Вы находитесь на странице: 1из 200
MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Treinamento do MDESIGN

+55 (19) 31241811 Treinamento do MDESIGN Dimensionamento de Elementos de Maquinas Utilizando o

Dimensionamento de Elementos de Maquinas Utilizando o MDESIGN

MSc. Eng. Joselito R. Henriques Jeovano J. A. Lima

Junho de 2006

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Sumário

1

3

3

3

3

3

4

2 DIMENSIONAMENTO DE PINO GUIA 8

1 INTRODUÇÃO

1.1

ICONES

DIMENSIONAMENTO DE PINO GUIA 8 1 INTRODUÇÃO 1.1 I CONES 1.1.1 Icone “ajuda de texto” 1.1.2

1.1.1 Icone “ajuda de texto”

1.1.2 Ícone “ajuda gráfica”

1.1.3 Ícone “Tabela”

1.1.4 Ícone “yes/no”

1.2 EXEMPLO

2.1 DADOS DE ENTRADA PARA OS CÁLCULOS DO PINO GUIA

8

2.2 PARÂMETROS A SEREM CALCULADOS

8

2.3 FORMULAS PARA O CÁLCULO

9

2.4 FLUXOGRAMA

10

2.5 CONSIDERAÇÕES

10

2.6 EXERCÍCIOS

11

3 DIMENSIONAMENTO DE CHAVETA PLANA

14

3.1 DADOS DE ENTRADA PARA O CÁLCULO DA CHAVETA PLANA

14

3.2 PARÂMETROS A SEREM CALCULADOS

15

3.3 FORMULAS PARA O CÁLCULO

15

3.4 FLUXOGRAMA

16

3.5 TABELAS

16

3.6 EXERCÍCIOS

18

4 DIMENSIONAMENTO DE EIXOS E EIXO ÁRVORES

23

4.1 DADOS DE ENTRADA PARA O CÁLCULO DO EIXO

23

4.2 PARÂMETROS A SEREM CALCULADOS

24

4.3 FORMULAS PARA O CÁLCULO

24

4.4 FLUXOGRAMA

25

4.5 TABELA

25

4.6 EXERCÍCIOS

26

5 DIMENSIONAMENTO DE ROLAMENTO 32

5.1 DADOS DE ENTRADA PARA O CÁLCULO DE ROLAMENTOS

34

5.2 PARÂMETROS A SEREM CALCULADOS

35

5.3 FORMULAS PARA O CÁLCULO

36

5.4 CONSIDERAÇÕES

37

5.5 FLUXOGRAMA

38

5.5.1 Dimensionamento de

38

5.5.2 Dimensionamento de Rolamento(Completo) 39

5.6 TABELAS

39

5.7 EXERCÍCIOS

42

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

6 DIMENSIONAMENTO DE MANCAIS RADIAIS

47

6.1 DADOS DE ENTRADA PARA O CÁLCULO DE MANCAIS RADIAIS

47

6.2 PARÂMETROS A SEREM CALCULADOS

48

6.3 FORMULAS PARA O CÁLCULO

48

6.4 FLUXOGRAMA

49

6.5 TABELAS

49

6.6 EXERCÍCIOS

51

7 DIMENSIONAMENTO DA GEOMETRIA DO PAR DE ECDR 55

7.1 DADOS DE ENTRADA PARA OS CÁLCULOS DA GEOMETRIA DA ENGRENAGEM

56

7.2 PARÂMETROS DA GEOMETRIA A SEREM CALCULADOS

56

7.3 FORMULAS PARA O CÁLCULO

56

7.4 FLUXOGRAMA

58

7.5 EXERCÍCIOS

59

8 DIMENSIONAMENTO DA RESISTÊNCIA DO PAR ECDR

61

8.1 DADOS DE ENTRADA PARA OS CÁLCULOS DA RESISTÊNCIA DA ENGRENAGEM

61

8.2 PARÂMETROS A SEREM CALCULADOS

62

8.3 FLUXOGRAMA

63

8.4 TABELAS

63

8.5 GRÁFICOS

66

9 BANCO DE DADOS MDESIGN

80

9.1 EDIÇÃO DO BANCO DE DADOS

80

9.2 BANCO DE DADOS DE PARAFUSOS

81

9.3 EXEMPLO

85

9.3.1 Banco de Dados WERKSTOFF

85

9.3.2 Banco de Dados EMODUL

85

9.3.3 Banco de Dados ZUGFESTIGKEIT

86

9.3.4 Banco de Dados WÄRMEAUSDEHUNGSKOEFFIZIENT

87

10 BIBIOGRAFIA

88

11 RESOLUÇÃO DOS EXERCÍCIOS NO MDESIGN

89

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

1

Introdução.

O

MDESIGN e um software CAE (“Computer Aided Engineering”) para cálculo de Elementos de

Máquinas. Ele foi desenvolvido na Alemanha a mais de 10 anos e é hoje implantado com sucesso em mais de 2000 empresas tais como Ferrari, BMW, General Motor, Gerdau Açominas dentre outras

grandes empresas mundiais. Possui mais de 20.000 usuários no mundo. No Brasil o MDESIGN começou a ser divulgado somente no final de 2004.

O MDESIGN possui mais de 50 módulos de cálculos que auxilia o o usuário no desenvolvimento do

Projeto. Dentre os módulos encontra-se cálculos para dimensionamento de Eixos, Engrenagens,

Vigas, Rolamentosm, Parafusos, Junções, Ajustes de Tolerância, dentre vários outros.

A implantação do MDESIGN na indústria no Brasil já comprovou sua eficiência e também o rápido

retorno do investimento. As duas figuras abaixo apresenta a média de 38 engenheiros que trabalha

na área de desenvolvimento no Brasil. Foi medido o tempo para desenvolvimento através do método

manual (convencional) e utilizando o MDESIGN. Com o MDESIGN o projetista teve um ganho de

80% em média quando comparado com o seu método convencional. Também ocorreu uma redução

de

erro da ordem de 50 %.

O

MDESIGN é um dos melhores sistemas para dimensionamento de componentes mecânicos do

mundo e é muito simples de utilizar.

