You are on page 1of 9

Guerreiros da Colheita

Boletim Mensal

ANO IV Mês 09 Guerreiros da Colheita Setembro de 2005

www.guerreirosdacolheita.com contato@guerreirosdacolheita.com

Você está preparado?


Por Rebecca Brown

PS: Este boletim foi escrito pouco antes de Rebecca embarcar para o Brasil, onde realizou três
abençoados seminários. Ver final do boletim.

(Nossas sinceras orações por todos os sobreviventes, trabalhadores e animais que foram tão
terrivelmente afetados pelo Furacão Katrina).

“ . . . Ele faz raiar o Seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos
e injustos.” Mateus 5:45- NVI

O Furacão Katrina certamente derramou água em excesso de chuva tanto sobre os justos
quanto sobre os injustos! Vamos deixar uma coisa bem clara: Deus é soberano! A “Mãe Natureza”
não foi quem trouxe o furacão Katrina com toda sua destruição, Deus trouxe! Jesus nos disse:
“Não se vendem dois pardais por uma moedinha? Contudo, nenhum deles cai no chão sem o
consentimento do Pai de vocês.” (Mateus 10:29 - NVI) Deus tem uma razão específica para tudo o
que Ele permite. Jesus garantiu que passaríamos por grandes provas e tribulações quando
estivéssemos chegando nos últimos dias antes do Seu retorno à Terra. Mas Ele nunca prometeu
que nós, Seu povo, escaparíamos destas provas e tribulações. Estaremos bem no meio delas,
assim como os cristãos que viviam nas áreas afetadas pelo Katrina. Você está preparado? Está
preparado para ser surpreendido no meio da próxima catástrofe -- o próximo 11 de setembro, o
próximo furacão, tornado, tsunami, tiroteio dentro de escola, acidente de carro, etc.? Você está
preparado para enfrentar aflições, provações e tribulações? Preparado ou não, acreditamos que
iremos ver mais e mais desastres deste tipo afetarem lugares ao redor do mundo. Jesus disse:
“Todas estas coisas, porém, são o princípio das dores.” (Mateus 24:8). Apenas o começo, não
o fim! Mal acabaram de iniciar as catástrofes que iremos ver.

Então temos duas opções. Podemos ficar com raiva de Deus e irmos até Ele dizendo o
quanto Ele é injusto ao permitir que coisas como estas afetem os cristãos, ou podemos nos
comportar de forma a trazer glória ao Seu nome.

Daniel e eu não fomos afetados pelo furacão Katrina como muitos foram, mas eu, Rebecca,
tive minha própria série de aflições com as quais lidar recentemente. Nas quarto últimas semanas,
como conseqüência de ter sido submetida à quimioterapia, fiquei tão fraca que tive que ficar
descansando permanentemente no sofá, a não ser quando tinha que ir ao banheiro vomitar. Tenho
me sentido completamente inútil. Não consegui escrever os últimos boletins e tive que cancelar
meu seminário em Nova York, o que deve ter causado uma série de transtornos para algumas
pessoas. Eu sinceramente peço desculpas por isso! (Acabo de deixar de tomar a medicação e
agora estou começando a recuperar minhas forças. Agradeço a todos que têm orado por mim).

1
Sei que há muitos de vocês que também estão passando por uma série de provas e
tribulações. Eu gostaria de compartilhar com vocês algumas coisas que o Senhor tem me ensinado
como resultado destas dificuldades na esperança de que isso encoraje vocês.

Você sabe quais são as duas coisas que Deus mais valorize em nossas vidas? São fé e
paciência. Você sabe como desenvolver fé e paciência? Através de provas e tribulações! Mas por
que essas duas coisas são tão importantes para Deus? Este tem sido meu questionamento a Ele
nestas últimas quatro semanas. Gostaria de compartilhar as respostas com vocês, mas primeiro
vamos ver alguns trechos das Escrituras que confirmam o que eu disse.

“Ora, a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem. Foi
por ela que os antigos alcançaram bom testemunho.” Hebreus 11:1-2

“Ora, sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima
de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” Hebrews 11:6

Para começar, não é possível vir a Deus ou entrar em um relacionamento com Ele sem fé.
Não podemos sequer agradá-lO de forma alguma sem fé!

