Вы находитесь на странице: 1из 3

CATHO ON LINE

SAIBA COMO RESPONDER PERGUNTAS DIFÍCEIS DURANTE A ENTREVISTA


* Cristina Balerini

Todo processo seletivo é muito difícil. As dificuldades vão desde a elaboração do currículo até as fases finais
do processo, como as entrevistas com os gestores da área responsável pela contratação. É nesse momento
que surgem aquelas perguntas que sempre deixam o candidato numa situação embaraçosa. Você deve
imaginar do que estou falando: “quanto você quer ganhar?”, “por que deixou ou quer deixar seu emprego
atual?”, “fale-me seus pontos fracos” etc., são apenas algumas delas.

Para ajudá-lo a se sair bem, respondendo a contento ao selecionador, conversamos com duas consultoras
do Grupo Catho: Patrícia De Mônica e Ana Paula Dias. Siga essas sugestões e conquiste sua vaga no
mercado de trabalho. Boa sorte.

Quanto você quer ganhar?


Essa é uma das mais complicadas e difíceis de serem respondidas. “Recomendamos que você não seja o
primeiro a indicar um valor. É importante frisar que gostaria de ganhar de acordo com o mercado de
trabalho, e que para situar o selecionador quanto ao seu perfil você poderá indicar sua faixa salarial atual. É
adequado citar apenas a remuneração direta sem bônus e comissões para não espantar o selecionador.
Ressalte que você é flexível quanto a esta questão e devolva a pergunta questionando sobre a faixa salarial
do cargo em discussão”, sugere Patrícia.

Para Ana Paula, este momento dependerá também do poder de barganha do candidato, ou seja, se o
mesmo estiver empregado, seu poder de negociação será maior, uma vez que não depende
financeiramente desta proposta. Neste caso, a resposta deverá ser a seguinte: “Estou bem-empregado.
Logicamente, para deixar meu atual emprego, quero ganhar mais. Para situar-lhe, posso dizer que estou
ganhando o seguinte...”. “É adequado especificar a remuneração direta, os benefícios e bônus. Porém,
ainda assim, não é adequado dizer o quanto deseja ganhar. Já no caso de um profissional desempregado, o
poder de barganha é bem menor. Neste caso, o candidato deverá também demonstrar flexibilidade, no
entanto, deve mencionar que deseja ganhar de acordo com o mercado”, complementa.

É importante manter-se atualizado sobre a média salarial paga pelo mercado de trabalho. Para obter estas
informações, você poderá consultar gratuitamente a pesquisa salarial do Grupo Catho acessando aqui.

Por que saiu ou quer sair da empresa em que está atualmente?


“A resposta a esta pergunta dependerá muito do verdadeiro motivo que fez com que o candidato deixasse a
empresa anterior. No caso de demissão, será necessário dizer a verdade, uma vez que provavelmente as
referências serão verificadas. Caso a demissão seja referente a uma diminuição de custos ou a uma
reestruturação na empresa, não será vista de maneira muito negativa pelo selecionador, pois demonstra
que a saída não esteve diretamente relacionada ao desempenho profissional, neste caso será adequado
citar o número de funcionários demitidos no mesmo período, pois uma informação deste tipo dará maior
credibilidade ao discurso”, comenta Ana Paula.

Mas cuidado para não querer aproveitar a chance e falar mal da empresa, do chefe imediato, dos colegas...
Vale sempre mencionar informações que demonstrem o bom desempenho profissional no período em que
permaneceu na companhia, além de falar sobre sua busca por melhores oportunidades.
“Destaque que está em busca de novos desafios e crescimento profissional. É importante deixar claro que
você sabe o que quer e que tem um plano de carreira definido e que como não vê mais possibilidades de
desenvolvimento profissional na organização, você traçou como estratégia a busca por uma nova
oportunidade”, diz Patrícia.

Por que você acha que será útil para a nossa organização?
Ao ser questionado sobre o motivo pelo qual você se julga útil para a organização, a recomendação é para
que aproveite esta pergunta para continuar vendendo as suas principais qualificações, pois para a empresa
o mais importante neste momento é avaliar se você será capaz de trazer os lucros esperados.
“Recomendamos que indique os principais resultados obtidos nas empresas em que atuou e que você tem
muito a contribuir com a organização. Demonstre entusiasmo e muita força de vontade, já que estas
características são muito desejadas pelos empregadores”, comenta Patrícia.

Quais seus pontos fortes?


Ao responder a esta pergunta, procure destacar características universalmente desejadas pelos
empregadores, tais como capacidade de trabalhar em equipe, iniciativa, entusiasmo, persistência,
dedicação, responsabilidade e competência. “Apenas tome cuidado para não destacar características de
personalidade que não possui, uma vez que as mesmas acabam sendo demonstradas e percebidas pelos
selecionadores e passar uma imagem divergente do que se é, além de soar falso, fará com que você perca
a credibilidade do recrutador”, alerta Patrícia.

Quais seus pontos fracos?


Muitos profissionais tentam "sair pela tangente" ao serem questionados sobre seus pontos fracos, indicando

Оценить