Вы находитесь на странице: 1из 12

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

1 - INTRODUÇÃO O propósito do presente trabalho é a obtenção de conhecimentos práticos e teóricos sobre a afiação de ferramentas de corte. Com o uso as ferramentas de corte se deterioram, isto é, surgem alterações geométricas na cunha de corte como trincas, deformações na forma e nas propriedades da ferramenta. Esse desgaste diminui o rendimento da operação de corte além de produzir superfícies de acabamento de qualidade inferior as superfícies produzidas por ferramentas novas e sem um desgaste significativo. Por esses motivos, as ferramentas precisam ser restauradas. Um modo de fazê-lo é a afiação. Essa operação é feita principalmente por meio de rebolos adequados a cada tipo de ferramenta e em máquinas denominadas afiadoras de ferramentas.

2 - OBJETIVO

Este trabalho, com fins didáticos visa à fixação de diversos conteúdos como afiação de ferramentas, ângulos das ferramentas, sistemas de referência, etc. ministrados em aulas teóricas

e

práticas.

3

- CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE FERRAMENTAS DE CORTE

3.1 – Apresentação:

As ferramentas são utensílios de trabalho que o profissional emprega para operar no seu ofício. Foram criadas a cerca de 1000 anos com o objetivo de aliviar os esforços operacionais na obtenção de armas e de bens. Desde sua criação as ferramentas de corte vêem sofrendo uma evolução a fim de obter melhorias nas operações de corte, tais como: aumento da taxa de

remoção, boa qualidade superficial da peça, boa relação custo – benefício, etc. Elas são otimizadas por grupos de matérias e tipos de operações. As identificações das ferramentas de corte estão permanentemente gravadas na mesma: geometria e classe, raio da ponta e marcas para identificação das arestas utilizadas, durezas e fabricantes.

3.2 – Classificação das Ferramentas de Corte:

As ferramentas de corte são classificadas em:

- Monocortantes: Possuem uma aresta de corte. Ex: Ferramentas de torno e plaina.

- Policortantes: Possuem diversas arestas de corte. Ex: Ferramentas de fresa, brocas e serras.

É importante ressaltar que para afiação por meio de rebolos, que foi o tipo de afiação realizada neste trabalho, é preciso especificar o rebolo de acordo com o tipo de material da ferramenta, que geralmente são: aço carbono, aço-rápido, metal duro e sintetizado especial.

3.3 – Geometria das Ferramentas de Corte:

- Ângulos Medidos no Plano de Referência:

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

kr (ângulo de posição principal): Formado entre o plano de trabalho (Pt) e o gume principal, medido no plano de referência (Pr); er (ângulo de quina ou de ponta da ferramenta): Formado entre o gume principal e o gume secundário, medido no Pr; kr' (ângulo de posição lateral): Formado entre o plano de trabalho (Pt) e o gume secundário, medido no Pr.

o plano de trabalho (Pt) e o gume secundário, medido no Pr. - Ângulo Medido no

- Ângulo Medido no Plano do Gume:

medido

ls (ângulo de inclinação do gume da ferramenta): Formado entre o gume e o plano de

(Pg).

referência

(Pr),

no

plano

do

gume

o gume e o plano de (Pg). referência (Pr), no plano do gume - Ângulo Medido

- Ângulo Medido no Plano de Trabalho:

ao (ângulo de incidência da ferramenta): Formado entre o flanco principal e o plano do gume (Pg), medido no plano ortogonal a aresta de corte (Plano de Trabalho - Pt). bo (ângulo de cunha da ferramenta): Formado entre a face e o flanco principal, medido no Pt.

go (ângulo de saída da ferramenta): Formado entre a face e o plano de referência (Pr), medido no Pt.

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.  3.4 – Planos Necessários para Afiação da



3.4 – Planos Necessários para Afiação da Ferramenta:

Osplanosutilizadoscomobaseparaamediçãoeverificaçãodosângulosnaafiação

são:

-PlanodeReferência:Éumplanoescolhidopapareloouperpendicularaumplanoda ferramenta,permitindoafabricação,afiaçãooumediçãodaferramenta. -PlanodeCorte:Éumplanoperpendicularaoplanodereferênciadaferramenta,passandopela arestadecorte. -PlanodeTrabalho:Éumplanoquecontémadireçãodeavançoeadiraçãodecorte. -PlanodeMedida:Éum planoperpendicularaoplanodecorteeperpendicularaoplanode referência.

