Вы находитесь на странице: 1из 16

A INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

A INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE CIRCULAÇÃO REGIONAL - (14) 3841-4459 O D EBATE SEXTA-FEIRA - 22 DE

CIRCULAÇÃO REGIONAL - (14) 3841-4459

COM CREDIBILIDADE CIRCULAÇÃO REGIONAL - (14) 3841-4459 O D EBATE SEXTA-FEIRA - 22 DE JULHO DE

O DEBATE

SEXTA-FEIRA - 22 DE JULHO DE 2011

ANO 8 - Nº 338

SÃO MANUEL, PRATÂNIA E AREIÓPOLIS

E-MAIL: redacao@odebateregional.com.br

R$ 2,00

AREIÓPOLIS E-MAIL: redacao @ odebateregional.com.br R$ 2,00 Distrito Industrial de São Manuel sem solução O PINIÃO

Distrito Industrial de

São Manuel sem solução

OPINIÃO

Os jovens são-manue- lenses estão em Barra Bonita para participar de inúmeras competições, nos Jogos Regionais. Não sabemos se desta vez São Manuel está enviando apenas atletas locais ou também está se valendo, como faz a maioria dos municípios, de atletas por assim dizer “contratados”, tanto para compor os times como para buscar marcas nos esportes individuais. De toda forma, eles estão vestindo as cores manueli- nas e disputando por nossa cidade. Aqueles que são

daqui mesmo de São Ma- nuel, teriam recebido todo o apoio necessário para poder bem representar o

Página 2A

município?

para poder bem representar o Página 2A município? Porco no Rolete A Paróquia Nossa Senho- ra
para poder bem representar o Página 2A município? Porco no Rolete A Paróquia Nossa Senho- ra

Porco no Rolete

A Paróquia Nossa Senho- ra Aparecida irá realizar o 2º Porco no Rolete, no dia 7 de agosto, em Aparecida de São

Manuel.

Página 4B

MEGA-SENA

Concurso nº 1.302 de 20/07

02-10-15-44-56-57

Lotérica Central

Rua XV de Novembro, 267 Fone: (14) 3841-2005

Lotérica Avenida

Av. José Horácio Mellão, 469 Fone: (14) 3841-2406

METEOROLOGIA

Sexta-feira Min. 16º - Máx. 21º Probab. de chuva 90%

Sábado Min. 13º - Máx. 19º Probab. de chuva 80%

Domingo Min. 12º - Máx. 22º Probab. de chuva 80%

DÓLAR

21 de julho, às 21h29

Comercial

R$ 1,5553

Turismo

R$ 1,6400

Paralelo

R$ 1,7300

Euro

R$ 2,2352

Libra

R$ 2,5352

Ouro

US$ 1.589,61

ÍNDICE

Bloco de Notas

Pg 2A

Direito em Debate Pg 2A

.

.

.

.

Contexto

Pg 3A

Cornetando

Pg 5A

Badalação

Pg 2B

Motivação

Pg 3B

Coluna Católica

Pg 4B

Aniversariantes

Pg 4B

Os Pioneiros

Pg 5B

Classi cados

Pg 6B

Flash

Pg 7B

O Distrito Industrial permanece abandonado, com mato alto, ruas sem asfalto, iluminação

precária, poucas indústrias, galpões abandonados, etc. Abandono e a falta de incentivos desestimulam a instalação de novas empresas e, consequentemente, a criação de empregos.

Página 3A

e, consequentemente, a criação de empregos. Página 3A Ponto de Vista Série “Histórias da Rádio Clube
e, consequentemente, a criação de empregos. Página 3A Ponto de Vista Série “Histórias da Rádio Clube
e, consequentemente, a criação de empregos. Página 3A Ponto de Vista Série “Histórias da Rádio Clube

Ponto de Vista

Série “Histórias da Rádio Clube AM 1510 kHz”
Série “Histórias da
Rádio Clube AM 1510 kHz”

Num certo dia Juninho soube que a Rádio Clube

havia dispensado um fun- cionário, e foi até a emis- sora falar com Valter Salo- mão, que era o coordenador na época. Queria emprego,

e como já tinha trabalhado como locutor em uma FM

comunitária da Igreja Cató- lica, achou que seria mais fácil conseguir o objetivo. Salomão o apresentou a dona Nenê, ele tinha um certo conhecimento de mú- sicas também, pois já tra-

balhava como DJ, e ela lhe deu a oportunidade de fazer

tra- balhava como DJ, e ela lhe deu a oportunidade de fazer Contação de Histórias Dando
tra- balhava como DJ, e ela lhe deu a oportunidade de fazer Contação de Histórias Dando

Contação de Histórias

Dando seguimento a seus projetos sócio-cul- turais, a Associação dos Artistas realizou a “O cina

de Contação de Histórias”, na Biblioteca Municipal “Dr. Francisco Câmara Fer- reira”. Página 3B

“Dr. Francisco Câmara Fer- reira”. Página 3B Manifesto popular Acontecerá amanhã, 23, o panelaço
“Dr. Francisco Câmara Fer- reira”. Página 3B Manifesto popular Acontecerá amanhã, 23, o panelaço

Manifesto popular

Acontecerá amanhã, 23,

o panelaço “Sou mais um

contra queimadas”, orga-

nizado pela ONG Paraíso

e pelo grupo AR PURO.

Integrantes do panelaço

carão recolhendo assina- turas de novos adeptos ao movimento.

Página 4A

assina- turas de novos adeptos ao movimento. Página 4A parte da equipe da Rádio Clube AM.

parte da equipe da Rádio Clube AM. Ele ingressou na emissora em setembro de 1997 e ficou até 2005. Nesta entrevista, o DJ Ju- ninho conta detalhes sobre sua passagem pela rádio pioneira da cidade. Página 1B

sua passagem pela rádio pioneira da cidade. Página 1B Passarela só em agosto A passarela que
sua passagem pela rádio pioneira da cidade. Página 1B Passarela só em agosto A passarela que

Passarela só em agosto

A passarela que liga o jardim Brasília à COHAB I cará pronta até o dia 15 de agosto de 2011, segundo informa a ARTESP, agência que scaliza a Concessioná- ria responsável. Página 5A

fi scaliza a Concessioná- ria responsável. Página 5A Festa do Queijo & Vinho População prestigiou a
fi scaliza a Concessioná- ria responsável. Página 5A Festa do Queijo & Vinho População prestigiou a

Festa do Queijo & Vinho

População prestigiou a

realização da Festa do Quei- jo & Vinho, na sexta-feira, 15, pelo Rotary Club de São

Manuel.

Página 3B

sexta-feira, 15, pelo Rotary Club de São Manuel. Página 3B Miss e Mister Abertas desde o
sexta-feira, 15, pelo Rotary Club de São Manuel. Página 3B Miss e Mister Abertas desde o

Miss e Mister

Abertas desde o começo de julho, as inscrições para o Concurso Miss e Mister São Manuel 2011, termina- rão no sábado, dia 30. Página 3B

Manuel 2011, termina- rão no sábado, dia 30. Página 3B Prefeitura não responde sobre dívida O
Manuel 2011, termina- rão no sábado, dia 30. Página 3B Prefeitura não responde sobre dívida O

Prefeitura não responde sobre dívida

O Jornal O Debate, em 27 de maio de 2011, protoco- lou na Prefeitura de São Ma- nuel, um ofício endereçado à Diretoria de Comunicação,

solicitando informações so- bre a dívida da cidade. As respostas não foram liberadas até a presente data. Página 5A

não foram liberadas até a presente data. Página 5A Falta o Speedy em Aparecida Mesmo com
não foram liberadas até a presente data. Página 5A Falta o Speedy em Aparecida Mesmo com

Falta o Speedy em Aparecida

Mesmo com todo o in- vestimento feito nos últimos meses pela Telefonica, a po- pulação do Distrito de Apa-

recida de São Manuel ainda não está sendo bene ciada com internet banda larga. Página 4A

sendo bene fi ciada com internet banda larga. Página 4A Compensação mais rápida Desde o dia
sendo bene fi ciada com internet banda larga. Página 4A Compensação mais rápida Desde o dia

Compensação mais rápida

Desde o dia 18 deste mês, o prazo para compensação de cheques com valor infe- rior a R$ 299,99 passou a

ser de dois dias úteis. Para cheques acima de R$ 300, o prazo será de um dia útil. Página 5A

acima de R$ 300, o prazo será de um dia útil. Página 5A Câmera de segurança
acima de R$ 300, o prazo será de um dia útil. Página 5A Câmera de segurança

Câmera de segurança ajuda a prender ladrão

Página 5A Câmera de segurança ajuda a prender ladrão A Polícia Civil de São Manuel conseguiu

A Polícia Civil de São Manuel conseguiu prender na segunda-feira, 18, um dos

São Manuel conseguiu prender na segunda-feira, 18, um dos responsáveis pelo roubo na Casa Moretto, praticado

responsáveis pelo roubo na Casa Moretto, praticado na quinta-feira, 14. Página 7A

prender na segunda-feira, 18, um dos responsáveis pelo roubo na Casa Moretto, praticado na quinta-feira, 14.
2 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
2
A
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
2 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 O PINIÃO Aqueles, que são
2 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 O PINIÃO Aqueles, que são

OPINIÃO

Aqueles, que são daqui mesmo de São Manuel, teriam recebido todo o apoio necessário para poder bem representar o município? Tiveram treinamentos programados, com professores experientes e bem formados, que lhes pudessem transmitir tanto a orientação técnica quanto a orientação psicológica necessária?

É preciso disponibilizar professores de Educação Física que orientem as crianças e jovens; incrementar o trabalho nas escolinhas, oferecer boa alimentação, além de assistência médica, dentária e psicológica aos futuros competidores. Anal de contas, se desejamos ter bons atletas, precisamos formá-los.

se desejamos ter bons atletas, precisamos formá-los. Sem muito apoio da administração, São Manuel compete nos
se desejamos ter bons atletas, precisamos formá-los. Sem muito apoio da administração, São Manuel compete nos

Sem muito apoio da administração, São Manuel compete nos Jogos Regionais

J ulho, mês de férias escolares e, como de praxe, mês em que acontece os Jogos Re-

gionais, realização esportiva que sempre destaca os me- lhores competidores, as mais expressivas equipes, e que deixa marcado na lembrança

da moçada, além dos momen- tos de tensão das disputas, também o congraçamento entre todos os participantes. Neste ano, os 55º Jogos Regionais estão sendo dis- putados na vizinha cidade de Barra Bonita, e o noticiário

dá conta de que o prefeito de

lá pretende oferecer uma boa

recepção para os esportistas

e visitantes, tendo investido

para tanto a soma de R$ 2,5

milhões somente na recupe-

ração das praças esportivas, pensando não apenas nestes jogos, mas também em ofere- cer incentivo para aumentar

o interesse pela prática de

esportes e para estimular os atletas da cidade. Como se percebe, existe todo um envolvimento da municipalidade de Barra Bo-

nita, através de seu prefeito

e demais administradores

públicos, no sentido de fa- zer dos jogos, que lá estão

sendo realizados, um ponto de apoio ao surgimento de novos atletas para competi- ções futuras. Os jovens são-manuelen- ses estão em Barra Bonita

para participar de inúmeras competições. Não sabemos

se desta vez São Manuel está

enviando apenas atletas lo- cais ou também está se valen- do, como faz a maioria dos municípios, de atletas por assim dizer “contratados”,

tanto para compor os times como para buscar marcas nos

esportes individuais. De toda forma, eles estão vestindo as cores manuelinas e disputan- do por nossa cidade. Aqueles, que são daqui mesmo de São Manuel, te- riam recebido todo o apoio

necessário para poder bem representar o município? Tiveram treinamentos pro- gramados, com professores experientes e bem formados, que lhes pudessem transmitir

tanto a orientação técnica

quanto a orientação psico- lógica necessária para lutar pelos melhores resultados? Bem, na verdade, ultima- mente São Manuel vem care- cendo de realizar um melhor aproveitamento de todo o equipamento esportivo que possui, a partir do grandio- so Conjunto Poliesportivo, de seu Ginásio de Esportes “Pref. Miltinho Monti”, pis- cina, quadras descobertas, pista de atletismo e campo de futebol, até os Ginásios de Esportes construídos nas escolas locais, com recursos da Secretaria Estadual de Educação. Percebe-se uma ausência das tão aplaudidas escoli- nhas, das mais variadas mo- dalidades esportivas, como tínhamos antigamente aqui em São Manuel. Garotos e garotas se entusiasmam e procuram aprender a jogar basquete e vôlei, por exem- plo, quando lhes são propos- tos desa os adequados, com o ensino das regras, a prática dos fundamentos mais mo-

o ensino das regras, a prática dos fundamentos mais mo- Bloco de Notas Por Gildo Sanches
o ensino das regras, a prática dos fundamentos mais mo- Bloco de Notas Por Gildo Sanches
Bloco de Notas Por Gildo Sanches blocodenotas@odebateregional.com.br blogdogildo.blogspot.com Colaborador espontâneo
Bloco de Notas
Por Gildo Sanches
blocodenotas@odebateregional.com.br
blogdogildo.blogspot.com
Colaborador espontâneo

dernos, a força que devem ter para suplantar os obstáculos,

o que, de resto, lhes servirá também para vencer na pró- pria vida.

O mesmo pode-se di-

zer com relação aos demais esportes e, sobretudo, ao

atletismo e à natação, onde

o ensino e o treinamento

planejado são absolutamente fundamentais. Não sentimos

a existência dessa preocupa-

ção em nossa cidade, infe- lizmente. Lembramos que até 1986 as participações de atletas são-manuelenses nos Jogos Regionais eram importantes, claro, mas nossas conquistas eram esporádicas, surgin- do aqui e ali um atleta em potencial, uma equipe em condições de disputar os pri- meiros lugares. Foi nesse ano que o então prefeito Milton Monti, hoje deputado fede- ral, teve a visão e a coragem

de construir no antigo “Corte da Sorocabana”, o moderno Conjunto Poliesportivo que temos até hoje.

A ampliação de oferta

dos equipamentos para a

prática de esporte – quadras,

ginásios, campos de futebol, pistas – ocorreu, porém, isso tudo não vem sendo aprovei-

tado por inteiro.

É preciso disponibilizar

professores de Educação

Física que orientem as crian-

ças e jovens; incrementar

o trabalho nas escolinhas,

oferecer boa alimentação,

além de assistência médica, dentária e psicológica aos futuros competidores. Afi- nal de contas, se desejamos

ter bons atletas, precisamos formá-los.

O momento é oportuno

para lembrarmos disso tudo.

Obviamente, é preciso que

as providências sejam toma-

das ao logo do ano, todos os anos, para que possamos ter

esperanças de grandes con- quistas nessas competições tão importantes como os

Jogos Regionais. Por ora, ca

o nosso desejo de que São

Manuel seja bem representa-

da em Barra Bonita, e que os competidores consigam obter

o maior êxito possível.

A INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE

A INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE Jornalista Responsável e Editora: Tânia Cecília Tavares Casquel MTB 23.291 Rua

Jornalista Responsável e Editora:

Tânia Cecília Tavares Casquel MTB 23.291 Rua Epitácio Pessoa, 440-c - Centro São Manuel - CEP 18.650-000

Diretora:

Tânia Cecília Tavares Casquel

Diretora Administrativa:

Antônia Miths Gerzely

Diretor Jurídico:

Dr. Sílvio Roberto Mazetto OAB/SP 89.053

Periodicidade:

Semanal

Impressão:

JS Produções Gráfica

DEPARTAMENTO COMERCIAL CLASSIFICADOS - ASSINATURAS ATENDIMENTO AO LEITOR

(14) 3841-4459

e-mail: redacao@odebateregional.com.br

As matérias assinadas não

representam a opinião deste jornal. Na forma da legislação em vigor, a Direção de O Debate não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados.

da legislação em vigor, a Direção de O Debate não se responsabiliza por conceitos emitidos em
responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados. Colaborador espontâneo Direito em Debate – Férias Por
responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados. Colaborador espontâneo Direito em Debate – Férias Por
Colaborador espontâneo
Colaborador espontâneo

Direito em Debate

– Férias

Por Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi

direitoemdebate@odebateregional.com.br

Cheques devolvidos I

adubos, com produção previs-

encontrado no cesto, embaixo

Como é gostoso estar

companhia área no próprio

como o PROCON.

um ano, e o que vemos é o

O

aumento do endividamento

ta

de 2,2 milhões de toneladas

de pilhas de roupas doadas,

“À Cruz Vermelha noruegue-

em férias, período onde

aeroporto, o que realmente

A resolução da ANAC

dos consumidores brasileiros contribuiu para que o número de cheques devolvidos no primeiro semestre atingisse

por ano, a partir de 2015. Esse

volume vai permitir redução da dependência brasileira de matéria-prima estrangeira.

junto de uma nota que dizia:

sa, de um anônimo. Guardei (o dinheiro) por 40 anos”. A

não se tem horário para nada, nenhum compromisso agendado, pode-se curtir a família sem pressa. Quem

não acredito que seja a pri- meira saída, e por um moti- vo simples: a frustração das suas férias.

está em vigor há mais de

contrário do que determi- na a Resolução. Se o vôo

o

maior percentual em dois

polícia pediu ao doador que se

pode, viaja, quem não pode

Imaginem que o funcio-

atrasa, a companhia larga

anos, segundo levantamento

Itaquerão

identique para ter certeza da

aproveita para colocar os

nário público ou empregado

o

passageiro no saguão do

Serasa Experian. Foram de-

O

governador Geraldo Alck-

origem do dinheiro.

assuntos pessoais e domés-

da iniciativa privada, ou o

aeroporto, e se o passageiro

volvidos por falta de fundos 1,93% de cheques em todo o

min vai bancar, com dinheiro público, a diferença de 20 mil

Cau Santarém

a

ticos em dia. O trabalhador da ini-

autônomo, economizou e comprou o tão sonhado pa-

vai perguntar, eles nunca sabem de nada. É comum

país entre janeiro e junho, o

assentos no futuro estádio do

orçamento de R$ 820 milhões

Carlos Santarém, conhecido

ciativa privada tem direito

cote de férias e, de repente,

ver famílias com crianças

Corinthians, de 48 mil para 68

como Cau, faleceu no sábado,

30 dias de férias remu-

porque a partida atrasou,

dormindo em cadeiras ou

que corresponde a 9.844.863 unidades.

Cheques devolvidos II De acordo com os economis- tas da Serasa Experian, o dado

mil, com a intenção de que ele possa ser sede da abertura da Copa de 2014. A ampliação será feita com uma estrutura que será retirada depois do

16, em Sorocaba, cidade onde residia e trabalhava, aos 76 anos de idade. Ele foi bancá- rio, comerciante, sócio do Jor- nal de São Manuel em 1983,

neradas acrescidas de 1/3 após 12 meses de trabalho. Isso não significa que logo após completar o período aquisitivo de férias, o traba-

que as tarefas não fiquem

você pega o seu dinheiro e volta para casa, desarruma as malas e fica com tromba de elefante. Embora a lei lhe assegure o direito, use-o

em cima das malas, e difi- cilmente os passageiros são levados para os hotéis. Recentemente tivemos

o

espelha os mesmos problemas encontrados em outras formas de pagamento e nanciamen- to: expansão do endividamen- to do consumidor, in ação,

evento. Segundo a Odebrecht, que não incluiu esse item no

para o estádio, os lugares ex- tras não custarão menos de R$

juntamente comigo e o sau- doso Wilson Boccardo, e ulti- mamente lidava com seguros, ao lado do genro Minguinho. Na juventude, foi esportista,

lhador aproveite os 30 dias. Normalmente o empregador fixa uma data oportuna para

prejudicadas.

como último recurso. A ANAC também esti- pulou que, se o atraso for de uma hora, os passageiros deverão ter acesso livre ao

problema do Vulcão no Chile, e neste caso, como fica? Como é um fato na- tural, considerado motivo de força maior, a compa- nhia aérea tem a obrigação

altas taxas de juros, aumento

70

milhões.

defendendo equipes de São

O

trabalhador funcioná-

telefone e e-mail por conta

outras companhias – mes-

perder a conexão, por causa

de avisar os passageiros

do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e as restri- ções ao crédito adotadas pelo

Cielo livre Cesar Cielo está liberado

Manuel. Participamos juntos da Equipe Camisa 12, que fazia coberturas e programas

rio público, após 12 meses

de férias, poderá escolher o período de férias, diferente

da companhia aérea. Se o atraso for de mais de duas horas, a companhia aérea

com até 48 horas de an- tecedência que o vôo está cancelado e pedir para que

governo na tentativa de conter

para disputar o Mundial de

esportivos na Rádio Clube nas

da iniciativa privada, onde

deverá fornecer alimenta-

o

passageiro remarque sua

a

pressão inacionária.

Esportes Aquáticos e os Jogos Olímpicos de Londres-2012.

décadas de 70 e 80. Saudade do companheiro que partiu

quem determina o período de férias é o patrão. Em

ção extra, já no aeroporto, e se for de mais de quatro

viagem. A negociação deverá ser

Subindo

A

rigorosa CAS (Corte Arbi-

ambos os casos a pessoa

horas a companhia aérea

feita diretamente na agência

O

Comitê de Política Monetá-

tral do Esporte) acatou ontem,

Concursos

receberá sua remuneração

deverá fornecer a estadia

de viagem para quem com-

ria do Banco Central (Copom)

21, a pena mínima determi-

A

ministra do Planejamento,

acrescida de 1/3.

funcionário público e até

em hotéis. Além disso, as

prou o pacote turístico que

decidiu, por unanimidade, aumentar os juros básicos em 0,25 ponto, para 12,5% ao

nada pela CBDA (Confede- ração Brasileira de Desportos Aquáticos) e apenas advertiu o

Miriam Belchior, deu o aval para o Instituto Brasileiro de Geograa e Estatística (IBGE)

o

Tanto o trabalhador da iniciativa privada, quanto

empresas deverão realocar os passageiros em aviões de

inclui a parte aérea. Para quem adquiriu a passagem diretamente na companhia e

ano. Foi a quinta alta seguida.

nadador brasileiro agrado em

contratar até 4.500 prossio-

mesmo o trabalhador autô-

mo se não houver convênio

fez reservas de hotéis, boa

O

BC surpreendeu o mercado

exame antidoping, negando o

nais temporários. A portaria

nomo, podem descansar e

entre elas – ou oferecer

sorte, pois terá que aguen-

e

deu sinal de que o ciclo de

pedido feito pela Fina de sus-

que confere ao instituto o di-

viajar durante o período de

meios de transporte alter-

tar uma longa musiquinha

altas pode ter chegado ao m.

pensão por três meses. Após

reito de renovar o seu quadro

férias e, se essa viagem for

nativos, como ônibus ou

ao telefone para resolver o

21

dias de crise e silêncio, o

de

pesquisadores foi publicada

de avião, o turista deve ficar

A

resolução da Agência

vans. As regras valem tam-

problema.

Megaprojeto Vale e a Petrobras estão em

campeão olímpico alcança um desfecho favorável.

no Diário Ocial da União de 08 de julho. Com este trâmite

atento às regras da ANAC.

bém para o passageiro que

Se a negociação pessoal não adiantar, diante das no-

entendimentos finais para destravar a instalação de um

Doação anônima

concluído, o IBGE só precisa nalizar os editais e redenir

Nacional de Aviação Civil estabelece alguns direitos

de atraso em vôo anterior. Em caso de descumpri-

tícias de jornais impressos e virtuais, imprima todas as

megaprojeto de fertilizantes

Um doador anônimo deixou

o

cronograma dos processos

para os passageiros e obri-

mento das novas normas,

notícias com a data, anexe

em Sergipe, avaliado em até US$ 4 bilhões. O empreen-

cerca de US$ 200 mil (R$ 312 mil) em um depósito de

seletivos simplicados. Mais informações no Jornal dos

gações para a companhia aérea. Quem for afetado

as empresas aéreas estarão sujeitas a multas de R$ 4

às cópias dos comprovantes de viagem e pagamentos e

dimento será integrado, com

roupas usadas em frente a

Concursos, nas Bancas.

por atraso, cancelamento

mil a R$ 10 mil por ocor-

vá ao PROCON e depois

uma mina de carnalita, miné- rio do qual se extrai cloreto de potássio, e uma unidade química de processamento de

uma loja de caridade man- tida pela Cruz Vermelha na municipalidade de Tornved, na Dinamarca. O dinheiro foi

Recado Final: “Todo homem é o arquiteto de seu próprio destino” – (Salústio).

ou overbooking, pode exi- gir o reembolso integral e imediato do valor da pas- sagem área no terminal da

rência. Os passageiros po- derão pedir ressarcimento na Justiça ou pelos órgãos de defesa do consumidor,

ao Juizado Especial Cível para propor ação pedindo o ressarcimento das quantias pagas.

3 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
3 A
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
3 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Indústrias Distrito Industrial precisa de
3 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Indústrias Distrito Industrial precisa de

Indústrias

Distrito Industrial precisa de mais atenção

CONTEXTO

POSSE

A médica são-manuelense

drª. Silvana Artioli tomou posse na terça-feira, 19, como dire- tora da UNESP de Botucatu. O deputado federal Milton Monti esteve presente para prestigiar sua conterrânea. Ele lembrou que pôde estar presente à solenidade devido o recesso parlamentar, caso contrário, estaria em Brasília.

recesso parlamentar, caso contrário, estaria em Brasília. ESPORTE AcompanheacolunaOpinião sobre os Jogos Regionais

ESPORTE

AcompanheacolunaOpinião

sobre os Jogos Regionais que começaram esta semana. Qual

o incentivo ao esporte de São Manuel? Veja na página 2.

ACIDENTE Na sexta-feira, 15, o boxeador são-manuelense Magrão foi atro-

pelado por um veículo que presta serviço ao setor de saúde da cidade. Segundo informações da família, ele foi atendido no Hos- pital de São Manuel e liberado, mas devido ao quadro, a família

o levou para a UNESP, onde foi

detectado um traumatismo cra- niano. Na próxima semana vamos questionar o dr. Kandir Dinhane,

diretor clínico do hospital, sobre

os problemas que vêm ocorrendo

no local.

Para se ampliar o número de empresas numa cidade,

duas coisas básicas devem

entradas, que parecem mais entradas de chácaras do que de um local onde deveria ha-

presas, o que facilitaria muito para pessoas que queiram visitar as mesmas. Também

detectou que no Distrito In- dustrial de São Manuel exis- tem perto de 30 terrenos que

melhor estruturados. E nossa cidade perde oportunidades de criar empregos para os

ser feitas, e isso qualquer leigo sabe:

ver empresas e empregos para a população, é desanimador.

visível, no local, a falta de segurança.

Segundo a Diretoria Mu-

é

deveriam estar sendo usados ou destinados a empresas.

são-manuelenses, pois real- mente a situação do Distrito

sair em busca de empre-

O local também deixa a

Desse total, menos da metade

Industrial é assustadora.

sas que estejam ampliando ou começando suas atividades;

desejar no quesito manuten- ção das vias públicas. Mato

nicipal de Gestão de Serviços, a manutenção básica do local

são empresas que aparentam estar funcionando. Alguns

Há anos a cidade aguarda um projeto para melhorias no

2º ter um bom Distrito Industrial para oferecer aos interessados. Aqui por São Manuel, há mais de 10 anos, nem uma

alto, ruas sem asfalto, ilumi- nação precária. O Distrito In- dustrial da cidade encontra-se com terrenos e construções abandonadas.

feita, principalmente quan-

do existe a solicitação das empresas instaladas. Apesar de ser uma área destinada para a instalação de

é

terrenos também foram dados para pagamento de dívidas de empresas para bancos e para o INSS.

local. Esperamos que, com essa reportagem, as autori- dades possam se movimentar em busca de uma solução urgente para o nosso Distrito

coisa nem outra tem sido

A reportagem do Jornal O

empresas, é grande o número

Di

culdades – Devido a

Industrial. Esse é o trabalho

observada: nem autoridades

Debate faz visitas periódicas

de chácaras e residências

todas essas diculdades, São

do Jornal O Debate: de fazer

buscando novas empresas

há anos no local e detectou

existentes. Cabe aos órgãos

Manuel realmente assusta

o

melhor para São Manuel

e nem a melhoria do atual distrito ou instalação de um novo.

diversos problemas que ainda persistem hoje, como a falta de sinalização de trânsito, de

competentes fiscalizar de que maneira e porque isso ocorreu.

os empresários que, quan- do procuram, observam as condições existentes aqui, e

alertar a população e as

autoridades da verdade dos fatos, para que se busquem

e

O

atual Distrito Industrial

placas indicando nome de

Levantamento antigo, rea-

preferem levar seus investi-

soluções para os problemas

de São Manuel, desde suas

ruas e a localização de em-

lizado pelo Jornal O Debate,

mentos para outros lugares,

apresentados.

O Debate , mentos para outros lugares, apresentados. Dívida Debate aguarda respostas sobre dívida da Prefeitura

Dívida

, mentos para outros lugares, apresentados. Dívida Debate aguarda respostas sobre dívida da Prefeitura O

Debate aguarda respostas sobre dívida da Prefeitura

O Jornal O Debate, em 27 de maio de 2011, protocolou na Prefeitura de São Ma- nuel, um ofício endereçado

à Diretoria de Comunicação,

solicitando informações sobre

a dívida da cidade. Veja ofício

nesta matéria. Este semanário, dentro das suas atribuições de divulgar o que ocorre com transparência, já havia feito requerimento

similar em 2009 e, à época, obteve as respostas aos ques- tionamentos. Desta vez, não se sabe

os motivos, as respostas não foram liberadas até a presente data. Lembramos que as infor-

mações solicitadas por este semanário,para a realização

de matéria jornalística, devem

ser públicas, já que envolvem dinheiro da municipalidade. Torcemos para que seja somente um entrave burocrá- tico. Continuaremos a cobrar para que tenhamos acesso, nós e nossos leitores, às referidas informações, através de todas

as formas legais.

DIRETORIAS I Não é para pegar no pé, mas

o que se vê na cidade de incenti-

vo à cultura local?? E na área de

indústria e criação de empregos, alguém tem notícia de alguma indústria se instalando em São Manuel?? Os diretores municipais destes setores são, respectiva- mente, Rafael Rosso e Flavinho Silva.

DIRETORIAS II Talvez sejam esses os motivos que estariam fazendo com que o prefeito pense em mudar alguns

assessores. Atento leitor deste

semanário já disparou que o ex-

-prefeito Flavinho ficaria uma fera

só de pensar em tirar seus pupilos

de onde ele colocou

DIRETORIAS III

O ex-prefeito Flavinho tam-

bém quer continuar firme a rece- ber da prefeitura, mesmo depois de oito anos como prefeito. Ele continua a receber salário há quase três anos como diretor

municipal.Vale lembrar que ele é

o único ex-prefeito que continua

a receber da prefeitura após o mandato.

CONTAS Caro leitor, você já fez as contas de quanto o ex-prefeito Flavinho já recebeu da prefeitura de São Manuel em 11 anos?

FUNCIONALISMO

Já existe uma lei municipal

que permite à Prefeitura de São Manuel pagar dias de licença prê- mio em dinheiro. Funcionários, em contato com nossa redação, reclamam que existe a lei, só que não é cumprida, visto que eles não conseguem fazer a opção

entre folgas ou dinheiro.

VARRIÇÃO São inúmeras as reclamações sobre a falta de varrição em diversos bairros da cidade. Entre estas reclamações está a Cohab III. Moradores afirmam que deve fazer quase um ano que não se vê limpeza por lá. Aguardemos

providências

que não se vê limpeza por lá. Aguardemos providências Saúde Risco de câncer aumenta com a

Saúde

Risco de câncer aumenta com a altura, diz estudo

quanto entre as de altura mediana (1,62 m) o número subiu para 850 casos de câncer , e no grupo mais

Pessoas mais altas têm maior risco de desenvolver câncer ao

longo da vida, segundo uma pes-

quisarealizadapelaUniversidade alto (1,75 m), houve 1 mil casos.

de Oxford. De acordo com os

resultados,acadadezcentímetros Mulheres e homens – Os

a mais de altura, o risco de ter um

dos dez tipos mais comuns de câncer aumenta em 16%. O estudo, publicado na re- vista científica Lancet Onco- logy, acompanhou 1,3 milhão de mulheres de meia-idade na Grã-Bretanha, entre 1996 e 2001. Entre as mulheres mais baixas (com menos de 1,52 m), foram registrados 750 casos de câncer por grupo de 100 mil por ano, en-

ovário,rim,linfoma,linfomanão-

melanomamaligno,mama,útero,

tipos de câncer que seriam afeta- dos pela altura são de cólon, retal,

-hodgkin e leucemia. Apesar de o estudo ter ana- lisado apenas dados de mulhe- res, os pesquisadores dizem que a relação com a altura também está presente nos ho- mens. Eles reuniram outras dez pesquisas que mostravam re-

sultados similares com homens. Especialistas acreditam que

a explicação pode estar na quan-

tidade de hormônios de cresci-

mento presentes na infância, que poderiam inuenciar dois fatores.