Vários anos atrás, li seqüencialmente os quatro Evangelhos e escrevi cada mandamento


direto que Jesus nos deu para seguirmos. Acredita que o mandamento mais freqüente era “crer
quem Jesus É!”. Veja um exemplo:

“Vocês são daqui de baixo; eu sou lá de cima. Vocês são deste mundo; eu não sou deste
mundo. Eu lhes disse que vocês morrerão em seus pecados. Se vocês não crerem que Eu
Sou, de fato morrerão em seus pecados.” João 8:23-24 - NVI

Repetidas vezes Jesus nos ordenou a crermos que Ele é Deus. E isso requer fé! E o que é
fé, afinal? Bem, existem dois tipos de fé. Há o dom espiritual de fé (Daniel estará escrevendo sobre
isso no próximo boletim), e há a nossa própria fé. A fé é uma decisão. É uma escolha feita por
nosso livre-arbítrio. Aceitamos aceitar algo como verdade ou não. Permita-me dar um exemplo do
cotidiano. Se você tem um livro nas mãos e o solta o que acontece? Ele cai no chão, certo? Você
aceita isso como verdade. Por que? Por que o livro cai no chão? Por causa da gravidade. Você
aceita a gravidade como real. Mas você consegue ver a gravidade? Não. Pode sentir a gravidade?
Não. Ainda assim você vive a vida inteira com fé na gravidade. Você não pula do décimo andar de
um prédio? Porque sabe que irá cair e se espatifar! Você escolheu, de livre vontade, aceitar a
gravidade como verdade, que ela existe. Crianças pequenas ainda não são capazes de fazer esta
escolha. É por isso que temos que cuidar delas. Então nossa fé própria é um exercício do nosso
livre-arbítrio. É algo que devemos exercitar e usar diariamente. Temos que ter fé na existência de
Deus. Ele não vem e de forma sobrenatural se manifesta para nós todos os dias. Não O vemos,
maior parte do tempo não O sentimos, devemos aceitar o fato de que Ele É. Então por que nossa
fé é tão importante para Deus? Por que Ele não quer nos dar uma manifestação sobrenatural todo
o tempo, a fim de que possamos ver e sentir, e então não teríamos de usar nossa fé? Fiz ao
Senhor esta questão. Ele respondeu o seguinte: “A fé precisa ser utilizada por livre vontade. Você
tem que escolher que EU SOU. O livre-arbítrio foi o dom mais caro que eu pude dar à raça
humana. Ele Me custou Meu Filho. Por vontade própria o homem escolheu pecar e se virar contra
mim. Eu tive que enviar Meu Filho, Jesus Cristo, para pagar o preço do uso do livre-arbítrio do
homem. Jesus pagou o preço pelo pecado. Apenas através do Meu Filho Jesus Cristo Eu pude
novamente Me relacionar com os seres humanos.”

Deus está determinado que exercitemos nosso livre-arbítrio todos os dias! Devemos usá-lo
para crer nEle! Deve usá-lo para obedecê-lO. Devemos usá-lo para ouvi-lO. Devemos usar nosso
livre-arbítrio para escolher ter fé! A fé é a escolha de aceitarmos, como verdade, que Deus É e
que Sua Palavra é verdade.

2
Então quando vierem as provas e tribulações, você ira utilizar seu livre-arbítrio para
continuar tendo fé em Deus? Ou vai ficar com raiva e dizer: “Deus não deveria ser assim! Deus não
deveria permitir que isso acontecesse comigo!” Você vai permitir que sua fé cresça? Ou vai permitir
que as provações destruam sua fé? Você vai escolher ser como Jó?

“Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá. O Senhor o deu e o Senhor o tomou;
bendito seja o nome do Senhor..” Jó 1:21

Um dia, enquanto estava deitada no sofá entre períodos de vômito, me sentia tão
miserável que não podia fazer nada. Então o Senhor falou comigo dizendo: “Pegue sua Bíblia e
leia o capítulo 11 de Hebreus. Quero mostrar algo a você.”

