Вы находитесь на странице: 1из 34

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO

SISTEMA DE INVENTÁRIO CACIC

Configurador Automático e Coletor de


Informações Computacionais

GOVERNO FEDERAL
SOFTWARE PÚBLICO

Software Livre desenvolvido pela Dataprev

Sistema de Administração de Recursos de Informação e Informática, da Administração Pública Federal - SISP


2

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO
SISTEMA DE INVENTÁRIO CACIC

PARTE II

INSTALAÇÃO PARA O
SISTEMA OPERACIONAL
DEBIAN

Manual do Administrador
Distribuição Debian
Março de 2007 – V2
baseado na versão 2.2.2 da Dataprev e de experiências de instalação
do CACIC no Ministério do Planejamento e no Ministério do Trabalho e
Emprego.

Manual elaborado pelo Ministério


do Planejamento, Orçamento e Gestão

2
3

Índice

PARTE II – INSTALAÇÃO NO SISTEMA OPERACIONAL DEBIAN

1 Requisitos Mínimos para Implantação......................................... 4


1.1 Para Implantação do Módulo Gerente......................................... 4
1.2 Para Implantação dos Módulos Agentes...................................... 5
1.3 Para Implantação dos Servidores de Atualização..........................5
1.4 Administração......................................................................... 5
1.5 Manutenção............................................................................ 6
1.6 Computadores. Relatórios, Estatísticas e Acesso.......................... 6
1.7 Instalação dos Módulos Agentes................................................ 6
2 Etapas de Instalação................................................................... 8
2.1 Aquisição dos Arquivos de Instalação......................................... 8
2.2 Instalação do Módulo Gerente................................................... 9
3 Post-Install do Módulo Gerente..................................................15
3.1 Cadastro de Redes...................................................................15
3.2 Classificar Software................................................................. 25
3.3 Softwares Não Usados............................................................. 26
3.4 Importa Dados........................................................................ 27
3.5 Tipos Software........................................................................ 27
3.6 Cadastro de Softwares............................................................. 28
3.7 Software Por Estação............................................................... 29
4 Instalação do Módulo Agente.....................................................30
5 Instalação do Módulo Agente Linux estações GNU/Linux...........31
5.1 Instalação em Debian GNU/Linux...............................................30
5.2 Instalação em outras distribuições............................................. 31

3
4

IMPORTANTE: solicitamos, por favor, que siga as instruções contidas


neste manual, pois boa parte dos problemas enfrentados pós-
instalação acontecem porque as presentes instruções não são
seguidas.

1 Requisitos Mínimos para Implantação


1.1 Para Implantação do Módulo Gerente

REQUISITOS MÍNIMOS DE HARDWARE

• Computador Pentium/AMD 500Mhz;


• 128Mb de memória (desejável 256Mb);
• 50Mb de HD (apenas instalação do Banco de dados,
páginas WEB para administração do Sistema e
disponibilização de agentes para atualização das estações);
• Interface de rede.

REQUISITOS MÍNIMOS DE SOFTWARE

• Debian GNU/LINUX (Para este Manual)


Obs: para o Agente Linux são necessários o ambiente de
desenvolvimento em C e o pacote do Perl;
• Servidor Web Apache-1.3.22 ou superior (testado com
Apache 2.2 e 2.0.54);
• Interpretador PHP4 ou PHP5;
• Servidor de banco de dados MySQL-4 ou MySQL-5;
• Gerenciador de banco de dados MySQL phpMyAdmin-2.3.3
ou superior;
• Pacote Dialog 0.9a-1 ou superior, para o Agente Linux;
• Servidor e-mail MTA Postfix ou Sendmail;
• Pacotes de instalação do CACIC.

Observação: maiores informações podem ser obtidas nos sítios dos


respectivos fabricantes:
http://httpd.apache.org/
http://www.mysql.com/
http://www.php.net
http://sourceforge.net/

4
5

1.2 Para Implantação dos Módulos Agentes

REQUISITOS MÍNIMOS DE HARDWARE

Requisitos das estações de trabalho:

● 32 Mb de memória principal (memória RAM);


● 2.5 Mb de espaço disponível em disco rígido (HD);
● Interface de rede.

REQUISITOS MÍNIMOS DE SOFTWARE

Requisitos das estações de trabalho:

● MS-WINDOWS 95 OSR2 ou superior;

• GNU/Linux – Agente Linux Perl testado em Debian e Ubuntu.

