Вы находитесь на странице: 1из 13

Pág.

1º SIMULADO
2011

PARA A:

ESCOLA PREPARATÓRIA DE CADETES DO EXÉRCITO

CONCURSO DE ADMISSÃO / 2011

PROVAS DE FÍSICA/QUÍMICA E GEOGRAFIA/HISTÓRIA

Sábado, 26 de março de 2011.

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DO SIMULADO

1. Confira a Prova
– Seu simulado contém 12 (doze) páginas impressas, numeradas de 01 (um) a 12 (doze).
– Neste simulado existem 24 (vinte e quatro) questões de Física e Química e 24 (vinte e quatro) questões de Geografia e História.
2. Condições de Execução do Simulado
– O tempo total de duração do simulado é de 4 (quatro) horas e 30 (trinta) minutos. Os 15 (quinze) minutos iniciais são destinados à
leitura da prova e ao esclarecimento de dúvidas. Os 15 (quinze) minutos finais são destinados ao preenchimento das opções
selecionadas pelo candidato no Cartão de Respostas.
– O simulado começará às 13 (treze) horas e terminará às 17 (dezessete) horas e 30 (trinta) minutos.
– Em caso de alguma irregularidade, na impressão ou montagem do seu simulado, chame o Fiscal do Simulado. Somente nos
primeiros 15 (quinze) minutos será possível esclarecer as dúvidas.
– Ao terminar o seu simulado, coloque o seu Cartão de Respostas no lugar indicado para sua turma.
3. Cartão de Respostas
– Escolha a única resposta certa dentre as opções apresentadas em cada questão, assinalando-a, com caneta esferográfica de tinta azul
ou preta, no Cartão de Respostas.

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO CARTÃO DE RESPOSTAS NO CONCURSO

– Alvéolos circulares são os pequenos círculos vazios do cartão. O candidato deverá preenchê-los apenas com caneta esferográfica de
tinta azul ou preta.
– Observe o quadro abaixo para evitar que sua marcação, mesmo certa, seja invalidada pela leitora óptica:
Pág. 2 Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z
PROVA DE FÍSICA E QUÍMICA
Escolha a única alternativa correta, dentre as opções apresentadas, que responde ou completa cada questão,
assinalando-a, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta, no Cartão de Respostas.
QUESTÕES DE FÍSICA

1
Um trem suburbano trafega 75% da distância entre duas estações à velocidade média de 50 km/h.
O restante é feito à velocidade média de V km/h. Se a velocidade média, entre as estações, é de 40 km/h,
o valor de V é:
[A] 25 km/h
[B] 18 km/h
[C] 32 km/h
[D] 45 km/h
[E] 15 km/h

2
O gráfico a seguir representa a velocidade escalar de um móvel durante 15s de movimento. Com
base no gráfico é correto afirmar que

[A] o móvel está parado entre os instantes 5,0 s e 10 s.


[B] o movimento do móvel é sempre acelerado.
[C] o móvel muda de sentido nos instantes 5,0 s e 10 s.
[D] a velocidade escalar média do móvel foi de 15m/s.
[E] o móvel percorreu 100 m nos primeiros 5,0 s.

3
Duas polias, A e B, rigidamente unidas por um eixo, giram com frequência f constante, como mostra a
figura. Sendo RA=2RB a razão aA / aB entre as acelerações dos pontos das periferias das respectivas polias é
[A] 4
[B] 0,25
[C] 1
[D] 0,5
[E] 2

4
Dois blocos A e B, de massas respectivamente iguais a 8 kg e 6 kg, estão apoiados em uma
superfície horizontal e perfeitamente lisa. Uma força horizontal, constante e de intensidade F = 14 N, é
aplicada no bloco A, conforme a figura abaixo.

Nessas condições, podemos afirmar que o bloco B adquire uma aceleração de


[A] 0,50 m/s2
[B] 0,87 m/s2
[C] 1,00 m/s2
[D] 2,00 m/s2
[E] 3,12 m/s2

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z Pág. 3

5
A correnteza de um rio tem velocidade v em relação ao solo. Um nadador, que desenvolve a
velocidade 3v/2 em relação à correnteza, deve atravessar o rio perpendicularmente à direção da
correnteza. Sua velocidade em relação à margem será
[A] maior que 3v/2
[B] menor que v
[C] igual a 3v/2
[D] igual a 5v / 2
[E] igual a 7v / 2

