a cronologia se afasta da história real, muitas vezes é mais
ca aceitaria um aliado escravista, e essa fácil olhar para tendências mais amplas e assumir a existência de gênios
“instituição peculiar” provavelmente sem nome em segundo plano, introduzindo o monoteísmo ou a teoria
teria desaparecido mesmo com uma atômica quando necessário. Nessa abordagem “commedia dell’arte”, a
Confederação independente. No entan- história sempre tem os mesmos papéis, e não importa quem preenche o
to, a teoria do Grande Momento é deci-
Grande Momento.
didamente pouco romântica e difícil de
abordar em termos de jogo. Pode-se ten-
tar estabelecer complexos de condições

98 Presente na Criação
Pestes
Nem todos os humanos sofrem igualmente de todas “Pox Americana” (1775–1782): A epidemia de varíola
as doenças. Meras doenças infantis em uma área tornam- devastou soldados Americanos durante a Guerra
se epidemias mortais em outra. Mesmo a coqueluche ou Revolucionária e se espalhou pelas planícies para
a catapora podem matar milhões em uma “epidemia de erradicar tribos Indígenas tão distantes quanto o extremo
terra virgem”, se nenhum desses milhões tiver qualquer noroeste do país. Pode ter matado 25 milhões de pessoas
resistência a eles. (A coqueluche pode ter matado metade na América do Norte.
do Japão no final do século IX EC) O caso mais claro Epidemias Urbanas de Cólera (1826–1837): Endêmica
disso na história é a taxa de mortalidade de quase 90% em Bengala, a cólera se espalhou por meio de navios
de Indígenas Americanos após o contato duradouro Britânicos para o Cairo (1831), Londres (1832), Nova York
com os Europeus em 1492. Embora os conquistadores (1832), Havana (1833) e Cantão (1835); e via soldados
certamente tenham feito o seu melhor em alguns Russos para Moscou (1830), Varsóvia (1831) e Berlim
lugares, eles simplesmente não poderiam ter massacrado (1831), matando dezenas de milhares de pessoas em cada
fisicamente populações tão vastas. Grupos pequenos cidade. A reforma do saneamento acabou com a ameaça
demais para trazer doenças do Velho Mundo com eles do cólera no Ocidente na década de 1890.
colonizaram o Novo Mundo durante a Idade do Gelo, “Gripe Espanhola” (1918–1919): Matou 675.000
Americanos e até 40 milhões de pessoas em todo o mundo
e poucas novas doenças apareceram nos 30.000 anos
(mais do que a Primeira Guerra Mundial); pode ter
seguintes. Outras pestes importantes tiveram um impacto
semelhante na história:
começado em uma base do Exército dos EUA no Kansas.
Uma cepa desconhecida de influenza 25 vezes mais mortal 3
Peste de Senaqueribe (708 AEC): “O anjo da morte” do que o normal.
matou o exército Assírio que sitiava Jerusalém, forçando Qualquer uma dessas pestes pode aparecer em uma
Senaqueribe a deixar os Judeus vivos. Pode ter sido o história alternativa; o MJ que deseja evitar a Peste Negra
tifo, um assassino de exércitos (como o de Napoleão na precisa de uma explicação inteligente de por que sua
Rússia) até o século XX. Europa está imune. No caso da Peste Negra, a eliminação
Peste Ateniense (430–429 AEC): Devastou Atenas, das conquistas Mongóis pode ter feito isso, já que pode
matando um terço da cidade, incluindo Péricles. Como ter sido a unificação Mongol das Estepes que permitiu
consequência, Atenas perdeu a Guerra do Peloponeso. aos portadores da peste espalharem uma doença da Ásia
Pode ter sido o sarampo. Central para a China e Europa em 20 anos. Sem os Mongóis,
Peste de Antonino (166–180 EC): Trazida da Pérsia poderia ter levado muito mais décadas para se espalhar, e o
por legiões vitoriosas, essa epidemia matou 25 milhões vetor poderia ter sido através do Oriente Médio, que não foi
de pessoas no Império Romano. Roma nunca se particularmente afetado pela Peste Negra em nossa história.
recuperou deste desastre demográfico, que voltou em
251–266 EC. Também pode ter alcançado a China em A Barreira da Doença
161–185 EC, e voltou a castigar por lá em 310–322
“Temei, temei, o Golfo de Benin. De cada 10 que
EC, quando uma peste matou 25% da população.
entram, é só um vai sair.” Esta velha rima de marinheiro,
Provavelmente a varíola.
sobre os perigos da costa do Benin na África Ocidental,
Peste de Justiniano (542–543 EC): Chegou a transmite com precisão o impacto da malária e outras
Constantinopla de navio do Egito e matou 120.000 doenças tropicais, como dengue e febre amarela, em
pessoas; pode ter matado até um terço do Império populações que não desenvolveram resistência a elas. Até
Bizantino e do sul da Europa em 590 EC, impedindo a o isolamento da quinina da casca da cinchona peruana
reunificação do Império Romano. Sua expansão para a em 1820, os não-Africanos simplesmente não conseguiam
Síria e a Pérsia pavimentou o caminho para a conquista colonizar efetivamente a África tropical. Depois que
Árabe. Provavelmente a peste bubônica. Colombo introduziu acidentalmente o mosquito anófeles
Peste Negra (1346–1350): Chegou a Veneza vindo da nas Américas em 1493, o Caribe e suas costas tornaram-
Crimeia, tendo já (1331–1354) matado até metade da se armadilhas mortais semelhantes para os europeus; O
China e desintegrado o Império Mongol. Matou um terço sudeste da Ásia e o Pacífico pagaram um preço menos
da Europa e reapareceu ali esporadicamente nos 400 mortal, mas notável, também. Somente a promessa
anos seguintes, especialmente na Peste de Londres (1665– de vasta riqueza de ouro e escravos poderia induzir
1666). Seu último surto matou um milhão de pessoas na os Europeus até mesmo a guarnecer os poucos postos
Manchúria em 1921. Quase certamente se tratava da peste avançados ao longo da costa Africana. Antes de enviar os
bubônica, embora alguns historiadores teorizem que o exércitos Romanos ao sul do Saara, explique primeiro por
surto de 1346 pode ter sido o antraz. que eles ainda não estão todos mortos ou delirando.

Desenvolvimento ou seca chegando pode gerar ideias para


a próxima década ou século de sua crono-
tante e ajudá-lo a escolher qual Grande
Homem vencerá a próxima rodada. Esta
A maneira de usar conceitos desanima- logia. Mesmo que você tenha construído seção fornece uma breve introdução so-
dores como as teorias do Grande Momen- toda a sua cronologia secretamente ba- bre algumas dessas preocupações ma-
to e da Grande Pátria é como guias para o seada nas disputas heroicas dos Grandes cro-históricas, com extrema parcialidade
desenvolvimento de mundos alternativos. Homens, a aplicação desses fatores pode em favor daqueles que fazem ferramentas
O simples fato de saber que há uma praga dar aquele quê de plausibilidade impor- úteis para o design do mundo.

Presente na Criação 99
Política
Vários historiadores postularam um
“pêndulo” natural na história política
Os homens fazem a sua própria história;
entre ação e reação. Em 1949, Arthur contudo, não a fazem de livre e espontânea
Schlesinger, Sr., propôs a famosa te-
oria de um pêndulo de 16 anos que,
vontade, pois não são eles quem escolhem
infelizmente, nem mesmo explicava as circunstâncias sob as quais ela é feita,
os 16 anos seguintes sem muitas ale-
gações especiais. Com isso dito, os
mas estas lhes foram transmitidas assim
modelos geracionais (veja Ciclos Ge- como se encontram.
racionais, abaixo), conforme usados
pelo historiador Samuel Huntington
– Karl Marx,
O 18 Brumário de Luís Bonaparte
(entre outros), apresentam uma expli-
cação plausível para a vida de 20 anos