27:13 27:13 24:45 24:45 24:12 24:12 Manual Manual 21:10 21:10 19:51 19:51 MDESIGN MDESIGN 18:09
27:13
27:13
24:45
24:45
24:12
24:12
Manual
Manual
21:10
21:10
19:51
19:51
MDESIGN
MDESIGN
18:09
18:09
86,80 %
15:07
15:07
85,47 %
11:29
11:29
11:25
11:25
12:06
12:06
09:04
09:04
86,94 %
88,91 %
06:03
06:03
03:16
03:16
02:53
02:53
03:01
03:01
01:30
01:30
01:16
01:16
00:00
00:00
Pino
Pino
Chaveta
Chaveta
Eixo
Eixo
Rolamento
Rolamento
Tempo em ' e "
Tempo em ' e "

Redução do tempo de dimensionamento utilizando o MDESIGN

Interfase do Usuário. MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA

Interfase do Usuário.

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

A interfase do MDESIGN e muito confortável, pois vários de seus comandos já são familiares, encontrados no Windows, mesmo assim você vai perceber que no MDESIGN é fácil aprender novos comandos e conceitos. Na Figura 1.1 pode-se observar a interface do MDESIGN

.
.

Figura 1.1 – Interfase do MDESIGN

A. Grupo de módulos.

B. Painel de seleção do programa (estrutura de cálculo, editor de tabela, etc.).

C. Menu principal.

D. Entrada de dados para o cálculo(Input Page).

E. Barra de ferramentas.

F. Saída de dados calculados(Output Page).

G. Texto de ajuda para parâmetros da entrada.

H. Ajuda gráfica ou resultados gráficos.

1.1 Icones Importantes. MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA

1.1 Icones Importantes.

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Internet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 1.1.1 Icone “ajuda de texto” Quando encontrado perto de

1.1.1 Icone “ajuda de texto”

Quando encontrado perto de um valor da entrada significa que "uma ajuda texto". Estas informações

adicionais a respeito do cálculo, são informações de catálogos, ou dados técnicos para ativa-las e

necessário um clique do mouse. Esta ajuda pode ser vista na tela cheia clicando no ícone do

campo de “texto de ajuda”.

cheia clicando no ícone do campo de “texto de ajuda”. 1.1.2 Ícone “ajuda gráfica” Quando encontrado
cheia clicando no ícone do campo de “texto de ajuda”. 1.1.2 Ícone “ajuda gráfica” Quando encontrado

1.1.2 Ícone “ajuda gráfica”

Quando encontrado perto de um valor da entrada significa que "uma ajuda gráfica" está disponível.

As informações gráficas, são formulário, modelos, gráficos ou diagramas. Estale esta tecla com o

rato para ver a informação gráfica. Para ativa-las e necessário um clique do mouse. Esta ajuda pode

ativa-las e necessário um clique do mouse. Esta ajuda pode ser vista na tela cheia clicando

ser vista na tela cheia clicando no ícone do campo de “ajuda gráfica”.

cheia clicando no ícone do campo de “ajuda gráfica”. 1.1.3 Ícone “Tabela” Quando encontrado perto de

1.1.3 Ícone “Tabela”

Quando encontrado perto de um campo da entrada significa que para estes parâmetros os valores

podem ser inseridos automaticamente, basta escolher um dos itens fornecidos pela tabela. A

seleção da tabela pode ser feita com um dublo-clique do mouse sobre o item desejado ou

selecionando um item e clicando "OK". Todos os valores associados ao item aparecerão

automaticamente na página da entrada.

ao item aparecerão automaticamente na página da entrada. 1.1.4 Ícone “yes/no” Se o parâmetro tiver uma

1.1.4 Ícone “yes/no”

Se o parâmetro tiver uma unidade de medida, ou condições para o cálculo, este terá uma caixa para

).
).

com um clique do mouse

escolha do parâmetro (por exemplo, no caso de unidades

sobre a unidade, o usuário terá uma lista de unidades básicas associada ao parâmetro escolhido

(Figura 1.2).

de unidades básicas associada ao parâmetro escolhido (Figura 1.2). Figura 1.2 – Exemplo de uma caixa

Figura 1.2 – Exemplo de uma caixa de parâmetros

1.2 Exemplo. MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA –

1.2

Exemplo.

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

1º Passo: Ir ao Grupo de Módulos e selecionar Shaft,axles,pins, após ter feito isso selecione o módulo shaft, RM ed.13. O cálculo de eixos, é um dos diversos módulos de cálculo do MDESIGN.

é um dos diversos módulos de cálculo do MDESIGN. • 2º Passo: Todos os Módulos para

2º Passo: Todos os Módulos para cálculo possuem um exemplo pronto, e para

, Na Figura 1.3 a tela do MDESIGN que já

seleciona o exemplo relacionado ao módulo em que você esta trabalhando, neste

caso shaft(eixos).

relaci onado ao módulo em que você esta trabalhando, neste caso shaft(eixos) . utiliza-lo é necessário

utiliza-lo é necessário ir em abrir

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Internet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 Figura 1.3 – Janela “Abrir” • 3º Passo: Após

Figura 1.3 – Janela

+55 (19) 31241811 Figura 1.3 – Janela “Abrir” • 3º Passo: Após abrir o exemplo,

“Abrir”

3º Passo: Após abrir o exemplo, utilizando o Input Page o usuário pode incorporar valores diretamente nos campos, edita-los manualmente, ou em algumas caixas, utilizadas para a entrada automática de dados através de um

.
.