6
De Campinas a São Paulo com um intervalo t = 10 min saíram dois ônibus com velocidades v1= 30
km/h. Determine a velocidade v2 com que movia-se um ônibus em direção a Campinas, uma vez que
encontrou os ônibus a um intervalo Δt = 4 min, um depois do outro.
[A] 45 km/h
[B] 50 km/h
[C] 60 km/h
[D] 72 km/h
[E] 80 km/h

7
É dada uma polia fixa A na qual se apoia um fio que suporta em uma de suas extremidades um
corpo de massa m3, e na outra extremidade uma polia móvel B, nesta se apoia um fio que suporta em
suas extremidades corpos de massas m1 e m2, conforme a figura abaixo. As polias são supostas ideais e
os fios são supostos leves, flexíveis e inextensíveis. A aceleração da gravidade local é g. Determine o
módulo da aceleração do corpo 1, em relação à polia fixa, sabendo que m2 = 2∙m1 e que m3 = 3∙m1.
[A] a1 = g/17
[B] a1 = g/15
[C] a1 = g/13
[D] a1 = g/11
[E] a1 = 0

8
Um carro movimenta-se ao longo de uma circunferência plana e horizontal de raio r igual a 18 m
com módulo de velocidade v constante, conforme a figura abaixo:

Sabendo que o coeficiente de atrito estático entre os pneus e a estrada vale 0,8, o módulo da maior
velocidade, em m/s, com que o carro pode percorrer esta curva sem derrapar é de:
Dado: A intensidade da aceleração da gravidade vale 10 m/s2, e a resistência do ar é desprezível.
[A] 8
[B] 12
[C] 18
[D] 20
[E] 36

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Pág. 4 Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z

9
No sistema a seguir, a massa do corpo A é 11 kg e o coeficiente de atrito estático entre esse corpo e
a superfície de apoio é 0,5. Para que o sistema permaneça em equilíbrio, a maior massa que o corpo B
pode ter é:
Dados: cos 37° = 0,8 e sen 37° = 0,6
[A] 2 kg
[B] 3 kg
[C] 4 kg
[D] 5 kg
[E] 6 kg

10
Considere as seguintes afirmações:
I - A trajetória de um móvel pode ser retilínea para um observador e curvilínea para outro.
II - Um móvel pode estar em repouso para um observador e em movimento para outro.
III - A velocidade de um móvel é sempre única e não depende do referencial adotado.
São corretas as afirmações:
[A] I e II
[B] Apenas a afirmação III
[C] I e III
[D] Todas as afirmações
[E] II e III

11
Dois blocos idênticos, A e B, se deslocam sobre uma mesa plana sob ação de uma força de 10N,
aplicada em A, conforme ilustrado na figura. Se o movimento é uniformemente acelerado, e considerando
que o coeficiente de atrito cinético entre os blocos e a mesa é µ = 0,5, a força que A exerce sobre B é:
[A] 20N
[B] 15N
[C] 10N
[D] 5N
[E] 2,5N

12
Uma criança de 30 kg desliza num escorregador de 2 m de altura e atinge o solo em 3 s. O trabalho
realizado pela força peso na criança e sua potência média nesse intervalo de tempo é
Dado g = 10 m/s2
[A] 300 J e 100 W
[B] 600 J e 100 W
[C] 600 J e 200 W
[D] 900 J e 300 W
[E] 900 J e 100 W
QUESTÕES DE QUÍMICA

13
Analise as afirmativas abaixo:
I- Todo material em seu estado sólido é mais denso que em seu estado líquido devido as suas
moléculas estarem mais agregadas.
II- A água do mar é mais densa que a água dos rios.
III- Se o etanol tem uma densidade de aproximadamente 0,7 g/cm³ e o litro de etanol custa é
média R$ 2,20 por litro, gasta-se mais de 150 reais para se comprar 50 Kg de etanol.
São corretas as afirmativas:
[A] Apenas I.
[B] Apenas II.
[C] Apenas III.
[D] II e III.
[E] I , II e III.

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z Pág. 5

14
Em um sistema fechado contendo apenas óleo, gasolina, querosene e sal, observa-se:
[A] Uma única fase.
[B] Uma fase líquida e uma fase sólida.
[C] Duas fases líquidas.
[D] Duas fases líquidas e uma sólida.
[E] Três fases líquidas

15
Em um experimento realizado em laboratório, obteve-se o seguinte diagrama:
A partir dele, é correto afirmar:
[A] Trata-se de uma mistura azeotrópica.
[B] À 20°C a mistura se encontrará no estado líquido.
[C] Essa mistura é mais volátil que a água pura.
[D] A mistura mudou totalmente de estado físico à 70 °C.
[E] A mistura ficou no estado líquido apenas por 2/3 de hora.