Ciclos Geracionais comumente observada de muitos mo-


vimentos políticos. O libertarianismo
Um modelo para estudar a mudança histórica e a continuidade histórica radical começou na América com os
é o modelo geracional. O impacto social do Baby Boom nos Estados Unidos protestos da Lei do Selo em 1765; em
1785 estava atolado em disputas tari-
(e em outras nações) é um exemplo claro da história geracional em ação
fárias e na destruição dos Artigos da
— e também a “Geração Grandiosa” que sobreviveu à Depressão, venceu a
Confederação. O renascimento do li-
Segunda Guerra Mundial e construiu a maior economia do mundo.
beralismo americano por Kennedy em
Em Generations, os historiadores William Strauss e Neil Howe dividem
1960 foi convincentemente enterrado
os tipos geracionais, na ordem a seguir:
pela derrocada de Reagan em 1980. O
Idealistas nascem em uma época de conformidade e amadurecem Partido Republicano destruiu os Whigs
durante a agitação social. Durante a idade adulta, eles buscam o em 1856 em favor da causa da abolição
individualismo enquanto recomendam um retorno à moralidade; eles e em 1876 estava fazendo acordos cor-
envelhecem como figuras visionárias. A geração Baby Boom (nascida de ruptos com os brancos do Sul para rou-
1943 a 1960) é idealista, assim como os Transcendentalistas (nascidos de bar a Presidência. Os jovens ativistas
1792 a 1821). que impulsionam a questão tornam-se
Reativos nascem durante períodos de agitação social, atingem a políticos de meia-idade com seus pró-
maioridade na alienação e no risco, enfrentam uma crise e envelhecem prios interesses a proteger; os políticos
com uma tênue respeitabilidade conforme a sociedade se torna mais de meia-idade que eles converteram ou
conformista. Os Pais Fundadores dos EUA (nascidos de 1724 a 1741) são amedrontaram em troca de acordos
reativos, assim como a Geração X (nascidos de 1961 a 1981). morrem ou se aposentam.
Cívicos nascem durante um retorno à moralidade, unem-se e atingem Cerca de duas vezes essa duração (a
a maioridade lidando com uma crise, fundam instituições na meia-idade cada 40 a 45 anos) é um período de pico
e constroem a sociedade que o próximo movimento de agitação social de revoltas para as minorias oprimidas.
questionará e perturbará. A Geração Grandiosa (nascidos de 1901 a 1924) Isso também pode ser impulsionado
por gerações; talvez demore duas gera-
são Cívicos, assim como os Millennials (nascidos de 1982 a 2003).
ções para esquecer como as sociedades
Adaptativos nascem durante uma crise, apreciam a conformidade
aumentam a repressão após uma revol-
social na idade adulta, trabalham para fazer concessões durante períodos
ta. Toynbee afirmou que leva algo como
de agitação social e envelhecem para se tornarem idosos sensíveis. Os
cinco gerações (100–125 anos) para
Progressistas (nascidos de 1843 a 1859) são Adaptativos, assim como a uma nova ideologia criar um movimen-
Geração Silenciosa (nascidos de 1925 a 1942). to capaz de mudar a sociedade, mas
Esse modelo também implica que as crises que ameaçam a sociedade isso pode ser subestimado. A intelli-
ocorrem cerca de uma vez a cada quatro gerações (a cada cerca de 80 anos), gentsia de Pedro, o Grande, levou 136
seguidas por idades de conformidade, agitação social e individualismo, cada anos antes de tentar derrubar o Czar
uma durando cerca de 20 anos. Cada era planta as sementes da próxima. Nicolau I na Revolta Dezembrista de
O estresse da crise produz a conformidade, os rebeldes Idealistas contra a 1825. O Massachusetts puritano levou
conformidade sufocante causam a agitação, e a quebra da conformidade 145 anos para se rebelar contra o rei. A
resultante deixa risco e individualismo desenfreado. Reagindo contra a Lei dos Direitos Civis foi aprovada 133
alienação e atomização que veem ao seu redor, os (agora mais velhos e anos depois que William Lloyd Garri-
mais sábios) Idealistas clamam por um retorno à moralidade, bem a tempo son fundou o movimento abolicionista
para a próxima crise atingir e cimentar essas demandas. Americano.
Para fazer seu modelo se encaixar na história Americana, Strauss e Leva cerca de oito gerações (160–170
Howe têm que postular que a Guerra Civil foi uma “crise cedo demais” que anos), em média, para um império ficar
“abortou” uma geração Cívica e colocar Thomas Jefferson (um Idealista se forte o suficiente para lutar uma guerra
civil, e cerca de três (60 anos) para se
é que houve um) em uma geração Cívica. Não importa o quão “tentativa
recuperar dela. (Tempo suficiente para
e erro” seja o modelo, usá-lo pode ajudar a dar um ritmo aparentemente
que todos os veteranos de guerra se tor-
natural a uma sociedade alternativa.
nem velhos enfadonhos com histórias
que ninguém mais queira ouvir.) Segun-
do essa leitura, a Revolução Americana

100 Presente na Criação


foi uma guerra civil no Império Britâ-
nico estabelecido em 1607 em James-
town, 169 anos antes. Depois de 1776,
a América demorou até 1836 (60 anos)
para iniciar sua própria expansão im-
perial no Texas e a concomitante desin-
tegração sobre a escravidão, enquanto
a Grã-Bretanha passou quase esse tem-
po assistindo seus monarcas enlouque-
cerem e sua população protestar antes
que a Lei de Reforma estabilizasse seu
sistema político em 1832. Roma passou
por três desses ciclos antes de finalmen-
te entrar em colapso de fora pra dentro;
uma dinastia Chinesa média “realmen-
te bem-sucedida” administra dois deles.

Economia
Outro campo maduro para padrões
cíclicos é a economia, seja dentro de
uma sociedade ou em uma base global.
(Teóricos de sistemas modernos contro-
versos acreditam que todas as econo-
3
mias têm sido em uma base global desde
cerca de 930 EC, quando a Dinastia Song
restaurou as ligações comerciais entre a
China e o Ocidente.) O “ciclo de expan-
são e retração” é familiar para a maioria
dos observadores casuais do cenário em-
presarial moderno, por exemplo.
Em 1925, um economista russo,
Nikolai Kondratiev, descobriu “ondas”
de aproximadamente 50 a 54 anos (27
anos até o pico, 27 anos até a crise) em
tendências dentro do ciclo Ocidental
de negócios. As depressões globais de
1816, 1873 e 1929 pareciam combinar
muito bem com a teoria e, se você fe-
char bem os olhos, poderá encaixar a
recessão de 1978–1983 aí também. In-
felizmente, as outras depressões glo-
bais em 1826, 1837 e 1893 não corres-
pondem à onda; nem o crash de 2000.
(Kondratiev, ironicamente, foi enviado Em terreno consideravelmente mais e a desigualdade se tornem excessivos,
à Sibéria por fazer a observação perfei- firme estão as Revoluções dos Preço, levando a (ou contribuindo para) cul-
tamente Marxista de que a economia
que, ao contrário das ondas de Kondra- tos, pessimismo, revolta intelectual,
impulsionou a história.) Os historia-
tiev, são tiradas dos próprios dados, em vício, guerras entre impérios e, final-
dores ainda discutem se a onda Kon-
dratiev ainda existe; outros preferem a vez de modelos estatísticos dos dados. mente, uma vasta crise. Após a crise, os
“onda Kuznets” de 18–21 anos, que se A prosperidade geral causa inflação preços se estabilizam em um equilíbrio
encaixa melhor no quadro geracional. lenta, que se transforma em inflação rá- e a prosperidade retorna para iniciar a
Se a onda Kondratiev existe, prova- pida durante a próxima grande guerra próxima inflação lenta. Infelizmente,
velmente representa um atraso de duas ou influxo de capital. A inflação rápida embora as revoluções dos preços te-
gerações na exploração de um novo de- causa crescente desigualdade e contro- nham uma estrutura regular, elas não
senvolvimento industrial. As ferrovias le social da economia até que o controle têm um bom ciclo regular.
são introduzidas na década de 1830 e o
modelo amadurece na década de 1880;
os telégrafos surgiram na década de
1860 e foram eliminados pelo rádio na Não há histórias alternativas corretas;
década de 1910; os microcomputadores
surgiram na década de 1970, e acaba-
existem apenas histórias alternativas plau-
mos de ultrapassar o “pico” do cresci- síveis.
mento de sua produtividade no boom
da Internet na década de 1990. Um pa-
– Will Shetterly,
drão semelhante provavelmente se apli- “The Captain’s Story ‘
ca a qualquer história alternativa após
NT3 e a invenção do sistema bancário.