O primeiro é o número de células.

Pessoas mais altas têm mais célu- las no corpo, logo há mais células que podem sofrer mutações, o que levaria ao câncer. Outra possibilidade é que os hormônios aumentem a taxa de divisão celular, o que aumen- taria o risco de câncer. Mas os pesquisadores admitiram não saber ao certo a razão por trás dos resultados.

4 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
4
A
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
4 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Fumaça Manifesto para regulamentação das
4 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Fumaça Manifesto para regulamentação das

Fumaça

Manifesto para regulamentação das queimadas será sábado

Acontecerá no amanhã, 23, o panelaço “Sou mais um contra queimadas”. Or- ganizado pela ONG Paraíso

e pelo grupo AR PURO.

Estão previstos ao menos 200 participantes na mobilização. Há algumas semanas foi dado início a uma campanha

que visa conscientizar a po- pulação sobre o valor do ar puro para nós e para as futu- ras gerações. De acordo com integrantes do grupo, “não existe como garantir um ar puro com o número absurdo de queimadas irregulares que ocorrem todos os dias”. Com o tema: “Só porque

o oxigênio ainda não é tari- fado NÃO temos o direito de respirar em PAZ?”, a campa- nha pretende alertar para o verdadeiro valor do ar puro, para que amanhã não sejamos obrigados a pagar impostos por essa preciosidade. Hoje

a água é cobrada, será que o

ar terá que ser tarifado tam-

bém para ter qualidade? Só depende de nós.

O Jornal O Debate e

a Rádio Clube de São Ma-

nuel, 1510 kHz-AM, também

apoiam a causa e estão divul- gando o evento e uma série de propagandas educativas contra as queimadas.

Através do site de relacio- namentos Facebook, o grupo AR PURO pretende incenti- var a criação e adequação de uma lei que regulamente as queimadas aqui na cidade. Segundo a referida página, em São Manuel existe o Código Ambiental. Também existe lei estadual sobre o tema queimadas, mas o que falta é a regulamentação, estruturação e scalização. É isso que o grupo exige e tra- balha para que se concretize

em nossa cidade. Para tanto, como já disse- mos, a ONG Paraíso e o gru- po AR PURO vão realizar um panelaço amanhã, 23, a partir das 10h, em frente ao Altar da Pátria que sairá para uma pas- seata. O percurso começará

descendo a rua Gomes de Fa- ria, até a esquina do Museu, seguindo pelas ruas XV de Novembro, Batista Martins, Epitácio Pessoa até a esquina

do prédio da Telefonica, vol- tando a descer pela rua Cel.

Rodrigues Simões, virando a XV de Novembro e por nal subindo a Joaquim Floriano até o meio do quarteirão onde os manifestantes entrarão no Jardim Público e se encami- nharão até o Coreto. Lá, integrantes do pane- laço carão recolhendo assi- naturas de novos adeptos ao movimento. Pela internet, o manifesto ainda pode ser as- sinado pelo site www.petica- opublica.com.br. Atualmente, entre assinaturas on-line e por escrito, existem mil pessoas participando do movimento. A Prefeitura Municipal de São Manuel, já atenta ao crescente número de pessoas a favor de um “ar puro”, en- viou uma matéria aos meios de comunicação local, onde informou que “o Município de São Manuel elaborou desde 18 de outubro de 2010, lei especí ca (Lei 831) que proíbe queimadas urbanas em seu território e prevê punição aos infratores, com aplicação de multas e ainda pode responsabilizá-los nas esferas civil e penal”. Na matéria, a prefeitura ainda diz

civil e penal” . Na matéria, a prefeitura ainda diz Internet Aparecida continua sem disponibilidade para

Internet

Aparecida continua sem disponibilidade para o serviço Speedy

Mesmo com todo o in- vestimento feito nos últi- mos meses pela Telefonica,

a população do Distrito de

Aparecida de São Manuel ainda não está sendo bene- ficiada com internet banda larga, e aproximadamente 4,5 mil pessoas continuam procurando alternativas para suprir a indisponibi- lidade do serviço Speedy. Segundo nota enviada pela Assessoria de Impren- sa da Telefonica, em 06 de julho, a empresa “já aten- de clientes do Distrito de Aparecida com o Speedy. A empresa informa também que trabalha para expan- dir o serviço no distrito

e, assim, poder oferecer a banda larga a novos usuá- rios na área”. A Telefonica

diz que já tem clientes no distrito usando o serviço, mas não tem disponibili- dade para novos usuários. No local existem esco- las, posto de saúde, facul- dade, empresas e muitos outros estabelecimentos que, atualmente, usam pro- vedores de internet via rádio, para não depender da baixa velocidade da internet discada (que no Distrito de Aparecida osci- la entre 28kbps e 44kbps).

Internet móvel – A apro- ximadamente 5,5 km do

centro de São Manuel, o Distrito de Aparecida também continua sofren- do com diversas áreas de sombra (termo técnico) no sinal dos celulares das operadoras Vivo, Tim e Claro, o que impossibilita os consumidores de recor- rerem à internet móvel. A Nextel é a única operadora móvel que possui uma torre no local. Com esses pontos fa- lhos de sinais, os usuários da internet móvel acabam sendo afetados pela baixa velocidade e muitas vezes, sequer conseguem conectar a rede mundial de compu- tadores.

sequer conseguem conectar a rede mundial de compu- tadores. que “cabe ao cidadão res- ponsável, denunciar
sequer conseguem conectar a rede mundial de compu- tadores. que “cabe ao cidadão res- ponsável, denunciar

que “cabe ao cidadão res- ponsável, denunciar a ação dos irresponsáveis”. Talvez os integrantes do executivo não tenham per-

cebido que, infelizmente, não é todo mundo que tem a oportunidade de observar possíveis incendiários. As ve- zes pode até ser por acidente,

mas nos terrenos onde o mato está mais alto, sem dúvida nenhuma, a possibilidade é ainda maior de surgir um incêndio.

a possibilidade é ainda maior de surgir um incêndio. Saúde Inscrições para o processo seletivo se

Saúde

Inscrições para o processo seletivo se encerram hoje

As inscrições para o pro- cesso seletivo nº 001/2011, que será realizado pela prefei- tura de São Manuel (Diretoria Municipal de Saúde), para diversos cargos a serem pre- enchidos nos Postos de Saúde da Família, se encerram hoje, 22, às 16h. As inscrições estão sendo realizadas no prédio da

prefeitura, localizado na rua Dr. Júlio de Faria, 518. Os cargos a serem pre- enchidos são para: médicos, dentistas, enfermeiros, técnico enfermagem, escriturários e agentes comunitários (edital completo no site da prefeitura:

www.saomanuel.sp.gov.br). As contratações dos apro-

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO MANUEL -ESTADO DE SÃO PAULO- EXTRATO DE CONTRATO DE ADITAMENTO ADITAMENTO
CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO MANUEL
-ESTADO DE SÃO PAULO-
EXTRATO DE CONTRATO DE ADITAMENTO
ADITAMENTO CONTRATUAL Nº 005/2011
(LICITAÇÃO – MODALIDADE CONVITE N 005/2010)
OBJETO:Contratação de empresa para fornecimento de sistemas
informatizados para microcomputador desenvolvido em linguagem visual
que utilize banco de dados relacional nas áreas de administração de
pessoal, orçamento, contabilidade pública e tesouraria.
CONTRATANTE: Câmara Municipal de São Manuel
CONTRATADA: Empresa 4R Sistemas e Assessorias Ltda – CNPJ
nº 05.081.873/0001-90
VALOR: R$ 2.480,80 (Dois mil, quatrocentos e oitenta reais e oitenta
centavos)
VALIDADE DO CONTRATO: 12 (doze) meses (prorrogação)
TERMO CONTRATUAL: 15 de julho de 2011
BASE LEGAL: Lei Federal nº 8.666/93, cc. com lei nº 9648/98
Câmara Municipal de São Manuel
São Manuel, 15 de julho de 2011
Pedro Norival Cicarelli
Presidente
15 de julho de 2011 Pedro Norival Cicarelli Presidente vados serão por tempo deter- minado de

vados serão por tempo deter- minado de 180 dias, podendo ser renovadas, em caso de necessidade extrema, por mais 180 dias. Trata-se de proces- so seletivo e não concurso público.

Fonte: Prefeitura de São Manuel

EDITAL DE PUBLICAÇÃO DE SENTENÇA DECLARATÓ- RIA DE INTERDIÇÃO

O (A) DR(A). ÉRICA REGI- NA FIGUEIREDO, JUIZ(A) DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE SÃO MANUEL, EZSTADO DE SÃO PAULO,

FAZ SABER a todos que

o presente edital virem ou dele

conhecimento tiverem, que por este Juízo foi declarada a IN- TERDIÇÃO de CAMILA RO- BERTA GONÇALVES, brasileira, solteira, portadora do RG n.º 46.049.542-2, inscrita no CPF/

MF n.º 343.306.038-02, residente

e domiciliada na rua Ângelo Ber-

tozo, 45 – Cohab I empobrecidas

e totalmente dependente dos

cuidados da família, podendo ser considerada com incapacidade plena para as atividades da vida civil, razão pela qual não pode

gerir sua vida civil, sem o auxílio de terceiros, sendo-lhe nome- ado CURADORA a Sra. VERA LUCIA DA SILVA GONÇALVES, brasileira, casada, do lar, RG nº 38.603.793-8, CPF/MF nº 352.910.218-02, residente e do- miciliada na rua Ângelo Bertozo, 45 – Cohab I – São Manuel/SP, nos autos nº392/2004 de Inter- dição. A Curatela é por tempo indeterminado e tem a nalidade de reger o interditando em todos

os atos de sua vida civil. Presente

edital será publicado por (03) vezes na Imprensa O cial, com intervalo de dez (10) dias. Dado e passado nesta cidade e comarca de São Manuel, Estado de São Paulo, aos 14 de julho de 2010.

de dez (10) dias. Dado e passado nesta cidade e comarca de São Manuel, Estado de
5 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
5 A
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
5 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Cornetando sandrodalio.blogspot.com – Onde tudo
5 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Cornetando sandrodalio.blogspot.com – Onde tudo
5 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Cornetando sandrodalio.blogspot.com – Onde tudo
5 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Cornetando sandrodalio.blogspot.com – Onde tudo
Cornetando sandrodalio.blogspot.com – Onde tudo acontece Por Sandro Dálio Programa “Show da Clube” das 10h
Cornetando
sandrodalio.blogspot.com
– Onde tudo acontece
Por Sandro Dálio
Programa “Show da Clube” das 10h às 13h30
na Rádio Clube de São Manuel, 1510 kHz - AM
Colaborador espontâneo

Caros amiguinhos e ami- guinhas do Cornetando, eis que a Coluna mais amada

pelos políticos de São Manuel está de volta com a árdua missão de fazê-los sorrir, quando a administração atual quer nos arrancar lágrimas de desgosto, kkkk. E já vou logo “carcando”, porque comigo pau é pau e pedra é pedra! Se sei digo que sei, se não sei digo que não sei

e pronto. É papo 10! Kkkk.

Aqui é a terra onde tudo acontece. Impressionante!!! Nunca vi restaurante fechar para almoço, mas já vi taxista

dando carona, kkkk. E já vi ambulância atropelar pessoa, kkkk. Já pensou? Um veículo que é contratado para prestar serviços à Diretoria de Saúde de São Manuel atropelou um rapaz. OLOCO MEU! E se vira moda? A grama come

a vaca e a banana come o

macaco, como diria o lósofo

Cristiano Castelhano, kkkk. Seria engraçado se não fosse trágico. Daí que o coita- do do rapaz chega ao Hospital

e sem nenhum exame vão

receitando Dipirona e Pla- sil. MEU DEUS! Ou como diz minha tia Maria Eliza:

“ÓhmyGod!” kkkk. O rapaz volta pra casa, continua a sentir dores. Vai pra Rubião e ca sabendo que está com Traumatismo Craniano e com lesões nos rins e bexiga. E o médico daqui lascou Dipiro- na e Plasil nele, vai vendo. Olha, nós estamos danados com a saúde, essa é a verda- de! Pobre não tem direito de car doente. Ficou corre peri- go. Agora lançarei a Campa- nha “Pobre saudável!” kkkk. Toda vez que a gente for ter um lho tem que fazer aquela corrente positiva. Daí nasce o bebê e o médico grita: “Nas- ceu com saúúúde!” kkkk. E lá fora aquela torcida, com bandeiras e cornetas, agita-se

festejando, kkkk. Daí a gente leva o vô no médico e o mé- dico grita: “Está saudável!” kkkk. Nossa! É como gol do nosso time, kkkk. Festa pra todo lado! EXTRA 1! Daí que a D. Iracema, no alto de sua sa- bedoria dos bem vividos 80 anos, saiu com essa: “Olha Sandro, aqui em São Manuel tem político que merece Busto de Madeira! Porque é muito

CARA DE PAU!” kkkk. Boa D. Iracema! E já vou avisan- do. Se quiserem fazer busto de madeira, dou de presente

o óleo de peroba, kkkk. Mas

vê se capricham, por favor. Se capricharem dou o óleo de peroba, espanto pica- -pau e passo lustra móveis, kkkk. Daí que fizeram um Busto de Madeira para mim,

kkkk. E, com esse nariz, um menininho passou e gritou:

“Olha mãe! Um busto do Pi- nóquio!” kkkk. Só se for pela madeira e pelo nariz, porque eu falo somente a verdade, doa em quem doer, kkkk. EXTRA 2! E o concurso

público da Prefeitura? Tem vaga para médico, para den- tista, kkkk. Demoram tanto pra fazer concurso e quando fazem oferecem só vagas fáceis, kkkk. Acho que vou

não,

prestar para dentista

não. Acho melhor para médi- co, kkkk. E tudo para corrigir um erro do Flavinho Silva,

kkkk. O Baroni já deve estar pensando: “É, realmente saiu mais caro o molho do que o frango!” kkkk. Essa é

a cidade que repõe. Lembra

da viatura da PM que foi entregue meses atrás? Pois bem. Era para repor uma que

capotou. Daí o prefeito foi lá

e posou para a foto como se

a cidade estivesse recebendo

uma nova viatura, kkkk. Ago-

ra parece que a prefeitura vai

contratar médicos, dentistas, enfermeiros. Mas é tudo pra

corrigir um erro do ex-prefei-

to. Ou seja: são peças de repo- sição, kkkk. Daí o prefeito vai ao rádio e diz: “Conseguimos uma nova viatura e estamos promovendo Concurso Públi- co!”. NOSSA! E o jornalista “Chapinha”: “Você é o maior prefeito da história de São Manuel”, kkkk. Estão falan- do de altura? EXTRA 3! E o RODO- MOTEL? Ué, não está sa- bendo? O prédio da “nova” rodoviária, totalmente aban- donado, está sendo chamado de RODOMOTEL, kkkk. Até

criaram uns slogans: “RO- DOMOTEL: onde o prazer vem pela rodovia!” kkkkk. “Onde a droga é pontual” kkkk. E a melhor de todas:

“RODOMOTEL: Você entra

e sai quando quer!” kkkk.

Porque, cá pra nós, passa lá

à noite e veja o que tem de

maconheiro no local! Teve até uma senhora, no alto de seus 75 anos, que passou e viu

tanta fumaça de baseado sain- do do local que perguntou:

“Nossa! Será que está saindo aquele trem Maria-Fumaça desse prédio?” kkkk. Então muda o foco. Daqui a pouco o prédio da estação ferroviária, que também está abandona- do, vai estar em melhores condições do que a “nova” rodoviária, kkkk. EXTRA 4! São Manuel tem mais candidatos do que eleitores, kkkk. Converse

pelas ruas da cidade. Você vai ver o que tem de candidato, é uma enormidade, kkkk. Tem

família em que o pai sairá e

o lho também, kkkk. Daí o

lho vota no pai e o pai no

lho, kkkk. E porque você vai votar no seu pai? “Oras!

Porque ele já me fez um mon-

te de favores!” kkkk.