ícone . Os valores de Yes/No podem ser ajustados nas caixas de verificação

de Yes/No podem ser aj ustados nas caixas de verificação Figura 1.4 – Input page •

Figura 1.4 – Input page

4º Passo: Depois de inserir todos os dados corretamente, para calcular é

de inserir todos os dados corretamente, para calcular é necessário clicar no ícone “Calculate” ou clicar

necessário clicar no ícone “Calculate” ou clicar F10. Após ter calculado o MDESIGN cria uma página de saída de dados output Page, onde estão todos os

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

resultados dos cálculos, correspondendo aos valores na página da entrada. Os resultados nesta página são atualizados toda vez que o ícone "Calculate" for acionado. Os resultados da página da saída podem ser copiados para uma

resultados da página da saída podem ser copiados para uma planilha ou doc. usando Copy to

planilha ou doc. usando Copy to Clipboard , ou utilizar um documento gerado pelo MDESIGN para apresentação dos resultados, que pode ser visualizado em Arquivo, “print previw” (Figura 1.5).

resultados, que pode ser visualizado em Arquivo, “print previw” (Figura 1.5). Figura 1.5 – “Print Preview”

Figura 1.5 – “Print Preview”

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Treinamento do MDESIGN

+55 (19) 31241811 Treinamento do MDESIGN Dimensionamento de Pino Guia MSc. Eng. Joselito R. Henriques

Dimensionamento de Pino Guia

MSc. Eng. Joselito R. Henriques Jeovano de J. A. de Lima

Março de 2006

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

2 Dimensionamento de Pino Guia

O MDESIGN utiliza a literatura Roloff/Matek para o dimensionamento de pinos guia (Figura 2.1). Para este módulo o mesmo dispõem de seis algoritmos que são reconhecidos automaticamente pelo programa nos termos dos parâmetros da entrada.

pelo programa nos termos dos parâmetros da entrada. Figura 2.1 – Pino Guia 2.1 Dados de

Figura 2.1 – Pino Guia

2.1 Dados de entrada para os Cálculos do Pino Guia

Variável

Unidade

Descrição

cB

-

Fator operacional (Tabela 1)

F

[N]

Força

d

[mm]

Diâmetro do Pino

l

[mm]

Nível de aplicação da força

s

[mm]

Parte encaixada

θ

[°C]

Temperatura de trabalho

Rm

[N/mm²]

Tensão de ruptura

2.2

Parâmetros a serem calculados

Variável

Unidade

Descrição

lges

[mm]

Comprimento total do pino

Mb

[Nm]

Momento Fletor

σbvorh

[N/mm²]

Tensão existente

P1

[N/mm²]

Pressão superficial fletora

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

P2

[N/mm²]

Pressão superficial cizalhamento

Pmáx

[N/mm²]

Pressão superficial máxima

σbzul

[N/mm²]

Momento Fletor admissível (Tabela 2)

pzul

[N/mm²]

Pressão superficial admissível (Tabela 2)

sb

[-]

Fator de segurança para momento fletor

sp

[-]

Fator de segurança para pressão superficial

2.3 Formulas para o Cálculo

Utiliza-se para o cálculo do pino guia as seguintes formulas:

o Cálculo Utiliza-se para o cálculo do pino guia as seguintes formulas: Mb=F * l pmax=p

Mb=F * l

o Cálculo Utiliza-se para o cálculo do pino guia as seguintes formulas: Mb=F * l pmax=p
o Cálculo Utiliza-se para o cálculo do pino guia as seguintes formulas: Mb=F * l pmax=p
o Cálculo Utiliza-se para o cálculo do pino guia as seguintes formulas: Mb=F * l pmax=p

pmax=p1+p2

l

ges

=l

+ s

o Cálculo Utiliza-se para o cálculo do pino guia as seguintes formulas: Mb=F * l pmax=p
2.4 Fluxograma MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA –

2.4 Fluxograma

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Internet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 2.5 Considerações Para que um pino fixo esteja dentro das

2.5 Considerações

Para que um pino fixo esteja dentro das normas de segurança ele precisa obedecer aos seguintes critérios:

Fator de operação

Tipo de Impacto

 

Tipo de trabalho

Fator cB

Leve

 

Maquinas Elétricas

1.0

- 1.2

Médio

(

Slotting Machine )

1.2

- 1.6

Pesado

Guilhotinas e prensas

1.6

- 2.0

Muito Pesado

(

Rolling Machine )

2.0

- 3.0

Tabela 1 – Fator cB

Variável

Carga Estática

Carga Pulsante

Carga Oscilante

σbzul

0,3*Rm

0,2*Rm

0,15*Rm

pzul

0,35*Rm

0,25*0,25*Rm

0,20*Rm

Tabela 2 – Calculo da tensão admissível

2.6 Exercícios MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA –

2.6

Exercícios

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Para o estudo deste modulo são propostos os seguintes exercícios:

EXERCÍCIO 1

Para um pino guia de 8mm de diâmetro e 20mm de comprimento com uma força de 20N sendo l = 10mm. Determine o fator de segurança. O Material do pino é 16MnCr5 com Rm = 880 N/mm 2 e da parte fixa é S185 com Rm =290 N/mm 2 . Considere esforço leve e carga estática.

Dados:

d = 8mm;

l ges = 20mm;

l = 10mm;

F = 20N;

Dados Material Pino (16MnCr5):

Rm = 880N/mm 2 Dados Material Parte fixa (S185):

Rm = 290N/mm 2

Resultados:

= l + s ⇒ 20 = 10 + s ⇒ s = 20 −10
= l
+ s
⇒ 20 = 10 +
s
s
= 20 −10 ⇒
s
= 10
mm
l ges

Momento Fletor:

Mb=F * l Mb = 20 *10 Mb = 200 Nm

Coeficiente de segurança:

σ bzul

264

Sb =

Sb =

Sb = 66,33

 

σ bvorh

3,98

Momento Fletor admissível (Tabela 2):

σbzul =

0,3*

Rm σbzul =

0,3*880

σbzul =

264

N
N

mm

2

Tensão existente:

2

32 * Mb * cB 32 * 200 *1 6400 σ bvorh = ⇒ σ
32 *
Mb
*
cB
32 * 200 *1
6400
σ bvorh =
σ bvorh
=
⇒ σ
bvorh
=
⇒ σ
bvorh
= 3,98
N
3
3
mm
π
* d
π
*8
1608,5
EXERCÍCIO 2

Um determinado pino guia de cB=5 esta submetido a uma força de 100N na posição l=20mm, sabendo que o

comprimento do pino e de 35mm e a tensão existente σbzul = 264N/mm 2 , determine o diâmetro e os fatores de segurança para este pino, Considere carga estática.

