Вы находитесь на странице: 1из 23

APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –

MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO


1. Internos

Movimentos Internos
Esta rotina tem a finalidade de lançamento das movimentações internas de materiais, na forma de Requisições ou Devoluções.
Estes procedimentos atualizam os saldos físico e financeiro dos produtos, sendo um item para cada documento criado.

1. Para incluir uma movimentação interna:

1. Na janela de Manutenção de Movimentação Interna, selecione a opção "Incluir".

O sistema apresenta a tela de inclusão.

2. Preencha os dados conforme orientação do help de campo.

3. Confira os dados e confirme.

Tipos de Requisições
As requisições são identificadas nos movimentos pelo prefixo "RE" seguido de uma numeração que define seu tipo, dentre
eles:

0 manual (apropriação pelo real)

1 automática (apropriação pelo real)

2 automática de materiais com apropriação pelo standard (processo OP)

3 manual de materiais com apropriação pelo standard (armazém processo)

4 transferência

5 automática na NF de entrada direto para OP

6 manual de materiais (valorizada)

7 desmontagens

8 integração Módulo de Exportação.

Page 1 of 1
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
As requisições são Classificadas em:
• Requisições normais (para consumo)

Requisição Normal (para consumo)


As requisições manuais para consumo são efetuadas nos seguintes casos:

• Ajuste manual do saldo em estoque

• Retirada de qualquer material do estoque sem que seja para uma Ordem de Produção

Na informação de uma requisição é atualizado o saldo atual em estoque, o consumo médio e os custos (determinados pelo tipo
da movimentação).

O saldo em estoque disponível para movimentação pode ser considerado de duas formas diferentes, escolhidas pelos usuários,
através do parâmetro MV_TPSALDO.

Devolução de Materiais
A devolução de materiais consiste na entrada do material no Armazém, procedendo a atualização do saldo atual em estoque, o
consumo médio e o custo, se determinado pelo tipo de movimentação (TM). A devolução é criada também quando é feito o
estorno de uma requisição.

Na transação de devolução relacionada a uma OP são verificados os custos para valorização do produto fabricado.

As devoluções são identificadas nos movimentos pelo prefixo "DE" seguido de uma numeração que define o seu tipo:

0 Manual (apropriação pelo real)

1 Automática (apropriação pelo real)

2 Automática de materiais com apropriação pelo standard (processo OP)

3 Manual de materiais com apropriação pelo standard (armazém processo)

4 Transferência

5 Automática na NF de entrada direto para OP

6 Manual de materiais (valorizada)

7 Desmontagens

Estornar a Movimentação
A movimentação lançada não pode ser excluída. Para reverter a inclusão, é necessário utilizar a rotina de "Estorno".

Page 2 of 2
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO

• Requisições para Ordens de Produção

Requisição para Ordens de Produção


As requisições manuais para ordens de serviço são efetuadas nos seguintes casos:

• A empresa não tem estrutura de produtos. Desta forma, não é possível gerar as requisições automáticas.

• A empresa (em função do fluxo de informações) resolve digitar todas as requisições.

• Houve maior consumo do que a quantidade prevista e requisitada pelo sistema, assim, digita-se uma requisição
adicional.

Para os itens de apropriação indireta é obrigatório fazer a requisição que leva o material do armazém para o processo. Esta
requisição tem sufixo igual a "3" e não leva nenhum número de OP. Ao se efetuar a produção é dada a baixa do processo com
uma requisição cujo sufixo é "2" e que é apropriada na OP correspondente, dando neste momento a baixa do empenho.

A informação da requisição atualiza o saldo atual em estoque, o consumo médio e os custos (determinado pelo tipo de
movimentação). Seus valores são somados para valorização do produto fabricado.

O saldo em estoque disponível para movimentação pode ser considerado de duas formas diferentes, escolhidas pelos usuários,
através do parâmetro MV_TPSALDO.

Page 3 of 3
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO

Page 4 of 4
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
Internos (mod.2)

Internos (Modelo 2)
A rotina de Movimentação Interna Modelo 2, possui como diferencial a possibilidade de lançar vários itens no mesmo
documento, diferentemente da outra forma de Movimentação Interna.

Esta modalidade é a que foi adotada como padrão de lançcamento na Enesa.

LOCALIZE O TIPO DE MOVIMENTAÇÃO

Page 5 of 5
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO

LOCALIZE O PRODUTO A SER MOVIMENTADO

QUAL COLABORADOR ESTA REQUISITANDO O PRODUTO


(Quando de um ferramental ou ativo controlado este campo deve conter o colaborador que retirou
o equipamento, caso contrario utiliza-se o “COLABORADOR GERAL”)

Page 6 of 6
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO

INDIQUE QUAL O ENDEREÇO DO PRODUTO MOVIMENTADO

QUAL O SETOR REQUISITANTE.