1.3 Para Implantação dos Servidores de Atualização

Requisitos para o servidor de FTP padrão:

• Servidor de FTP, de qualquer configuração ou sistema


operacional, desde que atenda aos padrões da RFC 959;
• 10 Mb de espaço disponível em disco rígido (HD);

Obs.: o servidor de FTP pode ser o próprio servidor onde se encontra


o módulo gerente

1.4 Administração

• Configurar Gerente: Local para cadastro do nome da


organização,
e-mail para informações quando houver identificação de
alterações de hardware, seleção dos componentes para
alteração de hardware;

• Super Gerente: Opção não funcional, deve ser retirada


qualquer informação deste campo; (Foi substituída pelo
webservice, ver em manual Parte III - super-gerente)

5
6

• Configurar Agente, Módulos e Patrimônio: Permite realizar


a configuração dos agentes do CACIC, opções específicas para
coleta de informações e levantamento de informações
patrimoniais.

1.5 Manutenção

• Permite a inclusão de novas redes, usuários, módulos


gerentes.

1.6 Computadores, Relatórios, Estatísticas e Acesso

• consulta informações sobre os computadores da rede;


• exibe relatórios sobre configuração e alteração de
hardware, patrimônio, softwares instalados, TCP/IP, entre
outros;
• fornece estatísticas sobre os sistemas operacionais
monitorados;
• troca de senha de acesso;

1.7 Instalação dos Módulos Agentes

Em relação ao processo de instalação dos agentes nas estações dos


usuários, existem dois cenários bem definidos. Ambientes com
servidores de domínio e ambientes sem servidores de domínio.

Observação: No caso específico da DATAPREV, considerando que a


solução CACIC é distribuída regionalmente, ou seja, o gerente do
CACIC se encontra instalado em cada escritório estadual da Dataprev
e/ou Centros de Tratamento de Informações, os ambientes e/ou
subredes que possuírem microcomputadores que logam apenas
no domínio nacional, isto é, domínio “DATAPREV”, serão
considerados ambientes sem servidores de domínio neste manual.

● Ambientes com Servidores de Domínio

É possível realizar instalação automática do software CACIC, através


de scripts de logon.

6
7

Esse script, deve ser configurado de tal forma que execute na estação
de trabalho do usuário o programa chamado chkcacic.exe. Esse
programa, verifica a existência do CACIC na máquina do usuário.
Caso não exista, ele é responsável por carregar (realizar um
download) do servidor de FTP que esteja mais próximo dele,
consultando o gerente para obter tal informação. A decisão de qual
servidor é o mais próximo, deve ser previamente configurada no
módulo gerente do CACIC.

O programa chkcacic.exe gera automaticamente o arquivo


chkcacic.dat. Esse arquivo possui algumas configurações básicas
para o chkcacic.exe, como por exemplo o endereço IP do servidor
onde está instalado o módulo gerente e o diretório onde o CACIC
deverá ser instalado na máquina do usuário.

Nesse cenário, a seqüência de passos até a instalação final do agente


é:

1. Usuário acessa (loga) no domínio;


2. O script de logon é executado e, dentre outras tarefas, também
executa o programa chkcacic.exe;
3. O chkcacic.exe verifica a existência e a integridade do
ambiente de instalação do CACIC no disco rígido da máquina do
usuário;
4. Caso o arquivo chkcacic.exe exista é mantida a versão
instalada na estação;
5. Caso não exista, o chkcacic.exe consulta o chkcacic.dat e
verifica qual é o endereço IP do servidor onde está instalado o
módulo-gerente;
6. O executável consulta o gerente para saber qual é o endereço
do servidor FTP de instalação/atualização mais próximo;
7. Depois carrega (realiza download) dos componentes do CACIC,
a partir do servidor de FTP designado.

■ Ambientes sem Servidores de Domínio

Para ambientes sem servidores de domínio – ou quaisquer outras


formas de execução de script em tempo de logon (acesso), é possível
a instalação manual dos módulos agentes do CACIC. Para isso, basta
executar o programa chkcacic.exe na máquina do usuário. Em sua
primeira execução ele pedirá os dados referentes ao IP do servidor
onde o módulo gerente se encontra e o nome do diretório onde o
CACIC deverá ser instalado. Em máquinas NT/2000/XP será
necessário o privilégio de administração para execução do
chkcacic.exe.

7
8

2 ETAPAS DE INSTALAÇÃO

A instalação do CACIC é composta por quatro etapas:

1. Aquisição dos arquivos de instalação;


2. Instalação do Módulo Gerente;
3. Post-Install do Módulo Gerente;
4. Instalação do Módulo Agente.

2.1 Aquisição dos Arquivos de Instalação

Os arquivos de instalação do CACIC encontram-se disponíveis em:

http://www.softwarepublico.gov.br/dotlrn/clubs/cacic/file-
storage/download/cacic-v222-rc2.tar.gz?file%5fid=33510

Os arquivos encontram-se compactados. São sugeridos os seguintes


passos para descompactação.

● Crie um diretório para armazenar os pacotes que estão sendo


baixados:

$mkdir ~/cacic

● Acesse o diretório criado:

$cd ~/cacic

● Baixe o(s) arquivo(s):

cacic-v222.tar.gz

Obs: caso esteja baixando este(s) arquivos em uma máquina


Windows, a descompactação é possível com o WinZip.