16
John Dalton ao publicar o livro “New System of Chemical Philosophy” em 1908 foi o primeiro
cientista a definir:
[A] A forma exata de um átomo.
[B] A função do elétron.
[C] O primeiro conceito de elemento químico.
[D] A fórmula química da água.
[E] As camadas de energia da eletrosfera.

17
Um aluno entregou em uma prova ao seu professor a seguinte distribuição de elétrons do Nitrogênio (Z=7)

Ele errou a questão por não seguir corretamente:


[A] A regra de Hund.
[B] O princípio de exclusão de Pauli.
[C] A distribuição de Pauling.
[D] A capacidade máxima de elétrons em um orbital “S”.
[E] A capacidade máxima de elétrons em um orbital “P”.

18
Em um pântano e morrendo de sede, um químico usou o seguinte método para obter água pura para
matar a sua sede:

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Pág. 6 Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z
Sobre o método utilizado por ele , é incorreto dizer:
[A] Ele utilizou duas mudanças de estados físicos da água no processo.
[B] Poderia ter sido utilizada a decantação e sifonação da água barrenta.
[C] O filme plástico serviu para se imitar o efeito estufa dentro do sistema.
[D] O mesmo sistema poderia ser montado pra água do mar com o mesmo resultado.
[E] A água pura irá suprir as necessidades de sais minerais do químico, evitando a sua desidratação.

19
São dadas as seguintes afirmações relativas a reações que ocorrem a 25oC:
I. 1 Fe2O3(s) + 3 C(grafite)  2 Fe(s) + 3 CO(g)
Ho = 492,6 kJ
II. 1 FeO(s) + C(grafite)  1 Fe(s) + 1 CO(g)
Ho = 155,8 kJ
III. 1 C(grafite) + 1 O2(g) 1 CO2 (g)
Ho = -393,5 kJ
IV. 1 CO(g) + ½ O2(g) 1 CO2 (g)
Ho = -283,0 kJ

Qual o valor do calor de formação, H 0f , a 25oC para o FeO(s)?


[A] 513,7 kJ
[B] - 266,3 kJ
[C] 732,3 kJ
[D] 266,3 kJ
[E] - 513,7 kJ

20
A partir das seguintes energias de ligação
C  C (+ 146 kcal/mol de ligações)
C  C (+ 200 kcal/mol de ligações)
C  H (+ 100 kcal/mol de ligações)
C  F (+ 116 kcal/mol de ligações)
H  F (+ 135 kcal/mol de ligações)
A energia total envolvida na reação

é igual a
[A] -27 kcal
[B] 54 kcal
[C] 12 kcal
[D] 27 kcal
[E] -54 kcal

21
O valor do H para a reação de combustão completa de um mol de metano gasoso, sendo
conhecidos os dados da tabela a seguir, é igual a:
Reação H em kcal/mol do produto
H2(g) + ½ O2(g)  H2O(g) - 58
C(s) + O2(g)  CO2(g) - 94
C(s) + 2 H2(g)  CH4(g) -18
[A] 167 kcal
[B] 180 kcal
[C] 182 kcal
[D] -192 kcal
[E] 192 kcal

22
Uma reação é de primeira ordem em relação ao reagente A e de primeira ordem em relação ao
reagente B, sendo representada pela equação:
Considere a reação reversível
2A(g) + B(g)  2C(g) + D(g)

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z Pág. 7
Mantendo-se a temperatura e a massa constantes e reduzindo-se à metade os volumes de A(g) e
B(g), a velocidade da reação:
[A] Duplica.
[B] Fica reduzida à metade.
[C] Quadruplica.
[D] Fica oito vezes maior.
[E] Fica quatro vezes menor.

23
O acetaldeído, a 800 k, se decompõe de acordo com a reação:
CH3CHO(g)  CH4(g) + CO(g)
Considere os seguintes dados experimentais:
Concentração (mol/L) do CH3CHO Velocidade (mol.L-1.s-1)
0,010 9 x 10-7
0,020 3,6 x 10-6
0,040 1,44 x 10-5
Qual o valor da velocidade quando a concentração de CH 3CHO é 3,0 x 10-2 mol/L?
[A] 2,7 x 10-4 mol.L-1.s-1
[B] 9,0 x 10-3 mol.L-1.s-1
[C] 8,1 x 10-6 mol.L-1.s-1
[D] 9,0 x 10-6 mol.L-1.s-1
[E] 2,7 x 10-6 mol.L-1.s-1

