Вы находитесь на странице: 1из 6

1

1 This is page i Printer: Opaque this Lógica Este material se compõe de exercícios de

This is page i Printer: Opaque this

Lógica

Este material se compõe de exercícios de Lógica relacionadas as disciplinas de Fundamentos de Matemática e Matemática Discreta

1.1 Tabela Verdade

1. (FM-2003) O conectivo é tal que pt t e pc c, onde p é uma proposição qualquer, t é uma tautologia e c é uma contradição.

(a)

Construa a tabela verdade de pq , para quaisquer proposições p e q .

(b)

O conectivo é comutativo?

(c)

Verique se i) pp ⇐⇒ p ii) ( p q ) ( pq −→ qp ).

2. (MD-2002) Determine, através de uma tabela-verdade, os valores- verdade da proposição (p ∧ ∼ q ) r . Usando as proposições simples p, q, r , dê um exemplo de proposição equivalente à proposição dada.

3. (MD-2002) Construa a tabela-verdade da proposição abaixo e con- clua, justicando, que ela é equivalente à proposição ( q r∧ ∼ p ).

(q r ) ( r∨ ∼ p) →∼ ( q∧ ∼ p)

1.2 Método Dedutivo

1. (MD-2002) Verique se as inferências abaixo são válidas (nesse caso apresente uma demonstração) ou inválidas (nesse caso apresente um contra-exemplo):

qp

qp

q

qp

qp

p

2. (MD-2002) Verique se as inferências abaixo são válidas (nesse caso apresente uma demonstração) ou inválidas (nesse caso apresente um contra-exemplo):

qr qr

qp qp

r

r

pr

p

ii

1. Lógica

3. (FM-2003) Mostre que o seguinte argumento é válido:

H 1 : A(BC )

H 2 : C(DE )

H 3 : (BD ) F

H 4 :F

T : A

4. (FM-2003) Mostre que o seguinte argumento é válido:

P ( Q R ), Q S, P U, ˜(R X ), S (X Y ), ˜U ` Y,

onde P, Q, R, S, U, X e Y são proposições quaisquer.

5. (FM-2003) Verique se a proposição

( pq ) (rp) q∨∼r

é uma tautologia. Caso o seja, demonstre pelo método dedutivo e caso não seja apresente os valores lógicos de p, q e r que impedem de ser.

6. (MD-2001) Demonstre, justi cando cada passo, a inferência

pqr

p∧∼r

q.

7. (FM-2002) Mostre que ( p q ) r [( p r ) ( q r )] , utilizando o método dedutivo.

8. (MD-2000) Valide o argumento

A J =G, J =⇒∼

G, J B ` A =B.

9. Prove que os seguintes argumentos são válidos:

a) T, T =Q, Q =S ` S.

b) S Q, T =Q, T =R ` R.

c) B =C, C ` A.

A =B,

d) C

A =C,

=

M, M R, R ` A.

e) P =Q, R =Q, (P S ) ` R S.

f) P Q =RS, R S ` P =Q.

g) P Q, RQ

` P =R.

10. (MD-1997)Compare os argumentos abaixo. Quais são válidos ? Ex- plique e dê exemplos:

PQ

PQ

P

P

Q

Q

1. Lógica

iii

1.3 Quanticadores

1. (FM-2003) Considerando N como universo de discurso e a proposição

( x)(y )( q ( x, y )∧ ∼ p (x))

responda:

(a)

Qual a negação da proposição acima?

(b)

Se p( x) : "x é par" e q (x, y ) :"x = 2y ", qual o valor lógico da proposição do item (a)?

2. (FM-2003) Considere a seguinte proposição: (x)(˜p( x)) [(x)(y )(q ( x, y ))].

(a)

Apresente a sua negação.

(b)

Encontre o valor lógico da proposição obtida no item a), consid- ereando o universo de discurso {1, 2, 3, 4}, as proposições p (x) :

x < 5 e q (x, y ) : x 2 + 2y < 15.

3. (MD-2002) Escreva a negação da proposição abaixo e determine o valor-verdade da proposição obtida:

( x)( y )( p( x, y ) q ( x)) ,

onde, no universo dos números inteiros, q ( x) é o predicado "x é par" e p( x, y ) é o predicado "x = 2y ".

4. (MD-2002) Escreva a negação da proposição abaixo:

( x)(y )( q ( x, y )∧ ∼ p (x)).

Sabendo que, no universo dos números inteiros, p( x) é o predicado "x é par" e q ( x, y ) é o predicado "x = 2y ", determine o valor-verdade da proposição obtida.

5. Escreva (em português, não em linguagem lógica) a negação de cada sentença abaixo:

(a)

Todo número inteiro é um número real.

(b)

Existe um número real que não é inteiro.

(c)

Alguns naturais são primos.

(d)

Nem todos os naturais são primos.

