Вы находитесь на странице: 1из 5

Colégio Pedro II - Unidade Escolar São Cristovão III

Coordenação de História

O Selo Verde e a sua distribuição (Pré-projeto)

Brenda Amaral n°: 6


Guilherme William Gurgel Gonçalves n°: 13
Pedro Ivo Mendonça n°: 19
Stella Matera n°: 22

Turma MA313

2010
1. Introdução

Para iniciarmos o Projeto de Pesquisa Anual 2010, pensamos em trazer à tona o tema do
selo verde, que já existe a algum tempo e, em tempos de aquecimento global, tornou-se
importante saber quais produtos levam esta marca ou não; caso sim, porque a levam; e que
produtos ainda não levaram este selo, mas por algum motivo estão relacionados com o tema
mencionado. Afinal, se a sociedade pretende consumir com consciência em pleno século
XXI, é necessário saber quais são os produtos que levam o Selo Verde. E esta é a razão pela
qual o grupo se interessou pe1o tema.
Mas o que é Selo Verde, afinal? Esta designação vem da marca do Forset Stewardship
Council, o FSC , e é reconhecida internacionalmente pelos consumidores de madeira e
derivados, como móveis e estruturas para a construção civil. É usada principalmente para o
comprador saber se adquiriu um produto que não agride as florestas tropicais. O Selo Verde
surgiu a partir da preocupação ambiental dos próprios consumidores, principalmente no
mercado europeu. Isto aconteceu quando os governos e as ONGs de vários países
formularam um conjunto de normas para regular o comércio de produtos provenientes das
florestas tropicais através de acordos internacionais. A partir deste ponto ficou definido que
as madeiras possuiriam o Selo Verde se comercializassem apenas produtos retirados das
florestas de maneira ambientalmente correta e enquadrados em um plano manejo
certificado por órgãos internacionalmente conhecidos, como o FSC.
A preocupação com a rotulagem ambiental teve começo em 1971, quando se realizaram
estudos de qualidade ambiental, atendendo às novas demandas do mercado e às pressões
dos ambientalistas. Foi neste contexto, então, que, em 1978, surgiu o Selo Verde, adotado
como indicador de produtos ambientalmente sustentáveis. Sentindo a necessidade de
prepararem-se para produzirem contando com a presença deste selo, aumentando assim a
confiança em seus produtos. Vale lembrar que, por ser adotado em mais de 30 países, o
Selo Verde recebeu diversos nomes. Na Alemanha, onde tudo começou como “Anjo Azul”
e desde então vem aprimorando seus critérios de padronização, tornando-os mais rígidos;
No Canadá, intitulou-se como “Opção Ambiental” o produto com qualidade ambiental, já a
partir de 1988; No mesmo ano, os países nórdicos criaram o “Cisne Branco”; Em 1989, o
Japão adotou o ”Eco-Mark”, e, finalmente em 1990 os EUA nomearam-no de “Selo
Verde”. Desde então, a aceitação de cada país ao Selo vem aumentando. Para se ter uma
ideia, em 1992, uma pesquisa realizada nos Estados Unidos e Canadá revelou que 70% dos
consumidores preferem pagar mais caro por produtos ambientalmente sustentáveis. Um ano
depois, uma outra pesquisa realizada na Alemanha declarou que, de dois mil
entrevistados, 88% sabem o que significa “Anjo Azul”, dois terços estão dispostos a pagar
mais caro por produtos ambientalmente sustentáveis e 57% preferem produtos com o Selo
Verde. Temos então que, cada vez mais, procurou-se estabelecer uma relação de
cumplicidade entre vendedor e consumidor, Principalmente na América anglo-saxônica e
na Europa, no sentido de que ambos se preocupem com a qualidade ambiental dos seus
produtos. E é a partir desta ideia que se pretende discutir, através deste documento, as
razões pela qual essa marca verde interfere nas nossas vidas.
http://www.setor1.com.br/embalagens/seloverde/rotu_lagem.htm
http://www.ecologflorestal.com.br/sub/81.av

2. Objetivos da pesquisa

2.1. Objetivo geral da pesquisa

Promover um conhecimento ecológico ligado a produtos que, de maneira direta ou indireta,


afetam o meio ambiente estabelecendo a relação que têm com a natureza.

2.2. Objetivos específicos:

•Aproximar o produto com o selo de qualidade verde com o consumidor, estabelecendo


assim uma relação conscientizada entre consumidor e vendedor;
•Eliminar o preconseito que existe entre o fato de que pagar mais caro por um produto com
Selo Verde bão compensa o risco ambiental que ocorre por um produto normal;
•E esclarecer como o que se consome afeta a vida dos consumdores, o quanto afeta e a
relação compra-e-venda.

3. Questões de investigação

3.1. Qual relação existente entre o paradigma industrialista e como ele vem afetando a
natureza e produtos que são a base da matéria-prima?
3.2. Como se pode estabelecer uma relação de consumo consciente com os produtos com
"Selo Verde"?
3.3. Que fatores que encarecem ou enobrecem o preço dos produtos com "Selo Verde",
yornando-os produtos consumidos apenas pelas elites?
3.4. Qual a relação de compra-e-venda e a história do produto em si, levando-o através de
uma relação de produção até o consumidor?

4. Justificativa de Relevância da Pesquisa

Em termos sociais, esta pesquisa tem importância porque estabelece uma relação de troca
de conhecimentos entre a sociedade e o meio acadêmico, ou seja, todo conhecimento que
será produzido através de todo processo investigativo será democratizado com a sociedade,
admitindo-se que a escola e, por conseguinte, a comunidade cientíca também terá acesso a
este documento. No âmbito pessoal a pesquisa tem importância quando visa o
enriquecimento do processo de aprendizado dos alunos que o elaboram, no sentido de
fomentar neles a curiosidade e pesquisa ao saber científico.
5. Metodologia da Pesquisa e Fontes

Far-se-á no processo de elaboração deste documento um levantamento de dados obtidos


através de jornais, livros, internet e revistas, como busca primária. Em um segundo
momento, tentar-se-á concluir a pesquisa entrevistando os próprios consumidores e
vendedores de produtos com Selo Verde, dando a oportunidade destes opinarem sobre o
tema.

Fontes primárias:

textos e escritos;
gráficos;
fotos;
e imagens dos produtos com Selo Verde.

Fonte seundária:

Entrevistas.

6.Cronograma de Realização da Pesquisa

Tempo/ Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro


Atividade

Finalização do X
Projeto

Localização das X
Fontes
Primárias

Pesquisa em X
Bibliotecas e
Arquivos

Leitura da X X
Bibliografia

Análise das X X
fontes
primárias

Reunião com X X
Orientador
Redação do X X
Trabalho Final

Formatação do X X X
Produto Final

Entrega do X
Trabalho Final

7. Bibliografia

Selo Verde.<http://www.setor1.com.br/embalagens/seloverde/selo_verde.htm>
Rotulagem ambiental<http://www.setor1.com.br/embalagens/seloverde/rotu_lagem.htm>
O que é selo verde.<http://www.ecologflorestal.com.br/sub/81.av>

Похожие интересы