Presente na Criação 101


Civilização como Biologia
De Ibn Khaldun a Malthus, os historiadores veem Absolutismo (100–150 anos): O poder aristocrático
as sociedades como essencialmente seguindo padrões torna-se centralizado, mas o rei e a burguesia tomam
biológicos: crescimento na primavera, florescimento o poder sozinhos; a sociedade se aproxima de uma
no verão, decadência no outono, e morte no inverno. crise. Na cultura Clássica, este é o duelo de Péricles
O filósofo Alemão Oswald Spengler é provavelmente o e Temístocles; no Ocidente, é a ascensão de Luís XIV
teórico mais conhecido a aplicar o modelo biológico e dos Stuarts e Hanoverianos. O outono cultural se
à história. Em The Decline of the West (publicado pela instalou, com as crenças do verão postas em dúvida:
primeira vez em 1918), ele propôs que as civilizações exemplos incluem o Iluminismo no Ocidente, os
têm personalidades individuais (a civilização clássica Socráticos na civilização Clássica ou os Mutazilitas
era Apolo, enquanto a civilização Ocidental era Fausto, na sociedade Islâmica. Confúcio é o último “verão
por exemplo). No entanto, sua natureza inerentemente Indiano” da civilização Chinesa, reafirmando a ordem
biológica (sendo composta de pessoas, afinal) os em meio ao caos.
restringe a seguir “ciclos de vida” semelhantes como Revolução e Napoleonismo (30–50 anos): A revolta
qualquer outro organismo. Spengler postulou apenas da burguesia desencadeia a guerra e a ditadura militar.
oito dessas civilizações, que chamou de “culturas”: Os “Napoleões” — Alexandre, Sun Tzu, Napoleão —
Egípcia, Mesopotâmica, Chinesa (que começa por varreram a velha ordem, mas geralmente não podem
volta de 1000 AEC), Clássica (Helênica mais Romana), criar um império duradouro. No Egito, a crise (invasão
“Magiana” (Irânica mais Islâmica, com substancial
dos Hicsos) destrói a nação; no Islã, o “Napoleão”,
influência Judaica), Índica (que ele começa com as
Almançor, foi capaz de criar um império, o Califado
invasões Arianas) e Mesoamericana. Embora quase
Abássida. A arte é outonal, voltada para o passado e
nenhum historiador moderno leve Spengler a sério,
feroz: o Romantismo no Ocidente e o Shah-Nameh na
seu modelo oferece uma ótima estrutura para histórias
alternativas ou futuras (James Blish usou conceitos cultura Magiana.
Spenglerianos para sua série literária Cities in Flight). Transição do Napoleonismo (200 anos): No espaço
Nesse espírito, as “épocas” de civilização de Spengler livre após a crise, os interesses burgueses e os Estados
são as seguintes: de massa em conflito (alguns deles democráticos, como
a República Romana, as cidades-estado do Punjab ou
Período Pré-Cultural (400–500 anos): Este é um os Estados Unidos) dominam. A fase Helenística da
período de tribos e chefes; não há sistema estatal cultura Clássica, a era dos cinco estados em guerra
ou literatura. Para a civilização Ocidental, Spengler na China e a fase imperialista da cultura Ocidental
equipara esta era às conquistas Francas de 500–900 são todas urbanas, mercantis e pragmáticas. A ética
EC; para a civilização Clássica, o período pré-cultural substitui a religião, do Buda na Índia ao Sufismo no
é a Era Micênica. Islamismo, ao Estoicismo na Grécia e ao Humanismo
Formação da Ordem Feudal (300–400 anos): Estados secular no Ocidente. A arte é experimental, mas pouco
e cidades emergem e estendem seu poder, como na dura… são os tiros finais à medida que o inverno cai
Dinastia Chou na China ou na Pérsia Sassânida. A sobre a cultura.
“primavera cultural” começa com os primeiros mitos Cesarismo (200 anos): As massas no estado vitorioso
sacerdotais (a Vida dos Santos, o Rigue Veda e a
eventualmente se unem para forçar a política,
Teogonia de Hesíodo) e militares (os contos Arturianos,
suprimir a burguesia e impor um império unificado
o Mahabharata e a Ilíada). Arquitetura vigorosa, como
até os limites do alcance de sua civilização. Esta é a
as pirâmides da civilização Egípcia ou as catedrais
era de Augusto César, Qin Shihuang, Alparslano (que
Góticas do Ocidente.
Interregnum (100–200 anos): A ordem feudal se fundou o Sultanato Seljúcida), o Faraó Amósis (que
decompõe em guerras, pestes e fome. A primavera fundou o Novo Reino), Chandragupta Máuria… e o
cultural torna-se verão e a reação se inicia. No “complexo militar-industrial da mídia” nos Estados
Ocidente, Tomás de Aquino aperfeiçoa a escolástica Unidos. O inverno cultural leva a formas artificiais,
Católica, e as heresias que levarão a Lutero emergem. sincréticas e pós-modernas que imitam formas
Na cultura Clássica, os cultos Órficos questionam a anteriores.
ortodoxia Olímpica. A arte da primavera se esgotou. Estase Final (mais de 200 anos): O estado imperial
Formação do Estado Aristocrático (150–170 anos): gradualmente se engessa e decai. A cultura Clássica
Os principais estados aristocráticos emergem e lutam; entra em estase final com Domiciano, a cultura Magiana
esta é a era dos Tudors e dos Habsburgos no Ocidente, com os Otomanos, o Egito com os Ramesséses, a China
e dos sete estados beligerantes na China. A passagem com Han Wu Ti. Na programação de Spengler, a cultura
do alto verão cultural se reflete no Renascimento Ocidental deve chegar à estase final por volta de 2105.
tornando-se Barroco, ou a arte Dórica dando lugar à Congelada e morta, a única expressão da cultura é o
arte Jônica. Surgem novas matemáticas: geometria gigantismo.
Pitagórica Clássica, Álgebra Magiana ou Cálculo Consequências: O império cai para os bárbaros, que
Ocidental. No final desse período, vem uma reação plantam as sementes de uma nova ordem feudal em
puritana: Mohammed ou Cromwell. suas ruínas.

102 Presente na Criação


Histórias alternativas podem ig-
norar as Revoluções dos Preços, re-
Guerra potências de segunda ordem se mo-
bilizam para lutar. As Guerras Ita-
O que nos leva ao nosso próximo
agir a elas ou incluir suas próprias ciclo, o ciclo de guerra identificado lianas marcaram a estreia da França
Revoluções, conforme o capricho do por Quincy Wright. Ele descobriu como forte competidor; a Guerra dos
designer. Novamente, incluí-las ou que, estatisticamente, uma grande Trinta Anos fez da Suécia uma gran-
algo parecido aumenta enormemente guerra eclode entre as grandes potên- de potência; a Guerra da Sucessão
a plausibilidade e o realismo de uma cias a cada 75 a 85 anos. Em outras Espanhola colocou a Inglaterra e a
cronologia — dois ou três séculos palavras, a cada quatro gerações, Prússia no cenário global; as Guerras
de prosperidade sem consequências apenas o tempo suficiente para todos Napoleônicas fizeram o mesmo com
nunca aconteceram na história hu- que se lembram de como a última foi a Rússia; as Guerras Mundiais intro-
mana. terrível morrer. Esta guerra de grande duziram os Estados Unidos. Em sua
As principais Revoluções dos Pre- potência geralmente dura de 25 a 30 história alternativa, mantenha um re-
ços são as seguintes: gistro contínuo de grandes potências;
anos em várias fases (como as duas
se eles ultrapassaram o prazo de vali-
Medieval (1180–1350): Começa Guerras Mundiais ou as duas Guer-
dade, derrube-os na próxima grande
com a invenção de um sistema ban- ras Napoleônicas); tempo suficiente
guerra.
cário e do saque da Quarta Cruzada. para matar uma geração inteira e dei-
xar a sociedade completamente farta
Termina com a Peste Negra e um sé-
culo de guerra e destruição. O equi- disso por mais quatro gerações. Ge- Ecologia
orge Modelski modificou a teoria de A grande influência final no curso da
líbrio posterior é lembrado como a história é o clima. Como a economia, as
época de ouro do Renascimento. Wright ao introduzir a guerra oceâni-
ca, que ele afirma ser o único tipo que pessoas tentam identificar ciclos como
Século XVI (1520–1620): Começa
com a descoberta das minas de ouro realmente muda as estruturas de po-
der, com um ciclo ligeiramente mais
o ciclo El Niño-Oscilação Sul (ENOS),
que causa inundações na China e no 3
Americanas e a guerra contra os Tur- Peru, fome na Índia (atrapalhando a
cos. Termina com a Guerra dos Trinta longo de cerca de 90 anos. Nenhum
monção), frio intenso e neve na Rússia,
Anos. O equilíbrio posterior é o Ilu- dos ciclos realmente se ajusta às da-
seca no Oeste Norte-Americano e no
minismo de Newton e Bach. tas envolvidas, mas se sua história al-
Mediterrâneo, e o caos geral a cada 8 a
Século XVIII (1740–1800): Começa ternativa passou 80 ou 100 anos sem
15 anos. Fortes “mega-ENOSs” podem
com a ascensão das Sociedades Anô- uma guerra entre grandes potências,
ter causado o clima úmido e frio que
nimas e o boom do açúcar. Termina coloque uma na mesa.
paralisou Napoleão e Hitler na Rússia.
com a Revolução Francesa e as guer- Em média, guerras entre grandes
É possível, de uma maneira Grande Pá-
ras globais Napoleônicas. O equilíbrio potências resultam em pelo menos
tria, que a razão pela qual o noroeste da
depois disso é a era Vitoriana. uma delas sendo revirada do avesso
Europa acabou conquistando o mundo
Século XX (1900 até o presente): e perdendo o status de grande po-
seja o fato de estar em uma zona tempe-
Começa com o pleno florescimento tência. As guerras Italianas tiraram
rada menos afetada pelo ENOS! Ainda
do capitalismo industrial e a era dos Veneza da lista; a Guerra dos Trinta
pouco compreendido, ENOS pode ser
impérios. A atual morte Malthusiana Anos abalou a Espanha; a Guerra da
o padrão climático individual mais im-
na África e as guerras no Oriente Mé- Sucessão Espanhola tornou a Holan-
portante da história.
dio podem representar seu estágio fi- da e a Suécia em potências de segun-
Em uma escala maior, o clima global
nal. Se for assim, a metade do século do escalão; as Guerras Napoleônicas
flutuou fortemente muitas vezes na his-
21 até o final parece muito boa. derrubaram a Espanha novamente e tória da civilização. Grandes mudanças
acabaram demograficamente com a climáticas podem ser as razões para
Também pode ter havido uma França; as Guerras Mundiais destru- surtos de pestes, fomes e outras crises
Revolução dos Preços na antiga Ba- íram a Alemanha e assim por diante. demográficas — todas as civilizações do
bilônia (1750–1680 AEC), na Grécia Uma grande potência pode tentar vol- mundo passaram por crises semelhan-
Clássica (500–300 AEC), em Roma tar ao topo, o que leva cerca de uma tes durante o século III e o século XVII,
(90–220 EC) e no começo da Europa geração, ou se contentar com o declí- por exemplo, o que corroboram causas
medieval (850–1000 EC). Todos esses nio. Algumas guerras entre potências globais. Qualquer uma das seguintes
períodos terminam em uma guerra introduzem um novo grande poder à mudanças climáticas provavelmente
devastadora. mistura, à medida que as anteriores ainda ocorrem em uma Terra paralela,
a menos que a mudança no clima seja o
ponto de mudança:
Resfriamento de Laurentide (c. 6200–
5800 AEC): Quatro milênios de aque-
cimento global finalmente derreteram
Em média, guerras entre grandes uma camada de gelo glacial na América
do Norte, abrindo o rio St. Lawrence,
potências resultam em pelo menos derramando água fria no Atlântico e
fechando a Corrente do Golfo. O fim
uma delas sendo revirada do avesso e desta seca fria desencadeou a revolu-
perdendo o status de grande potência. ção urbana na Mesopotâmia, Índia e
Palestina.
Resfriamento Boreal (3800–3100
AEC): Outra seca fria força a concentra-
ção de vilas em cidades na Suméria; seu
fim cria a civilização Egípcia com o re-
torno das enchentes regulares do Nilo.