Agora deve-se partir para a instalação do módulo gerente.

8
9

2.2 Instalação do Módulo Gerente

Para a instalação do Módulo Gerente, é necessária a instalação e


configuração dos pré-requisitos: banco de dados MySQL, Apache, PHP
e Proftpd. Em um sistema Debian, utilizaremos o comando apt-get
como método exemplo de instalação. Ao executar o comando

apt-get install <programa a ser instalado>

e aparecer a seguinte mensagem:

E: Couldn't find package <programa a ser instalado>

Significa que o programa não existe na lista de mirror disponíveis. A


lista de mirror está situada no arquivo /etc/apt/sources.list, mas
alguns estão com comentários. Para tornar todos os mirrors
disponíveis apague o símbolo '#' de todas as sentenças com o
seguinte formato:

# deb http://<endereço do mirror>

elas deverão ficar desta forma:

deb http://<endereço do mirror>

Depois executamos o comando:

apt-get update

De forma que a lista de mirror seja atualizada. Caso continue


ocorrendo o mesmo erro é sinal que o programa não está disponível
pelo comando

apt-get install <programa a ser instalado>.

Deve ser seguido o rápido roteiro de instalação abaixo.

■ Instale o MySQL5-client e o MySQL5-server

Em um sistema Debian use o comando apt-get:

#apt-get install mysql-server-5.0

9
10

Altere a senha do usuário root (na instalação inicial do MySQL, ele é


configurado sem senha. É importante mudar esta senha por motivos
de segurança):

#/usr/bin/mysqladmin -u root password '<nova_senha>'

se ocorrer um erro do tipo:

/usr/bin/mysqladmin: connect to server at 'localhost' failed


error: 'Access denied for user: 'root@localhost' (Using
password: NO)'

Pode ser que o usuário root do MySQL já possua uma senha


configurada.

Se esse for o caso, pode ser escolhida uma das seguintes atitudes:

i) Se você souber a senha de root do MySQL, você poderá utilizá-


la.
ii) Se você souber a senha de root do MySQL e desejar trocá-la
para
utilização, execute o seguinte comando:

#/usr/bin/mysqladmin -u root -p password '<nova_senha>'

iii) Se você não souber a senha de root, execute a seguinte


seqüência de comandos:

/etc/init.d/mysql stop

mysqld_safe --skip-grant-tables &

echo "Update user set Password=PASSWORD('$ROOTMYSQL')


Where User='root';" \ | mysql -u root mysql

/etc/init.d/mysql stop

/etc/init.d/mysql start

■ Instale e configure o Proftpd:

Em um Sistema Debian use:

#apt-get install proftpd

10
11

No final da instalação será perguntado se o proftpd funcionará como


inted ou standalone, escolha standalone.

Adicione as entradas abaixo no fim do arquivo /etc/proftpd.conf:

#Torna o diretório home do usuário, o diretório raiz do FTP


#Ex: Diretorio no FTP /exemplo é igual
/home/usuario/exemplo
DefaultRoot ~
#A diretiva abaixo permite que o usuário utilizado
#pelo cacic baixe os pacotes via ftp sem ter um
#shell válido.
RequireValidShell off

Adicione um usuário que será usado pelo CACIC para download dos
updates. No exemplo a seguir, adicionamos uma conta ftpcacic:

#adduser --shell /bin/false --home /var/www/ftpcacic ftpcacic

Observe que o HOME deste usuário é : /var/www/ftpcacic

Nesse mesmo diretório crie uma pasta agentes utilizando os


comandos a seguir:

#mkdir /var/www/ftpcacic/agentes
#chown ftpcacic.ftpcacic /var/www/ftpcacic/agentes

Proceda processos de teste de conexão FTP, para confirmar a correta


instalação e configuração, preferencialmente para as máquinas
clientes que serão inventariadas.

Teste a conexão. Primeiro você deverá reiniciar o proftpd com o


comando a seguir:

#/etc/init.d/proftpd restart

Execute depois os comandos a seguir para testar a conexão FTP:

C:\>ftp <ip_do_servidor_cacic>

login: ftpcacic
senha: <senha_do_ftpcacic>
ftp>quit

11
12

■ Instale o Apache e o PHP

Deverão ser instalados os pacotes da sua distribuição que forneçam


os seguintes softwares: apache, php4 ou php5 e os módulos do PHP
para MySQL, gd, mcrypt.

Em um sistema Debian use o comando apt-get:

#apt-get install apache2 php5-dev php5 php5-mysql \


php5-gd php5-mcrypt libapache2-mod-php5

■ Configure o PHP

Deve-se habilitar o register_globals no PHP e configurar para que


warnings não sejam mostrados como erros. Além disso é necessário
habilitar os módulos do apache que foram previamente instalados.

