Вы находитесь на странице: 1из 6
Qualidade de Software

Qualidade de Software

Qualidade de produto de software A totalidade das características que sustenta sua habilidade em satisfazer

Qualidade de produto de software

A totalidade das características que sustenta sua habilidade em satisfazer necessidades declaradas ou implícitas.

ISO 8402: 1986

Produto de Software Um produto de software compreende os programas e procedimentos de computador e

Produto de Software

Um produto de software compreende os programas e procedimentos de computador e a documentação e dados associados, que foram projetados para serem liberados para o usuário [ISO /IEC 12207-1].

Qualidade de software (Pressman)

Conformidade com requisitos funcionais e de desempenho explicitamente declarados, padrões de desenvolvimento explicitamente documentados e características implícitas, que são esperadas em todo software desenvolvido profissionalmente.

Qualidade de software (Pressman)

Conformidade com requisitos funcionais e de desempenho explicitamente declarados, padrões de desenvolvimento
Conformidade com requisitos funcionais e
de desempenho explicitamente declarados,
padrões de desenvolvimento explicitamente
documentados e características implícitas,
que são esperadas em todo software
desenvolvido profissionalmente.

Base a partir da qual a qualidade é medida

Qualidade de software (Pressman) Conformidade com requisitos funcionais e de desempenho explicitamente declarados,
Qualidade de software (Pressman)
Conformidade com requisitos funcionais e
de desempenho explicitamente declarados,
padrões de desenvolvimento explicitamente
documentados e características implícitas,
que são esperadas em todo software
desenvolvido profissionalmente.
Requisitos que
frequentemente não são
mencionados mas são
importantes (facilidade de
uso, manutenibilidade)
Qualidade de software (Pressman) Conformidade com requisitos funcionais e de desempenho explicitamente declarados,
Qualidade de software (Pressman)
Conformidade com requisitos funcionais e
de desempenho explicitamente declarados,
padrões de desenvolvimento explicitamente
documentados e características implícitas,
que são esperadas em todo software
desenvolvido profissionalmente.
Conjunto de critérios de
desenvolvimento que
guia o modo pelo qual o
software é construído
Propostas Gerais NBR ISO 9000:2005 – define principios e vocabulário NBR ISO 9001:2000 – define
Propostas
Gerais
NBR ISO 9000:2005 – define principios e
vocabulário
NBR ISO 9001:2000 – define exigências para
sistema de gerência de qualidade
NBR ISO 9004:2000 – apresenta linha diretivas para
o melhoramento do desempenho da empresa
Processo
ISO/IEC 12207 - 95 – Processo de ciclo de vida do
software
CMMI – Modelo de capacidade de maturação para
software
ISO/IEC 15504 – Modelo de melhoramento e
avaliação do Processo
MPS-BR
McCall (1977) , FURPS e Usabilidade (Nielsen)
ISO/IEC 25000:2005 (projeto SQUARE)-
introdução geral
ISO/IEC 2501n:2005 evolução da ISO/IEC 9126
Produto
Qualidade do produto
ISO/IEC 2504n: 2005 evolução da ISO/IEC 14598
Guia de Avaliação
Modelo de McCall – 1977 Fatores e critérios Manutenibilidade Portabilidade Flexibilidade Reusabilidade

Modelo de McCall – 1977 Fatores e critérios

Manutenibilidade Portabilidade Flexibilidade Reusabilidade Testabilidade Interoperabilidade Revisão Transição
Manutenibilidade
Portabilidade
Flexibilidade
Reusabilidade
Testabilidade
Interoperabilidade
Revisão
Transição
Operação
Corretude
Eficiência
Confiabilidade
Integridade
Usabilidade

Usabilidade

Usabilidade
Modelo da HP (FURPS) Baseado no Modelo de McCall FURPS Functionality (Funcionalidade) Usability (Usabilidade)

Modelo da HP (FURPS)

Baseado no Modelo de McCall FURPS

Functionality (Funcionalidade) Usability (Usabilidade) Reliability (Confiabilidade) Performance (Desempenho) Supportability (Suportabilidade)

Dez princípios heurísticos de Nielsen - USABILIDADE

Nielsen, Jakob; LORANGER, Hoa. Usabilidade na Web. Rio de Janeiro. Elsevier, 2007. Manter o usuário sempre informado sobre as ações e dar orientações de procedimentos a cada situação O site deve falar a linguagem do usuário, utilizando palavras, frases e conceitos familiares, apresentando as informações em ordem natural e lógica Dar ao usuário informações que ele possa fazer ou desfazer ações Oferecer ao usuário um padrão de navegação em todas as páginas A partir de um projeto cuidadoso, deve-se minimizar a ocorrência de erros

Dez princípios heurísticos de Nielsen - USABILIDADE

Nielsen, Jakob; LORANGER, Hoa. Usabilidade na Web. Rio de Janeiro. Elsevier, 2007.