Dados:

l ges = 35mm;

l = 20mm; F = 100N; σ bzul = 264N/mm 2 Dados Material Pino (16MnCr5):

l = 20mm; F = 100N;

σbzul = 264N/mm 2

Dados Material Pino (16MnCr5):

Rm = 880N/mm 2 Dados Material Parte fixa (S185):

Rm = 290N/mm 2 Resultados:

= l + s ⇒ 35 = 20 + s ⇒ s = 35 −
= l
+ s
⇒ 35 = 20 +
s
s
= 35 − 20 ⇒
s
= 15
mm
l ges

Momento Fletor:

Mb=F * l Mb = 100 * 20 Mb = 2000 Nm

Coeficiente de segurança:

σ bzul

σ bvorh

264

264

Sb =

Sb =

Sb = 1

Momento Fletor admissível (Tabela 2):

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

σbzul =

0,3 *

Rm σbzul =

0,3 * 880

σbzul =

264

N
N

mm

2

 

Tensão existente:

 
 

32 *

Mb

*

cB

32 * 2000 * 5

 

320000

 

3

 

320000

3 385,83
3
385,83
 

bvorh =

σ

 

264

=

264

=

d

=

d

=

d

=

7,28

mm

 
 

π

*

d

3

π

*

d

3

π

*

d

3

829,38

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Treinamento do MDESIGN

+55 (19) 31241811 Treinamento do MDESIGN Dimensionamento de Chaveta Plana MSc. Eng. Joselito R.
+55 (19) 31241811 Treinamento do MDESIGN Dimensionamento de Chaveta Plana MSc. Eng. Joselito R.

Dimensionamento de Chaveta Plana

MSc. Eng. Joselito R. Henriques Jeovando de J. A. de Lima

Março de 2006

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

3 Dimensionamento de Chaveta Plana

As chavetas são elementos que permitem a interligação e a conseqüente transmissão de torção, de arvore de transmissão a acoplamentos, polias, engrenagens ou outro qualquer componente de equipamento.

Entre os tipos mais comuns de chavetas, dois se destacam: chaveta plana e chaveta Woodruff.

As chavetas planas, mais comuns, são padronizadas em sua seção (b x h) Figura 3.1, em função do diâmetro da arvore em que serão montadas veja Tabela 4.

O material empregado em chavetas planas é um aço carbono com o teor de aproximadamente 0,2 % de carbono.

Somente em caos muito especiais será necessário recorrer a materiais com características mecânicas superiores.

a materiais com características mecânicas superiores. Figura 3.1 – Parâmetros da chaveta Plana 3.1 Dados de
a materiais com características mecânicas superiores. Figura 3.1 – Parâmetros da chaveta Plana 3.1 Dados de

Figura 3.1 – Parâmetros da chaveta Plana

3.1 Dados de entrada para o Cálculo da Chaveta plana

Tipo (DIN 6885 pag.1 Tipo B – Cantos retos)

Os dados básicos para o cálculo da chaveta plana estão relacionados na tabela que se segue.

Variável

Unidade

Descrição

Tnenn

[Nm]

Torque nominal

Tmax

[Nm]

Torque máximo

KA

[-]

Fator de serviço (Tabela 3)

d

[mm]

Diâmetro do eixo

i

[-]

Numero de chavetas

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

 

b

[mm]

Largura da chaveta (Tabela 4)

h

[mm]

Altura da chaveta (Tabela 4)

t1

[mm]

Altura do rasgo da chaveta no eixo (Tabela 4)

lpf

[mm]

Comprimento da chaveta

ltr

[mm]

Comprimento do rasgo da chaveta no eixo

l2tr

[mm]

Comprimento do rasgo da chaveta no cubo

Ro

[-]

Tabela 5

T

10

[Nm]

Tabela 4

Re

[N/mm²]

Tensão de escoamento do material (eixo, cubo e chaveta)

Rm

[N/mm²]

Tensão de ruptura do material (eixo, cubo e chaveta)

3.2 Parâmetros a serem calculados

Os dados básicos a serem calculados para a chaveta plana estão relacionados na tabela que se segue.

Variável

Unidade

Descrição

Teq

[Nm]

Torque equivalente

Fmax

[N]

Forca tangencial máxima

pmax

[N/mm²]

Pressão superficial máxima

Remin

[N/mm²]

Menor tensão de escoamento do material dentre (eixo, cubo e chaveta)

Rmmin

[N/mm²]

Menor tensão de ruptura do material dentre (eixo, cubo e chaveta)

fL

[-]

Fator de repetibilidade na carga de pico (eixo, cubo e chaveta) Tabela 6

Kv

[-]

Superfície que suporta a parte Tabela 7

pzul

[N/mm²]

Pressão superficial admissível

Tzul

[Nm]

Torque admissível

Seq

[-]

Fator de segurança admissível

3.3 Formulas para o Cálculo

Para o cálculo de uma chaveta plana as seguintes formulas são necessárias:

T eq

= K

A

*T

nenn

Fmax = 2 . Tmax

d

p

zul

=

0,9*

R

e min

para materiais dúcteis

T max lpf = Ro *T 10 Comprimento da Chaveta T zul = p zul
T max lpf = Ro *T 10
T max
lpf =
Ro *T
10

Comprimento da Chaveta

T zul

=

p

zul

*(

h

t

1

)*

l

2

tr

*

d

 

K

v

* 2 *1000

 

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

ConsideraçõesInternet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 Para que uma chaveta plana esteja dentro das normas de

Para que uma chaveta plana esteja dentro das normas de segurança ela precisa obedecer aos seguintes critérios:

T ≤T eq zul
T
≤T
eq
zul

ltr 1,3.d

1,5 S eq 2,5

3.4 Fluxograma

ltr ≤ 1,3.d 1,5 ≤ S e q ≤ 2,5 3.4 Fluxograma 3.5 Tabelas Para o

3.5 Tabelas

Para o cálculo da chaveta plana as seguintes tabelas são dadas

Modo de operação da transmissão

 

Modo de operação da transmissão

 

