Вы находитесь на странице: 1из 31
FUNDAMENTOSFUNDAMENTOS © Copyright – Proibida Reprodução. PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Prof. Éder Clementino
FUNDAMENTOSFUNDAMENTOS © Copyright – Proibida Reprodução. PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Prof. Éder Clementino

FUNDAMENTOSFUNDAMENTOS

FUNDAMENTOSFUNDAMENTOS © Copyright – Proibida Reprodução. PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Prof. Éder Clementino
FUNDAMENTOSFUNDAMENTOS © Copyright – Proibida Reprodução. PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Prof. Éder Clementino

© Copyright Proibida Reprodução.

PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

© Copyright – Proibida Reprodução. PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Prof. Éder Clementino dos Santos

Prof. Éder Clementino dos Santos

IMPORTÂNCIAIMPORTÂNCIA –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  Desafios para os futuros profissionais; 
IMPORTÂNCIAIMPORTÂNCIA –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  Desafios para os futuros profissionais; 

IMPORTÂNCIAIMPORTÂNCIA –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  Desafios para os futuros profissionais; 
–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  Desafios para os futuros profissionais; 

Desafios para os futuros profissionais;

Características

modernas;

típicas

das

sociedades

 Características modernas; típicas das sociedades  Passivos ambientais da produção industrial,

Passivos

ambientais

da

produção

industrial, empresarial e agropecuária;

da produção industrial, empresarial e agropecuária; © Copyright – Proibida Reprodução. DANO AMBIENTAL

© Copyright Proibida Reprodução.

DANO AMBIENTAL

Prof. Éder Clementino dos Santos

PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  perícia : prova consistente em exame, vistoria ou avaliação realizada por quem

PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  perícia : prova consistente em exame, vistoria ou avaliação realizada por quem
PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  perícia : prova consistente em exame, vistoria ou avaliação realizada por quem
PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  perícia : prova consistente em exame, vistoria ou avaliação realizada por quem

perícia: prova consistente em exame, vistoria ou avaliação realizada por quem

tenha conhecimento técnico ou científico

pertinente (CC 212 , V, 232 ; CPC 145 , 420 ,

CPP 158; CPPM 314; CLT 765, 818; ECA 151);

; CPC 145 , 420 , CPP 158; CPPM 314; CLT 765, 818; ECA 151); 

perícia: é

o

procedimento

de

investigação, feita por um profissional

habilitado, que visa provar ou esclarecer um fato, através de um exame, vistoria e

avaliação do

especializado.

caráter

técnico

e

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETIVOSOBJETIVOS –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  Preocupação com o meio ambiente;  Abordagem
OBJETIVOSOBJETIVOS –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  Preocupação com o meio ambiente;  Abordagem

OBJETIVOSOBJETIVOS –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  Preocupação com o meio ambiente;  Abordagem
–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  Preocupação com o meio ambiente;  Abordagem
–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL  Preocupação com o meio ambiente;  Abordagem

Preocupação com o meio ambiente;

Abordagem técnica, para analise pericial e

auditoria de descomissionamento;

Abordagem

responsabilidade sócio-ambiental;

das

questões

referente

a

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETIVOSOBJETIVOS –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter básicos que envolvem a perícia ambiental,
OBJETIVOSOBJETIVOS –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter básicos que envolvem a perícia ambiental,

OBJETIVOSOBJETIVOS –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter básicos que envolvem a perícia ambiental, conceitos
–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter básicos que envolvem a perícia ambiental, conceitos
–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter básicos que envolvem a perícia ambiental, conceitos

Obter

básicos que envolvem a perícia ambiental,

conceitos

conhecimentos

sobre

os

incluindo a legislação ambiental brasileira

mais importante referente ao tema;

Conhecer

os

procedimentos

em

perícia

ambiental

e

sobre

o

profissional

perito

ambiental;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETIVOSOBJETIVOS –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter conhecimentos sobre a identificação dos aspectos e
OBJETIVOSOBJETIVOS –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter conhecimentos sobre a identificação dos aspectos e