Objetos, ações e opções visíveis auxiliam o usuário a localizar o que deseja, mesmo na navegação de uma página a outra Projetar a interface de forma a atenter tanto os usuários experientes como os novatos Informações apresentadas (textos e elementos gráficos) devem ser relevantes e relacionados diretamente ao assunto, o conceito do site As mensagens de erro devem ser claras e objetivas (não use códigos) e, além de indicar o problema, precisam sugerir uma solução Oferecer ferramentas de ajuda e documentação que auxiliem a busca de informações (busca por palavras ou mata do site, por exemplo)

Norma NBR 13596 (ISO/IEC 9126) – Exemplo

FUNCIONALIDADE - Satisfaz as necessidades? SUBCARACTERÍSTICA / PERGUNTA CHAVE

Adequação: Propõe-se a fazer o que é apropriado? Acurácia: Faz o que foi proposto de forma correta? Interoperabilidade: É capaz de interagir com os sistemas especificados? Conformidade: Está de acordo com as normas, leis, etc.? Segurança de Acesso: Evita acesso não autorizado a programas e dados?

Norma ISO/IEC 2501n (Futura) NBR 13596 (ISO 9126) (Atual)ISO 9126 Inicio 1985 – publicação 1991 NBR 13596 Tradução da Norma ISO/IEC 9126 Publicada

ISO 9126

Inicio 1985 – publicação 1991

NBR 13596

Tradução da Norma ISO/IEC 9126

Publicada em agosto de 1996.

Projeto SQuare – ISO 2501n (futuro)

Seis características

Funcionalidade, Confiabilidade, Usabilidade, Eficiência, Manutenibilidade, Portabilidade

Cada característica, por sua vez, é dividido em algumas subcaracterísticas.

Pacote de Software Produto de software que envolve um conjunto completo e documentado de programas

Pacote de Software

Produto de software que envolve um conjunto completo e documentado de programas fornecidos a diversos usuários para uma aplicação ou função genérica. Também conhecido como “software de prateleira”.

Norma NBR 12119 – Qualidade de Pacotes de Software

Norma NBR 12119 - publicada em 1996 Trata da avaliação de pacotes de software Está organizada em duas partes

Requisitos de Qualidade

Descrição do produto Documentação do usuário Programas e dados

Instruções para Teste

Pré-requisitos de teste Atividades de teste Registros de teste Relatório de teste

Dificultadores para a Qualidade Complexidade dos produtos de software Software é invisível, portanto sua

Dificultadores para a Qualidade

Complexidade dos produtos de software Software é invisível, portanto sua representação em grafos e diagrama não é precisa nem suficiente A engenharia de software ainda não está madura Não há consenso entre os profissionais sobre o que é qualidade

Norma NBR 12119 – Exemplo

Descrição do produto

Requisitos gerais sobre o conteúdo da descrição do produto; Identificações e indicações; Declarações sobre:

Funcionalidade;

Confiabilidade;

Usabilidade;

Premissas da Qualidade Deve estar inserida já nas primeiras fases do ciclo de vida do

Premissas da Qualidade

Deve estar inserida já nas primeiras fases do ciclo de vida do desenvolvimento de software Envolvimento de todas as pessoas (desde a alta administração até os técnicos) Recursos financeiros e humanos Treinamento e comunicação Planejar e estimar prazos

Exercícios Elabore uma forma de comparar dois programas para saber qual deles tem mais qualidade

Exercícios

Elabore uma forma de comparar dois programas para saber qual deles tem mais qualidade A engenharia de software foi criada para resolver os problemas da crise de software, ou seja, para que os softwares produzidos tivessem qualidade a um preço e prazo razoaveis e que pudessem ser corretamente planejados. Mas os fatores que levaram os pesquisadores a denominarem o termo “crise de software” estão ainda presentes. Discuta se o termo crise é adequado e quais as principais conquistas dos ultimos trinta anos da área.