Uniforme

Choque moderado

Choque médio

Choque pesado

Uniforme

1,0

1,25

1,5

1,75

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Choque leve

1,1

1,35

1,6

1,85

Choque moderado

1,25

1,5

1,75

2,0

Choque pesado

1,5

1,75

2,0

2,25 ou maior

Tabela 3 – Determinação do Fator de Serviço (KA) anexo A da DIN 3990

Diâmetro do Eixo

Seção

t1

Torção 1

d (mm)

b x h (mm 2 )

(mm)

T 10 (N.mm)

10 –12

4

x 4

2,5

1000

– 1200

>12 – 17

5

x 5

3

1300

– 2200

>17 – 22

6

x 6

3,5

2600

– 3300

>22 – 30

8

x 7

4

3800

– 5200

>30 – 38

10

x 8

5

6000

– 7600

>38 – 44

12

x 8

5

7600

– 8800

>44 – 50

14

x 9

5,5

10000

– 11500

>50 – 58

16

x 10

6

13000

– 15000

>58 – 65

18

x 11

7

16000

– 18000

>65 – 75

20

x 12

7,5

20000

– 23000

>75 – 85

22

x 14

9

26000

– 30000

>85 x 95

25

x 14

9

30000

– 33000

>95 – 110

28

x 16

10

38000

– 44000

>110 – 130

32

x 20

11

50000

– 59000

>130 – 150

36

x 20

12

65000

– 75000

>150 – 170

40

x 22

13

83000

– 94000

>170 – 200

45

x 25

15

106000 - 125000

Tabela 4 – Determinação das seção (b x h) em função do diâmetro do eixo

Ro

Material do Cubo

0,9

Aço

0,5

Ferro fundido

Tabela 5 – Determinação de Ro

1 Para RE = 100 N/mm 2

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Tipo Material

fL

Materiais Dúctil

1,5

Material Frágil

1,3

Tabela 6 - Determinação fator de Repetibilidade na carga de pico (fL)

i

Kv

1

1

2

0,67

Tabela 7 – Determinação da superfície que suporta o torque (Kv)

Seq

Descrição

1,5

Para torque uniforme

2,5

Para torque flutuante

Tabela 8 – Fatores de seguranças recomendados [1]

3.6

Exercícios

Para o estudo deste modulo são propostos os seguintes exercícios:

EXERCÍCIO 1

Uma árvore de transmissão, de 50 mm de diâmetro, transmite o momento de torção de 600 N.m e é ligada a um acoplamento por uma chaveta plana. (Adotar Tmax = Tnenn) Determine as dimensões da chaveta, sabendo-se que o momento de torção atua uniformemente. Adotar comprimento do rasgo da chaveta no cubo e no eixo iguais.

O

material do eixo e cubo são os mesmos: 1C45-TN: Re= 340 N/mm 2 e Rm = 620 N/mm 2

O

material da chaveta é o 1C22-TN: Re= 240 N/mm 2 e Rm 430 N/mm 2 .

Resultados:

 

Dados:

d

= 50mm;

T

= 600N.m;

Numero de chavetas = 1; Dimensões da chaveta:

Tabela 4 – Determinação das seção (b x h) em função do diâmetro do eixo

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Como d = 50mm adota-se b = 14mm, h = 9mm e t 1 = 5,5mm. Comprimento da chaveta:

T max

600000

Lpf =

 

=

Lpf

= 57,97

mm

Lpf

R

O

* T

10

0,9*11500

Fator de segurança:

Tzul

1095,633

Seq

=

 

Seq = 1,82

Seq =

Teq

600

T = K * T ⇒ T = 1* 600 ⇒ T = 600 N
T
=
K
*
T
T
= 1* 600 ⇒
T
= 600
N
*
mm
eq
A
nenn
eq
eq

Tzul

=

Pzul

*

(

h

t

)

1 *

L

2 tr

*

d

(

216 * 9

)

5,5 * 57,97 * 50

 

Tzul

= 1095,633

N

*

 

 

mm

 

Ky

* 2 *1000

 

1* 2 *1000

 

Pzul =

0,9* Re

Pzul =

0,9* 240

Pzul =

216

N
N

mm

2

 

EXERCÍCIO 2

Na conexão eixo cubo da Figura 3.2 foi selecionado uma chaveta plana DIN 6885, com dimensões B 10 x 8 x 32 com material DIN C45E: Re = 355 N/mm 2 e Rm = 650 N/mm 2 . O material do eixo e do cubo é de 1C55-TN Re = 370 N/mm 2 e Rm = 680 N/mm 2 . Verificar se a chaveta suporta este serviço, sendo o torque (T = 436N.m) e o fator de serviço (KA = 1).

sendo o torque (T = 436N.m) e o fator de serviço (KA = 1). Figura 3.2

Figura 3.2 – Verificação da chaveta plana [3]

Resultados MDESIGN:

Esta chaveta não suporta este serviço, pois seu fator de segurança (F S ) é de 1,1 sendo que o ideal é 1,5 F S 2,5.

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

EXERCÍCIO 3

Para a transmissão de um torque T = 450 Nm em um eixo de d = 60 mm foi selecionado um material 1C55-TN Re = 370 N/mm 2 e Rm = 680 N/mm 2 para o cubo e eixo. A conexão irá trabalhar sob regime de choque médio.

O material disponível da chaveta é 1C22-TN: Re= 240 N/mm 2 e Rm 430 N/mm 2 . Sabendo que o espaço

disponível para construção da chaveta é de 20 mm, verificar se é possível utilizar chaveta plana.

Resultados MDESIGN:

Esta chaveta não e adequada, pois para que ela suportasse este torque seu comprimento mínimo tem que ser de 46mm.

EXERCÍCIO 4

A Figura 3.1 apresenta um corte de um redutor de velocidade com engrenagem cilíndrica de dentes retos.

As características do redutor são:

Redução de 1:4 Torque de entrada: 109 Nm

Dimensões da árvore de entrada e saída:

Material eixo entrada e saída: C45E: Re = 355 N/mm 2 e Rm = 650 N/mm 2 Material Engrenagem entrada e saída: 2C45-TQ: Re= 490 N/mm 2 e Rm = 700 N/mm 2 Engrenagem saída D1 = 38 mm D2 = 50,8 mm

L1

= 80 mm

L2

= 100 mm

Trabalho sobre choque moderado. Pede-se

a) Verificar se é possível o emprego de chavetas de mesma seção nas duas árvores.

b) Determinar as características da chaveta da árvore de saída. O material da chaveta é o 1C22TN: Re= 240

N/mm 2 e Rm 430 N/mm 2 .