E agora vou fazer um favor para vocês. Vou me retirar, kkkk. PASSA A RÉGUA!!!

favor para vocês. Vou me retirar, kkkk. PASSA A RÉGUA!!! Bancário Compensação de cheques fica mais
favor para vocês. Vou me retirar, kkkk. PASSA A RÉGUA!!! Bancário Compensação de cheques fica mais

Bancário

Compensação de cheques fica mais rápida

Sesde segunda-feira, 18, o prazo para com- pensação de cheques com valor inferior a R$ 299,99 passou a ser de dois dias úteis, informou a Federa- ção Brasileira de Bancos (Febraban). Para cheques acima de R$ 300, o prazo será de um dia útil. Antes,

os prazos eram de quatro e

dois dias, respectivamente. Segundo a Febraban, nos dois casos, o prazo menor irá vigorar em todo

o território nacional, aca-

bando com as diferenças regionais. Em locais de difícil acesso, os cheques poderiam levar até 20 dias

úteis para serem compen- sados. O prazo menor no proces- so de compensação estava

previsto desde 20 de maio,

quando os bancos passaram

a operar a Compensação Di-

gital por Imagem. O projeto começou a ser desenvolvido em 2009 pela Febraban.

O projeto começou a ser desenvolvido em 2009 pela Febraban. Rodovia Passarela ficará pronta até dia
O projeto começou a ser desenvolvido em 2009 pela Febraban. Rodovia Passarela ficará pronta até dia
O projeto começou a ser desenvolvido em 2009 pela Febraban. Rodovia Passarela ficará pronta até dia

Rodovia

Passarela ficará pronta até dia 15 de agosto e acesso ao Distrito de Aparecida é de responsabilidade da prefeitura

Distrito de Aparecida é de responsabilidade da prefeitura Depois da grande dúvida, a Agência Reguladora de

Depois da grande dúvida,

a Agência Reguladora de Ser-

viços Públicos Delegados de

Transportes do Estado de São Paulo (ARTESP) se manifes- tou. De acordo com o órgão,

a passarela que há quase dois

meses está em reforma, cará

pronta até o dia 15 de agosto. Já

o acesso ao Distrito de Apareci-

da de São Manuel, pela rodovia Marechal Rondon, é de respon- sabilidade da Prefeitura de São Manuel, informou a ARTESP.

Passarela – No nal de maio,

a passarela que liga o jardim

Brasília a COHAB I havia sido interditada pela Concessioná- rias Rodovias do Tietê, para melhorias. Passados quase dois meses do início da obra, a pas- sarela encontra-se desmontada. Segundo divulgação feita pela concessionária, os reparos eram

para a manutenção do local.

A nalização das obras

foi postergada em virtude de problemas com a entrega de materiais e falta de mão de obra especializada para a em- presa contratada” informou a

concessionária através de nota ocial. Quanto ao acesso ao cen-

tenário Distrito de Aparecida, via Marechal Rondon, alguns diziam que ele era de respon- sabilidade da municipalidade, outros citavam que o acesso era da concessionária vencedora da licitação.

Atualmente em péssimo estado de conservação e sem nenhuma faixa por diversos metros, a entrada de Aparecida precisa urgente de manuten- ção. A Rodovias do Tietê havia informado que o local era um acesso particular utilizado pelo município e empresas

da região, então por isso é de responsabilidade da municipa- lidade. Já a Prefeitura insiste em dizer que é a concessioná- ria a responsável pelo local, o que não é verdade, segundo a ARTESP. É de conhecimento, princi- palmente dos mais antigos, que o local havia sido asfaltado du- rante a duplicação da rodovia Marechal Rondon e é de suma importância para milhares de moradores que por ali passam diariamente. A ARTESP informou, através de sua Assessoria de Imprensa, que o acesso é de responsabilidade do município de São Manuel. Outras entra- das da cidade, como o trevo Dr. Manoel Grandini Casquel, são sim de responsabilidade da Rodovias do Tietê, mas o de Aparecida, não é o mesmo caso, segundo a agência.

Casquel, são sim de responsabilidade da Rodovias do Tietê, mas o de Aparecida, não é o
Botucatu realiza a tradicional Festa de Sant’ana. R egional São Manuel, sexta-feira - 22 de

Botucatu realiza a tradicional Festa de Sant’ana.

Regional

São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 6A

O DEBATE

sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 6A O D EBATE Pratânia Festa do

Pratânia

Festa do Senhor Bom Jesus e Santa Marcelina em agosto

Será realizada em Pratânia, entre os dias 03 e 07 de agosto, a Festa em Honra ao Senhor Bom Jesus e Santa Marcelina.

O tema desse ano será “As

virtudes teologais (Fé, Espe- rança e Caridade)”, com o lema “Ou o que dará o homem em troca de sua vida?” (Mateus

16,26).

Parte Religiosa – Na terça- -feira, 03 de agosto, às 19h30, acontece o 1º dia “Virtude da Fé”, com a benção para as famí- lias, imagens e objetos gerais. Na quarta-feira, 04, às 19h30, será o 2º dia “Virtude e Esperança”, com benção para

os Agentes Pastorais e Movi- mentos, e para a Água. Na quinta-feira, 05, às 19h,

o 3º dia “Virtude da Caridade”,

com benção para os Agentes da Promoção Social e para os Alimentos. Logo após sairá a procissão com a imagem do Padroeiro e da Padroeira, pelas ruas da cidade. Na sexta-feira, 06, às 19h, acontece a Festa do Senhor Bom Jesus. No sábado, 07, às 8h30, haverá a celebração eucarística.

Parte Festiva – Após a ce- lebração eucarística, haverá show de prêmios, comes e

bebes como cachorro-quente, sopa de mandioca, pastéis e pizza.

Na sexta-feira, 06, acon- tece o tradicional churrasco com frango assado e frango a passarinho. Às 22h, show com Edson e Evandro. No sábado, 07, haverá a missa, hasteamento das bandei- ras e desle cívico. Logo após acontece o almoço do Padro- eiro, com churrasco. Às 14h, começa o leilão de prendas. A Paróquia do Senhor Bom Jesus e Santa Marcelina, a Comissão de Festa e o padre Rogério Zenateli, convidam a todos para prestigiar o evento.

Desbravadores Raios de Sol reiniciam atividades

Areiópolis

Festa de São Cristovão

Na segunda-feira, 25, é comemorado o Dia de São Cristovão, o padroeiro dos

viajantes e dos motoristas. Para que todos possam participar das comemo- rações em Areiópolis, os festejos serão no domin- go, 24, às 9h30, com a celebração da santa missa na Igreja Matriz da cida- de. Logo após haverá a carreata pela cidade, com

a benção dos carros em frente à Igreja.

O almoço será às 12h,

com o tradicional Porco no Rolete, com convites

a venda por R$ 15,00, na

Secretaria da Paróquia. Mais informações pelo telefone (14) 3846-1958.

Paróquia. Mais informações pelo telefone (14) 3846-1958. Copa dos Campeões de Futebol Base O Clube de

Copa dos Campeões de Futebol Base

O Clube de Desbravado- res Raios de Sol comunica que no domingo, 31, das 9h às 11h, estará realizando o cadastramento para o reiní- cio de suas atividades, em Pratânia.

O cadastro será feito para

jovens de ambos os sexos, de 9 a 15 anos, na EE “Profª Maria Aparecida Justo Salva-

dor”, com o Projeto Escola da Família. O clube foi criado em 2006 por Jailton dos Santos, ancião da Igreja Adventista do Sétimo Dia, de Pratânia, que está com uma nova direção e diversas

propostas e ações para o desen- volvimento do grupo. O Clube busca trabalhar

e desenvolver virtudes como

companheirismo, preocupação social, atividades esportivas, lazer, trabalhos manuais, cui- dados com a natureza, e outros. Anova direção de Raios de Sol é constituída por Jailton dos Santos como diretor, El- ton Carlos como vice-diretor e conselheiro masculino, e Ilma da Silva Santos como

conselheira feminina.

A cidade de Areiópolis

será sede da I Copa dos Campeões de Futebol na Categoria de Base.

A abertura dos jogos será

no sábado, 23, às 14h, no

Estádio Municipal “Geraldo Pereira de Barros”, com a presença de 1,2 mil atletas entre 10 a 17 anos, de todo

o Estado de São Paulo. A

entrada será um quilo de alimento não perecível. Logo após a abertura acontece o jogo entre as

equipes Master de Areiópo- lis x Master do Santos. Às 20h, realiza-se o Congresso Técnico, no qual sairão as chaves e os jogos das equipes.

Todas as partidas serão

realizadas das 8h às 20h, até

o dia 30 de julho, no Estádio Municipal de Areiópolis, e algumas no Distrito de Aparecida de São Manuel. A organização é do C.A. Mundial, com apoio do De- partamento de Esporte de Areiópolis. Mais informa- ções pelo site www.camun- dial.com.br.

Botucatu

Shows da Festa de Sant’ana começam hoje

Hoje, 22, começam os sho- ws da tradicional Festa de

Sant’ana, no Largo da Catedral, em Botucatu.

A parte religiosa teve início

no sábado, 16, com a Novena do Divino Pai Eterno, e se en- cerrará no domingo, 24, às 17h, com missa celebrada pelo padre Robson e com a presença da Imagem Peregrina do Divino.

Na terça-feira, 26, às 10h, será celebrada a Missa Italiana. Às 12h, acontece o Almoço Italiano e às 16h, missa solene

de Sant’ana. Aparte festiva começa hoje, 22, com os shows da dupla Gui & Léo e Grupo Eterna Cor. No sábado, 23, os shows cam por conta do cantor Fábio Muniz e Grupo Reencontro.

No domingo, 24, as apre- sentações são do cantor Ro- drigo Montenegro e da dupla Emerson & Marcelo. Na segunda-feira, 25, quem estará se apresentando em Bo- tucatu são os Grupos Negritude Júnior e Grupo S/A. Na terça-feira, 26, se apre- sentam o Grupo Voxdei e a Banda Louvor e Glória.

Workshop oferece contato de vestibulandos com a Medicina

Salas deAula da FMB e também

Estudantes do Ensino Médio

e vestibulandos poderão conhe-

cer toda a estrutura de ensino do curso de Medicina oferecido pela Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB). Ocorre nos dias 13 e 14 de agosto, a terceira edição do Workshop de Medicina, evento que visa aproximar estudantes da vida universitária. A organização é do Centro Acadêmico Pirajá da Silva (CAPS) e da Associa- ção Atlética Acadêmica Carlos Henrique Sampaio de Almeida (AAACHSA). Entre palestras e aulas prá-

ticas, os participantes terão a oportunidade de conhecer áreas especícas do curso de gradua- ção em Medicina como anato- mia, patologia e parasitologia.

Tambémreceberãoinformações cias dentro da faculdade. “Essa

mostra do que é a Medicina,

mes clínicos, técnicas cirúrgicas

o curso em si, é um artifício a

sobre primeiros socorros, exa-

nosdasredespúblicaeparticular

Júnior. A expectativa da organi- zação é reunir mais de 150 alu-

no Laboratório de Anatomia do Instituto de Biociências, ambos no campus da Unesp em Rubião

de ensino. Serão distribuídos kits informativos sobre a Faculdade de Medicina e das associações representativas dos alunos. Segundo Paulo Henrique Gregório, membro do CAPS e organizador do workshop, tanto as palestras quanto as demons- trações práticas pretendem incentivar alunos a conhecerem melhor as áreas que pretendem cursar na universidade. Além disso, o contato com já graduan- dos também auxilia através de relatos de vivências e experiên-

e noções vitais básicas.

Oevento,nosdoisdias,ocor-

re das 8h às 17h na Central de

mais para que o vestibulando conheça mais sobre essa área e a estrutura oferecida pela Facul-

dade de Medicina”, enfatizou. Inscrições para o 3º Workshop de Medicina devem ser feitas exclusivamente e de formaantecipadapelositewww. inscricoes.fmb.unesp.br. Infor- mações podem ser obtidas tam- bém pelo endereço eletrônico ou pelo telefone (14) 3811-6020. Taxas de participação são de R$ 25,00 e R$ 55,00 para alunos da rede pública e particular, respec- tivamente.

Medicina é o curso mais con- corrido da Unesp – Curso de graduação mais concorrido da Unesp nos últimos anos, Medi- cina registrou no vestibular desse ano mais de 11.600 concorrentes por 90 vagas, o que gerou re- lação de 118 candidatos/vaga. Em seus 48 anos de existência, a FMB já formou mais de 3.700

médicos, 1.800 especialistas em seus programas de residência, além de 1.065 mestres e 541 doutores.

Governo de São Paulo traz ópera para Botucatu

Montagem reduzida de “La Traviata” abre o segundo ano do programa Circulando Ópera; a montagem de “Carmen”, estreada em 2010, segue este ano para mais 20 cidades do interior

A Secretaria de Estado

da Cultura realiza a primeira temporada do programa Cir- culando Ópera nos meses de julho e agosto, com apresen- tações gratuitas em cidades do interior e litoral de São Paulo. A ópera Carmen faz parte da programação e já foi apresentada em cidades como Ourinhos, Santa Cruz do Rio Pardo, Garça e Paragua- çu Paulista. A apresentação em Botucatu aconteceu na quarta-feira, 20, às 20h30, no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci. Em se- guida, a ópera segue para Vinhedo e Guaratinguetá. “No ano passado, zemos um piloto do programa com

a ópera ‘Carmen’ e notamos

um grande interesse das pes-

soas em assistir espetáculos do gênero”, a rma Andrea Matarazzo, Secretário de Es-

tado da Cultura. “Nesta nova temporada, aumentamos a quantidade de apresentações

e as cidades que vão partici-

par do programa”. Em La Traviata, uma das óperas mais conhecidas do repertório, é contada conta a história do romance da prostituta Violetta Valery com um jovem aristocrata, Alfredo Germont. A música foi criada pelo compositor italiano Giuseppe Verdi e o texto é do poeta Francesco Maria Piave.

Já as apresentações de Carmen, a famosa ópera do compositor francês Georges Bizet sobre uma cigana, se- guem em todo o Estado. A

história da cigana e do tenente Dom José tem apresentações programadas para os meses

de junho, julho e agosto em mais de 20 cidades. A trama se desenvolve com ares de grande drama, de intensas cores românti- cas e tudo isto reunindo as magnícas peças da ópera, o conteúdo do conto original,

o libreto e uma dose de liber-

dade criativa que torna este espetáculo uma obra original, com pouco mais de uma hora de duração.

Sociedade Paulista de Terapia Intensiva promove palestras na Medicina/Unesp

A Sociedade Paulista de

Terapia Intensiva (Sopati), em parceria com as Unidades de Terapia Intensiva do Hospital das Clínicas promoram na quarta-feira, 20, na Faculda-

de de Medicina de Botucatu/ Unesp, o evento “ASopati mais perto de você”. A programação teve início às 19h, no Anteatro da Patologia. Entre os temas apresentados

em palestras estavam: Ventila- ção Pulmonar Mecânica Não Invasiva e Atualização no Tra- tamento da SDRA (Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo - “pulmão de choque”).

7 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
7 A
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
7 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Pagamento Começou o pagamento do
7 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Pagamento Começou o pagamento do
7 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Pagamento Começou o pagamento do

Pagamento

Começou o pagamento do Abono do PIS/Pasep

Cerca de 4,5 milhões de trabalhadores com conta na Caixa Econômica Federal estão

recebendo desde a segunda- -feira, 19, o abono de um salário mínimo (R$ 510). O valor total pago com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) chega a R$ 2,3 bilhões. As informações são do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Ao todo, foram identica- dos cerca de 18,4 milhões de trabalhadores com direito a receber o benefício, com um dispêndio estimado em R$ 9,4 bilhões ao FAT.

O pagamento dos demais

identificados será feito entre 11 de agosto e 30 de junho de 2012 nas agências do Banco do Brasil (BB) e da Caixa. Para quem recebe pela folha de pagamento, o abono começa a ser pago em julho.

Quem tem direito – Para receber o abono, os trabalha- dores devem estar cadastrados no Programa de Integração

Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos. Também é necessário ter trabalhado pelo menos 30 dias

no ano-base (2009) e ter recebi- do até dois salários mínimos de média nesse período, além de estar cadastrado corretamente na Relação Anual de Informa- ções Sociais/ 2009 (Rais).

