Вы находитесь на странице: 1из 1

Organizaçao Pan Americana da Saúde - Brasil

Redes Integradas de Serviços de Saúde - RISS

O propósito da iniciativa da OPAS/OMS sobre Redes Integradas de Serviços de Saúde (RISS) é contribuir para o

desenvolvimento de Sistemas de Saúde Baseados na Atenção Primária em Saúde (APS), e através desta, a prestação de serviços de saúde que sejam mais acessíveis, eqüitativos, eficientes, de melhor qualidade técnica, e que satisfaçam melhor as expectativas dos cidadãos.

Segundo OPAS/OMS, um sistema de saúde baseado na Atenção Primária em Saúde (APS), supõe “um enfoque amplo da organização e operação los sistemas de saúde, que faz do directo a alcanzar o maior nível de saúde possível seu principal objetivo, e que ao mesmo tempo maximiza a eqüidade e la solidariedade do sistema. Um sistema de saúde baseado na APS está conformado por um conjunto de elemento s estruturais e funcionais essenciais que garantem a cobertura e o acesso universal aos serviços, os quais são aceitáveis para a população e promovem a eqüidade.

Presta atenção integral, integrada e apropriada ao longo do tempo, põe ênfase na prevenção e promoção e garante o primeiro contato do usuário com o sistema, tomando as famílias e comunidades como base para o planejamento e a ação. Um sistema de saúde baseado na APS requer um sólido marco legal, institucional e organizativo, além de recursos humanos, econômicos e tecnológicos adequados e sustentáveis. Emprega práticas ótimas de organização e gestão em todos os níveis do sistema para alcançar qualidade, , eficiência e efetividade e desenvolve mecanismos ativos com a finalidade de maximizar a participação individual e coletiva em saúde. Um sistema de saúde desta naturaza promove ações intersctoriais para abordar outros determinantes de saúde e equidade”.

A OPAS/OMS considera que as RISS são uma das principais expressões operativas do enfoque de APS a nível dos

serviços de saúde, contribuindo para tornar realidade vários de seus elementos mais essenciais tais como a cobertura e acesso universal; o primeiro contato; a atenção integral, integrada e contínua; o cuidado apropriado; a organização e gestão ótimas; e, a ação intersetorial, entre outros.

Conheça o documento de referência da OPAS/OMS em Redes Integradas de Serviços de Saúde que compõe a série: ‘A renovação da Atenção Primária em Saúde nas Américas’.

Redes Integradas de Serviços de Saúde - Conceitos, opções de política e guia para sua implementação nas Américas

indexado Acesse também o documento sobre Laboratórios de Inovação que constituem uma ferramenta metodológica para gerar conhecimento empírico sobre instrumentos, práticas e soluções inovadoras na construção de redes integradas e regionalizadas de atenção à saúde.

Laboratório de inovação sobre territorialização na construção de Redes Integradas e Regionalizadas de Atenção à Saúde

indexado