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Internet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 Figura 3.3 – Cálculo da chaveta plana [1] Resultados

Figura 3.3 – Cálculo da chaveta plana [1]

Resultados MDESIGN:

a) Verificando as dimensões das chavetas através da Tabela 4 nota-se que não é possível o emprega de

um único tipo de chaveta.

b) Características da chaveta da árvore de saída:

que não é possível o emprega de um único tipo de chaveta. b) Características da chaveta
MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Treinamento do MDESIGN

+55 (19) 31241811 Treinamento do MDESIGN ´ Dimensionamento de Eixos e Eixo Árvores MSc. Eng.
+55 (19) 31241811 Treinamento do MDESIGN ´ Dimensionamento de Eixos e Eixo Árvores MSc. Eng.

´

Dimensionamento de Eixos e Eixo Árvores

MSc. Eng. Joselito R. Henriques Jeovano de J. A. Lima

Março de 2006

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

4 Dimensionamento de Eixos e Eixo Árvores

Uma arvore é um elemento rotativo ou estacionário, geralmente de seção circular, que tem montado sobre si elementos com engrenagens, polias, volantes manivelas, rodas dentadas, e outros elementos de transmissão de potencia. Os Eixos árvores podem ser submetidos a esforços de flexão, tração, compressão ou torção, atuando isoladamente ou de maneira combinada. Quando tais esforços atuar de maneira combinada, deve-se considerar a resistência a fadiga e as cargas estáticas como aspectos importantes do projeto, já que arvore pode ser submetida a tensão estática,

a tensão completamente reversíveis e a tensão repedidas, todas atuando simultaneamente [2].

Um eixo é um elemento rotativo ou estacionário não sujeito a carga de torção [2].

A Figura 4.1 apresenta a representação típica de um eixo no MDEISGN.

apresenta a representação típica de um eixo no MDEISGN. ´ Figura 4.1 - Exemplo da representação
´
´

Figura 4.1 - Exemplo da representação de eixo no MDESIGN

4.1 Dados de entrada para o cálculo do eixo

Os dados básicos para o cálculo do eixo estão relacionados na tabela que se segue.

Variável

Unidade

Descrição

Material

[-]

Sigla do material

n

[rpm]

Rotação

T

[Nm]

Torque

Fr

[N]

Força Radial

Fa

[N]

Força Axial

Solicitação

[-]

Tipo de solicitação

Ө

[ºC]

Temperatura de trabalho

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

4.2 Parâmetros a serem calculados

Os dados básicos a serem calculados para o eixo estão relacionados na tabela que se segue.

Variável

Unidade

Descrição

 

d

[mm]

Diâmetro do eixo

 

Fs

[-]

Fator de segurança admissível

σ

bzul

[N/mm²]

Tesão admissível Tabela 9

 

R

[N]

Reações nos apoios

4.3 Formulas para o Cálculo

Para o cálculo do eixo as seguintes fórmulas são necessárias:

∑ F = 0 ∑ M = 0 M = F.l
∑ F = 0
∑ M = 0
M = F.l

Somatória das forças é igual a 0 (Zero)

Somatória dos Momentos é igual a 0 (Zero)

Momento Fletor = Força x Comprimento

2 ⎛ ⎞ ⎜ σ ⎟ 2 bzul M = + ⋅ T v M
2
σ
2
bzul
M
=
+
⋅ T
v M
2 ⋅
τ
tzul
T
d
= ⋅
1,72
3 ( 1
4 )
− k
⋅τ
tzul
 

⋅ 3 ( 1 − k M 4 ) ⋅ σ bzul

3

(

1

k

M

4

)

σ

bzul

d

= 2,17

d

= 2,17

⋅ 3 ( 1 − k M v 4 ) ⋅ σ bzul

3

(

1

k

M

v

4

)

σ

bzul

Momento combinado para flexão e torção junto

Diâmetro do eixo submetido somente a Torção

Diâmetro do eixo submetido somente a Flexão

Diâmetro do eixo submetido somente a Flexão e Torção

Re FS = σ bzul d K = di
Re
FS =
σ bzul
d
K =
di

Cálculo do fator de Segurança

Fator em função do diâmetro interno, para eixo maciço K = 0

4.4 Fluxograma MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA –

4.4 Fluxograma

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Internet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 4.5 Tabela Tensões / tipo de carregamento  

4.5 Tabela

Tensões / tipo de carregamento

 

Material Dúctil

 

Material Frágil

estática

variada

alternada

estática

variada

alternada

σ

bzul

0,85 Re

0,55 Re

0,40 Re

0,45 Rm

0,30 Rm

0,20 Rm

τ

tzul

0,50 Re

0,30 Re

0,20 Re

0,35 Rm

0,25 Rm

0,20 Rm

Tabela 9 – Tensão admissível para eixos

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

4.6 Exercícios Para o estudo deste modulo são propostos os seguintes exercícios:

EXERCÍCIO 1

Calcular o diâmetro do eixo e as reações nos apoios apresentado na Figura 4.2 sabendo que a carga aplicada é estática e o que o material utilizado é o C35E Re = 275 N/mm 2 e Rm = 540 N/mm 2 .

