Вы находитесь на странице: 1из 17

COMUNICAÇÃO SINÁPTICA

• O que é?
• Função
• Neurotransmissores
• Neuromoduladores
• Terminais sinápticos:
 Pré-sináptico
 Pós-sináptico
• Fenda pós sináptica


TIPOS DE SINAPSE
• Axo-somática
• Axo-dendrítica
• Axo-axônica

NEUROTRANSMISSORES
• Síntese
• Vesículas Sinápticas
• Colinas: Acetilcolina.
• Aminas Biogênicas: Serotonina,
histamina, dopamina e norepirefrina.
• Aminoácidos: glutamato e aspartato;
ácido gama-aminobutírico (GABA),
glicina e taurine.
• Neuropeptídeos: pequenas sequências
de aminoácidos.
• Inorgânico: gás óxido nítrico.

ETAPAS NA SINAPSE
QUÍMICA
SINAPSE EXCITATÓRIA E
INIBITÓRIA
• Sinapses que causam a
despolarização da membrana pós-
sinápticas são excitatórias, pois
causam impulso na membrana pós-
sináptica.
• Sinapses que causa a
hiperpolarização da membrana pós-
sináptica, sem transmissão de
impulso, são inibitórias.
CÉLULAS DA GLIA
• Também chamadas de neuroglia, são
células do SNC ao lado dos
neurônios.
• Para estudo da morfologia das
células da neuroglia usa-se
impregnação pela prata ou pelo
ouro, já que pela coração por
hematoxilina-eosina apenas seus
núcleos são visíveis.
• 10 células da glia para cada
OLIGODENDRÓCITOS E CÉLULAS DE
SCHWANN
• Produzem as bainhas de mielina.
• Os oligodendrócitos têm
prolongamentos que se enrolam
em volta dos axônios do SNC.
• As células de Schwann têm a mesma
função, só que se localizam no SNP.
• Cada célula de Schwann forma
mielina em torno de um segmento
de um único axônio, enquanto que
o oligodendrócito, em torno de
vários.
Oligodendrócito recobrindo
axônio
ASTRÓCITOS
• Células em forma estrelada.
• Apresentam feixes de filamentos
intermediários constituídos pela proteína
fibrilar ácida da glia.
• Ligam os neurônios aos capilares e à pia-
máter.
• Sustentação
• Controle da composição iônica e molecular
do ambiente extracelular.
• Respondem a vários sinais químicos
(noradrenalina, aminoácidos, etc)
• Absorvem excessos localizados de
neurotransmissores.
• Se comunicam entre si por meio de junções
ASTRÓCITOS FIBROSOS
• Prolongamentos menos numerosos e mais
longos.
• Localizados na substância branca.
ASTRÓCITOS
PROTOPLASMÁTICOS
• Maior número de prolongamentos curtos e
muito ramificados.
• Localizados na substância cinzenta.
CÉLULAS EPENDIMÁRIAS
• Células epiteliais colunares que
revestem os ventrículos do cérebro
e o canal da medula espinhal.
• Ciliadas, o que facilita a
movimentação do líquido
cefalorraquidiano.
Células Ependimárias
MICROGLIAS
• Pequenas e alongadas, com
prolongamentos curtos e
irregulares.
• Seu núcleo na lâmina histológica
corada pela hematoxilina-eosina é
escuro e alongado.
• Fagocitárias.
• Assumem a forma de macrófagos,
retraindo seus prolongamentos.
• Secreta citocinas, e remove restos
celulares de lesões do SNC.
Microglias