Presente na Criação 103


Evento Sub-Boreal (2200–1900 de ar quente do Mediterrâneo mo- dia, desencadeia a Alta Idade Média
AEC): Uma grande erupção vulcâ- veu-se para o norte sobre a França na Europa (com consequências de-
nica desencadeia outra seca fria, e a Grã-Bretanha, favorecendo o vi- mográficas, como as Cruzadas) e con-
causando o fim do Império Antigo nho Romano e a cultura da azeitona. dena os Anasazi quando a seca atinge
Egípcio e dos impérios cívicos Su- Eventualmente, o calor levou a uma o sudoeste Norte-Americano.
mérios-Acadianos. nova seca, que mudou a massa de ar Pequena Idade do Gelo (1316–
Crise de 1200 AEC(1200–1100 de volta para o sul. Segundo a lenda, 1850): O resfriamento global, pos-
AEC):Grande seca em 1200 AEC, os Godos invadiram o Império sobre sivelmente vulcânico, causa fome e
combinada com a erupção do Mon- o Reno e o Danúbio congelados. pestes na Europa e na China. As ge-
te. Hekla na Islândia em 1159 AEC Catástrofe de 535 (535–600 EC): leiras avançam nos Alpes durante a
envia ondas de invasores nômades Um grande evento vulcânico em era mais fria (1580–1760). Isso tam-
através dos Hititas, Babilônios e Java (possivelmente uma erupção bém pode estar relacionado ao “Mí-
Egípcios. Este evento pode ter ajuda- do Krakatoa) causa um “inverno nu- nimo de Maunder”, uma diminuição
do a desencadear a guerra por Tróia, clear” global, destruindo Bizâncio, na atividade de manchas solares de
para confiscar rotas de grãos em uma China, Teotihuacan e a Grã-Bretanha 1645–1710. Isso, por sua vez, pode
época de fome. “Arturiana”. ter desencadeado a crise global do sé-
Período Quente Clássico (300 AEC- Período Quente Medieval (900– culo 17, da Guerra dos Trinta Anos às
200 EC):Provavelmente foi uma mu- 1300): O aquecimento global permite invasões Manchu da China às primei-
dança nos padrões do vento; a massa que os Vikings colonizem a Groenlân- ras Guerras Indígenas na América.

Alterando Mundos
Esta seção apresenta regras especí- Qualquer mudança pode causar um Jogue nesta mesma tabela para de-
ficas para deslocar cronologias de ecos deslocamento em uma direção aleató- terminar quanto tempo leva para a In-
e diretrizes para alterar a conjuntu- ria; um plano Centrano envia a crono- finity encontrar uma cronologia “per-
ra tecnológica, política ou cultural de logia mais para cima em 5 de cada 6 ve- dida”. Se a cronologia estiver agora
qualquer cronologia. O MJ pode exigir zes, enquanto um contragolpe vigoroso abaixo de Quantum 3 ou acima de 7, ela
que os jogadores em uma campanha a um plano Centrano ainda envia o eco não pode ser encontrada pela Infinity.
do Centrum (ou uma Patrulha Infinity mais para cima em 2 de cada 6 vezes. Modificadores: +1 se a cronologia esti-
mais agressiva que tenta deslocar os Uma mudança totalmente aleatória, ver agora no Quantum 4 ou 6; +3 se esti-
ecos para baixo antes que o Centrum acidental ou não planejada desloca a ver agora no Quantum 3 ou 7. O Centrum
possa roubá-los) desenvolvam seus pla- cronologia para cima em 3 de cada 6 pode encontrá-lo em um quarto do tem-
nos de deslocamento usando essas di- vezes, é claro. po; acrescente um modificador de -1 a um
retrizes, ou simplesmente deixar tudo Nenhuma mudança é imediata e, se teste busca do Centrum se a cronologia
para um teste de Cliodinâmica. a mudança for efetivamente revertida terminou no Quantum 7 ou 9, e de -3 se
durante o período de retardo, ela não agora estiver no Quantum 8. O Centrum

Deslocamento ocorrerá. (Se a mudança foi severa o


suficiente, no entanto, pode não haver
não consegue encontrar uma cronologia
abaixo do Quantum 6 ou acima do 10.
de Cronologia maneira de anulá-la a tempo.) Para o O texto acima assume que a Infinity
período de tempo antes da mudança, (ou Centrum) está fazendo a busca. Se a
Se extratemporaiss, PdJs ou PdMs, jogue 3d. Infinity não estiver ciente da cronologia
fizerem algo que o MJ acha que pode perdida (por exemplo, se foi um desen-
“mudar a história” em um eco instável, Tabela de Retardo do volvimento secreto de algum governo
jogue 3d. Se a violação estava de acor- ou corporação), adicione pelo menos +4
do com um plano Centrano e ocorreu Deslocamento à jogada. Muitas operações clandestinas
durante uma janela de instabilidade 6 ou menos 1d dias não teriam as instalações para encon-
paratemporal (pág. 86), adicione 3 ao 7, 8 2 dias trar uma cronologia perdida mesmo se
resultado dos dados. (Adicione mais 2 9 1d semanas tivessem 20 anos para fazê-lo.
se o orquestrador do plano Centrano 10 2 semanas Isso também pressupõe que uma
obtiver um sucesso decisivo em seu 11 3 semanas equipe de pesquisadores sem rosto está
teste de Cliodinâmica.) O MJ também 12 3d×2 semanas fazendo toda a pesquisa. Se um cien-
pode adicionar de 1 a 5 ao resultado, 13 2d meses tista PdJ (ou PdM importante) estiver
dependendo do grau de divergência da 14–16 2d×3 meses envolvido na busca, ele pode tentar
mudança; a seção Alterações, na pág. 17+ 2 anos, mais duas um teste de Física (Paracrônica). Para
86, fornece algumas orientações para jogadas adicionais cada ponto na margem de sucesso do
este modificador. nesta tabela seu teste, subtraia 1 do teste de busca.