24
Um estudante mediu o tempo para o término da dissolução de comprimidos efervescentes em quatro
testes realizados nas condições especificadas abaixo. Analise os resultados obtidos e mostrados na tabela.
Testes Condições do comprimido Condições de temperatura Tempo de dissolução
I Inteiro Ambiente 36 s
II Inteiro Gelada 45 s
III Inteiro Quente 27 s
IV Triturado Ambiente 13 s
Considere os itens abaixo:
I - O número de colisões efetivas por segundo entre as partículas dos reagentes foi maior no teste II.
II - No teste III, a velocidade da reação foi maior do que nos testes I e II.
III - Segundo os dados da tabela, uma indústria química poderia aumentar a sua produção diária
usando sistemas de refrigeração em seus reatores (tanques onde ocorrem as reações).
São verdadeiros os seguintes itens:
[A] I e II
[B] I e III.
[C] II e III.
[D] II.
[E] III.

Final da Prova de Física/Química

PROVA DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA


Escolha a única alternativa correta, dentre as opções apresentadas, que responde ou completa cada
questão, assinalando-a, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta, no Cartão de Respostas.
QUESTÕES DE GEOGRAFIA
25
A respeito do mercantilismo é correto afirmar:
[A] Foi uma doutrina desenvolvida exclusivamente na Península Ibérica e sustentava que o desenvolvimento
econômico era obtido graças ao comércio e à produção de gêneros agrícolas..
[B] Tratou-se de um conjunto de ideias sociais que confrontava os privilégios da nobreza e do clero em defesa
dos interesses dos setores mercantis e manufatureiros.
[C] Tratou-se de um conjunto de práticas e ideias religiosas desenvolvido nas regiões européias de penetração
protestante e associada, sobretudo, ao calvinismo e ao luteranismo.
[D] Foi um conjunto de práticas e ideias econômicas que visava o enriquecimento dos Estados europeus por meio,
principalmente, do metalismo, da exploração colonial, de práticas protecionistas e de uma balança comercial favorável.
[E] Foi uma doutrina econômica desenvolvida na Inglaterra e que defendia o livre comércio, o fim das
barreiras alfandegárias, o desenvolvimento industrial e a abolição das relações escravistas de produção.
Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501
Pág. 8 Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z

26
No período histórico que se estende entre os séculos XVI e XVIII, com o fim do feudalismo e a
consolidação dos Estados Nacionais, a doutrina econômica dominante foi o mercantilismo.
Assinale a alternativa que apresenta uma de suas características.
[A] Laissez-faire ou liberdade de comércio e de produção: o Estado não deveria intervir nas atividades
econômicas ou, no máximo, poderia atuar de forma subsidiária e complementar em setores cuja exploração não fosse
lucrativa ou não interessasse aos particulares.
[B] Livre-câmbio: pregava a abolição das tarifas alfandegárias protecionistas, defendendo que cada país
deveria se especializar na produção daqueles artigos que pudesse produzir em melhores condições que os outros,
dando início à divisão internacional do trabalho.
[C] Inviolabilidade da propriedade privada: a propriedade privada era um direito natural do ser humano,
sagrado e inviolável, e o que fosse herdado ou adquirido conferia ao indivíduo o direito de usá-lo em seu proveito.
[D] Liberdade de contrato: o montante do salário e a extensão da jornada de trabalho deveriam ser fixados
livremente através de negociação direta entre o empregador e o empregado, sem nenhuma interferência do governo,
da legislação ou dos sindicatos.
[E] Balança Comercial Favorável: o esforço era para exportar mais do que importar; dessa forma entrariam
mais moedas do que sairiam, deixando o país em boa situação financeira.

27
Sobre a Revolução Industrial nos séculos XVIII e XIX, é correto afirmar.
[A] Uma condição indispensável para a transição do artesanato para a manufatura e desta para a indústria
moderna foi a concentração da propriedade dos meios de produção nas mãos do capitalista.
[B] O crescimento industrial na Inglaterra resultou em um processo conhecido como "segunda servidão", na qual os
antigos servos rurais foram transferidos para as indústrias urbanas, visando ao aumento de produtividade das mesmas.
[C] Embora detivessem o poder político, tanto a burguesia rural como a aristocracia urbana não possuíam
capitais que possibilitassem o desenvolvimento da Revolução Industrial, sendo esta, portanto, financiada pelos
pequenos proprietários rurais.
[D] A industrialização na Grã-Bretanha iniciou-se com a instalação das indústrias de bens de capital (aço e
maquinário) e, depois de estruturada essa base, partiu-se para a produção de bens de consumo semiduráveis e não
duráveis (tecidos, alimentos, bebidas).
[E] Por não haver complementaridade entre a atividade industrial e a pecuária (gado bovino, ovino), este foi o
setor mais duramente atingido pela conversão da Europa rural em industrial.

