Вы находитесь на странице: 1из 42
A Origem da Forma
A Origem da Forma

Genes antigos, reciclados e reaproveitados, controlam o desenvolvimento embrionário em organismos com uma diversidade impressionante.”

Introdução

Recentemente biólogos ganharam uma nova compreensão de como estruturas complexas surgem e evoluem.

Introdução • Recentemente biólogos ganharam uma nova compreensão de como estruturas complexas surgem e evoluem. •

Chave para o novo entendimento do desenvolvimento Uma célula passa a ser um organismo formado por bilhões e trilhões de células

Introdução

Desenvolvimento intimamente ligado a evolução.

Mudanças na forma através de mudanças no desenvolvimento.

Introdução • Desenvolvimento intimamente ligado a evolução. Mudanças na forma  através de mudanças no desenvolvimento

Decisões” do embrião Variedade de formas

Introdução • Desenvolvimento intimamente ligado a evolução. Mudanças na forma  através de mudanças no desenvolvimento
Introdução • Desenvolvimento intimamente ligado a evolução. Mudanças na forma  através de mudanças no desenvolvimento

Introdução

Decisões Genes (?)

Ciência que estuda Biologia evolutiva do desenvolvimento Evo-Devo.

Introdução • Decisões  Genes (?) Ciência que estuda  Biologia evolutiva do desenvolvimento Evo-Devo .

Evo-Devo

Evo-devo é a biologia evolutiva do desenvolvimento, isto é, uma abordagem

comparada dos mecanismos e sequências do desenvolvimento embrionário, de modo a iluminar como os genes poderiam gerar novas formas, funções e comportamentos no curso temporal da

evolução.

Evo-Devo

Darwin sempre insistiu que a embriologia era crucial para o entendimento da evolução.

Evo-Devo Suporte para a Seleção Natural.

Evo-Devo

Antigamente: Desenvolvimento irremediavelmente complexo.

Cada espécie animal exigiria sua própria explicação para o desenvolvimento. (?)

Evo-Devo

Evo-Devo • Advento da genética:  Genes devem estar no centro dos mistérios de desenvolvimento e

Advento da genética:

  • Genes devem estar no centro dos

mistérios de desenvolvimento e evolução.

Afinal borboletas parecem borboletas e morsas parecem morsas.

Olhamos assim por causa dos genes que cada um carrega.

A Origem da Forma

Lançado o desafio:

Dar foco aos genes!

Quais dos milhares de genes em cada forma animal seria para sua formação e aparência?

IMPASSE

A Origem da Forma

Impasse quebrado pela Mosca da Fruta (Drosophila melanogaster ).

Esquemas para encontrar a fração relativamente pequena de genes que controlam o padrão do corpo da mosca e da formação de suas partes.

A Origem da Forma

Avanços nas técnicas de manipulação de genes permitiu observar os genes ativados em ação!

Alterações químicas poder ser visualizadas antes do aparecimento de estruturas físicas.

Observar diretamente os primeiros eventos na formação de segmentos, membro ou um cérebro.

A Origem da Forma

Partes do corpo da mosca da fruta não parecem ter muito em comum com a nossa.

A Origem da Forma • Partes do corpo da mosca da fruta não parecem ter muito

Logo, podemos concluir que não há nada

a aprender com o estudo de uma mosca sobre nossos próprios órgãos ou partes

do corpo que são formados.

A Origem da Forma

1ª Lição do Evo-Devo A Aparência pode ser MUITO enganadora!

A Origem da Forma

Genes identificados como formadores do corpo e dos órgãos na mosca da fruta tem homologias exatas, realizando trabalhos similares, na maioria dos mamíferos, incluindo humanos!!!

A Origem da Forma • Genes identificados como formadores do corpo e dos órgãos na mosca

A Origem da Forma

Mesmo com grandes diferenças na aparência, quase todos os animais compartilham comumente um “kit de ferramentas”.

A Origem da Forma • Mesmo com grandes diferenças na aparência, quase todos os animais compartilham

Kit de FerramentasGenes de formação do corpo comumente compartilhados entre os animais.