Page 7 of 7
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO

CASO SEJA UM PRODUTO CONTROLADO DEVE-SE INDICAR COMO “1” (CONTROLA)

POSICIONANDO-SE NO CAMPO DE QUANTIDADE E PRESSIONANDO A TECLA “F4” O


SISTEMA FORNECE A QUANTIDADE EM ESTOQUE.
APÓS INCLUIR UM ITEM, DANDO “SETA PARA BAIXO” ABRE-SE NOVA LINHA PARA
INCLUIR O PROXIMO PRODUTO.

Page 8 of 8
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
Transferencias
1.1.1. Transf. (mod.2)

Transferência (Modelo2)
As transferências no segundo modelo, oferecido pelo Protheus, permite que vários produtos possam ser transferidos num
único documento.

Este modelo de transferência é semelhante à transferência normal, possuindo os mesmos parâmetros relacionados, campos,
tendo como única diferença o fato de que a data de emissão e o documento se aplicam a todos as transferências.

As transferências realizadas podem tratar casos particulares apresentados no "Ambiente de Inspeção de Entrada" , onde
pode ocorrer "Devolução para o Controle de Qualidade".

• Para incluir uma transferência (modelo 2):

1. Na janela de Manutenção de Transferência (Modelo 2), selecione a opção "Incluir".

O sistema apresenta a tela de inclusão.

2. Preencha os dados conforme orientação do help de campo.

3. Confira os dados e confirme.

Page 9 of 9
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO

Estornar a Transferência
A transferência informada não pode ser excluída. Para reverter a inclusão, é necessário utilizar a rotina de "Estorno".

Page 10 of 10
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
1.1.2. Inventario

Inventário
A forma adequada de corrigir diferenças nos saldos em estoque de uma empresa é através do Inventário.

Esta forma de controle utiliza-se de uma recontagem dos materiais fisicamente, confrontando-se os resultados com os saldos
fornecidos pelo sistemas.

O sistema, permite uma série de controles para este produto. Vejamos a seguir alguns procedimentos básicos para o
processamento do inventário:

• Emissão das etiquetas com a definição da filial, armazéns, produtos, tipos, grupos e número.

• Emissão do Relatório de Inventário, onde constam os itens registrados pelo sistema, além de um espaço para
informação manual das quantidades contadas.

• Bloqueio do Inventário que permite bloquear, em uma data calculada ou informada, as movimentações do estoque com
produtos que estejam sendo inventariados.

• O usuário efetua o inventário e, em seguida, dá início à digitação das quantidades inventariadas.

• Emissão do relatório de conferência do inventário, onde são apresentadas todas as diferenças detectadas.

• Caso ocorram diferenças entre a informação registrada no sistema e o inventariado, deve-se proceder com o acerto de
inventário, gerando automaticamente as requisições ou devoluções necessárias ao ajuste.

A digitação das quantidades inventariadas é informada por armazém para posterior cálculo automático do ajuste a ser
efetuado no estoque dos produtos.

O inventário dos produtos em processo é tratado no Armazém 99.

Quando o produto utilizar rastreabilidade , devem ser informados os números dos lotes para que o acerto das quantidades
seja feito lote a lote. Quando o produto utiliza controle de endereçamento, deve ser informado o endereço e/ou número de
série.

Page 11 of 11
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
O primeiro passo é emitir o relatório de Itens para Inventario.

Itens para Inventário


Este relatório permite a emissão de um formulário para facilitar o inventário, conforme parametrizações do usuário.

• Para emitir o relatório itens para inventário:

1. Na janela de emissão do relatório "Itens para Inventário", clique no botão "Parâmetros".

O sistema apresenta a tela para configuração dos parâmetros.

2. Configure-os de acordo com orientação do help de campo.

3. Confira as configurações e confirme a impressão do relatório.

Page 12 of 12
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO

Page 13 of 13
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO

Page 14 of 14
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
Após a emissão e contagem física os valores encontrados devem ser
lançados na rotina de inventario.

Múltiplas Contagens na Digitação do inventário


O sistema trata também a digitação do inventário em várias contagens, o que permite ao usuário selecionar a contagem a ser
considerada para o processamento da rotina de "Acerto de Inventário".

O objetivo desta funcionalidade é auxiliar empresas que possuem mais de uma contagem para a certificação da quantidade
real dos itens inventariados.

Anteriormente à implementação desta funcionalidade, o sistema somava todas as digitações informadas para processar o
acerto do inventário.

Page 15 of 15
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
Inventário Rotativo
Para utilização do inventário rotativo deve-se informar o campo "Per. Inventário" (Periodicidade do Inventário) que define em
dias, a periodicidade em que se deve contar um determinado item do Estoque.

Exemplo:

O produto "A" deve ser inventariado de 120 em 120 dias.

A partir deste instante, a data do inventário passa a ser de extrema importância, pois o sistema assumirá como saldo
a ser inventariado o saldo do final do dia do inventário (B7_DATA).

Para corrigir o inventário, é necessário proceder à rotina de Acerto de Inventário. Antes, porém, deve-se assegurar
que toda a movimentação anterior ao inventário já esteja digitada.