OBJETIVOSOBJETIVOS –– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter conhecimentos sobre a identificação dos aspectos e
–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter conhecimentos sobre a identificação dos aspectos e
–– PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Obter conhecimentos sobre a identificação dos aspectos e

Obter conhecimentos sobre a identificação dos aspectos e impactos ambientais das

atividades para a perícia ambiental;

Conhecer métodos e técnicas utilizados na

perícia ambiental;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Relação: Ecologia e recursos naturais Ecologia: ciência que estuda os seres vivos e

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Relação: Ecologia e recursos naturais Ecologia: ciência que estuda os seres vivos e
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Relação: Ecologia e recursos naturais Ecologia: ciência que estuda os seres vivos e
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Relação: Ecologia e recursos naturais Ecologia: ciência que estuda os seres vivos e

Relação: Ecologia e recursos naturais

Ecologia: ciência que estuda os seres vivos

e as suas relações com outros seres vivos e

com o meio ambiente;

relações com outros seres vivos e com o meio ambiente; População: é o conjunto de indivíduos

População: é o conjunto de indivíduos da

mesma espécie, vivendo juntos no espaço e

tempo;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Ecossistema: é o conjunto formado por um ambiente físico (solo, água e ar)

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Ecossistema: é o conjunto formado por um ambiente físico (solo, água e ar) e
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Ecossistema: é o conjunto formado por um ambiente físico (solo, água e ar) e
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Ecossistema: é o conjunto formado por um ambiente físico (solo, água e ar) e
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Ecossistema: é o conjunto formado por um ambiente físico (solo, água e ar) e

Ecossistema: é o conjunto formado por um

ambiente físico (solo, água e ar) e os seres

vivos que nele habitam (biótopo: meio

abiótico formado vida vegetal e animal);

Biocenose:

no

(comunidade biótica);

interdependentes

é

conjunto

o

tempo

de

e

populações

espaço

no

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Equilíbrio ecológico: são sistemas equilibrados numa razão de consumo de gás

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Equilíbrio ecológico: são sistemas equilibrados numa razão de consumo de gás
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Equilíbrio ecológico: são sistemas equilibrados numa razão de consumo de gás
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Equilíbrio ecológico: são sistemas equilibrados numa razão de consumo de gás
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Equilíbrio ecológico: são sistemas equilibrados numa razão de consumo de gás

Equilíbrio ecológico: são sistemas

equilibrados numa razão de consumo de gás

carbônico e água para produção determinado

volume de oxigênio e matéria orgânica;

Biosfera: é a esfera viva do planeta, com

espessura máxima de 20 km (profundezas do

mar até os picos das mais altas montanhas);

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Habitat e nicho ecológico*: é o local    

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Habitat e nicho ecológico*: é o local    
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Habitat e nicho ecológico*: é o local    
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Habitat e nicho ecológico*: é o local    
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Habitat e nicho ecológico*: é o local    

Habitat

e

nicho

ecológico*:

é

o

local

   

específico onde

o

organismo

vive

(endereço);

* é o papel que o organismo exerce nesse

local (profissão);

Fatores ecológicos: é todo elemento do meio capaz de agir diretamente sobre os seres

vivos, pelo menos em uma fase de seu ciclo

vital;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Fatores abióticos: são os fatores físicos do ambiente (clima, luz, temperatura,

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Fatores abióticos: são os fatores físicos do ambiente (clima, luz, temperatura,
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Fatores abióticos: são os fatores físicos do ambiente (clima, luz, temperatura,
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Fatores abióticos: são os fatores físicos do ambiente (clima, luz, temperatura,
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Fatores abióticos: são os fatores físicos do ambiente (clima, luz, temperatura,

Fatores abióticos: são os fatores físicos do

ambiente (clima, luz, temperatura, água,

salinidade e condições do solo);

Fatores bióticos: são os fatores relacionados

aos seres vivos (ação do predatismo,

parasitismo, seleção natural e competição);

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Ação da luz: atua pela intensidade, tipo de radiação, direção e duração