28
Leia com atenção os textos.
I - “A política internacional do pós-guerra apresenta duas características que a distinguem de todos
os períodos anteriores: a universalidade das relações entre Estados e a bipolarização do poder planetário.
A universalidade das relações entre Estados é fruto da desagregação definitiva dos impérios coloniais. A
descolonização da Ásia e da África, que se iniciara no entreguerras, praticamente se completa na década
de 60. O aparecimento de dezenas de novos países independentes cria, pela primeira vez, uma diplomacia
efetivamente mundial”.
II - “A bipolarização do poder planetário é resultado do enfraquecimento geopolítico das antigas
potências e da emergência de duas superpotências capazes de desencadear a destruição de todo o
sistema mundial de Estados”.
III - “Comandando direta ou indiretamente dezenas de Estados abrigados em suas áreas de
influência, as superpotências encetam uma disputa pela hegemonia mundial que tem repercussões nos
planos político, econômico e propagandístico. [...] A diplomacia contemporânea se desenvolve em
circunstâncias sem precedentes. Raras vezes existiu base menor de entendimento entre as grandes
potências, mas tampouco jamais foi tão coibido o uso da força”.
(Demétrio Magnoli, O mundo contemporâneo, Relações Internacionais 1945 a 2000. São Paulo:
Moderna, 2002. Adaptado).
Os textos referem-se, respectivamente, a qual alternativa abaixo?
[A] I. Organização das Nações Unidas (ONU), II. Inglaterra e França e III. Doutrina Monroe.
[B] I. Organização das Nações Unidas (ONU), II. Estados Unidos e a União Soviética e III. Guerra Fria.
[C] I. Organização dos Estados Americanos (OEA), II. Reino Unido e Japão e III. Plano Marshall.
[D] I. União Europeia, II. Canadá e EUA e III. Doutrina Truman.
[E] I. Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), II. Alemanha e França e III. Conferência de Potsdam.

29
Assinale a alternativa que melhor define a Guerra Fria.
[A] Política de “paz armada”, desenvolvida pelas potências internacionais no período que antecedeu a Primeira
Guerra Mundial, da qual resultaram tratados de alianças como a Tríplice Entente e a Tríplice Aliança.
[B] Estado de tensão permanente entre o bloco capitalista, liderado pelos Estados Unidos, e o bloco socialista,
liderado pela União Soviética, resultante da disputa entre essas duas potências por uma posição hegemônica no
contexto internacional, no período posterior à Segunda Guerra Mundial.

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z Pág. 9
[C] Tensão militar ocorrida entre Inglaterra e Alemanha, no final do século XIX, motivada pela disputa, entre
os dois Estados Nacionais, pelo controle do comércio do Mar do Norte.
[D] Estratégia desenvolvida pelos Estados Unidos, no âmbito de sua política internacional, visando conter a
expansão imperialista da União Soviética, nação que emergiu da Segunda Guerra Mundial como a maior potência
econômica e militar do mundo.
[E] Choque ocorrido entre os países industrializados europeus entre o final do século XIX e o início do século
XX, em razão da disputa por colônias na África e na Ásia.

30
Após a Segunda Guerra Mundial uma série de fatos novos foram responsáveis por uma ordem mundial
que teve a duração de, aproximadamente, quatro décadas. Sobre essa ordem considere a lista a seguir:
I – Começou a tomar força a discussão sobre a existência de um grupo de países capitalistas,
dependentes e com grande atraso tecnológico, que passou a denominar-se Terceiro Mundo.
II – Uma forte onda de superprodução abalou as bolsas de valores dos países centrais e, por
conseqüência, provocou crises sucessivas nos países capitalistas industrializados.
III – O planejamento de Estado implantado na União Soviética estendeu-se aos países da Europa
Oriental que se tornaram satélites da potência soviética.
IV – O Globo ficou dividido em duas grandes áreas de influência político-ideológica responsável pelo
desaparecimento de órgãos supranacionais como a OTAN e o Pacto de Varsóvia.
Qual a alternativa abaixo que corretamente enfatiza acontecimentos de uma organização sócio
político e econômico emergente neste período histórico?
[A] I e II. [B] I e III. [C] I e IV. [D] II e III. [E] III e IV.