Em um sistema debian, com php deverá ser editado o arquivo


/etc/php5/apache2/php.ini e alteradas e/ou verificadas as seguintes
variáveis:

register_globals = On
register_long_arrays = On (somente no php5)
error_reporting = E_COMPILE_ERROR|E_ERROR|
E_CORE_ERROR
extension=mysql.so
extension=gd.so
extension=mcrypt.so

■ Configure o Apache

Deve-se configurar a utilização de ISO-8859-1 como charset default


utilizado pelo apache para servir páginas WEB.

Em um sistema Debian com Apache2, edite o arquivo


/etc/apache2/apache2.conf e altere e/ou verifique a variável a seguir:

AddDefaultCharset ISO-8859-1

2.2.1 Arquivos no Módulo Gerente

Descompacte o arquivo cacic-v222.tar.gz no DocumentRoot do


servidor WEB:

12
13

#tar -zxvf cacic-v222.tar.gz -C /<DocumentRoot>/

Em um sistema Debian:

ex: #tar -zxvf cacic-v222.tar.gz -C /var/www/

Altere o dono do diretório /<DocumentRoot>/cacic2 para o usuário do


apache:
Para saber qual o usuário do apache, digite:

$ps aux | grep -E 'apache' | awk {'print $1'} | grep -v $USER

Para trocar o dono do diretório em um sistema Debian use:

#chown -R www-data /var/www/cacic2

2.2.2 Verificação da Inicialização dos Serviços

Configure os seguintes serviços para serem iniciados


automaticamente durante o boot: apache2, mysql e proftpd. Caso a
instalação desses programas tenha se realizado pelo comando apt-
get, significa que a configuração foi feita automaticamente.

Pare os serviços apache, mysql e proftp:

#/etc/init.d/apache2 stop

#/etc/init.d/mysql stop

#/etc/init.d/proftpd stop

Inicie os serviços:

#/etc/init.d/proftpd start

#/etc/init.d/mysql start

#/etc/init.d/apache2 start

2.2.3 Configuração do Banco de Dados

As etapas descritas nessa sessão podem ser feitas por meio do


navegador WEB, acessando a URL:

13
14

“http://<IP_GERENTE>/cacic2/instalador/index.php”

ATENÇÃO: neste momento será utilizado um instalador


automático do CACIC, onde o administrador deve responder as
perguntas em tela. Caso utilize este instalador siga depois
para o passo 3–Post-Install (pág.15).

Caso o instalador não seja utilizado ou apresente problemas siga os


seguintes passos:

● Informe no [Fórum Suporte] da Comunidade CACIC o erro que


ocorreu com o instalador;

● Crie o banco de dados cacic;

#echo "CREATE DATABASE cacic;" | mysql -u \


root -p<SUA_SENHA_DE_ROOT_MYSQL>

● Crie a estrutura de tabelas executando o script;

/<DocumentRoot>/cacic2/instalador/DB_Cacic_01022007.sql

#mysql -u root -p<SUA_SENHA_DE_ROOT_MYSQL> -D \


cacic < /var/www/cacic2/instalador/DB_Cacic_01022007.sql

O arquivo DB_Cacic_01022007.sql é um script SQL que contém toda a


estrutura de tabelas necessárias para o CACIC.

Insira no banco de dados um usuário e um local, o usuário representa


o nome do administrador do módulo gerente do CACIC e o local
representa o local que esse administrador está associado. Um
exemplo de nome de local, pode ser a sigla ou nome da empresa que
o CACIC será instalado.

#echo "INSERT INTO locais VALUES (0,'<NOME_DO_LOCAL>',


'<SIGLA_DO_LOCAL>', '<OBSERVAÇÃO>');" | mysql -u \
root -p<SUA_SENHA_DE_ROOT_MYSQL> -D cacic

O usuário deve ser cadastrado no local especificado acima, então


iremos obter o id_local para futuramente no cadastro do usuário
usarmos esse identificador.

#echo "SELECT id_local FROM locais WHERE sg_local =


'<SIGLA_DO_LOCAL>';" | mysql -u root \

14
15

-p<SUA_SENHA_DE_ROOT_MYSQL> -D cacic

Após obter o id_local, use o valor desse campo no campo <ID_LOCAL>


e execute o comando a seguir para inserir o usuário.

#echo "INSERT INTO usuarios VALUES(<ID_LOCAL>, 0,


'<LOGIN_DO_USUARIO>', '<NOME_DO_USUÁRIO>',
PASSWORD('<SENHA_DO_USUÁRIO>'), NOW(), 2,
'<E-MAIL_DO_USUÁRIO>',
'<TELEFONE_DO_USUÁRIO>');"
| mysql -u root -p<SUA_SENHA_DE_ROOT_MYSQL> -D
cacic

● Agora as etapas referentes ao processo de configuração da


conexão com o banco de dados da interface WEB do CACIC.