 

PIS

 

RECEBEM A

RECEBEM ATÉ

NASCIDOS EM

PARTIR DE

Julho

11/08/2010

 

Agosto

18/08/2010

Setembro

25/08/2010

Outubro

14/09/2010

Novembro

21/09/2010

Dezembro

28/09/2010

30/06/2011

Janeiro

14/10/2010

Fevereiro

21/10/2010

 

Março

28/10/2010

Abril

11/11/2010

Maio

17/11/2010

Junho

24/11/2010

 

PASEP

FINAL DA

INÍCIO DO

ATÉ

INSCRIÇÃO

PAGAMENTO

0

e 1

11/08/2010

 

2

e 3

17/08/2010

4

e 5

24/08/2010

30/06/2011

6

e 7

31/08/2010

8

e 9

08/09/2010

6 e 7 31/08/2010 8 e 9 08/09/2010 Saúde Cartão Nacional de Saúde será obrigatório para

Saúde

Cartão Nacional de Saúde será obrigatório para atendimento no SUS

Agência Brasil

A partir do próximo ano,

para ser atendido nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), o paciente terá de apre- sentar o Cartão Nacional de

Saúde (CNS). Pelo cartão, o histórico de atendimento do pa- ciente poderá ser acompanhado em qualquer unidade de saúde em todo o país.

à unidade de saúde consultar o cadastro nacional para identi-

car o paciente. Caso o paciente

ainda não seja cadastrado, o próprio hospital deve fazer o cadastramento. Além disso, os prossionais de saúde terão de registrar os contatos do paciente para que

a Ouvidoria do SUS possa,

por exemplo, estabelecer um acompanhamento da satisfação do usuário.

serviço prestado. Em maio, o ministério pu- blicou portaria que regulamen- tou o Sistema Cartão Nacional de Saúde, por meio de um número único válido em todo

o território nacional. Para o secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro, a medida vai gerar mudanças no relacionamento do SUS com os cidadãos. Os prossionais de saúde deverão incluir na cha de registro de

procedimentos ambulatoriais e hospitalares o endereço eletrô-

nico e o telefone dos pacientes. Além de aperfeiçoar a iden- ticação dos usuários, os dados ajudarão o Ministério da Saúde

A

portaria com as novas

De acordo com o Ministério

dessas ferramentas faz parte de

a

monitorar os serviços ofere-

regras foi publicada ontem, 21, no Diário Ocial da União. Se a pessoa não se lembrar do núme-

da Saúde, a implementação

uma estratégia para oferecer um

cidos pelo SUS. Por meio da ouvidoria ativa, por exemplo,

ministério pretende pesquisar

o

ro ou não tiver o cartão em mãos

atendimento integral ao cidadão

o

nível satisfação dos usuários

na hora do atendimento, caberá

e

acompanhar a qualidade do

com o atendimento recebido.

acompanhar a qualidade do com o atendimento recebido. POLÍCIA Preso um dos acusados pelo roubo na

POLÍCIA

a qualidade do com o atendimento recebido. POLÍCIA Preso um dos acusados pelo roubo na Relojoaria

Preso um dos acusados pelo roubo na Relojoaria Moretto

A Polícia Civil de São Manuel conseguiu prender na segunda-feira, 18, um dos res- ponsáveis pelo roubo na Casa Moretto, praticado na quinta- -feira, 14. A fuga ocorreu em um Fiat Pálio, e os policiais tiveram acesso a imagens de segurança e conseguiram localizar o respon- sável pelo automóvel. Com 19 anos, Felipe Henrique de Laia havia comprado um automóvel, sem mesmo ter uma carteira de motorista. Talvez por temer pela pró- pria vida, ou dos demais inte- grantes da sua família, Felipe se recusa a fornecer à Polícia o nome de outros integrantes da quadrilha. Quando questionado sobre o porquê de escolher São Manuel para o assalto, o acusado havia dito que um conhecido já esteve

o assalto, o acusado havia dito que um conhecido já esteve visitando o município e conhe-

visitando o município e conhe- cia um pouco a região. “Os pro- dutos roubados foram vendidos por R$ 10 mil a um camelô de São Paulo”, disse Felipe. Paraodr.JoséMárioToniato “é de muito orgulho contar com

uma Polícia Civil tão com- petente. Aqui nós, felizmente, conseguimos solucionar quase a totalidade de ocorrências da cidade e jamais deixamos um caso passar em branco”, disse

o delegado.

Garoto de programa leva tiros e é roubado

Um homem de 35 anos, que se diz garoto de pro- grama, levou dois tiros

e teve sua moto roubada

enquanto aguardava um

cliente na rodovia José Cicarelli (acesso ao aero- porto municipal), na noite do sábado, 16.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima apenas percebeu que o responsá-

vel pelos disparos foi um homem moreno, que fugiu com sua moto após a ação. Depois de levar um tiro no braço e outro no abdô- men, a vítima foi levada ao

HC da Unesp de Botucatu onde permaneceu receben- do tratamento especial. A polícia continua bus- cando mais informações e aguarda laudo da perícia e de balística para investigar de que arma partiram os disparos.

Mutirão revisará processos criminais de presos

Débora Zampier

Agência Brasil

Começou na quarta-

-feira, 20, em São Paulo

um mutirão que irá revisar cerca de 94 mil processos de presos em regime fecha- do no Estado. É a primeira vez que o Estado – que abriga um terço da popula-

ção carcerária do país, com mais de 168 mil detentos – promove o mutirão. A ideia é soltar presos que já cumpriram pena e estão detidos de forma irregular, além de autorizar a pro- gressão para regimes mais brandos, como o aberto ou

o semiaberto, nos casos em

que isso for possível. Os mutirões carcerários são organizados pelo Con-

selho Nacional de Justiça (CNJ) desde 2008 e já pas- saram por todos os estados, exceto por São Paulo. De 276 mil processos analisa- dos nestes três anos, 11% resultaram na libertação de presos. Caso a média se repita em São Paulo, mais de 10 mil presos podem ser colocados em liberdade. Em relação à progressão de regime, a média nacional foi 20,3%, o que corres- ponderia a cerca de 20 mil presos se a estatística se repetir em São Paulo. O Tribunal de Justiça do estado designou 17 juízes

paulistas para se dedicar ao mutirão. Eles contarão com

a ajuda de 50 servidores de

todo o país, e a expectativa

é que o trabalho acabe em dezembro, sendo que nos

demais estados o serviço foi realizado em apenas um mês. De acordo com a Secretaria de Adminis- tração Penitenciária do estado, inicialmente serão examinados os processos da capital, das cidades do

Vale do Paraíba e do litoral. De acordo com o super- visor do Departamento de Monitoramento e Fiscaliza- ção do Sistema Carcerário do CNJ, conselheiro Walter Nunes, o fato de São Paulo ser o último estado a adotar

o mutirão não tem a ver com

resistências locais, mas sim com a preparação para um trabalho desse porte. “São Paulo é um grande desa-

fio. Os mutirões anteriores deram experiência e mais

estrutura para que a gente possa trabalhar agora.”

grande desa- fio. Os mutirões anteriores deram experiência e mais estrutura para que a gente possa
8 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
8
A
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
8 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Programação Programas “Você é curioso?”
8 A São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Programação Programas “Você é curioso?”

Programação

Programas “Você é curioso?” e “Memórias” serão retransmitidos pela Rádio Clube de São Manuel

serão retransmitidos pela Rádio Clube de São Manuel Com o horário de trans- missão da Rádio

Com o horário de trans- missão da Rádio Clube es- tendido até à 0h, a partir de amanhã, 23, a emissora, que

é aliada a Rede Bandeiran-

tes de Rádio, transmitirá os programas “Você é curioso?”

e “Memórias” nas noites de sábado.

Por que o mar é salgado?

A zebra é branca com listras

negras ou negra com listras brancas? Como é que os ga- gos conseguem cantar nor- malmente? Quantos degraus tinha a forca de Tiradentes?

Quantos tijolinhos foram usa- dos na construção da Catedral de Aparecida? Apresentado por Silvania Alves e Marcelo

Duarte, autor da série de livros “O Guia dos Curiosos”. As respostas para as perguntas

mais intrigantes são temas do programa “Você é curioso?”. A reapresentação do pro-

grama será transmitida todos os sábados, às 20h30, e às 21h15 tem início a tradicional Jornada Esportiva. Às 23h entra em cena Mil- ton Parron, com o programa

“Memórias”. Com duração de uma hora, o programa é um documentário de assuntos va- riados, destacando materiais do Centro de Documentação e Memória da Rádio Bandeiran- tes (Cedom).Areapresentação do “Memórias” acontece to- dos os domingos às 5h. Política, artes, espetáculos, esportes: os assuntos que mar- caram o mundo são abordados neste programa, que recupera a história do estado de São Paulo, do País e de todo o planeta.

Colaborador espontâneo Coque, trança, cabelos curtos Tudo fi ca bem com os lenços amarrados na
Colaborador espontâneo
Coque, trança, cabelos curtos
Tudo fi ca bem com os lenços
amarrados na cabeça
O frizz não te deixa
em paz? O coque alto já
não satisfaz seu desejo
de fazer um penteado di-
ferente? O corte curtinho
está num bad hair day e
você não sabe mais o que
fazer? Então, adicione um
elemento extra ao look:
amarre um lenço e vá já
pra rua!
Não precisa fazer um
turbante ou cobrir a cabe-
ça toda. Basta amarrar o
lenço com um nózinho em
cima da cabeça, esconder
as pontas e pronto. Foi as-
sim que algumas meninas
descoladas decidiram ir às
semanas de moda interna-
cionais.
O recurso é ótimo para
ser usado nos dias à bei-
ra-mar ou em cidades
úmidas, onde sempre dá
mais trabalho cuidar dos
cabelos. Lenços pequenos,
como as antigas bandanas,
fi cam melhores com um
só nó, os maiores podem
ser cruzados na frente e
amarrados atrás.
ado fi car mais charmoso,
faça uma trança lateral ou
um coque. Veja as ima-
gens acima e inspire-se!
Segredo: para o pente-
Fonte: achadosdale.
blogspot.com
Segredo: para o pente- Fonte: achadosdale. blogspot.com Homenagem . . . . Oi amigos! Estou mandan-

Homenagem

para o pente- Fonte: achadosdale. blogspot.com Homenagem . . . . Oi amigos! Estou mandan- do

.

.

.

.

Oi amigos! Estou mandan- do um recado de satisfação para dizer que JESUS CRIS- TO acabou de recolher minha preciosa lha ARIÉLLY (no

domingo, 10 de julho de 2011).

E para esclarecer algumas co-

notativas carinhosas que têm sido muito usadas. Não que incomode, pelo contrário, sou grato pela intenção de afeto e amor demonstrada por todos. Faço isso tão somente para

esclarecer à luz bíblica, base essa que era a visão e alicerce de ARIÉLLY. ANJOS: são es- píritos ministradores enviados para servir aqueles que hão de herdar a salvação, portanto ARIÉLLI (lha de DEUS) é mais do que anjo, pois eles serviam a ela! (aos Hebreus, Capitulo 1 - Versículo 14). ESTRELA: corpo celes- te (astro), é fixo e tem luz própria, portanto ARIÉLLY (lha de DEUS) é mais do que estrela, pois ela não tinha luz própria, mas o que resplande- cia em seu semblante era a luz de DEUS. Agora, enquanto viver, vou ceder minha vida totalmente para a CAUSA de DEUS e

levar esse testemunho e exem-

plo de transformação de vida,

que em JESUS CRISTO há

possibilidade de recuperar

valorizar um ser humano

a

e

em muito pouco tempo, e o testemunho da existência do milagre da cura, onde ao m de nove horas consecutivas de cirurgia, o porta-voz da equipe médica, sem temor algum, me

disse que a única esperança da recuperação dos movimentos era “AQUILO”que nós cha- mávamos de “DEUS”. Daí em diante, uma enorme série de milagres aconteceu,

pois ao sair do centro cirúrgico fui ao encontro da maca, dei um beijo nela e disse que ela era uma vencedora. Aí ARIÉ- LY deu imenso sorriso e disse que tinha visto anjos dentro do centro cirúrgico, e mesmo diante do imenso quadro de risco, disse que estava tudo bem graças a DEUS. Em um mês nada conse- guiu arrancar aquele sorriso do rosto dela e nunca dei- xou sua boca a frase “ESTÁ TUDO BEM, GRAÇAS A DEUS”. Nesse período, re- cuperou a função pulmonar, recuperou o funcionamento de rim e bexiga e o controle da retenção urinária, voltou

a funcionar normalmente o

intestino e com controle total.

Um mês de braço, antebraço

e punho engessados e, um

dia após retirar o gesso, sem

fisioterapia alguma, copiou

uma receita ditada na televi-

Paulinho Marciolli, pai de ARIÉLLY:

“15 anos enriquecendo a minha vida!”

são, recuperou o movimento 100% da perna esquerda, e no sábado, DEUS lhe devolveu o movimento da outra perna. “O MILAGRE ESTAVA COM- PLETO; DEUS MOSTROU QUE AQUILO QUE ELE ENTORTA ELE PODE EN- DIREITAR”. Naquela noite oramos e choramos muito na presença de DEUS. ARIÉLLY con- templada com a presença do SENHOR e com seus olhos ainda cheios de lágrimas me disse: “Pai, tudo isso é muito forte. Eu vi anjos na ambulân-

cia quando vinha no dia do acidente, eu vi anjos dentro do centro cirúrgico e DEUS não permitiu em momento algum que eu sofresse!!!”. Nesse momento eu estava segurando em suas mãos, chorando de prazer e gratidão. Então abri a Bíblia Sagrada,

e foi quando DEUS deu na

sua Palavra no capítulo 4 e versículos 13 ao 18 “acerca da ressurreição”, deixando- -nos claro que ELE levaria ARIÉLLY para o Paraíso. Lembrei de dias anteriores, em que ela disse que DEUS tinha prometido colocá-la como rainha. Meditamos na coroa de

glória e posteriormente a isso, dormimos. Domingo, dia da SANTA CEIA na igreja dela. Acordei, dei um beijo em ARIÉLLY

e conversamos. Ela brincou

com a enfermeira que tinha passado na direção da porta, aí, eu sai no corredor, uns dez

metros do quarto, para chamar

a enfermeira para regular o

soro. Nesse momento ela deu

Foi

uma experiência muito forte ARIÉLLI, minha linda e pre- ciosa lha, partiu nos meus braços. E nos seus últimos sus- piros, eu totalmente tomado pelo ESPÍRITO SANTO, pedi para que ela cantasse aquela

canção: “Segura nas mãos de Deus e Vai” Ela disse que não conse-

guia, pois creio eu que seu Espírito já estava se despren- dendo do corpo, e em fração de milésimo de segundos, haveria

um grito, corremos até lá

uma falência de bilhões de cé- lulas vivas ao mesmo tempo Eu continuei dizendo para ela cantar em pensamento, e então cantei no seu ouvido: “Segura nas mãos de DEUS, segura nas mãos de DEUS, segura nas mão de DEUS e vai ” Ela disse três vezes: “Pai, Pai, Pai”. Pensei que ela es- tava dizendo para mim, mais DEUS disse no meu ouvido que não era pra mim, mas sim, que ARIÉLLY estava vendo DEUS, JESUS CRISTO e o ESPIRTO SANTO, a “SAN- TÍSSIMATRINDADE”, e que ELE permitiu que eu ouvisse para ter a certeza de que estava entregando ARIÉLLY das mi- nhas mãos para os seus braços. Nesse momento ELA ins- pirou e foi ao seu encontro DEUS a levou e foi de uma causa de falecimento que não tinha nada a ver com o

terrível acidente que ELE já havia resolvido. O laudo foi tromboembolismo pulmonar. Assim foi o ocorrido, e nessa gigante mobilização que houve em torno desse caso, com a ajuda e a ora- ção de todos os lados, quero deixar bem claro que, nem por mim Paulinho Marciolli, nem pela minha lha Ariélly Sabrina Marciolli, não quero que haja engrandecidos, pois toda Honra seja dada única e exclusivamente a DEUS.

Tivemos coragem sim, mas essa coragem foi quando acei- tamos a JESUS como único e suciente salvador. Daí em diante, toda coragem, força,

ousadia,valentia e todos acer- tos foram adquiridos de apren- dizado e prática da Bíblia. “O TAMANHO DO AMOR É O TAMANHO DA DOR”, e meu amor por ARIÉLLY é do tamanho do universo. Mas o DEUS ao qual eu sirvo é maior, pois foi ele quem criou o universo e entre eu e a devastadora dor, está ELE. Eu sinto a dor, mas ela não pode me machucar. Quase uma semana se pas- sou, a consolação do ESPÍRI- TO SANTO JÁ CHEGOU, graças a DEUS! Então:

do ESPÍRI- TO SANTO JÁ CHEGOU, graças a DEUS! Então: Que não haja saudades, mas boas

Que não haja saudades, mas boas recordações Que não haja sentimento de perda, mas sim de devo- lução, e em excelente estado Que não haja questiona- mento, pois DEUS não deve satisfação Que não haja tristeza, mas sim gratidão Que não haja dúvidas, pois ela está melhor que nós!!! E em tudo darei graças a DEUS, porque tudo que DEUS faz é bom!!!