Tabela de Deslocamento de Cronologia


9 ou menos Nenhum resultado, mas adicione 1 a qualquer outro teste feito em uma semana.
10–11 Nenhum resultado, mas adicione 2 a qualquer outro teste feito em uma semana.
12–13 Nenhum resultado imediato — mas se a mudança não for revertida, role novamente em 1d×10 horas, com
+2. Este modificador é cumulativo se jogado mais de uma vez.
14–15 Deslocamento de 1 quantum, mas não imediatamente — veja abaixo.
16–17 Deslocamento de 2 quanta. Veja abaixo.
18 ou mais Deslocamento de 1d quanta, mínimo 3. Veja abaixo.

104 Presente na Criação


Tente Mudar -inventar” invenções mais antigas, de
NT mais baixos. Seja um carro gravita-
Mudança Média: Uma que poderia
acontecer de qualquer maneira, mas

o Mundo
cional futurista ou um moinho de água, não considerando os interesses existen-
uma mudança tecnológica deve ser pro- tes e a conjuntura política. Exemplos:
Este sistema de regras permite que jetada, construída e testada para pontos guerra com um país vizinho rico e fra-
agentes intrometidos da Infinity ou do de falha. O inventor precisa de pontos co; nomeação de um oficial de gabinete;
Centrum tentem introduzir mudanças gastos em uma “perícia de invenção” tarifas ou acordos comerciais; constru-
em uma cronologia, seja ela um eco ou para fazer qualquer uma dessas coisas ção uma ferrovia.
não. Ele também pode modelar cená- acontecer. Esses mesmos princípios se Mudança Complexa: Uma que não é
rios do tipo Lord Kalvan of Otherwhen aplicam a outras mudanças. provável, mas possível, apesar da gran-
envolvendo um viajante perdido tentan- de oposição ou desaprovação pública.
do “modernizar” seu novo lar, viajantes Exemplos: guerra com um país podero-
do tempo renegados com ressentimen- so; renúncia de uma figura importante;
to contra a história, ou corretores do reforma da estrutura tributária ou sis-
Grupo Denarius tentando refazer uma tema previdenciário; emenda Constitu-
cultura fiscal paralela para ordem e lu- cional.
cratividade. Mudança Espantosa: Uma que só
Nenhuma dessas regras deve substi- poderia acontecer por meio de mudan-
tuir a atuação ou a aventura. Se o MJ ças espantosas de opinião pública ou
e os jogadores preferirem envenenar de uma grande emergência nacional.
Frederico, o Grande, do que trabalhar Exemplos: desarmamento unilateral;
para remodelar a cultura da Prússia,
fiquem à vontade para ir em frente e
abdicação do governante; mudança
completa do sistema econômico; mu- 3
fazê-lo. Em geral, o plano de um joga- dança completa do sistema político.
dor específico deve superar qualquer O MJ agora faz um “teste de concei-
um desses resultados, desde que o MJ to” em segredo contra a perícia política
não o considere abusivo ou ridículo. O
que essas regras podem fazer é fornecer Mudança Política relevante do agente (que depende do
sistema político — Política, Adminis-
uma estrutura para campanhas de lon- Para mudanças políticas em uma
sociedade, o agente deve ter algum tração, Trato Social (Alta Sociedade),
go prazo ou um “limite de tempo” para Teologia, etc.) para ver se a proposta
ações compensatórias. Se a cultura do acesso em seu processo político. Em
uma democracia aberta, isso pode ser do agente tem alguma chance de fun-
Império Mogul mudar drasticamente cionar. Alguns sistemas ou problemas
em seis meses, a menos que o programa tão simples quanto colocar anúncios
no jornal, telefonar para um membro podem exigir duas ou mais perícias:
de mudança social seja interrompido, o uma cidade Médici corrupta pode exi-
MJ pode determinar aproximadamen- do congresso ou organizar um comício
público. Em uma teocracia totalitária, gir Trato Social e Manha, por exemplo,
te quantas tentativas os bandidos (ou ou uma proposta de reforma bancária
mocinhos) podem fazer para mudar as pode envolver demonstrações abertas
de santidade, pesadas doações aos san- pode exigir Política e Finanças. Use a
coisas de volta ou impedir a alteração. perícia de menor NH entre as relevan-
tuários ou o bom e velho sequestro e
tes. O tempo e a falha funcionam da
Mudança Tecnológica chantagem do tipo em que os PdJs pa-
recem se especializar. mesma maneira que o Conceito de No-
O GURPS já possui uma diretriz vas Invenções, na pág. MB473.
Uma vez estabelecido o acesso, ou
para a introdução de mudanças tecno-
tornado possível, o agente deve propor Modificadores:-6 se a proposta for
lógicas na sociedade, na pág. MB511.
a mudança que deseja que aconteça. O Simples, -10 se for Média, -14 se for
De acordo com essas diretrizes gerais,
MJ deve determinar o quão significati- Complexa ou -22 se for Espantosa; +5
elevar uma cultura em um NT em um
va é uma mudança para o sistema: uma se a mudança estiver visivelmente fun-
amplo campo de esforço científico ou
mudança Simples, uma mudança Mé- cionando bem em algum outro lugar do
técnico (transporte, armas, poder ou
dia, uma mudança Complexa ou uma mundo; +1 a +5 se um grupo de interes-
medicina, por exemplo) leva dois anos,
mudança Espantosa. (Isso é comparável se estabelecido a apoiar integralmente;
com as condições favoráveis e conheci-
à complexidade de uma nova invenção, -5 se o conceito for inteiramente novo
mento técnico adequado (12 ou melhor
como na pág. MB473.) Uma mudança para o mundo ou civilização (democra-
em todas as habilidades relevantes em
Média geralmente tem um grau de di- cia representativa na China antiga, um
ambos os NTs) do agente da mudança.
vergência de +1, uma Complexo +2 ou banco nacional na Roma antiga).
Esse sistema é extremamente abstrato
+3, e uma mudança Espantosa, +4 ou
e pode ser considerado um “limite ex- O segundo teste contra a perícia polí-
(se a sociedade ser mudada é uma po-
terno” para jogos — poucas campanhas tica do agente é o teste de Proposta. Este
tência) possivelmente até +5. Definições
podem dispor de dois anos de inativida- teste permite que o conceito seja ouvido
e alguns exemplos de cada uma a seguir:
de, ou mesmo passar dois anos em uma de forma imparcial no governo (ou pelo
“sequência de histórias secundárias” Mudança Simples: Uma que pro- povo, em uma democracia). Em caso de
antes de retomar a ação. vavelmente aconteceria de qualquer sucesso, a proposta é feita de maneira
A outra maneira de mudar a tecno- maneira, mas não tão cedo ou tão fa- adequada (um artigo atencioso no New
logia de uma cultura é no varejo: in- voravelmente quanto o agente gostaria. York Times, um pôster de parede favo-
ventando coisas até que os moradores Exemplos: discursos contundentes e rável ou um comentário espirituoso do
locais entendam e a revolução técnica ameaçadores contra uma nação rival; escaldo da corte). Em caso de falha, o
se autoperpetue. As regras de Novas promover um cortesão favorecido; au- conceito é apresentado de maneira de-
Invenções na pág. MB473 cobre esse mentar os impostos sobre os pobres ou sajeitada ou parcial; quaisquer jogadas
território, e o quadro Reinventando a sobre uma minoria rica; realizar jogos futuras terão um modificador de -2.
Roda refere-se especificamente à “pré- cerimoniais. Em uma falha crítica, o conceito pare-