-PlanodeMedida:Éum planoperpendicularaoplanodecorteeperpendicularaoplanode referência. 3

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. 3.5- Insertos:

3.5- Insertos:

Éumaferramentadecortequeseutilizaadaptadaaumsuporte,elaéremovível. Éfabricadadediversasformasdependendodotipodaoperaçãodecorteaser empregadaepossuidediferentescomposiçõesconformeomaterialaserusinado.

3.5.1-FormadosInsertos:

Ageometriadapeça,suastolerâncias,seumaterialequalidadesuperficialdefinemo

formatodoinserto.

Háseisformascomuns,combenefícioselimitações,emrelaçãoàresistênciaatensão.

3.5.2-GeometriadosInsertos:
3.5.2-GeometriadosInsertos:

3.5.2-GeometriadosInsertos:

-Insertoscomângulodesaídanegativo:

dobrodesuperfíciedecorteemaiorresistência.

avançoeprofundidadedecortemaiores.

geraumaumentonasforçasdecorte.

exigemmaiorpotênciaerigidezdotorno.

-Insertoscomângulodesaídapositivo:

dealtatemperaturaemateriaisqueendurecemduranteausinagem.

bonsparatrabalhoemmaterialmaisdúctil,comoaçosdebaixocarbono,ligas

-Insertospositivo-negativos:

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

combinamaaçãodecortedospositivoscomaresistênciadosnegativos.

possuemgumesrealçadosousulcosnaface.

eminsertosrevestidos,sãocapazesderemovermaterialaaltasvelocidadese

avanços,comaumentodovolumedecavacos.

hádiversosmodelos,dediferentesfabricantes,comdiferentesformasdesulcos.

3.5.3-TamanhodosInsertos:

Namaioriadasformaspadrãodeinsertos,otamanhoéespecificadopelodiâmetrodo maiorcírculoquepodeserinscritonoperímetrodoinserto(chamadoIC). Porrazõeseconômicas,deveserselecionadoomenorinsertopossível,comoqualpossa serempregadaaprofundidadedecorterequeridanaoperação. Demodogeralocomprimentodogumedevesernomínimoodobrodaprofundidade decorte.

3.5.4-EspessuradosInsertos:

Dependebasicamentedaprofundidadedecorteedoavançoutilizados.Combasenestes fatores,aespessuradoinsertoéselecionadaemtabelasdefabricantes,ouatravésdedadosda literatura.

3.5.5-RaiodePontadosInsertos:

●Determinadopelaconfiguraçãodapeçaepelosrequisitosdequalidadesuperficial.

●Raiosdequinamuitopequenos:

-quinasfracas,quebraoulascamento.

-melhorcontroledoscavacosemenosruídos.

●Raiosdequinamuitograndes:

-ruídosouvibrações(pequenaespessuradoscavacos). -máquina-ferramentaedispositivosdevemterrigidezsuficiente. ●Raiodequinaapropriadoéumdosmaisimportantesfatoresrelacionadosao acabamentosuperficial. ●Demodogeralraiosdequinamaioresproduzemmelhoressuperfíciesusinadas.

3.5.6-TolerânciadosInsertos:

Defineaprecisãodeacoplamento.

Insertospadrãoestãodisponíveisem3classesdetolerância:

-usual:±0,1a0,3mm

-precisão:±0,03a0,05mm

-altaprecisão:±0,013mm

3.5.7-EspecificaçõesdosInsertos:

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. 3.6- Tipos de Ferramentas: -Ferramentasinteiriças

3.6- Tipos de Ferramentas:

-Ferramentasinteiriças

●Sãoproduzidasporfundição,forjamento,barraslaminadasouporprocessosdemetalurgiado

pó.

●Seusmateriaisincluemaçoscarbonoebaixasligas,açosrápidos,ligasdecobaltofundidase

metaisduros.

●Ferramentasdepontaarredondadapermitemaaplicaçãodegrandesavanços,empeçasde

grandediâmetro.

grandediâmetro. -Ferramentascominsertossoldados ●Ferramentasdegumeúnico.

-Ferramentascominsertossoldados ●Ferramentasdegumeúnico. ●Corpodematerialdebaixocusto. ●Partecortantecommaterialdecortedemelhorqualidadesoldadooumontadosobreabase. ● Materiaiscortantesusados:açosrápidos,ligasfundidasà base de cobalto,metal-duro, cerâmica,diamantemonoepolicristalinoenitretodeborocúbico.

base de cobalto,metal-duro, cerâmica,diamantemonoepolicristalinoenitretodeborocúbico. 6

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

-Ferramentascominsertosintercambiáveis

●Ferramentasmaislargamenteutilizadasemoperaçõesdetorneamento.