E dizer a todos que DEUS os recompense grandiosamen- te:

A todos de São Manuel e Botucatu que ajudaram direta ou indiretamente Às autoridades eclesiásticas Às autoridades civis e mi- litares Às autoridades políticas Aos educadores Aos meios de comunicação

À minha família

A todos os nossos amigos

A todos os meus irmãos em

CRISTO A todos os amigos da ARIÉLLY Pois a homenagem de honra foi digna de admiração

DEUS TRANSFORMA DEUS CURA DEUS SALVA DEUS CONSOLA

Vocês conhecem pessoas necessitadas? JESUS CRISTO é o único

mediador entre o homem e DEUS.

E é a solução dos seus pro-

blemas. Torno público meu telefone, 9148-3399, para que

dentro do possível, possa te falar desse imenso amor de Cristo. Eu louvo a DEUS pela vida de cada um de vocês! PAZ DO SENHOR SO- BRE A SUA VIDA!

te falar desse imenso amor de Cristo. Eu louvo a DEUS pela vida de cada um
O Rotary Club de São Manuel reali- zou na sexta-feira, 15, a sua tradicional Festa

O Rotary Club de São Manuel reali- zou na sexta-feira, 15, a sua tradicional Festa do Queijo & Vinho. Páginas 3B

2 º CADERNO

São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 1B

O DEBATE

sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 1B O D EBATE Ponto de Vista
sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 1B O D EBATE Ponto de Vista
sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 1B O D EBATE Ponto de Vista

Ponto

de

Vista - por Gildo Sanches

– Série “Histórias da Rádio Clube AM 1510 kHz”

JJairair TTomazettiomazetti Junior,Junior, oo DDJJ JuninhoJuninho
JJairair TTomazettiomazetti Junior,Junior,
oo DDJJ JuninhoJuninho

.

.

.

.

Jair Tomazetti Junior, o conhecido Juninho, nasceu aqui mesmo em São Manuel no dia 03 de março de 1979, filho de Jair Tomazetti e Francisca N. F. Tomazetti. Casado com Ana Carolina Gallerani, ele tem o filho Bruno Henrique Rodrigues Tomazetti, com 10 anos de idade, e já está anunciando que em breve será pai nova- mente. Juninho fez os seus estudos na Escola Estadual “Prof. Francisco de Oliveira Faraco”. Num certo dia Juninho soube que a Rádio Clube havia dispensado um fun- cionário, e foi até a emissora falar com o Valter Salomão, que era o coordenador na época. “Como eu já tinha trabalhado como locutor em uma emissora FM comunitá- ria da Igreja Católica, achei que seria mais fácil conse- guir o emprego. O Salomão me apresentou para Dona Nenê, conversamos, eu já tinha um certo conhecimento de músicas também, pois já trabalhava como DJ, e ela me deu a oportunidade de fazer parte da equipe Rádio Clube”, lembra o locutor. “Eu integrei o quadro de colaboradores da Rádio Clube de São Manuel desde setembro de 1997, quando os diretores da emissora eram o saudoso dr. Daniel e sua esposa dona Nenê Plese. Em 2000 assumiu a direção da emissora dona Liliana Monti, e a rádio passou por grandes mudanças. Trabalhei na Rá- dio Clube AM até agosto de 2005”, ele conta. Nosso entrevistado, já experiente, começou como locutor e foi ainda operador de áudio, repórter externo e também gravava alguns comerciais. “Sempre estava andando pela cidade atrás da notícia, e na minha época de Rádio Clube vi muita coisa como repórter, que jamais imaginaria ver em outra si- tuação”, relembra. Programas apresentados foram muitos, durante sua permanência na emissora:

“Foram vários programas, e eu não me recordo de todos.

EElele ffoioi llocutorocutor ee ooperadorperador ddee ááudioudio ddaa eemissoramissora ppioneiraioneira ddaa
EElele ffoioi llocutorocutor ee ooperadorperador ddee ááudioudio ddaa
eemissoramissora ppioneiraioneira ddaa cidadecidade
ddaa eemissoramissora ppioneiraioneira ddaa cidadecidade Mas lembro do programa ‘Nossa Tarde é um Show’, que eu

Mas lembro do programa ‘Nossa Tarde é um Show’, que eu e o Alessandro Rogé- rio apresentávamos. Fazía-

mos brincadeiras com os ou- vintes, havia sorteios, ginca- nas, en m, era um programa bem divertido. Fiz também algumas participações no ‘Sociais’, no programa ‘Su- per Sábado’ que o Salomão apresentava e apresenta até hoje, e no ‘Pingo no I’, um programa de humor apresen- tado pelo Neto Nítolo e pelo Morto (Daniel)”. Ao falar dos tempos da Rádio Clube de São Manuel, 1510 kHz-AM, Juninho se lembra de fatos curiosos

São

muitos fatos, por vezes hi- lariantes. A nal de contas,

acontecidos: “Pois é

quem trabalha em rádio sempre tem alguma história para contar, não é mesmo? Olha, havia uma pessoa que frequentava a emissora, e todos os dias ela vinha com sua sacola de nylon, des- sas sacolas retornáveis que, aliás, estão voltando com tudo. Ela sempre carrega- va para cima e para baixo essa sacola, e certo dia nós pedimos para que ela fosse

fazer algo na rua, e sabíamos que iria demorar um pouco. Pegamos a sacola dela e a

Na

hora em que ela saiu, para ir embora para casa, camos espiando. Percebemos que ela saiu meio torta, dava para ver que estava pesada a tal sacola. Começamos a rir

enchemos de tijolos

com isso, mas a pessoa nem se tocou de ver o que estava carregando. No dia seguinte essa pessoa chegou na rádio muito brava, querendo saber quem tinha colocado tijolos em sua sacola (coitada!). Só que aí, sínicos que éramos, perguntamos uns aos outros, mas quem será que colocou

Até

hoje ela deve estar procuran- do saber quem foi que fez a peraltice” Lembrar dos companhei- ros que com ele trabalharam não foi um tarefa muito fácil, pois eram muitos. Desculpan- do-se em caso de ter esqueci- do de alguém, ele citou dona Nenê Plese, Valter Salomão, Alessandro Rogério, Barna- bé, Arnaldo Pereira, Ricardo

tijolos na sacola dela?

Pereira, Wilson Silva, Pereira de Souza, Gustavo Simões, Anderson Lozovoi, Paula Brey, Cláudia Brey, Tânia Casquel, Aline, Cristina Mor- roni, Thais Cordão, o saudoso Toninho Cordão, Paula Iwa- moto, Toninha Gerzely, Caio Silva (Lalau), Cláudia Za- pparoli, Montanha, Alemão, Luís Correa, Gildo Sanches, Neto Nítolo, Daniel (Morto), Bruna Pascucci, Cristiano Castelhano, Fábio Juliani, Fernando Melo, Fernando Medolago, Pedrinho Tedesco e Luís Augusto (Guto). Para Juninho, trabalhar na Rádio Clube de São Ma- nuel signi cou muita coisa. “Cresci na vida pessoal e profissional, aprendi que devemos agarrar com unhas

e dentes as oportunidades

que a vida nos dá. A Rádio Clube foi uma escola para mim, e hoje, tudo que sou e tudo que faço, é graças ao que aprendi nessa passagem pela emissora, que me abriu muitas portas. Graças a isso, atualmente trabalho na Rá- dio Dinâmica FM, e sou DJ, tocando em vários lugares”, ressalta. Ele acha que hoje a Rádio Clube de São Manuel está muito chique: “Está moder- na, com novos equipamentos, grandes profissionais. Isso sem falar que mais do que nunca é líder de audiência. Por onde você passa tem um rádio sintonizado em 1510 kHz-AM, e isso é resultado de um trabalho maravilhoso

que começou há muito tempo. Hoje em dia se uma emissora de rádio não se atualizar, não estiver ligada na tecnologia, ela vai car para trás sim e vai perder sua credibilidade. Vejo que seus diretores não mediram esforços para levar

o nome da Rádio Clube bem

longe. E na internet? Isso é ótimo, pois tem muita gente que adora ouvir a Rádio Clube de São Manuel e hoje já não reside mais aqui, podendo matar saudades da terrinha através do site da Clube, sintonizando-a em qualquer parte do planeta”. Ao final o DJ Juninho deixa sua mensagem: “Quero parabenizar a Rádio Clube de São Manuel por mais um aniversário (72 anos), essa Rádio que já formou grandes pro ssionais de comunica- ção, essa Rádio que é muito querida por todos que nela já trabalharam, essa rádio que presta serviço à comunidade com muito carinho, que sem- pre traz a notícia com rapidez e credibilidade, que traz ale- gria para quem está do outro lado, à frente do rádio. Quero desejar a todos os funcioná- rios e diretores muito suces- so, e que a minha querida Rádio Clube de São Manuel AM, da qual tenho orgulho por ter nela trabalhado, continue brilhando sempre. Parabéns Rádio Clube AM, funcionários e diretores”!

tenho orgulho por ter nela trabalhado, continue brilhando sempre. Parabéns Rádio Clube AM, funcionários e diretores”!
2 B São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
2
B
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
LLebórioebório ee CCrisris IItoto ee WWillianillian BBeteete ee AdrianaAdriana AAnana LLuizauiza ee GGersonerson
LLebórioebório ee CCrisris
IItoto ee WWillianillian
BBeteete ee AdrianaAdriana
AAnana LLuizauiza ee GGersonerson
LLeandroeandro ee LLarissaarissa
DDaianeaiane ee TTaísaís
NNúbiaúbia ee VValdiraldir
MMarceloarcelo ee LucianaLuciana
WWaltinhoaltinho ee LLucasucas
MMárcioárcio ee MaverickMaverick
TThaíshaís ee PPauloaulo
BBianca,ianca, MMariaaria ElisaElisa ee ElianeEliane
EEricksonrickson ee GGlendalenda
AAmandamanda ee JévertonJéverton
BBinhoinho ee WWellell

.

.

.

.

ee ElianeEliane EEricksonrickson ee GGlendalenda AAmandamanda ee JévertonJéverton BBinhoinho ee WWellell . . . .
ee ElianeEliane EEricksonrickson ee GGlendalenda AAmandamanda ee JévertonJéverton BBinhoinho ee WWellell . . . .
ee ElianeEliane EEricksonrickson ee GGlendalenda AAmandamanda ee JévertonJéverton BBinhoinho ee WWellell . . . .
3 B São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
3 B
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
3 B São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Ser chique sempre Por Gloria
Ser chique sempre Por Gloria Kallil Nunca o termo “chi- que” foi tão usado para
Ser chique sempre
Por Gloria Kallil
Nunca o termo “chi-
que” foi tão usado para
qualificar pessoas como
nos dias de hoje
A verdade é que nin-
guém é chique por decreto.
inoportunas, nem procurar
saber o que não é da sua
conta. É evitar se deixar
levar pela mania nacional
físico
quando se pre-
tende corrigir o caráter:
de jogar lixo na rua. Chi-
que mesmo é dar bom dia
não há plástica que salve
grosseria, incompetência,
mentira, fraude, agressão,
intolerância, ateísmo, fal-
E
algumas boas coisas da
ao porteiro do seu prédio
sidade
Mas, para ser
vida, infelizmente, não
estão à venda. Elegância
é uma delas.
Assim, para ser chique
e
às pessoas que estão no
elevador. É lembrar-se do
aniversário dos amigos.
Chique mesmo é não
é
preciso muito mais que
um guarda-roupa ou closet
recheado de grifes famosas
se exceder jamais! Nem
na bebida, nem na comi-
da, nem na maneira de
e
importadas. Muito mais
se vestir. Chique mesmo
chique, chique mesmo,
você tem, antes de tudo,
de se lembrar sempre de
o quão breve é a vida e
de que, ao final e ao cabo,
vamos todos terminar da
mesma maneira, mortos,
sem levar nada material
que um belo carro italiano.
é
olhar nos olhos do seu
O
que faz uma pessoa chi-
interlocutor. É “desligar o
que, não é o que essa pes-
soa tem, mas a forma como
ela se comporta perante a
vida. Chique mesmo é ser
discreto. Quem não pro-
cura chamar atenção com
suas risadas muito altas,
nem por seus imensos de-
cotes e nem precisa contar
vantagens, mesmo quando
estas são verdadeiras.
Chique é atrair, mesmo
sem querer, todos os olha-
res, porque se tem brilho
próprio. Chique mesmo
radar”, “o telefone”, quan-
do estiver sentado à mesa
do restaurante, prestar
verdadeira atenção à sua
companhia. Chique mes-
mo é honrar a sua palavra,
ser grato a quem o ajuda,
correto com quem você se
relaciona e honesto nos
seus negócios.
Chique mesmo é não
fazer a menor questão
de aparecer, ainda que
você seja o homenageado
da noite! Chique do chi-
é
ser discreto, não fazer
perguntas ou insinuações
que é não se iludir com
“trocentas” plásticas do
deste mundo.
Portanto, não gaste sua
energia com o que não tem
valor, não desperdice as
pessoas interessantes com
quem se encontrar e não
aceite, em hipótese algu-
ma, fazer qualquer coisa
que não lhe faça bem, que
não seja correta. Lembre-
-se: o diabo parece chique,
mas o inferno não tem
qualquer glamour! Porque,
no final das contas, chique
mesmo é Crer em Deus!
Investir em conhecimento
pode nos tornar sábios
mas, Amor e Fé nos tor-
nam humanos!
Abraços e Sucesso!!!
MBA em Gestão de Pessoas e Pós Graduação em Gestão Empresarial
Colaborador espontâneo
Graduação em Gestão Empresarial Colaborador espontâneo Rotary População prestigia a Festa do Queijo & Vinho A

Rotary

População prestigia a Festa do Queijo & Vinho

Rotary População prestigia a Festa do Queijo & Vinho A noite de sexta-feira, 15, teve a

A noite de sexta-feira, 15, teve a realização da tradicional Festa do Queijo & Vinho, rea- lizada pelo Rotary Club de São Manuel.

A festa, que já está em sua 14ª edição, aconteceu na Sede de Campo do Clube Recreativo

SãoManuel,erecebeurepresen-

tantes da população da cidade e

região, sendo muito prestigiada. A renda foi em prol do Ban- co de Aparelhos Ortopédicos mantido pelo Rotary Club de São Manuel.

Ortopédicos mantido pelo Rotary Club de São Manuel. Cultura Oficina de Contação de Histórias na biblioteca
Ortopédicos mantido pelo Rotary Club de São Manuel. Cultura Oficina de Contação de Histórias na biblioteca

Cultura

Oficina de Contação de Histórias na biblioteca

Dando seguimento a seus projetos sócio-culturais, a Associação dos Artistas, re- alizou, durante os meses de maio e junho, a “O cina de Contação de Historias”, na Biblioteca Municipal “Dr. Francisco Câmara Ferreira”.

