Вы находитесь на странице: 1из 16

Substancias polaris: água e alcool

Subtâncias bipolares: derivados do petróleohfgdngfxmhfx

Regra do semelhante “dissolve” semelhante

Baixa polaridade => Baixa polaridade

Média polaridade => Média polaridade

Alta polaridade => Alta polaridade

Polaridade

H-Cl = polar H-
H = apolar

Moléculas diatômicas com átomos iguais serão apolares

Ex.: N2, O2, H2, Cl2

Moléculas diatômicas com átomos diferentes serão polares

Ex.: HF, HCl, HBr

Fila da eletronegatividade
F-O-Cl-Br-I-S-C-P-H
<-------------------------->
(-)
(+)
*Maior eletronegatividade da ligação, mais polar.
Aumenta o caráter iônico.
O

H H => angular

*Método prático para definir a geometria das


moléculas

Fazer Exercício: 1 ao 6 -----> Pg.: 165

26/05/2010

*Método Pratico para definir a geometria da


molécula

Fórmula da Pares Geometria Exemplos


Molécula disponíveis Molecular
elétron no
átomo
central

AB / / LINEAR H2,N2,CO,HC
l
AB2 SIM ANGULAR H2O,SCl,H2S
,SO2
AB2 NÃO LINEAR CO2,HCN,Be
F2
AB3 SIM PIRAMIDAL NH3,PCl3,NF
3

AB3 NÃO TRIANGULA H2CO,COCl2


R
AB4 NÃO TETRAÉDRI CH4,SiF4,CH
CA 2Cl2
Linear: apolar
Angular: polar
Piramidal: polar
Triangular: polar
Tetraédrica: apolar

Geometria molecular da água

Fazer Pg.: 165 ex.: 1 ao 6


Pg.: 167 ex.: 11 e 12

Pg.: 165 ex.: 1 ao 6

1-)
a-) N, O e F.
b-)Se, S e O

2-)
a-)H---Br, H----Cl e H----F.
b-)H---N, H---O e H----F.
a-)
3-)
a-)H+ ----N-
b-) -C-----H+
c-)C+------O-
d-)Br+ -----Cl-

4-) A substância de maior caráter iônico é o CsCl


(cloreto de césio).
Segundo Linus Pauling, o caráter iônico cresce
com a diferença de eletronegatividade dos
elementos químicos participantes. Avariação da
eletronegatividade é: Do Cs no canto esquerdo
inferior para o Cl no canto superior esquerdo.

5-) (d)

6-)
a-)Covalente
b-)Iônico
c-)Iônico
d-)Covalente

Pg.: 167 ex.: 11 e 12

11-)
a-)ligação covalente, pois a diferença de
eletronegatividade é muito pequena.
b-)SiH4

02/06/2010

Matéria para Prova (09/06)

Ap.1
- Cinética Química

• Velocidade das reações(cálculo)


• Gráficos em cinética química
• Fatores que influenciam a velocidade da
reação
• Energia de ativação
• Caminho da energia de ativação
• Catalisador
Ap. 2

• Polaridade e forças intermoleculares


• Fila de eletronegatividade
• Polarieda das moléculas

E-mail:
Flaviamarques10@gmail.com

Ligações de hidrogenio:

Caso particular do dipolo dipolo e possu


grande intensidade. Acontece quando o
hidrogenio se liga aos elementos mais
eletronegativos (F, O, N).

Forças Intermoleculares e temperatura de


ebulição

Quanto maior a força de ligação, mais as


temperaturas de fusão e ebulição se elevam.

Ligações de
Hidrogênio dipolo-dipolo
dipolo induzido

H3C-CH2-CH3 => C3H8

H3C-CH2-CH2-CH2-CH3 => C5H10


Fazer
Pg.: 174 e 175 Ex.: 18,20,22 e 25
Para 11/06

Pg.: 174 Ex.: 18

18-)
a-)
 Propanona

=> butanona

=> 3-pentanona

=> 3-hexanona

b-)Moléculas maiores exigem mais energia cinética


para mudarem de estado físico: quanto maior a
cadeia , maior a superficie de contato, maior as
forças de atração entre moléculas.
Pg.: 175 Ex.: 20, 22 e 25

20-) O Pe aumenta em função do aumento dos


fatores que são: massa molecular e superfície de
contato intermolecular e número de elétrons.

22-) Alternativa ( c )

25-) Alternativa ( c )

11/03/10

Exercícios Para Casa:

1-)Quando se ferve a água que tipo de ligação se


rompe?

2-) Considere as substâncias: Hx e Hy. O que


podemos dizer com relação a temperatura de
ebulição dessas substâncias sabendo que em Hx
ocorrem forças de Van der Waals e em Hy ocorrem
ligações de hidrogênio.

Equilíbrio Químico
N2(g) + 3H2(g) 2NH3(g)

Note-se que a seta dupla ( ) significa que a reação ocorre


nos dois sentidos.

Um equilíbrio químico é a situação em que a proporção entre


as quantidades de reagentes e produtos em uma reação
química se mantém constante ao longo do tempo. Foi
estudado pela primeira vez pelo químico francês Claude Louis
Berthollet em seu livro Essai de statique chimique de 1803.