Copie o conteúdo do arquivo:

/<DocumentRoot>/cacic2/include/config.php.original

Para um outro arquivo de nome:

/<DocumentRoot>/cacic2/include/config.php.

Para isso, use o comando a seguir:

#cp /<DocumentRoot>/cacic2/include/config.php.original
/<DocumentRoot>/cacic2/include/config.php

Edite o arquivo /<DocumentRoot>/cacic2/include/config.php


alterando as linhas:

$nome_bd = "cacic"; // Nome do Banco de Dados que o CACIC


foi configurado. Neste manual : cacic.
$ip_servidor = "<IP do Servidor do Cacic>"; // Altere, caso
esteja acessando o bd em outro servidor.
$usuario_bd = "<Seu usuário do Banco de Dados MYSQL>"; //
Usuário usado para acesso ao bd do cacic.
$senha_usuario_bd = "<SUA_SENHA_DE_ROOT_MYSQL>"; //
Senha do usuário usado para acesso ao bd do cacic.
$path_aplicacao = "/<DocumentRoot>/cacic2"

Agora altere o proprietário do arquivo para que ele seja o mesmo da


pasta que se encontra inserido.

15
16

#chown www-data /var/www/cacic2/include/config.php

A instalação do módulo gerente está completa.

3 Post-Install do Módulo Gerente

Acesse via navegador em uma máquina com interface gráfica o


diretório /cacic2 no IP do servidor gerente:

http://<IP_GERENTE>/cacic2/

Faça login utilizando o usuário e senha escolhidos na etapa de


instalação:

Usuário: <LOGIN_DO_USUARIO>
Senha: <SENHA_DO_USUÁRIO>

3.1 Cadastro de Redes

Agora clique em [Administração], depois [Cadastros] e finalmente em


[SubRedes]. É nesta página que se cadastra as redes que serão
monitoradas pelo CACIC, para isso é necessário que você conheça as
configurações da sua infra-estrutura de rede.

16
17

3.1.1 Adicionando uma rede

Faça o levantamento da rede que você vai cadastrar. Somente será


coletada as informações de redes cadastradas. Serão necessárias:

● As configurações TCP/IP;
● O Servidor de FTP, login e senha para ftp para o gerente;
● O Servidor de FTP, login e senha para ftp para o agente;
● O caminho do servidor de update para o FTP.

Criando a nossa primeira rede:


Agora, clique no botão [Incluir Nova Subrede]. Será exibida a
seguinte tela:

Deverão ser preenchidas as informações obtidas anteriormente.


Sendo:

● Local: Local onde a rede se situa.


● Subrede e máscara: aqui deve ser colocado o range de IPs que
serão inventariados (o administrador da rede possui este
range).
● Descrição: é uma breve descrição desta rede.
● Servidor de Aplicação: Normalmente é o mesmo número IP do
Servidor de Gerente.

17
18

● Servidor de Updates (FTP): deve ser preenchido com o número


IP do Servidor de FTP. Pode ser a mesma máquina do servidor
gerente.
● Usuário do Servidor de Updates (para AGENTE): geralmente é o
usuário do FTP.
● Usuário do Servidor de Updates (para o GERENTE): geralmente
é o usuário do FTP.
● Path no Servidor de Updates: se foi configurado de acordo com
a documentação o caminho é “agentes/”.
● Observações: o preenchimento é opcional.
● Contato 1: Nome da pessoa que é responsável pela rede.
● E-mail: o e-mail que serão enviadas as notificações desta rede.
● Telefone: Telefone do responsável pela rede.

Clique no botão [Gravar Informações]. Será exibida a seguinte tela:

Testando a rede configurada.

Vamos testar se está tudo funcionando:

1. Clique em cima do número IP da Rede cadastrada.

18
19

Se a tela exibida for igual a de cima, a configuração estará incorreta.


É provável que seja alguma configuração relacionada com o FTP.

Se tudo estiver correto, a tela apresentada será semelhante a


seguinte tela:

19
20

3.1.2 Preparando o gerente para disponibilizar os módulos do


agente

Realizar o update dos arquivos do agente Windows:

Os arquivos serão enviados do diretório repositorio, criado na


descompactação do arquivo cacic-v222.tar.gz (parte 2.1 do manual),
para a pasta do ftp agentes/:

/var/www/cacic2/repositorio => /var/www/ftpcacic/agentes.

Acesse o diretório /var/www/cacic2/repositorio.

Digite pwd e depois ls dentro do diretório acima. Estes comandos irão


mostrar o diretório e os respectivos arquivos para verificar os
arquivos do agente foram copiados:

● cacic2.exe; chksis.exe; col_comp.exe; col_moni.exe;


col_soft.exe ; ger_cols.exe; mapacacic.exe; vaca.exe;
versoes_agentes.ini; chkcacic.exe col_anvi.exe; col_hard.exe;
col_patr.exe; col_undi.exe; ini_cols.exe; testacrypt.exe;
vacon.exe; wscript.exe.