Levantei-me com dificuldade, peguei minha Bíblia e comecei a ler. Sabe quando algumas
vezes o Espírito Santo faz com que alguns versículos bíblicos simplesmente pulem diante de você?
Isso aconteceu comigo. Observe o seguinte:

Há a longa lista de heróis da fé, e então:

“Todos estes morreram na fé. Não alcançaram as promessas. Viram nas de longe, e as
saudaram. E confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra. Ora, os que dizem
tais coisas, claramente mostram que estão buscando uma pátria... Mas agora desejam uma
pátria melhor, isto é, a celestial. Pelo que também Deus não se envergonha deles, de ser
chamado o seu Deus, pois já lhes preparou uma cidade.” Hebreus 11:13-16

“E todos estes, embora tendo recebido bom testemunho pela fé, contudo não alcançaram a
promessa.” Hebreus 11:39

Viu isso? Estes grandes homens e mulheres de fé não receberam a promessa! Não
receberam as maravilhosas promessas de Deus! Mas fez com que tropeçassem na fé. Por que?
Porque o fundamento da fé deles não era nada aqui na Terra. Eles não tiveram que receber um
milagre de Deus para crerem nEle. Não tiveram que ser curados, libertos das prisões, ter tido os
lares restaurados ou qualquer coisa aqui da Terra para crerem em Deus e em Sua palavra. Eles
não valorizavam nada aqui neste mundo. Seus olhos e desejos estavam nos céus! Desejavam
estar com Deus por toda a eternidade. Isso era o que importava para eles, não a saúde, as
riquezas ou nada aqui deste mundo. Eles “desejavam a pátria celestial”. Sabia que sua fé reflete
os desejos do seu coração? Seu coração está centrado em Deus ou nas coisas deste mundo? Seu
coração está centrado em ter uma vida de conforto ou em agradar a Deus?

Será que Deus vai me curar desta artrite de caráter reumático? Neste momento não sei.
Mas posso dizer a você que não me importa se Ele vai me curar ou não. Eu SEI que Deus tem
uma razão boa o suficiente para permitir isso na minha vida. E isso me basta. Tudo o que me
importa é que eu viva de forma que O agrade e no final, que eu passe a eternidade com Ele. Será
que eu irei receber as promessas de Deus aqui na Terra? Isso eu não sei. Mas SEI que irei receber
isso por completo, quando eu receber meu corpo glorificado no céu. Aleluia! O que mais importa
para mim é meu relacionamento com Deus e minha eternidade com Ele. Espero que seja o mesmo
para você.

(O interessante é que quando pedi ao Senhor que me curasse Ele respondeu: “Já ocorreu para
você que estou mais interessado na salvação do seu medico que no seu conforto pessoal nesse
momento?”)

3
Paciência

Agora vamos aprender sobre paciência, que é algo que anda junto com a fé.

“Nisto vos exultais, ainda que no presente, por breve tempo, se necessário, sejais
contristados por várias provações. Essas provações são para que a prova da vossa fé,
muito mais preciosa do que o ouro que perece, embora provado pelo fogo, redunde para
louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo.” 1 Pedro 1:6-7

“Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de
testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e
corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus,
autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz,
desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Pensem bem naquele
que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem
nem desanimem.” Hebreus 12:1-3 - NVI

“Sede, pois, irmãos, pacientes até à vinda do Senhor. Vede que o lavrador espera o precioso
fruto da terra, aguardando-o com paciência, até receber as primeiras e as últimas chuvas.
Sede vós também pacientes, e fortalecei os vossos corações, porque a vinda do Senhor
está próxima.” Tiago 5:7-8