Presente na Criação 105


gar uma Reputação negativa ou positi-
va a uma figura pública; um novo santo
padroeiro ou semideus.
O Custo da Mudança Social Mudança Complexa: Uma mu-
dança importante e potencialmente
Nada é de graça, na política ou na cultura. Embora o MJ deva ajustar
permanente na vida diária, mexendo
esses números à vontade, os PdJs que procuram promover mudanças substancialmente com as expectativas
políticas devem esperar pagar subornos, doações de campanha, culturais. Exemplos: Uma nova lavou-
almoços fornecidos para a intelectualidade, anúncios de página inteira, ra incomum; uma nova forma de arte
documentários bajuladores, propaganda em horário comercial e assim ou grande mudança em uma existen-
por diante. O mesmo é frequentemente verdadeiro para uma mudança te; agregar ou remover um Estigma
social; as despesas aumentam, seja para marketing, Social de -5 ou -10 pontos para algum
alimentação dos missionários ou pagar por todos grupo; uma heresia ou movimento de
aqueles soldados. Use a seguinte tabela como uma resgate.
diretriz para o desembolso por cidadão afetado: Mudança Espantosa: Uma mudança
revolucionária nas expectativas sociais
Significância Custo Base
com forte resistência. Exemplos: ve-
Simples $1
getarianismo; iconoclastia; igualdade
Média $2
revolucionária ou genocídio por conta
Complexo $4
própria; uma nova religião de massa ou
Espantosa $10
conversão a uma fé estrangeira.
Modificadores: Dobre esses custos para uma Use todas as mesmas regras e tabe-
sociedade relativamente rica ou com um alto grau de las acima, com exceção do resultado do
controle mercantil ou corporativo. Dobre-os para sistemas políticos teste de Proposta. As mudanças cultu-
altamente corruptos (como a Nigéria do século 21 ou a França dos anos rais tendem a diminuir com o tempo,
1780). Os custos são definidos em níveis NT8; modifique-os de acordo com a menos que sejam reforçadas. Um
Nível Tecnológico e Recursos Iniciais (pág. MB27). sucesso decisivo no teste de Proposta
torna a mudança permanente (exceto
uma revolução, guerra ou outro grande
estresse cultural); o sucesso com mar-
ce traiçoeiro, sacrílego ou covarde; isso uma margem de 3 ou mais dá a qual- gem de 3 ou mais na Proposta permite
reduz a Reputação local do agente em quer oponente a chance de atrasar em que a mudança dure 2d anos; qualquer
pelo menos 4 pontos (de +2 para -2, por 1d-3 semanas (mínimo 1); qualquer outro sucesso permite que a mudança
exemplo). Pode haver outras consequ- outro sucesso significa que a medida dure 2d meses. Outros testes podem
ências legais ou sociais, como banimen- leva 2d-2 semanas para passar. Duran- ser necessários para reforçar o suces-
to da corte ou perigo de multidões enfu- te este tempo, o MJ deve planejar pelo so; cada uma dessas jogadas tem um
recidas. Ele nunca pode apresentar tal menos uma ideia de aventura, ou uma bônus +2 ao NH.
ideia novamente, a menos que primeiro cena dramática, entre o agente e seu(s)
tenha limpado seu nome (por exemplo, oponente(s) exigindo um teste de perí- Instrumentos Sociais
por vitória militar, casamento real, ou a cia (geralmente alguma perícia social Como essas regras são equivalentes
humilhação pública). como Diplomacia, Oratória ou Trato às regras de Novas Invenções na pág.
Social). Um sucesso decisivo nesse teste MB473, o MJ pode desejar permitir
Modificadores: Todos os modificado- acaba com a oposição imediatamente. uma vantagem Desenvolvedor (Social)
res listados para os testes de Conceito; que refletiria personagens de ficção
+1 por assistente com NH 20+ em uma Mudança Cultural que parecem excepcionalmente há-
beis em dominar estruturas políticas
das perícias exigidas para a proposta, A maioria das mesmas regras se
até um máximo de +4; +1 para cada ní- aplica a mudanças culturais: novas re- e alterar culturas no atacado. (O herói
vel de Status acima de 3 na cultura local ligiões, gastronomia, movimentos paci- da trilogia Deathworld de Harry Harri-
dos Aliados do agente, ou +1 para cada fistas ou militaristas e assim por diante. son vem à mente, assim como Conrad
nível de Status mantido pelos Patronos A perícia cultural relevante pode ser Stargard da série Crosstime Engine-
do agente; -1 a -10 (a critério do MJ) Propaganda (Publicidade), Atuação, er de Leo Frankowski.) Custando 25
para o nível de oposição preexistente à Poesia ou Escrita, por exemplo. pontos, o mesmo que Desenvolvedor,
proposta. Duplique todas as penalida- Seguem alguns exemplos e defini- isso permitiria a modificação das re-
des pela falta de familiaridade cultural! ções para os níveis de mudança cultural: gras acima de acordo com as regras
O MJ também pode adicionar bônus à de Instrumentos na pág. MB475 —
Reputação do agente no assunto; por Mudança Simples: Uma simples mu- reduzir as penalidades para os testes
exemplo, uma Reputação +2 (general dança para uma pequena faceta da vida de Conceito e Proposta e tratar todo
bem-sucedido) aumenta as chances de diária com atrações óbvias. Exemplos: sucesso no teste de Proposta como
uma proposta militar obter uma audi- Um novo lanche saboroso; uma nova um sucesso com margem de 3 ou
ência imparcial. melodia ou canção; uma nova razão mais. (Um sucesso decisivo ainda tem
para odiar uma minoria desprezada; o mesmo efeito.) O MJ pode querer
Qualquer proposta inspira debate e uma nova oração. criar sua própria Tabela de Defeitos
um certo nível de oposição. Um suces- Mudança Média: Uma mudança per- divertida, adequada para os detalhes
so decisivo no teste da proposta signi- ceptível na vida diária, mas não fora da proposta do Instrumento Social.
fica que a oposição pode ser ignorada das normas culturais. Exemplos: Um Não existe Desenvolvedor Rápido
ou rejeitada e a medida aprovada o novo estilo gastronômico; uma música (Social), pois isso seria simplesmente
mais rápido possível; um sucesso com de sucesso ou uma peça de teatro; agre- bobo. Em vez disso, compre psiquismo.

106 Presente na Criação


Capítulo Quatro

o Mundos
Suficiente…
a Cartago, mas isso o iludiu até a semana pas-
sada. Merubaal era como resquícios de né-
voa; visível à distância, mas dissolvendo-se
em gotas de perto. Foi apenas um golpe de
sorte que Giancarlo tivesse parado em Olis-
po e ouvido dois estivadores Dahomeyanos
falando sobre a tenda de Merubaal sendo
carregada para o comboio de outono. Um
salto rápido de volta à base da Patrulha, um
voo noturno para os Açores, e depois de volta
para Melkart-2 para apanhar o galês que aca-
ba de sair do porto do Funchal.
Merubaal não iria simplesmente desapa- 4
recer de novo — jurou Giancarlo a si mesmo.
O comerciante certamente parecia só-
lido o suficiente agora, sentado em suas
almofadas nas sombras. “Giancarlo
podia ver músculos sob as camadas de
gordura que um comerciante precisava
para anunciar sua prosperidade. Gian-
carlo também não viu nenhum guarda,
no que deduziu que Merubaal tinha toda
a tripulação no bolso.
“Saudações, príncipe dos mercado-
res.” Embora a frase fosse apenas uma
formalidade, Merubaal de alguma forma
parecia incorporá-la, desde seus cachos
castanho-avermelhados às finas sandá-
lias de pele de bezerro. Apenas uma tatu-
agem de floresta pontiaguda em um dos
braços estragava a aura de luxo urbano.
“E para você, saudações, nobre senhor.
Como pode este indigno ajudar Vossa
Senhoria?”
“Giancarlo conhecia realidades em
que essa besteira podia durar horas —
incluindo pelo menos duas refeições —
antes de chegar ao que interessa. Fe-
lizmente, em Melkart-2, os cartagineses
descobriram que tempo é dinheiro.
Ele se agachou e pegou a moeda
que encontrara nas ruínas de Roma,
deslizando-a pela seda até Merubaal.
“Estou interessado nessas moedas.”
Embora as ondas do Atlântico fizessem o convés balançar Merubaal encarou seu cliente por algum tempo antes de
e balançar sob suas botas, Robert Giancarlo mal percebeu, responder. “Certamente o nobre senhor prefere espécimes
seus quadris e ombros se equilibrando inconscientemente. mais finos. Eu tenho aqui hexágonos de dinheiro de prata das
cortes do Império do Dragão, e alguns dos estáteres de ouro
Toda a sua atenção estava voltada para o toldo roxo brilhante
de Báctria, que mesmo os melhores escultores de hoje juram
estendido no mastro principal e para o comerciante atarraca- que não podem ser comparados.” Ele os espalhou ao lado da
do sentado de pernas cruzadas embaixo dele. Ele tinha ouvido moeda de Giancarlo e, de fato, a amostra do Patrulheiro pa-
rumores sobre a tenda de Merubaal em todos os portos de recia um tanto monótona e sem graça diante de seu esplendor
Mobile (embora eles a chamassem de Murgha neste mundo) implacável.