Acesse o menu [Manutenção] e clique em [Updates de SubRedes].

20
21

Clique no botão [Marca/Desmarca] para selecionar todos os objetos,


pois iremos enviar todos os arquivos para o nosso servidor de FTP
especificado abaixo.

Marque a rede para onde deverão ser enviados os arquivos do


repositório.

Clique no botão [Executar Updates] e confirme a transferência


clicando no botão [Ok].

Será feito o update e exibido uma página com os arquivos que foram
transferidos.

Após estes passos, a transferência dos arquivos foi efetivada com


sucesso.

Agora, os arquivos já encontram-se disponíveis no nosso servidor de


FTP. Para certificar que tudo está correto, acesse o diretório
/var/www/ftpcacic/agentes e digite ls. (deverão aparecer todos os
arquivos que estavam no diretório /var/www/cacic2/repositorio/ ,
descritos no item 3.1.2, da página anterior).

3.1.3 Configurando o item Gerente

Para que o agente CACIC possa efetivar uma coleta, deve-se realizar
a configuração da rede onde encontra-se o agente. Esta configuração
é realizada no servidor gerente do CACIC.

Acesse via navegador o gerente CACIC e depois clique em


[Administração] e depois [Configurar Gerente].

21
22

Preencha os dados de acordo com as informações da sua empresa.

Clique no botão [Gravar informações].

3.1.4 Configurando o comportamento dos Agentes

O comportamento dos agentes, bem como as coletas que serão


realizadas são definidas através da configuração realizada no servidor
gerente. Isto possibilita administrar um parque computacional
heterogêneo e distribuído de maneira centralizada.

As principais configurações dos agentes para sua execução no


Windows são:
● A exibição do ícone do cacic no systray (ao lado do relógio do
Windows),
● Se Erros serão exibidos para o usuário,
● Define a Senha para configurar e finalizar agentes,
● Como deverá ser a execução dos agentes,
● Intervalos da execução do agente. Define o período que será
enviado informações da estação (hardware e software) para o
servidor gerente do cacic.

Acesse a seção [Administração], depois [Configurar Agentes].

22
23

A definição destas configurações depende de cada administrador da


rede ou gestor de TI e deverá ser realizada de acordo com a realidade
de cada instituição.

Após configurar estas opções clique no botão [Gravar informações].

3.1.5 Configurando os Módulos

Clique em [Administração], depois em [Módulos].


Nesta seção são definidas as seguintes configurações:
● Atualização do agente CACIC;
● Informações sobre compartilhamento de diretórios e
impressoras;
● Coleta e informação sobre hardware;
● Coleta Informações sobre os Sistemas Monitorados;
● Coleta Informações do Antivírus OfficeScan;
● Coleta Informações de Software;
● Coleta Informações de Patrimônio;
● Coleta Informações sobre Unidades de Disco.

3.1.6 Auto-atualização dos Agentes

Nesta opção é configurada a auto-atualização dos agentes do CACIC.

23
24

Continuando dentro da seção [Módulos]:


● Clique no link [Auto Atualização dos Agentes];
● Selecione os sistemas operacionais da sua rede. Você pode usar
as teclas Shift e Ctrl para facilitar a seleção;
● Clique no botão > [adicionar];
● Depois clique no botão [Gravar alterações];
● Confirme clicando no botão [Ok].

As alterações foram realizadas com sucesso e você será redirecionado


para a tela principal dos Módulos. Você pode alterar estas
configurações a qualquer momento.

Módulo - Coleta Informações de Compartilhamentos de


Diretórios e Impressoras.
● Clique no link [Coleta Informações de Compartilhamentos de
Diretórios e Impressoras].
● Selecione as redes e quais sistemas operacionais você deseja
coletar os dados.
● Clique no botão [gravar alterações].
● Confirme clicando no botão [OK].

Módulo - Coleta Informações de Hardware

Permite que sejam coletadas diversas informações sobre o hardware


dos computadores onde os agentes estão instalados, tais como
Memória, Placa de Vídeo, CPU, Discos Rígidos, BIOS, Placa de Rede,
Placa Mãe e outros.

Após realizar as configurações necessárias, sempre clique no botão


[Gravar alterações], para confirmar e efetivar as alterações.

Módulo - Coleta Informações sobre os Sistemas Monitorados

Essa ação permite que sejam coletadas, nas estações onde os agentes
CACIC estão instalados, as informações acerca dos sistemas
previamente cadastrados na opção Administração/Cadastro/Perfis
Sistemas.

Após realizar as configurações necessárias, sempre clique no botão


[Gravar alterações], para confirmar e efetivar as alterações.