A verdadeira fé aumenta com paciência e perserverança. Estamos em uma sociedade


instantânea, queremos tudo imediatamente. Não queremos esperar por nada – incluindo Deus!
Talvez suportemos a dor ou a dificuldade por 24 ou 48 horas, mais para a maioria das pessoas
este é o seu limite de tolerância e paciência. Se não recebemos tudo o que precisamos de 24 a 48
horas (inclusive a cura, se é o que precisamos), então ficamos com raiva. E queremos ser
atendidos continuamente. Uma das coisas que notei ao auxiliar vários dos sobreviventes do
Katrina que vieram para nossa região é que estavam reclamando depois de 24 horas sem TV,
cigarro ou bebida alcoólica. Ficavam agressivos, exigiam estas coisas e quase destruíram o
acampamento que os abrigava! Ter comida, roupas, água, chuveiros e camas para dormir para
eles não bastava. Sentíamos a dor da perda de parentes que aqueles pessoas passavam, mas
isso não justificava o comportamento agressivo que tinham quando não recebiam o que queriam.
O triste é que muitos americanos não passam de criancinhas mimadas e petulantes, não adultos
capazes de enfrentar tempos difíceis. Deus não está feliz com isso. Ele dá grande valor à
paciência e à perseverança.

“Se alguém deve ir para o cativeiro, para o cativeiro irá. Se alguém deve ser morto à espada,
necessário é que à espada seja morto. Nisto repousa a perseverança e a fidelidade dos
santos.” Apocalipse 13:10

“Aqui está a perseverança dos santos, daqueles que guardam os mandamentos de Deus e a
fé em Jesus.” Apocalipse 14:12

Como Deus se agrada da paciência dos Seus santos! O propósito deste final dos tempos difícil é
nos amadurecer e desenvolver em nós fé e paciência. Por que? Porque a paciência e a
perseverança exigem disciplina contínua da nossa carne. E o que é esta coisa que a Bíblia chama
de “natureza carnal”? É a parte de nós resultante da nossa escolha pelo pecado. Cada um de nós
tem uma parte que quer apenas fazer o que é mal. Eu chamo isso de natureza pecaminosa.
Alguns a chamam de “lado negro” do homem. Não importa como queira chamar, devemos
crucificá-la (mortificá-la, discipliná-la) todos dos dias. A paciência não pode ser alcançada sem que
carne seja controlada. Repito, Jesus teve que morrer por causa da nossa natureza pecaminosa. É
por isso que Deus exige que lidemos com ela todos os dias da nossa vida. Não sermos liberados
desta tarefa até que cheguemos ao céu. Como será maravilhoso quando estivemos totalmente
livres do nosso desejo de pecar!

4
Você está no meio de uma prova ou tribulação que parece não ter fim? Tenha bom ânimo, amado
irmão. Deus sabe o que está permitindo acontecer em sua vida. Ele está aprimorando sua fé e sua
paciência à medida que enfrenta tudo isso. Sua recompensa está no céu, não na terra.

Prestemos atenção ao conselho nos dado pelo Apóstolo Paulo:

“Portanto, levantai as mãos cansadas, e os joelhos vacilantes, e fazei veredas direitas para
os vossos pés, para que o que é manco não se desvie inteiramente, antes seja curado.”
Hebreus 12:12-13

Deus é Deus! Então coloque seu coração e seus olhos na “patria celestial”, mesmo que não receba
as promessas de Deus aqui na Terra.

Rebecca Brown no Brasil - saiba como foi


Muitos de vocês devem ter sabido que na segunda quinzena de setembro de 2005, a Dra.
Rebecca Brown esteve no Brasil, o que foi um período muito abençoado. Tivemos seminários em
três cidades: Curitiba, São Paulo e Brasília.

Foi um tempo no qual a Igreja no Brasil recebeu ensinos importantes para a caminhada cristã. Com
um apurado dom de mestre, já verificado em seus livros, Dra. Rebecca Brown trouxe dentre seus
ensinos “O Poder das Alianças com Deus”, “Princípios de Batalha Espiritual”, “Libertação”,
“Maldições Hereditárias”, “Livres da Ira” e “O Tribunal de Deus”. Curitiba e São Paulo foram
contempladas com seis ministrais cada, sendo quatro dias de seminários na primeira cidade e três
dias de seminário na segunda. Brasília foi abençoada com apenas um dia de ministração, mas não
com menos impacto o poder de Deus.