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Ação da luz: atua pela intensidade, tipo de radiação, direção e duração
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Ação da luz: atua pela intensidade, tipo de radiação, direção e duração
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS Ação da luz: atua pela intensidade, tipo de radiação, direção e duração

Ação da luz: atua pela intensidade, tipo de radiação, direção e duração (influencia na

fotossíntese e indução de ritmos biológicos);

Ação da água: é componente fundamental protoplasma (60-90%);

da água: é componente fundamental protoplasma (60-90%);  Calor específico – regulador térmico; 

Calor específico regulador térmico;

Tensão superficial insetos e aracnídeos;

Teor de oxigênio dissolvido; Turbidez presença de partículas

suspensão (intensidade luminosa,

fotossíntese, substrato alimentar e teor de

oxigênio);

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS ambiente (água, granulometria, porosidade, ar, seres Fatores edáficos: solo meio e

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS

CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS ambiente (água, granulometria, porosidade, ar, seres Fatores edáficos: solo meio e
CONCEITOSCONCEITOS BÁSICOSBÁSICOS ambiente (água, granulometria, porosidade, ar, seres Fatores edáficos: solo meio e

ambiente

(água, granulometria, porosidade, ar, seres

Fatores

edáficos:

solo

meio

e

vivos e propriedades físico-químicas);

solo meio e vivos e propriedades físico-químicas); Ação da temperatura: afeta as reações químicas
solo meio e vivos e propriedades físico-químicas); Ação da temperatura: afeta as reações químicas

Ação

da

temperatura:

afeta

as

reações

químicas (bioquímicas dentro células);

Reações catalisadas enzimas (28 a 30º C)

Relação fatores bioclimáticos

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Busca determinar as alterações ocorridas no meio físico, biológico

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Busca determinar as alterações ocorridas no meio físico, biológico
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Busca determinar as alterações ocorridas no meio físico, biológico

Busca determinar as alterações ocorridas no

meio físico, biológico e antrópico

(características)

no meio físico, biológico e antrópico (características) Meio físico: engloba o solo, a água e o
no meio físico, biológico e antrópico (características) Meio físico: engloba o solo, a água e o

Meio físico: engloba o solo, a água e o ar;

Meio biológico: inclui os animais e as plantas

do ecossistema em análise;

Meio antrópico: relacionado ao homem e ao patrimônio físico e cultural de uma

determinada população;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Meio físico: litosfera, hidrosfera e atmosfera litosfera: (rochas);

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Meio físico: litosfera, hidrosfera e atmosfera litosfera: (rochas);
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Meio físico: litosfera, hidrosfera e atmosfera litosfera: (rochas);
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Meio físico: litosfera, hidrosfera e atmosfera litosfera: (rochas);
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Meio físico: litosfera, hidrosfera e atmosfera litosfera: (rochas);

Meio físico: litosfera, hidrosfera e atmosfera

litosfera:

(rochas);

parte

sólida

crosta

terrestre

hidrosfera: inclui mares, lagos e rios;

atmosfera: relacionado a parte gasosa*;

Sistema

de

toda

vida

e

os

impactos

ambientais (alteram a estrutura e qualidade);

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Contaminação do lençol freático  Risco para a saúde humana;

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Contaminação do lençol freático  Risco para a saúde humana;

Contaminação do lençol freático

Risco para a saúde humana;

do lençol freático  Risco para a saúde humana;  Sistema longo; de tratamento aquífero 
do lençol freático  Risco para a saúde humana;  Sistema longo; de tratamento aquífero 
do lençol freático  Risco para a saúde humana;  Sistema longo; de tratamento aquífero 

Sistema

longo;

de

tratamento

aquífero

Alto custo de operacionalização;

muito

Atinge extrato menos favorecido (social);

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Percolação de

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Percolação de

Fontes de contaminação do lençol freático

Percolação de substâncias em um local;

freático  Percolação de substâncias em um local;  Deposições controlados;  Aterros sanitários
freático  Percolação de substâncias em um local;  Deposições controlados;  Aterros sanitários
freático  Percolação de substâncias em um local;  Deposições controlados;  Aterros sanitários