Os registros válidos para o inventário são os que estão digitados no arquivo de Inventário na data efetiva do
processamento, ou seja, caso a quantidade inventariada de um produto seja nula, deve-se digitar "0" para ele.

• Para efetuar o lançamento de inventário:

1. Na janela de Manutenção de Inventário selecione a opção "Incluir".

O sistema apresenta a tela de inclusão.

2. Observe porém o seguinte campo:

3. Contagem

Este campo foi disponibilizado à empresas que desejam efetuar múltiplas contagens. Informe nele, o número
da contagem realizada.

3. Preencha os dados conforme orientação do help de campo.

4. Confira os dados e confirme.

Page 16 of 16
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
5. Para selecionar a contagem a ser considerada para acerto de inventário:

1. Na janela de manutenção de Inventário, clique na opção "Sel. Contagem".

O sistema apresenta a tela com todas as contagens digitadas dos produtos inventariados.

2. Marque a contagem desejada, e em seguida clique no botão "Seleciona".

O sistema grava a contagem selecionada para ser considerada pela rotina de "Acerto de Inventário", que ao ser
executada efetua o processamento de correção do saldo do estoque, baseado na contagem marcada.

Exclusão de Inventário
Para reverter a inclusão de uma digitação de inventário, basta exclui-lo. Visto que a rotina não atualiza o estoque, o item
inventariado pode ser excluído sem causar qualquer dano à posição do estoque.

A rotina de "Inventário" não atualiza os estoques. É apenas informativo das quantidades


inventariadas. Para atualizar os dados, é necessário o processamento da rotina "Acerto de
Inventário".

Acerto de Inventário
O acerto de inventário compara a quantidade em estoque e a quantidade inventariada, procedendo um ajuste, caso não sejam
iguais. O sistema gera uma requisição ou devolução automática do produto, dependendo da diferença encontrada.

Este movimento tem o mesmo tratamento que as requisições/devoluções para consumo, recomenda-se diferenciá-los pelo
centro de custo, informando-se no parâmetro o código do centro responsável pela guarda dos materiais, normalmente o
próprio armazém.

O saldo considerado no estoque é o Saldo na data informada nesta rotina, antes da virada de saldos, quando todos os
movimentos do período estiverem conferidos e o saldo final já calculado.

Page 17 of 17
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
Múltiplas Contagens do Inventário
O sistema esta preparado para efetuar este processamento, tratando múltiplas contagens de inventário. O objetivo desta
funcionalidade é auxiliar empresas que possuem mais de uma contagem para a certificação da quantidade real dos itens
inventariados.

Consulte a rotina de "Inventário" para saber mais sobre esta funcionalidade.

• Para efetuar o acerto de inventário:

1. Na janela de Manutenção de Acerto de Inventário, leia a tela descritiva da rotina e clique no botão
"Parâmetros".

O sistema apresenta a tela para configuração de parâmetros.

2. Confira a parametrização e confirme.

3. Confirme a tela descritiva da rotina para realizar o acerto de inventário

Page 18 of 18
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
1.2. Foi criado um relatório que servirá como vale-ferramenta para os itens que forem
retirados do estoque e devam ser controlados.

1.2.1. Digite o numero do documento (requisição) e confirme.

Page 19 of 19
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
1.2.2. A impressão é como o exemplo abaixo:

Page 20 of 20
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
2. Endereçamento

2.2. Enderecar Produtos

Endereçar Produtos
A rotina de Endereçamento de Produtos tem a função de endereçar os materiais recebidos, por intermédio da Nota Fiscal de
Entrada, aos respectivos endereços de cada armazém cadastrado.

O saldo a endereçar é baixado no Arquivo de Saldos em Estoque, o que torna o material disponível para utilização.

Cada movimento de entrada gera um registro de saldo a endereçar separadamente, para facilitar o controle.

Para tanto, a rotina exige algumas premissas:

• Cadastrar os endereços;

• Configurar o parâmetro "MV_LOCALIZ", no Ambiente Configurador, com o conteúdo "S", para afirmar que os produtos
cadastrados possuem endereço;

• No cadastro de produtos, o campo “Contr. Localiz.”, deve ser preenchido como “S”, identificando que o produto em
questão possui controle de endereçamento;

• Quando um produto possui controle de endereçamento, deve-se executar a rotina de “Endereçamento de Produtos”
antes de qualquer outra, logo após a entrada de materiais, desta maneira, o saldo do produto estará disponível para
outras movimentações.

Page 21 of 21
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
• Para efetuar o endereçamento de produtos:

1. Na janela de Manutenção de Endereçamento de Produtos, selecione o produto desejado e clique na opção


"Endereçar".

O sistema apresenta a janela para inclusão dos dados.

Page 22 of 22
APOSTILA PARA TREINAMENTO DO MODULO DE ESTOQUE –
MOVIMENTAÇÕES INTERNAS / ENDEREÇAMENTO
2. Informe o endereço para qual o produto deve ser enviado e a quantidade a ser endereçada.

3. Confira os dados e confirme.

Page 23 of 23

Оценить