Como assessores da Rebecca, Bruno e Daniela, estiveram em todos os seminários a fim de


garantir a melhor estadia possível para a autora. Sabemos que houve batalha espiritual antes,
durante e depois dos seminários, e o preço pago pelos organizadores foi bastante alto. Mas
cremos que o Senhor cumpriu Seu propósito com a vinda da Rebecca ao Brasil: pessoas foram
libertas, vidas foram impactadas e algo de novo foi trazido, e todos ficaram saudosos e ansiosos
por mais seminários. Nada está confirmado, mas a Dra. Rebecca Brown já recebeu convites para
voltar em 2007.

Queremos agradecer a todos que participaram direta ou indiretamente da organização dos


seminários e deram o melhor para Deus para que eles fossem realizados.

Veja abaixo algumas das fotos dos eventos:

Dra. Rebecca Brown ministrando em Curitiba.

5
Dra. Rebecca Brown e a sua intérprete Milla, em Curitiba.

Dra. Rebecca Brown em São Paulo, ministrando na Igreja Bola de Neve

Dra. Rebecca Brown em São Paulo com sua intérprete Daniela, segurando seu bebê.

6
Dra. Rebecca Brown em tarde de autógrafo em São Paulo

Dra. Rebecca Brown em Brasília com sua intérprete, Késia, que está com seu esposo Pr. Leo

7
Dra. Rebecca Brown em ministração em Brasília.
** foto gentilmente cedida pelo irmão Jefferson.

Dra. Rebecca Brown e seu gato, Mateus, que tem se tornado famoso por causa da ministração
“Livres da Ira”.

PS: Em breve estaremos colocando uma seção no site com fotos dos eventos. Muitos tiraram
fotografias com a Dra. Rebecca Brown durante os eventos, caso você queira contribuir com esta
seção com alguma foto que você tirou, será um prazer!

Livros e materiais recomendados para edificação espiritual:


CAVANDO TRINCHEIRAS - Rebecca Brown
ELE VEIO PARA LIBERTAR OS CATIVOS - Rebecca Brown
FIRMADO NA ROCHA - Rebecca Brown
KIT DE CDs REBECCA BROWN
KIT REBECCA BROWN
LIBERTAÇÃO: LIVRES DOS LAÇOS DO DIABO - DRA. REBECCA BROWN 2 CDs
LIVRE DO MEDO DA MORTE - DRA. REBECCA BROWN (2 CDs)
LIVRES DA IRA - DRA. REBECCA BROWN (2 CDS)
LIVRES DA IRA - DRA. REBECCA BROWN (VHS)
LIVRES DO MEDO E DA DOR - DRA. REBECCA BROWN (2 CDs)
MALDIÇÕES HEREDITÁRIAS - DRA. REBECCA BROWN
MALDIÇÕES NÃO-QUEBRADAS - Rebecca Brown
O PODER DOS PACTOS COM DEUS (2 CDs) - Rebecca Brown

8
O TRIBUNAL DE DEUS - REBECCA BROWN (2 CDs)
PREPARE-SE PARA A GUERRA - Rebecca Brown
PRINCÍPIOS DE BATALHA ESPIRITUAL - DRA REBECCA BROWN (2 CDs)
VASO PARA HONRA - Rebecca Brown
(todos os livros acima estão disponíveis na Loja do Guerreiro)

Oferta de Amor

Somos um ministério sustentado pela fé. Dependemos do seu amor e obediência a Deus para
manter e aprimorar este ministério.

Pedimos a você para orar pelo nosso sustento. Pediremos Deus conceda a cada um de vocês
ricas bênçãos.

Ore para ser um parceiro missionário conosco, ofertando a quantia que Deus colocar no seu
coração nas contas correntes abaixo:

Banco: Itaú
Ag: 0522
CC: 64215-6
Favorecida: Daniela E. Franco de Sá (tesoureira)

Banco: Banco do Brasil


Ag: 3590-4
CC: 978719-4
Favorecido: Bruno Ericeira V. da Silva (assessor)

Nós agradecemos profundamente por suas ofertas.

Rev. Daniel Yoder


Rebecca (Brown) Yoder, M.D.
Ministério Guerreiros da Colheita
Brasília-DF
Brasil

“Grande é, em verdade, a colheita, mas os obreiros (guerreiros) são poucos; rogai, pois, ao Senhor
da colheita que envie obreiros para a sua colheita.”
Lucas 10:2
Estamos guerreando pela colheita!