Equilíbrio Químico

Concentração dos
concentração dos

Reagentes constantes
produtos constantes

Mais

Não necessaramente iguais

Equilíbrio Químico
Reação direta reação
inversa

Com

Velocidades iguais

CO(g) + 3H2(g) CH4(g) + H2O

ÍNICIO: 1 3 0 0

REAÇÃO: -x -x +x +x

EQUIL.: (1–x) ( 3 – 3x ) +x 0387

NCO= ( 1 – x ) = 1 – 0,387 = 0,613 mol

NH2= ( 3 – 3x ) = 3 -3 X 0,387 = 1,839 mol

NCH4= x = 0,387 mol

NH2H= x = 0,387 mol

Fazer:

Pg.: 180 – Ex.: 1, 2 e 3

Pg.: 210 – Ex.: 2 e 3


Pg.: 180 Ex.: 1, 2 e 3

1-) Rosulvido na AP

2-)1,5 mol de PCl5 – 0,203 mol de PCl3 = 1,297

0,203 mol de PCl3 e de Cl2; 1,297mol de PCl5

3-)0,1187 mol de CO, o,2375 mol de H2, 0,03 mol de CH3OH

Pg.: 210 Ex.: 2 e 3

2-)

a-)+5

b-)+6

c-)+2

d-)+

e-)+3

f-)+6

3-) ( a )

16/06/2010

Expressão matematica de Kc

Ex.: representação de um equilíbrio envolvendo gases ou


substâncias em solução aquosa.

aA+bB cC+dD

reação direta V1= K1* [A]a*[B]b

reação indireta V2= K2* [C]c*[D]d


Igualando V1 = V2 vem K1*[A]a*[B]b = [C]c*[D]d

K1 = [C]c*[D]d = constante Expressão matemática

K2 [A]a*[B]b da constante de eq.

Kc = não característico

3° Bimistre
04/08/10

Revisão de Equilíbrio Químico

N2(g) + 3H2(g) 2NH3(g)

Expressão Matemática de Kc

aA+bB cC+dD
Kc= [C]c x [D]d (produto) Exprssão Matemática

[A]a x [B]b (reagente) De Kc

N2O4(g) 2NO2(g) Kc= [Nh2]2 => (mol/L)2

[N2O4] (mol/L)

Exercício

Pg.: 181

Ex.: 4

4-) a-) Kc= [CH4] x [H2O]

[CO] x [H2]3

b-) Kc= [NH3]2

[N2] x [H2]3

c-) Kc= [NH3]2

[N2]0,5 x [H2]3/2

d-) Kc= [H2O]2 x [SO2]2

[H2S]2 x [O2]3
11/08/2010

Equilíbrio Homogênio

SO3(g) SO2(g)+O2(g)
Kc= [So2]2 x [O2]

[SO3]2

Equilíbrio Heterogênio

Participantes sólidos NÃO devem ser representados na exepressão da


constante de equilíbrio Kc pois nas concentrações são sermpre
constantes.

13/08/2010

Principio de chatelier

Quando há uma ação externa sobre esse equilibrio, ele tende a regir de
maneira a minimizar esses efeitos.

Os fatores externos que podem afetar essas condições são:

• Concentração
• Pressão
• Temperatura
Princípio de chetelier => quando se aplica uma força em um
sistema em equilíbrio, ele tende a se reajustar no sentido de
diminuir os efeitos dessa força.

Concentração

Equilíbrio

C(s)+CO2 2CO(g)

1ª Adição de CO2(g)

Aumenta na concentração do composto favorecendo a formação de


CO ou seja o equilíbrio desloca para o lado direito.

18/08/2010

2ª Adição de CO(g)

Aumentando a concentração do composto transformando-se em CO2(g)


parcialmente e C(s). Nesse caso o equilíbrio desloca para a esquerda.

3ª Remoção CO(g)

Diminuindo a concentração do composto o equilíbrio desloca para a


direita.

Exercício

Para a reação em equilíbrio

PCl3(g)+Cl(g) PCl5(g)

Diga qual é o efeito de cada um dos seguintes fatores sobre o equilíbrio


inicial:

a-)Adição de PCl3: vai para a direita


b-)Remoção de Cl2: vai para a esquerda

01/09/2010

Reações de Oxidorredução

Oxidação: perdade elétrons por um reagente

Redução:ganha elétrons por um outro reagente

Oxidorredução: reação química na qual ocorre a transferencia de elétrons


entre os reagentes

Número de oxidação- NOX

- Estado de oxidação ou número oxidação (NOX) indica o número de


elétrons queum átomo ou Íon perde ou ganha ao se combinar com outro.
Quando o átomo ou íon perde elétrons, ser NOX aumenta, quando o
átomo ganha elétrons, ser NOX diminui.

Para calcular o NOX dos Elementos, devemos seguir algumas regras.

1-) Substância simples: o NOX é sempre zero

Ex: Fe; O3; H2; O2; Al; C; Br2

2-) Metais alcalinos e alcalinos terrsos, quando combinamos apresentar


NOX igual a 1+ e 2+ respectivamente.

Ex.: KF+1; MgO+2

3-) Boro e alumínio quando combinados apresentam

NOX 3+

Ex.: Al+3Cl3

4-) Hidrogênio, quando ligado a não metal, apresenta NOX 1+, quando
ligado a metal, NOX 1-

Ex.: H1+; H1+NO3;Li1-H

5-) Oxigenio apresenta NOX= -2 exceto em peróxido H2O2 por exemplo


NOX será -1.
6-)Enxofre, Sêlenio Telrio: apresentam NOX= -2 qando estiverem em
compostos binários sem oxigeneo.

Exemplo: H2S-2 ; FeS-2 ; H2Te-2