●Insertosdemetal-duropredominam,masinsertosdeaçosrápidos,cerâmicas,diamantee

CBNsãotambémusadosparamuitasaplicações.

●Sistemadeidentificaçãonormalizado,combasenascaracterísticasmecânicasegeométricas

dosinsertos.

dosinsertos. 3.7- Cuidados Gerais com Ferramentas de corte:

3.7- Cuidados Gerais com Ferramentas de corte:

Manuseioemanutençãodeferramentasdecorte.

Evitarocontatoentreferramentas.

Cuidadosnoarmazenamento.

Danificaçõesnomanuseio(quebras).

● Manterasferramentaslimpas.

● Prevenircontraoxidação.

● Sempreutilizarferramentasadequadasaosprocessos.

● Cuidadosnopreparoeinstalação.

● Observarascondiçõesdecorteadequadas.

4 - AFIAÇÃO 4.1 - Apresentação:

Afiaçãoéaoperaçãodedarformaasarestasdasferramentasdecortenovasoude restaurarocorteouoperfildeferramentasdesgastadaspelouso. Aafiaçãodasferramentaséfeitasomentenassuperfíciesquedeterminamosângulosde incidência,decunhaesaída.Ossímbolosindicadoresdecadaumdessesângulosbemcomo

figurasilustrativaseexplicaçõessobreelesjáforammostradosnoitem3.3(ângulode

incidência,ângulodecunhaeângulodesaída).

Aafiaçãodasferramentasmonocortantespodeserfeitamanualmenteouemmáquinas.

Asferramentaspolicortantessãoafiadasemmáquinasespeciais,sendoimpossívelafiá-

lasmanualmente.

Naoperaçãomanual,oresultadodependerádahabilidadedooperador.Emmáquinas

afiadorasoprodutofinalnãodependedooperador,poisessasmáquinaspossuemsuportes

orientáveisdeângulos,demodoaposicionarafacedaarestaaretificarsegundoumainclinação

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

pré-determinadaemrelaçãoàsuperfíciedorebolo.Deve-semovimentaraferramentasobrea

superfíciedoreboloparanãodesgastarorebolodeformairregularereduzir,também,a

possibilidadedeaquecimentodaarestadecortedaferramenta.Éimportantesalientarqueo

procedimentodeafiaçãodeumaferramentadeveserfeitocomlevepressão,devendoa

ferramentasermovimentadaparaambososladosnosentidotransversaldafacedorebolo.

Havendoaquecimentodapeça,amesmadeveráserresfriada.

4.2 - Rebolos:

Sãoutilizadosnausinagemporabrasão,ondearemoçãodematerialsedádevidoao contatodapeçacomosgrãosabrasivosdorebolo.

4.2.1-UsodosRebolos:

Osrebolossedividemem:

-Naturais:Seusgrãossãodepoucadurezaedepoucahomogeneidade.Satisfazemapequenos usosmanuaisparareafiarogumedasferramentas. -Artificiais:Sãohomogêneosepossuemdurezacontrolada.Sãofabricadosdediversasformas oquepermiteumavastaaplicaçãonosmateriaisemgeral.

4.2.2-CaracterísticasdosRebolos:

Suascaracteristicasdependemdesuaestrutura,deseuformatoedesuasdimensões. Alémdanaturezadoabrasivo,dotamanhodeseusgrãosenaturezadoaglutinante,os rebolosexigemumadurezaeporosidadeadequadasparaseobterumausinagemeficienteem cadatipodemetal,quantoàqualidadedoacabamento,precisãoeprodutividade.

4.2.3-DurezadoRebolo:

Adurezadorebolodependedoaglutinanteeéaforçacomqueoaglutinanteretémos grãosdoabrasivo,sendoestacaracteristicaquedeterminaseoreboloédurooumacio.

4.2.4-PorosidadedoRebolo:

Aporosidadeéarelaçãoqueexisteentreosespaçosvazioseosaglutintes,indicandoa

naturezadorebolo,queseráescolhidadeacordocomausinagemaserfeita.

