Вы находитесь на странице: 1из 7

Capítulo 1

INTRODUÇÃO A CITOLOGIA
1- Histórico:

XVI - Hans e Zacharias Jansen


Inventaram o microscópio
XVII - Robert Hooke
Visualizou a célula
XVIII - Robert Brown
Visualizou o núcleo da célula
XIX - Schleiden, Schwan e Virchow
Teoria celular: “Todo ser vivo é formado de células; toda célula provém de outra célula preexistente.”

2- CLASSIFICAÇÃO DAS CÉLULAS

2.1- TAMANHO:
Macroscópicas
Microscópicas

2.2- INDIVIDUALIDADE:
Livres
Federadas
Anastomosadas
Sincício
Plasmódio

2.3- DIFERENCIAÇÃO
Lábeis
Estáveis
Permanentes

*potencial reprodutivo X diferenciação

Capítulo 7

ENZIMAS
1- Def.:

Catalisadores biológicos
↑velocidade das reações
↓Ea

Natureza protéica
*ribozimas

Atividade depende:
pH,
[ ] do substrato,
temperatura,
estrutura espacial (estrutura no mínimo terciária),
afinidade pelo substrato.

Sítio Ativo – Modelo Chave fechadura (complexo ES)

Sítio alostérico

Exercícios:

01-(Uece 97) Catalase é uma enzima que está presente em nosso organismo e é capaz de desdobrar a água oxigenada em água comum e oxigênio,
de acordo com a reação:

H‚O‚ + catalase ë 1/2 O‚ + H‚O


A água oxigenada é usada em curativos como antiséptico. Considerando a reação anterior e o seu uso, podemos afirmar que a água oxigenada é um:
a) catalisador e age contra bactérias anaeróbicas
b) produto que age contra bactérias aeróbicas
c) substrato que age diretamente como cicatrizante
d) substrato que age contra bactérias anaeróbicas

2- PROPRIEDADES DAS ENZIMAS:

• Especificidade

• Recuperabilidade

• Termolabilidade

Desnaturação protéica –
Δ pH,
↑ temperatura,
substâncias químicas.
Execícios:

02-(Ufrj 99) O gato siamês é um animal de rara beleza pois a pelagem de seu corpo é clara com extremidades - orelhas, focinho, pés e cauda - pretas.
A presença do pigmento que dá a cor negra a essas extremidades é o resultado da atividade de uma enzima que fica inativada acima de 34°C.
Explique por que esses animais têm a pelagem negra nas extremidades do corpo.

3- FATORES QUE INTERFEREM NA ATIVIDADE ENZIMÁTCA:

3.1- [ ] do substrato

3.2- Afinidade pelo substrato

3.3- pH

3.4- Temperatura
Convulsão febril, delírio febril
*Arqueobactérias – ligações dissulfeto

3.5- Ativadores enzimáticos


Coenzimas - orgânicas
Cofatores - inorgânicas
* Apoenzima + coenzima = holoenzima
(enzima inativa) + (grupo prostético) =(enzima ativa)

3.6- Inibidores enzimáticos

Tipos de inibição:
Competitiva
Alostérica (não competitiva)
4. Superfície de contato
Exercícios:
03-(Uerj 2004) Num experimento, mediu-se, em condições ideais de temperatura e pH, a variação da velocidade de reação de uma enzima em função
de concentrações crescentes de seu substrato. A concentração da enzima foi mantida constante e igual a [E チ ]. Os resultados estão mostrados no
gráfico a seguir, no qual, para a concentração de substrato [S チ], determinou-se a velocidade V チ.