Mundos o Suficiente… 107


“Sim, são peças maravilhosas”, ad- Merubaal respondeu em Inglês, com Ponto de Divergência
mitiu Giancarlo, baixando a voz para uma cadência incongruente do Tennes- O ano em que a história desta cro-
um sussurro e se inclinando para mais see. “É melhor do que o que você mere- nologia diverge da Linha-Base e uma
perto. “Mas elas não têm George Wa- ce por atrapalhar minha operação aqui, breve discussão sobre a mudança re-
shington nelas, agora elas têm?” Agente Giancarlo. Mas você é da Patru- sultante.
Merubaal ficou em silêncio por mais lha e não gosto de matar Patrulheiros
um longo minuto, mas quando respon- imediatamente. Dá azar.” Seus dedos Principais Civilizações
deu, seu tom era caloroso. acariciaram inconscientemente o amu- As principais civilizações nesta
“É esse o nome deste rei? Ele deve leto de Tanith que ele usava, mas ele cronologia, aproximadamente em
ter sido um tipo pobre, para adulterar continuou sem nenhum traço da for- ordem de domínio cultural-militar.
suas moedas com níquel e cobre dessa malidade de Melkart-2. “O cataclismo Conforme pág. 90, outras civilizações
maneira. Eu não daria dois estalos” — nos levará a algum lugar que você não quase certamente existem, mas de-
e o comerciante estalou os dedos duas pode seguir, não sem um navio ou um sempenham apenas papéis regionais
vezes — “por um rei assim”. vidente. E isso o levará a outro lugar; já ou locais. O nível de unidade (pág. 91)
Justiça seja feita, Giancarlo quase naveguei nele antes, e é divertido dessa de cada civilização listada aparece en-
maneira. Então você fica com a glória tre parênteses.
instantaneamente reconheceu o sinal
de descobrir um mundo desconhecido
para os marinheiros próximos. Tam- Grandes Potências
para a Infinity. A meu ver, parece-me
bém sendo justo, ele aleijou quatro de- As grandes potências neste mundo
uma boa troca pela sua moeda.”
les antes que colocassem as cordas em alternativo, de acordo com a definição
suas pernas. Isso era pouco consolador, O capítulo seguinte fornece uma na pág. 92. Alguns “quase grandes” po-
acorrentado à escuridão fedorenta do amostra de algumas das Terras entre os tências também aparecem, listados em
porão, mas era algum. Mundos Infinitos. (Reich-5 e Centrum itálico, ou porque são candidatos as-
Quando Giancarlo viu a luz do dia receberam descrições abrangentes no cendentes a um grande poder, ou por-
novamente, era de uma cor verde aquo- Capítulo 2.) Os principais mundos têm que acrescentam um tempero especial
sa, atravessada por relâmpagos de um quadros com dados básicos que forne- à contexto daquele mundo. O tipo de
azul actínico, e ele estava de pé no con- cem o seguinte: governo (veja pág. MB509) ou estrutura
vés com algumas pontas de lança mui- política de cada potência aparece entre
to afiadas a centímetros de seu baço.
Nome do Mundo e Ano Atual
O nome familiar desta cronologia parênteses, junto com o Nível de Con-
Longe das pontas de lança, uma longa trole geral (pág. MB506).
para o pessoal da Infinity, junto com o
prancha se estendia ao longo da lateral ano atual local neste paralelo.
do navio em direção ao cataclismo que NT
se aproximava. Assuntos Atuais O nível tecnológico da civiliza-
Ele esticou o pescoço para ver Meru- Um breve resumo do estado atual ção dominante nesta cronologia, com
baal — ou quem quer que fosse — de desta cronologia. Se houver uma guerra quaisquer divergências ou divisões de
pé no convés. “Andar na prancha? Você global em andamento ou outra grande tecnologias observadas.
está falando sério?” crise, ela aparecerá aqui.
Nível de Mana
O nível de mana desta Terra (pág.
MB235).
Quantum
O quantum em que esta cronologia
Diferentemente de Newton e de existe (pág. MB526).
Schopenhauer, seu antepassado não Classe Infinity
acreditava num tempo uniforme, A Classe de Mundo e a Classificação
de Acesso atribuídas a esta cronologia
absoluto. Acreditava em infinitas sé- pelo Serviço de Entrada da Patrulha In-
finity (consulte o quadro, pág. 83).
ries de tempos, numa rede crescente
Zona Centrum
e vertiginosa de tempos divergentes, A zona na qual o serviço Interworld
convergentes e paralelos. Essa tra- Centrum classifica esta cronologia (veja
o quadro, pág. 51).
ma de tempos que se aproximam, se O MJ deve se sentir livre para ajus-
bifurcam, se cortam ou que secular- tar o quantum, o nível de mana ou
qualquer outro fator dos mundos en-
mente se ignoram, abrange todas as volvidos para se adequar à sua campa-
possibilidades. nha. Ele pode criar um “novo” mun-
do (uma variante de Campbell pode
– Jorge Luis Borges, ser Campbell-2, em Quantum 4, por
exemplo), determinar que um tremor
“O Jardim de Veredas que se Bifurcam” de realidade conveniente reestruturou
o mundo de acordo com suas espe-
cificações ou apenas decretar que “é
assim que ele sempre foi” e continue
com o jogo.

108 Mundos o Suficiente…


Depois que a Armada Vitoriosa par-
Armada-2
Durante o século seguinte, turbulên- com reformas financeiras, centraliza-
4
tiu, por mais de 200 anos o domínio na- cias na Boêmia, Polônia, Rússia e Ale- ção e a válvula de escape Canadense
val da Espanhol garantiu o domínio do manha ameaçaram os domínios Fran- que permitiu aos Huguenotes, Refor-
catolicismo, da ordem e do conservado- cês e Espanhol e desencadearam uma madores Holandeses e Puritanos colo-
rismo. À medida que essa maestria se breve rebelião Protestante na Inglater- nizar aquele deserto em vez de ficar na
fragmenta, as nações antes intimidadas ra. As políticas previdentes de Richelieu Europa e criar problemas. A Espanha
pelos canhões Espanhóis equiparam e Olivares conseguiram conter a maré até se sentiu forte o suficiente para em-
secretamente corsários e piratas para
enfrentar os mares. O crescimento ex-
ponencial da energia a vapor no Egito e
na Nouvelle-France Huguenote cria no-
vas economias e novas tecnologias fora Armada-2, 1812
do alcance de Madri. Enquanto isso, a
grande rival da Espanha, a Suécia, está Assuntos Atuais
armando príncipes Indianos e paxás Um reino Espanhol sobrecarregado luta contra piratas e corsários ao
Turcos, preparando o cenário para ou- longo de todo o seu império, enquanto os agressivos Suecos observam.
tro confronto global.
Ponto de Divergência
A Ascendência 1588; a Invencível Armada desembarca na Inglaterra, destitui
Espanhola Elizabeth e coloca Henry Percy no trono da Inglaterra como Henrique
IX. Uma Espanha ressurgente sufoca a revolta Holandesa (1589) e depõe
Quando Filipe II da Espanha morreu
em 1598, ele governava um império Ca- Henrique IV da França (1591) em favor de Charles du Mayenne, que se
tólico no qual o sol nunca se punha. A torna Carlos XI.
Holanda estava mais uma vez unida sob
o governo liberal e tolerante do Duque Principais Civilizações
de Parma, cuja política de redução de Ocidental (império fragmentado entre rivais), Ortodoxa (império),
impostos para os mercadores Católicos Islâmica (multipolar), Chinesa (império).
trouxera uma enxurrada de conversões
dos até então fervorosos burgueses Pro-
Grandes Potências
testantes de Amsterdã. Missionários da Império Espanhol (ditadura, NC4), Império Sueco (ditadura, NC3),
Flórida converteram pagãos tão ao nor- Império Otomano (ditadura, NC5), Império Russo (ditadura, NC5),
te quanto Penobscot Valley, ao catolicis- Império Manchu (ditadura, NC5), Nouvelle-France (oligarquia, NC3).
mo, e fundaram missões de Roanoke a
Manhattan. Ouro e prata do México e
Dados da Cronologia
NT: 5 Nível de Mana: baixo
do Peru inundaram Madri, comprando
a lealdade de príncipes e duques na Itá- Quantum: 6 Classe Infinity: P9 Zona Centrum: Dourada
lia e na Alemanha; da mesma maneira
foi com as especiarias das Índias.

Mundos o Suficiente… 109


te no antigo modelo Holandês e para
assinar um tratado de aliança com a
Suécia. Finalmente, o mercenário Al-
Outras Armadas banês Mehmet Ali subiu ao trono Oto-
mano em 1804 e deu à frota Espanhola
A Infinity descobriu duas outras cronologias onde a Armada venceu. uma derrota esmagadora em Nava-
Na Armada-1 (Q5, ano atual de 1833), Filipe II uniu as coroas Imperiais rino. Piratas da Suécia, Escócia (um
Espanhola, Inglesa e Francesa sob um único Sacro Império Romano ex-cliente Francês insatisfeito) e Nou-
governado de Madri. Este combinado mal organizado explodiu em uma velle-France (e corsários do Sultanato
grande revolta durante as décadas de 1620 e 1680, devolvendo a Europa de Segu no Senegal) atacam a américa
a uma colcha de retalhos de estados feudais em disputa. Nenhum deles Espanhola. À medida que Suécia, Es-
tem força econômica, vibração intelectual ou capital sobressalente para panha, Turquia e Nouvelle-France co-
desencadear a Revolução Industrial; o mundo continua em NT4. meçam a escalar para a industrializa-
No mundo NT4 de baixo mana Armada-3 (Q3, ano atual de 1602), ção (mais lento e mais tarde do que na
rebeliões Inglesas e Holandesas eclodiram com a morte de Filipe II Linha-Base, mas com base mais ampla
em 1598. Os jornais Espanhóis afirmam que uma “escola invisível” de em mais países), pode levar apenas
feiticeiros, bruxas e Rosacrucianos está por trás da rebelião. alguns anos até que as armadas nave-
guem novamente e o mundo afunde
para a guerra.