31
O fim da Guerra Fria entre os EUA e a URSS e o novo avanço do capitalismo com a globalização
mundial estabeleceram uma nova ordem geopolítica. Sobre esse assunto, marque a alternativa correta.
[A] houve a eliminação das fronteiras nacionais com a fusão de países em blocos econômicos regionais e o
surgimento do domínio das tecnologias de ponta pelos novos países industrializados e subdesenvolvidos.
[B] surgiram áreas de livre comércio como reservas de mercado para multinacionais, disputas entre
capitalismo e socialismo representadas por EUA e pela União Europeia.
[C] houve a divisão do mundo em Primeiro Mundo (países capitalistas desenvolvidos), Segundo Mundo (países
socialistas) e Terceiro Mundo (países capitalistas subdesenvolvidos e os de economia em transição do socialismo para
o capitalismo).
[D] surgiram blocos econômicos regionais; novos centros de poder – como o Japão e a União Europeia – e
tensões entre interesses políticos e econômicos dos países desenvolvidos do Norte e subdesenvolvidos do Sul.
[E] O Neoliberalismo acabou sendo a política determinada pelos EUA exatamente como a fez no século XVIII
com os Ingleses David Ricardo e Adam Schimidt.

32
Existem controvérsias a respeito da nova ordem mundial. Para uns, ela seria uni ou monopolar; para
outros, ela seria multipolar. Considere o exposto e assinale a alternativa que é indiscutivelmente correta.
[A] O poderio militar norte-americano, sem competidores, é um argumento a favor de definição da nova
ordem como multipolar.
[B] A unificação europeia, a recuperação econômica do Japão e a enorme expansão da China são fatores que
pesam a favor do argumento da monopolaridade da nova ordem mundial.
[C] O avanço da globalização fortalece a ideia de um mundo unipolar.
[D] O sucesso da primeira guerra do Golfo, de 1991, sugeriu momentaneamente que os Estados Unidos
poderiam desempenhar o papel de superpotência solitária e com uma estratégia unilateral.
[E] O fato de alguns países – Japão, Índia, Brasil e África do Sul – pleitearem uma vaga permanente no
Conselho de Segurança da ONU é mais um indicador da monopolaridade no sistema internacional.

33
Observe o mapa.

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Pág. 10 Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z
A regionalização do mundo adotada nesse mapa corresponde a qual tipo de espaço geográfico?
Marque a alternativa correta.
[A] um espaço descontínuo baseado inteiramente nos fluxos econômicos e político-militares.
[B] um espaço contínuo baseado nos traços fisiográficos de cada área (relevo e clima, principalmente).
[C] um espaço descontínuo fundamentado nas relações de poder entre Estados.
[D] um espaço contínuo fundamentado em traços histórico-culturais e econômicos comuns a cada área.
[E] um espaço contínuo-descontínuo alicerçado na inovação tecnológica e nos recursos humanos de cada área.

34
Desde a queda do muro de Berlim, em 1989, o mundo passou a conviver com o surgimento de uma
nova ordem mundial, diferente daquela que existiu no período da Guerra Fria.
Sobre essa nova ordem mundial, marque a alternativa correta.
[A] A capacidade tecnológica, a produtividade e a competitividade fazem parte do novo padrão de poder da
Rússia, que se mantém como potência no contexto atual.
[B] Com o fim da Guerra Fria, a nova ordem mundial é caracterizada pela emergência de um mundo
multipolar, cujo padrão de poder é essencialmente econômico.
[C] A globalização corresponde à fase de expansão dos capitais, no atual período técnico-científico do
capitalismo, trazendo como consequência o desaquecimento das desigualdades sociais.
[D] O surgimento dos megablocos econômicos significa que, em maior ou menor grau, as fronteiras
econômicas entre os países não estão sendo diluídas.
[E] A União Europeia forma um dos mercados comuns, sendo antigo o seu processo integracionista, no
entanto é menos expressivo do que em outros blocos econômicos.

35
Observe o mapa.

Após a observação dos fluxos comerciais mundiais, representados no mapa, aponte as


características que explicam a dinâmica do comércio mundial.
I - Os fluxos de mercadorias se repartem igualmente em todo o mundo, os fluxos concentram-se
entre as áreas do Norte com o Sul (EUA, UE, Japão).
II - Os principais fluxos comerciais são realizados entre os EUA (América do Norte) e Ásia; entre
EUA (América do Norte) e Europa Ocidental e entre Europa Ocidental e Ásia.
III - As áreas em desenvolvimento e subdesenvolvidas (Sul) têm expressiva participação no
comércio mundial, portanto, não são consideradas marginalizadas.
IV - Na Europa, a maior parcela do comércio é no interior da zona econômica, enquanto nos EUA
(América do Norte) o comércio está voltado para outras regiões do mundo.
V - Os países do Golfo Pérsico têm predomínio de exportações para fora da região, devido às
exportações do petróleo.
Estão corretas apenas as afirmações:

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z Pág. 11
[A] I, II e IV.
[B] I, III e V.
[C] I, II, III e V.
[D] II, IV e V.
[E] III e IV.
36
Desde o início dos anos 80 o mundo assiste a uma "onda neoliberal" em toda a economia, processo
que hoje vive uma crise de proporções ainda indefinidas. Sobre o neoliberalismo são feitas as seguintes
afirmativas:
I - Cabe ao Estado, nesse processo, o papel de gestor e interventor.
II - Desprezar qualquer tipo de preocupação com os gastos públicos é uma característica marcante
do neoliberalismo.
III - A ocorrência de fusões de empresas e bancos permitiu o surgimento das empresas
transnacionais, atuantes nos mais diversos setores da economia.
Assinale:
[A] Se apenas a afirmativa I for correta.
[B] Se apenas a afirmativa II for correta.
[C] Se apenas a afirmativa III for correta.
[D] Se as afirmativas I e II forem corretas.
[E] Se as afirmativas II e III forem corretas.
QUESTÕES DE HISTÓRIA
37
"Por trás do ressurgimento da indústria e do comércio, que se verificou entre os séculos XI e XIII, achava-
se um fato de importância econômica mais fundamental: a imensa ampliação das terras aráveis por toda a
Europa e a aplicação à terra de métodos mais adequados de cultivo, inclusive a aplicação sistemática de esterco
urbano às plantações vizinhas".
(Lewis Mumford. "A cidade na história". São Paulo: Martins Fontes, 1982.)
O texto trata da expansão agrícola na Europa ocidental e central entre os séculos XI e XIII. Dentre as
razões desse aumento de produtividade, podemos citar:
[A] O crescimento populacional, com decorrente aumento do mercado consumidor de alimentos.
[B] A oportunidade de fornecer alimentos para os participantes das cruzadas e para as áreas por eles conquistadas.
[C] O fim das guerras e o estabelecimento de novos padrões de relacionamento entre servos e senhores de terras.
[D] A formação de associações de profissionais, com decorrente aperfeiçoamento da mão de obra rural.
[E] O aprimoramento das técnicas de cultivo e uma relação mais intensa entre cidade e campo.

38
Assinale a alternativa que apresenta um dos resultados do entrecruzamento de culturas no Império
Bizantino.
[A] As artes visuais diversificaram-se a ponto de serem eliminadas as características estéticas de inspiração greco-cristã.
[B] A adoração popular a ícones religiosos gerou crises na Igreja de Bizâncio.
[C] Elementos clássicos, como a retórica e a língua grega, foram superados em função da interação cultural
cosmopolita.
[D] A arquitetura passou a primar pela simplicidade, a fim de se adequar à doutrina religiosa ortodoxa.
[E] A estrutura jurídica do Império Bizantino não sofreu a influência do direito romano.

39
Sobre o contexto social e econômico do século XIV na Europa medieval, marque a alternativa INCORRETA.
[A] A mão-de-obra disponível para atuar no campo foi reduzida devido às epidemias e guerras existentes no período.
[B] As revoltas camponesas, como a jacquerie, acabaram por ocasionar alterações nas obrigações típicas do sistema feudal.
[C] A reduzida oferta de metais preciosos, como a prata, contribuiu para a expansão do processo inflacionário.
[D] A burguesia teve seu prestígio econômico reduzido pela crise das atividades urbanas o que fortaleceu o poderio dos
senhores feudais.
[E] A instabilidade climática, com chuvas constantes, levou a uma grande retração nas colheitas, diminuindo
fortemente a produção agrícola.

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Pág. 12 Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z

40
A ligação entre os reformadores religiosos e o poder político na Europa pode ser verificada por meio:
[A] da defesa que o duque Frederico da Saxônia fez de Martinho Lutero e da adesão dos príncipes alemães às teses luteranas.
[B] da ação de Henrique VIII que, pautado pela doutrina da predestinação divina, funda a igreja nacional na
Inglaterra, mas ainda ligada a Roma.
[C] do decisivo apoio político de Martinho Lutero e dos seus seguidores à revolta dos camponeses alemães, em 1524.
[D] da efetivação da aliança, a partir de 1533, entre João Calvino e a monarquia francesa, ambos interessados em
reforçar o poder da Igreja católica.
[E] da interferência da nobreza alemã para que os luteranos e calvinistas se mantivessem fiéis ao papa.