Considere, agora, a realização de experimento similar, nas mesmas condições de temperatura e pH, utilizando, apenas, a concentração de substrato
[S チ] e diminuindo a concentração da enzima para um valor igual a [E‚].A nova velocidade, V‚, seria igual ao resultado da multiplicação de V チ por:
a) [E‚]/[E チ]
b) [E‚] . [S チ]/[E チ]
c) [E チ]/[E‚]
d) [E チ]/[E‚] . [S チ]

04-(Ufrj 97) A glicoquinase e a hexoquinase são duas enzimas que reagem com o mesmo substrato, a glicose. Ambas são enzimas intracelulares que
fosforilam a glicose formando glicose 6-fosfato (G6P).

Dependendo da enzima produtora, a G6P pode ou ser degradada na via da glicólise para gerar energia ou então ser usada para síntese de glicogênio.

A glicólise ocorre nos tecidos em geral e a síntese de glicogênio ocorre principalmente no fígado. A síntese do glicogênio somente acontece quando
existe excesso de glicose no sangue. Essa é uma forma de armazenar esse açúcar.

Observe a figura a seguir, que apresenta as velocidades de reação dessas duas enzimas em função da concentração da glicose. Níveis normais de
glicose no sangue estão ao redor de 4mM.

Qual das duas enzimas gera G6P para síntese de glicogênio hepático? Justifique sua resposta.

05-(Ufrn 2002) Uma prática corriqueira na preparação de comida é colocar um pouco de "leite" de mamão ou suco de abacaxi para amaciar a carne.
Hoje em dia, os supermercados já vendem um amaciante de carne industrializado.

a) Explique o amaciamento da carne promovido pelo componente presente no mamão, no abacaxi ou no amaciante industrializado e compare esse
processo com a digestão.

b) Se o amaciante, natural ou industrializado, for adicionado durante o cozimento, qual será o efeito sobre a carne? Por quê?

06-(Uerj 2005) As estatinas, por seu grande êxito na prevenção da doença coronariana, estão entre os medicamentos mais prescritos no mundo. Essas
substâncias atuam sobre a enzima que regula a síntese de colesterol pelo fígado, denominada, simplificadamente, de HMG-CoA redutase.
Para testar a eficiência de vários derivados de estatinas, utilizou-se uma preparação de HMG-CoA redutase isolada de tecido hepático. A velocidade de
reação dessa preparação enzimática foi medida em função de concentrações crescentes de seu substrato HMG-CoA, na ausência e na presença de
uma concentração fixa de três derivados de estatina. Nesses experimentos, o pH, a temperatura, a concentração da enzima e a concentração dos co-
fatores necessários foram sempre mantidos constantes. O gráfico a seguir representa os resultados encontrados; a curva 1 foi obtida na ausência de
estatinas.

a) Nomeie o tipo de mecanismo de ação das estatinas sobre a enzima HMG-CoA redutase hepática e justifique sua resposta.
b) Aponte uma substância sintetizada a partir do colesterol em nosso organismo, não caracterizada como hormônio, e sua respectiva função.

4- NOMENCLATURA ENZIMÁTICA:

Radical do substrato + sufixo ASE

EX: protease, lipase,amilase, celulase, DNase, Lactase

Nomenclaturas alternativas:
Ptialina
Renina
Quimiotripsina
Pepsina
Tripsina
* Apoenzima ≠ Proenzima = Zimogênio
(enzima inativa)
Ex: pepsinogênio empresença de HCl transforma-se em pepsina

Capítulo 8

ANTICORPOS E IMUNIDADE
1- DEF.:

Proteínas de defesa

2- Tipos de imunização:

2.1- Ativa
Natural: infecção
Artificial: Vacinação
2.2- Passiva
Natural: Transplacentária, leite materno
Artificial: soroterapia

Exercícios:

07-(Ufscar 2003) Em artigo publicado na "Folha de S.Paulo" (29.09.2002), I. Raw, P. Buss, E. Camargo e A. Homma afirmam:

Vacinas são usadas para prevenir doenças infecciosas. Soros são usados, junto de outras medidas, para controlar as doenças que não puderam ser
prevenidas.

a) De que modo as vacinas previnem doenças?


b) De que modo os soros controlam doenças que não puderam ser prevenidas?
08-(Ufrn 2003) Ao contrário do homem, o rato é capaz de sintetizar uma substância essencial que estimula a produção de anticorpos e age como
antioxidante. Essa substância é o ácido
a) pantotênico.
b) ascórbico.
c) fólico.
d) glutâmico.

