Вы находитесь на странице: 1из 13

HISTÓRIA DA JOVEM

GUARDA
Jovem Guarda foi um movimento surgido na segunda
metade da década de 60, que mesclava música,
comportamento e moda.
Surgiu com um programa televisivo brasileiro exibido pela
Rede Record, a partir de 1965.
Os integrantes do movimento foram influenciados pelo Rock
and Roll da década de 50 e 60.
O grupo que mais influenciou a Jovem Guarda foram os
Beatles, uma banda inglesa e Elvis Presley um grande
roqueiro.
Os cantores mais importantes da época eram:

•Roberto Carlos (O Rei),


•Erasmo Carlos (O Tremendão)
•Wanderléa (A Ternurinha)
•Wanderley Cardoso,
•Jerry Adriani,
•Eduardo Araújo,
•Martinha,
•Ed Wilson,
•Waldirene (A Garota do Roberto),
•Leno & Lílian,
•Deny e Dino,
•Bobby Di Carlo.
Já os conjuntos que mais de destacaram na época foram:
Golden Boys, Renato & Seus Blue Caps, Os Incríveis, Os
Vips e tantos outros.
Em 1963, Roberto Carlos apareceu com Splish Splash, Parei
na Contramão, o sucesso seguinte, abriu o caminho para o seu
grande estouro: O Calhambeque.
Com isso, Roberto não só renovou sua inscrição no clube do
rock, como iniciou seu reinado naquele cenário que mais tarde
seria conhecido como Jovem Guarda.
Calhambeque seria o destaque de seu LP seguinte, É Proibido
Fumar, cuja faixa-título tornou-se outro clássico.
O grande parceiro de Roberto, Erasmo Carlos, também
começava nessa época sua carreira solo, com o sucesso
Minha Fama de Mau.
MODA DA JOVEM
GUARDA
A imagem do jovem de blusão de couro, topete e jeans, em
motos ou lambretas, mostrava uma rebeldia ingênua
sintonizada com ídolos do cinema como James Dean e
Marlon Brando.
As moças bem comportadas já começavam a abandonar as saias rodadas
e atacavam de calças cigarette.
Na moda, a grande vedete dos anos 60 foi, sem dúvida, a mini saia, botas
brancas.

Os cabelos que as meninas usavam eram compridos com alguns


penteados.
Já a moda masculina, usava-se paletós sem colarinho e o cabelo de
franjão, gravatas largas e botinas. (Estilo Rolling Stones)

Nos anos 60, acima de tudo, viveram uma explosão de juventude em todos
os aspectos. Era a vez dos jovens, que influenciados pelas idéias de
liberdade . Nesse cenário, a transformação da moda iria ser radical. Era o
fim da moda única, que passou a ter várias propostas e a forma de se vestir
se tornava cada vez mais ligada ao comportamento.
GIRIAS DA JOVEM
GUARDA
 aldeia global (nosso mundo)  jovem guarda (movimento artístico
 bacana (bom, bonito) musical)
 boa pinta (de boa aparência)  legal! (ótimo!)
 cafona (feio)
 mancar (desrespeitar compromisso)
 calhambeque (carro velho)
 cara (indivíduo)  mini saia (saia curta)
 carango (carro)  paca (muito)
 certinha (mulher bonita)  pão (homem bonito)
 chapa (amigo)  papo firme (conversa séria)
 dar tábua (recusar-se a dançar)
 papo furado (conversa boba)
 duca (ótimo)
 é fogo! (é difícil)  pé de chinelo (pessoa sem expressão)
 é uma brasa, mora! (é espevitada,  pra frente (moderno)
danada)  quadrado (conservador)
 gamar (namorar)
 tremendão (rapaz bonito)
 gata (mulher bonita)
 grana (dinheiro)  uma brasa, mora (bom, ótimo!)
 ziriguidum (samba no pé, molejo de
mulata)
JOVEM GUARDA NOS DIAS
HOJE
Quarenta anos depois, o
movimento comandado por Roberto
Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa
continua um fenômeno de público,
resvalando até a geração da era
digital.
Discos são reeditados,
espetáculos atraem multidões e
DVDs alcançam vendagens
surpreendentes. As músicas estão
no coração das pessoas, sendo
parte de suas vidas, romances,
memórias da juventude.