41
Do ponto de vista sócio-político, o Estado típico, ou dominante, ao longo do Antigo Regime (séculos XVI a
XVIII), na Europa continental, pode ser definido como
[A] burguês-despótico.
[B] nobiliárquico-constitucional.
[C] oligárquico-tirânico.
[D] aristocrático-absolutista.
[E] patrício-republicano.

42
Assinale a alternativa que expressa CORRETAMENTE uma característica do Mercantilismo.
[A] Pacto colonial, permitindo o pleno desenvolvimento interno e a liberdade político-administrativa da Colônia.
[B] Não-intervencionismo estatal.
[C] Incentivo à manutenção de uma balança comercial favorável, importando mais que exportando.
[D] Intervenção do Estado, que se efetivou sob forma de protecionismo e de regulamentação da atividade econômica.
[E] Monopólio concedido pelo Estado, que permitia a qualquer companhia de comércio, sem autorização da metrópole,
vender seus produtos na Colônia.

43
Quais são obrigações exclusivamente servis:
[A] Corvéia, Talha, Foro.
[B] Formariage, Banalidade, Institutas.
[C] Mão Morta, Foro, Utis Prima Nocte.
[D] Corvéia, Capitação, Talha.
[E] Formariage, Capitação, Digesto.

44
Sobre o Reino Franco, assinale a alternativa incorreta:
[A] Após sua conversão ao Cristianismo, Clóvis aderiu à vertente Trinitarista.
[B] O Majordomus se fortaleceu no período dos reis indolentes.
[C] Carlos Magno doou terras à Igreja originando o Patrimônio de São Pedro.
[D] Ducados e Marcas eram parte da divisão administrativa carolíngia.
[E] O Tratado de Verdun dividiu o Império Carolíngio em três partes.

45
Entre os fatores que contribuíram para a formação das monarquias nacionais estão, exceto:
[A] Aliança entre burguesia e reis.
[B] Apoio da nobreza.
[C] Difusão do Cristianismo, com instituições duradouras e governo centralizado.
[D] Formação dos exércitos nacionais.
[E] Apoio popular.

46
Sobre a formação da monarquia inglesa, é correto afirmar que:
[A] A assinatura da Magna Carta, por João Sem Terra ampliou os poderes reais.
[B] As Provisões de Oxford incluíram os nobres no Grande Conselho.
[C] A Common Law, criada no governo de Henrique II, auxiliou a reduzir o poder da nobreza.
[D] Para facilitar a administração, Eduardo I dividiu o reino em Shires.
[E] O Grande Conselho era originalmente composto por clero, nobreza e buguesia.

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501


Provas de Física/Química e Geografia/História – Modelo Z Pág. 13

47
Entre os pensadores que embasaram o Absolutismo, é incorreto afirmar que:
[A] Jonh Locke foi um importante opositor do Absolutismo na Inglaterra.
[B] Maquiavel defendia o fortalecimento do poder real visando a unificação da Itália.
[C] Jean Bodin defendia a ideia de soberania partilhada.
[D] A teoria do Direito Divino dos reis, proposta por Jacques Bossuet foi muito utilizada pela Dinastia Bourbon.
[E] Thomas Hobbes baseia-se no Contrato Social para justificar o Absolutismo.

48
Sobre a Reforma Protestante, assinale a alternativa correta:
I - No período da Reforma, a Igreja passava por confrontos internos que envolviam a disputa entre
duas teorias opostas: o Tomismo (que afirmava que o homem poderia colaborar com Deus através de
boas obras) e a Teologia Agostiniana (que afirmava que Deus escolhe quem será salvo, sendo a fé um
sinal externo dessa escolha). A Igreja era adepta desta última.
II - Desde o Renascimento, a Igreja vinha sofrendo críticas dos humanistas, como Jonh Wycliff e
Jonh Huss.
III - As indulgências foram criadas pelo papa Leão X com o objetivo de construir a Basílica de São Pedro.
IV - O Luteranismo defende a Doutrina pela Salvação pela fé, enquanto o Calvinismo defende a
Doutrina da Predestinação
V - O Ato de Supremacia, assinado por Henrique VIII, tornou-o, além de chefe do Estado, chefe da igreja
[A] I, II, III, IV, V.
[B] I, II, III, V.
[C] II, III, V.
[D] I, IV, V.
[E] II, IV, V.

Final da Prova de Geografia/História

Curso ZERO UM – www.cursozeroum.com.br – (x61) 3201-3501