Вы находитесь на странице: 1из 1

Plano da Disciplina PCS-2453 – Sistemas Operacionais – Prof.

João José Neto – Aula 1


Módulo I − Generalidades Critério de Avaliação: A= (P1+2*P2+E)/4, onde P1, P2 são as duas provas e E é o conceito
relativo ao desempenho em atividades práticas, incluindo o projeto e os trabalhos em classe.
1. Introdução. História. Terminologia. Conceitos básicos de sistemas
operacionais Lembrar que a aceitação do projeto, e portanto sua avaliação, só será feita se todas as
suas partes forem entregues completas, compreendendo, cada uma delas:
2. Administração de recursos, Máquina estendida, Interface com o usuário, (a) uma documentação da estrutura do software, da lógica dos algoritmos empregados
Controle de transições de estados de processos e das estruturas de dados utilizadas;
Módulo II − O Processador e seus Periféricos (b) saídas do computador, comprovando que o programa tenha sido convenientemente
depurado e testado nos vários casos de interesse;
3. Entrada e saída. Espera ocupada. Interrupção. Rotinas de tratamento de
(c) programas, nos formatos fonte e executável, em disquete ou CD, incluindo arquivos
interrupção. Tipos de interrupção. Técnica de buffering
com os casos de teste .
4. Acesso direto à memória. Canais seletores. Canais multiplexadores. Canais Para haver aprovação é necessário que o projeto esteja completamente desenvolvido,
multiplexadores de blocos. Programas de canal. documentado e operante, e o aluno deverá ter média mínima de 5.0 nas provas.
Módulo III − Memória e sua Virtualização Normas de Recuperação: Para os alunos que tenham sido reprovados por não terem o
5. Administração de memória. Memória real e virtual. Alocação contígua. projeto aceito, a recuperação consiste em efetuar essa entrega na data da prova de
Overlays. Multiprogramação. recuperação, com eventuais especificações adicionais, determinadas pelo professor na época
da publicação das notas.
6. Partições. Proteção de partições de memória. Alocação particionada
simples e relocável. Para os que tenham sido reprovados pelas notas das provas, haverá uma prova de
recuperação abrangendo toda a matéria, incluindo assuntos ligados ao projeto.
7. Páginas. Alocação paginada simples. Virtualização de memória paginada.
Freqüência: A freqüência às aulas é obrigatória, segundo os regulamentos em vigor.
Proteção de páginas. Algoritmos de substituição de páginas. Enquanto compete ao professor apurar a freqüência dos alunos às aulas, a estes cabe
8. Segmentos. Alocação segmentada simples. Virtualização de memória participar das mesmas e assinar as listas de presença.
segmentada sem e com paginação. Proteção de segmentos. Não haverá abono de faltas por parte do professor. Assim, cabe exclusivamente ao aluno, em
Compartilhamento de segmentos. sala de aula, registrar sua presença a todas as aulas freqüentadas.
Módulo IV − Processos, Sincronização e Comunicação Notar que, segundo o regulamento, para que possa haver aprovação por nota, é exigido do
aluno a presença mínima regimental, caso contrário haverá reprovação por faltas,
9. Administração de processos. Job scheduling mono e multiprogramado, com
independentemente das suas notas.
e sem entrada e saída. Sistemas distribuídos.
Por essa razão, recomenda-se ao aluno participação ativa nas aulas e a assinatura das listas
10. Process scheduling. Comunicação de processos. Seções críticas. Exclusão de presença, para erradicar as desnecessárias e tão evitáveis reprovações por faltas.
mútua. Mensagens.
Bibliografia:
11. Políticas de scheduling. Competições. Deadlock.
* Tanenbaum Sistemas Operacionais Modernos – 2a. edição – Pearson 2005 (livro-texto)
Módulo V − Dispositivos e sua Virtualização Deitel, Deitel e Choffnes Sistemas Operacionais – 3a. edição – Pearson 2005
12. Administração de dispositivos. Dispositivos de entrada e saída. Dispositivos Flynn e McHoes Introdução aos Sistemas Operacionais Thomson 2002
de armazenamento. Pérez, Carballeira, Anasagasti e Costoya Sistemas Operativos – Uma visión aplicada –
13. Dispositivos de acesso serial e aleatório. Dispositivos de cabeçote fixo e McGraw-Hill Interamericana de España 2002
móvel. Blocagem. * Silberschatz, Galvin e Gagne Sist.Operacionais Conceitos e Aplicações Campus, 2001
14. Virtualização de dispositivos. Spooling. O’Gorman Operating Systems with Linux Palgrave 2001
Tanenbaum Distributed Operating Systems Prentice Hall, 1995
Módulo VI − Arquivos, Proteção e Controle * Stallings Operating Systems Maxwell/ MacMillan, 1992
15. Sistemas de arquivos. Hierarquia. Diretórios. Métodos de acesso. Proteção Tanenbaum Operating Systems, Design and Implementation Prentice Hall, 1987
de acesso. Compartilhamento de arquivos. Interação com o job scheduler. Turner Operating Systems, Design and Implementations MacMillan, 1986
16. Controle do sistema operacional. Linguagens de controle. Interfaces com o Madnick e Donovan Operating Systems McGraw Hill, 1975
usuário e com os programas. Interação com os programas de sistema e do * – os títulos marcados com asterisco são os mais utilizados nesta disciplina
usuário.