4.2.5-ClassificaçãoeDimensõesdosRebolos:

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Osvaloreseascomposiçõesespecificasparaaclassificaçãodosrebolossão

encontradasemtabelasdefabricantes,ouatravésdedadosdaliteratura.

4.2.6-FormaseAplicaçõesdeRebolos:

Forma

Aplicação

DiscoReto

Afiaçãodebrocaseferramentasdiversas

Perfilado

Peçasperfiladas

Disco

Afiaçãodemachos

Prato

Afiaçãodefresasdeforma,fresas

detalonadas,fresascilíndricas,fresasfrontais,

fresasdedisco

Coporeto

Afiaçãodefresasfrontais,fresasdetopo,

fresascilíndricas,machos,cabeçotesporta-

bits

CopoCônico

Afiaçãodefresasangulares,rebaixadores,

brocade3a4arestascortantes,fresas

frontais,fresasdetopo

Segmentos

Retificaçãoplanadeataquefrontalno

faceamentodesuperficies

PontasMontadas

Ferramentasdecorteeestamposemgeral

4.2.7-EscolhadosRebolos:

Aescolhadosrebolosdependedaoperaçãoaserrealizada(desbaste,acabamento,

reafiação,corte, )edomaterialdoqualéfeito(aço,ferrofundido,latão,bronze,

).

Emcatálogosdefabricandesépossívelencontrartabelasqueindicamotipocertode

reboloaserutilizadodeacordocomoseumaterialeaoperaçãoaserrealizada.

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

Comoexemplo,paraafiaçãopodemosutilizarumreboloA120-N5V10Wfeitode

aço.Essesdadosforamobtidosnatabela6.15.3napágina172dareferência[2].

4.3 - Rebolos para afiação de Ferramentas de Corte:

Quandoénecessárioreavivararestascortantesdeumaferramenta,épossívelfazeruma

afiaçãomanualutilizandoesmerilouumapedraabrasivaparaquesepossaobterosângulos

corretosdosgumesdasferramentas.Paraissodevemosutilizar:

-umaesmerilhadoradepedestalcomrebolotiporeto-RT,paradesbastesgrossose

acabamentomédioemferramentasmonocortantes;

-umaesmerilhadoradebrocaparadesbasteeacabamentonasferramentas

monocortantesenaspontasdasbrocas;

-umaesmerilhadoradebancadacomreboloreto–RT,paradesbaste,eoutrorebolo

tipocoporeto–CR,paraacabamentoemcarbonetosecerâmicasmonocortantes;

Paraumaoperaçãonãomanualpode-seutilizarumaafiadorauniversal,comdiversos

dispositivos,paradesbasteeacabamentofiníssimonosângulosqueformamogumedas

ferramentasmulticortantesedemaisferramentas.Nestaafiadora,usam-seprincipalmente

rebolosdiamantados,queelevamcincovezesaduraçãodogumedasferramentas.

4.4 – Precauções para o Trabalho com Rebolos:

Osrebolossãolargamenteutilizadosparaosmaisdiversosfins.Autilizaçãoderebolos semasdevidasprecauçõesvemsendocausadeummaiorindicedeacidentes.Osprofissional quedelesseutilizamdevemterconhecimentossobreosprocedimentosdesegurançaefazer delesumapráticacomumeobrigatória.Tambéméimportantecuidardoreboloparaquenão ocorraqualquerdanoqueresulteemperdadequalidadedapeçaaserusidada.

4.4.1-Armazenagem:

Paraacomodarosváriostiposderebolos,devemserutilizadasestantes,caixas,gavetas

ouprateleirasdeformaadequadaeorganizada,demodoquepossibilitearetiradadosrebolos

semdanifica-los.

Elesdevemserarmazenadosemlocaissecosedetemperaturarelativamenteestável.

4.4.2-Observação:

Evitarqueosrebolossoframchoquesduranteotransporte,poisestespodemcausar trincasquetornarãooreboloinseguro.

4.2.3-ProteçãodosOlhoseViasRespiratórias:

Ocertoseriaquetodasasmáquinasdeusinarcomferramentasabrasivastivessemuma capaprotetoraparaprotegerooperadosdoscavacosquesaltamedopóqueéliberado.Porém, comoessapráticanãoémuitocomuméextremamentenecessárioqueooperadornãose esqueçadosequipamentosdesegurança(óculos,máscaraparcial,filtroparapoeira )paraa suaprópriaproteção.