200 N

50 100
50
100

Figura 4.2 – Ex1 para dimensiomaneto de eixo

Resultados:

Figura 4.2 – Ex1 para dimensiomaneto de eixo Resultados: ↑ + ∑ FA = 0 ⇒

↑ +

FA = 0 FA + 200 + FB = 0 FA = 200 FB F = 200 100 FA = 100N

10000 + ∑ MA = 0 ⇒ − 200 *50 + FB *100 = 0
10000
+
∑ MA
= 0 ⇒ − 200 *50 +
FB
*100 = 0 ⇒
FB
=
FB
=
100N
100

+ MC = 100*50 = 5000 Nmm MC = 100*50 = 5000Nmm

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

τ = 0,5* Re ⇒τ = 355* 0,5 ⇒τ = 177 *50 N tzul tzul
τ
=
0,5* Re
⇒τ
=
355* 0,5
⇒τ
=
177 *50
N
tzul
tzul
tzul
mm 2
σ
=
Re* 0,85
⇒ σ
=
355 * 0,85
⇒ σ
=
301,75
N
bzul
bzul
bzul
2
mm
M
5000
d
= 2,17
2,17 *
3
d
= 5,53
mm
3
(
4
)
1
12
*
σ
1* 301,75
bzul

EXERCÍCIO 2

Tendo como base o os dados do exercício anterior, calcular o diâmetro do eixo, considerando também a aplicação de um torque de 100 Nm.

Resultados: 2 2 ⎛ σ * T ⎞ ⎛ 301,75 *100000 ⎞ 2 bzul 2
Resultados:
2
2
σ
* T ⎞
⎛ 301,75 *100000 ⎞
2
bzul
2
2
2
Mv
=
M
+ ⎜
5000
+ ⎜
Mv
=
5000
+
7225
2*
τ
2 *177,50
tzul

=

85146,93

N

*

mm

= 14,23

mm

Mv 85146,93 d = 2,17 * 3 ⇒ d = 2,17 * 3 ( 4
Mv
85146,93
d = 2,17 * 3
⇒ d
=
2,17 *
3
(
4 )
1
− k
*
301,75
σ bzul
EXERCÍCIO 3

A Figura 4.3 um desenho esquemático de um conjunto premontado, formado por uma árvore, engrenagens e mancais, o material do eixo é o C45E, este eixo arvore faz parte de um redutor por engrenagem helicoidal que gira a 5000 rpm. As forças nas engrenagens são apresentadas na tabela abaixo.

Forças (N)/ A B C Engrenagens Radial - 119,91 - 75,80 +164,79 Axial 285,40 -102,50
Forças (N)/
A
B C
Engrenagens
Radial
- 119,91
- 75,80
+164,79
Axial
285,40
-102,50
-285,40i
Tangencial
164,79
285,40
–119,91
Calcular:

a) As reações nos apoios;

b) O diâmetro do eixo para um fator de segurança igual a 2.

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Internet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 Figura 4.3 – Arvore de um redutor [2] Resultados MDESIGN:

Figura 4.3 – Arvore de um redutor [2]

Resultados MDESIGN:

a) Apoio 1 - F O =130411.2N Apoio 2 – F D =130395.1N

Apoio 1 - F O =130411.2N Apoio 2 – F D =130395.1N b) O diâmetro para

b) O diâmetro para um fator de segurança (Fs) = 2 e de 180mm

EXERCÍCIO 4

O eixo abaixo é feito com o material C35E, foi dimensionado para trabalhar a 5000 rpm e transmitir torque de 5KN, após vários meses de uso o eixo se rompeu por fadiga. O cliente diz que o eixo não foi bem dimensionado e a empresa diz que o cliente colocou sobrecarga. Como o calculo foi feito manualmente e a empresa não dispõe mais do memorial de cálculo, você foi desiguinado para refazer os cálculos e verificar quem está certo.

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Internet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 Tabela 10 - Ex 4 Verificação do Eixo [3] Resultados

Tabela 10 - Ex 4 Verificação do Eixo [3]

Resultados MDESIGN:

Após a verificação foi comprovado que o fator de segurança com relação a fadiga e de 0.9 sendo que o mínimo é 1, com isso o cliente está certo.

EXERCÍCIO 5

A árvore da Figura 4.4 deve ser projetada levando em conta a resistência, velocidade crítica e rigidez. A potencia fornecida a árvore através de uma polia P e uma correia plana e é retirada por meio de uma engrenagem cilíndrica de dentes retos G. A árvore é suportada por dois mancais de rolamento.

G. A árvo re é suportada por dois mancais de rolamento. Figura 4.4 – Ex 5

Figura 4.4 – Ex 5 Dimensionamento de Eixo [4]

Dados:

Torque = 700 lib.pol (Carregamento contínuo) Velocidade da árvore = 900 r.p.m.

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Árvore de aço DIN o 16CrMo9-3 Diâmetro da polia = 10 “ Diâmetro primitivo da engrenagem = 10 “ Peso da polia = 30 lb

Peso da engrenagem = 30 lb Relação de transmissão na correia T1/t2 = 2,5 Ângulo de pressão da engrenagem 20 º Dimensões A = B = C = 6 “

Determine:

As forcas na correia são perpendiculares ao plano do papel, sendo T1 tenso e T2 frouxo.

A forca tangencia na engrenagem é Ft e é também perpendicular ao plano o papel.

A forca radial é Fr.

Limitações impostas:

a) A árvore, no ponto de fixação da engrenagem, não pode sofrer deflexão angular maior que 0,001 “

b) A inclinação da árvore, no mancal, não pode ultrapassar 1º.

Resultados MDESIGN:

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Treinamento do MDESIGN

+55 (19) 31241811 Treinamento do MDESIGN Dimensionamento de Rolamento MSc. Eng. Joselito R. Henriques
+55 (19) 31241811 Treinamento do MDESIGN Dimensionamento de Rolamento MSc. Eng. Joselito R. Henriques

Dimensionamento de Rolamento

MSc. Eng. Joselito R. Henriques Jeovano de J. A. de Lima

Março de 2006

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

5 Dimensionamento de Rolamento

A Aplicação dos mancais de rolamento envolve a seleção, montagem e lubrificação adequadas

(Figura 5.1), além de sempre que possível, vedação correta a fim de que os mesmos funcionem satisfatoriamente sob determinadas condições de serviço.

satisfatoriamente sob determinadas condições de serviço. Figura 5.1: Critérios para seleção de um mancal de
satisfatoriamente sob determinadas condições de serviço. Figura 5.1: Critérios para seleção de um mancal de

Figura 5.1: Critérios para seleção de um mancal de rolamento

A seleção de um mancal de rolamento é feita através de catálogos dos fabricantes. No entanto cada

fabricante utiliza um processo para esta seleção, contudo a especificação destes rolamentos é baseada eu uma única teoria geral. O software MDESIGN em seu módulo de dimensionamento de mancais de rolamento possui a opção de selecionar qual destes métodos o usuário quer utilizar para efetuar seu dimensionamento.