Módulo - Coleta Informações do Antivírus OfficeScan

Essa ação permite que sejam coletadas informações sobre o antivírus


OfficeScan nos computadores onde os agentes estão instalado. São

24
25

coletadas informações como a versão do engine, versão do pattern,


endereço do servidor, data da instalação, etc.

Este módulo só precisa ficar ativo se existir este Antivírus, caso não
tenha em sua rede desmarque.

Após realizar as configurações necessárias, sempre clique no botão


[Gravar alterações], para confirmar e efetivar as alterações.

Módulo - Coleta Informações de Patrimônio

Essa ação permite que sejam coletadas diversas informações sobre


Patrimônio e Localização Física dos computadores onde os agentes
estão instalados.

Após realizar as configurações necessárias, sempre clique no botão


[Gravar alterações], para confirmar e efetivar as alterações.

Módulo - Coleta Informações de Software

Essa ação permite que sejam coletadas informações sobre a versão


de diversos softwares instalados nos computadores onde os agentes
são executados. São coletadas, por exemplo, informações sobre as
versões do Internet Explorer, Mozilla, DirectX, ADO, BDE, DAO, Java
Runtime Environment, etc.

Após realizar as configurações necessárias, sempre clique no botão


[Gravar alterações], para confirmar e efetivar as alterações.

Módulo - Coleta Informações sobre Unidades de Disco

Essa ação permite que sejam coletadas informações sobre as


unidades de disco disponíveis nos computadores onde os agentes são
executados. São coletadas, por exemplo, informações do sistema de
arquivos da unidades, sua capacidade de armazenamento, ocupação,
espaço livre, etc.

Após realizar as configurações necessárias, sempre clique no botão


[Gravar alterações], para confirmar e efetivar as alterações.

3.2 Classificar Software

Esta opção é nova e serve para que softwares cadastrados sejam


classificados e depois possam ser realizados relatórios de softwares
baseados nesta classificação:

25
26

Os softwares devem ser escolhidos de acordo com a sua classificação.

3.3 Softwares Não Usados


Este formulário exibe os softwares cadastrados no CACIC que não
encontram-se instalados em nenhuma máquina. Aqui estes softwares
podem ser deletados, caso considere conveniente.

OBS: Após a remoção, o software deverá ser cadastrado novamente


para poder ser novamente detectado.

26
27

3.4 Importa Dados


Esta funcionalidade permite realizar a importação de dados
relacionados a aquisição de hardware, software e de itens.

3.5 Tipos Software

27
28

Acesse o menu cadastro --> [Tipos Softwares], essa opção é utilizada


para cadastrar os tipos de software que são utilizados na opção
Classificar Software.

3.6 Cadastro de softwares

Nesta opção é possível cadastrar softwares que não se encontram na


lista de softwares do CACIC. Deve-se realizar o seguinte
procedimento para cadastrar um novo software:

Clicar em [Incluir Novo Software], vai aparecer esta tela:

Preencha os dados dos softwares que serão inseridos na lista geral do


sistema de inventário CACIC:

28
29

3.7 Software Por estação


Esta opção permite que seja autorizada a instalação de determinados
softwares em um única ou algumas máquinas. Caso sejam detectadas
instalações destes softwares em outras máquinas (não-autorizadas),
será informado nos relatórios.

29
30

4 Instalação do Módulo Agente

Conhecendo a instalação do Agente CACIC em estações Windows. Ela


é realizada por meio do arquivo: chkcacic.exe.

Antes de realizar a instalação agente é importante conhecer qual a


funcionalidade de cada arquivo do agente:
● cacic2.exe --> Agente Principal;
● ger_cols.exe --> Gerente de Coletas;
● chksis.exe --> Check System Routine (chkcacic residente);
● ini_cols.exe --> Inicializador de Coletas;
● wscript.exe --> Motor de Execução de Scripts VBS;
● col_anvi.exe --> Agente Coletor de Informações de Anti-Vírus;
● col_comp.exe -->Agente Coletor de Informações de
Compartilhamentos;
● col_hard.exe --> Agente Coletor de Informações de Hardware;
● col_moni.exe -->Agente Coletor de Informações de Sistemas
Monitorados;
● col_patr.exe --> Agente Coletor de Informações de Patrimônio
e Localização Física;
● col_soft.exe --> Agente Coletor de Informações de Software;
● col_undi.exe --> Agente Coletor de Informações de Unidades
de Disco.

Copie o arquivo chkcacic.exe para a estação Windows.

A cópia pode ser realizada via ftp utilizando o seguinte comando na


*estação*

C:\>ftp <ip_do_servidor_cacic>

login: ftpcacic
senha: <senha_do_ftpcacic>
binary
cd agentes
bi
prom
mget chkcacic.exe

Execute o arquivo chkcacic.exe e preencha os campos pedidos por


ele. O arquivo irá carregar os outros módulos necessários do servidor
FTP.