5 – A OPERAÇÃO DE AFIAR:

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

Esseitemtemcomoobjetivodescrevercomofoirealizadaaafiaçãodeferramentanas

aulaspráticasdeProcessosdeUsinagem.

5.1 - Planejamento:

Éoprimeiropassoaserrealizadoparaquesepossarealizaraafiaçãodeuma

ferramenta.

Nelesãodecididos:

Otipodeferramenta;

Osistemadereferência;

Osângulosdaferramenta; Etambém,énessepassoquerealizamosodesenhodaferramentaescolhida,comos ângulosescolhidoseseusplanosdereferência. Aferramentaescolhidaparaessetrabalhotemasseguintescaracteristicas:

Ferramentademetal-duro;

Bits*de3’’decomprimento;

FerramentaàEsquerda;

a - ângulodeincidência:19º;

b - ângulodecunha:65º;

g - ângulodesaída:6º;

kr-ângulodedireçãoprincipal:70º;

kr’-ângulodedireçãosecundário:20º;

n-ânguloefetivodaferramenta:0º(logoosplanosescolhidossãoosmesmosplanos

er-ângulodeponta:90º;

efetivos);

Osplanosutilizadosparaafabricaçãodessaferramentaforamcitadosnoitem3.4.

*OBS:Bitséomonoblocoqueapósusinadoparapossuirosânguloseaformaespecificados

noprojetoseráchamadodeferramenta.

**OBS:Osângulosdaferramentasãoobtidosemtabelasemlivrosouemtabelasde

fabricantesdeacordocomoprocessodeusinagemaserempregadoetambémdeacordocomo

materialdapeçaaserusinada.

5.2 – Execução da Afiação:

Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software

http://www.foxitsoftware.com

For evaluation only.

Apósarealizaçãodoplanejamento,seguirosseguintespassos:

5.2.1-Selecionarobitaserutilizado;

5.2.2-Cortarobitnocomprimentodesejado;

5.2.3***-Iniciarausinagemdobitnoesmiril,afimdeobteraformaeosângulos

especificadosnoitem5.1eentãoseobteraferramentadecorte.

Nestetrabalhoasequênciadeusinagemdobitfoi:

5.2.3.3.1-Usinagemparaobteroângulodedireçãoprincipal;

5.2.3.3.2-Usinagemparaobteroângulodedireçãosecundário;

5.2.3.3.3-Usinagemparaobteroângulodesaída;

3.4-Acabamento.

***OBS:Ospassoscitadosnoitem5.2.3foramrealizadosaospoucos,tendoemmentequesão

necessáriasdiversasparadasnesseprocesso,paraaverificaçãodosânguloeparaoresfriamento

dobit.

Asverificaçõesdosângulosqueestavamsendoobtidosforamfeitascomum

goniômetro(umtransferidorcomhastemóvel).

5.3 - Resultado:

Nofinaldaexecuçãodoitem5.2foiobtidaaferramentadecortedesejada.

Comascaracteristicascitadasnoitem5.1elevandoaobservaçãofeitanessemesmo

item,aferramentaobtidapodeserutilizadacomafinalidadederealizaroperaçõesdedesbastes. Éextremamenteimpotanteresaltarquedevidaafaltadepráticadooperadorébem

provávelqueosângulosespecificadosnoprojeto(item5.1)nãosejamexatamenteiguaisaos

obtidosnaferramenta.

6- CONCLUSÃO Pode-seafirmarcomcertezaqueotrabalhofoiesclarecedoreextremamenteproveitoso, auxiliandonoentendimentodoconteúdoministradonasaulaspráticaseteóricas.

7- BIBLIOGRAFIA

FERRARESI ,Dino.FundamentosdaUsinagem dosMetais-SãoPaulo:EdgardBlucher,1970.

STEMMER,CasparErich.FerramentasdeCorteI–4ed.Florianópolis:Ed.daUFSC,1995.

BORDINI,AdyrBellini.FerramentasdeCorteNãoAbrasivasparaUsinagem deMetais-SENAI–DN,

DivisãodeRecursosHumanos,1977.

BORDINI,AdyrBellini.FerramentasAbrasivas-SENAI–DN,DivisãodeRecursosHumanos,1974.

SENAI. RS .InformaçõesTecnológicas-Mecânica.11ed.PortoAlegre,2005.

http://www.cimm.com.br/portal/noticia/material_didatico/3569

http://www.ferramentas-de-corte-widia.com.br/