Вы находитесь на странице: 1из 2

desenvolvendo habilidades

1. raios x são um fator mutagênico. no início de uma gestação, o embrião tem um número relativamente pequeno de células, que se dividem
ativamente. se uma delas for atingida, a mutação poderá ser transmitida para um grande número de células no embrião já formado, afetando
grande parte de seus tecidos ou órgãos. em estágios mais avançados, em que muitas divisões celulares já aconteceram, uma mutação numa célula
terá efeitos certamente muito menores no indivíduo como um todo.
2. todas as moléculas de dna da cultura terão uma hélice com n14 e outra com n15. todas as moléculas de dna, antes da duplicação, tinham duas
hélices com n15• após uma duplicação, que no caso do dna é semiconservativa, cada fita com n15 foi complementada por uma fita com n14; portanto,
todas as moléculas de dna tornam-se "híbridas", com uma fita de cada tipo.
3.a) são necessários 84 nucleotídeos, já que cada aminoácido é codificado por três nucleotídeos.
b)não necessariamente, pois cada aminoácido pode ser codificado por seqüências diferentes de nucleotídeos, pelo fato de o código genético ser
degenerado.
c)na espécie 2, houve substituição de bases nitrogenadas em alguns códons. na espécie 3, além de algumas substituições, ocorreu uma inversão no
trecho de dna que codificou os quatro últimos aminoácidos da seqüência. na espécie 4, houve perda de um pedaço no meio do dna
codificante, correspondente a seis códons, levando, portanto, a uma perda de seis aminoácidos.
4.a troca de um nucleotídeo por outro acarretará erro somente num códon, que é uma trinca de nucleotídeos e, portanto, poderá haver, no máximo,
um aminoácido errado na seqüência da proteína. a supressão de um nucleotídeo, por sua vez, resultará na leitura equivocada de todo o restante
da fita de dna - já que ela é feita em blocos de três nucleotídeos - ocasionando a entrada de vários aminoácidos trocados.

5.a) a uridina se incorporou a moléculas de rna. esse nucleosídeo possui uracila, base nitrogenada típica do rna.
b)seria marcado o núcleo, mais especificamente a cromatina, constituída, em grande parte, por dna (a timidina possui a timina, base nitrogenada
específica do dna).
6. a) isso ocorre porque a duplicação é semiconservativa. cada molécula nova possui uma fita antiga, feita por nucleotídeos com 14n, e uma fita
nova, constituída por nucleotídeos com 15n. assim, o dna será todo constituído por dupla-hélice do tipo intermediário.
b)na segunda geração, haverá 50% de moléculas de dna do tipo intermediário e 50% do tipo leve.
questões e propostas para discussão
1.apesar de toda molécula de dna ser constituída pelos quatro tipos básicos de nucleotídeos, o número e as seqüências possíveis desses
nucleotídeos podem variar, tornando praticamente infinitos os tipos de dna possíveis.