Caso exista uma versão mais antiga do agente CACIC instalada na


sua máquina, dois procedimentos podem ser adotados: a) executar o

30
31

agente para que o mesmo se atualize automaticamente pela rede ou


b) retirar o agente antigo e instalar o novo.

a) A primeira opção só é válida para a versão jun2005, o agente


reconhecerá automaticamente que seus módulos estão desatualizados
e os atualizará.

b) Caso a versão instalada seja mais antiga, para desinstalá-la


remova a pasta c:\cacic e remova o arquivo chksis.exe e chksis.ini
na pasta c:\WINDOWS.

5 Instalação do Módulo Agente Linux estações


GNU/Linux

O agente CACIC para GNU/Linux encontra-se ainda em fase de


desenvolvimento e foi escrito em Perl. O projeto foi iniciado por Yves
Junqueira a partir das discussões da comunidade e deverá contar com
interface gráfica construída em Python. A versão disponível para
testes ainda não é recomendada para utilização “em produção''.

Existe uma versão mais atualizada no repositório de desenvolvimento


da Comunidade no endereço

5.1 Instalação em Debian GNU/Linux (em


desenvolvimento)

Para instalar o agente em uma estação Debian GNU/Linux siga os


passos
abaixo.

Acrescente a seguinte linha no seu arquivo /etc/apt/sources.list:

deb http://guialivre.governoeletronico.gov.br/cacic/debian ./

Atualize a lista de pacotes:

shell# apt-get update

Instale o pacote cacic-agente:

shell# apt-get install cacic-agente

31
32

Todas as dependências do pacote serão automaticamente instaladas.

Edite o arquivo de configuração /etc/cacic/cacic.conf e altere a linha


abaixo:

$server =
'<IPOUHOSTNAME_DO_SERVIDOR_GERENTE_cacic>';

Nesse mesmo arquivo, ajuste a variável testmode segundo suas


necessidades:
● para operação normal do agente, utilize:

$testmode = 0;

● para apenas testar o funcionamento do agente, pode-se


gerar um arquivo cacic-<HOST\_NAME>.txt, utilizando:

$testmode = 1;

Você poderá ainda obter maiores informações sobre a execução do


agente se alterar a linha:

$verbose = 1;

Edite o arquivo /etc/cron.d/cacic-agente.

Este arquivo foi criado durante a instalação, sendo responsável por


configurar o sistema para que o cacic-agente seja executado
periodicamente a cada 4 horas. Altere-o adequadamente segundo as
suas necessidades. Para obter maiores informações sobre o cron e a
formatação do arquivo consulte suas páginas de manual.

5.2 Instalação em outras distribuições

Se ainda não houver um pacote de instalação específico para a sua


distribuição, siga os passos descritos em seguida.

Verifique e instale, se necessário, as bibliotecas de Perl: perl5-base,


perl-modules e LWP libwww-perl e o utilitário lspci -- muito
provavelmente eles já estarão todos instalados em seu sistema.

Instale o dmidecode.

32
33

Se houver um pacote específico para sua distribuição, use-o. Você


pode ainda obter um pacote .tar.gz em
<http://www.nongnu.org/dmidecode/>.

Para instalar o dmidecode, simplesmente desempacote-o em um


diretório adequado e execute os comandos make e make install:

shell# tar -zxvf dmidecode-<VERSÃO>.tar.gz


shell# cd dmidecode-<VERSÃO>
shell# make
shell# make install

Por padrão os arquivos do dmidecode são instalados no diretório


/usr/local.

Desempacote o arquivo cacic-agente-linux-<VERSÃO>.tar.gz em um


diretório adequado.

Edite o arquivo de configuração cacic.conf e altere a linha abaixo:

$server = '<IP_HOSTNAME_DO_SERVIDOR_GERENTE_cacic>';

Nesse mesmo arquivo, ajuste a variável $testmode segundo suas


necessidades:

● para operação normal do agente, utilize:

$testmode = 0;

● para apenas testar o funcionamento do agente, pode-se


gerar um arquivo cacic-<HOST\_NAME>.txt, utilizando:

$testmode = 1;

Você poderá ainda obter maiores informações sobre a execução do


agente se alterar a linha:

$verbose = 1;

● Execute o script de instalação install.sh.


● Para que o cacic-agente seja executado
periodicamente, você pode utilizar o cron ou outro utilitário de
funcionalidade similar.

33
34

Adicione a seguinte linha no seu arquivo /etc/crontab:

0 */4 * * * root /usr/local/sbin/cacic-agente

Essa linha fará com que o cacic-agente seja executado a cada 4


horas. Ajuste-a segundo suas necessidades. Para obter maiores
informações sobre o cron e a formatação do arquivo /etc/crontab
consulte suas páginas de manual.

34