Capítulo 9

VITAMINAS

1- DEF.:
Atuam como coenzimas
* não possuem função energética ou estrutural

Origem endógena – vegetais

Origem exógena – animais

A, C, E – anti-oxidantes

Hiper ou hipovitaminoses

2- CLASSIFICAÇÃO DAS VITAMINAS:

2.1 - Lipossolúveis
Solúveis em lipídios e solventes orgânicos
Fácil absorção
Armazenamentio
Fonte: animais e vegetais oleosos
Ex: KEDA
2.2 - Hidrossolúveis
Solúveis em água
Absorção limitada
Ingestão diária
Fonte: vegetais
Ex: complexo B e vit C

2.1- Exemplos:

2.1.1- Vit. A (axeroftol ou retinol)


Precursor vegetal: provitamina A (beta-caroteno)
Formação da rodopsina
Renovação epitelial
Hemeralopia, xeroftalmia
Ressecamento da pele

2.1.2- Vit. D (calciferol e 7-deidrocolesterol ativado)


D2 D3
Ergosterol 7-deidrocolesterol
Ativação: raios UV
Absorção e fixação do Ca2+
Raquitismo: Genuvaro e genuvalgo

2.1.3- Vit. E (alfa, beta e gama-tocoferóis)


Anti-estéril, evitar abortos espontâneos
Amendoin

2.1.4- Vit. K (filoquinona)


Anti-hemorrágica, formação da protrombina, proconvertina e fator de Christmas

2.2- Exemplos:

2.2.1- Vit. B1 (Tiamina ou aneurina)


Antiberi-béri ou anti-neurítica

2.2.2- Vit. B2 (riboflavina)


Flavoproteína (citocromo-oxidades e citocromo-redutases)
Queilose

2.2.3- Vit. B3 (nicotinamida, PP ou niacina)


Desidrogenases e NAD
Pelagra - Doença dos três Ds: “dermatite, diarréia e demência”

2.2.4- Vit. B6 (piridoxina)


Reações de transaminação
Acrodinia e dermatite

2.2.5- Vit. B9 (ácido fólico)


Síntese do DNA
Anemia
*inibição competitiva, PABA

2.2.6- Vit. B12 (hidroxicobalamina e cianocobalamina)


Antineurítica antianêmica
Coenzima na síntese de ácidos nucléicos
Anemia perniciosa
Possuem cobalto na sua estrutura

2.2.7- Vit. C (ácido ascórbico)


Estimula produção de anticorpos
Escorbuto
Frutas cítricas

Obs: vit. K e algumas vit. do complexo B são sintetizadas na flora intestinal.

Execícios:
01-(Ufrn 2005) Embora o excesso de radiação UV possa provocar câncer, uma certa quantidade dessa radiação é necessária para a
saúde, porque ela está relacionada com a
a) transformação de um derivado do colesterol em calciferol.
b) absorção do ácido fólico encontrado nos alimentos.
c) síntese da vitamina K, que atua na coagulação sanguínea.
d) ativação da vitamina E, que inibe as reações de oxidação.
02-(Ufrn 99) A hemorragia decorrente da ingestão de trevo doce por bovinos e ovinos se deve ao dicumarol, substância presente
nesse vegetal e que exerce ação antagonista à vitamina
a) E
b) B チ‚
c) B チ
d) K

