Вы находитесь на странице: 1из 16
SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO EMPRESARIAL CADERNO DE RASCUNHO Leia com atenção as
SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM DIREITO EMPRESARIAL CADERNO DE RASCUNHO Leia com atenção as

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM

DIREITO EMPRESARIAL

CADERNO DE RASCUNHO

Leia com atenção as instruções a seguir:

Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de rascunho contendo o enunciado da peça prático-profissional e

das quatro questões discursivas, um caderno destinado à transcrição dos textos definitivos das respostas.

Ao receber o caderno de textos definitivos você deve:

a) verificar se a disciplina constante da capa deste caderno coincide com a registrada em seu caderno de textos definitivos;

b) conferir seu nome, número de identidade e número de inscrição;

c) comunicar imediatamente ao fiscal da sala qualquer erro encontrado no material recebido;

d) ler atentamente as instruções de preenchimento do caderno de textos definitivos;

e) assinar o caderno de textos definitivos, no espaço reservado, com caneta esferográfica transparente de cor azul ou preta.

As questões discursivas são identificadas pelo número que se situa acima do seu enunciado.

Durante a aplicação da prova não será permitido:

a) qualquer tipo de comunicação entre os examinandos;

b) levantar da cadeira sem a devida autorização do fiscal de sala;

c) portar aparelhos eletrônicos, tais como bipe, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor,

gravador, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, etc., bem como relógio de qualquer espécie, óculos escuros ou qualquer acessório de chapelaria, como chapéu, boné, gorro, etc., e ainda lápis, lapiseira, borracha ou corretivo de qualquer

espécie.

A FGV realizará a coleta da impressão digital dos examinandos no caderno de textos definitivos.

Não será permitida a troca do caderno de textos definitivos por erro do examinando.

O tempo disponível para esta prova será de 5 (cinco) horas, já incluído o tempo para preenchimento do caderno de textos

definitivos.

Para fins de avaliação, serão levadas em consideração apenas as respostas constantes do caderno de textos definitivos.

Somente após decorridas duas horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova sem levar o caderno de

rascunho.

Somente após decorridas quatro horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova levando o caderno de

rascunho.

Quando terminar sua prova, entregue o caderno de textos definitivos devidamente preenchido e assinado ao fiscal da sala.

Os 3 (três) últimos examinandos de cada sala só poderão sair juntos, devendo obrigatoriamente testemunhar o lacre da

embalagem de segurança pelo fiscal de aplicação, contendo os documentos que serão utilizados na correção das provas dos examinandos, assinando termo quanto a esse procedimento. Caso algum desses examinandos insista em sair do local de aplicação antes de presenciar o procedimento descrito, deverá assinar termo desistindo do Exame e, caso se negue, será lavrado

Termo de Ocorrência, testemunhado pelos 2 (dois) outros examinandos, pelo fiscal de aplicação da sala e pelo Coordenador da unidade de provas. Boa prova!

PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL JOÃO, MARIA, JOSÉ e PEDRO constituíram a sociedade JMJP CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA.

PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL

JOÃO, MARIA, JOSÉ e PEDRO constituíram a sociedade JMJP CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA. Cada qual detinha 25% das quotas da sociedade e todos a administravam. As afinidades eram muitas, mas, com o passar dos anos, as diferenças vieram à tona. As dificuldades do mercado imobiliário acabaram contaminando a relação entre os sócios, que freqüentemente passaram a discutir. No ápice de um debate, PEDRO e JOSÉ quase se agrediram fisicamente. A manutenção da sociedade tornou-se insustentável. Foi então que JOÃO, MARIA E JOSÉ, três irmãos, decidiram que PEDRO, primo deles, deveria sair da sociedade. Tentaram chegar a um consenso acerca de eventual compra das quotas de PEDRO pelos outros 03 sócios, o que não foi possível. Tendo em vista a resistência de PEDRO em sair da sociedade, inconformados, JOÃO, MARIA e JOSÉ propuseram, em face de PEDRO, ação de dissolução parcial da sociedade c/c apuração de haveres onde requereram a exclusão Pedro da sociedade, bem como a apuração de suas quotas com base no capital social, a qual foi distribuída para a Terceira Vara Cível da Comarca de Goiânia/GO. Citado, PEDRO procura você para que possa apresentar a medida judicial cabível.

SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
QUESTÃO 1 Plástico Útil Indústria e Comércio de Plásticos Ltda. criou um porta-queijo, com um

QUESTÃO 1

Plástico Útil Indústria e Comércio de Plásticos Ltda. criou um porta-queijo, com um formato diferenciado. Desejando registrar o objeto, o administrador da referida sociedade procura um advogado para saber onde deve solicitar o registro, em que categoria será registrada o porta-queijo e quanto tempo será protegido. Diante da situação acima, responda fundamentadamente as indagações formuladas.

SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
QUESTÃO 2 Brígida, Decência, Estácio e Ernesto são sócios da Padaria Última Delícia Ltda., localizada

QUESTÃO 2

Brígida, Decência, Estácio e Ernesto são sócios da Padaria Última Delícia Ltda., localizada na cidade do Rio de Janeiro desde 1999. Grande conhecedor do negócio, Estácio já há algum tempo tem deixado de realizar as atividades diárias que lhe foram atribuídas em comum acordo com os demais sócios, além de já ter confirmado que está prestando consultoria para a Padaria do Gurgel, localizada a 200 metros da Padaria Última Delícia Ltda. Apesar de Estácio possuir 50 % (cinquenta por cento) das cotas sociais, para contornar a situação, Brígida, Decência e Ernesto pretendem excluir Estácio da sociedade. Com base nesse cenário, responda aos itens a seguir, empregando os argumentos jurídicos apropriados e a fundamentação legal pertinente ao caso.

É possível a exclusão do sócio majoritário pelos sócios minoritários?

Qual é o procedimento a ser adotado nesse caso?

SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
QUESTÃO 3 (CESPE 2007/01) - Em um contrato de compra e venda de determinado imóvel,

QUESTÃO 3

(CESPE 2007/01) - Em um contrato de compra e venda de determinado imóvel, a sociedade Silva & Souza Ltda.,

compradora, equivocadamente lançou no instrumento apenas Silva & Souza, sem menção à expressão “limitada”, e

foi representada pelo sócio e administrador Leandro Souza, que apôs sua assinatura acima da firma. Diante da

inadimplência da sociedade, o vendedor do imóvel, Roberto, ajuizou ação de cobrança contra ela e contra Leandro

Souza, ambos como devedores solidários.

- Diante dessa situação hipotética, elabore um texto devidamente fundamentado, inclusive com referência à

legislação pertinente, explicando se a tese de Roberto acerca da solidariedade entre a sociedade e seu sócio

administrador é correta.

SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
QUESTÃO 4 (OAB/CESPE 2007.03) - Um grupo de empresários que pretende formar, no ano de

QUESTÃO 4

(OAB/CESPE 2007.03) - Um grupo de empresários que pretende formar, no ano de 2008, uma sociedade limitada

para realizar estamparia de tapetes, ou seja, para comprar tapetes, neles apor estampas e revendê-los, contratou um

advogado para redigir o contrato social da empresa, inicialmente questionando-o acerca da possibilidade de

denominar a pessoa jurídica “Tecelagem de Tapetes Voadores Ltda.”. O grupo de empresários questionou o

advogado, também, a respeito da possibilidade de eles utilizarem a expressão “Flying Carpets” como marca

registrada.
registrada.
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL
SIMULADO 2ª FASE – VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – DIREITO EMPRESARIAL