A oficina, coordenada

pela escritora Profª. Ivani

Favero Ciapina, foi direcio- nada a educadores, profes- sores, monitores e alunos das escolas de São Manuel

e ao público em geral, e

ofereceu inúmeros benefí- cios às crianças e adultos, percebendo-se o quanto de prazer e felicidade foi vi- venciado. As crianças tiveram a oportunidade de desenvolver sentimentos e fazer a orar, principalmente, a imagina-

ção e a criatividade. Além disso, conseguiram re etir sobre tudo que acontece em suas vidas. Elas aprendem facilmente a se concentrar, interpretar, aguçar a percep- ção, as emoções, obtêm o gosto pelas histórias, pelas

lendas e contos, bem como despertam bons sentimentos, boas atitudes e sobretudo adquirem o hábito da leitura. “Temos uma nova gera- ção de crianças e adolescen-

tes que se interessam pela leitura e por contos de his- tórias. Esse interesse pode se dar por conta de livros infanto-juvenis com aventu- ras e romances, envolvendo personagens jovens que crescem com os pequenos leitores”, lembra Arnaldo Catalan. “Hoje temos, para

esse público, vários títulos com aventuras, como nos livros do bruxo Harry Potter, do semi-deus Percy Jackson ou nas Crônicas de Nárnia, e romances adolescentes como na saga Crepúsculo. São histórias em que os leitores se identificam de alguma forma com as per- sonagens, e é o que os fazem pegar gosto pela leitura”, naliza Catalan. Em breve a Associação dos Artistas estará divulgan- do outros cursos e o cinas de artes que envolvam a população de São Manuel, e está lembrando que no dia 29 de julho, como em toda última sexta-feira de cada mês, haverá mais uma apre- sentação do projeto “Sala de Visita ao Pé do Coreto”.

sentação do projeto “Sala de Visita ao Pé do Coreto”. Beleza Inscrições para o Concurso Miss

Beleza

Inscrições para o Concurso Miss e Mister São Manuel encerram-se no dia 30 de julho

Miss e Mister São Manuel encerram-se no dia 30 de julho Abertas desde o começo de

Abertas desde o começo

de julho, as inscrições para o

Concurso Miss e Mister São Manuel 2011, terminarão no sábado, dia 30. Interessados devem entrar em contato com o Fundo

Social de Solidariedade, pelo telefone (14) 3812-4415.

O candidato (a) deve ter

idade entre 15 e 25 anos, deve ser solteiro (a) e moças

não estar em gestação. Caso o número de inscritos ultrapas- se 10 para cada modalidade, haverá uma “pré-seleção”.

Diferente das edições anteriores, no Concurso Miss e Mister São Manuel 2011, os candidatos podem ter - lhos. A alteração aconteceu após uma denúncia de que o Mister 2010, Willian Astórga da Silva Gonçalves, tinha uma lha que residia fora do

munícipio. No dia 10 de setembro o mister e a miss Neusa Ferrei- ra Cavalcanti passarão o car- go aos novos representantes da beleza são-manuelense. As diretorias responsáveis

pela organização do concur- so ainda não de niram quais serão os prêmios oferecidos aos vencedores. Durante o mês de agosto os candidatos passarão por diversos ensaios e confrater- nizações. Oportunidade que terão para decidir a Miss e o Mister Simpatia 2011. O tema concurso deste ano será “Bem Brasil”, e o evento será novamente no Ginásio “Prefeito Miltinho Monti”, no Conjunto Polies- portivo “Ayrton Senna”.

e o evento será novamente no Ginásio “Prefeito Miltinho Monti”, no Conjunto Polies- portivo “Ayrton Senna”.
4 B São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
4
B
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
4 B São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 Momento Religioso – 26 de
Momento Religioso – 26 de Julho: Dias dos Avós Irmã Maria Antônia de Santana Galvão,
Momento Religioso
– 26 de Julho: Dias dos Avós
Irmã Maria Antônia de Santana Galvão, OIC
colunacatolica@odebateregional.com.br
Quem não gosta dos avós,
que sempre têm histórias
para contar, e fazem quitutes
deliciosos? Os avós merecem
nosso carinho, amor e gra-
tidão, pois não sabem fi car
sem dar presentinhos para
os netos e netas, quando vão
visitá-los. Sempre me lem-
bro com saudades de minha
avó, que no meu aniversário
me dava lindos vestidos ou
calçados, olhando para mim
para ver se eu gostava do
presente, para ver meu sor-
riso alegre e grato. Era uma
espanhola brava, queria tudo
direitinho, mas ao mesmo
tempo vivia para a casa e
seus netos, sem deixar faltar
nada.
Os avós guardam tesou-
ros de experiência, amor,
doação! O respeito, carinho,
gratidão, sempre devem mo-
rar em nossos corações para
esses entes queridos, que nos
acompanharam no decorrer
de nossos anos. Depois eles
estão na fase que precisam
de nós para ampará-los, dar-
-lhes o melhor possível, para
que se sintam sempre em sua
casa e saibam que não são
pesos, mas pessoas maravi-
lhosas, que trabalham para
formar seus fi lhos e agora
querem viver com a alegria
de seus jovens netos, e assim
terem uma vida tranquila e
feliz.
Nunca diga a Deus que
você tem um grande proble-
ma! Diga ao problema que
você tem um grande Deus!
Laís Eduara
Paulo Sérgio Corrêa
Bruno Breithaupt
22/07
22/07
23/07
Arraiá
Festa Julina na Cohab II
A
comunidade da Cohab
contou com a apresentação da
II
realizou no sábado, 16, a
sua tradicional Festa Julina,
em frente a Igreja de Nossa
Senhora de Fátima. O evento
Dança da Quadrilha, show ao
vivo e muitas brincadeiras e
barracas de comes e bebes.
A renda será revertida em
prol da pintura da Igreja Nos-
sa Senhora de Fátima.
A organização dos festejos
agradece a presença e cola-
boração de todos no evento.
Maria T. A. Mariani
Sandra Joner
João Paulo Barren
23/07
23/07
27/07
Padroeiro
Domingo acontece
Festa de São Cristovão,
o protetor dos motoristas
Lincoln Augusto
Virginia Martinez
Ana Tereza
24/07
25/07
25/07
No domingo, 24, será reali-
zada a Festa de São Cristóvão
pelas paróquias da cidade.
tes, pregando a nova causa com
fé e garra, transformando-a em
sua lei.
O
Dia de São Cristovão é
comemorado em 25 de julho,
que neste ano cai na segunda-
-feira. Em São Manuel, a tradi-
ção de celebrar o dia de Santo
Antônio acontece desde 1969.
Iniciada pela Paróquia São Ma-
nuel, a festa hoje é comemorada
também pela Paróquia Nossa
Senhora Consolata.
Conta a história que Cris-
tovão significa “aquele que
carrega Cristo”. Protetor dos
viajantes e dos motoristas.
Martirizado no século três, pos-
sivelmente viveu na Síria. São
Cristovão é também o padroeiro
dos taxistas.
Segundo a história, Cristo-
vão era um gigante materialista
com manias de grandeza. Su-
pondo que o rei a quem servia
seria o maior do mundo, na
verdade Cristovão, sem saber,
servia ao satanás, dentro da
presteza. Porém, o gigante vivia
triste, mal-humorado e imundo.
Através de um ermitão, o
gigante descobriu o verdadeiro
Rei. Informado, passou a fazer
caridade para servir ao novo
Senhor; trocou suas manias e
passou a servir seus semelhan-
No rio, passou a baldear
as pessoas, vadeando-as com
louvor. O gigante, agora limpo,
passou a ter a alegria em seu
semblante. Numa noite, um
menino chegou ao bom gigante
própria igreja de Nossa Senhora
Consolata, e logo em seguida
será realizada à benção dos
veículos em frente à igreja.
Apartir das 12h haverá uma
feijoada no Salão de Festas da
igreja. Para maiores informa-
ções ou obtenção de convites
antecipados, o telefone para
e
lhe pediu: “É possível tu me
contato é (14) 3841-6068.
Emerson Pagan
Maria L. G. Oliveira
Adriana Moratelli
transportar para a outra mar-
gem do rio?”
25/07
25/07
26/07
Cristóvão pegou o menino
nos ombros e seguiu o seu ro-
teiro. Só que, a cada passo dado,
Paróquia São Manuel – Em
sua 42ª comemoração a São
Cristóvão, a paróquia realizará,
às 9h, a missa dos motoristas
o
menino lhe pesava cada vez
mais; parecia ao gigante estar
carregando o peso do mundo
inteiro. Ao observar o espanto
de Cristovão, o menino lhe fa-
lou: “Em teus ombros, levaste
mais que o mundo inteiro. Tu
carregaste o Senhor do Mundo.
Eu sou Jesus, aquele a quem tu
serves
na Igreja de Nossa Senhora do
Perpétuo Socorro.
Logo após haverá a carre-
ata levando a imagem de São
Cristovão, saindo da Igreja e
percorrendo a av. Éneas Cintra
da Silveiras, e ruas José Salles,
Dr. Júlio de Faria, avenida
Irmãs Campos Silveira, 7 de Se-
tembro. A benção dos veículos
será em frente a Igreja Matriz.
A parte festiva acontece na
CLEMBESC – Creche Dona
Leonor Mendes de Barros, com
Sophia
Taize Matano
Valdir N. Barbosa
26/07
26/07
26/07
Acompanhe a programação
das Paróquias Nossa Senhora
Consolata e São Manuel para
as comemorações da data no
domingo, 24.
o
tradicional almoço e música
Paróquia Nossa Senhora
Consolata – Abrindo as come-
morações haverá uma missa
para os motoristas, às 9h30, na
ao vivo. Os ingressos estão sen-
do vendidos a R$ 15,00. Mais
informações, entrar em contato
na Paróquia São Manuel, fone
3841-2500, ou com a Comissão
de Festa.
Vera M. S. Campos
Gabriel Rondina
Fê Maron
26/07
27/04
27/07
Almoço
Porco no Rolete em Aparecida
A
Paróquia Nossa Senhora
arroz, feijão gordo, mandioca
de Nossa Senhora Aparecida.
Aparecida irá realizar o 2º Por-
co
salada. As bebidas serão ven-
didas a parte.
Os convites estão sendo
e
no Rolete, no dia 7 de agosto,
em Aparecida de São Manuel.
Mais informação pelo tele-
fone 3841-3071 ou na Secreta-
ria da Paróquia. Os organizado-
res da festa convidam a todos
Alana D. da S. Rosa
Angela F. S. Tonon
Cynthia Serafim
O
evento será no Salão Pa-
28/07
28/07
28/07
roquial, às 12h, e será servido
a
junto com o prato principal,
vendidos no valor de R$ 20,00
por pessoa. A renda será re-
vertida em prol do Santuário
participar e colaborar com o
Santuário.
Colaborador espontâneo
A renda será re- vertida em prol do Santuário participar e colaborar com o Santuário. Colaborador
A renda será re- vertida em prol do Santuário participar e colaborar com o Santuário. Colaborador
A renda será re- vertida em prol do Santuário participar e colaborar com o Santuário. Colaborador
5 B São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
5 B
São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011
5 B São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 O S P I O

OS PIONEIROS

A história da tradicional família são-manuelense

Apoio:

A história da tradicional família são-manuelense Apoio: Família Marcelino Miguel Roberto Nítolo E la podia estar
A história da tradicional família são-manuelense Apoio: Família Marcelino Miguel Roberto Nítolo E la podia estar
A história da tradicional família são-manuelense Apoio: Família Marcelino Miguel Roberto Nítolo E la podia estar

Família Marcelino

Miguel Roberto Nítolo

E la podia estar amargan- do toda sorte de apu- ros, mas não deixava de sair em socorro do filho que, residente em

Bauru, era - na oportunidade - o que mais carecia de ajuda. Não se chamava Tereza e nem era de Calcutá, mas se desdobrava para

atender às necessidades daquele descendente e de seus quatro netos, todos pequenos, um deles bastante doente. Muitas vezes

tirava da própria boca para que nada faltasse na casa humilde de Euclides, que por causa dos eleva- dos gastos com remédios via seu pequeno salário ser reduzido quase

a pó no fim do mês. Que sufoco e quanta falta de perspectiva. Ensacador numa indústria de ração, Euclides se sentia incomodado diante daquele quadro, pois sabia que sua mãe

também visitava outros familiares com a mesma intenção de estender

a mão a despeito da escassez de

que também padecia. Ele ficava aflito com o fato de que Aparecida das Dores, que trabalhava aqui e acolá com o pro- pósito de garantir o seu sustento, tinha outras responsabilidades: ela chamara para si o compromisso pela assistência ao pai, Antonio Tomé Villela, avô de Euclides, viúvo há muito tempo e bastante doente, lavrador que depois de anos de labuta na roça foi vencido pela temível gangrena. A doença

ceifou uma de suas pernas e ele passou a precisar da ajuda da filha para levar uma vida condigna. “Meu avô morava com minha mãe e dependia dela para tudo, mas mesmo assim ela encontrava tempo para tomar conta de nós”, relata Euclides.

O “nós”, no caso, eram os sete

filhos que Aparecida das Dores ti- vera com José Antonio Marcelino, com quem contraíra matrimônio na segunda metade dos anos 30, um homem rígido, porém traba- lhador, que deixou a família exatos

26 anos depois de ter repetido diante do padre que oficializou a cerimônia de casamento, em voz firme, mas emocionado, “até que a morte nos separe”.

O fato é que Aparecida das Do-

res se sentia feliz fazendo aquilo, e nunca reclamava. Tomava o ônibus pela manhã para Bauru, uma vez por mês – sempre aos sábados, quando

não tinha de ir ao trabalho –, e, volta

e meia, pernoitava na casa do fi-

lho. Além de gêneros alimentícios – ela montava a seu modo uma espécie de cesta com produtos básicos comprados nos armazéns de secos e molhados –, também levava brinquedos para os netos. Nesse meio tempo, Euclides Marcelino mudou de emprego na esperança de melhorar de vida

Marcelino mudou de emprego na esperança de melhorar de vida Euclides, hoje aos 63 anos: “Comecei

Euclides, hoje aos 63 anos: “Comecei a trabalhar ainda menino”

Lições de amor

Aparecida das Dores comeu o pão que o diabo amassou, mas nunca perdeu a esperança. Alçada à condição de chefe da casa quando menos esperava, ela terminou de criar os lhos com valentia e resolução.

terminou de criar os fi lhos com valentia e resolução. José Antonio, em foto dos anos

José Antonio, em foto dos anos 90: bodas de prata e sete filhos

Antonio, em foto dos anos 90: bodas de prata e sete filhos Aparecida das Dores, em

Aparecida das Dores, em foto de 1995: elevada à condição de chefe da casa, no início dos anos 60, saiu para a luta e venceu

e,

dessa forma, liberar a mãe da-

que 8 anos quando passei a trazer

“Tempo difícil” - Curiosamente,

quele sacrifício. “Arranjei vaga como conferente de estoque em uma importante empresa do setor alimentício, mas minha condição financeira só melhorou quando retornei a São Manuel, em 1982”, conta. Aparecida das Dores era uma lutadora. Depois que o marido

dinheiro para casa”, diz Eucli- des. Ele conta que foi admitido como uma espécie de “faz-tudo” por uma família tradicional do município e financeiramente bem- -posicionada. Limpava o quintal, aguava o jardim, engraxava os sapatos da casa, ia ao armazém (extinto Empório Brasil), enfim,

abandonou o barco ela foi à luta sem se indignar com a dureza em que agora, sozinha, sua vida se transformou. Por sorte teve a compreensão e a colaboração dos filhos, uns maiores, outros ainda menores, que também arregaça- ram as mangas e, assim, puderam ajudar a limar as asperezas de um lar privado da figura do pai.

fazia o que tinha de ser feito, ele conta. Sobrava tempo para brincar? “Pouco ou quase nada, pois eu chegava da escola, almoçava e, sem perder tempo, caminhava para o trabalho”, ele descreve. Ao completar 12 anos, Euclides foi para a roça. Na realidade, essa era uma vida comum a muitos

Boia-fria - Na verdade, com

são-manuelenses que seguiam os passos dos pais e, assim, ajuda-

exceção do mais novo deles, os filhos de Aparecida das Dores já trabalhavam. Tiveram apenas de firmar um pacto de solidariedade com a mãe – claro que tudo feito mentalmente, sem acordo verbal

vam a prover o sustento de suas casas. O café e a cana de açúcar arrastaram e continuam levando muitas pessoas para o trabalho no campo. Euclides só deixou de tomar o

ou escrito – e, desse jeito, manter a família nos trilhos. Quando o pai

caminhão de turma – nome dado ao veículo que levava e retornava

se

foi, Benedito e Terezinha, os fi-

com os camponeses que moravam

lhos mais velhos, já eram casados.

na cidade - quando atingiu a maio-

E

estavam, compreensivelmente,

ridade. Em 1967, e com 18 anos

envolvidos com a sobrevivência de seus lares. Já Aparecido, lavrador e com

(ele nasceu em 1948), o filho de Aparecida das Dores podia ser visto de farda e coturno como

18

anos, servia no Tiro de Guerra

atirador do TG 47.