Deposições controlados;

Aterros sanitários impermeáveis;

Poços de drenagem, lagoas de infiltração;

Áreas industriais (substâncias tóxicas);

Locais

(substâncias químicas);

lixões

lixões

não

e

de

acidentes

transporte

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Infiltração em

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Infiltração em
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Infiltração em
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Infiltração em

Fontes de contaminação do lençol freático

Infiltração

em

substâncias;

forma

de

linhas

infiltração a partir de riachos e rios;

de

de linhas  infiltração a partir de riachos e rios; de  infiltração de efluentes de

infiltração de efluentes de tubulações de água danificadas;

infiltração da água pluvial nas estradas;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Infiltração difusa

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Infiltração difusa
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Infiltração difusa
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de contaminação do lençol freático  Infiltração difusa

Fontes de contaminação do lençol freático

Infiltração difusa de substâncias em áreas

com água pluvial;

utilização exagerada de agrotóxicos;

água pluvial;  utilização exagerada de agrotóxicos;  utilização pesticidas;  infiltração indevida de

utilização

pesticidas;

infiltração

indevida

de

de

substâncias

com água pluvial;

Infiltração

contenção;

© Copyright Proibida Reprodução.

a

partir

de

lagos

herbicidas

e

da

e

atmosfera

lagoas

de

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Formas de uso da água ( valoração )  uso direto: pelo

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Formas de uso da água ( valoração )  uso direto: pelo
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Formas de uso da água ( valoração )  uso direto: pelo
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Formas de uso da água ( valoração )  uso direto: pelo
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Formas de uso da água ( valoração )  uso direto: pelo

Formas de uso da água (valoração)

uso

direto:

pelo

domésticos

domésticos);

(beber,

homem

e

banho,

lavar

animais

usos

e

uso indústria e agricultura: como fator de

produção indústrias (40%), mineração (17%), irrigação (33%);

uso

psicológico:

estético e cultural;

© Copyright Proibida Reprodução.

parte

nosso

ambiente

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Recursos marinhos e biodiversidade ( danos )  esgoto municipal; 

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Recursos marinhos e biodiversidade ( danos )  esgoto municipal; 
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Recursos marinhos e biodiversidade ( danos )  esgoto municipal; 
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Recursos marinhos e biodiversidade ( danos )  esgoto municipal; 
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Recursos marinhos e biodiversidade ( danos )  esgoto municipal; 

Recursos marinhos e biodiversidade (danos)

esgoto municipal;

derramamento de petróleo;

lixo industrial;

plásticos descartáveis;

escoamento urbano e rural;

desflorestamento continental; construção e crescimento demográfico;

lançamento resíduos nos rios e oceanos;

sedimentos dos esgotos e substâncias

nocivas;

pesca excessiva (agressiva);

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  monóxido de carbono (CO); 

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  monóxido de carbono (CO); 
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  monóxido de carbono (CO); 
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  monóxido de carbono (CO); 

Poluição da atmosfera (danos)

monóxido de carbono (CO);

gás carbônico (CO2);

dióxido de enxofre (SO2);

dióxido de nitrogênio (NO2);

material particulado (MP);

hidrocarbonetos (HC);

sulfeto de hidrogênio (H2S);

ozônio (O3);

dioxinas e furanos;

(H 2 S);  ozônio (O 3 );  dioxinas e furanos; © Copyright – Proibida

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  doenças respiratórias (asmas,

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  doenças respiratórias (asmas,
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  doenças respiratórias (asmas,
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  doenças respiratórias (asmas,
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  doenças respiratórias (asmas,

Poluição da atmosfera (danos)

doenças respiratórias (asmas, bronquite e

enfisema pulmonar); desconforto físico (irritação olhos, nariz,

garganta, dor cabeça, cansaço e tosse);

agrava doenças cardiorespiratórias;

potencializa câncer pulmonar;

Alto custo social (desgastes físicos e

emocionais, tratamentos saúde, perdas

horas trabalho e redução produtividade);

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  degradação da qualidade do ar;