A Origem da Forma

Darwin já havia chamado a atenção:

Humanos Olhos com câmaras e lentes simples.

Moscas e caranguejos Olhos compostos, alguns com centenas de omatideos individuais, ou com unidade de olhos que geram um campo de informações visuais.

Lulas e polvos Olhos do tipo com câmara.

A Origem da Forma

Em 1994, Walter Gehring descobriu que um gene necessário para a formação dos olhos em moscas da fruta é o EXATO homólogo de um gene necessário para a formação dos olhos em humanos e camundongos.

A Origem da Forma

Gene chamado Pax-6.

A Origem da Forma • Gene chamado Pax-6 . • Posteriormente encontrado a desempenhar um papel

Posteriormente encontrado a desempenhar um papel na formação do olho em uma série de outros animais, incluindo uma espécie de lula.

A Origem da Forma

Essa descoberta sugere que apesar de suas grandes diferenças na estrutura e na propriedade ópticas, a evolução dos diferentes olhos envolveu um ingrediente comum da genética.

A Origem da Forma

Outros genes “kit de ferramentas” foram identificados como participantes na construção de vários tipos de membros, corações e outras estruturas.

A Origem da Forma

Pois as peças do “kit de ferramentas” são compartilhadas entre a maioria dos ramos do reino animal, remontam, pelo menos, para algum ancestral comum desses ramos.

A Origem da Forma

Se os conjuntos de genes construtores do

corpo entre os animais são tão semelhantes, como é que tais grandes diferenças nas formas surgem?

A Origem da Forma

• Não surge tanto do conteúdo do “kit de ferramentas”, mas de como ele é usado!

A Origem da Forma

Um exemplo, uma das características mais obvias de grandes animais complexos, como os vertebrados e artrópodes é a construção a partir de partes que se repetem.

Vértebras são o bloco de construção da espinha dorsal.

Genes Hox

Genes Hox: Moldam o número e aparência de estruturas repetidas ao

longo dos eixos principais do corpo.

Determinam aonde várias estruturas vão se formar.

Genes Hox

Estudos em aves, rãs, mamíferos e serpentes, entre outros, revelou que as mudanças no qual os genes Hox são expressos em embriões, também são responsáveis pela grande diferença entre os animais vertebrados e artrópodes.

A Origem da Forma

Mudanças na expressão dos genes “kit de ferramentas” durante o desenvolvimento, não só contam para grandes diferenças em

formas de animais, mas elas também podem explicar as diferenças entre as espécies intimamente relacionadas, ou mesmo populações da mesma espécie.

A Origem da Forma

Penas de pássaros, mãos e pés de vertebrados de quatro patas, asa de

inseto e os padrões geométricos de cor nas asas das borboletas são mudanças nos modos de como os genes “kit de ferramentas” são expressos.

A Origem da Forma

É comum pensar que os insetos forjaram o “gene asa” ou os pássaros gene pena”. Mas não há evidencia de que tais genes jamais surgiram. Pelo contrario, a inovação parece ser mais um questão do ensino de velhos genes com truques novos.

Conclusão

O conhecimento dos genes “kit de ferramentas” deixa claro como tais estruturas complexas são construídas.

Evo-Devo conecta este processo e mostra as formas complexas de estruturas desenvolvidas.

Conclusão

Evo-Devo ajuda a moldar as principais diferenças nas fileiras taxonômicas superiores.

Evolução das formas acima de espécie (macroevolução) podem ser extrapolados a partir de processos que operam a nível das populações, dentro das espécies (microevolução).

• “Através das lentes da biologia evolutiva do desenvolvimento, os biólogos podem finalmente ver além das formas externas nos processos que os forjam, completando o quadro de como as formas infinitas da natureza têm sido, e estão a evoluírem...

Alunos: Larissa Berlofa Belardin Lucas Giglio Colli

• Alunos: Larissa Berlofa Belardin Lucas Giglio Colli UNESP- Assis – Ciências Biológicas

UNESP- Assis Ciências Biológicas