47

(TG) local; Maria do Carmo,

Três anos mais tarde, aos 22,

com 16, trabalhava de empregada doméstica; Euclides e José Eduar- do, o primeiro com 13, o segundo com 11, labutavam na zona rural como bombeiros, nome dado às pessoas que servem água potável aos trabalhadores (José Eduardo continua até hoje lavrando a ter- ra). E o caçula, Antonio Paulo, de apenas 8 anos, por questões óbvias não tinha emprego porque ainda era muito novo. Vamos tomar o exemplo de Euclides para retratar a realidade da vida dos Marcelino 50 anos atrás. O filho que Aparecida das Dores socorria quando ele residia em Bauru, começou a trabalhar ainda criança, num tempo em que José Antonio Marcelino era parte da família. “Não tinha mais do

Euclides subiu ao altar e trocou alianças com Maria Aparecida de Oliveira, um passo importante que acabaria dando novo contor- no à sua vida. “Nessa época, eu trabalhava de boia-fria cortando cana entre São Manuel e Barra Bonita”, ele relata, informando que se manteve fiel a essa rotina até 1990. Em 1991, ingressou nos quadros de funcionários da Cooperativa de Cafeicultores da Zona de São Manuel – Cafenoel, primeiro como vigilante e, poste- riormente, como frentista do posto de abastecimento da entidade na Avenida José Horácio Mellão.

Antonio Paulo, o irmão mais novo de Euclides, também trabalhou na

Cafenoel, ocupando em meados dos anos 2000 as funções de caixa no finado auto-serviço daquela corporação. Antes, passara pelo Banco Itaú e, atualmente, é ba- lanceiro na Usina Açucareira São Manoel. “A bem da verdade, tra- balho desde os 8 anos de idade”, diz o caçula dos Marcelino. Ele conta que começou exatamente como o irmão Euclides, prestando serviço a uma conhecida família são-manuelense para, aos 12 anos, mudar de ocupação: foi ser ser- vente de pedreiro.

Já maior de idade, depois de passar pela agência local do Itaú, Antonio Paulo foi contratado para atuar junto ao almoxarifado da Usina Açucareira São Manoel. Ainda integrou o quadro de fun- cionários da Fiação São Manuel

e do posto de abastecimento do

Xitão para retornar à usina, em

2008, e onde se encontra até hoje. Mas isso não é tudo. “Também sou mesário nos jogos de futebol, de campo e de salão, atividade que

é parte de minha vida desde os

primórdios dos anos 80”, ressalta Antonio Paulo. Mas, naquela casa, não foram apenas os filhos que colocaram a mão na massa como remédio para os males da carestia. Ninguém

da família se precipitou de corpo

e alma no mercado em nome do

bem-estar dos Marcelino como a diligente Aparecida das Dores, uma mulher franzina, é verda-

de, mas um ser humano forte de corpo e de espírito. “Antes de o casamento se desfazer, a atuação de minha mãe era essencialmen- te doméstica”, afirma Euclides. “Afinal, éramos nove em casa,

e ela dava um duro danado para

administrar o lar.” Assim que o marido foi embo- ra, e agora investida na condição de chefe dos Marcelino, Apareci- da das Dores teve de se virar para garantir o sustento da família. Ela tomou o caminho da roça, foi apa- nhar café e, de quando em quando, brandir a enxada, escalpelando o mato e as ervas daninhas que se desenvolviam sob os cafezais. Nessa época, a família residia em

uma casa alugada, de propriedade da família Carlos, na Rua Eliseu Augusto Teixeira. “Foi um tempo muito difícil, uma sofreguidão mesmo”, declara Euclides. Ele conta que sua mãe ainda trabalhou para as “catações” de café, firmas que tinham a fina- lidade de limpar e selecionar os grãos, ficando apenas com aqueles de reconhecido valor comercial. Um tipo de trabalho que, nos anos 60, envolveu boa parte do muni- cípio porque, em muitos casos, a “limpeza” podia ser feita na casa do catador. Aparecida das Dores

ainda teve a fase de diarista, vindo

a trabalhar de empregada domésti-

ca em diversas residências. A família que o baiano Gusta- vo Onofre Marcelino, natural de Barreiras, plantou em São Manuel, para onde ele veio, no início do século passado, já produziu vá- rias gerações. Onofre casou-se

aqui com Benedita de Oliveira, nascida em Pratânia e filha do colono Hermínio Inácio, e com ela teve quatro filhos: José Antonio, Euclides, Malvina e Lourdes. As duas mulheres da casa cresceram

e se mudaram para a capital, ainda

na década de 40. Euclides casou- -se com Benedita de Oliveira e se mudou para Botucatu. Em São Manuel ficou apenas o primogê- nito José Antonio, nascido em 1915 e que esposou Aparecida das Dores no final dos anos 30, tendo chegado a festejar com ela as bodas de prata. Os filhos de José Antonio e Aparecida das Dores constituíram assim suas famílias: Benedito, lavrador aposentado, residente em Bauru, casou-se com Aparecida dos Santos e é pai de Rose, Airton, Margarete, Maria Inês e Antonio Marcos; Terezinha, falecida, foi casada com Ariovaldo de Mora- es, autônomo, e mãe de Silvana, Sílvia, Sueli e Sinval; Aparecido, aposentado da Companhia de En-

trepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), é solteiro; Maria do Carmo, doméstica, é mãe de José Roberto; Euclides, aposentado, uniu-se pelo matri- mônio a Maria Aparecida de Oli- veira (Eliana, Émerson, Ricardo, José Marcelo e Marcilene); José Eduardo, lavrador, é casado com Maria Savaregno (Eliane) e Anto- nio Paulo, funcionário da Usina Açucareira São Manoel, casou-se com Lourdes Aparecida Dallacqua (Gustavo, Geórgia e Giúlia).

com Lourdes Aparecida Dallacqua (Gustavo, Geórgia e Giúlia). O caçula Antonio Paulo: balanceiro na Usina São

O caçula Antonio Paulo: balanceiro na Usina São Manoel

C lassi fi cados São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página

Classi cados

São Manuel, sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 6B

O DEBATE

sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 6B O D EBATE Gol Power 1.6
sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 6B O D EBATE Gol Power 1.6
sexta-feira - 22 de julho de 2011 - Página 6B O D EBATE Gol Power 1.6

Gol Power 1.6, 03, ál- cool, cinza, D.I, T.E, AL, único dono – (14) 9708- 5747, com Eduardo das 12h30 às 18h30

Parati 1.8, 04, flex, prata,

4 portas, R$ 21.500 –

(14) 3846-1810 / 9753- 0499, com Benedito

Gol Trend G4 1.0, 09, preto, único dono, R$

21.900 – (14) 9795-3087

Marcelo

Gol G3, 04, cinza, 4 por- tas, entrada mais 45x

R$530 – (14)9168-7787/ 9753-3132, com Kellyl

Saveiro 1.6, 07 / 08,

preta, cabine simples, R$

25.500 – (14) 9795-3087,

com Marcelo

4 Outras Marcas
4 Outras Marcas

Clio, 01, vermelho, com- pleto, R$ 17.500 – (14)

9164-343991

4 Comp Carro
4 Comp Carro

Ford Maverick, auto- mático ou não, em bom estado – (14) 3841-1727,

com Nélio

6 PES
6 PES

Ford Car 4331, 04, bran- co, R$ 120.000 – (14) 3841-2596 / 9735-7052

Ford Carg, 02, verde,

com baú, R$ 65.000 –

(14) 3841-2596 / 9735-

7052

Ford F 1100, 85, azul, R$

28.000 – (14) 3841-2596

/

9735-7052

Ford, 85, azul, R$ 20.000

– (14) 3841-2596 / 9735-

7052

Mercedes 1418, 91, amarelo, com carreta,

R$ 75.000 – (14) 3841-

2596 / 9735-7052

Mercedes 1620, 03, amarelo, R$ 120.000 –

(14) 3841-2596 / 9735-

7052

Mercedes 2213, 78, branco, R$ 38.000 – (14) 3841-2596 / 9735-7052

Mercedes 2213, 81,

branco, R$ 50.000 – (14) 3841-2596 / 9735-7052

Mercedes 2217, 78,

branca, com baú R$

38.000 – (14) 3841-2596

/

9735-7052

Mercedes L2213, 82, azul, R$ 48.000 – (14) 3841-2596 / 9735-7052

Mercedes L2217, 89, vermelho, R$ 80.000 – (14) 3841-2596 / 9735-

7052

Ônibus Mercedes Bens Ciferal, 94/94, amarelo, R$ 37.000 – (14) 3841-

2596 / 9735-7052

Ônibus Mercedes Bens,

94, branco, R$ 43.000

– (14) 3841-2596 / 9735-

7052

Ônibus Mercedes Bens,

96/97, branco, R$ 55.000

Honda Biz 125 ES, 07,

prata, 15 mil km, R$ 4.500

– (14) 9162-8741, com Edson

Honda Biz, 08, partida

elétrica, prata, R$ 4.400

– (14) 9177-4344 com Welligton

Honda Brós KS, 07, preta

– (14) 9106-5257

Honda CB 500, 00, ver-

melha, bem cuidada, R$

15.000 – (14) 9162-9577

Honda CG Titan 125, 03, azul, R$ 2.900 - (14) 9605- 2957, com Marcelo

Honda CG Titan 125, 03, gas, prata, em bom esta- do, R$ 2.800 – 9194-3976 Honda CG Titan KS 125, 04, preta, R$ 2.900 – (14) 9103-7150, com Francisco Honda Falcon 400, 03, gas, preta, original, doc. OK, R$ 9.500 – 9194-3976 Honda Lead 110, 10, pre- ta, com apenas 600km rodados, R$ 2.800 + 21 parcelas de R$ 326 – (14) 9147-7683, com Isabela

Honda Twister 250, 08,

cinza metálica, único dono,

Casa na Aparecida, 2

quart, sal, coz, WC, R$

30.000 – (14) 8175-2805

com Márcia

Casa na Aparecida, rua Julio Coelho da Silva, 39

Jd. Ana Vitória, com 1 quart, sal, coz, WC, ga- ragem, lavanderia, preço

a combinar – (14) 9142- 9184, com Luis

Casa na Cohab I, 3 quart, sal, coz, WC, garagem para 2 carros, rua Genésio Dinhani, 106, R$ 85.000 – (14) 9164-3565, com Pedro Casa na Cohab V, 2 quart, sala, coz, 2 WC, lavande- ria, garagem, salão para comércio, total de cons- trução 112 m² – (14) 3841- 3376 / 9168-3706

Casa na Cohab V, 2 quart, sala, coz, WC, garagem,

- (14) 9161-6135 / 3842- 2910, com Esmael

Casa na Cohab V, inte- ressados entrar em con- tato (14) 3841-7553, com Estela

Casa na Santa Mônica, 2

quart, com suíte, sala, coz,

Sítio no Cataneo Angelo,

1 km da Mar. Rondon,

com 6,2 alq., 14.500 pés de café, 1 casa sede, barracão, casa p/ caseiro, tulha para 1.000 sacas de

café em grãos, 2 terreiros em alvenaria, 1 pocilga,

4 baias, 1 cx d’água de

10.000 L, 10.000 m² em terra para cultura, 1.500 m² de mata preservada, 1 trator Agrale 4100, 1 car- reta, roçadeira, sulcador, areador, R$ 61.300 o alq. (14) 3841-1106 / 9786- 3012, com Andréia

Terreno na Nova Con- quista, murado, com por- tão eletrônico, casa em construção, 10x25m², na

rua Pedro da Silva, 201, R$ 55.000 – (14) 9167-

1643 com Dinho

Terreno Parque Recreio,

193 m², sendo 10 x 19,5,

R$ 30.000 – (14) 3841-

6158

Terreno, no Jardim Ouro Verde, de esquina, com 270m², com uma casa grande de madeira no

Carrinho de Carro, para

crianças até 1 ano – (14)

9168-1742

15

cd – (14) 3842-

Cômoda, 2 gavetas pe- quenas e 4 grandes, ma- deira Imbuia – (14) 8121- 6478, com Thiago

Computador, 40 HD, 512 de memória, processador AMD, completo, já está, com XP, R$ 350, com a impressora por R$ 100 HP – (14) 91050333, com Paulo

Empresa de filmagem

de festas e eventos

8113-1318

Equipamentos indus- triais seminovos para pani cadora, forno Turbo Inteligente, a gás, Lieme para 4 esteiras; Masseira rápida, MR 50; Modela- dora de pães – (14) 9116- 6274, com Alessandro

Escrivaninha, com 2 gavetas, R$ 100 – (14) 38411629, com Ana

Esteira Caloi, pouco tem- po de uso, R$ 600 – (14) 9669-6116, com Renato Fitas de Videocassete,

seladas, R$ 3 cada – (14) 3841-2766, com Francis- co Corá

Fogão Industrial, 4 bo-

cas, com forno, man- gueira, 2kg para entrada de gás, seminovo – (14) 9197-6294, com Daniela Fogão, marca Dako, 4 bocas, bege, mesa de

inox, tampa de vidro, R$

100 – (14) 9142-0350,

com Ivan

Garapeira, R$ 2.000, com Carroça. R$ 1.000, interessados ligar (14) 9109-2514, com Wilson

Grade, alumínio, 8,5m por 90 cm, R$ 350 – (14) 9142-0350, com Ivan

Guarda-Roupa, cor bran- co, com tabaco, com 3 portas, 2 gavetas e rack para computador e ma-

leiro, com 2 portas – (14) 8121-6478, com Thiago

Jogo de sofá, com 2 e 3 lugares, bom estado, R$100 – (14) 9154-7010

Loja de Calçados e acessórios infantil, preço a combinar – (14) 9137-2753, com Cláudia

Madeira de Eucalipto, Citriodória, de 25 anos, tora, palanque, lenha,

entrar em contato na Fa- zenda Minagua em Pratâ-

nia – (14) 9101-7103

Malote, com roupas,

novas, araras de loja, pro-

Máquina de costura, zig- -zag, com gabinete, Nova, R$ 350 – 3841-1629, com Ana

Máquina de lavar, Côn- sul, 10 kg, R$ 900 – (14)

38413217/ 9188-0581, com Márcio ou Fernanda Módulo, automotivo, 500 Watz, com 2 falantes de 6’ oval, preço a combinar – (14) 9142-0350, com Ivan Monitor 22”, LCD, R$

290 – (14) 9757-9275,

com Antonia

Móveis a venda, cômoda Bartira R$ 95, armário 6 portas R$ 150, cama box casal R$ 400, geladeira

Eletrolux R$ 500, armário de cozinha Etatiaia R$ 250, mesa de cozinha R$ 150 – (14) 38413217/ 9188-0581, com Márcio ou Fernanda

Móveis, rua Pedro Silva, 30, Jardim Nova Conquis- ta (14) 9737-8782, com

Miranda

Netboock Acer, 2GB de RAM, HD 250GB, novo, R$ 700 – (14) 3841-5251, com Cássio

Piscina de Fibra, 3.000 litros – (14) 3841-6153 / 3841-6371, com Carlos

Play Station II, 2 con- troles, vários jogos, R$

300 – (14) 8144- 2775,

Postes de Concreto, 6, 8 e 10 metros, entrar em contato na Fazenda Mi- nagua em Pratânia – (14)

91017-103

Babá e faxinas – (14) 9748-3683, com Cláudia

Babá, acompanhante

– (14) 3841- 1727, com Tatiane

Babá, empregada, faxina, serviço gerais, Rua José Tirapeli, 40 Cohab I, com Adriana de Oliveira

Babá, faxina, empregada, exceto caixa – 8116-0764 Carpinteiro, caseiro, ser- viços gerais em sítio ou fazenda, solteiro – (14) 9168-7718, com Francisco Caseiro, 3841-6592, com Humberto José da Silva Santos

Caseiro, com experiên- cia de retireiro e serviços

rurais – (14) 9101-8380 / 3841-1734 (recados)

Caseiro, com experiência, esposa mais dois filhos

– (14) 8139-9014 / 9732-

9549

Caseiro, serviços gerais, - (14) 9794-8785, com João Paulo

Depilação, com método exclusivo – 3841-4439, com Lena

Encomendas de peças em crochê, 9798-9989

Encomendas de salgado para festas – 3842-1587, com Ana

Encomendas de salga- dos e bolos – 3841-5486, com Marici

Encomendas de salga- dos para festas – 3841- 7011, com Natália

Encomendas de salga-

dos para festas – 9737-

2739

Encomendas de salga-

dos para festas – R$

15 o cento – 3842-2329,

com Paula

Encomendas de salga-

dos, doces e bolos para festas, 9712-6995, com

Cristina

Encomendas doces e bo- los para festas, e vende-

-se mel de eucalipto, favo

e própolis – 3842-3221 /

-se mel de eucalipto, favo e própolis – 3842-3221 / 12 CHEVROLET Blazer , 98, gas,
12 CHEVROLET
12 CHEVROLET