Operações
purrar os Turcos para fora do Marrocos dos ao ver o imperador Austríaco ser
e da Argélia, embora uma invasão da forçado a voltar sua atenção para seus Extradimensinais
Grécia tenha falhado em 1683. Os Tur- vizinhos Suecos assustadoramente po- A Patrulha está de olho nesse mun-
cos, chocados com sua quase fuga, co- derosos, em vez de para as atividades do alternativo, preocupada que ele
meçaram a se modernizar seriamente Franco-Espanholas na Alemanha.) possa entrar em uma conflagração
sob seus vizires Albaneses, os Köprülüs, No século seguinte, parte do bri- global, colocando em risco o comércio
visto (não incorretamente) como os sal- lho veio da ascendência Espanhola. geralmente lucrativo de peles e carne
vadores do Islã. A Suécia começou a colocar exércitos de auroque que a Estrela Branca des-
fruta. A Patrulha também suspeita que
A Suécia conseguiu unificar a Escan- melhores e mais bem equipados con-
alguns comerciantes da Linha-Base
dinávia e os poucos estados Luteranos tra a Áustria e a Rússia, conquistando
estão abastecendo ilegalmente os Sue-
do norte da Alemanha, mas sabiamente a Silésia e Novgorod. Comerciantes
cos em armas de fogo e projetos navais
transferiu seus objetivos expansionis- Suecos fundaram Christiania na Áfri- aprimorados, e possivelmente até em
tas para o leste, em vez de enfrentar ca do Sul e começaram o aliciamento fornalhas e outras tecnologias cruciais
os exércitos Católicos combinados da na Índia. Canhões Suecos apareceram da indústria e da guerra. Os turistas
França, Espanha e Áustria na Alema- nos exércitos de inimigos da Espanha visitam principalmente a Escócia de
nha. Embora a conquista da Polônia no exterior, como o Nawab de Bengala Stuart, o imenso posto comercial de
por Gustavus Adolphus tenha removi- (cujos artilheiros Suecos destruíram o Lacota perto de Fort-Nicholas, no alto
do uma monarquia Católica do palco, quarteirão Espanhol durante as chu- Mississippi, ou as fábricas de algodão
ela forçou os Suecos a tolerar o Cato- vas das monções em Barisal em 1763). movidas a vapor sob as pirâmides do
licismo em seus domínios, enquanto o A França, aliada da Espanha, começou Egito. As atividades do Centrum, se
exército Sueco rapidamente absorveu um declínio acentuado, pontuado por houver, na Armada-2, permanecem
e profissionalizou o suprimento inter- fomes e distúrbios, forçando o rei Car- misteriosas, embora o desaparecimen-
minável de camponeses Poloneses em los XIII a abdicar em favor de Carlos to em 1809 da colônia Espanhola de
suas guerras de fronteira com a Rússia de Lorena em 1789. A Nouvelle-Fran- Bahia Teresa (no local da Sydney, Aus-
e a Áustria. (Olivares e Richelieu po- ce aproveitou a oportunidade para se trália, da Linha-Base) seja no mínimo
dem não ter ficado muito desaponta- declarar uma República independen- suspeito.

Átila
Os estandartes de rabo de cavalo
dos cãs Mongóis ondulam pelas pas-
Sonhos dos sucessores seguiram seu exemplo. Su-
botai destruiu Veneza, Colônia e Paris;
tagens e florestas onde antes reinos e Cavaleiros do Diabo Mangku reduziu Alexandria, Constan-
cidades se ergueram. Um círculo cul- De acordo com a tradição Mon- tinopla e Isfahan a pó; Kublai destruiu
tural vicioso e o poder precedente de gol nesta cronologia, quando Genghis Cantão e soterrou os canais Chineses e,
Genghis Khan mantêm os bárbaros Khan capturou Pequim em 1215, ele so- embora o “vento divino” tenha salvado
dos cavalos no topo de um mundo sem nhou que uma erva daninha cresceu na o Japão, ele ainda foi capaz de acres-
cidades. Somente onde os pôneis mon- cidade para sufocar seu cavalo. O Gran- centar Londres e Meca ao tributo mon-
góis não podem cavalgar — Japão, de Khan decidiu então arrasar a cidade gol de destruição.
África tropical, o Novo Mundo — os e proibir os Mongóis de construir cida- Kublai supostamente cavalgou do
homens constroem muros e sonham des; ele passou muitas outras cidades grande acampamento em Karakorum
com o progresso. na fogueira durante sua carreira, e seus às ruínas de Veneza e voltou, mas com

110 Mundos o Suficiente…


sua morte o Grande Canato mongol
se desfez; era grande demais para
ser governado até mesmo pelo mais Átila, 2004
ambulante dos cãs. Seus sucessores
guerrearam entre si e adotaram não- Assuntos Atuais
-Mongóis, como Turcos e Húngaros, Os descendentes dos Mongóis ainda devastam uma Eurásia totalmente
em seus clãs para adicionar cavalei- rural.
ros a seus exércitos depois que a Peste
Negra devastou os Canatos. Com as
Ponto de Divergência
1215; Genghis Khan destrói Pequim, e os Mongóis continuam fazendo
novas cidades inevitavelmente caindo
da destruição de cidades sua política.
pela peste ou pelos nômades, a Euro-
pa em sua maior parte voltou às flo- Principais Civilizações
restas; os Khans de Magya e Potu ca- Estepe (império difuso), Japonesa (unitário), África Ocidental (difuso),
çam as tribos primitivas das florestas Andina (unitário).
da Inglaterra, França e Alemanha por
esporte. Grandes Potências
O Japão se unificou sob o gover- Canatos Mongóis (clã/tribal, NC2 para Mongóis, NC6 para súditos),
no de Tokugawa, invade os bárbaros Shogunato do Japão (ditadura, NC5), Liga do Grande Congo (feudal, NC2–
Chineses em busca de escravos e faz 3), Intipu (teocracia, NC6).
negócios com as tribos cada vez mais Dados da Cronologia
urbanizadas desde Puget Sound até o NT: alta 4 (no Japão, Peru e África), 3 (nos Canatos)
Peru, a maioria das quais estão caindo Nível de Mana: baixo
sob a influência dos adoradores do sol, Quantum: 5 Classe Infinity: P4 Zona Centrum: Inacessível
missionários mastigadores de coca de
Intipu, a teocracia que sucedeu os in-
cas na década de 1780. Na África, as
nações Bantu se urbanizaram e suas
4
cidades-estado disputam dentro da ex- Operações lealdade da horda Húngara que quase
matou a equipe investigativa de Bate-
pansionista Grande Liga do Congo. Os Extradimensionais dores que mapeava as ruínas de Roma.
Oyo (na Linha-Base, Nigéria) inventa- Descoberta no ano de 2001 na Li-
ram as primeiras locomotivas a vapor, nha-Base (ano local de 1978) por uma A maioria dos visitantes da Linha-Base
mas sua crescente riqueza os torna das primeiras missões dos Batedores, de Átila são historiadores, e a Patrulha
um alvo tentador para as cidades mili- esta cronologia foi chamada de Átila ainda perde um ou dois civis por ano
taristas do leste e do sul. devido à confusão sobre a identidade e neste paralelo perigoso.

Outras Conquistas Mongóis


Em 1241 na Linha-Base, duas hordas sob o comando a Inglaterra reconquista a Europa da Horda Branca. A
de Batu e Subotai acabaram de erradicar os exércitos Patrulha suspeita do envolvimento do Centrum por trás dos
da Polônia e da Hungria nas batalhas de Liegnitz e do Cruzados, possivelmente dentro da influente (e de língua
rio Sajo, trazendo a fronteira Mongol para o coração Inglesa) Ordem de São Tomás da Índia.
da Europa. Batedores Mongóis haviam cavalgado até Em Cham (Q4, ano atual 1902), os Mongóis não
os portões de Viena e Veneza e, na campanha do ano apenas devastaram a Europa, mas