2.não. inicialmente, a uracila é uma base exclusiva do rna. em segundo lugar, os dados fornecidos mostram claramente que não é uma dupla-hélice
como ocorre no dna; se fosse, as porcentagens de citosina e guanina deveriam ser as mesmas.
3. a) a: dna, b: dna, c: rna e d: dna. a molécula a, a b e a d possuem base nitrogenada timina, exclusiva do dna, enquanto a molécula c possui
uracila, base nitrogenada presente apenas no rna.
b)a molécula a possui duas cadeias, o que pode ser deduzido pelo fato de que a porcentagem de base adenina e timina é a mesma. na molécula de
dna, essas duas bases, quando pertencentes a cadeias complementares, estão unidas por pontes de hidrogênio; o mesmo ocorre com a base
citosina e a guanina. já a molécula b, a c e a d possuem cadeias simples porque a porcentagem de bases que poderiam ser complementares
não é a mesma.
4. a) na transcrição, que é a produção de rna pelo dna, a molécula de dna se "abre" com o auxílio de uma enzima, a rna polimerase. uma só fita de
dna participa da transcrição, "arrumando" os nucleotídeos de rna numa certa seqüência, de modo a formar uma molécula de rna específica. o rna
participará, no citoplasma, da síntese de proteínas.
b)os cromossomos, estruturas visíveis nas fases de divisão celular, são constituídos, nos eucariontes, de uma única molécula de dna, gigantesca,
associada a algumas proteínas. trechos desse dna, que contenham a informação para a síntese de dada proteína, são considerados genes.
5. a) a transcrição ocorre no interior do núcleo, e a tradução, no citoplasma.
b)a transcrição, ou síntese de rna pelo dna, continuará acontecendo; no entanto, a tradução (síntese de proteínas), não. isso porque, na região
organizadora do nucléolo, é produzido rna ribossômico, matéria-prima para a produção de ribossomos. sem eles, não pode haver síntese de
proteínas.
6.trata-se do rna ribossômico, matéria prima para a formação de novos ribossomos; do rna mensageiro, que determina a seqüência de aminoácidos
na proteína a ser fabricada e do rna transportador, que carrega os aminoácidos até o local de síntese protéica, ou seja, até o ribossomo.
7.a) o "outro" ácido nucléico é o rna.
b)o rna mensageiro, fabricado pelo dna, determinará a seqüência de aminoácidos na proteína a ser fabricada. isso ocorre por meio da seqüência
dos códons do rna mensageiro, e cada um deles deverá ser complementado por uma molécula de rna transportador, com o anticódon
correspondente, cujo papel é trazer o aminoácido correto à cadeia polipeptídica.
8.esse organismo é um procarioto porque o dna, ou material genético, está mergulhado diretamente no hialoplasma, no qual está ocorrendo a
síntese do polipeptídio (não há, portanto, carioteca).
9.a) rnam: ucc, guu, aau, ucc ggc, aag.

b)seria incorporado o seguinte aminoácido:


c)o anticódon seria uua.
10.o quarto aminoácido (aa4) será substituído por um aa1, conforme a figura a seguir:

11.porque o código genético é degenerado, isto é, para cada tipo de aminoácido pode existir mais de um códon de rnam correspondente.
observando a tabela de código genético constata-se que para a maioria dos aminoácidos há mais de um códon codificante. por exemplo: o
aminoácido leucina pode ser codificado por seis códons diferentes: uua, uug, cuu, cuc, cua e cug; a serina, por sua vez, é codificada por outros
quatro diferentes tipos de códons: ucu, ucc, uca e ucg. imagine agora a seqüência ... leucina - serina ... em uma molécula de proteína. apenas
nessa situação poderiam existir 24 combinações diferentes entre os códons desses dois aminoácidos. além disso, as proteínas são
constituídas por dezenas a milhares de aminoácidos; portanto, fica claro porque é praticamente impossível se deduzir a seqüência exata
dos nucleotídeos a partir da seqüência de aminoácidos.
12.a) trata-se do nucléolo.
b)ela é denominada transcrição.
c)trata-se do polirribossomo.
d)É o rna transportador, que transporta aminoácidos até o local de síntese protéica.
e)É o dna, representado por ii.
13.a) trata-se da duplicação semiconservativa do dna.
b)haverá 28% de guanina no dna representado.
c)É a uracila, típica da molécula de rna.
d)o fenômeno representado, ou seja, a autoduplicação, ocorre no estágio s (síntese), parte da intérfase.
14. a) o gene, pedaço de molécula de dna, determina, a partir de sua seqüência de nucleotídeos, a seqüência de aminoácidos da molécula
protéica.
b)mutações, ou seja, mudanças na seqüência de nucleotídeos, podem ocasionar modificações na seqüência dos aminoácidos da proteína que
irá ser produzida.
c)somente nos casos em que o novo códon, originado pela mutação, codifique o mesmo aminoácido que era codificado pelo códon que não
havia sofrido mutação. isso ocorre em vários casos e, por isso, chamamos o código genético de "degenerado".
e pra quem quiser dar uma olhada nos testes... ai está o gabarito.
testes
l.e 2. b 3.e 4.e 5.c
6. b 7.a 8. d 9. d 10. d
11. b 12.a 13. b 14. c 15. d
17.
16. b 18. a 19. b 20. e
e
22.
21. c 23. a 24.d 25. a
c
27.
26. c 28. c 29. e 30. c
e
31. a

Похожие интересы