Os cálculos do MDESIGN são baseados nas normas DIN, manuais e catálogos FAG e SKF e na Literatura Roloff/Matek.

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Internet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 Figura 5.2 – Determinação dos valores v 1 e v 33

Figura 5.2 – Determinação dos valores v 1 e v

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Internet: http://www.tedata.com +55 (19) 31241811 Figura 5.3 – Fator a 2 3 Campo I: Transição para

Figura 5.3 – Fator a 23

Campo I: Transição para a durabilidade permanente, máxima limpeza na fresta de lubrificação e cargas não muito elevadas, lubrificante adequado.

Campo II: Limpeza normal na fresta de lubrificação (com aditivos comprovados em rolamentos, também, são possíveis valores de a23 > 1 com κ < 0,4 a23).

Campo III: Condições de lubrificação inadequadas, Contaminação do lubrificante e lubrificante inadequado.

5.1 Dados de entrada para o Cálculo de Rolamentos

Variável

Unidade

Descrição

 

Fr

[N]

Carga Radial

 

Fa

[N]

Carga Axial

 

n

[RPM]

Velocidade

Lh erf

[h]

Vida necessária para Fadiga

Zu erf

[%]

Confiabilidade requerida

S

0erf

[-]

Índice requerido do stress

dmin

[mm]

Diâmetro Mínimo

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Dmax

[mm]

Diâmetro Máximo

Bmax

[mm]

Largura Máxima

d

[mm]

Diâmetro nominal do eixo

D

a

[mm]

Diâmetro nominal externo

B

[mm]

Largura nominal

C

0

[N]

Capacidade de carga estática

X

0

[-]

Fator estático de carga Radial

Y

0

[-]

Fator estático de carga axial

C

[N]

Capacidade de carga Dinâmica

e

[-]

Folga nominal do rolamento

X

[-]

Fator dinâmico de carga Radial

Y

[-]

Fator dinâmico de carga axial

n

g

[1/min]

Velocidade Máxima

V

g

[mm²/s]

Classe da viscosidade ISO

t

u

[°C]

Temperatura do ambiente

V

öl

[dm³/min]

Taxa de circulação do lubrificante

t

e

[°C]

Temperatura do lubrificante

Kt

[-]

Fator de Refrigeração

V

[-]

Fator de Contaminação

5.2 Parâmetros a serem calculados

Variável

Unidade

Descrição

P0

[N]

Carga estática equivalente

S0

[N]

Carga estática equivalente

X

[-]

Fator dinâmico de carga Radial

Y

[-]

Fator dinâmico de carga axial

P

[N]

Carga dinâmica equivalente

Pm

[N]

Carga média dinâmico

a

1

[-]

Fator para probabilidade de falha

a

23

[-]

Fator para material e condições de serviço

L ou L 10

[Milhões de

Vida nominal a fadiga

Rotação]

Lh ou Lh 10

[h]

Vida nominal a fadiga

t

[°C]

Temperatura de Trabalho

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

5.3 Formulas para o Cálculo

Utiliza-se para o cálculo de um Rolamento as seguintes formulas:

fL C = . P fn * ft 100 fn = 3 3* n Lh
fL
C
= . P
fn
* ft
100
fn =
3
3* n
Lh
fL =
3
500

O valor de ft e determinado pela Tabela 16

Lh fL = 3 500 O valor de ft e determinado pela Tabela 16 =fs *
=fs * P C 0 0 C 0 S = 0 P 0
=fs * P
C 0
0
C
0
S =
0
P
0
pela Tabela 16 =fs * P C 0 0 C 0 S = 0 P 0

Para rolamentos Radiais, Os valores de X e Y são determinados pela Tabela 14

Os valores de X e Y são determinados pela Tabela 14 Onde exp = 3 para

Onde exp = 3 para rolamentos de esfera e 3/10 para rolamentos de rolo.

3 para rolamentos de esfera e 3/10 para rolamentos de rolo. f 0* Fa C 0
f 0* Fa C 0
f
0*
Fa
C 0

O valor f0 e determinado pela Tabela 15

Para o cálculo ampliado da duração da vida do rolamento utilizam-se as seguintes fórmulas:

L K

= a

1

*

a

23

*

L

K

10

a 23 e determinado pelo gráfico 3 (Figura 5.3)

100 ⎞ ⎜ ⎛ ln ⎟ Zu ef a ⎟ = 1 ⎟ ⎜ ⎜
100 ⎞
⎜ ⎛
ln
Zu
ef
a ⎟
=
1 ⎟
100
ln
90 ⎠

1

1,5

O valor de a1 também pode ser determinado pela Tabela 17

k = v / v 1
k = v / v
1

O valor v 1 e determinado pelo gráfico 1 (Figura 5.2) e o valor de v pelo gráfico 2 (Figura 5.2)

Para determinar v 1 , utiliza-se o valor de d m no gráfico (Figura 5.2) 1 , utiliza-se o valor de d m no gráfico (Figura 5.2)

5.4 Considerações MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA –

5.4

Considerações

MSc. Eng. Joselito Rodrigues Henriques Diretor Comercial H2R Comércio de Software LTDA – ME Parceiro da empresa alemã TEDATA GmbH

R. Paraguai, 475 –AP32 13450-178 - Sta. Bárbara d'Oeste, SP - Brasil

Tel.

Cel. +55 (19) 92019375 Fax +55 (19) 31241788 Email: jrhenriques@tedata.com Internet: http://www.tedata.com

+55 (19) 31241811

Para que um rolamento fixo de uma carreira de esfera esteja dentro das normas de segurança ela precisa obedecer aos seguintes critérios:

segurança ela precisa obedecer aos seguintes critérios: Para carga estática equivalente, seguem as seguintes

Para carga estática equivalente, seguem as seguintes considerações:

Fa

0,8

 

P