(e)

Todas as casas são feitas de tijolos.

(f)

Nenhum natural é primo.

(g)

Todo carro é ou branco ou preto.

iv

1. Lógica

(h)

Alguns carros são brancos por fora e pretos por dentro.

(i)

Existe um número natural que é par ou um quadrado perfeito.

(j)

Todo natural é ímpar ou um quadrado perfeito.

6. No universo dos números inteiros, considere o predicado s(x) : x 3 = x. Qual das seguintes proposições são verdadeiras (justi que):

(a)

s(o )

(b)

s(1)

(c)

s(1)

(d)

(x)(

s(x))

(e)

(x)(

s(x))

(f)

(!x)( s(x))

7. Considere o mesmo predicado s do exercício anterior, agora no uni- verso {0, 1}, e determine os valores-verdade das seguintes proposições:

(a)

(x)( s(x))

(b)

(!x)( s(x))

(c)

(x)( s(x))

8. No universo dos números inteiros Z, determine o valor-verdade de cada proposição abaixo (justique a resposta):

(a)

( x)(y )( x = y )]

(b)

(x)( y )( xy = yx)

(c)

(x)( y )( xy = 1)

(d)

(x)( y )( xy = x)

(e)

(x)( y )( xy = y )

(f)

(x)( y )( z )(xy = z )

(g)

(x)( y )( z )(xy = z )

9. No universo dos números naturais N, escreva (usando quanticadores e, se necessário, conectivos lógicos) os seguintes predicados (siga o exemplo do item (a)):

(a)

p( n): n é par. (solução: ( k )( n = 2k ) )

(b)

i( n) : n é ímpar.

(c)

d( n, m) : n divide m.

(d)

r ( n): n é primo (use d( n, m) para indicar a propriedade do item anterior).

1. Lógica

v

(e) q ( n) : n é um quadrado perfeito (isto é, n é o quadrado de um número natural).

10. Expresse a negação de cada pred icado do exercício anterior.

11. Usando os predicados p, i, d, r, q do exercício acima (sem descrevê-los novamente), conectivos lógicos e quanticadores, expresse cada uma das proposições abaixo (siga o primeiro exemplo):

(a)

Todo natural é par ou ímpar. (solução: (n)(p (n) i( n)) )

(b)

Se um quadrado perfeito é par, então ele é divisível por 4.

(c)

Só existe um número primo par.

(d)

Se um primo divide o produto de dois números, então ele divide um dos dois números.

(e)

Há números primos pares, mas não há quadrados perfeitos pri- mos.

(f)

Alguns números são divisíveis por 3 mas não por 9

12. Ainda considerando os predicados

p, i, d, r, q sobre N, determine os

valores-verdade das seguintes proposições abaixo:

(a)

(n)([p( n) i( n + 1)])

(b)

(n)( r ( n) d (3, n))

(c)

(n)( r ( n) ( d( n, 2) d (2, n))

(d)

(n)( m)((m 6= 1) q (m) d( m, n))

(e)

(n)( m)( q (m) d (n, m))

(f)

(n)( m)[((n = m 2 ) p( m)) q ( m) p( n)]

(g)

(n)( q (n) q ( n + 1))

13. (MD-1997)Para cada das sentenças abaixo, determine valor verdade e faça as respectivas negações sem usar o conectivo .

a) yx[2x = y ]

b) x[( x 6= 1) (x 2 > x + 1)]

(universo: inteiros)

(universo: 1,2,3, )

14. (MD-1997)Esceva em notação lógica o enuncido :“Todo número nat-

ural é soma de 3 quadrados”. Qual seu valor verdade( universo nat-

urais: 0, 1, 2, 3,

? E qual a sua negacão( sem usarr o conectivo ) .

vi

1. Lógica

1.4 Indução Finita

1. (MD-2001) Enuncie o Princípio de Indução Finita.

2. Mostre, utilizando indução nita, que as seguintes proposições são verdadeiras.

(a)

(b)

(c)

(d)

(e)

(f)

(g)

(h)

(FM-2002) 1.2+2.3+3. 4+ + n. ( n + 1) = n

N.

(MD-1997) 3+6+9+ (MD-1997) 1+3+3 2 +

(MD-1997) 7 divide 2 3 n 1,nN.

(MD-2001) 1 3 + 2 3 + ··· + n 3 = n 2 ( n + 1) 2 ,nN.

3

(n + 1) . ( n + 2) , n

, n N. , n N.

+ 3n = 3n(n+1)

2

+ 3 n = 3 n+1 1

2

4

(MD-2001) 1+2+ ··· + n = n(n+1) ,nN.

2

(FM-2003) 24 divide 5 2n 1,nN.

(FM-2003) n 2 > 2n + 1, para todo número n>n 0 pertencente aos Naturais, determinando o valor de n 0 .