Вы находитесь на странице: 1из 4

1 PROCEDIMENTOS PARA CADASTRAMENTO

1.1 INSCRIÇÃO

Os procedimentos de inscrição devem ser observado pelos fornecedores:


• não cadastrados (todos os Passos);
• cadastrados e cuja validade tenha expirado há mais de 90 dias
(somente Passo 3).

Passo 1: Seleção dos materiais/serviços a serem comercializados/prestados à


Petrobras.

Fornecedor de bens: verificar se os materiais a serem comercializados são


cadastrados de forma centralizada, isto é, são objetos de cadastro corporativo.

a. Cadastro Corporativo (materiais RQT e NRQT): enquadrar


cada material, equipamento ou insumo que pretenda fornecer
à Petrobrás, em uma, e somente em uma, das famílias de
material.

b. Lista de Referência: materiais não constantes do cadastro


centralizado, isto é, que não são objeto de cadastro
corporativo.

Fornecedor de serviços: deve enquadrar os serviços que pretenda prestar à


Petrobrás nas famílias de serviços.

Passo 2: Determinação do tipo de fornecedor e respectivos critérios para cadastro


(somente para fornecedores de bens).

São exigidos para cadastramento requisitos específicos de acordo com o tipo


de fornecedor. As diversas combinações entre os tipos fabricante-comerciante,
revendedor e distribuidor são possíveis.

Passo 3: Selecionar o procedimento de inscrição adequado.

Fornecedores nacionais e estrangeiros de bens RQT e NRQT e fornecedores


de serviços.

Fornecedores de Lista de Referência: a empresa deverá entrar em contato


diretamente com a(s) Organização(ões) de Compras com a(s) qual(ais) deseja
manter relacionamento comercial e verificar os documentos e procedimentos para
sua inclusão nas respectivas Listas de Referências.
1.2 AMPLIAÇÃO DE FORNECIMENTO

Para inclusão de novos materiais e/ou serviços na linha de fornecimento já


existente, os fornecedores cadastrados devem comprovar, a qualquer tempo,
inclusive quando da solicitação de renovação do cadastramento, os indicadores e
requisitos referentes aos Critérios Técnicos, Gerencial e SMS requeridos pelos
materiais e/ou serviços a serem incluídos.

1.3 RENOVAÇÃO DO CADASTRO

Os procedimentos de renovação devem ser observados pelos


fornecedores cadastrados:
• cuja validade do CRCC não tenha expirado ou
• cuja validade do CRCC tenha expirado há menos de 90 dias contados
do seu vencimento.

2 CRITÉRIOS PARA CADASTRAMENTO

A Petrobras, buscando sintetizar seus procedimentos nos moldes dos atuais


mecanismos internacionais de gestão e de avaliação de empresas, estabeleceu o
monitoramento de 5 critérios para aferir a capacidade das empresas na produção de
bens e na gerência de contratos que exigem altos níveis de excelência.

Cada conjunto desses critérios se desdobra em Indicadores, que se


estruturam em Requisitos, gerando um universo de dados, cujo detalhamento
representa um significativo aumento de confiabilidade na seleção de fornecedores.

Os Requisitos ou Índices estão vinculados às questões a serem respondidas


pelos fornecedores. As respostas dadas pelas empresas são mensuradas de três
formas:
• Fórmulas, ex.: Indicador de Rentabilidade no critério econômico;
• Análise das descrições, ex.: Indicador de Instalações Administrativas no
critério técnico;
• Comprovação por documentos, ex.: Indicador de capacidade jurídica no
critério legal

Os critérios e correspondentes índices e requisitos descritos a seguir,


referem-se a todos aqueles possíveis de serem exigidos para o cadastramento do
fornecedor. Alguns indicadores são obrigatórios e o seu não atendimento
impossibilita a efetivação do cadastro. Outros, somente classificatórios e a sua
exigência é função da especificidade do material ou da criticidade do serviço.
SUPPLY CHAIN MANAGEMENT

 CRITÉRIOS TÉCNICOS

Visa avaliar a capacidade técnica da empresa para a produção de bens e/ou


prestação de serviços, avaliando os recursos necessários para o bom desempenho
dos equipamentos e dos materiais a serem fornecidos e/ou dos serviços a serem
executados.

 CRITÉRIOS POLÍTICOS

Região
Localização.
Preço
Qualidade
Prazo
Política compatível
Responsabilidade ambiental

 CRITÉRIO ECONÔMICO:

busca evidências da solidez econômica de forma a assegurar que a empresa


possa dar continuidade e concluir fornecimentos e/ou os serviços. Os dados de
Balanço Patrimonial e de demonstrações Financeiras geram indicadores confiáveis
para prever e monitorar o desempenho econômico.

 CRITÉRIO LEGAL:

objetiva conhecer e acompanhar a regularidade das empresas no


cumprimento de suas obrigações junto ao mercado, aos órgãos de governo e à
sociedade. Além da análise documental, utiliza instrumentos que permitem o
levantamento direto de informações sobre certidões e documentos emitidos por
entidades fiscais possibilitando a atualização freqüente dos indicadores de
cumprimento da regularidade fiscal e tributária.
 CRITÉRIO SMS (Saúde, Meio ambiente e Segurança)

tem por objetivo conhecer o grau de implementação das questões de Saúde,


Meio Ambiente e Segurança, valorizando e estimulando as certificações segundo as
normas ISO 14001 e OHSAS 18001.

 TRANSPORTES

 ANALISE SOCIAL:

visa conhecer a postura Gerencial e de Responsabilidade Social das


empresas, avaliando o compromisso com a qualidade e melhoria contínua,
valorizando e estimulando a certificação segundo a norma ISO 9001 e alavancando,
de forma explícita, o maior envolvimento de participação das empresas no contexto
social.

 OPERADORES LOGÍSTICOS

 ROTEIRIZAÇÃO DE VEÍCULOS