03-(Puccamp 2000) Radicais livres, que se originam de reações químicas das quais o O‚ participa, têm efeitos nocivos sobre as
membranas biológicas. Agindo sobre as duplas ligações dos ácidos graxos das lipoproteínas, comprometem as funções de tais
membranas.
Entre as substâncias que protegem as membranas lipoprotéicas da ação do oxigênio está a vitamina E. Pode-se, portanto, concluir
que essa vitamina atua como
a) oxidante.
b) anti-oxidante.
c) anti-redutor.
d) catalisador.
e) auto-regulador.
04-Um homem adulto na faixa etária entre 18 - 30 anos, com aproximadamente 70 kg de peso, se ficar sentado o dia inteiro em
uma cadeira sem fazer nada, exceto comer, necessita de 1700 calorias diariamente, sendo esse valor considerado a quantidade basal
normal suficiente de energia apenas para sobreviver. A seguir são mostrados os requisitos diários de algumas vitaminas:
A - 5000 UI
C - 45 mg
D - 400 UI
E - 15 UI
UI ( unidade internacional)
Fonte: Guyton, 1985
Sobre essas informações julgue os itens.
( ) Ácido ascórbico, também conhecido como vitamina C, tem como função manter a normalidade as substâncias intercelulares de
todo o corpo. A deficiência dessa vitamina produz a incapacidade de cicatrização dos ferimentos, caracterizando de modo geral a
doença escorbuto.
( ) A vitamina A está relacionada com a manutenção da integridade do epitélio germinativo do sistema reprodutor masculino e a
deficiência dessa vitamina pode levar à esterilidade.
( ) A vitamina D promove a reabsorção de cálcio pelo tubo digestivo, sem as quantidades adequadas dessa vitamina, os ossos
ficam descalcificados, podendo levar ao quadro de raquitismo.
( ) A vitamina E é necessária à formação de protrombina e de vários outros fatores de coagulação
05(Uece 96) Relacione a coluna 1 com a coluna 2, relativas às vitaminas e seus efeitos carenciais:
Coluna 1
I. Vitamina "A"
II. Vitamina "D"
III. Vitamina "B"
IV. Vitamina "C"
Coluna 2
( ) xeroftalmia
( ) polineurite
( ) raquitismo
( ) escorbuto
Indique a opção que contenha, na coluna 2, a sua correlação com a coluna 1, de cima para baixo:
a) I, II, III e IV
b) I, III, II e IV
c) III, I, II e IV
d) IV, I, II e III

06-(Uece 97) Observe as funções a seguir:


I - Estimula a síntese do colágeno
II - Estimula a migração química
III - Facilita a absorção do ferro
IV - Participa da fosforilação oxidativa
V - Aumenta a disponibilidade energética
Indique a opção que contém a vitamina detentora de todas as funções anteriores:
a) vitamina K
b) vitamina D
c) vitamina B チ‚
d) vitamina C
07-(Ufpe 95) A desnutrição ou a subnutrição infantil é um grave problema de saúde pública, principalmente em países
subdesenvolvidos, porque ela provoca a carência de algumas substâncias que são essenciais ao organismo humano, entre elas as
vitaminas. Analise as proposições a seguir relacionadas a algumas vitaminas, suas funções, suas fontes usuais e as doenças
causadas por suas deficiências.
I) O ácido fólico age sobretudo na síntese de nucleoproteínas e sua deficiência causa danos principalmente no processo de maturação
das hemácias, levando à anemia. As frutas cítricas representam a única fonte natural de ácido fólico.
II) O caroteno atua na formação de pigmentos visuais e na manutenção estrutural dos epitélios. É sintetizado principalmente por
enterobactérias e sua deficiência leva à cegueira noturna e ao ressecamento da pele.
III) A vitamina D age no desenvolvimento dos ossos e é obtida principalmente de óleo de peixes, fígado e leite e também pela ação
da luz solar sobre a pele. Sua deficiência provoca o raquitismo.
a) Apenas a I é verdadeira.
b) Apenas II é verdadeira.
c) Apenas a III é verdadeira.
d) Estão corretas a I e a II.
e) Estão corretas a II e a III.