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  degradação da qualidade do ar;
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  degradação da qualidade do ar;
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Poluição da atmosfera ( danos )  degradação da qualidade do ar;

Poluição da atmosfera (danos)

degradação da qualidade do ar;

exposição humana a substâncias tóxicas;

exposição dos ecossistemas a

substâncias tóxicas;

 exposição dos ecossistemas a substâncias tóxicas;  danos à saúde humana;  danos aos ecossistemas;

danos à saúde humana;

danos aos ecossistemas;

danos ao patrimônio público;

a acidificação das águas e solo;

a depleção do ozônio estratosférico;

aquecimento global;

alterações climáticas;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de energia – Não renovável  Petróleo – poluição

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de energia – Não renovável  Petróleo – poluição

Fontes de energia Não renovável

Petróleo poluição atmosférica;

renovável  Petróleo – poluição atmosférica;  Nuclear resíduo; – não há tecnologia tratar o 
renovável  Petróleo – poluição atmosférica;  Nuclear resíduo; – não há tecnologia tratar o 

Nuclear

resíduo;

não há tecnologia tratar o

 Nuclear resíduo; – não há tecnologia tratar o  Carvão mineral – poluição atmosférica; 

Carvão mineral poluição atmosférica;

Gás

natural

altos investimentos

para

armazenamento e distribuição;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de energia – Renovável  Hidrelétrica – inundação

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de energia – Renovável  Hidrelétrica – inundação
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de energia – Renovável  Hidrelétrica – inundação
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de energia – Renovável  Hidrelétrica – inundação
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Fontes de energia – Renovável  Hidrelétrica – inundação

Fontes de energia Renovável

Hidrelétrica inundação grandes áreas,

deslocamento população e alto custo;

Eólica

investimento

alto,

poluição

sonora, interferência sinais;

Solar

investimentos altos para seu

aproveitamento;

Biomassa investimentos altos para seu

aproveitamento;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV)  É o estudo das etapas

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV)  É o estudo das etapas que
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV)  É o estudo das etapas que
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV)  É o estudo das etapas que
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV)  É o estudo das etapas que

Análise do ciclo de vida (ACV)

É o estudo das etapas que vão desde a

retirada das matérias-primas elementares da natureza, que entram no sistema produtivo

(berço), passando por todas as etapas

produtivas industriais e de consumo até a

disposição do produto final, quando se encerra sua vida útil.

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV)  realização de balanço de massa

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV)  realização de balanço de massa
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV)  realização de balanço de massa
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV)  realização de balanço de massa

Análise do ciclo de vida (ACV)

realização de balanço de massa e energia;

geração de resíduos sólidos;

geração de efluentes líquidos;

emissões atmosféricas;

de efluentes líquidos;  emissões atmosféricas;  Busca da complexa interação entre um produto e meio

Busca da complexa interação entre um

produto e meio ambiente, avaliação dos

aspectos e impactos ambientais potenciais

associados a fabricação de um produto;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens  otimização dos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens  otimização dos
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens  otimização dos
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens  otimização dos
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens  otimização dos

Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens

otimização dos produtos do ponto de vista

ambiental;

aquisição de informações do processo de

produção;

melhor entendimento dos aspectos

ambientais ligados processo produtivo; útil para a tomada de decisões e seleção

dos indicadores ambientais;

avaliação de projetos e processos;

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens  redução dos

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL

OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens  redução dos
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens  redução dos
OBJETO:OBJETO: PERÍCIAPERÍCIA AMBIENTALAMBIENTAL Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens  redução dos

Análise do ciclo de vida (ACV) vantagens

redução dos resíduos;

redução do uso de energia e materiais;

ferramenta de marketing;

obtenção de declarações e rótulos

ambientais de produtos “verdes”;

e rótulos ambientais de produtos “verdes” ; © Copyright – Proibida Reprodução. Prof. Éder

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos

MUITO OBRIGADO!!! © Copyright – Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

MUITO OBRIGADO!!!

© Copyright Proibida Reprodução.

Prof. Éder Clementino dos Santos